políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Ministério da Agricultura: “Ali só tem bandido”

Posted by Pax em 31/07/2011

Oscar Jucá, irmão de Romero Jucá, líder do governo no Senado, foi demitido da Conab, Cia Nacional de Abastecimento, e caiu atirando no ventilador.

Em entrevista à revista veja declarou que no Ministério da Agricultura “só tem bandido”. E provocou uma briga que envolve o vice-presidente Michel Temer e seu irmão.

Este escândalo envolve o PMDB e o PTB. Até onde Dilma conseguirá levar seu processo de combate aos malfeitos quando estes chegam ao maior partido da base aliada?

Irmão de Romero Jucá denuncia esquema de corrupção no Ministério da Agricultura

Em VEJA desta semana, Oscar Jucá Neto diz a pasta de Wagner Rossi foi loteada por PMDB e PTB com o objetivo de arrecadar dinheiro ilegal

A edição de VEJA que chega às bancas neste sábado levanta indícios de que mais um esquema de desvio de recursos e dilapidação do patrimônio público corroi o Planalto. Desta vez, os escândalos envolvem o Ministério da Agricultura, tendo a Companhia Nacional de Abastecimento, a Conab, como posto avançado, e o ministro Wagner Rossi, do PMDB, como virtual comandante do esquema.

O esquema de corrupção foi denunciado por Oscar Jucá Neto, o Jucazinho, irmão do senador Romero Jucá, líder do governo no Senado. Jucazinho foi exonerado na semana passada do cargo de diretor financeiro da Conab. A demissão aconteceu depois de VEJA revelar que ele havia autorizado um pagamento de 8 milhões de reais a uma empresa-fantasma que já foi ligada à sua família e que hoje tem como “sócios” um pedreiro e um vendedor de carros – laranjas dos verdadeiros donos, evidentemente.

Jucazinho decidiu contar o que sabe porque atribuiu sua saída a uma armação de peemedebistas contra seu irmão – e também porque se sentiu humilhado com a exoneração. O caso azedou as relações entre o senador Jucá e o vice-presidente, Michel Temer, padrinho do ministro Wagner Rossi. Os dois trocaram ameaças e xingamentos por telefone. (continua na Veja…)

Anúncios

36 Respostas to “Ministério da Agricultura: “Ali só tem bandido””

  1. Patriarca da Paciência said

    Temos aqui alguns dos pressupostos da “liberdade de imprensa” brasileira:

    “Liberdade de imprensa é chantagear políticos…

    Liberdade de imprensa é acusar sem provas…”

    Que o tal Juquinha dê “nomes aos bois”, apresente provas e tenha a coragem de sustentar o que diz. A partir daí ele começa a ganhar alguma credibilidade.

  2. Pax said

    Caro Patriarca,

    Melhor uma imprensa livre e ruim que uma imprensa censurada e boa. Tenho enorme certeza disso. Neste ponto discordo um bocado do tal Izaias Almada que você citou no post anterior.

    Temos um enorme problema atualmente que é a situação falar mal da imprensa porque a imprensa expõe as mazelas da corrupção que atinge o governo. Mas pergunto: não é melhor que a corrupção seja exposta?

    Entendo que sim. Vivenciei os tempos em que a imprensa não podia publicar qualquer coisa que fosse contrária ao governo. E eram tempos muito piores. Muito.

    Não entendo essa turma que vem reclamando da liberdade de imprensa.

  3. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    o ponto é exatamente este – a imprensa é totalmente livre, mas que seja também responsável. Que não seja leviana e que tenha a coragem de sustentar suas acusações.

    Lembro aquele pobre casal de coreanos que foi totalmente destroçado sob a acusação de pedófilo!

    A ficha falsa da Dilma!

    E tantos e tantos outros enganos!

    Que a imprensa seja totalmente livre… mas que também assuma suas falhas!

    E que apresente provas e tenha a coragem de enfrentar as consequências.

  4. Pax said

    Não só deve assumir suas falhas como pode ser, pela legislação que pouco conheço, condenada por seus enganos.

    Vamos nos lembrar, caro Patriarca, que a imprensa também tem uma relação simbiótica com os governos. Basta ver o tamanho das verbas de publicidade que os orçamentos públicos têm.

  5. Chesterton said

    Patriarca agora é corruptofílico.

  6. Chesterton said

    Julho 12, 2011
    Blog do Villas

    Despedida

    Villas-Bôas Corrêa

    Criei este Blog para informar aos amigos do meu filho Marcos, que despencou da escada da sua casa e desde fevereiro continua internado na Clínica São Vicente, ainda com a cânula na garganta, na luta pela vida, na sinuosa trajetória de melhoras e recaídas.
    Vou manter o Blog, sem a escravidão de cada dia catar novidades.
    Não estou apenas desencantado deste Blog. Mas, aos 87 anos, aposentado, trabalhar de graça para ser criticado, francamente é demais.
    Entre os leitores, alguns se dão ao desfrute de críticas sem o menor cabimento.
    O carimbo de um reacionário que farta no cocho dos petistas do mensalão é de uma burrice espantosa. Pois o que eu sou é um profissional em tempo integral, que nunca fui filiado a partido, nunca declarei apoio em candidato e, quando obrigado a votar, votei em branco.
    E desde que a idade me dispensou de votar, nunca mais votei. Meu título de eleitor está abandonado no fundo da gaveta.
    Não é só. Sou o autor do artigo “A bomba explodiu no Palácio” quando denunciei a farsa da ditadura militar que armou a trama de explodir bombas no Riocentro onde se realizava um show com mais de 50 mil pessoas, para atribuir aos comunistas a responsabilidade pela carnificina.
    Foi num sábado. Fui ao Jornal do Brasil para levar o meu artigo. Na redação soube do atentado terrorista e da farsa. Sentei na maquina e em meia hora redigi o artigo de maior sucesso da minha vida.
    Não tinha idéia do sucesso quando fui caminhar à tarde no calçadão da praia der Copacabana. Pessoas me paravam para os cumprimentos. Um casal de jovens exibia uma faixa com a promessa do voto a quem não era candidato: “Nós votamos em Villas-Bôas Corrêa”.
    À tarde fui a cidade e recebido pelos amigos com surpreendentes abraços e parabéns.

  7. Zbigniew said

    Imprensa e negocio. Age pelo principio do capitalismo. A Veja como fonte e deploravel, principalmente porque ja demonstrou que nao tem compromisso com a verdade. Quando tem que manipular, omitir, mascarar a verdade, ela o faz. Mas se mostrar algo que corresponda a um caso de corrupcao, vale a pena. Discordo, porque outros sao seus interesses. Que ela tenha a liberdade de publicar o que quiser, mas que tenhamos a mesma liberdade de critica-la e apontar suas hipocrisias.
    O caso News of the World esta para a imprensa assim como a bolha de derivativos de 2008 esta para o ideario neo-liberal dos mercados desregulados. Esses dois pilares deste sistema que apodreceu estao abalados, coincidindo com o problema da divida da maior potencia do planeta.
    Nao se esta aqui a pregar o fim do mercado, ou da imprensa, ou de defender os sistemas corruptos. O que se quer e que os poderes se concentrem no bem de toda a humanidade, e que os valores dos negocios nao se sobreponham aqueles.
    Nao e a-toa que em momentos de crise dos valores da exrtrema-direita mundial os extremismos comecem a pipocar por todos os lados.

  8. Patriarca da Paciência said

    “Que ela tenha a liberdade de publicar o que quiser, mas que tenhamos a mesma liberdade de critica-la e apontar suas hipocrisias.”

    É isso aí, meu caro Zbigniew, não só a “óia” como toda a suposta “grande imprensa”.

  9. Chesterton said

    Nao e a-toa que em momentos de crise dos valores da exrtrema-direita mundial os extremismos comecem a pipocar por todos os lados.

    chest- hein?

  10. mona said

    Caros,
    A gente vive querendo que as coisas caibam dentro de nossas medidas, não? E a gente vive relativizando tudo, para que esse “tudo” também caiba dentro dessas mesmas medidas…
    Vejo diuturnamente setores da esquerda metendo pau no Murdoch e tecendo loas ao Assange, como se um retratasse o mal e o outro retratasse o bem e, no entanto, no frigir dos ovos, ambos – por intermédio de seus veículos e colaboradores – fizeram a mesmíssima coisa: espionar, para depois delatar. Mas, ai meu Deus: o Assange pooooode, porque tem como meta o bem da humanidade, ao denunciar os que se passa nos bastidores dos governos, usando sua rede de delatores… O Murdoch não pooooode, porque está visando apenas o lucro…
    Ninguém que comungue de valores de direita veio a público defender o Murdoch; ao passo que todos os esquerdista vieram defender o Assange.
    Um terrorista filho de um puta, na Noruega, mandou para o além 77 almas. Ninguém da direita ficou defendendo o desgraçado; mas, invariavelmente, quando um filho da puta terrorista manda pau num monte de gente, sob a desculpa de estar lutando contra o imperialismo ocidental, trouxentos intectualóides sociopatas de esquerda correm para justificar as atitudes do bandido.
    E, da mesma forma, vemos esse relacionamento esquizofrênico dos governos com a imprensa: se fala bem deles, a imprensa está cumprindo o seu papel de informar; se fala mal, a imprensa está tentando desestabilizar e é golpista.
    Lembro das inúmeras Vejas com denúncias sobre o governo do FHC; lembro da credibilidade que a Veja tinha junto àquele procurador em particular (atualmente recolhido em silêncio sepulcral) e aos petista em geral; lembro que ninguém ficava medindo a diagramação de um jornal, para saber se a quantidade de denúncias envolvendo o governo federal era proporcional às denúncias envolvendo governos estaduais, de oposição ao federal.A imprensa era legítima o suficiente, na visão petista, para a partir do que ela publicava, ser base para os “Fora FHC”. E o FHC nunca ousou dizer que o seu governo estava sendo desestabilizado por quem quer que fosse, porque – ao que parecia – existia um respeito intrínseco ao jogo político, reconhecendo-se os papéis de seus atores: ao governo, governar, à oposição se opor, à imprensa, informar e denunciar.
    Hoje, qualquer denúncia contra o Governo federal tende a ser respondida, pelos da situação, com o argumento de a imprensa não dedicar a mesma atenção aos demandos acontecidos em nível estadual, como se as duas esferas se comparassem e como se o eventual desfeito ali, justificasse o eventual desfeito aqui.O cinismo impera, sob a justificativa que se rouba para o bem geral e, se ocorre qualquer denúncia, é proveniente de forças que não querem esse bem geral. Que bandalheira, não? E esses bandidos esquerdóides e sociopatas ainda querem, para que a putaria seja maior, que se promulgue uma tal de “ley dos medios”, visando calar que ouse denunciar, juntando a fome com a vontade de comer… Seria o melhor dos mundos para esse povinho sugador.
    Para concluir, o artigo de ontem do Alon sobre os relativismos interpretativos, com base no multiculturalismo está bem legal. Segue o link:
    http://www.blogdoalon.com.br/2011/07/farsa-intelectual-3107.html

  11. Patriarca da Paciência said

    “Seria o melhor dos mundos para esse povinho sugador.”

    Apenas com esta frase fica delineada a personalidade do tal Alon. Provalvelmente julga-se egresso de uma “raça superior” tal qual o maluco da Noruega.

    O Alon não é “povinho sugador”, como a grande mairia do povo brasileiro. Ele é um intelectual fino, apreciador de vinhos e queijos raros, cavalos de raça, iates etc.

    Francamente! Não dou a mínimo para esse tal Alon.

  12. mona said

    Patriarca,
    a frase que vc citou não é do Alon. É minha.
    Ah, e esse retrato feito por vc, do “intelectual fino, apreciador de vinhos e queijos raros, cavalos de raça, iates etc” tá bem parecido com o da petistada recém-apreciadora de Romané Conti…

  13. Zbigniew said

    Mas que a imprensa e seletiva, la isso e. Sao Paulo e reduto do que restou da versao tupiniquim dos republicanos la dos states. A RBS la no RS blindou como pode a Crusius, e por ai vai.
    Carissimos. Repito: nao se esta aqui a defender que casos de corrupcao nao sejam apurados. Devem! Seja de que partido for, governo, oposicao, etc. O que nao da e para passar a maozinha na cabeca da oposicao. Sao Paulo e um estado importante, ainda o mais rico da nacao, reduto da oposicao, e deveria ter a mesma atencao que o governo federal. Ha, mas a imprensa e negocio, e o governo local tem negocios com a Veja (por exemplo). E mentira?!

  14. Pax said

    Caro Zbigniew,

    Pois saiba que uma boa fonte me diz que Dilma está em alta com a RBS. Desde os tempos em que era secretária de governo no RS a Dilma é aplaudida pela editoria e acionistas da rede.

    E agora? E a tal seletividade?

    Pois bem, continuo com meu bordão: imprensa boa, imprensa ruim. E liberdade para lermos tudo que sair, ou não, a escolha é do freguês. Lembro do tempo que não havia notícia.

    Hoje ficamos preocupados com meia dúzia de jornalistas histéricos da oposição? E a meia dúzia da situação?

  15. Zbigniew said

    Aplaudir onde tiver q aplaudir. Criticar onde tiver q fazê-lo. A RBS aplaudir a Dilma deve fazer com honestidade. O q não exime o tratamento dispensado a Yeda Crusius. Tampouco os demais meios em outros estados, especificamente em São Paulo.

  16. Pax said

    Caríssimo Zbigniew,

    Procure por Yeda Crusius neste mesmo blog, nas categorias. Aqui – https://politicaetica.com/category/yeda-crusius/

    São 50 notícias colecionadas. Uma porção delas da própria RBS.

    Mato a cobra e, neste caso, mostro o pau, sim.

  17. mona said

    Pax, nessa toada a gente acha uma porrada notícias negativas sobre a tucanada e seus governos e acaba com as ilusões daqueles que se dizem perseguidos pelo PIG. Basta dar uma googleada rápida.
    Mas, não adianta: a vitimização da esquerda é endêmica e é atávica, uma vez que tal comportamento está intimamente vinculado à impossibilidade de esses sujeitos assumirem suas próprias responsabilidades frente às ações que tomam. O comportamento é sempre função de um agente externo, que atacou antes… Tadinhos… tão perseguidos…

  18. Patriarca da Paciência said

    “a vitimização da esquerda é endêmica e é atávica, uma vez que tal comportamento está intimamente vinculado à impossibilidade de esses sujeitos assumirem suas próprias responsabilidades frente às ações que tomam.”

    Pax e Mona,

    Vejam só o que o Reinaldinho Cabeção escreveu hoje, 01/08/11. Será que é mesmo tudo impressão nossa, complexo de vítima etc. Sinceramente o que acho é que o Lula não deveria ser tão bondoso e passar a abrir umm processo de calúnia contra toda e qualquer bobagem que o Sr. Cabeção escreva. Talvez assim ele passe a ter um pouco de respeito por um ex-presidete da república.

    Luiz Inácio Lula da Silva é a expressão máxima da imoralidade e da falta de ética da política brasileira. O Apedeuta pôs a serviço do vício o que poderia haver, originalmente, de virtude em seu partido, nascido nos estertores da ditadura, propondo-se a mobilizar setores da sociedade que tinham ficado um tanto à margem da modernização do país empreendida pelo regime militar. Essa história — e muita mistificação que a ela se agregou — conferiu ao petismo certa aura antiestablishment, que, de modo injustificado, persiste.

    Embora o PT seja hoje a legenda de estimação do setor financeiro, de alguns potentados da indústria e das oligarquias, reivindica a condição de “partido das massas”. O fato de dominar boa parte dos sindicatos do setor privado e do setor público, que são manobrados de acordo com seus interesses, com características às vezes mafiosas, lhe confere ainda o estatuto de partido de… trabalhadores. Ocorre, meus caros, que não há malefício que PR, PMDB ou PP possam fazer aos cofres públicos que o PT não faça com muito mais destreza — e impunidade garantida. E Lula é o chefe inconteste dessa política nefasta; ele próprio e sua família são beneficiários da falta de escrúpulos.

  19. Patriarca da Paciência said

    O Reinaldinho joga um monte de acusações sem provar nada e fica tudo por isso mesmo.

    Boa parte do PT já está ficando farta disso!

  20. Pax said

    Então, cara Mona e caro Patriarca,

    Também acho que a imprensa revela problemas para todos os lados. E é claro que há a imprensa que tem mais um lado que outro. Mais decente ainda quando é declarado e não disfarçado. Faz parte do jogo.

    Ler o titio nem sempre nos traz alguma coisa, como neste exemplo que o Patriarca colou acima. Só agrada a sua meia dúzia de seguidores, também radicais rábicos que só olham para um lado.

    É por estas e outras, de todos os lados, que não fico me pautando nem colocando lenha nas loucuras desses jornalistas que são destrambelhados (pra não dizer pior) para um lado. Acontece que a gente acaba virando papagaio de pirata dessa gente que não tem muito valor.

    Não alimento radicalismo.

  21. Zbigniew said

    Reconheço, Pax. Mas continuo afirmando q imprensa tem lado. A própria Globo deu notícias sobre o Ricardo Teixeira. Depende de como da e com q intensidade. Observe a forma e o tom. Alias, sobre a Alstom e Paulo Preto, fossem do PT teriam a mesma cobertura dos grandes meios. Sejamos sinceros.

  22. Zbigniew said

    Um bom artigo do Janine Ribeiro, no Valor:
    “(…)Mas o mais grave é o terceiro ponto. Nos parágrafos anteriores, supus uma clara divisão clara entre a minoria de corruptos (“eles” ou, nos debates políticos, “vocês”) e a maioria de gente decente (“nós”, “nós”, “nós”). Ora, cada vez me convenço mais, lendo as manifestações contra a corrupção, de que a grande maioria delas emana de pessoas absolutamente indiferentes à corrupção. “Nós” não estamos nem aí para a corrupção. “Nós” queremos é instrumentalizá-la para fins políticos. Na maior parte dos casos, o que se lê são acusações severas a corruptos, que imediatamente são ligados a um partido. A bola da vez é o PT, mas poderia ser qualquer agremiação. Como ele tem o governo federal e conta com a oposição de vários grandes jornais, é alvejado. Mas lembrem que Alceni Guerra (PFL), ministro de Collor, e Ibsen Pinheiro (PMDB), que presidiu a votação de seu impeachment, tiveram as carreiras políticas truncadas por acusações falsas de corrupção.

    O uso da corrupção como álibi para atacar o outro mostra, não só uma cabal despreocupação com as provas dos malfeitos, mas também um completo repúdio a investigar toda denúncia que afete os políticos do “nosso” lado. Se alguém diz que é preciso apurar todas as denúncias de corrupção, custe o que custar, sofre prontamente um ataque de “nós”. Vi a revolta de um facebooker porque um jornalista reputado, discutindo o superfaturamento de obras públicas, pediu em seu blog que também fossem investigados casos do governo paulista. Ora, para o indignado seletivo, a corrupção só valia contra a política petista. O que ele condenava não era a corrupção, era o PT. Se a corrupção fosse de outro partido, não cabia investigá-la.(…)”
    Olha, Pax, admiro sua boa vontade para com a mídia, mas não há como livrar a cara desses meios de comunicação. Não qdo os negócios se sobrepoem ao verdadeiro jornalismo.
    Faço aqui um desafio: q esses meios de comunicação se ocupem da corrupção de todos os governos, em todas as esferas, inclusive o quase intocável Judiciário. Aí, caro Pax, a porca torce o rabo.

  23. Pax said

    Caro Zbigniew,

    O Janine é bom. Gosto de ler seus artigos e este que você coloca é bem feito mesmo. Li este post que ele se refere, da reclamação que viu no Facebook. Salvo engano foi do Ricardo Kotscho. Reclamava, se eu estiver certo, das investigações dos supostos (e muito possíveis) desvios do Paulo Preto na construção da nova marginal Tietê, aqui em Sampa. Aqui: http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2011/07/20/e-o-preco-da-nova-marginal-ninguem-toca-mais-no-assunto/

    E concordo, sim. Tanto com o post do Kotscho como com o artigo do Janine.

    Já disse aqui em algum canto que o PT gostou dessa posição de ficar às cordas. Tá apanhando e não revida. Kotscho fala disso nas entrelinhas de seu artigo. E é verdade. Até parece que a corrupção no PSDB, no DEM etc cessou e todas que restaram foram as do PT e aliados – que, digamos a verdade – têm aos montes.

    Mas me permito discordar quando você diz que tenho boa vontade com a mídia. Não é fato. Acho-a ruim, à aquém do que considero razoável. Mas é o que temos e sei que é muito pior não ter ou ter uma censurada, controlada ou o diabo que for. Imprensa tem que ser livre, assim como opinião e expressão. Todas têm que ter suas responsabilidades e há leis que bastam para desvios nesta área.

    E corrupção, meu caro, quem quiser evitar que a imprensa fale sobre as suas, tem dois caminhos:

    – ou implanta uma ditadura
    – ou procura limpar seu quintal

    Acho que Dilma tem uma grande chance às mãos. E o pior que vejo é que parece que a parte ruim do PT não está gostando deste jogo de faxina. Parece que gostou de jogar o jogo dos Valdemares, Jucás, Renans et caterva, chafurdou. Sinto dizer, mas é o que me parece.

    E seria de uma miopia enorme. Senão vejamos:

    – a oposição continua sem um discurso convincente
    – a oposição, se quiser fazer de sua plataforma a honestidade, cai no fim do primeiro round das próximas eleições
    – o governo do Lula, apesar de toda a corrupção envolvida, conseguiu incluir, ainda que tenha dado uma sorte danada porque pegou o país sem inflação e com a responsabilidade fiscal funcionando.
    – Dilma, ao que parece, não gosta nem um pouco deste jogo que Lula jogou, da forma que jogou com os canalhas. Pode ser que estejamos todos enganados, mas parece que ela não gosta como Lula gostou, aprendeu e não fez questão de mudar.
    – se houver inclusão social e faxina, qual melhor plataforma que isso?

    Uma coisa foi o Lula ter jogado o jogo. Outra é achar que sua biografia é acima das leis. Não é. E ele tem enormes discuidos neste sentido. Vamos combinar que isto é verdade, sim.

    Se o PT for inteligente muda o discurso, combina o jogo com os adversários fedorentos e muda o esquema tático. Se o PT for burro – e acho que será – força Dilma a se curvar ao status quo da podridão. Aí a vaca vai pro brejo de vez e o PT é que se curva ao modelão PMDB ou, para provocar, PR, de ser.

  24. Chesterton said

    Boa parte do PT já está ficando farta disso!

    chest- se não é verdade, processem. Mas não, tem medo…será porque?

  25. Zbigniew said

    Espero que o PT nao mele este jogo. Contudo, vai depender das forcas que se embatem dentro da agremiacao, e, tambem, dentro da coalizao. Por isso que ja comentei aqui que a Dilma tera que ter muito tato para contornar e mudar este estado de coisas. Na realidade comecar a mudar.
    Continuo discordando, com todo respeito, dessa ideia de que Lula tem sua biografia manchada. Porque jogou o jogo democratico ao atrair para si a banda do PMDB liderada pelo Calheiros e Sarney? Por ter o PR na sua base, e tantos outros partidos cheios de caixas 2 e esquemas de corrupcao na propria Administracao Publica?
    Cite, caro Pax, um partido do nosso sistema politico que esteja isento desses supedaneos de corrupcao? Sera que salva algum? Talvez um ou outro politico, mas as agremiacoes nao! Lembro que o proprio PSDB, quando no governo, teve elementos como esses na sua base de apoio, no governo, e o Calheiros como ministro da justica. E isso se repete nos Estados e municipios.
    Chega a ser injusto colocar nas costas do Lula o derretimento de sua biografia por ter feito aliancas com partidos notoriamente fisiologicos, quando fisiologico e o nosso sistema politico, e as relacoes com os poderes economicos.
    Lula tinha uma oposicao com maioria no Senado e o PIG nos seus calcanhares o tempo todo.
    Sustentou o Sarney? Sustentou. O Sarney e corrupto?! O Maranhao e um feudo? Mas nao e que o cara escrevia na Folha de Sao Paulo?! Fazia dupla com o ACM no vice-reinado do Real, e era festejado frequentador do JN, alem de ter seu livro elogiado na Veja. Foi assediado pela oposicao. De repente virou a panaceia para todos os males da corrupcao no pais, amaldicoado pelas famiglias de midias. Ha, va!
    Para passar o pais a limpo tem que sustentar as denuncias contra o Sarney, mas tambem contra o Paulo Petro, sobre a Alstom, sobre os “cala-bocas” do Aecio em Minas, contra o concurso para tabeliao do Zveiter no Rio, e sobre o sistema de caixa 2 e cooptacao no Congresso (o processo de mensalao, veio de guerra da nossa Republica e nao criacao do PT), porque senao vai cair no que disse o Janine no seu artigo. Se e pra fazer tem que ir a fundo, mas tenha certeza que a imprensa nao tera, jamais, condicoes de arcar com tal esforco.
    Entendo seu ponto de vista de que, ainda assim, com todos os erros, ela esta fazendo o seu papel. Entretanto se encobre ou omite outros erros, tambem e conivente, nao? E o Lula, que manteve posicoes politicas reconhecidamente desgastantes para nao implodirem seu projeto de poder? E se esse projeto de poder tiver sido necessario para aprofundar as mudancas no pais e estabelecer posicoes do seu governo, podemos dizer que ele fez o seu papel tambem. O combate a corrupcao existiu (vide a PF, o MPF, a Controladoria) e continuara a se aprofundar, apesar de nao na velocidade que queriamos.

  26. Chesterton said

    E Cuba? Está finalmente aceitando o óbvio (o capitalismo não é monopólio da direita….dÂÂÂÂÂÂÂ)

  27. Pax said

    Caro Zbigniew,

    Os descuidos que cito no meu comentário acima, descuidos de Lula com sua imagem, tem origem em alguns fatos:

    – a tal empresa do seu filho, um milagre do empreendedorismo que só com muita fé na religião petista para crer
    – a tal distribuição de passaportes diplomáticos para a família
    – a lingua solta de Lula, como aquela do “Sarney não pode ser julgado como uma pessoa comum” e várias outras parecidas
    – a forma como tratou muitos corruptos à além de conhecidos, como por exemplo alguns do PR, atual “partido da pauta”
    etc

    Por aí vai. Infelizmente Lula não sai ileso dos seus 8 anos de governo.

    Se existe algum partido isento de suspeição de corrupção? Não consigo apontar nenhum que tenha alguma significância que possa declarar como limpo ou que eu defenda.

    Mas isto não quer dizer que se é assim, então vamos entrar na roda e engrossar a fila. Tudo tem preço.

    Anda um tititi em Brasília que Dilma fará um único governo. Vi em dois lugares, no último Fatos e Versões da GloboNews e no blog do Alon, post de ontem http://www.blogdoalon.com.br/2011/07/troca-avaliar-0108.html que reproduzo o trecho em questão:

    Uma especulação diuturna em Brasília aposta que Dilma não deseja um segundo mandato. Mesmo que deseje, não teria condições de enfrentar o antecessor numa disputa interna no PT.

    E eu acho que seria ruim a volta de Lula. Fez um governo que saiu com 84% de aprovação, deveria guardar e usar este capital político, em minha opinião, para repensar o futuro do PT, hoje num processo acelerado de peemedebização. E aí fica a questão que gostaria que todo petista fizesse reflexão: queremos o PT de amanhã igual ao PMDB de hoje?

    Cá torço por Dilma, ou pelo processo de faxina que ela se meteu. Aplaudo mesmo. E acredito que Lula faria um enorme bem à sua biografia se a apoiasse com tudo neste caminho.

    O Brasil não terá um futuro realmente brilhante se não colocar esta questão da corrupção dentro de limites admissíveis. Hoje a coisa está fora de controle e impedindo que pensemos um país realmente de primeiro mundo.

  28. Pax said

    Este é o tipo de notícia que deveríamos aplaudir

    STJ nega liberdade a vereadores de Minas
    Acusados de farra com verba indenizatória, eles estão há 14 dias na cadeia

    Denise Motta, iG Minas Gerais | 02/08/2011 07:48

    http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/mg/stj+nega+liberdade+a+vereadores+de+minas/n1597112629829.html

  29. Patriarca da Paciência said

    O que eu torço é que a oposição amadureça, apresente provas, sustente suas acusações e não fique apenas em chantagens baratas ou simples arengas genéricas, tipo Reinaldinho Cabeção.

  30. Patriarca da Paciência said

    E que o STF passe a dar mais valor em realizar a verdadeira Justiça do que em seguir religiosamente alguma certilha.

  31. Patriarca da Paciência said

    Pax, 28, eu, sinceramente, acho que, aos poucos, alguma coisa está mudando no Brasil. Este trechinho da matéria que você linkou deveria ser levada ao conhecimento de todos os brasileiros:

    “Apenas a mulher não teve o cabelo raspado ao chegar na penitenciária de Frutal, a 50 quilômetros de Fronteira. Todos os nove vereadores tomam banho frio e passam por período de adaptação na cadeia (nos 30 primeiros dias não podem ter contato com familiares ou tomar banho de sol).”

  32. Pax said

    Realmente, caro Patriarca, essa notícia é alentadora.

    Deveria ser o normal com todos os corruptos. Pena que ainda não é bem assim.

    Este país dispararia, não tenho menor dúvida. E sobraria uma fortuna para aplicar em Educação, que aumentaria ainda mais o processo de primeiromundização que merecemos.

  33. Pax said

    Excelente ideia do Frei Betto – deu no Ancelmo Gois

    Fotos de corruptos

    De Frei Betto, numa roda em que se discutia a roubalheira no setor público:
    — Já que põem fotos terríveis nos cigarros, por que não botar imagens de gente obesa nos pacotes de batatas fritas, de matadouros em cada bandeja de carne, de acidentes de trânsito nas bebidas alcoólicas, de gente sem teto na conta de água e luz e de políticos corruptos na declaração de Imposto de Renda?

  34. Patriarca da Paciência said

    Chesterton 26,

    Cuba?

    Cuba tem tudo para se tornar uma mini China, com algumas vantagens – o excelente nível cultural e a ótima saúde do povo.

    Certamente adotará o modelo Chinês, com resultados melhores que os chineses.

  35. Chesterton said

    Cuba é ótima, só tem 3 problemas, cafpe da manhã, almolço e jantar.

    ————————-

    Pax, olha aqui, você que deveria ser farmaceutico de tanto amor que tem pelos frascos e comprimidos:

  36. Chesterton said

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: