políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

A reforma política de Lula

Posted by Pax em 04/11/2010

Segundo Alexandre Padilha, ministro das Relações Institucionais, Lula afirmou em reunião ministerial de hoje que vai “lutar como um leão” pela elaboração de um projeto de reforma política.

Veja notícia de Robson Bonin no site G1 abaixo:

Lula diz que ‘vai lutar como leão’ pela reforma política após deixar governo
Segundo Padilha, Lula disse que vai assumir tarefa de viabilizar reforma. Presidente vai lançar documento com todas ações dos 8 anos de governo.

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, afirmou nesta quinta-feira (4), depois da reunião ministerial realizada no Palácio do Planalto, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse aos ministros que irá se dedicar pessoalmente, “e lutar como um leão”, pela elaboração de um projeto de reforma política, quando deixar a Presidência da República, no dia 1º de janeiro de 2011.

Antes disso, porém, Padilha revelou que Lula deve apresentar em dezembro um documento batizado de “Legado dos oito anos de governo” que será registrado em cartório e terá a relação de todas as ações dos dois mandatos dele.

“A Casa Civil e o gabinete da Presidência estão coordenando um balanço dos oito anos de governo, chamado ‘Legado dos oito anos de governo’ e ele disse que em dezembro vai marcar uma data para que os ministros juntamente com ele venham a registrar esse balanço em cartório”, afirmou Padilha.

“O presidente disse também que, ao sair do governo, a principal tarefa que ele vai assumir, ele disse que vai lutar como um leão por essa tarefa, é a reforma política do sistema eleitoral no país. Ele quer atuar dentro do PT, mas buscar também o conjunto de partidos aliados ao seu governo hoje para que já no primeiro ano esses partidos apresentem uma proposta de reforma política”, complementou o ministro. (continua no G1…)

Anúncios

35 Respostas to “A reforma política de Lula”

  1. Elias said

    Desde há algum tempo venho dizendo que Lula e FHC deverão jogar um bolão na reforma política.

    E, se for por aí, o PSDB poderá evitar o esfrangalhamento, que já está a caminho…

    Seria um desperdício de talento se FHC tomasse partido no tiroteio interno tucano, em vez de se dedicar a tarefas mais nobres, como a reforma política.

  2. Carlão said

    é sempre a mesma história…O petismo sempre sabe o que é bom para os outros,
    ou acham que sabem e por isso ficam dando infalíveis receitas filosóficas.
    FHC sempre esteve à disposição de lula, mas o “herdeiro maldito” sempre preferiu errar sozinho
    e transformar FHC num indivíduo pernicioso. E cagar no prato que comeu, negando quaisquer méritos
    ao adversário.Essa última campanha de lula/dilma foi um nojo moral.
    A reforma política nunca foi barrada pelo PSDB e sim pelas centenas de aliados de lula
    no Congresso. Durante 8 anos nada fez. Plantou batatas e está saindo moralmente menor do que entrou.
    Como disse Machado de Assis, em Quincas Borba:
    “AO VENCEDOR AS BATATAS!”
    Quanto à “presidenta”….quem pariu mateus que a embale
    O PSDB sabe errar sozinho não precisa de palpiteiros mal-intencionados.

  3. Patriarca da Paciência said

    Caro Elias,

    eu também acho uma grande idéia o FHC trabalhar em conjunto com o Lula. Os dois tem tudo para viabiliar uma excelente reforma política.

    FHC tem qualidades, assim como o Serra, antigamente, tinha.

    Sinceramente acho que o Serra enveredou por um caminho sem volta.

    O FHC não. Afora alguns artigos estapafúrgios, nunca desceu ao nível da baixaria.

    E o FHC já foi um líder bastante respeitado. Entendo que ele deve sentir falta disso.

    Estou torcendo por essa parceria!

  4. Chesterton said

    alguem me explica o que exatamente o pt propõe?

  5. Carlão said

    A única reforma política que o PT tem experiência
    é remunerar regularmente deputados da base aliada.
    Lançado por Zé Dirceu no MENSALÃO.
    Seus inúmeros aliados (deputados) vão avacalhar como sempre.
    FHC chamou lula de “chefe de facção” sem caráter e mesquinho convidando-o para um café.
    Sem ser baixaria…atestam os petistas acima.
    Portanto os petistas passaram a elogiá-lo.
    Lula+FHC seriam os novos fiadores da política da “Primeira Mulher”.
    Parece que o “Primeiro Operário” está inseguro sobre como ajudar a “Primeira Mulher”
    precisando auxílio do “Primeiro Estadista”.
    uma gracinha petista
    Criticam FHC e a Oposição… mas precisam deles, desesperadamente.
    Sindrome da Falta de Lula, em estado avançado.

    O pequeno “Primeiro Operário” resolveu, invocado, “atirar bolinhas” no Serra.
    expondo-se ao ridículo presidencial
    mas… agora a “oncinha” está de ressaca…acordou com sede.
    gracinha petista de mau gosto

    seria merda ou chocolate?
    :)

  6. Carlão said

    :)
    Qual’è il tempo necessario ad accorgersi che una cosa è una brutta cosa?
    Dipende. Cambia da petista a petista.

    seria merda ou chocolate?
    :)

  7. Eduardo said

    Esse é uma piada.

    Foi um frouxo por 8 anos e agora vai se tornar um leão, rs. Agora vai fazer reformas…

  8. Eduardo said

    O texto é todo ele insuperável.

    O molusco tal como Sarney vai nos deixar uma lembrança das lambanças em seu “Legado dos oito anos de governo”.

    Tem muita história a ser contada entre malas e cuecas…a dívida pública que dobra…o aparelhamento do Estado…intervenção nas Instituições…aumento dos gastos públicos…8 anos sem reformas…política econômica de uma nota só…desmanche de Estatais como os Correios…insegurança pública…falta de saneamento…baixa educação…péssima infra-estrutura…arrecadação de impostos recordes…fronteiras abertas a drogas e armas…a entrega do pré-sal a empresas estrangeiras…Bancos recordistas em lucros…multinacionais financiadas por emissão de títulos públicos…burocracia…corrupção…ineficiência…abandono ao micro-empresário…bolsa miséria…bolsa elite (via BNDES)…Bolívia, Irã, Cuba e outros fatos que envergonham o país.

  9. HRP depois de todas as pragas! said

    Com fim ou não do PSDB, será que o Aécio inda pensa em ficar no reino da Wonderland amarela e azul?
    A marra paulista não vai passar mesmo agora depois de todos haverem apanhado de tapa na cara!
    Portanto o Aécio que migre logo antes que a implosão aconteça……EEEEE

  10. Patriarca da Paciência said

    Caro HRP,

    Entendo que não há acordo possível entre o arejado Aécio e o rançoso e rancoroso Serra.

    Mais dia, menos dia, o Aécio deverá procurar seu caminho.

  11. Pax said

    Há uma entrevista com o Aécio na Folha de hoje, para assinantes:

    Aécio defende refundação do PSDB e oposição propositiva
    Senador eleito afirma que partido não pode se envergonhar de privatizações

    Ex-governador diz que PSDB precisa refazer seu programa e propõe que FHC, Serra e Tasso se encarreguem disso

    VALDO CRUZ
    DE BRASÍLIA

    Ex-governador de Minas e senador eleito, Aécio Neves defende a “refundação do PSDB” para recuperar sua “identidade”. Para isso, propõe refazer o programa partidário até maio de 2011.

    O novo texto defenderia sem “constrangimentos” as privatizações de FHC e, ao mesmo tempo, fugiria de armadilhas eleitorais fixando que empresas como Banco do Brasil e Petrobras devem ser mantidas como estatais.

    Ele promete uma “oposição generosa” a Dilma nas discussões sobre reformas e “aguerrida” na defesa da democracia e da ética. Aécio diz que o presidente Lula “atropelou” algumas instituições na campanha, mas Dilma “foi eleita legitimamente”.

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/po0511201002.htm

    Um trecho:

    O PSDB precisa de mudanças após as últimas três derrotas?
    Estamos no momento de refundar o PSDB para recuperar nossa identidade partidária. Por isso estarei propondo ao partido que, daqui até maio, quando teremos nossa convenção partidária, possamos refazer e atualizar o nosso programa partidário.
    Vou sugerir um grupo de três notáveis do partido para coordenar essa refundação.

    Quem seriam os notáveis?
    O presidente Fernando Henrique, o candidato José Serra e o ex-presidente do PSDB Tasso Jereissati.

    Qual a linha da refundação?
    Que fale da nossa visão sobre privatização sem constrangimentos. Temos de mostrar como foi importante para o país a privatização das telecomunicações, Embraer, Vale. Ao mesmo tempo assegurar, de forma clara, que existem empresas estratégicas do Estado que não estarão sujeitas a qualquer discussão nessa direção, como o Banco do Brasil, a Petrobras.

  12. Pax said

    Na entrevista acima, Aécio fala das reformas necessárias:

    Quais?
    Começo pela política, que reorganize nosso sistema político-partidário. A tributária, que aponte na direção da redução da carga tributária. Reforma do Estado, que fortaleça Estados e municípios; a construção de uma política industrial racional, que nos tire da armadilha em que entramos, que nos transforma em exportadores de produtos primários e importadores de manufaturados. Na discussão desses temas a próxima presidente encontrará uma oposição generosa e ao mesmo tempo firme na defesa das instituições democráticas, nos limites éticos.

  13. Pax said

    E, cá para nós, o mineiro que tende a ser, ao menos ao que parece neste momento, o líder do PSDB para 2014 (achismo total), pensa correto pelo que entendo.

    Este papo de volta da CPMF que, dos 20 governadores eleitos procurados pelo Estadão, 14 dizem que são favoráveis, antes da discussão da reforma política, parece um tremendo complicador para começar qualquer coisa, seja governo federal como estadual.

    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,maioria-dos-governadores-eleitos-quer-volta-da-cpmf-para-financiar-saude,634823,0.htm

    Há dinheiro que sobre. Basta lembrar dos R$ 200 bilhões desviados todos os anos com corrupção.

    CPMF no passado não ia para a Saúde integralmente, nem chegava a 50%.

    Servia, inclusive, para gerar superavit primário.

    Ou seja, criar imposto antes de discutir o conserto do rumo, parece-me um péssimo caminho.

  14. Pax said

    No Josias de Souza há notícia que o Renan quer voltar à presidência do Senado. Pois bem.

    Diz o Josias que conversou com um aliado dele. Pois sim.

    E diz que o aliado disse algo como:

    “Se o Palocci pode votar ao governo tendo o caseirogate, porque Renan não pode com seu pequeno rol de acusações?”.

    Caramba. Segundo o noticiário Renan aprontou e desaprontou no Senado, enricou de uma hora para outra, empresa pagava pensão do filho que teve com jornalista, vendeu gado virtual etc etc.

    Ou Dilma chega colocando ordem na casa, ou a casa entrará em completa desordem.

    Claro, Dilma é presidente eleita, não manda e nem deve mandar no Congresso, no Senado. Mas há uma base, há articulação política, há mensagens que podem ser ditas e bem definidas para o parceiro PMDB.

    Se entra um Renan na presidência do Senado, imaginem o que o partido dele pode pretender colocar no ministério?

    Na boa, hora de colocar o tom da música, o compasso, o rítmo, o tal do pulso. Ou vão fazer o samba virar a valsa em forma de tango.

    E aí a coisa começa mal.

    Tomara que não. Tomara que seja somente disse-que-disse, apesar do Josias ser jornalista o suficiente para não colocar notícia deste tamanho sem algum fundamento.

    Renan cogita ocupar de novo presidência do Senado
    http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/arch2010-11-01_2010-11-30.html#2010_11-05_08_01_59-10045644-0

  15. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    vão surgir as especulações mais estapafúrdias possíveis.

    As pessoas rançosas e rancorosas (como podem ser observadas aqui no microcosmo do seu blog) continuarão com a campanha difamatória até não poder mais.

    Pessoas como o Aécio serão de grande valia nessas horas.

    O Brasil já avançou muito e vai avançar muito mais, queiram ou não queiram os profetas da ruína.

  16. Pax said

    Entendo que sim, caro Patriarca,

    Mas, veja, entendo, também, que os militantes devem fazer coro contra o que não acham razoável. De militante em militante o partido enche o papo e toma decisões.

    Tenho enorme convicção que aqui, no microcosmo deste blog, não encontraremos um simpatizante do PT que gostaria que Renan assumisse a presidência do Senado. Certo?

    Bem, se isto for fato, e acho que é, há que se alardear.

  17. HRP depois de todas as pragas! said

    Acho que teremos muitas surpresas nesse novo ano legislativo que se aproxima.
    Mas certas caras vão ser descartadas.
    O duro será torear esses sujeitos que sobrarão dos efeitos do ficha limpa, entre eles o Renan.
    Já o Sarney já virou o cabo da boa esperança……tipo PAULO MALUF.
    Se vingar a alternancia de PT e PMDB nas presidencias das casas fica mais fácil.
    O Alvaro Dias, veja bem, exige a presidencia do Senado para o Aecio!
    Acho que o bom cabelo pirou de vez…..

  18. Luiz said

    Pax #13,

    Você reparou que no tristemente famoso discurso da derrota o Serra incensou o Alckmin de tudo quanto é jeito?

    Aécio terá de lutar, e muito, para liderar o partido.

    Aliás, poucas palavras se adequam tão bem ao PSDB: partido.

  19. Pax said

    Caríssimo Luiz, para começo de conversa, felicidades!

    Há várias interpretações, sim, no discurso do Serra. Mas eu prefiro a mais simples possível, que é o fato do Alckmin estar presente e ele fazer as devidas referências e deferências.

    O que realmente acho importante:

    – O PSDB ter anunciado que vai anunciar o candidato de 2014 em 2012. Este foi um erro que cometeram e não querem repetir.

    – O Aécio dizer que vai fazer uma oposição propositiva

    – O FHC dizer que não vai apoiar um PSDB que o renegue

    Estes, para mim, são os fatos mais marcantes. Para o Brasil é bom que o PSDB se aprume, se arrume, se fortaleça.

    Supondo que eu fosse petista, que não sou, pareceria um absurdo? Acho que não. Imagine se a oposição se fortaleça em outros quintais, como por exemplo um DEM (que parece não ser o caso na medida que se esfrangalhou).

    Ou seja, é bom que tenhamos uma boa oposição. Um governo forte precisa de uma oposição forte. E que esta oposição seja de gente boa. Aécio, FHC, Sergio Guerra, o próprio Serra, são nomes bons.

    Serra agora é criticado por todos os lados, pela campanha que fez etc. Mas é um nome, ao menos no meu entendimento, melhor que o do Alckmin, por exemplo.

    É lógico que haverá disputa interna no PSDB, como haverá e já há no PT, no DEM, em todos. Cada um que pariu seus diabos que os carregue.

    A lição que o PSDB deveria tirar, no meu entender, é que tem que entrar unido na campanha, não só internamente como na base aliada. O PSDB não entrou coeso nas eleições, além disso arrumou confusão com o DEM no caso do vice, e o PTB colocou lenha na fogueira geral acusando o DEM etc. Como isso tudo poderia dar certo?

  20. Eduardo said

    Discussão deprimente…o rumo do país entre bandidos.

  21. Elias said

    Pax, Patricar e HRP,

    Muito boa a fala do Aécio sobre as reformas.

    Começa pela “…reforma política, que reorganize nosso sistema político-partidário. A tributária, que aponte na direção da redução da carga tributária. Reforma do Estado, que fortaleça Estados e municípios; a construção de uma política industrial racional, que nos tire da armadilha em que entramos, que nos transforma em exportadores de produtos primários e importadores de manufaturados.”

    A coisa deve ser feita nessa ordem. A gente vem falando nisso há uma pá de tempo, né?

    É aí que FHC deve jogar um bolão. E o Lula também.

    Como o PSDB teve reduzida sua bancada no Congresso, é até possível que ele se disponha a brigar para que a revisão da Constituição seja feita por uma comissão exclusiva.

    De preferência, repito, os membros dessa comissão ficariam de quarentena por 8 ou 10 anos — conforme a duração do mandato-padrão — não podendo, nesse período, se candidatar a cargo eletivo nem exercer cargo público, exceto se em decorrência de concurso.

    Claro que falar em “redução da carga tributária” é jogo pra galera. Em princípio, a reforma tributária deverá redistribuir a carga tributária. No limite ela proporcionará condições para uma lenta e gradual redução de alíquotas de tributos indiretos sobre gêneros de 1ª necessidade & afins.

    Mas a redução dos impostos indiretos só teria sentido se realizada DEPOIS da alteração da matriz de distribuição do bolo tributário entre União, Estados e Municípios.

    Os Estados e Municípios arrecadam, basicamente, impostos indiretos. Se estes forem baixados antes de se rever a distribuição da arrecadação entre os entes da Federação, isto só vai piorar a situação dos Estados e Municípios.

    Que já é crítica, pra dizer o mínimo.

  22. Elias said

    E, Pax,

    Este petista aqui não gostaria de ver o Renan na presidência seja do que for. Muito menos gostaria de ver Palocci no governo.

    Insisto em dizer que a ausência de Palocci deve continuar preenchendo uma imensa lacuna no governo federal.

    Se for inevitável que ele assuma um cargo no governo, sugiro a embaixada do Afeganistão. Ou do Seilaondestão. Ou Elakelestão.

    A principal missão de Palocci seria encontrar o Osama Bin Laden e convencê-lo a beber cachaça tirando o gosto com pururuca, torresmo e lombinho de porco, e a também desfilar na Sapucaí pela Beija Flor, fantasiado de odalisca.

  23. Pax said

    Não tenho essa contrariedade toda contra o Palocci, caro Elias.

    Acho que ele faz um contraponto importante, um cara menos estatizante.

    Estou errado?

    Já falei aqui e repito: acho que falta uma força liberal na composição partidária brasileira. Ser liberal não é crime, ora. E vejo com bons olhos muitas conquistas que este partido – que não existe – poderia alcançar .

    Uma? Só uminha pra dizer o que quero dizer: tirar tudo que atrapalha para um empreendedor empreender no Brasil.

    Cá entre nós, que não nos ouçam, mas alguém aqui ousa dizer que isto acontece no Brasil? Que o PT luta bravamente por esta bandeira? Ou mesmo o PSDB?

    Nem venham que essa eu não engulo.

    Quer cobrar imposto alto, ter estado forte? Ok, eu aprovo, dou até meu voto e cobro em Educação, Saúde e Segurança Pública. Mais para os outros que pra mim mesmo, porque entendo que um país com menos desigualdade funciona melhor e faz minha vida melhor.

    Mas cobrar imposto alto e atrapalhar o cara que quer empreender em tudo que conseguem, pelamordedeus do meu ateísmo. Haja burrice maior que esta. Só serve pra alimentar um exército de fiscal corrupto que tem pra todo lado. Uma dissipação de energia que só tem um substantivo aplicável: estupidez.

    Se a vida dos empreendedores fosse facilitada o que ia aparecer de emprego pra todo lado, de renda, de poupança interna etc etc. Com essa imbecilidade que é a vida hoje já estamos bem de emprego, imagina se fosse fácil. Falamos disso recentemente, da ideia do Poupa Tempo empresarial, Elias contou a novela pra colocar um simples emissor de NF etc.

    Haja saco.

    E depois ficam discutindo porque há tanta informalidade, tanta sonegação etc. Ora bolas, pior cego é aquele que não quer enxergar.

  24. Elias said

    Pax,

    Não discordo de nada do que você disse acima, exceto por uma coisa: o que isso tem a ver com o Palocci?

    Pra mim, o Palocci responde, apenas, por uma política econômica acovardada, que mantinha os juros lá nos píncaros, alegando que, sem isso, haveria o retorno da inflação.

    A equipe de governo do Lula quase que rachou ao meio. No lado oposto ao de Palocci estava o Mantega, afirmando que seria perfeitamente possível baixar os juros sem recrudescimento inflacionário.

    Por obra e graça de um caseiro, essa polêmica acabou.

    Mas o fato de ter sido exatamente o Mantega a substituir Palocci já indica pra que lado Lula pendia, à época da controvérsia.

    Palocci defende o liberalismo? Ótimo! Felicidades pra ele. A esta altura da vida, o liberalismo necessita como nunca de quem o defenda, né?

    Só que, sendo assim, talvez o PT não seja o lugar mais adequado pra ele. Provavelmente ele se sentiria mais confortável em outro lugar.

    E, acredite, eu, como um monte de outros petistas, não desgosto de Palocci. Por isto, todos desejamos que ele se sinta tão confortável quanto possível…

    Mas o fato é que não acredito que Palocci seja tão liberalista assim…

  25. Pax said

    Sei lá se o Palocci defende o liberalismo, sei que não parece ser o mais estatizante e este tipo de voz é bom que exista dentro do PT, no meu entender, caro Elias.

    O que me parece é que se deixar nas mãos de uma turma, dentre as várias que existem dentro do partido, estes são capazes de propor que o Estado passe a fabricar fósforos, absorventes, lanternas, salsicha e o escambau.

  26. Chesterton said

    Pax, 23, amazing! Você quase um liberal autêntico.

  27. Carlão said

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que, devido ao aumento da procura por alimentos no mundo, “está chegando a hora em que as commodities estão ficando mais valiosas dos que os tais produtos manufaturados”. FSP

    lula inventando uma próxima Economia onde as commodities vão custar mais caro
    que os manufaturados fez Marx e Engels se revirarem no túmulo.
    Como não lê nada – já declarou, fica-se pensando quem foi a anta que colocou isso
    na cabeça do “Primeiro Operário”. Deve ter sido o Mercadante.
    Por outro lado como os brasileiros, que o adoram. vivem no mundo da Lua, talvez
    acreditem no novo profeta da ficção científica de botequim.

    putz quando ficaremos livres do flagelo sonoro que aporrinha todo dia.

    enquanto isso as dúvidas internacionais permanecem
    sobre a “Primeira Mulher”, a nossa ilustra presidenta
    eleita por desejo do “Primeiro Operário”.
    Nunca antes no mundo da Lua isso havia acontecido.
    Is she simply Lula in lipstick? Lipstick on a pig?
    :(

  28. Carlão said

    :) esta é especial marechal
    o Reinaldo Azevedo desta vez abusou!
    denunciou o tesoureiro do PT achacando empresários pedindo dinheiro pro PT pagar suas contas
    em nome da “cidadania corporativa” usando o nome da presidente dilma…

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/carta-de-tesoureiro-do-pt-a-empresarios-em-nome-da-%E2%80%9Cpresidente-dilma%E2%80%9D-tem-cara-de-achaque-e-de-chantagem/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ReinaldoAzevedo+%28Reinaldo+Azevedo%29&utm_content=Twitter

    Vamos linchar este maluco! esse cara é perigoso :(!
    :) :)

  29. Chesterton said

    a sorte desse governo que acaba é que houve a separação estado-economia, quer dizer, um mínimo para não quebrar

  30. Jose Mario HRP said

    Chestinho e o amigo dele lutando com moinhos de vento!
    Reinaldo Azevedo?
    Blearghhhhhh……pior só Diogo Louco Mainard!

  31. Chesterton said

    serão mais 4 anos de alegria para os homoristas.

  32. Josemario HRP Crises! said

    Homoristas?
    Homossexuais+humoristas?
    Dizem que o Reinaldo é na verdade Gaynaldão!
    Palavra de São Surf…..

  33. Carlão said

    Renata Lo Prete

    1.Ao andar de um lado para outro no palco do debate da Globo, sempre “marcando” José Serra de perto, Dilma seguiu não só o exemplo de Lula em 2006, mas também um conselho do governador Jaques Wagner (PT-BA): como ela é filha de Ogum, foi orientada a se movimentar como o orixá.

    2.Ao acompanhar Lula na reunião do G20, Dilma Rousseff fará sua primeira viagem de fôlego sem levar a tiracolo nenhum dos “três porquinhos”: José Eduardo Dutra, Antonio Palocci e Eduardo Cardozo.

    dilma filha de Ogum?
    3 porquinhos…hum…

    Is she simply Lula in lipstick? Lipstick on a pig?
    :(

  34. Chesterton said

    Here are the top 10:

    1.Norway
    2.Australia
    3.New Zealand
    4.United States
    5.Ireland
    6.Liechtenstein
    7.Netherlands
    8.Canada
    9.Sweden
    10.Germany
    .
    .
    .
    .
    .73 Brasil, logo

    ——————————–

    Por Jamil Chade, no Estadão. O título é meu.
    O Itamaraty aproveitou ontem a primeira sabatina realizada pela ONU sobre a situação dos direitos humanos nos EUA para declarar que estava “preocupado” com o aumento da pobreza na sociedade americana e sugeriu ao governo de Barack Obama que amplie programas sociais.

    “O Brasil nota com preocupação o aumento do número de pessoas vivendo na pobreza nos EUA e a persistente diferença racial”, afirmou a embaixadora do Brasil na ONU, Maria Nazareth Farani Azevedo. “A desigualdade é refletida em áreas como moradia, emprego, educação e saúde”, disse.

    “O reconhecimento das necessidades fundamentais da população como um direito humano é um passo importante para superar a pobreza”, ensinou a embaixadora, que ainda criticou a política de imigração americana_

    ________________________________________

    mas não era para algurm mandar calar a boca?

    Sei, Elias, vai me acusar de denotativo novamente.

  35. Carlão said

    Delfim Netto: “A ajuda da economia mundial terminou”
    ou o bicho vai pegar!

    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI185602-15223,00-DELFIM+NETTO+A+AJUDA+DA+ECONOMIA+MUNDIAL+TERMINOU.html

    Is she simply Lula in lipstick?
    Lipstick on a pig?
    :(

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: