políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

CGU conseguirá fechar o ralo do PR?

Posted by Pax em 05/07/2011

Dilma determinou que a CGU passe a controlar todas as obras que originaram as denúncias de corrupção no Ministério dos Transportes.

Segundo o noticiário este modelo de desvios é a fonte de sustento do PR, partido de aluguel que compõe a chamada base aliada. O PR tem 41 deputados e 4 senadores.

Todos conhecemos o péssimo estado das rodovias e ferrovias brasileiras e este triste episódio mostra como enormes áreas do governo deixam de funcionar quando suas gestões são entregues a administradores suspeitos. Uma sinuca que parece não ter saída.

CGU vai analisar licitações e obras em andamento do Ministério dos Transportes

Daniella Jinkings – Repórter da Agência Brasil

Brasília – A Controladoria-Geral da União (CGU) vai analisar, por determinação da presidenta Dilma Rousseff, todas as licitações, contratos e execuções de obras que deram origem às denúncias de corrupção no Ministério dos Transportes.

A edição da revista Veja desta semana publicou matéria contendo denúncias de que há no ministério um esquema de pagamento de propina para integrantes do PR, partido do ministro Alfredo Nascimento, em troca de contratos de obras.

De acordo com a CGU, apesar do histórico de irregularidades na área, há um esforço do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para reduzir o número de obras, com pedido de suspensão do Tribunal de Contas da União (TCU). Em 2007, havia 40 obras nessa situação e neste ano não há nenhuma.

Em nota, a CGU informou que as auditorias abrangerão órgãos centrais do Dnit e da empresa estatal Engenharia, Construções e Ferrovias S.A (Valec), em Brasília e nas suas representações regionais.

Entre 2009 e 2011, foram abertos pelo menos 18 processos administrativos disciplinares e sindicâncias instauradas diretamente pela CGU envolvendo pelo menos 30 dirigentes e servidores das do Dnit e da Valec.

“Outros 150 processos administrativos foram instaurados pelo Ministério dos Transportes”, informa a nota. Do total, 66 são referente ao Dnit. “Todos esses processos são acompanhados pela CGU.”

As auditorias CGU constaram irregularidades e apresentam recomendações para os órgãos. Nos casos mais graves, a CGU recomenda a apuração de responsabilidades para punição dos envolvidos.

Obs do blog: Da notícia abaixo já sabemos de antemão que não sairá qualquer resultado

Ministério dos Transportes cria comissão para apurar denúncias de irregularidades

Sabrina Craide – Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Ministério dos Transportes divulgou hoje (4) nota informando que criou comissão de sindicância investigativa para apurar as supostas irregularidades na pasta relatadas pela revista Veja. O ministro Alfredo Nascimento colocou-se à disposição do Congresso Nacional para prestar os esclarecimentos necessários.

Alfredo Nascimento estabeleceu prazo de 30 dias para conclusão das apurações. O ministro também pediu à Controladoria-Geral da União (CGU) que faça uma auditoria sobre os contratos mencionados pela reportagem da revista. Nascimento solicitou ao Conselho de Administração da Valec, empresa estatal de ferrovias, que decida sobre o afastamento preventivo do diretor-presidente da companhia, José Francisco das Neves, até que sejam concluídas as investigações pela comissão de sindicância.

No último sábado (2), o ministério comunicou o desligamento temporário de quatro servidores citados em reportagem da Veja desta semana, segundo a qual existe no ministério um esquema de pagamento de propina para integrantes do PR em troca de contratos de obras.

Foi anunciado o afastamento do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luís Antônio Pagot, do chefe de gabinete do ministro, Mauro Barbosa da Silva, do assessor do gabinete, Luís Tito Bonvini, e do diretor-presidente da Valec, José Francisco das Neves.

Anúncios

33 Respostas to “CGU conseguirá fechar o ralo do PR?”

  1. Pax said

    No Noblat deu a notícia de Renata Lo Prete da Folha.

    Será que é o fim para o Valdemar? Esse é figura conhecida nesta história do Min dos Transportes. Conhecida e carimbada. E tava lá, participando, frequentando o Planalto e o escambau, dando expediente dia sim e outro também no próprio ministério, segundo o noticiário.

    E fico com uma “e se”…

    E se o PT desse um sinal de “chega” e tirasse o PR inteiro da base? Pelas contas não faria falta. Nem os 41 deputados nem os 4 senadores. Uma limpa geral. Fora do governo. Rua! Expulso por mau comportamento. Será que o resto da base não ficaria alerta? Será que não haveria um aplauso geral da sociedade?

    No tempo certo
    Renata Lo Prete, Folha de S. Paulo

    Depois de exigir o afastamento da cúpula dos Transportes, Dilma Rousseff decidiu não pedir oficialmente a entrada da Polícia Federal no caso com o objetivo de evitar confronto ainda maior com o PR – o ministro Alfredo Nascimento é presidente licenciado do partido, um dos mais fiéis da base.

    Além do mais, o Planalto avalia que cedo ou tarde a PF será acionada, pelo Ministério Público ou pela Controladoria-Geral da União, com quem mantém parceria.

    Já aponta nessa direção a nota divulgada ontem por Nascimento, que passou o dia buscando sustentação no PR e em aliados. Ligou, entre outros, para Michel Temer e Henrique Eduardo Alves, do PMDB.

    Na conversa com Nascimento, Dilma deixou claro que a permanência dele está ligada ao fim da influência de Valdemar Costa Neto (SP) na pasta. E que o perfil dos substitutos dos afastados também contará.

    Apesar das críticas palacianas, aliados lembram que Costa Neto foi “reabilitado” no início do atual mandato. Frequentou o Planalto para discutir cargos com Antonio Palocci.

  2. Pax said

    Acaba de dar no Noblat algo parecido com o que penso, editorial de O Globo (que alguns chamam de PIG e eu discordo)

    POLÍTICA
    Chance de um choque de moralização (Editorial)
    O Globo

    O governo Dilma Rousseff criou o lema do “fazer mais com menos”, bandeira erguida pela ministra do Planejamento, Míriam Belchior, logo na posse. Diante da necessidade de puxaras rédeas dos gastos públicos, condição básica para evitar o descontrole da inflação, aumentar a eficácia da administração passou a ser essencial para o Planalto.

    Uma das medidas com este objetivo foi a criação da câmara de gestão e competitividade, a fim de melhorar o funcionamento da emperrada máquina pública. A outra começou a ser implementada com o correto afastamento de parte da cúpula do Ministério dos Transporte, um feudo do PR, e conhecido por abrigar um balcão de negócios escusos.

    Muito pode mesmo ser economizado no combate à corrupção.

    O motivo da decisão de Dilma Rousseff, revelado pela revista “Veja”, foi a constatação, pela própria presidente, de que orçamentos de obras tocadas pelo ministério eram “insuflados”, ou seja, aumentados sem justificativa técnica. Em outras palavras, despesas superfaturadas.

    A explicação, segundo a revista, seria a cobrança de propina pelo partido donatário do ministério.

    Dilma ordenou ao ministro Alfredo Nascimento — mantido até segunda ordem — afastar Luiz Pagot, diretor-geral do Dnit — o antigo DNER —, Mauro Barbosa da Silva, seu chefe de gabinete, o assessor Luís Tito Bonvini, e José Francisco das Neves, diretor-presidente da Valec.

    Não é de agora que o Ministério dos Transportes, pelo volume de verbas que movimenta, frequenta escândalos. Também são conhecidos nesses circuitos financeiros clandestinos Luiz Pagot e o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), mensaleiro de primeira hora e um dos polos do esquema montado na Pasta, de acordo com a reportagem.

    Pagot, do grupo do senador Blairo Maggi (PR-MT), tem alentada folha corrida de suspeições. Mesmo assim foi indicado por Lula, ainda em seu governo, para ocupar o Dnit. Costa Neto, por sua vez, renunciou ao mandato anterior na Câmara, para escapar da cassação. Teria o mesmo destino de José Dirceu (PT) e Roberto Jefferson (PTB).

    As propinas seriam entregues a Costa Neto, depois de empreiteiros acertarem entre si o resultado das “concorrências”. Para financiar o “por fora”, obras eram superfaturadas.

    As executadas em ferrovias, por exemplo, encareceram, em pouco mais de um ano, quase 40%,para irritação de Dilma.

    Valdemar Costa Neto tem experiência em caixa dois. Em entrevista a “Época”, em 2005,ele admitiu ter recebido do PT R$ 6,5 milhões de “recursos não contabilizados”, depois de uma negociação cara a cara com José Dirceu, em 2002, enquanto o candidato Lula e o vice da chapa José Alencar os esperavam do lado de fora. Eram os primórdios do mensalão.

    Será ruim para o governo Dilma se a manutenção do ministro Alfredo Nascimento, presidente do PR, for sinal de alguma tibieza da presidente. Caso ela vá em frente, como precisa fazer, fincará uma estaca no coração do monstro criado pelo lulopetismo ao montar equipes de governo com base no fisiologismo.

    Este foi um dos desserviços prestados ao país pelas duas gestões Lula.

    Se não recuar, ao contrário do que fez, por equívoco, no caso do decreto das emendas parlamentares de 2009, a presidente pode estabelecer um padrão ético mínimo na esfera pública.

    Na eventualidade do recuo, terá perdido uma batalha decisiva logo no início do mandato.

  3. Anrafel said

    Quanto ao “Ministério dos Transportes cria comissão para apurar denúncias de irregularidades”, concordo com a obs. do blog: de onde menos se espera é que não sai absolutamente nada. Tipo Robinho e Pato.

  4. Chesterton said

    é muita ingenuidade achar que o PT nada tem a ver com isso.

  5. Chesterton said

    .7.11

    O PT como ele é
    Um dos fatores fundamentais para o pleno gozo de impunidade do PT é o enorme cagaço que desperta em veículos de comunicação e jornalistas em geral( nem vou falar de outros partidos políticos porque, bem, vocês sabem… ). Nunca fazem justiça ao PT nos quesitos escândalos, desvios de verba pública, roubalheira, entre outros.

    Os exemplos disto são fartos e tomo aqui muito rapidamente uma coluna do dia de hoje na Folha de São Paulo, de Fernando Barros e Silva. O dito colunista é sem dúvidas um dos melhores do jornal, escreve muito bem e demonstra uma linha coerente na maioria de suas opiniões. E como é de se esperar dos principais colunistas do jornal, tem uma visão política “social-democrata”, ou seja, muito mais à esquerda do meu gosto pessoal.

    Enfim, vejam só esta breve introdução da última coluna dele:
    PR trabalhando, cuidado!
    SÃO PAULO – O PR (Partido da República, hahaha!) concentra o que há de pior na política brasileira. Não é à toa que esteve no centro do mensalão. Chamava-se, então, PL, que viria se fundir ao Prona em 2006. Também não é à toa que o PL-PR está no comando do Ministério dos Transportes desde o início do governo Lula, de 2003 até hoje.
    O PR, vamos lá, é um partido marginal na roubalheira pública do país. Está anos-luz abaixo do PMDB e, principalmente, do PT. Até por uma questão de pedaço de poder. Ainda assim, o colunista provavelmente se dirigiria ao PMDB com condenações de igual intensidade, mas ao PT? Jamais!

    Vamos lá, não é muito difícil transformar este parágrafo de forma a fazer jus ao maior partido brasileiro. Eu faço o trabalho:
    “O PT ( Partido dos Trabalhadores, hahaha! ) concentra o que há de pior na política brasileira. Não é à toa que esteve no centro, nas bordas, em cima, em baixo, dum lado e de outro do Mensalão. Fizeram de conta que iam se refundar, mas não podiam negar sua natureza. Também não é à toa que o PT indica ao Ministério dos Transportes o PL desde o início do Governo Lula até hoje”
    Vale uma consulta mas será que o PR, um partido verdadeiramente nefasto, teve 3 presidentes seguidos indiciados/investigados pela Polícia Federal ou o Ministério Público Federal? Com um detalhe agravante: Os presidentes do PT passaram por isto em pleno usufruto de seus mandatos partidários.

    O PT é o campeão disparado do que há de pior na política brasileira. As ações destes grupos de outros partidos que se fartam de roubar sempre será apenas um serviço subalterno frente ao poder central do PT. Infelizmente isto não é dito e repetido sempre pois quem tem coluna ou emprego em jornal tem medo.
    Posted by Da C.I.A

  6. Anrafel said

    O Globo, em sua deliberada miopia, atribui a Lula o desserviço de sucumbir ao fisiologismo na formação do governo. É de se matutar para saber onde estava o jornal no governo Sarney, que para se manter no poder por 5 anos (o que, pare ele, era governabilidade) distribui tudo o que tinha s mãos, principalmente estações de rádio e emissoras de TV, causando o imenso prejuízo à democracia, que sentimos até hoje.

    Sem falar no governo do PSDB, que em seu esforço de cooptação em favor das reformas e das privatizações fez o diabo para agradar o PMDB, o PFL e o baixo clero partidário e suas siglas mutantes e intercambiáveis.

    O ‘nunca na história desse país’ afetou o jornal pelo avesso. O diário parece contaminado pela curta memória das celebridades que a casa glamouriza e esquece que em política brasileira, quase nada se cria, quase tudo se copia.

  7. Chesterton said

    Sei, os erros do PT são culpa da rede Globo.

    Agora pela manhã, Sergio Abranches fala sobre trabalho que mostra que as termelétricas a carvão chineses ESFRIARAM O CLIMA! Que termelétrica a carvão não contribui para efeito estufa…amazing!!

    Daqui a pouco de aquecimento global – alterações climáticas – vamos para esfriamento global causado pelos burgueses-capitalistas…que tédio.

  8. Chesterton said

    A Polícia Civil mineira apresentou nesta terça-feira (5) homem acusado de matar por asfixia no último dia 30 uma idosa de 68 anos, em Contagem (MG), no primeiro dia em que conseguiu a liberdade condicional e foi liberado de presídio localizado na cidade de Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte.
    Segundo Luciano Vidal Ribeiro de Oliveira, um dos delegados responsáveis pela prisão, após o assassinato o suspeito, que cumpria pena por roubo, entregou-se à polícia no fim de semana passado e afirmou que preferia a cadeia a cometer outro assassinato sob efeito da “abstinência” de crack.
    Ainda conforme o policial, o homem relatou ter se arrependido da morte da mulher, para quem já havia prestado serviços de pedreiro.
    De acordo com Oliveira, o suspeito Cassiano Martins Simões, 26, após ser colocado em liberdade, procurou familiares, disse que havia fugido da unidade prisional e precisava de dinheiro. Munido de R$ 50, ele teria comprado e feito uso de crack.

    chest- é, ser a favor de liberar todas as drogas (como eu, para os filhos dos outros é óbvio) tem seus riscos..mas é isso que a “sociedade” quer…

  9. Anrafel said

    Chesterton e suas ilações.

    Não, cara, os erros do PT, que os tem demais, são culpa dele próprio.

    Eu estou me referindo aos ‘erros’ jornalísticos do Globo.

  10. Chesterton said

    Sim, mas Lula não teria vindo para corrigir isso? Porque levou aos píncaros? Porque tentar inocentar Lula, afinal até ao Sarney ele se associou.
    E vale a pena investigar a opinião de O Globo sobre o governo Sarney.

  11. Anrafel said

    Eu torcia para isso. Para boas práticas do partido e associações menos deletérias, mas o próprio partido acabou metendo de com força o pé na jaca e isso talvez seja o pior de tudo: quem não deveria fazer sucumbe à cultura política sempre deplorada, e faz. Quem sempre fez, está onde sempre esteja.

    A reforma do capitalismo brasileiro passa necessariamente por uma rejeição categórica, institucional e popular frente a esse estado de coisas.

  12. iconoclastas said

    #11

    “A reforma do capitalismo brasileiro passa necessariamente por uma rejeição categórica, institucional e popular frente a esse estado de coisas.”

    bonito isto… sério.

    xxx—xxx—xxx

    off #8

    “chest- é, ser a favor de liberar todas as drogas (como eu, para os filhos dos outros é óbvio) tem seus riscos..mas é isso que a “sociedade” quer…”

    Doc, dos teus filhos cuida vc, certo?

    ;^/

  13. Chesterton said

    claro.

  14. vilarnovo said

    Anrafael – O problema é que o PT de hoje é o mesmo PT de ontem. Não faz nada diferente. O que mudou foi a abrangência e o escrutínio que hoje o partido passa.

    As prefeituras que o PT comandava, antes de ter a presidência, sempre foram alvos de notícias de corrupção. Não podemos nos esquecer da República de Ribeirão Preto, o caso Celso Daniel.

    Acontece que o fanatismos religioso e ignorância de seus seguidores acabava por mascarar as más práticas petistas de antanho. Só que agora o PT virou vidraça.

    E o pior é que a pregação religiosa foi tão bem feita que muitas pessoas que considero inteligentes praticamente dizem: é ladrão mas é o MEU ladrão.

    Eu sempre digo que o PT nunca me decepcinou. Isso porque nunca esperei nada diferente dele mesmo.

  15. Olá!

    Isso que o Vilarnovo pôs no /comentário dele é algo bastante interessante, sobretudo a parte em que os simpatizantes/militantes do PT perdem o senso de qualquer padrão moral e passam a justificar os crimes cometidos pelos petistas (“É ladrão mas é o MEU ladrão.“). Isso é triste.

    Por razões como essa é que não fico surpreso pelo fato de o Delúbio ter retornado ao PT. Afinal de contas, como diria um petista: “”É ladrão mas é o MEU ladrão!

    Aliás, considero que é exatamente em lugares como o PT que pessoas do naipe de um Delúbio deveriam estar.

    Há uma entrevista da Marilena Chauí que ilustra bem essa construção ideológica e ilusória de que o PT pôde no passado ser um exemplo da moral pública, da moral administrativa e etc.

    Com a palavra, a grande filósofa petista, Marilena Chauí (vídeo):

    Lourival Santanna: Professora, nesse início de conversa eu fiquei com uma sensação de que se, no ano que vem, a Marta Suplicy, por exemplo, só uma hipótese, fosse eleita a prefeita de São Paulo, a senhora poderia tentar um convite. E, junto com isso, como é que a senhora avalia o benefício que o PT pode ter com o que está acontecendo hoje em São Paulo… essa espécie de expurgo, essa depuração que começa acontecer em São Paulo?

    Marilena Chaui: Então, para a sua primeira pergunta, a resposta é não. Eu, efetivamente, sou uma intelectual. Sendo uma intelectual, eu considero que a melhor maneira de se participar da atividade política é através de intervenções públicas, debates, polêmicas, participação nas atividades de discussão do partido, mas eu não tenho nenhuma vocação para atividade administrativa. Foi um sacrifício para mim, foi muito complicado, foi muito difícil e não é o meu lugar. Eu não faço nem com gosto nem com prazer. Com relação à segunda pergunta, eu diria que é a sociedade inteira que se beneficia com o que se passa nesse momento de revelação das condições das várias constituições em São Paulo. Eu penso que o PT se beneficia, porque mesmo nos períodos mais complicados da gestão da Luiza Erundina uma coisa nunca foi posta em dúvida, pela direita, pela esquerda, pelo centro, nunca: é a honestidade de um governante petista e a maneira como ele trata a coisa pública, efetivamente como uma coisa pública. Então, eu penso que a situação atual, ela beneficia o PT, ela faz com que seja recordada, relembrada e recuperada essa marca petista que é a honestidade política, a honestidade pública, a honestidade administrativa.

    Muitas pessoas acreditaram e ainda acreditam nisso.

    Até!

    Marcelo

  16. vilarnovo said

    Marcelo – E todos sabemos porque a Erundina foi expulsa do PT.

  17. Chesterton said

    Eu sempre digo que o PT nunca me decepcinou. Isso porque nunca esperei nada diferente dele mesmo.

    assinado, eu.

  18. vilarnovo said

    Pax – Vc viu que seu heroi Protógenes (hehehe só te provocando um pouco) está sendo acusado de enriquecimento ilítico. Junto dele está uma galerinha “tutti buona gente” como o Demarco e Paulo Henrique Amorin…

    http://www.conjur.com.br/2011-jun-30/demarco-amorim-sao-investigados-corromper-protogenes

    O ex-delegado Protógenes Queiroz, mesmo protegido por um mandato parlamentar, é alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal por interceptação telefônica ilegal, prevaricação e corrupção passiva. As suspeitas baseiam-se em dados apimentados. Seu patrimônio teria aumentado vinte vezes depois que entrou nessa luta do bem contra o mal. Protógenes e seu ex-chefe, Paulo Lacerda teriam vendido a operação satiagraha a empresários que queriam o naco de Daniel Dantas no mercado nacional de telefonia.

    No Inquérito que se encontra no Supremo Tribunal Federal, sob número 3.152, aparece o nome do empresário que teria financiado de maneira oculta a operação: Luís Roberto Demarco de Almeida. Diretor demitido do Opportunity, ele é descrito no inquérito como alguém que fez fortuna especializando-se em prestar serviços para os adversários de Dantas.

    (…)

    Conforme o despacho assinado pelo juiz federal Toru Yamamoto, que encaminhou o Inquérito 3.152 ao STF quando Protógenes tornou-se deputado, Demarco não é o único investigado por corrupção ativa nessa história escabrosa. O empresário Paulo Henrique Amorim, que se apresenta como um paladino do combate ao crime, responde pela mesma acusação de seu parceiro.

    Assim como Protógenes, Amorim ostenta um acréscimo de patrimônio incomum para os padrões da sua profissão. Ele é dono, por exemplo, de um imóvel na Quinta Avenida, em Nova York, em frente ao Metropolitan Museum. Segundo o próprio apresentador, a conta certa é de dois apartamentos nova-iorquinos.

    Os nomes de Demarco e Paulo Henrique Amorim surgiram no processo com a quebra do sigilo telefônico de Protógenes. Constatada a prática de fraudes no curso da célebre operação, a própria PF decidiu checar a origem do entusiasmo do delegado com a missão. Foi quando se apurou que Protógenes trocara pelo menos 422 telefonemas com a dupla de empresários nos doze meses que antecederam a deflagração da operação.

    Ao mesmo tempo, o então delegado passou a receber, em “doação” parte dos sete imóveis dos quais ele declarou ser proprietário à justiça eleitoral. Protógenes declarou também à Justiça eleitoral ter R$ 284 mil guardados em casa e uma conta na Suíça.

    A investigação em torno do patrimônio do hoje deputado, contudo, mostra que a declaração tem erros em volume suficiente para justificar a cassação do mandato de Protógenes. Parte do seu patrimônio foi omitido e o valor total dos bens declarados (R$ 834 mil) seria seis vezes maior (R$ 5,04 milhões). Antes de se tornar delegado, o patrimônio de Protógenes, segundo sua declaração, era de R$ 206 mil.

    (…)

  19. Olá!

    Vilarnovo (#16), muito bem lembrado o caso da expulsão da Erundina. O PT expulsou a coitada.

    Também, quem mandou ela apoiar o governo do Itamar Franco?!?! Afinal de contas, na visão petista, foi ali, no governo Itamar, que nasceu o “neoliberalismo” (Plano Real) que os petistas iriam combater implacavelmente por longos 8 anos.

    “Neoliberalismo” é fazer plano de estabilização monetária. Progressismo/esquerdismo é conviver com uma inflação de 2500% ao ano.

    Até!

    Marcelo

  20. Pax said

    Sinceramente? Mordo a língua. A Veja fez um bom serviço ao Brasil dessa vez. Caiu Alfredo Nascimento.

    Tomara que o governo entenda que vale mesmo a pena dispensar o PR por inteiro.

    Quem sabe o tom da valsa se ajuste um pouco.

    Falta mesmo é que o próprio PT queira resgatar um pouco da sua imagem mais que deteriorada.

    Go Dilma, Go!

  21. Olá!

    A Revista Veja é um boa revista. Perguntem para a Erenice Guerra, por exemplo.

    Até!

    Marcelo

  22. Chesterton said

    Sinceramente? Mordo a língua. A Veja fez um bom serviço ao Brasil dessa vez. Caiu Alfredo Nascimento.

    chest- você deseja que caia tb a responsavel pela sua nomeação? Ou vai ficar só na casquinha?

  23. Pax said

    Caro Chesterton,

    Quem está despencando é a biografia do Lula. Dilma ainda é um traço no gráfico de relevância política no Brasil. E ainda tem crédito, sim. Ainda mais quando há fortes indícios que ela se indispõe com uma ala do PT que manda muito, mas vale pouco, muito pouco.

  24. Olá!

    E dizer que o Pax, há um tempo atrás, chamava o Lula de “Meu Lula“.

    Fazer isso com qualquer político é um erro tremendo, atroz mesmo.

    Até!

    Marcelo

  25. Chesterton said

    Mas o PAX reconhecer isso é admirável numa pessoa de esquerda.

  26. Olá!

    De fato, Chesterton. O Pax reconhece isso e não vem com aquela conversa tosca de “É ladrão mas é o MEU ladrão!“.

    Parabéns ao Pax.

    Até!

    Marcelo

  27. Olá!

    Esse Aldo Rebelo é sacanageiro pacas!

    Até!

    Marcelo

  28. Olá!

    O comentário anterior era no outro post!

    Sorry!

    Marcelo

  29. Chesterton said

    Claro que ele vai dizer que Lula desvirtuou a esquerda, como se fazer o que Lula fez fosse novidade….que a equerda é ótima, tem planos excelentes para o futuro e que a direita é má, feia e boba.

  30. Chesterton said

    Há uma semana, o governo da China inaugurou a ponte da baía de Jiaodhou, que liga o porto de Qingdao à ilha de Huangdao. Construído em quatro anos, o colosso sobre o mar tem 42 quilômetros de extensão e custou o equivalente a R$2,4 bilhões.
    Há uma semana, o DNIT escolheu o projeto da nova ponte do Guaíba, em Ponte Alegre, uma das mais vistosas promessas da candidata Dilma Rousseff. Confiado ao Ministério dos Transportes, o colosso sobre o rio deverá ficar pronto em quatro anos. Com 2,9 quilômetros de extensão, vai engolir R$ 1,16 bilhões.
    Intrigado, o matemático gaúcho Gilberto Flach resolveu estabelecer algumas comparações entre a ponte do Guaíba e a chinesa. Na edição desta segunda-feira, o jornal Zero Hora publicou o espantoso confronto númerico resumido no quadro abaixo:

    Os números informam que, se o Guaíba ficasse na China, a obra seria concluída em 102 dias, ao preço de R$ 170 milhões. Se a baía de Jiadhou ficasse no Brasil, a ponte não teria prazo para terminar e seria calculada em trilhões. Como o Ministério dos Transportes está arrendado ao PR, financiado por propinas, barganhas e permutas ilegais, o País do Carnaval abrigaria o partido mais rico do mundo.
    Depois de ter ordenado o afastamento dos oficiais, aí incluído o coronel do DNIT, Dilma Rousseff parece decidida a preservar o general. “O governo manifesta sua confiança no ministro Alfredo Nascimento”, avisou nesta segunda-feira uma nota da Presidência da República. “O ministro é o responsável pela coordenação do processo de apuração das denúncias feitas contra o Ministério dos Transportes”. Tradução: em vez de demitir o chefe mais que suspeito, Dilma encarregou-o de investigar os chefiados.
    Corruptos existem em qualquer lugar. A diferença é que o Brasil institucionalizou a impunidade. Se tentasse fazer em outros países uma ponte como a do Guaíba, Alfredo Nascimento e seus parceiros saberiam que o castigo começa com a demissão e termina na cadeia.

  31. Pax said

    Defina-se, caro Chesterton,

    Tem horas que você reclama que te chamem de direita, tem horas que você só se refere à direita como teu viés político, e outras que diz que o termo é ruim, que você é mesmo um conservador.

    Caramba, já está na idade de achar um rumo político e sequiçual, não?

    =)

    Cá sempre me defini social democrata. E continuo com a mesmíssima convicção e sonho com os modelos nórdicos, sim, que o caro Marcelo Augusto diz estarem repletos de valores liberais. Que sejam. São meus modelos, é onde gostaria que chegássemos.

    E lá, só pra não perder a viagem, político não tem mordomia e corrupto não tem liberdade se for pego.

  32. Chesterton said

    você sonha com nórdicos e eu que tenho que definir minha opição sequiçual? (rs)

  33. Pax said

    =)

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: