políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Dnit apodreceu Exército

Posted by Pax em 31/07/2011

Comandante do Exército vira alvo de investigação

Inquérito aponta fraudes em obras rodoviárias executadas pelos militares

General Enzo e outros sete oficiais chefiaram departamentos que fizeram convênios com Dnit entre 2004 e 2009

MARCO ANTÔNIO MARTINS – Folha

O comandante do Exército, general Enzo Martins Peri, e sete generais são investigados pela Procuradoria-Geral de Justiça Militar sob suspeita de participar de fraudes em obras do Exército.

Os oficiais comandaram o DEC (Departamento de Engenharia e Construção) e o IME (Instituto Militar de Engenharia) entre 2004 e 2009, período em que o Exército fez convênios com o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para obras em rodovias.

O general Enzo chefiou o DEC entre 2003 e 2007. Ele deixou o cargo para assumir o comando do Exército no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e foi mantido no posto pela presidente Dilma Rousseff.

O grupo investigado inclui cinco generais que comandaram o IME e dois que chefiaram o DEC depois do general Enzo: os generais Marius Teixeira Neto, na reserva desde março, e Ítalo Fortes Avena, hoje consultor militar da missão do Brasil na ONU.

A investigação foi aberta em maio pela procuradora Geral de Justiça Militar, Cláudia Luz, para apurar se o general Enzo e os outros que comandavam áreas envolvidas sabiam das irregularidades.

A apuração foi um desdobramento de inquérito anterior que identificou indícios de fraude em 88 licitações do Exército para fazer obras do Ministério dos Transportes e apontou desvios de recursos públicos de R$ 11 milhões.
À Folha, o Centro de Comunicação do Exército diz que não tem conhecimento da investigação e que “não cabe à Força e nem aos militares citados emitir qualquer tipo de posicionamento”.

Criados para atender necessidades de militares, os batalhões de engenharia do Exército são convocados com frequência para acelerar obras. Somente do Dnit, que nas últimas semanas teve quase toda a diretoria afastada por ordem de Dilma, o Exército recebeu R$ 104 milhões nos últimos cinco anos.

As investigações mostram que um grupo liderado por dois oficiais que coordenavam os convênios no IME, o coronel Paulo Roberto Dias Morales e o major Washington Luiz de Paula, criou seis empresas para entrar em concorrências do IME com dinheiro do Dnit. (continua na Folha para assinantes…)

Anúncios

11 Respostas to “Dnit apodreceu Exército”

  1. Luiz said

    Caramba, cadê a turma de sempre? Mais de 24 horas e ninguém diz nada?

    Ué? Será que este post é “amaldiçoado” ?

  2. Chesterton said

    Cana para os melancias.

  3. Pax said

    Caro Luiz,

    Nem sempre os posts merecem comentários. O povo daqui escolhe um ou outro post e ancora os debates.

    Caro Chesterton,

    Você, por acaso, diz que os milicos que andaram chafurdando são verdes por fora e comunistas por dentro? Era só o que te faltava… =)

  4. Luiz said

    Pax,

    Eu entendo perfeitamente o que você disse, o que é obviamente correto.

    Mas, repito, estranho que “alguns” não tenham aparecido para palpitar. Talvez o tema seja meio “delicado”, entende? Talvez falte costume de fazer certo tipo de crítica…

    E quando alguém apareceu, bem…

  5. Patriarca da Paciência said

    Meu caro Luiz,

    de minha parte, relamente, eu não tenho nenhum palpite sobre o assunto.

    Meu único palpite é que, por uma questão de coerência e honestidade, o Jobim deveria pedir para sair do governo Dilma.

  6. Patriarca da Paciência said

    “A aprovação da gestão do presidente do Chile, Sebastián Piñera, caiu no mês de julho para 30%, sendo que sua reprovação aumentou dois pontos, registrando um índice de 62%, apontou uma sondagem divulgada nesta terça-feira.”

    É quase certo que o Sr. Piñera não se reelegerá.

    http://www1.folha.uol.com.br/mundo/953324-aprovacao-de-presidente-do-chile-cai-para-30-em-julho.shtml

  7. Luiz said

    Caro Patriarca,

    Creia-me: não era em pessoas como você que eu estava pensando quando “alfinetei” acima.

    E concordo plenamente com você:por este e outros motivos o Jobim já devia ter vazado…

  8. Zbigniew said

    Vejam so, procura-se o Exercito para evitar as chincanas juridicas tipicas das nossas empreiteiras, mas nem assim se livra do estigma da corrupcao. Eta negocinho encruado. E ai esta o MPM a funcionar. Sera que veremos os acusados, se sentenciados como culpados, pagarem pelo crime? E os corruptores?

  9. Patriarca da Paciência said

    Caro Luiz,
    Sei que você não tinha por intenção me “alfinetar”. Eu apenas quis oferecer minha opinião sobre o assunto, já que a coisa andava meio “parada”.

    O Elias animava bastante os comentários, mas anda sumido.

    É bom trocar idéias com os velhos conhecidos como você.

    Grande abraço.

  10. Patriarca da Paciência said

    É caro Zbigniew,

    parece que militares são julgados por tribunais militares.

    Como será que vão resolver o embrulho?

  11. Pax said

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/956596-tcu-diz-que-comandante-do-exercito-favoreceu-empresas.shtml

    O troço tá fedendo pro lado dos militares.

    Há que se apurar.

    Dilma não tem sossego nem na caserna. Mas que se faça o que tem que ser feito. Não há área nem cargo, nem posto à acima das leis.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: