políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

MPF acusa Luiz Fernando Corrêa

Posted by Pax em 13/01/2012

Se no Pan 2007 houve problemas de desvio de dinheiro público, o que devemos esperar da Copa 2014 e das Olimpíadas 2016? Segundo o MPF os problemas de superfaturamento no Pan envolveram até o ex-diretor geral da Polícia Federal.

Coordenador de segurança da Rio-2016 desviou R$ 18 mi no Pan-2007, diz Ministério Público

Vinicius Konchinski – Do UOL, em São Paulo

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016 nomeou para o cargo de diretor de segurança do órgão o delegado Luiz Fernando Corrêa, ex-diretor geral da Polícia Federal e réu em um processo que tramita na Justiça Federal por desvio de dinheiro público. Segundo o MPF (Ministério Público Federal), ele teria lesado os cofres nacionais em pelo menos R$ 18 milhões, por meio de contratos superfaturados, quando coordenava os serviços de segurança dos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro.

À época, Corrêa era secretário Nacional de Segurança Pública, no Ministério da Justiça. A secretaria dirigida por ele foi a responsável pela coordenação da segurança no Pan e também pela contração de serviços e compra de equipamentos usados na proteção de atletas e autoridades.

Em fevereiro de 2007, o delegado assinou um contrato para a aquisição de equipamentos de inteligência com o Consórcio Integração Pan, formado por um grupo de empresas, entre elas a Motorola. A compra dos equipamentos custou R$ 174 milhões e foi feita sem licitação, sob a alegação de que o contrato tratava de assunto ligado à segurança nacional.

A aquisição foi feita, inclusive, sem pesquisa de preços no mercado, contrariando o que determina a legislação de compras públicas. A ausência dessa pesquisa chamou a atenção do MPF, que abriu uma investigação sobre o contrato ainda em 2007.

O órgão solicitou uma perícia ao INC (Instituto Nacional de Criminalística, da Polícia Federal) para verificar se as compras foram feitas com preço justo. Os peritos escolheram os produtos de mais fácil comparação de preços. Cerca de R$ 40 milhões em compras foram analisados. Resultado: 80% de superfaturamento. (continua no UOL…)

Anúncios

33 Respostas to “MPF acusa Luiz Fernando Corrêa”

  1. Patriarca da Paciência said

    Bem, pegaram o Corrêa.

    E o delagado Protógenes agora tem imunidade parlamentar.

    O jogo mudou totalmente!

    No mínimo, o delegado Protógenes vai entrar com um novo pedido de CPI e… com toda a razão.

  2. Patriarca da Paciência said

    correção – o delegado Protógenes agora tem imunidade parlamentar.

  3. Zbigniew said

    O que acho interessante e como se e rapido para detectar as falcatruas, mas como se e lento para punir os responsaveis. O PAN foi em 2007, a investigacao comecou la, ja se vao quase 5 anos e o cara ainda ta por ai fazendo e acontecendo?!! Ou o cara e inocente, ou a investigacao foi mal feita e nao deu em nada (o que e muito estranho em se tratando de MPF), ou esta perdida por ai, nas entranhas do Poder Judiciario e seu labirinto recursal, cheio de prazos bondosos e recursos calorosos, sempre de bracos abertos para guiar o pobre acusado, sao e salvo, pelo caminho da preclusao. Nao da para admitir que alguem sobre quem recai tamanhas acusacoes continue atuando em eventos da mesma natureza, agora de envergadura maior. E ai se pergunta: o MPF e lento? O Judiciario e lento? O que precisamos mudar nestas instituicoes para torna-las mais efetivas. Porque a continuar neste passo e certeza de impunidade. Uma vergonha para a sociedade brasileira.

  4. Zbigniew said

    Lendo melhor o artigo (a continuacao no UOL) vejo que o MPF demorou 4 (quatro) anos (!!!) para impetrar uma Acao Civil Publica desde o inicio das investigacoes. Por que quatro anos?! Nao e possivel que acusacoes tao graves de desvio de dinheiro publico e improbidade administrativa demorem tanto tempo para serem levantadas.

  5. Patriarca da Paciência said

    meu caro Zbigniew,

    o Dr. Corrêa é um homem muito bem posicionado e, até mesmo, poderoso.

    Uma acusação contra uma pessoa assim precisa estar muito bem fundamentada, daí talvez o excesso de cautela do promotor.

    Mas se a acusação apareceu, é porque o promotor deve estar se entindo bem seguro.

  6. Patriarca da Paciência said

    correção= sentindo

  7. carlos fernando said

    Certo ou errado, o dr. não pode ficar a frente da rio2016.

  8. carlos fernando said

    Ele, por questões éticas, tem que ser exonerado do novo cargo.

  9. carlos fernando said

    Se foi assim para os Ministros, porque não seria para um Delegado aposentado.
    Ele tem que ser afastado do seu cargo atual até que o processo seja concluído.
    Independente da presunção de inocência.
    É assim que a máquina pública funciona.
    DIgamos que seja sentenciado como culpado!
    Como ficaria a RIO2016?
    É um ótimo tema para reflexão.

  10. Michelle de Souza Malone said

    Bom dia/tarde/noite a todos

    Continuando a série “Dilma Gepone”

    Compras sem licitação crescem sob Dilma e atingem quase R$ 14 bilhões – politica – politica – Estadão
    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,compras-sem-licitacao-crescem-sob-dilma-e-atingem-quase-r-14-bilhoes,823877,0.htm

    “BRASÍLIA – O governo da presidente Dilma Rousseff manteve a tendência do antecessor de priorizar gastos públicos feitos sem licitação, opção criticada pelos órgãos de controle interno e que limita a competição entre fornecedores. Segundo os dados mais recentes do Ministério do Planejamento, as compras e contratações de serviços com dispensa ou inexigibilidade de licitação cresceram 8% em 2011, atingindo R$ 13,7 bilhões na administração federal, autarquias e fundações.

    R$ 13,7 bilhões é dinheiro pra dedeu!

    Governo Dilma: Se gritar pega ladrão, não sobra um meu irmão!

    beijinhos londrinos e muito gelados!

  11. Michelle de Souza malone said

    Bom dia/tarde/noite a todos

    E por falar em Polícia Federal …

    Exclusivo: Rocha Matttos reabre caso Celso Daniel | Brasil 247
    http://www.brasil247.com.br/pt/247/poder/1216/Exclusivo-Rocha-Matttos-reabre-caso-Celso-Daniel.htm
    Claro que é bom ler inteiro…mas vamos a um aperitivo: rsrsrs

    247 – Qual é o seu juízo de valor sobre a Polícia Federal Republicana, como era chamada por Marcio Thomaz Bastos?

    Rocha Mattos – Eu fui delegado federal por sete anos, de 1976 até 1982, então eu peguei bastante do período militar. Na época dos militares, a Polícia Federal nunca teve um delegado que fosse diretor-geral, eram só coronéis e generais do Exército, então claro que a PF era ligadíssima ao regime militar. Mas, por incrível que pareça, a PF passou a ser muito mais dependente do PT a partir do governo Lula do que ela era dependente dos governos militares nos anos de chumbo. A Polícia Federal jamais foi uma polícia republicana. Ela é uma polícia do governo, ela é comandada pelo presidente da República e pelo ministro da Justiça. O grande chefe da Polícia Federal foi o ministro da Justiça Marcio Thomaz Bastos, embora haja um executivo como diretor da Polícia Federal. Num HC meu de 2004 eu escrevi isso: a Polícia Federal é uma polícia do governo. A Polícia Federal é uma polícia petista, do governo do PT, como foi do PSDB na época do PSDB. Tanto que o caso da Roseane Sarney foi uma operação comandada contra ela pelo governo Fernando Henrique. Portanto a PF era tucana e passou a ser petista. O que eu acho bom é que no início desse governo Dilma a PF se desvinculou bastante da parte política. A Dilma está deixando a PF ser bastante profissional. Eu acho que a interferência na PF, no governo Dilma, é muito menor. No tempo de Lula e de Marcio Thomaz Bastos, a PF virou uma polícia do PT. Não era uma PF do governo, era uma PF do Partido dos Trabalhadores.

    247 – Por que a PF de Lula prendeu alguns empresários e não outros, que concorriam afinal no mesmo tipo de negócio?

    leia a entrevista completa no link

    http://www.brasil247.com.br/pt/247/poder/1216/Exclusivo-Rocha-Matttos-reabre-caso-Celso-Daniel.htm

    Ah! Dilma ainda não era a Gepone…era ministra de lula…o melhor presidente que o Brasil já teve!
    smj (salvo melhor juízo)

    mais beijinhos gelados !

  12. Michelle de Souza malone said

    (continua)

    Ah! Dilma ainda não era a Gepone…era ministra de lula…o melhor presidente que o Brasil já teve!
    smj (salvo melhor juízo)

    mais beijinhos gelados !

  13. Zbigniew said

    Contribuindo com a serie levantada pela colega: “Dilma, a ‘Gepone'”:

    Seg, 16 de Janeiro de 2012 09:29

    //

    Richard Boudreaux e Paulo Prada, do The Wall Street Journal, no Valor

    Logo depois que o estouro da bolha no mercado imobiliário espanhol deixou Andrés Velarde e Maria Palencia desempregados, os jovens arquitetos pegaram seus materiais para desenho e viajaram 8.000 quilômetros até o Brasil – atraídos pela esperança, mas não a certeza, de um emprego.

    Em menos de cinco semanas, o casal espanhol já estava trabalhando. O Brasil estava expandindo o seu programa de moradia para pessoas de baixa renda e correndo para construir estádios, terminais de aeroporto e hotéis para a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016.

    “A crise lá em casa é uma notícia distante”, disse Velarde, que já está há oito meses no seu novo emprego no Rio de Janeiro. “No Brasil há crescimento e otimismo, uma atmosfera de alegria totalmente diferente da Europa.”
    (…)

    “Trata-se de uma hemorragia de pessoas altamente educadas – exatamente as que eles precisarão para decolar quando as circunstâncias melhorarem”, disse Demétrios Papademetriou, presidente do Instituto de Política Migratória, uma organização sem fins lucrativos de Washington.

    O número de emigrantes está crescendo em Portugal e Espanha, que estão perdendo trabalhadores qualificados para as suas antigas colônias. Mais pessoas estão saindo do que chagando à Espanha, Portugal, Irlanda, Eslovênia e Chipre, e o governo da Grécia está preocupado com uma tendência semelhante que começa a tomar forma no país. A União Europeia não tem dados consolidados de emigração, mas é crescente a preocupação com o efeito dos cortes severos de orçamento no Reino Unido, França, Alemanha e Itália, todos vendo pesquisadores de talento irem embora.

    O Rei Juan Carlos enfatizou as perdas da Espanha com uma pungente observação, ao distribuir bolsas de estudo a jovens espanhóis que estavam indo fazer pós-graduação no exterior.

    “Espero e desejo sinceramente que, quando chegar a hora de vocês voltarem para casa, haverá mais trabalho e vocês possam ficar aqui,” disse ele em março ao grupo de 121 ganhadores. “Nós realmente precisamos de vocês na Espanha.”

    (…)

  14. Zbigniew said

    Ha, essa ‘Gepone’, sei nao…

    “Salario maior e mais empregos formais reduzem jornada de trabalho no pais.

    De 2000 a 2010, 5 milhões de pessoas deixaram de trabalhar mais de 9 horas por dia; porcentual caiu de 44% para 28%, segundo o IBGE

    Do O Estado de S. Paulo

    br />
    O brasileiro passa cada vez menos tempo no trabalho. Dados do Censo 2010 revelam que o porcentual das pessoas que trabalham mais de 45 horas por semana caiu quase pela metade em uma década. Em 2000, 44% dos trabalhadores do País passavam mais tempo que isso no serviço, número que baixou para 28% em 2010. Isso significa que, em números absolutos, 5 milhões de pessoas deixaram de trabalhar mais de 9 horas por dia.

    O número impressiona ainda mais quando se leva em conta que mais de 20 milhões de brasileiros – o equivalente a toda população da Grande São Paulo – ingressaram no mercado de trabalho nos últimos dez anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Ao mesmo tempo, cresceu a proporção de pessoas que trabalham menos de 14 horas por semana – o salto foi de 3% para 8,3% do total da população economicamente ativa, um ganho de 5 milhões de trabalhadores. A maior parcela da população tem uma jornada semanal que varia entre 40 horas e 44 horas.

    A redução da jornada de trabalho nos últimos anos está diretamente ligada ao aumento real no salário do brasileiro – hoje, ganha-se mais por hora trabalhada que em 2000 – e também à formalização do mercado de trabalho. A porcentagem de trabalhadores com carteira assinada pulou de 36% para 44% entre 2000 e 2010 – na contramão, os funcionários sem carteira de trabalho caíram de 24% para 18%. “A formalização do trabalho regula a jornada de trabalho e a hora extra. A empresa ou o empregador vão evitar de pagar hora extra, portanto, vão reduzir a jornada para o que é oficial”, diz Arnaldo Mazzei Nogueira, professor doutor da FEA-USP e PUC-SP.

    (…)”

  15. Zbigniew said

    E essa aqui, da “Gepone”. Ha, essa Gepone, sei nao… um dia a casa cai…

    17 de Janeiro de 2012 – 18h16 – No Vermelho

    Dilma comenta redução de quase 80% do desmatamento na Amazônia

    O desmatamento ilegal na Amazônia sofreu queda de 77,6% nos últimos oito anos. O dado foi divulgado hoje (17) pela presidente Dilma Rousseff, na coluna Conversa com a Presidenta. Em 2004, o desmatamento na Floresta Amazônica tinha chegado a 27,7 mil km²; no último ano esse índice foi de 6,2 mil km². O levantamento, computado pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), foi divulgado no final de 2011. br />

    Dilma atribuiu a diminuição a “várias ações implementadas desde o governo Lula”, entre as quais o Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento da Amazônia, que desde 2004 monitora, controla e a fiscaliza a floresta com ações integradas entre Ibama, Polícia Federal, Forças Armadas e Força Nacional de Segurança Pública.

    Citou ainda a Operação Arco Verde, cuja meta é a regularização fundiária, ambiental, pactos pelo fim da derrubada de matas e educação ambiental nos 43 municípios que respondiam por 55% de todo o desmatamento.

    “Temos também estimulado quem faz o aproveitamento sustentável da floresta. Cito, como exemplo, o Bolsa Verde, concedido a beneficiários do Bolsa Família que moram em florestas nacionais, reservas extrativistas ou de desenvolvimento sustentável federais e assentamentos. Vamos continuar atuando com firmeza para impedir o desmatamento ilegal e para apoiar a regeneração das áreas já desmatadas e abandonadas”, complementou.

    (…)

  16. Zbigniew said

    Bom sao os ‘Gepones’ paulistas (e tucanos), que tem uma vocacao pro social… pense!

    O PROJETO NOVA LUZ NAO CONVECEU O CAPITAL PRIVADO

    Projeto falhou. Operação de Kassab é a sua última chance de ganhar visibilidade no caso. Foto: Luiza Strauss
    “É o último ano dessa gestão, não vão conseguir mais nada”, diz ele.

    O Projeto Nova Luz existe há mais de 30 anos e nunca foi realmente implantado. Em 2010, a Prefeitura realizou concessão urbanística para a área.

    O grupo de empresas vencedoras tenta agora atrair investimentos de construtoras. Antes disso, ainda na gestão Serra, um leilão para construir na área não teve nenhuma incorporadora interessada, segundo Bassani.

    (…)

    Para Bassani, a operação é uma tentativa de fazer o saneamento em relação aos viciados, melhorando a visibilidade e atraindo investimentos. “Mas isso não vai resolver nada do ponto de vista do empreedimento imobiliário, porque não estão conseguindo convencer setores do capital privado”, afirma ele.

    A região, diz ele, é desvalorizada tanto por causa da depreciação social quanto por características urbanísticas próprias, como o formato dos terrenos, grande quantidade de monumentos e prédios históricos e por ser Zona Especial de Interesse Social (Zeis), que exige tratamento diferenciado. “Não há especulação em cima dessa desvalia”, afirma Bassani.

    (…)

    http://marcosocosta.wordpress.com/2012/01/17/o-projeto-nova-luz-nao-convenceu-o-capital-privado/

  17. Elias said

    Aliás, o FMI está negociando com a “gepone” um aporte brasileiro (e também do Japão e da China), pra ajudar no enfrentamento da… crise econômica européia.

    O anúncio dessas negociações causou uma elevação nas bolsas internacionais, hoje.

    Só pra lembrar: no final de 2002, o Brasil estava PEDINDO dinheiro emprestado ao FMI…

    Já sei! É que os gepones Lula e Dilma estão apenas operando o software que FHC deixou.

    E por que FHC acabou o mandato passando o chapéu?

    Ah, é que… Sei lá, entende?

    E o Rocha Mattos?

    Esse santo homem acha que a PF não deve ser subordinada ao governo.

    Então a PF deveria ser subordinada a quem?

    Sei lá… Entende? Talvez ao Rocha Mattos, que, por seu turno, responderia diretamente ao Coiso, entidade suprema que dirige os destinos, os desatinos, os caminhos e os descaminhos do… Rocha Mattos.

    E — verdade! — Rocha Mattos tem razão: durante a ditadura, a PF não era tão “dependente” do governo como é agora (o que quer que signifique a palavra “dependente”, quando pronunciada pelo mulah Rocha Mattos).

    Tanto que ela só era dirigida por general, coronel… Pelas barbas do Coiso, pra quê mais independência que isso?

    Mas ela teve um civil, também, lá no topo…

    Foi o delegado Romeu Tuma, que nunca foi delegado federal coisa nenhuma, mas foi transposto da Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo diretamente pra PF, em Brasília, pra colocar em mãos seguras os arquivos da OBAN, cuja integridade estava ameaçada pela iminente eleição de André Franco Montoro (aquele esquerdista ensandecido…), para o governo do Estado de SP.

    Pra quê mais independência política que isso, pelo amor do Coiso?

    Sei lá… Entende? A gente num se lembramos de quase nada e, aí, nós precisa de quem venha nos mostrarmos a fala sublime, serena e equilibrada de Rocha Mattos, que, agora, virou guru em PF (coisa que ele não conseguiu ser quando trabalhou lá).

    E a gente? Ah, a gente somos burros…

    Entende?

    Saco!

    P.S.: espero que o Pax não entenda que estou ofendendo a honra do FHC, do Rocha Mattos, do Romeu Tuma, dos militares e d… Deixa pra lá!

  18. Pax said

    Caro Elias,

    Não vi ofensa a honra de ninguém, mas sim tua opinião sobre as pessoas que citou no teu comentário acima.

    Ainda na faina de instalar as benditas (?) antenas amplificadoras do 3G. O problema é que São Pedro não está muito do meu lado nesta empreitada. Talvez no sábado consiga trazer a turma. Talvez.

  19. Pax said

    Enquanto Dilma e Lula comemoram o natal com os catadores de lixo de São Paulo, Alckmin e Kassab tratam a cracolândia com porrada midiática.

    Direito deles, posicionamento deles (quer dizer, vai saber o envolvimento dessa história do Kassab com as imobiliárias… cala-te Pax).

    Ok, posso fazer minhas críticas à oposição à vontade, enquanto a Anatel ainda me permite teclar por aí, mas o post acima vai me deixar em maus lençóis com meus amigos petistas.

    Paciência… como diz o caro Elias… deixa pra lá.

    MUDANDO DE SACO PARA MALA

    Eita vontade de processar a Telefônica, a Anatel e a porca que me paréu.

    Depois de uma denúncia minha à Anatel, com um arquivo contendo todo o processo canalha que a Telefônica teve comigo e com toda a vizinhança (comigo eles extrapolaram o direito de sacanear um cliente…) recebo uma ligação da Telefônica:

    – Alô, gostaria de falar com o Sr Pax por favor…
    – Pode falar.
    – Meu nome é Sony (isso mesmo), sou da Telefônica e estou ligando por causa de um processo que o sr abriu na Anatel.
    – Pois não…
    – Queremos estar lhe informando (sic) que há uma inviabilidade técnica para sua residência neste momento e não temos previsão de instalação dos equipamentos. Tudo bem?
    – Bem?
    – Sim, o sr está ciente da inviabilidade técnica?
    – Sim, já me ligaram 5 vezes para a mesma informação, isto depois de me fazerem esperar por 30 dias enquanto afirmavam que havia disponibilidade do SPEEDY aqui.
    – Então estou dando baixa no processo da Anatel sr.
    – Como?
    – O sr abriu o processo na Anatel, a Anatel nos enviou para lhe dar uma resposta e ela está dada.
    …… etc….etc…..etc….

    PQP !!!

    Essa é a ANATEL que deveria proteger os interesses dos consumidores e estimular a livre concorrência.

    Ok, há um escritório de advogacia no RJ estudando meu caso, querem (eu já desisti) ver as jurisprudências neste assunto etc etc. Coisa de amigo comovido.

  20. Elias said

    Pax,

    Não entendi!

    O sujeito (ou a sujeita) que te telefonou é da telefônica, certo?

    Aí, ele ou ela te disse que a Telefônica está dando baixa de um processo NA Anatel?

    Então é a Telefônica que decide quando um processo deve ou não continuar tramitando NA Anatel?

    Caraca! Eu achava que a suruba era grande, mas não a esse ponto…

    Meu achismo: creio que a Anatel encaminhou tua demanda à Telefônica, pedindo que esta o instruísse com sua versão sobre os fatos. A Telefônica, em vez de informar à Anatel, informou ao demandante.

    Minha recomendação: encaminhar correspondência à Anatel, relatando o telefonema e pedindo juntada dessa correspondência ao processo.

    Se ficar só nisso, mais à frente não vais poder provar que recebeste esse telefonema. Palavras o vento leva… Melhor colocar a termo e agravar a situação da telefônica no processo.

    Na tua situação eu já teria contratado um escritório de advogacia há muito tempo. Afinal — data vênia, data máxima vênia — vivemos no país dos bacharéis, onde tudo deve ser transformado em processo judicial, sob pena de nada se resolver.

    Aí jogaria pra dar um prejuízo à péssima, de preferência ganhando algum nessa história. Dura lex, sed lex (no cabelo, só gumex).

  21. Pax said

    Caro Elias,

    É isso mesmo, o tal Sony (um dos piores atendentes com quem já tive contato, baixíssimo nível), é da Telefonica.

    E, sim também, parece que a Anatel somente recebeu meu processo, repassou para a telefônica e lavou as mãos. A Telefonica entende que mandar um atendente me ligar e informar o que já sei é o suficiente para encerrar o encaminhamento que a Anatel fez da minha denúncia/processo de “maus tratos” recebidos pela operadora.

  22. Pax said

    Acabo de entrar no site da Anatel, por onde registrei minha denúncia.

    Sabem o Status em que se encontra meu processo?

    Resolvida

    Acredite, se quiser.

    Já faz um tempo que entendo que uma implosão geral das Agências e uma reconstrução total se faz necessário. Será que não tenho razão?

    PQP!

  23. Pax said

    Well,

    Fui lá e reabri o processo. Vamos ver o que a dona Anatel faz com esse meu requerimento de reabertura.

    Outro ponto sinistro neste caso: tente entrar no site da Anatel e registrar alguma coisa. Kafka ficaria invejoso da competência do site da Anatel.

  24. Elias said

    Pax,

    Pelo que entendi:

    1 – Anatel recebe o teu processo.
    2 – Encaminha pra Telefônica.
    3 – Telefônica manda o tal Sony (égua do nome…!) te telefonar.
    4 – Telefônica manda Anatel baixar o processo como “resolvido”.
    5 – Anatel obedece telefônica. Baixa o processo, considerando-o “resolvido”, sem ter a decência de pelo menos telefonar ao demandante, pra saber se a droga do problema foi mesmo resolvido ou não.

    Seria o caso de, no mínimo, demitir por desídia todo o pessoal do estabelecimento da Anatel que te atendeu.

    Ora, ninguém precisa de Anatel pra servir de estafeta de processo dirigido à concessionária. Aí seria o caso do demandante se dirigir diretamente à concessionária, sem os serviços de garoto de recado da Anatel.

    O demandante só foi à Anatel porque, antes, foi à concessionária e esta não resolveu.

    A Anatel simplesmente encaminhar o processo à concessionária equivale a fazer o demandante exugar gelo…

    Em tempo: aí, acima, não chamei o tal Sony de “égua”. No contexto, “égua” é uma expressão tipicamente belenense, que significa, mais ou menos: “puta-que-o-pariu…!”, ou “vai-tifu-que-eu-não-vou-mifu…!”, ou “car..lho…!”, ou “é-a-tua!” (já “pai-d´égua” significa “muito bom!”, “ótimo!”, “excelente!”).

  25. Zbingniew said

    Rapaz!
    É realmente kafkiano esse processo da ANATEL.
    Um absurdo sem tamanho.
    Como é que o Estado brasileiro admite um órgão desse quilate. Não resolve PN! Aliás, só serve pra manter o status quo desse serviço meia boca de telefonia. Devia ser extinta, sei lá.
    Por isso que o serviço tem a qualidade que tem.
    Mais uma vez a Justiça Federal proibe que a TIM venda linhas em Fortaleza. (http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/tim-e-proibida-de-novo-de-vender-no-ceara).

  26. Elias said

    As telefônicas praticamente não investiram nada no Brasil.

    Estão usando até ao fundo do pote, a infraestrutura deixada pelas teles estatais.

    Agora, a capacidade instalada se esgotou e ninguém quer casar dinheiro pra expandi-la. As teles privadas tratam de um investimento de R$ 500 mil ou um pouco mais, como se fosse o financiamento do Projeto Apolo…

    Minha previsão 1: daqui a pouco, estarão os governos estaduais e municipais sendo obrigados a investir em infraestrutura de telecomunicação, pra não deixar a população na mão… Aí a infraestrutura será arrendada às teles privadas.

    Minha previsão 2: o arrendamento às teles será fonte de um porrilhão de escândalos, por favorecimento, propinas, etc, etc, etc.

  27. Patriarca da Paciência said

    Pois é, Elias,

    parece que o único grande feito do governo FHC (o Plano Real foi no governo Itamar) foi pro brejo.

    Os serviços telefônicos no Brasil, a partir da privatização, sempre foram ruins e caros.

    E a tendência é de piora, a não ser que haja uma forte intervenção do Estado.

  28. Elias said

    Patriarca,

    É isso aí!

    E o primeiro passo é dar um jeito nas agências reguladoras.

    O Pax só tá reclamando da Anatel, porque ele ainda não sabe o que é a de energia elétrica…

    Onde eu moro, era pelo menos um apagão por semana A duração dos apagões era de 8 horas, no mínimo. Mas não era raro apagão de 11 horas (quase sempre, das 17 horas de um dia às 4 da manhã do dia seguinte).

    Um dia, houve uma tal de “queda de fase”, ou coisa que o valha, com um “retorno em 220 V” ou sei lá o quê… Resultado: todos os equipamentos 110 V, que estavam ligados, queimaram. Era um dia de semana, no início da noite e, na minha casa, estavam só as secretárias. Quando elas se tocaram que tinham de desligar a chave geral, era tarde. Perdi um equipamento de som, uma tevê LCD 40″, duas geladeiras, um freezer, um frigobar, uma adega pra 24 garrafas e um porrilhão de lâmpadas. Só não perdi os equipamentos do andar de cima porque um disjuntor do QD desse pavimento disparou e desligou tudo. Alguns vizinhos meus perderam muito mais do que eu.

    Até hoje rola na Celpa o processo pra indenização. No meu caso, na verdade, já perdi.

    Uns caras da Celpa foram à minha casa, fazer perícia. Eles queriam que eu mandasse os equipamentos pra três oficinas, fazer orçamentos, que seriam avaliados pela Celpa, etc, etc.

    Mandei-os tomar no rabo! Enquanto essa merdolência toda tramitasse, onde eu iria guardar aquele monte de trambolho imprestável? Na casa da mãe deles? E onde eu iria guardar alimentos e bebidas? Na geladeira e no freezer da mãe deles?

    Fui à agência reguladora, fui à Arcon (agência estadual que, supostamente, fiscaliza as concessionárias de serviço público)… Nada! Essas agências se limitaram a me informar dos direitos que a legislação supostamente me garante.

    Ora, eu não preciso de agência reguladora ou fiscalizadora pra ler a lei pra mim. Eu preciso de agência reguladora ou fiscalizadora pra fazer com que as concessionárias cumpram a lei e, assim, respeitem meus direitos, sem que, pra isso, eu tenha que recorrer ao Poder Judiciário, gastando ainda mais dinheiro e me sujeitando à proverbial, inarredável e insuportável morosidade desse Poder, que, quando faz alguma coisa, faz len…ta…men…te.

    Agora, o abastecimento de energia elétrica melhorou um pouco.

    O Governo do Estado alugou uma casa bem junto à minha, pra servir de residência oficial p/o governador Jatene (PSDB). Logo na primeira semana do Jatene morando lá, no início de 2011 (exatamente naquela fase do governo em que o cara fica 36 horas por dia no ar, e ainda faz hora extra…), houve uns 3 apagões numa única semana. Lá pelas 11 da noite, o Jatene reunido com a tropa dele, centenas de carros estacionados pra tudo que é lugar e a luz… piff! Como de hábito, voltava lá pelas 3 da manhã… E o Jatene lá, com a tropa dele, apelando pra lâmpada de segurança, luz de vela e o escambáu a quatro, naquele calor infernal e com a carapananzada de Belém fazendo a festa no couro deles (e no nosso, também, né?)…

    O Jatene deve ter chamado o presidente da Celpa no saco… Aí os caras ficaram uns dois meses remendando coisas na rede de distribuição e, com mais uns meses, a coisa melhorou. Ainda tem apagão, mas eles duram em média uma hora…

  29. Zbigniew said

    Caro Elias,

    esse sistema de agencias e realmente uma esculhambacao.

    Tem que ter um figurao no meio pra haver alguma coisa.

    Que zona!

  30. Zbigniew said

    Do insuspeito “The Guardian”, sobre a ocupacao de Pinheirinho, em Sao Jose dos Campos e a cobertura feita pela nossa querida grande midia nativa:

    “(…)
    Foi principalmente graças aos meios de comunicação social que informações sobre os despejos pôde ser encontrado. No Twitter, a hashtag # Pinheirinho se tornou um top durante um par de horas. Durante todo o dia, a mídia corporativa do Brasil, que tem ligações históricas ao partido no poder [em SP], tanto em nível estadual e local, relatou a história em tons suaves: manchetes destacando uma van incendiada enquanto relevava as casas das pessoas em chamas.

    Em lugares como Irã e Egito, a mídia social tem funcionado como uma ferramenta contra o controle estatal da informação. No Brasil, tem ajudado a contornar um monolítico setor de mídia privada, que é sub-regulamentada e altamente concentrada (90% da indústria está nas mãos de 15 famílias). Como outros meios de produção e circulação de informação tornou-se mais facilmente disponíveis, a mídia corporativa do país começou a perder credibilidade. Os meios alternativos foram veementes em sua condenação do Governo do Estado de São Paulo no último domingo, e com razão. Mas em outra parte da esquerda política há indícios de dissimulação.
    (…)

    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-analise-do-the-guardian-sobre-o-caso-pinheirinho#comments

  31. Zbigniew said

    Após alguns sinais contraditórios a grande midia(?) tupiniquim vai dar o assunto por encerrado, reforçando a tática que estabelece uma distancia regulamentar das eleições e a limpeza social de áreas de interesse do estado e da iniciativa privada. A midia amiga faz de tudo para amenizar as imagens da truculência da desocupação para a classe media paulista, que vai se contentar quando observar os espaços urbanizados. Os rebotalhos que ocupavam a cracolandia e pinheirinho? Isso e outra história, ou problema do governo federal, deixa pra lá. Só que a midia amiga já nao fala mais sozinha.
    A Maria Inês Nassif desvenda um pouco do espirito conservador do governador paulista, a truculência da sua policia, a ação do Judiciário corrupto, dando pistas do porque do PSDB nao ter, hoje, nenhuma vocação pro social. Com essas lideranças o projeto de pais do partido nao passa pelo povo. Só pelas elites. E que elites .
    “(…)
    Até outubro, no mínimo devem ter feito uma limpeza na paisagem, o que atenua nas urnas, pelo menos para a classe média, a ação da polícia. A higienização justifica a truculência policial. A “Cidade Limpa” de Kassab, que começou com a proibição de layouts na cidade, termina com a proibição de exposição da pobreza e da miséria humana.

    A segunda é de ordem ideológica. Desde a morte de Mário Covas, que ainda conseguia erguer um muro de contenção para o PSDB paulista não guinar completamente à direita, não existe dentro do partido nenhuma resistência ao conservadorismo. Quando Geraldo Alckmin reassumiu o governo do Estado, em janeiro de 2011, muitas análises foram feitas sobre se ele, por força da briga por espaço político com José Serra dentro do partido, iria trazer o seu governo mais para o centro. A referência tomada foi o comando da Segurança Pública, já que em seu mandato anterior a truculência do então secretário, Saulo de Castro Abreu Filho, virou até denúncia contra o governo de São Paulo junto à Comissão de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos.
    (…)”
    http://www.cartamaior.com.br/templates/colunaMostrar.cfm?coluna_id=5424

  32. Elias said

    Não se pode nem elogiar…!

    Ontem, caí na besteira de dizer que a Celpa estava uma porcaria porqueirinha coisa melhor. Foi só dizer isso… e a esculhambação voltou!

    Dois apagões nesta noite: um das 20 às 22 horas; outro das 2 às 4h30 da matina.

    Azar meu. E do governador Jatene, também. Pela quantidade de carros nas alamedas, Jatene estava reunindo ontem à noite. E lá veio a Celpa, fazendo m… Como sempre!

    Bem, parece que Jatene botou um gerador na casa do governador. Pelo menos alguns compartimentos do casarão ficam com energia elétrica, durante os apagões.

    Tem vizinho propondo uma vaquinha pra instalar umas turbinas eólicas. Acho que tô topando…

    Sei que vai aparecer carinha falando em “custo/benefício”, mas, qual o “custo/benefício” da gente ficar pagando tarifa caríssima (pra bancar subsídio da Vale), e viver nessa merdolência de apagão a qualquer momento?

  33. Fábio said

    Pessoas, a copa já está aí… 2 aninhos, coisa rápida!
    Contratos sem licitação é o que mais tá rolando para que a coisa aconteça. Claro que não estou defendendo quem aproveita disso pra botar um “troco” no bolso, já que está sendo remunerado para isso.

    E fiscalização significa burocracia quando o prazo é tão curto. Vocês acham mesmo que tudo ficaria pronto dentro do prazo se antes todas as documentações fossem apresentadas, aprovadas, blá blá blá… Quem trabalha na área de TI como gerente, analista, desenvolvedor ou qualquer outra coisa sabe do que estou falando.

    O cliente quer o produto para amanhã. Levantar os requisitos, especificar, aprovar, desenvolver, testar para depois implantar toma tempo e aumenta o custo. E nem sempre diminui o risco.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: