políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Mais imposto, Temporão?

Posted by Pax em 13/10/2009

Parece que abrimos de vez a temporada de bolas fora do governo. É uma atrás da outra. Agora o Ministro Temporão quer voltar a discussão sobre a nova CPMF rebatizada como CSS.

Com R$ 200 bilhões por ano surrupiados em corrupção, desvios e anomalias no trato da coisa pública, uma carga tributária de primeiro mundo social democrata, mas com retorno de terceiro mundo, reavivar essa proposta me parece um belo tiro no pé.

Onde andam os estrategistas do PT? Cochilando?

Por mais que o Brasil esteja muito melhor, em evidência positiva mundo afora, há algumas impropriedades que são inacreditáveis. Ainda mais em véspera de eleições.

Brasília - O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, concede entrevista durante o 1º Encontro Nacional de Centro de Especialidade Odontológica e Equipe de Saúde Bucal da Estratégia Saúde da Família Foto: Marcello Casal Jr./Abr Brasília – O ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

Foto: Marcello Casal Jr./Abr

Temporão volta a defender nova contribuição para área de saúde

Thais Leitão – Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, voltou a defender hoje (13) a regulamentação da Emenda 29, que prevê a criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS), tributo que substituiria a extinta Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), para custear despesas da área. A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados.
De acordo com Temporão, a aprovação da proposta é fundamental para tornar viável a manutenção e o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Ele admitiu que essa não é a única possibilidade de garantir recursos para a pasta, mas destacou que até agora nenhuma “proposta milagrosa” foi apresentada.

Ele disse que no Brasil cerca de 80% das pessoas com mais de 60 anos usam unicamente o SUS e que, no futuro, a pressão aumentará, com o envelhecimento da população e o encarecimento da tecnologia.

“Essa é uma escolha da sociedade, se de fato vamos fortalecer e tornar viável o SUS ou se vamos fragilizar e permitir um novo apartheid social, entre os que têm dinheiro para comprar a saúde no mercado e os que dependem da medicina pública. Nós defendemos o fortalecimento da medicina pública para todos”, afirmou Temporão, durante a cerimônia de inauguração do Centro de Pesquisa em Imagem Molecular do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

O ministro também ressaltou que a proposta de regulamentação da Emenda 29 traz como benefício a melhor definição do que são gastos da saúde, já que, segundo ele, atualmente muitos estados contabilizam como sendo da área despesas que não se encaixariam especificamente neste critério. Ele estima que, com isso, de R$ 2 bilhões a R$ 5 bilhões deixam de ser direcionados ao SUS a cada ano.

Temporão também minimizou críticas feitas por representantes de movimentos sociais e de defesa do consumidor, que prometeram tentar derrubar a indicação de Leandro Reis Tavares e Maurício Ceschin para cargos de direção da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), sob a alegação de que eles seriam ligados a empresas de planos de saúde.

“Ninguém pode ser penalizado por ter trabalhado no setor privado. São profissionais com experiência, com currículo, e o que importa na verdade é a política que a ANS vai seguir. Essa política está determinada pelo governo, pelo Ministério da Saúde. Estou tranquilo em relação a essas indicações”, disse ele.

Anúncios

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: