políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Ribamar e o patrimonialismo

Posted by Pax em 22/08/2011

José Ribamar, vulgo Sarney, presidente do Senado, junto com sua filha Roseana, governadora do Maranhão, resolveram que o helicóptero da Polícia Militar do Estado, pode ser usado para passear.

É que o rodo de Dilma tem limites e os Sarney sabem bem disso. Há faxinas que somente Cronos, a Divindade, pode devorar.

Haja paciência.

Anúncios

7 Respostas to “Ribamar e o patrimonialismo”

  1. Chesterton said

    E é dele que depende a “governabilidade” desse governo de bosta.

  2. Chesterton said

    Lula despacha com ministros
    Onde está a “presidenta” Dilma? Bene, Lula a gente sabe onde anda: no seu milionário Instituto, despachando com os ministros do governo. É o fim da picada. Isto aqui já não é uma república há muito tempo. O falastrão de Garanhuns manda e desmanda.

    De Vera Magalhães, na Folha:

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva despachou ontem em São Paulo com dois ministros de Dilma Rousseff no Instituto Cidadania, ONG que retomou após deixar a Presidência.
    Lula pediu informações sobre a demora na implementação do piso nacional do magistério, projeto que patrocinou em sua gestão.O ex-presidente recebeu, separadamente e em audiência conjunta, o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, e o ministro da Educação, Fernando Haddad.A visita se estendeu a um almoço depois, no qual Haddad e Lula trataram da pré-candidatura do ministro à Prefeitura de São Paulo.Durante a audiência, Lula pediu a Adams e Haddad que explicassem por que o piso nacional de R$ 1.187,97 dos professores ainda não entrou em vigor, embora a lei que o fixou tenha sido promulgada por ele em 2008.”O presidente disse que recebe muita cobrança de sindicalistas nas viagens que faz pelo país e queria uma explicação de como está a situação”, disse Haddad à Folha depois do encontro.Lula deixou o Palácio do Planalto há oito meses prometendo que iria “desencarnar”, mas a reunião que teve com seus ex-ministros mostra que ele continua à vontade para tratar de assuntos administrativos do governo.A visita ao Instituto Cidadania não estava na agenda de nenhum dos dois ministros. Haddad passou o fim de semana em São Paulo para cumprir compromissos do PT e permaneceu na cidade na manhã de ontem para gravar entrevista a uma rádio.Adams disse que aproveitou uma ida a São Paulo para “fazer uma visita” ao ex-presidente, que o nomeou para o cargo que continuou ocupando no governo Dilma. Ele disse que costuma falar periodicamente com Lula por conta de processos nos quais a AGU ainda o defende.Questionado sobre a conversa a respeito do piso nacional dos professores, confirmou a indagação de Lula e disse que tratou de atualizar o presidente sobre o assunto.O piso ainda não está em vigor porque cinco Estados foram ao Supremo Tribunal Federal contra a medida, que consideram inconstitucional. O STF rejeitou a ação no dia 6 de abril, mas a decisão ainda não foi publicada.”Eu disse ao presidente que o STF havia dado uma liminar acatando em parte a ação, mas no julgamento do mérito confirmou o piso nacional”, afirmou Adams.Questionado sobre a realização do encontro no instituto de Lula, Adams disse que sempre que precisa falar com ele vai até lá. “Eu procuro mantê-lo informado dos processos que correm e nos quais ele é parte”, afirmou.O advogado-geral da União disse que não há nenhum andamento urgente de processo que justificasse a visita ontem. “Era só para atualizá-lo do quadro geral.” (Folha de S. Paulo).

    do site do Tambosi

  3. Patriarca da Paciência said

    Ô Chesterton,

    a única coisa que transparece aí é que o Lula continua com grande prstígio.

    E que o Pessoal do PIG continua morrenda de inveja.

  4. Patriarca da Paciência said

    Pax,

    acho que o José de Ribamamar, popular Sarney, não é da “orçada” da Dilma.

    Como a presidenta poderia demitir o presidente do Senado?

  5. Chesterton said

    Lula é responsável pelo poder de Sir Nei, só você não vê.

  6. Patriarca da Paciência said

    Sir Nei já era governador do Maranhão enquanto Lula era apenas um torneiro mecânico.

  7. Chesterton said

    Mas Lula desenterrou o veio para roubar em associação.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: