políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Denúncias de fraudes derrubam secretário e coordenador em São Paulo

Posted by Pax em 20/06/2011

Secretário de Esporte e coordenador de Saúde de São Paulo pedem demissão após denúncia de fraudes

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil

São Paulo – O coordenador de Serviços de Saúde do Estado de São Paulo, Ricardo Tardelli, e o secretário estadual de Esporte, Lazer e Turismo, Jorge Pagura, pediram demissão após a denúncia da participação deles em um esquema que fraudava licitações e o pagamento de plantões médicos em hospitais estaduais.

Pagura nega participação no caso. Ele afirma que pediu demissão para facilitar o esclarecimento dos fatos pelo Ministério Público e pela Corregedoria-Geral da Administração. O pedido de demissão, feito na última sexta-feira, foi aceito pelo governador Geraldo Alckmin.

Tardelli, que pediu demissão hoje (20), também nega ter conhecimento das fraudes. Segundo a Secretaria de Saúde estadual, ele pediu desligamento do cargo para permitir mais transparência às investigações.

A Secretaria de Saúde determinou auditoria em todos os hospitais estaduais e também informou que vai implantar o ponto eletrônico em todos eles.

Na sexta-feira, a secretaria decretou intervenção no Conjunto Hospital de Sorocaba (CHS), que presta serviços a 48 municípios da região. O hospital foi alvo de uma operação comandada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Sorocaba e pelo Grupo Antissequestro da cidade. Foram presos 12 médicos e enfermeiros que atuavam no hospital, acusados de participar de um esquema que fraudava licitações e o pagamento de plantões.

Segundo a secretaria, um interventor vai ser nomeado nos próximos dias para garantir a assistência médica que é prestada pela unidade e permitir que os fatos sejam esclarecidos.

A secretaria também informou que o atual diretor da unidade, Heitor Fernando Xediek Consani, preso na sexta-feira e acusado de participação no esquema, foi afastado do cargo.

De acordo com o Ministério Público, a organização criminosa, que era chefiada pelo ex-diretor do CHS Ricardo José Salim, desviava verbas destinadas ao pagamento de plantões a servidores do hospital, direcionando-as para beneficiários que não cumpriam suas jornadas de trabalho.

Segundo o Ministério Público, as investigações também revelaram a existência de funcionários fantasmas e a prática de falsificações, estelionato e fraudes em licitações, com o favorecimento e o direcionamento dos certames.

Os suspeitos vão responder pelos crimes de peculato, formação de quadrilha, crimes em licitação, quebra de sigilo da lei de interceptação, tráfico de influência e falsificação de documentos públicos e particulares.

Anúncios

2 Respostas to “Denúncias de fraudes derrubam secretário e coordenador em São Paulo”

  1. Carlão said

    Em São Paulo , indício de corrupção rende demissão; é o certo!
    No governo federal e no petismo, rende elogios e apoio.
    O PT é um bando de anões morais.

  2. Chesterton said

    cana pra essa turma.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: