políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Mario Oliveira e os pedágios em SP

Posted by Pax em 30/06/2010

Acompanhando o Twitter do Mario Oliveira, candidato do PTdoB à presidência, fiz um RT (reenvio) de um de seus microposts agora de manhã, de uma questão que me afeta como cidadão.

Vejam a sequência:

Mario Oliveira: Pedágios/SP. O governador deve disponibilizar os contratos de concessão para verificação se são contratos/preços abusivos ou não. Simples!

Na sequência, meu RT: Boa essa: RT @mariooliveira70: Pedágios/SP. http://tinyurl.com/24ocdlx – abrir os contratos dos pedágios em SP e analisar pq são tão caros.

Duas coisas aconteceram em decorrência:

1 – saiu um post no twitter da Folha dizendo que: Painel: Movimento “independente” contra pedágios de SP é organizado por petistas

2 – O Mario Oliveira me mandou uma DM (mensagem direta, do twitter dele para o meu, sem estar público), agradecendo meu RT.

Ou seja, a Folha coloca uma informação que “Movimento Estadual Contra os Pedágios Abusivos de São Paulo”, que tem protestos marcados para amanhã em diversas rodovias, é organizado por petistas que miram as candidaturas dos tucanos José Serra e Geraldo Alckmin, informa o “Painel” da Folha, editado por Renata Lo Prete (íntegra somente para assinantes do jornal e do UOL).”

Não estou questionando a notícia, só afirmando que nem o Mario, nem eu, somos petistas. Nem mesmo parece que temos a mesma visão política, mas também queremos saber porque os pedágios de São Paulo são tão caros.

Eu, particularmente, uso pacas as estradas paulistas. São ótimas, sim, mas a conta que pago todo mês no SEM PARAR não é nada pequena. Poderia reduzir? Me parece que tenho todo direito de correr atrás deste meu direito de saber, como cidadão.

Resultado de tudo isto: Trocamos mais duas mensagens entre nós e o blog fará sua primeira entrevista. Mario Oliveira virou leitor e comentarista do blog – o que nos honra – e simpaticamente aceitou minha proposta.

Convido todos que quiserem a colocarem nos comentários abaixo perguntas que eventualmente gostariam de fazer ao Mario, a quem agradeço antecipadamente.

ps.: este twitter…. não sei no que vai dar… mas faz pensar.

Atualização: antes que achem que só bato, deixo três comentários complementares ao post:

1) a nova marginal Tietê ficou muito boa, sim.

2) passei a usar motocicleta de novo, para poder andar dentro de São Paulo com alguma mobilidade. Há pedágios que motos não pagam, mas outros que passaram a cobrar, um erro, na minha opinião, você precisa parar, tirar a luva (inverno), pegar dinheiro etc. Não há, ainda, SEM PARAR ou similar para motos. Fica a dica.

3) o Rodoanel é bom, faz todo sentido existir.

Anúncios

3 Respostas to “Mario Oliveira e os pedágios em SP”

  1. Olá!

    Algumas perguntas, Pax:

    01. Como tornar o liberalismo compreensível e assimilável ao grande público brasileiro?

    02. Qual a proposta do candidato para as reformas tributária, política, fiscal, administrativa, educacional, e nas áreas da saúde e segurança pública?

    03. Como propostas liberais poderiam contribuir para a redução da corrupção da classe política brasileira?

    04. Quais as propostas do candidato para melhorar a dinâmica de geração de riquezas do setor privado?

    05. Caso o senhor fosse presidente, como procederia na composição de alianças?

    06. Por quais motivos, na sua opinião, o liberalismo nunca teve chance em terras brasileiras? O senhor concorda que, no Brasil, seja à esquerda seja à direita, o que sempre houve foi uma tendência ao patrimonialismo e à criação de privilégios para determinados segmentos que têm fácil acesso à estrutura de poder político?

    07. Quais as suas considerações sobre os segmentos políticos, sobretudo aqueles das esquerdas, que utilizam as sociais-democracias escandinavas como exemplo a ser seguido, mas que, invariavelmente, mostram uma enorme má vontade para implementar medidas economicamente liberalizantes ao estilo daquelas feitas nos países escandinavos? O senhor considera que o PT poderia tomar a iniciativa de implementar medidas desse tipo?

    08. O quê fazer para criar, no Brasil, um capitalismo e uma livre iniciativa mais competitivos e realmente modernos? Sem esses elementos, um país conseguiria atingir elevados níveis de desenvolvimento?

    09. Quais as suas considerações sobre o BNDES? O senhor considera que esse banco pode ser utilizado com o objetivo de manter refém a parte do setor privado que recorra a ele?

    10. Na sua opinião, como o Brasil estaria hoje se nos últimos 50 anos o liberalismo tivesse sido implementado pelos governos?

    Ao que parece, o Mário Oliveira não será mais candidato à presidência. Lamentável, era um dos poucos que ainda traziam uma lufada de civilização para o debate político.

    Até!

    Marcelo

  2. Pax said

    Obrigado, caro Marcelo Augusto,

    Algumas das tuas perguntas são as mesmas minhas. Ainda nem sei como farei a entrevista. Nunca fiz uma. No mínimo será uma experiência interessante.

    Quero, se der, fazer algo não tão ortodoxo, se é que serei capaz de descrever… vejamos.

  3. Jorge said

    o governo de São Paulo procura intimidar seus críticos. Serra disse no Roda Viva que Herodoto Barbeiro era porta voz do PT quando esse o questionou sobre o valor dos pedágios. Quiz intimidar o sujeito. Foi abjeto.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: