políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Cai Alfredo Nascimento. Agora só falta dispensar o PR inteiro.

Posted by Pax em 06/07/2011

O ministro Alfredo Nascimento pediu demissão. Agora só falta Dilma dispensar o apoio do próprio PR. Quais razões impedem esta decisão? Esta é uma boa discussão que põe em evidência os problemas de um presidencialismo de coalizão onde os pares não tem interesses republicanos.

Vale lembrar que pedido de demissão não significa absolvição de eventuais ilícitos. Idealmente as investigações devem continuar até o completo esclarecimento de todas as acusações apontadas.

Ministro dos Transportes pede demissão

Luciana Lima – Repórter da Agência Brasil

Brasília – O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, encaminhou há pouco pedido de demissão, em caráter irrevogável, à presidente Dilma Rousseff. Nesta semana, a revista Veja publicou reportagem denunciando um esquema de cobrança de propina no ministério comandado por Nascimento.
De acordo com a denúncia da revista, a propina era paga para o PR – partido do ministro. A reportagem provocou o afastamento de quatro funcionários da cúpula do ministério. Nascimento é senador pelo Amazonas e deverá reassumir sua vaga.
De acordo com nota divulgada pelo Ministério dos Transportes, o ministro decidiu pedir demissão, em caráter irrevogável, para poder esclarecer as denúncias.

“O ministro de Estado dos Transportes, senador Alfredo Nascimento, decidiu deixar o governo. Há pouco, ele encaminhou à presidenta Dilma Rousseff seu pedido de demissão em caráter irrevogável”, diz a nota.
“Com a determinação de colaborar espontaneamente para o esclarecimento cabal das suspeitas levantadas em torno da atuação do Ministério dos Transportes, Alfredo Nascimento também decidiu encaminhar requerimento à Procuradoria-Geral da República pedindo a abertura de investigação e autorizando a quebra dos seus sigilos bancário e fiscal. O senador está à disposição da PGR para prestar a colaboração que for necessária à elucidação dos fatos”, acrescenta o documento.
A nota informa ainda que Alfredo Nascimento reassumirá sua cadeira no Senado Federal e a presidência nacional do PR, além de colocar-se à disposição dos colegas “para participar ativa e pessoalmente de quaisquer procedimentos investigativos que venham a ser deflagrados naquela Casa para elucidar os fatos em tela”.

Em seis meses de governo, a presidenta Dilma Rousseff fez quatro alterações no primeiro escalão, sendo que dois ministros saíram em meio a suspeitas de corrupção. O primeiro cair foi Antonio Palocci, que chefiava a Casa Civil, e deixoou o governo em meio a suspeitas de enriquecimento ilícito.

No rescaldo da queda de Palocci, homem que cuidava no Planalto, em grande parte, das conversas com deputados, senadores, governadores e prefeitos, Dilma Rousseff teve que fazer ajustes na articulação política e remanejou o ministro Luiz Sérgio, da Secretaria de Relações Institucionais para a pasta da Pesca.
Em troca, a ministra Ideli Salvatti, que ocupava a pasta da Pesca, assumiu a de Relações Institucionais.

Anteontem, o Planalto chegou a se pronunciar a favor da permanência de Alfredo Nascimento no cargo.

Anúncios

30 Respostas to “Cai Alfredo Nascimento. Agora só falta dispensar o PR inteiro.”

  1. Chesterton said

    O PR é da conta do Lula.

  2. ed said

    JÁ OBSERVARAM QUE ESSES CUNPANHERUS APRENDERAM COM O LULALAU ,SÓ FALTA O CABRALALAU SER CASSADO. E OS ALUNOS DO LULALAU ESTÃO TODOS CAINDO QUE CONTINUE ASSIM.

  3. Pax said

    Segundo esta notícia do Estadão, no fundo, no fundo, quem caiu foi o Valdemar da Costa Neto, o manda-chuva do PR.

    Pelo que este blog entende, faz bastante sentido.

    E dá um alívio danado tirar de cena figura desse “calibre”. Cada tiro deste cidadão, segundo o noticiário, faz um estrago para a sociedade do tamanho de alguns hospitais, várias escolas etc.

    Vídeo flagra ex-ministro cooptando deputado para o PR

    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,video-flagra-ex-ministro-cooptando-deputado-para-o-pr,741802,0.htm

  4. vilarnovo said

    Pax – Caiu nada… já está a comandar a mudança no ministério. Enquanto esses caras não forem presos, nada irá mudar.

    O erro do ministro foi achar que era Lula onde nada pegava…

    Veja o caso do filho dele. É diferente do que aconteceu com o Lulinha e sua empresa de games?

  5. Pax said

    Caro Vilarnovo,

    Você coloca um ponto interessante. Há uma tese que Dilma difere de Lula.

    Este caso é um bom termômetro para aferirmos se isto é verdade ou não, segundo penso.

    De duas, uma: ou bem Dilma põe pra fora o Alfredo e o Valdemar, ou a tal tese é furada.

    Qual tua opinião?

  6. Pax said

    Opinião: Abaixo coloco uma tuitada do Serra, de agora. Entende que tem moral para falar de corrupção em obras de rodovias etc. Ok, direito dele. Mas é direito meu, também, lembrar de Paulo Preto e toda lambança suspeita que rola aqui em Sampa. E rola. Se apertar (não deixam abrir CPI) envolve a questão dos pedágios (subiram quase 10% neste último mês).

    E o que me incomoda?

    Ora, a tal questão que há uma desmobilização geral da sociedade. Quem mesmo vai acreditar em algum destes que venha com uma bandeira de moralização da coisa pública?

    Este, para mim, foi o tremendo desserviço que Lula e o PT fizeram ao país. Não se acredita em mais niguém.

    Ou, então, caso eu esteja errado, trocar os operadores das (digamos supostas, por obrigação legal) falcatruas de Valdemar por um Paulo Preto é um bom negócio.

    Cá, comigo, não acho.

  7. Olá!

    Eita! Esses filhos de políticos se tornando milionários da noite para o dia é um troço atroz.

    Eis aí exemplos de empreendedores bem-sucedidos. Mas para chegar lá tiveram de atar laços bem firmes com as estruturas de poder do nosso país no sentido de ter acesso ao dinheiro público.

    Enfim, eis aí nos nossos empreendedores e suas start-ups da corrupção. Porém, diferentemente das start-ups convencionais, que agem como mecanismos de pesquisa de novos nichos/segmentos dentro do livre mercado, as start-ups dos filhos dos políticos procuram novos nichos dentro da corrupção.

    Até!

    Marcelo

  8. Pax said

    Dois parágrafos finais do Editorial da Folha:

    O PR -que até 2006, quando se fundiu com o Prona, se chamava PL- locupletou-se na pasta desde o início do governo Lula, em 2003. Dilma agiu desta feita com maior rapidez, mas de pouco adiantará a troca da cúpula se não houver disposição do Planalto para escorraçar a cultura quadrilhesca que se encastelou no ministério.

    Não é concebível que uma área da administração com tamanha importância estratégica para o desenvolvimento do país esteja sequestrada pelo que há de pior nos hábitos políticos brasileiros. Essa é a hora de a presidente estabelecer novos parâmetros de moralidade e conduta para a pasta.

    Não consigo discordar.

    Aqui, para assinantes: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz0707201101.htm

  9. Anrafel said

    A questão dos pedágios é uma tremenda casa de marimbondos. Tudo indica sair dali grana para o caixa 2 dos partidos à frente dos governos estaduais. Como oposição e governo estão nessa situação, não interessa a ninguém mexer nisso aí.

  10. Chesterton said

    Pax falando mal de Lula? será que estou sonhando?

  11. Chesterton said

    Só pode ser brincadeira. A capa de O Globo é a piada da crise. Dilma Rousseff foi quem autorizou todos os aditivos que geraram corrupção desenfreada no Ministérios dos Transportes. Um escândalo que envolve todo o PR. No entanto, Dilma vai manter o órgão nas mãos do partido, o que significa que não desmontou coisíssima nenhuma. A corrupção nos Transportes vem desde o tempo do Lula. E, principalmente, da Mãe do PAC: a Dilma.

    blog do coronel

  12. Pax said

    Caro Anrafel,

    Na questão dos pedágios há fortes indícios que em São Paulo a coisa vai à além do que vai nos outros cantos.

    Caro Chesterton,

    Quem está falando mal do Lula, muito mal, por sinal, é a própria tropa que ele deixou de herança. São bombas de efeito retardatário que estão explodindo. Caem ministros, sim, mas a biografia do Lula vai junto. A sociedade não é tão estúpida como supõem por aí.

  13. vilarnovo said

    Pax – Não vai colocar. Não tem como colocar. Isso que foi “descoberto” é prática comum em todo funcionalismo público brasileiro. Não dá para ficar surpreso com isso. Quantas vezes já vimos esse tipo de notícia?

    Ela não vai bricar como o PR porque tem rabo preso.

    Dilma só difere de Lula porque Lula é inimputável. O PT gastou milhões para blindar Lula. Mas um dia o dinheiro acaba. Como acabou.

    Dilma tem tido dificuldade pois o dinheiro que o Lula usava para comprar os deputados que era principalmente o dinheiro de emendas, ficou mais ralo. E com isso os ilustres estão assaltando os ministério de maneira jamais vista.

    Mas o que o homem dos Transportes fez foi diferente do que Zé Dirceu faz? Diferente do que Palocci faz? Diferente do que Lula fez?

    Isso aí tudo é culpa do povo idiota do Brasil que vota nessas pessoas. Só deles. Enquanto continuarem a reconduzir essa mesma patota, nada irá mudar.

    O duro é que não há diferenças entre o lado de lá. Que a bem da verdade, é o mesmo lado.

    Talvez a maior diferença entre o PT e o PSDB é que esse último é mais, digamos, comedido.

    O PT nasceu de uma máfia, que é a máfia dos sindicatos. O modis operandis passou para as prefeituras e depois para a presidência.

    O país está caminhando a passos largos para um típo país facista.

  14. vilarnovo said

    Pax – Só uma coisa: porque vc acha que Lula fez questão de deixar seus indicados em ministérios com grande volume de verba? Coincidência?

  15. vilarnovo said

    Pax – ” A sociedade não é tão estúpida como supõem por aí.”

    Einstein já disse uma vez: “Só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana, mas não estou seguro sobre o primeiro”.

    Tendo a concordar com ele.

  16. Chesterton said

    A sociedade não é tão estúpida como supõem por aí.

    chest- quer dizer que todos que aplaudiram Lula agiam de modo estúpido? Quem diria…

  17. Chesterton said

    O país está caminhando a passos largos para um típo país facista.

    chest- Pô, Villar, escrevi isso aqui semana passada.

  18. Olá!

    O PT se mostrou incapaz de modernizar o capitalismo brasileiro.

    Até!

    Marcelo

  19. Olá!

    “O PT nasceu de uma máfia, que é a máfia dos sindicatos. O modis operandis passou para as prefeituras e depois para a presidência.”

    Os petistas vivem dizendo que o partido é resultado da luta do proletariado.

    Até!

    Marcelo

  20. vilarnovo said

    Marcelo,

    Bakunin há muito tempo já cantou essa bola:

    “Assim, sob qualquer ângulo que se esteja situado para considerar esta questão, chega-se ao mesmo resultado execrável: o governo da imensa maioria das massas popular faz-se por uma minoria privilegiada. Esta minoria, porém, dizem os marxistas, compor-se-á de operários. Sim, com certeza, de antigos operários, mas que, tão logo se tornem governantes ou representantes do povo, cessarão de ser operários e por-se-ão a observar o mundo proletário de cima do Estado; não mais representarão o povo, mas a si mesmos e suas pretensões de governá-lo. Quem duvida disso não conhece a natureza humana”.

  21. Chesterton said

    “O Dnit é um colegiado. O Hideraldo manda tanto quanto o Pagot”, disse, em referência ao petista Hideraldo Caron, diretor de Infraestrutura Rodoviária do Dnit, e listando, em seguida, todo o colegiado do órgão.

    Caron, filiado ao PT do Rio Grande do Sul desde 1985, é apontado por políticos como uma espécie de “espião” de Dilma Rousseff no Dnit. Segundo Pagot, ele era responsável por 90% das obras, já que cuidava da diretoria de Infraestrutura do órgão. “No Dnit só se aprova por unanimidade.

    chest- do Reinaldão, o melhor jornalista brasileiro, e que ao contrario dos amigos do Pax, Amorim et caterva, não está sendo investigado pelo ministerio publico.

  22. Pax said

    Caro Chesterton,

    O titio não é o melhor jornalista brasileiro. Ele pode ser o melhor porta-voz da oposição, onde se situa. E se é o melhor, talvez explique porque hoje não há oposição no Brasil.

    Simples assim.

    Histeria dá dinheiro para espertalhões em alguns casos, mas voto mesmo não parece ser o caso.

  23. Chesterton said

    O titio não é o melhor jornalista brasileiro.

    chest- lol

  24. Olá!

    Vilarnovo, muito boa a referência ao Bakunin.

    Nos tempos de hoje, ele seria considerado “neoliberal” pela esquerda brasileira.

    Até!

    Marcelo

  25. Pax said

    O Kotscho normalmente é uma boa fonte. Governista, por certo, mas uma boa fonte.

    Será que ele este seu último post está correto? Confesso que fiquei em dúvidas. Mas ao ler, também, o último post do Josias de Souza, parece que as preces do blog foram atendidas.

    Ou seja, segundo estes dois bons jornalistas, um governista e outro não, o PR foi para as cucuias.

    Tomara que sim.

    Go, Dilma, Go!

    Ricardo Kotscho – Dilma faz a coisa certa: dá um murro na mesa
    http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2011/07/12/dilma-faz-a-coisa-certa-da-um-murro-na-mesa/

    Josias de Souza – Nascimento: ‘Quem sabe tudo do ministério sou eu…!’
    http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/arch2011-07-01_2011-07-31.html#2011_07-13_07_42_58-10045644-0

    (em especial, no Josias, este parágrafo: – Homens e bombas: Horas depois de ser atropelada por Dilma Rousseff na definição do novo ministro dos Transportes, ala significativa do PR se reuniu no apartamento de Valdemar Costa Neto para avaliar os “estragos”.)

    Supondo que ambos estejam corretos, houve, sim, uma ruptura do planalto com a cúpula do PR que, segundo o noticiário todo, fazia do Ministério dos Transportes e seu farto orçamento, um arraial onde brincava de quadrilha.

  26. Pax said

    Outra fonte boa – hoje na Folha – para assinantes
    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz1307201104.htm

    FERNANDO RODRIGUES

    Marketing e realidade

    BRASÍLIA – Volto de férias e constato que o Partido da República está de novo envolvido em ações pouco republicanas.
    Suspeitas de corrupção produziram a queda da cúpula do Ministério dos Transportes, uma capitania hereditária concedida ao PR. O donatário da sigla é Valdemar Costa Neto, um sobrevivente. Renunciou ao mandato de deputado em 2005, no auge do mensalão. Seria cassado. Escapou. Depois, voltou à Câmara em 2006 e 2010. Hoje, é a eminência parda de seu partido.
    A presidente Dilma Rousseff nomeou Paulo Sérgio Passos ministro dos Transportes. Ao assumir, o novo titular prometeu “reajustes para limpar” a pasta. Impedirá a influência do poderoso Valdemar?
    No Congresso, parte dos deputados e dos senadores do PR lamuriavam ontem pelos cantos. Faltaram a um almoço de líderes governistas. Justificaram com uma ironia tosca -estariam todos de regime.
    Pela lógica da política em Brasília, nem o novo ministro fará uma razia nos Transportes nem o PR deixará o governo. Assim como as melancias se acomodam na carroceria de um caminhão rumo à feira, todos encontrarão seus espaços em breve. Continuarão a ir às compras, refestelando-se em licitações de estradas, pontes e viadutos.
    Diante desse desfecho quase inevitável, fica uma dúvida sobre a real intenção pretendida pela presidente da República no episódio. Não está clara a fronteira entre o marketing e a realidade.
    O Planalto age com destreza nesta crise. Dilma reforça a imagem de política firme, intolerante com atos de corrupção, a favor de uma profilaxia no setor de transportes. Afinal, cortou várias cabeças.
    Mas há dúvida sobre o enquadramento dos 40 deputados (um número emblemático) e dos seis senadores do PR. Os tubos alimentando a fisiologia dessa legenda continuam ligados. Só nos próximos dias saberemos se Dilma irá, de fato, desconectá-los.

  27. Pax said

    Nunca vi um acerto tão grande, tirando toda modéstia, que esta manchete de post.

    Do Estadão…

    Bastidores: ‘Todo dia a gente abre o jornal e tem crise no ministério’, diz Dilma
    Presidente pediu afastamento imediato de Sadok após ler a reportagem do ‘Estado’

    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,bastidores-todo-dia-a-gente-abre-o-jornal-e-tem-crise-no-ministerio-diz-dilma,745562,0.htm

    Então, repetindo a manchete:

    Cai Alfredo Nascimento. Agora só falta dispensar o PR inteiro.

    Ao menos do Ministério dos Transportes parece que a coisa está andando. Mas minha opinião é que esta crise deveria chutar o PR da base aliada, limpa geral. Não custa torcer.

  28. Pax said

    Este advogado é um gênio dos negócios…

    Só tem sócios e clientes de primeira

    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI249602-15223,00.html

  29. Chesterton said

    ‘Todo dia a gente abre o jornal e tem crise no ministério’, diz Dilma

    chest- mas o ministerio não é dela? ela é a responsavel.

  30. Chesterton said

    http://www.implicante.org/noticias/novo-ministro-dos-transportes-diz-que-pode-ter-cometido-falha-ao-duplicar-valor-de-obra/

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: