políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Mario Oliveira: Sim, nós podemos

Posted by Pax em 18/02/2010

Duas propostas do candidato do PTdoB à presidência, Mario Oliveira, podem agradar: Educação fundamental em período integral e Corrupção vira crime hediondo com prisão perpétua.

Uma terceira parece complicada, sua proposta para Saúde prevê abertura para os planos privados estrangeiros “para ampliar a concorrência e com isto obrigar os convênios a nacionais a aumentarem a qualidade e diminuir os preços”.

Leia na reportagem de Luciana Abade, Jornal do Brasil, no link abaixo

Pequenos partidos lançam candidatos à Presidência

Anúncios

22 Respostas to “Mario Oliveira: Sim, nós podemos”

  1. Chesterton said

    isso é burrice. Nada como uma pena absurda para um crime ficar impune. Conta outra .

  2. fk said

    Sobre a questão da corrupção virar crime hediondo, só digo isso: blah blah blah.

    A velha conversa pra boi dormir e idiota comprar. Por isso que a lei dos crimes hediondos é um frankenstein onde sempre cabe o último crime da moda.

    A questão, como eu já disse, não é de direito material, ams de direito processual.

  3. iconoclasta said

    “Corrupção vira crime hediondo com prisão perpétua.”

    Pax, isto te agrada, sério?

    e vc acha q complicado mesmo é abrir o mercado de planos de saúde para a concorrência estrangeira? pq, por causa do lobby das seguradoras locais?

    esclarece ai, por favor, essas coisas nao ficaram claras…

    ;^/

  4. Pax said

    Iconoclasta,

    Trouxe uma notícia sobre idéias de programa de um candidato. Disse que duas podem agradar: Crime Hediondo pode ter prisão perpétua e Corrupção pode virar Crime Hediondo, portanto Corrupção pode dar prisão perpétua. A segunda é Educação Fundamental em tempo integral.

    – Sou completamente a favor que propostas no sentido de mitigar a corrupção sejam levadas à sociedade para discussão. Entendo que a participação da sociedade é o caminho mais efetivo. “O olho do dono é que engorda o boi”. Não há outra solução que seja melhor, pelo que entendo. Mas apoio qualquer outro projeto que vá nesse sentido, como por exemplo a Campanha Ficha Limpa. Acredito que temos leis de mais e um modelo jurídico complicado capaz de arrastar os processos e acabar em impunidade dos culpados. É só olharmos os mensalões, como um exemplo, ou os casos estaduais e municipais que sabemos. Ninguém é preso. Não deveriam? Se a proposta do Mario vai nesse sentido, mesmo que não sendo, talvez, a mais factível ou eficiente, entendo que pode agradar eleitores. É isso.

    – Educação Fundamental em tempo integral: nem preciso discutir. Aqui é o ponto de mutação, a macrotransição. Problema é que não dá voto, infelizmente. Só vai entrar na pauta política quando entrar na pauta da sociedade. É minha maior torcida para o país.

    – Abertura para Planos de Saúde internacionais: bem, discordo dessa proposta. Meu principal ponto é que essa solução não funciona. Saúde e Educação devem ser responsabilidade do Estado, a priori. O quanto devem abrir para participação privada é que é a discussão, mas o princípio é esse: responsabilidade do Estado. Assim como Segurança pública.

    Espero ter deixado claro, mas a conversa está aberta.

  5. iconoclasta said

    “Abertura para Planos de Saúde internacionais: bem, discordo dessa proposta. Meu principal ponto é que essa solução não funciona.”

    perdoe a incapacidade de entendimento, mas não fuciona pq? o q embasa esta afirmação?

    outra coisa:

    “- Educação Fundamental em tempo integral: nem preciso discutir.”

    nao precisa?

    ;^/

    ;^/

  6. fk said

    Deixa ver se entendi: estamos discutindo propostas malucas de um candidato nanico de uma legenda de aluguel. É isso? Só para situar a discussão.

  7. Pax said

    Iconoclasta,

    Saúde: você pode me dar exemplos de onde funciona bem?
    Educação: você discorda que o Ensino fundamental tenha que ser em período integral, ou, em outras palavras, discorda que devemos colocar todas as fichas aqui?

    Fk,

    Estamos discutindo Eleições 2010. Um pouco à além, discutindo propostas de governo. Prefiro discutir propostas que discutir se “gosto mais do fulano ou do beltrano, ou da cicrana”.

    Tudo que tenho encontrado de propostas, trago para cá. Com certeza meu tempo não é suficiente para achar tudo, infelizmente. Aliás, quem quiser ajudar, é só trazer a notícia e fornecer o link que provavelmente teremos um post.

    O Mario é um candidato nanico de um partido nanico? É, sim, claro que é. Collor também foi, Lula também. O diferente é que é um engenheiro que nunca foi político e resolveu querer ser presidente. Tenho acompanhado. Fico curioso com essas novidades.

  8. iconoclasta said

    saúde – de onde o serviço privado funciona bem, de onde o plano de saúde me atende dentro do combinado?

    olha caro, eu felizmente não tenho queixas dos serviços de saúde q eu e minha familia temos utilizado, sejam médicos, hospitais, clínicas e laboratórios, exceto por um serviço de emergência uma única vez, mas Ms acontecem. com os planos de saúde tb não tive problemas, portanto a resposta para onde funcionam é AQUI, por exemplo.

    educação – discordo, totalmente, que TENHA q ser. acho q as escolas q tenham condições de oferecer educação em tempo integral, e interesse, q o façam. os pais q estejam de acordo matriculem seus filhos lá. agora, eu, por exemplo, enquanto puder pagar, prefiro escolher o período q meus filhos vão ficar na escola, o tempo q eles vao dedicar aos esportes, as artes, a outros idiomas, enfim… se a escola deles não der conta de instruí-los devidamente, ou eles não tiverem capacidade de absorver o que lhes é ensinado, há alternativas.

    vc permite isto aos MEUS filhos?

    ;^/

  9. Pax said

    Claro que permito que você opte pelo que você pode pagar, iconoclasta.

    Mas, confesso, não estou preocupado com alguém que tem educação superior e ganha o suficiente para pagar. Estou preocupado com a grande maioria.

    Já dizia o princípio eudemonístico socrático: Eudemonismo – doutrina que considera a busca de uma vida feliz, seja no âmbito individual seja coletivo, o princípio e fundamento dos valores morais, julgando eticamente positivas todas as ações que conduzam o homem à felicidade.

    Ou seja, você, como homem livre, pode ter suas escolhas. Quais quiser. Ainda bem.

    Mas e o coletivo?

    Tentando de outra forma: você não considera que as desigualdades acabam virando uma bomba relógio de qualquer sociedade? Que não vela a pena evitar que isso aconteça?

    Mire nos exemplos extremos de desigualdade e veja se funciona. Acho que não. Aliás, tenho certeza que não. Então voltamos a questão do papel do Estado, que já discutimos naquele post do Estado Forte.

  10. iconoclasta said

    bem, se permite, e eu fico aliviado, ainda q eu nao esteja com essa bala toda, vc entende q não TENHA q ser.

    agora, qt a educação e instrução mitigarem desigualdades eu tendo a concocordar, sim. mas, mais importante do q isso, eu acho q ajudam no desenvolvimento. não sei se desigualdades por si prejudicam a sociedade, me parece q cuba e coreia do norte sejam razoavelmente igualitarias mas seus povos não tão felizes.

    independente disso, o que significa boas educação e instrução? política de estado para isso não é só aumentar o tempo de aula, creio. é melhor do q ficarem na rua? para alguns certamente q sim, para outros não. e quem vai ensinar? o q vai se ensinar?

    ;^/

  11. Pax said

    Iconoclasta: não advogo nenhum governo totalitário, nenhuma ditadura. E você sabe disso.

    Parto do pressuposto da Democracia, acima de tudo. Seja ela liberal ou voltada ao social. Que ganhe a melhor proposta. Mas que seja sempre dentro do bem maior: a liberdade.

    Aqui considero cláusula pétrea.

  12. fk said

    Pax – Lula nunca foi nanico e Collor já tinha (má) história lá nas Alagoas.
    Como boa proposta de nanico, essas são só para fazer barulho.

    Sobre os crimes hediondos, acho que já me fiz claro.

    Quanto à educação, fico com o mea culpa do FHC, em cujo governo virtualmente universalizou-se o ensino fundamental: essa universalização não foi acompanhada de qualidade. Proposta de ensino tem que ser algo menos demagógico do que isso aí que esse sujeito do PT do B fala.

    O problema é que não há pensadores públicos de educação no Brasil, e, para piorar, a academia, que até tem ideias boas, é completamente incapaz de criar uma pauta pública para a educação.

  13. Parabéns pela existencia deste espaço democrático e republicano.

    Vamos às questões:

    1. Educação Fundamental em periodo integral – absolutamente necessária, é só ver o restante do Mundo civilizado. Enquanto um coreano, chines, americano, europeu estuda 7/8 horas, nossas crianças estudam cerca de 4 horas. E o futuro chama-se conhecimento, não dar conhecimento adequado as nossas crianças é exterminar o futuro delas.

    2. Saude – Brasil investe 3,1% do PIB em Saude, o que é abaixo dos outros paises semelhantes. A proposta é elevar os investimentos públicos em saude para 5,1% (mais R$ 60 bilhões) e ao mesmo tempo abrir o mercado para os planos de saude estrangeiros. Teriamos então mais recursos e mais competição, redundando em atendimento de melhor qualidade com custo mais adequado.

    3. Corrupção – na verdade é um crime do tipo “genocidio”, pois resulta na morte de muitas pessoas, ao priva-las de atendimento público de qualidade (desvio dos recursos públicos). Por isso deve ser equiparada ao crime hediondo. É só complementar a mudança da lei com o rigorismo penal, ou seja, quem for condenado a 10 anos permanecerá 10 anos preso. Com certeza os casos de corrupção serão reduzidos (no meu site tem um projeto completo anti-corrupção).

    4. Tamanho do Partido – O partido precisa ser grande no que? Na corrupção? Na venda de votos? O que se procura é qualidade de idéias e de projetos ou simplesmente tamanho? O PMDB é o maior partido e não tem candidato à Presidente. E quando Lula foi candidato, quantos deputados tinha o PT? O PV tem candidata e quantos deputados tem?

    Uma observação: fui aluno do SENAI, engenheiro, CEO de multinacional, advogado e professor universitário. Conheço e valorizo Educação, pois tudo que sou devo à Educação.

    Atenciosamente,

    Mario Oliveira

  14. Chesterton said

    Se corrupção for crime hediondo a cúpula inteira do PT vai ao paredão.

  15. Pax said

    Prezado Mario Oliveira,

    Só tenho a agradecer sua presença aqui no blog.

    Sua idéia com relação à Educação é acertada, segundo minha opinião, mas não toca no assunto da responsabilidade e financiamento. De quem será? Do Estado? Privado? Ou um mix disso? E, se for, em que condições e regras? E para o ensino superior? Um dos modelos que parece ter produzido bons resultados é o da Coréia do Sul, o outro é o da Finlândia. A tua proposta vai ao encontro de alguns destes?

    Na Saúde sua explicação me parece, agora, um pouco melhor, ou seja, aumentaríamos os investimentos públicos, procurando além da suficiência de recursos a eficiência em sua aplicação, a abertura para uma maior concorrência dos planos privados. Faz sentido. Sinto falta aqui de uma visão sobre uma reformulação das Agências Reguladoras nesta questão. Ou elas passam a atuar com eficiência, promovendo a defesa dos consumidores e a livre concorrência, ou continuarão neste caminho de cabide de empregos políticos que desandam as áreas que propõem regular.

    Corrupção: bem, aqui não preciso me ater muito. O blog tem o assunto como tema principal. E quem quiser enfrentar o status quo terá que ter muita coragem para mudar o funcionamento político brasileiro. Como governar sem as bases que o coronelato ainda mantém? Qual sua visão neste assunto?

    Partido: Seguindo a linha da corrupção acima, como você imagina, caso vença, governar o país? Suas alianças tenderiam para que lado? Do PMDB, do DEM? (veja, aqui pego o exemplo da situação atual, a situação está com o PMDB, a oposição com o DEM). E você, o que fará?

    O espaço está aberto para você, a hora que quiser, assim como para qualquer candidato. O que mais interessa ao blog é: discutir as propostas de governo.

    Atenciosamente,

    Pax

    p.s.: você tem um twitter? Caso contrário me atrevo a dizer que seria muito bom.

  16. Prezado PAX,

    Grato pelo convite, aceito-o. Dada a limitação de espaço procurarei ser sucinto, sendo que mais informações poderão ser obtidas no site http://www.mibrasil.com.br.

    EDUCAÇÃO

    No Brasil a relação investimento por aluno em ensino superior/fundamental é cerca de 7 vezes, no México de 3,2, na Coreia do Sul 1,78 e na França de 1,85. Uma clara priorização do ensino superior. É preciso mudar esta lógica perversa, pois o investimento que proporciona mais retorno para o país é o no ensino fundamental.

    O montante financeiro para se implantar o ensino fundamental em periodo integral é de aproximadamente R$ 35 bilhões/ano. A maior parte viria da União (FUNDEB e Orçamento do MEC) e o restante dos Municipios e Estados.

    A proposta é tornar as Universidades Públicas autossustentáveis em um prazo de 8 anos, com isso parte substancial do orçamento do MEC poderia ser utilizado no financiamento do ensino fundamental em tempo integral. E os recursos para tornar as Universidades Públicas autossustentáveis seriam obtidos principalmente junto às empresas privadas através da prestação de serviços (dinamizaria a transferencia do conhecimento da academia para as empresas).

    SAUDE

    No meu entendimento, uma das principais diretrizes de um governo é o de atender ao consumidor e não a grupos especificos da sociedade, o que significa promover e garantir a competição.

    A estruturação das agencias e o preenchimento das posições deve portanto nortear-se por esta diretriz e não por critérios politicos/partidários. É preciso implantar nos órgãos públicos os conceitos de governança, de transparencia e principalmente de prestação de contas (accountability).

    CORRUPÇÃO

    O combate à corrupção tem que ser centrado na contabilidade das empresas, no rastreamento das contas bancárias e nas declarações de renda dos envolvidos (como exemplo no caso do Mensalão de Brasilia, porque a Receita Federal não detectou os sinais de enriquecimento “suspeito” dos envolvidos?). E estabelecer também um sistema de recompensa em espécie para quem denunciar casos de corrupção.

    Se eleito presidente, criarei uma Agencia Anti-Corrupção ligada diretamente a Presidencia da República demonstrando o interesse direto do presidente no combate e na erradicação deste flagelo brasileiro. Além, é claro, de propor uma legislação que equipare o crime de corrupção ao crime hediondo.

    A alta corrupção existente no Brasil, que opera com grande impunidade, impacta de forma indireta na criminalidade comum (cerca de 45 mil homicidios/ano). De fato vivemos um estado de guerra civil (temos 3% da população global e 10% dos homicidios mundiais)e é preciso dar fim a esta situação de insegurança com medidas duras. O atual governo, ao findar seus 8 anos de mandato deixará um legado de cerca de quase 400 mil homicidios, o que é praticamente um genocidio. Entendo que todas as medidas necessárias para cessar esta mortandade deveriam ser implementadas, mesmo que temporariamente, até voltarmos a normalidade na segurança dos cidadãos. A propósito, a Constituição Federal preve a pena de morte em caso de guerra.

    PARTIDO

    Sob o pretexto de garantir a governabilidade, vivemos no Brasil um “presidencialismo de transação” em que cargos, interesses e favores são negociados entre os politicos. Os exemplos são inúmeros. É preciso abandonar estas práticas viciadas e corruptas.

    A solução é, ganhando a eleição, antecipar a pauta das mudanças antes da posse e coloca-las para a sociedade e os partidos discutirem. Com isso se garantiria que as negociações para os eventuais apoios seriam feitas de forma transparente, seriam negociados os apoios aos programas de governo e não cargos, posições, interesses e favores.

    Outro aspecto importante é que não haveria uma grande “troca de guarda” na administração (considero que os cargos realmente estratégicos sejam por volta de 1000). Ou seja, os ocupantes atuais de cargos técnicos seriam mantidos, independentemente de sua coloração partidária/ideológica, sujeitos a uma avaliação independente da sua adequação ao cargo. Com isso se garantiria uma continuidade da administração, com óbvios beneficios para o país.

    Um abraço,

    Mario Oliveira

  17. Rodrigo said

    Mario invista na internet, faça um twitter orkut apareça, fiquei sabendo somente hoje de voce através da Istoé.
    O Brasil precisa de uma mão forte com idéias liberais.

    Sucesso na campanha.

  18. Augusto Nunes said

    O nome correto dele é “Mario Oliveira” e não “Mario DE Oliveira” como grafado neste post. Não seria bom corrigir?

  19. Pax said

    Obrigado, Augusto. Corrigirei imediatamente. Falha minha.

  20. Eduardo said

    Caro Mário, vc é uma luz no fim do túnel para as pessoas de bem no Brasil. Estava procurando um candidato como vc, pois o Serra é mais pra esquerda do que direita. Além disso, nenhum dos dois apresentam seus projetos. Só fazem discursos vagos. Vc tem propostas concretas que vão modernizar o Brasil. Tem que aparecer, se fazer presente no orkut, twitter e redes sociais. Vc poderia se aprofundar mais nos seguintes temas?:
    – MST/Reforma Agrária
    – Privatizações/Estatização
    – Investimento em Tecnologia
    – Agronegócio
    Grato

  21. incognito said

    Acho que prisão perpétua e pena de morte (se não me engano, para traficantes, que seriam enquadrados como traidores da pátria, empenhados em guerra civil), antes de tudo, são marketing. Meio que um análogo à bomba atômica do Enéas. Não acho de todo ruins, mas até preferia que fosse assim. Prisão perpétua para corrupto, que não oferece ameaça à população, corre o risco de virar uma prisão domiciliar perpétua, que efetivamente é o estado bancando as mordomias de um ladrão pelo resto de sua vida. Tinham é que limpar as contas dos sujeitos e torná-los inelegíveis permanentemente, e impedidos de atuar em coisas suficientemente parecidas, onde pudessem dar golpes similares. Quanto a pena de morte, contanto que não fosse algo generalizado, algo que pudesse virar circo para a população com sede de vingança, mas algo mais restrito e cuidadoso, seria bastante bem vinda.

  22. André said

    Os Brasileiros querem mudanças, mas continuam a votar em candidatos dos mesmos partidos trambiqueiros de sempre! Chega de PT, de PSDB e seus aliados. Não importa se o PTdoB é nanico. Querem mudanças? Então vamos mudar! MÁRIO OLIVEIRA PARA PRESIDENTE!!!

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: