políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Peso de Temer segura Rossi

Posted by Pax em 17/08/2011

Quando Lula pediu ao PMDB uma lista tríplice para escolher o vice, segundo o noticiário à época, era porque não queria Michel Temer para candidato ao lado de Dilma. Deveria ter lá suas razões que agora parecem se comprovar.

A presidente Dilma fez um acordo com o PMDB: mantém Wagner Rossi como ministro da Agricultura indicado por Temer, mas demitirá a malta que o cerca.

Pois é, vice com peso tem uma enorme vantagem, que é aumentar as saudades do falecido José Alencar.

Ministro da Agricultura admite que usou jatinho de empresa contratada pelo governo

Danilo Macedo – Repórter da Agência Brasil

Brasília – O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, respondeu, em nota, à denúncia de que usa o jato executivo da empresa Ourofino Agronegócios para viagens particulares, publicada na edição de hoje (16) do jornal Correio Braziliense. Segundo a reportagem O ministro e o jatinho de US$ 7 milhões, o faturamento da empresa de Ribeirão Preto, cidade onde o ministro mora com a família, cresceu 81% depois que a empresa foi incluída como fornecedora de vacinas para a campanha contra a febre aftosa, iniciada em novembro de 2010.

“Em raras ocasiões, utilizei como carona o avião citado na reportagem”, admitiu Rossi. No entanto, quanto às autorizações de registro de patentes dadas pelo governo à Ourofino, o ministro disse que o processo para a empresa produzir o medicamento contra aftosa teve início no Ministério da Agricultura em 2006, antes da entrada dele na pasta. Segundo Rossi, ao longo de quatro anos, foram “cumpridos rigorosamente” todos os procedimentos técnicos que levaram à autorização para fabricação do produto.

Rossi disse ainda que, além da Ourofino, outras empresas também receberam licenças do governo durante a gestão dele. Até 2009, informou, apenas seis marcas, sendo cinco internacionais, tinham autorização do governo para produzir e vender vacinas contra febre aftosa no Brasil. “A decisão, técnica, teve como objetivo abrir o mercado”.

O ministro negou que tenha havido privilégios ou tratamento especial às empresas e garantiu que elas têm reputação no mercado e cumpriram todos os pré-requisitos legais. Em menos de três semanas, esta foi a terceira nota de Rossi à imprensa para responder denúncias envolvendo autoridades do ministério.

Anúncios

5 Respostas to “Peso de Temer segura Rossi”

  1. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    se a única acusação comprovada que os adversários tem contra o Rossi é esta que ele mesmo admitie: “Em raras ocasiões, utilizei como carona o avião citado na reportagem”, o homem é um forte candidato a santidade.

    Essa onde de “imacularidade” que grassa o PIG é mesmo de lascar!

  2. Chesterton said

    Ele merece.
    Está tudo embaralhado? Nasce um partido que não é de direita, nem de esquerda, nem de centro, disposto a trabalhar pelo bem do Brasil e você fica chocado? E que tal o Comandante do Exército, símbolo da direita, sendo acusado de corrupção e um comunista, ícone de esquerda, peitando o ambientalismo radical e imbecil para defender um Brasil agrícola sem luta de classes? Dava para imaginar uma Marina Silva mostrar finalmente a sua cara e aparecer mancomunada com ongs estrangeiras, servindo ao agronegócio internacional, golpeando a democracia por meio de jogadas sujas, rasteiras e mentirosas? Está tudo muito confuso? Alguém esperava que senadores retirassem as assinaturas de uma CPI para dar um voto de confiança na Operação Faxina da presidência da República? E que estes senadores acabassem sendo apoiados pelo presidente de um dos mais combativos partidos de oposição, deixando a militância de visão curta com o pincel na mão? No meio disso tudo, sem dúvida alguma, o símbolo de uma “nova politica” não é Marina Silva. É Aldo Rebelo, do PCdoB. Precisou vir um comunista, defensor de uma ideologia em extinção, para mostrar como um político pode estar livre de qualquer coleira e cabresto, trabalhando a favor do país. O que Aldo Rebelo fez pelo Código Florestal o habilita, mais do que ninguém, a fazer valer o Código Penal, assumindo uma vaga como ministro do Tribunal de Contas da União. Quem diria, um comunista está mostrando o quanto a política pode melhorar no Brasil.
    POSTADO POR O EDITOR coronel

  3. HRP IN CONCERT! said

    Patriarca e Chestinho:
    Não sei se seria vossa praia, mas……
    http://vo1cefa2la.wordpress.com/

  4. Chesterton said

    Mas o Rossi não foi demitido?

  5. Chesterton said

    Caraca, H Romeu, Proftel e Surfando na Jaca-gado juntos? Isso é um evento!!!

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: