políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Salgada conta do clima

Posted by Pax em 25/11/2009

Onze instituições do país fizeram a conta dos eventuais prejuízos com as mudanças climáticas e calculam um prejuízo que pode chegar a R$ 3,6 trilhões até 2050.

Brasil pode perder R$ 3,6 trilhões até 2050 por causa das mudanças climáticas

Luana Lourenço – Repórter da Agência Brasil

Brasília – Qual será o custo das mudanças climáticas para o Brasil? Onze instituições do país fizeram a conta e calculam um prejuízo que pode chegar a R$ 3,6 trilhões até 2050. De acordo com o estudo Economia da Mudança do Clima no Brasil: Custos e Oportunidades, que será lançado hoje (25), as perdas econômicas equivalem a pelo menos um ano inteiro de crescimento jogado no lixo se nada for feito para evitar os impactos da mudança do clima em setores como agricultura e energia e em regiões como a Amazônia e as zonas costeiras.

Inspirado no Relatório Stern, estudo britânico que em 2006 calculou o custo da mudança climática em 20% do Produto Interno Bruto (PIB) global, a pesquisa brasileira parte de cenários do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) para calcular o impacto do aquecimento global nas contas do país.

No primeiro cenário, o Brasil chegaria a um PIB de R$ 15,3 trilhões em 2050, mas perderia 0,5% (R$ 719 bilhões) por causas das mudanças do clima. No segundo, considerando uma trajetória de crescimento mais limpo, o PIB chegaria a R$ 16 trilhões, mas as perdas seriam de 2,3% (R$ 3,6 trilhões).

Coordenadora operacional do projeto, a pesquisadora da Coordenação dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), Carolina Dubeux, afirma que é preciso deixar claras as consequências macroeconômicas da mudança do clima, que não se restringem aos debates científicos e ambientais.

“O impacto do clima ainda vai ser modesto em 2050, ainda assim na economia será bastante grande. Há uma tendência de redução do PIB em função da mudança climática. E no Brasil isso vai aumentar as disparidades regionais”, cita.

Entre os setores mais vulneráveis aos prejuízos do aquecimento global no país estão agricultura e energia. Se nada for feito para adaptar a produção às mudanças do clima, todas as culturas – com exceção da cana-de-açúcar – sofrerão redução das áreas com baixo risco de produção. Para as lavouras de café, o percentual é de 18% e para a soja chega a 30%. A perda anual na agricultura pode passar de R$ 10 bilhões, de acordo com o estudo.

O custo da falta de ações para o setor energético também será alto. Com a redução da vazão dos rios, o sistema elétrico vai perder capacidade de geração, principalmente nas regiões Nordeste e Norte. “A perda de energia firme vai ser da ordem de 33% Tem que haver planejamento para o futuro que considere isso, com complementação por outras fontes”, calcula a pesquisadora.

Nas zonas costeiras, a elevação do nível do mar pode causar prejuízos de até R$ 207,5 bilhões até 2050 com a perda de patrimônio.

Para a Amazônia, o levantamento estima perda de até 38% das espécies, além de R$ 26 bilhões a menos por ano com a perda de 12% dos serviços ambientais. O cenário considera a redução de 40% da cobertura vegetal da floresta, que, segundo o IPCC, deverão ser convertidos em savana.

O estudo, que levou cerca de dois anos para ser concluído, teve a colaboração de instituições como o Instituto de Pequisas Espaciais (Inpe), a Universidade de São Paulo (USP), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Fórum Brasileiro de Desenvolvimento Sustentavel e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Anúncios

61 Respostas to “Salgada conta do clima”

  1. Patriarca da Paciência said

    O que eu acho é que essas “profecias” sempre consideram o mundo como algo estático.

    É igual àquelas teorias da direita que sempre consideram as causas sociais como resultado da “infiltração” de algum comunista.

    O ser humano é, antes de tudo, um ser que se adapta. Habita desde o Polo Sul até o Polo Norte. Sempre consegue transformar problemas em oportunidades. Então, tudo não passa de realmente previsões catastróficas.

    Não que o mundo não esteja sujeito a catástrofes, é claro que está. Mas há também inúmeras possibilidades de haver mudanças de rumo.

    Como dizia meu velho pai: “O mundo de hoje é sempre bem melhor que o mundo de ontem.”

  2. Patriarca – Começa falando algo certo mas depois faz caquinha na saída… tava bom demais… Quais teorias da direita você se refere?? Diga apenas uma com um autor. Só isso.

    Foi muito interessante o Pax colocar essa notícia. Ainda mais essa semana.

    Infelizmente nenhum jornal brasiliero está noticiando o que no mundo está sendo chamado de Climategate ou Warmgate. Emails e dados de pesquisadores de um dos mais importantes centros de pesquisa climática no mundo foi disponibilizado na internet. Dizem que foi um hacker mas tudo indica que foi o trabalho de algum cientista insatisfeito.

    A troca de emails demonstra claramente o conluio de diversos cientistas para mascarar, adulterar, apagar dados que não deem força à tese de aquecimento global causado pelo homem. A coisa toda chega a dar nojo.

    Vocês podem ler mais sobre o assunto em diversos site e jornais internacionais. Esqueçam que isso nunca irá sair no O Globo ou na Folha…

    Esse site tem uma amostra de vários locais onde sairam reportagem sobre o Climategate.

    Pergunto a vocês: vocês acham que isso saiu na CNN? Na MSNBC?

    A FOX foi a única que noticiou o acontecido.

    Dou-lhes só um aperitivo do nível de ciências que esses caras praticam:

    Fixing the data
    From: Date: Sat, 5 Sep 2009 08:44:19 -0700
    I’ve just completed Mike’s Nature trick of adding in the real temps to each series for the last 20 years (ie from 1981 onwards) amd from 1961 for Keith’s to hide the decline.

    http://www.climatedepot.com/a/3943/Read-All-About-it-Climate-Depot-Exclusive–Continuously-Updated-ClimateGate-News-Round-Up

    Esse aqui também é muito bom:

    http://blogs.telegraph.co.uk/news/jamesdelingpole/100017393/climategate-the-final-nail-in-the-coffin-of-anthropogenic-global-warming/

  3. Chesterton said

    Pax tá de sacanagem, ele sabe do Climategate.

  4. fk said

    Pablo – Não sei o quanto vc conhece sobre a imprensa internacional, mas a Fox não é exatamente uma fonte pra lá de confiável…
    E eu li sobre isso no Estadão e, pelo que está lá, há BOATOS de que os dados seriam sobre isso, mas não confirmações…

  5. Chesterton said

    Estão escondendo dados que mostram que o mundo está resfriando

    http://www.washingtontimes.com/news/2009/nov/24/hiding-evidence-of-global-cooling/

  6. Chesterton said

    http://jamesdelingpole.com/

  7. Chesterton said

    Lomborg, Lomborg
    Posted by claudio sachida
    Leave a Comment

    Lomborg, quando lançou seu “Ambientalista Cético”, foi atacado por várias pessoas. Ninguém conseguia acreditar que os dados pudessem levar às recomendações do ex-ativista do Greenpeace. Pois é, o tempo passou, a ética da esquerda se enterrou com o suposto mensalão, com as dezenas de filhos do bispo esquerdista (e presidente) do Paraguai, e, agora, os membros do movimento ambientalista mostra que eles não são nada santos.

    Se você pensa em incentivos, como eu e o Lomborg, sabe que cientistas reagem a incentivos e, como qualquer ser humano, sempre buscam maximizar algum objetivo. O escândalo que veio à tona no link citado mostra que não deveríamos mesmo esperar nada diferente de alguém só porque o mesmo se diz “preocupado” com o “bem-estar social”.

    Que haja gente séria preocupada com o meio-ambiente, é um fato. Aliás, esta patota deve estar muito brava com estes cientistas…

    http://www.dicta.com.br/nos-poroes-da-ciencia/

  8. Chesterton said

  9. Patriarca da Paciência said

    O Pablo tem todo o jeito de ser um leitor fanático do Olavão e do Reynaldão e vem perguntar:

    “Quais teorias da direita você se refere?? Diga apenas uma com um autor. Só isso.”

    Citei dois cujos artigos são sempre variações sobre um mesmo tema: “Tem um comunista debaixo da minha cama!”

    O que dizem o Olavão e o Reynaldão senão que todos os problemas, de quaisquer países, são produtos de “infiltração comunista”?

  10. Fk – A FOX só não é confiável pois é conservadora. Se fosse democrata seria… Eu assisto a FOX regularmente. Não é nada de ruim. É a emissora americana que mais cresce atualmente. Isso porque a CNN e a MSNBC viraram nada mais nada menos que uma extensão da Casa Branca.

    E toda vez que uma emissora faz isso, principalmente nos EUA, o público reage. Aconteceu a mesmíssima coisa com a própria FOX no governo Bush. A FOX naquela época era horrível.

    Mas dizer que a FOX não é confiável em um governo democrata é a mesma coisa que dizer que a CNN e a MSNBC não são confiáveis em um governo republicano. O problema é qual o governo está na Casa Branca e se você defende esse governo ou não. Imprensa TEM que ser SEMPRE de oposição. É o papel dela, senão vira veículo oficial de propaganda. E para isso TODOS os governos já possuem verbas.

    =========

    O Estadão está errado, não há boatos nenhum. A coisa toda já foi confirmada e inclusive está sendo realizadas audições no Congresso Americano sobre o assunto.

  11. Xi, Patriarca….

    Não gosto do Olavo, conservador demais para mim. Do Reinaldo até concordo com algumas coisas mas por motivos diferentes. Também é conservador demais para o meu gosto.

    Como sou liberal…

    Mas vamos lá. Sobre as “infiltrações comunistas”.

    a) Cite um sindicato que não seja dominado por um partido de esquerda ou extrema esquerda.

    b) Cite algum “movimento social” que não seja dominado por um partido de esquerda ou extrema esquerda.

    Só para começar OK?

  12. Patriarca da Paciência said

    A “natureza” de qualquer sindicato ou organização social é ser de esquerda. É a própria “essência” desse tipo de organização.

    Mas não há uma só que seja “dominada” por um partido político de esquerda.

  13. Chesterton said

    então tem um comunista debaixo da cama….somos dominados por sindicatos.

  14. vilarnovo said

    Patriarca – “A “natureza” de qualquer sindicato ou organização social é ser de esquerda.”

    Isso só porque você quer e porque a esquerda se acha no direito de monopólio do bem e da virtude. O que a realidade nos mostra ser bem diferente.

    “Mas não há uma só que seja “dominada” por um partido político de esquerda.”

    Não?????????????????

    Encerro o debate por falta honestidade intelectual.

  15. fk said

    Vilar – O movimento sindicalista, por sua própria natureza, é de esquerda. que eu saiba, não foram os liberais que começaram o movimento sindical lá no século XIX, foram? Ao contrário, são correntes liberais que combatem o sindicalismo.
    A mesma coisa para movimentos sociais. Veja a origem, veja as sufragettes inglesa e quem se opunha a elas. Veja por toda a história os novimentos por direitos civis.
    É claro que há suas excrecências, e o Brasil é cheia delas, pois o movimento sindical aqui é essencialmente pelego, nunca conseguiu se recuperar do assalto getulista, e os movimentos sociais transitam entre a inócua reponsabilidade social e espamos de alívio de consciência.
    Por fim, a Fox. Bem, a Fox…o que dizer da Fox? Sugiro um site pra vc: o Huffington Post…ele traz uma série de mentiras da Fox desmascaradas.
    Ah, e que vc não pense que minha crítica à Fox -que é uma piada jornalística-, signifique que eu alivie a barra para o lado das empresas de mídia ligadas aos democratas. A diferença é que a CNN faz cobertura enviesada, enquanto a Fox mente a torto e a direito. Cara, a Fox tel o Glenn Beck!! Não precisa dizer mais nada!

  16. vilarnovo said

    Fk – Foram sim Fk. Pouca gente sabe disso. Eis um histórico feito pelo escritor membro da academia francesa Jean-François Revel:

    “Foi o liberal François Guizot, ministro do rei Luíz-Filipe que, em 1841, fez votar a primeira lei destinada a limitar o trabalho das crianças nas fábricas. Foi Frédéric Bastiat, esse economista genial que hoje seria alcunhado de ultraliberal desenfreado, que em 1849, sendo deputado na Assembléia legislativa, interveio precursoramente na nossa história para formular e exigir que fosse reconhecido o princípio do direito de greve. Foi o liberal Émile Ollivier que, em 1864, convenceu o imperador Napoleão III de abolir o delito de coalizão (ou seja, a proibição que impedia os operários de se agruparem em defesa dos seus interesses), abrindo assim o caminho para o futuro sindicalismo. É o liberal Pierre Waldeck-Rousseau que em 1884, no início da Terceira República, fez votar a lei que reconhecia os sindicatos a personalidade civil. Permita-se-me sublinhar a seguinte lembrança: os socialistas da época, de acordo com a sua lógica revolucionária (bem anterior à aparição do mais pequeno partido comunista) manifestaram uma violenta hostilidade contra a lei Waldeck-Rousseau”.

    Mas como sempre parte da esquerda (estou sendo bonzinho) puxa para si grande parte das conquista dos trabalhadores. Grande parte das legislações que protegem os trabalhadores vem de lugares como a Inglaterra onde o socialismo nunca criou grandes raizes e até mesmo do facismo italiano.

    Havia leis que protegessem os trabalhadores na URSS? Há livre sindicalismo em Cuba? Os trabalhadores da China ou da Coréia do Norte tem direito de protestar? De fazer greve?

    Quando Krushiev visitou os EUA os sindicatos daquele país se recusaram a se encontrar o premier russo. Alegaram que na URSS não havia livre sindicalismo. Contando muitos acadêmicos americanos ficaram felizes em levar o comuna para suas universidades…

    ===========

    Eu ia falar sobre o Glenn Beck. Eu me divirto horrores assistindo ele. Não concordo com muitas coisas que ele fala. Mas mentir? Não sei se é mentira o que ele fala. A questão dele é diferenças de opiniões. Por exemplo o caso do Medicare. Ele é totalmente contra (eu também sou) e tem os motivos dele. Faz a análise dele. Você pode concordar ou discordar. Mas mentir? A FOX é conservadora? É. E ser conservador no mundo de hoje é ter seus passos seguidos dia a dia. Sarah Palin (que é um ser ridículo) tem sua vida escrutinada em cada milímetro pelos democratas e obamistas.

    As vezes fico rindo da atual situação política americana. Se os democratas têm tanto medo de Sarah Palin imagina se houvesse um político republicano realmente sério?

    Obama é ruim de dar dó. Ele é fraco demais. Um ótimo orador. Mas é incompetente, não tem conhecimento de muita coisa, e é socialista demais para o meu gosto. Mas perto dos políticos republicanos de hoje ele parece ser o Supra Sumo…

    Sei la… como sou liberal tendo a disconfiar de TODOS os governos.

  17. Chesterton said

    Por que A Palin é “um ser ridículo” (expressão bem viadística essa)?

  18. Chesterton said

    Blefe?

    Os Estados Unidos apreciam que o Brasil tenha bons canais com o Irã, mas gostariam também que o Brasil defendesse junto ao Irã a posição unânime das grandes potências sobre o programa nuclear iraniano.

    Esse foi o sentido da carta de Barack Obama a Lula. Não há antagonismo entre a satisfação dos americanos com as iniciativas diplomáticas brasileiras e o desconforto com o fato de o Brasil estar mais próximo do Irã do que seria desejável na Casa Branca.

    Escanteado em Honduras, em Doha, com o G20 e com o etanol, o Brasil aproveitou a visita de Mahmoud Ahmadinejad para mandar o recado de que pode sair da área de controle.

    Blefe? Vale a pena acompanhar esse pôquer para ver quem, no final, terá cartas para arrastar as fichas.

    Alon Fireworks

  19. fk said

    Vilarnovo – Vc só se esquece de citar o que estava por trás de todas essas leis aprovadas. Em 1841, o sindicalismo francês/blanquismo conquistava espaço. 1849 é simplesmente o ano posterior à Primaver do Povos na Europa, um movimento obviamente de esquerda -ou será que não?- e operário.
    Todas essas conquistas que vc cita não vieram da bondade dos governantes, da ideia de que seria bom promover a organização do operariado. Não é possível ser tão inocente assim.
    Outra coisa: o sindicalismo tem suas divisões, assim como a esquerda. O sindicalismo francês, por exemplo, foi notoriamente revolucionário -1848, de novo-, profundamente influenciado por Marx, pelo menos até o fim dos anos 1960. O sindicalismo italiano também tinha sua vertente revolucionária, mas havia uma forte corrente anarquista, assim como o espanhol. Por sinal, foi o anarcosindicalismo o primeiro a criar raízes no Brasil. Foi ele que promoveu as greves de 1919. Só depois tornou-se de raíz comunista. O sindicalismo anglosaxão, muito bem teorizado pelo casal Webb, é de caráter muito mais pragmático.
    Ah, um segredinho: existe bem mais coisa na esquerda do que o socialismo real. Não se se vc já ouviu falar, mas há uma tal de social-democracia que rompeu, lá no século XIX, com a revolução e adotou o reformismo, e que continua muito em voga. Por sinal, foi a social-democracia alemã que promoveu a organização operária nesse país.

    Quanto à Fox, só aquele lance de ficar acenando com uma “certidão” de nascimento dizendo que o Obama não era americano, só isso já é pra lá de patético. Se vc é liberal mesmo, sugiro que assista ao programa do Penn Jillette, esse sim um ultraliberal radical, não esses porcarias da Fox.

  20. vilarnovo said

    Fk – Porque você insiste em dizer que todo movimento operário era de esquerda? Por acaso você está querendo dizer que as leis aprovadas ou defendidas pelos liberais só foram aprovadas para ter algum controle sobre a esquerda (que nem existia na época)?

    Poxa, aí você está querendo ser mais realista que o rei. Se fossem leis aprovadas por pessoas que você considera de esquerda nunca estaria fazendo esse tipo de comentário.

    Mas num ponto você acertou. O sindicalismo foi muito influenciado por Marx. Mas mais uma vez tratou-se do caso do socialismo se apoderar de um movimento para conseguir seus objetivos. Não foi a esquerda que criou o movimento sindical. A esquerda se aproveitou do movimento sindical. Com objetivos diversos. E isso é de suma importância para entender o sindicalismo peleguista brasileiro hoje.

    A diferença básica (veja bem, básica) da social-democracia e do socialismo é que a social-democracia abriu mão de seu caráter revolucionário sanguinário, do seu caráter totalitário. O caso alemão é bem ilustrativo. O SPD era totalmente ligado a Marx e a Engles, porém mesmo Marx sendo um boçal sedento de sangue, o SPD era pacifista. Um ótimo exemplo realmente de social-democracia. Pena que o rolo compressor primeiramente de Stalin depois do Nacional-Socialismo passou por cima dele.

    E é claro notar que os partidos sociais-democratas da europa lentamente caminham para a centro-direita.

    ==================

    O problema da certidão de Obama é sério. Até hoje ele ainda não provou que nasceu nos EUA. Tenho para mim que ele não nasceu lá. Todas as tentativas de investigações foram barradas de maneira estranha.
    Isso tudo se resolveria se Obama mostrasse seus documentos. Ele até hoje não fez isso. Ele incentiva isso.

  21. Chesterton said

    se ele mostrasse os documentos, a celeuma não existiria. Já houve caso de presidente americano que fraudou a certidão de nascimento.

  22. Patriarca da Paciência said

    O Chest é mesmo de lascar!

    O caro precisaria guardar por todo a vida o primeiro documento.

    Chest, qualquer documento extraído em cartório é original, não importa se é a primeira, segunda ou terceira via.

    No Brasil, quando a pessoa se casa, a certidão de nascimento perde a validade, passa a valer apenas a certidão de casamento.

    Mas é mesmo impressionante a opinião desse pessoal do “tem um comunista debaixo da minha cama”.

  23. Patriarca da Paciência said

    O único que era de centro-direita, mas já se voltou para o centro-esquerda, é o Sarkozy.

    A Europa, em sua totalidade, inclusive os Estados Unidos e Canadá, são social-democratas.

    A esquerda existe bem antes de Marx.

    Essa história de imputar a Marx toda e qualquer idéia de melhoria social é mais uma das teorias dos direitobas adeptos do “tem um comunista debasixo da minha cama”.

  24. Patriarca da Paciência said

    Em todos os seus trabalhos Marx sempre diz que está apenas expondo os mecanismos de funcionamento da sociedade. Sempre se considerou um cientista, nunca um doutrinador.

    Essa história de Max doutrinador é apenas mais uma teoria dos direitobas do “tem um comunista debaixo da mi8nha cama”.

  25. Chesterton said

    , é, mas ninguem gasta 2 milhoes de dólares para não permitir que ninguem vá até o cartório e examine o que tem lá dentro.

  26. Chesterton said

    O que me espanta é que não há nenhum comentário do Pax sobre o Climategate , o maior esquema de corrupção já montado por alguem e que tem ramificações extensas pelo Brasil inteiro.

  27. fk said

    É verdade: há uma enorme conspiração por parte dos cientistas e dos ambientalistas. Eles são, inclusive, pessoas más, com enorme influência na sociedade, tanto que lideram essa tentativa de golpe contra o capitalismo, travestido de salvacionismo mundial, falsificando dados sobre o pretenso aquecimento global, uma verdadeira fórmula de dominação mundial! Nem pink e cérebro seriam capazes de armar uma trama tão bem feita!

    Ah, pelo amor de deus, usem seus dois neurônios e pensem a quem interessa falsificar dados sobre o aquecimento global! Mais ainda: pensem em quem tem poder pra fazer tal coisa de maneira tão irrestrita!! Fala sério! Climagate??? Que p**** é essa???!!??

    Vilar – Onde diabos a social-democracia está virando de centro-direita? Só se for no Brasil, porque na Europa, onde as diferenças política ainsa valem, os sociais democratas, foram, são e sempre serão de centro-esquerda. Sem falar que vc fala no “socialismo” comos e fosse uma entidade com vida própria, capaz de se “apoderar” de algo!

    “Essa história de imputar a Marx toda e qualquer idéia de melhoria social é mais uma das teorias dos direitobas adeptos do “tem um comunista debasixo da minha cama”. – É bem por aí mesmo. Os caras esquecem que o conceito de esquerda e direita começou lá na Revolução francesa. Não nasceu com Marx. Esquecem que já havia toda uma tradição de socialismo utópico. Esquecem que existiu Fourrier, Owen e Blanc. Sonham que as divisões políticas acabaram com a queda do muro, quando o próprio Fukuyama, coitado, foi atropelado pelo bonde da história! Isso sim é ser mais realista que o rei!

  28. Chesterton said

    FK, você lê em ingles?

  29. fk said

    Chest, vc tem neurônios? Diz ai: a quem interessa o “climagate”? É uma conspiração mundial dos cientistas, é isso? Responda com suas palavras, sem citações de blogs ruins. Suas palavras, suas ideias. O que vc tem a dizer sobre isso?

  30. Iconoclasta said

    “a quem interessa o “climagate”?”

    ao Al Gore? aos cientistas q precisam de financiamento para suas pesquisas e o alarde sempre ajuda? àqueles q operam no mercado de carbono?

    o fato é q o embuste existe…

  31. Chesterton said

    FK, se você a esta altura não tem noção do que está acontecendo, não é a minha opinião sobre o assunto (por demais conhecida) que vai fazer alguma diferença.

  32. Chesterton said

    Iconoclasta, acrescente a esta lista os interressados num governo global, em cobrar taxas de impsotos globais, e uma aristocracia política mundial.

  33. fk said

    “ao Al Gore? aos cientistas q precisam de financiamento para suas pesquisas e o alarde sempre ajuda? àqueles q operam no mercado de carbono?”

    Pelamordedeus!!! Al Gore? Cientistas que precisam de financiamento?Interessados em cobrar taxas de impostos?

    chest – Debata, tente me convencer. Com esses argumentos pra lá de fracos fica difícil mesmo…Uma grande conspiração de cientistas em busca de financiamento?!? WTF!!! Hahahahahahahahahahahahahahahahahaha

  34. Chesterton said

    Angelo da CIA resumiu o assunto para você, que realmente está mais por fora que caroço de abacate

    CLIMATEGATE: Aquecimento Global é o novo Bug do Milênio
    Vamos falar seriamente sobre Aquecimento Global. Basicamente o encadeamento de idéias é o seguinte:
    1- Diz-se que a temperatura da Terra está subindo;
    2- Sabe-se que oscilações de temperatura são comuns na história do planeta, mas assume-se que este processo tem se acelerado ultimamente;
    3- Deve-se esta aceleração à atividade humana, especialmente no que diz respeito à queima de combustíveis fósseis;
    4- Esta queima de combustíveis fósseis é responsável pelo efeito estufa, tido como fator mais influente no aumento da temperatura da Terra;
    4- A continuar-se neste ritmo, será o fim da vida no Planeta Terra.

    Da premissa de que atividades antropogênicas aceleram a produção de Gases do Efeito Estufa e por consequência o Aquecimento Global surgem então as vertentes ideológicas: Ele é fruto da ganância, da industrialização da sociedade e do consumismo dos homens e, assim como nas previsões bíblicas, nossos erros levarão ao nosso fim. A solução seria uma vida mais suave e sem excessos.
    Uma das soluções para diminuir o “Aquecimento Global” e prolongarmos a sobrevivência da humanidade, dizem os alarmistas, é diminuir a geração de dióxido de carbono, gás eliminado pelo consumo de combustível em veículos. Pois aqui entra mais uma variável na equação: No livro SuperFreakonomics, Dubner e Lewitt evidenciam que, ainda que cortássemos toda a emissão de dióxido de carbono da noite para o dia não teríamos a solução e citam como exemplo a emissão de gases dos ruminantes: A vaca em seu processo digestivo emite metano, que é 25 vezes mais danoso do que o dióxido de carbono no que diz respeito à alimentação do Efeito Estufa. E aí, como ficamos? Oras, na ideologia politicamente correta e salvacionista bastaria evitarmos mais este pecado que é nos alimentar com carne bovina! Deixando de comer carne a população bovina mundial seria reduzida drasticamente. Já as hostes mais benevolentes da Igreja Alarmista do Aquecimento Global apresentam como solução nos alimentarmos de cangurus pois eles são “carbon free”!
    Há também a derivação econômica do Aquecimento Global. Não bastassem os milhões, bilhões gastos em pesquisas, reuniões, cúpulas e estudos para substituir os combustíveis fósseis e provar o fenômeno, foram criadas modalidades lucrativas como o Crédito de Carbono e o Mercado de Carbono
    Crédito de Carbono:
    (…)uma empresa brasileira, por exemplo, pode desenvolver um projeto para reduzir as emissões de suas indústrias. Esse projeto passa pela avaliação de órgãos internacionais e, se for aprovado, é elegível para gerar créditos. Nesse caso, a cada tonelada de CO2 que deixou de ser emitida, a empresa ganha um crédito, que pode ser negociado diretamente com as empresas ou por meio da bolsa de valores.

    Mercado de Carbono:
    O ‘Mercado de Carbono’, como é usualmente conhecido, abrange uma nova corrente de atividades comerciais – tais como consultorias, financiamentos, orientações legais e jurídicas, investimentos diretos em tecnologias limpas, etc. – orientadas para a estabilização e a redução da emissão de GEE (normalmente mensurada em toneladas equivalentes de dióxido de carbono: tCO²e). Esse mercado, ainda em formação, visa atender a interesses econômicos e socioambientais em prol do desenvolvimento sustentável de uma sociedade menos poluente.
    Têm-se então um circuito que se retro-alimenta: Empresas inteiradas dos benefícios do Mercado de Carbono financiam pesquisas que provam o Aquecimento Global antropogênico. Centros de Pesquisa estudam o Aquecimento Global e também formas de solucionar o problema, que então são vendidas ou empurradas a empresas e Governos. E então as experts no Mercado de Carbono trabalham e adaptam estas formas de lidar com o Aquecimento Global, repassando-as e revendendo-as.
    Neste desenho está muito claro que os Centros de Pesquisa e as Empresas saem ganhando, pois têm suas atividades recompensadas financeiramente. Sendo assim, de onde vêm então o dinheiro do circuito? Obviamente dos Governos, ou seja, das pessoas, estas mesmas que causam o mal da Terra.

    A importância do ClimateGate é diretamente proporcional ao montante gasto com o alarmismo criado. Se estamos falando que um grupo de especialistas no assunto faz “peer review” de trabalhos alheios, cria listas negras de cientistas, trata diretamente com editores da Imprensa e dos meios acadêmicos para marcar os que trazem dados contra suas crenças; que seus programadores criavam desvios nos cálculos de programas que tratavam dos dados coletados, então estamos sim com um caso que coloca em questão, se não tudo o que já se disse SOBRE o Aquecimento Global, ao menos uma exposição de que vozes dissonantes eram barradas por esta panelinha.
    Voltando à ideologização do tema, criou-se um muro: Alarmistas estariam de um lado, seriam cientificistas e progressistas, enquanto do outro estavam os céticos, conservadores e contra a ciência. O palco armado era perfeito para os progressistas, até que o ClimateGate deixasse bem claro que não há inimigo maior para os estudos científicos do que a manipulação de dados e o silenciamento do debate. A verossimilhança de obscurantismo transferiu-se dos céticos para o colo dos alarmistas.

    Não noticiar o ClimateGate ou subestimá-lo é verdadeiramente esconder informação que compromete não só muitas informações anteriormente publicadas em veículos de comunicação como também investimentos e gastos de consumidores da notícia. O caso do Washington Post é uma exceção de honestidade na grande imprensa. Leiam uma livre tradução da conclusão contida no editorial da edição de hoje:
    Em nossa avaliação – e na da maioria dos cientistas, políticos e quase todos os governos do mundo – a probabilidade de que o planeta vá aumentar a temperatura no longo prazo por conta da atividade humana é extremamente alta, e a probabilidade de que permití-la sem diminuição terá efeitos desastrosos é inaceitavelmente grande.(…)Cientistas ambientais não deveriam se permitir ser acuados pela irresponsabilidade dos negadores exagerando as certezas de uma ciência complexa ou, pior, censurando a discussão delas.
    Ou seja, eles apenas crêem e até ressaltam o espírito de manada ao evidenciar que este é o pensamento dominante. É uma exposição bastante sincera e também honesta do jornal, está subentendido no editorial que eles não vão dar destaque a uma coisa que vai contra o que eles crêem. ( não é por acaso que quase tudo relativo ao assunto suscita termos muito mais ligados à Religião do que à Ciência )
    Estamos prestes a presenciar mais um grande encontro de chefes de Estado bonzinhos e preocupados em salvar nosso futuro. Estes governantes e todos os veículos de comunicação importantes poderiam neste momento estar refletindo sobre quais são, afinal de contas, os fundamentos que os movem a investir neste catastrofismo. O quanto do que crêem noticiar para o bem, ou gastar para o bem, não tem sido movido apenas por interesses financeiros? Serão as fontes que buscaram sobre o assunto até agora confiáveis? Não estão sendo também estes Governos e órgãos tão desonestos quanto o CRU de East Anglia? Será que eles têm dado espaço a vozes dissonantes?
    Não faz tanto tempo assim, a humanidade viu-se perante a iminência do fim dos tempos, do colapso total. Quem não se lembra das inúmeras manchetes, estudos, opiniões de especialistas e bilhões gastos em temor ao Bug do Milênio, que pararia todos os sistemas computacionais do mundo? Aquele foi talvez o maior hoax e também um dos maiores desperdícios de dinheiro já vistos. A neurose foi vencida pelos fatos pois havia uma data para a profecia se autoconcretizar, enquanto o alarmismo do Aquecimento Global trata apenas de algum futuro. Não aprendemos nada, não esquecemos nada? A divulgação dos dados do CRU de East Anglia é talvez a única grande chance de fugirmos deste obscurantismo lucrativo.

  35. Iconoclasta said

    Fk, vc ta bem afetadinho…

    vc, rapaz sagaz e bem informado(hem?!), cheio de argumentos, sabe qt o Al Gore já faturou com o discurso dele, com a ajuda daqule relatório da ONU com o nome de vários cientistas que não corroboram a tese mas que foram citados como se a endossassem? compreende q empresas são criadas com o objetivo de oferecerem hipotéticas alternativas para o desenvolvimento global (inclusive com capital aberto)? Sabe a grana q gira e o potencial desse mercado de carbono com a histeria do aquecimento? entende a competição por verbas para a pesquisa acadêmica? saca o apetite dos ideólogos do estatismo?

    pois é, se não sabe, é melhor enfiar a violinha no saco, pq interessados em fraudar informações, e se beneficiarem disto, não faltam.

    ;^/

  36. fk said

    Vcs, meus sagazes algozes, sabem quanto faturam, juntas, as companhias automobilísticas e petrolíferas? Reflitam: vcs acham que seria realmente possível algo dessa magnitude pelas costas dessas empresas? Vcs acham que empresas que negociam no ainda incipiente mercado de crédito carbono tem cacife para bancar algo desse tamanho? O Al Gore, esse homem mau, que consegue engambelar toda a humanidade apenas pra vender palestras?
    Esse argumento de vcs não tem a menor lógica!

  37. Chesterton said

    FK, Maracujina, copo de leite morno e daí vá descansar. Em seguida retorne ao assunto com mais sensatez.

    É exatamente essa a disputa que está ocorrendo, as energias tradicionais contra as energias “alternativas”. As alternativas querendo taxar as tradicionais com a cumplicidade de governos e instituições políticas. A grana está aí. Aí é que os ambientalistas querem meter a mão, de modo organizado e articulado. Aí é que onde todo desocupado quer tirar uma casquinha.

    Não esqueça, vingue-se de um socialista: trabalhe, prospere e seja feliz.

    Os melancias, verde por fora e vermelhinhos por dentro, não querem que as pessoas prosperem, comprem carros e queimem hidrocarbonetos (ia falar combustíveis fósseis, mas a quantidade de hidrocarbonetos fora da terra é tamanha, que ninguem provou que petróleo vem exclusivamente de seres vivos fossilizados). Não querem que se coma carne de boi, não querem que os miseraveis passem a consumir – e a gastar hidrocarboneto pois é a primeira coisa que uma pessoa normal faz ao progredir é gastar hidrocarboneto. Querem manter os índios no mato e os africanos nas tribos.

    As empresas automobilisticas e petroliferas nem perdem muito. Primeiro porque serão necessárias por centenas de anos ainda. Até que alguem descubra o moto-perpétuo.
    Depois porque passam seus custos ao consumidor, que é quem realmente paga a conta.

    Aí você me pergunta: tem gente de boa fé metida nisso? Tem, você provavelmente é um. Aliás, todo temos simpatias pela ecologia, pela limpeza, então é muito fácil angariar addeptos num primeiro momento (minha irmã tem a carteirinha numero 1 do Green Peace do Brasil).
    Mas da simpatia ao medo, a tática usada, é um passo.

  38. Chesterton said

    Hilaria entrevista de quem foi pego com a boca na botija e não responde as perguntas realizadas, mas o que vem à cabeça

  39. Chesterton said

  40. Chesterton said

    http://www.infowars.com/lord-monckton-shut-down-the-un-arrest-al-gore/

    Fechem a ONU e prendam Al Gore!!!! (hiláRIOUS)

  41. Chesterton said

    CIENTISTA RUSSO avisa , idade d o gelo chegando.

  42. Patriarca da Paciência said

    Os nazistas fizeram várias comédias a respeito das “qualidades” dos judeus… e a platéia nazista gargalhava que se mijava!

  43. Chesterton said

    que que tem a ver o cu com as calças?

  44. Chesterton said

    Patriarca, uma deixa

    http://novoleitedepato.blogspot.com/

  45. Patriarca da Paciência said

    Esse Jonah Goldberg tem mesmo todo o jeito de quem tenta tirar
    leite de pato, ou de pedra.
    Senão Vejamos: Diz que o fascismo nasceu nos Estados Unidos, porque,
    “Mais precisamente no governo do democrata Wodroow Wilson. De que forma se poderia descrever um país que criou o primeiro Ministério da Propaganda?”

    Há um documentário da BBC que defende a tese de que o primeiro Ministério da Propaganda foi criada por um rei babilônio, milhares de anos antes de Cristo, ao espalhar sua imagem através de alto-relevos em, esculpidos em grandes muralhas, em lugares estratégicos, ou seja, aqueles que eram visitados por um maior números de pessoas e também nas moedas que circulavam por todo o império. Que faziam todos os césares romanos? E Napoleão?

    Ora, esse tal de Jonah Goldberg é apenas mais um adepto da teoria de que todos os males do mundo resultam da infiltração de algum comunista.

  46. Chesterton said

    Leia o livro todo e verá o papel de Napoleão, dos jacobinos. E saberá tudo sobre o assunto.

  47. Patriarca da Paciência said

    Não Chest, eu não vou ler “porque não acredito que o Universo seja governado por algum autocrata voluntarioso, entronizado nas estrelas, a distribuir favores e benesses conforme a sua veneta” (Spinoza). Tampouco acredito que os países sejam governados assim. Governantes são passageiros, executores de idéias amadurecidas lentamente no meio social. Acreditar que toda causa social seja obra da infiltração de alguma comunista é uma bobagem sem tamanho.

  48. Chesterton said

    que profundo…não vá se afogar.

  49. fk said

    chest – Sério mesmo que vc quer comparar a força do lobby automobilístico e petrolífero ao “poder” incipiente de “grandes” empresas que “lucram” com a causa verde? Não estou nem falando dos por vezes obscurantistas radicais do meio ambiente, para quem, muitas vezes, o melhor seria parar a evolução do mundo.
    Sério, essa é uma ideia que não se sustenta na realidade. Para e pensa um pouco…

  50. Chesterton said

    Penso, e comprei o livro Freakonomics, 2, que justamente recomendo a você.
    A diferença, FK, é que a indústria petrolífera e automobilística é real, cria produtos verdadeiros, enquanto a de créditos de carbono é uma pirâmide. Lógico que não se sustenta na realidade, lógico que vai acabar como simples modismo, mas grupos políticos tentam criar impostos mundiais e governos mundiais, regulações de tudo que é tipo, baseados nesse conto-do-vigário.
    Você tem toda razão, uma hora a realidade bate na porta e ao abrir vê-se que é tudo vento, mas até lá, o prejuízo foi enorme, os ambientalistas posam de moralmente superiores, os Marina da Silva e Mincs da vida desviam fortunas para ONGs em causa própria. Alguem vai devolver um centavo? Não.
    E que faz Lobby da industria automobilística é o consumidor, ávido por carros em qualquer classe social.

  51. fk said

    chest – Pense na magnitude das indústrias automobilísticas e petrolíferas. Vc acha que elas não seriam capazes de financiar estudos que não corroborassem o aquecimento global? Vc realmente acha que ela simplesmente deixa rolar toda uma campanha mundial que, em última instância, pode significar diminuição significativa de lucros, vc acha que eles se deixariam tornar os grandes vilões mundiais, os cavaleiros do apocalipse ambiental, sem levantar um dedo, sem financiar um estudo que dissesse o contrário?
    Por outro lado, vc acha que incipientes empresas que trabalham no mercado de carbono tem cacife para criar um engodo desse tamanho? Vc acha que um grupo de cientistas tem esse tamanho poder? Vc acha que a magnitude do dinheiro que as indústria automobilísticas e petrolíferas podem perder nesse processo se equipara às esmolas -comparativamente falando- que alimentam o ambientalismo mundial?
    Vc sinceramente acha isso?

  52. Chesterton said

    Claro que pode, e o fizeram, mas a ONU não quer saber, o movimento ambientalista não quer saber, e os cientistas bloquearam a divulgação desses trabalhos, que estáo aí há anos, eu os tenho lido regularmente e o Pax, parece que começou a lê-los mais recentemente (pois parou com esse bla-bla-bla ecochato há uns 10 meses).
    Os cientistas tem o poder que dão a eles, e a burocracia mundial, através de seus membros paulatinamente estava dando esses poderes. Junto com uma massiva campanha de marketing para conquistas corações e mentes, como numa guerrilha vietnamita (você acha que realmente o exército dos EUA pode perder uma guerra para os vietcongs?).

    Um exemplo para ver o poder dessa gente, crianças de até 12 anos vão ter que sentar nas cadeirinhas de bebê.

    http://news.bbc.co.uk/2/hi/uk_news/4781511.stm

  53. fk said

    Sua resposta ainda é insatisfatória.
    Estamos falando de indústrias bilionárias, perfeitamente capazes de injetar alguns milhões nessas pesquisas que combatem o aquecimento global. Não há uma luta por corações e mentes pq um dos lados não luta, e é o lado poluidor. Quer dizer, esse lado luta pelo afrouxamento de regras ambientais e coisas desse tipo, mas esse embate não tem se dado no campo da ciência. Peguemos o exemplo de outra indústria demonizada: a tabagista. Essa indústria lutou até onde logicamente possível para provar que o tabaco não fazia mal. Uma indústria. Agora, um pool das mais ricas indústrias mundiais simplesmente deixam-se ser demonizadas sem nada fazer?
    A burocracia mundial…vc acha que a burocracia mundial fatura mais com impostos, com incipientes empresas ambientais ou com as bilionárias indústrias poluidoras?
    E a ONU? A ONU existe à revelia dos países mebros? A ONU existe à revelia do CS? A ONU existe à revelia dos cinco países membros do CS, dentre os quais fazem parte EUA, China e Rússia, países que não estão particularmente felizes com essa história de aquecimento global? Vc acha que essa trinca, que durante 40 anos de Guerra Fria paralizaram a ONU enquanto sistema executivo assistiriam impassíveis ao ataque de meia dúzia de cientistas?
    Desculpe, mas a lógica não fecha nesse caso.

  54. Chesterton said

    FK, você realmente tem um longo caminho a percorrer.

  55. fk said

    Responde. Não enrola.

  56. fk said

    Que tal ouvirmos uma fonte conservadora de nível?

    http://www.economist.com/displayStory.cfm?story_id=14966227&source=most_commented

  57. Chesterton said

    Sorry lad, from now on, you are on your own.

  58. fk said

    Diversionismo…

  59. Chesterton said

    The sceptics should not be silenced.

  60. fk said

    This newspaper believes that global warming is a serious threat, and that the world needs to take steps to try to avert it.

  61. Chesterton said

    Pois é, um jornal. que tem fé. Dê uma olhadinha nos cometários que está bem bom.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: