políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Rodrigo Maia deixa presidência do DEM

Posted by Pax em 08/12/2010

Presidente do DEM admite que perdeu força e anuncia saída do cargo

Mariana Jungmann – Repórter da Agência Brasil

Brasília – O presidente do Democratas (DEM), deputado Rodrigo Maia (RJ), anunciou hoje (8) que encurtará o próprio mandato à frente do partido e convocará, para o dia 15 de maio de 2011, novas eleições para a Executiva Nacional. Depois do desempenho ruim do DEM nas últimas eleições, quando o partido perdeu espaço no Congresso Nacional, Maia vinha sofrendo pressões internas para deixar o cargo e admitiu hoje que um acordo se tornou inviável.

“Eu não poderia colocar a minha vaidade pessoal acima da vontade da maioria. Não poderia, de forma alguma, ser responsável por uma implosão do partido”, afirmou o deputado após breve reunião com os principais líderes da legenda, quando a decisão foi formalizada. Ele disse ainda que não será candidato à própria sucessão.

Rodrigo Maia criticou a candidatura de José Serra (PSDB) à Presidência da República, que teve o apoio dos democratas. Para ele, foi “desastrosa e não acrescentou nada para a oposição no primeiro turno”. Disse ainda que, apesar de o PSDB ter sido correto com o DEM durante o processo eleitoral, o mesmo não poderia ser dito de Serra. “Nosso candidato decidiu fazer uma campanha ouvindo apenas o seu marqueteiro. Nós esperávamos que ele tivesse um desempenho melhor que o de Geraldo Alckmin em 2006 e isso não aconteceu”, lamentou Maia.

A maior independência em relação ao PSDB foi um dos objetivos apontados por líderes democratas. Segundo o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), a legenda precisa se reestruturar para as eleições municipais e “deixar de ser um apêndice do PSDB”.

“O partido teve desempenho bom só em alguns lugares. Nós precisamos ter um fôlego para constituir novas comissões para podermos participar das eleições municipais. E o partido também se move, até para deixar de ser apêndice do PSDB, embora possamos, e devamos, trabalhar juntos”, afirmou Demóstenes. Segundo ele, o partido já tem um nome em torno do qual deve se unir para o mandato provisório: o do senador José Agripino Maia (DEM-RN).

Agripino disse que está à disposição, desde que a candidatura seja de consenso. “Candidato para disputar eu não serei. Se houver um consenso, serei candidato honrosamente”, afirmou. O senador, líder do partido, também disse que qualquer outra proposta sobre o futuro do DEM, como a de fusão com outros partidos para aumentar de tamanho, deverá ser posta de lado até a convenção de 15 de março.

A executiva provisória que será eleita no início do próximo ano deverá permanecer no comando do DEM até dezembro de 2011, quando se encerraria o mandato atual. Ela será responsável pela convocação de eleições para as executivas municipais, estaduais e de uma nova Executiva Nacional para assumir em 2012.

Anúncios

12 Respostas to “Rodrigo Maia deixa presidência do DEM”

  1. Pax said

    Pudera… fez o crescimento do partido igual ao rabo de um cavalo, para baixo.

  2. Spit Fire (Carlão) said

    nossa quase cai da cadeira ao ler este post…
    hehehe
    o cocô do cavalo do bandido mereceu uma manchete…
    putz!
    lula/dilma e seu novo ministério é assunto menor…
    “Homo Sapiens”

  3. Spit Fire (Carlão) said

    Brasil tem maiores juros reais do mundo; taxa é o dobro do 2º lugar
    e o Homo Sapiens anda preocupado com o Democratas…hehehe

  4. Spit Fire (Carlão) said

    é muita hipocrisia…

  5. Patriarca da Paciência said

    “Nosso candidato decidiu fazer uma campanha ouvindo apenas o seu marqueteiro. Nós esperávamos que ele tivesse um desempenho melhor que o de Geraldo Alckmin em 2006 e isso não aconteceu”, lamentou Maia.

    Interessante que é a mesmíssima opinião que tenho.

    O Serra parece ter abdicado até de suas convicções pessoais e colocado todas as suas esperanças nas mãos dos marqueteiros.

    Parecia mesmo um fantoche.

    Como disse antes, eu até que tinha uma boa impressão do Serra, mas depois dessa campanha, o Serra encolheu irreversivelmente.

    Para mim o Serra, como o Roberto Freire, não tem mais a menor possibilidade na política brasileira.

    Tem mais é que se aposentar e ficar quieto. Não vislumbro um modo como o Serra possa se reabilitar.

  6. Pax said

    Este blog não acompanha a formação do ministério do futuro governo Dilma. Só se entristece com notícias como a nomeação de Edison Lobão para o Ministério das Minas e Energia e confirma o que vem afirmando de longa data: o preço do PMDB é alto demais na maioria dos casos. Este é um exemplo típico, o velho coronel maranhense ainda manda e desmanda em vastos “territórios” ocupados.

    E o PT aceita.

    Como poderia fazer diferente? Não sei. Só sei que o preço é alto demais.

  7. JM HRP RELOADED! said

    Como diria o pragmatico Zé Dirceu ou é aceitar ou descer do onibus…..

  8. Elias said

    E lá vai o DEM, ladeira abaixo…

    Olhando os cartazes das eleições de 2010, comecei a achar que TODOS os partidos brasileiros necessitam, urgentemente, se renovar.

    Pelo menos aqui no Pará, os cartazes mostraram uma repetição monótona das mesmas caras que estão na estrada há pelo menos 30 anos.

    E tome de candidato e candidata com mais de 50, cabelos pintados e focinho retocado à força de editor eletrônico de imagem.

    Estou me referindo a todos os partidos, sem exceção.

    Teve cara com mais de 70 anos que, nas fotos da campanha, apareceu sem uma única ruga e com os cabelos negros como as asas de um anum (graúna é pra personagem de romance; pra política brasileira é anum ou urubu).

    Seria bom que o pessoal mais jovem começasse a assumir o abacaxi, remetendo a velharada pro pijama.

    Com o pessoal ainda não viciado entrando em campo, talvez alguma coisa melhore…

  9. Pax said

    Caro HRP,

    Este pragmatismo sem questionamento, no meu entender, é muito ruim. Ou você acha que o Edison Lobão fará uma administração do Min das Minas e Energia com o mais alto espírito público?

    Uma coisa é entender alianças, outra é aceitar tudo e ainda ajudar com vaselina.

    Tenho uma pequena esperança que Dilma seja diferente de Lula. E esta diferença seja para melhor. Só não sei se haverá ambiente político que a ajude a ter essa diferença. Tomara que sim.

    Caro Elias,

    Concordo e muito com teu comentário. Uma velharia desgastada e sem grandes propostas. Hora de renovar. E você toca num ponto nevrálgico da questão. A juventude, de forma geral, tem ojeriza à política. O corolário desta tese é que tudo fica nas mãos dos mesmos.

    Sejam eles gregos, troianos, faristeus ou fariseus. Tudo a mesma josta. Situação e oposição.

  10. Elias said

    Pax,

    Um sujeito de quase 60 anos, com os cabelos pintados de preto, aparecendo numa foto com o focinho retocado eletronicamente, fica com uma cara safada, de galã de gafieira, de vigarista do conto do paco ou coisa parecida.

    Você olha pra foto do péssimo e quase escuta ele dizer: “Sacanagem é comigo mesmo!”

    É o tipo do cara de quem você tem até medo de chegar perto, por achar que, qualquer descuido teu, a coisa ruim vai te bater a carteira…

    Como é que esse porra consegue milhares de votos?

  11. Spit Fire (Carlão) said

    Adicionando

    (parte final do artigo da Cantanhêde ha FSP)

    Nada disso é porque Dilma considere Lobão, Novais e Garibaldi o suprassumo dos quadros políticos e técnicos do país, mas porque Sarney quer e Lula manda.
    Além do MME, do Turismo e do Senado, Sarney elegeu a filha, Roseana Sarney, para o governo do Maranhão -e com apoio do PT, que havia décadas lutava, ou dizia lutar, contra a oligarquia local.
    Mas não é “só” isso.
    Espere para ver o rateio do segundo, do terceiro, do quarto e do quinto escalões do governo federal, de alguns governos estaduais, do Senado, da Câmara, de assembleias e de câmaras legislativas por aí.
    E a gente continua sem a resposta para aquela perguntinha que arranha a garganta: por que raios Lula dá tanto poder a Sarney?
    Afinal, o que que a baiana e o Sarney têm?

    lula chamava aos berros em discursos eleitoreiros Sarney (a oligarquia maranhenSe) de corrupto e o escambáu há anos atrás e agora o defende vigorosamente.
    lula foi eleito pra ser um agente da mudança – melhoria de costumes da política e se transformou
    num agente da preservação da corrupção.
    Tudo pela manutenção do poder a quaisquer custos
    Seus seguidores deveriam estar revoltados mas como covardes morais permanecem calados
    e embevecidos diante de sua popularesca popularidade!
    lula é uma doença tinhosa que atacou o Brasil!

  12. Anrafel said

    O pefelê mudou de nome, escolheu esse negócio péssimo (DEM) que dá margem a todo tipo de piadas e colocou na fachada políticos jovens tipo ACM Neto e Rodrigo Maia no intuito de dar uma cara à tentativa de rejuvenescimento.

    Debalde.

    A chamada nova geração não agregou qualidade ou quantidade ao velho partido, o que mais sofreu eleitoralmente.

    Sugiro uma fusão com o PPS de Roberto Freire.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: