políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

FHC chateado com a campanha de Serra

Posted by Pax em 04/09/2010

Segundo reportagem da revista IstoÉ, FHC está incomodado com a campanha de Serra que prefere vincular o tucano com a imagem de Lula que com a dele.

Algumas declarações pinçadas do artigo:

Fernando Henrique Cardoso: “Estou muito magoado porque o País mudou em nosso governo e agora o Serra faz uma campanha escondendo que quem mudou o Brasil fomos nós.”

Álvaro Dias: “Fernando Henrique tem bons motivos para estar magoado, chateado e triste, mas sei que ele é superior a tudo isso”

César Maia: “O Fernando Henrique tem razão para estar chateado. O governo dele simplesmente não foi citado na campanha de seu próprio partido”

Leia a entrevista no link abaixo

FHC: um pote até aqui de mágoas

Alijado da campanha tucana, que prefere usar a imagem de Lula à dele, o ex-presidente deixa claro ao partido que está insatisfeito e ataca os marqueteiros de José Serra
Yan Boechat

Anúncios

16 Respostas to “FHC chateado com a campanha de Serra”

  1. Patriarca da Paciência said

    No final das contas, o FHC tem lá as suas virtudes.

    Ele sempre deu a impressão de que considera o Serra um político ruim e um péssimo estrategista.

    Ainda mais agora que, tudo indica, o rumoroso caso do “Pó Parar” parece está por trás de toda essa história da Receita Federal.

    O Aécio anda de bicão calado!

  2. Patriarca da Paciência said

    O rumoroso caso do “Pó Parar” é o chifre da vaca que foi pro brejo aparecendo no lamaçal.

  3. emerson57 said

    magoado ele deixou o povo brasileiro
    com as privatizações
    com a compra do segundo mandato
    com a ida ao fmi por tres vezes
    com o tratamento dispensado aos aposentados

    fhc, vá pela sombra………

  4. William said

    E oque falar da Falha de Sao paulo de hoje hein?? Mentira em letras garrafais. Patético. Aecinho a investigaça tá chegando em vc.

  5. Patriarca da Paciência said

    Aos poucos as coisa vão sendo explicadas.

    Conforme a Folha do dia 05/09/2010, o “guru do Serra”, que dirige a sua página na internet, estaria com a “A intenção é angariar voluntários (ainda não se sabe exatamente para que) e obter listas de e-mails e contatos em redes sociais.”

    Não seria esta a fonte da enxurrada de e-mails infames e imundos que circulam contra o presidente Lula e a candidada Dilma?

  6. Jorge said

    Patriarca, voce entendeu tudo. Eles sempre fizeram isso em SP. Mentira, mentira e mais mentiras.

  7. Zbigniew said

    Pax, esta é sobre aquele parque que você comentou num dos posts (acho que sobre o Alckmin em São Paulo):

    Do blog do Nassif (http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-primeira-dama-e-o-parque-da-agua-branca#more):


    (…)
    A Associação Amigos do Parque solicitou reuniões para esclarecimentos aos gestores do Parque e finalmente em agosto, três reuniões foram realizadas, com a presença do Diretor, técnicos (engenheiros agrônomo e florestal) da Secretaria de Agricultura e frequentadores. Nestas reuniões foram apresentadas informações a respeito das várias intervenções.

    Com as informações oferecidas nas reuniões e pela imprensa, atualmente sabemos que:

    * A vegetação do parque que ficava na lateral da Rua Ministro Godoy foi removida para ser criada no local uma trilha para observação de árvores – Trilha do Pau Brasil.
    * Os estacionamentos estão fechados para reforma.

    * O uso do estacionamento de carros dentro do Parque será cobrado e para isso, os serviços serão terceirizados.
    * O sistema de galerias de coleta de água pluvial vai ser reformado e serão realizadas alterações no Bosque das Palmeiras (atualmente sem acesso para o público) com a remoção de algumas espécies e criação de uma nova trilha que se aproxima de uma das nascentes do parque. Esta trilha terá piso de madeira e piso intertravado, também serão reformados os tanques de peixes desta área e uma de suas laterais será calçada com piso intertravado, onde estão localizados os aparelhos de ginástica e a casa do cabloco. Está previsto também um deck sobre o lago negro.
    * Será implantado novo sistema de iluminação para o Parque ficar aberto até as 22h.

    * Mais de 30 árvores foram cortadas e outras 40 também serão, por terem concluído seu ciclo natural de vida ou por estarem apresentando problemas de segurança (risco de cair) segundos avaliação dos técnicos do governo.

    * Será drasticamente reduzida a população de aves soltas (marrecos, galos, gansos, patos, pavões etc), e/ou serão todos mantidos engaiolados.
    * Algumas edificações estão sendo restauradas com troca do telhado e nova pintura externa.

    * O Tattersal foi reformado e agora é um auditório equipado
    * O asfalto dos passeios e alamedas serão substituídos por concreto.
    * Onde há muito tempo foram os viveiros foi criada a praça de leitura, com piso de pedrisco.
    * O espaço para pic-nic será reequipado.
    * Um dos prédios será destinado a uma praça de alimentação.
    * Será criada a praça do café, com a instalação de um café no local.
    * Será criada a praça das orquídeas.
    * O aquário será ampliado.
    * O pergolado será restaurado e ganhará um deck para eventos.

    Nas discussões realizadas, os frequentadores do Parque externaram que as obras de recupeação e manutenção há muito tempo eram necessárias e são bem vindas, mas há uma grande preocupação com as intervenções que possam causar a descaracterização do Parque. Ficou evidente que:

    * Os projetos não conversam entre si e não existe um plano geral de manejo ambiental.

    * Há uma clara divergência entre os conceitos de Parque que orientam as propostas dos técnicos e a defendida pelos frequentadores. Não está evidenciada nas propostas dos técnicos a preservação das atuais características do parque que são um patrimônio histórico, cultural, paisagístico e ambiental da população de São Paulo.

    * Existe uma grande influência da Presidente do Fundo na administração e intervenções propostas para o Parque.

    * Não há interesse dos gestores do Parque em construir as propostas com os frequentadores.

    Mais grave ainda são as alterações que influenciarão diretamente no equilíbrio do ecossistema do parque, com graves consequências para a fauna e a flora, como a implantação de iluminação noturna para manter o Parque aberto até as 22h, retirada de vegetação, aproximação do público às nascentes, redução e aprisionamento das aves e muitas obras acontecendo ao mesmo tempo. Estas intervenções já estão afugentando as aves dos seus locais, sem que uma alternativa de cuidado tenha sido criada.

    * Qual será o impacto de todas essas intervenções para a fauna e flora a curto, médio e longo prazos? Foi feito um estudo sobre isso?

    * O que justifica a retirada de vegetação? Porque cobrir a terra com pisos e pedriscos? Porque aprisionar as aves?

    * Qual é a garantia de manutenção futura do Parque? Haverá recursos financeiros e pessoal técnico especializado – agrônomos, jardineiros, veterinários – para a boa gestão e manutenção? Qual a garantia de que o Parque não ficará a mercê da descontinuidade das mudanças políticas e a cada novo gestor, novas alterações?

    Os amigos e frequentadores do Parque estão organizados e realizando várias ações para reverter essa situação. Uma delas foi protocolar um requerimento à Promotoria de Meio Ambiente do Ministério Público de São Paulo, apresentando os fatos e requerendo que:

    a) As obras e ações interventoras do Parque Água Branca sejam imediatamente suspensas até que, de fato, sejam avaliados os impactos ambientais decorrentes de tais ações e obras efetivamente implantadas, além de outras já anunciadas, quer seja pela mídia, quer seja pelo conhecimento dos moradores da região e frequentadores do Parque, sob pena de serem irreversíveis as medidas futuras a serem adotadas;

    b) Sejam efetivamente protegidas a fauna e a flora, não sendo desrespeitados como está ocorrendo, pois os animais estão sendo acuados, estão assustados com toda a movimentação e não há nenhum sinal se preocupação com relação a esse fato, de tal maneira que eles se encontram à mercê da própria sorte ou da proteção limitada de frequentadores do parque;

    c) Os amigos e frequentadores do Parque participem efetivamente das decisões que o afetam e não sejam colocados como meros espectadores do evento ou simplesmente informados dos acontecimentos.

    Informações, documentos, decretos, fotos e manifestações estão sendo postados nos seguintes blogs:

    http://www.parquedaaguabranca.blogspot.com

    http://www.amigosdoparquedaaguabranca.blogspot.com

    Somos favoráveis à revitalização e manutenção do Parque da Água Branca desde que as ações e projetos sejam sustentáveis, respeitem a natureza e a característica rural e de educação ambiental”

    do Parque da Água Branca.”

  8. Elias said

    I
    FHC não deu sorte com Serra.

    Em 2002, como o índice de aprovação de FHC havia despencado, Serra fez o que pôde pra se dissociar do então presidente.

    Agora, em 2010, houve aquela aposta de que o potencial de transferência de voto do Lula não passaria de 15%.

    FHC discordou, mas foi voto vencido dentro do PSDB. Aí ele foi pros jornais, alertar que o PSDB estava equivocado, que Lula iria transferir muito mais do que 15%, etc, etc.

    Agindo assim FHC tirou sua biografia da m… Demonstrou publicamente que estava em desacordo com a linha adotada pelo partido e, pior para este, que sua avaliação — e não a do partido — é que estava certa.

    Só que, ao tornar pública essa divergência, FHC se isolou ainda mais dentro do PSDB.

    Caso a ala serrista estivesse com a razão, a influência de FHC no PSDB iria ficar menor, ainda.

    Como a coisa deu no que deu, já se começa a empilhar a lenha para alimentar a fogueira na qual Serra será queimado vivo.

    II
    Um artigo da Economist fala da conduta de Lula no auge da crise econômica. Lula apostou tudo numa tese que a maior parte dos analistas, economistas, etc., via com reserva. Ficou meio mundo esperando pra ver o Brasil se arrebentar.

    Quem apostou nisso quebrou a cara. A desoneração tributária temporária manteve os níveis de produção e de emprego e o Brasil acabou se tornando um dos primeiros países a sair da crise. Neste 1º semestre de 2010, já se fala em crescimento do PIB acima de 8% em relação ao mesmo período no ano anterior.

    Governar não é tarefa técnica. É tarefa política. Governa bem que sabe tomar as decisões políticas certas, no momento certo.

    Pra fazer isso, você tem que estar à altura daquilo que o momento exige de você.

    Paulson, Secretário do Tesouro americano no governo Baby Bush, simplesmente fez o Estado americano comprar boa parte dos 9 maiores bancos americanos. Idem das principais seguradoras. Na prática, semi-estatizou o sistema financeiro americano.

    Paulson se tornou o Secretário do Tesouro que mais intensamente interviu na economia, desde FDR. Estancou a crise financeira americana (e mundial, né?).

    Mas Paulson estancou a crise financeira americana (e mundial), fazendo aquilo que combatera a vida toda: maciça intervenção estatal no domínio econômico.

    Por isto, saiu do governo dizendo-se derrotado do ponto de vista político, ideológico e intelectual.

    Provavelmente nunca mais Paulson escreverá aquelas bem escritas fantasias neolibs que caracterizaram sua produção intelectual durante décadas.

    Pode ser que tenha sido doloroso pra ele berrar a plenos pulmões que estivera sambando errado a vida toda.

    De qualquer modo, Paulson mostrou que estava à altura daquilo que o momento exigiu dele.

    Como Lula.

    É isso que falta ao Serra.

    Serra não soube aglutinar politicamente nem mobilizar politicamente. Foi presunçoso, egoísta e burro. Preferiu acreditar em mentiras bonitas — que massageavam seu ego, mas não tinham a mais leve conexão com a realidade — do que em verdades desagradáveis.

    Serra não está à altura. Pode até ser que, no futuro, isso mude. Agora, não. Serra não está à altura. Por isto mesmo, Serra jamais seria um bom presidente. Jamais seria um presidente pelo menos razoável.

    Melhor para todos — pra ele inclusive, mas, principalmente, para o Brasil — que Serra seja derrotado. Serra não está à altura daquilo que nosso país necessita.

    Serra tá pequeno demais. Ao ponto em que chegou, o Brasil já demanda gente maior que ele.

  9. Pax said

    Prezados,

    Dois dias no meio do mato sem luz nem link com nada. O que aconteceu de novo por aí?

  10. Chesterton said

    ESTÁ NA HORA DE FREAR O ABSOLULISMO
    Absolulismo é um neologismo que criei e que como vocês podem ver misteura absolutismo com lulismo. Popularidade alta não dá carta branca a ninguém. Lula não pode sair pora aí com seus cartaxos e capachos atropelando a lei, desesquilibrando o jogo, desestabilizando a democracria, levando-a para o vale-tudo só para eleger o seu poste de estimação. Dada sua alta popularidade deveria dar o exemplo, ser um árbitro. Da forma que age, é um troglodita, um parlapatão – e muito perigoso.

    A República está entorpecida. Lula é inimputável e quer enquadrar o Brasil A megalomaníaca cançoneta do programa de Dilma, dizendo que ele está lhe entregando o seu pavo nada fica a dever ao fascismo. Que mané povo dele? Você que está me lendo pertence ao Lula? Se nem os seus baba-ovos lhe pertencem, como um povo inteiro é dele? É coisa de Mussolini – coisa que diga-se de passagem, o PT e seus trambiqueiros adoram.

    É preciso frear o absolulismo para que não nos tornemos Venezuela. É preciso frear o absolulismo para que o país não vire refém de centrais sindicais e movimentos que de sociais não tem é nada. É preciso salvar o país fazendo com que as leis enquadrem Lula e não Lula enquadre as leis. Lula não pode ser uma mistura de Luís XV com Mussolini. Afinal, ainda há juízes em Brasília, ainda há promotores que não são agentes infiltrados pelo PT, ainda há quem bata o martelo. Pelo menos espero.

    Lula é um pai do povo muito nervosinho, daqueles que lembram crianças que não gostam de ser contrariadas. Nada melhor por isso do que educá-lo:

    – Vam cá, mocinho. Até aqui você pode ir. Daqui pra frente, não dá.

    Detonado por Felipe Flexa

  11. Jorge said

    http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/arch2010-09-01_2010-09-30.html#2010_09-07_08_28_07-10045644-0

    7/09/2010
    Caso de espionagem derruba auxiliar de Yeda no RS

    Marco A. Antunes/Divulgação

    Promotor Amilcar fala sobre o ‘superespião’ que operava no Palácio Piratini, no RS

    Sob investigação do Ministério Público, o tenente-coronel da reserva Frederico Bretschneider Filho viu-se compelido a deixar o governo gaúcho. Estava lotado na Casa Militar havia cerca de um ano. Ostentava o título de “coordenador de assessoria” da governadora Yeda Crusius (PSDB).

    Na rotina do Palácio Piratini, sede do governo gaúcho, Frederico recepcionava os visitantes. Exonerou-se do posto nesta segunda (6). Havia sido intimado a depor em inquérito que investiga um megaesquema de espionagem que operava sob Yeda.

    Chama-se Amilcar Macedo o promotor que deseja colher o depoimento do auxiliar da governadora. Frederico não compareceu à audiência. O promotor conduz no Ministério gaúcho um inquérito em cujas páginas misturam-se dois malfeitos: extorsão de criminosos e espionagem política.

    Iniciadas há três meses, as investigações levaram à prisão, na última sexta (3), um sargento da Brigada Militar gaúcha: César Rodrigues de Carvalho. Antes de ser preso, também trabalhava na assessoria de Yeda. Cuidava da segurança da governadora.

    A exemplo de Frederico, César estava lotado na Casa Militar. Respondia diretamente ao chefe do órgão, o tenente-coronel Marco Antônio Oliveira Quevedo. Foi à garra sob a acusação de extorquir contraventores que operam máquinas caça-níqueis.

    Uma das vítimas do sargento o denunciara ao Ministério Público. E o promotor Amilcar, lotado na cidade de Canoas, passara a monitorar-lhe os calcanhares. No curso da investigação, descobriu-se que, além de exigir dinheiro de bandidos, o sargento César tornara-se, na definição do promotor, um “superespião”.

    César dispunha de uma senha que lhe dava acesso irrestrito a uma base de dados chamada “Sistema de Consultas Integradas”, da Secretaria de Segurança. Em levantamento preliminar, o Ministério Público constatou que, entre 2008 e 2009, o sargento realizou mais de 10 mil acessos no tal sistema.

    Nesta segunda (6), o promotor Amilcar divulgou uma primeira lista de pessoas bisbilhotadas pelo auxiliar de Yeda. Anota 34 nomes. Entre eles políticos (oposicionistas e aliados), desafetos da governadora, jornalistas, advogados, delegados, investigadores e até a própria Yeda Crusius.

    Manuseando o mouse de seu computador, César acessava um banco de dados que lhe permitia descobrir a ficha completa de seus alvos: endereço, telefone, placas de automóveis, nomes e fotos dos parentes, crimes cometidos, inquéritos abertos e investigações em curso.

    “Não tenho dúvidas de que o investigado não está sozinho. Agia a mando de alguém”, disse, em entrevista, o promotor Amilcar.

    A curiosidade do sargento Cesar era ampla e diversificada. Apalpou, por exemplo, os dados do ex-ministro Tarso Genro, candidato do PT ao governo gaúcho. Xeretou a ficha do senador Sérgio Zambiasi (PTB), aliado político de Yeda. Perscrutou os dados da deputada estadual petista Stela Farias.

    No caso de Stela, ferrenha adversária de Yeda na Assembléia Legislativa, a bisbilhotagem estendeu-se aos filhos –dois adultos e uma criança. “Isso vai muito além da política”, reagiu Stela.

    “A questão que paira é: a mando de quem agia o sargento e para quê? Para que montar dossiês com a rotina de uma criança e de jovens filhos de parlamentares?”

    Outro personagem cuja ficha foi varejada pelo sargento foi o empresário Lair Ferst. Ex-coletor das arcas de campanha de Yeda, Ferst virou inimigo da governadora. É um dos réus da ação penal que resultou do inquérito sobre as fraudes praticadas no Detran gaúcho. Coisa de R$ 44 milhões.

    E quanto ao tenente-coronel Frederico? Por que se afastou da Casa Militar? Ouvido pelo jornal Zero Hora, ele se disse “surpreso”. Mas se negou a revelar os motivos que o levaram à demissão. Tampouco quis falar sobre as razões que inspiraram o Ministério Público a intimá-lo.

    O caso gaúcho constrange o PSDB federal. Explode num instante em que José Serra acusa o PT e o comitê de Dilma Rousseff de violar o sigilo fiscal de tucanos. No twitter, Yeda, que concorre à reeleição, lamentou: “Não precisávamos do caso do sargento preso”.

    Informou: “Determinei que fossem dadas todas as informações sobre nossas ações para melhorar o sistema. Não pode ser um bigbrother”.

    Sobre a analogia com o fiscogate, anotou: “Não há como comparar o que acontece na Receita com caso do sargento. Os dados do Sistema de Consultas Integradas é organizador”. Como assim? Yeda escreveu, agora em letras maiúsculas: “NÃO CONTÉM DADOS SIGILOSOS”.

    O promotor que cuida do caso tem entendimento diverso: “A Casa Militar pode usar os acessos à rede com a finalidade de proteger a governadora e seus familiares. Fora disso, é ilegal”, disse Amilcar. Ele diz que não descarta nenhuma linha de investigação.

    Sobre os acessos aos dados de aliados do governo trabalha com duas hipóteses. Numa, acha que o sargento pode ter recorrido ao sistema para saber se havia investigações contra os amigos. Noutra, supõe que o próprio governo pode ter requisitado os dados.

  12. Chesterton said

    Lula comete dois crimes eleitorais no Dia da Independência.A candidatura de Dilma pode ser impugnada. Quem se habilita?

    Se a Oposição estava buscando “abuso de poder”, “uso da máquina pública” e mais algum crime eleitoral para impugnar a candidatura de Dilma Rousseff(PT), as provas estão acima. Lula fez um duro ataque a José Serra(PSDB), em comercial de TV e no programa eleitoral da coligação petista, onde fala na qualidade de presidente da República. Qualquer juiz fará esta interpretação. Lula diz, claramente, que Dilma “mostra o que fizemos e o que ainda vamos fazer pelo Brasil”. Implicitamente, está claro que ele está se referindo ao seu trabalho como Presidente da República e ao dela como Ministra. No comercial, o crime é escancarado, quando ele afirma “que ela é a legítima coordenadora do meu trabalho”. Novamente, Lula se coloca como Presidente da República, pois este é o seu único trabalho. Aliás, por lei, ele não pode ter outro trabalho. Portanto, ali está falando o Presidente da República, cometendo abuso de poder e usando a máquina pública. Se queriam um motivo para impugnar a candidatura de Dilma Rousseff(PT), acima vão dois.

    blog do cel coturno

  13. Anderson said

    Rapaz como eu me divirto com as alucinações desse desses reaças. No mundo fantastico deles, o Lula não pode fazer campanha pela continuação do proprio governo. hahahahaha. Que cambada de idiotas. Lula se coloca como Presidente da Republica. hahaha Ele é o presidente seu retardado.

  14. Elias said

    Não existe lei que proíba o Presidente da República de participar da campanha eleitoral, apoiando os candidatos de sua preferência.

    FHC fez isso em 1998, quando ele próprio também foi candidato.

    Em 2002 é que ele ficou de fora, porque seu índice de aprovação havia despencado. Estava mais baixo e sujo que poleiro de pato.

    Aí ninguém quis aparecer junto com ele, inclusive o Serra, que dizia que FHC só serviria pra atrapalhar a campanha. FHC guarda mágoa desde essa época.

    Já esse coronel Coturno é um despreparado, mesmo.

    Vai ver, só chegou a coronel na época da ditadura, porque contou com a proteção da velha guarda de Realengo… imagino o que esse cara deve ter lambaiado…

    Hoje, teria que tufar a jugular pra chegar a 1º tenente.

    Burro!

  15. Ao tentar associar sua imagem à de Lula, Serra perdeu vários pontos com seu eleitorado. Mostrou que, mais do que ser fiel às suas ideias e se orgulhar de ter ajudado na construção de um Brasil durante os anos de governo FHC, o melhor é tentar agradar a todos e “ver no que dá”. O que adianta tentar usar o Lula como cabo eleitoral se o presidente não perde uma oportunidade de falar mal dele?

  16. Wender Abrão Benfica said

    Filhote de Cobra
    Por Wender Abrão Benfica 08/09/2010 às 23:07

    Conversa do “Cobra” com o Bananal:

    Conversa do “Cobra” com o Bananal:

    -O Cobra(Oswald Bastos Cobra/Chefe de Gabinete da Presidência/furnas-rio): veja bem ô luiz Carlos Guimarães(O BANANAL/DPI.E/Furnas), preste atenção: eu já conversei com o José Reinaldo Barroso de Morais, chefe do DPI.E/Furnas-Rio e ficou tudo resolvido assim: Já faz alguns anos que nós te colocamos dentro de Furnas como advogado “B”, agora, neste final de ano de 2008 com o aval do Sr. Marco Aurélio Mansur Sallum/Fazenda Volta Grande/Guapé-Mg., também, em comunhão com o Deputado Dimas Fabiano Junior/PP-Mg. nós vomos te promover a advogado “A” do setor jurídico do DPI.E/Furnas e seu salário será de R$: 5.000,00 + os Benefícios de um funcionário efetivo da empresa; assim,volta lá para a sua Divisão DLAL.DPI.E/Furnas que o Gerente Clóvis de Aguiar Rocha vai te dar um carro para uso exclusivo e, como voce já pegou todos os apanhados externos-administrativos com -o CAUDEIRINHA” agiota oficial do DPI.E/Furnas-Rio- doravante, vai viajar direto para todos os empreendimentos do DPI.E/Furnas, assim, voce para com essa choradeira de que o seu salário não está dando para viver no Rio de Janeiro com a tua família.

    Wender Abrão Benfica
    DPI.E/Furnas-Rio.

    Email:: wender@furnas.com.br
    URL:: Toda a Web

    >>Adicione um comentário

    Comentários

    Wender é Mulato de Negro com Branca!!!
    Luiz Carlos Guimarães ( O Bananal do DPI.E ) 09/09/2010 15:38
    lcg@furnas.com.br
    toda a web

    Entenda bem, Wender Abrão Benfica -Pela defesa dos interesses espúrios, do status quo, e dos privilégios do nosso grupo político -aqueles que votam no Deputado Dimas Fabiano Junior/PP-MG.-, temos a forma engenhosa de corrupção, fenômeno endêmico que impregna toda a estrutura dessa empresa estatal brasileira Furnas.
    Fazemos parte, aqui no DPI.E/Furnas, do câncer que impede o desenvolvimento social e faz com que milhões de pessoas continuem vivendo em condições sub-humanas, não freqüentem escolas boas, não comam uma merenda escolar nutriente, não sejam atendidos adequadamente nos postos de saúde e nos hospitais do SUS, não estudem em escolas públicas bem equipadas e com professores qualificados. Somos o onipresente assalto aos cofres públicos por parte dos ?amigos políticos, administradores e empresário? e prejudicamos gravemente a moral pública, gerando na população o permanente sentimento de impunidade e ridicularizando aqueles que ainda acreditam no trabalho honesto como único caminho viável para ganhar a vida, grandes e perfeitos idiotas é o que são!!! -VOCE, NOBRE WENDER ABRÃO BENFICA, É UM DESSES IDIOTAS POR CERTO.

    Abraçando o meu bom e querido dinheiro público,

    Luiz Carlos Guimarães -O Bananal do DPI.E/Furnas-Rio.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: