políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Robson Marinho: o tucanato em evidência

Posted by Pax em 24/05/2014

A permanência de Robson Marinho nos quadros do Tribunal de Contas de SP evidencia o modelo tucano que posa de vestal e, na calada da noite, se alimenta de um esquema que vem de longe, segundo farto noticiário.

Marinho foi o segundo homem na hierarquia do primeiro governo de Mario Covas – chefiou a Casa Civil entre 1995 e 1997, quando Covas o indicou para o Tribunal de Contas.

Ministério Público pede afastamento de conselheiro do Tribunal de Contas de SP

Daniel Mello – Repórter da Agência Brasil Edição: Stênio Ribeiro
O Ministério Público (MP) pediu o afastamento do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) Robson Marinho. Pesa sobre ele a suspeição de haver recebido propina para atuar em favor da empresa francesa Alstom. A ação cautelar foi proposta com base em investigação iniciada em 2008, reforçada com documentos da Suíça, recebidos recentemente pelo órgão.

Segundo o promotor Sílvio Marques, a Justiça suíça já confirmou em duas instâncias que Marinho movimentou cerca de US$ 2,7 milhões em contas offshore. “Em cima de um contrato de US$ 50 milhões, ocorreram pagamentos de propina que giram em torno de 15% a 17% do valor total do contrato. Em 1998, esses valores teriam sido pagos e distribuídos a diversos agentes públicos”, detalhou Marques sobre o contrato para construção de estações de energia, que em valores atuais totaliza R$ 268 milhões.

Para o promotor José Carlos Blat, as suspeitas contra Marinho impedem a permanência dele no cargo, e sentenciou: “Não se pode admitir que uma pessoa que vá julgar as contas públicas do estado e de municípios de São Paulo, durante o dia julgue essas contas e durante a noite movimente secretamente valores na Suíça”.

Marques destacou que as investigações contam também com a colaboração de autoridades francesas, e mostram o envolvimento da Alstom em diferentes casos. “Essa empresa está envolvida em vários casos de corrupção. Mas, no momento não podemos falar quais funcionários públicos estão sob investigação”, acrescentou. De acordo com o promotor, a multinacional se recusou a fazer um acordo para ressarcir os cofres públicos pelos prejuízos causados.

Em nota, “a Alstom lamenta que o alegado conteúdo de investigações sobre supostas condutas ocorridas no passado, que por obrigação legal deveriam ser tratadas de forma sigilosa, venham a ser utilizadas de forma reiterada e desproporcional nos dias de hoje com o intuito de prejudicar uma empresa que cumpre absolutamente com todas as suas obrigações legais”.

A reportagem da Agência Brasil não conseguiu contato com o advogado que defende Robson Marinho.

About these ads

68 Respostas to “Robson Marinho: o tucanato em evidência”

  1. Daise said

    Caro Companheiro Pax

    Existe algum idiota no blog defendendo Robson Marinho?

    Mas…e sobre o video da irene Ravache ….e meus comentários, no seu post imediatamente anterior, alguma opinião? Passou batido?

    Quer pensar mais? Té bom! 72 horas é suficiente? Avise por gentileza.

  2. Patriarca da Paciência said

    Pois é, caro Pax,

    o mais estranho desses casos de corrupção envolvendo o PSDB, é que, normalmente, todos tem provas robustas, comprovadas, são bem anteriores ao suposto “mensalão do PT ” e os envolvidos não sofreram nenhum processo judicial.

    Quase dez anos passados e, até agora, as provas do suposto “mensalão” se resumem a “indícios”, “agendamentos”, “teorias de domínio do fato e jurídicas quânticas”, “ex-esposa do José Dirceu que financiou um apartamento” etc.etc.etc.

    Volto a repetir, não estou dizendo que o pessoal do PT seja santo. Acho mesmo que todos estariam conformados em pagar o preço justo, ou seja, caixa dois. Esse é que foi o grande erro do PT, se utilizar dos mesmos “financiamentos de campanha” usual em todos os partidos, ou seja, caixa dois.

    O “Azarado Bode Expiatório”, renunciou com o claro objetivo de escapar do STF e escapou mesmo. Já no suposto “mensalão”, José Dirceu, Delúbio e pessoas que sequer tenham envolvimento com política, menos ainda, desempenharam cargos públicos, foram julgados pelo STF, um procedimento totalmente “exótico”, ou ” um ponto fora da curva” como o disse o ministro Barroso !

    Com o “Azarado Bode Expiatório”, é muito provável que o caso prescreva e nada vai acontecer, como já aconteceu com vários outros envolvidos.

    Aliás, desde o começo, eu sempre comentei que não levava a “menor fé” no “mensalão do PSDB” e que nada iria acontecer.

    Vamos ver se acontece alguma coisa com o Robson. Sinceramente, não levo “muita fé” também e acho que vai prescrever, tal como o “mensalão do PSDB”.

  3. Patriarca da Paciência said

    Andei pesquisando a idade do Robson Marinho e nada encontrei. Acredito de que ele deve estar bem perto dos 70 anos. Deve ser por isso que o caso dele começou a aparecer.

  4. Patriarca da Paciência said

    Por falar em caixa dois, o ministro Gilmar Mendes está sentado em cima do processo que impediria empresas de financiar campanhas políticas com claros objetivos protelatórios e ninguém faz nada. O tal de “pedido de vistas” dele em nada vai influenciar no julgamento, visto que 06 ministros já haviam votado, praticamente liquidando o processo. Mas o ministro permanece sentado em cima do processo, repito, com o único objetivo protelatório e o nosso Senado nada faz. Chega a ser impressionante certas coisas.

  5. Patriarca da Paciência said

    “Segundo o promotor Sílvio Marques, a Justiça suíça já confirmou em duas instâncias que Marinho movimentou cerca de US$ 2,7 milhões em contas offshore. “Em cima de um contrato de US$ 50 milhões, ocorreram pagamentos de propina que giram em torno de 15% a 17% do valor total do contrato. Em 1998, esses valores teriam sido pagos e distribuídos a diversos agentes públicos”, detalhou Marques sobre o contrato para construção de estações de energia, que em valores atuais totaliza R$ 268 milhões”

    Vejam bem, a Justiça Suiça CONFIRMOU EM DUAS INSTÂNCIAS QUE MARINHO MOVIMENTOU U$ 2,7 MILHÕES.

    É uma prova robusta! Não há sequer a sombra, ou indício, de uma prova dessa no suposto “mensalão”.

  6. Zbigniew said

    Patriarca,
    o problema é que não se enxerga que a discussão sobre o modelo político está contaminada pela… política.
    Quem quer que se aventure por esta seara estará fadado a ser instrumentalizado por forças que, na verdade, nada querem mudar.
    Exemplo máximo é o STF e a postura do ministro Joaquim Barbosa.
    Mesmo que, juridicamente, tenhamos todos os procedimentos observados; ainda que as teses jurídicas mais plausíveis possam ser utilizadas; NADA justificará a postura do Ministro com relação aos petistas.
    Tornou-se uma questão de ordem pessoal.

    Quanto aos tucanos, nenhuma surpresa.
    Todo o sistema jurídico está inclinado ao conservadorismo, muito bem representado pelos “sociais democratas”, há muito cooptados pelas forças do mercado, em especial o sistema financeiro internacional.
    Nas grandes questões o Poder funciona pelo preço, que pode se expressar através da moeda ou através dos favores.
    Mas há moedas e favores. Estes influenciados pelas inclinações políticas e ideológicas e, logicamente, circunstâncias de poder.
    Neste ponto os tucanos levam uma imensa vantagem em relação aos petistas.

    Então, para anular esta vantagem é que o PT precisa se renovar, reinventar enquanto no exercício do poder.
    Não dá mais para ficar no jogo das compensações, porque forças políticas e econômicas não se satisfazem apenas com tais compensações, principalmente as de maior envergadura.

    Mas o momento é de mudanças. De um mundo unipolar para um multipolar. E para isso os atores envolvidos farão todos os esforços para defender os seus interesses, custe o que custar. Só que os valores que se impõem exigem mudanças profundas que não se coadunam com iniciativas como essas do Ministro, ou como formas de governar que atrasam e impedem o desenvolvimento das pessoas.

  7. Patriarca da Paciência said

    “Cumprindo pena da AP 470, Roberto Jefferson envia carta do Instituto Penal Coronel PM Francisco Spargoli Rocha, em Niterói (RJ), criticando postura do presidente do STF, Joaquim Barbosa, com o ex-ministro José Dirceu, seu desafeto: “Você sabe que eu não gosto do José Dirceu, mas a coisa está demais”; “Ele monocraticamente revogou uma jurisprudência consagrada em todas as comarcas e tribunais do Brasil. Até no STJ [os condenados no semiaberto trabalham desde o primeiro dia da execução da sentença. Nitidamente o JB tem diferenças pessoais com a Turma do PT”
    25 DE MAIO DE 2014 ÀS 09:19″

    Até o Bob Jeff já está falando para o Barbosão se marcar !

    E os parlamentares do PT nada fazem ?

    Será que, como andam dizendo por aí, a Gleisi Hofmann é o único parlamentar masculino do PT?

  8. Patriarca da Paciência said

    A citatação acima, entre aspas, é do blog 247

  9. Patriarca da Paciência said

    Caro Zbigniew ,

    a inércia dos parlamentares do PT já está ficando irracional !

    Eles tem medo de perder votos ? Pois vão perder muito mais que isso !

  10. Otto said

    AÉCIO NEVES E AS DROGAS

    Em 2006, durante um encontro com a Sociedade Americana de Editores de Revistas dos EUA, Obama foi questionado sobre o uso de drogas.

    “Para começar, eu traguei”, disse ele, numa referência à famosa fanfarronice de Bill Clinton, ecoada por FHC (“fumei, mas não traguei”). ”Foi reflexo dos conflitos e da confusão de um adolescente”, continuou. “Adolescentes são frequentemente confusos”.

    Ele já havia relatado em sua autobiografia, publicada em 1995, que fumou maconha, cheirou cocaína e não experimentou heroína porque não ia com a cara do traficante que tentava vendê-la.

    O tema voltaria à baila mais algumas vezes. Dois anos depois daquela coletiva, Obama seria eleito.

    Em Porto Alegre, a repórter Letícia Duarte, do Zero Hora, perguntou a Aécio Neves sobre os boatos na internet de que ele seria usuário de cocaína.

    “Você sabe que existe hoje um submundo da política, nas redes. Anonimamente fazem qualquer tipo de acusação sobre seus adversários, esperando que alguém, talvez desavisadamente, com um pouco mais de credibilidade, possa trazer esse tema ao jornalismo sério. O que nós assistimos é uma guerrilha da internet”, falou.

    “Eu me especializei em derrotar o PT. Há 15 anos eu ganho do PT no meu Estado no primeiro turno. Como não tem sobre a minha vida absolutamente nada (…). Eu fico feliz em ver que num momento desse o PT não consegue vir para o debate sobre o Brasil, o debate sério”.

    Sua reação diante do assunto é destemperada — ou, no extremo oposto, demasiado calculada. Quando afirma que esse tema não é “jornalismo sério”, está intimidando ou tentando passar um recado para quem ousa falar nisso. Quis bloquear, na Justiça, as buscas no Google envolvendo seu nome. Segundo os advogados do Google, ele “parece ‘sensível’ demais às críticas sobre sua atuação”.

    Em 2010, Aécio foi capa da revista Alfa (que eu dirigia). Depois de dias o acompanhando, bastou o repórter tocar no assunto para o tempo fechar. Aécio declarou, então: “Todo mundo teve 18 anos… Ah, experimentou um baseado com 18 anos? Sim. E ponto-final”. A entrevista acabaria ali.

    Para o programa “Poder e Política”, da Folha, recentemente, ele trocou apenas alguns termos: “Quando tinha 18 anos, experimentei maconha e ficou por aí. E não recomendo que ninguém faça”.

    Um estudante da PUC foi expulso de uma palestra com Aécio, em abril, depois de gritar uma questão sobre a “cocaína no helicóptero” (dos Perrellas, aliados de AN em Minas). Ficou na saudade.

    Na saída, Marcelo Ximenes expôs uma dúvida talvez pueril, mas 300 vezes legítima: “Que democracia é essa que não se pode fazer uma pergunta?”

    É a democracia de Aécio.

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/aecio-neves-e-as-drogas/

  11. Daise said

    Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores sem Teto, MTST, ameaçou impedir o jogo inaugural da Copa, se não atenderem a suas exigências. “Se não respeitam nossos direitos, no dia 12 de junho não vai ter inauguração”. Quem é Boulos, que chantageia o Governo e ameaça fazer de junho um mês de conflitos? É filósofo formado, filho de um professor da USP, médico famoso. Mas o importante não é isso: o importante é que é ligadíssimo ao ministro Gilberto Carvalho. E, depois de instalar três mil de seus seguidores nas proximidades do Estádio do Corinthians, em Itaquera, SP, e ameaçar a realização da Copa do Mundo, foi recebido pela presidente Dilma Rousseff e posou para fotos abraçado com ela e com o ministro Gilberto Carvalho. Como diz o Governo, vai ter Copa. Como diz Boulos, que é quem manda, vai ter Copa se ele deixar.

    Acho que está na hora do Lula intervir e calar a boca deste coxinha radical

  12. Daise said

    AS GREVES VERMELHAS

    O governo Dilma não é o primeiro nem será o último “governo dos trabalhadores” a ser desafiado com violência e ódio pelos próprios trabalhadores. Nada como uma semana depois da outra para rever, na real, o ânimo de uma população que não é a “crescente classe média”. Tampouco é o black bloc universitário que curte grifes ou o rebelde sem causa. Nem o aposentado, que sofre em casa mesmo.

    Os grevistas e manifestantes que ameaçam parar o país e levar o inferno a todos nós – incluindo Dilma, Lula, Gilberto Carvalho e companhia – são, quem diria, os “companheiros”. Sim, porque o Brasil foi assumido há 12 anos não por um metalúrgico, mas por um líder sindicalista combativo, de imenso carisma.
    Os companheiros deveriam estar nas ruas em alegres passeatas com a bandeira do Brasil, em pré-torcida pela Seleção. Mas não. As bandeiras são vermelhas, mas a estrela desbotou. Diante da selvageria das recentes paralisações e passeatas, fica claro que a turba ali não está a fim de “ordem e progresso”. Quer aumentos salariais acima da inflação, que reponham as perdas. “Se não parar no ano da Copa, quando vamos conseguir aumento?”, gritou para as câmeras um motorista de ônibus.
    Carvalho chamou os grevistas de sabotadores. Haddad chamou a turma de “guerrilha”. O que fazer com os motoristas e cobradores de ônibus que instalaram o caos em São Paulo e deixaram milhões ao relento e à deriva? Como lidar com esses guerrilheiros urbanos? Multa? Prisão? O que acontecerá com os companheiros que rejeitaram a negociação do sindicato, furaram pneus dos ônibus, tiraram as chaves, bloquearam as avenidas, retiraram passageiros de todas as idades de dentro de ônibus, como se fossem sequestradores comuns? Colocaram a cidade de São Paulo de joelhos.

    E Lula? Como ele disse achar “uma babaquice” a preocupação de ter metrô até a porta dos estádios, porque brasileiro “vai a pé, descalço, de bicicleta, de jumento, de qualquer coisa”, o que deve ter pensado quando milhares de mulheres e homens sofridos precisaram caminhar para o trabalho e de volta para casa? Lula chegou a dizer a blogueiros que a Copa será o momento de o país “mostrar sua cara”. “Esconder pobre está fora de cogitação”, afirmou. Aguardo a reação oficial à onda de greves de trabalhadores ingratos que antes aplaudiam Dilma.

    O coordenador dos sem-teto, Guilherme Boulos, afirma: “Queremos trazer a Copa para os trabalhadores. Empresários e a Fifa tiveram seu pedaço do bolo. O trabalhador agora quer sua fatia”. E ameaça um “junho vermelho” se tentarem remover as famílias que invadiram o terreno da construtora Viver, na Zona Leste de São Paulo: “Se a opção da construtora e dos governos for tratar a questão como um caso de polícia e buscar garantir posse, haverá resistência. Se querem produzir uma Copa com sangue, essa é a oportunidade que eles têm”.
    “Eles” quem?
    Será que Boulos se refere aos companheiros Lula e Dilma, que prometeram tudo pelo social e resgataram tantos milhões de brasileiros da extrema pobreza? É prudente o PT parar de culpar a “imprensa conservadora”, o “mau humor” e a “nuvem negra”.

    É melhor começar a ouvir os movimentos sociais. Que divórcio litigioso é esse entre o PT e trabalhadores? Nem os programas de televisão nem os marqueteiros conseguem provar a essas categorias todas – médicos, professores, motoristas – que o PT está do lado do povo?
    Ninguém de bom-senso pode ser a favor das cenas vistas em São Paulo nos últimos dias.

    Sou a favor do direito de greve – um direito garantido pela Constituição e pela democracia. Não é crime uma categoria tirar proveito de um momento estratégico para fazer reivindicações trabalhistas justas.

    Por que controladores aéreos franceses param no verão europeu? O mesmo se pode dizer dos trens e metrôs em Londres. Por que se interrompe a coleta de lixo quando o calor é maior na Europa?
    O objetivo de uma categoria insatisfeita é provocar o maior estrago possível para aumentar o poder de barganha. Mas, até para convocar um movimento trabalhista legítimo, é preciso um mínimo de civilidade para angariar apoio. O que vimos foi ignorância, crueldade e bandidagem.
    O pano de fundo das greves vermelhas pré-Copa chega a ser irônico, num país governado pelo PT há 12 anos. As bandeiras são: “Moradia digna. Educação digna. Saúde digna. Transporte digno”. Ouvi isso da boca de uma manifestante dos sem-teto em São Paulo.

    Qualquer estrangeiro que chegue desavisado ao Brasil e depare com multidões de manifestantes exigindo esses quatro direitos básicos de cidadania, todos associados à palavra “dignidade”, pode perguntar.
    “O que aconteceu? É a direita que governa agora o país?” Não, é Dilma, com Lula.
    Dá medo? Ou esperança?
    R.A.

  13. Daise said

    EDUARDO CAMPOS:O TARIFAÇO E A ATITUDE COVARDE DE DILMA

    É preciso falar ao país que o governo brasileiro tomou emprestado, em nome de tantas Marias, de tantos Josés… bilhões de reais que foram ofertados às companhias de distribuição de energia, para que o povo pague esta conta depois da eleição com um tarifaço de energia, com um tarifaço de combustível”, disse o ex-governador pernambucano.
    O socialista se referiu ao aporte feito pelo Tesouro Nacional na Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para cobrir os custos da energia de curto prazo mais cara devido ao uso intenso das termoelétricas no país e do controle de preços dos combustíveis, que vem sendo mantidos em patamares mais baixos para ajudar a conter a inflação.

    O PT, que esperava ver no discurso de abertura da “Copa das Copas” sua presidente e candidata em momento triunfal, já a excluiu da solenidade de abertura. Sabe que a vaia será inevitável, como, aliás, já ocorreu na abertura da Copa das Confederações.
    Dilma não discursará, talvez nem compareça.

  14. Daise said

    SP; TEM METRO, TEM TRENS, TEM POUCA ÁGUA MAS NÃO TEM PREFEITO

    https://www.youtube.com/watch?v=y6KUhm7hN4E

  15. Daise said

    SP: TEM METRO, TEM TRENS, TEM POUCA ÁGUA MAS NÃO TEM PREFEITO

  16. Daise said

    SP: TEM METRO, TEM TRENS, TEM POUCA ÁGUA MAS NÃO TEM PREFEITO E NEM ESTADIO PRONTO PRA ABERTURA DA COPA

  17. Daise said

    SP: TEM METRO, TEM TRENS, TEM POUCA ÁGUA MAS NÃO TEM PREFEITO 2

    O cara ém um coxinha teórico. O povo que se foda!

  18. Otto said

    Muito menos governador…

  19. Daise said

    Os últimos pangarés do pt que tentaram se eleger governador por aqui foram Genoino ( hoje na cadeia) e Mercadante, o irrevogável.
    Nem chegaram ao 2o. turno. O Padilha da Quadrilha segue pelo mesmo caminho.

  20. Pax said

    A mim mais parece que SP tem é Alstom com as rédeas do governo, segundo noticiário pra lá de farto.

  21. Patriarca da Paciência said

    “Muito menos governador…”

    Minha opinião, caro Otto, tem governadores tucanos faz vinte anos, só que é bem pior que não ter governadores !

    A segurança pública é uma calamidade, os serviços públicos são uma calamidade, como diz aquela paródia do hino do Rio de janeiro, adaptando, à Paulicéia Desvairada, ” São Paulo, cidade que nos seduz, de dia falta água e de noite falta luz !

    Mas sobra corrupção ! E os tucanos colocaram uma raposa para cuidadar do galinheiro, ou seja, Robson Marinho.

    Faz dezessete anos que um dos maiores corruptos deste país é encarregado de “fiscalizar” as contas do governo !

  22. Pax said

    O problema, caro Patriarca, é o PT se igualar. Infelizmente o caminho adotado é o mesmíssimo.

    Há uma enorme crise de representatividade. Que não é só brasileira. É geral.

    Na Colômbia a direita é quem manda. E o candidato da ultra-direita é quem teve mais votos. O outro é de direita também.

    http://www.ebc.com.br/noticias/internacional/2014/05/colombia-apoio-da-esquerda-podera-decidir-segundo-turno

    Na Europa a direita está em alta. No Parlamento da União Européia o centro-direita teve mais votos que a esquerda.

    http://www.portugues.rfi.fr/geral/20140526-grupo-de-centro-direita-ppe-vence-eleicao-do-parlamento-europeu

    Mas o que mais impressiona é a abstenção. O povo encheu o saco desse modelo de representação.

    Na Colômbia 60% dos eleitores não votaram.

    Na Europa o quadro ficou parecido. Na França quase 60% dos eleitores não votaram. Na Inglaterra bem mais que isso, 66%.

    Isso significa que o povo, seja aqui no Brasil como mundo afora, está muito incomodado com os modelos políticos que se apresentam para representá-lo.

    Aqui no Brasil o quadro não difere, depois de 12 anos de um governo dito popular, depois de tanto escândalo, com tanta gente chata que não aceita uma crítica sequer, uma galera não tem mais a menor identificação com esse governo que se abaixa aos velhos modelos, aos velhos coronéis, aos ruralistas (os brabos – não sou contra os ruralistas, sou contra essa turma que só quer mamata e são muito bem representados por Ronaldo Caiado, Blairo Maggi, Kátia Abreu etc).

    O PT seguiu esse rumo. O mesmo que o PSDB assumiu, com sua relação de amor com o DEM e o PMDB. Este segundo que, independente de quem assumir em 2015, estará mandando e desmandando como sempre.

    O PSDB se esgotou em 8 anos no âmbito federal. O PT já está há 12 e pode ser que fique 16, segundo as últimas pesquisas. Mas seu rumo de desgaste parece só se confirmar.

    O que faz uma enorme parcela da sociedade não ter mais identificação. E os que ainda tem, com certeza tem enormes vergonhas a serem escondidas.

  23. Patriarca da Paciência said

    “A atitude do PT de entrar com uma ação no STF reforça o argumento dos mensaleiros. Mas há um custo político. A estratégia do partido se contrapõe a uma expectativa do Palácio do Planalto, que gostaria de ver esquecido o tema mensalão neste ano eleitoral.

    Dentro do STF, a decisão será tomada pelo plenário. Joaquim Barbosa terá uma grande derrota se sua tese for perdedora.”

    http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2014/05/26/pt-vai-ao-stf-contra-joaquim-para-ajudar-mensaleiros/

    Acredito que o Fernando Rodrigues está redondamente enganado – a militância do PT quer mais é que esse julgamento de exceção, essa verdadeira calamidade que foi o tal “mensalão” jamais seja esquecido ! E o PT tem mais é que aprender com seus erros, principalmente a indicação de Joaquim Barbosa, Ayres Britto, Fux etc.etc..etc.

    Sou apenas um simpatizante, mas por mim o PT deve lutar até o fim e só aceitar a vitória ! Chega de ser bonzinho ! Parlamentar do PT que ficar com medo de perder voto, vai perder muito mais, ou seja, vai perder seu próprio caminho. E vai ficar mais perdido que cachorro que cai de caminhão de mudança.

    Caro Pax,

    acho que o PT nunca se “igualou”. Em primeiro lugar, os resultados estão aí, melhor distribuição de renda, redução significativa da miséria, mais escolas, mais casas, 98% das crianças nas escolas, mais médicos. Em bem pouco tempo o atendimento médico no Brasil dará um enorme salto de qualidade, granças ao programa Mais Médicos.

    Então as bases estão todas lançadas.

    E quanto a verdadeira fonte da corrupção no Brasil, o financiamento de campanhas políticas, faz anos que o PT tenta resolver.

    Na última tentativa, o Gilmar Mendes permanece sentado em cima do processo que daria um grande passo na solução do problema.

    A coisa é complicada mas tem solução. “Ha que haver tempo e paciência, mais que fúria e violência”

  24. Pax said

    Caro Patriarca,

    Respeito tua opinião, mas a minha é bem diferente.

    Acabo de ler o PD no Facebook e me parece que ele tem um bocado de razão. Saca só.

    Pedro Doria
    8 min · Rio de Janeiro · Editado ·
    Quem sente inflação, principalmente inflação em Serviços e Alimentos como é o caso da nossa, são principalmente pobres e classe média baixa. Pode chamar de Classe C.
    Pesquisa do Ibope na semana passada: todos crescem. Mas depende onde. Dilma cresce entre os mais ricos. Na Classe C e entre os pobres, não se mexe. Ela cresce entre quem não sente forte a inflação. Dilma cresce entre quem tem dinheiro. É claro que o PT está preocupado. É claro que faz filme dizendo para essa gente: ‘vc pode perder tudo’.
    Na segunda metade dos anos 1940 e princípios dos 50, uma enorme parcela da população americana foi tirada da pobreza. Judeus, italianos, irlandeses. Dez anos depois, os negros estavam nas ruas. É como se eles não tivessem tido direito àquilo. (E, lá, não tiveram mesmo.)
    Entre finais dos anos 1990 e a primeira década do século, uma enorme parcela da população brasileira foi tirada da pobreza. Ganhou estabilidade na moradia, do emprego, acesso ao mercado de consumo. Dez anos depois, o transporte, a saúde e a escola nem de perto se resolveram. E, de uns anos para cá, essa turma sente que aquela estabilidade anda instável. Não está feliz.
    O Brasil não chegou a ter um ritmo de crescimento chinês mas flertou por ali. Havia otimismo. Quando as datas de 2014 e 2016 ainda estavam distantes, entre conversas de trem bala, grandes estádios, cidades muito melhores, o país do futuro parecia próximo. Não foram poucas as obras. Mas o gosto final é de improviso, de as coisas não terminaram, de que tudo ficou pela metade. País do futuro forever.
    Enquanto isso, escândalos de corrupção estouram envolvendo todo mundo, no governo e na oposição. As máquinas de verborragia política, à direita e à esquerda, passam a primeira, aumentam o som e o ruído no debate. Gritam alto, chamam os outros das piores coisas, e não discutem nada de realmente relevante. (Enquanto isso, distraem muita gente que acha que está conversando sobre política.)
    O Brasil está de mau humor?
    Que surpresa…

  25. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    acho que o Pedro Doria acerta de um lado e erra do outro.

    O lado que ele acerta é dizer que a pessoa que sobe um degrau, sempre vai querer subir mais um. O Lula já vem dizendo isso faz um bom tempo, ou seja, a pessoa compra uma moto, depois quer um carrinho usado, depois vai querer um carrinho zero etc.etc.etc. E o Lula conclui que isso é ótimo e é o que faz o país crescer.

    Agora, essa história de que está ocorrendo a volta da inflação, realmente, é simples torcida, talvez para o Aécio ou para o Campos. Nada a ver mesmo. Os fundamentos da economia brasileira continuam sólidos e o Banco Central já deu sinais de que vai parar, ou até diminuir os juros. . O dólar também já está precisando até de intervenção do Banco Central para não baixar demais.

    O Banco Central errou a dose na baixa dos juros e foram necessárias algumas correções. Juros envolvem um grande número de variáveis e é um cálculo dificílimo. No Brasil, devido ao longo tempo de convívio com a inflação, foram criados vários mecanismos de defesa que agora se recusam a morrer. Tornaram-se vigorosos demais. Taxas bancárias, impostos sobre operações financeiras, “taxas de administração” etc.etc. etc.

    Mas é uma questão de estratégia. Torço para que na próxima investida para baixar os juros, os técnicos tenham aprendido com seus erros e apresentem uma estratégia eficaz.

  26. Patriarca da Paciência said

    Um grande problema que eu vejo no Brasil é não haver mecanismo para conter abusos de autoridades.

    Joaquim Brabosa, a cada dia, apresenta um novo arbítrio do qual a grande maioria de juristas não concorda e fica por isso mesmo. Gilmar Mendes “pede vistas” de um processo cuja votação já estava totalmente definida e fica por isso mesmo.

    O Brasil não criou nenhum mecanismo para coibir tais abusos ?

    Taí um grande problema que eu considero de grande urgência que seja resolvido no Brasil.

  27. Pedro said

    Segunda feira, fria e chuvosa.
    Nada como um post destes pra animar o dia. :-(

    Robson Marinho? Papuda, neste fdp.

    ……………..

    Fora do post, recebo um link, desanimador, tanto quanto.

    http://naovaisair.com.br/

    Relata, a promessa e a realidade, de cada uma das obras para a copa. Um tapa na cara do cidadão.

    Tamufu :-(

  28. Daise said

    Companheiro Patriarca

    Por que tanto ódio contra S. Paulo? #21

    Todos conhecemos suas observações lógicas, e mensuráveis, por conhecer o antes e o agora, de acordo com suas crenças. Dizia o companheiro Pax.

    O companheiro Pax nunca mente!

    Por isso estou surpresa, pois eu até agora não sei em que estado do Brasil você mora.

    É no Maranhão?

    No Maranhão, de acordo com o IBGE, 50 dos cerca de 220 municípios do estado têm Índice de Incidência de Pobreza superior a 59,17%. Barra do Corda, cidade com mais de 80 mil habitantes é uma delas, com mais de 60%. No campo da educação o mesmo instituto mostra que em 2010, 12% dos moradores com 10 ou mais anos de idade nunca haviam frequentado a escola, e que 60,5% da população da mesma faixa etária não possui instrução ou tinha o ensino fundamental incompleto – algo a ser levemente relativizado pelo fato dessa etapa ser finalizada aos 14 anos.

    lula recomenda o agora e o antes, no Maranhão assista:

    https://www.youtube.com/watch?v=7KaajlSCQpU\

    o antes:

    Patriarca: Qual é o Lula que você acredita?

  29. Patriarca da Paciência said

    “Por que tanto ódio contra S. Paulo? #21″

    Eu, odiar São Paulo ???????!!!!!!!!!!!!!!!!!

    É risível ! Por acaso São Paulo é o PSDB ou os governos tucanos ?

    Muito pelo contrário, acho São Paulo um lugar maravilhoso,principalmente as cidades do interior paulista, são ótimas.

    Pela que o estado seja tão mal governado por duas décadas. Estou na maior torcida para que o estado volte a ser bem governado, principalmente se o Padilha vencer.

    E se eu fico feliz com os problemas do Maranhão ???????????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    É claro que não, é por isso que eu quero que o governo do PT continue, porque se por uma infelicidade o PSDB ganhar, o Maranhão vai voltar ao esquecimento.

    E quanto ao problema do Lula com a Roseane Sarney, eles que resolvam entre s e, parece que já resolverami. Nada tenho a declarar.

  30. Patriarca da Paciência said

    Correção: Pena que o estado seja tão mal governado por duas décadas. Estou na maior torcida para que o estado volte a ser bem governado, principalmente se o Padilha vencer.

  31. Otto said

    Pax, se possível, dê uma lida:

    http://www.ocafezinho.com/2014/05/26/a-entrevista-com-o-advogado-de-pizzolato-e-a-derrota-moral-do-mensalao/

  32. chesterton said

    Ou o povo acaba com o pt, ou o pt acaba com o povo.

  33. Pax said

    Caro Otto,

    Li até a parte que os centavos dos tais R$ 320.000 se tornam argumento que propina não vem com quebrados. Juro que não deu mais pra ler depois disso.

  34. Patriarca da Paciência said

    “Estátua de bronze do ex-presidente do Brasil faz parte da exposição “A América nos olhos de Yuan Xikun”, no National Mall, em Washington, nos EUA; entre outras pessoas retratadas pelo artistas chinês estão Abraham Lincoln (Estados Unidos) e Gabriel García Márquez (Colombia)”

    http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/141278/Lula-ganha-est%C3%A1tua-em-Washington-nos-EUA.htm

    Agora o reinaldo rola-bosta pira de vez !

  35. Pax said

    Isso é preocupante. Muito preocupante. Pescado no Facebook de um amigo português…

    Eleições Europeias – Direita! Volver!

    Na França, a Extrema-Direita foi a grande vencedora das eleições europeias. O Secretário Geral honorário da Frente Nacional – o partido vencedor – disse, há poucos dias atrás, que o vírus do Ébola resolveria o problema da imigração na França em três meses. O mesmo sujeito disse que as câmaras de gás na II Guerra Mundial foram apenas um pequeno detalhe do regime nazi.
    Na Alemanha, o NPD, Partido Nacional Democrático, também conseguiu lugares no Parlamento Europeu. Este partido neo-nazi defende que a Europa é um continente de pessoas brancas, quer expulsar os estrangeiros que vivem e trabalham na Alemanha, e levam para os seus comícios bandeiras proclamando a ideologia nazi do “Nacional Socialismo”.
    Na Grécia, os ultra-nacionalistas da Aurora Dourada também conseguiram lugares no PE. O porta-voz do partido enverga, orgulhosamente, uma suástica tatuada no ombro, exclamou que o país tem de libertar-se da escumalha, referindo-se aos imigrantes na Grécia, e vários dirigentes do partido estão actualmente detidos, condenados por crimes de ódio. Foi o terceiro partido mais votado na Grécia.
    Na Finlândia, o Finns foi um dos partidos que também assegurou lugares no PE. Este partido defende que só os verdadeiros finlandeses têm o direito a viver no país, quer expulsar os muçulmanos do território nacional e quer proibir a união de casais do mesmo sexo.
    Na Dinamarca, o Partido do Povo Dinamarquês teve quase 27% dos votos e duplicou o seu número de eurodeputados. A fundadora do partido defende que a imigração na Dinamarca não é natural nem bem-vinda e alega que os imigrantes na Dinamarca só poluem o país com guerras de clãs, assassinatos e violações.
    Na Holanda, o Partido da Liberdade, da Extrema-Direita, consegiu quatro lugares no PE. O líder do partido quer expulsar todos os muçulmanos do país e já tem tentado formar alianças com outros partidos ultra-nacionalistas de outros países, tentando promover leis europeias de maior controlo de fronteiras e restrição da livre-circulação de cidadãos europeus na Zona Euro.
    O Jobbik, na Hugria, é um partido neo-nazi que defende que os judeus que vivem na Hungria devem estar sujeitos a um registo especial, que os sujeite a controlos regulares, pois consideram que os judeus constituem um risco para a segurança nacional. Vários dirigentes do partido também já referiram que gostariam de ver a raça cigana erradicada do planeta. Conseguiram 14,7% dos votos nestas eleições.
    Na Áustria, o partido da Liberdade Austríaca aumentou a sua representação no PE para o dobro, conseguindo dois eurodeputados. Este partido, de ideologia ultra-nacionalista, defende que os estrangeiros na Áustria devem voltar para os seus países e que a Áustria não tem lugar para mais imigrantes.
    Na Itália, os Lega Nord conseguiram 6% dos votos. Um dos seus eurodeputados disse que os negros são intelectualmente inferiores aos brancos.
    Pela primeira vez, o Parlamento Europeu terá um bloco inteiro constituído por partidos da Extrema-Direita, ultra-nacionalistas, defensores da saída dos seus países da União Europeia.
    O elemento comum a todos estes partidos é a ideologia fundamentada pelo preconceito racial e xenófobo. Agora, esses grupos têm uma representação europeia forte, que poderá ser decisiva durante os próximos anos, na aprovação e rejeição de muitas das leis que influenciarão a política dos Estados-Membro, incluindo Portugal.
    A apatia em relação à política, que se traduziu em níveis massivos de abstenção por toda a Europa, abre espaço para estas dinâmicas eleitorais.
    A todos os que se abstiveram, alegando que nenhum dos partidos do boletim de voto os representava, tenham o seguinte em mente: “democracia” não é escolher apenas o partido dos vossos sonhos, que irá realizar todas as políticas que vocês gostariam de ver realizadas. A democracia acontece quando a maioria escolhe o partido cujos valores que mais se aproximam dos valores que o eleitor gostaria de ver defendidos. Não estamos a escolher o partido perfeito, estamos a escolher o mal menor.
    E o que acontece quando não nos damos ao trabalho de escolher um mal menor? Ganha o mal maior, como aquele representado pelos neo-nazis que, agora, passarão a influenciar a orientação política europeia.
    Com quase 70% de abstenção em Portugal nestas eleições europeias, aqueles que ficam de braços cruzados, dizendo que votar nada irá resolver, têm mais é de abrir os olhos e ver o que está a acontecer à sua volta.

  36. Chesterton said

    Preocupante é a incompetencia dos governos socialistas. Isso aí é um efeito periférico e muito pequeno.

  37. Chesterton said

    ‘Nós exigimos que o Estado especialmente se encarregará de garantir que todos os cidadãos tenham a possibilidade de viver decentemente e recebam um sustento”; “nenhum indivíduo fará qualquer trabalho que atente contra o interesse da comunidade para o benefício de todos”;

    “Que toda renda não merecida, e toda renda que não venha de trabalho, seja abolida”; “nós exigimos a nacionalização de todos os grupos investidores”; nós exigimos participação dos lucros em grandes indústrias”;

    “Nós exigimos a criação e manutenção de uma classe média sadia, a imediata socialização de grandes depósitos que serão vendidos a baixo custo para pequenos varejistas, e a consideração mais forte deve ser dada para assegurar que pequenos vendedores entreguem os suprimentos necessários aos Estados, às províncias e municipalidades”;

    “Nós exigimos uma reforma agrária de acordo com nossas necessidades nacionais, e a oficialização de uma lei para expropriar os proprietários sem compensação de quaisquer terras necessárias para propósito comum. A abolição de arrendamentos de terra, e a proibição de toda especulação na terra”;

    “A fim de executar este programa, nós exigimos: a criação de uma autoridade central forte no Estado, a autoridade incondicional pelo Parlamento político central de todo o Estado e todas as suas organizações.”

    chest- quem escreveu isto?

  38. Chesterton said

    Até o Ronaldo desistiu….

  39. Chesterton said

    se faz de burro para passar bem…

    http://blogdomariomagalhaes.blogosfera.uol.com.br/2014/05/27/se-tivesse-padrao-fifa-o-brasil-seria-muito-pior/

  40. Elias said

    Pausa.

    Ibope: Dilma = 40%. Aécio, 20% + Campos, 10% = 30%.

    Volto pro batente.

  41. Elias said

    Antes porém, alguns detalhes.

    Com certeza, o Dória não leu a pesquisa do Ibope. No mínimo, não leu toda.

    Dizer que Dilma “cresce entre os mais ricos” é um grande erro. Nem precisa ler toda a pesquisa pra sacar isso. É só usar um mínimo de raciocínio lógico: No Brasil, impossível sair de 35% e chegar a 40% crescendo apenas “entre os mais ricos”…

    A estratégia do PT está bem montada e, até aqui, tem sido executada com bastante competência. Está atingindo todas as faixas da população, com diferentes tipos de “corte” (cultural, econômico, etário, etc.). Daí o crescimento das intenções de voto em Dilma, independentemente de faixa de renda, de nível educacional, de idade, etc. Isso no momento em que a direita ainda nem tinha esvaziado as garrafas de champanhe com que ela festejara o brutal desgaste proporcionado pelo mensalão…

    Outro erro crasso do PD é a percepção da inflação.

    A oposição, notadamente o pessoal que passa por ter um nível cultural mais elevado, quase tem orgasmos ao saber que a inflação de 2014 pode chegar aos 6,5% (fingindo esquecer que Lula assumiu com uma inflação de 12%, quase o dobro). Acha que pode tirar proveito eleitoral da meta inflacionária não ser cumprida…

    Pra quem não tem nenhuma amarra partidária — ou seja, a esmagadora maioria da população — pouca diferença faz, no dia-a-dia, se a inflação é de 4,5% ou 6,5% ao ano. Os dois pontos percentuais a mais, diluídos num período de 12 meses, pouco afetam a percepção de quem não tem lado definido na luta política.

    O que acontece é que a maioria dos jornalistas e analistas políticos vive num mundo à parte, que nem sempre tem muito a ver com o mundo em que vive a maior parte da população. A pauta dos jornalistas e analistas políticos não necessariamente é a parta do homem da rua… A percepção de prioridade dos jornalistas e analistas políticos nem sempre é a percepção da maioria da população, embora em seus textos eles costumem fazer de conta que sim…

    Isso fica muito claramente perceptível quando se compara a íntegra de um relatório de pesquisa, como a do Ibope, com os escritos da maior parte desse pessoal que assina coluna em jornais, fala na tevê, etc.

    Muitas vezes, essas manifestações expressam mais desejos do que constatações…

    Agora é pra valer. Volto pro batente!

  42. Zbigniew said

    Um trecho revelador em #35, caro Pax:

    “(…)
    A todos os que se abstiveram, alegando que nenhum dos partidos do boletim de voto os representava, tenham o seguinte em mente: “democracia” não é escolher apenas o partido dos vossos sonhos, que irá realizar todas as políticas que vocês gostariam de ver realizadas. A democracia acontece quando a maioria escolhe o partido cujos valores que mais se aproximam dos valores que o eleitor gostaria de ver defendidos. Não estamos a escolher o partido perfeito, estamos a escolher o mal menor.
    (…)”

  43. Zbigniew said

    Quando se diz que o problema é de cima a baixo, é porque a coisa é realmente séria. Ou será que aqueles que comandam entes federativos como Estados e municípios são semi-imputáveis ou inimputáveis por pura e simples incapacidade de planejar e executar?

    É não! É que o sistema é viciado mesmo…


    O Valor de hoje traz uma matéria que faz um chocante retrato sobre as responsabilidades do principal “nó” das grandes cidades brasileiras.

    Bilhões são desprezados por Estados e municípios para mobilidade

    Nela se diz que Estados e Municípios só conseguiram se habilitar a R$ 479 milhões dos R$ 12,4 bilhões oferecidos, a fundo perdido,e de mais R$13,9 bilhões a juros modestos, oferecidos pelo Governo federal para obras de metrô, trens, corredores expressos e outras iniciativas de melhoria da mobilidade urbana nas cidades médias, grande e metrópoles brasileiras.

    http://jornalggn.com.br/noticia/as-dificuldades-dos-governos-locais-nos-projetos-de-mobilidade-urbana

  44. Zbigniew said

    E aqui um outro trecho revelador do texto do Valor citado:

    (…)
    “A verdade é que a Copa “empurrou” os governos locais a tomarem a peito seus deveres.

    Sem ela, muito provavelmente os investimentos em mobilidade urbana – ainda que atrasados diante de nossas necessidades – estariam entregues à modorra dos órgãos burocráticos, ou à dos de controle (TCU, Ibama, Ministério Público, etc…) que sempre – com razão ou sem razão – criam entraves quase inultrapassáveis.

    A Copa, meus amigos, “botou pressão” sobre estes processos, ainda bem.”
    (…)

  45. Chesterton said

    http://www.implicante.org/noticias/assessora-do-filho-de-dirceu-e-presa-tentando-aplicar-golpe-na-caixa/

    chest- putz, foi aprender logo com quem…

  46. Pax said

    O problema, caro Zbigniew, é quando o tal “mal menor” se aproxima demais do “mal maior”. Este último jantar de Dilma em Brasília, na sexta, não te diz nada? É só um exemplo de inúmeros.

    Caro Chesterton, não tiro todas tuas razões ao afirmar que as causas desse neo-ultra-direita aparecendo forte na Europa seja a irresponsabilidade fiscal de vários governos socialistas. É uma parte da culpa, sim. Mas reduzir a análise a isso é muito pobre, no meu entender. Há outras questões. Por exemplo, de chofre, quem são os tais imigrantes que incomodam os brancos limpinhos da Europa? Por quais razões imigram? Só aí já há outra tese a ser elaborada que pode igualar o peso da irresponsabilidade fiscal efetivamente cometida.

    Caro Elias, creio que a oposição arvorou cedo demais as pedras jogadas no telhado alheio, tendo seu telhado feito de cristal muito fino. Fino não de chique, fino de bunda de fora mesmo, cristal que não se sustenta muito. A questão é saber como isso será tratado pelos marketeiros de plantão, sabendo que a mídia vai jogar o jogo que joga até quando souber que não tem mais volta. Aí, como sempre, junto com o PMDB, vai se agarrar onde a teta farta estiver garantida.

    Acabo de chagar na cidade. Fui resolver o problema de alternador do meu velho jeep. Uns 10 anos atrás o original pifou, a grana estava mais farta, mandei trocar, reformar o original e embalar em plástico. Deixei esse reformado numa caixa de tranqueiras que sempre mantenho no jeep, com cordas, correntes, tifor, macaco de 4 ton extra, ferramentas, óleos etc. Enfim, caixa de tranqueiras salva-vidas. Como o dinheiro anda curto, consegui testar o velho alternador recondicionado, estava 100% depois de 10 anos embalado em plástico desses de cozinha, esses fininhos e colantes. Trouxe o pifado de volta, quando pintar um refresco no caixa mando reformar este e embalo de novo. Deve ser o regulador ou as escovas. Enfim… Só que resolvi conversar com os mecânicos, um deles meu amigo que estava com outro amigo, eletricista doméstico. Como levamos meu carro numa auto elétrica pra testar e trocar os alternadores, chamei os dois pra um café. Como acordo às 5h ou antes disso, já estava pensando na janta. No meio do café resolvi provocá-los perguntando em quem votariam. Meu amigo disse que queria alguém do bairro, pra votar. Nem sabia que esse ano as eleições são pra presidente, estados e parlamento. O outro era um pinguço danado, eletricista conhecido por todos – depois fomos comprar peças pra outro carro que meu mecânico consertava numa outra loja, conversando na rua. Pois bem, esse pinguço disse que esse papo de crise era coisa criada, que o Brasil tinha mudado de cara, que todo mundo estava melhor, comprando carro, moto, geladeira etc. Meu mecânico se tocou do papo e disse: é verdade. Aí esse tal eletricista disse que o problema era a governabilidade, que o governo não conseguiu fazer muita coisa porque não foi possível, mas que estava comendo o mingau pelas bordas. Nesta hora interferi. Adorei a politização do tal eletricista pinguço, desses de cara inchada mesmo. Falei que esse papo de governabilidade, de não conseguir mudar nada, em 12 anos, é papo pra boi dormir. Disse pro cara: (em paulistês): “Ô meu, isso é caô, não vem com essa conversa pra cima de mim que tenho 25 anos de estudo em malandragem no Rio de Janeiro. Lapa, pra mim, era zona de rico. Governo que não muda nada nesse modelo em 12 anos é porque gostou da teta que achou. O cara reconheceu. Papo vai, papo vem, entrou conversa de macho na história, conversa de rolos de negócio, conversa dos últimos conhecidos assaltados no bairro, e voltou o papo político. Aí o pinguço matou a pau: “mas eu não troco esse governo que mudou a cara do Brasil com essa turma que ferrou com os trens e metrôs, deixou SP sem água, já conhecia e montou os esquemas todos de corrupção que o governo da Dilma e do Lula adotou e que tá roubando sim, mas é bem diferente”. E aí perguntei: E o tal do Campos? Na lata o cara disse: “E ele tem alguma diferença?”. Meu amigo mecânico ficou com cara de que precisa pensar e não disse mais nada.

    Baseado em fatos muito reais. De agora de manhã. Custo da minha pesquisa: R$ 60,00 pela troca dos alternadores, R$ 5,50 por 3 cafés e um salgado (os outros não quiseram, mas eu sou glutão – não gordo, mas glutão) e R$ 6,00 em três notas de R$ 2,00 que dei pro mecânico que trocou o alternador na oficina do amigo do meu amigo mecânico.

  47. Chesterton said

    imigram porque moram emk países-pocilga que apesar de toda ajuda não conseguem um nivel minimo de civiliação. E isso nada tem a ver com a irresponsabilidade em relação a dinheiro mal administrado.

    http://oglobo.globo.com/opiniao/aumenta-desigualdade-12612037

  48. Pax said

    e como conseguiriam um mínimo de civilização, caro velho e rabugento Chesterton? Não seria com um mínimo de Estado de Bem Estar Social?

    Xeque, quase mate!

    =)

  49. Daise said

    O PINGUÇO QUE MATA A PAU

    Para surpresa de poucos comentaristas, o companheiro Pax em suas observações do cotidiano que o cerca, acaba “por coincidência” encontrando apenas relatos de pessoas que pensam o que ele pensa. Esse causo do eletricista carioca pinguço beira o cômico:

    Aí o pinguço matou a pau: “mas eu não troco esse governo que mudou a cara do Brasil com essa turma que ferrou com os trens e metrôs, deixou SP sem água, já conhecia e montou os esquemas todos de corrupção que o governo da Dilma e do Lula adotou e que tá roubando sim, mas é bem diferente”

    O pinguço, caracterizado pelo companheiro Pax em apenas uma frase resume tudo aquilo que ele Pax vem dizendo aqui nos últimos tempos….por absoluta coincidência.

    Pax descobriu um “Chance Garden”, enquanto arrumava o alternador do velho jipe.

    É notável.

  50. Daise said

    Chesterton #39

    Profético.

    BRASÍLIA – Ao receber o apoio do PP à sua reeleição, a presidente Dilma Rousseff afirmou, nesta terça-feira, que os aeroportos brasileiros não têm “padrão Fifa”, mas “padrão Brasil”, e disse que considerou “interessantíssima” uma matéria que critica o padrão Fifa, citando os preços altos dos ingressos para os jogos da Copa. Ainda de acordo com a presidente, o Brasil tem “mania” de fazer avaliação crítica da Copa e pediu que os brasileiros recebam bem os visitantes.
    — Os aeroportos não têm padrão Fifa, vocês vão me desculpar, têm padrão Brasil. Não estamos fazendo aeroporto só para a Copa, só para a Fifa. Estamos fazendo para os brasileiros — discurso a presidente no ato político do PP.
    Dilma afirmou que o padrão Fifa de qualidade é uma forma “incorreta” do Brasil tratar certas questões:
    — Hoje saiu uma matéria interessantíssima sobre o padrão Fifa, do Mario Magalhães (UOL), dizendo “livrai- nos do padrão Fifa, que cobra de maneira bastante significativa pelos ingressos, não permite que sejam democratizados”. Enfim, ele faz um elenco de críticas à Fifa. Eu acredito que o padrão Fifa é uma forma incorreta do Brasil tratar certas questões.
    A presidente também afirmou ter ficado “muito feliz” ao ler matéria do jornal Folha de S.Paulo, segundo a qual os gastos da Copa são equivalentes a um mês do gasto federal com educação, “porque tem uma mania no Brasil de olhar para a Copa e fazer avaliação crítica”.

    O evento, um almoço em um restaurante de Brasília, foi organizado para que o PP anunciasse o apoio à reeleição de Dilma. A convenção nacional do partido acontece no dia 25 de junho. Nas eleições de 2010 o PP ficou neutro. Neste ano, apesar do apoio nacional, o partido se engajará na campanha do candidato do PSDB, senador Aécio Neves (MG), em estados como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.
    — Gostaria muito que a senhora fosse uma unanimidade, não tivesse adversários, mas nós temos que enfrentar isso. Talvez o pragmatismo político quisesse que a gente esperasse mais tempo para anunciar nosso apoio, mas isso não faz parte da história do Partido Progressista — discursou o presidente nacional do PP, Ciro Nogueira.

    Entre os participantes do almoço estavam o deputado Paulo Maluf (PP-SP), que está na lista de procurados pela Interpol, e o ex-governador do Distrito Federal, Paulo Octávio, que renunciou ao mandato em meio ao escândalo do mensalão do DEM.

  51. Daise said

    Ronaldo Fenômeno disse que sente vergonha dos atrasos nas obras da Copa. A presidente Dilma rebateu afirmando que não devemos nos envergonhar.

    Devemos, então, nos orgulhar?

  52. Pax said

    Cara Daise,

    Nem todas as tintas da blogosfera são tintas pagas…

  53. Zbigniew said

    O Brasil é um mal negócio? Claro que não! muito menos com uns sócios como os tucanos. Ah, os tucanos!

    “UM TABU QUE SANGRA O BRASIL
    Os lucros, dividendos e royalties remetidos pelo capital estrangeiro totalizaram quase US$ 40 bilhões em 2013. Valor equivale à soma de gastos para construir as usinas de jirau, Belo Monte, Santo Antônio e a Refinaria Abreu e Lima. A isenção sobre as remessas, aprovada no governo FHC, tornou-se um desestímulo à reaplicação dos lucros numa economia carente de investimentos.”

    http://www.cartamaior.com.br/?/Editorial/Um-tabu-que-sangra-o-Brasil/31008

  54. Daise said

    Companheiro Pax

    Concordo. Eu não acho que vc seja pago.
    Excessos são apenas voluntarismos inconsequentes.
    E motivos de riso.

    Tenho certeza que ninguém aqui é pago.
    Comparado com “247s” da vida, aqui o seu blog é um exemplo de moderação e sensatez.
    Eu tenho prazer em expor minhas opiniões no seu espaço.

    Digo mais, eu compartilho de suas opiniões sobre a incompetência do Governo Dilma quanto às comunicações:

    Brasil só terá cobertura total de 3G em 2019, reconhece ministro

    Em 2019….o mundo será 7G….

  55. Daise said

    Zbigniew e caros comentaristas

    Uma regrinha simples para discernir quando usar “mau” ou “mal” na construção de uma frase em português;

    “mal” é o antônimo de “bem”.
    “mau” é o antônimo de “bom”.

    Qualquer frase que comece com O Brasil é um mal negócio? já me torna desconfiada das asneiras que virão a seguir, na matéria original.

    E vieram.Infelizmente.

  56. Chesterton said

    boa essa!

  57. Chesterton said

    48, nããããããõoooooo! A civilização e a riqueza vieram antes. O welfare state só trouxe decadência moral e financeira.

  58. Chesterton said

    os amiguinhos da Dilma voltasram……bomba no metrô!

    http://i.imgur.com/Z57Z4SN.jpg

  59. Chesterton said

    50 Padrão Fifa foi propganda (enganosa) petista. Todo socialismo acaba quando o dinheiro dos outros acaba.

  60. Chesterton said

    A maioria dos analistas aponta para as dificuldades econômicas como causa dessa “revolta contra o sistema”. Não há como negar que o baixo crescimento influencia, que o clima constante de crise econômica acaba produzindo sérios efeitos políticos. Mas esses analistas erram ao apontar para as medidas de austeridade, que em muitos casos sequer foram adotadas, como o vilão.

    Ao contrário: é justamente o excesso de welfare state que tem produzido esse sintoma. Governos inchados, endividados, que já cobram impostos em demasia, não conseguem lidar com o envelhecimento da população, com a perda do dinamismo econômico possível apenas com a “destruição criadora” do capitalismo liberal. Na ausência de reformas liberalizantes, o resultado é a estagnação econômica.

    Basta avaliar o caso francês, um dos mais sintomáticos por ceder espaço ao partido de Le Pen, com mensagem claramente xenófoba. Ora, o governo atual é do socialista Hollande, que foi à contramão das propostas liberais e intensificou o papel do estado na economia, chegando a adotar impostos de 75% sobre os mais ricos. O tiro saiu pela culatra. E alguns “intelectuais” de esquerda ainda tentam culpar o liberalismo pelo problema?

    chest- Roberto Carlos, claríssimo como sempre.

  61. Chesterton said

    Basiu!iu!iu!

    http://selvabrasilis.blogspot.com.br/2014/05/pensador-petista-e-comediante.html

  62. Daise said

    O PT, Dilma e o complexo de vira latas

    Atreva-se ao chegar ao GRU – aeroporto de Guarulhos e espere 3 horas na fila da Policia Federal. Antes de andar quilômetros à procura de sua bagagem.E depois andar tudo de volta.

    Padrão Dilma x Padrão Vira Latas
    Vira latas seriam mais eficientes.
    Eu sou uma vira lata!

    O PT prefere ser cachorrinho de madame!

  63. Pax said

    Caro, velho, rabugento e teimoso Chesterton, em #57,

    Temos uma visão muito distante. Você e o velho paradigma de crescer para dividir as migalhas do bolo. Já acho que esse modelo, se um dia foi bom – o que coloco também em questão – já se esgotou faz tempo. No meu entendimento não se sustenta. Assim como o novo modelo de consumo desenfreado e irresponsável. O planeta não suporta.

    Mas você com tuas ideias e eu com as minhas. Respeito as tuas. Na verdade respeito o teu direito de tê-las. Mas acho, sem ofensa, uma visão muito míope.

    Cara Daise, em #54,

    Há quem lide com a verdade, há que lide com meias verdades e há quem lide com nenhuma verdade.

    Desses três tipos, quem lida com meias verdades ou com nenhuma verdade acaba achando que os outros são iguais.

    Não são.

    =)

  64. Guatambu said

    Pax,

    Defina consumo desenfreado.

  65. Chesterton said

    Você e o velho paradigma de crescer para dividir as migalhas do bolo. Já acho que esse modelo, se um dia foi bom – o que coloco também em questão – já se esgotou faz tempo. No meu entendimento não se sustenta. Assim como o novo modelo de consumo desenfreado e irresponsável. O planeta não suporta.

    chest- não é uma questão de saber se é bom ou não, não faço juizo de valor. A realidade mostra que é o único meio. Ele não se esgotou de modo algum, a realidade mostra que o welfare state é que é insustentável. O planeta suporta consumo10 vezes maior que o atual DESDE QUE não seja de modo peto-tupiniquim, mas com uso de muita tecnologia advinda do engenho humano.
    Não posso respeitar teu ponto de vista uma vez que é proveniente de mistificações e preconceitos de origem socialo-marxistas.

  66. Pax said

    Caríssimo rabugento e desrespeitoso Chesterton,

    És mais teimoso que mula empacada.

    =)

    Nem os mais reacionários cientistas apóiam tuas crenças e continuas teimando.

    Mas te respeito, sim

    Enviada do meu iPhone

    >

  67. Zbigniew said

    Thomas Mann, emigrado nos EUA, na bizarra época do MacCarthismo e caça aos comunistas:

    “Estou pronto a declarar que a perseguição ignorante e supersticiosa dos seguidores de uma doutrina econômico-política – que, seja como for, provém da mente de grandes pensadores – não é só degradante para os perseguidores, mas também muito lesiva da reputação cultural deste país. Como cidadão americano de origem germânica, declaro que tenho uma familiaridade dolorosa com certas tendências políticas. A intolerância espiritual, a inquisição política, o descambar da segurança legal – e tudo isso em nome de um suposto estado de emergência – foi o que na Alemanha deu força ao que se seguiu, o fascismo, e depois do fascismo, a guerra.”

  68. Chesterton said

    És mais teimoso que mula empacada.

    chest- mas não brigo com termômetros como você.

    Nem os mais reacionários cientistas apóiam tuas crenças e continuas teimando.

    chest- cienticismo, a nova religião (mas há cientistas sérios que não caem nessa balela).

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 36 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: