políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Faxina geral: quem pode fazer?

Posted by Pax em 23/06/2010

A faxina geral na política nacional tem um único caminho possível: a mobilização popular.

Ontem o noticiário veio recheado e o blog pesca algumas notícias para a boa discussão. O TCU entregou uma relação de 4.922 de pessoas envolvidas em contas não aprovadas para o TSE. Gente candidata a ser barrada pela Lei Ficha Limpa para registro de candidaturas. Agora imaginem o crescimento desse número. Ele pode ser vertiginoso. Tende a ser. O blog afirma que vivemos sob uma ditadura, a da corrupção, e a coleção de notícias que vem ocorrendo aqui desde agosto de 2008 permite esta afirmação. Assunto sobre o tema não falta. Falta é tempo. Quem dera houvesse uma equipe de pelo menos umas 30 pessoas para colecionar tudo, em todos os estados. Quem dera houvesse uma equipe de 5 a 10 mil pessoas para colecionar todo o noticiário de todos os municípios brasileiros. Aí sim teríamos uma coleção merecedora do subjetivo completude.

Na mesma linha, ontem o Deputado Paulo Maluf afirmou que sua ficha é a mais limpa do Brasil, que não tem nenhuma condenação. Parece, talvez, um escárnio com o povo e com a justiça brasileira. E corre o risco do deputado não ser barrado pela nova lei, haja vista a capacidade de defesa jurídica que seu patrimônio consegue pagar e que o estado democrático de direito é obrigado – ainda bem que sim – a permitir a defesa. O blog não pode acusar o deputado de nada, somente afirma que há um enorme noticiário, que inicia muito antes de agosto de 2008 (quando o blog começou), que indica que a afirmação da “ficha mais limpa” do Brasil não é verdadeira. Sim, melhor dizer assim, ainda mais sabendo que Maluf é um dos que mais processam quem quer seja que aponte suas eventuais irregularidades. Ao menos no tal “frangogate” o deputado foi condenado pelo Tribunal de Justiça de SP, por 2 votos a 1, a devolver aos cofres públicos dinheiro considerado irregular na compra da merenda escolar de São Paulo.

E aí chegamos à conclusão da questão incial do post: quem pode fazer a faxina geral na política nacional? “Geral” é uma utopia, mas a busca desta utopia fez inúmeros países saírem do atraso, de suas ditaduras da corrupção, e alcançarem um novo estágio em suas sociedades. É ou não o que queremos? Segundo é possível inferir do movimento em prol do projeto de lei Ficha Limpa, é sim. E a conclusão é que a justiça é incapaz de solucionar todos os casos, haja vista o exemplo acima. Não só não há tempo útil como também não é judicializando a política que resolveremos a questão de forma mais eficaz. Quem vai faxinar a política é a sociedade. Quem levará o país para o novo estágio civilizatório, mais correto, mais produtivo e mais evoluído é a sociedade.

O Projeto Ficha Limpa é um marco, mais que isso, é além do marco uma ferramenta, mas devemos mesmo é cobrar dos partidos e da própria sociedade a capacidade de escolher melhor os vereadores, deputados estaduais e federais, senadores, prefeitos, governadores e presidentes.

Vale ressaltar este ponto: são os partidos que abrigam estes candidatos. Que as legendas assumam o compromisso de respeitar a vontade popular de uma nova era na política nacional, menos suja, menos corrupta.

Anúncios

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: