políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Heptâmetro de Quintiliano

Posted by Pax em 23/10/2009

Que? Quem? Quando? Porquê? Como? Onde? Com que meios?

Se você responder essas sete perguntas, terá elucidado um fato.

Que? – Traficantes derrubaram um helicóptero da PM do Rio mantando 3 de seus ocupantes.

Wikipédia

Quem? – Ninguém sabe, estão matando algumas dezenas, incluindo inocentes, para parecer que sabem e estão fazendo alguma coisa a respeito.

Quando? – Essa semana, dia 17/10/2009, todo mundo (literalmente) viu as imagens.

Porquê? – Ninguém gosta de falar muito, mas na verdade é porque o Estado faliu, o rei está nu e calado sobre o assunto, a sociedade consome drogas, a corrupção tomou conta do Brasil, a criminalidade se armou facilmente e se apoderou de uma parcela territorial enorme do Rio de Janeiro e de várias outras regiões brasileiras, os policiais recebem salário de fome e são mal equipados, treinados e estimulados, sem inteligência e integração, o governo federal tira o corpo fora, os governos estaduais acham que esse assunto é de menor relevância e reduzem os orçamentos das pastas, a Justiça é lenta e ruim e também não escapa da corrupção, os códigos penais são leves para crimes pesados, as penitenciárias são chiqueiros que servem de universidades do crime, enfim, vai longe.

Como? – Ninguém sabe direito, se foi com uma funda, uma AR-15, uma 7.62, um lança rojão, uma .30, uma .50, um petardo atômico, enfim, a perícia ficou de dar uma resposta para daqui uns 5 anos, se der.

Onde? – Morro dos Macacos, Rio de Janeiro, Brasil

Com que meios? – Na ditadura da corrupção. Há muita gente tentando explicar de várias maneiras. O blog se reserva o direito de achar que a corrupção destruiu os elos sociais nacionais e é esse o meio que gerou a queda do helicóptero.

Quando os governos desviam o dinheiro público e isso se torna normal, banal,  completamente aceito pela sociedade, o policial tira do ladrão o fruto de seu roubo e deixa o assaltado na calçada agonizando até a morte com um tiro.

Só fica um pouco incômodo quando aparece demais na televisão, caso contrário todo mundo sabe que é assim e segue em frente, com medo, como se a vida moderna em um país absolutamente corrupto fosse composta desses elementos mais fundamentais.

E 62% dos cidadãos cariocas já admitiram que deram alguma propina para algum policial, em troca do alívio de uma multa de trânsito, da liberação do baseado ou do papelote de cocaína, ou da permissão de passar com uma AR-15 pelas ruas da cidade.

Ou seja, nada a reclamar. A culpa é nossa mesmo. Votamos e apoiamos os políticos que roubam a merenda das crianças nas escolas, que desviam o dinheiro das ambulâncias, que compram os votos dos outros políticos e alimentam ideologicamente a corrupção geral da sociedade.

Tão simples quanto isso.

Anúncios

37 Respostas to “Heptâmetro de Quintiliano”

  1. Nada a declarar, só a CONCORDAR!!!!

  2. Chesterton said

    O blog se reserva o direito de achar que a corrupção destruiu os elos sociais nacionais e é esse o meio que gerou a queda do helicóptero.

    chest- usae aquele submarino atomico para acabar com a corrupção.

    O que causa a queda do helicoptero é bandido fora da cadeia, o resto é poeira.

  3. fk said

    Antes de pedir cadeia geral, pense bem no tipo de cadeia que temos e o que está se formando dentro dela.

    Atualmente, é contraproducente colocar, por exemplo, pequenos traficantes na cadeia, pois essa é só mais uma forma de jogá-los nos braços das entidades criminosas formadas em nossas prisões. O governo, por sinal, tem um projeto para aplicar penas alternativas a traficantes que não estejam envolvidos com grandes volumes de drogas ou bandos organizados. A grita vai ser grande por parte da opinião pública desinformada, mas a ideia se baseia em estudos que mostram que grande parte dos traficantes presos é composta de “ladrões de galinha” se envolvimento anterior com grupos organizados, mas que, na cadeia, por uma questão de sobrevivência, acabam se associando a alguma facção.

    Posteriormente, temos a questão da reincidência -que chega a 80%- pois, apesar de parte da opinião achar que esses números são altos porque delinquente é delinquente e nunca vai deixar de sê-lo, na verdade -novamente, segundo estudos- ela ocorre -em grande parte- pq o indivíduo é colocado no círculo vicioso do sistema prisional que não só é incapaz de ressocializá-lo, como ainda o coloca em contato com as já citadas facções.

    Argumento final -para aqueles dotados de instinto, digamos, mais econômico-, colocar pequenos delinquentes na cadeia, hoje, é uma medida contraproducente de segurança pública, pois, basicamente, estaremos gastando dinheiro público para fábricar bandidos que sairão piores do que quando entraram e que demandarão mais dinheiro público.

    Mas é claro que para o clamor popular é muito mais fácil dizer que prender é a solução…

  4. José Antonio lahud Neto said

    Concordo, Chesterton, a queda do helicóptero foi causada pelos bandidos fora da cadeia.

    Mas não foi isto que o Pax disse?

    Ou corruptos não são bandidos?!

  5. Chesterton said

    Os corruptos do pax não são bandidos. Porque ele não diz nomes nem dá provas, só faz suposições

    olha iusso

    “As autoridades de Honduras apreenderam um avião venezuelano com drogas, num aeroporto local, confirmando os constantes pousos em direção aos EUA.

    Mas há o temor de que além das drogas, sejam transportados militantes chavistas e armas para a guerrilha contra o povo de Honduras, anunciada por Chávez na Bolívia.

    Agora, o governo de Honduras declara educadamente, que entre os assessores do Zé-Laya, abrigados pelo Estado brasileiro em sua embaixada, estão oficiais venezuelanos.”

  6. Chesterton said

    Antes de pedir cadeia geral, pense bem no tipo de cadeia que temos e o que está se formando dentro dela.

    chest- se o cara vai ficar lá dentro 30 anos, não interfere no que ocorre aqui fora. Daqui 30 anos ele estará emasculado.

    Atualmente, é contraproducente colocar, por exemplo, pequenos traficantes na cadeia, pois essa é só mais uma forma de jogá-los nos braços das entidades criminosas formadas em nossas prisões.

    chest- que se criem 2 tipos de presídios…..epa, já existem.

    …parte dos traficantes presos é composta de “ladrões de galinha”

    chest- pois que eles trabalhem forçados. Podem por exemplo cuidar de galinhas, mas tem que ter os pés chumbados.

    Posteriormente, temos a questão da reincidência -que chega a 80%-

    chest- é verdade…pois então que fique 40 anos lá dentro trabalhando para comer e recebendo um décimo de salário mínimo.

    estaremos gastando dinheiro público para fábricar bandidos que sairão piores do que quando entraram e que demandarão mais dinheiro público.

    chest- trabalhos forçados

    Mas é claro que para o clamor popular é muito mais fácil dizer que prender é a solução…

    chest- prende, isolar o meliante É A solução.

  7. Chesterton said

    Suzane Von Richthofen não terá direito ao mole de um regime penal semiaberto, trabalhando durante o dia e voltando para a prisão para dormir.

    chest- isso, isso.

  8. iconoclasta said

    FK, essa idéia do PT não é necessariamente para se jogar no lixo sem analisar as consequências, mas do jeito que se está propondo é no mínimo leviano.

    não é uma panacéia para se evitar que pequenos traficantes se envolvam com os grandes. isso não é garantido. chamar de desinformados os que eventualmente virão a ser contra não deve ser parte de argumento. pode ser uma alterantiva, mas há muito que se estudar e , falando em raciocínio econômico, até se modelar.

    o fato das prisões nacionais serem inqualificáveis não pode impedir que criminosos sejam encarceirados. eu por inúmeros motivos discordo da criminalização do comércio e uso de entorpecentes da maneira que é hoje, mas se há a lei ela deve ser respeitada e quando se começam a criar exceções subjetivas as injustiças tendem a se exacerbar.

  9. Chesterton said

    Os criminosos tem que entender que cadeia não é spa.

  10. iconoclasta said

    claro, o sujeito não pode se estimulado a ir p/ lá…

  11. Chesterton said

    hoje, além da vida mansa, 3 refeições diárias, tem bolsa cadeia para a familia.

  12. vilarnovo said

    Nada de culpa nossa não… Culpa de quem é eleito para fazer um trabalho e não faz. Esse negócio de culpa nossa só dá suporte a esses políticos incompetêntes.

    Fk – Concordo em partes. Esse negócio de que cadeia serve para ressocializar é coisa de sociólogo de meia tijela. Cadeia é castigo. E tem que ser. Quem sai da cadeia deve desejar nunca voltar para lá. Isso não quer dizer que as cadeias devam ser os moedores de carne que são hoje no Brasil. Muito por culpa da cabeça de formuladores de políticas que pensam igual aos sociólogos e não constroem mais cadeias.

    O índice de reincidência é alto porque passasse pouco tempo na cadeia fechada, e a noção crime x castigo tende para o lado do crime. Se o castigo é brando, o crime compensa.

    E é lógico que prender é solução. Os dados disponíveis hoje no próprio Brasil quanto nos EUA PROVAM isso.

  13. Chesterton said

    pelo menos em SP parece que o Serra prende a bandidagem…..

  14. fk said

    #8 -Quando critico os mal informados, falando daqueles que só sabem falar panacéias irracionais e impraticáveis que parecem óbvias, mas sem argumentos para embasá-las.

    #11 -Pode acreditar, ninguem que passa pela cadeia quer voltar pra lá…

    #9 -Por exemplo, essa pataquada de que o cara fica preso, sem fazer nada, com 3 refeições diárias, como se estivesse num spa, só pode ser coisa de gente mal informada ou mal intencionada.

    Aí o sujeito dá o exemplo dos EUA, que prende como nenhum outro país do mundo. Pois bem, lá a cadeia é algo minimamente apresentável -ao contrário daqui, ainda que alguns digam o oposto-, o cara trabalha na cadeia -aqui, para quem não sabe, o trabalho é OBRIGATÓRIO, mas quase nunca se dá essa possibilidade ao preso- e há incentivos para que o cara consiga sobreviver honestamente fora da cadeia.

    Aqui, ser preso é colocar um carimbo no cara por resto da vida. Vai, diz aí, qual de vcs contrataria um ex-presidiário ou presidiária?

    Daí a ideia de que cadeia serve sim pra ressocializar, senão ela não tem utilidade. Serve pra punir, claro, é uma forma de demonstrar que uma conduta é reprovada pela sociedade e, por isso, o sujeito deve ser afastado da sociedade por algum tempo. Mas, se vc mantem esse cara afastado nas atuais condições carcerárias brasileiras, vc impossibilita qualquer chance de ele vir a ter uma vida chamada “honesta”. O cara fica preso eternamente ao ciclo vicioso da criminalidade.

    O cara não se arrisca a cometer o crime porque a pena é branda. Como eu disse, bandido se pela de medo de cadeia. O cara se arrisca a cometer o crime porque a possibilidade da impunidade vem da total ineficácia investigativa da polícia. A questão é anterior ao momento judicial. É só ver o índice de resolução de crimes no Brasil, que é absolutamente ridículo.

  15. Pax said

    Dar nomes e provas é trabalho para a polícia, para o ministério público, Chesterton.

    Eu coleciono notícias. Desde agosto do ano passado.

  16. Pax said

    Ah, antes de mais nada, corrupto para mim é bandido, sim. Claro que é.

  17. iconoclasta said

    “O blog se reserva o direito de achar que a corrupção destruiu os elos sociais nacionais…”

    eu concordo, mas o blog tb podia reconhecer q admira e apoia o sujeito q mais do q qq outro na história deste país contribui a “…alimentam(r) ideologicamente a corrupção geral da sociedade.”

    ;^/

  18. iconoclasta said

    # 14, mesmo que não recupere tem a utilidade de preservar a sociedade do convívio de uma criatura potencialmente perigosa. se nao tem como civilizá-lo que lá ele seja mantido.

    o cara se arrisca sim, isso é humano, se o prejuízo é relativamente pequeno. tem lote de vagabundo sem temor da punição, exatamente pq é branda.

  19. fk said

    Tem? Quem? Que lote? Quem disse?

  20. Pax said

    ?

  21. Pax said

    A interrogação era para o #17

  22. iconoclasta said

    ahaaa, é isso q vc quer? só amostra…

    :^/

  23. Pax said

    “Senti o coração dele batendo”, diz amigo que tentou socorrer líder do AfroReggae mais de 50 min após o crime

    no Uol

    Cabral diz que policiais do caso AfroReggae são “bandidos ao quadrado” e defende “punição dura”

    idem, Uol

    O seu Cabral esquece de dizer que essa de entrar na favela, matar alguns, incluindo inocentes, depois sair de deixar tudo como dantes, abrindo espaço para outras gangues disputarem o espaço, parece, assim, de longe, que não está dando lá muito certo.

    Ah, seu Cabral…

  24. iconoclasta said

    já q o pax nao aprova os links, segue parte deles:

    O seu comentário está aguardando moderação.
    23/10/2009 às 17:50

    youtube.com/watch?v=Khu6Gr9fDSw

    youtube.com/watch?v=-KjOavrD1UQ

    ahaaa, é isso q vc quer? é só completar. só amostra… mas é claro q a propria reincidencia já diz muito…

    :^/

  25. Acho que todos concordam que a corrupção grassa por toda parte no país. Aliás, Pax, faça uma lista dos grandes escândalos de corrupção só nos últimos 10 anos. Alguém foi condenado:NÂO!!!!

    São só “suspeitas”…

    Brasília, que nada produz,é a cidade de maior poder aqusitivo do país…por que será?????

  26. fk said

    Com todo respeito, ISSO aí é a sua fonte????

    Sugiro vc procurar coisa séria, tipo os sites do IBCCRIM, NEV, Sou Da Paz e coisas no Scielo, gente séria que faz pesquisas sobre criminalidade…

    Fala sério…

  27. iconoclasta said

    o FK, baixa a bola ai, isso não é minha fonte, isso é uma AMOSTRA, oq vc nao entendeu?

    ficou desapontado com o nivel dos bandidos? achou q nao se trata de gente seria?

    ta de sacanagem

  28. fk said

    #25 – Pq tem um monte de funcionário público que ganha mais de 10 mil reais…

  29. fk said

    # 27 – É, vc pega dois caras que tão pra lá de Bagdad, que não conseguem nem falar direito, e toma eles como uma generalização da bandidagem geral!

    Seguindo sua teoria da generalização, que maravilha, no Brasil só há furtos e ladrão de galinha!! Viu, fiz igual a vc….

    Sério, não dá pra discutir segurança pública com base nisso aí que vc enviou…

  30. iconoclasta said

    generalização? AMOSTRA!!! sabe o q significa? ou vc acha q o cara acertou na loteria? vc gostaria q ele fizesse gracinha com um psicopata?

    vc quer q eu diga q tenho informação e experiencia? quer que eu cite alguem q diga q vagabundo age de tal maneira pq tem pouco a perder? é até mais fácil, mas é mais realista ver isso sainda da boca do próprio marginal.

    outra possibilidade é isso aqui:

    http://freakonomics.blogs.nytimes.com/2009/02/10/the-great-california-prison-experiment/

    http://www.ww.uni-magdeburg.de/bizecon/material/becker.1968.pdf

  31. iconoclasta said

    enquanto nao libera o link

    outra possibilidade é isso aqui:

    freakonomics.blogs.nytimes.com/2009/02/10/the-great-california-prison-experiment/

    ww.ww.uni-magdeburg.de/bizecon/material/becker.1968.pdf

  32. iconoclasta said

    “vc pega dois caras que tão pra lá de Bagdad, que não conseguem nem falar direito,”

    ah, saquei, a maioria é lúcida e declama Bandeira e Pessoa de memória…

    e ainda pede q eu fale serio…

    ;^)))

  33. Chesterton said

    15, Pax, por isso mesmo suas acusções (que você chama de noticias) não tem nenhum valor.

    16. óbvio, que é, depois do devido processo penal em que se prova que é culpado. Ou então se for confesso, tal qual Lula sobre o mensalão. Pediu até desculpas por atos de seu partido….

    23. pela primeira vez não se tenta fazer acordo com bandidos (ah, brizola) e se parte para cima. Os bandidos fogem de uma favela para outra e a policia TEM QUE correra atrás.

  34. fk said

    Vou colar 3 comentários feitos ao artigo do Levitt…

    Do we get any explanation whatsoever for the opinion that there will be more homicides, rapes, and whatever? Suppose the state of California decides to release 57,000 marijuana smokers. Do they suddenly turn into violent criminals? I think I’m missing the genius in this post.

    Dr. Levitt,
    Are you assuming that CA releases prisoners randomly? With the huge numbers of non-violent offenders incarcerated for drug offenses, it would seem that CA could comply with the court orders without releasing any murderers, rapists or armed robbers. If that’s the case, why would these non-violent offenders turn violent just because they’ve been released? Or do they get released to become victims? If that’s the case, they were probably subject to more criminality in jail than they would be out of it, but I doubt that your statistics include crimes committed on prisoners.

    but what if you only release non-violent criminals as a part of the release? can’t you optimize in that respect?

    Quanto aos vídeos, eles equivalem a vc dizer que o Datena é um interlocutor sério na questão da segurança pública. Já dei as fontes qualificadas pra vc, dá uma olhada la´….

  35. Literalmente,! Correm atrás, assaltam os bandidos e deixam a vítima morrer agonizando…

    Um par de tênis e um casaco! Valem mais que uma vida!!!

    Ah, e sem custo nenhum, pois a viatura e as armas somos nós que pagamos.

  36. Chesterton said

    vou mandar um email para o Pax…..

  37. Paulo said

    Na para acrescentar ao texto. Perfeito e lamentável que com tantas possibilidades de uma vida próspera e tranqüila, tenhamos que viver dessa forma. Mas em algum momento a sociedade voltará à razão. Parabéns.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: