políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Operação Voucher: rodo no Ministério do Turismo

Posted by Pax em 09/08/2011

PF prende secretário executivo do Ministério do Turismo e 37 pessoas

Lourenço Canuto – Repórter Agência Brasil

Brasília – Trinta e oito pessoas foram presas durante a Operação Voucher, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã de hoje (9). A ação, em conjunto com o Ministério Público Federal e a Secretaria de Controle Externo do Amapá, investiga supostos desvios de verbas públicas repassadas ao Ministério do Turismo, por meio de emendas parlamentares, destinadas a convênios para qualificação profissional.

Entre os presos estão o secretário executivo do Ministério do Turismo, Frederico Silva da Costa, número dois na hierarquia da pasta, que estava em casa; o secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Colbert Martins; o ex-presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Mário Moisés, além de diretores e funcionários do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Infraestrutura Sustentável (Ibrasi) e empresários.

Ao todo foram cumpridos 19 mandados de prisão preventiva, 19 de prisão temporária e sete de busca e apreensão em São Paulo, Brasília e Macapá. Cerca de 200 policiais federais atuaram na operação.

Segundo a PF, os presos preventivamente em São Paulo e em Brasília foram levados para Macapá em aviões da própria PF. De acordo com investigações feitas pela Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários no Amapá, foram apurados fortes indícios de desvio de recursos públicos, além de outras irregularidades na execução de convênio entre o Ministério de Turismo e o Ibrasi, ligado à capacitação profissional para o turismo no Amapá.

Mais informações sobre a notícia na Revista Época on line.

Anúncios

76 Respostas to “Operação Voucher: rodo no Ministério do Turismo”

  1. Pax said

    Goegraficamente as coisas se aproximam do imortal…

    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,emenda-de-deputada-do-pmdb-favoreceu-contrato-do-turismo-investigado-pela-pf,756091,0.htm

  2. Luiz said

    Engraçado é o citado “imortal” telefonar para o recém-eleito “novo imortal” e negar de pés juntos que tenha indicado o Ministro do Turismo… E o “novo imortal”, de quebra, ainda fica levantando aleivosias sobre a atuação da PF…

    Menino, chama ali de volta o velho Machado para refundar a ABL…

  3. Pax said

    Que ligação é esta, caro Luiz? Desconheço. Onde posso ver esta informação?

  4. Luiz said

    Caro Pax,

    http://cbn.globoradio.globo.com/Player/playerOndemand.htm?audio=2011%2Fcolunas%2Fmerval_110809&OAS_sitepage=cbn/comentarios/mervalpereira%2Fplayer

    Repare especialmente no trecho que começa a partir de 3min e 45seg…
    Um pouco antes disso é o trecho que fala da PF…

    Abraços.

  5. Pax said

    E a Marta Suplicy parece ter passado um sufoco hoje no Senado.

    Não deu para relaxar. Muito menos gozar.

    http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/08/09/marta-suplicy-se-esconde-no-banheiro-para-nao-falar-com-jornalistas-925100686.asp

  6. Chesterton said

    Uma das coisas que fizeram com que eu começasse a me irritar com Lula foi o pouco caso do Çábio de Garanhuns com a educação. Aquela balela de que ele “chegou lá” sem a necessidade de um diploma foi um dos maiores desserviços de um homem público a um país. O esforço que famílias inteiras fazem para colocar seus filhos na escola, de repente, eram ridicularizados por ninguém menos que o presidente da República: agora basta ser torneiro mecânico, virar presidente de sindicato e presto! Alcança-se a suprema magistratura do país!

    Lula viveu 30 anos às expensas do sindicato e do partido. Teve tempo suficiente para estudar, mas preferiu gastá-lo sabotando outros presidentes. Lembrei de tudo isso ao ler ontem “As mil e uma noites”. Vi um trecho que me chamou a atenção. Diz um humilde carregador:

    “Apesar de a sorte não ter-me concedido bens suficientes para me elevar a uma profissão superior à minha, não deixei de cultivar meu espírito tanto quanto pude, pela leitura de livros de ciência e história (…)”

    “Cultivar o espírito”. Eis aí a chave do texto. Mesmo em condições adversas e sem a menor perspectiva de subir na vida, o carregador fez questão de estudar, de não ser um bocó que as pessoas só ouvem por causa de seu poder. Alguns podem dizer que Lula preferiu ser “autêntico”. Posso até concordar: um autêntico jerico.

    Detonado por Felipe Flexa

  7. Chesterton said

    Hoje à tarde, Marta Suplicy (PT-SP) inventou um novo roteiro turístico no Senado, para fugir da imprensa e não dar explicações sobre as falcatruas na sua gestão no ministério do Turismo, envolvendo o seu chefe de gabinete, preso pela PF. Primeiro, a senadora ficou embromando para abrir a Ordem do Dia. Quando Sarney chegou, ficou amarrando ao seu lado, vendo se os repórteres desistiam. Vendo que não daria para escapar das explicações, trancou-se no banheiro. Finalmente, tentou escapar pela taquigrafia. Como o local está em obras, o segurança não teve como dar passagem. E lá voltou Marta, com cara de paisagem, sem dar a mínima para os jornalistas. Entrou para a história do Senado. Corra, Marta, corra que a polícia, digo, a imprensa vem aí!
    POSTADO POR O coronel

  8. Chesterton said

    09/08/2011 às 15:00
    Como se nota, parte do governo deveria ter gabinete no Presídio da Papuda
    Ministério dos Transportes, Ministério da Agricultura, Ministério do Turismo… E olhem que falta muita coisa. Vão contando aí… Parcela considerável do governo poderia ter seu gabinete no Presídio da Papuda. E, no entanto, a turma está lá, na Esplanada dos Ministérios, lidando com dinheiro público. Nessas horas, o governo costuma jactar-se: “Ah, mas estamos tomando as providências, punindo…” Uau! Só faltava fazer o contrário, não é? “Vejam, aqui estão os meus corruptos de estimação, uma gente que rouba com muita dedicação…”

    Ora, “tomar as providências”, no caso, é a circunstância decorrente de uma questão de fundo: o que fazem esses bandos no governo? Que modo é esse de gerir a coisa pública que permite tamanha lambança?

    Por Reinaldo Azevedo

  9. Chesterton said

  10. Pax said

    Caro Chesterton,

    Aposto que ainda virão outros escândalos nestes e em outros ministérios. E acho que, até agora, a presidente tem agido corretamente.

    A base aliada está aborrecida? Então não é aliada e nem deve ser base. Que se danem todos. Até parece que corrupto tem o direito de ficar aborrecido se for pego.

  11. Chesterton said

    Pax, não seja ingenuo. A Dilma aceitou o jogo e é cúmplice. Só se faz de desentendida. Tudo fachada. Quero ver se ela vai brigar com o PMDB, aliás, não são vocês que pregam a governabilidade? O mensalão você acha que Lula de nada sabia?

  12. Chesterton said

    09/08/2011 | 00:00
    Lobista da Agricultura já esteve preso
    por tráfico de drogas
    O lobista Júlio César Fróes Fialho, denunciado pela revista Veja por tráfico de influência no Ministério da Agricultura, cumpriu três anos de cadeia no Ceará e Minas acusado de outro tipo de tráfico, o de drogas. Ele foi preso pela Polícia Federal em 1992 no aeroporto de Fortaleza, chegando de Rio Branco (AC), com meio quilo de cocaína na mala. Era “marqueteiro político” e se apresentava apenas como “César Fialho”.
    ch

  13. Chesterton said

    http://www.bbc.co.uk/news/world-latin-america-14459281

  14. Chesterton said

    leia isso aqui, Pax.

    http://overdextra.blogspot.com/2011/06/ascensao-dos-imperios-pos-americanos.html

  15. Chesterton said

    Não se pode exportar uma revolução baseada nos direitos do indivíduo para culturas que não acreditam na supremacia do indivíduo sobre o sistema. O Confucionismo chinês e o fascismo teocrático do Islam têm suas próprias definições de lei e eles não derivam do indivíduo. Embora os americanos louvem em êxtase a democracia, eles não vêem o cerne da questão. Não há nada de especial em “Um homem, um voto” para culturas que não acreditam que um homem não conta para nada, a menos que morra gloriosamente em batalha ou empilhando estrume em uma fazenda coletiva.

    Nestas culturas, o indivíduo só adquire valor sacrificando-se pelo grupo. Uma eleição democrática lá é uma eleição contra o indivíduo egoísta e a favor da identidade coletiva do grupo. Identidade, não bem-estar social. Grupos coletivos são governados por oligarquias e a cabine de votação afirma seu poder em defesa da identidade de grupo. O indivíduo só importa quando é parte daquele grupo. Se não for, então é rápidamente pisoteado e jogado de lado. E o grupo se regogiza com a sensação de poder que isto lhe dá. Seja pisando em cima de corpos espancados de mulheres ou queimando igrejas, a crueldade da multidão é o mais próximo que o indivíduo médio chega da auto-determinação.

  16. Chesterton said

    O mundo muçulmano gostaria de usar a ONU para impor ao mundo a perfeição da lei maometana. Os progressistas têm suas Escrituras e sua fé e os muçulmanos têm as deles. O vácuo de uma ordem mundial pós-americana significa que mais de 1 bilhão de muçulmanos estarão em melhor posição para impor ao mundo suas leis que matam mulheres por apedrejamento e tratam os não-muçulmanos como cidadãos de segunda classe. À medida em que a Europa cair na repressão representativa da demografia da migração, suas catedrais se tornarão mesquitas e suas mulheres se tornarão cidadãs de segunda classe.

    Os muçulmanos entendem o que o Ocidente esqueceu: que as nações são definidas por seus cidadãos. Encha-se qualquer país europeu com homens que acreditam que as leis do Corão são absolutas e se aplicam a tudo e não importa o quanto ele esteve na vanguarda do pensamento, ele logo se tornará tão desesperadamente atrasado quanto os lugares de onde seus novos cidadãos vieram.

  17. Chesterton said

    O ideal progressista é um trágico mal-entendido terminando em catástrofe nacional. A idealização do governo não é só a segunda melhor rota possível para a tirania, mas também a morte das instituições que geram a vitalidade de uma nação. Os reformadores defendem a mudança, mas sua idolatria ao governo leva a sistemas estáticos que tornam a mudança e a reforma impossíveis. Sua idéia final de governo mundial é um fracasso idealizado desde o começo. Sua incapacidade em entender a natureza do poder e até onde seus próprios ideais são culturais, ao invés de universais, condena sua ordem mundial inevitável a ser não apenas inevitável, mas impossível.

  18. Chesterton said

    Onde quer que haja inércia, apatia e um desperdício chocante, você encontra sindicatos. Observe as companhias do setor privado que saíram do Estado — incluindo a British Airways e as ferrovias — : são elas que são feitas de reféns por sua força de trabalho militante, cujos serviços, fortuna e futuro estão comprometidos. Uma semana antes das Olimpíadas de Londres, pode apostar que os maquinistas do metrô vão realizar uma paralização, mesmo o metrô parando e partindo automaticamente. Cada década produz sua própria desova de delegados sindicais marxistas e líderes sindicalistas, homens que acham normal nos ameaçarem com suas exigências primitivas e greves sem sentido. O que eles proclamam são a democracia e
    os direitos dos trabalhadores; o que eles servem é a seu próprio ego e a seus interesses próprios estreitos.

    Se eu tivesse que entrar em greve, encenar um sit-in ou choramingar pelo que a sociedade me deve, eu morreria de fome. É a nossa sina no setor privado. E no entanto, aceitamos isto e somos nós que corremos o risco e criamos riqueza, que usamos nossa iniciatia e cérebro para sermos bem-sucedidos na selva. Os que se assentam confortavelmente em suas sinecuras patrocinadas pelo Estado não têm desculpas. Eles não foram obrigados a se tornarem servidores sociais, não foram tangidos para dentro de salas de fundos de secretarias. Então, não façam passeatad, nem se queixem, nem manifestem pasmo ao não conseguirem mais desfrutar de uma aposentadoria precoce e nos fazerem de bobos. Que impertinência que o setor público possa realmente ter que trabalhar tanto quanto o resto de nós; que liberdade a nossa em exigir que eles abandonem suas últimas tramóias de aposentadorias do jeito que há muito tempo já abandonamos.

    Talvez os dias dos governos grandes, do Big Brother e dos grandes gastos tenham se acabado. O experimento socialista do pós-guerra fracassou. Nós queríamos criar a igualdade e ao invés disto produzimos dependência. Desejávamos um sistema mais justo e ao invés disto cultivamos uma burocracia pesada e inchada que ajudou a si mesma e a ninguém mais.
    (um ingles furioso)

    http://overdextra.blogspot.com/2011/04/vai-tomar-no-cu-setor-publico.html

  19. Chesterton said

    http://en.wikipedia.org/wiki/Cloward%E2%80%93Piven_strategy

    interessante….

  20. Chesterton said

    Recém empossado diretor de um instituto internacional que tem como objetivo buscar soluções para a saúde pública dos 12 países da Unasul (União de Nações Sul-Americanas), o ex-ministro José Gomes Temporão vê em curso um processo de “americanização” do setor no Brasil.

    Sergio Lima-3.jan.11/Folhapress

    Para ele, a falta de uma fonte estável de recursos faz com que as famílias e as empresas assumam cada vez mais um papel que deveria ser do Estado.

    Sanitarista de formação, Temporão, 59, avalia que seu maior mérito nos três anos e dez meses como ministro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi colocar a saúde numa “dimensão política”. Filiado ao PMDB, ele cogita ir para o PSB e não descarta ser candidato no futuro.

    Atualmente, além de comandar o Isags (Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde), que recebeu investimentos federais de cerca de R$ 1 milhão, mantém vínculos com a Fiocruz (onde ingressou há 31 anos) e integra uma equipe internacional de avaliação do sistema de saúde da China, que estuda reformas para o setor.

    chest- porque estado deveria ser responsavel pela saude do povo? O estado é apenas um intermediario, caro e ineficiente. Que fique na China.

  21. Pax said

    Senador Valdir Raupp diz que o PT é o partido mais envolvido em casos de corrupção, que este caso vem de longe (sugere que vem de quando era o PT o dono da pasta?) etc

    Algo como chutar o pau da barraca

    http://radio.estadao.com.br/audios/audio.php?idGuidSelect=70DFB108270B4D05A08C8990C01506E6

  22. Patriarca da Paciência said

    A Chesterton apresentou seu ritual completo, seus santos de devoção, suas leituras, suas crenças, suas rezas, suas missas, etc. reinaldinho cabeção, ch, coronel etc.

    É o pessoal do Gibi, do heroizão do, “da supremacia do indivíduo”, do rambo, aquele que sozinho aniquila todo um exército, do capitão américa que obra idem etc.

    Ora Chesterton, vai cachimbar formiga!

  23. Patriarca da Paciência said

    Luiz, 2,

    muito interessante o corporativismo dos “imortais”!

    Veja só como o “imotal recente” defende de maneira convicta o “imortal antigo”.

    É a verdadeira alma brasileira.

    Muitos dizem que isso é amor.

    É aquela mãe ou pai que diz: “Meu filho pode até ser bandido, mas eu estarei sempre ao lado dele”.

  24. Chesterton said

    estamos no caminho do inferno.

  25. Pax said

    Caro Chesterton e caro Patriarca,

    Olhem que interessante, o posto do Paulo Moreira Leite comentando sobre os radicais de direita nos EUA.

    Ainda bem que sua rejeição está aumentando.

    http://colunas.epoca.globo.com/paulomoreiraleite/2011/08/09/boa-noticia-aumenta-rejeicao-ao-tea-party/

  26. Chesterton said

    O tea party nunca foi aceito pela maioria, ou teve grande popularidade, é melhor atentar para a popularidade do Obama.

    —-

    UPP é coisa inutil, os bandidos voltaram aos morros com força total. (não prenderam a canalha, só espantaram, deu nisso)

  27. Chesterton said

    e favorece medidas que dificultam uma melhoria no emprego e uma
    retomada do crescimento.

    chest- Obama quer mais trilhões para “tentar” arrumar empregos que os outros trilhoes não conseguiram. Quer dizer, já que deu errado, vamos dobrar a aposta. ora, esse PML é um analfabeto no assunto.

    Aprenda PML, governos são incapazes de criar empregos, só podem diminuir os entraves a criação destes.

  28. Chesterton said

    Esse é o drama. Hoje rejeitadas, as idéais fanásticas do Tea Party podem recuperar-se caso Barack Obama se mostre incapaz de oferecer respostas efetivas à crise. Com todas as enormes diferenças guardadas, não custa lembrar — como exemplo — a ascenção do mais conhecido líder de extrema direita do século passado, Adolf Hitler.

    chest- porra, nem na itnernet se admite recorrer a falacia ad hitlerum com tanta facilidade, que boçal.

    As ideias fantasticas do tea party se resumem a menos impostos, menos beneficios ao welfare state (que os beneficiarios logicamente não querem perder a boquinha-senão ameaçam quebrar tudo como crianças mimadas), e não gastar mais do que arrecada. O óbvio é tratado como “fantastico”por esse elemento.

  29. Chesterton said

    A pregação e as perspectivas de Hitler são muito diferentes aquelas abraçadas pelo Tea Party, evidentemente.

    chest- então vá para a PQP, cacildis.

  30. Chesterton said

    A revista Newsweek publica esta semana um perfill da personalidade mais conhecida do Tea Party, a deputada Michelle Bachmann, que disputa as primárias republicanas para tentar a Casa Branca. É o retrato de uma demagoga típica, mas que tem atraído até democratas desiludidos para seus comícios.

    chest- não é por menos que a revista está falindo, ninguem mais compra, ela fez uma caricatura maliciosa da política em questão. Obamistas falando em demagogia….assim não dá.

  31. Chesterton said

    Estou começando a gostar da Michelle.

  32. Chesterton said

    manda o PML ler esse afro-negão

    http://townhall.com/columnists/walterewilliams/2011/08/10/ignorance,_stupidity_or_connivance/page/full/

  33. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    certo vez vi um documentário onde o narrador apresenta Hitler como “produto de constrangimentos e vexames”.

    É estranho, mas essa gente com tendências elitistas sempre têm algo de gente mal-adaptadas, gente com idéias inadequadas mas que ao mesmo tempo são arrogantes e autoritárias.

    Sem dúvida é uma boa notícia o aumento da rejeição ao tal de Tea Party.

    Meu chutômetro é que os democratas farão maioria folgada nas próximas eleições norte-americanas.

  34. Pax said

    Caro Patriarca,

    Confesso que não sei e esta dúvida está ligada, claro, ao desempenho econômico e à geração de empregos.

    Obama, de quem gosto, focou em tentar segurar o tombo na economia e implantar o novo sistema de saúde. Talvez tivesse que colocar mais incentivo na geração de empregos.

    Tomara que minha preocupação não seja tão acertada, mas, se for, os Democratas podem ter dificuldades. Veja, estou falando sem entender bulufas do que rola por lá, mais de orelhada mesmo.

    Caro Chesterton, velho bom e neurastênico Chesterton,

    Calma, foi só o PML falar mal do Tea Party e você já perde os estribos? Dessa forma cai-se de cavalos.

    =)

  35. Chesterton said

    PML é analfabeto de pai e mãe.

  36. Chesterton said

    “O que estou dizendo é que tivemos a melhor década da educação do ponto de vista do avanço na qualidade”.

    Fernando Haddad, ministro da Educação, lembrando que ninguém conseguiu em tão pouco tempo comandar dois naufrágios do Enem e lançar livros didáticos que ensinam que falar errado está certo ou que 10 menos 7 é igual a 4.

  37. Pax said

    A pedido do Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP) a Justiça Federal autorizou a divulgação da identidade dos presos na Operação Voucher. São eles: Frederico Silva da Costa, José Carlos Silva Júnior, Colbert Martins da Silva Filho, Dalmo Antônio Tavares Queiroz, Francisca Regina Magalhães Cavalcante, Freda Azevedo Dias, Gláucia de Fátima Matos, Hugo Leonardo Silva Gomes, Kátia Terezinha Patrício da Silva, Kérima Silva Carvalho, Luciano Paixão Costa, Mário Augusto Lopes Moyses, Jorge Kengo Fukuda, Katiana Necchi Vaz Pupo, Maria Helena Necchi, Luiz Gustavo Machado e Sandro Elias Saad e Wladimir Silva Furtado.

    As prisões preventivas ocorreram na manhã de terça-feira, 9 de julho, em São Paulo, Brasília, Curitiba e Macapá. Os presos desembarcaram na cidade por volta das 11 horas da noite. Depois de passar por exame médico pericial, foram ouvidos em depoimento e, em seguida, encaminhados ao Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

    Presos preventivamente, os acusados do desvio de R$ 4 milhões de recursos do Ministério do Turismo permanecerão no Iapen por tempo indeterminado, à disposição da Justiça. A medida é necessária para garantir a manutenção da ordem pública e para que os envolvidos não interfiram nas investigações.

    Prisões temporárias – Depois de prestar depoimento, os presos temporários – Hellen Luana Barbosa da Silva, Alberto Luchetti Neto, Dante Torelo Matiussi, Gerusa de Almeida Saad, Irene Silva Dias, Paula Gama Ribeiro Leite Saad, Alexandre Ferreira Cardoso, Antonio dos Santos Junior, Fabiana Lopes de Freitas, Fábio de Mello, Fernando Rwer do Nascimento, Eduardo Alves Fayet, Luiz Fernando Ferreira, Uyara Débora Schimidtt, David Lorrann Silva Teixeira, Merian Guedes de Oliveira, Errolflyn de Souza Paixão, José Luiz Nogueira Marques – foram liberados.

    Assessoria de Comunicação Social
    Procuradoria da República no Amapá

    http://www.prap.mpf.gov.br/noticias/noticia.php?cdnoticia=2001

  38. Chesterton said

    O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, convocou os britânicos nesta quarta-feira a conterem o tratamento “selvagem” em relação aos manifestantes na Inglaterra, enquanto o governo líbio de Muammar Gaddafi acredita que o primeiro-ministro David Cameron perdeu legitimidade e deve sair.

    chest- as elites mundialistas entraram numa sinuca e tem que ouvir agora essas coisas, é hilário.

  39. Chesterton said

    And that’s where things really get bad.

    Faced with the greatest financial crisis since the Great Depression, faced with the weakest job market since WWII, faced with endless debt and out-of-control entitlements, Obama’s policy prescriptions haven’t changed one bit:

    1. Soak the “millionaires and billionaires” making as little as $200,000.

    2. Regulate the ever-loving life out of the economy.

    3. Increase entitlements.

    4. Spend, spend, spend.

    The fact that these policies haven’t worked hasn’t deterred Obama. Just on Monday he took to the airwaves yet again to call for yet more taxes and yet more spending to fund the expanded welfare and regulatory state he refuses to trim.

    Obama isn’t just a failed leader. Unlike Carter, the Smartest Man in the Room™ has proven unable or unwilling to learn on the job. Obama can’t recognize mistakes — even though the evidence is as plain as last month’s hideous jobs report. He will continue to demand that reality conform to his theories, no matter what damage he does to this country. He doesn’t doge, he doesn’t weave — he keeps pursuing failure in the face of failure.

    Why? I don’t care why. Maybe it’s his ego. Maybe he really believed all those stoned-out-of-his-mind late-night Harvard bull sessions. Maybe he really is trying to drive this country into the ground, for whatever reason. Maybe, Barack Obama is just a dumbass.

    What I do know is, the American people were sold a pig in a poke three years ago. What I don’t know is, if they’ll buy it again.

  40. Chesterton said

    Ação da imprensa enterra planos do PT de impor uma “ley de los medios”.
    O marco regulatório da mídia, caminho do PT para adotar as práticas bolivarianas de censura à imprensa, desceu lama abaixo, misturado com a corrupção que tomou conta do governo Dilma. Uma corrupção que só veio à tona pelo trabalho admirável da imprensa livre. Revistas e jornais escancaram, todos os dias, novas denúncias, passando a ser o mais poderoso pilar em defesa da democracia brasileira. Sem a imprensa, a oposição, incompetente e minoritária, seria definitivamente afogada no Congresso, pois o que ainda lhe dá algum fôlego é a constatação diária, pelas manchetes, de que o PT apodreceu o país, adotando o fisiologismo mais porco e mais fedorento para se manter no poder a qualquer preço. O marco regulatório da mídia, que já estava sendo chamado de “ley de los medios” pelos blogueiros chavistas progressistas, vai virar apenas algumas recomendações sobre horários de exibição, nenhuma linha sobre conteúdo jornalístico. No máximo criando novas medidas para distribuir algumas rádios e TVs para sindicatos, ongs e companheiros. A imprensa venceu mais uma batalha. Aliás, ontem foi a primeira operação da Polícia Federal contra corruptos no governo Dilma. A imprensa finalmente ganhou um aliado, não um inimigo, o que é ótimo.
    POSTADO POR O EDITOR CORONEL

  41. Chesterton said

    The Sun Never Sets On The British Welfare System
    by Ann Coulter
    08/10/2011
    Aqueles que seguem de perto os motins bárbaros na Grã-Bretanha não deixarão de notar que uma significativa proporção dos amotinados são brancos, coisa rara de ver nos EUA.

    Não só isso, mas num triunfo do feminismo, muitos dos saqueadores são meninas. Mesmo as “incapazes” (de acordo com o sistema de beneficios britânicos) parece terem miraculosamente se recuperado de suas enfermidades para roubar uns aparelhos de TV. Parabens Inglaterra, barbarizou seus cidadãos, de todas raças, gênero e/ou handicap físico.

    Com um sistema de bem-estar-social muito mais avançado que os EUA, a Inglaterra conseguiu o notável resultado de transformar comunidades inteiras de ingleses ancestrais em brutos bêbados e tatuados.

    Acho que agora temos a prova daquilo que os conservadores vêm dizendo desde sempre.: saques são o resultado de políticas de bem estar de esquerda. E a Inglaterra está nos estágios finais do welfare-state (falindo).

    Em 2008, uma menina de 9 anos de idade, SM, desapareceu no caminho de casa da escola. A midia caiu em cima do caso – só para descobrir que a menina era um de 7 filhos que sua mãe, Karen, tinha produzido com 5 maridos diferentes.

    O primeiro desses “doadores de esperma” seriais explicou: “Karen vai de um homem ao outro, usam-nos para ter filhos e se apropriar de todos benefícios para crianças e se muda”.

    A pobre menininha acabou aparecendo na casa de um de seus “tios” – cuja mulher, por falar nisso, era mãe de 6 crianças com 3 pais diferentes.

    (como o dia dos pais é comemorado na Inglaterra?)

    O Faily Mail de Londres traçou a ancestralidade orgulhosa da familia por centenas de anos. A guerra nazista não foi capaz de dobrar a Inglaterra, mas o moderno estado-de-bem-estar-social conseguiu.
    …..
    A Inglaterra tem um sistema redistributivo muito maior que a França, o que é o motivo dos problemas criminais da França serem na maioria um assunto de imigrantes muçulmanos. Enquanto isso o sistema inglês vai rapidamente sua população nativa de volta a violência do século 18.
    Desnecessário dizer que a Inglaterra é lider da Europa na proporção de mães solteiras, como consequência, tambem lidera em crime violento, alcoolismo e abuso de drogas, obesidade e DST.

    Mas as elites inglesas dos EUA e da Inglaterra culparão tudo menos o bem-estar-social que tanto adoram. Variarão entre o sistema de classes inglês, a falta de empregos ou a história de racismo da nação.

    Os democratas estariam deliciados se quadrilhas violentas como as inglesas aparecessem nos EUA – talvez em Wisconsin! Isso permitiria que forçassem mais programas governamentais dirigidos por funcionários públicos sindicalizados, como aconteceu após os motins de 1992 em Los Angeles e os motins dos anos 60, como recomendados pela comissão Kerner.
    Incitar massa violentasé a essência da agenda de esquerda: promova a guerra de classes, filhos ilegítinmos e um cidadão vazio. Assim como a garota entrevistada pela BBC, os democratas nos dizem:” tudo isso acontece por causa dos ricos”.

    Agora estamos começando a ver o rsultado final dessa idéia na Inglaterra: uma sociedade de bestas. Assim, as elites dirigentes “isentas” não ousam condenar os animais que seus programas criaram.

    Alguns tiros bem colocados e os motins que não poupam crianças e destroem negócios familiares centenários teriam cessado imediatamente. Um ataque mais consistente à massa revolta teria salvado a Inglaterra de si mesma, finalmente removendo parasitas bêbados de cabeça raspadada lista de beneficiários que a Inglaterra não tem a disposição suficientede abolir numa base moral ou utilitária. Temos certeza que não correríamos o risco de matar um Churchill ou um Edmund Burke nesses grupos.

    Mas como Luis 16, as autoridades britanicas estão paralizadas pela indiferença por sua própria civilização. Meio século de desmerecimento pelo crime de serem britânicos deixou-os indefesos.Eles não vêm nada na Inglaterra que valha a pena ser salvo, muito menos pelo que lutar – o que de certo modo não é ruim, já que seus policiais não usam armas (e iriam perder a luta).

    Assim é como civilizações morrem. Pode ocorrer da noite para o dia, como na Revolução Francesa. Se em 1939 a população britânica fosse composta pela população britânica atual, toda Europa estaria hoje fazendo a saudação “Heil Hitler” e cantando o “Horst Wessel Song”.

  42. Olá!

    Aqui vai um interessante link sobre algumas considerações do economista Paul Singer sobre a corrupção.

    É interessante que ele reconhece que quando há dinheiro público envolvido em determinada situação, a corrupção é praticamente inescapável (aliás, ele coloca que a corrupção no Brasil é uma instituição — triste isso, muito triste mesmo. . .). No entanto, apesar disso tudo, ele não defende que haja uma maior diluição, entre a população, desse poder financeiro sob tutela do Estado (provavelmente pelo fato de que as medidas que tornariam essa diluição possível entrariam em rota de colisão com as idéias economicamente centralizadoras que ele defende), o que colocaria menos recursos à disposição dos políticos corruptos e mais dinheiro no bolso do cidadão.

    A esquerda tem um sério problema em entender que no mundo o que mais há são relações de trade-offs: É complicado de se fazer um omelete sem quebrar os ovos.

    Da mesma maneira que é difícil de se obter níveis baixos de corrupção quando tal corrupção já se tornou uma instituição e, mesmo assim, o Estado detém um absurdo poder econômico sob seu comando, isto é, sob o comando dos políticos (que, não por coincidência, são os principais executores da corrupção).

    Deve haver algo de muito errado com os economistas do PT, pois eles, invariavelmente, têm uma visão elitista da economia (eles defendem que uma elite de pessoas iluminadas ditem os rumos econômicos de um país) ao mesmo tempo em que mostram uma extrema desconfiança quanto aos sistemas econômicos e processos essencialmente descentralizadores, que não necessitam das mentes iluminadas de nenhum intelectual de gabinete, mas que confiam, pura e simplesmente, em pessoas comuns e que, provavelmente, sequer venham a ter alguma experiência universitária, diplomas e coisas tais.

    O Google não é resultado de nenhum planejamento estatal.

    Aqui algumas lembranças do FHC sobre as opiniões do Paul Singer sobre o Plano Real, as privatizações, a Lei de Responsabilidade Fiscal e outras medidas que modernizaram a economia brasileira. Excerto:

    Época de campanha eleitoral é propícia à demagogia. Pode servir também para a construção de um país melhor se os líderes políticos tiverem grandeza. O embate entre PSDB e PT já dura 17 anos, desde o governo Itamar, quando iniciamos o Plano Real. É tempo de reavaliar as diferenças e críticas recíprocas. Os mais destacados economistas do PT daquela época, Maria da Conceição Tavares, Paul Singer e Aloizio Mercadante, martelaram a tecla de que se tratava de jogada eleitoreira. Não quiseram ver que se tratava de um esforço sério de reconstrução nacional, que aproveitou uma oportunidade de ouro para inovar práticas de gestão pública e dar outro rumo ao país. Como tampouco haviam visto que, por mais atribulada que tivesse sido a abertura da economia, sem ela estaríamos condenados à irrelevância em um mundo que se globalizava.

    A mesma cegueira impediu que se avaliasse com objetividade o esforço hercúleo para evitar que o sistema financeiro se desfizesse por sua fragilidade e pela voragem dos ataques especulativos. Proer, Proes e o respeito às regras da Basileia foram fundamentais para alcançar as benesses de hoje. Passamos pelo penoso aprendizado do sistema de metas para controlar a inflação e aprendemos a usar o câmbio flutuante, sujeito – como deve ser – à ação corretora do BC. Esses processos, a despeito de críticas que lhes tenham sido feitas no passado, constituem agora um “patrimônio comum”. O mesmo se diga sobre a Lei de Responsabilidade Fiscal, que foi duramente criticada pelo PT e aliados e, hoje, é indiscutida, embora nem sempre aplicada com o rigor necessário. Isso revela amadurecimento do país

    É. . .

    Até!

    Marcelo

  43. Olá!

    Depois desta notícia, parece que o governo resolveu implementar o Papo Criminoso.

    Galera malaca, bandida, só idéia errada!

    Até!

    Marcelo

  44. Chesterton said

    Agora fiquei besta…

    Nelson Motta – O Estado de S.Paulo
    “Os partidos de esquerda que mantiverem a velha tradição de luta interna pelo controle dos aparelhos de poder, sem um projeto ousado e inovador, ficarão como os socialistas gregos, espanhóis e portugueses: sem fazer as suas reformas, serão reformados pelo mercado…”

    É incrível, mas foi o Tarso Genro que disse isso! E o que fizeram os progressistas gregos, espanhóis e portugueses? Inflaram os gastos públicos com pessoal, empregaram seus companheiros no governo e nas estatais, ampliaram os direitos sociais mas não os deveres fiscais dos cidadãos, se endividaram temerariamente, aumentaram as cargas trabalhistas e diminuíram a competitividade de seus produtos, epa!, parece até que estamos falando do jeitão lulopetista de governar. Seria uma autocrítica tardia? Antes Tarso do que nunca.

    E o que não fizeram os companheiros europeus? As reformas tributárias, previdenciárias, políticas e econômicas que deviam fazer. E foram atropelados pelos fatos, pelos números e pelas leis implacáveis do mercado, aquelas que não mudam por decreto nem por “vontade política”.

    Nem bem refeito do choque com a surpreendente advertência de Tarso, levo um susto com o que leio nos jornais:

    “É natural que os partidos indiquem os ministros e o seu entorno, mas o resto deve ser da burocracia, com servidores concursados.”

    Quem disse isso foi José Dirceu, aparelhador-mor do Estado, articulador das alianças com partidos podres e políticos fisiológicos que rapinam os cofres públicos, que agora defende a meritocracia e não mais a “ocupação estratégica dos espaços políticos” para a realização do grande plano de poder petista. Duro vai ser tirar a companheirada do bem-bom e dar esses 25 mil cargos aos funcionários mais competentes.

    Para nossa ainda maior surpresa, o PT desistiu publicamente da sua bandeira histórica do “controle social da mídia”. E para encerrar a sucessão de assombros, as palavras abalizadas de Sarney, o nepotista-mor: “Parentes no governo só criam problemas”.

    Não sei não, mas se eles continuarem com essas ideias amalucadas, corremos o risco de acabar caindo numa democracia.

  45. Chesterton said

    Dilma (a-sem-noção) quer ser avisada com antecedência das operações da PF. Fez essa exigência a José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, a quem está subordinada a polícia. Ignorância da lei ou prepotência? Atenção! A Polícia Federal tem o seu controle administrativo submetido ao Ministério da Justiça, mas ela é, e tem de ser, independente, sem subordinar o seu trabalho ao governo de turno. Age sob determinação da Justiça, que, por sua vez, avalia os indícios que são apresentados pelo Ministério Público.

    Lamento chatear Dilma, mas ELA NÃO TEM NADA COM ISSO! Até porque, se a presidente não sabe, é bom saber: ela própria, em tese, pode ser alvo de uma operação da Polícia Federal.

    —-

    Se esperam que eu viole a lei, têm falsa ilusão”, diz Cardozo
    Por Vannildo Mendes e Vera Rosa, no Estadão:

    Acusado pela base aliada do governo de não ter controle sobre a Polícia Federal, o ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, disse ontem ao Estado que jamais quebraria o sigilo de uma investigação e violaria a lei para atender a interesses políticos. Cardozo foi criticado por deputados e senadores, principalmente do PMDB, logo após a Operação Voucher da Polícia Federal, que apura suspeita de fraude em convênios no Ministério do Turismo, comandado pelo partido.

    “Causa estranheza que imaginem que o ministro da Justiça deva cometer um crime para fazer o controle político da execução de uma ordem judicial”, afirmou Cardozo. “Já foi o tempo em que o Ministério da Justiça era conivente com violações do Estado de Direito.”

    Na terça-feira, quando a Operação Voucher foi deflagrada, a presidente Dilma Rousseff reclamou com o ministro por não ter sido avisada antes da ação policial. O episódio aumentou o mal estar entre o PT e o PMDB, os principais partidos da base de apoio do governo no Congresso.

  46. Chesterton said

    Perdeu, Marina Silva.
    Marina Silva lançou, no último dia 4 de agosto, um abaixo-assinado para recolher um milhão de assinaturas. Hoje, uma semana depois, está com 5.525 participantes. O Brasil acordou e sabe que Marina Silva comanda uma rede de ongs a serviço de interesses internacionais que querem roubar 29,5 milhões de hectares e desempregar 1 milhão de agricultores. Estes 29,5 milhões de hectares fazem parte da Reserva Legal que está sendo usada desde 1.500! Sabe quanto isto representa a mais de florestas para o Brasil? Pouco mais de 5%, pois temos 525 milhões de hectares. Temos 61% de cobertura nativa, a maior reserva florestal do mundo! É hora do Brasil dar um basta a esta demagoga de quinta categoria.
    POSTADO POR O coronel

  47. Pax said

    Chesterton e suas fontes…

    Vai acabar com hepatite.

  48. Pax said

    Dilma, com noção, está fazendo um bom governo até aqui.

    – colocando pra fora os furúnculos
    – segurando o custeio
    – anunciando projetos que assegurarão a economia ativa

    e a oposição continua a lesma lerda, muito ruim, sem um único discurso propositivo

    e, por isso, cada vez menor

    aí, sim, vejo um grande problema.

    Sem oposição a tendência é ruim. Caramba, que gente mais fraca essa. Nunca vi igual. Perderam a teta… e o rumo.

  49. Chesterton said

    Nelson Motta, Estadão e O Coronel.

    A Dilma quer o controle da PF e a culpa é da oposição….carácoles!

  50. Chesterton said

    é o mesmo que dizer:
    – vou roubar (e se não for preso, a culpa é da policia que é muito ruim) que degeneração moral, hein?

  51. Pax said

    Caro Chesterton,

    Diga você, sem essas fontes poluídas:

    – onde Dilma está agindo mal?
    – onde a oposição está agindo bem?

    Simples.

  52. Chesterton said

    porque você se esconde atrás das oposições para não criticar a Dilma?

  53. Chesterton said

    SEXTA-FEIRA, 12 DE AGOSTO DE 2011
    Dilma está algemada ao esquema corrupto do lulopetismo.
    A presidente não demorou a mostrar a sua cara. Em vez de comemorar a prisão dos corruptos, ficou “furiosa”, achou tudo um “acinte”, de agora em diante quer ser informada antes das ações policiais. Para quê? Para mandar limpar gavetas e jogar computadores pela janela? A Policia Federal estourou um esquema criminoso que estava anunciado no Turismo, desde que foi lançado o Programa Bem Receber Copa. O nome não poderia ser mais adequado. Bem receber sem nada fazer, tendo em vista que os cursos de 30 horas são feitos em 12 minutos pela internet. Minha mãe diria: mas onde é que esta mulher está com a cabeça? Onde é que já se viu Presidente da República ficar do lado do bandido? E deixar que de dentro do seu governo saiam pressões contra funcionários públicos que, sem verba e sem investimento, estão cumprindo com o seu dever. Algemar um coletivo (nova denominação cunhada por Mercadante para quadrilha) de corruptos é atabalhoado, exagerado, acintoso?Ou deveria servir de exemplo e ser aplaudido pela Presidente? Bastaria dizer: confio na Polícia Federal e se eles algemaram é porque era necessário. O que está acontecendo é que ela, Dilma Rousseff, está algemada no esquema corrupto criado nos oito anos de Lula, dos quais ela participou ativamente como a grande gerente de todos os programas onde, hoje, espoucam as mais variadas denúncias de roubalheira. Ao atacar a Polícia Federal ficou parecendo que a Presidente da República está a defender a própria pele. Afinal de contas, a Justiça lhe faculta o direito de não produzir provas contra si mesma.
    Coronel

  54. Pax said

    Caro Chesterton, em #52,

    Não estou me escondendo. Sinceramente esperava menos de Dilma. As informações que tenho dos nossos conterrâneos, no RS, gente da imprensa que não é, nem de longe, ligada ao PT, me diziam que ela é firme, que chegavam a fazer reportagens sem mesmo entrar em sua sala, de tanto que ela esperneava e os repórteres ouviam em sua sala de espera, à época em que era secretária de governo.

    Hoje o que vejo?

    Alguns bons sinais, ao menos entendo assim, como coloquei acima: furúnculos, custeio, projetos etc.

    Mas é claro, e saudável, que a oposição faça suas críticas. Quanto mais ainda melhor. Só que críticas, porradas, onde a coisa anda bem, são tiros nos pés. Este tal coronel que o diga, só fala besteira.

    Se liga, caro Chesterton, a oposição continua sem qualquer discurso propositivo, o que é muito ruim. No fundo está atrapalhando o que está num bom caminho e mostranto que não sabe pra que sentido e direção se encontra o Norte. Onde isso vai dar?

  55. Chesterton said

    Pax, qual a besteira que o Coronel disse, você faz acusações contra quem não gosta de modo muito genérico. Ele é isso, ele é aquilo, sem apontar EXATAMENTE o ato ou o dito errado.
    O problema da oposição não é de ser ou não propositiva, mas de não cobrar mais punição para corruptos e a devolução do dinheiro roubado. Tem que chamar a Dilma na “chincha”.


    e o artigo do Até tu, Genro? Até ele aprendeu que o capitalismo é melhor que o socialismo?

  56. MBSjnr said

    :: Boa tarde, ladies end gents.

    “Operação Voucher”.
    Até que dessa vez eles não
    foram exageradamente criativos.

  57. Pax said

    Caro Chesterton,

    Olha a brilhante conclusão do tal bobalhão do coronel: que Dilma não quer produzir provas contra si mesmo. Ora bolas, sobre o quê mesmo?

    É disso que reclamo, com uma oposição tão absurda como esta, que país teremos? Já faz um tempo que venho afirmado isto por aqui. Meia dúzia de babaquaras como estes acham que fazem um baita de um papel de oposição quando, na verdade, desmontam qualquer possibilidade de se criar uma relação entre propostas (a) ou (b) ou (c) para que possamos decidir democraticamente, nas urnas, qual queremos.

    Sabemos que o poder no Brasil é complicado pacas, que quem está no governo precisa torear os interesses de um monte de corruptos estabelecidos. Foi diferente com FHC? Diferente com Lula?

    E agora que temos um leve movimento de limpeza, ainda que superficial, a idiotice da oposição quer reclamar do quê mesmo?

    Este processo de limpeza precisa de apoio popular pois tudo que não tem é apoio da tal base de governo e, muito menos, desta oposição fracassada.

  58. Pax said

    E nem precisavam ser, grande MBSjnr,

    Há muitas áreas em que o status quo é pândego de tão bandeiroso. A roubalheira é tão folgada que os caras não tomam o menor cuidado. Uma hora a sociedade brasileira vai cobrar isto. Espero que com juros e correção.

  59. Zbigniew said

    Essa mulher não está para brincadeira:

    – Dilma considera pedidos da Fifa absurdos e queda de braço continua (http://www1.folha.uol.com.br/esporte/958624-dilma-considera-pedidos-da-fifa-absurdos-e-queda-de-braco-continua.shtml).

    – Dilma: governador do CE tinha razão ao criticar Transportes.
    (http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5293007-EI7896,00-Dilma+governador+do+CE+tinha+razao+ao+criticar+Transportes.html)

    – Presidente de Comitê da ONU elogia estilo de governar de Dilma Rousseff (http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/2011/07/presidente-de-comite-da-onu-elogia-estilo-de-governar-de-dilma-rousseff/)

    -‘Ele é o homem certo no lugar certo’, diz Dilma sobre Amorim
    (http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/08/ele-e-o-homem-certo-no-lugar-certo-diz-dilma-sobre-amorim.html)

    – Terminal portuário inaugurado no Ceará é ‘luta contra inércia’, diz Dilma
    (http://g1.globo.com/ceara/noticia/2011/08/terminal-portuario-inaugurado-no-ceara-e-luta-contra-inercia-diz-dilma.html)

    -Dilma diz que todos os estádios ficarão prontos para a Copa de 2014
    (http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/08/dilma-diz-que-todos-os-estadios-ficarao-prontos-para-copa-de-2014.html)

    -Dilma diz que Brasil será 6º país a fabricar submarinos nucleare
    (http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2011/07/18/dilma-diz-que-brasil-sera-6-pais-a-fabricar-submarinos-nucleares.jhtm)

    -etc., etc., etc…

    O interessante é que a ordem do dia para o PIG é denominar a Presidenta de “faxineira”. E só.

  60. Chesterton said

    Olha a brilhante conclusão do tal bobalhão do coronel: que Dilma não quer produzir provas contra si mesmo. Ora bolas, sobre o quê mesmo?

    chest- se refere ao fato de a Dilma achar que a presidente da republica tem que ser avisada das operações da Policia Federal, como se a Policia Federal fosse uma coisa como Policia do Governo.
    Dilma e o PT confundem instituições de estado com seu governo. Uma versõa light do “L´Etat c´est moi”.

    Assim, Dilma pretende ser avisada para quê? para avisar seus corregligionarios e eles terem tempo de esconder as provas?

    Post perfeito do Coronel.

  61. Chesterton said

    Há muitas áreas em que o status quo é pândego de tão bandeiroso. A roubalheira é tão folgada que os caras não tomam o menor cuidado. Uma hora a sociedade brasileira vai cobrar isto. Espero que com juros e correção.

    chest- quem tem que cuidar disso é o poder executivo, que parece mais interessado em abafar os eventos.

  62. Chesterton said

    He who dares lives to fight another day on the long road with no turning.

  63. Zbigniew said

    O PIG funciona assim:

    “Folha leva 12 dias para publicar desmentido”

    Ou o jornalismo da Folha é o mais lento do planeta, ou agiu deliberadamente ao ocultar de seus leitores, por quase duas semanas, que não era verdadeira a informação publicada na primeira página de que o comandante do Exército, general Enzo Peri, estava sendo investigado pelo Ministério Público Militar.
    (…)
    O Ministério Público Militar negou a informação em nota datada do dia 1º de agosto.
    Só hoje a Folha publicou essa negativa,  como você lê no destaque, matéria que não está disponível na internet.
    (…)
    http://www.tijolaco.com/folha-leva-12-dias-para-publicar-desmentido/

    O maior problema dessa onda de denuncias e se descambar para o macartismo

  64. Chesterton said

    Pax, como você reclamou da qualidade dos solos…(tenho o CD, comprado pela internet, se quiser envio essa faixa)

  65. Chesterton said

    Padroeiro da Bandidagem

    “É inaceitável que uma pessoa que tem endereço conhecido, CIC, RG e tudo certo, seja presa e algemada como um marginal. Se você expõe alguém inocente algemado no jornal e na TV, e depois se prova que essa pessoa não era culpada, quero ver quem vai ter a coragem de ir a público pedir desculpas. Estamos cansados de injustiça nesse país”.

    Lula, sobre a prisão dos larápios que têm CIC, RG, endereço conhecido, sala em algum ministério e a carteirinha de sócio do clube dos bandidos de estimação, explicando que, embora isso jamais tenha acontecido desde 2003, é possível que apareça algum inocente na colossal procissão de culpados absolvidos antecipadamente pelo Padroeiro dos Pecadores Companheiros,

    Augusto Nunes

  66. Patriarca da Paciência said

    Quando da prisão do Daniel Dantas, o PIG fez o maior alarido exatamente alegando estas coisas.

    O STF deecidiu a favor do Danel Dantas.

    Então, é muito estranho que o PIG venha a público se queixar de algo que ele mesmo provocou.

    No Brasil ninguém pode ser algemado (a não ser que fique provado que é indivíduo altamente perigoso) assim como ninguém pode ser preso, a não ser depois do trânsito em julgado da sentença condenatória.

    Não é palavra do Lula – é palavra do STF.

  67. Chesterton said

    PIG quis dar o golpe no Daniel Dantas? De qual cargo publico queria derrubá-lo.

  68. Patriarca da Paciência said

    O PIG se colocou todo ao lado do Daniel Dantas e contra o delegado Protógenes.

    Agora parece que o PIG está ao lado do delegado Protógenes!

  69. Zbigniew said

    A TV Globo colocou a Sra. Clarice Copetti entre os presos numa chamada do Jornal Nacional e, depois, limitou-se a dizer que havia sido um erro.

    O PIG nao pede desculpas, diz que foi um erro. E isto logo depois de ter tido a necessidade de gritar aos quatros cantos do mundo que sao regidos por principios de altos valores eticos e morais.

  70. Zbigniew said

    O PIG nao gosta do Amorim. A reportagem do Fantastico sobre o trafego aereo brasileiro foi de uma sutileza de elefante.

    Nota Oficial – Esclarecimentos sobre reportagem do Fantástico exibida em 07/08/2011 (http://www.fab.mil.br/portal/capa/index.php?mostra=8021).

  71. Chesterton said

    Protogenes beneficou tanto a Dantas que desconfio que foi de propósito.

    —————-

    Novas denúncias e ministro da Agricultura emite nota ameaçadora. Contra Dilma.
    Wagner Rossi (PMDB-SP), ministro da Agricultura, faz o óbvio: ante novas denúncias, ataca a revista Veja, dizendo que vai processá-la. Até hoje não processou o irmão de Romero Jucá, que o chamou de ladrão. No entanto, o que é mais revelador é uma frase, no meio da nota oficial que soltou hoje pela manhã:

    Não querem apenas desconstruir minha credibilidade ou acabar com minha imagem, mas destruir a aliança política vitoriosa nas urnas em outubro do ano passado.

    É um aviso claro: se botar a mão em mim, acaba a aliança. Ameaçada, Dilma Rousseff declarou, imediatamente, que Wagner Rossi tem sua total confiança. A presidente da República não manda mais. Virou refém do PMDB. Aliás, como era previsto desde que ela foi eleita. (cel)

  72. Zbigniew said

    A imprensa tem um papel importante na democracia, mas não há carta branca para destruir reputações ou ferir a dignidade humana. O PIG, no afã de criar o clima político da ingovernabilidade, tem passado por cima desses valores. Vale a pena pagar esse preço?

  73. Zbigniew said

    Vai precisar de mais de uma reportagem pra q se de algum credito a carta de princípios do membro mor do PIG.

    “3 Minutos do Jornal Nacional contra Ricardo Teixeira.

    (…)

    O Jornal Nacional apresentou reportagem de 3 minutos destacando que a polícia investiga suposta irregularidade no contrato de realização do amistoso entre Brasil 6 a 2 Portugal, ocorrido em 2008.
    (…)
    A matéria do Jornal Nacional ocorre sete dias após a divulgação do manifesto de princípios e pouco mais de um mês depois do perfil sobre Ricardo Teixeira publicado pela revista “Piauí”. Nele, Teixeira relata um episódio que, em sua análise, interrompeu as reportagens da Globo contra sua gestão na CBF. Em 2001, durante a CPI da Nike, um Globo Repórter fez denúncias contra Teixeira. Pouco depois, a CBF marcou um jogo entre Brasil e Argentina para as 19h45. “Pegava duas novelas e o Jornal Nacional. Você sabe o que é isso?”, disse Teixeira à Piaui. “Como a Globo transmitiu a partida, amargou o prejuízo de deixar de mostrar diversos anúncios no horário nobre, o mais caro da programação. A partir daí, não houve mais reportagens desagradáveis sobre o presidente da CBF na Globo”, escreveu a revista.
    (…)”
    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/3-minutos-do-jornal-nacional-contra-ricardo-teixeira#more

  74. Zbigniew said

    Muito boa a colocação da Presidenta. Só precisa ir a TV para mostrar as boas realizações do seu governo.

    “Não vamos abraçar a corrupção, mas não serei pautada pela mídia”, diz Dilma Rousseff
    Em entrevista à revista Carta Capital, a 33ª concedida no cargo de presidente, Dilma Rousseff afirma que o governo federal afastou funcionários acusados de irregularidades no uso de dinheiro público nos ministérios dos Transportes e do Turismo. Entretanto, alerta que sua administração não pode superdimensionar as denúncias e nem criar condenados sem o devido processo legal.

  75. Chesterton said

    estão tentando enganar o povo?

    ———————-

    Brasileiro não sabe a qual classe social pertence, diz estudo
    PUBLICIDADE

    MARIANA SALLOWICZ
    DE SÃO PAULO

    A maior parte dos brasileiros no topo da pirâmide acredita que faz parte da classe média e mais de um terço se considera baixa renda. Já aqueles que integram a classe C também se enxergam em um patamar inferior ao real.

    É o que mostra pesquisa do Data Popular feita no segundo trimestre deste ano com 3.000 entrevistados em 251 cidades de 26 Estados.

    “A percepção da população em relação ao seu padrão de vida, em grande parte, não reflete a realidade”, afirma Renato Meirelles, sócio-diretor do instituto.

    No caso dos integrantes das classes AB (renda média domiciliar de R$ 8.393), 55,2% se consideraram da classe média (R$ 2.295), quando somente 9,6% se classificaram corretamente.

    Outros 35,2% avaliaram ser da baixa renda (média de R$ 867). Ao serem questionados, não foram informados sobre o critério de renda da classificação.

    Na classe C, 32,5% se posicionaram corretamente, mas 65,7% disseram fazer parte da baixa renda.

    PATAMAR

    “Grande parte dos integrantes da classe média brasileira está nesse estrato há pouco tempo. Eles vieram da baixa renda e ainda se enxergam nela. Sabem que o padrão de vida está melhorando, mas não consideram a mudança de patamar.”

    Por outro lado, há ainda outros 16,9% de cidadãos de baixa renda que pensam que são da classe média.

    “São os emergentes que se consideram da classe média baixa, mas que ainda não são. Como eles têm perspectiva de crescimento na renda, avaliam erroneamente”, diz o diretor do Data Popular.

    INFLUÊNCIA DOS EUA

    De acordo com Marcelo Neri, economista-chefe do Centro de Políticas Sociais da FGV (Fundação Getulio Vargas), essa visão distorcida da população é consequência da forte influência norte-americana no Brasil.

    “Pelo padrão dos Estados Unidos, quem é da classe média tem dois carros na garagem, o que não é necessariamente verdade aqui. A renda per capita americana é bem superior à brasileira”, afirma.

    “Para o brasileiro, ricos são o Eike Batista e outros milionários do patamar dele”, afirma Meirelles.

    Eike, magnata dos projetos privados da infraestrutura brasileira, foi considerado o oitavo mais rico do mundo em ranking da revista “Forbes”.

  76. Pax said

    Caro Chesterton,

    Aconselho você não assistir este vídeo

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: