políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Paulistanos beberão água com metais pesados e pagarão multas

Posted by Pax em 06/05/2014

Segundo o noticiário, o volume morto, água que fica abaixo das comportas de captação do Sistema Cantareira que abastece 9 milhões de paulistanos, possivelmente contém metais pesados como mercúrio, chumbo e cádmio. A partir do dia 15 de maio a SABESP utilizará esta água para abastecer a população.

Segundo especialistas, por mais que o processo de decantação e tratamento seja repetido, esses metais pesados não são eliminados da água que será servida.

Metais pesados podem causar problemas no sistema nervoso, fígado, rins, dores abdominais, inflamação nos pulmões, paralisia das mãos, perda da visão e câncer. Leia aqui.

A SABESP desperdiça 32% de sua água tratada. Água que sai pelos vazamentos dos dutos que deveria manter. “Em 2012, Japão investiu US$ 440 milhões em projetos de redução de perda de água realizados pela empresa, que deveria reduzir perdas a 15% até 2019. Em cidade indiana, desperdício é de 12,5%”. Leia aqui.

E o que faz o governo de São Paulo?

São Paulo aguarda parecer para cobrar multa de quem exceder consumo de água

Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil Edição: Carolina Pimentel

O governo de São Paulo ainda não definiu a data de início da cobrança de multas para quem exceder a média do consumo de água na região metropolitana. Segundo o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a definição depende de um parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE). “É possível que já seja cobrada essa multa na conta de maio, mas estamos aguardando a PGE”, disse o governador.

Hoje (5), o nível dos reservatórios do Sistema Cantareira voltou a cair e passou de 10,1% para 10%, o patamar mais baixo da história. O Cantareira é responsável pelo abastecimento de cerca de 9 milhões de pessoas na região metropolitana de São Paulo.

Alckmin confirmou que no próximo dia 15 a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) começa a retirar água do volume morto, que fica no fundo das represas, abaixo do nível de captação das comportas. A previsão da Sabesp é usar 200 bilhões de litros dos 400 bilhões de reserva. Em março, começaram a ser construídos canais e instaladas bombas para a retirada da água das represas Atibainha, em Nazaré Paulista, e Jaguari/Jacareí, em Bragança Paulista. De acordo com a companhia, essa água será “suficiente” para abastecer a região até setembro.

O governador negou que haja rodízio de fornecimento de água ou mesmo racionamento no estado. Segundo ele, o racionamento continua descartado. “Tivemos em dezembro, janeiro e fevereiro vazões menores do que a mínima histórica dos 84 anos. Em abril, o sistema de alta pressão no Atlântico que impediu a chegada de frentes frias no Sudeste brasileiro, desapareceu. Em abril, o quadro foi melhor, é que nesse mês não chove muito. Nossos monitoramentos indicam que até março do ano que vem não haveria necessidade de nenhum rodízio, porque a partir de setembro deve começar a chover”.

Ele destacou que em março a redução do consumo de água proveniente do Sistema Cantareira chegou a 76%, dos quais 37% dos consumidores ganharam bônus por economizarem. Em abril, a porcentagem passou para 81%, com 39% de bônus. Esse benefício é oferecido para quem reduz em pelo menos 20% o consumo médio de água e começou a ser aplicado pelo governo em fevereiro.

“Vamos ter uma avaliação dos outros 31 municípios que passaram a ganhar o bônus. Isso ajudará muito. A partir do dia 1º de maio estendemos para 11 cidades fora da Grande São Paulo”. Entre as cidades estão Bragança Paulista, Piracaia, Nazaré Paulista, Joanópolis, Vargem, Pinhalzinho, Paulínia, Itatiba, Morungaba, Monte Mor e Hortolândia.

Alckmin informou que o estado assinará um protocolo com a Associação Paulista de Supermercados (Apas), que reúne 8 mil estabelecimentos, para racionalizar o uso da água. “Assim, eles evitarão o desperdício e diminuirão o consumo, ao mesmo tempo em que terão um ganho financeiro”. A parceria prevê o treinamento dos funcionários da manutenção para pesquisa de vazamentos e conscientização sobre medidas para evitar o desperdício.

About these ads

80 Respostas to “Paulistanos beberão água com metais pesados e pagarão multas”

  1. Guatambu said

    Isso é a cara do governo do PSDB.

    Faz 5 meses que o problema apareceu na mídia (na MÍDIA!!!).

    E o desgraçado do Alckmin não tira a bundona da cadeira! Maldito FDP.

    Isso me revolta demais… desculpem.

  2. Otto said

    Guatambu e Daise, me expliquem esta:

    A crise da água em São Paulo não está sendo coberta pela imprensa.
    Está sendo encoberta, isso sim.
    Pergunto se o distinto amigo e a querida amiga viu uma reportagem sequer, acompanhada das fotos correspondentes, sobre as “obras” que vão permitir o bombeamento da água do fundo das represas do Cantareira, viu?
    Para não dizer que não houve nenhuma, houve uma, mostrando dois tratores limpando uma área junto à represa do Atibaia.
    Nada mais.

    Hoje, o Cantareira deve amanhecer com apenas 9,8% de sua capacidade, já que os 10% de ontem são apenas obra do “arredondamento” feito pela Sabesp. O relatório da Agência Nacional de Águas já apontava 9,9%.
    O maior reservatório, Jaguari-Jacareí, está reduzido a 2,5% de seu volume.
    2,5%, isso mesmo.

    Vou dar os números, que são públicos e acessíveis pela internet.
    Em 31 de janeiro, o Cantareira tinha 217 bilhões de litros de água.
    Ao fim de fevereiro, 160 bilhões.
    Terminou março com 127 bilhões de litros.
    Hoje, tem 96 bilhões de litros, mesmo com toda a economia compulsória que descontos e multas impõem aos consumidores mais pobres.
    Isto – ao lado da melhoria das chuvas em março e abril – permitiu baixar de 40 para 30 bilhões de litros a perda mensal do sistema.
    Este mês a situação será pior e o esvaziamento vai superar os 40 bilhões de litros, como em fevereiro, mesmo com a vazão de saída reduzida.

    Precisa de máquina de calcular?

    Se tudo der certo, o bombeamento inédito leva a água até novembro. Claro, se o outro sistema que foi mobilizado para socorrer o Cantareira – o Alto Tietê – aguentar a sobrecarga.
    E chega-se ao período de chuvas “devendo” nada menos que 180 bilhões de litros de água para que ela volte ao nível das comportas, sem exigir bombas.

    Se as chuvas voltarem com força, o cenário em 2015 será igual ao de hoje.
    Mas o distinto amiga e a lúcida leitora leem todos os dias previsões catastróficas sobre a…falta de luz iminente.
    A capacidade aproveitada do armazenamento de água nas hidrelétricas é, entretanto, quatro vezes maior do que a do Cantareira.
    Era, no domingo, de 42,5%, somando todo o Sistema Interligado Nacional. Angra I, parada desde fevereiro para manutenção programada, está sendo progressivamente (como é normal em geradoras) religada desde o final de semana. A pior situação, a do Sudeste, está em 38,8%.

    Não é uma questão de torcer por uma “seca federal” ou uma “seca estadual”, porque as pessoas e a economia precisam de luz e água.
    Nem de que haja uma seca em São Paulo e abundância de águas no resto do Sudeste.
    O Brasil foi advertido em 2001 da fragilidade de seu sistema e São Paulo o foi na seca de 2004.
    Não se discute a sua justeza, mas o fato é que só temos uma situação elétrica insegura porque Belo Monte foi atrasada pelas questões ambientais, do contrário estaria gerando hoje quase um quarto de nossas necessidades elétricas, com o período chuvoso do Norte do país.
    Em São Paulo, nem sequer discutimos questões ambientais, pelo simples fato de que não se fez nada ou quase nada em matéria de melhoria do sistema de abastecimento.
    Onde o amigo ouviu isto ser debatido na imensa “cobertura” que tem a crise na geração de energia?

    A imprensa brasileira tem um nível mais baixo que o do Cantareira, já disse isso aqui.
    E é tão turva quanto as águas do “volume morto” de seus reservatórios.

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=17255

  3. Patriarca da Paciência said

    “247 – A colunista Mônica Bergamo, uma das principais jornalistas do País, reconstituiu uma história saborosa: o pedido de demissão de Marina Silva a Lula, depois de receber uma mensagem divina (leia aqui a íntegra).

    Segundo Bergamo, Marina deixou o cargo de ministra do Meio Ambiente depois de receber um sinal dos céus. “Presidente, eu conversei com Deus. E é o momento de eu sair”, teria dito ela.

    Lula ainda conseguiu segurá-la, depois de devolver na mesma moeda, após alguns dias de reflexão. “Marina, eu sonhei com Deus. Eu sonhei com Deus e ele me disse que ainda não está na hora de você sair do meu governo. Você ainda tem muito o que fazer na nossa equipe”.

    Presente do Fórum de Comandatuba, promovido pelo empresário João Doria Jr., a coluna de Mônica Bergamo tentou apurar a história com Marina Silva, que reagiu irritada. “Eu não acredito que o presidente Lula está contando essa história porque ela não é verdadeira”, disse ela. “As pessoas me perguntam e eu sempre digo: o que tinha que falar do Lula, falei quando saí do governo. As minhas razões foram expostas naquele momento. Falar de conversas reservadas que tivemos quando estávamos no mesmo projeto, eu não falo. Porque isso seria uma completa falta de ética”.

    Pois não é ?

    Eu também sonhei com São Pedro e ele me disse o seguinte:

    - Olha, paulista é muito arrogante. Vive falando mal de nordestino. Pois eu vou trocar um pouco as benesses da natureza e ver qual a reação deles.

  4. Elias said

    Otto,
    É bom lembrar que, do modo como ficou o projeto final, Belo Monte pode não ser a solução. Ou, pelo menos, pode não proporcionar tudo aquilo que se espera dessa usina.

    Para Belo Monte manter uma potência firme razoável, durante o período de estiagem (em que o nível d´água do Xingu baixa bastante), seriam necessários mais 6 ou 7 lagos, além do que fica imediatamente à montante da usina.

    Só que esses lagos inundariam uma superfície muito maior, o que implica um grave problema ambiental.

    Por outro lado, as hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau (no Rio Madeira), que são de um outro tipo (turbinas verticais, que funcionam quase que a fio d´água), embora não gerem restrições dos ambientalistas (porque prescindem de lagos de grande porte), mostraram sua vulnerabilidade agora, em 2014. As ensecadeiras de “baixa estatura” reduzem a superfície alagada, mas não seguram a barra de uma enchente amazônica. Agora, no início do ano, algumas turbinas dessas usinas tiveram que ser desativadas. Caso contrário, estourariam por causa do excesso de água (o Rio Madeira é o mais caudaloso dos afluentes do Amazonas).

    Ou seja, quando se trata de hidrelétricas, o remédio que cura… Mata!

    Ou, ainda: se correr o bicho pega… Se ficar, sei lá…

  5. Pax said

    Caro Guatambu,

    Você que vive em SP sabe quantas propagandas políticas a SABESP faz. É direto e reto.

    E agora a solução que o governo oferece aos seus munícipes paulistanos? Multa sem dizer que é multa, racionamento sem dizer que é racionamento. É o fim da picada.

    Não se preocupe com sua revolta.

    Ela é carregada de motivos pra lá de concretos.

    Já estamos oferecendo a água que temos aqui, excelente e analisada, confesso que a melhor que já bebi na vida, para uma série de parentes e amigos. Toda semana abastecemos um bocado de gente com galões. A de beber ofereci a todos meus amigos que precisarem. Só não ofereço a logística.

    DE GRAÇA

    Porque, do outro lado, aproveitando a desgraça alheia, as multinacionais (Unilever, Coca-Cola etc) estão sentando o cacete na maquininha de remarcação de preços.

    Quando o papel social das empresas é só o lucro, é isso que rola.

    São outros que merecem reflexão.

  6. Pax said

    Off topic – só intrapartidário.

    Esse tal Rafucko é corajoso mesmo…

    .https://www.youtube.com/watch?v=dgTFFznxgtk

    E diz um montão de verdade.

  7. Pax said

    Depois desse linchamento na baixada santista quero ver a coragem desses imbecis que defendem a “injustiça com as próprias mãos”.

    Cadê os babacoaras daquela infeliz apresentadora de tv e esses analistas políticos de quinta categoria.

    Essa turma diz: “Bandido bom é bandido morto”. Pois sim. Repetem os mantras de caras como Maluf.

    Como se o Maluf fosse o quê mesmo?

    Vou te contar…

  8. Pax said

    Cada hora mais notícia sobre o tema do post. Cada hora mais notícia ruim.

    http://fazendameandros.wordpress.com/2014/03/19/decisao-da-sabesp-de-nao-poupar-areas-protegidas-de-mata-atlantica-para-construir-nova-adutora-pode-criar-incidente-politico-entre-governos-estadual-e-federal/

  9. Chesterton said

    http://tvuol.uol.com.br/video/em-gafe-dilma-diz-que-esta-sofrendo-com-legado-de-lula-04028D1B3166C8815326/

  10. Chesterton said

    Não é a condição social que faz o caráter.

    chest- princípio básico, pedra fundamental.

  11. Daise said

    Nossa meu caro Pax…fiquei assustada
    ao ler o titulo do post cheguei a imaginar que o Governo de S.Paulo
    iria obrigar todos os paulistanos a beber agua envenenada e pagar mais caro por isso.

    Me acalmei depois ao ler os links sugeridos.

    Aproveito pra perguntar:
    Antes do atual episodio constrangedor em S. Paulo, o senhor bebia agua da torneira da Sabesp?
    ou so usava pra otras serventias domesticas, como todo mundo? Desde que nasci eu nunca bebi agua de torneira porque sempre soube de sua “potencial impureza”.Em nenhum lugar do mundo a agua da torneira eh considerada ideal para consumo humano. Eh por causa disso que a industria de filtros domesticos naum para de crescer.Osmose inversa ou reversa,etc.

    O senhor acha que o habito braileiro de lavar a calcada em frente de casa, o jardim ou automoveis no fim de semana não devam ser modificados? O consumo de agua encanada ser mais ecologicamente consciente?

    PS. Eu fico realmente constrangida eh vercenas de criancas brasileiras coletando agaua suja de acudes pelo Brasil afora, constantemente mostradas por entidades internacionais filantropicas de combate a miseria brasileira, fora das grandes capitais. O senhor naum?

    E aproveito a oportunidade para perguntar em tom de chiste, rindo eh claro, se o senhor naum esta fazendo “tempestade em copo de agua?

  12. Zbigniew said

    Vocês viram isso?

  13. Patriarca da Paciência said

    “O Partido Socialista Brasileiro (PSB) definiu, por orientação do presidenciável Eduardo Campos, que de socialista mesmo restará apenas o nome da legenda. O conteúdo, que identificava a agremiação com a esquerda brasileira será extraído, em parte ou na íntegra, durante a próxima convenção partidária. Na prática, o interesse público e a socialização dos meios de produção desaparecem para deixar livre o compromisso “com a ordem econômica que está aí”, como afirmou Campos, nesta segunda-feira.
    A decisão já causa um mal estar entre os socialistas históricos abrigados na ideologia prestes a ser sacrificada em nome do capitalismo. Entre eles, o advogado e articulista Roberto Amaral, histórico e combativo militante contra o regime ditatorial e fundador do PSB, após sua passagem no Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR). No campo econômico, Amaral bate firme no establishment:”

    http://correiodobrasil.com.br/noticias/politica/campos-confirma-guinada-a-direita-e-atinge-socialistas-historicos-do-psb/702299/?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=b20140506.

    Parece que o Campos não se contentou em ser traíra apenas com o PT – está sendo traíra também com os tradicionais socialistas do PSB. Se Miguel Arraes estivesse vivo, estaria muito desgostoso !

    Em homenagem ao Campos:

  14. Otto said

    Piadinha do dia:

    São Paulo com Alckmin virou sertão.
    Brasil com Aécio vai virar pó.

  15. Pax said

    Cara Daise,

    Em #11. Assim é, se lhe parece. Se você não acha que haja problema algum, não será o blog que vai convencê-la. A liberdade de opinião existe para isso mesmo.

  16. Guatambu said

    Ontem recebi um whatsapp interessante:

    PT e PSDB brigando para ver quem comanda o PMDBizmo.

  17. Patriarca da Paciência said

  18. Patriarca da Paciência said

    Esta é a verdadeira música em homenagem ao Campos:

  19. Patriarca da Paciência said

    É o Campos “se trairando” cada vez mais:

    “O vice-presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, disse que a proposta de alteração do manifesto do partido não deve sequer ser discutida e que a polêmica criada em torno do texto é uma “cretinice”. Ele destacou que o manifesto original da sigla estabelece diretrizes da atuação política do partido no momento de sua criação e não tem nenhuma relação com o programa de governo e com os projetos apresentados pelo presidenciável Eduardo Campos (PSB).

    “Perdoe-me a expressão, mas isso é uma cretinice”, disse Amaral à coluna. “As pessoas não reconhecem a diferença entre um manifesto partidário e um programa de governo. Essa é uma falsa polêmica alimentada pela imprensa.”

    Segundo Amaral, considerado um dos dirigentes da legenda com opiniões mais à esquerda, a proposta de retirar do manifesto escrito em 1947 trechos que defendem a “socialização dos meios de produção” e limites à propriedade privada “não está em discussão”.

    “Não há sentido em fazer nenhuma mudança enquanto houver a letra S na sigla do Partido Socialista Brasileiro”, declarou.

    O vice-presidente do PSB disse que a manutenção do texto não significa que o partido implementará essas medidas. “Esses princípios se aplicam a um modelo socialista, e nós não estamos propondo governar em um modelo socialista. Estamos propondo governar em condições do sistema capitalista, respeitando todas as regras do jogo. Nós sequer falamos em revolução no manifesto. Não há condições estruturais para essa transformação.”

    http://painel.blogfolha.uol.com.br/

  20. Zbigniew said

    Tristes notícias de um país em estado de pretensa cartase, como se todos os problemas de nossa sociedade pudessem ser resolvidos em um voto só.

    Na sexta um descerebrado em conluio com pelo menos mais duas pessoas joga uma privada do alto de um estádio de futebol com o intuito de atingir um componente de uma torcida rival. E consegue. Notem que há alguns anos atrás, neste mesmo lugar, um fato semelhante ocorrera, só que sem vítimas fatais. O “digníssimo” presidente do clube (Santa Cruz) é vereador e tem na torcida organizada Inferno Coral base de seus votos. Câmeras funcionando? Nada. Menos mal que neste caso o disque-denúncia funcionou.

    No Guarujá, outro descerebrado, talvez inspirado na indignação sheherezadiana, tão em voga nas redes sociais, resolve linchar uma pessoa – que depois provou-se ser inocente -, com base num retrato falado de dois anos atrás.

    E assim caminha a humanidade brasileira, indignada com a copa e o roubo de seus políticos, mas incapaz de resolver os problemas do dia a dia, que cada vez mais se revelam culturais da nossa sociedade.

    Que o diga o Jean Wyllys, num texto bem formatado:

    “(…)
    Em Goiânia, moradores de rua são exterminados com requintes crueldade por “justiceiros” anônimos “cansados” dos pequenos delitos ou simplesmente da feiura que os sem-teto trazem à paisagem urbana (anônimos porque não há, por parte das polícias locais, boa vontade de empreender uma investigação rigorosa e eficaz que os identifique e possibilite que sejam punidos na forma da lei).

    Na capital paulista, além dos moradores de rua, principalmente aqueles entregues ao abuso do crack, são vítimas de “justiceiros” também homossexuais e travestis, abatidos por espancamentos e/ou assassinatos cada vez mais violentos.

    No Rio de Janeiro, capital, homeless pardos, malandros pretos, ladrões mulatos e outros cidadãos quase pretos considerados “suspeitos” por causa da cor da pele e/ou do jeito que se vestem que costumam frequentar o Aterro do Flamengo foram alvos de uma reação violenta de “justiceiros” locais, que, para mostrar o quanto desdenham das garantias jurídicas e o quanto se consideram acima das leis, ataram a um poste, com uma trava de bicicleta, um dos malandros pretos espancados (um adolescente despido de sua roupa e dignidade).

    A reação clara e inequivocamente criminosa dos “justiceiros” e linchadores cariocas à presença da população marginal no parque que consideram seu ganhou, de imediato, o aval e o estímulo (sim, estímulo!) da jornalista Raquel Sheherazade, âncora do Jornal do SBT, emissora que ocupa o segundo lugar em audiência.

    Sheherazade não só defendeu abertamente o linchamento do menor como afirmou que as pessoas “de bem” não têm outra resposta para o “estado de violência” que não a “justiça com as próprias mãos” (claro que ela estava se referindo apenas aos delitos praticados pelos pobres e negros, já que defendeu e justificou a delinquência do astro pop Justin Bieber), desprezando o — e debochando do — papel das polícias, do Ministério Público, do poder judiciário e dos defensores dos Direitos Humanos na mediação dos conflitos em sociedade.
    (…)”

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/as-consequencias-graves-do-jornalismo-descerebrado.html

    O Brasil está doente, muito doente…

  21. Guatambu said

    Zbigniew,

    Não é só o Brasil, cara, mas o mundo inteiro, precisa aprender a lidar com discursos polarizantes.

  22. Otto said

    Olha, Daise, o que o teu governador opus dei faz:

    MP diz que Sabesp não pode operar o Cantareira. E daí?

    O G1 divulga que um parecer técnico do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente do Ministério Público de São Paulo diz que a Sabesp descumpriu diversas das condições estabelecidas no contrato de outorga de operação das águas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, que formam o sistema de abastecimento do Cantareira.
    Teve dez anos para fazer estudos, monitoramentos, melhorias na operação e obras para captar água em outros lugar e nada…
    Em tese, a Sabesp deveria perder a concessão de explorar – e lucrar com ele – o abastecimento de oito milhões de paulistanos e a venda de água para municípios do entorno da cidade de São Paulo.
    É claro, porém, que não vai acontecer nada.
    Onde já se viu tomar um negócio do Governo do Estado de São Paulo “só” porque ele quebrou o contrato?
    E a lei é feita para os governos tucanos de São Paulo?
    Nem a lei, nem a mídia.
    Imaginem se o Cantareira fosse operado por uma estatal federal ou que o governador do Estado fosse um “esquerdista”.
    Mas são tucanos: Alckmin, depois Serra e Alckmin de novo.
    Os homens do “planejamento e gestão”.
    Os paulistanos são pessoas de segunda categoria, para serem (mal)tratados assim?
    Mas…silêncio…
    Até os peixes mortos aos milhares no Rio Piracicaba, parecem ser inferiores.
    Não merecem um “ai” da Senadora Marina Silva, que se preocupa tanto com os bagres do Rio Madeira…
    Os dourados do Piracicaba não têm “madrinha” nem vão para o Jornal Nacional.

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=17273

  23. Guatambu said

    Sei não Otto, por acaso algum político trata bem alguma empresa estatal?

    O exemplo que o PT está dando com a Petrobras não é dos melhores… e nem com as elétricas…

  24. Otto said

    Guatambu:

    não há parâmetro de comparação entre as elétricas e a SABESP: o reservatório daquelas está em 45% da capacidade e desta em menos de 9%.

    Enquanto se fala de um eventual e remoto racionamento de energia, o racionamento de água em São Paulo já começou, só que com o eufemístico nome de “rodízio”.

    E quanto a Petrobras, se os tucanos ainda estivessem no poder ela não existiria mais…

    Veja a comparação:

  25. Guatambu said

    Otto,

    Não tente simplificar análises que não são simples, porque você corre o risco de falar besteira…. aí a conversa fica complicada.

    Por exemplo, acrescentando mais uma variável à sua simplificação:

    Empresas possuem contas de CAPEX e OPEX, vc sabe o que é isso?

    Essas contas correspondem aos investimentos dessas empresas em pesquisa, renovação de equipamentos, compra de novos equipamentos e uma série de coisas.

    No caso da Petrobras, o péssimo investimento realizado em Pasadena, por exemplo, que já está custando à empresa alguns bilhões de reais.

    No caso das elétricas, com a segurada da majoração de tarifas, todos os planos de investimento dessas empresas foram represados.

    O Valor falou hoje de um prejuízo possível de até R$ 20 bi.

    Tudo o que não é investido, ou mal investido, retorna depois em falta de qualidade de atendimento aos clientes. Não estou falando de um caso crítico como um apagão, mas pequenos apagões que podem ocorrer e trazer prejuízo a inúmeras famílias, e que nós nunca iremos ficar sabendo, porque nós não vivemos nessas áreas sujeitas a esse tipo de coisa…

    Isso é apenas mais um fator. Tem fator bolsa, tem o impacto em outras indústrias, que gera impacto na geração de empregos…

    É muito contraproducente em se tratando de Estatal dizer que esse governo gerencia melhor ou pior… a grande verdade é que qualquer governo tira o máximo que pode de proveito político das estatais.

  26. Daise said

    Caro Pax Em #15

    Obrigada pelo gentil comentario.
    Concordo totalmente.
    !
    …..

    Ha algo de estranho neste video?

  27. Chesterton said

    o japa cretino:

    http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2013/08/23/medicos-cubanos-pode-criticar-mas-nao-e-trabalho-escravo/

  28. Otto said

    Guatambu:

    Enquanto os paulistas estão vivendo um grande racionamento, porque o governo tucano sucateou a SABESP, durante mais de 20 anos não trocando tubulações e a água tratada escorre literalmente pelo cano, o PAC, um dos programas do governo Lula e PAC 2 do governo de Dilma Rousseff, já tem 92% de suas obras ou concluídas ou em execução próximas de conclusão. Os 8% restantes esperam licitação nos estados e municípios. 69% do PAC foram obras de saneamento básico.

  29. Daise said

    #17 video desmente gente que mente

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1451087-blogueiro-foi-preso-apos-lancar-garrafa-de-agua-na-direcao-de-senador-tucano-veja-video.shtml

  30. Pax said

    Cara Daise,

    Não houve isso. O rapaz do vídeo é um bobalhão, minha opinião. Mas essa história dele ter jogado garrafa d’água no senador é uma invenção, parecida com o tal objeto contundente que jogaram na cabeça do Serra que chegou a fazer uma tomografia por conta de “uma bolinha de papel”.

  31. Pax said

    Maluf: o mestre dos políticos brasileiros.

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/164725-maluf-oferece-us-1-mi-para-encerrar-acao-em-nova-york.shtml

  32. Patriarca da Paciência said

    “#17 video desmente gente que mente”

    É isso aí, cara Deise, principalmente senador tucano, babaca e destemperado !

  33. Guatambu said

    Otto,

    Veja só como você fala besteira:

    1. Nenhum paulistano está vivendo GRANDE racionamento nenhum. Sua ânsia de tentar atingir a imagem do PSDB faz com que você use esses termos exagerados.

    No entanto reconheço a má gestão da Sabesp pelo governo do estado de são paulo.

    2. Tem uma organização que mede o andamento do PAC em relação à implementação de obras para saneamento.

    Veja só:

    http://www.tratabrasil.org.br/datafiles/uploads/deolhonopac/relatorio-de-olho-no-PAC-2013.pdf

    Se vc olhar na página 10 do relatório, verá um gráfico interessante do PAC 1 e PAC 2; e mostra claramente que menos de 50% das obras estão ou concluídas ou em andamento normal.

    Portanto, não sei de onde vc tirou os números de 92% das obras ou concluídas ou em execução.

    Aliás, no PAC1 temos 47% das obras paralisadas e 25% das obras atrasadas; e no PAC 2 temos 34% das obras paralisadas e 18% das obras atrasadas.

    Além disso, eu não to defendendo o PSDB e atacando o PT. Se vc reparar bem, estou atacando a gestão de empresas estatais, que aparentemente tem como missão atuar politicamente a favor do governo ao qual pertence, antes de beneficiar a população.

    Se o governo X ou Y está fazendo bem à população, minha modesta opinião: é mera coincidência. Talvez o presidente ou o governador esteja pensando nos votos, sei lá. O serviço é a última coisa que pensam.

    Além disso, falando em empresas estatais:

    Energia elétrica:
    Fonte – Valor

    “Uma auditoria que acaba de ser concluída pelo Tribunal de Contas da União (TCU) apontou “fortes indícios” de que a atual capacidade de geração de energia elétrica no país é “estruturalmente insuficiente para garantir a segurança energética. No levantamento, o tribunal aponta quatro problemas no setor: falhas no planejamento da expansão da capacidade de geração, superavaliação da garantia física das usinas, indisponibilidade de parte do parque de geração termelétrica e atraso na entrega de obras de geração e transmissão de energia elétrica.”

    Aeroportos:
    Fonte – Valor

    “O aeroporto (de Viracopos), um dos três privatizados em fevereiro de 2012 pela presidente Dilma Rousseff, tem até domingo para entregar a primeira etapa das obras de ampliação exigidas no contrato. A última rodada de fiscalização da Anac, no entanto, constatou que não é mais factível esperar sua conclusão no prazo estipulado.”

    Petrobras:
    Fonte – Valor;

    “No que pareceu ser uma nuance na sua posição a respeito da compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras, a presidente Dilma Rousseff disse na noite de terça-feira, em jantar com dez jornalistas, no Palácio da Alvorada, que “até onde sei, pode ter havido equívoco, não má-fé”.”

    Tá bom então Dilma, conversa com a mão do Renan Calheiros.

    Alckmin também, conversa com a mão do Renan Calheiros.

    Fonte (Valor)

    “O presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), determinou na noite de quarta-feira a instalação de duas CPIs mistas (com a participação de deputados e senadores) para investigar a Petrobras e o cartel do Metrô de São Paulo.”

    Veja, Otto, que a má gestão de empresas estatais não é privilégio do PT, o PSDB sofre dos mesmos problemas:

    Corrupção
    Inação
    Superfaturamento
    Serviços horríveis

    Quem sofre, Otto, é o povo, que infelizmente vc acha que o PT defende…

  34. Guatambu said

    Otto,

    Isso é um circo, para enganar você, que acredita.

  35. Pax said

    Sem detrimento, caro Patriarca, de afirmar que esses blogueiros pagos pelo PT são um enorme tiro pela culatra. Gente de quinta categoria.

    Mas o senador mandou mal e está piorando a situação. Isso é fato.

  36. Pedro said

    “o PAC, um dos programas do governo Lula e PAC 2 do governo de Dilma Rousseff, já tem 92% de suas obras ou concluídas ou em execução próximas de conclusão. ”

    O Otto bebeu água da transposição do São Francisco, só pode. :-)

  37. Pax said

    Água de transposição do São Francisco, caro Pedro?

    Onde? Quando? Quem viu? Quem bebeu? —- e quem faturou o que não foi feito?

    Água?

    Só se for aquela água que passarinho não bebe.

    —–

    Juro, se o marketiro de Dilma colocar isso na campanha de 2014 eu farei uma série de posts só sobre os merecidos desmentidos.

  38. Pax said

    Ontem fui almoçar com dois amigos. Um mineito, tucano. E outro, catarina que não gosta lá muito de política.

    Nós três trabalhamos alguns anos juntos. O mineiro foi meu chefe e eu chefe do catarina. Empresa grande.

    Falamos de um bocado de coisa. Dessa vez fiquei quieto e esperei o mineiro começar o assunto.
    Enfim, no final do almoço, cafezinho servido, meu amigo tucano (ele até que não é tanto, a mulher é ferrenha) me perguntou:

    - E aí, o que você acha que vai dar nessas eleições?
    - No âmbito federal, mineiro?
    - No federal.
    - Não sei, mineiro. Há uma forte pressão contra a Dilma, tanto interna, mas, principalmente, externa. Interna no próprio PT que Lula quis abafar agora no encontro que colocou Dilma oficialmente como pré-candidata e externamente com essa união de forças de Aécio com Campos/Marina, todos juntos com boa parte do empresariado e a mídia. Enfim, os resultados estão aparecendo, Dilma caindo nas pesquisas e a possibilidade de um segundo turno ficando mais plausível.
    - E o que você acha?
    - Bem, mineiro, confesso que até agora não vi o que essa oposição tem de concreto para oferecer. Você sabe me dizer o que eles teriam para convencer, por exemplo, um cara do interior de qualquer estado brasileiro que hoje compra no supermercado e tem algum carnê pra pagar?
    - Você está certo. Até agora não vi nada além de falarem em melhoria de gestão.
    - Mas, mineiro, o tal carinha lá do interior nem sabe o que é gestão.
    - É verdade.
    - E o que você acha, então, desses governo lulopetistas nestes últimos 12 anos? Em especial sobre os programas assistenciais, o reforço do salário mínimo e a disponibilização de crédito. Já te digo de antemão que tenho algumas críticas, sim.
    - Olha, gaúcho, não dá pra negar que mudou a cara do país. Mas a Dilma é péssima em gestão. E, de tudo que vejo em MG, o Aécio não faz nada em gestão, só faz política. Mas montou uma equipe que é de primeira. Conheci alguns dessa equipe e posso afirmar que são excelentes gestores.
    - Me conta mais do que você viu em MG (o mineiro tem negócio por lá)?
    - Aécio prometeu que todos os oitocentos e tais municípios mineiros teriam acesso por asfalto, cumpriu. Falou que ia sanear as finanças. Cumpriu. E hoje é o melhor resultado em Educação do Brasil.
    - Como você pode provar que é o melhor resultado em Educação?
    - Pelos indicadores, tive a pachorra de conferir.
    - Vou verificar, confesso que não tenho essa informação.
    - Em especial fui conferir a nota do meu município: 7,5. Excelente. Educação básica está excelente. A média está ruim.
    - Mas, mineiro, até aceito teus argumentos, mas Aécio me parece muito playboy pro meu gosto.
    - Pois é, eu também acho. Nesse ponto não consigo discordar. Mas a Dilma é péssima em gestão. Você não aceita isso?
    - Não sei. Uma coisa é o que sai na mídia, outra é o que é. Acho que Dilma falha na atividade política, sim. E tem uma péssima equipe.
    - Ela é ruim pacas.
    - Não sei se é assim, tanto.
    - Basta olhar pra equipe.
    - Nesse ponto você tem razão. Acho que o maior problema de Dilma é o próprio PT.
    - É, pode ser.
    - Mas, mineiro, deixa eu te colocar um ponto que tem me deixado com uma pulga atrás da orelha.
    - Fala.
    - Como é que nenhum candidato abraçou até agora a causa de reforma das Agências Reguladoras?
    - Como assim.
    - Cara, essa é uma bola quicando na frente do gol que ninguém chuta. Olha a Anatel, 210 milhões de celulares…
    - Eu nem uso mais celular em casa, desligo. Não consigo falar.
    - E a ANS dos planos de saúde?
    - Outra.
    - E a ANTT da infra das estradas federais, essa máfia?
    - Tem razão, caramba. Porque ninguém pegou essa bola?
    - Não sei.

    Nesse ponto até o catarina entrou na conversa, falando da ANAC pois tem viajado um bocado a trabalho, dentro e fora do país.

    E aí pagamos a conta e fomos embora…

    (baseado em fatos reais, ontem, super recente).

  39. Otto said

    Guatambu, na pressa, este documento é de 2012, com dados de 2011.

    Estamos em 2014!

    Depois eu leio o resto.

    No mais, quem tá tomando água estragada, Pedro, são os paulistas, segundo o Pax.

  40. Chesterton said

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/marcelomiterhof/2014/05/1451053-ajuste-fiscal-permanente.shtml

  41. Pedro said

    Pax#37, é isto mesmo, não existe água de transposição do São Francisco. E muito menos 92% das obras dos PAC´s 1 e 2 concluídas.

    Foi isto que quis dizer.

  42. Pedro said

    Observatório Social: Parece ser um bom instrumento no combate a corrupção.

    http://www.observatoriosocialdobrasil.org.br/cresce-o-numero-de-observatorios-sociais-em-santa-catarina-2-22007-207054.shtml

  43. Guatambu said

    Otto,

    Bom, se vc conseguir me provar que de 2011 para 2014 as obras passaram de menos de 20% concluídas para 92% concluídas, tudo bem…

    Mas eu acho difícil…

    Veja a situação dos aeroportos….

  44. Guatambu said

    Pedro,

    Bem legal o site!

    É disso que eu estou falando: aos poucos, a população vai começar a gostar desse tipo de informação, e aí a administração pública não terá outra saída senão aumentar o nível de transparência.

  45. Mona said

    Pax, meu velho
    VC agora é cabo eleitoral do Aécio? Pois se não é, seu depoimento tem tudo para fazer com que os indecisos acerca de em quem votar (aqueles que só têm como certeza em quem NÃO votar) recebam um grande empurrão da direção do mineiro.
    Se não, vejamos:
    1) o pessoal anti psdb tá falando que o cara é cheirador;
    2) o pessoal anti psdb tá falando que o cara é um ébrio;
    3) o pessoal anti psdb tá falando que o cara bate em mulher;
    4) o pessoaç anti psdb tá falando que o cara só vive no ócio…

    E, mesmo assim:
    1) Minas apresenta os melhores números em educaçao;
    2) Minas apresenta os melhores números com relaçaõ às contas públicas;
    3) promessas feitas em campanha (ou pelo menso 1 promessa) foi integralmente cumprida (oh, coisa rara em se tratando de promessa de política);
    4) o cara é eleito para tudo que se candidata…

    Conclusão:

    Vá ser eficiente assim lá na China!

  46. Guatambu said

    Uma amiga me enviou whatsapp, dizendo que o prédio em que trabalha (o da Braskem), foi invadido pelo MTST.

    Braskem é do grupo Odebrecht.

    Convenhamos: foi a Odebrecht quem pediu.

    Será que é por isso que eu ouço dizer que o que as construtoras mais querem é parar de fazer negócio com lei 8.666?

  47. Pax said

    Cara Mona,

    Foi um depoimento de um mineiro, atualmente empresariando, e com tendências tucanas.

    Mas conheço esse cara faz um bom tempo. Mentir não é o barato dele.

    Disse-me que as estradas até sua pequena cidade natal estão ótimas. Relatei pra ele que estive nas nascentes do São Francisco, no Parque Nacional, fazendo turismo. De moto. Na ida e na volta encontrei estradas estaduais em péssimo estado.

    Ele, como eu da minha parte, acreditou no meu depoimento, que é verídico. Isso faz 1,5 ano. Mais ou menos isso.

    —-

    De outro lado, esqueci do relato acima, cheguei num ponto e o questionei sobre o que achava da integridade moral e ética da Dilma. Resposta do meu amigo, o mineiro:

    - Não há uma rusga que se possa apontar para Dilma. Isso é fato.

    Não é o mesmo que dizem de Aécio.

    Nessa mesma viagem que fiz, janta aqui, toma uma pinguinha comendo queijo canastra ali (quêjj como dizem os mineiros), me disseram que volta e meia Aécio aparece de helicóptero, faz uma farra e volta.

    Se é fato eu não sei. Sei que ouvi nessas condições que te disse.

  48. Guatambu said

    Pax,

    Desculpe, mas integridade moral e ética misturado com política costuma cheirar muito mal.

    No início do mandato da Dilma ela aceitou um monte de ministros cujo histórico moral e ético eram altamente duvidosos.

    Então a Dilma aceita um cara eticamente duvidoso na equipe dela, mas a ética dela não é afetada por isso?

    Não Pax… precisamos discutir melhor esse ponto.

  49. Guatambu said

    Inclusive, tendo que livrar-se deles às pressas, graças à pressão da imprensa.

  50. Guatambu said

    Otto,

    Nova notícia do Valor.

    “O Brasil aumentou em cerca de 15% o número de pessoas que passou a ter acesso a saneamento básico desde 2000, mas o ritmo é inferior à alta de outros grandes emergentes, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).”

    Pelo jeito o Brasil está bastante distante de qualquer número perto de 92% em se tratando de saneamento, e pior, melhorou menos que outros emergentes.

  51. Guatambu said

    Nossa….

    Minha amiga mandou as fotos da entrada da Odebrecht (do prédio que ela trabalha).

    Que coisa horrorosa:

    Tudo depredado, pichado, destruído.

    É assim que esse pessoal quer conversar sobre mudanças sociais?

    Uma pergunta: quem financia o MTST mesmo?

    Muito interessante.

  52. Daise said

    Guatambu, eis a minha opiniao

    Vendo o Brasil de fora, pois moro fora do Brasil desde 2001, o problema no PT eh a falta de competencia para governar. Simples assim.
    Por outro lado sabe ser oposicao, pois nasceu para isso.

    O PT naum sabe ser poder executivo.
    Naum tem quadros competentes.
    Lula ate pode ser considerado um “ponto fora da curva”.
    Mas a sua relatividade moral e falta de ética pessoal depoe, a meu ver, quanto a eficacia historica da sua gestao. O caso rosimeire e seus bebes permanece debaixo do tapete.

    Para exemplificar minha posicao:

    Alguem aqui no blog eh capaz de citar algum governador ou prefeito de grande capital, petista, que tenha se destacado como “exemplo de gestor”. De chefe de executivo?
    Voce eh capaz de citar algum?

    Em S. Paulo, por exemplo, o PT reclama da permanencia do PSDB no poder mas nunca apresentou um candidato de peso e depois reclama que o PSDB so ganha.

    Genoino antes de ser mensaleiro foi derrotado fragorosamente pelo picole de chuchu, na mesma eleicao que elegeu lula em 2002.
    Mercadante nem passou do 1o.turno.Marta nunca se reelegeu prefeita.Haddad parece caminhar tambem para o fracasso.
    Padilha ja comeca enroscado com o Vargas…e por ai vai.

    Mas a culpa eh da imprensa livre que noticia os continuados fracassos.

    Veja o caso Dilma. Que nao se deixou corromper por dinheiro,presume-se, mas se deixou corromper pelo poder e pela arrogancia, tentando governar com uma numerosa equipe de 5a categoria e agora que esta naufragando tem que recorrer ao marketeiro e ao padim palanqueiro.

    “Postura de Merckel e resultados marxistas (Groucho Marx)” conforme o editorial do FT.

    Dilma esta acima do seu nivel de competencia, nao ha duvida.

    Imagina depois da Copa!!!

    PS. Vou setup meu teclado e escrever em portugues.

  53. Daise said

    Guatambu

    Veja Lula na oposição em 96 exigindo uma CPI e a postura atual do governo comendo nas mãos do Renan e PMDB de baixo calão.

    Se ainda não viu veja o video da Dilma se enroscando nas idéias em #26
    .https://www.youtube.com/watch?v=1UMDk_NfRTA
    onde ela não sabe se esta “sofrendo” ou se “beneficiando” dos anos Lula. E em dilmes castiço,
    E aponta o fracasso do governo anterior confessando erros cometidos há 5 ou 10 anos atras e que teriam provocado o estado atual dos serviços públicos. Portanto no governo Lula.
    E o governo do PT esta no poder há mais de 11 anos.

    Essa mulher sem um teleprompter é um perigo.
    Lula já percebeu. É só saber as entrelinhas das discurseiras do ex-presimente.

  54. Daise said

    Guatambu…continuando

    video de 2011 – Jabor cobrando Dilma e entregando o Lulão.

    Imagina depois da Copa!

  55. Daise said

    Guatambu e Pax …sobre Educação

    video de 2011 – Senador Cristovam Buarque em discurso no Senado

    .https://www.youtube.com/watch?v=0qMuFf_NoI8

    Imagina depois da Copa!

  56. Daise said

    Pax e Guatambu…

    Afinal qual é a vantagem de reeleger Dilma nas eleições de Outubro?

    Mais 4 anos de “mais do mesmo”? Apoiar o Lula(PT)? Derrotar o PSDB? Vitória do “socialismo groucho-marxista”?

    Se Dilma for reeleita, o Brasil como Nação avançará ou não?

    Por favor cavalheiros..respondam sinceramente.

    Nada de nem-nem.Faça sua escolha.
    E nem de “em compensação” nas respostas.
    Exemplo:
    O PT é ruim de governo mas…”em compensação”…tirou quaquilhões da miséria absoluta e os colocou na miséria sub-relativa (muito abaixo dos padrões internacionais).
    Educação, Saúde e Infraestrutura de Serviços ao cidadão, que é quem paga o pato, ficaram pra depois.
    Talvez em …2015,2016…2018 ou 20nn.?
    Após terminada a transposição do rio São Francisco que irá ser inaugurada por Jose Sarney e Collor?

    Afinal meus companheiros brasileiros de luta.
    Atrevam-se a dizer onde bate seu coração.

    Por que votar(não votar) em Dilma nas próximas eleições?
    Por que votar (não votar) em Eduardo Campos?
    Por que votar (não votar)em Aécio Neves?

    Quem afinal representa a verdadeira mudança ansiada pela maioria (quase absoluta) da populacão brasileira?
    O Brasil precisa de gente que faça a diferença pro futuro.
    Elogiar ou criticar o passado não leva a lugar nenhum.

    Imagina depois da Copa!

  57. Pax said

    Cara Daise,

    Talvez porque a oposição seja formada por pessoas como você.

    Desculpe-me a mais pura sinceridade.

  58. Daise said

    Obrigada meu caro Pax pelo elogio sincero.

    Enquanto isso:

    Datafolha: Aécio ganha 4 pontos, e chance de 2º turno é maior.

    Dilma derrete antes da Copa. Imagina depois!

  59. Chesterton said

    Talvez porque a oposição seja formada por pessoas como você.

    chest- que doce…

  60. Pax said

    Creio que vocês não tenham entendido minha resposta, cara Daise e caro Chesterton.

    A cara Daise, usando o direito de opinião e expressão, mostra como a oposição pensa. Boa parte dela. E, infelizmente, não consigo me agrupar nesse pensamento tão FlaxFlu.

    Da mesma forma, há uma turma petista que se expressa de forma que eu não consigo concordar, como se qualquer crítica fosse um pecado mortal de uma religião política.

    Exatamente por essas postura que, hoje, não me encaixo mais em situação nem em oposição. Atualmente vivo num campo neutro. Nem mesmo defini meu voto (e, ao definir, não vou declará-lo).

    Hoje defino com clareza minhas cobranças.

  61. Mona said

    Pax,
    compatilho dessa sua postura. Acho a militância cega, acrítica (redundante isso, não? Existiria alguma militância crítica? Pois, se critica não milita; se milita. não critica… ah, deixa pra lá…), de uma infantilidade enorme.
    Mas acho legal a gente expor nossas tendências. Se todos seguissem apenas uma direção, seria uma monotonia só.

  62. Otto said

    Guatambu:

    toma uma água com açúcar, uma maracujina.
    Que posso fazer se a realidade está sempre desmentindo os prognósticos urubuzísticos da mídia?

    Veja com teus próprios olhos este relatório.
    E depois me questione com dados e fatos.

    http://www.pac.gov.br/pub/up/relatorio/bd73d3affded625141bee7b35a53d10c.pdf

    Pax: te aconselho uma olhada nisso também.

    Não há nada que o PSDB fez que seja minimamente comparável com isto.

  63. Otto said

    Hei, alguém sabe me dizer quanto ganha um professor municipal em BH?

    “Piso dos profissionais da capital de São Paulo passa de R$ 2,6 mil para R$ 3 mil a partir de maio, um dos maiores do País; além do aumento, o prefeito Fernando Haddad (PT) disse que serão contratados 3.534 professores efetivos; proposta foi encaminhada à Câmara Municipal nesta sexta-feira 9.”

    http://www.brasil247.com/pt/247/sp247/139309/Haddad-anuncia-reajuste-de-15-aos-professores.htm

  64. Chesterton said

    pAX, 60, VOCÊ QUE NÃO ENTENDEU QUE EU…ENTENDI.

  65. Daise said

    Oi caro Pax e Mona

    Obrigada pela explicação.
    Mas discordo.E digo por que:

    Reduzir opiniões políticas e reclamações da oposição a um FlaxFlu é falsear a verdade (simplificar demais um complexo fenomeno social e político atual a uma mera paixão futebilística, entre “torcedores apaixonados”).

    É muito mais!

    Na minha opinião há, atualmente, uma generalizada insatisfação popular com o estado das coisas e um majoritário desejo de mudança de rumo. Conforme apontam as pesquisas.

    E as manifestações de protesto quase diárias nas grandes cidades contra carências da Educação, da Saude e da Infraestrutura de serviços, usando o pretexto da Copa, corroboram as pesquisas.

    Isto definitivamente não é FlaxFlu. Nem guerra de torcidas.

    E preocupada, acho que isto vai continuar e crescer em 2015 e adiante independentemente de quem vencer as eleições de Outubro. Infelizmente.

    Como chegamos a esta situação? Culpar os jornais ou a oposição é vergonhoso.O truque da propaganda perdeu o efeito. Dilma não convence.

    O governo federal se revelou incompetente.

    Os governos do PT abriram a “Caixa de Pandora” e agora, diante dos fracos resultado, diante de seu pífio desempenho no Executivo, negam e tentam por a culpa nos outros.O tal FlaxFlu do Pax.

    Os cidadãos eleitores (do Fla e do Flu, inclusive)
    já começaram a duvidar e protestar.
    A insatisfação só tende a crescer.
    Alguém discorda?

    Imagina depois da Copa!

  66. Chesterton said

    Daise, acostume-se a pregar no deserto. Daqui do Pax nada sai.

  67. Chesterton said

    Que país o nosso, não é!? Notaram como temos Estado demais em petróleo e de menos em segurança pública? Notaram como temos Estado demais em energia elétrica e de menos em educação? Notaram como temos Estado demais no setor bancário e de menos em saneamento e urbanismo? Esse Estado é gigantesco e tentacular, mas está onde não deve e não está, não de modo eficiente ao menos, onde deve. Para os que lincharam Fabiane, ela era uma criminosa, e se cultiva a certeza por lá e em toda parte de que os criminosos, neste país (como diria aquele), permanecem impunes –o que é verdade com uma frequência assombrosa. Há mais de 50 mil homicídios por ano no Brasil.

    Roberto Armando

  68. Chesterton said

    E arremato observando que, nos últimos tempos, há um indiscreto incentivo no país ao “faça você mesmo a sua justiça social”, sem dar bola para as leis. Não se iludam: quem flerta com depredadores do bem público, com invasores da propriedade alheia e com incendiários da ordem democrática –leu bem, presidente Dilma?– está dando uma piscadela a linchadores. É a maçã envenenada da desordem.

    renato alencar

  69. Pax said

    Daise,

    Segundo a última análise mais respeitável que li, salvo engano do Fernando Rodrigues que é jornalista que coleciona e analisa as pesquisas e é bem razoável, o povo quer mudanças no país, mas não quer mudar o governo.

    Há uma lógica por detrás disso. O Brasil mudou de cara. Hoje o que rola é se dá ou não pra pagar o carnê da moto, da nova tv, do carro etc. Antes era se daria ou não pra passar o mês com comida à mesa.

    Essa realidade, que tem diversas razões, é o que tange a grande maioria. Ao menos das tais classes emergentes, as que entraram no consumo. Bem ou mal, com todas as críticas ou elogios que queiramos fazer, a vida dessa montanha de gente hoje é melhor que a vida anterior.

    Acho ótimo que o povo queira mudanças. É ele, o povo, quem manda. Ainda mais em ano eleitoral.

    E há, sim, um caminhão de coisas a serem melhoradas.

    A questão fundamental me parece, tirando emoções – ou tentando:

    - o lulopetismo já deu o que tinha que dar?
    - quem tem alguma proposta que supere o tal lulopetismo?

    Quando respondermos essas perguntas, nos colocando nos sapatos dessa massa da sociedade, talvez tenhamos uma análise mais isenta do quadro eleitoral.

    O resto é o que chamo de fla x flu. É torcida mesmo. Que também não só faz parte do jogo como pode alterar o jogo, claro que sim. Qualquer partido gostaria de ter enorme capilaridade, enorme quadro de filiados, enorme apoio dos formadores de opinião etc etc. Claro que isso pode mudar eleição.

    Quando essas coisas se juntam, quando vira uma “ola” eleitoral, eleições viram pesquisas do dia pra noite.

    Mas o ponto é: sim, o povo quer mudanças. E a pergunta subsequente é: com quem está no poder ou com a oposição?

    Em qualquer das hipóteses, ou opções, eu vejo com certo otimismo, mesmo dentro desse quadro triste que é o time de políticos em atuação no país, coisa de quinta categoria, de vereador a senador, os representantes do povo são um lixo mesmo. Mas, independente desse lixo, o povo parece cada vez mais se dar conta que tem que exigir mudanças.

    Isso nunca me pareceu ruim. Ruim é o reacionarismo.

    Mesmo que se mude e se erre, o erro é um dos métodos do acerto. Nem sempre o mais rápido, o mais barato e o melhor, mas é um método. Errando acaba-se acertando.

  70. Chesterton said

    Rimou, mas vá lá: dificilmente o Brasil escapará de um racionamento de energia elétrica. Culpado? O intervencionismo do governo Dilma:

    O economista Raul Velloso destaca o tema do livro “Energia elétrica a caminho do estrangulamento”, escrito em parceria com Paulo Springer de Freitas e Omar Abbud. Na obra, que será lançada dia 13 de maio, os autores apontam a ingerência do Estado como um dos principais problemas do setor elétrico. Segundo Velloso, o governo adota uma política equivocada, principalmente, por insistir em controlar os preços da tarifa de energia. “Com preço abaixo do custo, o consumo fica dissimulado porque está barato e a oferta não cresce adequadamente, pois o retorno não atrai os produtores”, explica ele. Como consequência, Velloso se refere à possibilidade de racionamento. “Não sei se vai acontecer, mas todas as contas sinalizam para isso”, diz, acrescentando que o caminho para fugir à distribuição controlada de energia seria aumentar o preço para reduzir demanda em pleno ano eleitoral. “Diante da gravidade do quadro, dificilmente vamos escapar de um racionamento”, afirma Velloso. (Instituto Millenium).

  71. Chesterton said

    Estadão:
    O Brasil vai continuar entre os perdedores na maratona da recuperação global, neste e no próximo ano, segundo as novas estimativas da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), formada por 34 países desenvolvidos e em desenvolvimento. No sexto ano da crise, melhoram as previsões para as economias desenvolvidas, enquanto o panorama da economia brasileira se torna mais sombrio, com perspectivas de menor crescimento, maior inflação e contas públicas em mau estado. O contraste entre o cenário de recuperação no mundo rico e o da estagnação no Brasil, já mostrado pelo Fundo Monetário e pelo Banco Mundial, aparece agora nas projeções de mais uma entidade multilateral. Vê-se o mesmo contraste quando se compara o desempenho brasileiro com o de vários países latino-americanos mais dinâmicos e mais equilibrados. Isso foi mostrado também num relatório recém-divulgado por uma entidade privada, a agência de avaliação de riscos Standard & Poor’s. Se as bolas de cristal dessas organizações estiverem bem reguladas, os brasileiros aproveitarão muito modestamente a melhora do quadro econômico externo.
    A economia mundial crescerá 3,4% em 2014 e 3,9% em 2015, segundo a OCDE. Para os 34 países sócios da entidade os números previstos são 2,2% e 2,8%. Todas essas estimativas são mais animadoras que as publicadas no relatório anterior, em novembro. Para os Briics (Brasil, Rússia, Índia, Indonésia, China e África do Sul) as previsões são de 5,3% neste ano e de 5,7% no próximo. A China mais uma vez estará na dianteira, com taxas pouco inferiores a 7,5% em cada ano.
    O Brasil será o grande retardatário, com as projeções de crescimento reduzidas de 2,2% para 1,8% em 2014 e de 2,5% para 2,2% em 2015. A economia brasileira, segundo o estudo, continuará prejudicada por vários gargalos, como o baixo nível de investimentos, a infraestrutura deficiente, os impostos elevados, a escassez de mão de obra qualificada e o protecionismo comercial. Todos esses fatores são bem conhecidos.
    Vários deles, como a oferta apertada de mão de obra, também contribuem para a inflação. Se o Banco Central mantiver a política de juros altos para conter a alta de preços, também esse fator dificultará o crescimento. Mas uma política severa será necessária, segundo a OCDE, para neutralizar as pressões inflacionárias. Além de manter os juros altos, será preciso conter o crédito oficial e executar o prometido aperto das contas públicas. Tudo isso envolverá custos em termos de emprego e de crescimento, “mas atrasar a ação só aumentaria os custos”, diz a OCDE. A inflação projetada é de 5,9% neste ano e de 5,5% no próximo. As médias para os países-membros são de 1,8% e de 1,9%.
    O contraste é igualmente forte quando se consideram as contas públicas. O déficit fiscal brasileiro, de 3,3% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2013, deve chegar a 3,4% em 2014 e cair ligeiramente para 3,1% em 2015. As projeções para os países-membros da OCDE apontam uma melhora contínua: 4,6% no ano passado, 3,9% neste e 3,2% no próximo.
    Essas estimativas incluem as contas de países desenvolvidos com fortes desequilíbrios fiscais a partir da crise. As melhoras têm sido muito sensíveis e alguns desses países, como Itália e França, tendem a apresentar rapidamente déficits menores que os do Brasil nas contas públicas. As previsões para a França indicam déficits de 3,8% em 2014 e 3,1% em 2015. As estimativas para a Itália indicam 2,7% e 2,1%.
    Restrições de crédito e desempenho mais fraco de alguns emergentes, principalmente a China, podem contrariar as expectativas indicadas no relatório da OCDE. Mas as projeções de investimento produtivo e de recuperação do comércio, novamente com expansão maior que a da produção global, parecem justificar, neste momento, uma atitude otimista.
    A melhora do comércio internacional poderá beneficiar o Brasil, segundo o relatório. Mas, com tantos gargalos, o País aproveitará de forma limitada as oportunidades. Essa ressalva está embutida nas projeções de lento crescimento.

  72. Daise said

    Pax

    O cenário já mudou…e só “Carolina” não viu:

    http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2014/05/09/aecio-e-eduardo-campos-comecam-a-ser-vistos-como-agentes-de-mudanca/

    Imagina depois da Copa.

  73. Chesterton said

    Dilma cai outra vez…

  74. Daise said

    Chesterton

    Veja também esta versão com letreiros:

  75. Pax said

    Caro Guatambu, em #48

    Você toca num ponto que é importante pacas. Vou repetir tua frase confessando que não tinha lido o comentário. Esses dias foram corridos e agora respondo. Vou repetir o que você disse:

    Pax,

    Desculpe, mas integridade moral e ética misturado com política costuma cheirar muito mal.

    No início do mandato da Dilma ela aceitou um monte de ministros cujo histórico moral e ético eram altamente duvidosos.

    Então a Dilma aceita um cara eticamente duvidoso na equipe dela, mas a ética dela não é afetada por isso?

    Não Pax… precisamos discutir melhor esse ponto.

    Pois bem, também acho a mesma coisa que você acha. Também reclamei um bocado do tal “mantra” do pragmatismo, da governabilidade.

    E é isso mesmo. Dilma, para montar sua equipe, precisou dividir o Brasil em sesmarias e entregá-las a notórios bandidos. De sua equipe particular mesmo, tenho muitas dúvidas de quem ela realmente escolheu.

    As sesmarias foram entregues não só aos partidos aliados neste nosso modelo presidencialista de coalizão (existe em outros países e não é tão corrupto como aqui, sim, ex: Alemanha), mas algumas sesmarias foram entregues a notórios desvirtuados do próprio… PT.

    As questões que se colocam, assim me parece, são:

    1 – como poderia ter feito diferente? Um exemplo: entregar o Ministério dos Transportes do PR do Valdemar da Costa Neto. O noticiário nos enche de notícias que tanto do Valdemar quanto seus colegas (ou subalternos) tem histório trágico de desvios. E aí entra a ANTT – Agencia Nacional de Transportes Terrestres, o DNIT – Depart. Nacional de Infraestrutura Terrestre, estradas e mais estradas, empreiteiras e mais empreiteiras. Foram tantos escândalos de corrupção que Dilma teve que tirar o PR dessa pasta. Até agora, ano eleitoral e?

    E devolveu a pasta – que tem orçamento estratosférico, para a mesma turma, ou bando, ou quadrilha (o noticiário é tão farto que nos permite pensar assim). Veja a notícia aqui:

    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,dilma-afaga-pr-e-nomeia-vice-do-bb-para-o-ministerio-dos-transportes,1015711,0.htm

    O tal Cesar Borges, aliado do ACM, estada acabidado numa vice-presidência do BB e ganhou o Min dos Transportes.

    Se você pegar esse exemplo e extrapolar para o resto da equipe, dos tais famosos 39 ministérios, vai verificar que a maior parte da equipe de Dilma é formada dessa mesma natureza de relações políticas.

    E eu volto minha pergunta: como poderia ter feito diferente. De antemão digo que não sei a resposta. E de antemão digo que isso, sim, concordando com você, isso macula a imagem de qualquer governante nas questões éticas e morais.

    2 – a segunda grande questão é: quanto Dilma, seus familiares etc se locupletaram ou se deram bem com ela na presidência. Sua filha teve patrimônio aumentado por conta da influência da mãe, por exemplo? Seu ex-marido? Juro que não sei, mas até onde eu acompanho as notícias, não tenho nada arquivado. E tenha certeza que teria. Muito diferente dos dois ex-presidentes anteriores, Lula e FHC.

    3 – Tem uma ministra, essa sim, que segundo me consta foi escolha pessoal de Dilma, a Gleisi Hoffmann. Por conta dessa senhora, acredite, o PT perdeu inúmeros simpatizantes. O tempo passou e eu não canso de confirmar que os tais ex-simpatizantes tinham absoluta razão. Gleisi agora é candidata ao governo do PR. Quero ver o que a turma do PSDB de lá (complicada pacas, PR é recheado de escândalos de corrupção nos governos tucanos) vai explorar. Mas, se estivesse nos sapatos do tucanato paranaense, procuraria o link da conexão londrina, André Vargas, Alberto Youssef, Paulo Bernardo que é… marido da Gleisi.

    Em outras palavras, não discordo muito de você. Dilma aceitou jogar com um time que cheira muito mal. E aí faço minha pergunta pela terceira vez: como ela poderia ter feito diferente?

    FHC fez igual, Lula fez igual (e fez tanto que me parece ter deixado armadilhas complicadíssimas) e Dilma não fugiu a regra. Isso é fato.

    E nenhum dos três mexeu uma palha para que o modelo se alterasse. Já são 20 anos e a reforma política repousa solenemente para que as tetas fartas abasteçam nosso presidencialismo de coalizão.

  76. Chesterton said

    que cegueira, Pax.

  77. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    Meio ambiente
    A falta de água em São Paulo tem solução?

    http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/a-falta-de-agua-em-sao-paulo-tem-solucao

  78. Chesterton said

    Cubano faz travessia de 4 dias em prancha de windsurf para chegar aos EUA
    Jorge Armando Martínez relembra como foi encontrado por pescadores depois da desgastante viagem, em água infestada por tubarões.
    Da BBC

    9 comentários
    Jorge Armando Martínez, de 28 anos, foi encontrado por pescadores no dia 21 de fevereiro nas pequenas ilhas Marquesas Key, ao sul do Estado americano da Flórida, em uma prancha de windsurf.
    Os pescadores viram Martínez quando ele agitou os braços, cansados depois de uma travessia de quatro dias que partiu da praia Jibacoa, a leste de Havana, em Cuba.
    O cubano sobreviveu à viagem carregando uma garrafa de água e dez balas, atravessando as águas infestadas de tubarões do estreito que separa Cuba dos Estados Unidos.
    Martínez estava desidratado, muito cansado, faminto, com bolhas nas mãos e queimaduras de sol pelo corpo. Mas finalmente tinha alcançado seu sonho de chegar aos EUA.
    “Meu sonho sempre foi estar aqui; em um país desenvolvido onde existe a oportunidade de trabalhar honradamente e poder viver como uma pessoa”, disse Martínez à BBC Mundo em uma praia de Miami, já recuperado de sua aventura.
    O cubano passou nove meses aprendendo e se aperfeiçoando no windsurf, estudando o clima do Estreito da Flórida, vendendo tudo o que tinha para se preparar para a travessia.
    “Vendi todas as minhas coisas, de onde eu vivia. Fiquei praticamente com minha cama, meu ventilador e apenas com o equipamento com o qual iria fazer a viagem”, afirmou.
    Decisão
    Martínez trabalhava com informática e comércio de joias mas havia muito tempo tomou a decisão de sair de Cuba. Há menos de um ano, decidiu que faria isso com uma prancha de windsurf.
    A escolha do incomum meio de transporte ocorreu depois que ele não conseguiu comprar um motor para uma lancha junto com dois amigos – e o fato de ter tido uma filha.
    “Tenho uma bebê de um ano e sete meses e foi quando percebi que ela poderia passar fome e necessidades. Eu estava acostumado [a passar fome e necessidades]. Mas a criança não. Eu a via quase sem comida e tinha de buscar uma forma de dar a ela uma vida melhor”, disse.
    O cubano comprou uma prancha usada por US$ 340 (cerca de R$ 751) e começou a fazer exercícios para conseguir a resistência e a força necessárias para atravessar o mar.
    “Nadava, corria para aumentar a resistência, fazia exercícios com pesos na academia e, cada vez que tinha vento, ia para a água para aperfeiçoar minha técnica. Treinei muito forte durante os nove meses, quase sem alimentação (…) Passava muitas horas no mar, desde o meio-dia, quando o vento aumentava, até quase à noite”, disse.
    “Durante a preparação praticamente me desliguei do mundo. Deixei de fazer tudo o que gostava: nada de cinema, nada de namoro, nada de filmes, nada de jogos. Apenas envolvido (com o plano de) sair do país”, afirmou.
    Martínez treinava com o primo, Humberto – que na última hora decidiu não viajar -, e com outros dois amigos, Henry e Duarte.
    Telefonema e quedas
    A viagem começou no dia 17 de fevereiro. Martínez pegou a prancha e a vela, colocou na mochila uma garrafa de água, dez balas, roupa para navegar e se proteger do sol e uma bússola de plástico, presente de um amigo. A avó costurou uma correia de couro na bússola, para que ele usasse o aparelho amarrado no pulso, como um relógio.
    A família de Martínez não sabia que ele iria fugir do país.
    “Disse a eles que iria acampar, iríamos navegar perto da praia de Jibacoa. A única pessoa que contei (sobre a fuga) foi minha filha, mas como é um bebê, não entendeu. (…) Fiz umas fotos e dei de presente a ela uma bonequinha”, lembrou o cubano.
    Já na praia de Jibacoa, prestes a começar a travessia, ele ligou para a irmã, contanto que iria fugir para os Estados Unidos.
    O plano inicial era de uma viagem de cinco ou seis horas, mas acabou se transformando em uma odisseia de quatro dias e três noites no mar.
    As dificuldades começaram quando um dos companheiros de viagem, Duarte, começou a ter problemas com o equipamento e caiu várias vezes, atrasando o grupo.
    Na metade do caminho, os três tiveram que se separar e Martínez percebeu que não tinha mais forças para navegar.
    “Estava sozinho no Estreito da Flórida e não podia me desesperar. Não podia ficar ali e não podia morrer. Tomei a decisão rápida de não perder mais tempo e abandonar a vela”, contou o cubano a respeito do momento que começou a remar com o mastro da vela.
    “Administrava a água, (…), sentia muita sede. O sol estava muito forte, me castigava muito, dava dores de cabeça. Na noite de quarta-feira comecei a alucinar. Era como se houvesse um bosque ao meu redor”.
    Tubarões ou navios
    O cubano disse não ter visto tubarões, mas teve que fugir de vários navios mercantes temendo ser sugado pelos motores.
    Na manhã do quarto dia, quando estava prestes a mudar de rumo por não encontrar terra, notou uma mudança na água e viu, à distância, os recifes da Flórida. “Minha alegria foi enorme”, disse.
    Naquele momento, o outro companheiro de viagem, Henry, já tinha chegado aos Estados Unidos. Em terra, ele avisou as autoridades sobre os dois outros companheiros de viagem no mar e a operação de buscas começou.
    Duarte foi encontrado quase inconsciente, desorientado, flutuando em sua prancha, perto dos recifes. Ele foi repatriado. Martínez não queria correr o mesmo risco.
    “Muitos helicópteros me procuravam, barcos. Mas, a cada vez que fica perto de uma, me deitava na prancha para que não me encontrassem. Era o momento final, se me recolhessem do mar, iriam me deportar”.
    Martínez conhecia a lei de Ajuste Cubano, pela qual os cidadãos de Cuba que cheguem aos Estados Unidos pelos próprios meios têm o direito de ficar.
    O cubano conseguiu chegar a uma praia de Marquesas Key, onde ele foi encontrado pelos pescadores que deram água a ele e chamaram a Guarda Costeira.
    Martínez foi levado então a um hospital onde ficou internado por quatro dias.
    “Acho que ficarei muito bem aqui, pois gosto de trabalhar, gosto de lutar”, disse Martínez.
    Ele já está vivendo na casa de cubanos que viram sua história pela televisão e ofereceram ajuda.
    Enquanto espera a documentação que permitirá que ele trabalhe, já começou a estudar inglês e recebeu uma oferta de emprego e uma loja de equipamentos para windsurf.
    “No nível profissional, vou fazer muito. Quero trabalhar muito, juntar dinheiro e montar meus negócios para poder trazer minha filha e ajudar minha família”.

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/05/cubano-faz-travessia-de-4-dias-em-prancha-de-windsurf-para-chegar-aos-eua.html

  79. Chesterton said

    vai Carlão!!!

    http://www.portalcambe.com.br/mulher-grita-vai-carlao-na-hora-do-sexo-e-leva-40-facadas-do-marido-acusado-chama-ailton/

  80. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    O voto é um direito ou uma obrigação?
    Obrigatório ou Facultivo? Qual é o melhor para o Brasil evoluir democraticamente?

    Veja a Datafolha sobre o assunto:

    http://oglobo.globo.com/pais/datafolha-57-dos-eleitores-faltariam-eleicao-se-voto-fosse-facultativo-12451455

    Eu quero voto facultativo.E meu direito.

    Na minha opinião o voto facultativo enfraqueceria o efeito “bolsa-voto”.Exceto no Norte/Nordeste (e outros rincões de pobreza)onde os prefeitos (coronéis partidários) ainda constrangeriam os eleitores mais dependentes e menos educados politicamente.

    Quem mais concorda?
    Ou discorda? Por que?

    Pax: Como social democrata assumido qual é a sua opinião?

    Imagina depois da Copa.

    Chesterton

    Voto no Carlão! kkkkk

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 37 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: