políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

No MT todos os poderes desmatam a Amazônia

Posted by Pax em 23/05/2010

A Operação Jurupari prendeu 70 pessoas envolvidas em fraudes que autorizavam desmatamento e retirada ilegal de madeira da Floresta Amazônica no MT. O pior: em reservas indígenas e unidades de conservação.

Entre os presos está Janete Riva, mulher do presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso, José Riva do PP, considerado uma espécie de “Maluf do MT” que criou um feudo político e um império econômico na região, corrompendo todos os poderes republicanos, segundo o noticiário.

Para começar a entender o tamanho do problema – que inacreditavelmente o país não consegue resolver – vale a pena ler primeiro as duas notícias do Jornal do Brasil publicadas em abril de 2009:

Novo Maluf: Um império econômico e um feudo político

No rastro de um rombo milionário

E a notícia de sexta feira, publicada pela Agência Brasil, abaixo.

PF prende 70 pessoas por fraudes em autorização para desmatamento e retirada ilegal de madeira

Alex Rodrigues – Repórter da Agência Brasil

Brasília – A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã de hoje (21), em caráter preventivo, cerca de 60 pessoas acusadas de participarem de um esquema que fraudava autorizações de desmatamento e de retirada ilegal de madeira de áreas públicas e de proteção ambiental. O grupo também forjava a documentação necessária para que serrarias e madeireiras envolvidas no golpe pudessem transportar, processar e comercializar os produtos florestais ilegais.

Além de madeireiros e proprietários rurais, foram presos o ex-conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso Ubiratan Spinelli, que deixou o tribunal em dezembro de 2007, e seu filho, Rodrigo Spinelli. De acordo com a assessoria do tribunal, Rodrigo é funcionário efetivo da área técnica do órgão.

Também foram detidos assessores do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, José Riva, e sua mulher, Janete Riva. Agentes da PF continuam executando os outros 21 mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal em Mato Grosso. Um balanço da Operação Jurupari – uma referência ao personagem que, segundo a lenda tupi, é a entidade enviada pelo Sol para reformar a Terra e fazer valer as leis – será divulgado ainda esta tarde.

Segundo a assessoria da PF, a operação é o resultado de cerca de dois anos de investigação, período durante o qual foram constatadas irregularidades praticadas em pelo menos 68 empreendimentos e propriedades rurais por servidores da Secretaria Estadual do Meio Ambiente de Mato Grosso (Sema) e de outros órgãos de governo, por engenheiros e fazendeiros. De acordo com a PF, a maior parte dos acusados faziam movimentações financeiras incompatíveis com os rendimentos declarados à Receita Federal.

A PF estima que o valor mínimo dos danos ambientais chegue a R$ 900 milhões, cálculo detalhado em quase uma centena de laudos periciais feito pelo setor técnico-científico da PF em Mato Grosso e que permitiu à Justiça Federal decretar o sequestro e a indisponibilidade dos bens dos 91 acusados.

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de formação de quadrilha; corrupção ativa e passiva; furto; grilagem de terras; falsidade ideológica; inserção de dados falsos em sistema de informática, além de diversos crimes previstos na Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98).

Atualização: Mais notícias disponíveis na web coletadas sobre o assunto:

Polícia Federal confirma 64 prisões em operação

Polícia Federal: Espírito Santo é alvo da Operação Jurupari, de combate ao comércio ilegal de produtos florestais

Operações da PF marcam a semana em MT (esta contém uma lista maior de suspeitos relecionados)

Anúncios

2 Respostas to “No MT todos os poderes desmatam a Amazônia”

  1. Jorge said

    que situação. quem investiga ou denuncia esse gente corre risco de vida, com a história recente do país mostra tão bem.

  2. Pax said

    O inacreditável é que a suposta quadrilha já havia sido desmascarada faz um bom tempo e continuou agindo impunemente.

    Por isso que digo que a corrupção, ou a Ditadura da Corrupção, tira o futuro do país. Casos como esse só vem a reforçar minha opinião.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: