políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Militância tucana usa nome da Marina Silva

Posted by Pax em 27/10/2010

Divulgaram e-mail falso e fizerem post no blog Eu vou de Serra 45 em nome de Marina Silva apoiando José Serra. Um tremendo erro cometido pela militância tucana. Resta apurar até onde a campanha oficial teve ou não participação.

Mais um tiro pela culatra.

“Não usem meu nome para o vale-tudo eleitoral”, repreende Marina – do blog de Marina Silva

A senadora Marina Silva (PV-AC) criticou, hoje, duramente os setores do PSDB que promoveram iniciativas fraudulentas de envolvê-la em ações de apoio à candidatura de José Serra.

“Não usem meu nome para o vale-tudo eleitoral”, advertiu Marina ao tomar conhecimento de um endereço de e-mail falso (marina@pv.gov.br) e de um post do blog Eu Vou de Serra 45 que manipula declarações dadas por ela durante a campanha do primeiro turno.

“Infelizmente, muitos não aprenderam nada com os resultados das urnas e continuam a promover a política de mais baixo nível ao usar estratagemas banais para buscar votos”, declarou a ex-presidenciável do PV.

O e-mail com o remetente marina@pv.gov.br é direcionado aos simpatizantes de Marina e contém mensagem em nome da senadora e do PV com pedido para que se unam em torno da candidatura de Serra.

Por sua vez, o blog da militância tucana lança mão de declaração da então candidata verde à Presidência de forma descontextualizada para fazer seu proselitismo eleitoral. “Marina se posiciona: Brasil não pode ser entregue a quem conhece”, afirma inadvertidamente a divulgação dos defensores do ex-governador de São Paulo.

“Estamos no final do segundo turno, e os brasileiros já tiveram acesso a muitas informações sobre os candidatos à Presidência. Não há mais desconhecidos. O eleitor vai às urnas consciente da sua escolha e não sujeitará a formação de sua opinião àqueles que usam artifícios ingênuos para distorcer a realidade”, afirmou Marina. (Continua no blog da Marina Silva…)

Atualização: E a burrada reverberou. Veja notícias na Folha e Estadão que acabam de sair.

Folha: Marina diz que seu nome não deve ser usado no ‘vale-tudo eleitoral’
Estadão: Marina se irrita com email com suposta declaração de apoio a Serra

Anúncios

42 Respostas to “Militância tucana usa nome da Marina Silva”

  1. Chesterton said

    QUARTA-FEIRA, 27 DE OUTUBRO DE 2010

    O Alerta Total alertou: Dilma escorregou no Escândalo Gemini
    Artigo no Alerta Total – http://www.alertatotal.net

    Por Jorge Serrão

    Em artigo publicado em 13 de outubro de 2010, o Alerta Total foi categórico: ao acusar o tucano José Serra de ser favorável à privatização de setores da Petrobras, Dilma corria o forte risco de escorregar. Ela poderia ser instada a explicar o que a levou, como Ministra de Minas e Energia e Presidente do Conselho de Administração da Petrobras, a avalizar a constituição da Gemini – sociedade por meio da qual o governo Lula transformou uma empresa pertencente a um grupo norte-americano na maior beneficiária de nosso gás natural liquefeito (GNL).

    Posteriormente, em 19 de outubro de 2010, o Alerta publicou a íntegra da denúncia protocolada no mesmo dia junto ao Ministério Público Federal pelo engenheiro João Vinhosa. Em tal denúncia, Vinhosa afirmou que Dilma foi a principal avalista da sociedade e anexou provas que o sindicato dos petroleiros (Sindipetro) já havia acusado a existência de corrupção explícita no caso Gemini desde 2006.

    Não deu outra. Dilma escorregou feio no debate realizado pela TV Record nesta segunda (25), Serra repercutiu a denúncia de João Vinhosa, que tem grande repercussão na internet, mas que não ganha o devido espaço na mídia tradicional. Serra cutucou Dilma: “O atual governo cedeu para a White Martins, uma multinacional, a sociedade do fornecimento de gás liquefeito. A Petrobrás ficou com a menor parte, 40%. Ela favoreceu uma multinacional em relação à ação da Petrobrás, que tinha toda a condição para fazer esse trabalho”.

    Embora Serra tenha citado duas vezes tal espúria sociedade, Dilma não se manifestou sobre o assunto. O silêncio e omissão dela sobre o grave caso de privataria petista é sintomático. Ainda na Casa Civil, embora tenha recebido denúncias por escrito de João Vinhosa, Dilma e seus aspones nunca se manifestaram sobre o caso.

    Em entrevista concedida ao final do debate, o candidato tucano José Serra ainda alfinetou, ironizando que havia ficado curioso para saber o pensamento de Dilma sobre “essa associação estranha da Petrobras com a White-Martins, que entregou a essa multinacional o controle do gás liquefeito no Brasil”. Serra tocou no assunto porque vários leitores do Alerta Total enviaram à coordenação de campanha do PSDB as denúncias de João Vinhosa publicadas no Alerta Total. Ponto para a cidadania, que premiou a coragem do incansável Vinhosa em oficializar tais denúncias ao governo e ao Ministério Público Federal.

    O caso Gemini, que agora está começando a atingir a relevância que merece, pode ser acompanhado em detalhes pela série de matérias publicadas no Alerta Total. Porém, devido à urgência e a gravidade da situação, recomenda-se, inicialmente, uma leitura das matérias publicadas pelo jornal Sindipetro – sindicato de notória tendência petista no meio dos petroleiros.

    As acusações do Sindipetro podem ser vistas nos endereços a seguir indicados:

    http://www.sindipetro.org.br/101/b1063/1063.pdf (Jornal do Sindipetro, 23/03/06)

    http://www.sindipetro.org.br/101/b1109/1109.pdf (Jornal do Sindipetro, 03/08/07)

    http://www.sindipetro.org.br/101/b1133/1133.pdf (Jornal do Sindipetro, 29/05/08)

    A Lenda do Boi

    Oficialmente, faleceu ontem o Senador Romeu Tuma – um dos mais famosos profissionais da área de inteligência no Brasil.

    Com ele são enterrados os grandes segredos do sindicalista que foi grande colaborador secreto do Departamento da Ordem Política e Social, nos tempos da dita-dura.

    Lula devia agradecer eternamente ao amigo Tuma por ele nunca ter revelado nada sobre a atuação de Lula contra seus inimigos no campo sindical.

    Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor

  2. Chesterton said

  3. Carlão said

    comentário da minha mulher brasileira…
    “chiquê de marafona” …
    minha mulher americana disse:
    “Where is the beef?”
    Cadê o “bife”.É só pão e molhos.
    minha mulher portoriquenha disse:
    Embustera!

    adoro minhas mulheres todas.

    pé no chão, Madama Butterfly…
    chega de “solos de soprano amazonense” para agradar a midia/platéia…
    a verdadeira teria pedido demissão no mensalão.
    Aguardou ser demitida por dilma.
    prefiro a tragédia original “au naturel” …

    Un bel di vedremo!

    2014 é apenas uma abstração.No famoso “durante”.
    Os Kirchner de repente descobriram isto hoje.
    infelizmente Tomorrow will take care of itself!
    ;)

    #BR45IL! é já

  4. Carlão said

    chest …mulheres & mulheres…
    cada macaca no seu cipó.
    Marina apostou no cipó “tarzã de 2014”.
    Triplice sallto mortal carpado do tempo “durante”
    2 caras e politicamente ecológica.
    Cipó na mão e vamo q vamo, procurando holofotes…
    tem petista esperando Marina…
    insatisfeito porque dilma
    é uma incógnita.
    Sem personalidade comprovada -2 caras
    Dilma já deu o recado no Rio…se eu ganhar…
    lula poderá ser candidato em 2014!
    Sonhar não é pecado, internauta!

  5. Carlão said

    off topic…

    Número de homicídios em SP cai 13% no terceiro trimestre deste ano

    A taxa de homicídios no Estado de São Paulo caiu 13% no terceiro trimestre deste ano (julho, agosto e setembro) em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com dados da Delegacia Geral da Polícia Civil, foram registrados 937 assassinatos neste ano, contra 1.078 no ano passado.
    Os números são os mais baixos desde que a Secretaria da Segurança Pública começou a divulgar os dados, em 1995.
    De acordo com o delegado-geral, Domingos Paulo Neto, em setembro foi atingida a marca de 8,4 homicídios por 100 mil habitantes, a menor taxa histórica e uma das menores do país.

    recomendo que Marina venha morar aqui em 2011…
    pois será gente comum de novo.
    tragédias acontecem…e muito mais fora de São Paulo.
    Infelizmente.

  6. Pax said

    Prezados,

    O post fala de um problema complicado. Há o contraponto da Ruth Rocha, sim, mas creio ser um diferente. Vamos por partes e até tentando explicar porque um dos casos foi motivo de post e outro não.

    Por partes:

    – No caso da Ruth Rocha houve uma tremenda varada da campanha oficial da Dilma, ao que consta, ao menos em uma explicação que devemos olhar com toda desconfiança, houve um engano que foi explicado e até pode ser verdade. De forma alguma digo que é ou não, mas há uma explicação no ar. Veja abaixo:

    http://eleicoes.uol.com.br/2010/ultimas-noticias/2010/10/27/tucana-ruth-rocha-se-diz-indignada-ao-ver-seu-nome-em-lista-pro-dilma-eric-nepomuceno-se-desculpa-por-equivoco.jhtm

    Neste caso parece que a coisa é diferente, ao menos em minha opinião e coloco a discussão em pauta aceitando todas as contra-argumentações possíveis. Onde acho diferente: a) foi criado um e-mail falso e b) foi colocado num dos blogs conhecidos da campanha. Ambos falsos, deliberadamente falsos.

    E aí a coisa complica.

    Enfim, entendo que é um bom ponto de discussão, sim.

  7. Que vergonha, usar o nome dos outros em mentiras!

  8. Patriarca da Paciência said

    Rute Rocha é um nome bastante comum e deve ser caso de homônimo.

    Sem dúvida nenhuma é desagradável.

    Mas é uma, entre milhares. Não é o caso de apenas uma, em uma.

    No caso da Marina não resta a menor dúvida que foi má fé mesmo!

  9. Pax said

    Só falta o Elias aparecer para eu continuar minha briga de sempre com ele, nestas eleições. E aqui vai mais um argumento importante.

    O maior Partido Verde que existe, ao menos no meu conhecimento, é o da Alemanha, um país com 82 milhões de habitantes. Lá este partido nunca chegou a 10% nas eleições. Exagerando podemos dizer que leva uns 10 milhões de votos.

    Aqui houve o fenônemo Marina, maior, sim, muito maior que o PV. Sabemos que o PV é muito ruim no Brasil. Ficou muito ruim. Largou a biografia programática para a biografia pragmática. Virou partido de prateleira como todos sabemos.

    Mas levou quase 20 milhões de votos. Ou seja? Ou seja virou o maior partido verde mundial. Isto ouvi de um jornalista que tem 32 anos de profissão e chefia centenas de jornalistas. E ele tem razão.

    Desde o início deste segundo turno, confirmei o que dizia no início do ano, quando Marina se candidatou, quando afirmei que se fôssemos para o segundo turno Marina seria o fiel da balança do pleito. O caro Elias esperneou e continua esperneando. E eu fico me contorcendo para tentar defender minha tese.

    Bem, há várias notícias que falam de Marina como fiel da balança. Digitem no google “Marina Silva fiel da balança” e vejam quantos resultados terão. São dezenas de milhares. Quer dizer que eu ganho a discussão com o caro Elias? Não. Como disse, suo para colocar meu ponto, ainda mais considerando que o novato aqui sou eu e não ele.

    E aqui chegamos em dois pontos que me parecem bons de discussão:

    1 – A questão de um partido deixar de ser programático para ser pragmático. Há um enorme risco, pelo que entendo. E tanto PT quanto PSDB devem atentar para isto. Ambos me parecem perder o rumo, o que acho muito ruim.

    2 – A questão de qual será o caminho de Marina daqui para frente. E aqui eu tenho uma enorme curiosidade que não sei, ainda, modelar as possibilidades todas.

  10. Pax said

    Caro Patriarca, em #8

    Esta é a tese de defesa da campanha do PT.

    Qual é a tese de defesa da campanha do Serra? Ainda não vi.

    Mas vi ambas as notícias super distorcidas nas midias sociais que também acompanho: Twitter (muito), Facebook (bastante) e Orkut (muito pouco, cada vez menos, mas a mais utilizada pela galerinha)

  11. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    tive o cuidado de conferir toda a lista de apoio dos intelectuais e religiosos e não encontrei o nome da Dona Ruth Rocha.
    A qual lista ela estará se referindo?

    Confira você mesmo:

    Somos homens e mulheres, ministros, ministras, agentes de pastoral, teólogos/as, padres, pastores e pastoras, intelectuais e militantes sociais, membros de diferentes Igrejas cristãs, movidos/as pela fidelidade à verdade, vimos a público declarar:

    1. Nestes dias, circulam pela internet, pela imprensa e dentro de algumas de nossas igrejas, manifestações de líderes cristãos que, em nome da fé, pedem ao povo que não vote em Dilma Rousseff sob o pretexto de que ela seria favorável ao aborto, ao casamento gay e a outras medidas tidas como “contrárias à moral”.

    A própria candidata negou a veracidade destas afirmações e, ao contrário, se reuniu com lideranças das Igrejas em um diálogo positivo e aberto. Apesar disso, estes boatos e mentiras continuam sendo espalhados. Diante destas posturas autoritárias e mentirosas, disfarçadas sob o uso da boa moral e da fé, nos sentimos obrigados a atualizar a palavra de Jesus, afirmando, agora, diante de todo o Brasil: “se nos calarmos, até as pedras gritarão!” (Lc 19, 40).

    2. Não aceitamos que se use da fé para condenar alguma candidatura. Por isso, fazemos esta declaração como cristãos, ligando nossa fé à vida concreta, a partir de uma análise social e política da realidade e não apenas por motivos religiosos ou doutrinais. Em nome do nosso compromisso com o povo brasileiro, declaramos publicamente o nosso voto em Dilma Rousseff e as razões que nos levam a tomar esta atitude:

    3. Consideramos que, para o projeto de um Brasil justo e igualitário, a eleição de Dilma para presidente da República representará um passo maior do que a eventualidade de uma vitória do Serra, que, segundo nossa análise, nos levaria a recuar em várias conquistas populares e efetivos ganhos sócio-culturais e econômicos que se destacam na melhoria de vida da população brasileira.

    4. Consideramos que o direito à Vida seja a mais profunda e bela das manifestações das pessoas que acreditam em Deus, pois somos à sua Imagem e Semelhança. Portanto, defender a vida é oferecer condições de saúde, educação, moradia, terra, trabalho, lazer, cultura e dignidade para todas as pessoas, particularmente as que mais precisam. Por isso, um governo justo oferece sua opção preferencial às pessoas empobrecidas, injustiçadas, perseguidas e caluniadas, conforme a proclamação de Jesus na montanha (Cf. Mt 5, 1- 12).

    5. Acreditamos que o projeto divino para este mundo foi anunciado através das palavras e ações de Jesus Cristo. Este projeto não se esgota em nenhum regime de governo e não se reduz apenas a uma melhor organização social e política da sociedade. Entretanto, quando oramos “venha o teu reino”, cremos que ele virá, não apenas de forma espiritualista e restrito aos corações, mas, principalmente na transformação das estruturas sociais e políticas deste mundo.

    6. Sabemos que as grandes transformações da sociedade se darão principalmente através das conquistas sociais, políticas e ecológicas, feitas pelo povo organizado e não apenas pelo beneplácito de um governante mais aberto/a ou mais sensível ao povo. Temos críticas a alguns aspectos e algumas políticas do governo atual que Dilma promete continuar. Motivo do voto alternativo de muitos companheiros e companheiras

    Entretanto, por experiência, constatamos: não é a mesma coisa ter no governo uma pessoa que respeite os movimentos populares e dialogue com os segmentos mais pobres da sociedade, ou ter alguém que, diante de uma manifestação popular, mande a polícia reprimir. Neste sentido, tanto no governo federal, como nos estados, as gestões tucanas têm se caracterizado sempre pela arrogância do seu apego às políticas neoliberais e pela insensibilidade para com as grandes questões sociais do povo mais empobrecido.

    7. Sabemos de pessoas que se dizem religiosas, e que cometem atrocidades contra crianças, por isso, ter um candidato religioso não é necessariamente parâmetro para se ter um governante justo, por isso, não nos interessa se tal candidato/a é religioso ou não. Como Jesus, cremos que o importante não é tanto dizer “Senhor, Senhor”, mas realizar a vontade de Deus, ou seja, o projeto divino.

    Esperamos que Dilma continue a feliz política externa do presidente Lula, principalmente no projeto da nossa fundamental integração com os países irmãos da América Latina e na solidariedade aos países africanos, com os quais o Brasil tem uma grande dívida moral e uma longa história em comum. A integração com os movimentos populares emergentes em vários países do continente nos levará a caminharmos para novos e decisivos passos de justiça, igualdade social e cuidado com a natureza, em todas as suas dimensões.

    Entendemos que um país com sustentabilidade e desenvolvimento humano – como Marina Silva defende – só pode ser construído resgatando já a enorme dívida social com o seu povo mais empobrecido. No momento atual, Dilma Rousseff representa este projeto que, mesmo com obstáculos, foi iniciado nos oito anos de mandato do presidente Lula. É isto que está em jogo neste segundo turno das eleições de 2010.

    Com esta esperança e a decisão de lutarmos por isso, nos subscrevemos:

    1. Dom Thomas Balduino, bispo emérito de Goiás velho, e presidente honorário da CPT nacional.
    1.Dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito da Prelazia de São Feliz do Araguaia-MT.
    2.Dom Demetrio Valentini, bispo de Jales-SP e presidente da Cáritas nacional.
    3.Dom Luiz Eccel – Bispo de Caçador-SC
    4.Dom Antonio Possamai, bispo emérito da Rondônia.
    5.Dom Sebastião Lima Duarte, bispo de Viana- Maranhão.
    6.Dom Xavier Gilles, bispo emérito de Viana- Maranhão.
    7.Dom Orvandil Moreira Barbosa, Bispo Diocesano, Igreja Anglicana Tradicional
    8.Pastor Alcenir Pantaleão, Igreja Evangélica Peniel, Itapoá, presidente do Conselho de Ministros Independentes do Brasil
    9.Padre Paulo Gabriel, agente de pastoral da Prelazia de São Feliz do Araguaia /MT
    10.Jether Ramalho, líder ecumênico, Rio de Janeiro.
    11.Marcelo Barros, monge beneditino, teólogo
    12.Professor Candido Mendes, cientista político e reitor
    13.Leonardo Boff, teólogo
    14.Luiz Alberto Gómez de Souza, cientista político, professor
    15.Zé Vicente, cantador popular. Ceará
    16.Chico César. Cantador popular. Paraíba/São Paulo
    17.Revdo Roberto Zwetch, Igreja IELCB e professor de teologia em São Leopoldo.
    18.Pastora Nancy Cardoso, metodista, Vassouras / RJ
    19.Antonio Marcos Santos, Igreja Evangélica Assembléia de Deus – Juazeiro – Bahia
    20.Maria Victoria Benevides, professora, da USP
    21.Monge Joshin, Comunidade Zen Budista do Brasil, São Paulo
    22.Antonio Cecchin, irmão marista, Porto Alegre.
    23.Ivone Gebara, religiosa católica, teóloga e assessora de movimentos populares.
    24.Fr. Luiz Carlos Susin – Secretário Geral do Fórum Mundial de Teologia e Libertação
    25. Frei Betto, escritor, dominicano.
    26. Luiza E. Tomita – Sec. Executiva EATWOT (Ecumenical Association of Third World Theologians)
    27. Ir. Irio Luiz Conti, MSF. Presidente da Fian Internacional
    28. Pe. João Pedro Baresi, pres. da Comissão Justiça e Paz da CRB (Conferência dos religiosos do Brasil) SP
    29. Frei José Fernandes Alves, OP. – Coord. da Comissão Dominicana de Justiça e Paz
    30. Pe. Oscar Beozzo, diocese de Lins.
    31. Pe. Inácio Neutzling – jesuíta, diretor do Instituto Humanitas Unisinos
    32. Pe. Ivo Pedro Oro, diocese de Chapecó / SC
    33. Pe. Igor Damo, diocese de Chapecó-SC.
    34. Irmã Pompeia Bernasconi, cônegas de Santo Agostinho
    35. Cibele Maria Lima Rodrigues, Pesquisadora.
    36. Pe. John Caruana, Rondônia.
    37. Pe. Julio Gotardo, São Paulo.
    38.Toninho Kalunga, São Paulo.
    39. Washingtonn Luiz Viana da Cruz, Campo Largo, PR e membro do EPJ (Evangélicos Pela Justiça)
    40. Ricardo Matense, Igreja Assembléia de Deus, Mata de São João/Bahia
    41. Silvania Costa
    42. Mercedez Lopes.
    43. André Marmilicz
    44. Raimundo Cesar Barreto Jr, Pastor Batista, Doutor em ética social
    45. Pe. Arnildo Fritzen, Carazinho. RS.
    46. Darciolei Volpato, RS
    47. Frei Ildo Perondi – Londrina PR
    48. Ir. Inês Weber, irmãs de Notre Dame.
    49. Pe. Domingos Luiz Costa Curta, Coord. Dioc de Pastoral da Diocese de Chapecó/SC.
    50. Pe. Luis Sartorel,
    51. Itacir Gasparin
    52.Célio Piovesan, Canoas/RS.
    53.Toninho Evangelista – Hortolândia/SP
    54. Geter Borges de Sousa, Evangélicos Pela Justiça (EPJ), Brasília. C
    55. Caio César Sousa Marçal – Missionário da Igreja de Cristo – Frecheirinha/CE
    56. Rodinei Balbinot, Rede Santa Paulina
    57. Pe. Cleto João Stulp, diocese de Chapecó.
    58. Odja Barros Santos – Pastora batista
    59. Ricardo Aléssio, cristão de tradição presbiteriana, professor universitário.
    60. Maria Luíza Aléssio, professora universitária, ex-secretária de educação do Recife
    61. Rosa Maria Gomes
    62. Roberto Cartaxo Machado Rios
    63. Rute Maria Monteiro Machado Rios
    64. Antonio Souto, Caucaia, CE
    65. Olidio Mangolim – PR
    66. Joselita Alves Sampaio – PR
    67. Kleber Jorge e Silva, teologia – Passo Fundo – RS
    68. Terezinha Albuquerque
    69. PR. Marco Aurélio Alves Vicente – EPJ – Evangélicos pela Justiça, pastor-auxiliar da Igreja Catedral da Família/Goiânia-GO
    70. Padre Benedito Ferraro, Campinas.
    71. Ir, Carmem Vedovatto
    72. Ir. Letícia Pontini, discípulas, Manaus.
    73. Padre Manoel, PR
    74. Magali Nascimento Cunha, metodista
    75. Stela Maris da Silva
    76. Ir. Neusa Luiz, Abelardo Luz- SC
    77. Lucia Ribeiro, socióloga
    78. Marcelo Timotheo da Costa, historiador
    79. Maria Helena Silva Timotheo da Costa
    80. Ianete Sampaio
    81. Ney Paiva Chaves, professora educação visual, Rio de Janeiro
    82. Antonio Carlos Fester
    83. Ana Lucia Alves, Brasília
    84.Ivo Forotti, Cebs – Canoas – RS
    85.Agnaldo da Silva Vieira – Pastor Batista. Igreja Batista da Esperança – Rio de Janeiro
    86.Irmã Claudia Paixão, Rio de Janeiro
    87.Marlene Ossami de Moura, antropóloga / Goiânia.
    88.Ir. Maria Celina Correia Leite, Recife
    89.Pedro Henriques de Moraes Melo – UFC/ACEG
    90.Fernanda Seibel, Caxias do Sul.
    91.Benedito Cunha, pesquisador popular, membro do Centro Mandacaru – Fortaleza
    92.Pe. Lino Allegri – Pastoral do Povo da Rua de Fortaleza, CE.
    93.Juciano de Sousa Lacerda, Prof. Doutor de Comunicação Social da UFRN
    94.Pasqualino Toscan – Guaraciaba SC
    95.Francisco das Chagas de Morais, Natal – RN.
    96.Elida Araújo
    97.Maria do Socorro Furtado Veloso – Natal, RN
    98.Maria Letícia Ligneul Cotrim, educadora
    99.Maria das Graças Pinto Coelho/ professora universitária/UFRN
    100.Ismael de Souza Maciel membro do CEBI – Centro de Estudos Bíblicos Recife
    101.Xavier Uytdenbroek, prof. aposentado da UFPE e membro da coordenação pastoral da UNICAP
    102.Maria Mércia do Egito Souza, agente da Pastoral da Saúde Arquidiocese de Olinda e Recife
    103.Leonardo Fernando de Barros Autran Gonçalves, Advogado e Analista do INSS
    104.Karla Juliana Souza Uytdenbroek Bacharel em Direito
    105.Targelia de Souza Albuquerque
    106.Maria Lúcia F de Barbosa, Professora UFPE
    107.Débora Costa-Maciel, Profª. UPE
    108.Maria Theresia Seewer
    109.Ida Vicenzia Dias Maciel
    110.Marcelo Tibaes
    111.Sergio Bernardoni, diretor da CARAVIDEO- Goiânia – Goiás
    112.Claudio de Oliveira Ribeiro. Pastor da Igreja Metodista em Santo André, SP.
    113.Pe. Paulo Sérgio Vaillant – Presbítero da Arquidiocese de Vitória – ES
    114.Roberto Fernandes de Souza. RG 08539697-6 IFP RJ – Secretario do CEBI RJ
    115.Sílvia Pompéia.
    116.Pe. Maro Passerini – coordenador Past. Carcerária – CE
    117.Dora Seibel – Pedagoga, Caxias do Sul.
    118.Mosara Barbosa de Melo
    119.Maria de Fátima Pimentel Lins
    120.Prof. Renato Thiel, UCB-DF
    121.Alexandre Brasil Fonseca , Sociólogo, prof. da UFRJ, Ig. Presbiteriana e coordenador da Rede FALE)
    122.Daniela Sanches Frozi, (Nutricionista, profa. da UERJ, Ig. Presbiteriana, conselheira do CONSEA Nacional e vice-presidente da ABUB)
    123.Marcelo Ayres Camurça – Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião – Universidade Federal de Juiz de Fora
    124.Revd. Cônego Francisco de Assis da Silva, Secretário Geral da IEAB e membro da Coordenação do Fórum Ecumênico Brasil
    125.Irene Maria G.F. da Silva Telles
    126.Manfredo Araújo de Oliveira
    127.Agnaldo da Silva Vieira – Pedagogo e Pastor Auxiliar da Igreja Batista da Esperança-Centro do Rio de Janeiro
    128.Pr. Marcos Dornel – Pastor Evangélico – Igreja Batista Nova Curuçá – SP
    129.Adriano Carvalho.
    130.Pe. Sérgio Campos, Fundação Redentorista de Comunicações Sociais – Paranaguá/PR.
    131.Eduardo Dutra Machado, pastor presbiteriano
    132.Maria Gabriela Curubeto Godoy – médica psiquiatra – RS
    133.Genoveva Prima de Freitas- Professora – Goiânia
    134.M. Candida R. Diaz Bordenave
    135.Paulo Teixeira, parlamentar, São Paulo.
    136.Alessandro Molon, parlamentar, Rio de Janeiro.
    137.Adjair Alves (Professor – UPE)
    138. Luziano Pereira Mendes de Lima – UNEAL
    139.Cláudia Maria Afonso de Castro-psicóloga- trabalhadora da Saúde-SMS Suzano-SP
    140.Fátima Tavares, Coordenadora do Programa de Pos-Graduação em Antropologia FFCH/UFBA
    141.Carlos Cardoso, Professor Associado do Departamento de Antropologia e Etnologia da UFBA.
    142.Isabel Tooda
    143.Joanildo Burity (Anglicano, cientista político, pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco,
    144.Paulo Fernando Carneiro de Andrade, Doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, Prof. de Teologia PUC- Rio
    145.Aristóteles Rodrigues – Psicólogo, Mestre em Ciência da Religião
    146. Zwinglio Mota Dias – Professor Associado III – Universidade Federal de Juiz de Fora
    147.Antonio Francisco Braga dos Santos- IFCE
    148.Paulo Couto Teixeira, Mestrando em Teologia na EST/IECLB
    149.Rev. Luis Omar Dominguez Espinoza
    150.Anivaldo Padilha – Metodista, KOINONIA, líder ecumênico
    151.Nercina Gonçalves
    152.Hélio Rios, pastor presbiteriano
    153.João José Silva Bordalo Coelho, Professor- RJ
    154.Lucilia Ramalho. Rio de Janeiro.
    155.Maria Tereza Sartorio, educadora, ES
    156.Maria José Sartorio, saúde, ES
    157.Nilda Lucia Sartorio, secretaria de ação social, Espírito Santo
    158.Ângela Maria Fernandes – Curitiba
    159.Lúcia Adélia Fernandes
    160.Jeanne Nascimento – Advogada em São Paulo/SP
    161.Frei José Alamiro, franciscano, São Paulo, SP
    162.Otávio Velho, antropólogo
    163.Iraci Poleti, educadora
    164.Antonio Canuto
    165.Maria Luisa de Carvalho Armando
    166.Susana Albornoz
    167.Maria Helena Arrochellas
    168.Francisco Guimarães
    169.Eleny Guimarães
    170. Pe. Ermanno Allegri – Fortaleza
    171.Tiago Oliveira Nunes, técnico em educação
    172.José Robson Silva Souza, jesuíta
    173.Oscar Henrique Marques Cardoso, Aliança de Negras e Negros Evangélicos (ANNEB)
    174.Pe. José Carlos Santos Silva
    175.Gama Aires, Palmas, Tocantins
    176.José Ricardo Ramalho
    177.Neide Esterci
    178.Rafael de Oliveira
    179.Marília Schüller
    180.Manuel Touguin
    181.Francisco Lara, educador
    182.Leonardo Antonio Penna Rozzetto
    183.Dante Limongi, advogado
    184.Maria Judith Ramalho
    185.Angela Limongi
    186.Ricardo Gouvea Correa
    187.Cibele Azevedo Correa
    188.Paulo Roberto Franchi Dutra, Jundiaí
    189.Elisa Pinheiro de Freitas, doutoranda USP
    190.Airton José da Silva, professor de Bíblia, Ribeirão Preto
    191.Luiz Francisco Fernandes de Souza, Procurador Regional
    192.Pe. Alberto Pereira de Carvalho
    193.Cesar Nóbrega, advogado
    194.Antonio Nóbrega, advogado
    195.Maria Sonia Linares Gil, professora de História
    196.Jair Coan Junior, engenheiro, Santa Catarina
    197.Helio Mendes de Amorin, engenheiro, Movimento Familiar Cristão
    198.Elder dos Santos Verçosa, advogado
    199.Marcos Aurélio Ruy, jornalista
    200.Antonio Aprisídio de Albertins, Paróquia Anglicana, João Pessoa
    201.Israel Sena Lima de Souza, Procurador da Fazenda
    202.José Antonio Veronese Mascia
    203.Pe. Valdecir Luís Cordeiro, Faculdade Jesuíta, Belo Horizonte
    204.Júlio Cesar, pastoral da juventude, Volta Redonda
    205.Maria de Fátima Miranda, psicóloga
    206.Geraldo Pascoal
    207.Leonardo José Ferreira
    208.Claudete de Fátima Ruas, professora, Londrina
    209.Paulo Maurício Ruas, professor Londrina
    210.Vitor Emanuel Dortas, arquiteto
    211.Carlos Eduardo Escovar Paiva, funcionário público
    212.Maria Maria, ecoturismo
    213.Marcia M. M. Miranda, Centro Direitos Humanos, Petrópolis
    214.Tereza Maria Pompéia Cavalcanti, teóloga
    215.Paulo Henrique Mai
    216.Paulo Melo Melo
    217.Ângela Maria Fernandes, Curitiba
    218.Lucia Adélia Fernandes
    219.Jeanne Nascimento, advogado, São Paulo
    220.Marcos José Fernandes Alexandre, historiador
    221.Cesar de Paula, espírita, músico
    222.Eliran Neto de Oliveira
    223.José Anthunes de Vargas
    224.Rosalvo Finco, filósofo e teólogo
    234.Elizete Vasconcelos Arantes Filha
    235. Elton Carlos Welter, deputado estadual, Paraná
    236.Frei Oswaldo Maffei ofm
    237. Carmen Craidy
    238. Flavio Ribeiro de Souza, analista de sistemas
    239. Rev. Gustavo Souza de Oliveira, UFRPE
    240. Maria Linduina Coelho Ribeiro, Fortaleza
    241.Maria Cecília P. Binder, Faculdade Medicina Botucatu
    242. Roberto Marinho Alves da Silva, professor, UFRN
    243. Ivan B. Bulhões
    244. Frei Roberto Luiz dos Santos ofm, Marília
    245. Mauricio Ferracciú Pagotto
    246. William E. N. Pereira, economista
    247. Claudio Vereza, deputado estadual, Espírito Santo
    248. Sergio Antonio Bortoleni, Porto Alegre
    249. Elio B. S.
    250. Wilkens Lenon Silva de Andrade, informática
    251. Maximus Santiago, médico, Niterói
    252. Cristina Taveira, Niterói
    253. Gilberto Simplício, Presidente Caritas Diocesana, Valença
    254. Emilio Font
    255.Terezinha Vieira da Silva Luksievicz, Pastoral da Criança, Pitanga, Paraná
    256. Miguel Baia Vargas
    257. Gilson Souza, Igreja Batista, Planalto, Bahia
    258. PR. Marcos Dornel, Pastor, Igreja Batista Nova Curuça, SP
    259. Agnaldo da Silva Vieira, Pastor Auxiliar, Igreja Batista da Esperança, RJ
    260. Marlene Andrade Martins, Brasília e USA
    261. Jayr Soares da Silva, psicólogo, Rio Claro
    262. Lucas Monteiro, São Luís, Maranhão
    263. Ermelindo Tadeu Giglio, antropólogo
    264. Padre Xavier Paolillo, missionário comboniano
    265. Rodolpho Dalla
    266. Waldemar Boff, educador popular
    267. Padre Baltazar Sallum Passos, Uberlândia
    268. Uilian Dalpiaz, Pastoral da Juventude, Criciúma, SC
    269. Cícero Aparecido Dória, ministro da eucaristia
    270. José de Freitas Lima Junior, batista, economista
    271. Roberto Rossi, Centro Jesuíta de Dudadania e Ação Social, Mato Grosso
    272. Rafael Farias Vasconcelos, Olinda e Recife
    273. Gláucio Luiz Mota, educador, Criciúma, SC
    274. Maria de Lourdes Oliveira
    275. Antonio Vieira
    276. Antonia Chagas
    277. Mag Maciel
    278. Raymundo Mendes Soares Júnior, Ceará
    279. Rose Marie Muraro, escritora
    280. Giseldo Carlos
    281. Luciana Salgado
    282. Carmen Lucia de Medeiros
    283. Lucas Henrique da Luz, professor universitário
    284. Ana Emília Noronha
    285. Rubens Leite Filho, 1ª Igreja presbiteriana Independente de Tatuapé
    286. Madson Rodrigues da Veiga, regional Fé e Política, Goiânia
    287. Vagner Siqueira, assessor da Pastoral de Juventude, Volta Redonda
    288. Carlos Romero
    289. Lia Carla Caldas, advogada
    290.Cristina Schein, advogada
    291. Carmen Helena F. Leite, ONG Agir, Guapimirim
    292. Elói Gallon, Pastoral do Menor, RS
    293. Maria Suzana F. A. Macedo, UFJF
    294. Sergio Henriques Saraiva, professor UFES, Espírito Santo
    295. Lucia Maria dos Santos Pinto Henriques Saraiva
    296. Renata Ferraz, Brasília
    297. Robson Leite
    298. Helenita Saud
    299. Miguel Savietto, Fraternidade Secular Charles de Foucault, SP.
    300. Élio Estanislau Gasda, sj. professor na FAJE.
    301. Renato Camillo Pella
    302. Sandro Pelegrineti de Pontes
    303. Joe Marçal G. Santos, teólogo
    304. João Seibel, advogado, CEPDH, Caxias do Sul, RS
    305. Pedro Justino Barbosa RCC
    306. José Valmeci de Souza
    307. Rachel Amélia Baptista Cavalcante
    308. Vinicius Leonardo, RJ
    309. Brígido Ibanhes, escritor
    310. Manuel Fonseca Junior
    311. Maria Helena Canabrava Sales Pinheiro
    312.Nelson Marisco
    313.Rodolfo José Fenille Ferraz, rádio Aparecida
    314.Solange Magalhães
    315.Maria da Fé da Silva Viana, Fórum Permanente de Mulheres Negras
    316.Ana Cristina Gomes, Fórum Permanente de Mulheres Negras
    317.Fátima Damiana, Fórum Permanente de Mulheres Negras
    318.Ir. Glorias Antonia M. Ticona IDP, educadora popular
    319. Antonia Regina Cruz Melo, professora universitária, Salvador
    320.Antonio Tomazoni, coordenador das pastorais de juventude
    321. Paulo Tomás Fiori, engenheiro, Porto Alegre
    322. Francisco de Assis Nascimento de castro, médico sanitarista
    323. Maria Fernanda Santos Quintela da Costa Nunes – Decania/UFRJ.
    324. Carlos Augusto Pereira da Silva, radialista, Goiana, Pe.
    325. Claudicélio Rodrigues da Silva, professor
    326. Felipe Campos, economista, Ceará
    327. Márcia Raquel Martiny, professora
    328. Eliceu Vicente de Lima, administrador de empresas, Guarulhos
    329. Betinho Duarte, Igreja Batista de Barro Preto, BH
    330. Frei Orestes Serra, Gravataí-RS
    331. Paulo Agostinho Nogueira Baptista, ciências da religião, BH
    332. Marcos Luiz da Silva, professor universitário
    333. Joaquim Ventura Lopes, Centro de Direitos Humanos, Cuiabá
    334. Pe. Roque Grazziotim, Caxias do Sul
    335. Pe. João Inácio Wenzel
    336. Emilia Farache, espírita, Natal
    337. Allyson Soares, espírita, professor IFRN, Natal
    338. Pe. Moisés Nonato Quintela Ponte sj, FAJE
    339. Frei Rodrigo de Castro Amédée Peret ofm, Uberlândia
    340. PR. Antonio Neto, Igreja Presbiteriana da Aliança, Salvador
    341.Ana Maria de Andrade Torres
    342. Edio Soares, Universidade de Genebra
    343.Gil Maria Miranda. Pesquisador, Curitiba
    344. Vanúcia Nunes Valente Calixto
    345. José Irineu de Oliveira
    346.Arlete Augusta Thomaz de Oliveira
    347. Pe. Geraldo Magela dos Santos, São José dos Campos
    348. Gilmar Marchesini, coordenador de pastoral, Caxias
    349. Alessandro Damasceno Gomes
    350.Waldir d’Angelis, Curitiba
    351. Célia Maria Souza Fonseca, professora
    352. Rita Bersch, católica, Porto Alegre
    353. Pe. Sidnei Vitali, Crisciúma
    354. Luciana Parisi, médica
    355. Pe. Mauro Nagrete, católico ortodoxo
    356. Pe. João Antonio da Silva Junior, Uberlândia
    357. Paulo Fróes, Portuário ES
    358. Alzany Martins da Silva, Movimento de Cursilhos, Itabuna
    359. Gustavo Tadeu Vieira Lopes,
    360. Guilhermo Cardona Grisalhes, Observatório Pan-amazônico
    361. Cesar Sanson, sociólogo, CEPAT
    362. Marco Aurélio Ruy, jornalista, São Bernardo do Campo
    363. Agostinho Hermes de Medeiros Neto, médico, professor PB
    364. Antonio Carlos Alves Lobo
    365. Frei Max Sergio Pinto Manhães, francisano, Uberlândia
    366. Fernando Cesar Olivari do Carmo, dentista
    367. Clovis Horst Lindner, Pastor da IECLB
    368. Norberto Luis de Sousa, Centro de Estudos Bíblicos (CEBI)
    369. Heron Pires Pereira
    370.Alexandre Piero, pastoral de juventude
    371.Gagarin da Sikva Lima, professor de história, Ceará
    372. Ariel de Castro Alves, advogado, fundador da Ação dos Cristãos para a abolição da tortura
    373. Verinha Martins
    374. Elisa Maria Ferreira, Comunidades Eclesiais de Base, Barra Mansa
    375. José Maurício de Almeida, parlamentar, Barra Mansa
    376. Márcia Maria Silva, assessora parlamentar, Barra Mansa
    377. Eliezer Martins, Igreja Metodista Central, Barra Mansa
    378. José Hélder M. de Souza, assessor parlamentar, Barra Mansa
    379. Maria Cristina de Paula Machado, educadora
    380. Fabio Henrique de Abreu , IECLB
    381.Rogerio Inácio de Almeida Cunha, teólogo
    382.Zenóbia Rodrigues Cunha, professora
    383.Leonardo Chaves, Primeira Igreja batista de Cuiabá
    384.Eduardo Girão Santiago, professor UFC
    385.Maria Otélia Pires Tomiello
    386.Marcio Alexandre M. Gualberto, Centro Cultural Afro-Rio
    387.Pe. José Paulino Francisco Neto, Araçuaí, MG
    388.Lincoln de Araujo Santos, metodista, professor
    389.Maria José Alves Cabral
    390.Marcos Aurélio Candido da Silva
    391.Alexandre Silveira de Souza – Baba Alayè – Rede afro-brasileira Sócio Cultural
    392.Alice Antunes Silveira de Souza, Florianópolis
    393.José Eleudson Gurgel Queiroz, Iguatu, Ceará
    394.José Ribamar Duavy
    395.Pe. Juan A. Ruiz Gopegui sj, Faculdade Jesuíta de Belo Horizonte
    396.Pe. José Ionilton Lisboa de Oliveira SDV, Riachão de Jacuípe, Bahia
    397.Daniel Dantas, Igreja Batista Viva, Natal
    398.Kênia A. do Nascimento Gondin Dantas, Igreja Batista Viva, Natal
    399.Dyeny N M Baldi, cristã, São Paulo
    400.Eduardo Baldo, cristão, São Paulo
    401.Maria de Lourdes Cerqueira Antunes, psicanalista
    402.Célia Cisz, Escola de Comunicação, Joinville
    403.Marcos Antonio Alves, consultor
    404.Fernanda Cristina Segalin, coordenadora de pastoral da juventude, Chapecó, SC.
    405.Pe. José Comblin, escritor e teólogo
    406.Terezinha Maria Gogo Lodi, coordenação nacional Movimento Fé e Política
    407.Mario Rui Moura de Souza, empresário, Barra da Tijuca, RJ
    408.Denise Ferreira Cesário, Jaboatão dos Guararapes, Pe.
    409.Maria Amélia Schmidt Dickie, Florianópolis
    410.Gabriel Chalita, escritor, parlamentar, São Paulo
    411. Edinho Dias
    412.Felipe da Silva Freitas, Conselho Estadual da Pastoral da Juventude
    413.Ângela Maria Eugênio Lopes
    414.Ari Pedro Oro, antropólogo UFRGS
    415.Raquel de Aragão Uchoa Fernandes, UFRP, Recife
    416.Lindomar A. Dantas, Comissão Justiça Paz e Integridade da Criação (OMI Brasil)
    417.Antonio Carlos Ribeiro, pastor da IECLB
    418.Alexandre Piero, Conselho Municipal da Juventude de São Paulo, Pastoral da Juventude
    419.Eder Francisco da Silva, Pastoral da Juventude
    420. Michelle Hallak, doutoranda, Universidade de Paris
    421.Celia Cisz, Pastoral da Comunicação
    422.Fernando Paiva, informática
    423.Sonia Maria Gomes de Carvalho, assistente social
    424.Ana Paula Ganzer SSpS
    425.Lucia Magalhães Nogueira Fagiolo
    426.Luciano Santos Neiva, Presbítero da Assembléia de Deus, Ministério Missão de Itabuna, Bahia
    427.Hérvickton Israel de Oliveira
    428.Claudete Alves, evangélica
    429.PR. João Aparecido da Silva, Pastor Assembléia de Deus, Ministério Belém
    430. Maria Ceres, católica
    431. Imirim S P Kelly Cristina de Souza, evangélica
    432. Cleonice Costa Ferreira, evangélica, sindicalista
    433.Robson Franco Camargo, Pastor Igreja do Evangelho Quadrangular, São Mateus, ES
    434.Fernando Donizete José Silva
    435.Márcia Maciel, Presbitera, Igreja Renascer em Cristo
    436.Isabel Nascimento, Assembléia de Deus
    437.Edna Aparecida dos Santos, Assembléia de Deus
    438.Mariana S. Silva
    439.Célia Ezequiel
    440.Eduardo Ferreira Santana, grupo de Jovens
    441.Prª Cristiane Ferreira, Pastora Assembléia de Deus, São Mateus
    442.Maria Emília Guerra Ferreira, Cônegas de Santo Agostinho
    443.Maurício Antunes Tavares, Recife
    444.Francisco Magon
    445.Márcia Cristina Groth, Farroupilha
    446.Fernanda da Silva Santos, professora
    447.Padre Chico, Paróquia de Santa Teresinha, Ribeirão Preto
    448.Basileu Souza Pinheiro, Comunidade de Matão, São Paulo
    449.Maria do Carmo Silveira, professora, Governador Valadares
    450.Lourival Rodrigues da Silva, Casa da Juventude Pe. Bournier, Goiânia
    451.Frei Petrônio de Miranda, Ordem do Carmo, São Paulo
    452.Maria Auxiliadora Braga, Belo Horizonte
    453.Sonia Maria Dodi, psicopedagogia
    454.Ivo Sefton de Azevedo, Porto Alegre
    455.Frei Livino Bordignon, Goiânia
    456.Douglas Rezende, Evangélicos pela Justiça
    457.Paula Mayté dos Santos Ataíde
    458.Margarida Cavalheiro, Comissão Regional Justiça e Paz
    459.Pe. Valdiran F. Santos
    460.Isabel Mendes, educadora
    461.Pe. Geraldo Magela dos Santos
    462.Antonio Carlos dos Santos Filho, administrador de empresas, Quissamã, RJ
    463.Marilce dos Santos Pinto, Quissamã
    464.Ana Carolina Pinto e Santos, batista
    465.Florentina Izabel Ferreira dos Santos
    466.Antonio Carlos dos Santos, produtor rural
    467.Maura dos Santos Pinto, assembleiana
    468.Amaro Pinto, assembleiano
    469.Lucilânia Balbino, assembleiana
    470.Mauro dos Santos Pinto, metodista
    471.Angélica Gomes, metodista, professora
    472.Amauri dos Santos Pinto , assembleiano, Carapebus, RJ
    473.Wesley Apicella Pinto, metodista
    474.Delmar José Cavalcanti, São João de Meriti
    475.Maria Helena Machado Magalhães
    476.Neura Mesomo
    477.Alzira Abrantes Madeira
    478.Helena da Conceição Florêncio
    479.Maria da Conceição Florêncio
    480.Jairo Macedo
    481.Arnaldo Florêncio
    482.Agnaldo Florêncio
    483.Raquel Aparecida da Silva
    484.Lucy Aparecida da Silva
    485.Rodrigo F. da Silva
    486.Noêmia F. da Silva
    487.Delmiro da Silva
    488.João Florêncio
    489.Maria de Fátima de Souza
    490.Everton Florêncio
    491.Emerson Florêncio
    492.Edson Florêncio
    493.Ivan Rodrigues Macedo
    494.Ana Maria de Freitas, teóloga, CEBs do Ceará
    495.Telmo Pithan
    496.Carlos Frederico Ramos de Jesus, professor universitário
    497.Evaldo Luis Pauly, teólogo, Igreja Luterana de Confissão Luterana no Brasil
    498.Paula Grassi, Pastoral de Juventude
    499.Marcos Souza Costa
    500.Vânia Correia, jornalista, Pastoral da Juventude
    501.Reginaldo de Toledo, presidente do Instituto de Cidadania Mogi Guaçu
    502.Maria José Oliveira, arquiteta
    503.Lourdes Belisário, advogada
    504.Maria da Glória Salomão
    505.Adriana Fátima Rodeguero dal Piaz, Marau, RS
    506.Frei Miguel de Biasi
    507.Antonio Darinho do Nascimento, presidente da COOPERBIO, Ceará
    508.Paulo Sergio O. Silva, Fetraece, Sobral
    509.Andréia Luciana de Oliveira Duary, designer
    510.Beatriz Lamounier Sena, Vespasiano
    511.Fabio Marcio Bittencourt, professor
    512.Pastor Oneide Bobsin
    513.Cesar Pereira Martins, comunidade renovo – Goiânia
    514.Marcela de Andrade, Promotora Legal Popular
    515.Gilberto Alvarez Giusepone Júnior (Prof. Giba), educador
    516.Dulcelina Frasseto, Comunidades Eclesiais de Base, Joinville
    517.Ruth Alexandre de Paulo Mantoan
    518.José Luiz de Lima
    519.Dadid J. Santos, vocacionado jesuíta
    520.Alexandre Rodrigues Costa, Brasília
    521.Francisco Bezerra
    522.Maria Terezinha Farias de Matos
    523.Lúcio Tárcio Coêlho, Limoeiro do Norte
    524.Leandro Arndt
    525.PR. Sergio Paulo Martins da Silva
    526.Marinilzes Moradillo Mello, professora
    527.Mariza Silveira Alberton, pastoral do menor/ Regional Sul 3
    528.Paulo Robério P. Oliveira, batista, Vitória
    529.Rev. Gustavo Gilson Sousa de Oliveira, Igreja Anglicana., professor UFRPE
    530.Mara Campos, jornalista
    531.Carmil Vieira dos Santos, advogado, Maceió
    532.Maria Silva Vieira dos Santos , professora
    533.Iraci S. Vieira dos Santos, Maceió
    534.Valmor Schiolet, professor, FURB, Blumenau
    535.Paula Tejando, ministra pela Igreja do Amor Humano
    536.Oscar A’lho, ministro pela Igreja do Amor Humano
    537.Frei José Fernandes Alves OP, Justiça e Paz
    538.Luís Fernando carvalho de Souza, metodista
    539.Elena Alves Silva, pastora metodista
    540.Simone Nunes Camiña, metodista
    541.Antonio Caminha Bugalho, metodista
    542.Paulo Flores, CEB Cristo Rei, Ipiranga, São Paulo
    543.Laine Chapada de Amorim, CEB Cristo Rei, Ipiranga, São Paulo
    544.Ermanno Allegri, Diretor Executivo do ADITAL
    545.Luiz Antonio Mousinho, Universidade Federal da Paraíba
    546.Sandra Cristina Pessoa Pessoa
    547.Isabelle Cavalcanti, Recife
    548.Frei João Xerri OP, Grupo Solidário São Domingos
    549.José Oscar Salgado, advogado, Viçosa
    550.Armando Ferrari
    551.Alcilis H. Rusi Ferrari
    552.Laércio Torres de Góis, presbitero congregacional, professor, jornalista
    553.Daniel Santos Souza, Batista, rede ecumênica da juventude, São Bernardo do Campo
    554.Ransés Xavier, professor, Olinda
    555.Edelita Coelho de Araújo, espírita kardecista
    556.Maria Emília Smiljanic Carrijo
    557.Verônica Soares Fernandes, assistente social
    558.Isabele Cavalcanti, Recife
    559.Eurico Martins de Freitas
    560.Guiany Campos Coutinho, pastoral carcerária, Paraíba
    561.Aline R. L. M. Barros, estudante, UFRP
    562.Gabriel Gomes Menezes, São João de Meriti
    563.Silvio de Oliveira Meneze4s, São João de Meriti
    564.Selene Cordeiro Gomes Menezes, São João de Meriti
    565.Camila Gomes Menezes, São João de Meriti
    566.Célia Maria de Arnaldo Silva, professora, Vila Madalena
    567.Gianfranco Graziola
    568.Vanessa Dalalibera Silveira Arndt
    569.Hélio Estanislau Gasda, FAJE
    570.Mara Campos
    571.Lothar Carlos Hoch, Faculdades Est, São Leopoldo
    572.Frei Orestes Serra, Gravataí
    573.Eduardo de Oliveira Ribeiro
    574.Jucilene Pereira Barros, psicóloga
    575.Hermann Iark Oberdiek
    576.Julio Cesar Rabello
    577.Edson Santos Souza, administrador
    578.Maria Alves Nunes Souza, professora
    579.Lara Nunes Souza, estudante
    580.Felipe Gustaco Koch Butelli, teólogo, África do Sul
    581.Mari-Solange, Ji-Paraná
    582.Thales Henrique Nunes Pimenta, estudante
    583.Luís Gomes Moura, professor, teólogo, assessor de pastoral
    584.Jorge Generoso do Nascimento, Secretário Municipal de Planejamento, Colatina, ES
    585.Josivaldo Bezerra Delfino
    586.Carlos Firmino
    587.Janilson Loterio
    588.Antonio Alves Mendonça Junior
    589.Magda Gontijo
    590.Luciana Fortunato de Oliveira
    591.Ataisa Fortunato
    592.Luciana Henrique Mariano da Silva
    593.Rógenes Tiné, professor, Recife
    594.Lauri Emílio Wirth, teólogo, professor
    595.Maria Aparecida Craveiro Costa, psicóloga, professora
    596.Eduardo Gisão Santiago, professor, UFC
    597.Juliano Erichson Martins Neto, economista
    598.Flavio José dos Passos
    599.Jacqueline B. Carvalho, telecomunicações
    600.Armando José dos Santos
    601.Márcio Coimbra Massei, advogado, administrador de empresas
    602.Rosa Maria Vonelli Coimbra Massei, pedagoga
    603.Helena Barros Heluy, deputada estadual. Comissão Justiça e Paz, São Luís, MA.
    604.Aparecida Amin Castro, Comissão Justiça e paz, São Luís, MA
    605.Francisco Fabiano de Brito
    606.Marcelo Moraes de Oliveira, Jaboatão
    607.Danielle Costa Araújo Souza, Primeira Igreja Batista do Brasil
    608.Isabel Cristina Gonçalves Bernardes, psicóloga
    609.Luigi Faraci Mussulmano, professor de teologia islâmica
    610.Marisa Formolo, deputada estadual, RS
    611. Bento Itamar Borges, filósofo, professor
    612.Vander Lucio do Carmo, advogado, Ribeirão das Neves
    613.Adriano Torquato
    614.Ana Cristina Nadruz
    615.Fr. Luís Carlos Susin, Fórum Mundial de Teologia da Libertação
    616.Ir. Claudemir Lemos de Almeida, juventude calabriniana
    617.Roberto Barreto Kikuchi, espírita
    618. J. Almeida
    619.Lidia Tondello Finkler
    620.Ireno Finkler
    621.Danielle Marianne Cavalcanti, advogada
    622.Saulo Alves de Oliveira, advogado, Natal
    623.Albaneide Peixinho, espírita Kardecista
    624.Edilene Rodrigues de Oliveira, Secretaria do Meio Ambiente, Recife.
    625.Roberto Barreto Kikuchi – Evangelizador espírita do Centro Espírita Sebastião, ó Mártir – N. Bandeirante- DF
    626.Josephina Baçarica – Membro da Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo
    627. J. Ricardo A de Oliveira, Psicoterapeuta, RJ
    628. Weligton Santana de Matos – Designer Gráfico – SP
    629. Edilson Oliveira – CEBs – Diocese de Osasco/SP
    630. Maria Aparecida Lopes – CEDHRO – Carapicuiba/SP
    631.Elenise Scherer – professora da Universidade Federal do Amazonas
    632.Iara Falcão de Almeida, educadora popular em Goiânia
    633. Creusa Salete de Oliveira, psicóloga, Goiânia
    634. Haidi Jarschel – pastora e teóloga da IECLB, professora, militante feminista, Santo André/SP
    635. Joana Mendes, ISRJ – Religiosa e estudante de Serviço Social, PUC/GO
    636. Claudio Humberto Vereza Lodi – membro da coordenação do Movimento Fé e Política nacional, jornalista, deputado estadual PT 6º mandato, assessor há mais de 30 anos das CEBs e Pastorais Sociais no Espírito Santo
    637. Dulcineia de Oliveira – Movimento Sem Casa, Governador Valadares / MG
    638. Geilson Batista Santana – sociólogo, Governador Valadares / MG
    639. Edina Maria da Silva – socióloga, Governador Valadares / MG
    640. Antonio Folquito Verona – Pastoral Evangélica da Terra e dos Trabalhadores Urbanos. Lins/SP
    641. Pastora Yone da Silva – metodista, Americana/Piracicaba/SP
    642. Roberta M. C. Souza – Psicanalista e teóloga – HEC Paraná
    643. Prof. Dr. José Neivaldo de Souza – Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma – FEPAR / Curitiba
    644.Wilson Aparecido Lopes – MST/ CPT
    645.Eduardo Soares – Secretário da Pastoral da Juventude / Arquidiocese de Belém/PA, Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV/Aids
    646.Antonio Carlos Soares dos Santos – Pastor Metodista
    647.Railton Nascimento Souza, professor de Filosofia, Goiânia, diretor de formação do Sinpro-GO e da CTB-GO
    648. José P. Peixoto Filho
    649. Zahidé L. Muzart – professora UFSC
    650. Roberto Costa Fachin – Porto Alegre / RS
    651. Kameyama – Pedagoga, São Paulo/SP
    652. Maria Filomena Freitas Silva – professora, atuante no movimento católico Equipes Docentes do Brasil
    653. Vera Lucia Alves Silva, professora
    654. Andréa Maria Altino de Campos Loparic – professora do Depto de Filosofia da USP
    655. Maria Luiza de Carvalho Armando, professora universitária federal aposentada, Porto Alegre/RS
    656. Suzana Albornoz
    657. Adahyr Cruz, Pastor Metodista
    658. Nélio Amorim, professor e pastor
    659. Evandro César Cantária, educador e metodista
    660. Juliana dos Santos Cantária, metodista
    661.João Batista Ribeiro Santos, clérigo e professor / SP/SP
    662. Revda. Dilene Fernandes de Almeida / Igreja Metodista em Guaianases – SP
    663.Luiz Carlos de Albuquerque, Evangelista Metodista no Nordeste
    664.Prof. Dr. Luiz Augusto Passos, professor da Universidade Federal de Mato Grosso, Coordenador do Grupo Movimentos Sociais e Educação (GPMSE) do Programa de Pós Graduação da UFMT, registrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq
    665.Luiz Albérico Araújo Montenegro (mestre em Saúde Pública) Rio de Janeiro
    666.Silvana Suaiden, teóloga católica – profa. PUC-Campinas – São Paulo
    667.Claudia F. Paixão – Pré-orientanda no Mestrado em Ciências da Religião UMESP; membro da Comunidade Cristã Reformada de São Paulo, coordenada pelo Pr. Ariovaldo Ramos; administradora do site: pastorasbatistas.com
    668.Agnaldo da Silva Vieira – Pedagogo e Pastor-Auxiliar da Igreja Batista da Esperança – Centro do Rio de Janeiro
    669.Pastor Marcos Dornel – Pastor da Igreja Batista Nova Curuçá – São Paulo
    670.Fabiane Lucena Cavalcante – Secretária Executiva dos Órgãos Colegiados da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ
    671.Sandra Duarte de Souza – Coordenadora do Grupo de Estudos de Gênero e Religião Mandrágora/Netmal
    672.Sergio S. Derzórzi, advogado São Paulo SP
    673.Ir. Claudemir Lemos de Almeida – Assessor do Setor Calabriano da Juventude
    674.Roberto Barreto Kikuchi – Evangelizador espírita do Centro Espírita Sebastião, ó Mártir – N. Bandeirante-DF

  12. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    tive o cuidado de conferir toda a lista de religiosos e intelectuais que assinaram o manifesto.

    Não encontrei o nome da Sra. Ruth Rocha.

    Ela deve estar se referindo a outra lista, elaborada sabe-se lá por quem.

    Infelizmente o lista é muito longa e não pode ser colada aqui.

  13. Aqui o que há de Rutes por aí!
    http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&source=hp&q=rute+rocha&aq=f&aqi=g-s1&aql=&oq=&gs_rfai=

  14. Aqui , um pouco de diversão:
    http://www.punkbrega.com.br/2010/08/mano-brown-fala-sobre-serra-dilma-lula-e-pcc/

  15. Luiz said

    Pax,

    Na diferença de opiniões entre você e o Elias sobre o papel da Marina no 2º turno, tendo a pensar que, no momento logo após o 1º turno, a importância dela era relativa, mas não não crucial.
    Todos os segundos turnos acabam se voltando para questões mais práticas e próximas do eleitor (não estou dizendo que a causa ambiental não é importante, só que ainda é algo um pouco distante da grande massa votante).
    Ocorre que mesmo essa importância relativa foi jogada no ralo por Merina e pelo PV. Eles tomaram a decisão errada? Provavelmente não, mas que o efeito foi colocá-los em uma prateleira onde apenas alguns eleitores vão buscar subsídios, isso foi.
    O que está decidindo esse segundo turno passa longe, anos-luz, de Marina e do PV.

  16. Zbigniew said

    Quando a última urna for apurada, e o resultado das eleições presidenciais consolidado, certamente teremos lições a tirar deste pleito.

    A primeira de todas, a meu ver, foi a forma como os partidos envolvidos conduziram o debate eleitoral, que simplesmente não existiu no sentido da avaliação das propostas de cada um. Talvez pelo fato de que, num país que cultiva as novelas, ou os reality shows, uma parte dos brasileiros, seja de que classe ou formação for, ainda se deixa seduzir mais pela emoção do que pela razão política em si.

    Conheço uma pessoa que foi defender a tese de mestrado na Universidade de Lisboa e estudou, nada mais, nada menos, do que com aquele que é considerado o maior constitucionalista vivo da atualidade, J.J. Canotilho. E disse que anularia o voto. Todos temos nossas razões, mas, certamente, se anulou, isto traz uma perplexidade muito grande, uma vez que quem tem o conhecimento do valor do voto jamais deveria anulá-lo, ainda mais com este tipo de formação.

    Outros exemplos se sucedem, agora por razões diferentes, como o preconceito e o extremismo religioso. Qual o retrato que podemos tirar da sociedade brasileira após estas eleições? Temos um ranço velho e conservador, preso a um passado nebuloso e que se nega a ser vasculhado ou a ser confrontado? Isto é bom para o Brasil?

    “O PAÍS VELHO E CONSERVADOR QUE EMERGE DA CAMPANHA
    Por Maria Inês Nassif

    (…)
    Campanha trouxe à tona preconceitos que pareciam abolidos

    O país que se redemocratizou há um quarto de século e há 22 anos conseguiu entender-se em torno de uma Constituinte cujo produto final foi avançado politicamente, manteve uma reverência envergonhada aos atores políticos mais importantes do regime anterior – dos militares à Igreja conservadora – e um medo subjetivo de se contrapor de fato ao passado. Sem lidar com os seus fantasmas, tem reincorporado vários deles à vida política. É inadmissível que num país que viveu 21 anos sob o tacão militar, por exemplo, setores da sociedade (e os próprios militares) tenham reagido de forma tão desproporcional ao III Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), ou rejeitem de forma tão violenta o acerto com esse passado. Ao longo dos anos de democracia, determinados setores sociais passaram a reincorporar valores que pareciam ter sido abolidos do manual de como fazer política. Ao longo desses 25 anos que nos separam do último ditador militar, a direita, que se envergonhara no final da ditadura, lentamente desenterrou os velhos fantasmas e refez os preconceitos. Aliás, não apenas a velha direita. Uma nova direita, que se formou com atores que vinham também da resistência democrática, aceitou o caminho do conservadorismo ideológico para reaglutinar uma elite que ficou sem norte, e para a qual a emergência de grandes parcelas da população que estavam na base da estrutura social à classe média assusta – até porque a elite brasileira não tem historicamente experiência com realidades onde a disparidade de renda é menor e onde o aumento da escolaridade transforma pobres em cidadãos, e não em votos a serem manipulados.
    (…)”

    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/o-pais-velho-e-conservador-que-emerge-da-campanha#more

    E aqui um exemplo do conservadorismo exacerbado montado na sela do extremismo religioso, por que enveredou o PSDB e o seu candidato.

  17. Isso tudo aí de cima me assusta um pouco.
    E fede a mofo!

  18. William said

    Quem mandou a Marina cuspir na propria história e não apoiar o PT no segundo turno. Agora aguenta esse lixo reacionário facista da Direita.

  19. William said

    Cadê a pesquisa do Ibope??????? Deve ter dado 60 a 40 pra Dilma né.

  20. Chesterton said

    Ah, minha gente, deve ser engano, Marina silva é um nome muito comum aqui no Brasil. Tenho até uma sobrinha com esse nome…..

  21. Chesterton said

    Leio nas mensagens do Investor’s Daily Edge, sempre interessantíssimas, que os investidores internacionais têm quatro razões sólidas para apostar seu dinheiro no Brasil e acreditar que o país pode superar a badalada China nas próximas décadas. São elas:

    1. O Brasil já passou pelo pior e fez, de uma vez para sempre, as escolhas decisivas em matéria de estabilidade econômica.

    2. O Brasil é uma economia quase auto-suficiente. As exportações fazem apenas 14 por cento do nosso Produto Interno Bruto, o que significa que, na hipótese de um colapso econômico global, sairemos praticamente ilesos, enquanto a China, a Índia, a Rússia e outros autonomeados donos do futuro irão mui provavelmente para o brejo.

    3. Ao contrário dos EUA, da Grécia, da Espanha, de Portugal e de tantos outros países, temos dinheiro no banco. Precisamente em razão do fator número 1, nossas reservas financeiras nos põem bem a salvo de qualquer tranco vindo de fora.

    4. O Brasil tem imenso potencial agrícola não aproveitado. Enquanto aí pelo mundo as terras produtivas vão escasseando e os limites legais para a sua aquisição vão aumentando, neste país pelo menos uns duzentos e sessenta e sete milhões de acres estão prontos para ser adquiridos a baixo preço e começar a produzir imediatamente. As perspectivas são ótimas: nossa agricultura, essencialmente de livre mercado, é mais rentável que a agricultura subsidiada dos EUA e da maior parte dos países da Europa.

    São glórias nada desprezíveis, não é verdade? Mas, ao contrário do que poderiam desejar os adeptos mais afoitos do triunfalismo lulista, o Investor’s Daily Edge deixa claro que as de número 1, 2 e 3 não vêm do mês passado, nem do ano passado, nem, para dizer a verdade, dos últimos oito anos: são o resultado do bom trabalho feito desde a primeira metade da década de 90 pelo presidente Itamar Franco e seu ministro Cardoso, depois presidente e continuador da obra. Se o sucessor deles, Lula, não mexeu no time que herdou nem nos planos de jogo, é apenas sinal de que não é louco ou, se o é, não rasga dinheiro. Lênin ou Mussolini, no lugar dele, não agiriam diferente. Por mais que a memória falhe a quem não deseja recordar, diverso é o mérito de quem faz e o de quem simplesmente não desfaz. Toda a ação econômica do governo Lula foi a de um pato no rio: deixar-se levar pela corrente e grasnar de auto-satisfação.

    Quanto ao fator número 4, ele diz respeito precisamente ao tal “agronegócio”, aquela coisa que petistas, emessetistas e malucos em geral odeiam como à peste e culpam por todos os males da nacionalidade. Bendita peste, no entanto, que alimenta o Brasil com comida barata, espalha o demônio da obesidade entre os esfaimados e ainda faz do país a menina-dos-olhos dos futuros investidores e um forte concorrente da China na disputa por um lugar privilegiado entre as nações.

    O Brasil, em suma, só tem uma economia pujante e um belo futuro graças a três coisas que a esquerda dominante não fez e a uma quarta coisa que ela detesta.

    Pensem nisso quando forem votar no próximo domingo.

    autor: quem seria?

  22. Carlão said

    e o Temer hein? Agora arranjou enrosco religioso com os espiritas:
    Michel Temer teve que soltar uma nota oficial para a Revista do Espiritismo
    devido a uma entrevista que deu na semana passada para a Folha Evangélica de Brasília
    (trecho reproduzido no vídeo). Disse Temer quando perguntado se já frequentou um centro espírita:

    – Nunca frequentei centro espírita, pois desde criança fui criado dentro de uma força cristã. Sou católico e o que mais frequentei foi igreja evangélica.

    Os grupos religiosos não param de atazanar a vida de Dilma Rousseff.

  23. William said

    Um belissimo chute nos bagos do Noblat e outros cupinchas da midia vendida.

    Carta aberta de Carlos Moura (aposentado, fotógrafo, redator de jornal de interior, sócio de uma pequena editora de livros clássicos e coordenador da Ação da Cidadania em Além Paraíba-MG) para o jornalista de “O Globo” Ricardo Noblat.

    ===
    Noblat

    Quem é você para decidir pelo Brasil (e pela História) quem é grande ou quem deixa de ser? Quem lhe deu a procuração? O Globo? A Veja? O Estadão? A Folha?

    Apresento-me: sou um brasileiro. Não sou do PT, nunca fui. Isso ajuda, porque do contrário você me desclassificaria, jogando-me na lata de lixo como uma bolinha de papel. Sou de sua geração. Nossa diferença é que minha educação formal foi pífia, a sua acadêmica. Não pude sequer estudar num dos melhores colégios secundários que o Brasil tinha na época (o Colégio de Cataguases, MG, onde eu morava) porque era só para ricos. Nas cidades pequenas, no início dos sessenta, sequer existiam colégios públicos. Frequentar uma universidade, como a Católica de Pernambuco em que você se formou, nem utopia era, era um delírio.

    Informo só para deixar claro que entre nós existe uma pedra no meio do caminho. Minha origem é tipicamente “brasileira”, da gente cabralina que nasceu falando empedrado. A sua não. Isto não nos torna piores ou melhores do que ninguém, só nos faz diferentes. A mesma diferença que tem Luis Inácio em relação ao patriciado de anel, abotoadura & mestrado. Patronato que tomou conta da loja desde a época imperial.

    O que você e uma vasta geração de serviçais jornalísticos passaram oito anos sem sequer tentar entender é que Lula não pertence à ortodoxia política. Foi o mesmo erro que a esquerda cometeu quando ele apareceu como líder sindical. Vamos dizer que esta equipe furiosa, sustentada por quatro famílias que formam o oligopólio da informação no eixo Rio-S.Paulo – uma delas, a do Globo, controlando também a maior rede de TV do país – não esteja movida pelo rancor. Coisa natural quando um feudo começa a dividir com o resto da nação as malas repletas de cédulas alopradas que a União lhe entrega em forma de publicidade. Daí a ira natural, pois aqui em Minas se diz que homem só briga por duas coisas: barra de saia ou barra de ouro.

    O que me espanta é que, movidos pela repulsa, tenham deixado de perceber que o brasileiro não é dançarino de valsa, é passista de samba. O patuá que vocês querem enfiar em Lula é o do negrinho do pastoreio, obrigado a abaixar a cabeça quando ameaçado pelo relho. O sotaque que vocês gostam é o nhém-nhém-nhém grã-fino de FHC, o da simulação, da dissimulação, da bata paramentada por láureas universitárias. Não importa se o conteúdo é grosseiro, inoportuno ou hipócrita (“esqueçam o que eu escrevi”, ” tenho um pé na senzala” “o resultado foi um trabalho de Deus”). O que vale é a forma, o estilo envernizado.

    As pessoas com quem converso não falam assim – falam como Lula. Elas também xingam quando são injustiçadas. Elas gritam quando não são ouvidas, esperneiam quando querem lhe tapar a boca. A uma imprensa desacostumada ao direito de resposta e viciada em montar manchetes falsas e armações ilimitadas (seu jornal chegou ao ponto de, há poucos dias, “manchetar” a “queda” de Dilma nas pesquisas, quando ela saiu do primeiro turno com 47% e já entrou no segundo com 53 ) ficou impossível falar com candura. Ao operário no poder vocês exigem a “liturgia” do cargo. Ao togado basta o cinismo.

    Se houve erro nas falas de Lula isto não o faz menor, como você disse, imitando o Aécio. Gritos apaixonados durante uma disputa sórdida não diminuem a importância histórica de um governo que fez a maior revolução social de nossa História. E ainda querem que, no final de mandato, o presidente aguente calado a campanha eleitoral mais baixa, desqualificada e mesquinha desde que Collor levou a ex-mulher de Lula à TV.

    Sordidez que foi iniciada por um vendaval apócrifo de ultrajes contra Dilma na internet, seguida das subterrâneas ações de Índio da Costa junto a igrejas e da covarde declaração de Monica Serra sobre a “matança de criancinhas”, enfiando o manto de Herodes em Dilma. Esse cambapé de uma candidata a primeira dama – que teve o desplante de viajar ao seu país paramentada de beata de procissão, carregando uma réplica da padroeira só para explorar o drama dos mineiros chilenos no horário eleitoral – passou em branco nos editoriais. Ela é “acadêmica”.

    A esta senhora e ao seu marido você deveria também exigir “caráter, nobreza de ânimo, sentimento, generosidade”.

    Você não vai “decidir” que Lula ficou menor, não. A História não está sendo mais escrita só por essa súcia de jornais e televisões à qual você pertence. Há centenas de pessoas que, de graça, sem soldos de marinhos, mesquitas, frias ou civitas, estão mostrando ao país o outro lado, a face oculta da lua. Se não houvesse a democracia da internet vocês continuariam ladrando sozinhos nas terras brasileiras, segurando nas rédeas o medo e o silêncio dos carneiros.

    Carlos Torres Moura
    Além Paraíba-MG

  24. Patriarca da Paciência said

    Vejam quantos intelectuais.

    Será que a Sra. Ruth fará mesmo muita falta?

  25. Valeu Willian!
    Que texto!

  26. Zbigniew said

    A carta ao Noblat realmente deveria ser emoldurada e afixada na entrada lá da mansão do Cosme Velho.

  27. Pax said

    Caro Luiz, em #14

    Não sei se concordo e sei que sou mais teimoso que a maioria. O que disse faz um tempo:

    Antes do primeiro turno:

    – “Marina, se houver segundo turno, será fiel da balança”

    Depois do primeiro turno, levantei três possibilidades:

    1 – se Marina apoiar Serra, a coisa ficará difícil
    2 – se Marina se declarar neutra, Serra que mais precisa vai ficar em situação difícil
    3 – se Marina se declarar Dilma, acabou para Serra

    Continuo com a mesmíssima sensação.

    E já disse que sou teimoso, não?

  28. Chesterton said

    Chico Bu Buarque, Leonardo Boff e Oscar Avenida Niemeyer……Pat, você endoidou de vez?

  29. William said

    hahaha, bom é o Paulinho Vilhena e Maite Proença.

  30. Pax said

    Um dia sem notícias é um mais um dia para a situação estabelecida.

    Até agora, pelo pouco que pude ver, não há grandes novidades.

    Para quem ganha é bom, mas para quem perde, não.

    Perdi alguma coisa da pauta?

  31. Luiz said

    Pax #29,

    “Perdi alguma coisa da pauta?”

    Nem dos filhos…

  32. Chesterton said

    Não há neste artigo uma só linha que não traga uma verdade incontestável.
    Parabéns, Caio Lucas, do CQC.

    Luiz , você é o cara.

    Você é o cara que esteve por dois mandatos à frente desta nação e não teve coragem nem competência para implantar reforma alguma neste país, pois as reformas tributárias e trabalhistas nunca saíram do papel, e a educação, a saúde e a segurança estão piores do que nunca.

    Você é o cara que mais teve amigos e aliados envolvidos, da cueca ao pescoço, em corrupção e roubalheira, gastando com cartões corporativos e dentro de todos os tipos de esquemas.

    Você é o cara que conseguiu inchar o Estado brasileiro com tantos e tantos funcionários e ainda assim fazê-lo funcionar pior do que antes.

    Você é o cara que mais viajou como presidente deste país, tão futilmente e às nossas custas.

    Você é o cara que aceitou todas as ações e humilhações contra o Brasil e os brasileiros diante da Venezuela ,Argentina, Bolívia, Equador, Paraguai e outros.

    Você é o cara, por tudo isso e mais um monte de coisas, transformou este país em um lugar libertino e sem futuro para quem não está no grande esquema.

    Você é o cara que transformou o Brasil em abrigo de marginais internacionais, negando-se, por exemplo, a extraditar um criminoso para um país democrático que o julgou e condenou democraticamente.

    Você é o cara que transformou corruptos e bandidos do passado em aliados de primeira linha.

    Você é o cara que está transformando o Brasil num país de parasitas e vagabundos, com o Bolsa-Família, com as indenizações imorais da bolsa terrorismo, com o repasse sem limite de recursos ao MST, o maior latifúndio improdutivo do mundo e abrigo de bandidos e vagabundos que manipulam alguns verdadeiros colonos.

    Você é o cara que agora quer transformar uma guerrilheira, terrorista, bandida, sequestradora, sem vergonha em presidenta do Brasil só para continuar dando as cartas e junto com sua gangue prosseguir roubando impunemente a nação como fez todos estes anos.

    É, Luiz Inácio Lula da Silva! Você é o cara…

    É o maior cara-de-pau que o Brasil já conheceu.

  33. Chesterton said

    Na queda de
    braço com ministro, Lula apoia PF
    Trechos ainda inéditos de conversas gravadas, nas quais se baseou a reportagem da revista Veja desta semana, revelam as complicadas (ou inexistentes) relações do ministro Luiz Paulo Barreto (Justiça) com seu subordinado Luiz Fernando Correia, diretor-geral da Polícia Federal. Após sua posse, Barreto tentou afastar Correia na PF, mas Lula não aceitou. Apesar da relação funcional, os dois nem sequer despacham.

    28/10/2010 | 00:00
    Fotos misteriosas
    Em uma das conversas, o ministro da Justiça diz que a PF teria em seu poder, inclusive, “fotos comprometedoras” do presidente Lula.

    CH

  34. William said

    Esse povo do CQC é a cara do Serra e dos paulistas, arrogantes ao extremo como se tudo entendessem. São simplesmente patéticos. E o tanto de mentiras e patetices escritas nesta suporta carta são risiveis.

    Tenta de novo chest, o troll mais idiota da net.

  35. Chesterton said

    HOMOFOBIA!!!

    Professora acusada de abusar de alunas é transferida para presídio
    Diretor de escola e funcionários de motel vão ser ouvidos pela polícia

    A
    A professora de matemática acusada de manter relações sexuais com duas adolescentes de 13 anos, que eram suas alunas, foi transferida na tarde desta quinta-feira (28) para o Complexo Penitenciário de Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com o delegado Ângelo Lage, da 33ª DP (Realengo), responsável pelas investigações, Cristiane Maciel Barreira, de 33 anos, ficará presa em uma cela individual por ter nível superior completo.

    Também nesta quinta-feira, foram intimados a prestar depoimento o diretor da Escola Municipal Rondon, onde a professora lecionava, e os funcionários do motel Bariloche, local de alguns encontros entre a professora e as alunas. Os intimados serão ouvidos na quarta e na quinta-feira da semana que vem.

    “Preciso saber se o diretor comunicou a secretaria de educação quando a mãe da aluna fez a reclamação e como isso ocorreu. Preciso entender como a situação ocorria até mesmo para averiguar se outras estudantes foram abordadas”, disse ao iG o delegado Ângelo Lage.

  36. Carlão said

    políticAética
    Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

    putz

    outro ministro de lula sendo acusado de desvio de $$$ público…
    a coisa está fedendo em Brasília.
    onde tem pt tem rolo…roubando grana de programas para crianças.Um vexame
    Este vídeo é impresionante vejam até o fim

    a capital da república virou o capital do partido do trambique

    e tem outro video …

  37. Chesterton said

    Willy, você anda nervosa porque? Não sabe brincar não desce pro “play”….

  38. Chesterton said

    PT é o partido mais escroto que já apareceu, só tem sindicalista vagabundo que não gosta do batente e se aproveita da boa vontade dos humildes. Só tem gatuno, larápio e novo-rico desonesto.

  39. Chesterton said

    Em 14 dias, 27 más notícias para o governo Lula. (blog do tambosi)
    Depois de ler o que vai abaixo você ainda tem coragem de votar na Dilma Ruimself? Reproduzo na íntegra o belo post de Sérgio Vaz, do blog 50 Anos de Textos, que conta com um bom time de colaboradores (sugestão do amigo Paulo Roberto de Almeida). Trata-se de uma verdadeira “ficha criminal”.

    Incompetência administrativa, corrupção, ilegalidades, uso indecente da máquina…

    Entre os dias 14 e 27 de outubro, a imprensa divulgou pelo menos 27 notícias que mostram a incompetência do governo Lula, casos de corrupção e ilegalidades, exemplos do absurdo, ilegal, imoral uso da máquina governamental para eleger a candidata oficial e de imensas besteiras ditas pelo presidente e sua candidata.

    Pelo menos 27, em apenas 14 dias. Pelo menos 27, porque foram as que eu anotei e transcrevi abaixo. Não sou tão organizado assim, e portanto pode certamente ter havido outras que deixei escapar.

    E não estão incluídas aqui as mentiras diárias ditas por Dilma Rousseff ao vivo, em seus discursos, e por sua campanha, na propaganda eleitoral. Não sei se seria humanamente possível relacionar todas. Eu, pelo menos, não conseguiria.

    Aí vão elas:

    Incompetência – e a conta virá depois

    * 1 – O governo Lula faz manobra e cria superávit bilionário falso. Uma manobra fiscal da União na capitalização da Petrobras rendeu R$ 31,9 bilhões e levou o governo a registrar superávit primário recorde em setembro, de R$ 26,1 bilhões. Sem isso, haveria déficit, e o pior do ano: R$ 5,8 bilhões. Analistas criticam o artifício contábil. Para Raul Velloso, especialista em contas públicas, a “gambiarra” permitirá cumprir a meta fiscal do ano, mas os números do governo já não inspiram confiança. (Todos os jornais, 27/10/2010.)

    “O governo Lula está produzindo o maior retrocesso na História recente do país na transparência das contas públicas”, escreveu Miriam Leitão em sua coluna no Globo. “Ontem foi um dia de não esquecer. Dia em que o governo fez a mágica de transformar dívida em receita.”

    * 2 – A Casa Civil decidiu adiar para depois do segundo turno a apresentação do 11º balanço quadrimestral do PAC, o Plano de Aceleração da Candidatura Dilma. A última apresentação tinha sido em junho. Naquela ocasião, o governo informou que menos da metade das obras previstas no plano havia sido concluída. Com as obras não andam mesmo, são peça de marketing, adiaram a apresentação do vexame. (Veja, 20/10/2010.)

    * 3 – O governo Lula prometeu construir um milhão de casas no programa Minha Casa, Minha Vida. Entregou 181 mil. Mas Lula disse, em discurso, no Rio, na segunda-feira, 26 de outubro, que o programa entregará 2 milhões de casas a partir de 2011. Ah, bom.

    * 4 – A Justiça Federal de Brasília suspendeu a contratação da Fundação Cesgranrio para organizar concurso público para admissão de funcionários. Segundo o juiz, a lei não permite que a estatal contrate sem licitação qualquer entidade para aplicar as provas. “A suspensão é mais um capítulo da série de irregularidades recentes envolvendo os Correios, cujo presidente foi indicado pela ministra Erenice Guerra, braço-direito de Dilma Rousseff.

    * 5 – “A direção atual da Petrobras é meio lunática. A empresa perdeu quase US$ 100 bilhões de valor de mercado, está sendo mal avaliada em relatórios de bancos, é a única ação que perde do Ibovespa em um ano. Tem suas reservas em águas profundas, área em que no mundo inteiro estão sendo reavaliadas as normas de segurança. Em vez de tratar disso, o presidente da estatal entra na briga eleitoral. (…) Há muito a fazer na Petrobras. O que a empresa não deve fazer é se comportar como um braço de partido político.” (Miriam Leitão, em sua coluna no Globo, 15/10/2010.)

    * 6 – Embora não tenha havido estudos detalhados sobre o projeto, a licitação para as obras do tal trem-bala entre Rio e São Paulo e Campinas está prevista ainda para este ano. No primeiro balanço do PAC, o trem-bala não constava; no décimo, está em primeiro lugar, absorvendo metade dos investimentos previstos para o setor. Essa versão lulo-petista do aerotrem de Levi Fidelis, sem qualquer estudo sério que a justifique, já foi avaliada em R$ 18 bilhões, agora em R$ 34 bilhões e pode chegar a R$ 70 bilhões. Enquanto isso, o investimento no muito mais importante Ferroanel de São Paulo caiu de R$ 528 milhões na previsão do primeiro balanço do PAC para apenas R$ 20 milhões, no décimo balanço. (O Globo, 17/10/2010.)

    * 7 – “A turma do PT está procurando cadeira para se sentar”, disse o presidente da Vale, Roger Agnelli, que sofreu duras críticas de Lula – como se empresa, privatizada e saneada durante o governo FHC, hoje extremamente lucrativa, ainda pertencesse ao governo. Em meio a um tiroteio de palpites sobre seu futuro na Vele num eventual novo governo do PT, Agnelli afirmou: “Eu me sinto à vontade, tranqüilo (em relação a seu futuro na empresa). Tem muita gente procurando cadeira, essa é a realidade. E normalmente é a turma do PT. Toda eleição acontece isso. Agora, a empresa, quem decide são os acionistas.” (O Globo, 15/10/2010.)

    Corrupção, ilegalidades

    * 8 – Ao depor à Polícia Federal, a ex-ministra Erenice Guerra, braço-direito da candidata Dilma Roussef, entrou em contradição com a versão oficial que vinha sendo dada até então, e admitiu que, sim, de fato se reuniu com dois lobistas. Disse ter recebido na Casa Civil Rubnei Quicoli, da EDRB, empresa interessada num financiamento do BNDES. E confirmou dois encontros, um na casa dela, com Fabio Bacarat, da MTA, que tentava renovar contratos com os Correios. (Todos os jornais, 27/10/2010.)

    É sempre assim no governo Lula. Quando a denúncia é publicada na imprensa, eles negam tudo. Depois vai se contradizendo.

    * 9 – Em depoimento de mais de duas horas à Polícia Federal, a empresária Ana Veloso Corsini confirmou que seu irmão, o piloto de motocross Luís Corsini, pagou propina de R$ 40 mil a Israel Guerra, filho da ex-ministra Erenice Guerra (Casa Civil), pela intermediação de um patrocínio de R$ 200 mil da Eletrobrás, em 2008. (O Estado, 27/10/2010.)

    * 10 – “Não agüento mais receber pedidos da Dilma e do Gilberto Carvalho (chefe de gabinete de Lula) pra fazer dossiês. Eu quase fui preso com um dos aloprados.” A frase foi dita por Pedro Abramovay, secretário nacional de Justiça do Ministério da Justiça, ao seu antecessor no cargo, Romeu Tuma Júnior. “O Pedro reclamou várias vezes que estava preocupado com as missões que recebia do Planalto. Ele realmente me disse que recebia pedidos da Dilma e do Gilberto para levantar coisas contra quem atravessava o caminho do governo”, disse Tuma Júnior. A história foi contada na reportagem de capa da revistaVeja que circula com data de 27/10/2010.

    * 11 – Investigação da Polícia Federal revela que partiu da pré-campanha de Dilma Rousseff a iniciativa de contratar o jornalista Amaury Ribeiro Jr., que está na origem da quebra de sigilo fiscal de tucanos, entre os quais o vice-presidente do partido, Eduardo Jorge Caldas Pereira, e a filha de José Serra. Apesar disso, a PF negou que houvesse vinculação entre a violação e a campanha de Dilma. (O Estado e O Globo, 21/10/2010.)

    * 12 – O PT e o chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho, tornaram-se réus num processo em que são acuados de participar de quadrilha que cobrava propina de empresas de transporte na Prefeitura de Santa André. O desvio dos cofres públicos, segundo a acusação, chegou a R$ 5,3 milhões, num esquema que seria o precursor do mensalão petista no governo federal. (O Estado, 23/10/2010.)

    * 13 – O deputado Roberto Rocha (PSDB-MA) acusa Vladimir Muskatirovic, chefe de gabinete da Casa Civil, levado ao Palácio do Planalto por Dilma, de ter cobrado R$ 100 mil para autorizar uma mudança societária na TV Cidade, afiliada da Record no Maranhão. A família do deputado é sócio da emissora. A denúncia foi publicada em reportagem da revista Veja que circulou a partir de 16/10/2010.

    * 14 – Edgar Cardeal negociou projeto de R$ 1 bilhão com a Eletrosul, cujo conselho é presidido por seu irmão, Valter Cardeal, aliado de Dilma Rousseff e seu homem de confiança há 20 anos. (O Globo, 18/10/2010.)

    Os irmãos Cardeal embolsaram R$ 2,7 milhões graças a contrato entre a empresa Cardeal engenharia e a Eletrobrás para “desenvolvimento de projetos”. (Veja, 27/10/2010.)

    * 15 – O banco público de desenvolvimento da Alemanha, Kreditanstalt fur Wiederaufbau (KfW), entrou com ação de danos materiais e morais no Brasil, envolvendo um dos homens de confiança de Dilma, Valter Luiz Cardeal de Souza, presidente de uma subsidiária da Eletrobrás, num escândalo de fraude milionária em empréstimos internacionais de 157 milhões de euros. A denúncia foi publicada em reportagem da revista Época que circulou a partir de 16/10/2010.

    * 16 – O Ministério Público de São Paulo denunciou o tesouro do PT, João Vaccari Neto, por formação de quadrilha, estelionato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro no caso Bancop, a Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo. Esquema de desvios deixou um rombo de R$ 170 milhões na cooperativa. Segundo o promotor José Clarlos Blat, o Bancop é “um verdadeiro balcão de negócios criminosos”. O Bancop recolheu dinheiro de 1.133 famílias, com a promessa de entregar apartamentos a elas; o dinheiro foi desviado para as contas dos diretores da cooperativa e para o caixa dois do PT. (Todos os jornais, 20/10/2010.)

    * 17 – Menos de um ano após ter sua concessão renovada pela Agência Nacional de Aviação Civil, com a ajuda de Israel Guerra, filho da ex-ministra Erenice Guerra, a MTA está em crise financeira e não honra mais seus compromissos com os Correios. A contratação de empresas para substituí-la custará mais caro ao governo. (O Globo, 13/10/2010.)

    A MTA está devendo dois meses de combustível à Petrobrás Distribuidora. São quase R$ 300 mil. Erenice já foi membro do conselho fiscal da estatal, onde ganhava uns milhares de reais a mais. (Veja, 20/10/2010.)

    * 18 – Finalmente, depois das diversas denúncias da imprensa, os Correios rescidiram os dois últimos contratos com a MTA, por abandono das linhas de transporte de cargas postais. (O Globo, 21/10/2010.)

    O indecente uso da máquina

    * 19 – Lula e o presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, anunciam a antecipação do início da exploração comercial de uma área do pré-sal, programada para acontecer perto do fim do ano, ainda para outubro, antes do segundo turno da eleição presidencial. (O Globo, 19/10/2010.) Editorial do jornal no mesmo dia sintetiza: “O candidato José Serra tem razão quando diz que a Petrobrás e tantas outras precisarão ser reestatizadas, pois foram privatizadas por interesses de grupos políticos e corporações variadas”.

    * 20 – Mecanismos de comunicação da Petrobrás continuam sendo usados em apoio à candidatura de Dilma Rousseff (PT) à Presidência. O coordenador de Patrocínio da empresa usou e-mail funcional para convocar fornecedores a partir de ato político a favor da campanha petista. (O Globo, 16/10/2010.)

    * 21 – A Casa Civil da Presidência prorrogou por 30 dias os trabalhos da comissão de sindicação que apura as denúncias de tráfico de influência na gestão de Erenice Guerra, o braço-direito de Dilma. Ou seja: empurrou para depois do segundo turno. (O Globo, 19/10/2010.)

    * 22 – Em evento que deveria lançar programa de governo para a saúde, três ministros – o da Saúde, o de Relações Institucionais e a da Secretaria Especial de Política para as Mulheres -, ao lado do candidato a vice na chapa de Dilma, desfilam críticas ao PSDB e pedem empenho na reta final da campanha petista a uma platéia formada por servidores públicos, sindicalistas e deputados da base governista. (O Globo, 19/10/2010.)

    Mais dois ministros – o do Trabalho e o da Educação – entraram na campanha, fazendo críticas a Serra. (O Globo, 20/10/2010.)

    Lula fala besteiras, a campanha de Dilma faz besteiras

    * 23 – Do palanque de onde jamais desceu, em sete anos, nove meses e meio de governo, Lula disse, no Piauí, que Deus impediu a eleição de senadores oposicionistas. “Como Deus escreve certo por linhas tortas, Deus fez a vingança que acho que era necessária. Colocar gente mais digna, de mais respeito, para representar com mais dignidade o Piauí.” Os senadores Heráclito Fortes (DEM) e Mão Santa (PSC), que votavam contra o governo Lula, não foram eleitos em 3 de outubro. (O Globo, 15/10/2010.)

    A essa idiotice, diversos leitores dos jornais responderam com cartas indignadas. Um deles, Alvimar Santos Jr., sintetizou, no Fórum dos Leitores do Estadão: “Deus é bom, generoso, humilde e piedoso, quem é vingativo é Satanás”.

    * 24 – Lula diz uma das maiores besteiras, entre tantas milhares e milhares de besteiras que disse nos últimos anos: afirma que Serra praticou “farsa”, “mentira descarada”, por ter ido ao médico após ser atingido por “uma bolinha de papel” durante ato de campanha em Campo Grande, no Rio de Janeiro. “Ele se despiu dos rigores do cargo e assumiu papel do cabo eleitoral mais energúmeno que possa haver”, escreveu Merval Pereira no Globo de 22/10/2010. “O presidente da República dá razão ao antecessor que o chefe de ‘chefe de facção’, quando escolhe insuflar a violência no lugar de contribuir para apaziguar os ânimos”, escreveu Dora Kramer no Estadão de 22/10/2010. “A grande questão não é o que acertou a cabeça de Serra, mas o que há na cabeça do presidente Lula”, escreveu Miriam Leitão no Globo de 23/10/2010. “O presidente sai desta eleição menor do que entrou”, resumiu Aécio Neves.

    * 25 – Carreata de Lula e Dilma enfrenta alguns protestos em bairros nobres de Belo Horizonte. E ele se sai com esta: “Fico constrangido. Os ricos foram os que mais ganharam dinheiro no meu governo. O que eles não conseguiram superar foi o preconceito contra um metalúrgico ser presidente e fazer pelo Brasil o que eles não conseguiram. Agora, é preconceito e medo de ver uma mulher ganhar as eleições.” (Todos os jornais, 17/10/2010.)

    * 26 – A campanha de Dilma mente até em abaixo-assinado. Puseram o nome do cineasta José Padilha na lista de artistas e intelectuais que apóiam a candidata do PT. Ele negou estar apoiando Dilma. (Todos os jornais, 20/10/2010.)

    Mais grave do que terem colocado o nome de José Padilha no manifesto sem sua autorização, diz Merval Pereira no Globo de 20/10/2010, “é o fato de que dirigentes da Agência Nacional de Cinema (Ancine) atuarem fortemente para que pessoas ligadas à indústria assinassem o documento. Há indicação de que vários outros cineastas e atores, muitos inscritos à revelia, foram procurados por funcionários da Ancine na tentativa de engrossar a lista dos apoiadores da candidatura oficial.”

    E não foi só o nome do diretor de Tropa de Elite que foi colocado no manifesto sem autorização. Ruth Rocha, uma das mais importantes autoras de literatura infantil do país, também teve seu nome usado em consentimento, e divulgou uma bela “Carta à candidata Dilma”, protestando contra o “desaforo”.

    * 27 – O que o PT tem dito sobre dívida externa brasileira é falso”, diz Miriam Leitão na sua coluna do Globo de 20/10/2010. “O governo anterior de fato pegou um empréstimo no FMI, mas 80% dele foram deixados para ser sacados no governo Lula.” (…) Foi mais fácil para o governo Lula fazer a colheita. Ele encontrou a terra arada, e sementes germinando.

  40. Chesterton said

    Justiça quebra o sigilo de tesoureito do PT

    A 5a. Vara Criminal de São Paulo determinou a quebra dos sigilos fiscal e bancário do ex-presidente da Bancoop João Vaccari Neto e da diretora-financeira Ana Maria Érnica, suspeitos de desviar recursos da Cooperativa para caixa 2 de campanha do PT. Eles foram denunciados pelo Ministério Público de São Paulo por suposta lavagem de dinheiro, estelionato, formação de quadrilha, estelionato e falsidade ideológica. Milhares de cooperados foram lesados pela cooperativa fundada por petistas. O presidente Lula comprou um apartamento de cobertura através da Bancoop.

  41. Chesterton said

    A Canalha Petista em Ação e o Neo-Coronelismo
    Por Lucas Ferraz, na Folha Online:
    A mulher do secretário nacional de Justiça, Pedro Abramovay, ganhou, no mês passado, um cargo na subchefia de Assuntos Jurídicos da Casa Civil. O chefe dela é Beto Vasconcelos, advogado como Abramovay e um de seus melhores amigos. A Folha apurou que a nomeação de Carolina Haber, no último dia 6 de setembro, partiu de um pedido do marido. Pedro Abramovay e a Casa Civil negam.
    A nomeação dela fere a súmula do Supremo Tribunal Federal que proibiu o nepotismo nos três Poderes. Ela proíbe “a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente (…) em cargo de direção, chefia ou assessoramento (…) na administração pública direta ou indireta em qualquer dos Poderes da União”.
    POSTED BY SELVA BRASILIS

    chest- não falei que petista não gosta de trabalhar?

  42. Carlão said

    FOME ZERO!
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Programa_Fome_Zero

    Fome Zero é um programa do governo federal brasileiro que foi criado em 2003, em substituição ao Programa Comunidade Solidária. que fora instituído pelo Decreto n. 1.366, de 12 de janeiro de 1995 , para o enfrentamento da fome e da miséria. Até dezembro de 2002, o Programa Comunidade Solidária esteve vinculado diretamente à Casa Civil da Presidência da República, e foi presidido pela então primeira-dama do país.[1]

    O Programa Fome Zero foi criado para combater a fome e as suas causas estruturais, que geram a exclusão social e para garantir a segurança alimentar de todos os brasileiros e brasileiras em três frentes: um conjunto de políticas públicas; a construção participativa de uma Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional; e um grande mutirão contra a fome, envolvendo as três esferas de governo (federal, estadual e municipal) e todos os ministérios. De acordo com o site do programa, no Brasil existem 44 milhões de pessoas ameaçadas pela fome.

    O Programa Fome Zero consiste num conjunto de mais de 30 programas complementares dedicados a combater as causas imediatas e subjacentes da fome e da insegurança alimentar, implementados pelo ou com o apoio do Governo Federal.[2]

    NESTA CAMPANHA O FOME ZERO NUNCA FOI MENCIONADO…COMO UM SUCESSO.
    POR QUE?
    ACABOU A FOME?
    FOI UM FRACASSO?

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: