políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

PR: hora da ruptura

Posted by Pax em 19/07/2011

Não é tempo de ruptura total com o PR? As decisões de Dilma neste processo de limpeza no Ministério dos Transportes podem determinar todo o futuro de seu governo. Mesmo que saibamos de antemão que outro escândalo substituirá este na pauta, cedo ou tarde. A questão que se coloca é o quanto o governo é refém ou protagonista deles.

Denúncias derrubam mais três assessores do Ministério dos Transportes

Da Agência Brasil

Brasília – O Diário Oficial da União publica hoje (19) a exoneração de mais três assessores do Ministério dos Transportes: José Osmar Monte Rocha, Estevam Pedrosa e Darcy Michiles. Os três eram ligados ao ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento e ao deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), réu na ação penal que tramita no Supremo Tribunal Federal para apurar denúncias de irregularidades em um esquema de pagamento de propina que ficou conhecido como mensalão.

José Osmar Monte Rocha está envolvido no caso de um atestado que ajudou na contratação de uma empresa de fachada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), segundo reportagem publicada hoje (19) pelo jornal O Estado de São Paulo. Ele era assessor para assuntos administrativos do ministério.

Darcy Michiles é filiado ao PR e era secretário de Fomento para Ações de Transportes do Ministério dos Transportes e Estevam Pedrosa era um dos principais assessores do ex-ministro Alfredo Nascimento.

O contador Augusto César Carvalho Barbosa de Souza, que seria sabatinado no próximo dia 7 pela Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado, teve sua indicação cancelada, em função das denúncias.

Anúncios

25 Respostas to “PR: hora da ruptura”

  1. Pax said

    Dá para discordar do editorial de O Globo (pescado no blog do Noblat)?

    Corrupção desvia dinheiro de impostos (Editorial)
    O Globo

    Um dos melhores símbolos do estágio de degradação a que chegou o Ministério dos Transportes sob controle do PR e auspícios do lulopetismo é Frederico Augusto de Oliveira Dias. Pois Fred, ao cumprir expediente no mal-afamado Dnit sem pertencer aos quadros do departamento, é a prova viva de como a repartição pública foi privatizada pelos interesses da baixa política.

    O clandestino Frederico, segundo confirmou o novo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, tratava no Dnit dos interesses do virtual chefe da Pasta, o mensaleiro Valdemar Costa Neto, deputado por São Paulo pelo PR e tido como o grande negocista de toda a rede de corrupção montada no setor desde o início do primeiro governo Lula.

    Parece sem fim a sucessão de malfeitos no ministério. Apenas no quesito corrupção com nepotismo, surgiram dois casos: o enriquecimento vertiginoso de Gustavo — filho do ex-ministro Alfredo Nascimento, presidente do PR —, patrocinado pela influência do pai; e contratos de obras públicas repassados à construtora da mulher de José Henrique Sadok de Sá, diretor-executivo do Dnit, afastado quando circulou a denúncia.

    Há inúmeras evidências de superfaturamento para financiar o pagamento de propinas por empreiteiros, dinheiro que, no mínimo, abasteceria o caixa dois do PR.

    Na outra ponta desta rede de corrupção estão milhares de quilômetros de estradas em condições precárias. Como informa reportagem do GLOBO: no ano passado, do 1,5 milhão de quilômetros de estradas existentes no país, só 212 mil, ou 13%, estavam pavimentados.

    Esta é a face perversa de todo esquema de corrupção na esfera pública: gastam-se bilhões em contratos, e os principais beneficiários não são os usuários das estradas, mas empresas de livre trânsito em Brasília e políticos que vivem de vender “facilidades” para empreiteiros. Como os do PR flagrados em delito.

    Quando estourou o escândalo que arrastou o ministro Alfredo Nascimento, junto com Luiz Pagot, diretor-geral do Dnit, e fez Valdemar Costa Neto mergulhar para fugir do noticiário, Jorge Hage, controlador-geral da União, foi sucinto e certeiro: “O Dnit tem o DNA da corrupção.”

    De 2009 para 2010, ano eleitoral, o total de contratos firmados pelo departamento sem licitação aumentou 33%. Apenas no ano passado — não por acaso de eleições —, o Dnit pagou, com dinheiro do contribuinte, R$ 228,2 milhões por obras não licitadas.

    Gastos em “gerenciamento ambiental” são astronômicos, também feitos, em certos casos, sem concorrência. Uma empresa de nome Contractor deverá receber R$ 66,8 milhões para fazer este gerenciamento num trecho de apenas 6,2 quilômetros da BR-101, no contorno rodoviário de Vitória, Espírito Santo.Uma conta aritmética simples chega ao custo de R$ 10,7 milhões por cada mil metros.

    A abertura da caixa-preta do Ministério dos Transportes confirma que o brasileiro está no pior dos mundos: recolhe ao Estado bilhões em impostos, mas quase nada recebe em troca, enquanto parte do dinheiro desaparece nos desvãos da fisiologia que passou a imperar em Brasília a partir de janeiro de 2003.

    Como disse no título do post, a hora é de ruptura com o PR ou de assumir que não quer resolver o problema. Que ele está muito bem exposto, está, sim.

  2. Patriarca da Paciência said

    O que me espanta é o seguinte – temos excelentes promotores e exelentes juízes.

    Por que razão esse pessoal não é processado, preso e condenado a devolver tudo que afanaram?

    Para mim é um verdadeiro mistério, visto que as instituições funcionam livremente.

  3. Patriarca da Paciência said

    Mas que não venham dizer também que essas coisas só acontecem no Brasil.

    Lá na Inglaterra, o primeiro jornalista que denunciou o esquema de escutas clandestinas do tal Murdoch apareceu morto e ninguém, até agora, sabe de nada.

  4. Pax said

    A questão, caro Patriarca, a meu ver, é que nosso problema é o Brasil e não a Inglaterra.

    E já não é de hoje que entendo ser necessário dar um basta ao modelão implantado.

    Ou, então, uma rendição total ao status quo que me parece um tremendo retrocesso.

    É por isso que advogo a ruptura com o PR, numa tentativa de dar o tom. Caso contrário o governo Dilma vai para as cucuias em bem menos de um ano de atuação.

    Minha pergunta, colocando de outra forma:

    Mais vale a pena tentar segurar o apoio do PR ou peitar a ruptura?. Qual das duas opções terá menos prejuízo.

    No curto, médio e longo prazo?

  5. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    colocar um partido inteiro sob suspeita?

    É algo que pode provocar um verdadeiro terremoto.

    Agora, romper de maneira absoluta e definitiva com o Valdemar Costa Neto, sou totalmente a favor.

    Já está provado que o homem é um corrupto nato.

    O nosso caro José Alencar foi do PR.

    Não podemos ser tão radicais.

  6. Pax said

    Caro Patriarca,

    O Valdemar da Costa Neto é o “dono” do PR.

    Romper com ele será romper com o PR de qualquer forma. Mas… caso você queira aliviar, aceito, ok, que se rompa com o Valdemar e toda sua quadrilha.

    Vai sobrar muito pouco.

    O que não aceito, ou, já que não sou do PR, não acho nem um pouco aconselhável: que se invente um jogo de panos quentes. O povo não é bobo e a munição para a oposição será de uma fartura só.

  7. Chesterton said

    Vamos começar colocando o filho do Lula na cadeia?
    Depois o Pallhaci?
    Depois o Dirceu?

  8. Patriarca da Paciência said

    Achei esquesito mas engraçado.

  9. Chesterton said

    TERÇA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2011
    Marina Silva pedirá desculpas ao país? E os ministros Cardozo e Rosário?
    Há um mês atrás, este Blog já antecipava os resultados das investigações sobre o assassinto do “casal de extrativistas”, no Pará. A Polícia Federal do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que participou de um movimento que tinha como objetivo manipular a opinião pública, fazendo até minuto de silêncio no plenário da Câmara para ligar as mortes com conflitos agrários, numa tentativa desesperada de barrar o Código Florestal, só revelou oficialmente hoje o resultado das investigações. FOI BRIGA DE ASSENTADOS. NÃO EXISTE NENHUMA LIGAÇÃO COM A APROVAÇÃO DO CÓDIGO FLORESTAL. Leia aqui, na Folha.

  10. Chesterton said

    coronel coturno

  11. HRP IN CONCERT! said

    Patriarca veja esse video e o bom texto do Brizolinha:
    http://www.tijolaco.com/a-covardia-nao-vai-vencer-os-meninos-palestinos/

  12. Pax said

    Bem, tem gente preocupada com essas atitudes de Dilma, de passar o rodo. Ao menos é o que diz a notícia da Folha…

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/po2007201103.htm

    Lula teme que Dilma se isole da base governista

    Ex-presidente diz a aliados que pode haver retaliação contra demissões

    Integrantes da corrente majoritária do PT dizem que rito sumário coloca em risco as alianças que sustentam o governo

    CATIA SEABRA
    NATUZA NERY
    DE BRASÍLIA

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou a interlocutores sua preocupação com o estilo de Dilma Rousseff na condução da crise dos Transportes.
    Nas conversas, Lula disse ter medo de que o rito sumário nas demissões e o temperamento de Dilma imponham riscos à governabilidade, levando-a ao isolamento.
    O ex-presidente tem avaliado que, graças à aliança de 15 partidos, Dilma ainda possui capital político para tomar medidas drásticas, como a exoneração em massa de dirigentes nos Transportes.
    Sua apreensão está na hipótese de desperdiçar esse ativo agora: ele teme que o troco aconteça num momento de fragilidade do governo.
    Para descartar mal-estar com a ideia de que Dilma esteja tendo problemas com seu legado, Lula faz questão de repetir que o novo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, comandava a pasta no fim de sua gestão.
    Petistas afirmam que Lula apoia o rigor de Dilma, mas discorda dos métodos, sobretudo do tratamento dado ao PR. Após as denúncias, a sigla foi excluída do processo de sucessão na pasta que comanda há quase nove anos.
    “Ela criou um rito [de demissão]. Em caso de suspeita, vai ter que valer para todos, até mesmo para o PT”, afirma o líder do PR na Câmara, Lincoln Portela (MG).
    A inquietação de Lula se estende ao PT: “Aplaudimos o rigor dela”, disse o líder do partido na Câmara, Paulo Teixeira (SP). “A administração desse processo tem que ser feita, na minha opinião, com diálogo com o PR, tendo em vista a necessidade da governabilidade e a relação com os partidos”, disse.
    Integrantes da corrente majoritária do partido (Construindo um Novo Brasil, de Lula) reclamam que a fórmula de Dilma contraria o princípio da ala de costurar um amplo arco de alianças. A crítica é feita veladamente por várias tendências.
    A mensagem é de alerta: Dilma diz que privilegiará técnicos no governo, então afasta-se da classe política.

    PERSONALIDADE
    Na opinião de petistas, a personalidade de Dilma contribuiu para esse distanciamento. Dizem que ela se aborrecia tanto quando ventilavam pela mídia nomes cotados para o ministério que sacramentou o convite a Paulo Passos num rompante.
    Colaboradores constantemente se queixam dos arroubos de Dilma a ponto de temê-la. No PT, diz-se que Dilma é pouco aberta a críticas. Também confia em poucos.
    Segundo a Folha apurou, Dilma ouve poucos aliados antes de tomar decisões.
    O grupo de ministros do Planalto -Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil)- adotou um procedimento atípico até aqui: ensaiar um discurso comum para tentar convencer.

    Cá do meu canto digo: vá, Dilma, vá.

    Pague pra ver.

    Acho que se a jurupoca piar a sociedade estará ao seu lado, sim.

    Não custa nada achar isso.

  13. Pax said

    @gcamarotti
    gerson camarotti
    Faxina nos Transportes tem deixado em pânico os partidos da base aliada! Todo mundo teme ser o próximo alvo de Dilma!

  14. Chesterton said

    Imóveis do governador do DF foram bloqueados pela Justiça
    O Globo

    A Justiça Federal no Rio de Janeiro decretou a indisponibilidade dos bens imóveis do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT). O motivo é o superfaturamento no aluguel antecipado da Vila do Pan.

    Agnelo foi ministro dos Esportes durante o primeiro mandato do governo Lula (2003-2006), quando ocorreram os preparativos para os Jogos Pan-Americanos de 2007, realizados no Rio de Janeiro.

    O bloqueio de bens imóveis também atinge André Gustavo Richer, vice-presidente do Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos Rio-2007 (Co-Rio) e Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Além dos dois, a medida alcança ainda o próprio Co-Rio, a SPE Pan 2007 Empreendimentos Imobiliários e o ex-secretário de Esporte de Alto Rendimento, André Almeida Cunha Arantes.

    A decisão saiu no Diário da Justiça do Rio de Janeiro de 28 de junho deste ano.

    De acordo com denúncia do Ministério Público Federal, na qual se baseou a decisão, o custo do aluguel de 1.490 apartamentos da Vila do Pan cresceu 62% sobre o orçamento inicial, passando de R$ 15,4 milhões, pelo valor de mercado, para R$ 25 milhões, segundo relatório do Tribunal de Contas da União (TCU).

    Siga o Blog do Noblat no twitter

  15. Anrafel said

    O grupo de Valdemar , que está no PR, mas poderia estar em um outro, digamos, partido, encontrou meios de atuar com extrema desenvoltura no Ministério dos Transportes, que, convenhamos, nunca foi brincadeira, como testemunha o fantasma de Andreazza.

    Atribuíram até o status de funcionário (ou para-funcionário) graduado a um despachante de tenebrosas transações.

    Dilma vai ter que tirar uma média entre demitir os diretamente envolvidos nos esquemas e não não melindrar o partido como um todo, ou seja, não comprometer a permanência dos 70 parlamentares na base de apoio. Isso, claro, se ela não resolver chutar o balde de vez, o que é uma atitude a ser calculada pelos seus líderes e ministros.

    Não sugiro recorrer à experiência do vice-presidente. Esse daí é fogo de monturo e não esquece de quando o Ministério dos Transportes era feudo peemedebista.

  16. Chesterton said

    Me contam que Andreazza morreu pobre.

  17. Chesterton said

    A vida imita a piada
    Lembram-se das tiradas cômicas que surigram assim que o racismo ficou tipificado como crime inafiançável e imprescritível? Piadinhas como “se você não gostar de um negro, mata ele mas não chama de crioulo.” Pois é, a piada era quase um reductio ad absurdum para evidenciar o ridículo de um sistema penal que deixa solto um assassino mas pune severamente alguém que ofenda verbalmente um membro de um grupo politicamente protegido.

    Pois bem, o absurdum chegou. Todos estamos acompanhando a dimensão que tomou o caso do pai e do filho espancados porque teriam sido confundidos com um casal gay (vamos fazer de conta que a indignação seria a mesma se as circustâncias fossem outras). A polícia prendeu um dos suspeitos que confessou a participação no espancamento mas tratou de avisar… Wait for it… QUE NÃO OFENDEU A VÍTIMA!

    Duvida? Veja o vídeo com a reportagem (no finalzinho).

    Aaaah bom… Então tá liberado.

    chest- Claudio Avolio….isso é o esquerdismo-progressista. Ofender é mais grave que dilascerar.

  18. Impressionante como o passado de Dilma como “Mãe do PAC” foi varrido da história. Das duas uma:

    Ou a Dilma sabia de tudo o que estava acontecendo no Ministério dos Transporte e concordava com isso (e o PT ganhava o seu quinhão, lógico);

    Ou o mito da melhor gerente da galáxia conhecida e desconhecida caiu por terra.

    E o PIG continua dócil toda vida…

    Ninguém questiona a origem de Dilma como gerente do PAC. Ninguém questiona se como gerente do PAC ela sabia do que estava acontecendo. E se não soubesse que raios de trabalho ela fazia lá já que o que se descobriu era tão escandaloso que a fez, agora, demitir mais de 10 pessoas?

    Será que ela só era a “mãe do PAC” na hora de apresentar os resultados? Se bem que da forma que os resultados eram descaradamente fraudados, podemos encontrar um padrão de conduta.

  19. vilarnovo said

    Pagot disse que Dilma questionou o valor das obras. Pagot disse que Dilma não foi omissa. Pagot disse que Dilma sabia de tudo.

    Se Dilma questionou o valor das obras sabia que estavam superfaturadas. Se Dilma não foi omissa sua ação foi a de permitir o roubou. Se Dilma sabia de tudo, compactuava com o roubo.

  20. Chesterton said

    Pacto corrupto entre PT e oposicinha.

  21. Patriarca da Paciência said

    Meu caro HRP
    Israel teima em contrariar todo e qualquer sentimento de bom senso e legalidade. É realmente uma lástima!

    Enquanto isso Lula provoca cada vez mais inveja nos adversários.

    Carta Capital
    Depois de uma série de palestras no Brasil e no exterior e de anunciar em um congresso sindical em São Paulo, na sexta-feira 15, que voltaria a viajar pelo País e a “incomodar algumas pessoas”, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva segue sua jornada para se manter no centro do cenário político com um giro pelo Nordeste, região que deu a Dilma Rousseff mais de 18 milhões de votos no segundo turno das eleições presidenciais. Lula tem visita programada à Bahia, do governador petista Jaques Wagner, e a Pernambuco, do aliado Eduardo Campos (PSB).

    O presidente de honra do PT chega a Salvador nesta quarta-feira 20, de onde segue para Santo Amaro da Purificação para um encontro com Dona Canô, mãe dos músicos Caetano Veloso e Maria Bethânia. Lula tem programada ainda uma reunião no Palácio de Ondina com Jaques Wagner e também uma visita ao Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana.

    Com a agenda corrida, o ex-metalúrgico participa do lançamento do Plano Safra do Estado da Bahia, na manhã de quinta-feira 21. Pela tarde, já em Recife, estará no 5º Aniversário da Orquestra Criança Cidadã Meninos do Coque.

    Fechando o tour pelo Nordeste, na sexta-feira 22, Lula recebe o título de Doutor Honoris Causa de três universidade pernambucanas: Universidade de Pernambuco, Federal de Pernambuco a Federal Rural de Pernambuco.

    Em março, ela já havia sido homenageado com o título de professor honoris causa da Universidade de Coimbra, a mais importante e antiga de Portugal.

    Leia mais em: O Esquerdopata

  22. Pax said

    Bem, venho dizendo faz um tempo que é hora do rompimento. Achei que viria do governo, mas pela notícia abaixo, pode vir mesmo é do PR

    PR agora ameaça entregar cargos e até romper com o governo Dilma em O Globo

    “Atingiram o PR na cabeça e no coração. Não temos mais que ter medo de perder aquilo que já não existe. Se a gente já perdeu tudo, para que ficar mais? Entregamos tudo de uma vez e vamos para uma postura de independência”

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/07/20/pr-agora-ameaca-entregar-cargos-ate-romper-com-governo-dilma-924947861.asp#ixzz1Sjn6b6Xs
    © 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

  23. Apenas Leitor said

    Pax,

    Acredito que o processo foi iniciado. O caminho que a Dilma escolheu não tem volta, pois as fissuras na sua base de sustentação só aumentariam até se romperem. Portanto acredito que se ela começou essa “faxina”, já sabia com seria a pressão e que partidos seriam atingidos.

    Acho que todos os políticos – independente de partido – que não concordam com esse tipo de coalização (onde muitas vezes quem está na chefia do executivo – tanto Federal, Estadual ou Municipal – tem que fatiar as suas pastas para atender os partidos aliados) aproveitem o momento para apoia-la. Acabar com esse FlaFlu entre PT e PSDB.

    Entretanto, li uma noticia onde ACM neto diz esperar mais escândalos para esse semestre. Por mais de oito anos a oposição esperou por um grande escândalo para voltar ao poder e continua esperando. Acredito que esse não é o caminho correto ou ideal. O PT foi e exerceu oposição e foi excelente nisso, mas se amprou em escândalos apenas, ofereceu projetos (nas prefeituras e estados onde governou) onde o próprio Bolsa-escola foi implementado – na Época por Cristovam Buarque – além do orçamento participativo em Porto Alegre.

    Grato pelo espaço.

    A notícia sobre ACM Neto:
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/948345-acm-neto-diz-esperar-por-mais-escandalos-no-governo-em-2011.shtml

  24. Apenas Leitor said

    Pax,
    Correção: na antepenúltima linha, o correto é:
    O PT foi e exerceu oposição e foi excelente nisso, mas NÃO se amprou em escândalos apenas, ofereceu projetos…

    Grato

  25. Pax said

    Caro Apenas Leitor,

    Seja bem-vindo.

    Este modelo me parece exaurido mas não vejo saída no horizonte. Não achava que ACM fosse a cara do governo FHC como não acho que Sarney seja a cara do governo Lula e agora Dilma.

    Mas a questão é: como alterá-lo?

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: