políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Mônica: flechada nas costas do marido

Posted by Pax em 15/09/2010

Indio da Costa foi uma escolha ruim para vice de José Serra. O processo todo foi negativo. Basta afirmar que as alianças com o DEM e outros partidos da base da oposição acabaram comprometidas e a campanha tucana entrou na disputa eleitoral sem unidade, chegando ao ponto do presidente do PTB, Roberto Jefferson, afirmar e depois tentar negar em seu twitter: “O DEM é uma merda!!!”. Sem contar com as próprias brigas internas dos caciques tucanos, em especial Aécio, Alckmin e o candidato Serra.

Não bastassem as complicações e consequências indesejáveis do processo, o candidato à vice, Indio da Costa, saiu destrambelhado em uma participação à além de desastrosa na campanha.

Amigos simpatizantes do PSDB me falaram: “Conseguiram colocar um cara que parece pior que o Collor, imagine se Serra ganha e em alguma eventualidade o vice precise assumir”. Opinião de simpatizantes. Resumo: não trouxe votos para Serra e ainda complicou a agenda positiva que Serra havia iniciado, falando em Segurança Pública e Saúde como algumas de suas principais bandeiras. E são, efetivamente, boas causas.

Ontem Mônica Serra, esposa do candidato José Serra, resolveu fazer campanha no Rio de Janeiro ao lado de Indio da Costa. E a flechada que quis dar na candidata petista, Dilma Rousseff, parece mais um bumerangue que volta para as costas do próprio marido, uma afirmação para lá de desastrada.

Veja o trecho da notícia no site da Veja:

Ao lado do candidato a vice Indio da Costa, Mônica foi direta nas críticas direcionadas a Dilma Rousseff, candidata do PT.“Ela é a favor de matar as criancinhas”, afirmou, dirigindo-se a um vendedor ambulante que havia declarado voto na petista. “Jesus Cristo foi o único homem que prestou no mundo”, disse o homem.

Como no caso do post abaixo, a opinião do blog é que em boca fechada não entra mosca. Com todo respeito ao candidato e à sua esposa, convenhamos: está é uma frase desastrosa.

Obs.: o negrito, acima, é do blog.

Anúncios

6 Respostas to “Mônica: flechada nas costas do marido”

  1. Iconoclasta said

    Pax, venho por meio desta te pedir desculpas pelo meu comportamento infantil ao lembrar vez sim e outra também que você é lullopetista.

    na verdade é vergonhoso que eu, que tanto cobro respeito aos fatos, ignorasse que era você a personagem, lá no Fiuza do No Mínimo, que se referia ao atual mandatário como “meu lula”, como bem lembrou o Chesterton.

    perdão, não recorrerei mais a tal redundância.

    ;^/

  2. Pax said

    Caro Iconoclasta,

    Problema algum, fique tranquilo. Comportamentos infantis todos temos. Uma hora passa.

    Traga-me somente a ficha de filiação ao PT que não lembro onde coloquei, por favor. Nem lembro onde foi mesmo que assinei.

    Meu Lula? Sim, votei nele. Meu FHC? Sim, votei nele também.

    E, olha só, não me arrependo em nenhum dos votos que fiz. Acho que os dois foram bons, e lembro que o Itamar também.

    O problema é que os três cometeram erros, claro que sim. A solução, na minha opinião, é aplaudir os acertos e apontar os erros. Seja lá de quem for. E, por fim, uma certa tranquilidade ao não ficarmos posicionados em torcidas organizadas e nem sermos teleguiados por opiniões histéricas de pseudoanalistas políticos que vivem de público barato.

  3. Patriarca da Paciência said

    Como já falei antes, houve tempo em que eu tinha simpatia pelo Serra, mas quando começou a aparecer uma verdadeira enxurrada de e-mails, imundos e infames, contra a Lula e a Dilma, minha simpatia se diluiu por completo.

    Hoje estou convencido que não são só as pessoas que estão em volta do Serra que agem com baixaria, ele também é assim!

    O Serra não demonstra o menor preparo político, é destrambelhado, autista, arrogante etc.

    E essas “ajudas” devem ter o consentimento dele!

    O Serra continua pensando que o povo é bobo!

  4. Elias said

    Pax,

    Como todos sabem, DEM significa “Deu Esta Merda”.

    Quanto à Dona Mônica, ela apenas demonstra que não é menos doida que o doido do marido dela. Eles estão na campanha do Serra como um macaco maluco solto numa loja de cristais.

    Hoje, pela manhã, lendo algumas notícias sobre o México, lembrei do que disseram conceituados analistas econômicos tucanos e demistas, no início do primeiro governo Lula.

    Chamavam Lula e o PT de “vanguarda do atraso”, e citavam como contraexemplo o México, que assinara o famigerado TLC (Termo de Livre Comércio) com os EUA.

    Diziam que o México iria deslanchar e que o Brasil ficaria pra trás.

    Bem, o Brasil está entre as primeiras grandes economias a sair da crise. Retomou o crescimento econômico sem comprometer o controle inflacionário, transformou a dívida externa de negativa em positiva e, ao mesmo tempo, tirou algumas dezenas de milhões da linha de miséria. Há muito chão pra percorrer, claro, mas que se avançou, não resta a menor dúvida.

    Já o México, contabiliza uma recessão de 7% do PIB, pediu dinheiro emprestado ao FMI e já está assinando mais uma carta de intenções, pra garantir um mínimo de crédito externo.

    Dentre os analistas tucanos e demistas que profetizaram exatamente o contrário — e os arquivos de Veja, Folha de São Paulo e Estadão está aí pra provar — não aparece um único filho de égua que tenha a decência de dizer: “Erramos. Temos que estudar mais, aprender mais e, no futuro, tomar um pouco mais de cuidado, pra não falar tanta merda.”

    Não espanta que Serra não consiga superar Dilma em nenhuma faixa da sociedade brasileira.

    As análises tucanas — que somente repetem o que há de pior e de mais inconsistente nas análises da direita — não dizem coisa com coisa e não acertam uma única previsão.

    O povão, p.ex., não aprende pela teoria. Aprende pela prática.

    O cara chega e diz que Lula só fez manter a política econômica de FHC.

    Aí o povão: “É mesmo? Então por que, na época do FHC, eu não conseguia comprar casa, nem tevê, nem geladeira?” Ou “É mesmo? Então por que, na época do FHC, eu não tinha luz elétrica”. E assim por diante.

    Estive em localidades no interior do Nordeste, onde nem FHC, como candidato ou presidente, nem Serra, como ministro ou 2 vezes candidato a presidente, jamais puseram os pés. Talvez nem saibam que existem.

    Pois nessas mesmas localidades, Lula e Dilma foram várias vezes. E não se limitaram a ir lá. Colocaram luz elétrica e água encanada. Abriram linhas de crédito pra financiar a produção agrícola. Construíram casas para agricultores, etc.

    Só um doido pode pretender que essas pessoas votem no Serra.

    Só um doido pode pensar que essas pessoas vão deixar de votar na Dilma, pra eleger Serra e seu discurso escrotinho, maledicente, elitista, preconceituoso e pernóstico.

    Serra precisaria mostrar algo mais. Algo que, pelo visto, ele nem sabe o que é (se soubesse, pelo menos tentaria, porque não é tão burro assim…).

    Já as faixas mais intelectualizadas da população, exatamente por serem mais intelectualizadas, não podem ser tratadas como imbecis, como fez a campanha do Serra.

    Resultado: só resta a Serra chafurdar nos excrementos que ele e sua turma se esmeram em espalhar por sua campanha a dentro e pelo Brasil afora.

    E, até mesmo isso, pode acabar se revelando uma senhora escarrada pra cima.

    O caso da quebra do sigilo fiscal é um bom exemplo.

    Serra trouxe a filha dele pro meio da merda. Agora e no futuro, vai acabar mordendo a língua, ao tentar explicar quem é, exatamente, e o que fez ou faz, exatamente, essa senhora.

    Vai ter que explicar por que, agora, ele diz que quebra de sigilo fiscal é um crime inominável, quando ele mesmo disse, em entrevista ao SBT, que isso não tinha a menor importância (nessa época, a empresa da filha dele é que havia quebrado o sigilo fiscal de um monte de gente).

    Vai ter que explicar, por que a empresa de sua filha (que tinha como sócia uma pessoa que ela própria diz não conhecer), sendo uma empresa brasileira, tinha sede nas Ilhas Virgens, notório paraíso fiscal e lavanderia de dinheiro sujo.

    Enfim, Serra tem tanta coisa pra explicar que chego a duvidar que ele um dia consiga.

    E o pior (pra Serra), é que esse foi o caminho que ele próprio escolheu.

    Enfim… quem pariu o diabo que o embale!

  5. Mona said

    Caramba, Elias!
    Tá batendo em cachorro morto por quê? O Serra já era. Se houver um 2º turno, hipótese cada vez mais remota, o embate não será Serra x Dilma, não. Será entre Dilma e Marina, que é quem herda votos indecisos, nulos e arribados das outras candidaturas, seja por força da fraquíssima campanha do Serra, seja pela percepção de que o PT, a exemplo de todos os outros partidos que o precederam no poder, implantou 9até onde pôde)o Estado do Bem Estar Familiar.
    Agora, uma coisa me incomoda muito… Por quê, à época da negociata da Verônica com o BB essa “quebra de sigilo generalizada” não veio à baila? Cadê o papel sacrossanto da oposição, denunciando esse caso escabroso? Por muito menos,o PT arcáico fazia o maior escarcéu, por que não com esse assunto?

  6. Elias said

    Mona,

    Que veio à baila, isso veio.

    O Michel Temer mandou interpelou formalmente a Receita Federal, pedindo explicações… que nunca foram fornecidas. Aí o cara denunciou na tribuna da Câmara. Vários deputados petistas fizeram o mesmo.

    Agora, os jornais e revistas de maior circulação do país praticamente não repercutiram o assunto, isto é verdade.

    Por que? Não sei. Melhor perguntar pra eles. Devem ter uma razão para isso. Ou mai$ de uma, muita$ mai$, forte$ e irrefutávei$, quem há de saber?

    Das estações de tevê, só o SBT deu destaque. Entrevistou o Serra, que era ministro e pai de uma das donas da empresa. É essa entrevista que agora rola na internet.

    Como você poderá constatar, o Serra disse que isso era fichinha. Que já tinham violado o sigilo fiscal de vários membros da família dele, que ele não tava nem aí pra isso…

    Também não acho que estou chutando cachorro morto.

    Os argumentos que critiquei não são de autoria do Serra. Ele os usa à exaustão, mas não são dele. Ou, pelo menos, não são só dele.

    Estou criticando a argumentação da direita, à qual o PSDB docilmente se submeteu, feito manada indo atrás do boi de cabeceira, na fila de abate…

    Já está no box de atordoamento. Agora, só falta aplicar o choque, pra depois sangrar, esfolar e esquartejar.

    Como já disse antes. Isto não me agrada nem um pouco. Tenho certeza de que o esquartejamento do PSDB — que provavelmente ocorrerá — decididamente não é bom pro país.

    O problema é que essa boiada tem pé duro…

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: