políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Convocados Agnelo e Perillo

Posted by Pax em 30/05/2012

CPMI convoca Agnelo Queiroz e Marconi Perillo para depor e poupa Sérgio Cabral

Luciana Lima
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Em uma reunião tumultuada, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira decidiu convocar hoje (30) dois governadores para prestar depoimento. Foram convocados os governadores de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), e do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT). A convocação do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), foi rejeitada pelo plenário da CPMI.

Perillo foi convocado com votação unânime. Ontem (29), ele já havia informado à CPMI que gostaria de prestar depoimento. Já a convocação de Agnelo foi aprovada por 16 votos favoráveis e 12 votos contrários. Em relação ao pedido de convocação de Cabral, 17 parlamentares foram contra e 11 a favor do seu comparecimento à CPMI.

Perillo e Agnelo terão que prestar esclarecimentos sobre a ligação com o empresário Carlos Augusto Ramos, conhecido com Carlinhos Cachoeira, ou com a Delta Construção, empresa suspeita de fazer parte de esquema criminoso investigado pela Polícia Federal, de favorecimento em contas com o governo.

Durante a votação, o debate ficou entre os aliados do governador Perillo, que defendiam a votação em bloco, ou seja, tratando de forma igual os três governadores, e os parlamentares do campo governista, que alegaram que o grau de envolvimento de Perillo com o suposto esquema criminoso é bem maior que o envolvimento de Agnelo e Cabral. Com isso, os líderes governistas exigiram a votação em separado dos nomes dos três governadores.

“A comissão abre portas para a condenação, mas também pode abrir portas para as justificativas. Não podemos tratar coisas iguais como coisas diferentes”, disse Álvaro Dias (PR), líder do PSDB no Senado.

“Não podemos tratar o diferente como igual. Quem faz isso aqui na CPMI está na tentativa de partidarizar o debate”, considerou a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

Enviado via iPhone

Anúncios

99 Respostas to “Convocados Agnelo e Perillo”

  1. iconoclastas said

    a maioria das CPIs é palhaçada, exceto uma outra, como a dos correios (ou foi a dos bingos?) que motivou a denúncia do PGR, a que empurrou Collor para fora do planalto e acho que não mais.

    mas essa daí, apesar da ptzada ter se esforçado para melar, até que está, lentamente, se reajeitando.

    a quebra de sigilo bancário da Delta em âmbito nacional representa um belo avanço.

    um chifre de vacca para descobrir o nome do infeliz que votou contra a medida…

    ;^/

  2. Michelle - A Besta Desvairada said

    Uncle Pax

    Os ratos começam a abandonar o navio …

    grifos meus

    Apesar de publicamente vestir a camisa de Rui Falcão para defender Lula nesse rolo com o STF, uma parcela considerável de petistas no Congresso reconhecia ontem a “trapalhada” de Lula ao tentar pressionar Gilmar Mendes e outros ministros a adiarem o julgamento do Mensalão. Um dos mensaleiros à espera de julgamento, João Paulo Cunha dizia “estar confuso” sobre o que pensar em relação a Lula e a Gilmar:

    – Acho que o Lula não seria inocente de chegar cobrando declaradamente alguma coisa, mas o ministro Gilmar Mendes é um ministro preparado. Eu diria até que o mais preparado do Supremo.

    Na avaliação de Cunha, Mendes não teria motivos para inventar um encontro tão escabroso como o ocorrido no escritório de Nelson Jobim. Para Cunha, ao tentar ajudar, Lula acabou contribuindo para jogar ainda mais luz sobre o Mensalão e ajudou a incendiar os ânimos dos ministros do STF às vésperas do julgamento.

    (Atualização, às 15h45: Cunha entra em contato para dizer que não está confuso: “Sei muito bem que este caso está sendo usado de maneira leviana para pressionar o STF a condenar, sem o devido e democrático direito de defesa, os que respondem ao processo do chamado Mensalão. Registro também minha solidariedade à indignação manifestada pelo ex-presidente Lula, em relação ao desvirtuamento e uso político que está sendo dado a este encontro.”)
    Por Lauro Jardim

    Meu comentário: Tomou uma porrada do chefe e dissipou suas dívidas/dúvidas

    (Ou teria sido vítima de “Estalo de Vieira” ou do toque de Deus criando Adão na célebre pintura de Michelangelo ???)

  3. Otto said

    Desculpem-me se eu insisto no imbróglio do Gilmar, mas…
    por falar em viagem à Alemanha, Gilmar dizer que vai a Berlim, assim como Lula vai a São Bernardo, vá lá, é até uma figura de linguagem aceitável… Já Demóstenes ir a Berlim é coisa, digamos assim, inusitada… Gilmar e Demóstenes terem se encontrado por acaso em Praga e Berlim foi um daqueles caprichos inexplicáveis do destino, ainda mais em se tratando de 2 pessoas que mantém apenas relações institucionais, como insiste em apregoar Gilmar… Também, deve-se a uma coincidência fantástica o fato de uma enteada de Gilmar estar empregada no gabinete de Demóstenes… Obra ainda maior do acaso, quase surreal, foi que em suas viagens pelo mundo afora, por mais de uma vez, os dois, coincidentemente, estivessem no mesmo lugar, na mesma hora e indo para um mesmo destino, o que ensejou à Gilmar a oportunidade de compartilhar com Demóstenes voos em jatinhos providenciados pelo senador goiano junto e/ou às custas de Cachoeira… Sem esquecermos dos desígnios celestiais que levaram os dois a serem os protagonistas da escandalosa farsa do grampo sem áudio, em parceria com a Veja…

  4. Pax said

    Caro Otto,

    Há algum link que confirma que a enteada ou filha de Gilmar trabalha na assessoria de Demóstenes?

    Já é o segundo comentarista que traz essa afirmação.

  5. Otto said

    Olha, Pax:

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/1068107-enteada-de-ministro-do-stf-e-assessora-de-senador-do-dem.shtml

  6. Patriarca da Paciência said

    “Perillo foi convocado com votação unânime. Ontem (29), ele já havia informado à CPMI que gostaria de prestar depoimento. Já a convocação de Agnelo foi aprovada por 16 votos favoráveis e 12 votos contrários. Em relação ao pedido de convocação de Cabral, 17 parlamentares foram contra e 11 a favor do seu comparecimento à CPMI.”

    Ou seja, Perillo não contará com um só apoio dentro da CPMI.

    Já Agnelo terá 12 vozes a seu a favor ou, pelo menos, que não o condenam.

    Na minha avaliação a coisa está feia mesmo é para o Perillo.

  7. Patriarca da Paciência said

    Cara Sra. Michelle – A BESTA DESVAIRADA,

    veja o que diz realmente o deputado João Paulo Cunha.

    “Caro Lauro Jardim

    1- Escrevo-lhe para informar que não procede o comentário escrito hoje (30/05/2012), em seu blog, aventando uma opinião minha em relação ao episódio envolvendo o encontro do ex-presidente Lula com o Ministro do STF, Gilmar Mendes.

    2- Como nunca conversamos, não manifestei posição nenhuma sobre este caso para você, de sorte que não passa de especulação afirmar que estou confuso quanto aos acontecimentos.

    3- Sei muito bem que este caso está sendo usado de maneira leviana para pressionar o STF a condenar, sem o devido e democrático direito de defesa, os que respondem ao processo do chamado mensalão.

    4- Registro também minha solidariedade à indignação manifestada pelo ex-presidente Lula, em relação ao desvirtuamento e uso político que está sendo dado a este encontro.

    5- Confio que a verdade ao final sempre prevalece e também que os ministros do STF são absolutamente preparados juridicamente para analisar e emitir um parecer baseado nos autos e provas do processo.

    Cordialmente,

    João Paulo Cunha
    Deputado Federal PT-SP

    http://esquerdopata.blogspot.com.br/2012/05/joao-paulo-cunha-responde-ao-cachoeira.html

  8. Patriarca da Paciência said

    A revista veja parece ter chegado ao fundo do poço.

    Agora deu para publicar boatos que, de pronto, são desmentidos!

  9. Patriarca da Paciência said

    Paulo Lacerda: Soube pelo jornal. O absurdo é tamanho que não sei como ele se permite dizer aquilo. Se ele disse aquilo, respondo: primeiro, o ministro Gilmar está totalmente desinformado sobre a minha vida profissional e pessoal. Estou aposentado da Polícia Federal depois de dois anos e meio de adidância em Lisboa e trabalho hoje para a Associação de Empresas de Segurança Privada. Não trabalho com nada, nada de investigação, e quem me conhece e à minha vida hoje sabe disso. Sabe o que é mais espantoso?

    – O quê?

    – É que é com base nesse tipo de informações que o ministro está recebendo é que se criou essa crise toda. Se as informações que ele diz ter recebido são dessas mesmas fontes, se foram essas fontes e informações que o levaram a dizer o que anda dizendo nos últimos dias, tá explicado porque ele está dizendo essas coisas e dessa forma. Ele, de novo, mais uma vez, está totalmente mal informado.

    – O senhor não presta assessoria à CPI, ao PT ou ao ex-presidente Lula?

    – Não vejo o presidente Lula, assim como o ministro Gilmar Mendes, desde que deixei o governo. Isso é ridículo. Não assessoro o PT nem a partido algum e é um delírio supor, achar e dizer que assessoro o ex-presidente Lula. Basta perguntar aos senadores e deputados da CPI se assessoro à CPI ou a algum parlamentar. Basta perguntar aos assessores do Lula se alguém tem algum vestígio de presença minha, de contato meu com ele. Sou aposentado, até poderia trabalhar para quem me convidasse e eu quisesse, mas isso não é verdade. É absoluta inverdade. Impressiona e é preocupante como um ministro do Supremo não se informa antes de dizer esses absurdos.

    – Mas o que exatamente é absurdo?

    – Tudo isso. São informações totalmente tendenciosas. Eu não estou trabalhando para partido algum, político nenhum. Ele está exaltado, sem controle, não sei se por conta dessa conversa com o ex-presidente, mas nada disso é verdade. E isso é muito fácil de checar.

    – O senhor e o ministro Gilmar Mendes já tiveram um problema sério…

    – Em setembro de 2008, ele procurou o presidente Lula e acusou a Abin, que eu dirigia, de ter feito grampos ilegais na Operação Satiagraha. Aquilo era mentira. Não foi feito grampo algum ilegal por parte da Abin… aliás, a CPI de agora é uma ótima oportunidade para investigarem aquela armação. Não existiu grampo algum, mas o ministro Gilmar Mendes foi ao presidente da República com base em uma informação falsa. Espero que agora apurem tudo aquilo.

    – O que mais o incomoda?

    – Eu não vi o ministro Gilmar Mendes falar isso, eu li no jornal. Não sei se ele falou, mas se ele falou, foi leviano e mente. Se falou isso o ministro Gilmar Mendes mentiu. Estou aposentado da área pública, todos sabem disso. Não teria nenhum impedimento, de ordem alguma, para trabalhar com investigação, mas não quero, e isso que ele disse, se disse, não é verdade.

    – Alguma vez, depois do episódio em 2008, do tal grampo cujo áudio nunca apareceu, o ministro Gilmar e o senhor falaram sobre o episódio? Em algum momento ele reconheceu não ter ouvido o tal grampo, se desculpou?

    – Não. Repito, não vejo o ministro e o ex-presidente Lula há anos. E não houve desculpa alguma… e acho que a CPI agora seria ótima oportunidade para esclarecer isso de uma vez por todas, embora a Polícia Federal já tenha concluído que não houve grampo algum da Abin…

    – Essa CPI de agora, a do Cachoeira, tem alguns personagens comuns com aquele caso, fala-se muito no espião Dadá…

    – A propósito. O ministro Gilmar Mendes teria dito ao jornalista Moreno que esse cidadão, Dadá, é ou era meu braço direito, meu homem de confiança. Respondi por escrito, mandei um e-mail para o Moreno, que é um jornalista… ele recebeu uma informação de um homem público e a publicou. Por isso enviei a resposta direto para ele e para o jornal O Globo.

    – E qual é a resposta?

    – Eu nem conheço o Dadá, jamais tive contato com ele e nunca estive com ele. Portanto, faço a ressalva: se o ministro Gilmar Mendes de fato disse isso…

    – Sim, a ressalva está registrada

    – Se ele disse isso, essa é mais uma informação leviana, irresponsável e mentirosa.

    Leia mais em: O Esquerdopata: Ex-diretor da PF e da Abin Paulo Lacerda: Gilmar Mendes é leviano, irresponsável e mentiroso
    http://esquerdopata.blogspot.com.br/2012/05/ex-diretor-da-pf-e-da-abin-paulo.html

  10. Patriarca da Paciência said

    “O Judiciário está imune a esses dissensos. Tenho dito reiteradamente: nós somos experimentados no enfrentamento de situações de toda a ordem. Isso não nos tira do eixo. Nós não perdemos o foco que é o nosso dever de julgar todo e qualquer processo inclusive esse chamado de mensalão com objetividade, imparcialidade e serenidade. Enfim, estamos atentos todos nós à prova dos autos – disse Ayres Britto.

    Ele negou ainda que, no encontro que teve na terça-feira com a presidente Dilma Rousseff, tenha discutindo o episódio. Segundo Ayres Britto, ele e Dilma falaram sobre assuntos administrativos dos poderes Executivo e Judiciário, em especial a conferência Rio+20. ”

    http://oglobo.globo.com/pais/ministros-do-stf-minimizam-crise-apos-imbroglio-lula-gilmar-5070223

    Só mesmo o Dr. Gilmar para achar que um problema pessoal dele é um problema do STF.

    O Dr. Gilmar é de uma arrogância e vaidade extremas.

    E com baixíssima tolerância a ser contrariado.

  11. Jose Mario HRP said

    Lula venceu!
    Seu intento maior era trazer Perillo, talvez Gilmar , custando qualquer preço.
    Agnelo é cristão novo oriundo do PCB, ou seja , pode ser um boi de piranha!
    Parabens nosso Maquiavel!

  12. Jose Mario HRP said

    Aos que se irritavam com a mudez do Lula…..o nordestino safado , cabra da peste, enviado do demônio, falou!

  13. Pax said

    Tem um assunto que ainda não houve tempo e condições para ser melhor explorado aqui: o relatório do delegado da PF Luiz Flávio Zampronha sobre o mensalão do PT.

    Em primeiro lugar vale o destaque que este tema subiu na pauta com maior destaque. Se alguém queria o contrário, o plano deu errado.

    Pois bem, o tal relatório está disponível na internet. Ainda não tive acesso.

    O jornalista Paulo Moreira Leite fez um interessante post sobre o relatório em seu blog. Basta procurar por aí. Site da revista Época.

    Há surpresas no que li, mas confirma desvio de dinheiro público para abastecer o esquema de caixa 2 do PT e uma fonte secundária de dinheiro de empresas que se interessavam em conquistas pouco republicanas em seus negócios com o Estado. PML aponta Daniel Dantas como um destes exemplos.

    A maior surpresa é a afirmação de PML que não há provas que Zé Dirceu tenha sido o grande diretorq do esquema.

    Com certeza a CPMI e o julgamento do mensalão se colaram como irmãos siameses.

    Agora o esquema mafioso do Cachoeira toma a posição de amálgama que une os partidos DEM (morto insepulto), PT e PSDB.

    Por enquanto livraram a cara do PMDB. Até quando? Somente a quebra do sigilo da Delta no RJ vai dizer.

    Faz tempo que o país não vive momento tão simbólico em apontar que nesta toada de modelo político a visão à frente é um lamaçal, melhor, um esgoto que impedirá o país de pensar seu futuro.

    Enquanto desviarmos o dinheiro público para sustentar o modelo político atual, impossível aceitar a tese que a escola pública vai se tornar, um dia, prioridade nacional. Os mensalões precisam ser alimentados, não os salários dos professores nem, muito menos, a merenda escolar que conforta e possibilita o aprendizado primário dos brasileiros que farão o Brasil de amanhã.

    Ps1: se alguém conseguir um link direto onde possa obter o pdf deste relatório ficarei muito grato.

    Ps2: Gilmar afirmou que tinha somente relações funcionais com Demóstenes. A notícia que sua enteada trabalha com o senador deixa essa afirmação complicada.

    Enviado via iPhone

  14. Jose Mario HRP said

    Protógenes Queiroz está processando Gilmar Mendes e a CPI já tende a convocar o ministro supremo!

  15. Jose Mario HRP said

    http://www.ocafezinho.com/2012/05/30/embaixador-da-venezuela-repudia-declaracoes-de-mendes/
    Gilmar atirando para todo lado ofende toda uma nação.
    Está descontrolado……

  16. Patriarca da Paciência said

    “O problema, para a oposição, é que essas conclusões estão longe de demonstrar a culpa dos 38 réus. Pior ainda. Para quem transformou José Dirceu no cérebro e gênio do mal, a investigação da Polícia Federal é uma decepção.”

    http://colunas.revistaepoca.globo.com/paulomoreiraleite/2012/05/03/o-segredo-de-demostenes-torres/

    Pois é, Pax,

    para quem se lembra, “venho cantando essa pedra” (como diz o Elias) faz muito tempo.

    É uma verdadeira afronta à democracia que a “grande imprensa” tenha transformado o José Dirceu em herege e o tenho exposto à execração pública todos os dias, durante quase uma década.

    E agora, se o STF absolve o José Dirceu, como que fica a cara dessa gente?

    Como fica o Reinaldinho Alucinado Cabeção, que há quase uma década chama o José Dirceu de chefe de quadrilha?

    Esse pessoal não deve ser responsabilizado?

    É claro que há um processo, mas processo não significa condenação. Acontece que a “grande imprensa” julgou e condenou o José Dirceu e o transformou em herege, merecedor de ser queimado no fogo da execração pública.

    Mesmo que o José Dirceu receba alguma condenação, permanece a grande falha do pré-julgamento.

    E essa turba ainda se diz democrata!

  17. Pedro said

    HRP, pra vc que vive postando escritos do Paulo Henrique Amorim, é bom vc ver este vídeo em que ele fala do Protogenes.

    Acho que vc vai ter que decidir, se acredita num ou noutro.

    Eu não acredito em nenhum dos dois.

  18. Pedro said

    Escutei agora no radio que Lula vai dar entrevista no programa do Ratinho.

    Parece que Lula escolheu um caminho pra se defender.
    Gezuis! Ratinho?????
    Lula escolheu a tatica Vaccareza, só falta dizer: Silvio Santos não se preocupe vc é nosso é nos somos teu.
    Ou, também serve slogan de governo: Seu Banco, minha TV, nossa Vida.

  19. Jose Mario HRP said

    A questão não é optar entre Protogenes e Amorin, mas optar entre mau caratismo perene do Gilmar e a opção pelo povo.

  20. Elias said

    “Ou seja, Perillo não contará com um só apoio dentro da CPMI.” (Patriarca da Paciência)

    Engano seu, Patriarca.

    Depois daquele carinha ter dito que ele, pessoalmente, havia providenciado o repasse da grana do Cachoeira pro Perillo, pra este comprar uma mansão, passou a ser do interesse do Perillo depor na CPI.

    Afinal, até aqui ele detém o indesejável privilégio de ser o primeiro implicado contra o qual a CPI dispõe de uma prova, de conhecimento público (no caso, uma “prova testemunhal”, cujas declarações, se apuradas, poderão resultar numa “prova documental” e numa “prova pericial” — sob a forma de arquivos eletrônicos bancários), do cometimento de um ilícito.

    Nestas circunstâncias, se o Perillo não fosse à CPI, ele estaria abrindo mão do contraditório. A única versão que ficaria na CPI seria a versão do cara que o acusa de ter recebido grana do Cachoeira pra comprar uma mansão. Uma acusação, aliás, difícil de refutar (o próprio Perillo chegou a dizer que “não sabe” quem assinou os cheques que ele usou pra comprar a mansão…).

    Ou seja, o Perillo estava sangrando e, por isto, também estava implorando pra depor na CPI. Cantei essa pedra ao comentar outro post do Pax…

    Convocado, ele passa a ter voz pra apresentar sua versão e tentar desqualificar o depoimento que o implicou…

    Claro que ele terá apoio do partido dele… E é justo que tenha. Vamos ver se ele se safa…

  21. Pedro said

    Gilmar ou povo????

    Não entendi.

  22. Otto said

    Pedro, a entrevista do Lula ao Ratinho já estava agendada antes da matéria da Veja.
    A velha mídia, para variar, omite esta informação.

  23. iconoclastas said

    “Escutei agora no radio que Lula vai dar entrevista no programa do Ratinho.”

    não podia ser mais apropriado: os roedores se entendem.

    surreal!

    ;^)))

  24. Jose Mario HRP said

    Otto, a turminha queria o que?
    Entrevista na globo?
    Ía ser toda editada!
    KKKKKKKKKKKK……..

    Sim Pedro, dum lado está o povo, pobre, sem padrinho, do outro a turma do Gilmar, FHC, Serra, et etc e tal……….

  25. Otto said

    Na verdade, a mídia tem medo do Lula como teve medo do Vargas!
    Complexo de Casa Grande!
    Afinal, o presidente sociólogo entregou a Brasil quebrado, devendo até as cuacas pro FMI.

  26. Otto said

    Gilmar, mentes.

    Como Demóstenes, o ex-probo.

  27. Otto said

    Ops! Leia-se “cuecas” no comentário #25.

  28. Pedro said

    Pax, to começando a de admirar, parabéns pela paciência, não é fácil lidar com tanta cegueira partidaria.
    Dos dois lados.

  29. iconoclastas said

    “Na verdade, a mídia tem medo do Lula como teve medo do Vargas!”

    medo?! sério, por quê?

    ;^?

  30. Jose Mario HRP said

    Eu sabia que nesse angu tinha caroço.
    Quando esse tipo de factóide é armado fica claro que a metodologia , a forma como é exposto tras marcas, indicios de quem o fez.
    Vejam só quem meteu a colher de pau nessa coisa:
    http://www.viomundo.com.br/denuncias/serra-participou-da-armacao-veja-gilmar.html

  31. Otto said

    Iconoclastas: medo que ele volte.
    O fantasma da vargas assombrou a imprensa udenista até a 1964.

  32. Jose Mario HRP said


    Isso é caso pra “manicômio judiciário”!

  33. iconoclastas said

    ah, bom!

    ufa, achei que tivesse a ver com o Estado Novo…

    ;^/

  34. Patriarca da Paciência said

    Elias,

    o problema é que esse pessoal do PSDB age como ratos, ou seja, mal o navio começa a fazer água e todos já fogem. Lembra do Paulo Preto, que se sentia uma “companheiro abandonado sangrando à beira da estrada”? Pois é, a situação do Perillo anda tão feia que acho meio difícil alguém se arriscar a falar por ele. Com o Demóstenes, até o Coutão não se arriscou.

    Por incrível que pareça, a única pessoa que teve alguma atitude amistosa com o Demóstenes foi o Suplicy.

    Acho que o Perillo vai pelo mesmo caminho do Demóstenes.

  35. Elias said

    É, Patriarca…

    Aliás, a desfaçatez do Mário Tapiocouto parece não ter limites.

    O Mário Couto é bicheiro, e todo mundo sabe as ramificações que isso implica… Tá todo enrolado em toda a sorte de falcatruas que político desonesto costuma cometer. Tapiocouto é quase uma encinclopédia da corrupção: superfaturamento, fornecimento fantasma, fraude em licitações, contratação de funcionário fantasma, adulterações de folha de pagamento de órgão público, e o que mais se imaginar… Não há praticamente um único tipo de ato corrupto no qual Mário Tapiocouto não esteja envolvido. O tal “foro privilegiado” o ajuda a se manter em liberdade, tramando e executando procrastinações em escala industrial…

    Como é que um cara com as credenciais do Mário Tapiocouto é designado pra integrar uma “Comissão de Ética” do Senado? Só pode ser escárnio…

    Aliás, pra que é que serve a porra desse Senado, mesmo?

    Quanto ao Perillo, ele pode até ir pelo mesmo caminho do Demóstenes, mas acho difícil. Se houver metade de uma chance de manter a cabeça dele em cima do pescoço, o PSDB vai tentar. Se Perillo dançar, o prejuízo político do PSDB será terrível.

    Não me refiro ao prejuízo imediato. Pior do que isso, será a repercussão em 2014…

  36. Pedro said

    Vou repetir um palpite meu com data, hora erros e erros de escrita:

    1. Pedro disse
    30/05/2012 às 1:14
    Do jeito que o Gilmar está assanhado, me parece que ele não tem nada com o tal Cachoeira.
    Está com rabo solto :-)
    Do outro lado, acho que alguns aloprados informaram o Lula muito mal. Por enquanto Lula está brigando
    com a turma de dentro. Até achar um caminho pra brigar com turma de fora.
    Quanto ao Tomas Bastos, acredito que um “adevogado do diabo” deste naipe, nunca iria deixar um
    furo qualquer no recebimento dos honorários.

    Hoje, as 08:02, o Noblat que é mil vezes mais informado do que eu (não vivo disso) escreveu este artigo:

    http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2012/05/31/lula-gilmar-jobim-respostas-para-suas-duvidas-por-ricardo-noblat-448135.asp

  37. Chesterton said

    nunca iria deixar um
    furo qualquer no recebimento dos honorários.

    chest- quem pagou os honorários? Tem que saber, pois parece ser dinheiro ilícito, dele ou dos supostos amigos pagadores.

  38. Pedro said

    Agora vou arriscar outro palpite:

    O Perillo está louco pra depor, pelo motivo técnico que o Elias citou no # 20, e também pelo motivo político.

    Qual é a bronca do Lula e do PT com ele?
    – Aquele episódio em que ele diz ter alertado o Lula sobre o mensalão.

    Se o PT for pra cima dele com muita gana, sobre que ele vai falar no depoimento, quando todos sabemos, que vc pergunta A para um político e ele responde B?
    – Com toda a mídia do país focada nele, ele vai falar sobre o Mensalão. Talvez apresente alguma prova e mesmo se não apresentar, jogará o mensalão no centro da CPMI de novo, em rede nacional.

    Creio que até o depoimento, bombeiros entrarão em campo, como já estão entrando no caso Lula x Gilmar.

    Resumo: Vão entregar Demostenes, Cachoeira e mais alguns peões aos leões, vão dizer que deram uma resposta (chinfrim) pra sociedade, e todo mundo continua feliz.

  39. Pedro said

    Chesterton, é a minha opinião.

    Este Tomas Bostas é tarimbado.

  40. Pedro said

    ooops Bostas quer dizer: Bastos :-)

  41. Chesterton said

    é verdade, mas um dia escorrega. O Cachoeira tem algum amigo honesto que queira ajudá-lo com dinheiro “honesto”? Acho difícil, a esta hora estão maquiando a lavagem de dinheiro (no que essa gente é “tarimbada”)). Na minha opinião seguir o rastro desse dinheiro deve ser muito interessante.

  42. iconoclastas said

    outro dia eu falei aqui que não sabia de nenhuma mentira do Jobim, mas…

    bobo que sou, desconhecia um famoso (para os outros) ato dele enfiar dois artigos na constituição de 88 – da qual foi redator – sem que os mesmos tenham sido votados, e outra;

    a participação no furto de um sino da faculdade em que se graduou. – coisa de guri, poderia se pensar, mas até hoje o produto do roubo não só não foi devolvido como circula feito um troféu junto aos formados daquela turma. esteve com Jobim enquanto este era ministro do STF…

    não são exatamente mentiras, mas será que dizem algo sobre os valores do sujeito?

    ;^/

  43. Chesterton said

    Jobim é um fanfarrão, o que pensa é melhor não falar, o que fala é melhor não escrever, o que escreve é melhor não assinar e o que assina tem que negar a té morrer…..

  44. Otto said

    Sobre o texto do Noblat citado acima pelo Pedro eis o que Miguel do Rosário escreveu:

    “Noblat escreveu um post hoje sem acrescentar nenhuma novidade ao assunto em questão, apenas requentando uma coisa ali outra ali, com objetivo de atacar Jobim e Lula, e defender a versão de Gilmar Mendes. Mostra apenas uma contradição pueril de Jobim, se é que houve, pois baseia-se em frases de jornalistas e não em depoimento direto do próprio, mas omite as inúmeras incoerências de Gilmar Mendes.

    O texto é muito fraco, mal escrito, quase inseguro – e ao mesmo tempo cheio de pequenas certezas sobre fatos que jamais foram confirmados; com afirmações ridiculamente peremptórias sobre as motivações psicológicas dos personagens.

    Deixo registrado como um exemplo de jornalismo pobre, tendencioso, enfadonho, submisso e previsível. O próprio título é de uma presunção caricata: respostas para suas dúvidas. Noblat quer tirar onda de oráculo, mas o texto envergonharia um estagiário de terceiro período da faculdade.

    Publico aqui também por razões acadêmicas. Nem é o caso mais de fazer análise do texto, que é um lixo, e sim de ilustrar a situação humilhante do jornalista no Brasil, obrigado a fazer todo tipo de serviço sujo para ter permissão de atuar na seção política dos grandes grupos de mídia. Eles fazem, porque o estômago exige, mas a degradação é cada vez maior. É uma espécie de corrupção moral tão ou mais grave que os desvios de um Demóstenes Torres.”

    http://www.ocafezinho.com/2012/05/31/o-requentadao-estragado-de-noblat/

  45. Elias said

    Otto,

    Aliás o Noblat acabou prestando um desserviço ao Gilmar.

    Ele fez uma pergunta: por quê o Gilmar segurou a merda dessa conversa por um mês?

    Ao fazer isso, chamou a atenção de muita gente para um aspecto até então pouco abordado dessa história toda.

    Afinal, por por quê só agora Gilmar resolver botar a boca no trombone?

    Tá na cara que foi porque alguém mandou, né?

    E, tendo em conta o alguém pra quem ele falou, e a situação em que se encontra esse alguém, não é difícil advinhar quem mandou, ora VEJA só…

    Rabo escondido com o gato de fora…

    Mas o negócio é que o Noblat resolveu divulgar a versão que lhe mandaram divulgar, sobre as razões do Gilmar ficar gurandando merda velha num pote no meio da sala…

    Aí o Noblat fez uma merda ainda maior.

    Ele insinuou que o Gilmar, magistrado de um Tribunal Superior, burlou a lei pra prestar um favor ao PT, livrando o rabo do Palocci.

    Ou seja: o Noblat acabou arranjando mais uma possível malfeitoria pro Gilmar explicar.

    Com aliados desse tipo, o Gilmar nem precisa de inimigos…!

    Do jeito que a coisa está andando, até o final da próxima semana o nome do Gilmar vai estar mais sujo que poleiro de pato…

  46. Pedro said

    Otto, não conheço Miguel do Rosário.

    Foi ele que te sugeriu, ou Gilmar está mentindo ou deveria ter dado voz de prisão ao Lula?
    Se foi, é um debil mental.

  47. iconoclastas said

    # 45,

    o parasita voltou e finge desconhecimento sobre o que o Gilmar já relatou… ou será ignorância mesmo?

    faz o seguinte: pede o peniquinho…

    ;^/

  48. iconoclastas said

    boa:

    “De O Estado de S. Paulo
    Para o bem do Supremo

    Até a divulgação do que teria sido a conversa entre o ex-presidente Lula e o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), intermediada pelo seu ex-colega Nelson Jobim, havia só uma – e crucial – razão para desejar que finalmente começasse o julgamento dos envolvidos no escândalo do mensalão. Nada menos que cinco anos se passaram desde que a Corte acolheu a denúncia do então procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, contra os cabeças, os operadores e beneficiários da compra do apoio de deputados ao governo Lula – e o risco de prescrição das penas a que viessem a ser condenados os 36 réus do processo evidentemente aumenta na razão direta da passagem do tempo. Sem falar que este ano se aposentam dois membros do Supremo e a escolha de seus substitutos pela presidente Dilma Rousseff se daria à sombra das especulações sobre os seus votos na hora do veredicto sobre os mensaleiros.

    No entanto, desde o último fim de semana, quando Mendes apareceu na revista Veja acusando Lula de pressioná-lo no citado encontro para adiar o julgamento e de indicar que, em troca, impediria que a CPI do Cachoeira respingasse nele, pelo que seriam as suas relações com o senador Demóstenes Torres, parceiro do contraventor, dois outros motivos vieram a se agregar ao imperativo inicial de se levar o processo ao seu desfecho, com a presteza possível. O primeiro é óbvio: se o STF deixar de incluir o mensalão na sua agenda para os próximos meses, ainda que seja por alguma razão absolutamente legítima em matéria de procedimentos, será impossível remover da opinião pública a impressão desabonadora de que a Corte se curvou aos desejos do ex-presidente, tão cruamente manifestados, de acordo com o que saiu na revista. O segundo motivo para o Supremo Tribunal apressar os trâmites do caso – sem prejuízo do devido processo legal – também se relaciona com a preservação de sua integridade.

    Com efeito, o STF não ficou imune à (tardia) iniciativa de Mendes de trazer a público o que teriam sido “as insinuações despropositadas” de Lula, nem ao torvelinho político levantado por suas afirmações, nem, principalmente, à destemperada entrevista convocada pelo magistrado, anteontem, numa dependência do tribunal. Tanto faz se as instituições fazem os homens ou se estes fazem as instituições, como os pensadores do poder discutem há uma eternidade. O fato é que, já não bastasse um ex-titular da Corte (e ex-colaborador de Lula) produzir relatos desencontrados sobre o que se passou no seu escritório e sobre por que se dispôs a abri-lo aos seus especiais convidados naqueles idos de abril; não bastasse o ministro do STF ter permanecido ali depois de ouvir as enormidades que diz ter ouvido; não bastasse Lula sugerir agora que ele mentiu, eis que, envergando a toga, Mendes o acusou de ser o irradiador de boatos construídos por “gângsteres, chantagistas, bandidos” para “melar” o julgamento do mensalão.

    Uma nota austera e cabal teria sido – para o ministro e para o tribunal que integra – a melhor resposta aos rumores de que as suas relações com o senador à beira da cassação seriam impróprias, além de tangenciar o bicheiro unha e carne do político goiano. Anexados ao texto os comprovantes divulgados na entrevista de que ele não foi nem voltou de Berlim nas asas de Cachoeira, quando ali esteve em companhia de Demóstenes – a questão que Lula teria sacado para acuá-lo -, e o assunto morreria. Em vez disso, excedendo-se, fez um comentário que muitos podem considerar constrangedor para a mais alta instância do Judiciário. Falando dos dois voos que fez no País com um colega e uma juíza do Superior Tribunal de Justiça, em aviões fretados pelo senador, perguntou, retoricamente: “Vamos dizer que o Demóstenes me oferecesse uma carona num avião que ele tivesse. Teria algo de anormal?”.

    Certa vez, ao apoiar a divulgação individualizada dos salários do funcionalismo, o atual titular do STF, Carlos Ayres Britto, observou: “É o preço que se paga pela opção por uma carreira pública no seio de um Estado republicano”. No caso da magistratura, a conta inclui a recusa a convites que outros cidadãos podem aceitar com naturalidade.”

    ;^/

  49. Pedro said

    Vou correndo fazer uma fezinha na loteria, ou quem sabe no jogo do bicho :-)

    Pra não ser repetitivo, já sendo:

    Escrevi em 30/05/2012 às 1:14

    ……..Do outro lado, acho que alguns aloprados informaram o Lula muito mal…….

    Eis o editorial de o globo:

    http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2012/05/31/os-novos-aloprados-nao-justificam-uma-crise-editorial-448151.asp

  50. Zbigniew said

    O Gilmar tem dois discursos (alias, vários). O Jobim já tirou o dele da reta. Só ficou o gilmarzinho e a Veja (e seus miquinhos amestrados). E a oposição a reboque. To achando que o Haddad leva essa e a boquinha dos Civita vai acabar.

  51. iconoclastas said

    e o ratão não tem discurso algum…

    mas vamos ver quando os roedores se encontrarem logo mais.

    ele pode dizer, por exemplo, que o Gilmar, velho amigo, está sendo envenenado por más linguas, que intepretou errado seu generoso gesto, que o que desejava de fato era alertá-lo para as fofocas que envolvem seu nome, que sobre o mensalão, introduzido por Jobim, fez apenas uma ligeira e inócua observação e etc, e, se sobrar altivez, ainda pode fazer um afago em em Gilmar e esculhambar a Veja, que semeou a discórdia… cara de pau para isso lhe sobra, e o palco é mais do que adequado.

    mas calado é que não dá para ficar…

    ;^/

  52. Pedro said

    Aí Pax, dá um desconto.
    Não tem nada com o post, mas é um belo exemplo de como deve ser o verdadeiro “controle social da mídia”

  53. Jose Mario HRP said

    Oração do bom oposicionista:
    Senhor que o Gilmar esteja falando a verdade ou não, que isso possa ser nosso instrumento de coerção!
    Que nossos inimigos caiam nessa esparrela!

    A velha coisa da mentira dita mil vezes virar verdade!
    A bolinha de papel foi filmada, como a mentirada do Gilmar não foi quem sabe vira verdade?
    A julgar pela virulenta vontade d’alguns daqui , quem sabe?

  54. Jose Mario HRP said

    Off topic:
    O drama espanhol e a previsível falencia do sistema financeiro daquele país mostra a artificialidade d União européia!
    97 bilhões de euros se foram para o exterior!
    28% de desemprego.
    O castelo de areia espanhol mostrou-se na plenitude.

  55. Pax said

    Caro Pedro,

    Gostei do tiozão passando o carão no repórter.

    Se o controle social da mídia for independente de instituições políticas, como neste caso, chego a concordar.

    O tiozão mostrou que tem mais cultura que o repórter de quinta categoria.

    Conclusão: controle social = educação + cultura

    Enviado via iPhone

  56. Chesterton said

    Destrambelhado
    Após conversa desastrada entre o ex-presidente Lula e o ministro Gilmar Mendes, os deputados se divertem com uma piada: “Se, como metalúrgico, Lula perdeu o dedo, como advogado, perderia a cabeça”
    ch

  57. Chesterton said

    CH

    vO deputado estadual Rogério Correia (PT-MG) pediu à Delegacia Especializada em Crimes Cibernéticos investigação contra o internauta João Paulo Medrado. Segundo o deputado, Medrado faz críticas severas, que fogem do âmbito político e atingem sua honra. “Eu pedi que fosse aberto um processo, mas não foi por causa de crítica política – foi por conta dos termos utilizados”, disse. “Dentre os termos estão: cretino e petista sem vergonha. Ataques políticos eu também faço vários, eu sou oposição, mas não ofendo ninguém. É um crime o que ele está fazendo”, completou. O ator global Zé de Abreu também declarou à Coluna que é “perseguido” pelo internauta. “Ele é um defensor do Aécio muito radical e destrata muito as pessoas. Chega a ser uma coisa de perseguição”, disse ao afirmar ainda que Medrado o chamou de “corno”. Para o internauta, a intenção do processo do deputado estadual é censurá-lo. “Ele está querendo me censurar. Tudo que eu falei do Rogério Correia, eu tenho os links dos jornais de onde eu tirei”, garante. Com relação às mensagens enviadas ao ator Zé de Abreu, Medrado diz que “estava brincando” e que jamais usou o termo “corno”. “Ele tirou as conclusões dele”, disse em meio à risos.

    chest- esse vai ficar famoso as custas dos petistas…tsc, tsc, tsc,…

  58. iconoclastas said

    quieto este nobre ambiente…

    e ai, como foi o papo lá da rataria?

    ;^?

  59. Patriarca da Paciência said

    Se o Lula for um destrambelhado, o Gilmar é um destrambelhado elevado à décima potência.

  60. Patriarca da Paciência said

    Mauro Santayana

    “Engana-se o Sr. Gilmar Mendes, quando denuncia uma articulação conspiratória contra o Supremo Tribunal Federal, nas suspeitas correntes de que ele, Gilmar, se encontra envolvido nas penumbrosas relações do Senador Demóstenes Torres com o crime organizado em Goiás.
    A articulação conspiratória contra o Supremo partiu de Fernando Henrique Cardoso, quando indicou o seu nome para o mais alto tribunal da República ao Senado Federal, e usou de todo o rolo compressor do Poder Executivo, a fim de obter a aprovação. Registre-se que houve 15 manifestações contrárias, a mais elevada rejeição em votações para o STF nos anais do Senado.
    Com todo o respeito pelos títulos acadêmicos que o candidato ostentava – e não eram tão numerosos, nem tão importantes assim – o Sr. Gilmar Mendes não trazia, de sua experiência de vida, recomendações maiores. Servira ao Sr. Fernando Collor, na Secretaria da Presidência, e talvez não tenha tido tempo, ou interesse, de advertir o Presidente das previsíveis dificuldades que viriam do comportamento de auxiliares como P.C. Farias. Afastado do Planalto durante o mandato de Itamar, o Sr. Gilmar Mendes a ele retornou, como Advogado Geral da União de Fernando Henrique Cardoso. Com a aposentadoria do ministro Néri da Silveira, Fernando Henrique o levou ao Supremo. No mesmo dia em que foi sabatinado, o jurista Dalmo Dallari advertiu que, se Gilmar chegasse ao Supremo, estariam “correndo sério risco a proteção dos direitos no Brasil, o combate à corrupção e a própria normalidade constitucional”. Pelo que estamos vendo, Dallari tinha toda a razão.”

  61. Patriarca da Paciência said

    Continuando:

    Mauro Santayana,

    “Gilmar, como advogado geral da União – e o fato é conhecido –, recomendara aos agentes do Poder Executivo não cumprirem determinadas ordens judiciais. Como alguém que não respeita as decisões da justiça pode integrar o mais alto tribunal do país? Basta isso para concluir que Fernando Henrique, ao nomear o Sr. Gilmar Mendes, demonstrou o seu desprezo pelo STF. O Supremo, pela maioria de seus membros, deveria ter o poder de veto em casos semelhantes.”

  62. iconoclastas said

    “Se o Lula for um destrambelhado, o Gilmar é um destrambelhado elevado à décima potência.”

    não falei que o comentarista tinha espirituosas sacadas?!?!

    não é para qualquer um…

    ;^)

  63. Chesterton said

    feio, bobo e chato esse Gilmar…

  64. Elias said

    Patriarca,

    Claro que o Gilmar não tem porra nenhuma com o Demóstenes…

    Quem tem é a enteada do Gilmar, que era (ou é, sei lá…), assessora do Demóstenes.

    Mas o Gilmar…? Com o Demóstenes…? Magina…!

    E como a enteada do Gilmatr foi parar, exatamente, no gabinete do Demóstenes?

    Coincidência, ora… A mesma cxoincidência que fez com que Giilmar e Demóstenes se encontrassem em Praga e em Berlim, aquelas duas cidade interioranas, onde a gente sai na rua e já encontra metade da população…

    E esse negócio de empregar parentes em gabinetes de parceiros não tem nada a ver com a burla da lei que proíbe empregar parentes não concursados em cargos de confiança…

    Logo o Gilmar, um magistrado de Tribunal Superior, fazendo isso…

    Ele?

    Nunca!

    Vou logo avisando: se Gilmar não tem nada a ver com Demóstenes, menos terá, ainda, com Cachoeira!

    Quem viver, verá…

    Gilmar… Rapaz direito taí…

  65. Patriarca da Paciência said

    62, inócuo,

    Tô me mijando de rir!

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  66. Pax said

    Caros Chesterton, velho e bom Chesterton e Iconoclastas,

    Já comentei que achei uma tremenda bola fora esse encontro etc.

    Mas…

    Vcs não acham nada estranho esse papo da enteada de fulano trabalhar para o cicrano?

    E essa coincidente viagem para Europa etc?

    Estranheza é boa quando estranhamos tudo, não seletivamente, me parece.

    Enviado via iPhone

  67. Pax said

    Caros Elias e Patriarca,

    Vcs não acharam estranha essa visita do Lula ao Jobim quando, do nada, aparece o Gilmar?

    Estranheza é bom quando é pros dois lados, me parece.

    Ps: duro blogar dirigindo e de pé quebrado. Vai aos pedaços, as Jack, the ripper.

    Enviado via iPhone

  68. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    o que eu acho mesmo é que os inócuos não acham nada.

    Para eles é tudo “normal”.

  69. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    tanto o Jobim quanto o Lula estão sem cargos públicos, então, é mais que natural que se encontrem onde e como quiserem.

    Agora, a visita do Dr. Gilmar, eu acho bem heterodoxa mesmo!

  70. iconoclastas said

    Pax, seja mais claro, o fato de eu não me referir ao questionável relacionamento do Gilmar me torna seletivo?

    pô, eu não tô interessado no mensagerio, aliás, dele já falei que, na minha opinião, nem deveria estar na tal reunião, e estando, não deveria se permitir ouvir o que ouviu, e tendo ouvido, deveria ter agido imediatamente.

    quer mais? falei ainda que alimentar amizades com gente do naipe do molusco é expoisção demais para alguém que ocupe um cargo como o dele.

    e numa boa, perto do chefão e guia material, mental e espirutual do PT e do atual governo, o Demóstenes não é mais que um anjo [caído]. mas sim, alguém cioso de suas reponsabilidades e imagem, manteria uma distância maior, também, do último.

    mas e, aí, Pax, moluscão continua quieto (só sobre a reunião…). e a devoção, tá intacta?

    ;^/

  71. iconoclastas said

    “Tô me mijando de rir!

    somos dois…

    ;^)

  72. Pax said

    Vejam, caros Iconoclastas e Patriarca,

    Essa maldita reunião nunca deveria ter acontecido.

    Pelo desenrolar das interpretações há tremendas complicações de todos os lados.

    O ponto que estou fazendo é que essa polarização, esse maniqueísmo, me parecem mais coisa de torcida organizada que análise política.

    Isso, nada à além disso.

    O que ganhamos quando eu acho que o Botafogo é melhor que o Flamengo caloteiro, que não paga o Ronaldinho Gaúcho?

  73. iconoclastas said

    isso aí pode deixar mais interessante…

    “Política
    Base aliada quer colocar Planalto na mira da CPI

    Vera Magalhães, Folha de São Paulo

    Após a convocação de Agnelo Queiroz (DF) à CPI do Cachoeira, partidos aliados de Dilma Rousseff tramam novo sobressalto ao PT. Com anuência do PMDB, o PSC requisitou a convocação da ministra Miriam Belchior (Planejamento) e de Erenice Guerra (ex-Casa Civil) para explicar os contratos da Delta no PAC.

    A ideia, segundo os artífices da manobra, é colocar o Planalto sob a mira da comissão. A estratégia é amparada sobretudo na insatisfação de siglas como PTB, PR e PP, que perderam postos estratégicos no governo. “Se o PT não fizer composição rápido, vai ser golpe atrás de golpe”, reconhece um grão-petista.”

    na esteira podem ir o Cabrazinho e o Duda (sim, o Paes, por que não?) para dar seguimento a exposição dos contratos, só isso…

    ;^)))

  74. Otto said

    E o Gilmar e o Demóstenes, na festa de formatura do Perillo, o que vocês acham, nobres colegas, não é muita intimidade?

  75. iconoclastas said

    “O ponto que estou fazendo é que essa polarização, esse maniqueísmo, me parecem mais coisa de torcida organizada que análise política. ”

    ah, Pax, e quem se pretende analista político?

    francamente, eu torço mesmo para que peguem esses pilantras todos e, principalmente, o maior deles, aquele que eu não ouso pronunciar o nome (dá uma zica…). é aquele negócio, se pegar a rainha mãe ( e para essa não há substituta)… ploft…

    ;^/

    ps – os dirigentes do Flamengo são mesmo caloteiros; o time do Botafogo, hoje, é melhor do que o do Flamengo, mas você continua sem ganhar nada, porque escolheu, neste aspecto, ser um sofredor.

    ;^)))

  76. Chesterton said

    pAX, 67 , sinceramente? Demostenes parece que trabalhou com Gilmar quando ainda era promotor, se conhecem de muito antes. E era uma figura repseitadíussima de república, tinha o discurso de moralidade, era um descarado, fdp, que enganou todo mundo. Não era como um Lulla um notório picareta chefe de quadrilha. Ainda hoje é menos ruim que o Lulla.

  77. Chesterton said

    Quem chamou Gilmar foi o Jobim e Lulla lá estava (não foi?) Uma arapuca.

  78. Chesterton said

    Quantos Crimes Lula Tem que Cometer para que a Justiça Faça Alguma Coisa?
    Lula é a prova cabal que o judiciário brasileiro é uma merda absoluta, que não se respeita, que não serve para porra nenhuma. Ontem foi ao programa do Ratinho fazer propaganda eleitoral gratuita para Haddad. Uma agressão, um vômito na cara da justiça eleitoral. E o que o TSE faz? Perguntem ao ministro Marco Aurélio, que está mais preocupado em proteger um notório bandido do TJ de São Paulo. Uma vergonha!
    POSTED BY SELVA BRASILIS AT 3:23 PM 0 COMMENTS LINKS TO THIS POST

  79. Pax said

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2012/06/01/jornalista-que-fez-campanha-de-perillo-em-2010-diz-que-recebeu-de-empresa-do-cachoeiragate/

    Cachoeira Gate começa a dar resultados.

    Aqui uma do Perillo. Não, não esperem uma notícia dessas nos blogs destes jornalistas Cheval Blanc.

    Enviado via iPhone

  80. Pax said

    http://www.cartacapital.com.br/wp-content/uploads/2011/04/Doc_Parte_1_60WEB.pdf

    Ver rodapé da página 36. Uma graninha para a tal Casa da Gávea do Paulo Beti. Qual explicação?

    Enviado via iPhone

  81. Pedro said

    Pois é, parece que o Beti meteu a mão na “merda”.

    Será que merda era um codinome da grana?

  82. Pax said

    É um pouco mais que isso, caro Pedro.

    Beti é café pequeno, pelo que estou lendo. O papo é grosso mesmo. A operação maior envolve Daniel Dantas deste 1999. O esquema foi montado no governo FHC e continuado no governo Lula.

    É só ler, aos poucos se chega lá. Mas a participação do Opportunity é clara.

    Sigamos na leitura. O fim de semana já tem agenda.

    Enviado via iPhone

  83. Chesterton said

  84. Otto said

    overnador de Goiás recebeu R$ 1,4 milhão em 2011 pela venda de uma casa

    O tucano, convocado para depor na CPI, diz que não observou os emitentes dos cheques quando fez a transação

    Cachoeiragate

    Os cheques que remuneraram o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), pela venda de uma casa em 2011 saíram de uma conta bancária que recebeu dinheiro da empreiteira Delta, segundo peritos da Polícia Federal.

    Ao vender o imóvel, Perillo recebeu três cheques da Excitant Confecções oriundos de uma conta na Caixa Econômica Federal em Anápolis (GO). Dois eram de R$ 500 mil e um era de R$ 400 mil.

    Segundo a PF, a Delta depositou pelo menos R$ 250 mil nessa conta por meio de uma empresa fantasma chamada Alberto e Pantoja Construções, criada pelo grupo do empresário Carlinhos Cachoeira só para receber dinheiro da empreiteira.

    A Excitant controla uma grife de roupas de adolescentes chamada Babioli e pertence a uma cunhada de Cachoeira, Rosane Puglisi.

    Os três cheques, nominais a Perillo, têm datas de 2 de março, 2 de abril e 2 de maio de 2011. Nesse período, a Delta repassou dinheiro para a Pantoja. No dia 30 de março, por exemplo, houve um repasse de R$ 1 milhão. Quatro dias depois, a Pantoja transferiu R$ 250 mil para a Excitant, a confecção titular dos cheques que pagaram Perillo.

    A casa vendida por Perillo tem 454 m². Fica num condomínio de luxo em Goiânia. A transação foi efetivada por R$ 1,4 milhão em julho. É o mesmo imóvel onde Cachoeira foi preso, em 29 de fevereiro, pela Operação Monte Carlo da Polícia Federal.

    A Monte Carlo está na fase de perícia de documentos. Se atingir Perillo, a PF terá de enviar os dados para a Procuradoria-Geral da República, pois o tucano tem privilégio de foro. Já há um inquérito no STJ (Superior Tribunal de Justiça) investigando as relações dele com Cachoeira.

    Perillo, que foi convocado para depor na CPI do Cachoeira, alega que não observou os emitentes dos cheques na transação. Ele diz que vendeu a casa ao empresário Walter Paulo, dirigente da Faculdade Padrão, sob intermediação do ex-vereador Wladimir Garcez, também preso e apontado como um dos operadores de Cachoeira.

    Já Garcez disse à CPI que queria comprar a casa e pediu um empréstimo ao então diretor da Delta no Centro-Oeste, Cláudio Abreu, que forneceu os cheques. Garcez contou que, como não conseguiu quitar o empréstimo, revendeu o imóvel em seguida para Walter Paulo. Perillo diz que não há contradição entre sua versão e a de Garcez.

    Segundo a PF, a Delta foi usada por Cachoeira para remeter dinheiro a empresas fantasmas. Foram pelo menos R$ 26,2 milhões só para a Pantoja.

    A empreiteira recebeu ao menos R$ 48 milhões do governo de Goiás em 2011.

    Corrupto descontrolado

    Convocado para depor na CPI do Cachoeira, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), verbalizou sua insatisfação

    Na noite de quarta-feira, horas depois da aprovação de sua convocação na CPI, Perillo disse

    “Vivemos num país em que algumas lideranças que se consideram acima do bem e do mal, que se consideram verdadeiros deuses, não passam de lideranças de quinta categoria. Basta uma oportunidade para que as pessoas comecem a entender as coisas, a conhecer falsos líderes, que se firmam na demagogia barata”, disse o governador.

    Informaçoes da Folha….Até a Folha entendeu que Perillo participa da quadrilha de Cachoeira

    http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/

  85. Pedro said

    Tens razão, Beti e café pequeno, mas acho que existem milhares de cafezinhos por aí.

    Bah, acho que não vou encarar esta leitura.

    Depois vc resume pra nós.

  86. Otto said

    Serra, pauteiro da revista Veja?

    Esta informação da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo (ver aqui), coloca mais um dado importante na polêmica Gilmar Mendes/Lula/Jobim: uma ligação de José Serra para Nelson Jobim para que ele desse seu testemunho da reunião para a revista Veja.

    Apesar do pouco destaque dado pela mídia (foi uma pequena nota em uma seção com cara de colunismo social no caderno de cultura e variedades), ela dá indícios fortes de que toda a ação – a fala de Mendes, a “reportagem” da revista Veja e o escândalo provocado a partir disto – é fruto de uma armação em que o tucano está no centro. Afinal de contas, José Serra virou pauteiro da revista Veja?

    Mas parece que o tiro saiu pela culatra, pois Jobim desmentiu Mendes. Na nota do portal UOL: “Escaldado, Jobim disse não ter presenciado nada beligerante na conversa entre os dois, que ocorreu em seu escritório, em Brasília.”

    À medida que o tempo vai passando, a tentativa de um novo escândalo para envolver o PT vai se esvaziando e o centro de tudo, o ministro Gilmar Mendes se enrola em novas explicações que mais parecem aquelas embromações de aluno não preparado em provas dissertativas.

    Mas o mais grave de tudo isto é o ativismo de um ministro do Supremo e uma revista de informação em prol de um partido político, com a participação direta de uma liderança deste partido. Isto é um escândalo que deveria ser investigado, mas provavelmente será abafado pelo PIG.

    http://www.revistaforum.com.br/dennisdeoliveira/2012/05/31/serra-pauteiro-da-revista-veja/

  87. Pax said

    Ainda assim, caro Otto, continuo com minha opinião: tremenda bola fora essa reunião.

    Do que já li do tal relatório, umas 60 páginas, não haveria mesmo muita razão para evitar o inevitável, o julgamento do mensalão.

    Até aqui – continuarei a leitura – o que temos é desvio de dinheiro público para financiamento de campanha.

    Coisa que todos, infelizmente, praticam e muito. Taí o Paulo Preto que não nos deixa mentir.

    E todos, também, ex-encabrestados com Daniel Dantas/Opportunity. Tão aí as Verônicas que não nos deixam mentir.

    O PT jogou à lá Bangu. Melecança generalizada no jogo montado pelo Eduardo Azeredo. Que, aliás, continua queridinho do tucanato e voando nas asas da Febraban querendo regular a internet para aliviar custos dos bancos, coisa que pouca gente diz.

    Então, se isso tudo é uma prática nojenta generalizada, a questão é limpar a barra de meia dúzia de cardeais do PT?

    Mas… Esses cardeais valem tanto assim?

    Mais que o próprio PT? Em outras palavras, o PT quer o mesmo caminho do PSDB?

    Mais ainda, o PT e o PSDB querem o mesmo caminho do PMDB e DEM?

    Ou esses dois melhores partidos expurgam seus males, fazem suas “meas culpas” ou vão para o vinagre.

    Agora mesmo vai um lote da oposição para o brejo. De Demóstenes até a última gota dos que se fartaram de Cheval Blanc. E do PT?

    Que se danem os que chafurdaram.

    Caso contrário daqui a pouco a disputa presidencial vai ficar entre PP, PR, PSC e quetais.

    Enviado via iPhone

  88. Chesterton said

    FRIDAY, JUNE 1, 2012

    Brochada Federal: J&F Desiste de Comprar Delta Após Quebra de Sigilo de Construtora
    Uma das maiores negociatas do mundo flamba completamente. O que deve ter de nego da diretoria do BNJBS berrando desesperado não está no gibi.
    POSTED BY SELVA BRASILIS AT 8:20 PM 1 COMMENTS LINKS TO THIS POST
    ———————-

    J&F desiste de comprar Delta após quebra de sigilo de construtora

    O comando da holding J&F anunciou oficialmente nesta sexta-feira a decisão de não consumar a compra da empreiteira Delta, da qual é gestora. O grupo fez uma opção de compra, mas decidiu não a exercer.

    A intenção do grupo é criar uma empreiteira chamada J&F, iniciais dos pais da famíla. Pesou para decisão a quebra do sigilo fiscal da construtora, feita pela CPI de Cachoeira.

    Embora o comando da J&F negue, dois participantes das negociações afirmam que a pretensão é ficar com a parte da Delta (como seu equipamento) e inclui-la no novo empreendimento.

    CPI aprova quebra de sigilos da Delta em todo o país
    JBS faz lobby para preservar contratos da Delta com a União

    Na noite de quinta-feira, Joesley Batista, presidente da holding, admitiu a possibilidade de abandonar o negócio se houvessse risco à sobrevivência da Delta: “Estou muito pensativo: será se a empresa aguenta ficar tanto tempo sob suspeita?”, perguntou a interlocutores.

    Em comunicado à imprensa, a empreiteira afirma que “o prolongamento da crise de confiança sobre a Delta tem deteriorado o cenário econômico-financeiro da construtora, gerando um fluxo financeiro negativo e alterando substancialmente as condições inicialmente verificadas”.

    Segundo a construtora, conforme estabelecido no contrato preliminar assinado entre a J&F e o controlador da Delta, a ocorrência de eventos inesperados ou adversos permite à J&F o direito de rescindir o memorando de entendimentos sem aplicação de multas ou penalidades.

    A empreiteira é investigada por parlamentares e pela Polícia Federal por envolvimento com o empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, acusado de corrupção e de comandar um esquema de jogo ilegal.

    O negócio entre a J&F e a Delta foi anunciado no último dia 9. O contrato preliminar dava direito à J&F de substituir a estrutura administrativa da Delta, incluindo presidente, diretores e membros do Conselho de Administração. O acordo também previa um rígido processo “de auditoria” nos próximos meses. Somente após os resultados desta diligência seria ou não exercida uma opção de compra.

    CPI

    A empreiteira Delta é apontada pela Polícia Federal como braço financeiro do esquema de Cachoeira. No último dia 29, a CPI no Congresso que investiga o suposto esquema aprovou a quebra dos sigilos bancário, fiscal e telefônico da construtora em todo o país.

    A Delta é a empresa que mais recebeu verbas do Orçamento do Executivo federal desde 2007.

  89. Chesterton said

    tremenda bola fora essa reunião…

    chest- o Lula comete um crime, e é bola fora., O Reinaldão não deixa petralha entrar no seu blog….é fdp para cima…Caspita, pax, não tens senso de proporção?

  90. Pax said

    O titio é mentiroso. Passemos para o próximo assunto.

    Enviado via iPhone

  91. Pax said

    Caramba, que lavanderia de dinheiro. Impressionante. O tal Fundo de Incentivo Visanet era um vertedouro de grana. E um sem número de empresas era usado na lavagem.

    Agora, na página 83, aparece uma Diretorial Planejamento e Representações de um tal Domingos Cavadinha Guimarães Filho que, por enorme coincidência, é genro do Marco Maciel.

    Outra? Koch Tavares, do tenista. Nada menos que R$ 20 milhões. Tem até eventos – muitos – com o Guga no rolo, torneios, escolinha, sei lá, tô passando bastidão.

    Daqui a pouco chego nos petistas.

    Enviado via iPhone

  92. Chesterton said

    Para de chorar e vai ver a surra que ele está dando no Mino Carta.

  93. Patriarca da Paciência said

    “O ponto que estou fazendo é que essa polarização, esse maniqueísmo, me parecem mais coisa de torcida organizada que análise política. ”

    Caro Pax,

    de minha parte eu não estou com o mínimo ranço de maniqueísmo. O que tenho mesmo é plena convicção de que há uma grande deiferença entre a reunião de dois cidadãos brasileiros que não estão de posse de nenhum cargo público e a reunião com um membro do STF.

    Uma regrinha básica do direito é que “juiz não fala fora dos autos ou faz reunião com apenas uma das partes”.

    O Dr. Gilmar Mendes ignora totalmente tais regras.

    É também é dado a fazer ilações, coisa totalmente inadequada para juízes.

    Faz um monte de ilações e para jornalistas!

    No comentário 9 há algumas ilações que o Dr. Gilmar fez a respeito do Paulo Lacerda e a resposta do Paulo Lacerda:

    “Paulo Lacerda: Soube pelo jornal. O absurdo é tamanho que não sei como ele se permite dizer aquilo. Se ele disse aquilo, respondo: primeiro, o ministro Gilmar está totalmente desinformado sobre a minha vida profissional e pessoal. Estou aposentado da Polícia Federal depois de dois anos e meio de adidância em Lisboa e trabalho hoje para a Associação de Empresas de Segurança Privada. Não trabalho com nada, nada de investigação, e quem me conhece e à minha vida hoje sabe disso. Sabe o que é mais espantoso?”

    Sinceramente, com toda a sinceridade mesmo, acho que o Dr. Gilmar Mendes tem um perfil totalmente inadequado para um ministro do STF.

    É arrogante, vaidoso e com baixíssima tolerância a ser contrariado.

  94. Ingrid Mariana said

    Cavaleiros e dama,

    Se me permitem algumas ilações me parece que a blindagem ao Cabral não se limita à mensagem de amor do Vaccareza…

    Gentes do PMDB provavelmente estremecem de prazer com esse desfecho (se Agnelo cair quem será o sucessor em Brasília?)

    Não sei se procede o boato, mas ouvi falar de um encontro do vice-presidente Michel Temer com figurões da mídia… Confere a informação?

    Abaixo editorial enigmático do Estadão:

    Comissão de interesses

    O Estado de S. Paulo – 01/06/2012

    Dez dias atrás, exposta à ridicularia do mudo depoimento do contraventor Carlos Augusto Ramos na CPMI batizada com o seu apelido, Cachoeira, a investigação do Congresso sobre a sua teia de relações ilícitas com políticos, funcionários e homens de negócio parecia ter entrado num beco sem saída. Diante do risco iminente de descrédito, por não ter acrescentado até então uma única vírgula aos resultados das operações da Polícia Federal (PF) que deveriam servir-lhe de plataforma para novas apurações, a comissão finalmente resolveu cruzar a porta providencial que a maioria governista de seus membros fingia não ver.

    A travessia foi a aprovação da quebra dos sigilos em âmbito nacional da construtora Delta, a empreiteira preferida do Planalto e do Palácio Guanabara, cujo titular, Sérgio Cabral, é compadre do seu dono e, até bem pouco, administrador, Fernando Cavendish. O que fez girar a maçaneta foi a descoberta do Ministério Público de Goiás de que o então homem forte da empresa no Centro-Oeste, Cláudio Abreu – que formava com Cachoeira e o senador Demóstenes Torres o triângulo de traficâncias traçado pelas escutas da Polícia Federal -, tinha procuração para movimentar uma dezena de contas da matriz, no Rio de Janeiro. De uma delas saíram R$ 39 milhões para firmas fictícias usadas pela organização de Cachoeira.

    O passo seguinte da CPMI rumo à sobrevivência foi a decisão de ouvir o governador goiano, Marconi Perillo. Foi para destruí-lo que o ex-presidente Lula incentivou a abertura do inquérito. Em 2005, quando rebentou o escândalo do mensalão, o político tucano tornou público que já o tinha advertido para os rumores da compra de votos na Câmara orquestrada pelo PT. A revelação derrubou a alegação de Lula de que desconhecia a enormidade. De todo modo, não faltavam evidências da proximidade de Perillo com o bicheiro. O seu nome foi citado 237 vezes em conversas profanas de integrantes do esquema Cachoeira. Por exemplo, com a chefe de gabinete do governador, que lhes transmitia fatos sigilosos.

    Sem falar no telefonema de parabéns que ele deu ao contraventor, chamando-o de “liderança”, e na nebulosa história da casa de Perillo comprada por Cachoeira com dinheiro da Delta. No entanto, a necessária convocação do governador, aprovada anteontem por unanimidade, resultou de um arranjo. Para obter o assentimento da minoria oposicionista do colegiado, o PT teve de aceitar a inclusão na pauta de deliberações da oitiva do companheiro Agnelo Queiroz, titular do governo do Distrito Federal. Ele foi citado em 58 telefonemas grampeados e o seu então chefe de gabinete foi acusado de receber propina para favorecer a Delta em contratos com a administração.

    Diferentemente de Perillo, porém, só há registro de um contato pessoal de Agnelo com Cachoeira – quando o atual governador de Brasília, ainda no PC do B, dirigia a Anvisa e este acumulava o negócio da batotagem com a produção de medicamentos. Não seria uma grave omissão da CPI deixar de ouvi-lo, ao menos agora. Mas a convocação passou, por 16 votos a 12, por um motivo alheio ao inquérito: representantes do PP, PSB, PR, PTB e PSC deram o seu sim para se vingar da presidente Dilma Rousseff pelo atraso na liberação de verbas de emendas parlamentares e no preenchimento de vagas no segundo e terceiro escalões do governo.

    Mais uma prova de que a CPI, mesmo quando avança, é uma comissão de interesses partidários, foi o acordo do PMDB com o PT para tentar barrar a oitiva de Agnelo, em troca do apoio petista à não convocação do correligionário Sérgio Cabral, o amigão de Cavendish, da Delta. A convocação do governador foi rejeitada ao final de uma tensa negociação. O PSDB queria que ele fosse chamado, assim como Agnelo, para compensar a convocação de Perillo – um toma lá dá cá ao avesso. Cabral foi poupado por 17 votos a 11. Dos cinco tucanos, três fizeram parte da maioria. Se tivessem se juntado aos outros dois, o resultado seria um empate – e um impasse.

    O ponto é que Cabral não aparece em nenhum dos mais de 200 mil grampos da PF. Antes de a CPI mastigar a numeralha dos sigilos quebrados da Delta, não há por que chamá-lo a se explicar.

    http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,comissao-de-interesses-,880824,0.htm

  95. Otto said

    Pax:

    concordo com você.

    A minha única pergunta é porque o mensalão mineiro (isto é, tucano), que envolveu valores inclusiva maiores, é é mais antigo, não está sendo julgado.
    Isto significa que tucano pode roubar?

  96. Jose Mario HRP said

    Chegando da festa!
    Chestinho que marofa é essa?
    Crime do Lula ?
    Nem o ICO , estás mais pra Robespierre!

  97. Chesterton said

    “coação no curso do processo”.

    Artigo 344 do Código Penal, a saber:
    Usar de violência ou grave ameaça, com o fim de favorecer interesse próprio ou alheio, contra autoridade, parte, ou qualquer outra pessoa que funciona ou é chamada a intervir em processo judicial, policial ou administrativo, ou em juízo arbitral:
    Pena – reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa, além da pena correspondente à violência.

  98. Patriarca da Paciência said

    “Foi para destruí-lo que o ex-presidente Lula incentivou a abertura do inquérito. Em 2005, quando rebentou o escândalo do mensalão, o político tucano tornou público que já o tinha advertido para os rumores da compra de votos na Câmara orquestrada pelo PT. A revelação derrubou a alegação de Lula de que desconhecia a enormidade. De todo modo, não faltavam evidências da proximidade de Perillo com o bicheiro. O seu nome foi citado 237 vezes em conversas profanas de integrantes do esquema Cachoeira. Por exemplo, com a chefe de gabinete…”

    Esse pessoal da grande mídia é mesmo hilário! 400 deputados e senadores assinaram a CPMI e colocam apenas o Lula como responsável? É uma loucura total. Ainda vão acabar transformando o Lula num Mito! Homem mais poderoso esse Lula!

    Quer dizer que o Lula é que é o culpado por todas as falcatruas do Perillo?

    Tudo não passa de uma vingança do Lula?

    Caramba! A lógica dessa gente é mesmo de lascar!

  99. Pax said

    Essa aqui é de doer. Mediam as ruas 2 vezes em Brasília para pagar a varrição.

    Agora, num átimo, Agnelo cancela o contrato. Muito “por acaso” será ouvido na CPMI dentro em breve.

    Se o PT mantém em seus quadros, como pode criticar que o PSDB mantenha Perillos, Azeredos etc?

    Impressiona o esforço que os partidos brasileiros fazem no sentido de se peemedebizarem.

    http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2012/6/8/antes-de-ir-a-cpi-agnelo-rompe-contrato-de-lixo-com-empresa

    Enviado via iPhone

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: