políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Desvio de R$ 68,5 milhões no SUS em Belém

Posted by Pax em 25/05/2010

MPF denuncia prefeito de Belém por desvios de R$ 68,5 mi do SUS

Portal Terra

O prefeito de Belém (PA), Duciomar Costa (PTB), o ex-prefeito Edmilson Rodrigues (Psol) e cinco ex-secretários municipais de Saúde foram acusados pelo Ministério Público Federal no Pará (MPF-PA) por improbidade na administração de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). O órgão pede o ressarcimento de R$ 68,5 milhões que teriam sido desviados.

De acordo com o MPF-PA, entre as irregularidades estão o desvio de recursos do SUS, falta de pagamento aos prestadores de serviços do sistema, o descumprimento de decisão judicial que determinou a realização dos pagamentos, a ausência de comprovação de pagamentos, realizados com atrasos, e prestação de informação falsa à Justiça.

Continua no Terra

Nota minha: O PSOL precisa se explicar…

Anúncios

5 Respostas to “Desvio de R$ 68,5 milhões no SUS em Belém”

  1. Elias said

    Pax,

    O PSOL de Belém não precisa se explicar.

    Edmilson foi prefeito de Belém de 1997 a 2000 e de 2001 a 2004. Ambos os mandatos foram exercidos quando ele era do PT. Ele ingressou no PSOL apenas em 2005 ou início de 2006, quando seu 2º mandato já havia expirado.

    Acho difícil que tenha ocorrido desvio de recursos na gestão do Edmilson.

    Na gestão do Duciomar houve, ao que foi divulgado, desvio de finalidade.

    Recursos destinados à saúde teriam sido aplicados em segurança pública.

  2. Pax said

    Caríssimo Elias,

    Algumas perguntas, partindo da premissa que você tem melhores informações e muito crédito:

    1 – Estes desvios da Duciomar (da saúde para a segurança) teriam alguma defesa plausível? Não houve desvio para bolsos ou bolsas, ou cuecas e sacolas como em outros casos?

    2 – O que você pode nos dizer sobre os secretários acusados na notícia do site Terra: “cinco ex-secretários de saúde acusados são: Esther Bemerguy de Albuquerque, Everaldo de Sousa Martins Filho, Cleide Maria Ferreira da Fonseca, William Lôla Mendes e Manoel Francisco Dias Pantoja”

    3 – Porque o Edmilson saiu do PT e foi para o PSol?

  3. Pax said

    Aliás, Elias, se quiser, faça de forma que vire um post. O blog publicará com enorme prazer, mesmo porque será um “furo”.

  4. Elias said

    Pax,

    Vai como comentário, mesmo.

    1 – Não sou, exatamente, um eleitor do Duciomar. Jamais votei nele. Aliás, sempre votei CONTRA ele.

    2 – Sei que ele tem um monte de processos nas costas. Está com o mandato por um fio. Na realidade, já foi condenado à perda do mandato, que ele consegue continuar exercendo por conta de procedimentos jurídicos. No caso, a disputa é com o PMDB, que assumiria a prefeitura caso Duciomar fosse cassado.

    3 – Agora, quanto aos recursos pra saúde, que eu saiba, foi desvio de finalidade. Alguns veículos comprados com recursos federais específicos pra saúde, foram lotados na Guarda Municipal de Belém, a GBel. Isso aconteceu logo ao início do 1º mandato do Duciomar. Até onde eu sei sobre esse caso, ninguém foi acusado de embolsar dinheiro e sim de desvio de finalidade (nunca pensei que, um dia, eu diria alguma coisa em favor do Duciomar!).

    4 – Não sei o que a equipe do Duciomar alegou em defesa própria. Mas acho que a decisão foi tomada pra fazer chinfra política. Logo ao início do seu 1º mandato, Duciomar promoveu, com estardalhaço, um desfile com a “nova frota da GBel”. Achei estranho, pois, com menos de um mês da posse, Duciomar não teria tempo pra fazer uma licitação, comprar os carros e prepará-los para uso da GBel (instalação de giroflex, tela interna, etc, etc). Depois desse porre, veio a ressaca: os carros teriam sido desviados da Secretaria de Saúde para a Guarda Municipal.

    4 – Quanto aos secretários municipais de saúde que você citou, os 2 primeiros são do PT. Ao longo dos 2 mandatos do Edmilson Esther Bemerguy foi secretária de planejamento, de finanças e de saúde. É funcionária concursada do Banco do Brasil e, pelo que sei, pessoa corretíssima, pessoal e profissionalmente. Absolutamente correta! Vou ler a matéria que você linkou e, se possível, consultar os processos, antes de me manifestar.

    5 – Os 3 secretários restantes são da gestão Duciomar. Não os conheço.

  5. Elias said

    Pax,

    O Edmilson saiu do PT e foi para o PSOL por causa de divergências políticas e ideológicas.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: