políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Méritos alheios levam Serra ao segundo turno

Posted by Pax em 04/10/2010

Resultado final do primeiro turno: Dilma 46,91%, Serra 32,61% e Marina 19,33%. Teremos um segundo turno entre Dilma e Serra. Mas os méritos desta virada não são exatamente do candidato tucano e sim de Marina Silva e Erenice Guerra. A primeira pela competência e visão de futuro. A candidata verde conquistou surpreendentes 20 milhões de votos. A segunda pela degradação ética de alguns petistas que desmerecem a história do Partido dos Trabalhadores.

Dois outros fatores merecem análise nesta reta final onde houve uma significativa caída nas intenções de voto em Dilma Rousseff: os votos religiosos, principalmente dos evangélicos e católicos e, segundo alguns analistas, alguns destemperos e arrogâncias do próprio presidente Lula que passou do tom em algumas situações recentes.

Historicamente quem sai na frente no primeiro turno vence o segundo. Neste momento de fim da festa frustrada do PT a campanha vai se restabelecer da ressaca e definir a estratégia para este mês. José Serra ganha um novo fôlego e tentará juntar os cacos de sua aliança que perdeu força política nacional, não só no Congresso como em vários estados.

Ambos esperam neste momento a decisão de Marina Silva. Seus 20 milhões de votos não irão unidos para o segundo turno, seja qual for a decisão, mas tudo indica que a candidata e o partido definirão uma pauta de compromissos que ambas campanhas, de Dilma e Serra, tentarão mostrar que podem se comprometer.

Se de um lado petistas mais histéricos agridem a candidata verde, numa tremenda falta de inteligência política, de outro existe uma base retrógrada de ruralistas que representa o oposto da proposta verde para o Meio Ambiente. Marina saiu do governo Lula por entender que sua agenda não mais se encaixava com os rumos que o governo adotou para desenvolver o Brasil. E esta agenda não tem, pela lógica, nenhuma afinidade com a essência da base que apóia José Serra.

Vale também ressaltar que os votos religiosos, principalmente evangélicos, representaram outra fatia significativa de perdas nos votos de Dilma. Outro desafio a ser reconquistado.

A princípio vale a tradição, quem sai na frente no primeiro turno tende a ganhar o segundo, mas há um xadrez a ser jogado. E neste jogo o que mais atrapalha é o radicalismo. O momento é mais inteligente que a militância exaltada consegue perceber e atuar.

Anúncios

103 Respostas to “Méritos alheios levam Serra ao segundo turno”

  1. Luiz said

    Pax,

    Na análise das causas, tendo a concordar com você.
    Só gostaria de ressaltar que, na minha opinião, o que decidiu na última semana (ou até menos, 3 a 4 dias) foi o voto religioso. Não me contaram, eu vi e ouvi pessoalmente o efeito que a campanha cerrada de certos grupos religiosos teve em uma camada do eleitorado.

    Qual sera o destino dos votos que foram de Marina?

    Eu separo essess votos (19,33%) em 3 grupos.
    O primeiro é a turma ambientalista histórica (ou algo parecido), e a que desde o início iria votar nela. Grosso modo, são aqueles 5% dos primeiros momentos da campanha.
    O segundo é o eleitorado que, não querendo votar em Dilma (ou no PT), não conseguia votar em Serra. São uns outros 6%, que a levaram até aquele patamar de 3 semanas atrás (uns 11%).
    O terceiro grupo é aquele que pode ser chamado de “onda verde”, com duas vertentes: uma “ético-ambiental” e uma religiosa. São uns 8%. Destes, um terço é da “onda ético-ambiental”, e dois terços são dos religiosos.

    Não vejo como o primeiro grupo (ambientalistas e afins) votar no Serra. Vão de Dilma ou votar em branco.
    O segundo grupo vai, em sua esmagadora maioria, votar em branco. O restante vai se dividir entre os dois candidatos.
    No último grupo, os “ético-ambientais” também tendem a votar em branco, e uma pequena parte em Dilma. Os religiosos vão de Serra.

    Resumindo, realisticamente o Serra pode esperar receber no máximo um terço dos votos da Marina. A Dilma deve receber talvez 1/5. O resto será em branco ou abstenção.

    Antes que eu esqueça: alguém aí por acaso vê os votos dos nanicos de esquerda(1%) indo para o Serra? Esquece…

  2. Eduardo said

    Pax,acho muita especulação acreditar que o voto religioso foi capaz em 4 dias de mudar as pesquisas, acredito que as pesquisas jamais estiveram corretas.

    Imagine todos os fiéis discutindo na terça feira passada o destino do país e para onde o rebanho iria depois da missa de domingo…

    Dilma e Lula são mais frágeis do que as pesquisas e as propagandas querem nos fazer crer.

  3. Elias said

    Pax,

    Pelo que se sabe, a opção preferencial de Marina é declarar formalmente a neutralidade.

    Se ela fizer isso, restam 2 hipóteses:

    a) a direção opta por Serra (mas as parcelas que já formalizaram coligação com o PT, nos estados, não vão querer — nem poderão –acompanhar essa opção, disto resultando que o PV participará do 2º turno rachado);

    b) a direção libera o partido pra fazer as composições de preferência de cada área (o que também implica pro PV, participar do 2º turno rachado).

    E quanto à Marina?

    Declarando-se neutra, Marina apenas irritará as 2 facções. Estas acabarão carregando piano sozinhas no 2º turno, trabalhando pelo candidato de sua preferência, enquanto Marina se põe à sombra.

    Não por acaso, o presidente nacional do PV já está se distanciando de Marina.

    Por outro lado, se Marina declarar apoio a qualquer um dos 2 candidatos, se queimará com a facção que apóia o outro.

    Cría cuervos…

    Os conservas continuam chupando o dedo, calados, enquanto seus morubixabas tentam cooptar Marina.

    Eles não têm coragem de fazer críticas à Marina, com medo de que mordam a língua, se ela optar por Serra.

    Por outro lado, se a elogiarem, e ela decidir apoiar Dilma, também será uma violenta dentada no mesmo local.

    E, quando um conserva morde a língua, ele morre envenenado…

  4. Patriarca da Paciência said

    Minha opinião,

    o eleitorado brasileiro está altamente amadurecido.

    Nem Lula conseguiu transferir todos os seus votos, tampouco Marina conseguirá transferir os seus.

    Aliás esta é uma característica do Brasil faz muito tempo.

    JK, com altíssima popularidade, não conseguiu transferir seus votos.

    Mas o eleitorado brasileiro já definiu seu voto como opção de centro-esquerda. Basta ver a nova composição do Senado.

    Serra se diz de centro-esquerda mas fala e age como um tremendo direitão. Não engana nenhum eleitor.

    Então, numa análise absolutamente isenta, acho que todos os ventos sopra à favor da Dilma.

  5. Patriarca da Paciência said

    Todos os ventos sopram a favor da Dilma.

  6. Patriarca da Paciência said

    Se houve uma verdadeira campanha difamatória, não só ao pé do ouvido como através de e-mails contra a Dilma?

    Acho muito difícil alguém negar.

    Agora a campanha da Dilma terá um bom tempo para preparar as respostas adequadas.

  7. Elias said

    Patriarca,

    Pode preparar o lombo e afiar o facão, porque agora vai ser pau puro!

    O lado de lá achava que já tinha levado farelo. Uma segunda chance lhe caiu no colo. Está piamente convencido de que foi a estratégia mais virulenta que lhe deu essa segunda chance.

    Não tem nem talvez: os conservas vêm de lá com tudo!

  8. William said

    A Marina só de cogitar apoiar PSDB e PFL rasga suas história. Chico Mendes irá revirar no tumulo vendo a Marina apoiar a turma ruralista.

  9. William said

    sua história

  10. Pax said

    Caro Eduardo,

    Creio que houve um peso no voto dos religiosos, sim. Não foram fiéis discutindo na saída do culto, pelo que li por aí foram pastores indicando, movimento de “liderança” mesmo. Mas vamos lá, aguardar um pouco mais para análises mais fundamentadas não faz mal a ninguém. Pode ser que você tenha razão, pode ser que o caro Luiz (comentário #1) tenha. Neste momento estou mais com o Luiz, mas aceito a ideia que esperar mais análises podem nos fazer mudar esta opinião.

    Caro Elias,

    Realmente esta “vitória” de Marina a coloca numa sinuca de bico. Vitória sim, quem consegue 20% do eleitorado brasileiro (em números redondos) sem um partido forte, sem alianças, com quase nenhum tempo de tv etc pode se considerar vitorioso. Mas numa sinuca de bico também. E você coloca bons pontos acima.

    Não sei, mas acho que pode haver uma terceira hipótese à além das que você coloca acima. Seria ele definir uma proposta, uma agenda e negociar. Não sei ainda elaborar bem esta possibilidade. Aos poucos saberemos se ela pode ou não se concretizar.

    O que eu não faria neste momento: colocar a militância mais exaltada atirando pedras pra todo lado. Pode gerar uma onda que impossibilite qualquer movimento futuro de composição. Um “fica quieto moleque que o jogo não é pra babaquice” cairá bem nestes dias, acho eu.

    Cá nos meus sonhos acho que há uma tremenda jogada para o PT fazer: um mea culpa, como no caso da Erenice, e um compromisso que resgatará a essência do partido nas questões éticas e morais. Acho que o partido, se souber jogar aqui, tende a ganhar. Caso contrário será uma das metralhadoras que cuspirão fogo de todo lado em cima de Dilma com uma trincheira fraca. Hora de fazer sacos de areia e fortalecer este flanco.

    Estamos falando um bocado de Marina, petistas (olhando twitter e blogs aqui e acolá) jogando pedra pra todo lado, mas a vidraça que mais ficou frágil nesta reta final foi, sim, a Erenice. Este Israel Guerra não deveria andar em comícios petistas nos próximos 30 dias, para o bem de seu arcada dentária.

    Este momento é muito mais de colocar Gilberto de Carvalho, José Eduardo Cardozo e outros na frente que José Dirceu, Genoíno e outros. Sem entrar nas questões judiciais eu posso afirmar que pelas questões políticas esta turma assusta um bocado uma parte significativa da sociedade. São nomes que agradam a militância, é verdade, mas desagradam a sociedade, outra verdade. E esta parte da sociedade pode fazer onda. Claro que pode. Olhar a onda verde que aconteceu me permite afirmar.

    Para não ficar tentando explicar o que digo em longos textos faria algumas colocações:

    – Melhor colocar um Dr Rosinha do PR falando ou um Silvinho Land Rover?
    – Melhor colocar um Vicentinho falando ou um Paulinho da Força?

    De Dr Rosinha, Vicentinho e muitos, inúmeros outros, a sociedade aplaude, gosta, se lembra do velho e bom PT. De Silvinho, Delúbio, Paulinho etc a sociedade encheu o saco, não suporta, quer ver longe. É ou não? (esqueçam a militância, pensem na sociedade, no eleitor que neste momento está lá refletindo de quem vai no segundo turno, aquele cara bem menos envolvido em política que nós que frequentamos os blogs e ambientes de discussão. Nós somos minoria, esta turma é maioria)

    O PT precisa fazer este trabalho, no meu entender. O quanto antes.

    Em business você faz sempre um exercício:

    Oportunidades e ameaças estão no mundo externo.
    Virtudes e fraquezas estão no mundo interno, dentro de casa.

    Há que se preocupar com o mundo externo e com o mundo interno. E as fraquezas do PT, como apregoa a metodologia dos negócios, estão dentro de casa. Hora de limpar e/ou calar algumas vozes que não ajudarão em nada neste segundo turno. Ou deixá-los soltos, se achando, e fazendo um tremendo mal para Dilma no segundo turno, segundo meu achismo.

  11. Eduardo said

    PAX, a sua estratégica para o pt do segundo turno lembra ‘lulinha paz e amor’.

    Parece que o ‘lulinha paz e amor’ ficou longe, assim como o ‘partido da ética’.

    Marina Silva para ser coerente não apoiará ninguém e seus eleitores demonstram uma interrogação muito grande aos 80% de aprovação ao governo pt, só pode ser um milagre da multiplicação essa avaliação, assim como a intenção de votos para Dilma no 1º turno.

    Os eleitores de Marina com certeza votaram pela coereência desta em distender com o pt diante de mensalões e escândalos, saindo do cargo de ministra do governo que pregava de um jeito e governa de outro, por outro lado esse eleitor não simpatiza com Serra, portanto, o caminho para uma grande abstenção e votos nulos ou inválidos está aberto.

  12. Jorge said

    Marina é uma grande candidata, petista histórica, jamais atacou o partido depois que saiu dele. Ela sabe que nós estamos do mesmo lado. Não creio que irá ficar neutra. Acho que irá declarar apoio a Dilma. Inclusive porque será melhor para ela, que, em 2014, será a candidata favorita da oposição -se o Serra ganhar, Lula será candidato em 2014 e Marina não terá espaço entre os dois.
    Quem é de esquerda deve se alegrar, nunca tivemos uma vitória eleitoral tão grande!

    Viva o povo brasileiro!

  13. vilarnovo said

    Sobre as pesquisas – Bom, não sou estatístico. Conheço um pouco a matéria por conta da Academica, mas não seou especialista. Mas não é de hoje que eu não me deixo levar por números aqui no Brasil. Não é de hoje. Desde a campanha do desarmamento quando as pesquisas colocavam o “sim” com quase 80% dos votos e o “não” acabou vencendo com mais ou menos 63%.

    Já coloquei aqui, para desmascarar as críticas ao DataFolha que foi esse instituto que mais se aproximou da verdade nas eleições de 2006. E apesar de ter errado tanto quanto os outros, não chegou nem perto do erro do VoxPopuli que era o institudo amado dos que já haviam elegido a Dilma no primeiro turno.

    Não sou adepto a teorias de conspiração, mas alguma coisa me diz que há algo de errado onde a quantidade de eleitores pesquisados em uma pequena cidade no sertão da Bahia é quase igual a quantidade em uma grande cidade. Mas o fato de eu achar estranho não quer dizer que seja errado. Como disse, não sou especialista.

    O fato é que não é de hoje que os institutos erram feio. Todos. Mas como acontece com os jornais. O “erro” está nos olhos de quem vê.

    Eleições – Foi uma das piores que eu já vi. Os candidatos, todos eles, não apresentaram nada. Serra foi um mosca morta, Dilma fugia de qualquer coisa semelhante a uma apresentação de propostas. O fato do Marco Aurélio Garcia ter dito que nunca iriam apresentar projeto é bem demonstrativo. Marina Silva ainda tentou fazer apresentar algo, talvez seja por isso a sua expressiva votação.

    Por outro temas que são sim relevantes aqui no Brasil se tornam “histeria”. Um exemplo: o que aconteceria com o Partido Democrata se da noite para o dia apresentassem provas de seu envolvimento com um grupo narcotraficante da Bolívia? Ou de seu apoio político ao Hamas.

    Aqui no Brasil o tema PT/FARC é encarado como “histeria”. Ignoram-se os fatos da antiga aliança entre esses dois. Mas colocar isso na mesa é tabu. Isso é política externa amigos. Isso tem tudo a ver com a atuação do PT nesse campo. Seu apoio às FARC demonstram claramente uma política. A mesma que confabulou para que Zelaya fosse para a nossa embaixada fazer política lá. A mesma que fez com que, desde o início do governo, Lula, contrariando todos os manuais de diplomacia, assumisse lados em eleições em países estrangeiros.

    Agora a melhor piada foi essa:

    “o eleitorado brasileiro está altamente amadurecido.”

    Bom, essa o Tiririca já sabia.

  14. Elias said

    Pax,

    Seguinte:

    Nunca esquecer que, numa campanha eleitoral — notadamente num segundo turno — você está jogando contra um outro time.

    Suponha, agora, que o outro time entre rasgando. Mandando bala!

    Nestes casos, costuma-se sondar a opinião pública, pra saber, mais ou menos, o que ela espera de você: ela te quer oferecendo a outra face ou revidando na mesma moeda?

    O que for, será. Se ela quer o mel, vai o mel; se ela quer o fel, vai o fel.

    Tudo isso, obviamente, é feito em questão de horas.

    Eu te confesso que gosto mais do jogo duro. Pau pra cima do outro lado! Vacilou, abre-se o saco de malvadezas.

    Ou, como diz o Raymundo Mário Sobral, jornalista, filósofo e biriteiro (ainda, acho), daqui da terra: “bobeatus sunt; enrabatus est”.

    É a tradição daqui do Pará.

    Agora em 2010, tivemos uma campanha de 1º turno duríssima. Mas limpa.

    O candidato do PSDB, Simão Jatene, quase levou no 1º turno. Ele bateu firme, porém jogando limpo. Nada de acusações infundadas, ataques pessoais, ofensas… O único golpe baixo da campanha foi desferido exatamente contra Jatene, pelo ex-amigo, aliado e padrinho político dele, o ex-governador Almir Gabriel. Almir acusou Jatene de ser uma espécie de pau-mandado da Vale, que estaria sustentando sua campanha. No mais, foi pau pra lá; pau pra cá.

    Em tempo: no 1º turno, Jatene se descolou por completo do Serra. Não saiu com uma única foto ao lado do Serra. Não sei se ele vai manter a linha no 2º turno, mas, no 1º, foi assim.

    Então, Pax, a coisa é meio que nem tanto ao mar, nem tanto à terra…

    Por vezes, a população quer saber se o(a) candidato(a) a presidente(a) ou governador(a) é capaz de agir com presteza e energia, numa situação difícil. As pessoas não costumam confiar num candidato conciliador demais, a ponto de ser entendido como fraco e manipulável.

    É questão de peso e medida.

  15. Jorge said

    Patriarca, eu fiquei satisfeito com o senado, voce, viu, os raivosos da oposição foram defenestrados. Inclusive os caciques tucanos, hehehehehe…

  16. Chesterton said

    Pax, o título tambem poderia ter sido

    “Dilma vai ao segundo turno por mérito alheio.”

    Grande Marina. Agora temos Dilma comprovadamente envolvida com os esquemas de Erenice contra Serra e Marina. Dois que não estão envolvidos em negociatas.

  17. Chesterton said

    1. a aprovação de Lula de mais de 90% (pelo menos é o que vocês diziam) só se transformou em votos na base de 50%

    2. as pesquisas foram todas vendidas com lucro – corrupção governamental, o que depõe contra Lula e o esquema petista (doravante chamado de EPT)

    3. Serra teve mais votos do que a Dilma perdeu votos, isto é, as pesquisas roubavam de Serra mais do que entregavam a Dilma.

    4. Marina é uma dissidência do governo petista, se não conseguiu nada com o chefete, vai se meter com a pau-mandado? Se marina e Serra se combinarem, a eleição vai ficar gozadíssima. Até votos do PT a Dilma perde.

    obs: eu não disse? festejar de véspera dá um azar……aliás, Lula dá azar.

  18. Chesterton said

    A militancia petista ficou a ver navios

    http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2010/10/04/em-vez-de-50-mil-militantes-festa-do-pt-teve-300-329773.asp

  19. Pax said

    Prezados,

    Ambos, Dilma e Serra, agora, neste momento, estão pensando em como emperiquitar, como esverdear. Tenham certeza disso.

    Marina virou um fenômeno, indiscutível. Mas a carreira, o futuro deste fenômeno, será:

    – curto, curtíssimo, se suas decisões agora forem incorretas, se macularem sua marca “Marina Silva”. Isto é o que ela tem de melhor. Isto é o que ela levará daqui pra frente. A marca Marina Silva é muito maior, neste momento, que a marca PV. Disso não tenho a menor dúvida.

    – longo, longevo, caso ela tenha uma posição coerente. Esta coerência está em suas convicções. E estas convicções tendem a aumentar e aumentar, não só no Brasil como no planeta inteiro. A tendência no século XXI é olhar o mundo muito mais com olhos marinados que diferente disso. E aqui eu tenho outra certeza enorme. (até o Chesterton um dia vai virar ambientalista, acreditem, o menino é teimoso, mas uma hora bara de embirrar). =)

    Acontece que temos menos de 30 dias pela frente e o discurso acima é de 30, 300 ou 3.000 anos. Nestes 30 dias o que interessa são os movimentos. E quem está em campo é Dilma de um lado e Serra de outro.

    Ambos com virtudes e fraquezas. Ambos com oportunidades e ameaças.

    Marina teve, com certeza, o melhor discurso. Não fosse isso como explicar 20% do eleitorado brasileiro sem qualquer condição para isto? Ou seja, o olhar do futuro, a aposta em Educação, no capital humano, no desenvolvimento sustentável, e na visão social democrata, garantiu esta massa de votos que ninguém esperava nem as pesquisas apontavam para tanto.

    Um dos dois vai vencer. Dilma ou Serra. E já que é hora de achismo, vamos lá que eu também tenho direito de um lugar ao Sol:

    – Se descambar para a baixaria acho que Serra pode se dar bem. Melhor que Dilma, Erenice está aí, fresquinha na memória coletiva.

    – Se descambar por resultados obtidos acho que Dilma pode se dar bem.

    – Em baixaria Serra abre a guarda porque suas alianças não podem posar de vestais.

    – Em resultados Serra pode consertar o erro e chamar de volta FHC que é parte enorme dos resultados de Lula.

    – Lula, se baixar a bola, pode jogar um bolão, tem tudo para isto, claro que tem, 80% do Brasil aprova seu governo. Se quiser jogar no peladão, chutão pro alto, me parece que chegou no limite de transferência e a tendência é cair apoio. A massa de exaltados agora só agrada no 1/3 petista, mas este terço já está resolvido, o que interessa é agradar o lado de fora, o lado que está em dúvida se vai de Dilma ou Serra, e este lado não é militante político. Alguém tem dúvida disso?

    – Aécio e Alckmin podem jogar um bolão. Aécio com consistência, Alckmin pelo malufismo paulista declarado. (leia-se Fiesp). Se este apoio for mais aecista que alckminsta acho que Serra tende a se dar bem bestes apoios. Caso contrário não é sustentável (aproveitando o gancho subliminar da expressão neste caso).

    – Se juntar a petistada que jogou na lama seus nomes (sem julgamento, só constatação política), como Dirceu, Delúbio, Silvinho, Genoíno etc etc etc, e botar pra jogar neste segundo tempo, confesso que vou pedir licença e vomitar ali, pelo tremendo erro estratégico e tático neste momento.

    – Se juntar a coronelada que jogou na lama seus nomes (sem julgamento, só constatação política), como Bornhausem, Marco Maciel, Heráclito, Virgílio, Efraim etc etc etc, confesso o mesmo, peço licença para vomitar.

    – Ou seja, senhores, é claro que marinar neste momento parece ser o melhor caminho, arrumar o discurso e catar no pomar da Marina o que de bom ela estabeleceu e sair para o segundo tempo.

    – E se preparar para o tiroteio. Lembrem que em briga de rua, de menino bobo, sair abrindo os braços pra dar tapão, não só abre a guarda como também tem uma eficácia risível. O bom boxeador se protege, fecha a guarda, espera os primeiros rounds, analisa o adversário, dá uns jabs preparatórios e, no momento certo descobre o melhor caminho de levar o outro à lona.

  20. Eduardo said

    PAX
    A luta esta nos segundos finais…não dá mais para ficar analisando adversário. Só de Lula estamos a mais de um ano vendo-o como cabo eleitoral e não como presidente, para falar a verdade se houvese tempo ficaria evidente que a candidata fabricada seria facilmente derrotada com o tempo e sem embate.

  21. Jorge said

    concidadãos, acabei de ver, o Cesar Maia, liberal mor do Brasil levou um couro no Rio. E o tucano do Paraná, aquele que vivia querendo aparecer nas cpis, também. o jungman, eu acho, vai ver se arruma um cargo no governo de São Paulo ou Paraná.
    Essa eleição foi ótima!

    Artur Virgílio – FORA
    Heráclito Fortes – FORA
    César Maia – FORA
    Tasso Jereissati – FORA
    Gustavo Fruet – FORA
    Marco Maciel – FORA
    José Carlos Aleluia – FORA
    Heloísa Helena – FORA
    Mão Santa – FORA
    Rita Camata – FORA
    Germano Riggoto (o censurador) – FORA
    Raul Jungmann – FORA
    Antero Paes de Barros – FORA
    César Borges (DEM-BA) – FORA
    Efraim Morais (DEM-PB) — FORA

  22. Chesterton said

    até o Chesterton um dia vai virar ambientalista, acreditem, o menino é teimoso, mas uma hora bara de embirrar). =

    chest- sou muito mais ambientalista que qualquer “ambientalista”. Creio firmemente que a única garantia do meio ambiente saudável é a propriedade privada.

  23. Chesterton said

    Postado por Villa em 03/10/2010

    Vai ter segundo turno. Era tudo o que Lula não queria. E em São Paulo, Lula perdeu novamente.
    Os institutos erraram novamente. Pela manhã, na TV UOL, já tinha cantando esta possibilidade.
    O grande derrotado foi Lula. Vitória com sabor amargo. A soberba (como escrevi na quarta, na Folha) derrotou Lula.
    Agora cabe ao PSDB finalmente entrar em campo. A chance de vencer existe. É difícl, mas existe. Primeiro, o partido tem de estar unido. Segundo, tem de ganhar os votos do PV (a maioria deles). Terceiro. tem de estabelecer novas alianças nos estados. Quarto, principalmente, tem de fazer política.

  24. Chesterton said

    O grande derrotado das eleições foi a pessoa de Luiz Inácio Lula da Silva. Seu suposto encanto eleitoral quebrou-se. Tem a rejeição dos conservadores e não tem qualquer penetração nos estados mais desenvolvidos da federação. Se ele tinha qualquer pretensão caudilhista, esta fugiu de suas mãos como água pelos dedos. Provou-se que o PT virou o partido dos grotões.

    N.C.

  25. Chesterton said

    O Brasil não pode dar um voto no escuro.
    Quando o Brasil conheceu uma parte da Dilma que inventaram para botar no lugar do Lula, isto determinou o segundo turno. O que estava planejado pela máquina comandada por Lula, com o uso do cargo e do dinheiro público, foi freado pela opinião pública que o presidente tanto abomina. O Brasil ficou sabendo que Dilma é a favor da legalização do aborto livre e indiscriminado: não adiantou negar na véspera da eleição, ficou pior, pois foi oportunismo eleitoreiro. O Brasil ficou sabendo que Dilma achava que podia mais do que Cristo, cantando vitória e ofendendo a fé e a religião de milhões de pessoas. O Brasil ficou sabendo que o braço direito da Dilma, que trabalhava na mesa ao seu lado e cuidava de todos os seus assuntos, fazia parte de um esquema de tráfico de influência para lesar os cofres públicos. Mas isto não é tudo sobre Dilma Rousseff. Uma parte importante da sua biografia está escondida dentro de um cofre, para que o Brasil não conheça. O Superior Tribunal Militar não quer permitir o acesso a informações sobre a participação da candidata petista em grupos terroristas que pegaram em armas para implantar o comunismo no Brasil. É uma vergonha negar este direito ao povo brasileiro. É urgente e necessário revelar o que resta escondido da Dilma para que o país possa votar em paz e eleger o candidato que achar melhor. O Brasil não pode dar um voto no escuro. O Brasil não pode votar em alguém que não conhece. O Brasil não pode dar um salto rumo ao desconhecido. A Dilma que vem se revelando diante dos olhos da nação é muito diferente da Dilma do botox, do bisturi, do teleprompter. O Brasil quer saber o que existe por trás desta máscara. Se querem esconder e mistificar é porque boa coisa não é.
    POSTADO POR O Coronel

  26. Chesterton said

    “Eu considero os votos que tivemos uma grande vitória política”, começou o candidato derrotado por Geraldo Alckmin. Como é que é?, deixaram de berrar em coro todos os jornalistas presentes. Pode o capitão do barco que naufragou pela segunda vez na mesma rota alcançar a praia semimorto e fazer de conta que é surfista? Por polidez ou cumplicidade, ninguém pareceu espantado. (A.N.)

    chest- hilária a ilação com o surf

  27. Pax said

    Cheserton,

    Coloque as fontes, por favor. Ninguém tem obrigação de saber as iniciais.

    Se Serra gostar da tua linha de reaçada braba, não haverá outra opção. Coronéis e coturnos no poder, de novo? Nem pensar.

  28. Chesterton said

    Pax, seu pai não era militar? Porque a bronca? Acha que os militares querem o mal da população brasileira?

  29. Chesterton said

    Villa
    http://www.marcovilla.com.br/

    NC NIvaldo Cordeiro

    AN Augusto Nunes

  30. Pax said

    Caro Chesterton,

    Por isto mesmo sei que esta turma representa o atraso.

    Os dois lados deste passado não prestam, não servem pra mais nada. Nem o da extrema direita nem o da extrema esquerda. Este tempo passou, eles não, vivem da viuvez, do anacronismo.

    A fila andou, agora é uma luta absolutamente diferente, o que existe de proposta concreta pela frente é uma visão social democrata versus uma visão liberal, qualquer discurso fora deste caminho é querer que a guerra fria reesquente. Quer coisa mais nonsense que isto? Quer coisa mais imbecilizada que isto?

    A vida é curta demais para perder tempo com idiotas.

  31. iconoclastas said

    meus chutes sobre resultados políticos e eleitorais são de chorar (ou rir?), mas como nego por ai não tem preocupação nem com fatos, e a maioria mal entende o que lê, me mantenho a vontade.

    olha só: o moluscão, que tá puto que só ele, naquela arrogância impar, é ignorante confesso mas de burro não tem nda, e fez de tudo o que podia, e que não podia também, para eleger seu avatar de uma vez. não deu certo.
    ok, ele já mostrou capacidade de reflexão temporária sempre que notou que a opinião pública – que a esta altura ele deve ter sacado que não é ele – rejeitava algumas de suas investidas, como no caso do 3o mandato, do adestramento dos jornalistas e etc…
    mas e agora, será que o sapo metamórfico vai conseguir se segurar, na linha do paz e amor, vendo a tucanada em peso, com Aécinho, FH, e Geraldão,mais governadores vencedores e em disputa, gente que ousou confrontá-lo, e de uma maneira ou outra, impor-lhe derrotas marcantes, e que pretendem, ainda que de forma propositiva, partir para a comparação?

    eu quero ver, mais do que a derrota do avatar, é a recuperação da história. isso daí por si só já seria um alento, um sopro de esperança de que moralmente eizte paiz ainda se endireite (com duplo sentido, afinal só tem canhotinho na disputa há 20 anos, salvo, de repente, pelo Geraldo).

    ;^/

  32. iconoclastas said

    “o que existe de proposta concreta pela frente é uma visão social democrata versus uma visão liberal”

    existe a proposta de uma visão liberal?

    nos EUA, sempre há (não aquela dos Democratas), aonde mais, na Inglaterra, né? no Chile, de repente?

    diz pra gente…

    ;^/

  33. vilarnovo said

    Só digo uma coisa: se o PSDB tivesse feito uma prévia entre o Aécio e o Serra, no melhor estilo americano, hoje estaria elegendo o presidente da república.

  34. vilarnovo said

    Ico – Pelo que eu entendi o PAX quis dizer que a discussão deveria ser entre esses dois polos. Ele não falou que ambos existiam no Brasil.

    A bem da verdade, nem mesmo a social democracia do Pax existe aqui.

    No máximo uma mistura de mercantilismo com corporativismo.

  35. Pax said

    Isso mesmo, acho que no Brasil falta uma força política decente para defender o liberalismo.

    Com “ares” de social democracia temos o PT e o PSDB.

    Que mais se parecem que parecem com suas alianças. Esta discussão já tivemos bastante por aqui.

    (ps.: Geraldo Alckmin – pois é, São Paulo gosta. Me permito discordar. Para mim, sem parar para ver estado a estado, mas as maiores tristezas foram o Alckmin aqui e a Roseana no Maranhão. No caso paulista basta olhar para a Educação ou queremos discutir um pouco mais? Detonaram. Geral.)

  36. Eduardo said

    Jorge
    Esqueceu a Yeda…

    Quando alguém como Gustavo Fruet perde uma cadeira para o Senado quem perde é o Paraná, infelizmente.
    Por sorte o teremos dentro do governo do Estado, mas ter alguém desagregador e desconstrutivista como Requião para lutar contra nosso Estado é um preço alto a ser pago por esse equívoco eleitoral.
    Quanto a candidata petista eleita para o senado (gleisi) ex-mulher do Zeca do Pt, já assumiu muitos cargos indicados pelo aparelhameto Estatal petista e sendo a atual mulher do ministro do Planejamento contou com poupudas verbas para sua campanha, como se diz no petismo ‘nunca vistas na história deste Estado’, então poderemos esperar uma grande ineficiência por parte dos senadores em buscar do progresso deste Estado.
    Nosso terceiro senador é o ‘perdido’ Álvaro Dias que nesses dias caiu do caminhão e perdeu o bonde da eleição. Tucano, cairam suas penas durante a eleição, apoiou o irmão ao lado de petistas e agora procura um puleiro seguro para fazer seu próximo vôo. Se disse injustiçado pelo partido ao não ser indicado para o governo do Estado, decisão que parece ter sido acertada diante da fragilidade do senador em se manter ao lado das convicções que defendeu por tanto tempo.

  37. Elias said

    Pax,

    O Chester está corretíssimo.

    Serra ainda pode muito bem vencer esta eleição.

    Só precisa ter mais votos que a Dilma…

    O Conselheiro Acácio não faria melhor.

  38. vilarnovo said

    Pax – Não considero nem o PSDB e nem o PT partidos sociais-democratas. São corporativistas até a medula.

  39. Alckmin foi eleito pelo Ficha Limpa

    Nem precisou acontecer nos rincões distantes onde predomina o vácuo institucional. Em pleno berço da civilidade cosmopolita, o Judiciário paulista acaba de protagonizar o primeiro golpe eleitoral viabilizado pela espúria lei da Ficha Limpa.

    Geraldo Alckmin livrou-se do segundo turno (e José Serra de uma desgastante disputa secundária) graças a uma canetada de algum desconhecido vestindo um manto preto. Jamais saberemos se foi uma decisão tecnicamente correta, mas no fundo isso é irrelevante. Ou se respeita o processo eleitoral em curso, ou vivemos uma tribunocracia.

    O que diria a imprensa “ética” se Dilma Rousseff se elegesse nas mesmas circunstâncias? E quanto falta até que suas excelências comecem a receber prebendas para beneficiar candidatos poderosos, se é que isso já não acontece?

    Enquanto os incautos se empenham num combate extemporâneo e desnecessário ao malufismo, os justiceiros de plantão acabam de jogar a maior máquina administrativa do país no colo da Opus Dei.

    http://guilhermescalzilli.blogspot.com/

  40. vilarnovo said

    Sério mesmo. Usar o Opus Dei contra o Alkimim é a mesma coisa que usar os arquivos militares contra a Dilma…

    Pensando bem não é não. É pior.

  41. iconoclastas said

    # 39,

    olha oq eu disse sobre nego não ter apego aos fatos…

    ;^))

  42. Chesterton said

    Pois é Elias, esquecendo do óbvio, Lula fez festa para a eleição de Dilma no primeiro turno e não apareceu ninguem…que coisa.
    As vezes o genio está na simplicidade.

  43. Elias said

    Pax,

    Num estudo publicado em dezembro de 2008, salvo engano, sobre a perspectiva mundial para 2009, a Economist considerou o PT um partido social democrata.

    Igual classificação ideológica ela atribuiu ao Lula (“…no Brasil, o presidente social democrata Luiz Inácio Lula da Silva…”).

    Você diz que o PT tem apenas “ares” de social democrata.

    Pra você, o que seria um verdadeiro partido social democrata no Brasil, hoje?

  44. vilarnovo said

    # 41

    Ico – O Guilherme é uma daquelas pessoas que considero inteligentes, mas se tratando de política, tornam-se militantes e passam a não enxergar um palmo na frente do nariz.

    Para ele todos os escândalos do PT não passam de factóides da mídia boba, feia é má… Aquele velho clichê que já conhecemos bem.

  45. Eduardo said

    O que gostaria do próximo presidente.

    Seja do Serra ou do Avatar seria a redução da dívida pública interna deste país.

    FHC é odiado até hoje por colocar o país nos trilhos, pagou o preço dos ajustes, porém nada mais foi feito do que já estava encaminhado.
    Teríamos de ter um próximo presidente que também saiba se desprender dos aplausos e aprovações e controle os gastos do governo, faça as reformas necessárias e teremos um futuro próspero para o país. O problema é que um governo que não se sente pressionado não toma atitude alguma como fez Lula.

    Um governo que não necessite de emissões de títulos públicos teria autonomia, daria capacidade do setor produtivo e das famílias de tomarem empréstimos a juros condizentes com as novas condições econômicas criadas. Teríamos recursos antes destinados aos bancos (lucros recordes no governo Lula) destinados a educação, segurança, saúde, infra-estrutura e tecnologia, os quais ficaram abandonados de investimentos. É desnecessário um novo governo petista que duplique nossa dívida interna novamente, a custa de impostos e ineficiência administrativa.

  46. vilarnovo said

    Elias – Fácil. Nenhum.

  47. vilarnovo said

    Cara, Avatar foi ótimo!!! hahahahahaha

  48. Elias said

    Ora Chester,

    O que você queria?

    Afinal, Lula é o “grande derrotado” de 2010 (não esqueça de colocar o PT junto…).

    Quem são os vencedores? O PSDB, o DEM…

    É só olhar a quantidade de votos dados a esses partidos…

    A evolução das bancadas — estaduais e federal — é outro poderoso indicador de quem se saiu vitorioso em 2010.

    Por agora, não posso me estender mais: ainda estou aos prantos pela derrota do PT…

  49. Elias said

    Vilarnovo,

    Peguntei: “o que seria um partido social democrata no Brasil, hoje?”

    Você respondeu: “Nenhum”.

    Como “nenhum”?

    Você pretende colocar os social-democratas na clandestinidade?

    Que é isso, cara!? Serra não foi eleito (nem será, né?).

    Mesmo assim, por mais dominado que esteja pela Veja, pela FSP e pelo Estadão, se eleito, Serra jamais faria um negócio desses.

    Calma, Vilarnovo!

  50. vilarnovo said

    Elias – Calma amigo!! rs Apenas pensei que vc estivesse perguntando se há algum partido social-democrata no Brasil. Foi isso que eu entendi…

  51. Chesterton said

    Com o TSE completamente aparelhado pelo PT, Scalzilli tem a pachorra de reclamar do Ficha Limpa.
    Só se salva pelos parentes em POA>

  52. Chesterton said

    Elias, quiem queria ganhar no primeiro turno, e comprou a midia e institutos para isso, era o Lula. Eu queria que Dilma e Serra perdessem. Virei Marina “desde criancinha”.

  53. Chesterton said

    Lula perdeu, os seus 80 e doze % de popularidade eram 46….

  54. Chesterton said

    A fila andou, agora é uma luta absolutamente diferente, o que existe de proposta concreta pela frente é uma visão social democrata versus uma visão liberal, qualquer discurso fora deste caminho é querer que a guerra fria reesquente. Quer coisa mais nonsense que isto? Quer coisa mais imbecilizada que isto?

    chest- Pax, não existe visão liberal com força política no Brasil, e a guerra fria, se volta ou não volta não será decidido aqui dentro.
    A força predominante no país é ESTATIZANTE. Igual aos tempos de GEISEl.

  55. Pax said

    Caro Elias,

    O PT tem em seu ideário político a social democracia, sim. O PSDB idem.

    FHC agiu neste sentido, estabilizou a moeda que privilegiava quem tinha dinheiro para viver de overnight, criou programas assistenciais etc etc.

    Lula agiu neste sentido, seguiu os fundamentos econômicos, aprofundou os programas sociais, alavancou o país dando crédito para as classes mais necessitadas.

    Ambos governaram, quando a gente tem calma e olha com bons olhos, para a sociedade. Para a maioria.

    Quando olhamos com olhos críticos, querendo a crítica a gente vai para as alianças. Quando FHC se une com ACM, o coronel da BA, você vai dizer que ele estava olhando para a parte social da Democracia? Difícil defender. Quando Lula se une com Sarney, o coronel do MA, você vai dizer que ele está olhando para a parte social da Democracia? Idem. Difícil defender.

    Estes coronéis defendem o seu, olham para o poder e o bolso, querem que a sociedade se exploda, estão pouco se importando com o povo. É ou não?

    Nestes aspectos o PT deixa de ser social democrata e passa a defender oligarquias. O dinheiro que esta turma leva embora vale várias bolsas família. E ficam bolsões de miséria, a miséria que os coronéis cultivam, completamente desamparados. Vai no Maranhão e vê como está a Educação por lá. Vê como está a Saúde por lá, vê como está o Saneamento Básico por lá.

    O ideal petista de raiz é, claro que sim, social democrata. O ideal peessedebista de raiz é, claro que sim, social democrata. Há alguma discussão aqui?

    As práticas é que desvirtuam os ideais. Há inúmeras razões para eu provocar com a frase que usei: “ares” sociais democratas.

    Vá na essência da coisa. O que apregoa a social democracia?

    – Não há ditadura do proletariado. Há democracia.
    – O Estado pode ser dono de alguns meios de produção. ALGUNS.
    – A livre iniciativa é incentivada. A propriedade privada idem.
    – O Estado é responsável por necessidade primárias da sociedade, tais como Educação, Saúde, Segurança Pública etc.
    – O Estado é responsável por distribuir igualdades de oportunidades, mas não garante igualdade, depois do cidadão estar preparado, cada um que corra atrás do seu.
    – Mas o Estado não permite disparidades sociais insustentáveis. Há formas do estado atuar, tributariamente, para que isto não aconteça.
    – etc etc.

    Caro Elias, você sabe o que penso. Sabe minhas convicções e preferencias políticas. Sabe dos meus aplausos para o PT, este partido que vi nascer, que apoiei e votei, sabe que gosto do FHC, sabe que respeito uma parte tucana boa, sabe que acredito que Aécio Neves é, sim, uma tremenda força política por méritos etc.

    E sabe muito bem onde eu vaio e combato um certo petismo que decepcionou um bocado. Sabe muito bem. Idem ibidem para um certo peessedebismo que decepcionou outro bocado.

    E, por fim, caríssimo Elias, você sabe, assim como todos que frequentam este espaço democrático, o meu grande sonho:

    1 – Mitigar a corrupção.
    2 – Equilibrar as forças, fortalecer a democracia.
    3 – Juntar o que há de melhor do PT com o que há de melhor com o PSDB e, se a grande sorte me privilegiar, que esta união seja temperada com uma bela salada verde.
    4 – Que o outro lado se estabeleça, o lado liberal. Sim, eu torço para que as forças que não são as minhas sejam competentes, tenham representação, tenham força política. A dialética entre estas forças e posições só trará evolução.

    O resto? Bem, o resto é lixo, é descartável, não presta para nada.

    Nem os velhos comunistas como, muito menos, os velhos reaças da direita. E, coloca neste grupo, essa coronelada nojenta que rouba o futuro do país em interesses nada republicanos.

    (e aí todos os bons, de um lado e de outro, perdem a personalidade, perdem a moral, escorregam na ética e chafurdam como porcos, na lavagem em que comem os que metem a mão no dinheiro da escola e da merenda e dos hospitias e remédios do povo).

    Parece bobo, não? É mesmo. Quando você tem ideais, é fácil pacas que você se torne bobo. Meu projeto, melhor, meu sonho, não é em cima de torcida organizada. Faz tempo que saí dessa, desde os tempos da faculdade. Meu sonho é real, é concreto, é factível. Coloca tudo que tem moralizando o dinheiro público, aplica todo centavo possível em Escola, garante Saúde pro povão e daqui 20 ou 30 anos este país está estourado de sucesso. Simples.

    Ou você acha, caríssimo Elias, que fazer um blog sobre corrupção não tem algum sentido? Ao menos desopilo meu fígado e faço enormes amigos, diários, cotidianos, aprendo muito mais que qualquer outra coisa e estimulo todas as vozes a subir no tablado.

    Estes blogs que só aceitam opinião de um lado enchem o meu saco. Me parecem de gente pra lá de babaca.

  56. iconoclastas said

    “O que gostaria do próximo presidente.

    Seja do Serra ou do Avatar seria a redução da dívida pública interna deste país.”

    sério, isto não é um problema, não no curto prazo.

    dada a trajetória de crescimento de emergentes, nós vamos seguir na mesma toada, não em intesidade, mas em sentido. os juros tb serão cadentes, talvez não no ano que vem, mas no curso. ou seja, não é a dívida hoje existente que impede a melhor utilização de recursos, são os motivos pelos quais ela é contratada: escolha de vencedores e previdência do setor público.

    a caca mais p/ frente vai vir da crescente oneração do estado proveniente da falta de dinamismo de um empresariado que cada vez mais se torna viciado em ajuda estatal e do envelhecimento do agigantado funcionalismo público. claro que o nível de instrução também é um problemaço, mas não vem de falta de grana e sim de má aplicação.

    ;^/

  57. Pax said

    Tendo a concordar com alguns pontos teus, caro Iconoclasta, neste comentário #56.

    Melhoramos? Claro que sim. Precisamos consertar rumos? Mais claro ainda.

    Este estado crescendo da forma que tá, desprivilegiando a agilidade e seriedade na coisa pública, aliado ao envelhecimento da população, precisa mais de correção de rumo que de populismo irresponsável.

    E aqui, infelizmente, nem Serra nem Dilma podem nadar de braçadas. Não mesmo. De novo, aqui o melhor discurso foi, sim, o da Marina.

  58. Chesterton said

    O PT tem em seu ideário político a social democracia,

    CHEST- COM CONTROLE SOCIAL! Esqueceu?

  59. vilarnovo said

    # 56

    O problema da dívida não é dívida em si, mas sim o porque da dívida. Estamos contrindo uma dívida pública enorme porém os níveis de investimentos são paupérrimos. Desse jeito vai ficar bastante complicado no futuro.

    Estamos em um país onde o governo, a título de propaganda, cria um Fundo Soberano emitindo dívida. Só para falar que tem. Quer coisa mais idiota que isso?

  60. Pax said

    Caro Chesterton,

    Esta é a parte do PT que se perdeu, que não só se perdeu como ficou anacrônica. Você toca num ponto que também traz nevralgia e precisa ser discutido. Sim.

  61. Chesterton said

    Não há ditadura do proletariado. Há democracia.
    – O Estado pode ser dono de alguns meios de produção. ALGUNS.
    – A livre iniciativa é incentivada. A propriedade privada idem.
    – O Estado é responsável por necessidade primárias da sociedade, tais como Educação, Saúde, Segurança Pública etc.
    – O Estado é responsável por distribuir igualdades de oportunidades, mas não garante igualdade, depois do cidadão estar preparado, cada um que corra atrás do seu.
    – Mas o Estado não permite disparidades sociais insustentáveis. Há formas do estado atuar, tributariamente, para que isto não aconteça.

    chest- cara, como você é burguês! (diriam um peto-lulista que se reune todo dia na frente da Petrobras no centro do Rio (rs).

    Disparidades sociais insustentáveis….hum, defina melhor.

  62. Pax said

    Complementando o meu #60.

    Não foi só Erenice, grande Erenice, e sua parentada horripilante, família monstro, que detonou o primeiro turno para Dilma. Teve, também, a questão religiosa que nem entrei ainda, preciso pensar um pouco mais.

    Mas, por fim, teve o destempero de Lula. O cara é bom, muito bom, mas quando dá ouvidos para a grita anacrônica de uma parte petista, mete os pés pelas mãos. Foi o que aconteceu no final da campanha. Minha análise é que Lula se “entusiasmou” demais. Papo de “não precisamos de formador de opinião” foi uma bela de uma cagada.

    É o que dá ouvir a parte politiburra do partido. Lula é muito melhor que esta ala radical. Tomara que Lula fora do poder retome as rédeas do PT. Se deixar na mão de quem está, ao menos do que sei, vai ser ruim para o partido.

    Pega estes blogs petistas mais exaltados. Olha o que os caras dizem. Meus amigos, é de arrepiar. Pulo fora deste barco sem sombra de dúvidas. Não briguei contra uma ditadura para cair noutra. Tem uma turma tão babaca, mas tão babaca, que se iguala aos babaquaras do outro lado.

  63. Pax said

    Caro Chesterton,

    Disparidades sociais insustentáveis….hum, defina melhor.

    Bem, se você até agora não entendeu esta parte do filme, melhor sair do cinema. =)

  64. Chesterton said

    Esta é a parte do PT que se perdeu, que não só se perdeu como ficou anacrônica.

    chest- Pax, você quer dizer que o PT virou PSDB? Não basta roubar o programa de FHC depois de combatê-lo ferozmente?

  65. Pax said

    Caro Chestertonm

    O PT virou PSDB?

    No que tange ao projeto de poder, sim. Claro que o modelo brasileiro de política implica em fazer alianças, mas a forma que FHC e, depois, Lula, fizeram, desmereceu suas biografias.

    Alguém quer discutir isto? Foi ou não foi?

    Como poderiam fazer diferente? Não sei. Só sei que deveriam fazer diferente.

    Outro ponto importante que não estamos discutindo: O Congresso nacional.

    Porra (estou realmente entusiasmado, mal dormido e preciso sair daqui a pouco, querendo ficar para discutir, mas tenho comprimissos até a madrugada), olha o que está acontendo no Brasil, saca só:

    – O Congresso não legisla mais. Está a cabresto do Executivo. Este segundo que determina a agenda do Legislativo, arranja aqui e acolá num desarranjo democrático e pouco republicano, e legisla ao seu bel prezar.

    Porca miséria, isto está errado. Precisamos que os poderes funcionem como poderes. Caramba, canário belga, este descaminho precisa ser arrumado imediatamente.

  66. Chesterton said

    Muito vago, poderia ser mais específico?

    vamos combinar uma coisa, se o PT dá seguimento ao programa de FHC, vira PSDB, tira os anacrônicos de campo (MAG, AMORIM, Franklin Martins, ), para de apoiar o Almadinejah, o Chaves e todo e qualquer tiranete do mundo, Lula vende o Air 51, não põe de candidata uma ex-guerrilheira (anacronismo maior que esse não tem), para com a roubalheira * , para de aparelhar o estado, para de colocar no Supremo os amiguinhos, aí eu paro de reclamar, combinado?

    (claro que isso não quer dizer que vou votar nele)

    * a coisa tomou proporções “assustadoiras”

  67. Chesterton said

    O que mais desmerece a biografia de Lula, Pax, foi ter ,comprado o congresso com o mensalõa. Não só a população votou em candidatos corrompíveis, mas Lula ativamente, trabalhou para acabar com essa instituição chamada Congresso nacional.

    LULA TEM CULPA NO CONGRESSO QUE ESTÁ AÍ, QUEIRAM OU NÃO.

    FHC NÃO FEZ ISSO.

  68. vilarnovo said

    Chest – Discordo. Lula não tem culpa não. Quem tem são os eleitores. Lula possui apenas um voto. Assim como eu.

  69. Chesterton said

    Marina ‘pintou’
    A conversa do PV de Marina Silva com o PSDB Serra já começou:o “fenômeno” desta eleição contaminou o “meio ambiente” de Dilma.

    cLAUDIO HUMBERTO

  70. Chesterton said

    Vilar, essa não, quem trabalha para destruir o Congresso tem culpa sim.

    O fato de Lula esculhambar o Congresso como fez, fez com que algum honesto pensasse em se candidatar? Não que eu ache o povinho brasileiro grande coisa….

  71. Chesterton said

    Que susto!

  72. iconoclastas said

    # 59 Pablo,

    é isso, o FS é um acinte, concordo, e o uso que o gênio da fazenda quer fazer dele, comprar US$ para segurar a cotação, nada mais é que uma tentativa – inócua, diga-se de passagem – de bolsa setorial.

    e, claro, os níveis de investimento são ridículos por causa da má aplicação dos recursos. mesmo com poupança doméstica baixa nego aqui ainda tem pudores com déficit externo, ai nao tem como a conta fechar…

    ;^/

  73. Eduardo said

    Nossa divida: http://www.tesouro.fazenda.gov.br/divida_publica/downloads/estatistica/Estoque_DPF_Mercado_resumido.xls

    Saldo de agosto R$ 1.636.504.000.000,00 (hum trilhão, seiscentos e trinta e seis bilhões, quinhentos e quatro milhões).

    Banqueiros premiam e aplaudem Lula não pelo que ele faz, mas pelo que ele paga. Sua herança terá cedo ou tarde de ser encarada com responsabilidade e sem populismo.

  74. iconoclastas said

    “Tomara que Lula fora do poder retome as rédeas do PT.”

    ha… categórico sobre o q um representa para o outro…

    ae ptzada, vcs são td gado, e não fui eu quem disse…

    ;^))

  75. Pax said

    Caro Inconoclastas,

    Torça, mas não distorça o que eu digo, por favor.

    Minha torcida é que Lula faça o PT entender que o melhor caminho é o do centro esquerda, menos radical, menos anacrônico, o lado democrático. Este outro lado que quer controlar a parada tá por fora, mas, segundo me consta, “por cima”.

    Que é a essência do PT.

  76. Chesterton said

    Dúbio ficou. Qual a essência do PT em sua opinião?

  77. Chesterton said

    PV, veja isso e me diga se Lula não tem culpa em tornar o Congresso Nacional em circo de lona.

  78. vilarnovo said

    Chest – Vale o mesmo. Quem colocou o Lula na presidência?

  79. vilarnovo said

    Pax – Sinceramente, você é um crédulo… Lula não está nem aí para isso. Quer é poder. Sempre foi isso. É um megalomaníaco de carteirinha.

  80. Chesterton said

    SEXTA-FEIRA, 1 DE OUTUBRO DE 2010

    Eu não voto em terrorista
    Eu não voto em terrorista.
    Eu não voto em quem acha as FARC um movimento legítimo.
    Eu não voto em quem quer implementar uma ditadura de partido único.

    Eleger Dilma para a Presidência da República é assegurar o fim da liberdade de expressão no Brasil, é dar adeus ao estado de direito.

    Nossos filhos não merecem isso. Pai não destrua o futuro de seu filho. Mãe não vote na ditadura.

    Dilma não tem e nunca terá meu voto. Eu a desprezo, ela é o símbolo de tudo que esta errado e não presta em nosso país: não tem mérito algum, está onde está por conexões e apadrinhamento político.
    POSTADO POR BLOG DO ADOLFO Sachida

  81. Estou voltando, mas….. estamos na mesmaq…..os mesmos e as mesmas bobeiras……

  82. Chesterton said

    PV, se chegar a esse tipo de reducionismo, tudo bem, aceito: povo de mierda, que vá a…..&¨*(&¨%$#$%$#@@

  83. Chesterton said

    H. Romeu Pinto C. Bento está de volta?

  84. Chesterton said

    Porque Dilma, Lula et caterva não querem abrir seus arquivos? O que Dilma quer esconder do grande público?

  85. Chesterton said

    http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4706561-EI15311,00-SE+Candidata+do+Psol+chama+Dilma+de+terrorista+em+debate.html

    candidata do PSOL chama Dilma de terrorista e sequestradora. Incrível, até o PSOL ?

  86. Chesterton said

    Pax, afinal, de qual lado do PT você está?

    Filho de ministro de Lula fala (contra os interesses paternos, pelo visto) algumas verdades que ninguem parece quer ouvir.

    assistam até o fim e tenham suas respostas respondidas

  87. Jorge said

    Pax, a Marina vai de Dilma.
    São 30 anos de PT, isso não some assim, só porque a mídia quer. Veja Heloisa Helena. Em 2006, musa da mídia, em 2010, derrotada e abandonada. Marina não é boba, sabe que, na hora H, seu lado é a esquerda.

  88. Chesterton said

    E Serra agora é de direita.
    Pax, eu não sabia que Dilma tinha ficado 3 anos na prisão.

  89. Chesterton said

    Herança maldita

  90. vilarnovo said

    Chest – Sinceramente. Você precisa ler Sun Tsu com urgência. Há batalhas que não devem ser travadas. Essa de “Dilma terrorista” é uma delas. Esquece isso. Isso não cola no Brasil. Há dezenas de coisas a serem faladas sobre a Dilma. Da sua incapacidade administrativa e gerencial desde o Ministério de Minas e Energia onde ela deixou uma tremenda bagunça e hoje, como prêmio, pagamos uma das tarifas mais caras do mundo.

    “Brasileiro paga uma das tarifas de eletricidade mais caras do mundo”

    http://economia.estadao.com.br/noticias/not_6806.htm

    E do apagão que aconteceu por falta de manutenção e investimentos. Tendo o governo, como forma de blindar Dilma, mentiu descaradamente para a população.

    “Relatório aponta falta de manutenção – 25/01/2010”

    http://www.eletrosul.gov.br/gdi/gdi/index.php?pg=cl_abre&cd=hhhZge30CRhhi

    Podemos falar também dos relatórios de faz de conta que ela fornece sobre o PAC (aliás, notou que quase não se fala no PAC?). Relatórios esses que não se sustentam nem por 24 horas.

    Pode se falar do caos aéreo.

    Pode se falar dos problemas de manutenção nas plataformas da Petrobrás que antigamente acusavam FHC de querer privatiza-la, mas hoje tem uma relação de funcionários/terceirizados maior do que na era FHC. Onde estavam as gralhas quando a plataforma explodiu? Sumiram…

    Tem muitas outras coisa. Mas por favor, esquece essa coisa de “Dilma terrorista”.

  91. Chesterton said

    Mas é isso que me causa indignação, não estou fazendo campanha pelo Serra. Sei qua a luta é inglória, mas hei de vencer. Não pense que o Brasil está longe de cair no caos colombio-venezuelano.

    “Farc planeja matar ex-presidente Uribe

    BOGOTÁ (AFP) – O governo colombiano denunciou nesta segunda-feira que a guerrilha das Farc tem planos para matar o ex-presidente Alvaro Uribe (2002-2010).

    Segundo o ministro da Defesa, Rodrigo Rivera, informações encontradas nos computadores do falecido chefe militar das Farc ‘Mono Jojoy’ “mostram a clara intenção de atentar contra a vida do ex-presidente”.

    Rivera disse à imprensa que “Uribe já foi informado destes planos pelo próprio presidente (colombiano) Juan Manuel Santos”.

    ‘Jojoy’ foi morto há dez dias em um bombardeio da Força Aérea contra seu acampamento em uma região de selva no centro da Colômbia, onde tropas do Exército encontraram 21 computadores e 108 cartões de memória com “informação valiosa”.”

  92. Carlão said

    LULA-O REGULADOR XAVIER PARA A SAÚDE DA MULHER.

    “O presidente Lula a gente não pode falar em dose. Ele não é propriamente o remédio. É solução para várias coisas”
    ;)

    Dilma atribui o segundo turno também aos boatos contra ela nos segmentos religiosos e afirmou que não percebeu antes porque ela e seus aliados estavam inocentes.
    “Eu considero que foi feita uma campanha perversa, com inverdades (comprovadas)e quem me acusava não aparecia de forma clara. Vamos fazer um movimento com muita tranquilidade no sentido de esclarecer quais são as nossas posições. Fiz uma reunião com religiosos. É nosso interesse, da campanha e meu, continuar com esse debate e esclarecer o máximo possível quais são as nossas posições”, disse.

    Para Dilma, ela foi vítima de rumores, referindo-se à divulgação na internet de que teria dito que nem Jesus Cristo tiraria sua vitória na eleição e também à circulação da informação verdadeira de que ela defendia a descriminalização do aborto –conforme fez em sabatina na Folha em 2007 e numa entrevista à revista “Marie Claire”.
    Confira de novo.
    Ela disse e diz que é mentira:

    Agora disse que não disse. Mentindo de novo.
    “Nós estamos inocentes e de boa fé e não imaginávamos que esteja sendo construindo um processo do baixo mundo da política, da fofoca que são mentirosos!“, disse. Sobre a presença do presidente Lula na campanha, Dilma evitou precisar qual seria a dose certa.
    “O presidente Lula a gente não pode falar em dose. Ele não é propriamente o remédio. É solução para várias coisas. Ele é umas das maiores lideranças do meu partido e do país”, afirmou.

    Dilma teria dito que nem Jesus Cristo tiraria sua vitória na eleição.
    É boato sem dúvida, ninguém é idiota de acreditar nessa história.
    Só Betty e Matilde.
    Foram o serra e a marina que adulteram o video segundo a lógica nassifiana.
    MAS…em dúvida esqueçam também o vídeo.
    Apesar de ser verdadeiro também é boato.

    rio Pax
    LULA – O REGULADOR XAVIER PARA A SAÚDE DA MULHER.
    Posologia:
    Numero 1: escassez
    Numero 2: excesso
    Numero 3: pergunte ao lula:“O presidente Lula a gente não pode falar em dose.
    Ele não é propriamente o remédio.É solução para várias coisas”

    putz!
    O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE.
    ENGULA DILMA POR SUA CONTA E RISCO!

    lulam o remédio baixou de preço: prazo de validade vencendo.
    hehe
    :)

  93. Chesterton said

    Pax 1: O resto? Bem, o resto é lixo, é descartável, não presta para nada.

    Nem os velhos comunistas como, muito menos, os velhos reaças da direita. E, coloca neste grupo, essa coronelada nojenta que rouba o futuro do país em interesses nada republicanos.

    Pax 2: Caro Chesterton,

    Esta é a parte do PT que se perdeu, que não só se perdeu como ficou anacrônica. Você toca num ponto que também traz nevralgia e precisa ser discutido. Sim.

    chest- a parte do PT que segundo pax se perdeu é exatamente a que está por trás de Dilma. Ou vocês são cegos?
    A coronelada que Pax chama de nojenta rouba muito menos o país (? que Lula e o PT, e Dirdeu, e delúbio, etccc…. ou vocês ficaram cegos?

  94. Chesterton said

    Como detectar a linguagem de alguém favorável ao aborto?

    Eis alguns sinais:

    1. A pessoa começa dizendo que “nenhuma mulher acha o aborto uma maravilha”. Isso porque o aborto é uma “agressão ao corpo da mulher” (não à criança).

    2. Depois diz que, do ponto de vista do governante, “o aborto é uma questão de saúde pública” (a saúde que conta não é a do bebê, é claro).

    3. Então lamenta que haja mulheres pobres que sofram por fazer aborto com métodos “inadequados” enquanto as mulheres ricas podem abortar em condições “seguras” (seguras não para o filho, é claro).

    4. Reafirma que uma parte da população não tem acesso ao “serviço” de aborto e sofre discriminação. Por isso, quer uma legislação que obrigue a dar “atendimento” às mulheres que queiram fazer aborto, a fim de que não corram risco de vida, como nos países “desenvolvidos”.

    5. Em suma: deseja pura e simplesmente que as mulheres pobres possam matar seus filhos de maneira tão “segura” quanto as mulheres ricas o fazem.

    E assistam o video aí em cima.

  95. Chesterton said

    esta mulher é uma psicopata, acha que o feto está morto

  96. Jorge said

    Os eleitores podem constatar a podridão que apoia o Serra. Mentiras, demagogia, sensacionalismo, todo tipo de farsa, calúnia, gente tramando ardis para enganar o eleitor…
    Isso é a essencia da candidatura Serra.
    É esse o tipo de gente que ele atrai. É esse tipo de gente que forma sua tropa.
    É isso que voces querem para o Brasil?
    É claro que não.

  97. Chesterton said

    Tem que cortar o mal pelo nariz, o projeto dessa ala que o Pax chama de “anacrônica” vai ser com Dilma HEGEMÔNICA!!!! Fill in the blanks, join the dots!

  98. Chesterton said

    Jorge, não seja tolo, todo mundo sabe que eu não sou a favor do Serra, sou contra Dilma, o Zé Dirceu, Franklin Martins, e outros proto-ditadores que pululam através do PT.

  99. Patriarca da Paciência said

    O Chesterton escancarou a campanha do Serra.

    É isso aí mesmo.

    Bem nesse nível.

  100. Patriarca da Paciência said

    Projeto stalinista!

    O Chesterton só não é mais louco que o Olavão.

    Deve estar cheio de comunistas debaixo da cama do Chesterton!

  101. vilarnovo said

    “96.Jorge disse:
    04/10/2010 às 23:42
    Os eleitores podem constatar a podridão que apoia o Serra. Mentiras, demagogia, sensacionalismo, todo tipo de farsa, calúnia, gente tramando ardis para enganar o eleitor…
    Isso é a essencia da candidatura Serra.
    É esse o tipo de gente que ele atrai. É esse tipo de gente que forma sua tropa.
    É isso que voces querem para o Brasil?
    É claro que não.”

    Agora mudem de Serra para Dilma.

    Impressionante que como não muda em nada.

  102. Chesterton said

    Petistas acusam ser de baixo nivel denunciar as ideias da abortista candidata a presidencia. Baixo nível não seria o assassinato de fetos?

  103. Carlão said

    Esta lojinha ainda está aberta? ..vamos lá:
    Crônica da derrota anunciada(E IGNORADA)

    05/10/2010 – 12h55
    A sangria parou?
    VALDO CRUZ
    Entre petistas e aliados, ninguém acredita numa surpresa no segundo turno. Todos demonstram um otimismo de que Dilma Rousseff será eleita presidente do Brasil em 31 de outubro. Chegam a dizer que o próprio tucano José Serra sabe que não tem chances na fase derradeira. Esse foi o sentimento que dominou o encontro entre o comando da campanha de Dilma e os governadores e senadores eleitos em Brasília.

    Tudo bem, Dilma realmente é a favorita no segundo turno. Terminou o primeiro turno a três pontos de liquidar a fatura antecipadamente. Mas o resultado do último domingo recomenda uma certa cautela no mundo petista e serve de estímulo para os tucanos.

    A candidata de Lula, por exemplo, registrou ao longo da semana passada uma tendência constante de queda. Esse movimento foi interrompido? A perda de votos seguirá nesse início de segundo turno? Respostas a esses questionamentos serão conhecidas quando forem divulgadas as primeiras pesquisas de intenção de voto. Aí poderemos ter uma melhor noção de quem está mais próximo de ser o próximo presidente do país.

    O otimismo dos aliados do presidente Lula está baseado na crença de que uma boa parte dos votos perdidos voltará para o balaio da candidata Dilma. Seriam votos de eleitores que optaram por Marina Silva para dar um “susto” no governo na reta final do primeiro turno. Gente que estava decidida a votar em Dilma, mas mudou na última hora por conta de uma sensação de que o grupo de Lula estava arrogante demais.

    Além disso, apostam que vão conseguir neutralizar a sangria de votos no eleitorado religioso. Primeiro, acreditam os marqueteiros da campanha, o efeito dessa campanha já deu o resultado que tinha de dar. A partir de agora, pode até se virar contra seus autores. Basta um programa de TV competente mostrando uma Dilma vítima de uma onda de boatos e um trabalho de bastidores envolvendo lideranças religiosas.

    Mais uma vez, tudo bem. É bem possível que isso aconteça. Só que o candidato tucano José Serra mostrou, nos últimos dias, que está atento a esses movimentos. Deles se beneficiou para ir ao segundo turno e, com certeza, irá trabalhá-los mais intensamente para minar ainda mais a candidata petista. A conferir.

    Queixas

    Não bastasse ter de montar a estratégia de um segundo turno fora dos planos iniciais, o comando da campanha de Dilma terá de administrar a insatisfação do PMDB. A cúpula peemedebista andou reclamando que o PT se isolou, não ouviu os aliados e acabou cometendo erros que custaram a vitória no primeiro turno. O principal deles foi não domar seus radicais, dando combustível para a onda de boatos contra a candidata petista.

    Ou seja, a pressão dos peemedebistas já vai começar antes mesmo de uma eventual eleição de Dilma para Presidência. Sinal de que a relação entre os dois maiores partidos da aliança não será nada fácil num futuro governo dilmista.

    Críticas

    Um governador petista diz que o comando da campanha de Dilma errou feio ao apostar tudo numa vitória no primeiro turno. Com isso, o que poderia estar sendo comemorado como um bom resultado, acabou tendo gosto de derrota.

    VOTO DE DESCONFIANÇA
    PT : “Mission Accomplished”
    or
    o eleitor: “Segunda Época”.
    lula ficou de segunda época.
    por “méritos alheios” como PAX enunciou
    dilma “Where is the beef?” roussef, a criatura.
    vergonha
    :) :)

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: