políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Acompanhe a corrupção de 2016

Posted by Pax em 14/10/2009

Há fortes motivos para acreditar que haverá corrupção no orçamento que se refere às Olimpíadas de 2016. A prefeitura do Rio lançou um site chamado Transparência Olímpica que se propõe a expor publicamente todas finanças envolvidas.

No Pan, o orçamento que era por volta de R$ 400 milhões ficou em torno de R$ 4 bilhões. Algo como 10 vezes o previsto.

Será conseguiremos mudar essa triste realidade para as Olimpíadas? Sem esquecer que antes disso teremos uma Copa do Mundo de Futebol.

Há quem reclame de quem reclame da corrupção. Paciência. O dinheiro é público, então a corrupção é, ou deveria ser, do interesse de todos, afinal o dinheiro é nosso.

O site está somente no arcabouço. Acesse no link abaixo:

Transparência Olímpica

Alea Jacta Est!

Anúncios

4 Respostas to “Acompanhe a corrupção de 2016”

  1. Patriarca da Paciência said

    Há uma piada sobre português mais ou menos assim.

    O português vem andando por uma calçada quando vê uma casca de banana na sua frente. Pensa: “Ai meu Deus! Estou vendo que vou escorregar e cair!”

    Vi com grande otimismo a reunião dos procuradores para fins de fiscalização das obras. Não há outra saída, nem aqui, nem na China.

    Todos tem que fazer a sua parte.

  2. Zbigniew said

    Evidente que o Brasil tem muito a caminhar quando o assunto e “diminuicao da corrupcao”. Infelizmente somos um pais com uma cultura de “levar vantagem” extremamente entranhada nas nossas instituicoes. Mas isso nao e exclusividade nossa. Muitos outros paises conseguiram controlar e diminuir sensivelmente os indices de corrupcao. Por isso, muito mais do que estar preocupado com ela, vejo nas Olimpiadas uma oportunidade de amadurecimento, de aprimorarmos os sistemas de fiscalizacao, prevencao e punicao, com a participacao de toda a sociedade. Acho que e por ai que devemos trabalhar. Tomo a liberdade de citar um trecho do Kotscho, que achei bem pertinente em face do momento que vivemos:

    “(…) Defendemos o direito de torcer a favor dele (o Brasil), e não contra ele. Defendemos a dispensa da obrigação elitista de sermos “inteligentemente” irônicos, autodepreciativos e carregados de soberba ao criticar o País. Podem nos dispensar dessa obrigação. Trocamos tudo isso por torcer e, principalmente, por trabalhar para que o Brasil cresça sob todos os aspectos. Os econômicos, os sociais e os éticos.

    Defendemos que o Brasil precisa gostar mais do Brasil. E isso, é óbvio, não significa ignorar o que há de errado nele. E a realidade do dia a dia nos mostra que muito há de errado. Muito há por fazer. Muito há por melhorar. Mas isso não significa que não se possa comemorar o que há de bom. O que foi feito e o que está em andamento. Nós não nos furtamos da crítica. É da nossa essência. É da nossa função. Mas fugimos da prática do linchamento oportunista, calhorda e metido a besta. Assim como fugimos da pieguice. Ou pelo menos do excesso dela.(…) “

  3. Pax said

    A priori fiquei feliz por abrigarmos as Olimpíadas. Imediatamente fiquei preocupado com:

    1 – que ela seja bem feita, que fortaleça a imagem do Brasil.

    2 – que não sirva de fonte de assaltos dos cofres públicos pela meia dúzia que tem esse hábito.

    Acho bom que tenha o site, desde que permita que a sociedade obtenha informações e solte a voz nas irregularidades eventualmente apontadas.

    Pelo que o noticiário indica, o Pan foi um mau exemplo. Que as Olimpíadas não sigam o mesmo caminho.

    Poderia enumerar muitos pontos de interesse mas fico num só: a vocação brasileira para o turismo, com uma estrela especial para o Rio, a cidade mais bonita que conheço do mundo.

    Se quisermos ficar só neste ponto, as vantagens que o Rio poderá ter fazendo bem feito o trabalho de casa…

  4. Convido a todos para a leitura do artigo “A realidade olímpica”, que aborda o assunto em discussão. Para não transcerver aqui um texto muito longo, indico seu link: http://guilhermescalzilli.blogspot.com/2009/10/realidade-olimpica.html .
    Abraços do
    Guilherme

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: