políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

SP: Sem água, sem trem, sem metrô

Posted by Pax em 09/05/2014

Praticamente todos os dias há problemas nos trens que atendem a região metropolitana de São Paulo. Basta ligar o rádio nos noticiários matinais e os problemas surgem. O Metrô da cidade é muito aquém da necessidade.

As causas? Há inúmeras. Entre elas, os desvios, a roubalheira, os cartéis formados, segundo o noticiário.

MP denuncia 30 executivos por envolvimento em cartel no Metrô e na CPTM

Camila Maciel e Marli Moreira – Repórteres da Agência Brasil Edição: Marcos Chagas

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) anunciou, hoje (25), que foi encaminhada denúncia à Justiça contra 30 executivos acusados de envolvimento em formação de cartel e fraudes em 11 contratos de licitações do governo paulista. As irregularidades foram verificadas em contratos de 12 empresas, firmados em cinco projetos do metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

De acordo com o promotor de Justiça Marcelo Mendroni, do Grupo de Atuação Especial de Combate aos Delitos Econômicos (Gedec), as fraudes teriam ocorrido a partir de 1998. Os prejuízos aos cofres públicos são avaliados em R$ 834,8 milhões. A expectativa de Mendroni é que os processos sejam analisados rapidamente para que todos os acusados respondam pelos crimes praticados.

O promotor explicou que a estratégia mais comum nos casos foi a de participação nas concorrências públicas de forma combinada. Parte das empresas perdia a licitação e as vencedoras rateavam 30% dos ganhos e, em contrapartida, contratavam os serviços das perdedoras. Os contratos somam R$ 2,7 bilhões.

Alguns dos executivos denunciados eram funcionários das empresas Siemens e da Alstom, que já são investigadas por denúncia de cartel em licitações do metrô. Também foram citadas as empresas Balfour Beatty Rail Power Systems Brasil Ltda, Bombardier, CAF, Daimler-Chrysler, Hyundai, MGE, Mitsui, Tejofran, Temoinsa e T’Trans.

“Houve um esquema profissional montado por todas essas empresas para roubar dinheiro público pela formação de cartel e fraude à licitação”, declarou o promotor. Ele avalia que, no caso de um ressarcimento ao erário, o valor deveria ser pelo menos o dobro do que foi fraudado. A investigação, iniciada em agosto do ano passado, teve como base os termos do acordo de leniência, firmado pela empresa Siemens com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Os projetos em que foram verificadas fraudes foram as linhas 5 e 2 do Metrô, o projeto de manutenção das séries 2000, 2100 e 3000, o projeto Boa Viagem e duas licitações para aquisição de vagões, sendo uma para compra de 320 carros e outra para 64. No caso da manutenção, a investigação mostrou que a Siemens concorreu apenas pró-forma, pois a interessava apenas a licitação do modelo 3000. “Essa série foi construída por ela e fazer a manutenção sairia mais barato”, explicou o promotor.

No projeto de aquisição de vagões, apesar de o cartel formado não ter saído vencedor, Mendroni aponta que a fraude está confirmada. “Embora não tenham ganhado contrato, os crimes de fraude à licitação são consumados. A lei diz que o crime se configura quando se frustra ou se frauda o caráter competitivo da licitação”, avaliou.

Embora não faça parte da investigação do Gedec, o promotor acredita que houve participação de agentes públicos nas fraudes. “O texto da denúncia, que é público, mostra isso”, declarou. Mendroni informou que novos documentos foram enviados pelo Cade à promotoria. Com isso, outras provas podem ser juntadas aos processos ou novas denúncias podem ser abertas, caso surjam investigados que não foram apontados neste momento.

A Agência Brasil entrou em contato com as empresas denunciadas pelo Ministério Público. A Bombardier disse, por meio de nota, que segue padrões éticos em todos os países onde atua e tem confiança de que os funcionários agem de acordo com as leis e o código de ética da empresa. Disse ainda que colabora e continuará prestando informações às investigações em curso.

A MGE disse que, como a investigação está em andamento, não fará comentários. Ressaltou apenas que continua cooperando com as autoridades. A Mitsui & Co S.A também informou que não irá se manifestar. Informou ter conhecimento da investigação e, caso solicitada, irá cooperar com o processo. A Alstom e a CAF declararam que não se pronunciarão no momento.

As demais empresas não foram localizadas para comentar ou não retornaram ao contato até o momento da publicação da reportagem.

About these ads

260 Respostas to “SP: Sem água, sem trem, sem metrô”

  1. Patriarca da Paciência said

    Mas há uma esperança, caro Pax,

    Fernando Henrique Cardoso anuncia aposentadoria.

    São pedro vai agradecer e mandar muita chuva para São Paulo.

    http://esquerdopata.blogspot.com.br/2014/05/fhc-anuncia-aposentadoria.html

  2. Otto said

    Pax,
    voltando a um comentário seu anterior.
    Sobre a transposição do rio São Francisco. Claro que você não vai ser informado pela grande mídia. É sinal de que está acontecendo, senão ela falava.

    Agora olha aqui algumas fotos das obras, veja que beleza:

    http://guidorezende.wordpress.com/

  3. Patriarca da Paciência said

    Post 02,

    maravilha, caro Otto,

    mas as pessoas só acreditam naquilo que estão predispostas a acreditar ou, na melhor das hipóteses, na versão que querem acreditar.

    Essa é uma obra planejada ainda no tempo do império, tal qual Brasília, dizem que pela equipe do ministro José Bonifácio de Andrada e Silva.

    JK realizou Brasília e Lula possibilitou a realização do transposição do Velho Chico.

    Duas grandes obras que sempre estiveram nos corações e mentes do verdadeiros brasileiros.

    É o início da solução definitiva para os problemas do Nordeste, assim como Brasília levou o progresso para o interior brasileiro..

    Coisa que o Geraldão não fez por São Paulo.

  4. Patriarca da Paciência said

    Post 02,

    maravilha, caro Otto,

    mas as pessoas só acreditam naquilo que estão predispostas a acreditar ou, na melhor das hipóteses, na versão que querem acreditar.

    Essa é uma obra planejada ainda no tempo do império, tal qual Brasília, dizem que pela equipe do ministro José Bonifácio de Andrada e Silva.

    JK realizou Brasília e Lula possibilitou a realização do transposição do Velho Chico.

    Duas grandes obras que sempre estiveram nos corações e mentes dos verdadeiros brasileiros.

    É o início da solução definitiva para os problemas do Nordeste, assim como Brasília levou o progresso para o interior brasileiro..

    Coisa que o Geraldão não fez por São Paulo.

  5. Otto said

    Patriarca:

    o Brasil real não passa na tela da Globo.

    Nem nas páginas da velha mídia.

  6. Otto said

    Guatambu (Edu?):

    saneamento básico é responsa dos municípios.

    O governo federal libera a grana conforme os projetos apresentados pelos prefeitos.Mas quem realiza ou deixa de realizar são estes.

  7. Guatambu said

    Otto,

    Edu?

    Então pq quando vc falava de 92% das obras prontas, vc cantava vitória como se fosse responsabiliade exclusiva do governo federal? Então quando é vitória, é do governo federal; e quando é derrota é dos estados e municípios?

    Agora entendo o teu papel e o do Patriarca da Paciência no blog.

    Sinta-se livre para achar o que quiser.

    O que eu tinha a dizer, já foi dito, cansei dessa conversa mole.

  8. Patriarca da Paciência said

    Fora do tema:

    “200 jovens de uma escola internato no vilarejo nortista de Chibok em 14 de abril. Cerca de 200 homens armados chegaram ao local à noite em 20 veículos para roubar mantimentos e levar as estudantes.
    O caso gerou duras críticas ao governo, que teria mostrado pouco empenho em resgatar as jovens. O sequestro também expôs ao mundo a ação, na Nigéria, de um grupo extremista armado que age em nome de uma suposta “guerra santa” – nesse caso, contra o modelo de educação “ocidental” seguido no país.
    Notícias relacionadas
    Quem são as centenas de jovens sequestradas na Nigéria?
    Pais se desesperam ante falta de notícias sobre meninas desaparecidas na Nigéria
    Paradeiro de meninas sequestradas de escola na Nigéria ainda é mistério
    Tópicos relacionados
    Internacional
    Para ajudar a entender a complexidade do episódio, a BBC preparou algumas respostas a perguntas mais frequentes sobre o caso.
    Por que as garotas foram capturadas?

    Na língua local hausa, Boko Haram significa “educação ocidental é proibida”. O grupo promove o conceito de que na visão islâmica o lugar das mulheres é em casa.
    Não é a primeira vez que o grupo ataca escolas. A de Chibok era a única ainda em funcionamento na região de Borno e não tinha nenhum recurso de segurança. As estudantes são cristãs e muçulmanas e passavam pelos exames finais do ano.”

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/05/140506_boko_haram_entenda_lk.shtml

    É a “Primavera Árabe”, patrocinada pelos Estados Unidos e Europa, a todo vapor!

    Líbia tinha o melhor IDH da África, praticamente já era um país desenvolvido, hoje é um país destruiído.

    Nigéria vai pelo mesmo caminho.

    No Egito, derrubaram uma ditadura, colocaram uma “democracia” que caminhava célere para uma teocracia islâmica, aí tiveram que derrubar a futura teocracia islâmica e o Egito hoje se encontra em rigorosa ditadura militar.

    São as interferências e benesses das democracias ocidentais !

  9. Patriarca da Paciência said

    “Agora entendo o teu papel e o do Patriarca da Paciência no blog.”

    Meu papel no blog ?????????????????????? E qual é o meu papel no blog, caro Guatambu, você poderia me explicar ????????????????

    Caso você não saiba, o Pax, Chesterton, Elias e eu trocamos comentários desde o tempo do “NoMínimo”, passamos pelo Pedro Doria e o Pax quis continuar essa nossa “conversa” de longos anos.

    Caso você ache que eu estou “ganhando um dinheirão” para expor aquilo que penso, penso que é tempo perdido.

    Sequer faço parte de alguma agremiação política. Exerço o meu direito de cidadão ao manifestar minha livre opinião. Ainda no tempo do Pedro Doria, foi ganhando corpo uma tese de que a verdadeira democracia será realizada através da internet.

    Na Grécia antiga, os cidadãos votavam diretamente em praça pública sobre os temas de interessa da coletividade. Acontece que na Grécia antiga, dois terços das pessoas eram escravos, sem nenhum direito.

    Agora, com a internet, todas as pessoas podem se manifestar livremente.

    É a verdadeira democracia nascendo e eu sempre tive plena consciência desse maravilhoso fenômeno.

  10. Zbigniew said

    Patriarca, é assim mesmo.
    Estamos vendo a cada eleição o ranger de dentes daquilo que o Andreas Gunder Frank denominou de “lumpemburguesia”.
    É um discurso bastante estimulado pela luta do poder e que tem encontrado eco na classe média, dita indignada, que precisa de um eleito para sacrificar aos deuses e, quem sabe assim, receber as bençãos que extirparão da face da terra (brasilis) todo o mal que a aflige.

    Daí a ideia do “teu papel no blog”, como se um cidadão não pudesse expor suas convicções independentemente de qualquer vinculação partidária, a não ser com os ditames adotados pelo partido.

  11. Guatambu said

    Ah, me expressei mal, por “teu papel no blog” entendam: o que vc gosta de fazer no blog.

    Uma coisa é verdade: dados e fatos não é com vcs…

    Tudo bem, vcs continuam com o direito de se expressarem livremente, alguém falou que não pode?

    Inclusive, o blog é do Pax, e ele que, se quiser, pode proibir alguém de falar.

    Patriarca da Paciência.

    Não precisa fazer uma tese explicando o seu direito de se manifestar, esse direito eu entendo bem.

    E vc?

  12. Guatambu said

    Zbigniew,

    Ao que me parece, quem está defendendo partido aqui é o Patriarca da Paciência e o Otto…

    Não mudo uma vírgula da crítica que o Pax tem feito, tanto ao PT quanto ao PSDB.

    Mas acho q também não preciso ficar fazendo tese explicando isenção, não é mesmo?

  13. Pax said

    Prezados,

    Calma. E canja de galinha. Ambos nunca fazem mal.

    Caro Guatambu, eu não corto ninguém. Neste espaço qualquer opinião é aceita pelo blog.

    Exceto trollagem, já temos experiência que só enche o saco e tira o espaço do norte democrático, esses eu me dou o direito de julgar e bloquear –> hoje em dia não tem nenhum bloqueio ativado e somente 7 comentários eu não liberei porque minha família e minha mãe não tem culpa alguma deste espaço existir. 7 comentários em 6 anos de existência… exatamente isso, foram todos os bloqueios que fiz, tem no registro da adm do blog.

    Alguns ensaios de trollagem eu coloco o comentarista por um tempo como pré-moderado. O comentário só é liberado depois que eu leio. Os trolls desistem rapidinho quando exerço esse meu direito de adminstrador desse NOSSO espaço. É democrático, sim. No meu julgamento é.

    Todos temos direito de gostarmos de qualquer coisa. O livre arbítrio, a liberdade, é meu bem mais precioso. Aprendi quando moleque isso e, como valorizo nesse nível, não me sinto no direito de tirar o mesmo de outrém.

    Por isso é que peço calma. Todos temos opiniões, crítica, torcidas. O que sempre alerto é que discutamos fatos, não pessoas.

    O que gosto daqui, é exatamente essa pluralidade de opiniões. Isso que me faz manter a pauta, tentar o maior equilíbrio que consiga, entrar no barato do blog onde o valor maior são os comentários mesmo. O resto é só coleção de notícias sobre uma dada pauta.

    Sejamos o mínimo cordiais uns como os outros que a coisa anda.

    Abraços a todos.

  14. Pax said

    Ah, sim…. caro Guatambu, não vejo problemas de alguém defender partido.

    Eu sento o cacete em que partido for. Mas não me incomodo que alguns defendam esse ou aquele partido, essa ou aquela bandeira . Só me permito todo o direito de rebater com dados e fatos, e algumas opiniões também, quando e como quero.

    Eu mesmo defendo, declarada e abertamente, minha posição social democrata. Esse é meu norte, meu sonho político.

  15. Patriarca da Paciência said

    Fora do tema:

    “247 – O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB, Wadih Damous, classificou ao 247 como “estapafúrdia” e “barbaridade” a decisão do presidente do STF, divulgada nesta sexta-feira 9, de negar o acesso do ex-ministro José Dirceu ao trabalho externo ao Complexo da Papuda, em Brasília, onde está preso.

    – A decisão de Joaquim Barbosa não se sustenta, há toda uma jurisprudência consolidada sobre o direito do preso em regime semiaberto trabalhar”, pontuou Damous ao 247. “A questão do cumprimento de um sexto da pena para conseguir acesso ao trabalho só é cabível quando o preso em regime fechado evolui para o semiaberto e não quando este preso já foi condenado ao semiaberto”.

    O advogado ficou particularmente irritado com o trecho da decisão em que Barbosa classifica como “ação entre amigos” o convite de um escritório de advocacia de Brasília para ter Dirceu como integrante.

    – É uma barbaridade do presidente do Supremo essa tentativa de desqualificar uma pessoa presa, que é advogado, e o escritório que o convidou. A lei não faz nenhuma restrição sobre se se pode ou não trabalhar com amigos. Barbosa inventa a lei que ele quer, em lugar de seguir a que existe e todos deveriam respeitar, a começar dele próprio.

    Para Damous, Barbosa não é nada isento em relação ao condenado:

    – Sempre que se interpreta a lei em relação a José Dirceu, essa interpretação, por parte de Barbosa, contra. Isso fere claramente os direitos dele como pessoa, em particular, e os direitos humanos em geral.”

    Caro Pax, comentário 14,

    essa é outra tese consolidada nesses longos anos da nossa “convivência”. Não há problema nenhum em defender um partido ou um tese, desde que que o faça aberta e claramente. O que não pode é essa hipocrisia de defender seu lado e “canastrando” que está sendo imparcial.

  16. Pax said

    Caro Patriarca,

    Por isso que fiz o comentário #13. Porque entendo que o Guatambu participa de uma forma elegante por aqui. Assim como vários novos comentaristas.

    Como você mesmo diz são longos anos de nossa “convivência”. Que todos possam cultivar o mesmo.

    ah, sim, o velho e rabugento Chesterton a gente sabe como é…

    =)

    É que o titio dele o deixou meio “de ansim…”

    =)

  17. Chesterton said

    eu sou o dono do pedaço

    http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2014/04/1446098-miguel-srougi-mais-medicos—fragmentos-sobre-a-loucura.shtml

  18. Chesterton said

    http://selvabrasilis.blogspot.com.br/2014/05/para-o-pt-assassinar-o-presidente-do.html

  19. Chesterton said

    Finalmente uma luz

    http://selvabrasilis.blogspot.com.br/2014/05/congresso-americano-contra-obama-e.html

  20. Chesterton said

  21. Chesterton said

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/luisfranciscocarvalhofilho/2014/05/1452297-linchamentos.shtml

  22. Chesterton said

    O PT privatizou o estado todo: o avanço do parasita

    O Brasil está satisfeito com o padrão petista de concubinato estatal (em comunhão de bens). A privatização do Banco do Brasil pelo valerioduto, por exemplo, encheu o PT de dinheiro público e foi saudada pela nação com a reeleição de Lula. A entrega do PAC à conexão Delta-Cachoeira foi chancelada com aprovação recorde a Dilma em 2012. A CPI do Cachoeira, aliás, não levou às ruas um gato pingado com cartolina de protesto. A mulher do bicheiro virou musa, e a farra dos superfaturamentos no Ministério dos Transportes retornou no ano seguinte, nova em folha. A CPI da Copa, que trataria da privatização do BNDES na jogada dos estádios bilionários, foi engavetada pelo Congresso — sem nenhuma alma penada gritando que não vai ter Copa.

    É claro que, com todas essas privatizações estatais do governo popular, está ficando difícil fechar as contas públicas (mesmo com a maquiagem contábil). Mas não tem problema. O ministro da criatividade fazendária, Guido Mantega, já anunciou que pode haver um aumento de impostos sobre bens de consumo. Perfeito. O contribuinte precisa ser chamado a completar o caixa, porque os sócios de Youssef não podem morrer de fome.

    Agindo assim, o governo Dilma está em consonância com a coqueluche mundial dos progressistas, o best-seller “O capital no século XXI” — obra de mais um autor da bondosa esquerda francesa. Basicamente, ele propõe mais impostos para quem consegue juntar dinheiro. É isso aí. Preservem Youssef, Rousseff e demais companheiros do povo. Como diria Thatcher, o socialismo será eterno enquanto durar o dinheiro dos outros.

    Fiuza

  23. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    O caríssimo Senador Eduardo Sulicy (PT/SP) nunca decepciona!
    Um verdadeiro senador artista.

    Jair Rodrigues deixa saudades.Morreu do Coração.

  24. Otto said

    Manchete: lucro da Petrobras caiu 30%. E em lugar nenhum: o da Shell caiu 44% e o da Chevron, 27%

    O ódio da imprensa brasileira à Petrobras não tem tamanho.
    O resultado financeiro trimestral divulgado ontem – R$ 5,4 bilhões – só foi inferior ao de 2013 ( R$ 7,7 bi) porque a empresa provisionou R$ 2,4 bilhões para o pagamento de indenizações de um imenso programa de desligamento voluntário de nada menos que 12% de seus empregados.

    Basta somar e ver que, sem isso, seria maior.
    Tanto que o lucro operacional no 1º trimestre de 2014 foi de R$ 7,6 bilhões, 8% superior ao do último trimestre de 2013.
    A tal queda de produção de 2.552 mil barris de óleo equivalente (petróleo e gás) diários para 2.531 mil é menor do que a produção de um único poço posto em operação quinta-feira, no pré-sal do Campo de Lula (26 mil barris/dia) e só ocorreu porque uma plataforma alugada está sendo substituída por uma própria no campo de Roncador e pela paralisação, por um incêndio, da plataforma P-20 (20 mil barris diários) no campo de Marlim, provocada por um incêndio e já de volta à produção.
    Quem entende do negócio sabe que, no lugar de ser decepcionante, o desempenho da Petrobras foi bom e será ótimo nos próximos balanços trimestrais.

    Até porque não foi um bom trimestre para as petroleiras.
    O lucro trimestral da Shell caiu 44% no trimestre.
    O da BP caiu 23%.
    Os ganhos no 1° trimestre da Chevron, 27%.

    Mas isso não virou manchete lá, porque todos sabem que são oscilações normais na operação de uma empresa petrolífera.
    Vira aqui, porque serve à politica eleitoral e, sobretudo para apresentar com um fracasso a mais estratégica empresa brasileira.
    Como fazem sempre, seja lá com o que for, com a gasolina barata (ou cara, depende do que convém dizer) e com as operações da empresa.

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=17344

  25. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    No meu comentário anterior #23 fiquei em dúvida entre chamar o nosso Senador Suplicy (PT/SP) de “artista” ou “autista”.
    Mas optei por “artista” ao me lembrar que ele foi casado por mais de 20 anos com a nossa Ministra da Cultura e ex-prefeita Marta e – é o pai do Supla.

    Além do mais, já tem o seu programa Renda Mínima traduzido para o Farsi e o Swahili (entre outras linguas regionais, em fase de extinção).

    Mais ainda, é “amigão” do Lula e um símbolo inequívoco da pujança do PT paulista.E nunca foi acusado de corrupção.

    É um senador artista, sem sombra de dúvida.

    Imagina depois da Copa.

    PS “The answer my friend is blowin’in the wind” cantada pelo Senador Suplicy se tornou um sucesso em todas as convenções do seu partido.Agora acrescentou um novo sucesso de público.

  26. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    É claro que não concordamos com tudo o que o Ney Matogrosso afirma nesta entrevista, em Portugal, à RTP – que na semana passada entrevistou o Lula.

    Mas em algumas coisas é difícil discordar.

    Eu sinto vergonha e desejo mudar para melhor.
    Talvez por ser uma brasileira ingênua que mora fora do país há mais de 3 Copas.

    Imagina depois da Copa.

  27. Patriarca da Paciência said

    “Aloysio Nunes
    Sérvolo é só parte de uma legião. Na terça-feira, vimos a patuscada armada por um conhecido militante-arruaceiro petista chamado Rodrigo Grassi Cademartor, conhecido como “Rodrigo Pilha”, que tem um blog na Internet e era, até há menos de um mês, assessor parlamentar da deputada Erika Kokay (PT-DF). As câmeras do circuito interno do Senado registram com precisão o que aconteceu.
    – o tal abordou o senador para lhe fazer perguntas como suposto blogueiro;
    – Aloysio respondeu a tudo calmamente;
    – o rapaz começou a insultá-lo, acusando-o de envolvimento com o cartel do metrô;
    – o senador o chamou de cafajeste;
    – “Pilha” confessa, então, que era só uma armação para fazer um vídeo e postar na Internet e chama do tucano “para a porrada”;
    – chegou a jogar uma garrafa d’água contra o senador;
    – foi detido pela segurança do Senado e solto em seguida.”
    (reinaldo rola bosta)

    Reinaldo rola-bosta atinge o fundo do poço da moralidade. Só mesmo uma pessoa sem um mínimo de moralidade para tentar “transcrever” um vídeo que todo mundo, de forma a aliviar a barra do senador babaca e destemperado.

    Está tudo gravado, reinaldo rola-bosta e contra fatos não há argumentos.

  28. Patriarca da Paciência said

    Correção:

    Reinaldo rola-bosta atinge o fundo do poço da moralidade. Só mesmo uma pessoa sem um mínimo de moralidade para tentar “transcrever” um vídeo que todo mundo, viu, de forma a aliviar a barra do senador babaca e destemperado.

    Está tudo gravado, reinaldo rola-bosta, e contra fatos não há argumentos.

  29. Patriarca da Paciência said

    Assim como Pelé e Romário calados são grandes poetas e foram grandes artista “falando” com os pés, o Neizinho Matogrossinho, requebrando até que é um artista sofrível, quando abre a boca só sai os clichês mais desgastados da direitona.

    A simplificação mental do dito cujo é digna de mauricinho mais alienado !

  30. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    Todos nós já fomos informados pela propaganda oficial do PT na TV que o governo lulodilmista é o melhor governo desde a queda do Imperio Romano do Oriente.

    Mas, por obra de uma oposição corrupta do PSDB/DEM e de uma Midia Golpista (PIG), dominada por interesses monopolizantes, foram introduzidos graves desvios de rumo, no cenário sócio-economico brasileiro.

    Por causa dessa ação insana – verdadeira “guerra psicologicamente adversa” como bem disse a nossa brava presidentA em janeiro passado…e à profunda crise internacional (e daqueles que sempre torcem para o pior), os bilionários Fundos de Pensão das Estatais mostram sinais de incompetência e de administração temerária.
    Por culpa, é claro,do STF – Joaquim Barbosa, principalmente e da má administração do PSDB em S.Paulo que não terá água, trens e metro a curto prazo. Sem esquecer do Reinaldo Rola Bosta! é claro.

    Dilma, “dialogando em dilmês” com Obama, chegou a afirmar na Russia, que quando a pasta de dente sai do dentifrício era impossível que ela, a pasta, voltasse para dentro do dentifrício, demonstrando sabedoria e total dominio do portugues.

    Na semana passada dialogando com mulheres jornalistas (e com Gleisi Narizinho e Trautmann) disse em alto e em bom som:
    Em 2015 a economia vai bombar. Não explodir.

    Por enquanto, antes de 2015 bombar,veja aqui os efeitos dessa atividade coordenada das forças da Oposição, da midia (PIG), do Reinaldo Rola Bosta e do Joaquim Barbosa,Presidente do STF, o carrasco dos mensaleiros causou:

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,fundos-de-pensao-tem-deficit-recorde-e-pedem-prazo-ao-governo-para-se-ajustar,184420,0.htm

    Imagina depois da Copa.

  31. Patriarca da Paciência said

    “Pesquisa Datafolha aponta que 61% dos brasileiros são contra o voto obrigatório e 57% não votariam se tivessem essa opção; desencanto com a política está expresso na alta porcentagem de eleitores que pretendem votar branco ou nulo nas próximas eleições; “A preferência nas pesquisas pelo voto nulo, pelo voto em branco, é uma tragédia nacional! É o descontentamento com as lideranças”, diz o senador Cristovam Buarque (PDT-DF); rejeição é maior entre os mais ricos e escolarizados; voto facultativo, diz a pesquisa, favoreceria o PT”
    (blog 247)

    Eu não tenho a menor dúvida de que isto é o resultado do “grande” trabalho da “grande” imprensa, o verdadeiro partido de oposição no Brasil, o famigerado PIG, Partido da Imprensa Golpista.

    São anos e anos de trabalho duro, esculhambando e levantando suspeitas sobre todos, TODOS, os políticos.

    Os abestados achavam que o povo iria confiar neles.

    O povo é muito sábio e sabe que, “quem fala de alguém para mim, fala de mim para alguém”.

    O PIG no fundo é ingênuo e boçal.

    E os petistas se salvam, justamente, porque não dão a mínima para o PIG, com seus reinaldos rola-bosta, seus augustos boçais canalhas nunes, seus merdais, seus telejornais, etc.etc.etc.

  32. Pax said

    O problema do vídeo com o Ney Matogrosso é que ele acerta metade das críticas e erra estrondosamente a outra metade, desmerecendo um tanto suas colocações, na minha opinião. Um pouco mais no detalhe:

    – a nova classe média (acho bem ruim esse classificação e denominação) chamaria de nova classe que ascendeu ao consumo. E não são pessoas que ganham R$ 70 ou isso mais um certo número de filhos. A remuneração média dos brasileiros, dado que sai constantemente, é de R$ 1600/mês (e, um problema, R$ 1200/mês para mulheres).

    – Não é que essas pessoas tenham passado só pela experiência de comer arroz com feijão. Não mesmo. Essas pessoas hoje compram (como dizem na roça – fazem a despesa (compra do mês) e ainda compram a mistura (proteína – ovos, carnes, manteiga, queijo e até iogurte).

    – Mais que isso, essas pessoas fazem suas compras “em vezes”. Uma enorme parcela tem lá seus carnês, seja da linha branca (fogão, geladeira, microondas) como móveis, computadores, e até mais, motos, carros.

    – Isso é um diferencial enorme. Não é o bolsa família. É o aumento real do salário mínimo, o índice de emprego em alta e muito mais que o Bolsa Família ou qualquer simplificação.

    – Até a oposição mais consciente sabe muito bem disso e nem teria condições de sair desse rumo. Até porque é Constitucional. Basta ter um mínimo de razoabilidade e entender os príncípios da nossa Constituição de 1988, a Constituição Cidadã (que não é do PT, é do Brasil).

    Nestes pontos, afora os que esqueço, Ney Matogrosso erra… grosso. Bolsa Família é uma parte muito pequena da sociedade brasileira. Basta ver o seguinte número: o PIB do Brasil em 2013 foi de R$ 4,8 trilhões. O orçamento do Bolsa Família foi perto de R$ 24 bilhões. É muito pouco, façam as contas. Salvo engano isso representa 0,5% do PIB.

    Em vários outros eu concordo, até com a forma exagerada.

  33. Patriarca da Paciência said

    E Barbosão continua com sua gestão temerária.

    Até quando o Senado e o Plenário do STF vão ficar calados?

    “Leia, abaixo, o texto de Janio de Freitas

    Direito ou errado

    Cassadas as licenças de trabalho aos condenados do mensalão, Barbosa vai ter de cassar todas as outras

    Quem tenha interesse, seja para o futuro eleitoral ou por outros propósitos, na permanência do “caso mensalão” como assunto incandescente na opinião pública, a mais recente decisão do ministro Joaquim Barbosa soa como melodia. Não só por manter José Dirceu preso em regime fechado. Sobretudo, isso sim, pelo fundamento invocado, que assegura novos embates de grande repercussão. Aliás, com o próprio ministro Joaquim Barbosa como personagem central.

    O início da fermentação não tarda. Joaquim Barbosa entende, contrariamente ao adotado pela Justiça brasileira, que condenados ao regime semiaberto devem cumprir um sexto da pena em prisão fechada. Cassadas por isso as licenças de trabalho externo dadas a Romeu Queiroz e a Rogério Tolentino, e negada a licença a José Dirceu, até para não ser incoerente Joaquim Barbosa deverá cassar todos os outros já com trabalho externo. É uma fileira de nove.

    Aí está uma ideia da movimentação de recursos a ocorrer em breve. Já nos próximos dias, porém, um dos mais importantes dentre eles, senão o mais, será encaminhado pelo advogado José Luis Oliveira Lima: com um agravo regimental, ele vai requerer que sejam submetidas ao plenário do Supremo Tribunal Federal a interpretação de Barbosa e as consequentes prisões fechadas de condenados ao semiaberto.

    Oliveira Lima não tem motivo para contar com o atendimento à sua providência: o presidente do STF tem negado todos os seus recursos. Mas, de uma parte, desta vez a recusa tenderia a gerar um problema no Supremo. E, de outra parte, caso prevaleça, não há dúvida de que Oliveira Lima leve ao Conselho Nacional de Justiça um recurso com questionamentos amplos.

    A divergência suscitada por Joaquim Barbosa precisa mesmo de uma solução definitiva, que não pode ser determinada por ele só. Prevalece em toda a Justiça, seguindo decisão já antiga do Superior Tribunal de Justiça, o entendimento de que a Lei de Execuções Penais se refere aos condenados a regime fechado ao dizer que, para passar ao regime semiaberto, é preciso ter cumprido um sexto da pena (o semiaberto consiste em saída para trabalhar e recolhimento à prisão ao fim do expediente, se atendidas condições como boa conduta, aprovação do emprego, e outras).

    Joaquim Barbosa considera que aquela lei determina regime fechado, durante um sexto da pena, mesmo para os condenados ao semiaberto. Parece claro que, se assim quisesse, a lei o diria, entre tantos dos seus pormenores. E não se justifica que seja feita ao condenado a regime semiaberto, mediante as condições explicitadas, a mesma exigência feita ao condenado a regime fechado, de reclusão total durante um sexto da pena para receber o direito ao semiaberto. Sentenças ao regime semiaberto e ao fechado têm pesos diferentes, logo, seus cumprimentos não podem ser idênticos. O Direito não é tão errado.

    Quem mais deseje se beneficiar com a reprise fique ao menos prevenido de que, ao final, talvez conclua não ter sido boa ideia.”

  34. Patriarca da Paciência said

    “Poeta maranhense sugere que o ex-presidente deveria ter sido julgado, condenado e pelo chamado “mensalão”; “Alguém acredita que Lula desconhecia o uso do dinheiro público para a compra de deputados que apoiavam o seu governo? Quer dizer que o chefe da Casa Civil, que despachava com ele todos os dias, armou tudo sem nada lhe contar; o Genoino, presidente do PT, também nada, e Delúbio, que estava todos os domingos fazendo churrasco na Granja do Torto, também guardou segredo”, diz ele”

    Comprovadamente, o único político que realmente “comprou” parlamentares foi o Fernando Henrique Cardoso, ao tem da sua famigerada reeleição. Houve alguns que até declararam o tanto que receberam, como o deputado Ronivon:

    “José Edmar Santiago de Melo, mais conhecido como Ronivon Santiago (Cruzeiro do Sul, 14 de outubro de 1950) é um ex-professor de educação física, ex-treinador de futebol e ex-político brasileiro, filiado ao Partido Progressista do Acre.

    Foi eleito deputado federal em 1990, sendo reeleito em 1994. Renunciou ao mandato depois de admitir ter vendido seu voto em favor da emenda da reeleição, para permitir o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso, em 1998 . Em 2002 foi eleito novamente, mas perdeu o mandato em 21 de dezembro de 2005″

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ronivon_Santiago.

    200 mil reais em 1997 Quanto vale hoje ? .

    E o senil maranhense, nada fala a respeito. Aliás o Maranhão é famoso como terra de grandes poetas e maus políticos.

  35. Patriarca da Paciência said

    Homenagem ao dia das mães:

  36. Chesterton said

    http://gustibusgustibus.wordpress.com/2014/05/11/abrir-um-negocio-e-quase-um-crime-exceto-quando-o-assunto-e-pagar-impostos-para-o-partido-imperio/

  37. Chesterton said

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/ferreiragullar/2014/05/1451915-retrato-falado.shtml

  38. Otto said

    Como é eficiente este choque de gestão tucano!

    Leiam esta:

    Governo tucano privilegia acionistas da Sabesp e população paulista fica sem água

    Segundo especialista, a principal causa do racionamento é a falta de investimentos em novos mananciais porque o dinheiro foi repartido entre acionistas da empresa

    Por Lúcia Rodrigues, especial para o Viomundo

    A falta de água em São Paulo não pode ser atribuída à ausência de chuvas no último período. A principal causa para o esvaziamento do sistema Cantareira, maior reservatório da região metropolitana, se deve à falta de investimentos do governo do Estado na ampliação de novos mananciais. Essa é a conclusão do professor aposentado da Escola Politécnica da USP e engenheiro de hidráulica e saneamento Julio Cerqueira Cesar, um dos maiores especialistas na área.

    Ele explica que estiagens são comuns em outros países e nem por isso a população fica sem água potável nas torneiras. “O que está acontecendo em São Paulo, acontece em qualquer lugar do mundo. Faz parte do ciclo hidrológico. A chuva não é a culpada. O problema é que o sistema de abastecimento de água tem de ter a capacidade de suprir essa variação na precipitação, e isso não ocorreu aqui”, enfatiza.

    “O governo não investiu na ampliação de mananciais, são os mesmos de 30 anos atrás. Nesse período, a população cresceu em 10 milhões de pessoas (saltou de 12 milhões para 22 milhões). Os mananciais existentes não são capazes de atender a essa demanda. Essa é a grande causa da falta de água em São Paulo”, ressalta.

    A falta de investimento na ampliação de novos mananciais tem explicação. Segundo o professor Julio, até o início da década de 1990, o objetivo da companhia era atender a população com saneamento básico, para manter a saúde pública em níveis adequados. “Até 90, a companhia era comandada por engenheiros sanitaristas, depois disso a Sabesp aderiu ao lucro de corpo e alma. Deixou de se preocupar com seus usuários e passou a se preocupar com seus acionistas. Hoje quem comanda a Sabesp são economistas e advogados. O objetivo da empresa mudou. É para dar lucro para os acionistas.”

    Para o geólogo e deputado estadual Adriano Diogo (PT-SP), líder da minoria (PT – PSOL – PCdoB) na Assembleia Legislativa de São Paulo, a lógica do lucro na Sabesp é anterior à década de 90, e remonta à época da ditadura militar. “Vem desde o Maluf, mas os tucanos intensificaram a mercantilização da água ao abrir o capital da Sabesp em Bolsa. Isso agudizou o problema, porque os acionistas não querem abrir mão do lucro para se fazer os investimentos necessários, por exemplo, na ampliação dos mananciais.”

    Apesar de não ter sido privatizada nos moldes tradicionais, na prática a Sabesp deixou de ser pública. Em 2000, a companhia teve inclusive seu capital acionário aberto na Bolsa de Nova York. “Com a abertura do capital, a companhia deixou de ser uma empresa de saúde pública e virou um balcão de negócios. Só se preocupa com o lucro dos acionistas, que estão muito satisfeitos”, afirma o professor Julio.

    Com faturamento anual na casa dos R$ 10 bilhões e lucro líquido em torno de R$ 2 bilhões, a Sabesp tem repassado anualmente a seus acionistas aproximadamente R$ 500 milhões. “Os acionistas estão dando risada, enquanto os usuários choram”, ironiza o professor, ao se referir à falta de água que atinge os moradores da região metropolitana de São Paulo.

    O professor conta que dez anos após o capital da companhia ter sido aberto na Bolsa de Nova York, a Sabesp foi premiada nos Estados Unidos por ser a empresa que mais se valorizou no período. “Sucesso financeiro e fracasso completo em saúde pública…”, sentencia.

    Lucro X Investimento

    Para ele, a abertura das ações na Bolsa de Nova York é um dos principais motivos da falta de investimento na ampliação dos mananciais para o abastecimento de água da população de São Paulo. “Não investe porque só quer ter lucro para repassar aos acionistas. Estar na Bolsa de Nova York é sintomático. A Sabesp entrou na lógica do lucro, deixou de se preocupar com água e saneamento básico, para se preocupar com seus acionistas.”

    O deputado petista destaca que o comportamento da Sabesp é diametralmente oposto ao da Petrobras, que também tem ações em Bolsa, mas não abriu mão de investir. “A Petrobras não deixou de fazer os investimentos necessários, tanto é que descobriu o pré-sal”, alfineta. Adriano Diogo também é critico em relação ao valor da tarifa cobrada dos usuários pela Sabesp. “É uma das contas de água mais caras do mundo. Isso é para dar lucro para os acionistas.”

    Para o ex-governador do Paraná, senador Roberto Requião (PMDB-PR), “o aumento da tarifa e a fantástica distribuição dos lucros nas bolsas” são consequências da privatização do interesse público. “O objetivo não é mais o saneamento básico e a purificação da água, mas dar lucro aos acionistas. Transformaram a água numa commodity [mercadoria]”, critica.

    Requião afirma que o resultado de uma empresa de água deve ser medido pelo serviço que presta à população e não pelo lucro que gera a seus acionistas. Ele teme que seus adversários também abram o capital acionário da Sanepar, a companhia de água e saneamento do Paraná, em Bolsa. Parte dela já havia sido vendida por seu antecessor.

    “Empresa de água tem de ser pública. Quando saí do governo, deixei em caixa na Sanepar R$ 1 bilhão. O Beto Richa (atual governador do Estado) chegou e aumentou a participação (dos acionistas) de 25% para 50% e passou a não fazer mais investimentos. O Estado não tem de tirar dinheiro da empresa, tem de reinvestir.”

    O governador Beto Richa, do Paraná, é do mesmo partido de Geraldo Alckmin, seu colega paulista: PSDB.

    Medo da eleição

    Mas a falta de investimentos em novos mananciais devido à preponderância na valorização dos interesses dos acionistas em detrimento do bem-estar da população está se tornando o grande pesadelo do governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB).

    A falta de água representa um risco real à sua reeleição. “O governador não assume o racionamento porque quer ser reeleito e acha que se fizer, não será. Está empurrando a crise da água em São Paulo, com a barriga, politicamente… É impressionante a desproporção entre o tamanho do problema e a pequenez das soluções adotadas pelo governo”, critica o professor.

    Além da crise que atinge os moradores da região metropolitana neste momento, três milhões de pessoas já sofriam com a falta de água antes desse problema. “A Sabesp faz ligação de rede pra todo mundo, porque assim cobra a tarifa, só que depois não leva a água até a casa das pessoas. Diz que o cano furou… Infelizmente são os pobres que pagam…”

    Ele revela que há um déficit de 13 milhões de metros cúbicos de água por segundo entre o que é oferecido pela Sabesp e o que é demandado pela população. Os reservatórios fornecem em torno de 72 milhões de metros cúbicos por segundo, quando deveriam liberar 85.

    A situação é gravíssima. Um técnico da companhia que não quer se identificar com medo de represálias, porque a Sabesp persegue quem aponta seus erros, reforça a preocupação do professor. “Este ano há o risco de um colapso.”

    “A Cantareira seca no próximo mês”, frisa Julio. “E o Alto Tietê deve secar até no máximo novembro, se as coisas continuarem do jeito que estão”, completa o funcionário.

    Desperdício

    Um dos problemas levantados pelo técnico para o agravamento da crise é o desperdício de água pela própria Sabesp, que hoje ultrapassa os 30% do volume produzido, segundo dados da Agência Reguladora de Saneamento e Energia de São Paulo (Arsesp). Esse percentual de desperdício é suficiente para abastecer uma cidade como Campinas.

    Os vazamentos em grande medida são fruto da política adotada pela companhia, que optou por terceirizar parte de seus serviços. “Isso tem reflexo na qualidade do serviço prestado. Não dá pra comparar o trabalho de um funcionário da Sabesp com o de uma (empresa) terceirizada. Quem é terceirizado não recebe a mesma formação que nós, a rotatividade dessas empresas é muito grande. Por isso, não é raro que logo depois de se instalar uma rede, ela esteja vazando”, explica.

    Ele revela como essa política também pode aumentar drasticamente o valor da conta de água. “Quando falta água, entra ar nos canos e o hidrômetro começa a girar que nem louco. Isso faz com que a conta de água aumente muito, sem a pessoa saber o porquê. Se são técnicos da Sabesp, fazem ventosas no sistema para retirar esse ar, mas os terceirizados não fazem isso…”, lamenta.

    Racionamento vai perdurar

    Para o professor Julio, a população vai pagar pelo erro do governo do Estado de São Paulo. Ele considera inevitável o racionamento no curto e médio prazo. O próximo ano deve ser ainda mais difícil. Ele prevê que o racionamento dure em torno de dois anos.

    “Se (Alckmin) quisesse resolver tecnicamente o problema, já deveria ter começado o racionamento em dezembro do ano passado e tomado uma série de providências, mas não fez isso. O governador quer empurrar o problema para depois das eleições.”

    “A boa notícia é que temos água em condição de ser trazida para as cidades, o problema é que essas obras demoram muito para serem concluídas.”

    O professor se refere à bacia hidrográfica localizada no Vale do Ribeira. “Lá há pouca gente e uma quantidade enorme de água. Não vai afetar em nada a vida dos moradores.”

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/as-aguas-e-os-tucanos-sabesp-segue-sanepar-e-privilegia-acionistas-em-detrimento-dos-consumidores.html

  39. Patriarca da Paciência said

    “247 – O colunista Ricardo Melo sugere que Joaquim Barbosa tem uma verdadeira fixação por José Dirceu.

    Segundo ele, enquanto o país vê linchamentos em série e casos de mortes em presídios superlotados, não se encontra na mídia nenhuma manifestação do presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça sobre os temas.

    Em contrapartida, cita uma “enxurrada” de assuntos que o relacionam com o chamado mensalão. Recentemente, Joaquim Barbosa decidiu que o ex-ministro José Dirceu, embora condenado ao regime semiaberto, deve cumprir até um sexto de sua pena em regime fechado.

    “Mas o que fazer quando, em vez de dirigir suas atenções para o ambiente social que incomoda a maioria do povo, o chefe deste poder parece possuído por uma obsessão?”, questiona Melo (leia mais).”

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/165496-e-barbosa-so-pensa-naquilo.shtml

    Parece ser esse o grande azar de José Dirceu, despertar fixações.

    Bob Jeff e a… agora também o Barbosão ? !

    Realmente o José Dirceu é bem azarado.

  40. Pax said

    Caro Patriarca,

    Defendo teu direito e defender ZD até o fim. Mas não consigo discordar mais.

    ZD não é herói nessa história, nem mártir.

    ZD, hoje, ferra com o PT. Tenha certeza absoluta disso.

    Ele, Vaccarezza e outros.

  41. Pax said

    A turma não cansa de desviar, de todas as formas possíveis

    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,fundo-partidario-pagou-escritorios-que-defendem-condenados-do-pt-e-do-pr,1165376,0.htm

  42. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    você abriu o link do comentário 39 ?

    É do Ricardo Melo, publicado hoje na Folha de São Paulo.

    Eu estou apenas transcrevendo !

  43. Patriarca da Paciência said

    E o Ricardo Melo termino o artigo com outra observação interessante:

    Caso o Serra aceite ser o vice do Aécio, vai ser, vai ser interessante observar a disputa de qual dos dois lançará o primeiro dossiê contra o outro.

  44. Patriarca da Paciência said

    E também muito estranho, caro Pax,

    é que José Dirceu deve ser o único réu, em toda a Terra, que tem um “personal juiz”.

  45. Chesterton said

    O estrago causado por Lula
    Lula capo

    Em artigo publicado hoje no GLOBO, Carlos Alberto Di Franco argumenta que a postura do ex-presidente Lula causa grande estrago em nossa democracia. Em tempos em que o “Volta, Lula” conquista até empresários, cansados, com razão, da incompetência e arrogância da presidente Dilma, é bom lembrar do que Lula representa em termos de imoralidade, pois creio que seu impacto negativo seja ainda maior a longo prazo. Di Franco escreve:

    Irrita-se Lula porque a imprensa não se cala diante do seu exibicionismo de contradições e desfaçatez. Em recente entrevista à TV portuguesa, chegou ao ponto de interromper a entrevistadora que queria saber o grau de suas relações com José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares. “Não se trata de gente de minha confiança”. Fantástico!

    As denúncias da imprensa sobre os desmandos na Petrobras, consistentes e sólidas como uma rocha, não provocam no ex-presidente a autocrítica que se espera de um estadista. Ao contrário. Sua ordem é “ir para cima” de quem represente um risco para o projeto de perpetuação do PT no poder.

    Incomoda-se Lula porque os jornais desnudam suas aparentes contradições que, no fundo, são o resultado lógico da praxis marxista: o fim justifica os meios. O compromisso com a verdade é absolutamente desimportante. O que importa é o poder. Em agosto de 2006, quando o escândalo do mensalão estourou, Lula falava: “Quero dizer, com franqueza, que me sinto traído. Não tenho vergonha de dizer ao povo brasileiro que nós temos que pedir desculpas”. Agora, na alucinante entrevista à TV portuguesa, Lula afirma rigorosamente o contrário: “O mensalão teve praticamente 80% de decisão política e 20% de decisão jurídica”. É um ex-presidente da República, responsável pela nomeação de oito dos 11 integrantes do Supremo Tribunal Federal, acusando a Corte de cumplicidade na “maior armação já feita contra o governo”.

    O ataque à imprensa e o autoritarismo petista têm em Lula sua maior expressão. Essa “progressiva estratégia de estrangulamento das liberdades públicas”, segundo Di Franco, tem profunda ligação com o jeito imoral de ser do ex-presidente Lula.

    A personalidade de Lula foi também o tema da coluna deste domingo de Ferreira Gullar na Folha. Para o poeta, é impressionante a “facilidade com que ignora toda e qualquer norma, seja ética, política, jurídica ou administrativa”. Para Lula, “tudo é permitido, desde que favoreça seus propósitos”. Gullar reconhece que Lula não é o único político a agir assim, mas é insuperável neste quesito.

    Ferreira Gullar vai adiante: para Lula não há distinção entre aliados e adversários. O “chefe da trupe” não se acanha na hora de mandar seus subalternos pagarem o preço pelo “mensalão”, ou até de dizer que não tem ninguém ali de sua confiança. Por outro lado, pode abraçar Maluf como se fossem velhos companheiros, se isso for de seu interesse.

    Lula chegou até a tentar fazer chantagem com um ministro do STF, e depois que o resultado do julgamento lhe foi desfavorável, partiu para a desmoralização da instituição. Mas, como indaga Gullar, o que esperar de alguém que já disse abertamente que o político não deve dizer o que pensa, e sim o que o eleitor quer ouvir, ou seja, deve mentir e enganar o leitor sem mais nem menos?

    O poeta se mostra preocupado com as consequências dessa postura de Lula no Brasil de hoje e amanhã. E tem toda razão ao se preocupar. Nunca antes na história deste país houve um líder político com tanta influência e, ao mesmo tempo, tão imoral, disposto a tudo pelo poder. É uma combinação assustadora. E ainda tem empresário que endossa sua volta por aí…

    Roberto Carlos

  46. Chesterton said

    http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2014/05/1452352-leandro-narloch-safatle-contra-os-pobres.shtml

    Por que intelectuais como Vladimir Safatle desprezam a receita mais eficaz, testada e aprovada para a redução de pobreza? Falo do crescimento econômico. Qualquer país que vive uma ou duas décadas de altas consecutivas do PIB vê massas humanas deixarem a miséria.

    China: 680 milhões de miseráveis a menos desde que as fábricas capitalistas apareceram, há 35 anos. Indonésia: redução de pobreza de 54% para 16% em 18 anos. Coreia do Sul: tão pobre quanto a Índia em 1940, virou um dos países mais ricos do mundo depois de crescer em média 8% ao ano entre 1960 e 1980.

    Essa receita deu tão certo que levou o mundo a superar, cinco anos antes do previsto, a meta estabelecida pela ONU, em 2000, de cortar pela metade o número de pessoas que viviam com menos de US$ 1,25 por dia. Quase tudo isso aconteceu sem cotas sociais, sem Bolsa Família, sem alta de impostos. Só com geração de riqueza.

    É uma excelente notícia, que deveríamos comemorar –mas por que Safatle não participaria da festa conosco? No artigo “Demagogia” (29/4), na Folha, ele reclama de quem prefere discutir o crescimento econômico em vez de se concentrar no “caráter insuportável” dos arcaísmos brasileiros (mas a expansão da economia é melhor arma contra esses arcaísmos!). Noutro artigo, diz que a atividade econômica só faz produzir desigualdade.

    Dá pra entender o desprezo. Admitir a importância da alta do PIB na redução da pobreza implica em reconhecer verdades dolorosas. A primeira é que quem atrapalha o crescimento da economia atrapalha os pobres. Afugentar investidores resulta em menos negócios, menos vagas, menores salários.

    Outra é que os interesses das classes nem sempre divergem. PIB em alta faz bem para pobres, remediados e magnatas. Os anos recentes do Brasil são um exemplo disso. Entre 2007 e 2012, vivemos uma impressionante redução da miséria. Enquanto isso, o número de milionários subiu de 120 mil para 165 mil. Não há motivo para fomentar conflito entre motoboys e donos de jatinhos.

    Mas o fato mais difícil de reconhecer é que os filósofos de palanque e os bons mocinhos tiveram um papel irrelevante na redução da pobreza. Se crescimento da economia ajuda os pobres, isso se deve a seus protagonistas, ou seja, os homens de negócio, alguns deles ricos, quase todos interessados somente em botar dinheiro no bolso.

    Pior ainda, Safatle teria que admitir que os negociantes aliviaram a condição dos pobres fazendo justamente aquilo que mais incomoda os intelectuais ressentidos: lucrar explorando mão de obra barata. Capitalistas costumam atrair competidores, criando uma concorrência por empregados, elevando salários.

    Intelectuais costumam reservar para si um lugar mais elevado que o de comerciantes na sociedade. É difícil terem generosidade para admitir que uma de suas causas mais nobres depende de negociantes mundanos. Por isso, o filósofo prefere ficar do lado da ideologia, e não do lado dos pobres, o que me faz acreditar que ele é movido por um ressentimento contra os ricos, talvez um desejo puritano de conter seus excessos. E não uma vontade genuína de reduzir a pobreza.

    LEANDRO NARLOCH, 35, é jornalista e autor de “Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil” e coautor de “Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo” (ambos pela editora LeYa)

  47. Guatambu said

    8,8% e contando.

    Quero ver a água acabar na Copa.

  48. Chesterton said

    quando os doleiros do PT resolvem se oferecer para fazer uns negocinhos com fundos de pensão…

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,fundos-de-pensao-tem-deficit-recorde-e-pedem-prazo-ao-governo-para-se-ajustar,184420,0.htm

  49. Chesterton said

    Tiro pela culatra

    Configura-se no horizonte o cenário de um quadriênio perdido para o Brasil. Relatório divulgado pela OCDE na semana passada trouxe uma revisão para pior das projeções da entidade para a economia brasileira no corrente ano, juntando-se às previsões igualmente pessimistas do FMI e dos analistas participantes da pesquisa Focus do Banco Central (BC). A expectativa da maioria é a de que o PIB cresça abaixo de 2% neste ano, com a inflação beirando o teto da banda de tolerância estabelecido no regime de metas (6,5%). Se tais prognósticos se confirmarem, o Brasil apresentará crescimento médio em torno de 2% e inflação ao redor de 6% ao ano, entre 2011 e 2014.

    O quadriênio perdido é filho bastardo da “Nova Matriz Econômica” que pretendia impunemente combinar juros baixos, câmbio competitivo e afrouxamento fiscal. O tiro saiu pela culatra. O País cresce menos, sua indústria continua pouco competitiva, apesar da depreciação da moeda, e a inflação se mantém teimosamente elevada. A “Nova Matriz” gerou também perda de credibilidade na política econômica e prejuízos à imagem do País perante os investidores internacionais.

    http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,quadrienio-perdido,1165167,0.htm

  50. Pax said

    Caro Guatambu, # 47

    É muito menos.

    http://www.estadao.com.br/noticias/geral,ressuscitando-morto-com-caneta,1164746,0.htm

  51. Zbigniew said

    Peraí! Cadê os competentíssimos tucanos e sua “jestão” à frente dos recursos hídricos?!!!

    Ah! Mas a culpa deve ser de São Pedro…

  52. Guatambu said

    Eu bebo água do sistema cantareira, na realidade vou economizar dinheiro: pra que gastar com cachaça e cerveja, se eu posso tomar a água forte que vem de lá?

    hehehehe

  53. Zbigniew said

    Eis aí o modelo de “jestão” tucano:

    EcoInfo

    SABESP
    Dividendos Distribuídos

    Exercício Social: 31/12/2010
    Total de dividendos distribuídos: (R$) 455.992.000,00
    Total dividendos pelo lucro líq. ajustado (%): 29,4%

    Exercício Social: 31/12/2011
    Total de dividendos distribuídos: (R$) 534.277.000,00
    Total dividendos pelo lucro líq. ajustado (%): 49,8% [!!!]

    Exercício Social: 31/12/2012
    Total de dividendos distribuídos: (R$) 534.277.000,00
    Total dividendos pelo lucro líq. ajustado (%): 29,4%

    (http://econoinfo.com.br/proventos/em-dinheiro-e-acoes?ce=SBSP)
    .
    .
    BM&FBOVESPA
    BDI-Boletim Diário de Informações

    SABESP (SBSP-NM) – AGO/E – 10h

    AGO: Aprovar as demonstrações financeiras do exercício encerrado em 31/12/2013;

    Deliberação sobre a destinação do lucro líquido do exercício de 2013 (conforme proposta da administração, com a ratificação da distribuição de
    juros efetuada no decorrer do exercício social 2013);

    Fixação do número de membros que irão compor o Conselho de Administração; Eleição dos membros do Conselho de Administração para um mandato até 2016 e a indicação do Presidente do Conselho de Administração;

    Eleição dos membros do Conselho Fiscal para um mandato até 2015;

    Fixar a remuneração global anual dos administradores e membros do Conselho Fiscal para o exercício de 2014.

    AGE: Aumento do capital social da Companhia, sem a emissão de novas ações,
    mediante capitalização da reserva de capital,
    no valor de R$ 124.254.851,51
    (Cento e vinte e quatro milhões, duzentos e cinquenta e quatro mil, oitocentos e cinquenta e um reais e cinquenta e um centavos)

    e de parte do saldo da reserva de lucros da Companhia,
    no valor de R$ 3.672.056.583,26
    (Três bilhões, seiscentos e setenta e dois milhões, cinquenta e seis mil, quinhentos e oitenta e três reais e vinte e seis centavos),
    em conformidade com o parágrafo 1º do artigo 169 e o artigo 199 da Lei Federal n. 6.404/1976 ;

    Alteração do Estatuto Social da Companhia com a modificação

    (a) do caput do artigo 3º, para refletir o novo valor de capital social integralizado da Companhia após o aumento de capital social previsto no item I acima, caso aprovado;

    (b) do parágrafo primeiro do artigo 3º, para aumentar o limite de capital autorizado para R$ 15.000.000.000,00 (Quinze bilhões de reais);

    (c) do artigo 14, para adequar as atribuições de 3 (três) Diretorias, em face de modificações em suas estruturas organizacionais.

    Encontra-se à disposição no site da BM&FBOVESPA (http://migre.me/j9AUc), em Empresas Listadas / Informações Relevantes, a proposta da administração e o Aviso aos acionistas de 27/03/2014.

    (http://www.bmfbovespa.com.br/download/BOLETINSDIARIOS/bdi_00_20140429.pdf)
    (http://migre.me/j9Asz)
    .
    .
    BM&FBOVESPA

    COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO – SABESP
    COMPANHIA ABERTA
    CNPJ N.º 43.776.517/0001-80

    JUROS A TÍTULO DE REMUNERAÇÃO SOBRE CAPITAL PRÓPRIO

    AVISO AOS ACIONISTAS

    Comunicamos aos Senhores Acionistas que, em 27 de março de 2014 o Conselho de Administração deliberou baseado no inciso XI do artigo 13 e do parágrafo 1º do artigo 28 do Estatuto Social,
    sobre a declaração de pagamento de dividendos na forma de juros a título de remuneração sobre o capital próprio relativo ao período de janeiro a dezembro de 2013, aos acionistas detentores de ações na data base de 07 de abril de 2014.

    I – VALOR, DATA E CONDIÇÕES DO CRÉDITO E PAGAMENTO

    Os dividendos na forma de juros a título de remuneração sobre o capital próprio de R$537.464.959,85
    (quinhentos e trinta e sete milhões, quatrocentos e sessenta e quatro mil, novecentos e cinquenta e nove reais e oitenta e cinco centavos),

    correspondentes a R$ 0,78633094301 por ação ordinária,
    serão pagos no máximo em até 60 (sessenta) dias após a realização da Assembleia Geral Ordinária de 2014.

    (…)

    São Paulo, 27 de março de 2014.

    Rui de Britto Álvares Affonso
    Diretor Econômico-Financeiro e de Relações com Investidores

    (http://migre.me/j9AKk)

  54. Zbigniew said

    Para onde está indo esta mutação?

    “(…)
    À medida que é dado tratamento distorcido ao Governo – seus problemas e suas conquistas -, à medida que não se contrastam os problemas econômicos e financeiros do país com o cenário da crise global; à medida que é promovida uma propaganda massiva do privatismo e do antiestatismo – relativizando ou deixando de lado todas as incompetências e corrupções do polo neoliberal, desde a crise da água em São Paulo até o “mensalão mineiro”; à medida que se omite que a corrupção aparece mais, porque os nossos Governos instituíram a Controladoria da União e aparelharam os demais órgãos de controle e a própria Polícia Federal; à medida que se coloca como regra que os políticos e os partidos, em geral, são ineficientes e corruptos, o que está se tratando, meticulosamente, é de promover uma disputa de fundo sobre o futuro. Esta “mutação gravíssima” do Brasil e das “nossas cabeças”, como disse Jabor, vai para que direção? É isso que está em disputa e das suas respostas vai ser instituída uma democracia mais, ou menos substantiva, mais, ou menos receptiva das desigualdades brutais que o nosso país ainda mantém.
    (…)”

    http://jornalggn.com.br/blog/adriano-s-ribeiro/tarso-genro-responde-a-jabor-sobre-a-intolerancia-propagada-pela-grande-midia

    O jogo é pesado e a derrota do PT parece querer ser alcançado a qualquer preço. Qual o preço que se está querendo impor ao país, principalmente pelos meios de comunicação social, que deveriam, antes de tudo, se portar como prestadores de um serviço relevante à sociedade, do que mesmo como partido político?

  55. Pax said

    Acabo de voltar do Hospital Universitário. Agora a moça, esposa do funcionário, ficou internada. Barriga desceu, dilatação, corrimento… hoje nasce. E o atendimento, apesar de cheio o hospital, muito bom. Falo como testemunha ocular.

    É um hospital público, até agora não entendi direito, mas é da Faculdade de Medicina da Cidade, em parceria com a prefeitura e atende o SUS. Na verdade atente 9 municípios da região. Por isso sempre cheio.

    Mas todas as vezes que estive lá o atendimento é bom, sim. Muito razoável mesmo. Atende ginecologia, obstetrícia e pediatria.

  56. Pax said

    Caro Zbigniew,

    Havia um comentário teu preso. Ainda não entendi porque. Acho que por excesso de link, um parâmetro que mantenho haja vista que muitos ataques no site vem com vários links. Se não me engano o máximo permitido por comentário é 5, algo assim.

    Nem estou conseguindo entrar na página de administração do blog por conta do Link Padrão Paulo Bernardo (vou aliviar a Dilma, sem deixar de apontar que Paulo Bernardo, esse incompetente é de sua equipe, sim).

    Todo caso, desculpa aí. O comentário está liberado.

  57. Zbigniew said

    Blz, caro Pax.

  58. Chesterton said

    mais uma petista pega roubando……que novidade.

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/05/1453365-justica-condena-secretaria-de-educacao-de-marta-suplicy-a-pagar-multa-de-r-8-milhoes.shtml

  59. Daise said

    SP sem agua, sem metro, sem trem e… sem link !

    Mas agora falando serio

    PAX E GUATAMBU

    A Sabesp é sim responsável por um erro de previsão e planejamento.É claro.

    Seus planejadores não previram um periodo de seca tão prolongado.
    Dizem que as medidas corretivas agora implementadas irão amenizar o problema.

    O Governador afirma que não haverá racionamento
    E que o potencial “colchão” inaproveitado de água, inseridas no Sistema, será objeto de tratamento diferenciado. Como?

    Controle de qualidade reforçado.

    Por que duvidar do Governador? Êle é um irresponsável?

    Se o Governador estiver certo, a grande maioria não será prejudicada e aí eu pergunto:

    Por que torcer contra?

    Apenas para reafirmar um simpatia/antipatia ideológico partidária contra o PSDB ( o famoso FlaxFlu que o Pax sempre diz que combate aqui no blog).
    Não?

    Então por que?
    ………………

    PS Caro Pax: Sinceramente eu gostaria de saber.

    Estou curiosa.

  60. Daise said

    ABUSO DE PODER?

    Então vamos ver. Luiz Inácio Lula da Silva, que vocês sabem quem é, foi convidado para inaugurar a Unilab (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira). Trata-se de uma instituição federal, que fica em São Francisco do Conde, a 60 km de Salvador e, ora vejam, funciona desde fevereiro de 2013. Então ficamos assim: o EX-PRESIDENTE inaugurou o já inaugurado — o que não chega a ser surpreendente.

    De todo modo, ele estava numa espaço publico, financiado pelo governo federal — e isso quer dizer que o dinheiro que sustenta aquela atividade pertence a todos os brasileiros —, e aproveitou a ocasião para cometer um crime eleitoral óbvio:
    a: atacou as oposições;
    b: defendeu a reeleição de Dilma Rousseff.

    Ora, o dinheiro que financia a universidade pertence aos eleitores que votam no PT; o dinheiro que financia a universidade pertence aos eleitores que votam no PSDB; o dinheiro que financia a universidade pertence aos eleitores que votam no PSB; o dinheiro que financia a universidade pertence aos eleitores que não votam em ninguém, que não comparecem às urnas, que se abstêm, que anulam o seu voto. O dinheiro que financia a universidade, em suma, pertence ao público.

    É evidente que Lula, ao atacar a oposição e ao defender a reeleição de Dilma Rousseff, está usando um bem público em favor de um partido e de uma candidatura, e a direção da universidade, que permitiu esse absurdo, sem mostrar sinais de desconforto, cometeu crime eleitoral — além, insista-se, de incidir em improbidade administrativa.

    Disse Lula: “A Dilma, além de ser uma mulher inteligente e competente, é uma de nós. Ela está lá porque nós quisemos e vai ficar lá porque nós queremos”. Que “nós” é esse a quem ele se refere? Na sua cabeça, é o PT.

    Ele já começa a achar que o eleitor é desnecessário.

    Na solenidade, estavam, pasmem!, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT) e os ministros da Educação e da Igualdade Racial, Henrique Paim e Luiza Bairros, todos do PT. Na plateia, militantes com a bandeiras do partido e funcionários públicos com camisetas vermelhas distribuídas pelos petistas. Um acinte e um deboche.

    Em Minas, quem mandou a lei para o lixo foi Dilma Rousseff. Ao assinar a autorização para uma obra pública — que é de competência federal —, aproveitou para atacar, ainda que de modo oblíquo, as gestões tucanas no Estado.

    Não adianta! Essa gente realmente acredita que é a dona dos recursos públicos, a dona do país, a dona das leis.

    Lá na Bahia, Lula afirmou que a eventual reeleição de Dilma será “a desgraça da oposição”. Como se nota, este senhor não considera que na alternância de poder é parte constitutiva do regime democrático.

    Nada disso! Ele quer destruir o outro.

    Um político que dissesse um troço como esse nos EUA estaria liquidado para sempre. Por aqui, alguns o chamarão de gênio.

    Romulo Arantes

  61. Daise said

    Zbigniew em #53

    Em atenção ao seu pormenorizado informativo sobre a Sabesp, cabe então uma outra análise sobre outra empresa de grande porte, para tentar imaginar, comparativamente, os resultados positivos.

    As vantagens e desvantagens relativas.

    Quem analisar com lupa o balanço trimestral da Petrobras, divulgado na sexta-feira, e colocá-lo sob a perspectiva do governo Dilma não tem qualquer motivo para sorrir. Eis alguns dados preocupantes:

    *a dívida bruta, que era de 129 bilhões de reais no primeiro trimestre de 2011 (quando Dilma assumiu a Presidência) é hoje de 308 bilhões de reais. Um crescimento de 139%.

    *no primeiro trimestre de 2011, o balanço da Petrobras assumia um nível de alavancagem de 17%, considerado “confortável”, de acordo com o texto, que complementava: “abaixo do limite máximo estabelecido pela companhia (35%)”. No balanço divulgado na sexta-feira, como se fosse a coisa mais normal do mundo, lê-se: “Quanto aos indicadores de endividamento, a Alavancagem permanece em 39%”. Ou seja, o tal limite máximo estabelecido foi para o espaço.

    *O prejuízo do setor de abastecimento da estatal, que era de 95 milhões de reais no primeiro trimestre de 2011, agora é de estratosféricos 7,4 bilhões de reais. Uma variação de 7 720%. LJ

    Gostaria de ler seus comentários, e de outros é claro, a respeito.

  62. Daise said

    Caro Pax

    Em atenção ao seu comentário em #32 eu quero dizer que concordo totalmente.

    Mas comparando com a entrevista à RTP anterior do Lula, fica-me a seguinte pergunta:

    Quem foi mais irresponsável perante os portugueses?

    Ney Matogrosso – um bom artista mas de pouco sucesso atualmente (achei que ele já tinha abandonado a carreira). Sem maiores responsabilidades.
    ou
    Luiz Inácio Lula da Silva – um ex-presidente de grande sucesso amado por grande parte da Nação brasileira ( que não vai encerrar a carreira tão cedo).A figura máxima do PT.

    Fiquei envergonhada pela divulgação mundial das 2 entrevistas, mas Lula como sempre, superou as minhas piores expectativas.

    Um verdadeiro Doutor Honoris Causa ( em portugues “em causa da Honra”) teria preferido honrar o seu País, ao inves de tentar desonrar o Poder Judiciário, (e para salvar sua face diante da sensual entrevistadora)

    Eu sinto muito.Pax,

    Mas acho o Lula, chulo.
    Um herói sem nenhum caráter.
    Oportunista e traidor dos companheiros presos por lambanças de graves consequências políticas, quando de sua responsabilidade presidencial.

    A verdade precisa ser dita. A verdade liberta.

    Você não concorda?

  63. Daise said

    O GLOBO

    Petrobras: Refinaria Premium I, é um monumento ao uso político da Petrobras
    O projeto para o Maranhão foi imposto por Lula para atender a interesses políticos, e é um entre vários decididos sem qualquer cuidado com o contribuinte

    EDITORIAL
    A Petrobras se converte em copioso manancial de exemplos escabrosos de como não se pode administrar uma empresa pública. Ou qualquer outra, por suposto. A escandalosa aquisição da refinaria de Pasadena, Texas, a um grupo belga, por um preço final estratosférico (US$ 1,2 bilhão), já teve importante função pedagógica por alertar sobre o que pode acontecer quando cargos-chave em uma empresa da importância da Petrobras fazem parte do jogo fisiológico do aparelhamento, por motivos político-ideológicos, pessoais ou ambos.
    E não foi apenas Pasadena o único mau negócio fechado pela estatal no longo período em que a empresa esteve sob controle de uma falange sindical do lulopetismo. Também é considerada estranha a compra de uma refinaria no Japão (Nansei, em Okinawa), além dos superfaturamentos visíveis, detectados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), em pelo menos dois canteiros de obras — da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, e da Comperj, novo polo petroquímico do Rio de Janeiro.
    Na edição de domingo, O GLOBO trouxe mais uma história nada edificante, a do projeto da Refinaria Premium I, prevista para Bacabeira, próximo a São Luís, Maranhão. A pedra fundamental da refinaria foi lançada em 2010, com grande alarido, na presença do então presidente Lula, sua candidata à sucessão Dilma Rousseff, chefe da Casa Civil, e ilustres representantes do clã Sarney: o próprio senador José Sarney (PMDB-AP), a filha e governadora Roseana e o discípulo Edison Lobão, ministro das Minas e Energia.
    Anos depois, não há uma estaca fincada no local, “apenas” uma despesa de R$ 1 bilhão (!) jogada no caixa da estatal, a título de projetos, transporte, estudos ambientais, terraplenagem e treinamentos. Mais este escândalo tem, também, seu lado pedagógico: alertar sobre o risco de se subordinar investimentos públicos a objetivos políticos. Cabe lembrar a lapidar entrevista que o ainda presidente Lula concedeu ao jornal “Valor Econômico”, em 2009, em que se vangloriou de ter forçado a Petrobras a incluir nos planos a refinaria maranhense e mais outra, a Premium II, no Ceará.
    Foram parte do projeto político-eleitoral do lulopetismo, para consolidar a longa e estreita aliança com os Sarney e manter na zona de influência do PT os Gomes (o governador Cid e o ex-ministro Ciro). Na hora de ajustar as contas, a Petrobras jogou para um futuro impreciso as refinarias, numa decisão correta. Mas ficou com pelo menos a conta de R$ 1 bilhão da Premium I.
    Lula também tentou empurrar para a Vale siderúrgicas no Norte. Não conseguiu, pois, mesmo com toda a influência do Estado na empresa, ela tem controle privado. A saga desses projetos, contabilizada em bilhões de reais de perdas, serve como indiscutível prova da sobrecarga que representa para o contribuinte quando governos agem de forma voluntariosa, sem maiores cuidados técnicos. A atual crise no setor elétrico é outro exemplo.
    URL: http://glo.bo/1mTtcCJ

    IMAGINA DEPOIS DA COPA!

  64. Pax said

    Cara Daise,

    Se você acha normal um governante deixar a maior cidade da América do Sul, a maior cidade do país, a mais rica metrópole brasileira sem água limpa, ou, se preferir, bebendo resto de reservatório… o que eu posso fazer?

    Tenha a opinião que quiser, eu tenho outra. E isso faz parte do jogo democrático.

    Sem prejuízo de:

    32% da água tratada é jogada fora, pelos vazamentos… da própria SABESP
    US$ 440 milhões que ninguém sabe onde foram parar para tapar esses vazamentos (investimento do Banco do Japão, salvo engano)
    Propaganda e mais propaganda política da empresa, todos esses anos.
    Omissão da realidade para a população – ao menos é o que a Veja, a Folha e o Estadão dizem, não eu.

    Se tudo isso é normal pra você, não serei eu quem te impedirá de ver da forma que queres ver. Pelo contrário. O livre arbítrio é o maior bem que temos.

  65. Zbigniew said

    A verdade é que o pré-sal nas mãos de populistas e desenvolvimentistas é um pesadelo para os financistas. Não é à toa que a Petrobrás é o foco. Não que não haja problemas, inclusive relativos a corrupção, mas, definitivamente, nada que justifique a substituição pelo modelo tucano de gestão, que privilegia acionistas e investidores em detrimento da sociedade que só será alcançada por dividendos de forma indireta, isso se for alcançada. Além do que corrupção não é novidade alguma, vide o caso das mesadas no sistema de metrô paulista via Siemens e Alston. Isto já há um bom tempo. Como confiar numa turma dessas?!

    A Petrobrás na época dos tucanos gerava empregos em outras plagas e em nenhum momento foi pensada estrategicamente para revitalizar a indústria naval. Em verdade quase foi privatizada, de modo que hoje poderíamos ter uma PETROBRAX.

    O Aecim, certamente, retomaria esse projeto, e se se opusesse, iria ser devidamente enquadrado. Mas vamos a números.

    O ódio da imprensa brasileira à Petrobras não tem tamanho.
    O resultado financeiro trimestral divulgado ontem – R$ 5,4 bilhões – só foi inferior ao de 2013 ( R$ 7,7 bi) porque a empresa provisionou R$ 2,4 bilhões para o pagamento de indenizações de um imenso programa de desligamento voluntário de nada menos que 12% de seus empregados.
    Basta somar e ver que, sem isso, seria maior.
    Tanto que o lucro operacional no 1º trimestre de 2014 foi de R$ 7,6 bilhões, 8% superior ao do último trimestre de 2013.
    A tal queda de produção de 2.552 mil barris de óleo equivalente (petróleo e gás) diários para 2.531 mil é menor do que a produção de um único poço posto em operação quinta-feira, no pré-sal do Campo de Lula (26 mil barris/dia) e só ocorreu porque uma plataforma alugada está sendo substituída por uma própria no campo de Roncador e pela paralisação, por um incêndio, da plataforma P-20 (20 mil barris diários) no campo de Marlim, provocada por um incêndio e já de volta à produção.
    Quem entende do negócio sabe que, no lugar de ser decepcionante, o desempenho da Petrobras foi bom e será ótimo nos próximos balanços trimestrais.
    Até porque não foi um bom trimestre para as petroleiras.
    O lucro trimestral da Shell caiu 44% no trimestre.
    O da BP caiu 23%.
    Os ganhos no 1° trimestre da Chevron, 27%.
    Mas isso não virou manchete lá, porque todos sabem que são oscilações normais na operação de uma empresa petrolífera.
    Vira aqui, porque serve à politica eleitoral e, sobretudo para apresentar com um fracasso a mais estratégica empresa brasileira.
    Como fazem sempre, seja lá com o que for, com a gasolina barata (ou cara, depende do que convém dizer) e com as operações da empresa.

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=17344

    http://investidorpetrobras.com.br/pt/destaques/destaques-mobile/

  66. Patriarca da Paciência said

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/165650-ministro-age-como-na-inquisicao-afirma-advogado-amigo-de-dirceu.shtml

  67. Patriarca da Paciência said

    Daise,

    você sente vergonha do Lula !?

    E do Fernando Henrique Cardoso, o único político brasileiro que, comprovadamente, “comprou” parlamentares, você não sente ?

    Está até na Wikipédia:

    “José Edmar Santiago de Melo, mais conhecido como Ronivon Santiago (Cruzeiro do Sul, 14 de outubro de 1950) é um ex-professor de educação física, ex-treinador de futebol e ex-político brasileiro, filiado ao Partido Progressista do Acre.

    Foi eleito deputado federal em 1990, sendo reeleito em 1994. Renunciou ao mandato depois de admitir ter vendido seu voto em favor da emenda da reeleição, para permitir o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso, em 19981 2 3 . Em 2002 foi eleito novamente, mas perdeu o mandato em 21 de dezembro de 2005.”

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ronivon_Santiago

    E o deputado até declarou o quanto recebeu, ou seja, 200 mil reais em 1997.

    Faça as contas de quanto este valor representa hoje.

  68. Guatambu said

    Wikipedia, a maior fonte de bobagens catalogadas da internet.

  69. Guatambu said

    Sabesp, Petrobras, Anatel, Aneel…

    Sinto muito, empresa pública só leva o Brasil a um lugar: à permanência do patrimonialismo colonial.

    Ninguém cuida bem do bem público, porque o bem público não é nosso, é “deles” e ninguém quer nem saber desse “eles”.

  70. Guatambu said

    Ah, nunca pensei que fosse dizer isso, mas ouvi um depoimento de uma senhora.

    Talvez o Chesterton possa avaliar melhor.

    Esta senhora é avó de uma amiga, moradora do Rio de Janeiro, região de Copacabana.

    Ela disse que vai à UPA ali.

    E disse que o serviço é muito bom, está muito satisfeita.

    Que bom.

  71. Pax said

    Caro Guatambu,

    Não acho a Wikipedia uma fonte de bobagens. Pelo contrário. Tem muita informação super valiosa. É um dos projetos de colaboração da web que mais admiro. Enfim… opinião.

    E essa aqui do “corajoso” Janjão:

    http://extra.globo.com/casos-de-policia/ex-assessor-dos-correios-que-intimidou-reporter-do-extra-vai-depor-sobre-ameacas-12467403.html

    Ouvi na rádio hoje de manhã cedo, indo para o hospital levar o funcionário pra ver a filha recém nascida.

    O sindicalismo brasileiro, muito infelizmente, foi tomado de assalto por uma turma muito esquisita, pra não dizer outra coisa.

  72. Patriarca da Paciência said

    Minha opinião é que o grande legado de Fernando Collor foi escancarar, para todo o Brasil, a maneira de como são feitas as salsichas, as leis e as campanhas políticas brasileiras.

    Minha opinião é que o grande legado do ministro Joaquim Barbosa vai ser este, mostrar o verdadeiro modo de agir de uma certa corrente do judiciária, que na minha opinião é minoria, mas que tem uma grande influência pela ousadia como se comporta, ou seja, arrogante, prepotente, se julgando infalíveis, tal qual o papa, e se colocando acima das leis, como se estas valessem somente para o s “outros”. (Vide apartamento em Miami, férias remuneradas duplamente, grosserias totalmente incompatíveis com o proceder de um magistrado etc. etc.etc.)

  73. Pax said

    E nenhum governador sabia de nada? Mais contas secretas da Alston.

    http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,justica-suica-descobre-nova-conta-secreta-da-alstom,1165861,0.htm

    Bem, se nenhum governador sabia da roubalheira nos trens e metrô de SP, o que pode até ser verdade, uma inacreditável situação, o que podemos concluir é que os governos de SP foram pra lá de incompetentes em sua gestão.

    Se não foram incompetentes… bem, aí é caso pra PF mesmo.

    A roubalheira não tem cor de camisa, azul, vermelha, amarela, verde. No Brasil o arco-irís inteiro gosta da prática. A paleta de cores é toda atendida pela bandidagem.

    Triste.

  74. Guatambu said

    Pax,

    Tá bom, exagerei, a Wikipédia é a salvação em muitas ocasiões, e em termos enciclopédicos, cobre um buraco enorme que o próprio Google não alcança.

    Mas vamos e venhamos: a Wikipedia é uma verdade democrática, editada por usuários.

    Se uma quantidade de usuários está de bom humor e quer falar bem de alguém, vai linkar um monte de fontes que falam bem desse sujeito.

    Se uma quantidade de usuários está de mau humor e quer falar mal de alguém, vai linkar um monte de fontes que falam mal desse sujeito.

    Artigos controversos, historiadores “lado b”, discussões acadêmicas sobre as fontes, estão muito longe de ser apresentadas.

    Aliás, a Wikipédia tem, supostamente, uma área que busca validar os links feitos, supostamente uma espécie de auditoria. Mas eu desconheço a formação desse pessoal.

    Seriam especialistas? Seriam acadêmicos?

    Essa auditoria é qualificada para validar ou não uma fonte?

    Ou seja, não dá pra avaliar se o que está escrito ali alcança qualquer validade acadêmica, que deveriam ser as fontes oficiais.

    Inclusive, acadêmicos dizem expressamente: evitem buscar a wikipedia como fonte.

  75. Patriarca da Paciência said

    Para quem acha que a wikipédia é um “amontoado de bobagens” e está está a mesma notícia, desta vez de uns dos jornais de maior circulação do Brasil:

    Deputado diz que vendeu
    seu voto a favor da reeleição
    por R$ 200 mil
    [Reportagem publicada em 13 de maio de 1997]

    “FERNANDO RODRIGUES
    da Sucursal de Brasília

    O deputado Ronivon Santiago (PFL-AC) vendeu o seu voto a favor da emenda da reeleição por R$ 200 mil, segundo relatou a um amigo. A conversa foi gravada e a Folha teve acesso à fita.

    Ronivon afirma que recebeu R$ 100 mil em dinheiro. O restante, outros R$ 100 mil, seriam pagos por uma empreiteira _a CM, que tinha pagamentos para receber do governo do Acre.

    Os compradores do voto de Ronivon, segundo ele próprio, foram dois governadores: Orleir Cameli (sem partido), do Acre, e Amazonino Mendes (PFL), do Amazonas.

    Todas essas informações constam de gravações de conversas entre o deputado Ronivon Santiago e uma pessoa que mantém contatos regulares com ele. As fitas originais estão em poder da Folha. “

  76. Patriarca da Paciência said

    Aqui o link do comentário 75:

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/80anos/marcos_do_jornalismo-01a.shtml

  77. Patriarca da Paciência said

    Do mesmo link do comentário 76:

    “Outros venderam
    Nas gravações a que a Folha teve acesso, o deputado acreano diz não ser o único parlamentar que se vendeu na votação da reeleição, no último dia 28 de janeiro, quando a emenda foi aprovada, em primeiro turno, com 336 votos favoráveis na Câmara.

    “O Amazonino marcou dinheiro para dar (R$) 200 (mil) para mim, 200 pro João Maia, 200 pra Zila e 200 pro Osmir”, diz Ronivon na gravação.

    Os personagens citados são os deputados federais João Maia, Zila Bezerra e Osmir Lima, todos do Acre e filiados ao PFL. Outro parlamentar também recebeu dinheiro para votar a favor da reeleição, conforme explicação de Ronivon.

    Eis como Ronivon menciona esse fato em suas conversas: “Ele (Amazonino) foi e passou (o dinheiro) pro Orleir (…) Mas no dia anterior ele (Orleir) parece que precisou dar 100, parece que foi pro Chicão, e só deu 100 pra mim.”

    Na gravação, Ronivon fazia referência a deputados do Acre. O único deputado do Acre conhecido como Chicão é Chicão Brígido (PMDB), que, sempre segundo as conversas de Ronivon, entrou no negócio na última hora. Por isso, Orleir Cameli precisou de mais dinheiro e teve de dividir uma das cotas de R$ 200 mil.

    Há mais de uma versão sobre quanto cada deputado recebeu de fato para votar a favor da reeleição. Ronivon diz ser o único a ter embolsado R$ 100 mil. Todos os outros, diz ele, levaram R$ 200 mil à vista, em dinheiro.

    Em alguns momentos, entretanto, o deputado sugere que Chicão Brígido e João Maia também receberam apenas R$ 100 mil.

    Dos 8 parlamentares acreanos na Câmara, 6 votaram a favor da emenda da reeleição e 2 contra.

    Venda corriqueira
    Ronivon tem comentado a sua venda de voto a favor da reeleição como se fosse algo corriqueiro. Fala com vários colegas deputados. Algumas dessas conversas casuais é que foram gravadas.

    Nessas gravações, o deputado revela detalhes de toda a operação.

    Primeiro, Ronivon diz que foi contatado pelo governador do Acre, Orleir Cameli. Em troca do voto a favor da emenda da reeleição, cada deputado recebeu R$ 200 mil. O pagamento foi por meio de um cheque pré-datado _deveria ser depositado só depois de a votação ter sido concluída favoravelmente ao governo.

    As fitas apontam que, nos dias que antecederam a votação, cheques nesse valor foram entregues para, pelo menos, quatro deputados acreanos: Ronivon Santiago, João Maia, Osmir Lima e Zila Bezerra.

    Na gravação, Ronivon afirma que os cheques eram do Banco do Amazonas, em nome de uma empresa de Eládio Cameli, irmão de Orleir Cameli.

    Apesar de tudo acertado, a operação acabou não agradando aos deputados nem ao governador acreano. O arrependimento se deu na véspera da votação da reeleição. Era uma segunda-feira, dia 27 de janeiro passado.

    “Você é infantil”
    De acordo com Ronivon, em conversas posteriores à venda de seus votos, os parlamentares começaram a avaliar que poderiam ser logrados depois da votação. Nada impediria, pensaram, que os cheques fossem sustados.

    Já aos ouvidos de Orleir Cameli chegou um alerta importante do seu colega do Amazonas, o governador Amazonino Mendes.”

  78. Guatambu said

    Patriarca da Paciência,

    Pra que gasta tanto seu conhecimento de internet assim?

    Por acaso estou defendendo o tal do Ronivon?

  79. Chesterton said

    70, a UPA de Copacabana funciona tão bem que os traficantes querem fechá-la. (sem ironia) . O problema do carioca é que não querem acabar com o tráfico, querem continuar com o fornecedor próximo. A carioca é “interecheira” me diziam há 30 anos atrás.

  80. Patriarca da Paciência said

    Caro Guatambu,

    eu não gasto nada, apenas gosto de oferecer a minha opinião sobre qualquer assunto. Gosto de exercer o meu direito constitucional.

    Quanto a “conhecimento de internet”, acho que qualquer criança sabe consultar o Google. Eu tenho mais orgulho dos meus conhecimentos adquiridos em livros, durante longos anos.

  81. Chesterton said

    http://selvabrasilis.blogspot.com.br/2014/05/o-pt-corrompeu-o-brasil.html

  82. Pax said

    Caro Guatambu,

    Tenho um irmão entusiasta da Wikipédia. E colaborador. Tem vários verbetes que foi ele quem escreveu. Já me convidou a participar e nunca quis. Meu irmão é engenheiro, mestrado. Diretor de Engenharia de uma empresa nacional.

    Me contou que vários verbetes ele confessa que colocou alguma emoção, por exemplo ao falar de algum assunto ou pessoa que admira, e os tais moderadores não permitiram. No final, meu irmão me disse, os verbetes ficaram realmente melhores escritos.

    Sei não, de novo, gosto da Wikipédia. Acho um projeto muito interessante.

    Se há um ou outro verbete (ou expressão) que tem defeito? Claro que há. Mas não acho que seja a regra.

    Se não for pedir muito, tem algum verbete que você, em especial, pode me mostrar que contenha algum erro crasso ou algum emocionalismo.

    Aí a conversa fica mais objetiva.

    O que te contei acima é fato.

  83. Otto said

    Aí, confirma-se cada vez mais que a AP 470 foi um julgamento de exceção

    :

    Nem a Globo consegue abafar surto de Barbosa

    Temo pelo futuro do repórter Vinicius Sassine, que escreveu a matéria. Mas talvez nem o Globo esteja conseguindo segurar a avalanche de manifestações de perplexidade de setores sociais mais esclarecidos, diante do show de arbítrios de Joaquim Barbosa.

    Então a atitude de Barbosa de rasgar uma jurisprudência de quase 20 anos para manter Dirceu perso teve um lado bom: desmascarou a farsa da Ação Penal 470, marcada pelo ódio político e pela desonestidade intelectual.

    Destaco trechos da matéria:

    “A adoção do critério usado pelo ministro Joaquim Barbosa para revogar o trabalho externo dos réus do mensalão levaria pelo menos 400 presos de volta ao complexo da Papuda, no Distrito Federal, o que “explodiria” um sistema já superlotado.” (…)

    “No Distrito Federal, onde cumpre pena a maioria dos réus do mensalão, a decisão é inédita, sem precedentes. No ano passado, a Vara de Execuções Penais (VEP) em Brasília analisou 1,2 mil propostas para presos. Em nenhum caso, os juízes consideraram a hipótese da necessidade de cumprimento de um sexto da pena.”

    (…) “Profissionais da Justiça que atuam com execução penal estimam que entre 80% e 90% dos juízes brasileiros concedem o trabalho externo sem a obrigação de execução de parte da pena. O índice só não é maior porque juízes de pequenas comarcas, que não atuam exclusivamente com execução penal, são os mais propensos a interpretar a Lei de Execução Penal como Joaquim interpretou.”

    “A preocupação principal é com o precedente que se abre, para casos futuros. A Defensoria Pública do DF pretende continuar pleiteando trabalho externo para os presos em início de cumprimento de pena. Ainda não se sabe qual será a postura dos juízes lotados na VEP em Brasília.”

    *

    Barbosa atuou como um juiz mesquinho e sem experiência de comarca, violou a regra usada pela maioria esmagadora dos juízes brasileiros e abriu um precedente considerado perigoso para a estabilidade do sistema prisional brasileiro. Quando eu disse que ele surtou, eu não estava exagerando.

    A mídia criou um monstro, e acho que nem ela agora sabe direito o que fazer. Qualquer imprensa civilizada, depois de permitir a publicação de uma matéria com uma denúncia tão grave, faria, no mínimo, um editorial pesadíssimo denunciando Joaquim Barbosa.

    Além disso, a postura de Barbosa e as informações contidas na matéria do Globo desmoralizam completamente os editoriais e matérias distorcidas do próprio jornal, que acusavam Dirceu de receber “regalias”. Taí a regalia de Dirceu, ser o único caso no Distrito Federal de um preso que não tem permissão para trabalhar fora por causa da interpretação doentia de um juiz enlouquecido pelo ódio.

    O surto de Barbosa serviu para fechar o caixão da AP 470. O julgamento de exceção agora está patente. Tem que anular tudo, fazer um trabalho de esclarecimento da opinião pública – o que vai demorar um tempão, depois de uma campanha tão brutal e duradoura – e anistiar todos os condenados.

    Tem gente que começou a prestar atenção somente agora nos surtos de Barbosa, mas quem acompanha o caso de perto, sabe há tempos que ele agiu com o mesmo desequilíbrio, truculência e mau caratismo em todo o processo.

    *

    Regra de Barbosa levaria pelo menos 400 presos de volta à Papuda e causaria superlotação Juízes de execução penal discordam de obrigação de cumprimento mínimo de pena para poder trabalhar fora

    – See more at: http://www.ocafezinho.com/2014/05/13/nem-a-globo-consegue-abafar-surto-de-barbosa/#sthash.sj6AOQUg.dpuf

  84. Pax said

    Kassab ama Dilma… mas ama Alckmin também.

    quem oferecer o úbere mais farto, leva?

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1453624-nao-teria-problema-em-ser-vice-de-alckmin-afirma-kassab.shtml

  85. Daise said

    Patriarca

    Não meu caro, eu não me envergonho de FHC.

    Aqui está a explicação:

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2012/05/13/fhc-vence-premio-kluge-e-vai-receber-us-1-mi/

    Quanto ao Lula eu me envergonho sim e já expliquei porque.O vídeo está na Web.

    Quanto à sua afirmação: …”o único político brasileiro que, comprovadamente, “comprou” parlamentares,…” permanece apenas difamatória.

    Após vários comentários apenas conseguiu comprovar que Ronivon Santiago foi um político corrupto sem vergonha.Um mentiroso sem vergonha.

    Se você lesse a Veja ou assistisse ao JN já saberia há vários anos:

    http://veja.abril.com.br/210606/andre_petry.html

    http://jornalnacional.globo.com/Telejornais/JN/0,,MUL563410-10406,00-RONIVON+SANTIAGO+DO+PP+DO+ACRE+PRESTOU+DEPOIMENTO+A+CPI+DO+MENSALAO.html

    O facinoroso ex-deputado foi até premiado pelos mensaleiros com R$ 700 mil das arcas do Delubio.

  86. Pedro said

    SP: Sem água, sem trem, sem metrô.
    Rio: Parado, cidade em transe.
    Tensão pré copa.
    Economia Patinando.
    Politicanalhada no salve-se quem puder, pré eleição.
    Crimes bárbaros se multiplicando.
    O país está tenso.

    Já tivemos dias melhores, sabe lá o que vem pela frente.

  87. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    Afinal o povo brasileiro é “conservador” ou “progressista”?

  88. Chesterton said

    corroborando

    “Eu trabalho de faxina, vendo até latinha, para pagar meu aluguel. Então eu não aceito isso aqui”.
    “Tem que conquistar é aqui, ó [o trabalhador mostra o muque], não é roubando terra dos outros”.
    “Quer casinha de praia, vai trabalhar, vagabundo!”
    “Eles só querem que o governo dê dinheiro, o governo dá remédio, dá tudo aquilo. Mas pede para um vagabundo desse trabalhar, nenhum deles vem”.

    A gente vê um coisa incrível: uma verdadeira carreata de invasores! Sim, eles deixavam a área invadida em seus próprios veículos. E uma moradora resumiu:
    “Tem que mandar tudo embora para o lugar deles, porque eles têm carro, eles têm casa. Se eles têm carro, eles têm dinheiro para pagar aluguel. Eles não trabalham porque são vagabundos”.

    É isto: gente que ganha a vida com o próprio esforço se sente moralmente ofendida com a indústria de invasões criada no país. E é preciso reagir, sim, SEM VIOLÊNCIA E SEM ACEITAR A VIOLÊNCIA. É preciso dizer “não” aos linchadores da lei e dos direitos alheios.

  89. Chesterton said

    país de vagabundos e ordinários

    http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,um-em-cada-quatro-brasileiros-esta-no-bolsa-familia,38787,0.htm

  90. Chesterton said

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2014/05/1453404-arminio-fraga-foi-sugerido-para-obama-para-comandar-o-fed.shtml

  91. Zbigniew said

    O movimento do Brasil hoje é o de total desprezo pelo país. Não sei se isto está restrito a uma classe social, mas o que vejo é que as pessoas (pelo menos a maioria dos meu ciclo) estão pessimistas, quando não, até debochando de si próprios, porque quem fala mal do próprio país e do seu povo, fala mal de si próprio também.

    Colegas com quem converso dizem que passaremos vergonha na Copa. Que nada dá certo. Que só existem crimes e criminosos no país e que estamos vivendo um momento muito tenso. Perguntei a um deles se não existia nada de bom para ser destacado. Ele me respondeu que não, não havia nada de bom.

    Estamos vivendo num nível de alienação profunda, segundo um discurso específico e benéfico à oposições que não têm como falar de mudanças porque não vão mudar nada. Aliás, vão! Mas não nos termos de melhorias para a população em geral. E as pessoas estão caindo direitinho neste discurso. É impressionante!

  92. Guatambu said

    Pax,

    Eu acho um monte projetos interessantes, não significa que estes projetos estejam à prova de falhas.

    É só isso que eu quero dizer.

    Como fonte, Wikipédia não resolve, definitivamente.

    Wikipédia obviamente dá uma noção sobre algo que você não conhece, mas você se arriscaria a basear uma opinião em Wikipédia?

    Fique à vontade.

    O meu comentário, objetivamente, se resume nas 2 primeiras frases.

    Ajuda a corroborar isso o Patriarca da Paciência, que buscou outras fontes para comprovar o que está ali na Wikipédia.

    Patriarca da Paciência,

    Continue opinando, especialmente se referenciando em livros que já leu.

    Cá entre nós, estes são mto mais interessantes que a Wikipédia.

  93. Daise said

    Zbigniew

    movimento do Brasil hoje é o de total desprezo pelo país. Não sei se isto está restrito a uma classe social, mas o que vejo é que as pessoas (pelo menos a maioria dos meu ciclo) estão pessimistas, quando não, até debochando de si próprios, porque quem fala mal do próprio país e do seu povo, fala mal de si próprio também.

    Meu caro, esse é exatamente o meu ponto quando afirmei que TENHO VERGONHA DE LULA.

    Entendeu?

  94. Chesterton said

    wikipedia é excelente índice. Mas a tradução para o português é muit falha. Tem que ir no original.

  95. Zbigniew said

    Daise,

    cada vez mais me convenço que não estamos destinados a ser um grande povo. Seremos sim uma grande nação, mas, hoje, temos grande problemas de ordem moral e ética a serem resolvidos.
    Temos grandes problemas de maturidade política, em todas as classes sociais, mas, principalmente, na classe média. E temos uma das imprensas mais poderosas e mais engajadas na questão da disputa pelo poder.
    Nossa sociedade ainda não está preparada para enfrentar esses desafios.
    Nosso ethos não nos permite.
    Vamos ficar nessa de fulanizar a política até acharmos um equilíbrio.
    Não sei quando isso vai ocorrer, mas, certamente não será agora, nem daqui a alguns anos.
    Ainda vai demorar bastante.

  96. Daise said

    Pax e Guatambu

    Para ter opinião sobre a confiabilidade do wikipedia é simples;

    Perguntem ao Google em Inglês e em Português

    Is wikipedia reliable? ou wikipedia é confiável?
    zilhões de respostas
    …………

    Na minha opinião, o importante é que o wikipedia é vivo.
    Evolue.
    É útil mas limitado.
    Como tudo – jornais , TV, Internet, radio, etc é passível de distorções, se não houver supervisão corretiva sobra aquilo que é publicado.
    E principalmente da resposta que o usuário quer obter.:
    Se for concordante o wikipedia é bom.
    Se for discordante o wiki é uma merda.

    ….

  97. Daise said

    Caro Zbigniew

    Eu sinceramente não entendi o que você quis dizer:

    cada vez mais me convenço que não estamos destinados a ser um grande povo

    Temos grandes problemas de maturidade política, em todas as classes sociais, mas, principalmente, na classe média. E temos uma das imprensas mais poderosas e mais engajadas na questão da disputa pelo poder.
    Nossa sociedade ainda não está preparada para enfrentar esses desafios.
    Nosso ethos não nos permite.

    Meu caro Zbigniew

    Já somos um grande povo.
    Preparados para o que der e vier.
    E acho que nosso caráter brasileiro permite sim e é sim muito forte.
    E a Imprensa está totalmente alinhada com o nosso caráter de forte e grande povo. Somos o Brasil.

    Se você não concorda me explique por que?

    Estou realmente curiosa.

  98. Chesterton said

    temos grande problemas de ordem moral e ética a serem resolvidos.

    chest- pô!!!!

    mas, principalmente, na classe média.

    chest- pronto, o Chauí daqui. O problema está na elite política.

    Nossa sociedade ainda não está preparada para enfrentar esses desafios.

    chest- foi levada à miséria intelectual pela revolução cultural.

  99. Patriarca da Paciência said

    “Se você lesse a Veja ou assistisse ao JN já saberia há vários anos:”

    Cara Daise,

    Eu faço isso, só que leia a “óia” como uma revista cômica, principalmente o reinaldo rola-bosta e o augusto boçal canalha nunes. Dou muitas risadas lendo esses dois alienados.

    Quanto ao JN eu assisto também, mas minha opinião é sempre contrária aos seus comentaristas.

    E a notícia sobre a “compra” de parlamentares em prol da reeleição do Fernando Henrique Cardoso é do Fernando Rodrigues, jornalista da Folha de São Paulo e, inclusive, muito estimado pelo Pax.

  100. Chesterton said

    Para o socialo-petistas aprenderam alguma coisa

    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1430

  101. Daise said

    PT, o Partido Terrorista

  102. Pax said

    Já é hora do almoço?

    a roça acorda cedo… pela lei – que acho ótima – funcionário que esposa ganha tem direito a 3 dias de folga

    galinha come cedo, bichos todos, capim cortado, horta regada, pomar rastelado

    hora do almoço, sim

    =)

    (quer dizer, agora vamos ao noticiário da corrupção que a fartura é grande)

    O caro Zbigniew tem um bom ponto de discussão.

    A nossa questão moral e ética é uma das maiores para que possamos desenhar o futuro, depois que a miséria está quase debelada e que o emprego está razoavelmente equacionado.

    Temos uma demanda interna enorme, demanda reprimida. Nem vou me atrever muito na economia porque é pauta que não domino, mas se resolvermos algumas questões previdenciárias pendentes, temos um país que não assusta. Muito ao contrário, é lotado de janelas de oportunidades.

    E volta a questão do sumido Elias, a ética da política é reflexo da sociedade ou a política dita o tom da ética da sociedade.

    Nunca me convenci que nós, sociedade, somos 100% culpados pela classe política tão apodrecida como temos. Em especial afirmo que essa classe política está muito afastada da sociedade. Até na unidade mais próxima, no município, a vereança, salvo algumas exceções, se afasta de seus redutos eleitorais quando não está em campanha.

    O cidadão não sabe o que rola ca Câmara Municipal, não sabe o que está em votação, se é ou não de seu interesse, no fundo fica analisando o prefeito se é bom, ou ruim, se a rua está bem ou ruim, se teve obra ou não, se a escola piorou ou não, se quando vai ao hospital é atendido ou não.

    Nem diferencia que segurança é atribuição do estado e não do município, nem sabe se a escola é do estado, município ou união, nem sabe se o hospital é administrado por quem.

    No fundo, me associando ao pensamento do caro Zbigniew, creio que há sim, uma enorme questão ética e moral a ser resolvida para andarmos à frente. Tanto é que, de diversos assuntos que poderia definir uma pauta para ter um blog, a deste aqui é exatamente nesse sentido.

    As torcidas organizadas não ajudam em nada. Agora mesmo tem um fla x flu que é chato, improdutivo, uns acham que o PT é o partido mais corrupto, os petistas ficam cheios de pedras às mãos para quem quer que lhes aponte seus desvios, os tucanos posando de vestais em puteiro de velhas e o resto, bem, o resto é essa mixórdia de bezerro mamão que só quer saber quem vai lhes oferecer a teta mais farta, a chave do maior cofre, pra praticar seus crimes contra o patrimônio público.

    Tenho conversado alhures, bastante, como vocês. Entre amigos, familiares, agora mesmo a família entrou numa discussão interna (mensagens internas pelo FB) sobre o tal vídeo do Ney Latorraca.

    Um dos itens mais comuns que vejo, da turma que se decepcionou com o PT, foi a quebra da esperança que seria um partido diferente nessa questão. Tem muita gente muito chateada, se sentindo traída. Com toda razão.

    Mas esses também não acham que os tucanos sejam diferentes, pelo contrário. Mesmo que a grande mídia tenha lá suas torcidas e posicionamentos – e de novo quero ressaltar que a mídia, numa democracia, pode ter lado, sim – a massa com que me relaciono não cai na esparrela que tucano é cheirozinho e não rouba.

    Mas, para não deixar de ter algum otimismo, acho ótimo que o PT seja mostrado como é, um partido corrupto, que o PSDB seja mostrado como é, um partido corrupto, que os outros sejam mostrados como são, sanguessugas de partidos corruptos.

    Uma hora a massa enche o saco. Já encheu, deram porrada. Agora os corruptos se armaram pra dar mais porrada ainda. E aí a porrada vai ficar boa.

    Na hora que a massa sair às ruas de novo, exigindo que a coisa pública seja tratada com um mínimo de respeito, a coisa dá mais um passo à frente.

    Se, de outro lado, os babacoaras dos dois lados insistirem nessa polarização neofascistóides, serão eles, sim, que vão promover uma ruptura da sociedade que não interessa a ninguém.

  103. Pax said

    Olha o reflexo da insatisfação — no facebook do Idelber, de agora

    Idelber Avelar
    43 min · Editado ·
    Notícias das últimas 24 horas:
    1. Continua a greve dos rodoviários no Rio de Janeiro: http://glo.bo/QIgLPo.
    2. Continuam em greve os servidores da Prefeitura de Belo Horizonte: http://bit.ly/1gnaV2o.
    3. Servidores da saúde de Betim, da educação de Contagem e garis de Belo Horizonte continuam em greve, e professores particulares de BH anunciam paralisação: http://bit.ly/T1H4lG.
    4. Servidores da Cultura em todo o país estão parados: http://glo.bo/1hLp0By.
    5. Funcionários de consulados e embaixadas do Brasil entram em greve: http://rfi.my/1jfhtQG.
    6. Aeroviários brasileiros ameaçam greve durante a Copa: http://naofo.de/7ml.
    7. Anunciada greve de PMs em Pernambuco: http://glo.bo/1mq6NOX.
    8. Paralisados policiais civis do Paraná: http://bit.ly/1nNb0fm.
    9. Anunciada greve dos funcionários da Ambev durante a Copa: http://bit.ly/1jqGjHD.
    10. Policiais civis, federais, rodoviários federais e militares marcam paralisação nacional: http://bit.ly/1nNbvpR.
    Bom dia.

  104. Pax said

    Lula encheu o peito (tem um vídeo, alguém acha aí, por favor…) dizendo que o Brasil estava preparado para fazer uma copa maravilhosa, que o país tinha uma competência assim e assado… pois bem, agora seu secretário diz que:

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1453965-atraso-nas-obras-da-copa-e-frustrante-diz-ministro.shtml

    Nada como um dia após o outro.

    Roubalheira em cima de roubalheira dá nisso. Todo mundo meteu a mão. Essa Copa, sei não… vai acabar acontecendo.

    Os custos políticos veremos mais à frente. As contas? Pagaremos mais à frente também.

  105. Patriarca da Paciência said

    “Em entrevista ao 247, o criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, um dos mais conceituados do País, interpretou a nova jurispridência criada por Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, ao impedir que condenados ao regime semiaberto, como José Dirceu e Delúbio Soares, possam trabalhar; “ele decidiu se vingar dos próprios colegas que o derrotaram na votação dos embargos, impondo a sua vontade”, afirma; de acordo com Kakay, o plenário do STF não tem alternativa, a não ser corrigir o erro de seu presidente, que, se mantido, terá graves consequências para a política carcerária no País; “a obsessão de Barbosa por José Dirceu não pode provocar tamanho retrocesso”

    http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/139698/Kakay-ao-247-'Barbosa-quis-se-vingar-do-plen%C3%A1rio‘.htm

  106. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    Todo mundo comete grandes erros, inclusive Mas sem dúvida nenhuma, trazer a Copa e as Olimpíadas para o Brasil não foi erro e sim grande acerto. O pleno emprego que o Brasil vive hoje, ao contrário da maioria dos outros países, se deve a esses dois grandes e importantes eventos mundiais.

    Agora, o Lula tem que fazer um grande “mea culpa” por ter nomeado o Barbosão. O homem é um completo desastre. Veja o comentário 105.

  107. Patriarca da Paciência said

    Correção: Todo mundo comete grandes erros, inclusive o Lula, mas sem dúvida nenhuma, trazer a Copa e as Olimpíadas para o Brasil não foi erro e sim grande acerto. O pleno emprego que o Brasil vive hoje, ao contrário da maioria dos outros países, se deve a esses dois grandiosos, magníficos e importantes eventos mundiais.

  108. Pax said

    Se o erro de Lula fosse Barbosa, caro Patriarca, estaria resumido, se é que eu estivesse com a mesma opinião, numa única pessoa.

    O erro do Lula começou com a Telemar. Deu o tom pra rapaziada.

    E aí termina nomeando um André Vargas para o mais alto posto da Câmara. Ou você acha que Lula não participou dessa decisão.

    O grande erro de Lula, caro Patriarca, vou apontar pro lado errado, exatamente nas questões éticas e morais.

    Barbosa não é nada nesse contexto.

    Desculpe-me a enorme sinceridade.

  109. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    veja aí uma posição que acho totalmente estapafúrdia:

    “Ex-presidente chamou de “escandalosa” a atitude dos países da América Latina em relação à crise no país (Venezuela) , em evento do Instituto FHC com os ex-presidentes Ricardo Lagos (Chile) e Julio Sanguinetti (Uruguai), o ex-premiê espanhol Felipe González e o ex-chanceler mexicano Jorge Castañeda: “Estamos valorizando um modelo distorcido de democracia”

    (blog 247)

    Qual é a do FHC? Então ele acha que o Brasil deveria ficar “condenando” a Venezuela ? Que direito o Brasil tem de interferir na política de outros países ? Ou ele está sugerindo que o Brasil passa a ser uma espécie de Estados Unidos do Amárica do Sul ?

    E passar a interferir em outros países a fim de destruí-los, tal como Iraque, Líbia, Nigéria, etc.etc.etc.

    A Venezuela é uma grande parceira comercial do Brasil. O que o Brasil ganharia em atacá-la ?

    Ou será que o FHC está ficando senil ?

  110. Zbigniew said

    Pax,
    na instituição que trabalho foi implantado um código e uma comissão de ética. Muitos perguntaram: para quê um código de ética? Não está implícito qual o comportamento que devemos ter diante dos problemas e das situações que nos são apresentadas no dia a dia?

    Ora, são pessoas de alto nível de formação. O que faz com que pessoas assim, bem formadas e remuneradas estranhem a palavra ética e sua aplicação por um código e uma comissão? Principalmente quando sabemos que no dia a dia a ética é sempre (eu disse sempre) colocada em segundo plano face o pragmatismo da manutenção do sistema.

    Ao que parece – e aqui não quero generalizar – é comum a grande parte do nosso povo, em especial às nossas elites (falo de todas: econômica, política, jurídica, acadêmica, etc.) o desconforto em terem os seus comportamentos discutidos e enquadrados de forma individualizada, sob a possibilidade de uma reprimenda, uma sanção, ainda que apenas de ordem moral. Não é à toa que a questão da impunidade se tornou lugar comum para explicar as ondas de violência e corrupção que assolam o país.

    Nesse ponto é que chamo a atenção para o fato de se fulanizar a corrupção, especificamente na política, como forma de se adequar a uma disputa de caráter eleitoral. Como ferramenta dessa disputa.

    Um exemplo foi o do candidato do PSB que apresentou como uma de suas vantagens o fato de desejar alijar do sistema de alianças pessoas como o Sarney, mas, sem dizer o que faria com os Bornhausen, Maias e Fortes que fazem (ou querem fazer) parte de sua base, ou de como vai mudar o sistema de alianças típico do nosso presidencialismo de coalização sem mexer no processo político constitucional e de formação de coligações. Esses, envolvidos em outros tantos problemas que tem nas oligarquias os seu porto seguro de manutenção do status quo.

    Onde a mudança? Onde a moral e a ética têm vez? Isso sem falar nos tucanos.

    Pergunto: por que não discutirmos, já que chegou-se à brilhante conclusão de que o PT é a origem de toda a corrupção do país, uma mudança real no sistema político brasileiro? Nos processos licitatórios? Por que não uma investigação séria nas principais empreiteiras do país? Por que não acabarmos com os vereadores, e mudarmos o status federalista dos municípios? E o senado federal? E sobre a questão dos financiamentos de campanha? Neste ponto só vejo o PT defender uma mudança.

    Só por esses questionamentos e a ausência de propostas sérias das oposições fico com a impressão real de que ética e moral continuarão em segundo (terceiro, quarto…) plano no cenário político brasileiro, presente apenas nos discursos de retórica, muito comum à nossa tão decantada hipocrisia.

    Ah! E que a copa seja um fracasso, e a Argentina seja campeã sob as nossas barbas, só assim para o Brasil melhorar…(putz!).

  111. Pedro said

    Fora do post:

    Pois é, mais um tapa na cara de quem produz.
    Dilma vetou a lei que isentava máquinas e tratores agrícolas de pagar IPVA.
    Um trator passa 98% do tempo na roça, quando não 100%, mesmo assim tem que pagar IPVA.
    Tamufu.

    Tem horas que dá um desanimo.

  112. Pedro said

    Ta ficando bom:

    Enquanto o governo está ocupado cobrando IPVA de maquinas agrícolas, e a policia aprendendo maquinas de quem não paga, a bandidagem vai tomando conta.

    http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2014/05/14/video-mostra-traficantes-no-rio-comemorando-vitoria-no-amador-com-tiroteio.htm

    *Dá um desconto Pax, estou fora do tema, mas, tem certas coisas que a gente precisa botar pra fora, mesmo que ninguém de a mínima.

  113. Pax said

    Caro Zbigniew,

    Você diz:

    …”Pergunto: por que não discutirmos, já que chegou-se à brilhante conclusão de que o PT é a origem de toda a corrupção do país, uma mudança real no sistema político brasileiro? Nos processos licitatórios? Por que não uma investigação séria nas principais empreiteiras do país? Por que não acabarmos com os vereadores, e mudarmos o status federalista dos municípios? E o senado federal? E sobre a questão dos financiamentos de campanha? Neste ponto só vejo o PT defender uma mudança…

    e respondo:

    – O PT não é a origem de toda corrupção do país. Só aderia a toda corrupção do país, tal e qual. Mais? Não sei dizer. Menos? Não dá pra dizer isso.

    – Processos licitatórios, contratos com governo, financiamento de campanha etc etc… tudo merece foco. Tudo é, segundo fartíssimo noticiário, poluído e recheado de corrupção. O custo de qualquer coisa que envolve governo no Brasil tem um sobrepreço absurdo. Afora a incompetência em execução, basta ver obras da Copa, do S Francisco, Refinaria Abreu e Lima, Ferrovia Norte Sul e tantos, milhares de exemplos.

    – Acabar com o modelo dos governos municipais etc? Cara, essa é uma discussão enorme. É uma discussão que a sociedade tem que enfrentar. Os passos que foram dados até aqui, pós ditadura, nos levaram para um patamar melhor. Um patamar que deveríamos ter chegado no século passado. Hoje é preciso repensar um bocado de coisa. Quase uma desconstrução geral e reconstrução.

    Chego a colocar em questão, por sinceridade, se queremos ou não a Constituição Cidadã que nos define como sociais democratas. Ali acho que acertamos. Mas, democraticamente, devemos rediscutir isso também. Espero, muito, que esta decisão não seja alterada.

    Mas o velho e rabugento Chesterton tem um ponto. Não podemos ser sociais democratas e quebrar o país.

    Isso significa que deveriamos gerir a coisa pública na ponta do lápis, um mínimo de desperdício, de desvio.

    Se somar tudo que os governos, em todas instâncias, desperdiçam, roubam etc já seria um enorme começo. Se conseguíssimos que os sonegadores pagassem o que devem, outro máximo, e de caso em caso, tenho convicção que poderíamos ter Escola, Hospital e Segurança em alto nível e ainda investirmos em infraestrutura.

    Não é hora de ficarmos polarizados, histericamente polarizados. E é exatamente isso que o Fla X Flu tem produzido, histeria polarizada.

  114. Pax said

    Caro Pedro,

    Impressionante:

    1 – IPVA pra trator… caramba.

    2 – esse vídeo que vc postou em#112. Que falência de uma sociedade, nessa questão da violência, da segurança pública, é uma falência declarada.

    triste

  115. Chesterton said

    IPVA de máquinas agrícolas? Não é possível! Pax vai ter que emplacar o trator?

  116. Daise said

    Pax em #113

    …Não é hora de ficarmos polarizados, histericamente polarizados. E é exatamente isso que o Fla X Flu tem produzido, histeria polarizada.

    Leia a entrevista do “ministro chefe da casa civil, Mercadante e tire suas próprias conclusões sobre o tal FLA x FLU:

    GOVERNO SEGURA TARIFAS PARA PARA CONTER A INFLAÇÃO,DIZ MINISTRO

    VALDO CRUZ
    NATUZA NERY
    DE BRASÍLIA

    14/05/2014 02h00
    O governo federal segura preços de combustíveis e energia para evitar impactos nos índices gerais de inflação. A admissão, rara em ano eleitoral, foi feita pelo ministro Aloizio Mercadante em sua primeira entrevista exclusiva após assumir a Casa Civil em fevereiro.

    Embora renegue o termo “controle de preços”, ele afirma que a política federal defende o cidadão. “Preços administrados são preços administrados. Você administra em função do interesse estratégico da economia, dos consumidores, não há necessidade de ser repassado imediatamente”, disse.

    Apostando no suposto temor da “volta ao passado”, ele atacou a oposição: “O que está sendo proposto neste país, a pretexto de reduzir a inflação, é voltar com desemprego, com arrocho salarial” e “recessão”. E ironizou chamando essas ideias de “museu de novidades”.

    Sobre a crise de abastecimento de água em São Paulo, governado pelo PSDB, disse: “Evidente que faltou investimento prudencial”.

    O ministro Aloizio Mercadante em seu gabinete, no Palácio do Planalto, em Brasília
    *

    Qual seu diagnóstico sobre o momento atual?
    A oposição e uma parte importante da imprensa desenharam um cenário que entraríamos em 2014 com a tempestade perfeita, haveria grave desarranjo do dólar….

    Não foi a imprensa, mas um conselheiro da presidente Dilma, Delfim Netto.
    Mas a expectativa que se projetava era essa. Haveria um grave desarranjo no câmbio, forte desvalorização, retração forte dos investimentos, teríamos recessão e desemprego e um forte descontrole inflacionário. Mais uma vez, a história econômica do país desmontou essas previsões pessimistas, nada disso aconteceu.

    Mas a inflação está muito perto do teto da meta?
    Temos um quadro de forte impacto dos preços das commodities e um mercado de trabalho extremamente aquecido. Isso tudo pressiona o sistema de preços, mas o controle da inflação sempre foi uma dimensão inegociável deste governo e continuará sendo. A terceira tese era que teríamos um apagão, propalado fortemente pela imprensa e oposição, dizendo que estávamos num cenário igual ao de 2001, quando tivemos de fato um apagão no Brasil. Isso não vai acontecer, porque o governo foi prudente, fez um novo modelo de gestão do setor elétrico, alavancou os investimentos e, apesar da mudança climática, não há risco de falta de energia. Coisa que não aconteceu, por exemplo, em relação à água no meu Estado de São Paulo.

    Por quê?
    Porque não tivemos os investimentos prudenciais indispensáveis, porque o sistema Cantareira vinha caindo fortemente nos últimos quatro anos e hoje estamos numa situação que o nível do reservatório está em 5,9%, caiu 1,2% na última semana.

    Faltou planejamento em São Paulo?
    E de investimentos prudenciais que não foram feitos. Você já tinha novos reservatórios que estavam planejados há muito tempo e não foram feitos.

    Já há racionamento em São Paulo?
    Já há redução da oferta de água. [Usem] o adjetivo que vocês quiserem usar, não estou aqui para criar uma disputa desnecessária entre as esferas de governo.

    Por que o governo não faz uma campanha de racionalização de uso da energia elétrica?
    Há muitas campanhas, mas o que a presidente Dilma fez foi renovar as concessões que estavam vencendo só para quem reduzisse de forma substancial as tarifas, o que amorteceu o impacto tarifário. Foi esta redução, das concessões de usinas que já estavam com seus investimentos amortizados, que permitiu que a inflação estivesse caindo. Esta atitude da presidente Dilma, de compartilhar com a sociedade este ganho, que foi vista como uma intervenção indevida.

    Mas agora o governo está sendo obrigado a empurrar aumentos de tarifas para 2015 para evitar alta da inflação.
    O modelo é este, quando você teve de rodar as térmicas, garante a oferta de energia. E você consegue administrar o impacto porque dilui isto ao longo do processo.

    Mas o governo tomou uma série de medidas para empurrar o aumento para depois de 2014.
    Não há discussão de que foi necessário colocar as térmicas para funcionar. E elas são mais caras. O que o governo faz é garantir que o impacto deste custo seja diluído ao longo do tempo para não prejudicar o consumidor e a economia. É um sistema precavido, prudencial, em relação à dependência de chuvas. Se outros entes federados tivessem a mesma prudência, o mesmo planejamento, a mesma determinação, nós não estaríamos com o risco de oferta de água na região de São Paulo.

    Mas o mesmo governo que reduziu as tarifas agora segura vários preços da economia, como gasolina e energia, empurrando para 2015.
    Deixa eu dizer uma coisa, preços administrados são preços administrados. Porque o conceito é este, você administra [o aumento] em função do interesse estratégico da economia, dos consumidores, não há necessidade e não deve ser repassado imediatamente para os consumidores. O modelo permite que você, por meio de financiamentos e outros procedimentos do Estado, garanta que o impacto se dilua no tempo e você mantenha o seu compromisso com a meta de inflação.

    Mesmo que signifique um descontrole brutal nos preços.
    Vocês estão na tese de sempre. No ano passado teria descontrole, neste ano teria descontrole e no futuro haverá. Não haverá descontrole. O país tem um compromisso com a estabilidade, que é inegociável.

    O Brasil está com um índice de atraso pior do que na Copa da África do Sul, que foi considerada uma das mais complicados. O que deu errado?
    Vamos ver quando terminar a Copa, mais uma vez vocês vão ter de dizer que não aconteceu o que disseram que ia acontecer. Temos de discutir com mais responsabilidade. Por exemplo, investimentos em estádios vão ser da ordem de R$ 8 bilhões. Metade é de financiamento do governo federal, a outra parte são investimentos de Estados e municípios e também da iniciativa privada. O que nós gastamos em educação e saúde neste período de construção dos estádios são R$ 825 bilhões, não tem comparação. E a Copa é uma oportunidade que o Brasil está tendo de se mostrar. O mundo inteiro vai ver o Brasil. E não fizemos tudo isto [estádios, ampliação de aeroportos, obras de mobilidade] só para a Copa. Fizemos para o país. Ou seja, qual a grande mudança neste período, criamos uma economia de consumo de massa. São 42 bilhões de pessoas que emergiram para uma situação de classe média. O Brasil é uma experiência quase única em termos de velocidade de distribuição de renda. E mesmo na crise continuamos mantendo emprego e distribuindo renda. Para este governo o emprego é um objetivo estratégico. Não é um produto da política econômica. Quando vejo alguns candidatos debatendo economia, as ideias que estão sendo apresentadas são um museu de novidades.

    Tipo?
    São as mesmas pessoas do passado, dizendo que vão fazer as mesmas coisas que fizeram e que nós sabemos aonde deu. Termina em recessão e desemprego. Termina o povo pagando o custo da crise. E nós não viemos para fazer isso e não faremos.

    Mesmo com um pouco de inflação a mais, vocês não acham…
    Ah, sim, podemos reduzir o centro da meta da inflação para 3% [proposta do candidato do PSB, Eduardo Campos], o que significaria passar o desemprego de 4,7% para 8,3%, dobrar o desemprego.

    Vocês fizeram um estudo para chegar a este dado?
    É simples, é um modelo matemático do Banco Central, você vai lá e vê para onde vai a taxa de juros e vê o que vai acontecer com o desemprego.

    Foi o Banco Central que calculou?
    Não, foi nossa assessoria, é só pegar o modelo matemático e aplicar. Vamos ao que interessa da discussão. Primeira tese relevante do debate. Vamos acabar com o subsídio ao crédito público no Brasil. Essa é a tese do PSDB, reduzir o financiamento público e acabar com seu subsídio. O que é o subsídio ao crédito público, é ofertar um crédito, com taxas de juros com padrões internacionais de competitividade. Quais são os programas mais importantes, as principais linhas do BNDES para máquinas e equipamentos, ônibus, caminhões, micro e pequena empresas, a equalização da taxa de juros, é o que permite você manter o crescimento e o emprego que temos.

    O governo gosta de fazer a comparação com Estados Unidos e Europa, só que nestas duas regiões tudo já está pronto. Lá podem crescer um pouco menos porque está tudo pronto. Aqui, temos de crescer muito mais para chegarmos perto deles
    Eu sei que nós precisamos crescer muito mais. Todo mundo acha que precisa crescer muito mais. Mas o que eles estão propondo é crescer muito menos.

    Como o sr. pode garantir isso?</b
    Ao retirar os subsídios dos crédito, vamos encarecê-lo, diminuir o investimento e comprometer o crescimento do emprego. Ao retirar o subsídio do plano safra, vamos reduzir o crédito à agricultura, que faz com que o Brasil tenha hoje a terceira maior safra do planeta. Ao retirar o crédito público, vamos acabar com Minha Casa, Minha Vida.

    Mas a oposição não está falando em acabar com o Minha Casa, Minha Vida.
    Ao tirar o subsídio do crédito imobiliário nós acabaremos com o Minha Casa, Minha Vida.

    O governo está administrando uma inflação maior…
    Vamos botar isso a limpo. Vou pegar o dado. A inflação no governo FHC era 9,2% ao ano; no governo Lula e Dilma, de 5,9%. A média do governo Lula é praticamente a mesma do governo Dilma. Nossa inflação acumulada deu 5,9% e a do Lula, 5,8%.

    Mas o país cresceu mais com Lula, ministro.
    Sim, mas teve um quadro de estagnação [mundial] que começa em 2009, no final do governo. A maior crise econômica mundial depois de 1929, e atravessamos mantendo emprego e renda.

    O sr. foi contra o plano Real, que garantiu estabilidade.
    Eu critiquei a âncora cambial do Plano Real, disse que era um equívoco e a história acho que me deu razão.

    Naquela época não tinha nem âncora, ministro.
    Lógico que tinha. Estava nos objetivos do plano. Bom, não vou discutir isso. Não muda a pauta da discussão. Nós reconhecemos que a URV foi criativa. Foi muito importante estabilizar a economia. Mas foi uma estabilidade fundada na apreciação do câmbio e levou o Brasil a um ataque especulativo, uma forte desvalorização do câmbio que trouxe o risco de inflação de volta a partir de 1998, essa era a crítica que nós fizemos. O compromisso com a estabilidade está mantido, a diferença é que, para o povo, PIB é emprego e renda. Nós éramos um dos países mais desiguais do planeta, com os piores índices de concentração. É isso o que está mudando. Os pobres não estão pagando mais o custo da crise como era no passado. E o que está sendo proposto neste país, a pretexto de reduzir a inflação, é voltar com desemprego, com arrocho salarial, retirar os programas sociais, retirar o subsidio ao crédito público, que fez o país manter esse crescimento e o nível de emprego.

    Ministro, desculpe, mas vamos comparar com o governo Lula? Com Lula, crescia-se mais, a inflação era menor e tinha popularidade. O que está acontecendo, então, pois a Dilma está em baixa nas pesquisas?
    Primeiro, as avaliações da Dilma para esse período das eleições são muito próximas ou um pouco melhores do que era a do Lula em 2005, 2006. O Lula se recupera na eleição quando nós tivemos tempo de televisão para falar.

    Mas teve mensalão, caiu por isso…
    É uma tentativa de explicação. Mas objetivamente foi isso que aconteceu. Na hora em que nós formos para a televisão, como ela foi rapidamente agora no Primeiro de Maio, mostrando esse debate de fundo, tendo tempo para mostrar que 7 milhões de pessoas fizeram o Pronatec e não tem uma linha nos veículos de comunicação para mostrar esse marco.

    As curvas de pesquisas mostram que a presidente cai quando a inflação sobe.
    Não acho que seja tão mecânico assim. Acho que tem vários outros componentes numa eleição, as coisas não são tão simples. Tenho absoluta segurança: nós cresceremos na hora que tivermos tempo de falar e de mostrar o que fizemos. A gente sempre cresce no final.

    Por que, no governo Lula, a população tinha uma visão de que o governo era mais preocupado com inflação do que hoje?/b>
    Talvez porque não liam jornais.

    Eduardo Campos sugeriu meta de inflação de 3%. Vocês concordam com redução?
    Acho que 4,5% é uma meta muito importante a ser perseguida pelo Banco Central. Nós fomos o país que teve a mais longa hiperinflação da história, portanto o processo de estabilização é um processo em que a gente deve ter cuidado e muito rigor com isso. E o governo tem. O Banco Central aumentou os juros em ano eleitoral pela segunda vez. No governo Lula foi assim também.

    Em compensação, a gasolina não subiu.
    Os preços administrados são administrados em função do esforço de fazer uma política anticíclica. Por isso que energia é [preço] administrado. É sempre administrado e sempre foi.

    Pelo menos alguém do governo admite controle de preços.
    Não, você é que está falando. Eu não usei a palavra controle de preços.

    O sr. está dizendo que o preço administrado é um instrumento do governo para realizar política anticíclica.
    É evidente. Na medida em que nós estamos pegando energia, as termoelétricas este ano, e podemos diluir o reajuste, nós estamos fazendo um bem para a sociedade. Ao contrário do que vocês acham. Porque se eu fizer um reajuste muito alto, o que vai fazer é aumentar o custo da produção e a consequência é perda de competitividade. Se eu perco a competitividade, eu vendo menos, produzo menos e emprego menos.

    Mas isso em algum momento explode.
    Essa é a tese que querem trazer de volta ao país. O que nós achamos é que esse não é o melhor caminho. Não é dar um choque de preços na economia, aumentar o custo de vida da população e aumentar o desemprego.

    O que o sr. acha que vai ser o Brasil de 2015?
    Engraçado. Se você me perguntasse no final de 2013 o que seria o Brasil de 2014 eu diria que seria muita coisa do que estamos vivendo. Mas vocês não acreditavam nisso. Vocês acreditavam na tempestade perfeita. Vocês acreditavam que iria ter uma crise gravíssima, como de novo vocês estão projetando dificuldades que acho que não são reais. Agora, essa campanha pró-inflação gera uma expectativa inflacionária.

    Existe uma campanha pró-inflação no país?
    Claro. Tivemos em vários momentos.

    Quem promove?
    Quem tem interesse em aumentar a taxa de juros.

    Para o governo, o inferno são sempre os outros. É o mercado, a imprensa…
    Não, não. O problema da inflação é o mercado? Não. O que eu disse é que há uma entressafra, uma pressão inflacionária sazonal que diz respeito à oferta de alimentos. Mas o compromisso com a estabilidade permanece, absolutamente essencial e inegociável.

    O próprio Lula, em entrevista, reconheceu que a presidente precisa consertar a economia…
    Sempre temos que mostrar como vai melhorar a economia.

    O que está errado na economia?
    Nós sempre temos que melhorar. Uma das coisas que precisa melhorar é a qualidade do debate econômico do país. Esse é meu esforço hoje. Estou tentando mostrar que não houve tempestade perfeita, não houve e não haverá descontrole da inflação. Não houve aumento do desemprego, recessão e não haverá. Não há apagão nem risco de apagão. Não tem nenhuma semelhança com o que aconteceu em 2001 e as obras da Copa estão todas sendo entregues, nós faremos a Copa das Copas.

    Por que a população prefere o Lula a Dilma?
    Eu acho que a tese da Folha tem um aspecto interessante. Por que vocês não fizeram a pesquisa com Marina e Eduardo ou Aécio-Serra?

    Nenhum é ex-presidente.
    Isso não é argumento.

    Fizemos Marina e Eduardo…
    Não. Agora, o Lula não é candidato. É a Dilma.

    Não só a população [quer Lula de volta], os próprios petistas.
    A verdadeira disputa no país não é entre Dilma e Lula. Isso é um projeto só. A verdadeira disputa é se continua Lula e Dilma ou volta FHC.

    FHC? Não é Aécio o candidato…
    O discurso é o mesmo de antes. E as consequências não serão parecidas porque vamos vencer as eleições.

    E se vocês forem surpreendidos com o PSB no segundo turno, por exemplo…
    Primeiro você pressupõe que haverá segundo turno.

    Não, isso foi o senhor.
    Não disse isso.

    Disse.
    Não! Leia, está gravado. Disse que em todas as últimas eleições houve segundo turno, e ainda dá no primeiro em todos os cenários.

    Já não são em todos os cenários…
    Na nossa avaliação, continuamos ganhando. De qualquer forma, como todas as eleições anteriores, nós só vamos vencer quando tivermos tempo de televisão. Aí o povo vai ver o que sente. E isso vai fazer toda a diferença.

    Por que o empresariado é hoje mais contra a presidente do que a favor?
    Foi assim com Lula sempre, e é assim com a Dilma. Porque a eleição começou.
    ……………………………….

    Dá pra entender porque Lula nunca chamou este incompetente pra nada,e seu governo?

  117. Pax said

    Nem trator tenho… tenho vontade de ter um, com implementos, adoraria arar um cantinho pra plantar um milho de semente não transgênica. E adoraria ter uma carretinha nesse trator, que engatasse, também, no meu jeep velho de guerra.

    Não, Chesterton, velho e rabugento, eu hoje vivo com muito pouco cara. Muito menos que vc possa imaginar.

    Já vivi o mundo executivo, já vivi a sobra de grana, sim.

    Hoje minha realidade é muito diferente. Mas muito mais feliz.

  118. Daise said

    Pax

    Agora começou o FLA x FLU dentro do próprio governo.Dilma deve ter dado um “bafão” no Mercadante.

    MANTEGA REBATE MERCADANTE E DIZ QUE GOVERNO NÃO SEGURA PREÇOS

    SOFIA FERNANDES
    DE BRASÍLIA

    14/05/2014 15h23 – Atualizado às 15h48

    O ministro da Fazenda, Guido Mantega, negou que o governo segure preço de energia, gasolina e outros preços administrados, como disse o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) à Folha, em entrevista publicada nesta quarta-feira (14).

    Segundo Mercadante, o governo federal lança mão desse expediente para evitar impactos nos índices gerais de inflação.

    Mantega rebateu Mercadante, falando que que houve reajustes recentes de gasolina e da alta da energia elétrica, que aconteceu na contramão da garantia da presidente Dilma Rousseff de que a conta de luz ficaria 20% mais barata com a renovação das concessões do setor elétrico.

    REAJUSTES

    “Nós temos feito sim reajustes. Maior exemplo é o preço da energia, que subiu 18%. Onde está o represamento dos preços?” afirmou o ministro, durante audiência pública na Câmara dos Deputados, para discutir a compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras.

    “Gasolina tem tido aumentos todo ano no Brasil. Não é verdade que tarifas são represadas”, emendou o ministro, que se negou a comentar se haverá reajustes esse ano.

    Segundo Mantega, todos os anos a gasolina subiu mais que a inflação, numa média de dois reajustes por ano.

    Até abril do ano passado, os preços praticados no Brasil estavam alinhados com os preços internacionais, mas que a retirada de estímulos do banco central americano no ano passado e a flutuação cambial provocou um “desalinhamento”.

    ENERGIA

    Mantega afirmou que não há falta de energia elétrica no país, mas falta de água em alguns lugares.

    Segundo o ministro, o governo federal fez um “modelinho” para que pudesse dividir o ônus da falta de chuva com distribuidoras e consumidores.

    No início do ano, o Tesouro comprometeu-se com R$ 9 bilhões para o setor elétrico, mas teve que reforçar esse repasse com mais R$ 4 bilhões.

    Questionado se a conta do Tesouro não é do contribuinte, Mantega disse que sim, mas que o governo procurou fazer o socorro ao setor elétrico “de forma equilibrada”.

    “No fundo, a conta é do contribuinte. Não fazemos milagre. Tesouro não consegue gerar dinheiro, Pode taxar e depois devolver sob forma de benefícios”, afirmou.

    “Pior seria colocar tudo no consumidor, diretamente. A solução encontrada é a que menos traz problemas para o consumidor.”
    …..

    IMAGINA DEPOIS DA COPA!

  119. Pedro said

    É isso mesmo, tratores terão que ser emplacados.

    http://www.ecofinancas.com/noticias/dilma-veta-fim-ipva-para-veiculos-agricolas-ultimas-economia-veja

    Pax, esta fabrica é aqui perto.
    Acho que o tamanho ideal para sítios.

    http://www.budny.com.br/tratores/

  120. Daise said

    Coitada da Dilma! Mantega desmente Mercadante, que, no entanto, falou a verdade, mas por maus motivos!

    Coitada da presidente Dilma Rousseff! Bem… Mais ou menos, né? Quem manda ter tanta gente atrapalhada no governo? Ela deveria seguir a máxima de que o bom governante se cerca de gente mais competente do que ele próprio. A presidente parece fazer sistematicamente o contrário. Seu antecessor, nesse quesito, era um pouquinho melhor.

    Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil e o maior estrategista do Planalto segundo o juízo singular de Aloizio Mercadante, concedeu uma entrevista à Folha em que confessou que o governo está, sim, represando tarifas. Chamou isso de “política anticíclica”, para escândalo dos estudiosos da área. Criatividade no pensamento nunca lhe faltou.

    O que esse gênio da raça queria é que os oposicionistas saíssem gritando: “Olhem, vejam aí, o governo está segurando as tarifas; isso é ruim para a economia!”. Sim, é claro que é ruim para a economia. Ocorre que o ministro estava tentando atrair a oposição para a armadilha. Com a esperteza de um macaco numa loja de cristais, o petista pretendia jogar nos adversários a pecha de defensores de um tarifaço contra o povo. Na entrevista à Folha, ele já os acusou de partidários da volta da inflação — a imprensa estaria no mesmo barco.

    Ocorre que a declaração de Mercadante é um desastre quando se considera que a economia também vive de expectativas. Aliás, elas são importantíssimas. Ninguém confia na governança de um presidente que mantém preços artificialmente baixos para não elevar a taxa de inflação pela simples e óbvia razão de que se entende, então, que os fatores que elevam a dita-cuja não estão recebendo o devido tratamento.

    Resultado: o ministro Guido Mantega teve de vir a público hoje para dizer que Mercandante está mentindo — não com essas palavras, claro! Que o governo não represa as tarifas coisa nenhuma e que tudo está no seu lugar. Ocorre que Mercadante, ora vejam!, está falando a verdade, ainda que o tenha feito por maus motivos. Entenderam?

    Pasadena
    As declarações de Mantega foram feitas em audiência pública na Câmara dos Deputados. Sobre a compra da refinaria de Pasadena, ele afirmou: “Eu estava no conselho quando foi proposta a aquisição da segunda metade. Nesse ponto, eu posso dizer que eu fui contrário à aquisição da segunda metade. O conselho como um todo não aprovou a aquisição da segunda parte. Na época em que julgamos que não era conveniente (a aquisição da segunda metade), era preciso realizar novos investimentos para atingir produtividade. Era preciso investimentos que não levavam a rendimento adequado para refinaria”.

    Sim, disso todos sabíamos. Ocorre que a Justiça americana impôs a compra em razão do acordo que a Petrobras havia assinado com a Astra.

    A questão é saber por que o governo nada fez depois para punir aqueles que empurraram a Petrobras para o mau negócio.

    Romulo Arantes

  121. Pax said

    Poxa, Pedro, tentei abrir o link daquele último, o Micro Trator, mas aqui, o Ministro Paulo Bernardo, amiguinho do André Vargas, não permite. Puta pé no saco esse inconpetente ainda ser ministro.

    Será que é do tipo de uma Tobata? Se sim, já tive uma e não quero outra não. Muito difícil de lidar.

    Queria um bem pequeno, muito pequeno mesmo. O último que vi era um usado num hangar no Campo de Marte que rebocava pequenos aviões. Mas com quatro rodas… esses daria pra mim e ainda sobrava. Mais a carretinha, um aradinho e uma grade. Faria a festa aqui. Mesmo morando em serra, dá pra arar em nível (sei fazer, medir e traçar as curvas pelo método tradicional, já fiz isso) e plantar umas quadrinhas.

    =)

    (não bota pilha que eu acabo me enfiando… juro que deu água na boca)

  122. Pax said

    Depois de minutos “Paulo Bernardo”.. abriu. É tipo tobata, sim.

  123. Daise said

    Vejam esta informação publicada no Diário Oficial do Município.

    PATROCÍNIO BLOGUEIROS PROGRESSISTAS

    Ora vejam: nos dias 16, 17 e 18 de maio, ocorre o encontro dos autoproclamados “blogueiros progressistas”. O que quer dizer um “blogueiro progressista”, assim, como definição em abstrato, como conceito? Bem, seria aquele que faz blog alinhado com teses de esquerda. Desde logo caberia um questionamento: “Mas é progressista ser de esquerda?” Xiii, a questão, por aí, mergulha num debate sem fim.

    Mas vamos tornar o debate mais terreno: o que ser um “blogueiro progressista”? Hoje em dia, é entendido como ser um blogueiro… petista. Mas ser petista, hoje em dia, é sinônimo de ser ser de esquerda? Seria mais um debate infindável. Eu até tendo a achar que não. Mas notem: não precisa ser petista de alma, entendem? Basta que defenda o governo do PT.

    Há entre eles, diga-se, ex-jornalistas notórios por defender a ditadura quando havia ditadura e não menos notórios por defender o governo FHC quando FHC era… governo. Como, agora, é o PT que está no poder, seguem messes a tradição de independência…

    O que há de diferente hoje é que, até onde sei, a adesão de antes não era remunerada. Hoje é. O PT não conquista a fidelidade. Manda comprar. É assim também que governa o país. Esse espírito está na raiz do mensalão.

    De volta ao anúncio
    Muito bem! Voltemos ao anúncio. O que se informa ali é que a Prefeitura de São Paulo vai ser uma das financiadoras (R$50.000) do encontro dos tais blogueiros progressistas. E isso quer dizer que o dinheiro público vai amparar uma turma que existe para cantar as glórias do governante de turno. E em ano eleitoral.

    O dinheiro da Prefeitura pertence aos que votaram e aos que não votaram em Haddad. Pertence aos petistas e aos não-petistas — que são, obviamente, em muito maior número. Isso faz sentido?
    Só mesmo dentro dessa lógica torta. Não é difícil que está aí caracterizada uma forma de improbidade administrativa. Eu jamais iria a um encontro de blogueiros “reacionários”, “conservadores”, “progressistas” ou “independentes”. Pertencer a um coletivo dessa natureza nega, a meu ver, a essência de um blog, que é expressar uma individualidade. A VEJA não hospeda a minha página para que eu escreva o pensamento da revista. Ora, isso ela pode fazer melhor do que eu.

    “Ah, mas o governo não anuncia também em veículos da imprensa burguesa?” Não existe “imprensa burguesa”. Existem imprensa honesta e imprensa desonesta. Boa parte do jornalismo brasileiro faz o seu trabalho de modo decente, correto. Peguem qualquer edição da VEJA, da Folha, do Estadão ou do Globo, para citar alguns, e perguntem que partido poderia se sentir ali representado. A resposta honesta é “nenhum”.

    Os petistas inventaram, no entanto, a falácia de que a imprensa é um “partido de oposição” para que possam se sentir livres para comprar a opinião de quem está disposto a vendê-la.

    Só para arrematar: um dos mais notórios “blogueiros progressistas”, Paulo Henrique Amorim, já foi processado por Lula, quando o petista, claro!, era um oposicionista sem chance de chegar ao poder. Para ler a respeito, veja abaixo. Depois este senhor se reinventou como “blogueiro progressista”. Em priscas eras, havia se inventado como esquerdista; depois como simpatizante da fase final do regime militar; depois como interlocutor de governos tucanos; agora, como esquerdista empedernido. Ele tem uma incrível facilidade para entender a alma profunda do governismo e ser seu porta-voz. Daí vem toda a sua independência.

    Creio que o ex-jornalista e governista de sempre, sob certo ponto de vista, viva o momento mais bem-sucedido de sua carreira.

    PS: Ah, sim: parece que Lula será a grande estrela do tal evento. Faz sentido.

    Romulo Arantes

  124. Daise said

  125. Daise said

    A moral mutante de PHA e de Lula

  126. Chesterton said

    Cuba está encolhendo

    http://www.worldlifeexpectancy.com/country-health-profile/cuba

  127. Pedro said

    Pax, acho que tem de vários tipos. Inclusive destes pequenos que vc descreveu. E eles fabricam vários tipos de implementos.

    Será que mandei o link certo? Aqui vai de novo.

    http://www.budny.com.br/

  128. Pax said

    Caro Pedro,

    Esse mesmo.

    Tem o BDY 2540 de 25 CV que é o menor com “4 patas”.

    Mas o que falei, que vi no hangar, é bem menor.

    Abraço.

  129. Zbigniew said

    Excelente iniciativa:

    “HADDAD REGULAMENTA LEI ANTICORRUPÇÃO COM BÔNUS A EMPRESA QUE DELATAR FRAUDE

    Jornal GGN – A prefeitura de São Paulo, capitaneada pelo petista Fernando Haddad, publicou nesta quarta (14) o decreto que regulamenta a Lei Anticorrupção (12.846/2013), em vigor em todo o país desde janeiro deste ano. Apresentada pela presidente Dilma Rousseff após os protestos de junho de 2013, a lei precisa de regulamentação específica dos municípios e estados para ser aplicada.
    (…)”

    http://jornalggn.com.br/noticia/haddad-regulamenta-lei-anticorrupcao-com-bonus-a-empresa-que-delatar-fraude

    Pergunta-se: cadê a indignação brasileira que não exige de Estados e municípios a regulamentação de tal lei, CRIADA PELO GOVERNO DO PT ?!

    Afora a Dilma, que foi quem editou e publicou tal lei, qual a posição dos demais candidatos?! Até agora não foi dito nada a respeito. Ou vamos na mesma lógica de não valorizar o passe do adversário?

  130. Chesterton said

    esses tratores de hangar não servem para puxar implementos.

  131. Patriarca da Paciência said

    Comentário 125,

    cada vez mais fico convicto da estrema honestidade de Lula.

    Milhões de brasileiros já fizeram esse tipo de negócio. Alguém vende um carro a alguém e não faz a transferência de imediato, Depois esse alguém vende novamente o carro o documento é transferido diretamente do primeiro dono para o terceiro dono. Não há nada de irregular aí. O Carro do Lula existiu, o cheque existiu, as pessoas existem etc.etc.etc.

    Eis o que os adversários conseguem, a duras penas, garimpar contra o Lula.

    Contra o José Dirceu é pior ainda ! Até hoje não conseguiram sequer garimpar uma venda de carro, cujo pagamento, foi recebida de terceiros.

  132. Patriarca da Paciência said

    Correção:

    cada vez mais fico convicto da extrema honestidade de Lula.

  133. Patriarca da Paciência said

    Quanto à atual amizade do Paulo Henrique Amorim com o Lula não vejo nada de errado, muito pelo contrário. Todos tem direito de errar e reconhecer o erro. O grande político é justamente, aquele que consegue transformar adversários em aliados, lição que o Lula aprendeu muito bem de outro notável e grandioso l ex-presidente, Juscelino Kubitschek.

    Mas a direitona insiste sempre na sua imutável regra de tentar, por todos os meios possíveis e imagináveis, principalmente pela truculência, destruir os adversários.

  134. Guatambu said

    Enquanto São Paulo continua brigado com São Pedro, obrigando o maldito Alckmin a sugar o fundo do poço para dar de beber as pessoas, no Senado acontece o maior esforço já realizado pelo PT para dar fim a um problema sério sobre as contas da Petrobras.

    Bom dia.

  135. Patriarca da Paciência said

    É isso aí, a “oposição” fez o maior escândalo para instalar a tal CPI e, quando consegue, simplesmente, igual a criança emburrada, diz “não quero mais”. Na verdade a oposição só queria mesmo fazer terrorismo. É igual a história do “fulano vai falar, beltrano vai falar, sicrano vai falar, a burra de Balaão vai falar etc.etc.etc. ” e ninguém fala nunca !

    Durma-se com um barulho desses !

    A oposição não sabia que o governo tem ampla maioria no Senado ?

    Ou será que estava pensando que o PT ia novamente dar uma de bonzinho e deixar eles se esbaldarem e chafurdarem à vontade?

    É isso aí, agora é guerra mesmo ! Que vença o mais forte !

  136. Pax said

    1 – Vital do Rego na CPI da BR. Até parece que alguém esqueceu que foi o mesmo pizzaiolo da CPI do Cachoeira quando chegaram na Delta que chegou nas obras do PT e no Cabralzinho. E ainda aquela cena de amor entre Vaccarezza e Cabral pelo celular, pra nos mostrar a cara do novo PT. Pois é, a gente faz o blog exatamente pra não esquecer.

    2. Tenho tão pouca área lavragem que o bom aqui é burro mesmo. Trator seria luxo.

    Enviada do meu iPhone

    >

  137. Patriarca da Paciência said

    “Joaquim Barbosa não suscitou no meio jurídico apenas discordância e a sentida necessidade de torná-la pública, até para não aparentar aceitação da tese e do ato que impôs com a força do seu cargo (e parece que por ele pensada como sua). Há também muita preocupação com as possíveis extensões da sua decisão a julgamentos em curso no país afora”, diz ele. “Não é para menos. Trocado em miúdos, o que Joaquim Barbosa faz é extinguir a condenação ao regime semiaberto. Se é exigido do condenado a esse regime que, antes de usufruir do direito ao trabalho externo, cumpra em regime fechado um sexto da pena, ele está igualado aos condenados a regime fechado, que têm direito ao semiaberto quando cumprido igual sexto da pena. Ou seja, regime semiaberto e regime fechado tornam-se iguais. Ou um só.”
    (Jânio de Freitas)

  138. Patriarca da Paciência said

    Está vendo aí, caro Pax, acima, o desastre completo que se chama Joaquim Barbosa ?

    Se as prisões brasileiras já estão superlotadas, imagina só com mais 100 mil inquilinos !

  139. Patriarca da Paciência said

    Desvio de dinheiro público em grande escala é isso que o Eduardo Cunha, (O líder do PMDB de oposição) tentou fazer ao “incluir’, de modo rasteiro, numa medida provisória, o “perdão” para as empresas de planos de saúde no valorzinho de 2 bilhões de reais.

    Felizmente a presidente Dilma viu a tempo e vetou a “esperteza” do Cunha.

    E o Jânio de Freitas faz a pergunta, quanto milhões seriam divididos pelos “correligionários” do Eduardo Cunha ?

  140. Patriarca da Paciência said

    Complementando o comentário 131

    Milhões de brasileiros já fizeram esse tipo de negócio. Alguém vende um carro a alguém e não faz a transferência de imediato, Depois esse alguém vende novamente o carro o documento é transferido diretamente do primeiro dono para o terceiro dono. Não há nada de irregular aí. O Carro do Lula existiu, o cheque existiu, as pessoas envolvidas existem etc.etc.etc.

    O mais estranho nisso tudo é que, simplesmente, quebraram o sigilo bancário do Lula e ficou por isso mesmo.

    Quando quebraram o sigilo daquele caseiro, o qual declarou ter trocado seu direito de paternidade por vinte mil reais, foi o maior escândalo nacional e, até, internacional.

    Um ministro caiu !

    O Serra usou em campanha eleitoral e, até hoje, falam no caso.

  141. Patriarca da Paciência said

    A dúvida cruel de Joaquim Barbosa:

  142. Zbigniew said

    Sobre o problema de água, vejam como temos a aprender:

    “Nova York traz água de 300 quilômetros de distância por aquedutos e túneis, de seis reservatórios e do Rio Delaware. Porque a Secretaria de Recursos Hidricos não tem projetos prontos para aquedutos trazendo água de maior distância, São Paulo tem algumas dos maiores reservatórios do planeta nos rios Grande, Tietê e Paraná, além de um famoso Aquífero Guarani. Para que servem tanta água sem canos para transportar? Na Líbia (obra do Kadafi) a água viaja 3.300 quilômetros para chegar a Trípoli. O Império Romano já sabia fazer a água chegar de longe, é só questão de investimento.

    http://www.nyc.gov/html/dep/html/drinking_water/index.shtml

  143. Otto said

    A nossa sorte é que a Globo não tem sutileza. Os chefões dão a ordem:

    Cubram protestos contra a Copa porque isso pode prejudicar o PT. Vamos lá, gente! Ao trabalho! Queremos ver protestos em todo Brasil!

    E daí jornais de hoje amanheceram com agendas informando horários e locais dos protestos, para que todos possam participar. Em vários, há mais repórteres que manifestantes.

    Mas alguns perdem o senso do ridículo.

    Na capital do país, a Globo acaba de bater o recorde da patetice golpista. Fez uma matéria com uma manifestação de duas pessoas, que na verdade valem por um, porque é um casal.

    – See more at: http://www.ocafezinho.com/2014/05/15/globo-faz-materia-com-manifestacao-de-2-pessoas-em-brasilia/#sthash.i0eGODoT.dpuf

  144. Guatambu said

    A Paulista está vazia… acho que o povo tá fugindo das possíveis manifestações, mas não vi nada acontecendo.

    Tem um helicóptero agora, passando por aqui.

  145. Chesterton said

    Todos partidos se pronunciam em cadeia nacional, só o PT se pronuncia em cadeia federal…

    do FB

  146. Daise said

    Chesterton

    Humor negro! Boa piada.

    Li outras boas também e compartilho:

    1. “Não é que a Graça Foster seja feia. Ela apenas nasceu no planeta errado”

    2, Correção: “cada vez mais fico convicto da extrema honestidade de Lula.”

    O humor continua com Dilma, sobre o fracasso da Transposição do S. Francisco;

    Dilma “garante” que ficará pronta em 2015 a transposição que Lula em 2010 “garantiu” que ficaria pronta 2012:

    “Houve uma subestimação da obra”.Erro de projeto. O governo não tinha know-how.

  147. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    Como discordar de Ruy Castro?

    ESPELHO TRÁGICO

    14/05/2014 02h00
    RIO DE JANEIRO – Não adianta, não somos bons em aeroportos. Nunca fomos. Eles são barulhentos, entupidos, abafados e desconfortáveis. Poucos têm um bar ou restaurante decente. São uma vergonha em matéria de check-in, horário de voo, controle de passaportes e esteira de bagagem.
    Raros têm táxis suficientes para escoar quem chega. Ligação com o metrô, nem pensar. Única coisa boa: a voz de Iris Lettieri em alguns deles.

    Somos péssimos também em transportes. Um presidente que passou à história como tendo feito “50 anos em cinco” desmantelou a rede ferroviária, tornou-nos reféns de carros e ônibus, e nos obrigou a rodar –até hoje– pelas piores estradas do planeta. E, como nossas distâncias são continentais, só nos restam os aviões, com suas poltronas feitas para menores de 30 kg e barras de cereal como refeição.

    Merecemos levar bomba até em estádios. O engraçado é que já fomos bons nisso –levantamos o primeiro Maracanã em menos de dois anos, e olhe que, em 1950, era o maior do mundo. Hoje, a construção da maioria deles parece a cargo dos Três Patetas. A obra se arrasta por cinco anos –operários caem das alturas, guindastes desabam, descargas elétricas abundam– e eles não ficam prontos, são apenas inaugurados. Vende-se cada centímetro de suas instalações por uma fortuna e, mesmo assim, o custo final não fecha com o previsto. Aliás, somos ruins de cálculo e piores ainda para prestar contas.

    E zero para nós em matéria de manifestações. Se vamos às ruas protestar ou reivindicar, a
    tática é depredar, botar fogo e destruir justamente o que, em tempos de normalidade, deveria
    nos servir. Confiando na fraqueza das instituições, queremos resolver tudo na marra.
    Vamos ficar devendo isto à Copa –um espelho que nos radiografa e permite nos vermos como somos, não como pensávamos que fôssemos.

    RUY CASTRO

    iMAGINA DEPOIS DA COPA !
    quando tudo voltara à anormalidade

    PT: A ESPERANÇA VIROU MEDO

  148. Daise said

    Do Gerson Camarotti

    Fala de Mercadante é reprovada no governo e no PT

    Há no núcleo do governo e no comando do PT pelo menos um consenso em relação ao noticiário desta semana: o de que a entrevista em que o ministro Aloizio Mercadante diz que o governo segura tarifas para frear a inflação foi desastrosa.

    Isso porque explicitou uma prática do governo que não era admitida publicamente, o controle de preços administrados para conter a pressão inflacionária.

    Na avaliação de dirigentes petistas e de ministros do governo, a fala de Mercadante trouxe dois efeitos colaterais ao mesmo tempo. Primeiro, deu nova munição ao discurso dos oposicionistas Aécio Neves e Eduardo Campos para criticar a política econômica do governo. Além disso, explicitou que não há sintonia na gestão da economia, deixando o próprio ministro da Fazenda, Guido Mantega, num papel secundário dentro do governo.

    “Além de mostrar que houve um choque de opiniões entre os dois principais ministros, Mercadante e Mantega, a fala do chefe da Casa Civil foi de encontro à estratégia da campanha de colocar a oposição na defensiva sobre questões econômicas”, disse ao Blog um ministro petista.
    …..

    IMAGINA DEPOIS DA COPA !
    quando tudo voltara à anormalidade

    PT: A ESPERANÇA VIROU MEDO

  149. Pedro said

    Falando em humor e medo:

    http://www.laranjasnews.com/politica/regina-duarte-vivera-dilma-rousseff-nas-proximas-propagandas-do-pt

  150. Chesterton said

    A ira vence o delírio

    1
    Dora Kramer – O Estado de S.Paulo

    Fiel ao seu lema de que política é encenação, o artífice da propaganda do Planalto, João Santana, trocou o cenário do otimismo de governo pelo embate na arena do pessimismo na campanha eleitoral.

    A celebração do paraíso em contraposição às críticas dos que apontavam equívocos na condução da política e da economia do País não foi suficiente para cumprir o vaticínio feito pelo mesmo Santana de que no fim de 2013 a presidente Dilma Rousseff não só recuperaria todo capital de popularidade como seria eleita no primeiro turno, batendo com facilidade os “anões” da oposição.

    Conforme atesta também o mago do marketing em sua teoria, política é teatro, mas não é ficção. De onde, a realidade se impôs e contrariou suas previsões indicando a necessidade da mudança de rumo na estratégia.

    “Não está tudo bem com os preços”, começou dizendo a presidente em recente encontro com jornalistas. Nesta semana, reconheceu que o governo “subestimou” a complexidade e os prazos das obras do projeto de transposição das águas do Rio São Francisco. Pegou leve diante do quadro real, mas fez uma inflexão menos delirante do ufanismo costumeiro.

    Na mesma linha, o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, rendeu-se à “frustração” ante ao atraso das obras da Copa e admitiu que o governo foi “incompetente” no diálogo com a sociedade. De fato, monologou o tempo todo e atuou na base do “venha a nós”.

    O comercial do PT exibido na terça-feira faz referência aos “fantasmas do passado”, genericamente representados por perdas de benefícios obtidos durante os governos comandados pelo partido.

    Há quem veja nisso a repetição com sinal trocado do medo versus esperança que dominou a cena da eleição de 2002.

    A comparação, contudo, não resiste a um exame racional. Na época havia um receio real a respeito do que faria o PT no governo. Tanto que o partido precisou se comprometer por escrito com os fundamentos da estabilidade econômica para ganhar a eleição.

    Hoje as incertezas têm origem justamente nas atitudes do governo, que ao longo do tempo vem abandonando os compromissos firmados na Carta aos Brasileiros e se aproximando cada vez mais de seu programa original. Com receio de perder o poder, deixou de lado a leveza do modelo da fantasia paradisíaca e ficou bravo de novo.

    Há receio quanto à crença firme do governo na manutenção de uma inflação baixa, na necessidade do controle de gastos públicos, na correção de rumos equivocados, na oitiva aos apelos à racionalidade, na capacidade de enfrentar com realismo situações adversas e de fazer o que precisa ser feito para o País avançar.

    A estratégia do medo pode render boas propagandas, mas só terá resultados se refletir a realidade. João Santana tem razão: política é teatro, mas não é ficção.

  151. Chesterton said

    “cada vez mais fico convicto da extrema honestidade de Lula.”

    chest- assim não dá, o ZD falava a mesma coisa de si mesmo.

  152. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    Lula – Sincericídio ou Mentiricídio ???

    Só volta às origens quem saiu do caminho original e se perdeu.
    Lula admite.

    Os “mensaleiros”, segundo Lula, tem que pagar pelos erros que cometeram.

    Mercadante será demitido?

    IMAGINA DEPOIS DA COPA !
    quando tudo voltara à anormalidade

    PT: A ESPERANÇA VIROU MEDO

  153. Chesterton said

    Rio
    No Rio de Janeiro, três manifestações começaram no fim da tarde. Depois de votar pela continuação da greve iniciada na segunda-feira, cerca de 800 professores caminharam até a Central do Brasil, onde um grupo já protestava contra a Copa do Mundo. Os rodoviários, que reivindicam melhores condições de trabalho e aumento de salário, desistiram de fazer uma nova paralisação nesta semana, mas também organizaram um ato no Centro. Antes, porém, de se aproximar dos dois outros grupos, liderados por dezenas de mascarados, decidiram se dispersar. Lideranças do movimento disseram que não são contra a realização do Mundial e preferiram evitar um possível tumulto.

    Em Brasília, um grupo de 150 pessoas marchou da rodoviária até o estádio Mané Garrincha, palco de jogos da Copa. Não houve registro de confusão.

    chest- quem cria corvos…..

  154. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    PT ELOGIANDO O STF E A POLÍCIA FEDERAL

    O PT ameaça o PMDB e partidos aliados ao vivo e em cores.
    Nada será engavetado! (Só na CPI da Petrobrás e com a ajuda do Renan e Senadores comprometidos com a reeleição da Dilma, em troca de cargos)

    IMAGINA DEPOIS DA COPA !
    quando tudo voltara à anormalidade

    PT: A ESPERANÇA VIROU AMEAÇA

  155. Pax said

    Sei não, a turma tá arvorando demais…

    ameaça maior que deixar uma cidade inteira sem água?

    ameaça maior que deixar todo escândalo do mensalão pai morrer na gaveta?

    ameaça maior que deixar todo escândalo dos trens e metrô de sampa debaixo do tapete?

    sei não, por essa e outras que gosto que a vara de marmelo que bate em chico seja a mesma que bate em francisco

    mas, claro, quem quer ter lado, o arbítrio é livre.

    E aí fica achando que a ameaça só vem do oriente e esquece o flanco do ocidente, ou setentrional, ou meridional

    ameaça?

    Sei

    Conheço esse discurso, essa tinta.

  156. Chesterton said

    Agora é investigar a fortuna de familiares de Lula.

  157. Chesterton said

    Merece o Oscar de Piada do Século o filmete que mostra Lula como o líder da maior campanha de combate à corrupção no Brasil. A peça foi ao ar ontem na propaganda partidária (nada gratuita) do Partido dos Trabalhadores. Definitivamente, a “fabricação de mentiras que podem se transformar em verdades” continua sendo a principal tática da propaganda petista. A esquizofrenia é a marca da marketagem no momento de aquecimento da militância petista para a grande guerra releitoral.

    Foi patético ver Lula exigindo de uma multidão de militantes que recupere os princípios de “honestidade” que marcaram a criação do PT – que o falecido Leonel Brizola tão bem definia como uma “UDN de saias”. Mais hedionda ainda foi a filmagem de gavetas amontoadas, para indicar que, no passado, denúncias de corrupção eram engavetadas, mas, agora, sob governo do PT, tudo é apurado. O caso Petrobras, o Rosegate e os desdobramentos do Mensalão indicam que o arquivo petista ainda tem infinitas gavetas para encobrir o que não interessa ser mostrado.

    A demagogia contida no vídeo de propaganda petista é um espetáculo de deslavada cara de pau. A pregação do locutor petista se assemelha à conversa do Diabo para se reeleger na presidência do Inferno, invocando divinas ações de falso moralismo político: “Nunca tantas pessoas foram investigadas e julgadas. Porque antes, quando eles governavam, sabe o que acontecia com as denúncias? Morriam, esquecidas na gaveta. O que você prefere? Avançar no combate a corrupção? Ou voltar ao passado?”

    De novo, a estratégia do medo, ação sem originalidade repetida por todos os marketeiros de situação e por alguns de oposição, na maioria dos discursos de campanha eleitoral. Enquanto a propaganda petista dá um show de mistificação, nas ruas, recomeçam os protestos. Mais uma vez, patrocinados por movimentos organizados, com foco revolucionário, que fazem um jogo de morde e assopra com o petismo. A bronca pré-copa tendem a atrair para as ruas uma grande massa de insatisfeitos – junto com muitos baderneiros profissionais. O clima de caos pré-revolucionário, que tanto interessa também aos segmentos petistas, estará instaurado…

    Até o momento, só acontece um fenômeno estranho – captado por uma pesquisa da empresa R18 Tecnologia, a pedido do jornal O Globo. O impacto da mobilização de ontem, com confusões em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, foi medido nas redes sociais (Twitter, Facebook e Instagram): “Diferentemente de 2013, as manifestações de ontem contra a Copa não foram o tema central nas discussões na internet. As greves roubaram a cena da discussão virtual, com 65 mil menções compiladas até as 17h. Os protestos tiveram quase três vezes menos citações (26 mil). Até a capilaridade diminui. Ontem, 64% das mensagens se restringiam a apenas três estados: Rio, São Paulo e Pernambuco”.

    A radicalização tende a aumentar antes do começo da “Copa das Copas” (conforme propagandeada oficialmente pelo desgoverno petista). Mas a previsão é que, quando a bola rolar de verdade, como de costume, a massa bronqueada se transforme na grande torcida pela vitória da Seleção Brasileira da CBF. Por enquanto, bronca e agitação são ferramentas dos otários. Depois, os otários vão mergulhar no clima ilusionista da Brazil Fifa World Cup – que tem enorme chances de entrar para a História como um dos eventos mais desorganizados do mundo.

    serrão

  158. Chesterton said

    http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/politica/2014/04/28/interna_politica,501100/lula-mensaleiros-nao-sao-gente-da-minha-confianca.shtml

    chest- hahahahahahahahahahahahaha, que cara de pau.

  159. Chesterton said

    Lula é um animal de muitos discursos. Nos últimos dias, vinha dizendo que o Mensalão não existiu. Disse isso aqui no Brasil e no exterior. Ontem, no programa do PT na TV, Lula jogou novamente os seus companheiros no chão sujo da Papuda. “Se alguém dentre nós cometeu um erro, tem que pagar pelo erro que cometeu. Nós fundamos esse partido para ser diferente de tudo, fazer política com P’ maiúsculo.” José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares e João Paulo Cunha devem ter assistido a tudo embasbacados. E a militância petista, que trata bandidos como heróis, idem. O negócio do Lula é ganhar a eleição. É um patife com “P” maiúsculo.
    POSTADO POR O EDITOR CORONEL

    chest- quem mais quer ver a turma da Papuda bem quietinha e presa é o próprio LUla.

  160. Guatambu said

    Chesterton,

    Eu dôo sangue no Sírio-Libanês…

    Isso me faz mais petista que muita gente!

    Tem gente aqui que pagaria para estar no meu lugar! hehehehe

    Ninguém pode falar que eu não dou meu sangue por Lula.

  161. Patriarca da Paciência said

    “Se alguém dentre nós cometeu um erro, tem que pagar pelo erro que cometeu. Nós fundamos esse partido para ser diferente de tudo, fazer política com P’ maiúsculo.”

    Lula está certíssimo. Vargas que o diga ! Agora, José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares estão totalmente limpos. É simples perseguição política do verdadeiro partido de oposição do Brasil, o qual se chama PIG, Partido da Imprensa Golpista.

    Dez anos passados e nenhuma prova contra os bravos companheiros. Tudo ficou mesmo só nos “indícios”, “teorias” , “agendamentos” e outras teorias “jurídicas-quânticas”.

    Não há maior atestado de bons antecedentes que este.

    Já o Fernando Henrique Cardoso existe prova cabal de que o dito cujo “comprou” parlamentares para a sua reeleição.

    Houve parlamentares que até declararam o quanto receberam, ou seja, 200 mil reais em 1997, o que hoje representa hoje perto de um milhão de reais para cada parlamentar.

  162. Patriarca da Paciência said

    Correção:

    Já o Fernando Henrique Cardoso existe prova cabal de que o dito cujo “comprou” parlamentares para a sua reeleição.

    Houve parlamentares que até declararam o quanto receberam, ou seja, 200 mil reais em 1997, o que hoje representa perto de um milhão de reais para cada parlamentar.

  163. Chesterton said

    vem cá, Patriarca, o Lula diz que a turma da Papuda não é da confiança dele, jogou todo mundo no buraco. Porque fez isto se eles são inocentes?

  164. Guatambu said

    Outra

    Alguém acompanha o Valor?

    Vejam que interessante isso aqui:

    http://www.valor.com.br/internacional/3550132/suecia-e-o-pais-rico-onde-desigualdade-avanca-mais-rapido

    A Suécia é o país desenvolvido onde a desigualdade avança mais rápido.

    Fatores apontados:

    1. Reduziram o imposto para as classes mais altas de 87% para 57% entre 1980 e 2013
    2. Rendas de capital que são distorcidas para as faixas mais altas (não entendi do que se trata)
    3. Gastos com benefícios como pensões, auxílio-desemprego, e assistência a incapacitados cairam quase 1/3
    4. Medidas como dificultar a elegibilidade para o auxílio-doença, que o governo tomou para fazer as pessoas desistirem de viver apenas com o auxílio dado aos desempregados
    5. Isso foi acelerado quando um partido de centro-direita chegou ao poder em 2006
    6. Desemprego entre jovens 23,5%
    7. Média de renda de famílias de imigrantes é 36% menor que a das famílias suecas

    Consequências apontadas:

    1. Surgimento de turbulências sociais, principalmente nas periferias, onde se encontram os imigrantes

    O especialista diz que “o desafio está em encontrar uma desigualdade razoável e a promoção da eficiência dos mercados, que podem ser prejudicados com grandes altas de impostos e benfícios”

  165. Patriarca da Paciência said

    “Agora é investigar a fortuna de familiares de Lula.”

    É isso aí, Chesterton,

    como você já postou várias vezes, o Lulinha, filho do Lula, é o proprietário da ESALQ, (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queirós), com todo aquele suntuoso prédio e todas aquelas imensas e férteis terras ! Uma vez você colocou até uns papagaios, falando em espanhol sobre o assunto. O “fato” é de conhecimento internacional !

  166. Patriarca da Paciência said

    “vem cá, Patriarca, o Lula diz que a turma da Papuda não é da confiança dele, jogou todo mundo no buraco. Porque fez isto se eles são inocentes?”

    Chesterton,

    eu te desafio a mostrar um só vídeo ou um documento idôneo, onde o Lula diga isso.

  167. Guatambu said

    Patriarca da Paciência,

    Vc deve alguma coisa pro Lula?

  168. Guatambu said

    Pax,

    Mais uma:

    A Receita Federal ainda não emitiu ato declaratório para FNAC atuar com isenção de impostos.

    A FNAC já abriu a loja, e está operando, mas a Receita Federal não emite o ato declaratório.

    Quem será que está ganhando com isso?

    O Brasil, definitivamente não é.

    Eu e você, também não.

    Quem será, não é mesmo?

    E se os políticos do Brasil são corruptos porque o povo é corrupto, quem é esse povo corrupto?

    Os empresários que estão tentando fazer uma concorrência na zona primária de um aeroporto, ou alguns membros do Estado, que provavelmente estão querendo levar algum?

  169. Chesterton said

    http://www.alertatotal.net/2014/04/pf-ameaca-investigar-patrimonio-de-us.html

    chest- esalq é fichinha

  170. Patriarca da Paciência said

    “Patriarca da Paciência,

    Vc deve alguma coisa pro Lula?”

    Se eu devesse, pessoalmente, um centavo sequer ao Lula, eu sequer falaria no nome dele.

    Nunca coloco minha opinião à venda. Nunca coloquei e nunca colocarei.

  171. Chesterton said

    chest- textualmente, “não se trata de gente de minha confiança”.

  172. Chesterton said

  173. Guatambu said

    Patriarca da Paciência,

    Vc conhece o Lula pessoalmente?

  174. Chesterton said

    Xi, Patriarca sumiu, será que ele infartou?

  175. Guatambu said

    Cara… nem pro meu time de futebol eu torço tanto quanto o Patriarca torce pro Lula!

    Queria saber o que aconteceu…

  176. Patriarca da Paciência said

    Chesterton,

    assisti a todo o vídeo do comentário 172.

    O Lula repete tudo que já vem dizendo faz muito anos. “Mensalão nunca existiu, tudo foi manipulação da “grande mídia”, que ele realmente indicou três juízes do STF mas cada um julga conforme seus parâmetros etc.etc.etc.

    Tuas interpretações parecerm a história do “pesquisador” de aranhas:

    Arrancou um perna da aranha e falou, “anda aranha. anda aranha” e observou. A aranha andou, meio capenga, mas andou.
    Conclusão, Mesmo arrancando uma perna a aranha ela ainda consegue andar.

    E assim foi arrancando todas as pernas da aranha e sempre dizendo, “anda aranha, anda aranha”.

    Mesmo com uma só perna a aranha ainda conseguia se mover e o pesquisador anota, “mesmo com uma só perna a aranha ainda consegue se mover”.

    Arrancou a última perna da aranha e ficou falando: “anda aranha, anda aranha”

    E a aranha não andou. O “pesquisador” então anota, “arrancando todas as pernas da aranha, ela fica surda”.

    É isso aí, Chesterton, conforme a lente de cada um, cada um vê.

  177. Patriarca da Paciência said

    O PIG tenta de todas as formas indispor o Lula com a Dilma e agora com o próprio PT.

    Mas o povo brasileiro é muito mais sábio do que sonha a vã filosofia do PIG.

  178. Chesterton said

    O que ele quis dizer com “!não é gente de minha confiança”?

  179. Chesterton said

    No alvo! O problema não é o capitalismo, nem mesmo a desigualdade, e sim a burocracia excessiva, as estatais paquidérmicas, a carga tributária absurda, o “capitalismo de estado”. Falta mais empreendedorismo, mais investimento em “start-ups”, em empresas inovadoras e dinâmicas, mais meritocracia, mais liberdade econômica.

    Pensar em adotar modelos ainda mais concentradores de poder e recursos no estado, em nome do combate à desigualdade, é dar um tiro no pé de nosso crescimento. É engessar nossa economia a ponto de punir de maneira insensível os mais pobres, que precisam de mais crescimento, não de esmolas estatais.

    Só discordo de Troyjo quanto à possibilidade de um welfare state 2.0 funcionar nos países ricos. Nem lá isso funciona! Sim, os ricos podem se dar ao luxo de distribuir riquezas sem uma catástrofe iminente. Vivem de herança, que leva tempo até ser consumida.

    Mas um dia acaba, se as galinhas dos ovos de ouro forem mortas. E são, sempre que o estado resolve que seu papel não é garantir as regras do jogo no livre mercado, e sim bancar o deus onisciente que vai distribuir recursos de forma mais “justa” por aí. Ou seja, nem mesmo os ricos suportam por muito tempo o socialismo igualitário, que dura até acabar o dinheiro dos outros, como dizia Thatcher…

    Roberto Carlos

  180. Pedro said

    Guatambu #175, o Patriarca já esteve com Lula, mas estava de costas……. gamou.

  181. Chesterton said

    DE tanto mentir, Patriarca já acredita nas mentiras que diz. É um conflito interno constante, uma luta para comprovar sua tese mesmo depois de todas evidências. Estudante de medicina é assim, estuda uma patologia e sai “colando” a patologia no primeiro que passa pela frente.

  182. Guatambu said

    Chesterton, Patriarca da Paciência e Pedro,

    Falando em evidências, medicina, etc…

    Vcs conhecem a história dos 2 estudantes de medicina que estavam disputando a capacidade de diagnóstico deles, né?

    Ao verem um homem mancando o primeiro disse: É um problema no joelho esquerdo, repare que ele se apóia e abre a perna para dar o próximo passo, toma cuidado, pois deve sentir muita dor.

    O segundo retrucou: não, é um problema de coluna, repare que ele está levemente curvado…

    Aí chegaram no homem e perguntaram o que havia com ele.

    O homem vira ao primeiro e diz: você está errado.

    E vira ao segundo e diz: e você também está errado.

    E diz aos dois: e eu também errei.

    E os dois médicos com cara de interrogação.

    Ao que o homem responde: eu pensei que ia peidar, caguei… agora tenho que andar mancando, com as pernas abertas, para evitar piorar a situação.

  183. Daise said

    Caros Pax, Guatambu e comentaristas

    Se deixar o PT “aparelha” até o Wikipedia:

    Todo mundo sabe que a Wikipédia pode ser editada por qualquer um e talvez não seja a fonte mais confiável em 100% das ocasiões. Mas a página da enciclopédia digital sobre a refinaria de Pasadena poderia estar, sem prejuízo de sentido, em um site humorístico.

    Quem busca por “Pasadena Refinery System Inc” na Wikipédia encontra, além do bilhão e meio de reais desembolsado pela Petrobras, uma explicação no mínimo otimista para a aquisição e o futuro da refinaria . Tão otimista que poderia ter sido escrita por José Sergio Gabrielli:

    – A refinaria de Pasadena sempre valeu um bocado de dinheiro, sempre esteve operante, e possivelmente se revele com o tempo uma excelente aquisição para a Petrobrás.

    Quem editou a página conseguiu até contar vantagem sobre a compra da Petrobras:

    – Embora alguns críticos pensem que foi a Astra Oil que fez um bom negócio, o que é concreto é quem agora possui uma refinaria no coração dos EUA é a Petrobrás o que tem assegurado lucratividade para a estatal brasileira.

    Veja aqui a cópia da página no dia 14/05


    Depois desta denuncia do Lauro Jardim, a página foi modificada ontem à noite:
    Confiram o texto modificado:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Pasadena_Refinery_System_Inc

    e confiram no rodapé da página.
    Esta página foi modificada pela última vez à(s) 23h12min de 15 de maio de 2014.

    É por isso que os petistas temem a liberdade de informação.
    Odeiam ser denunciados.

  184. Chesterton said

    é por aí.

  185. Pax said

    Não vi a propaganda eleitoral do PT ontem. Alguém viu?

    Será que fariam a gentileza de colocar o link aqui. De madrugada consigo assistir, no meu link “tipo Paulo Bernardo – amigo do André Vargas, cupincha do Alberto Youssef”.

  186. Daise said

    Pax e caros comentaristas

    Eu também não vi o video do Programa do PT, (a mentira de sempre) mas passo em compensação o “Programa do Brasil” em junho/julho.

    BRASIL: A MENTIRA VIROU FESTA

    IMAGINA DEPOIS DA COPA !

    A festa passa e a merda fica!

  187. Daise said

    CONTROLE SOCIAL DA MIDIA

    Para entender como pensa um militante petista leia e ouça até o fim. É cômico-estarrecedor!

    “Cleber Benvegnú escreve artigos no jornal “Zero Hora”, de Porto Alegre. Mantém um blog no site do jornal.
    Pensa o que pensa — e, obviamente, lê o que ele escreve num e noutro lugares quem quer.

    Pois não é que um sujeito, sabe-se lá quem, descobriu seu telefone celular pessoal? Depois de mais de 10 ligações, Cleber decidiu gravar a conversa.
    É preciso ouvir para crer.
    Ouçam a asquerosa patrulha exercida pelo dito “funcionário aposentado da Receita”.

    O tal, que se disse funcionário aposentado da Receita Federal (???), resolveu cobrar de Cleber o que chama de “isenção”.
    A gente sabe como é: quando um petista, filiado ou não, cobra a tal “isenção” da “mídia”, o que ele quer é que o articulista, a exemplo da turma a soldo, se comporte como um soldado do partido.

    Mais: quem disse que um jornalista tem de ser “isento” no sentido abordado pelo patrulheiro? Eu, por exemplo, sou independente. Penso o que penso. Mas não sou isento de minhas convicções, de minha visão de mundo, de minhas escolhas ideológicas. Quem pratica jornalismo opinativo, aliás, tem é a obrigação de dizer o que pensa.

    O que um jornalista não pode fazer — pratique o jornalismo informativo, analítico ou de opinião — é mentir. E a mentira corre solta por aí hoje em dia, especialmente nos blogs sujos, financiados com dinheiro público, seja com verba do governo federal, seja com verbas de estatais.
    …”

    No papo maluco, o “isentista” gaúcho fala até de água em SP (Sabesp) e deve estar frustrado porque o metro e os trens em S.Paulo funcionam. Mas o celular não.Mas não revela como conseguiu o número do celular do jornalista.
    Já sei!
    Culpa do Paulo Bernardo (que não é Ministro da Dilma e nem líder do PT).Como já fomos informados.

  188. Daise said

    Babaquice de Lula, por Ricardo Noblat
    De Lula, hoje:

    – Nós nunca tivemos problemas em andar a pé. Vai a pé, vai descalço, vai de bicicleta, vai de jumento, vai de qualquer coisa. Mas o que a gente está preocupado é que tem que ter metrô, tem que ir até dentro do estádio? Que babaquice é essa? Tem que dar garantia para essa gente assistir ao jogo, tem que ter o melhor da comida brasileira, tem que tratar bem as pessoas nos hotéis.

    Desde quando é babaquice chegar de metrô dentro ou próximo de estádios? É assim que acontece até em alguns países de economia menor do que a nossa.

    Chegar a pé, descalço, de bicicleta ou de jumento é desumano. Além de humilhante.

    Que declaração babaca, essa de Lula.

    Até o Noblat conhecido “isentista juramentado” resolveu chiar das mentiras constantes do “palanqueiro” a platéias restritas e remuneradas por verbas federais.

    IMAGINA DEPOIS DA COPA!
    quando tudo voltar ao anormal

  189. Chesterton said

    É o que eu digo, o PT é a origem de todo mal e Lulla seu pastor.

  190. Chesterton said

    …e o Patriarca, óh……fugiu!!

  191. Daise said

    Chesterton

    b>Un peu d’ Histoire /b

    Para homenagear nosso caro comentarista Patriarca, que adora citações históricas, imagino que se Voltaire estivesse vivo hoje, no Brasil, diria ( em adaptação livre *) :

    “Não haverá avanço no Brasil enquanto o último político petista não estiver enforcado nas tripas do último empreiteiro corrupto”.

    * Voltaire à época se referiu aos nobres e padres. Hoje além dos petistas deveríamos incluir os pmdebistas e os doleiros, nesta frase efeito.

    Informo também que a Revolução Francesa, foi vencida pela burguesia. O povo francês da época limitou-e a acompanhar inebriado às inúmeras decapitações públicas de nobres e de lideres revolucionários radicais que caíram em desgraça, no sangrento processo revolucionário. (O Terror)

  192. Chesterton said

    do FB:

    Petista nunca quer trabalhar, agora que estão presos querem trabalhar….porque?porque?

  193. Pax said

    Vocês que gostam do Mauro Santayana… pois bem, saca só, até os governistas como ele reclamam da ANATEL

    http://www.maurosantayana.com/2014/05/a-anatel-nem-orbita.html

  194. Pax said

    Até Demátrio Magnoli falando mal do Alckmin?

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/demetriomagnoli/2014/05/1455823-rascunho-achado-no-lixo.shtml

  195. Pax said

    Achei um link com a propaganda do PT passada na quinta. No Josias. Aqui:

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/demetriomagnoli/2014/05/1455823-rascunho-achado-no-lixo.shtml

    Achei bem feita. Só que…

    Reclamo de um bocado de coisa que o marketeiro marketeia com meias verdades. Anotei alguns pontos:

    1 – Educação: por mais que tenham feito alguma coisa, negar que a Educação está problemática é mascarar uma enorme realidade. E fala como se fosse uma responsabilidade só da União e não das suas unidades também, Estados e Municípios. Ninguém, praticamente, conhece o Plano Nacional de Educação. Propaganda feita para um povo que ignora.

    2 – Mobilidade urbana: aqui mostrando trens monotrilhos funcionando, linhas rápidas de ônibus etc, que falta de vergonha na cara. Mostra o que não existe.

    3 – Transportes, Estradas, Portos, Aeroportos: Outra parte feia, muito feia. Sabemos muito bem que são potentador do PR do Valdemar da Costa Neto, ANTT, DNIT, uma roubalheira que não acaba. Podiam trabalhar com a verdade, anunciar que mudariam…. ou seja, se mostram mentiras é sinal que não querem mudar o modelão. Ruim pacas.

    4 – Uso correto de recursos públicos: arrâm…. deviam falar dos desvios, se estão correndo atrás, se vão melhorar, do cabideiro de empregos, o que vão fazer para mitigar… desculpa, não dá pra gostar do que vi na propaganda.

    5 – Corrupção: desculpa aí. Combateu a corrupção? Lula dizendo que se algum companheiro cometeu erro tem que pagar? E a massa petista que diz que os “companheiros” da papuda não cometerem erro algum? Triste. E o André Vargas? Até parece que ninguém sabia quando decidiram que ele seria o mais alto petista na Câmara… desculpa aí.

    6 – Democracia: de novo, desculpa aí. Esse Fla x Flu, gente de um lado achando que quem quer que seja do outro lado, ou mesmo que seja do mesmo lado ou faça alguma crítica é imprestável, isso é Democracia? Não, não é. Democracia é aceitar tanto crítica como a existência de quem se opõe. Aqui todo mundo tem errado um bocado.

  196. Patriarca da Paciência said

    “O povo francês da época limitou-e a acompanhar inebriado às inúmeras decapitações públicas de nobres e de lideres revolucionários radicais que caíram em desgraça, no sangrento processo revolucionário. (O Terror)”

    Cara Daise,

    acho que você aprendeu História em cartilhas ou manuais do PIG.

    A Revolução Francesa foi algo tão profundo que, simplesmente, demarcou o fim de uma era e o início de outra, ou seja, o fim do Feudalismo e o início dos governos constitucionais.

    É assim que os verdadeiros livros de História registram.

    Antes da Revolução Francesa existia uma pequena aristocracia, a qual detinha todos os direitos e os “servos”, os quais não tinham direito sequer a salário, férias, propriedade etc.etc.etc.

    Espero que você um dia consiga trocar de óculos !

  197. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    eu venho dizendo isso há vários anos e volto a repetir. É claro que o Brasil tem grandes problemas, todos os países o tem, sem exceção !

    O problema todo é achar que essas coisas só acontecem no Brasil.

    Roma não foi feito num dia e a natureza não dá saltos. O PT já realizou coisas extraordinárias . Plantou as base para um progresso contínuo e duradouro. Mas não se pode esperar que as coisas aconteçam da noite para o dia.

    E quanto a essa história que o Genoino é bandido é, realmente uma verdadeira infâmia.

    Em dez anos nunca apresentaram uma prova consistente contra José Dirceu. A coisa ficou toda em “indícios”, “agendamentos”, “teorias, tanto de “domínio do fato quanto jurídicas-quânticas” , “a ex-mulher de José Dirceu que conseguiu financiar um apartamento” etc.etc.etc. É uma prova real e concreta de que a honestidade do José Dirceu está bem acima da média.

    Já contra o ministro Barbosa há provas reais e concretas de que ele realizou a compra de apartamento em Miami de forma totalmente irregular, que recebeu férias duplamente de forma totalmente irregular, que constituiu uma empresa tendo como endereço um apartamento funcional , que age de modo grosseiro e totalmente incompatível com o cargo que ocupa etc.etc.etc.

    Onde? Como? E por que? Delúbio Soares foi julgado pelo STF e o ” Azarado Bode Expiatório” não ?

    Há alguma explicação lógica para isso ?

    E o único crime sério contido no famigerado processo “mensalão” é “compra de parlamentares”.

    Em dez anos não apareceu um único parlamentar que foi “comprado” pelo PT.

    Já para a eleição de Fernando Henrique Cardoso apareceram vários, inclusive declarando a quantia que receberam ! Com nomes completos, quantias , datas e tudo o mais.

    E nada foi feito contra o Fernando Henrique Cardoso !

  198. Patriarca da Paciência said

    5 – Corrupção: desculpa aí. Combateu a corrupção? Lula dizendo que se algum companheiro cometeu erro tem que pagar? E a massa petista que diz que os “companheiros” da papuda não cometerem erro algum? Triste. E o André Vargas? Até parece que ninguém sabia quando decidiram que ele seria o mais alto petista na Câmara… desculpa aí.

    Caro Pax,

    antes do PT a maioria dos brasileiros sequer sabia que existia uma tal de Polícia Federal. Com o governo do PT a Polícia Federal ficou livre para investigar e as coisas começaram a aparecer. Na época da Ditadura Militar, existia a Polícia Federal, mas tinha uma função totalmente contrária, ou seja, agia para intimidar o povo e massacrar quem tivesse coragem de falar sobre corrupção no governo. A corrupção no governo militar campeava grossa e livre, mas ai de quem ousasse dizer alguma coisa ! No governo de Fernando Henrique Cardoso, simplesmente, existia um tal de “Engavetador Geral da República” para colocar em profundas gavetas toda e qualquer denúncia contra o governo. É claro que o combate à corrupção começou, pra valer, no governo do PT.

    E quanto ao Vargas, desde que ficou provado de que realmente tem culpa no cartório, ninguém do PT o defende.

    Quanto a Genoino, José Dirceu e Delúbio Soares, até hoje, dez anos passados, não há uma única prova consistente.

    É isso que o Lula quis dizer com, “quem errou tem que pagar pelo erro”.

    Os bravos companheiros Genoino, Direceu e Delúbio, simplesmente, não erraram !

  199. Chesterton said

    Porra, Pax, o Demétrio diz que é uma falsificação pestista…!!!

  200. Pax said

    Desculpa, caro Patriarca,

    Infelizmente já discutimos aqui ad nauseam. Estão presos porque o plenário do STF os considerou culpados. Acompanhei o julgamento e se estivesse nos sapatos dos ministros os teria condenado também.

    Mas não há razões de termos qualquer problema ao divergirmos de opinião.

    O que não quer dizer que eu absolvo qulalquer político do PSDB ou qualquer outro partido. Aí mudamos a discussão e entendo que temos concordância.

  201. Pax said

    Caro Chesterton, velho e rabugento Chesterton,

    Você leu até o fim? Vou reproduzir, em itálico, e colocar em negrito a crítica ao Alckmin (colocando Dilma no bojo – e com razão)… se preferir eu faço um desenho. =)

    Acho que Alckmin, Dilma “et caterva” pensam exatamente como seus marqueteiros –isto é, desprezam os cidadãos que pagam impostos.Teremos água e energia elétrica até as eleições. Depois, só Deus (ou são Pedro) sabe.

  202. Pax said

    Claro que o problema de energia é menor que o problema de deixar uma população bebendo água podre.

    Assim entendo eu, mesmo porque, até prova em contrário, acho que não teremos apagão.

    Mas os paulistanos já estão bebendo uma água que muitos, muitos mesmo, especialistas dizem que não vão beber.

  203. Chesterton said

    Então diga que ele criticou Alckmin E Dilma….e o mundo inteiro. Pô, você parece criança….

  204. Chesterton said

    http://coturnonoturno.blogspot.com.br/2014/05/rose-do-lula-chantageou-o-planalto.html

    Com o fundo do poço cada vez mais próximo, Rosemary decidiu arrastar para dentro do escândalo figuras centrais do Planalto e, se possível, a própria presidente Dilma Rousseff.

  205. Patriarca da Paciência said

  206. Chesterton said

    Chesterton disse

    16/05/2014 às 12:35
    O que ele quis dizer com “!não é gente de minha confiança”?

  207. Patriarca da Paciência said

  208. Patriarca da Paciência said

    16/05/2014 às 12:35
    O que ele quis dizer com “!não é gente de minha confiança”?

    Respondi no comentário 198:

    E quanto ao Vargas, desde que ficou provado de que realmente tem culpa no cartório, ninguém do PT o defende.

    Quanto a Genoino, José Dirceu e Delúbio Soares, até hoje, dez anos passados, não há uma única prova consistente.

    É isso que o Lula quis dizer com, “quem errou tem que pagar pelo erro”.

    Os bravos companheiros Genoino, Direceu e Delúbio, simplesmente, não erraram !

  209. Patriarca da Paciência said

  210. Pax said

    Caro rabugento e velho Chesterton,

    A novidade não é Demétrio criticar Dilma. Ora bolas.

    A novidade é ele criticar Alckmin e com a mão pesada.

    —-

    Você parece que tá piorando com a idade, velho e bom Chesterton.

    =)

    Mas me fez das uma gargalhada aqui. Isso fez, sim.

    =)

  211. Patriarca da Paciência said

  212. Chesterton said

    Demétrio é de esquerda, caramba. Criticar Dilma não o faz um direitista. Você conhece pouco os textos dele, só pode.

    Ah, Patriarca, não “são” gente de minha confiança significa “Vargas não é de minha confiança”….hahahahahahahahaha

  213. Patriarca da Paciência said

    A entrevista completa do Lula. Infelizmente, acho que o caro Pax não vai conseguir acessar:

  214. Chesterton said

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1455827-medico-que-fez-plastica-em-lamarca-ganhou-pacientes-apos-deixar-prisao.shtml

    cirurgião comunista vira latifundiário.

  215. Patriarca da Paciência said

    O Lula é, simplesmente, o líder político mais importante do século XXI. Não há, em todo o planeta Terra, na atualidade, um só líder que chegue, ao menos perto, da importância do Lula.

  216. Chesterton said

    Patriarca, assim você acaba no Pinel.

  217. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    Caso você consiga, assista o vídeo a partir do 2,25 m, o ponto de vista definitivo do Lula sobre o suposto “mensalão”

    Aconselho o mesmo para o Chesterton.

  218. Pax said

    Caro Patriarca,

    Confesso que gostaria. Não fosse o Paulo Bernardo… que se não é somente incompetente, é bem pior que isso, infelizmente.

  219. Daise said

    Pax, Chesterton e demais comentaristas

    Na Paciência um território petista exótico situado em algum lugar do imáginário de Lulalah, existe um “patriarcado” e vez por outra somos brindados por pérolas de sabedoria inefáveis, do Patriarca local.

    Hoje fomos brindados pela informação que no processo da Revolução Francesa (1789-1799), os jacobinos (sentados à esquerda da assembleia) venceram os girondinos (sentados à direita) e que 18 de Brumario (e Napoleão Bonaparte, o ditador) não existiram. Foram apenas versões mentirosas publicadas pelo PIG.

    Aprendemos também que o século XXI já terminou e que Lulah foi eleito por ele, Patriarca,o maior lider político da atualidade em todo o planeta Terra. E que o Mensalão não existiu.

    Devemos ficar agradecidos. Lulah wakbar!

    “Uma mentira, repetida mil vezes, não vira verdade. Continua sendo apenas uma mentira recorrente”.

  220. Daise said

    MINISTRO DIZ QUE A ESQUERDA É USADA PELA DIREITA EM PROTESTOS ANTI COPA

    DANIEL CARVALHO
    DO RECIFE
    16/05/2014 17h28 – Atualizado às 20h00

    O ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) disse nesta sexta-feira (16), no Recife, que os protestos contra a Copa do Mundo são fruto de “passionalização” da “direita” que usa a “esquerda”.

    “O que aconteceu a partir de junho para cá, houve uma espécie de passionalização em torno da Copa que é difícil de entender”, disse o ministro a uma plateia de integrantes de movimentos sociais e militantes petistas que participaram do seminário “Diálogos Governo-Sociedade Civil” no Recife.

    Um pequeno grupo de manifestantes anti-Copa invadiu o auditório com faixa e cartaz contra a Copa. O ministro agradeceu aos manifestantes pela “demonstração de democracia”, e o debate foi retomado em seguida.

    “Se você observar bem, hoje, quem se coloca contra a Copa é, de um lado, uma militância generosa aqui representada, que eu respeito, e a direita, que não quer que esse projeto nosso dê certo”, disse.

    “Porque não convém que um governo popular seja bem sucedido”, completou.

    Para o ministro, “a esquerda acaba sendo usada pela direita para fazer uma porção de ações que a direita não tem coragem de fazer.

    Carvalho disse ainda que a “direita” usa os meios de comunicação para divulgar “um monte de mentira”.

    O ministro defendeu a realização da Copa pois o “custo-benefício” valia a pena e que o governo “brigou muito com a Fifa”.

    “Tanto que eles [a Fifa] estão dizendo que é um inferno o Brasil. Por quê? Porque nós não permitimos que eles fizessem tudo o que eles queriam fazer”, disse o ministro.

    Carvalho ainda rebateu críticas de que o governo estaria realizando políticas de “higienização” por causa da Copa.

    “Quem promove higienização é governo que não tem vergonha na cara”, disse. “Tem prefeitura que faz higienização porque quer fazer. Não tem nada a ver com a Copa”, afirmou sem citar qualquer município.

    OBRAS INACABADAS

    Carvalho minimizou o atraso das obras.

    “Para nós, o que interessa é que as obras fiquem prontas para o povo. Não importa se em maio ou junho. Importa que, neste ano, nós entreguemos as obras que darão conforto ao povo e comece a mudar essa tragédia da mobilidade urbana que nós temos no Brasil”, afirmou.

    E, em mais um mea-culpa, o ministro admitiu que o governo não investiu em mobilidade.

    “É verdade. Nós demoramos a investir na mobilidade urbana. Tivemos um governo que fez muita inclusão, mas apostou muito mais no transporte individual que no coletivo. Essa é uma autocrítica que nós fazemos e estamos agora correndo atrás do prejuízo.”

    Reportagem da Folha no início desta semana revelou que, a 30 dias do início da Copa, o país havia concluído menos da metade daquilo que se comprometeu a fazer para o Mundial.

    De 167 intervenções anunciadas, apenas 68 estavam prontas, ou 41%. Outras 88 (53%) ainda estavam incompletas ou ficarão para depois da Copa. Além disso, 11 obras foram abandonadas e nem sequer sairão do papel.

    O ministro disse ainda que “daqui para frente, qualquer governante do país vai ter que se acostumar com isso [protestos]” e que as manifestações “são uma vitória”.

    “Manifestação é democracia de grau superior.”

    Pax você também está se sentindo usado pela direita? Seja sincero.
    ………………
    “Uma mentira, repetida mil vezes, não vira verdade. Continua sendo apenas uma mentira recorrente”.

  221. Patriarca da Paciência said

    “Uma mentira, repetida mil vezes, não vira verdade. Continua sendo apenas uma mentira recorrente”.

    Cara Daise,

    é justamente por isso que você nunca vai converter ninguém às suas idéias. Muito ao contrário do Lula.

  222. Mona said

    Patriarca,
    seguem algumas idéias do Lula, que – pelo visto – vc deve apreciar, já que é um “convertido”. O JB deve ter lido a frase de nº 7, antes de decidir pelo domínio do fato. Como o registro hitórico é bom, não? Kisses, amore.

    “Não interessa se foi A, B ou C, todo o episódio foi como uma facada nas minhas costas” – Em janeiro de 2006, sobre o episódio do escândalo do mensalão.

    “Eu me sinto traído por práticas inaceitáveis das quais nunca tive conhecimento” – Em agosto de 2005, sobre o escândalo de mensalão, após o depoimento de Duda Mendonça na CPI dos Correios.Polêmicas

    “A polícia só bate em quem tem que bater” – Em discurso em outubro de 2010.

    “Uma mulher não pode ser submissa ao homem por causa de um prato de comida. Tem que ser submissa porque gosta dele” – Em janeiro de 2010.

    “Se você um dia for presidente da República, vai ver como é bom uma medida provisória”, respondendo ao então presidente do Senado, Renan Calheiros, em 2006.

    “Eu e Palocci somos unha e carne. Tenho total confiança nele” – Durante a primeira entrevista coletiva como presidente, em maio de 2005.

    “É o capitão do time. Aquele que pode reclamar do juiz sem ser expulso de campo” – Sobre José Dirceu, na conversa com jornalistas, em fevereiro de 2004.Saída da Presidência

    “Notícia é o que a gente quer esconder; o resto é propaganda” – Em abril de 2010.

    “Você tem um amigo aqui” – Frase dita a FH, ao chegar no topo da rampa no dia da posse, em janeiro de 2003.

    “Tem hora em que estou no avião e, quando alguém começa a falar bem de mim, meu ego vai crescendo, crescendo, crescendo… Tem hora que ocupo, sozinho, três bancos com o ego” – Em abril de 2010.

  223. Mona said

    Velho Patriarca, a frase abaixo – transcrição da de nº 8 do rol publicado no post anterior – deveria ser o lema dos Blogueiros Sujos, ditos progressistas, chapas-branca do Governo e que correm desesperadamente atrás de um capilé para se financiarem. Aliás, estava eu numa das La Selva em um dos aeroportos deste nosso país e folheei uma Carta Capital. Só tinha propaganda governamental: Correios, Caixa, Petrobrás, Governo do Município de SP… isso diz algo, não? Kisses, amore.

    “Notícia é o que a gente quer esconder; o resto é propaganda” – Em abril de 2010.

  224. Patriarca da Paciência said

    “Notícia é o que a gente quer esconder; o resto é propaganda” – Em abril de 2010.

    Caro Mona,

    caso você não se lembre, essa era a diretriz declarada do “saudoso” ministro Ricúpero. O Lula estava sendo irônico.

  225. Patriarca da Paciência said

    Cara Mona, 223,

    o que o governo gasta em propaganda nos “blogs sujos” é mínimo em relação ao que gasta com a “óia” e o PIG em geral.

    Eu, sinceramente, não entendo muito porque o governo continua gastando gordas verbas de propaganda com a “óia”.

  226. Patriarca da Paciência said

    “Ex-presidente pede à militância para “enfrentar o debate sobre tudo, inclusive a corrupção”; ele procura acordar o partido para a campanha eleitoral e, ainda, animar uma renovação interna; “Ao invés de negar a política, faça política. É o Lula que não presta? Tira o Lula, tente você”, incentivou; ao hastear uma bandeira objetiva, cravou que a regulação da mídia é “imperiosa”; essas frases dirigidas aos blogueiros, na sexta-feira 16, não renderam destaque em primeira página no pool da cobertura da mídia tradicional, que preferiu ficar na “babaquice” de se chegar de metrô num estádio de futebol; isso foi o menos importante que Lula disse; o que vale são as brigas que ele está comprando”
    (blog 247)

  227. Patriarca da Paciência said

    “Renunciou ao cargo em 6 de setembro de 1994, assim que se soube do vazamento, via satélite, de uma conversa sua com o jornalista da Rede Globo Carlos Monforte revelando alguns detalhes sobre o Plano Real, quando se preparava para entrar ao vivo no Jornal da Globo, em 1º de setembro. O episódio ficou conhecido como Escândalo da parabólica.

    O sinal do link via satélite que transmitiria a entrevista já estava aberto (Canal 23) e os lares cujas antenas parabólicas estavam sintonizadas no canal privativo de satélite da Rede Globo captaram a conversa informal do ministro com o jornalista Carlos Monforte (que também é cunhado de Ricupero – a irmã do jornalista é mulher do ex-ministro). Sua fala foi “Eu não tenho escrúpulos. Eu acho que é isso mesmo: o que é bom a gente fatura, o que é ruim a gente esconde”.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Rubens_Ricupero

    Quando eu coloco pesquisa feita na wikipédia, longe de mim dizer que seja “verdade absoluta”. Quero dizer apenas, “é tão de domínio público que está até na wikipédia”. Para mim, wikipédia significa exatamente isso, domínio público. O que é ótimo.

  228. Chesterton said

    Patriarce é um fanático religioso.

  229. Patriarca da Paciência said

  230. Daise said

    Meu caro Patriarca

    Em qual Lula você acredita?

  231. Mona said

    Caro Patriarca,
    por que vc acha que o seu ídolo estava sendo irônico? Na minha leitura, há perfeita harmonia entre essa frase e entre as demais compiladas… Mas, questões de fé são inegociáveis, né, pois deixam a razão passar ao largo. Bem, toda religião tem uma caráter terapêutico. Lógico, que há o outro lado da moeda, quando ela descamba para o velho fanatismo.

  232. Patriarca da Paciência said

    Cara Mona,

    vou repetir:

    Rubens Ricúpero:

    “Renunciou ao cargo em 6 de setembro de 1994, assim que se soube do vazamento, via satélite, de uma conversa sua com o jornalista da Rede Globo Carlos Monforte revelando alguns detalhes sobre o Plano Real, quando se preparava para entrar ao vivo no Jornal da Globo, em 1º de setembro. O episódio ficou conhecido como Escândalo da parabólica.

    O sinal do link via satélite que transmitiria a entrevista já estava aberto (Canal 23) e os lares cujas antenas parabólicas estavam sintonizadas no canal privativo de satélite da Rede Globo captaram a conversa informal do ministro com o jornalista Carlos Monforte (que também é cunhado de Ricupero – a irmã do jornalista é mulher do ex-ministro). Sua fala foi “Eu não tenho escrúpulos. Eu acho que é isso mesmo: o que é bom a gente fatura, o que é ruim a gente esconde”.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Rubens_Ricupero

    Quando eu coloco pesquisa feita na wikipédia, longe de mim dizer que seja “verdade absoluta”. Quero dizer apenas, “é tão de domínio público que está até na wikipédia”. Para mim, wikipédia significa exatamente isso, domínio público. O que é ótimo.

  233. Patriarca da Paciência said

    Um deputado declarou à Folha de São Paulo e a Folha declara que tem as fitas gravadas:

    – Eu recebi 200 reais, em 1997, para votar na emenda que tornou possível a reeleição de Fernando Henrique Cardoso. Declarou nomes dos´ políticos que deram a quantia a ele e também os nomes de outros parlamentares que receberam a mesma quantia. Mesmo com todas essas provas cabais e concretas, dizer, “são calúnias contra o FHC”.

    Isto sim, é uma verdadeira profissão de fé, Um verdadeiro fanatismo religioso !

  234. Daise said

    Caro Patriarca

    Eis as “provas cabais e concretas” de que os mensaleiros do PT pagaram os honorários de R$ 700 mil do advogado do “malfeitor” pepista:

    Ronivon nega ter recebido para votar pela reeleição

    http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/78263.html


    Honorários e Mensalão

    Ronivon Santiago admitiu que os R$ 700 mil que o ex-assessor da Liderança do PP na Câmara, João Cláudio Genu, sacou das contas do empresário Marcos Valério, foram destinadas ao pagamento de seu advogado, Paulo Goyaz. “Não sabia de onde era o dinheiro. Se soubesse, eu não teria aceito. Preferiria perder o mandato”, disse. Goyaz o defendeu de outra acusação — a de ter comprado votos no Acre para se eleger deputado federal em 2002.

    O deputado Júlio Redecker (PSDB-RS) criticou a convocação de Ronivon Santiago. “O PT não consegue explicar o imbróglio em que se meteu [referindo-se às recentes denúncias de corrupção] e trouxe aqui o Ronivon para desviar as investigações”. “Eu só não engulo que o PT tenha repassado graciosamente R$ 700 mil para o seu partido (PP) pagar os honorários do seu advogado”, disse.

    ………..

    Você entende, caro Patriarca?

  235. Patriarca da Paciência said

    Daise,

    naquela época o PP era aliado do Fernando Henrique Cardoso, não do PT.

  236. Patriarca da Paciência said

    Daise,

    do link que você postou:

    “Pesa contra o deputado a denúncia de que ele teria recebido R$ 200 mil pelo voto para beneficiar o então presidente Fernando Henrique Cardoso, que acabou se reelegendo. As suspeitas são reforçadas por fitas – publicadas na época pelo jornal Folha de S.Paulo – em que o deputado e o ex-deputado João Maia, também do Acre, diziam ter recebido o dinheiro para votar a favor da emenda da reeleição. Tanto Ronivon quanto João Maia renunciaram aos mandatos depois da denúncia.
    Pela gravação, Ronivon admite ter recebido R$ 100 mil em dinheiro e outros R$ 100 mil pagos pela empreiteira CM, que tinha créditos para receber do governo do Acre. Ele teria atribuído os pagamentos aos então governadores Orleir Cameli, do Acre, e Amazonino Mendes, do Amazonas. Nas fitas, o deputado também teria citado os ex-deputados Chicão Brígido, Zila Bezerra e Osmir Lima como beneficiários do mesmo esquema.
    O depoente alegou à CPMI que as fitas são produto de montagem e lembrou que fora absolvido pela Justiça – nem a Polícia Federal nem o Ministério Público propuseram ação penal contra ele – e por seus eleitores, que o reelegeram nas últimas eleições como segundo deputado federal mais votado no estado.”

  237. Patriarca da Paciência said

    Final do artigo:

    “Defesa da reeleição
    Ronivon disse aos integrantes da CPMI da Compra de Votos que foi um “bom negócio” votar pela reeleição, mas não porque tenha recebido dinheiro. Reeleito, “o presidente Fernando Henrique Cardoso fez muito mais pelo Acre do que está fazendo o Governo Lula. Foi muito boa [a reeleição] para o País e para o meu estado”.

    Pu seja, quem se vende uma vez… se vende duas ou três.

    O Ronievon deve ter ficado rico às custas do PSDB.

  238. Mona said

    Caro Patriarca,

    “Eu, sinceramente, não entendo muito porque o governo continua gastando gordas verbas de propaganda com a “óia”.”
    SE vc se der ao trabalho de folhear a Veja e logo após folhear a CC, talvez chegue a algum entendimento. Mas, com a nova campanha de seu São Lula, para obter o “controle social” da mídia – e em sendo ela for bem sucedida – talvez esses pobres vilipendiados pelo PIG tenham de deixar de pagar verbas humilhantes para divulgar os feitos governamentais e passem a fazê-lo nos diversos veiculinhos pulverizados e democráticos que irão surgir, devidamente alinhados com as querências dos que estão no poder. Como a CC.

  239. Chesterton said

    http://www.diariodopoder.com.br/direitojustica/lula-e-citado-em-carta-de-operador-de-berluconi-em-negocios-suspeitos/

  240. Patriarca da Paciência said

    “Ronivon afirmou que suas falas nas gravações foram maliciosamente provocadas por seu interlocutor – que aproveitou-se de seu “jeito brincalhão” — e depois editadas, para formar as frases comprometedoras.”

    D mesmo texto.

    Vejam só que mentira mais deslavada !

    Se o tal “interlocutar” tivesse adulterado a fita, teria cometido um crime gravíssimo !

    Por que cargas d’água o Ronivon não processou criminalmente o tal interlocutor ?

  241. Daise said

    Oi Mona

    Esta charge pode demonstrar o seu comentário.
    Como sabemos para o Patriarca entender é melhor mostrar uma imagem:

    PAPO COM OS BLOGUEIROS

    http://prosaepolitica.files.wordpress.com/2014/05/002-roque-papo-com-blogueiros.jpg?w=876&h=564

  242. Patriarca da Paciência said

    Cara Daise,

    a sua ingenuidade é tocante !

  243. Patriarca da Paciência said

    Cara Daise,

    você acredita mesmo que todos os petistas são “petralhas” e todos os psdbistas são “mocinhos” ?

    Olha, é impressionante mesmo !

  244. Daise said

    Meu caro Patriarca

    1.”naquela época o PP era aliado do Fernando Henrique Cardoso, não do PT”.

    Então por que o PT mensaleiro repassou graciosamente R$ 700 mil para o partido (PP) pagar os honorários do advogado do malfeitor deputado ? O que o PT estava comprando?

    2.Seu comentário, sobre a charge publicada, só deixaria de ser “absurdo” se todos os petistas fossem “blogueiros afins” (financiados pelo governo).
    Não me parece que seja o caso.
    Por outro lado, é claro que nem todo petista é petralha, mas todo petralha é petista
    Eu não acho que você seja petralha.
    Disso eu não tenho dúvida. Você tem?

  245. Daise said

    “Teste oficial da Arena Corinthians”

    http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,torcedores-avaliam-primeiro-teste-oficial-da-arena-corinthians,1168382,0.htm


    ACESSO
    O acesso à Arena Corinthians por metrô e trem foi rápido e tranquilo. A linha expressa da CPTM a partir da Estação da Luz começou a funcionar exatamente às 13 horas, como planejado, e o trem percorria o trecho até a estação Itaquera nos prometidos 19 minutos também. Em alguns momentos, os vagões, tanto do metrô quanto da CPTM, receberam um número maior de passageiros, mas sem superlotação.

    TRÂNSITO
    O trânsito foi o grande problema no acesso ao Itaquerão. Como foram feitos bloqueios no entorno do estádio – na Radial Leste a partir da estação Artur Alvim do metrô, a cerca de 2 km da entrada – e do centro de Itaquera a aproximadamente 700 metros da arena -, formou-se grandes congestionamentos a partir das 13 horas. Ressalte-se que os organizadores pediram para que o transporte público fosse utilizado para ir ao estádio.

  246. Patriarca da Paciência said

    “Por outro lado, é claro que nem todo petista é petralha, mas todo petralha é petista
    Eu não acho que você seja petralha.”

    Para mim, “petralha” é só uma boçalidade inventada pelo reinaldo rola-bosta, para ficar ganhando alguns trocados às custas do PT. Já escreveu até dois livros sobre o assunto que, apesar de encalhados por aí, deve ter rendido alguns trocados para o dito cujo. Mas a vida é assim. As grandes árvores, em geral, sustentam muitos parasitas. Aliás, o reinaldo rola-bosta faz anos que vive às custas do PT e, principalmente, do Lula..

    Não tenho o mínimo interesse em saber o que seja “petralha” . Deixo isso para a suprema sapiência e notória onisciência do reinaldo rola-bosta em… ganhar dinheiro sem fazer força ao ficar parasitando o PT..

  247. Patriarca da Paciência said

    Cara Daise,

    essa história ridícula de que o “interlocutor” do “brincalhão” Ronivon Santiago adulterou a fita da entrevista, cometendo um crime gravíssimo e ficou por isso mesmo, só não é mais ridícula do que a história do PT pagar o advogado do PP.

    A verdade mesmo é que o Ronivon estava à venda e o PSDB pagou o preço. Depois o “negócio” “engrolou” e o Ronivon teve que ser “comprado” outras vezes pelo PSDB.

  248. Daise said

    Querido Patriarca

    1.Você tem razão! (*)

    O Ronivon do PP foi comprado em 97 pelo PSDB (apoiado pelo PP) através do valerioduto mineiro comandado pelo Azeredo em 98 e pago pelo Delúbio do mensalão petista, vários anos depois, em 2003 no governo lula e sob supervisão da “exquadrilha” do ex-Presidente do PT e pelo ex Ministro da Casa Civil da Presidência. Lula não sabia! Ele havia sido desinformado anteriormente por Jefferson e Pirillo.

    Tudo conforme comprovam as suas famigeradas “provas cabais”.

    O problema é que Lula constrangido pediu desculpas à nação em Cadeia Nacional de Radio e TV.

    Dirceu foi demitido a pedido, e teve seu mandato cassado pela Câmara,
    Genoino saiu de fininho e Delubio foi expulso do PT, em 2005.
    ………….
    (*)Piada de brasileiro contada em Portugal depois da entrevista de Lula na TV portuguesa.

    2. E para continuar nossa diversão blogueira vamos ver lula “navegando” sobre o descobrimento do Brasil na sexta feira passada.

    Estava possesso e inebriado pelo microfone.Confira!

    – Se o gajo não foi capaz de descobrir que a Dilma é uma anta, como poderia ter descoberto o Brasil?
    – No gogó?
    Perguntam-se os portugueses rindo das piadas brasileiras.
    ….
    Patriarca – Eu não acho que você seja petralha.
    Quem usou o termo petralha foi você.
    Relaxa e aproveita, como diria a Martaxa, a nova muleta do Quadrilha, digo Padillha na campanha pelo governo de SP.
    E o Haddad?

  249. Daise said

    Meu caro Patriarca

    Em qual dos lulas você acredita,afinal?

    Aquele que pede desculpas pelo que “não aconteceu” ou aquele que admite que “aconteceu mas não aconteceu”?

    Está confuso…pergunte aos universitários

  250. Daise said

    ARENA CORINTHIANS É APROVADA NO PRIMEIRO TESTE PARA A COPA

    Agora está comprovado!

    Mas de preferência use os Metro e Trens de São Paulo.
    Deixe o jumento em casa.

    A Arena Corinthians em São Paulo não está preparada para “parquear” jumentos.

  251. Daise said

    Caros Pax e demais comentaristas

    Agora que temos Metro, Trens e um pouquinho de água, conheça o futuro ex-candidato a governador de São Paulo, o Quadrilha, digo Padilha do PT, discursando em Sorocaba, junto com Lula, na sexta feira passada.

    Enquanto lula “se aventurava em mares nunca dantes navegados”,o nosso personagem, o Quadrilha, digo Padilha do PT disse:

    “Eu sempre gostei da bandeira do Estado de São Paulo, mas comecei a prestar atenção nela, com mais cuidado, ultimamente. Vocês já repararam quantas listras têm a bandeira do estado? São 13 listras. Está escrito que o PT vai governar São Paulo”, bradou, antes que algum jornalista perguntasse quantas listras existiam nas campanhas de José Genoino e Aloizio Mercadante.

    Obs. Na última eleição de Sorocaba, o PT ficou em último lugar, atrás do PSOL.

  252. Pax said

    Cá entre nós, quem governou o Estado de São Paulo nos últimos 20 anos? Foram os tucanos ou os diretores da Alstom?

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1456471-alstom-conseguiu-incluir-estacao-em-linha-do-metro.shtml

  253. Patriarca da Paciência said

    “O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, deve levar a plenário no decorrer dessa semana a decisão sobre os pedidos dos advogados de quatro presos pelo processo do mensalão para trabalho fora da prisão. Os pedidos foram dos juristas que defendem o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o ex-deputado Romeu Queiroz, o ex-ministro José Dirceu e o advogado Rogério Tolentino. JB havia revogado, monocraticamente, a autorização de trabalho externo recentemente, argumentando que os presos ainda não chegaram a um sexto da pena na prisão e a liberação iria contrariar uma das cláusulas da Lei de Execuções Penais. A decisão de Barbosa causou polêmica entre especialistas.”

    http://www.jb.com.br/pais/noticias/2014/05/18/mensalao-barbosa-deve-levar-ao-plenario-decisao-sobre-trabalho-externo/

    Será que, finalmente, surgiu uma gota de bom senso na cabeça dura do Barbosão ?

    Ou será que ele começou a se “mancar” das suas atitudes imperiais ?

    A reação contras as os procedimentos de D. Quincas I se avolumam mais e mais e logo tomarão conta do Brasil inteiro.

  254. Otto said

    Por Alessandre de Argolo

    É impossível não enxergar a melhoria da qualidade de vida de parte significativa da população brasileira, sendo justo com os fatos. Principalmente a população que está na base da pirâmide, que aumentou sua renda média de forma sensível ao longo dos últimos dez, doze anos, ao ponto de colocar o Brasil como referência no combate à desigualdade social. A melhoria da qualidade de vida, principalmente dessa parte da população, é um dado não só estatisticamente mas também empiricamente comprovável, em todo os âmbitos da vida social.

    Aeroportos, Shopping Centers, são ambientes que atestam a mudança do panorama, onde pessoas que antes não tinham condições econômicas de frequentar tais ambientes, hoje usufruem normalmente dos serviços e podem comprar os bens e produtos comercializados, o que antes era privilégio da classe média tradicional e da classe rica do país.

    O alto número de empregos formais criados, aumento real do salário mínimo sem precedentes, novas universidades ou instituições de ensino federais ou extensões das já existentes construídas em locais que antes não tinham universidades ou instituições de ensino públicas, projetos sociais dos mais variados e diversos, como o Minha Casa, Minha Vida, PRONAF (sensivelmente ampliado a partir de 2002, tanto que em 2007/2008, foram atendidos 5.379 municípios, o que representou um crescimento de 58% em relação a 1999/2000, com a inserção de 1.976 municípios no programa), PRONATEC, PROUNI, etc etc etc, tudo isso comprova a melhoria da qualidade de vida, permitindo uma maior inclusão social. O Nordeste do Brasil, de 2002 a 2012, praticamente dobrou a classe média, segundo dados do IBGE. Como não melhorou a vida do povo brasileiro? Melhorou sim. Impossível não reconhecer isso.

    E quando as riquezas do pré-sal começarem a surtir os efeitos sociais e econômicos esperados, aí é que as coisas tenderão mesmo a se consolidar, apesar de todas as conhecidas críticas ao modelo de partilha adotado pela União com campos de petróleo como o de Libra, recentemente objeto de uma licitação.

    Existe lei federal já aprovada, Lei nº 12.858/2013, que determina um percentual de 75% dos royalties oriundos do pré-sal na educação e 25% na saúde, assim como também deverão fazer Estados e Municípios com as partes dos royalties que lhes cabe quando a lavra ocorrer na plataforma continental, no mar territorial ou na zona econômica exclusiva, abrangidos os contratos celebrados a partir de 03 de dezembro de 2012. Isso está previsto em lei e o Ministério Público Federal está atento e preparado para agir se houver descumprimentos da lei (maiores informações, ver aqui: agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2014-04/mpf-debate-aplicacao-dos-royalties-do-petroleo-para-inclusao-educacional).

    O problema é que existe uma resistência um tanto irracional por parte de muitos brasileiros, os quais insistem em ostentar o perfil auto-sabotador, historicamente tão caro ao povo brasileiro. Triste é constatar quando isso surge da desinformação, da ignorância e, muitas vezes, da má-fé, da má vontade e da eterna propensão de se ser perdedor, de não acreditar nas capacidades grandiosas do país. Muito do discurso contra a Copa do Mundo do Brasil é baseado numa visão distorcida da realidade, na difusão de uma realidade catastrófica inexistente e sem qualquer amparo nos fatos.

    O Brasil não é só rico como todas as condições para isso ser sentido na prática existem e estão sendo colocadas em andamento pelo Governo Federal, com as dificuldades, os erros e acertos de sempre. Mas, no geral, o panorama é positivo e ainda mais positivas são as perspectivas. O povo brasileiro não vai perder o bonde da história. O que existe é muito catastrofismo por parte da grande imprensa conservadora de sempre, que defende interesses inconfessáveis e que nunca esteve realmente do lado do povo brasileiro.

    http://jornalggn.com.br/blog/alessandre-de-argolo/o-catastrofismo-nao-tem-amparo-nos-fatos

  255. Patriarca da Paciência said

    “por Tiago Chagas
    A Justiça Federal no Rio de Janeiro emitiu uma sentença na qual considera que os “cultos afro-brasileiros não constituem religião” e que “manifestações religiosas não contêm traços necessários de uma religião”.

    A definição aconteceu em resposta a uma ação do Ministério Público Federal (MPF) que pedia a retirada de vídeos de cultos evangélicos que foram considerados intolerantes e discriminatórios contra as práticas religiosas de matriz africana do YouTube.

    O juiz responsável entendeu que, para uma crença ser considerada religião, é preciso seguir um texto base – como a Bíblia Sagrada, Torá, ou o Alcorão, por exemplo – e ter uma estrutura hierárquica, além de um deus a ser venerado.

    A ação do MPF visava a retirada dos vídeos por considerar que o material continha apologia, incitação, disseminação de discursos de ódio, preconceito, intolerância e discriminação contra os praticantes de umbanda, candomblé e outras religiões afro-brasileiras. “Para se ter uma ideia dos conteúdos, em um dos vídeos, um pastor diz aos presentes que eles podem fechar os terreiros de macumba do bairro”, disse o procurador regional dos Direitos do Cidadão, Jaime Mitropoulos.

    De acordo com o site Justiça em Foco, o MPF vai recorrer da decisão em primeira instância da Justiça Federal para continuar tentando remover os vídeos da plataforma de streaming do Google.
    “A decisão causa perplexidade, pois ao invés de conceder a tutela jurisdicional pretendida, optou-se pela definição do que seria religião, negando os diversos diplomas internacionais que tratam da matéria (Pacto Internacional Sobre os Direitos Civis e Políticos, Pacto de São José da Costa Rica, etc.), a Constituição Federal, bem como a Lei 12.288/10. Além disso, o ato nega a história e os fatos sociais acerca da existência das religiões e das perseguições que elas sofreram ao longo da história, desconsiderando por completo a noção de que as religiões de matizes africanas estão ancoradas nos princípios da oralidade, temporalidade, senioridade, na ancestralidade, não necessitando de um texto básico para defini-las”, argumentou Mitropoulos.”

    É a “jurisprudência” Barbosão a todo vapor.

  256. Chesterton said

    O LOBO DE TRILUSSA (E. Gasperi)

    Vendo-se a fala de Lula propondo que o PT recupere “o orgulho” no combate à corrupção, sai da tumba do poeta italiano Trilussa (1871-1950) uma de sua fábulas: “Um lobo disse a Deus:

    —Algumas ovelhas dizem que eu roubo muito. Precisamos acabar com essa maledicência.

    E Deus respondeu:

    —Roube menos.”

    (A fábula vale para qualquer cacique que venha com o mesmo discurso.)

  257. Chesterton said

    CELSO DANIEL VOLTA A ASSOMBRAR O PT

    O sequestro e assassinato de Celso Daniel parecia esquecido. O prefeito de Santo André era o coordenador da campanha de Lula em 2002, foi capturado na saída de um restaurante e dois dias depois seu corpo apareceu numa estrada deserta, com 11 tiros. Segundo a polícia paulista, o sequestro foi coisa de uma quadrilha que o confundiu com outra pessoa. A execução teria sido praticada por um menor de idade.

    Parte da família de Celso Daniel não acredita nessa conclusão. Passados 12 anos, coisas esquisitas aconteceram: seis pessoas envolvidas no caso foram assassinadas a tiros e uma promotora que investigava o caso sofreu um acidente automobilístico, mas sobreviveu.

    Os inquéritos da polícia foram contestados pelo Ministério Público, mas a iniciativa foi travada na Justiça, iniciando-se um litígio que está no Supremo Tribunal Federal. Os promotores acusam de envolvimento no crime o empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, que dirigia o carro do prefeito quando ele foi sequestrado. Se essa tese prevalecer, não houve delito comum, mas outra coisa, mais grave.

    A deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP), filha de um empresário de transportes de Santo André, diz a quem quiser ouvir que seu pai era extorquido por uma quadrilha anexa à prefeitura que levava o dinheiro ao comissário José Dirceu. Segundo ela, Celso Daniel queria desmontar o bando.

    Assim como o tucanato desafiou a sorte mantendo o caso do cartel da Alstom em banho-maria, o comissariado poderá perceber que a procrastinação do julgamento do empresário foi manobra temerária.
    Gabrilli pergunta: “Porque ‘Sérgio Sombra’ não foi julgado?”.

    Se o STF destravar o processo, é difícil, mas pode até acontecer de Sombra ir a julgamento antes da eleição.

    Gasperi

  258. Daise said

    TIT FOR TAT

  259. Chesterton said

    http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/ministro-do-stf-suspende-inqueritos-e-concede-liberdade-a-ex-diretor-da-petrobras

    mostrando serviço aos patrões.

  260. Pax said

    inacreditável novo post…

    esse país precisa mesmo ser reformado, de cabo a rabo.

    os caras desviaram nada menos que R$ 10 bilhões, segundo a PF e…

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 37 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: