políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Reforma ministerial

Posted by Pax em 17/11/2011

Hora da reforma ministerial. Já há uma lista realizada e outra a realizar. Uma eventual redução do número de ministérios seria de bom tom. E uma próxima nomeação “ficha limpa” ainda mais importante. Há três anos de governo pela frente, uma crise internacional que chegará às portas cedo ou tarde e um país de dimensões e necessidades continentais para ser conduzido. A pauta deve ser outra.

Abaixo a lista dos ministros já trocados.

Antonio Palocci – Casa Civil
Luiz Sérgio – Relações Institucionais
Alfredo Nascimento – Transportes
Nelson Jobim – Defesa
Wagner Rossi – Agricultura
Pedro Novais – Turismo
Orlando Silva – Esporte

Carlos Lupi poderia fazer o favor de não travar a pauta. Governabilidade não pode exigir que Dilma se torne refém de um time de baixa qualidade montado exclusivamente por questões políticas de baixo interesse nacional.

Hora de virar o jogo. Os partidos da base aliada é que devem ficar às cordas, não o governo.

Anúncios

21 Respostas to “Reforma ministerial”

  1. Patriarca da Paciência said

    Talvez o Brasil alcance a invejável condiução de ser o único país do mundo a contar com políticos imaculados.

    Também precisamos de jornalistas imaculados.

    Médicos imaculados.

    Pedreiros imaculados.

    Bóias-frias imuculados etc.etc.etc.

    Vai ser uma beleza!

    Então o Lupi vai cair porque andou no mesmo avião com um certo dono de ong?

    Sério mesmo?

    É o único pecado do Lupi?

    Então o “home” é mesmo um santo!

  2. Pax said

    Caro Patriarca,

    Quem melhor diz porque Lupi deve cair é o Kotscho

    aqui: http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2011/11/15/lupi-tem-que-sair-por-ma-gestao-no-minimo/

    Não me recordo de notícia que Kotscho tenha sido empregado por Veja, Folha, Estadão ou O Globo.

    Muito ao contrário. O que me lembro, e bem, é que foi um dos poucos que teve contato com Lula nestes últimos dias.

  3. Zbigniew said

    O jogo esta sendo jogado. A Dilma, embora reativa, percebeu q a pauta da corrupção e da faxina não se sobrepoe a agenda economica. O PIG ta tentando as duras penas impor uma “primavera árabe” em cada feriado cívico. Estão apanhando. A uma, porque os índices da Presidenta estão ótimos; a outra, porque as manifestações são um fiasco.
    Sim, Dilma tem agora a chance de sacudir os ministérios e exigir sobriedade e seriedade dos aliados, e com a experiência de tantos ministros afastados, ela tem todas as condições para isto.

  4. Patriarca da Paciência said

    “Mesmo que Lupi pessoalmente não tenha levado vantagem financeira nos “malfeitos”, a nova expressão oficial para designar desvios de dinheiro público, a verdade é que ele já demonstrou à exaustão que não tem as mínimas condições políticas e técnicas para continuar à frente da pasta do Trabalho. Deveria ser demitido e processado por má-gestão, no mínimo.”

    Aí eu concordo, Pax.

    O Kotscho está falando alguma coisa coerente.

    Mas o que os telejornais dizem faz uma boa dezena de dias é que o Lupi andou num tal avião.

    Inclusive a “representação” do PSDB se fundamenta nisso.

    É abusar da inteligência das pessoas!

  5. Patriarca da Paciência said

    Eu confesso que tinha muito receio de que o Lula não conseguisse governar.

    Mas aí o Lula superou o primeiro ano de governo e começou a subir nas pequisas. Não tive mais dúvidas – é o maior político já aparecido no Brasil.

    Como dizia o Tom Jobim, o Brasil não é para amadores.

    Política no Brasil, então, só para profissionais de topo mesmo.

    O bufão Beslusconi também já caiu.

    Parece que a política está entrando num caminho de seriedade.

  6. Patriarca da Paciência said

    O que o bufão Berlusconi faz no meio de um comentário sobre política brasileira?

  7. Pax said

    Caro Patriarca, em #4

    É disso que estamos falando. No mínimo, como diz o Kotscho, fica evidente uma enorme má-gestão.

    O que salva um pouco o PDT neste momento são alguns de seus bons nomes, como o Cristóvam Buarque e outros.

    O que detona? Além do Lupi tem nomes como Paulinho da Força que destróem a imagem do sindicalismo no Brasil, em minha humilde opinião.

  8. Quequel said

    O Movimento por uma nova política fará o lançamento paulista sábado, dia 19/11/2011, a partir de 10 horas da manhã no Espaço Crisantempo, na Vila Madalena. Divulgo para quem está em São Paulo e tem interesse em participar. Mais informações, no endereço http://www.novapolitica.com.br

    “No dia 13 de setembro lançamos em Brasília a idéia da construção de um Movimento por uma Nova Política que reuna nossos melhores esforços para debater, intervir e contribuir para a transformação das regras, instituições e ações políticas da sociedade brasileira e global. O movimento quer zelar pela prática e pela conjugação, de modo cada vez mais generalizado e permanente, de dois ideais: a democracia, que mostra sinais claros da captura pela supremacia da vida financeira, e a inadiável sustentabilidade. O esgotamento do modelo político representativo e fragmentado nos chama a estabelecer novas relações de poder na sociedade, baseadas numa visão integral e horizontal de democracia direta, na ética e na cidadania.”

  9. Edu said

    Noassssss…..

    “O movimento quer zelar pela prática e pela conjugação, de modo cada vez mais generalizado e permanente, de dois ideais: a democracia, que mostra sinais claros da captura pela supremacia da vida financeira” – Então democracia tem que ser sinônimo de pobreza?

    “e a inadiável sustentabilidade” – Com todo o respeito, Quequel, o que é sustentabilidade para vc?

    “O esgotamento do modelo político representativo e fragmentado nos chama a estabelecer novas relações de poder na sociedade, baseadas numa visão integral e horizontal de democracia direta” – Democracia direta? Sinto um cheiro venezuelano no ar….

    “na ética” – Nada mais objetivo que a ética, é claro… o que é ética para vc?

    “cidadania” – Com todo o respeito novamente, o que é cidadania para vc?

    Agora eu estou começando a entender pq ninguém se entende, tem algumas palavras que as pessoas falam, mas que elas querem dizer outras coisas. Só pode ser.

  10. Pax said

    Eu disse no post:

    E uma próxima nomeação “ficha limpa” ainda mais importante.

    Deveria ter dito:

    Ficha limpa, competência e um mínimo de fidelidade ao projeto de governo.

    Difícil a arte de montar um ministério com a equação política de hoje em dia no Brasil. As alianças não fazem muito sentido ideológico, programático, e os nomes disponíveis que sejam bons são cada vez mais raros.

    A tarefa é distante do que podemos chamar de fácil.

    Ainda mais se a vontade é mudar o jogo enquanto a bola está em campo, ou trocar a asa do avião em voo.

    Agora, se não se quer mudar o jogo jogado, que é este que nos presenteia cotidianamente com um rol de problemas, muitos dos quais chegam a nos causar enjoos (pelas baixarias) e raiva (pelo desperdício de dinheiro público), a questão passa a ser outra.

    Tenho reparado uma série de comentários alhures que há quem não queira mudar o jogo. Em minha opinião, gente que acha que este modelão é bom do jeito que está.

    Para mim, sinceramente, está longe de ser suportável, quem dirá bom. Esta política está mais para peladão de várzea que para campeonato profissional.

  11. Elias said

    Pax,

    O PDT já rifou o Lupi. Cachorro morto…

    Vamos esperar pelo próximo?

    Cá pra nós: a verdade é que, mesmo reativa, Dilma não perdeu politicamente com essas trapalhadas ministeriais. A aprovação dela continuou lá em cima (demonstrando mais uma vez que a oposição não é de nada…).

    Acho até que, agora, a Dilma ficou em melhores condições pra negociar com a tal base aliada e com o próprio PT. Usando como argumento os 7 (aliás, com Lupi, 8) ministros que ele teve de desembarcar, ela poderá, com mais facilidade, recusar material bichado.

    É a tal história: se não mata, engorda.

  12. Pax said

    Caro Elias,

    Leia essa, por favor:

    http://g1.globo.com/platb/cristianalobo/2011/11/16/a-opiniao-de-lula/

    Se for fato, será mesmo que Lupi é cachorro morto?

  13. Edu said

    Isso me faz pensar outra coisa: como é que uma ONG como a pró-Cerrado, da qual eu nunca havia ouvido falar, ter jatinho ou, se não tem, fretar um?! E olha que, modéstia à parte, eu sou leitor dos periódicos mais veiculados, e alguns menos veiculados também…

    Eu entendo a WWF ter jatinhos, eu entendo a Cruz Vermelha ter jatinhos e até helicópteros, eu entendo o Greenpeace ter jatinhos… A pró-cerrado tem um site mal feito, em que, qualquer aba q vc clique vc tem que ser cadastrado. Não há prestação de contas, apresentam 3 parceiros institucionais (leia-se financiadores), entre eles o Unibanco (sim, o Unibanco, provavelmente o site não é atualizado faz tempo). Vc não encontra notícias de atuação da ONG.

    Eu entendo a esquerda brasileira querer demonstrar a todo custo que na verdade os empresários é que são corruptos. O que eu não consigo conceber é: ONG, que é, por definição, não-governamental, sendo financiada pelo governo; e ONGs que teoricamente são financiadas por empresas, pessoas, etc; com tanto dinheiro a ponto do diretor se locomover em um jatinho!

  14. Pax said

    Hoje tem notícia que Dilma gostaria de reduzir o número de ministérios. Segundo a Monica Bergamo, da Folha, até 17 das 38 pastas poderiam sair. Agora mesmo ouço a jornalista na BandNewsFM com o Boechat falando disso.

    A priori a ideia me parece mais que boa.

  15. Edu said

    Pax,

    Com certeza. Tem mto ministério que eu nem sei pra que serve… provavelmente ela tbm não deve saber! hehehe

    Eu torço muito para que a Dilma aumente a transparência de cada um dos projetos dos ministérios. Será que essa diminuição será acompanhada por mais transparência?!

  16. Pax said

    Caro Edu,

    Tomara que Dilma consiga impor alguns dos desejos que supomos que ela tem. Este, de reduzir o número de ministérios, é um.

    Agora dê uma espiada na notícia que coloquei o link no meu comentário #12, por favor.

    Se a notícia é fato, Lula tem interferido mais no governo Dilma que acho razoável. Mas o assunto é longo.

    De um lado foi ele, sim, que montou a base de toda a estrutura política que sustentou e sustenta o PT no governo federal por, pelo menos, 12 anos, quicá 16 e quiçá ainda mais. Se olharmos para a oposição desnorteada este número aumenta.

    Mas, ao mesmo tempo, Lula impôs um modelo, (teve e/ou quis) que precisa ser mudado, em minha opinião.

    Mais hora menos hora acontece o que está acontecendo, a canalhada cai de madura. Se é o tal do PIG (de novo, não comungo a tese da existência) ou não, pouco importa, o que tem que ser ressaltado é que sempre haverá oposição que vai apontar os problemas do governo. O PT era campeão de fazer isso. Tanto fez que se tornou poder. Conseguiu mostrar que o governo passado cometia erros e que tinha uma proposta melhor. Assim é e assim deve ser.

    Ou seja, se o governo continuar na mesma toada, uma hora a sociedade cansa de tanta história de erros do governo (de seus aliados e seus mesmo) e resolve que é hora de trocar.

    Como disse o caro Elias, uma hora dá fadiga de material.

    Melhor seria o próprio governo mexer onde deve ser mexido.

    Acho eu.

  17. Edu said

    Pax,

    Eu vi sim. Mas isso já era esperado, quem votou na Dilma deveria esperar por isso, no fundo, acho que até gostaria disso mesmo. Aparentemente ela está tentando se desvencilhar desse tipo de interferência.

    O que me preocupa é o seguinte: se o modelo próprio da Dilma está focado numa administração mais profissional, com visão de longo prazo e transparente. Ou se ela está se mexendo apenas reativamente por causa de quem quer que seja: imprensa, oposição, etc.

    Eu disse acima que a redução dos ministérios seria interessante, mas é apenas um indicador. Para mim indica 2 coisas:

    1 – Centralização

    2 – Possível redução de aparelhamento da máquina pública para projetos fantasmas

    A dúvida que paira sobre minha cabeça ainda é: será que ela sabe o que está fazendo? Será que ela tem clareza de onde ela quer chegar? A redução ministerial é um indicador distante, porém positivo, de que sim.

    Vamos aguardar.

  18. Pax said

    Eu não tenho muita dúvida sobre “será que ela sabe o que está fazendo?”.

    Sabe sim. Dilma não é um poste como a oposição quer dizer desde o ano passado.

    Minha dúvida é um pouco `a além, é “será que ela tem força suficiente para conseguir dar um passo maior?”.

    Neste caso, se ela for realmente capaz, terá que vencer forças absurdas. Uma delas, por exemplo, é o séquito que acha que o Lula é deus.

    Não é. É um ex-presidente, como foi FHC, que fez boas coisas para o país e cometeu seus erros. Alguns deles, por acaso, são pauta deste blog. Mas que é um grande nome, claro que é, idem ibidem para o tucano.

    Se você reparar, a cada dia que passa os nomes ficam mais raros. Não é fácil ser um líder político com capacidade para governar o país e conduzir, timotear uma nação positivamente. Hoje em dia quem temos? Olhe para o lado do PSDB, olhe, de outra forma, para o lado do PT, olhe, então, para o que resta além destes dois partidos. Verá que faltam nomes fortes o suficiente para a tarefa.

    Hoje saiu uma reportagem, uma entrevista, com o Ciro Gomes. Você se entusiasma? Confesso que eu não. E a Marina Silva? Confesso que já me entusiasmei e me decepcionei com a incapacidade dela conseguir desentortar um único partido menor, quem diria um país inteiro. (e o Elias bem que anteviu…)

    Essa posição, que deveria depender menos de nomes e mais de projetos, ideários, mas não é bem assim. Na História, aqui e alhures, o que a gente constata é que líderes capazes conduzem países, massas, que perseguem alguns ideais. Mas o que noto no Brasil é que há uma escassez cada vez maior destes nomes, com esta competência.

  19. Edu said

    Pax,

    Se ela for realmente esperta, ela bota pra quebrar com todo mundo.

    Fica claro que Lula deu moleza demais para essa cambada aí. Uma moleza muito esperta: ele isololou os inimigos e alimentou os falsos amigos. Alimentou tanto que parece que eles perderam o cuidado sobre como fazer coisas erradas. Por incrível que pareça, até pra fazer a coisa errada tem um jeito certo. E a imprensa está babando em pegar pegar cada um deles, mais que cão com raiva.

    Dá pra perceber que o PDT, PC do B estão desestruturados. Estão morrendo pela ceva que Lula fez.

    A concorrência: a mim parece que o PMDB está olhando pro céu e assoviando, esperando não tomar mais pauladas. O PV acho que se enfiou na floresta amazônica e se perdeu. O DEM está de luto por conta do Kassab. O PSDB está no meio do furacão fazendo reunião para saber se pinta a parede de azul ou verde… Por incrível que pareça, parece-me que o PSOL e o PSTU estão atrapalhando mais o governo do que ajudando, agitando algumas greves aqui e acolá.

    Ou seja, se ela é realmente esperta, pode fazer as mudanças imediatamente. Não me parece que há ninguém para fazer força contra, estão todos sem moral!

    Sobre nomes, sabe quem vai levar essa? Mesmo sem eu gostar: o Sérgio Cabral.

    Mas concordo com vc, não há. Ninguém me convence.

  20. Pax said

    Caro Edu,

    Não vejo em Sérgio Cabral um nome capaz de agregar os corações da sociedade e, ainda menos, das forças políticas.

    A mídia tem dado pauta para ele com essas histórias de UPP, Rocinha e quetais. Mas, diga-me, ao olhá-lo politicamente o que ele representa? Não vejo muito estofo.

    Quem tem aparecido com um discurso bem preparado é o Kassab, falando de reformas etc. Repare só. Mas, ao mesmo tempo, dê uma olhada no que ele juntou em seu novo partido. É um mosaico de coisa ruim que vou te contar.

    E o PSB, o Eduardo Campos? Junto com Ciro Gomes? Ok, poderia ser. Mas, de novo, o que eles realmente representam?

    Marina? Poderia ser, mas mostrou-se pouco potente para produzir sinergia e mudança.

    Ou seja, por mais que se aperte, faltam nomes e projetos.

    Como disse em outro momento, Lula venceu, mas o PT perdeu. Minha opinião.

  21. Quequel said

    Edu (# 9),
    Desculpe a demora em responder, só hoje vi sua resposta ao meu comentário. Em primeiro lugar, você não me falta com o respeito quando discorda de mim. Fique à vontade para discordar, sempre que for o caso.
    Democracia, cidadania, sustentabilidade, ética… conceitos complexos e nada estanques, não dá – e nem eu sei e quero – prá falar disso aqui. Parece que ideologicamente somos diferentes, e eu não quero convencê-lo a mudar os seus pontos de vista. Apenas saiba que eu acredito que você pode ser democrático, cidadão e ético com os seus ideais, mesmo que eles sejam diferentes dos meus.
    Eu não vim aqui para fazer proselitismo. Apenas quiz divulgar um evento para um público que vê criticamente a situação política atual. Quem achar que se encaixa, participa. Quem não se encaixa, diz: “não, obrigado!”. Eu sei que tem gente que vai além do “não, obrigado” e critica aquilo que discorda. Pode ser saudável, mas não é muito a minha praia.
    Mas, respondendo pontualmente, eu não acho que democracia rime com pobreza. Acho que rima com educação, com cultura, com caráter. E não rima de jeito nenhum com Hugo Chavez. Assim como o movimento que divulguei. E sustentabilidade, meu amigo, não combina com o modelo capitalista atual, mas só funciona se houver sustentabilidade econômica. É um mundo reinventado, um outro paradigma, um sonho, por enquanto.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: