políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

A meia gravidez tucana

Posted by Pax em 10/05/2010

FHC subiu o tom no lançamento da campanha de Geraldo Alckmin ao governo do estado de São Paulo ao dizer que o Brasil precisa de “mãos limpas“. Especialistas dizem que é a estratégia do PSDB, o endurecimento da campanha, na medida que Serra até agora tem se mostrado muito respeitoso com o governo Lula.

Porém há uma foto do evento, em especial, que parece enfraquecer a fala de FHC.

Clique aqui para vê-la.

Uma imagem, afinal, vale mais que mil palavras.

Óbvio que há mil outras imagens que poderiam ser vinculadas para a situação que tem nas questões éticas e morais o seu calcanhar de Aquiles.

O post é somente para levantar a questão: existe meia gravidez?

Anúncios

25 Respostas to “A meia gravidez tucana”

  1. Eu, particularmente, não gostaria de julgar o Quércia, que não foi condenado nos processos que sofreu. Surpreende, mais do que isso, o Quércia aplaudido pelos seus algozes, o PSDB paulista, que surgiu de uma disputa com ele dentro do PMDB. E o Quércia estar junto com o Alckmin, depois de ter feito forte oposição ao governo do atual aliado.

  2. Jorge said

    é o trio de ferro, fhc, quercia e maluf unidos por serra e geraldo. curioso, muito curioso o que ocorre no psdb, serra estava todo paz e amor, dizendo até que quer o pt em seu governo, e ai vem o geraldo e o fhc e fazem tudo que lula queria. curioso, muito curioso esse psdb e suas lideranças.

  3. Chesterton said

    O PSDB é mais corrupto que o PT?

  4. Olá!

    Eu concordo. Porém, apenas considero que falta um pouco de autocrítica.

    Ao que parece, na mente petista, o Maluf e o Quércia apena são ruins quando apóiam partidos adversários do PT. Mas, quando a situação é contrária, aí, a história muda. Agir assim é mostrar pura indignação seletiva. Um traço comum na mente esquerdista.

    Colocar no mesmo balaio FHC, Quércia e Maluf é pura demonstração de ódio partidário e seguir à risca os ensinamentos da cartilha que dão na Escola Nacional de Formação de Militantes. FHC fez reformas que esses dois sequer podem sonhar em ter algo comparável para mostrar.

    Não há notícias de que, durante o governo FHC, houve alguma tramóia que estabelecia um esquema em que um dos poderes da república corrompia um outro poder, como foi no caso do Mensalão, que é o único evento político do período pós-redemocratização que pode ser classificado como um quase-golpe (ou algo bem próximo a um golpe) — coisa, aliás, que nem mesmo políticos como Quércia e Maluf ousaram fazer.

    Até!

    Marcelo

  5. Jorge said

    chesterton, voce tucanou? vivia dizendo que os partidos tinha que ser dissolvidos, agora está defendendo os tucanos? a entrevista do serra te animou, hein, rapaz! Foi por que ele se declarou de esquerda?

  6. Chesterton said

    Só fiz uma pergunta. Pode um petista afirmar que o PSDB (PSDB, não é Serra) é corrupto hoje em dia. Iria votar no Serra, por eliminação, mas nem isso mais vou fazer, pois parece que ele é um heterodoxo.

  7. Jorge said

    Chesterton, anular o voto não é uma atitude construtiva. Essa história de serra heterodoxo é só jogo de cena. Rapaz, voce precisa ler o blog do Amorim para descobrir os problemas dos tucanos. Como so lê a veja, fica desatualizado.

  8. […] A meia gravidez tucana […]

  9. Pax said

    Marcelo Augusto,

    A aliança que FHC “teve” que fazer com ACM deve ter sido a coisa mais limpa do mundo, não? Arruda (à época do PSDB) que o diga.

    Chesterton,

    Como medir se um é “mais” corrupto que o outro? Se houvesse um indicador ou fórmula, talvez pudéssemos afirmar. Como não há, acho difícil dizer sem que seja a voz de torcida.

    Jorge,

    Ler o tio e o Amorim desvirtua. São leituras para torcidas organizadas.

  10. fk said

    Pax – No mínimo, podemos dizer que os dois estão enfiados igualmente na lama…Essa discussão de quem é mais corrupto realmente não leva a nada.

    Ainda continuo com minha opinião de que, pelo bem do país, ambos deveriam fazer uma aliança programática, fazer uma reforma refundadora do sistema político nacional e, sei lá, governar em um esquema meio bipartidário, no esquema de dois grandes partidos e uns nanicos orbitando em volta…

    Mas a fome de poder parece falar mais alto do que os interesses nacionais…

  11. Pax said

    Fk,

    Tenho a mesma vontade utópica que você.

    Imagine só ambos poderem se livrar de PMDB e DEM ao mesmo tempo? Imagine mais, imagine poderem se livrar também desses partidecos de aluguel que o Michel Temer adora bajular na Câmara?

    Pois bem, como você disse, a tal fome de poder é uma dose cavalar de realidade que nos traz à Terra e não nos permite sonhar com alguma coisa melhor.

    Aos poucos, Democracia é assim, aos poucos, como aquela loja de doce, Amor aos Pedaços.

    O meu pedacinho agora é o Ficha Limpa, mesmo com todas suas eventuais imperfeições, mesmo que os políticos venham (e vão) arrumar seus “jeitinhos” etc, é uma senhora vitória.

    Hoje até o Maluf diz que vota a favor do Ficha Limpa, assim como o PSDB e, pasme, até o PT que Genoino e Dirceu lideravam posição contrária.

    O que isso quer dizer? Que o pedaço de amor à Democracia de agora é que todo mundo ouviu do povo que este não aguenta mais o descalabro desavergonhado generalizado que rouba o dinheiro do hospital, do remédio gratuíto, da escola, da merenda, do salário do policial que vai te proteger etc.

    É, sim, uma senhora vitória.

    Confesso pra você que fico super feliz de ter entrado nesta onda desde o início, apesar de todas as críticas.

    Democracia é, também, direta. E isto quer dizer que o povo pode gritar e tem que ser ouvido.

    Vivo dias felizes com esta vitória, seja lá ela com que final for.

  12. Chesterton said

    Jorge, me ilumine com seu saber. (PHA? Eu? Não frequento o bas fond).

  13. Elias said

    Fico feliz em saber que o FHC, finalmente, ingressou na luta pelo combate à corrupção.

    O Brasil precisava disso! Agora, a luta pela ficha limpa, mãos limpas e — por que não dizer? — rabos limpos, ganha outra dimensão.

    Afinal, ninguém mais autorizado que o FHC pra mobilizar o povo brasileiro contra a corrupção.

    FHC se credenciou definitivamente para essa luta pela maneira irrepreensível como ele se portou na implantação da reeleição e na privatização. A privatização da Vale, então… foi magnificamente exemplar! Ninguém levou nada ali, não foi, FHC?

    Dá-lhe, FHC! Agora a coisa vai…!

  14. Elias said

    Aliás, outro grande lance foi a passagem da jazida de bauxita de Juruti pra Alcoa, a 30 dias do término da validade do direito de lavra, de modo a permitir a abertura de nova contagem.

    Se o direito de lavra expirasse, a Alcoa teria que pagar algumas centenas de milhões de reais à União.

    Mas, o que eram algumas centenas de milhões de reais para o Brasil? Quem, em sã consciência, poderia dizer que o Brasil algum dia precisou desse dinheiro? Não precisava, essa é que é a verdade! Jamais precisou!

    Já a Alcoa não — coitadinha! — tão pobrezinha, necessitava como ninguém economizar essa merreca. Eram só algumas centenas de milhões de reais, bem verdade, mas, pra ela, já faziam enorme diferença.

    Vai daí que nosso grande FHC, numa decisão patriótica, fez com que a transferência do direito de lavra à Alcoa se resolvesse em tempo recorde.

    E que ninguém nunca diga que correu algum nesse lance. De jeito nenhum! FHC jamais permitiria!

    Foi tudo por amor…

    É isso mesmo! Mãos limpas! Bem lavadinhas!

  15. Chesterton said

    è , mas cade o dinheiro na cueca? Roubou lindo, sem deixar rastro?

  16. Chesterton said

    governo Lula manda a receita investigar 6 generais que fazem críticas ao governo…qualquer país sério já teria mandado essa turma para a cana.

  17. Jorge said

    Pax, o PHA joga para torcida mesmo. Mas, comparado com a folha, veja, radio jovem pan e jornal nacional,é bem mais engraçado. O exército brasileiro tem uma longa tradição de militares comunistas, nacionalistas e legalistas, muito prejudicados pelo golpe de 1964, já que sofreram perseguições terríveis por seus colegas.

  18. Pax said

    A questão, Jorge, é que estes jornalistas extremados, seja lá de que lado forem ou que motivação tenham, honestas ou não, que não me cabe julgar, fazem um deserviço ao Brasil, no meu entendimento.

    As torcidas acabam sendo conduzidas para visões antolhadas que, no fundo, são apologia ao relativismo. “Se o ladrão é do meu time, então o roubo tem um fim que justifica o meio”.

    Não consigo concordar com isso. Evito a leitura.

    De outro lado acho que muitas das vezes suas matérias são absolutos tiros nos pés dos partidos à que se sujeitam.

    Veja, não estou dizendo que jornalistas nem mesmo veículos não possam ter opção política. Podem, sim. Mas devem ser lidos assim, como posições absolutamente sem isenção.

    p.s.: hoje estava lendo um post do tal do tio e os comentários de lá num post sobre o Ficha Limpa, na medida que tento acompanhar tudo que sai sobre esta questão, como você bem sabe. Veja o que um certo comentarista de lá teve a capacidade de escrever e o tio publicar:

    Eu nunca fui corrupto e nunca fui politico e como empresário possuo ‘n’ processos civeís e trabalhistas e já fui processado penalmente por atropelar um motoqueiro (maconhado) !
    É justo ?

    Quer dizer que o tal cidadão acha que se existe um motoqueiro maconhado ele pode atropelar e é uma injustiça que seja processado, ou mesmo, sei lá, porque não pagou impostos ou não cometeu alguma infração trabalhista com seus empregados (ou não, não estou julgando). Mas no caso do motoqueiro provavelmente ele se acha um ser superior, que está acima das leis. E que, como tal, atropelar motoqueiro, ainda mais maconheiro, é um “bem” que ele faz para o Brasil.

    Para você ver o nível da coisa toda.

  19. Chesterton said

    um processo no supremo resultou na condenação de um pedestre que ao atravessar fora da faixa, com sinal verde para os carros, danificou um veículo particular.
    O sujeito acima descrito, ao contrario do que você quer fazer crer (mais uma falácia, é sempre igual) , não pensa que pode atropelar motoqueiro por estar sob efeito do THC. Se fosse outro álcool, o etanol, você admitiria a embriaguez do motoqueiro como fator atenuante (ou quem sabe , causal) do episódio?

  20. Pax said

    O cara atropelou um motoqueiro e acha que, por ele estar “maconhado” é injusto que seja processado.

    É o público do tio…

    É um passo para afirmar: “Matei o cara, mas ele era petralha. Uma injustiça eu ser processado”.

  21. Chesterton said

    depois você reclama que eu o acuso de desonestidade intelectual. provavelmente seu problema é que não sabe ler.
    Atropele um pedestre na Avenidada Brasil, será processado e inocentado, o pedestre considerado suicida.
    (não, não estou fazendo a apologia ‘a caça aos pedestres que ousam cruzar a avenida Brasil a pé, se é que você percebe a diferença…. rs)

  22. Jorge said

    Pax, aqui na zona norte de SP o povo diz que todo mundo gosta de feira na rua de cima, mas não na porta de casa. muita gente quer leis implacáveis desde que seja para os outros – vizinhos, outras classes sociais, outros partidos, outras religiões, etc. É assim mesmo, aos poucos vamos construindo a democracia.

  23. Pax said

    Pois é, Jorge,

    É isso aí,aos poucos a Democracia brasileira vai se consolidando. Tenho muita fé que ainda teremos uma classe política muito mais temerosa das leis que hoje em dia.

    Essa história de roubar dinheiro público impunemente tem que acabar, ou diminuir o máximo possível.

    E, quem for pego com a boca na botija, que vá ver o Sol nascer quadrado mesmo.

    Na hora que começarem a botar político pego no roubo dos cofres da viúva na cadeia, a coisa tende a melhorar ainda mais.

  24. Chesterton said

    Na polêmica recriação da Telebrás, para supostamente implantar o programa nacional de banda larga, o governo $talinácio já tem estudos para recomprar a Embratel, privatizada na Era FHC. O emprsário mexicano Carlos Slim toparia a parada. Outra tele que tem influência estatal (do BNDES e do fundo de pensão Previ), além de ligações com Lulinha (filho do presidente), pretende entrar no negócio de televisão. A Oi força a barra para adquirir concessões de TV a Cabo – igualando-se à Telefônica, que em São Paulo adquiriu, há tempos, a TVA do grupo Abril.

    As interferências de petralhas em negócios de comunicação já geram reações do mercado de comunicação – principalmente da Rede Globo, que não aceita a entrada das teles no mercado de televisão comercial, além de exóticos concorrentes no meio impresso. A Globo teme que, fazendo a convergência de telefonia móvel, televisão e sistema de banda larga, as empresas de telefonia (sobretudo a Oi) acabem tomando conta do negócio das emissoras que têm concessão de rádio e TV.

    A.T.

  25. Chesterton said

    Terrorismo no Rio Grande do Sul

    http://www.liberdadeusp.com.br/2010/05/nota-de-repudio-ao-atentado-contra-sede.html

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: