políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Operação Nacional Contra a Corrupção

Posted by Pax em 09/04/2013

Ministério Público e Polícia Federal fazem operação em 12 estados para combater esquemas de corrupção

Camila Maciel
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – O Ministério Público (MP) e a Polícia Federal (PF) fazem hoje (9) uma operação em 12 estados brasileiros para combater esquemas de corrupção em licitações públicas. A ação, coordenada pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (Gnococ), pretende cumprir 86 mandados de prisão, 311 de busca e apreensão, 65 de bloqueio de bens e 20 de afastamento das funções públicas. Participam da operação 144 promotores de Justiça e 1,2 mil policiais federais, rodoviários, civis, militares, além de servidores de tribunais de Contas, da Controladoria-Geral da União (CGU) e das receitas Federal e estaduais.

Os mandados estão sendo cumpridos na Bahia, no Ceará, Espírito Santo, em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, no Paraná, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, em Rondônia e São Paulo.

As pessoas suspeitas de participar do esquema são acusadas de desvios de recursos em órgãos municipais e estaduais, pagamento de propinas, superfaturamento de produtos e serviços, utilização de empresas fantasmas, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e enriquecimento ilícito de agentes públicos. Entre os acusados estão empresários. No total, as verbas públicas sob investigação ultrapassam R$ 1,1 bilhão.

Em São Paulo, a operação está concentrada em São José do Rio Preto. No município do noroeste do estado, uma investigação do Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) identificou que empreiteiras do ramo de pavimentação asfáltica manipulavam licitações públicas em municípios do interior. A suspeita é que elas simularam uma competição entre si com o objetivo de superfaturar as obras. De acordo com o Ministério Público do Estado de São Paulo, pelos menos 80 prefeituras fizeram contratos com esse grupo, que superaram R$ 1 bilhão.

Também há suspeita de que servidores e agentes públicos facilitaram a atuação da organização criminosa para desviar recursos municipais, estaduais e federais. O MP constatou o pagamento de propina a servidores municipais no valor de R$ 70 mil. Os investigados responderão pelos crimes de fraude à licitação, desvio de verbas publicas, corrupção ativa e passiva e formação de quadrilha.

Operação Robusta desarticula esquema de sonegação fiscal na comercialização de café

Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Como parte da ação de combate à corrupção que ocorre hoje (9) em 12 estados, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro deflagraram operação conjunta para desarticular esquemas de sonegação fiscal praticados por empresas que comercializam café em grãos. Em Minas Gerais, sete pessoas foram presas na Operação Robusta.

Desde o início da manhã, são cumpridas em Minas Gerais ordens judiciais de busca e apreensão em sete empresas e dois escritórios de contabilidade nas cidades de Manhuaçu, Ervália e Resplendor, além de mandado de prisão expedido contra um contador. O objetivo principal é identificar os reais coordenadores do esquema e a localização dos ativos sonegados e desviados dos cofres públicos.

De acordo com informações do Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG), foram identificadas operações simuladas de compra e venda de café entre os três estados com uso de notas fiscais inidôneas. A finalidade é não pagar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os reais beneficiários do esquema foram os corretores e atacadistas de café envolvidos na fraude.

No Espírito Santo, a operação cumpre 11 mandados de busca e apreensão, dez mandados de prisão temporária, além da efetivação de ordens judiciais de sequestro de bens, ativos e valores supostamente desviados, visando à restituição dos valores sonegados.

Os três estados foram lesados pelo esquema de sonegação. O Espírito Santo é o que teve mais prejuízos, pois recebeu mais créditos inidôneos, seguido por Minas e Rio de Janeiro. No Espírito Santo, a ação resultou na sonegação de R$ 100 milhões nos últimos três anos, segundo estimativa do MP local.

Em Minas Gerais, a operação conta com a participação de 21 auditores fiscais, 21 policiais militares e três promotores de Justiça. No Espírito Santo, dez membros do Ministério Público, 35 auditores fiscais e 94 policiais militares auxiliam nos trabalhos.

Ex-prefeito de Porto Velho e mais quatro pessoas são presas em operação nacional contra corrupção

Alex Rodrigues
Repórter Agência Brasil

Brasília – Em Rondônia, a Operação Nacional Contra a Corrupção – deflagrada hoje (9) em 12 estados brasileiros, resultou na prisão do ex-prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho (PT), do candidato a prefeito derrotado nas últimas eleições, Mário Sérgio e de mais três pessoas, entre elas um empresário.

Sobrinho, que deixou o cargo no final de 2012, é acusado pelo Ministério Público de Rondônia (MP-RO) de chefiar um esquema de desvio de recursos da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur) durante o período em que a autarquia era presidida por Sérgio. Vinte pessoas também são suspeitas de envolvimento com o esquema. Uma delas é o ex-diretor financeiro da Emdur, Wilson Gomes Lopes, preso na manhã de hoje.

No estado, a operação deflagrada pelo Ministério Público Estadual com apoio do Tribunal de Contas Estadual e das polícias Civil e Militar recebeu o nome de Luminus, numa alusão à destinação dos recursos, que seriam usados na iluminação das ruas de Porto Velho. Segundo o MP-RO, as licitações públicas feitas pela Emdur entre 2006 e 2012 eram quase sempre vencidas pelo mesmo grupo de empresas e empresários ‘iluminados’.

No estado, cerca de 90 policiais civis e militares cumprem mandados de prisão preventiva, busca e apreensão, além dos de bloqueio de bens e afastamento de funções públicas, expedidos pelo Tribunal de Justiça Estadual.

Anúncios

83 Respostas to “Operação Nacional Contra a Corrupção”

  1. Pax said

    Vamos ver no que vai dar. Tomara que não seja somente para os ingleses observarem.

  2. Michelle 2 said

    OK Pax vamos começar:

    9 de abril de 2013
    Ministro Pimentel coloca sob sigilo dinheiro brasileiro em Cuba e Angola
    Carimbo de “secreto” abrange todas as negociações com a ditadura cubana e com o governo de Angola, um dos países mais corruptos do mundo; Dinheiro tem “pegada” do lobista Lula
    por Implicante

    CARIMBO CONFIDENCIAL1 464×338 Ministro Pimentel coloca sob sigilo dinheiro brasileiro em Cuba e Angola

    Reportagem da Folha de S. Paulo:

    O ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento) tornou secretos os documentos que tratam de financiamentos do Brasil aos governos de Cuba e de Angola. Com a decisão, o conteúdo dos papéis só poderá ser conhecido a partir de 2027.

    O BNDES desembolsou, somente no ano passado, US$ 875 milhões em operações de financiamento à exportação de bens e serviços de empresas brasileiras para Cuba e Angola. O país africano desbancou a Argentina e passou a ser o maior destino de recursos do gênero.

    Indagado pela Folha, o ministério disse ter baixado o sigilo sobre os papéis porque eles envolvem informações “estratégicas”, documentos “apenas custodiados pelo ministério” e dados “cobertos por sigilo comercial”.

    Os atos foram assinados por Pimentel em junho de 2012, um mês após a entrada em vigor da Lei de Acesso à Informação. É o que revelam os termos obtidos pela Folha por meio dessa lei.

    Só no ano passado, o BNDES financiou operações para 15 países, no valor total de US$ 2,17 bilhões, mas apenas os casos de Cuba e Angola receberam os carimbos de “secreto” no ministério.

    Segundo o órgão, isso ocorreu por que havia “memorandos de entendimento” entre Brasil, Cuba e Angola que não existiam nas outras operações do gênero.

    O ministério disse que o acesso a esses outros casos também é vetado, pois conteriam dados bancários e comerciais já considerados sigilosos sem a necessidade dos carimbos de secreto.

    INEDITISMO

    Antes da nova Lei de Acesso já existia legislação que previa a classificação em diversos graus de sigilo, mas é a primeira vez que se aplica o carimbo de “secreto” em casos semelhantes, segundo reconheceu o ministério. O órgão disse que tomou a decisão para se adaptar à nova lei.

    O carimbo abrange praticamente tudo o que cercou as negociações entre Brasil, Cuba e Angola, como memorandos, pareceres, correspondências e notas técnicas.

    As pistas sobre o destino do dinheiro, contudo, estão em informações públicas e em falas da presidente Dilma.

    Em Havana, onde esteve em janeiro para encontro com o ditador Raúl Castro, ela afirmou que o Brasil bancava boa parte da construção do Porto de Mariel, a 40 km da capital, obra executada pela empreiteira Odebrecht.

    Ela contou ainda que o Brasil trabalhava para amenizar os efeitos do embargo econômico a Cuba. “Impossível se considerar que é correto o bloqueio de alimentos para um povo. Então, nós participamos aqui, financiando, através de um crédito rotativo, US$ 400 milhões de compra de alimentos no Brasil.”

    Na visita a Luanda, em Angola, Dilma falou em 2011 que “os mais de US$ 3 bilhões disponibilizados pelo Brasil fazem de Angola o maior beneficiário de créditos no âmbito do Fundo de Garantias de Exportações” do BNDES.

    A Folha revelou que o ex-presidente Lula esteve em Angola, em 2011, onde participou de um evento patrocinado pela Odebrecht.

    O Desenvolvimento diz que os financiamentos têm o objetivo de dar competitividade às empresas brasileiras nas vendas ao exterior. A Folha não conseguiu falar com as assessorias das embaixadas de Cuba e de Angola.

  3. Michelle 2 said

    Em seguida:

    Incompetência e corrupção no modelo energético brasileiro: Petrobras e outros assuntos. Ildo Sauer no RC7
    Assista com calma o video é longo, mas vale a pena!

    __________
    Como discordar?

  4. Jose Mario HRP said

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/jorge-viana-rebate-joaquim-barbosa-e-diz-ser-inadequado-comportamento-do-presidente-do-stf.html

  5. Jose Mario HRP said

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/poderepolitica/1259925-fux-disse-que-ia-me-absolver-diz-dirceu-sobre-julgamento-do-mensalao.shtml

  6. Edu said

    A chatice que anda a política brasileira me fez ir atrás de informações sobre a Koréia do Norte.

    Vale a pena ler, no final das contas dá pra sentir um pouco do contraste que é viver em um país fechado:

    http://g1.globo.com/turismo-e-viagem/noticia/2013/04/brasileiros-contam-como-e-fazer-turismo-na-isolada-coreia-do-norte.html

  7. Patriarca da Paciência said

    “Governador pernambucano esteve com o pastor evangélico Silas Malafaia, a quem pediu apoio para 2014; encontro foi no sábado e Malafaia começou a revelar sua versão; Campos teria dito que a candidatura é “irreversível” e que sua legenda, o PSB, não é “voto de cabresto”; assessoria de Campos confirma o encontro, mas nega o teor da conversa; “Campos nunca disse que será candidato”, dizem assessores

    10 DE ABRIL DE 2013 ÀS 07:44″

    http://www.brasil247.com/pt/247/pernambuco247/98497/Malafaia-Campos-tem-candidatura-irrevers%C3%ADvel.htm

    Pois é, a a gente até queria que a disputa fosse mais “emocionante”, que as oposições apresentassem programas, um pouco mais de solidez etc.etc.etc.

    Mas não tem jeito! Os caras vão insistir no mediavelismo! Tudo indica que a coisa não vai ser muito diferente da candidatura do Serra. Pelo jeito vai rolar aborto, pecado, corrupção, “eu sou puro e imaculado” etc.etc.etc.

    Podemos até transferir para o Campos todas as “virtudes” do Serra. Como dizem as mães de família, “adolescentes são todos iguais a única coisa que muda é o endereço!

    Só para lembrar, é só trocar o nome:

    Quem é Eduardo Campos?

    Ele não é apenas O MAIS PREPARADO PARA GOVERNAR O BRASIL. Ele também é:

    O Maior de Todos os Brasileiros
    O Mais Preparado dos Brasileiros
    O Presidente de Nascença
    A Glória dos pernambucanos
    O Orgulho da Nação
    O Economista e Engenheiro Mais Sábio de Todos
    O Maior Presidente Que a UNE Já Teve
    O Orgulho de Pernambuco
    O Sábio dos Sábios
    O Maior de Todos os Filhos da Pátria
    O Melhor Brasileiro de Todos os Tempos
    O Presidente que Todos os Países Queriam Ter
    O Luminar dos Luminares
    O Gênio Mais Brilhante de Todos
    O Mais Sábio dos Brasileiros
    A Fina Flor de Pernambuco
    O Mais Inteligente dos Homens
    O Mais Honesto dos Seres
    O Esplendor da Raça Humana
    O Homem Que Já Nasceu Presidente
    O Príncipe dos Economistas
    O Maior dos Filhos de Pernambuco
    O Presidente de Todos os pernambucanos
    O Maior Sábio Que Já Existiu
    O Mais Brilhante dos Economistas
    O Incomparável Gestor Público
    O Mais Preparado Dentre os Mais Preparados
    O Orgulho da Nação Brasileira
    Aquele Que é Somente Virtudes
    O Clímax da Inteligência Humana
    O Mais Preparado de Todos os Homens Que Já Exisitiram
    A Solução Para o Brasil
    O Novo Serra
    O Maior dos Prefeitos Que São Paulo Já Teve
    O Maior dos Governandores Que Pernambuco Já Teve
    O Melhor Ministro Que o Brasil Já Teve
    O Melhor dos Secretários Estaduais Que São Paulo Já Teve
    O Maior dos Senadores Que o Brasil Já Teve
    O Maior dos Deputados Federais Que o Brasil Já Teve
    O Homem Que Faz Recife Tremer
    O Mais Preparado dos Homens Públicos
    O Novo Lincoln, O Novo Bismarck, O Novo Churchill, O Novo De Gaulle
    O Orgulho dos Economistas
    Aquele Que Sabe Tudo o Que é Preciso Saber
    O Mais Brilhante Aluno que Já Passou pela Escola Politécnica
    O Economista Mais Brilhante de Todos
    O Político Mais Bem Preparado da História da Humanida
    O Homem Que Sabe Tudo
    O Mais Perfeito e Impoluto dos Seres
    O Farol da Nação Brasileira
    O Grande Homem Que O Brasil Tem para se Redimir
    O Maior dos Políticos
    O Mais Preparado Dentre os Gênios
    O Mais Cristão dos Políticos Brasileiros
    O Lider Impoluto
    O Pai de Toda a Ética
    (blog da Tia Carmela, adaptação)

  8. Pax said

    Caro Edu,

    Tá chata mesmo, a política. Desesperançosa eu diria.

    Faz muito tempo conheci um diretor de RH que me contou de uma expressão em inglês que era uma sigla pronunciada assim

    Uífum…. que vinha de WIIIFM – What is in it for me?

    Que no fundo era um toque para os gestores que deveriam pensar, com falar com as pessoas que geriam, que elas sempre pensariam nesta expressão. O que tem nisso aí pra mim?

    Super natural. Pertinente. Ou seja, se você apresentar alguma coisa para alguém, quiser vender uma idéia, pense sempre que o outro estará pensando: o que tem nesse barato que me interessa?

    E aí caio no teu comentário, que a política está chata. Está mesmo. Um saco. O que nela pra mim? Sinceramente, cá do meu canto, desesperança. Não tenho mais a menor esperança que teremos dias melhores à frente.

    A situação é o que é, se mostrou. E a oposição idem, esta ainda correndo para a falência absoluta. Correndo para a inexistência.

    Que, se a visão está correta, significa que não mudaremos tão cedo o que rola por aí. Que me incomoda um bocado.

    Caro HRP,

    Condidero que José Dirceu tem todo e absoluto direito de se defender como pode.

    Me incomoda um pouco algumas de suas colocações jogando toda a culpa no partido, que estaria na chefia da Casa Civil e, então, não teve qualquer responsabilidade pelo que aconteceu.

    Tira o corpo fora e joga a culpa em Genoíno? Chego a achar que sim.

    Mas, como disse, ele tem todo direito de fazer seus embargos, recorrer onde puder. Todos temos que respeitar esse direito absoluto, na minha opinião.

  9. Edu said

    Pax,

    Pois é, na verdade eu to achando que o problema não é a situação ou a oposição, mas as posições, que não mudam.

    Até a novela das 9 cria mais expectativa do que a política nacional.

  10. Pax said

    Só cá, entre nós. A reverberação da entrevista de Zé Dirceu para a Folha está ativa.

    E não é boa, até então. Pelo que tenho visto por aí.

    Nem pra ele, nem para o PT, nem, também, para o ministro Fux.

    Zé parece querer colocar no, bem, digamos, traseiro do ministro. E, para aliviar o seu lado, também no traseiro do PT.

    Cada coisa que vejo nesta imundice toda. Canário belga.

  11. Otto said

    Pax, Edu: a política brasileira está chata? Então vamos nos divertir com a britânica — e seus comentadores tupiniquins:

    “Segundo Reinaldo Azevedo, a Dama de Ferro morreu ‘pobre’: só se for por um conceito inédito de pobreza.

    Margaret Thacher morreu pobre.

    Assim terminou Reinaldo Azevedo seu panegírico de Margaret Thatcher.

    Não vou entrar no mérito dos elogios: só lembro que estão sendo feitas festas aqui no Reino Unido para comemorar a morte de Thatcher.

    Só lembro também que ela chamou Mandela de terrorista e, no depoimento de um antigo ministro do exterior australiano, fez observações a ele “chocantemente racistas” contra indianos, paquistaneses etc etc.

    Lembro também que no próprio dia da morte não houve sequer minuto de silêncio no grande derby de Manchester entre o United e o City, por decisão dos clubes.

    Lembro que em Liverpool a torcida local cantou para festejar a morte de Thatcher. E que na Escócia multidões saíram às ruas como se fosse o carnaval baiano.

    Lembro também que numa enquete do Guardian sobre se devia ser erguida uma estátua a Thatcher em Trafalgar Square 87% das pessoas disseram que não.

    E lembro, enfim, que já se instalou um debate furioso aqui em torno do que muitos consideram os gastos absurdos do funeral extravagante que será dado a ela — ainda que lhe tenham sido negadas honras de Estado, como as concedidas a Churchill.

    Mas não são estas lembranças o propósito do meu texto.

    É a pobreza alardeada por Reinaldo Azevedo.

    De onde ele tirou esse disparate?

    Como tudo é relativo, a pobreza de Thatcher só seria admissível se você cotejasse o legado dela com o de Bill Gates.

    Ou então Azevedo tem uma fortuna que torna a de Thatcher uma pobreza.

    Thatcher deixa aos herdeiros uma propriedade em Belgravia, o bairro mais caro de Londres, calculada em 25 milhões de reais.

    Ali ela morou até se transferir, no fim da vida, para o hotel Ritz, onde era mais fácil cuidar dela no estágio avançado de demência.

    A casa de Thatcher em Belgravia, área mais nobre de Londres, é avaliada em 13 milhões de dólares
    O patrimônio de Thatcher gira em torno de 16 milhões de dólares. É uma cifra razoável para quem chegou à política sem nada: até sua carreira realmente decolar, Thatcher foi sustentada pelo marido, Dennis.

    Na família, dinheiro mesmo quem tem é Mark, filho de Thatcher. Em 1984, no auge do poder e influência da mãe, Mark foi acusado pela mídia de ter levado uma comissão de uma empreiteira numa obra de 300 milhões de libras em Omã. Segundo a mídia, Thatcher recomendara a empreiteira ao sultão de Omã.

    Mark Thatcher, considerado amplamente entre os britânicos um imprestável, tem hoje uma fortuna avaliada em 100 milhões de dólares.

    Reinaldo Azevedo tem que rever suas fontes – ou seu conceito de pobreza.

    Ao escrever sua previsível hagiografia de Thatcher na Veja, Ricardo Setti – que com artigos certeiros, povoados de maiúsculas e exclamações perplexas, vai firmando lugar nas preferências jornalísticas do PIB – perguntou de saída: que dizer depois do artigo de um craque como Reinaldo Azevedo?

    Minha sugestão: corrigir, simplesmente, a besteira.”

    Paulo Nogueira

    http://diariodocentrodomundo.com.br/com-quanto-dinheiro-morreu-thatcher/

  12. Michelle 2 said

    E por falar na Inglaterra:

    Ingleses e sua estranha justiça.

    Em 2003, um deputado inglês chamado Chris Huhne foi pego por um radar dirigindo em alta velocidade. Pra não perder a carteira, pois
    na Inglaterra é feio uma autoridade infringir a Lei, a mulher dele, Vicky Price, assumiu a culpa.

    O tempo passa, o deputado vira Ministro da Energia, o casamento acaba, a Vicky decide se vingar e conta a história pra imprensa.

    Como é na Inglaterra, o tal do Chris Huhne é obrigado a se demitir primeiro do ministério e depois do Parlamento. ACABOU A HISTORIA?
    NÃO.

    Na Inglaterra é crime mentir para a Justiça e ontem a Justiça sentenciou o casal envolvido na fraude do radar em 8 meses de cadeia pra cada um. E vão ter de pagar multa de 120 mil libras, uns 350 mil reais.

    Segredo de Justiça? Nem pensar, julgamento aberto ao público e à imprensa. Segurança nacional? Nem pensar, infrator é infrator.

    E o que disse o Primeiro Ministro David Cameron quando soube da condenação do seu ex-ministro: ‘É uma conspiração da mídia
    conservadora para denegrir a imagem do meu governo.’ Certo? Errado.

    O que disse o Primeiro Ministro David Cameron acerca do seu ex-ministro foi o seguinte: ‘É pra todo mundo ficar sabendo que ninguém,por mais alto e poderoso que seja, está fora do braço da Lei.’

    Estes ingleses são um bando de botocudos. Só mesmo em paíszinhos capitalistas um ministro perde o cargo por mentir para um guarda
    de trânsito. Porque aqui neste paraíso ptista-sindicallista a Primeira Lei que um guarda de trânsito aprende é saber com quem está
    falando.

  13. Pax said

    Titio é o máximo. Para o PT. Só ajuda. Repara só.

    Era “tipo” cabo eleitoral do Serra. No que deu?

    A verdadeira oposição de hoje nem é a imprensa. É a inflação.

  14. Pax said

    Para provocar meus amigos petistas: na tal entrevista Dirceu diz que não decidiu nada sobre as questões do Marcos Valério. De outro lado afirma que é ouvido e respeitado no PT, que é seu “fundador”. E acho que é mesmo. Continua dando as cartas, segundo alguns passarinhos que cantam por aí.

    Mas fico me perguntando se na biografia do Zé Dirceu o que ficará mais registrado?

    Fundador ou Afundador do partido?

  15. Pax said

    Não acompanho este jornalista. O tal Moreno.

    Li a entrevista porque foi repassada no twitter pelo Fernando Rodrigues, num rompante de ego.

    Fernando Rodrigues ‏@FR_BSB 13m
    Uma análise de @RadiodoMoreno (Jorge Bastos Moreno) para a entrevista de José Dirceu http://glo.bo/10TKV1V

    Mas, vamos lá, acho que vale a pena a leitura.

    A bombástica entrevista de Zé Dirceu

    http://oglobo.globo.com/pais/moreno/posts/2013/04/10/a-bombastica-entrevista-de-ze-dirceu-492945.asp

  16. Patriarca da Paciência said

    Sobre a entrevista do José Dirceu, venho dizendo faz muito tempo o que ele confirmou, ou seja, a única prova “concreta” da existência do mensalão são as declarações do Bob Jeff, e este já desdisse tudo que disse.

    Também uma coisa que venho dizendo faz muito tempo, é um total deboche para com a inteligência dos parlamentares, afirmar que eles podem ser manipulados de maneira tão fácil como imagina a vã filosofia de sua excelência, ministro Joaquim Barbosa.

  17. Patriarca da Paciência said

    “PT já decidiu apresentar representações ao procurador-geral Roberto Gurgel contra o ministro do Supremo Tribunal, Luiz Fux, que, antes do julgamento da Ação Penal 470, teria oferecido vantagens aos réus para “comprar” cadeira no STF; objetivo é pedir sua suspeição; Gurgel deve negar o pedido, alegando que os réus não têm credibilidade para propor a suspeição; ocorre que o processo do chamado mensalão também partiu de um delator, Roberto Jefferson, que, supostamente, não tinha credibilidade; mais: o inquérito contra Lula também parte de um condenado, que é Marcos Valério

    11 DE ABRIL DE 2013 ÀS 06:51″

    Parece que finalmente o PT decidiu reagir.

    Já era tempo!

    Espero que reajam também contra rola-bostas 100% idiotas, mervais e augusto boçais!

  18. Otto said

    Que tal ouvir um pouco o que Bono Vox tem a dizer sobre nosso país?

  19. Otto said

    Vale a pena ler também o Miguel do Rosário:

    http://www.ocafezinho.com/2013/04/10/dirceu-e-o-touro-de-wall-street/

  20. Pax said

    Bem, segundo esta notícia, o PT está mais preocupado com 2014 que com a condenação do ZD.

    PT simpatiza mas não dá aval a ex-ministro contra a Corte
    http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2013/4/11/pt-simpatiza-mas-nao-da-aval-a-ex-ministro-contra-a-corte

    No fundo, no fundo, o jogo do poder é isso aí.

    Na hora do vamos ver, o que mesmo Zé Dirceu agrega nas eleições de 2014? Nada, absolutamente nada.

    Então melhor deixá-lo esvair-se. Algo como uma ovelha com a garganta atravessada pela fava e pendurada pra ir-se e logo entrar no carneamento.

    Se o PT juntar-se à ovelha, seus berros vão chamar à atenção ao fato que não traz qualquer voto.

    A vida é dura, mas é assim que é.

  21. Patriarca da Paciência said

    Faz algum tempo, fiz uma trabalho acadêmico sobre o presidente Lula.
    Se o Pax permite, vou publicá-lo aqui:
    2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA.

    Considerando-se que existe uma grande polêmica, em certo setores da sociedade, a respeito da pouca bagagem acadêmica do presidente Lula, neste trabalho, procurei realizar uma pesquisa entre profissionais diretamente envolvidos na questão, quais sejam, os professores. Selecionei alguns trechos de artigo publicado pelo Blog do Planalto, em data de 08/12/2009 e os apresentei aos educadores. Os pontos destacados são:

    Foi o presidente que mais construiu universidades neste no Brasil. Pôs em marcha a revolução da educação brasileira. Vários são os números que mostram a universalização da qualidade da educação. O Brasil terá um Fundo Social formado por parte dos recursos gerados pelo Pré-Sal, destinado à educação de qualidade, à inovação científica e tecnológica, aos cuidados com o meio ambiente e ao combate à pobreza. O presidente sente-se feliz pelas 14 novas universidade, 104 extensões universitárias e mais 214 escolas técnicas que estão sendo construídas no país. O presidente afirmou que apesar de termos muito o que caminhar, avanços importes já são verificados.

    Há que levar-se em consideração também, a lição dos grandes mestres da educação e didática, os quais sempre afirmam que a educação informal é tão importante quanto a educação formal. A história registra grandes nomes da cultura que não tiveram formações acadêmicas, ou ainda, como ensina o educador brasileiro, Paulo Freire:

    Em lugar de comunicar-se, o professor (formal, rigoroso), faz comunicados e depósitos que os alunos, meras incidências, recebem pacientemente, memorizam e repetem. Eis aí a concepção bancária da educação, em que a única margem de ação que se oferece aos educandos, é a de receberem os depósitos, guardá-los e arquivá-los. (FREIRE, 2002, P.58)

    Considerações que nos levam a concluir que a educação deve basear-se, antes de tudo, na interação entre alunos, professores e a sociedade. Educação é um fenômeno eminentemente social.

    3. APRESENTAÇÃO DA PESQUISA

    QUESTIONÁRIO

    ESCOLA: Colégio Municipal D. Jaime de Barros
    NOME DO ESTAGIÁRIO: José Bonifácio Tôrres Feitosa
    DATA DA PESQUISA: 17/05/2010 a 30/05/2010.
    ÁREA DO CONHECIMENTO: Língua Portuguesa

    1. Você considera que o fato do presidente Lula não possuir diploma universitário seja um desestímulo ao empenho dos jovens brasileiros em relação ao estudo?
    2. Como você avalia o desempenho do atual governo no item educação?
    3. Você observou alguma melhora de qualidade na formação educacional, profissional e cidadã da população em geral, durante o governo Lula ?
    4. Você observou alguma melhora na condição econômica/financeira dos alunos e respectivas famílias, ultimamente?
    5. Ou você considera que essa melhora já vem ocorrendo desde outros governos?
    6. Como você avalia a remuneração dos professores no governo Lula?
    7. Você considera suficientes os investimentos na instalação de novos equipamentos escolares e, manutenção destes, no governo Lula?
    8. Como você compara, em relação às técnicas e instalações educacionais, a nação brasileira com outros países?
    9. Você considera real a afirmação de que houve grandes avanços em relação à redução do analfabetismo e, na outra ponta, houve expressiva melhora na qualidade da educação no Brasil.
    10. Qual sua opinião sobre o PROUNI?

    .

    4 EXPOSIÇÃO E AVALIAÇÃO DA PESQUISA

    Nesta minha opção por questionamentos atuais, elaborei uma relação com dez perguntas, baseadas, principalmente, naquilo que ouço no trabalho, entre vizinhos, na sociedade em geral, em telejornais e textos jornalísticos, que dizem respeito ao tema escolhido e que estão transcritas na folha anterior.

    Para a primeira pergunta, obtive as respostas: o diploma universitário é muito importante para a carreira profissional, não sendo essencial para a atividade política; o próprio presidente procura valorizar e incentivar o papel da educação; que pessoas são premiadas pelo destino, sendo que o presidente soube aproveitar muito bem o seu quinhão de sorte; atualmente, o mais importante é a especialização, o que não implica necessariamente em formação acadêmica; quem realmente provoca desestímulo ao empenho dos brasileiros ao estudo é a mídia, em transformar jogadores de futebol, pagodeiros, big brother, cantores sertanejos etc., pessoas que nunca precisaram estudar, em ídolos da juventude e, os políticos brasileiros, que ao longo dos 500 anos da História do Brasil, demonstraram um total descaso com a educação; há que se levar em consideração os jogos eletrônicos, MSN, chats e outros modernidades, que dificultam o controle sobre os filhos pelos pais; FHC, carregado de diplomas, sociólogo e professor, não melhorou em nada a educação; e respostas que simplesmente não consideram o fato relevante. Não houve uma única resposta considerando problemático o nível de escolaridade do presidente Lula.

    Para a segunda pergunta, obtive as respostas: É inegável o incentivo do governo em relação à educação, principalmente no que se refere ao ensino técnico e universidades à distância, sendo que a qualidade, principalmente de algumas instituições não presenciais e semi-presenciais, deixam a desejar, tornando-se necessária uma lei, para evitar discriminação; insuficiente, visto que o Brasil continua com milhões de analfabetos; alentadora, o país apresenta inegáveis avanços em todas as áreas; já houve algumas boas iniciativas, principalmente facilitando o acesso às universidades; quanto ao ensino fundamental, foram distribuídos livros de qualidade às bibliotecas escolares assim como implementados bons programas de treinamento aos professores, mas realmente ainda há muito o que fazer. O desempenho do governo, em relação à educação, é aprovado por, aproximadamente, dois terços dos entrevistados.

    Para a terceira pergunta, obtive as respostas: a facilidade do acesso da população em geral, à formação educacional, trouxe melhoras no nível de escolaridade; o governo não aplica, o que deveria, em educação, o que ainda deixa milhares de crianças e adolescentes fora da escola; o governo não deve capacitar apenas diretores, conselheiros, funcionários, mas investir na educação como um todo. O acesso às universidades foi muito facilitado, mas ainda não dar para observar melhoras de qualidade, principalmente porque grande parte dos alunos são desmotivados, interessando-se mais pela obtenção do diploma que pela aprendizagem, os professores são pouco qualificados, as universidades particulares preocupam-se mais com a parte comercial que com a parte educacional e falta de fiscalização por parte do MEC. De uma maneira geral, os professores consideram que o nível da educação no Brasil ainda continua deixando muito a desejar.

    Para a quarta pergunta, obtive as respostas: o incentivo do governo para a aquisição dos mais diversos bens, melhorou a situação financeira da população; a situação financeira melhorou muito, principalmente em relação à década de 90; não houve melhoras significativas; principalmente para a população mais carente, houve uma grande melhoria. A grande maioria dos entrevistados reconheceu que houve uma acentuada melhora na qualidade de vida da população, com apenas uma resposta que a melhora não foi significativa.

    Para a quinta pergunta, obtive as respostas: o aumento do piso salarial trouxe sensíveis melhoras dos rendimentos, em vários estados brasileiros, diminuindo as diferenças salariais entre as diversas regiões; não deu para perceber melhorias; nos outros governos foram observadas algumas melhoras, mas no governo atual foi mais efetiva; os programas já vinham sendo aplicados em governos anteriores, mas foram aperfeiçoados no governo Lula. A maioria dos entrevistados reconheceu que o governo Lula tem melhorado a condição econômica/financeira da população, principalmente da camada mais carente.

    Para a sexta pergunta, obtive as respostas: a escola pública ainda precisa melhorar bastante, o seu nível salarial, para tornar-se atrativa para os profissionais do ensino e, com o conseqüente bem estar dos professores, beneficiar também os alunos; “professores tem uma profissão sucateada, maltratada e mal remunerada, a qual faz parte da qualidade da educação brasileira.”, palavras do próprio presidente, mas que não tem trabalhado muito para mudar a realidade desses guerreiros que lutar por um amanhã melhor; como professora municipal, não conheço a realidade de outros colegas; continua a mesma; a remuneração dos professores é baixa, mas nem Lula ou qualquer outro presidente que for eleito, irá melhorar; poderia ser melhor. De uma maneira geral, a grande maioria dos professores não está satisfeita com a remuneração que vem recebendo, mas isto não é culpa, especificamente, do governo Lula.

    Para a sétima e oitava pergunta, obtive as respostas: em relação aos países desenvolvidos, estamos em defasagem, em relação aos países subdesenvolvidos, estamos em bem melhores condições; em nosso próprio país, há grandes diferenças entres escolas estaduais, municipais e particulares e, dependendo do estado ou município, podem ser notadas diferenças entre as várias escolas, sendo que há escolas municipais que se destacam, assim como algumas estaduais e nem toda escola particular apresenta boa qualidade; o Brasil se encontra em déficit, há muito que evoluir; estamos entre os piores; muito terá que ser feito para equiparar nossas escolas àquelas dos países desenvolvidos; somos um país bebê, quando o assunto é educação; as escolas tem recebido alguma ajuda, mas ainda não é suficiente; está evoluindo. De uma maneira geral, os entrevistados não estão satisfeitos com as condições das escolas brasileiras, observando-se que uma professora ponderou que o ensino universitário, o qual é o único de responsabilidade direta do governo federal, tem melhorado bastante.

    Para a nona pergunta, obtive as respostas: o Brasil tem melhorado muito na redução do analfabetismo e na qualidade da educação; as estatísticas estão mascaradas e a qualidade da educação vem caindo. Para muitos jovens e crianças, é negado o sagrado direito da educação. Houve um grande avanço na redução do analfabetismo, quanto à qualidade da educação, há um longo caminho pelo frente. Está havendo uma vitória no combate ao analfabetismo, mas não vejo avanços na qualidade da educação. Ou seja, em relação à redução do analfabetismo e aos avanços na qualidade da educação brasileira, os entrevistados se manifestaram de maneira emocionada. Parece ser o assunto que mais toca o sentimento dos professores em geral.

    Para a décima pergunta, obtive as respostas: uma grande idéia, sendo inconcebível, que governos anteriores não tenham pensado no assunto; começou sério, mas tem apresentado várias falcatruas, mostradas pelos jornais. É uma grande ajuda para que pessoas carentes possam estudar em boas universidades. Ou seja, O PROUNI é bem avaliado, entre os professores em geral, faltando apenas resolver os problemas de execução.

    5 CONCLUSÃO

    A sondagem confirma aquilo que os institutos oficiais de pesquisa publicam a respeito da aprovação ou desaprovação do governo Lula, inclusive demonstrando o fato de que o governo é bem visto em todo o território nacional, inclusive no Sul e não apenas no Nordeste ou entre pessoas que recebem o benefício bolsa família, como chegam a afirmar alguns setores mais radicais e que, mesmo as classes sociais mais escolarizadas, não consideram relevante o fato do presidente Lula não possuir diploma universitário. Entre professores, a maioria dos pesquisados fazem uma avaliação positiva ou neutra, do atual governo, embora reconhecendo algumas falhas e pontos que podem ser melhorados. Temos muitos problemas na educação como um todo, quais sejam, nas instalações escolares, na remuneração dos professores, nas condições de trabalho, e muitos outros, sendo que em nenhum dos casos, foi apontado o governo Lula, especificamente, como causador da situação e, ao contrário, é um governo que tem realizado alguns aperfeiçoamentos.

  22. Edu said

    Otto,

    Sobre Margaret Thatcher, não entendi seu ponto…

    —X—

    E sobre o Bono Vox, ele é realmente uma figura muito popular. Conquistou a popularidade dele fazendo propaganda sobre causas humanitárias.

    Eu acho o mundo das celebridades bastante pitoresco: enquanto há histórias de que o Bono Vox é um ativista, há outras histórias que falam que após uma viagem até determinado país, ele esqueceu seu chapéu, e, claro, solicitou que o avião particular dele voltasse apenas para buscá-lo.

    Se é verdade ou não, pouco me importa, mas o fato é que o Bono se parece bastante com Lula: eles transformam em propaganda a capacidade única deles de ter dó de quem tem menos, e por essa capacidade, eles são melhores que os outros.

    É bom ser pop, as pessoas compram, e bem barato.

  23. Edu said

    Totó Acadêmico hein?

    Parabéns pela iniciativa!

    Gostaria de poder analisá-la com mais detalhes, mas não conheço de rigor acadêmico.

    Do ponto de vista prático, vc confirmou bem!

    Achei especialmente interessante:

    1 – A ausência do tamanho da amostra

    2 – Partindo da premissa que as perguntas são abertas, a falta de critérios para avalia uma opinião como positiva, neutra ou negativa em relação ao governo

    Fico imaginando como foi a qualificação dessa resposta, por exemplo: “O acesso às universidades foi muito facilitado, mas ainda não dar para observar melhoras de qualidade, principalmente porque grande parte dos alunos são desmotivados, interessando-se mais pela obtenção do diploma que pela aprendizagem”

    Vc considerou isso positivo, negativo ou neutro, Totó?

    3 – Eu achava que a proposta era só fazer uma avaliação do governo Lula, se positivo ou negativo, mas nas análises das respostas, vc mistura as coisas incluindo outros critérios.

    Fico imaginando como, diante da amostra de respostas, vc conseguiu definir como “A maioria dos entrevistados reconheceu que o governo Lula tem melhorado a condição econômica/financeira da população, principalmente da camada mais carente.”

    Como vc chegou no “principalmente da camada mais carente”, Totó? Mande aí os critérios que fazem vc concluir que a frase-resposta de um entrevistado explicite essa informação, e mande aí a % das respostas que alcançam esse critério.

    Aliás, para conferir, pq vc não manda todas as respostas? Pode pegar meu e-mail com o Pax.

    4 – Conclusões precisas são assim “em geral”. Totó, “em geral” significa quantos %? Afinal, isso tem algum rigor acadêmico ou não?

    Fonte: “Ou seja, O PROUNI é bem avaliado, entre os professores em geral, faltando apenas resolver os problemas de execução.”

    5 – Como vc classificou respostas que fugiram ao tema da pergunta?

    Por exemplo:

    Pergunta 1: “1. Você considera que o fato do presidente Lula não possuir diploma universitário seja um desestímulo ao empenho dos jovens brasileiros em relação ao estudo?”

    Resposta: ” há que se levar em consideração os jogos eletrônicos, MSN, chats e outros modernidades, que dificultam o controle sobre os filhos pelos pais”

    Isso é um sim, isso é um não? Que resposta é essa? Aliás, por que vc escolheu, dentre a amostragem que fez, justamente essa resposta para publicar no seu artigo?

    6 – Por que a conclusão geral do trabalho abrange áreas que não foram pesquisadas?

    Exemplo: ” inclusive demonstrando o fato de que o governo é bem visto em todo o território nacional, inclusive no Sul e não apenas no Nordeste ou entre pessoas que recebem o benefício bolsa família”

    Qual foi a pergunta que vc fez para obter essas respostas? A amostragem feita abrangia todo o território nacional para vc afirmar tal coisa? Se sim, mande a abrangência territorial de sua amostragem pra gente poder verificar, se não, então porque vc escreveu isso?

    No mais, Totó, quero parabenizar sua iniciativa: vc confirmou aquilo que vc queria confirmar, e se tornou uma pessoa mais convicta de suas próprias expectativas.

  24. Otto said

    Edu: enquanto os “colonistas” de nossa mídia choram pela Dama de Ferro, lá na Grã-Bretanha eles festejam.

    Compare-se as mortes de Chaves e Margaret Thatcher. Quem foi chorado?

    http://diariodocentrodomundo.com.br/o-essencial/#p4

  25. Patriarca da Paciência said

    Edu,

    Claque de rola-bosta 100% idiota, eu falei que nunca mais iria responder a comentários idiotas, mas vou fazer uma concessão.

    1º – eu coloquei no trabalho TODAS as respostas, não excluí uma sequer.

    2º – Todo trabalho tem que ter uma conclusão.

    3º – Edu, claque de rola-bosta 100% idiota, esta é a última vez que respondo a seus comentários 100% idiotas.

  26. Pax said

    A putaria anda em polvorosa.

    Putas reclamam de novos puteiros que estão em processo de abertura.

    Impressionante.

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2013/04/11/em-sessao-tensa-deputados-falam-de-leilao-de-mandatos-e-comparam-congresso-a-um-bordel/

  27. Edu said

    A quem possa interessar, já que o Totó-contador-leitor-de-filosofia-acadêmico, está emburradinho e não quer mais falar comigo.

    Na verdade, eu não queria que ele se ofendesse, na verdade eu elogiei o esforço dele.

    Gostaria apenas de entender alguns detalhes, que para mim estão ausentes. Ele não respondeu, na verdade, fingiu que respondeu. Tem várias perguntas feitas e não respondidas, do que ele TENTA responder, ele ainda responde de maneira confusa. Vamos ver:

    Ele disse que incluiu TODAS as respostas, então vamos contar. Será que o contador sabe contar?

    Como nesse trabalho acadêmico ele não consegue nem sequer apresentar como ele contou as respostas para fazer uma estatística, vou ser obrigado a assumir que uma pessoa é igual a uma frase entre ponto e vírgulas, tudo bem? É melhor dizer, vai que ele não entende de premissas, né?

    Pergunta 1:

    ” (1) o diploma universitário é muito importante para a carreira profissional, não sendo essencial para a atividade política; o próprio presidente procura valorizar e incentivar o papel da educação;

    (2) que pessoas são premiadas pelo destino, sendo que o presidente soube aproveitar muito bem o seu quinhão de sorte;

    (3) atualmente, o mais importante é a especialização, o que não implica necessariamente em formação acadêmica;

    (4) quem realmente provoca desestímulo ao empenho dos brasileiros ao estudo é a mídia, em transformar jogadores de futebol, pagodeiros, big brother, cantores sertanejos etc., pessoas que nunca precisaram estudar, em ídolos da juventude e, os políticos brasileiros, que ao longo dos 500 anos da História do Brasil, demonstraram um total descaso com a educação;

    (5) há que se levar em consideração os jogos eletrônicos, MSN, chats e outros modernidades, que dificultam o controle sobre os filhos pelos pais;

    (6) FHC, carregado de diplomas, sociólogo e professor, não melhorou em nada a educação; e respostas que simplesmente não consideram o fato relevante.

    (7) e respostas que simplesmente não consideram o fato relevante.”

    Observem bem o número (7). Se ele vc colcou TODAS as respostas, ele está MENTINDO, pq ele também deveria ter transcrito essas que “não consideram o fato relevante”.

    Pois bem, agora vamos contar as respostas de outra pergunta.

    Pergunta 4:

    ” (1) o incentivo do governo para a aquisição dos mais diversos bens, melhorou a situação financeira da população;

    (2) a situação financeira melhorou muito, principalmente em relação à década de 90;

    (3) não houve melhoras significativas;

    (4) principalmente para a população mais carente, houve uma grande melhoria.”

    Vamos ANALISAR o que o Totó fez: na primeira pergunta temos 6 respostas + “outras”, que ele, contador, não contabilizou. Na quarta pergunta, temos 4 respostas, e ele não contabilizou nem as abstenções, nem as não respondidas, nem as “outras”.

    Como 7, no meu parco conhecimento matemático, é diferente de 4, acho que está provado que a contagem do nosso contador está errada, ou incompleta.

    Agora vamos ANALISAR a CONCLUSÃO sobre o resultado das respostas sobre a pergunta 4:

    Conclusão do nosso acadêmico: “A grande maioria dos entrevistados reconheceu que houve uma acentuada melhora na qualidade de vida da população, com apenas uma resposta que a melhora não foi significativa.”

    Não há como analisar! Por que? Porque simplesmente não há critério para nós, meros leitores, para ler o pensamento do nosso amigo sobre qual o significado numérico de “grande maioria”. Temos 1 resposta negativa e 3 positivas. Isso dá 75% dentro das respostas consideradas, positivas, se 75% significa que a “grande maioria” reconhece que houve melhoria, ok, mas isso não significa NADA! Por que? Porque está faltando, de acordo com as contas, pelo menos mais 2 pessoas, fora as “outras”. Será que são fantasmas? Elas responderam do outro lado da vida?! E se essas pessoas tivessem dado respostas negativas? Acho que nesse caso a “grande maioria” deixaria de existir, não é mesmo?

    Ele afirma que “Todo trabalho tem que ter uma conclusão.”. E daí? Eu nem sei porque ele disse isso. Eu tenho certeza absoluta que todo trabalho tem que ter uma conclusão. Só acho que conclusões são dentro do escopo do trabalho.

    Alguns exemplos:

    – não dá pra fazer um trabalho sobre os ciclos solares e concluir que o Nordeste gosta mais do Lula
    – não dá pra fazer um trabalho de marketing sobre Cremogema e concluir que o Nordeste gosta mais do Lula

    Assim como:

    – Não dá pra vc perguntar para uma pessoa do SUL se ela gosta ou não do Lula e concluir que o NE gosta mais do Lula!

    É igual escrever o hino do seu amado clube de futebol no ENEM. Lá eles consideram 50%, para mim isso é fuga ao tema.

    Mas como eu fiz duas ANÁLISES sobre “a capacidade de responder adequadamente a uma pergunta” focada em uma pessoa, o Totó, eu tenho que produzir uma conclusão coerente com o que foi analisado:

    Eis os critérios:

    1 – Resposta ao conteúdo pergunta
    2 – Coerência com o que ele respondeu
    3 – Embasamento para a resposta

    Eis os resultados:

    Resultado sobre o critério 1 – ele não respondeu a nenhuma das perguntas
    Resultado sobre o critério 2 – ele não conseguiu demonstrar coerência, na verdade, mentiu descaradamente
    Resultado sobre o critério 3 – ele se absteve de embasar qualquer resposta

    CONCLUSÃO:

    Para um contador ele está um ótimo acadêmico… só que não! Porque ele não consegue contabilizar, e nem ser acadêmico!

    Na verdade está mais para acadê-MICO… ou seria Ah-Cadê? Mico!

    —X—

    É realmente uma pena ver um esforço tão grande jogado fora, destruído por perguntas e argumentos tão simples.

    Eu ficaria envergonhado, mas vergonha mesmo devem ter tido os professores que responderam ao questionário, ao receberem o resultado do trabalho e verem que o trabalho não consegue passar nem pelo rigor de um leigo, quanto mais de um acadêmico de verdade, principalmente porque foram essas as exatas pessoas que disseram culpam o governo pela falta de qualidade do ensino.

    —X—

    É uma pena que ele não queria continuar a conversa comigo, sendo que na verdade, ele deveria me agradecer, assim ele nunca mais apresentaria da maneira que apresentou um artigo desse tipo para nenhum acadêmico e se pouparia um pouco.

    —X—

    Totó,

    Não precisa responder não! Mas dessa vez vc colcou a bundinha de fora! E juro que senti o maior prazer em usá-la medievalmente.

  28. Edu said

    Otto,

    Meu caro poeta!

    Vire o disco! Eu já falei sobre minhas ideias a respeito da mídia, e to cansado de repetir porque é chato pra caramba: é uma choradeira dos dois lados inconclusiva e inútil.

    Esse assunto de mídia é quase tão chato quanto a política atual…

    A mídia passou uma semana falando do Chorão, talvez tenha havido mais referências da morte do Chorão do que da morte de Chavez na mídia brasileira, e olha que eu mesmo reconheço que o Chavez talvez tenha sido mais importante que o Chorão!

    Pula esse assunto cara… who cares?!

    Jajá aparece outro documentário sobre os 23 anos da morte (esse número é um chute) do Ayrton Senna… who cares?!

    Vc, como acadêmico, não quer me ajudar a analisar o artigo do Totó, não?

  29. Otto said

    Edu, eu quis me referir a diferença de tratamento do povo local em relação a morte de Chávez e a da Thatcher.

  30. Edu said

    Otto,

    Ahh… tá bom…

    O que vc quer que eu diga Otto? Que os ingleses são ignorantes?

    Acho que a análise é diametralmente oposta: a Margaret Thatcher implementou políticas bastante impopulares, mas que resultaram no resgate de um país que estava à beira da falência.

    Impopular, Otto, ninguém precisa agradecer. A maioria das pessoas adultas que vivem por lá passaram por aquela época, e provavelmente sofreram com as decisões políticas tomadas, haveriam de agradecer por que?

    Acho que o que deveria ser analisado são as medidas que ela implementou e que foram desfeitas nos governos subsquentes. Essa é a verdadeira memória dela.

    Além disso, a economia da Inglaterra vai bem. E a Grécia, Espanha, Portugal, França, Itália e Chipre, que estão quebrados e não contam com Margaret Thatchers para fazer o trabalho sujo e impopular de reerguer esses países?

  31. Edu said

    Errata:

    “Acho que o que deveria ser analisado são as medidas que ela implementou e SE foram desfeitas nos governos subsquentes.”

  32. Pax said

    Creio que estamos sendo assaltados…

  33. Patriarca da Paciência said

    “Advogado carioca Sergio Bermudes, que oferecerá festa para centenas de convidados no aniversário de 60 anos de Luiz Fux, e também emprega em seu escritório sua filha Mariana, rechaça a insinuação de que tenha alguma relação privilegiada com o ministro do Supremo Tribunal Federal; sobre a afirmação de Joaquim Barbosa sobre “conluio” entre advogados e juízes, ele foi enfático: “é mais uma das leviandades do ministro Barbosa”; ele afirma que, apesar da festa, Fux terá “total isenção” para votar em causas do seu escritório no STF”

    “Em seu escritório, Bermudes emprega também Guiomar Mendes, que é esposa do ministro Gilmar Mendes. Por isso mesmo, ele faz questão de rechaçar as insinuações de que mantenha “conluio” com integrantes do Poder Judiciário. “Essa é mais uma das leviandades do ministro Joaquim Barbosa”, diz ele. “Membros da comunidade forense se relacionam entre si. Juízes se relacionam com advogados e não com veterinários”.

    O advogado afirma ainda que Fux só deverá se declarar impedido em causas de seu escritório, caso sua filha assine a petição ou se ele, Bermudes, for parte numa eventual ação. “Como somos amigos, ele ficaria impedido; mas isso não o impede de decidir em ações de clientes, seja contra, seja a favor”.

    Tanto Fux como Barbosa foram procurados pela reportagem do 247 para que se expressassem sobre a relação com o escritório de Bermudes. Nenhum dos dois quis se pronunciar.”

    “Bermudes diz ainda que se algum cliente procurá-lo buscando influência será expulso da sala. “Eu considero isso um insulto”.

    http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/98670/Bermudes-ao-247-Pago-do-meu-bolso-a-festa-do-Fux.htm

    Será que existe algum brasileiro que, tomando conhecimento de todos esses fatos, acreditará na sinceridade de Bermudes?

    Ou será que o Bermudes pensa que o povo brasileiro realmente é idiota?

  34. Pax said

    Três assaltantes entraram no sítio aqui em casa. Renderam o caseiro e sua família. Um deles ficou com a família, esposa e dois filhos e dois subiram aqui em casa, uns 100 m da casa do caseiro.

    Meu caseiro me chamou e eu desci. Os cachorros, que entram e saem de casa, saíram latindo.

    Encontrei meu caseiro super nervoso, não conseguia falar, mas não vi nenhum dos assaltantes. Acho que ficaram com medo dos cachorros e voltaram, ficaram esperando.

    Quando meu caseiro conseguiu me dizer o que era, em voz bem baixinh, tremendo muito, eu voltei pra dentro de casa e tranquei a porta com os cachorros dentro.

    Ligamos para a polícia e para os vizinhos e ficamos mais de meia hora de terror aqui dentro, cachorros latindo. Os policiais do 190 disseram para não sairmos.

    Dispararam dois tiros mas vi que não era na casa do caseiro. Acho que queriam que eu entendesse que estavam maltratando o caseiro e família para eu sair. Enfim…

    Depois conto melhor… agora tá difícil.

    Chegaram 4 viaturas da polícia militar, os caras já tinham se mandado, levaram o carro do filho do caseiro mas falaram que não iriam levar nada.

    Os policiais disseram que tinham encontrado o carro uns 4 km daqui, abandonado com as portas abertas, luzes acesas etc.

    Os caras estavam de moto. Provavelmente estavam em 2 motos, se é que não havia outros.

    Ainda bem que não agrediram ninguém da família do caseiro.

    Que saco que está viver no Brasil.

  35. Michelle 2 said

    Pax

    lamento profundamente o ocorrido.

    Ainda bem que nada de pior aconteceu.

    Comento:
    Os governos (fed,est e mun) perderam o controle sobre a violência no Brasil.
    Salve-se quem puder!

  36. Pax said

    Vontade de mudar de país.

    É isso que dá ficarmos aceitando a completa falência das instituições.

  37. Patriarca da Paciência said

    Meu caro Pax,

    lamento pelo ocorrido, mas acho que você teve muita sorte, afinal ninguém se feriu, nada foi roubado e a polícia atendeu prontamente ao chamado.

    Sinceramente, o fato é lamentável mas não acho que seja sintoma de que nossas instituições estejam completamente falidas.

  38. Olá!

    Pax, é lamentável o que aconteceu dentro da sua propriedade e com as pessoas que nela vivem. Triste mesmo. . .

    Pax, você não tem armas de fogo em casa? Se não, deveria ter, pois, no Brasil, não dá para ficar esperando pela polícia quando a mesma demora mais de 30 minutos para atender um chamado de extrema urgência. Nesse caso, o próprio cidadão deve tomar as precauções e se armar.

    Sorte que tudo ficou bem no final, já que, tivesse algum inocente sido machucado pelos meliantes, de bate-pronto apareceria um esquerdista para dizer que tudo foi culpa da sociedade e que o bandido é apenas um mero oprimido social, uma vítima do sistema e que, assim posto, não deve receber punições, ou, no máximo, punições extremamente amenas, pois ele não tem culpa de nada; ele foi obrigado a roubar e etc., etc., e etc..

    Uma arma de fogo carregada até o talo é o que cidadão honesto deveria ter perante um bandido, pois essa é uma das poucas linguagens que os marginais entendem: A linguagem da violência.

    Mas os esquerdistas acham que armas de fogo tornam a sociedade mais insegura, o que é uma conclusão que despreza completamente os fatos mais óbvios da realidade, pois basta ver que os próprios bandidos tomam uma decisão extremamente racional ao escolher uma arma de fogo como “instrumento de trabalho”: Eles querem ter 100% de certeza de que o “trabalho” deles vai ser lucrativo e seguro.

    Até!

    Marcelo

  39. Olá!

    Sobre Ms. Thatcher há algo de suma importância que deve ser dito: Não é todo dia que aparece uma liderança política capaz de não apenas mudar e melhorar as estruturas institucionais de um país, mas também demonstrar claramente que tais mudanças e melhorias trouxeram resultados tão benéficos para as pessoas comuns ao ponto dos seus próprios adversários políticos se verem obrigados a rever sua plataforma ideológico-político-econômica e se adaptarem à essa nova realidade estabelecida por tal liderança.

    Foi o que Ms. Thatcher fez no Reino Unido.

    Hehehehehehehe. . . Esquerdista falando do filho da Ms. Thatcher, mas não se atreveria a dizer um simples “ai” sobre o Lulinha e seus negócios esdrúxulos e/ou Lula e seus excessos sexuais bancados pelo dinheiro público.

    Até!

    Marcelo

  40. Pax said

    Ok, Patriarca,

    Respeito tua opinião. Não é a minha.

    Vivemos num país sem o mínimo de segurança. Isso sem entrar nos problemas de Educação e Saúde.

    Atribuições fundamentais do Estado.

    E os motivos?

    Mas vou ficar por aqui, hoje vivo um dia de uma enorme ressaca sem ter bebido uma gota. Ressaca de estragaram um projeto de vida.

    Marcelo Augusto,

    Se eu tiver uma arma, aí mesmo que eles se interessam mais ainda.

    E o pior, ou eu viro um profissional da área, assunto que não me interessa nem um pouco, ou ter uma arma só estimulará uma violência ainda maior contra quem está no episódio.

    Esta é minha opinião.

    Não quero ter armas.

    Mas… acho que devemos discutir, sim, essa lei que proíbe as pessoas de terem armas.

    A priori me parece uma ótima ideia. Só que os cidadãos se desarmaram e os meliantes não. E aí?

    Mesmo assim, sinceramente, não gostaria de ter arma de fogo.

  41. Olá!

    Aliás, o que Ms. Thatcher fez em relação à esquerda britânica foi algo parecido ao que o FHC fez em relação ao tosco PT pré-2002: Mostrou que as reformas e medidas por ele implantadas foram tão benéficas para a sociedade que o próprio PT se viu obrigado a absorvê-las e continuá-las.

    Não foi à toa que, em 2002, o Lula escolheu no PSDB aquele que viria a ser o presidente do Banco Central pelos próximos 8 anos.

    O Bolsa Escola, outrora chamado de “Bolsa Esmola” pelo PT e criticado pelo próprio Lula, virou carro-chefe do Governo Lula.

    Fora outras coisas. . .

    Não há confissão mais explícita do sucesso de um governante do que a adoção, por seus mais ferozes e toscos adversários, de medidas que foram por ele estabelecidas.

    Até!

    Marcelo

  42. Jose Mario HRP said

  43. Edu said

    Pax,

    Ainda bem que nada pior aconteceu.

    Tome seu tempo para por a cabeça e as coisas no lugar.

    —X—

    Eu cresci ouvindo a esquerda dizer que o problema da criminalidade não é porque as pessoas são ruins, é porque as pessoas não têm o que comer.

    Alguém por favor poderia me responder por que então justo agora que temos o “regime de pleno emprego”, a criminalidade parece ter se tornado pior?

    Ou há efetivamente bandidos que gostam de ser bandidos

    Ou não estamos no regime de pleno emprego

    A esquerda deveria se desculpar diante da população mundial por ter falado uma besteira ou outra.

  44. :: Olá, ladies and gentlemen

    Hey, Pax…. li o ocorrido aqui agora e fiquei bem chateado
    em saber que até no seu refúgio a coisa não tá fácil.
    Enfim, o lado bom é que ninguém morreu ou foi maltrado.
    Mas imagino que você deve estar se sentindo vulnerável.

    Espero que este sentimento passe ou que você, sei lá,
    já tenha um “Plano B” em mente para cuidar de si e dos seus.

    E é o de sempre – se passar em Sampa ainda estou por aqui.
    Mas moro no Edifício Copan agora.

  45. Michelle 2 said

    Enquanto Pax lambe suas feridas…

    Margaret Thatcher: é complicado… (Barbara Gancia)

    Só não existe uma estátua de Margaret Thatcher para competir em magnitude com a monstruosidade erguida em homenagem a Winston Churchill na frente do Parlamento, porque o Establishment britânico jamais en­golirá o que considera ser a vulgari­dade das origens pequeno-burgue­sas da ex-primeira-ministra morta nesta semana.

    Para se ter uma ideia da animosi­dade que a aristocracia nutre por Maggie, basta dizer que a rainha Elizabeth nunca manteve segredo de que os 11 anos de convivência com ela representaram um
    verda­deiro martírio para a soberana, obrigada a receber Thatcher todas as terças-feiras nas audiências de prestações de contas entre ambas.

    Bem, qualquer ser minimamente sociável dificilmente escolheria a ex-primeira-ministra para passar o fim de semana no Guarujá, ou, qui­çá, a chamaria para flanar diante das vitrines do shopping JK. Além de ser a personificação mais refina­da da antipatia, a mulher represen­ta a imagem da crueldade para uma inteira geração. Mas não passa de maniqueísmo típico da turma que precisa apaziguar suas emoções in­fantis tratar Margaret Thatcher co­mo aquela governanta má de conto de fadas, que só causa fogo e caos.

    Cheguei à Inglaterra para morar em 1976 e encontrei uma pocilga em que a juventude não tinha perspectiva de carreira. Todo o mundo e seu vizinho pareciam estar desempregados; imigrantes eram xingados nas ruas, quando não ata­cados fisicamente e culpados aber­tamente pelo desemprego recorde.

    Os serviços públicos davam vergo­nha e/ou nojo. As filas eram enor­mes e as brigas com funcionários públicos, corriqueiras. O país vivia refém dos sindicatos -a cada dia pa­rava um serviço essencial.

    A Inglaterra já estava moribunda, seja pela inércia de império acomo­dado, seja pela crise do petróleo. Não foi Thatcher que trouxe o problema. Até enten­do a lamúria do manifesto que Morrissey,
    ex-The Smiths, emitiu nesta semana, alegando que a “dama de ferro” “não tinha um pingo da hu­manidade”.

    Note que o movimento punk não surgiu por conta do governo
    That­cher. Ambos são fruto da mesma árvore de penúria generalizada.

    Goste-se ou não dela, estamos fa­lando de uma mulher -repito, de uma mulher- que conseguiu liderar o Partido Conservador contra a vontade da elite que conduz o país desde 1066 e que teve coragem de dobrar os sindicatos, coisa que os trabalhistas nunca tinham feito.

    Além disso, mandou o maridão superbem-sucedido, Dennis, para casa vestir chinelos enquanto ela dava conta do recado.

    Que eu saiba, quem sugere que se faça isso é o best-seller “Faça Acon­tecer”, de Sheryl Sandberg, a superexecutiva do Facebook, considera­da a porta-voz do novo feminismo.

    Maggie destruiu as pesquisas mé­dicas nas universidades, as artes, a cultura e a educação? Sim. Mas já estava tudo indo pro brejo mesmo.

    A política de austeridade, de corte de gastos e a prestação de contas no receituário keynesia­no que ajudou a impor, taxando o consumo, não os ganhos, privati­zando serviços já sucateados e dan­do autonomia ao Bank of England, o Banco Central da Inglaterra, são medidas que reergueram o país.

    É claro que sua figura dickensiana de vilã intragável com aquela ex­pressão de harabishueba (merda no bigode) não será esquecida tão cedo. Mas julgá-la por ser ami­ga de Pinochet ou por massacrar os pobres garotos argen­tinos indefesos sem pensar duas vezes é tentação à qual não podemos ceder tão facilmente diante do imenso novelo da histó­ria.
    _______________
    Um dia num futuro elusivo, Otto vai aprender…

  46. Jose Mario HRP said

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/1262098-ministro-luiz-fux-cancela-jantar-bancado-por-advogado.shtml

  47. Pax said

    Acabo de renovar o domínio daqui, do políticAética.

    São US$ 18,00 por ano. Nada demais.

    Só que… (e desculpem-me o desabafo nestes dias muito chatos)

    Confesso que pensei seriamente em não renovar, em parar com o blog. Já lá se vão quase 5 anos. São milhares de posts (mais de 2.000) sobre um problema que acho fundamental para que tenhamos um país melhor.

    E tenho certeza que me tornei uma pessoa pior por conta daqui. Mais rabugenta, mais chata. É duro ver um país falir da forma como estamos vendo.

    Não, não é culpa de Lula, de Dilma, de FHC, nada disso. É culpa de um todo que nem sabemos mais de onde vem. É um problema de inúmeras origens e não há qualquer realidade ao querer indicar que (a) é melhor ou pior que (b). É geral, sim.

    A União está comprometida com a corrupção. Os Estados idem. Os Municípios então…

    Corrompemos uma nação a tal ponto que não sei mais de onde tirar esperanças para achar alguma luz no fim deste túnel cada vez mais escuro.

    Agora por aqui pensando nos sistemas de segurança a mais que tenho que instalar. Como já desabafei no Twitter (ao lado tem os posts), quando um cidadão se vê obrigado a pensar em sistemas particulares de segurança é sinal evidente que o Estado (de forma geral – União, Estados e Municípios) não funciona como devido.

    Neste exato momento ouço quero-queros cantando, sabiás e outros pássaros. E não tenho mais o menor prazer de curtir meu espaço, nenhuma vontade de caminhar pelas trilhas dos 43.000 m2 do pequeno sítio que reflorestamos.

    Por favor, me poupem de dizer que isto é questão da situação, da oposição, do PT ou do PSDB.

    Não, meus amigos, isso é um problema nosso.

  48. Michelle 2 said

    Pax

    Depois de assistr este IDIOTA IRRESPONSÁVEL, o JR Toledo do Estadão comecei a concordar com a sua posição.
    O problema é nosso.E agora nós estamos na mão de criminosos.
    Segundo ele não há saída: O crime aumenta m São Paulo quanto mais infratores forem presos. É o cúmulo!
    E o fdp ainda tira um sarro usando a Ala Jovem do PCC

    Encarceramento em massa e a Ala Jovem do PCC

    http://blogs.estadao.com.br/vox-publica/2013/04/12/encarceramento-em-massa-e-a-ala-jovem-do-pcc/

    Ou mude de pais, make a fresh start …não se preocupe, o Brasil não se mudará da sua cabeça.

  49. Otto said

    Edu: “Além disso, a economia da Inglaterra vai bem.”

    Vai bem? Com queda no PIB

    Mais sobre a Thatcher:

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/a-bbc-nao-sabe-o-que-fazer-com-a-musica-mais-vendida-da-inglaterra/

    A música mais vendida na Inglaterra: “A bruxa morreu”!

    rsrsrsr

  50. Patriarca da Paciência said

    “A Inglaterra vive hoje não apenas uma crise econômica que não cede há anos, mas uma situação dramática de desigualdade que levou aos célebres riots – quebra-quebras — de Londres há pouco mais de um ano.

    Qual a origem da crise e da desigualdade?

    Thatcher, é claro.

    O real legado de um governante se vê depois que ele se foi. As desregulamentações, as privatizações e os cortes em gastos sociais de Thatcher, passados 30 anos, resultaram num país em que as pessoas têm um padrão de vida inferior ao que tiveram.

    Como imaginar que as pessoas ficariam tristes com sua morte?”

    Do link postado pelo Otto acima,

    Pois é, e ainda existem alguns colonizados que acham que a Inglaterra tem grandes lições de moral para jogar na cara do Brasil.

    Apregoam que a bruxa Thatcher, seja uma “salvadora da pátria”.

    Fazer o quê?

    Desde os tempos bíblicos, tais malucos existem!

    A sorte é que são minoria.

    Ainda bem!

  51. Pax said

    Prezados,

    Nem tudo é bom, nem tudo é ruim, de todos os lados.

    Governo demais atrapalha. Governo de menos também.

    Há um meio termo, as atividades produtivas (principalmente as de empreendedores, pessoas, corporações etc) devem ser estimuladas, geram riquezas, empregos etc. Ao mesmo tempo os trabalhadores devem, de seu lado, ter sua força, sua forma de não permitir que o trabalho seja explorado de forma absolutamente desigual, insana. Os sindicatos, quando bons, são essenciais.

    E há sindicatos patronais e sindicatos dos trabalhadores.

    Os sindicatos patronais também não são de todo ruins. Se reúnem para requerer dos governos condições para que suas atividades recebam suporte (infraestrutura) para exercerem suas atividades. E não só isso, não é só cobrar do governo, é desenvolver atividades para que as áreas que atuam tenham melhores condições, competitividade, mercado interno, mercado externo, padrões de qualidade etc etc etc.

    Os sindicatos dos trabalhadores, de novo, são essenciais. Eles geram a força dos trabalhadores, garantem condições de trabalho, salários dignos, vida digna etc etc. E quem acha que trabalhador mal remunerado é ruim é algo como defender escravagismo e, ao mesmo tempo, me parece uma visão míope de todo. Trabalhadores bem remunerados são mercado, são compradores. É isso que vivenciamos nestes últimos 20 anos, ou seja, quando acabamos com inflação, quando melhoramos salários etc, o mercado interno bombou. E ele segura muita onde destes anos de crise.

    O que não dá pra aceitar é que estas instituições se desequilibrem, que se corrompam, que passem a atuar de forma desonesta de forma geral.

    Idem, ibidem, são os partidos, agrupamentos de pessoas que compartilham as mesmas ideias, as mesmas propostas de governar um município, estado, país, ou mesmo uma associação de moradores de um bairro.

    Por essas e outras que não defendo, de forma alguma, os extremos. Nem liberalismo nem socialismo puros.

    Meu ideal é social-democracia, com equilíbrio. Estado forte mas enxuto, eficiente. Liberdades individuais garantidas, propriedade privada garantida, empreendedorismo estimulado, impostos justos (altos, mas justos), serviços públicos de primeira (basta não desviar e não desperdiçar, jogar no ralo o dinheiro do povo).

    E, ao mesmo tempo, como sempre, que a sociedade seja protegida. O coletivo deve sempre ser prioridade ao individual. E aqui é onde mora minha antipatia absoluta pelo liberalismo absoluto. Não acredito que indivíduos trabalhem para a sociedade de forma espontânea. Não acredito que altíssimas concentrações de renda sejam a solução para qualquer sociedade.

    Sem, de forma alguma, impedir que estes mesmo indivíduos queiram ter seus negócios, queiram gerar suas riquezas e, com isso, gerar empregos.

  52. Michelle 2 said

    Ei Pax
    que tal iniciar um movimento em prol da melhoria da Educação no Brasil, usando as redes sociais.

    Veja o exemplo americano do carinha do facebook pressionando a reforma das leis de imigração americana.
    Atuação política de primeira:
    http://www.fwd.us/

  53. Michelle 2 said

    Edu e Pax

    Eu acho a ideia acima muito boa.# 52
    Todos temos consciência que nada acontecerá se NÓS não nos defendermos. No Brasil – a eterna Escola de Samba – nada acontecerá por obra de governos. Está tudo contaminado, hoje.

    Concordam ou discordam?
    Vamos continuar a “assistir de camarote”?
    Já vi este filme e o “mocinho” (nós) morre no final! rsrsrs

  54. Michelle 2 said

    Edu e Pax

    Venezuela …

    http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/28359/governo+venezuelano+limita+acesso+a+internet+para+evitar+acao+de+hackers.shtml

    hackers? ou redes sociais?

    Tão com medo de tudo (de perder o poder, rsrsrs)!

  55. Edu said

    Peraí galera,

    Vou ler tudo com atenção… essa semana vai ser daquelas!

    Assim que puder respondo.

    Abs

  56. Jose Mario HRP said

    http://www.baraodeitarare.org.br/index.php/noticias-do-barao/115-na-venezuela-supermercados-cheios-de-alimentos-e-pessoas

  57. Patriarca da Paciência said

    Uma coisa sobre a eleição venezuelana ficou bem clara, Capriles só começou a ganhar votos depois que prometeu dar continuidade aos programas sociais do Chavez, ou seja, Capriles se travestiu de chavista.

  58. Pedro said

    Pax, tenho uma irmã e cunhado que tambem moram num sítio, e recentemente foram assaltados, quase do mesmo jeito, renderam o caseiro, etc.

    Comento isto pra dizer que possuir armas em casa, não é garantia de defesa.
    Meu cunhado tinha uma bela coleção de armas, foi rendido quando entrava em casa, e apanhou um bocado até entregar todas elas.

    Ninguém está mais seguro, nem morando no meio do mato.

    ……………….

    “Na Venezuela supermercados cheios de alimentos e pessoas…..”

    Que notícia supreendente, eu jurava que na Venezuela os supermercados estavam cheios de navios e animais. :-)

  59. Jose Mario HRP said

    Novo ataque dos pilantras do Bin Laden?

  60. Michelle 2 said

    Pedro

    e o Capriles “travestido de chavista” … ?
    O Totó se esmerou nessa. rsrsrs

  61. Michelle 2 said

    Boston Marathon:

    Rezo todo dia para nada acontecer ( algo parecido) na Copa de 14.
    Amém !!!!

  62. Michelle 2 said

    Pax e petralhas estão dispensados de ler…

    RA na sua melhor forma…

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-terrorismo-transforma-o-humano-em-coisa-para-que-possa-mata-lo-sem-remorso-ou-consideracoes-sobre-uma-foto/
    ———-
    Imperdível!

  63. Patriarca da Paciência said

    Gostei deste comentário do 247:

    Luiz 15.04.2013 às 21:36
    Fato. Feliciano tem um jeitão de office-boy do capeta.

  64. Patriarca da Paciência said

    “Se Feliciano precisa, para afirmar sua postura religiosa, criar uma caricatura caluniosa dos baianos e da Bahia, algo é muito frágil em sua fé. A maré montante do evangelismo não dá direito à soberba irrefreada. O boneco tem pés de barro. E cairá. Eu creio na justiça e na verdade. Esses valores atribuídos a Deus têm minha adesão irrestrita. Não sei que Deus sustenta a injustiça e a mentira. Ou será que é aí que o diabo está?”

    (Blog 247″ – artigo do Caê sobre o Feliciano)

    Nessa briga entre o Caê e o Feliciano vai voar pena para todo lado, ou será enxofre?

    Feliciano diz que Caê fez pacto com o Diabo, Caê diz que Feliciano é que é apóstolo do Diabo, caramba, que coisa mais diabólica!

  65. Patriarca da Paciência said

    “O abilolado agora endoidou”:

    O ‘fenômeno’ Pastor Feliciano (PSC-SP), deputado considerado homofóbico que preside a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara e que ocupa grande espaço na mídia nacional, trouxe Sargento Isidório de volta aos holofotes da imprensa também.

    Depois de dizer que Feliciano é “injustiçado” pelos protestos, sobretudo dos homossexuais, que pedem sua saída da comissão, o parlamentar cristão baiano volta a partir em defesa do irmão de fé e explica porque ele está “certo” quando diz que os negros são “amaldiçoados”. E explica “como tudo começou”.

    “A viadagem da África, quando viu dois cabras bons, bonitos, musculosos, saiu atrás. (…) [Por isso], o Pastor Marco Feliciano falava que por causa do pecado lá naquela região onde a pele é mais negra aconteceu a maldição”.

    O deputado baiano volta a dizer que é “ex-gay” e desta vez revela ainda que é “ex-drogado”, “ex-bandido” e que acha que “teve” o vírus HIV, mas a “fé” o “curou”. Contudo, apesar de garantir que está “curado da homossexualidade”, Isidório disse que ainda precisa se policiar. “O pastor é humano. Claro que eu tenho medo de recaída. Eu não posso ficar junto de um homem muito tempo porque a carne é fraca”.

    Ele diz que ficou insatisfeito com nota de repúdio às suas declarações em defesa de Feliciano lançada pelo PSB, credita o comunicado “aos viados e viadas lá dentro” e discorda das posições da presidente estadual da legenda, a senadora Lídice da Mata.

    “Ela é de Oxum e eu sou de Jesus. Eu também já fui de Oxum quando era homossexual”. Ao dizer que não teme ser expulso do partido, Isidório afirmou que “se essas desgraças [partidos] prestassem, eram inteiros”.

    http://www.brasil247.com/pt/247/bahia247/98936/Ex-gay-deputado-Pastor-Isid%C3%B3rio-teme-reca%C3%ADda.htm

  66. Pax said

    Caro Pedro,

    Concordo com você. Arma não é garantia de segurança. É bastante fácil que saibam que você tem e isso é um enorme atrativo para bandidos. É cereja no bolo.

    Afora o fato de ter que saber usar, caso contrário ainda é possível que você, despreparado, acabe gerando um acidente com pessoas por perto, consigo mesmo, enfim…

    Atacaram não só Boston (no que isso vai dar? nova “guerra do Iraque like”? acho que não, Obama é infinitamente melhor que Bush pai e Bush baby, o trapalhão mentiroso)

    Atacaram, também, o WordPress (onde isso aqui funciona)…

    Jornal O Globo ‏@JornalOGlobo 5m
    Wordpress, maior plataforma de blogs do mundo, é atacada por rede de computadores zumbis. http://migre.me/e8kYb

    Venezuela: sei não, mas chego a apostar o pescoço do Chesterton, desaparecido Chesterton, que Maduro não se reelege. Até lá me parece que não vai ter a mesma força que Chávez. Infelizmente não acho que os Venezuelanos estejam em bons lençóis.

    Por aqui a vida dá seus pequenos passos, ainda sem muito prazer, gosto amargo.

    Obrigado pela paciência de um blog sem muita notícia nova esses dias. Com pouca participação minha. Não há tempo nem muita disponibilidade no momento. Agora tenho que cuidar da vida e tomar uma série bem grande de providências por aqui que já estão em andamento. Já disparei todos os itens da lista que fiz e continuo pensando se há mais o que fazer.

    Solicitei, via Twitter, melhoria no sistema 190 da PM. O GPS deles é desatualizado, não identificam onde moro, tem que explicar o caminho item por item, entra aqui, vira ali, anda mais tantos km, vida de novo assim, vai assado…. Mesmo assim os caras demoraram demais pra chegar, se perderam no caminho, enfim, incompetência da prefeitura que não atualiza os mapas da cidade que não fala com Correios que troca os nomes das ruas, que não atualiza o GPS da PM nem do SAMU etc etc.

    Eita incompetência em série.

    E @geraldoalckmin_ (esse é o twitter dele) cagou e andou pelo meu apelo de SOCORRO. Como foi hoje, vamos dar um tempinho pra ver se há alguma resposta.

    Mas que vou incomodá-lo, ah, vou sim. Tenho absoluto direito de requerer ser atendido com prontidão. Sou cidadão, pago impostos do Estado e não estou pedindo nenhum favor pessoal, estou pedindo que PM e SAMU saibam chegar nos logradouros rurais. Só isso.

    Os PMs que vieram me pareceram profissionais, sérios etc. É claro que não funcionam bem, havia digitais a serem colhidas e não foram, cena do crime não preservada, enfim, nossas polícias deixam muito a desejar. Mas os soldados que vieram queriam ajudar, tinham essa índole, tentam ser bons mesmo que a estrutura e modelo todo não sejam preparados para um policiamento ostensivo (PM) e investigativo (Policia Civil) eficiente. Nem em SP e nem em estado algum que eu tenha notícia.

    Estamos há anos luz de ter competência. E essa culpa é, sim, dos governos Estaduais.

  67. Jose Mario HRP said

    Coisa muito séria para a ministra entrar no caso!

    http://nogueirajr.blogspot.com.br/2013/04/ministra-pedira-federalizacao-de-crimes.html

  68. Jose Mario HRP said

    FBI invadiu um apt. em cidade vizinha a Boston e passaram 09 horas lá , apreendendo 03 grandes sacos com objetos, possivelmente dos bandidos terroristas do atentado da maratona.
    Cedo ou tarde , todo mundo em cana!

  69. Jose Mario HRP said

    Inocentes pagam pelos crimes de governantes indecentes=EUA.

    [video src="http://stream.ig.com.br/v1/streams/a/62f/62f492b458ad4d32f9b8bcd38e29fbcb/2ff4af7244bcc7506ce69fc128963839.mp4" /]

  70. Pax said

    Caramba. Teremos nova guerra americana?

    Enviado via iPhone

  71. Patriarca da Paciência said

    Mais um abilolado que endoidou:

    “Colunista do Globo (Merval) diz que Henrique Capriles é o vencedor moral da eleição venezuelana deste domingo e afirma que a vitória com apenas dois pontos de vantagem de Nicolás Maduro garante ao chavista apenas três anos de mandato; depois disso, ele sugere um referendo revogatório.”
    (blog 247).

    Sobre esse atentado nos Estados Unidos, só tenho a lamentar. Triste, muito triste mesmo!

    O povo norte-americanos é um grande povo e não merece viver sob o constante stress do terrorismo!

    Considero um embrulho tão grande quanto o embrulho Israel/Palestina.

    Não vejo nenhuma perspectiva de solução.

  72. Jose Mario HRP said

    Se o Estanislau Ponte Preta estivesse vivo poderia fazer um livro cômico com todas as asneiras do Merval.
    Eita sujeito ridículo!
    E o Ayres Brito ainda prefaciou o livro do sujeito!
    Jose Mario , hrpman@yahoo.com.br

  73. Jose Mario HRP said

    Um pouco de poesia e candura em meio ao caos:

  74. Jose Mario HRP said

    Sorry….

    http://www.nytimes.com/slideshow/2013/04/15/us/20130416_EXPLOSION-6.html?_r=0

  75. Michelle 2 said

    Rolf Kuntz…O CIRCO BRASIL

    O espetáculo mambembe do crescimento ainda se completa com cenas grotescas de avacalhação da máquina governamental. O número de ministérios aumenta, mais uma vez, para a acomodação de aliados, e mais estatais de valor muito duvidoso são criadas. O loteamento continua, com a participação de siglas e de líderes partidários afastados na faxina encenada em 2011. Mas uma boa parte do distinto público aplaude como se assistisse a um espetáculo de classe mundial.

    leia mais:

    http://blogs.estadao.com.br/rolf-kuntz/?doing_wp_cron=1366063714.8935561180114746093750

    em seguida:
    LULA PRIVATIZOU A SI MESMO, por Guilherme Fiúza

    http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2013/04/15/lula-privatizou-si-mesmo-por-guilherme-fiuza-493404.asp

  76. Pax said

    Mais uma noite sem assalto — Ufa!

    Que saco viver assim.

    E o Alckmin no Twitter? Nada. E alguma investigação, algum policial, algum investigador, sobre o que aconteceu aqui? Nada. E alguma alteração sobre a questão da PM (190 – GPS desatualizado) chegar mais rápido, ao menos saber onde os logradouros estão? Nada.

    É que Geraldo Alckmin é pior que os outros governadores? Não, ele é a mesma porcaria de todos.

    A questão é que Alckmin alardeia pra todo lado que SP é ótimo em Segurança Pública e blá blá blá…. E o que vemos é um absoluto fracasso.

    Em SP e em todos os estados brasileiros.

    Li algumas notícias e análises sobre a Venezuela. Nem quero me aprofundar e declarar simpatias ou antipatias por a ou b, nada disso. Mas, independente de qualquer posição há uma realidade lá que se aproxima com a nossa:

    A violência é um dos principais problemas do povo venezuelano.

    O Brasil está falindo neste sentido, piorando a cada dia. Não há uma viva alma de bem que possa afirmar que se sente seguro nas cidades ou nos campos brasileiros.

    Uma montanha de bandidinhos, bandidos e bandidões livres, leves e soltos e os cidadãos cada vez mais acuados e a qualidade de vida, neste sentido, piorando dia após dia.

    Estivesse eu nos sapatos de Joaquim Barbosa colocaria imediatamente em pauta, para o plenário, a decisão sobre conceder mais tempo aos réus condenados do mensalão para análise dos votos e apresentação de recursos.

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/04/1263924-ministros-do-stf-apoiam-pedido-de-reus-do-mensalao.shtml

    É o mínimo que se pode esperar. Se a decisão ficar somente em suas mãos, Joaquim Barbosa estará dando um largo passo contra sua imagem de equilíbrio e capacidade de aceitar outras opiniões e posições, essencial para qualquer pessoa que se dedique a profissão de julgar os outros.

    Falo como absoluto leigo, somente usando a lógica como argumento.

    Boston: quem fez os atentados tem requintes de covardia e crueldade inacreditáveis. No meio do povo, panelas de pressão cheias de pregos e bilhas, crianças, velhos, inocentes…

    é o fim da picada.

    Aqui vivemos medos diferentes, mas lá os gringos também não dormem bem esses dias.

    Aqui temos as dores do subdesenvolvimento, da corrupção, da ineficiência e falência do Estado, da desproteção do cidadão etc.

    Lá são as dores do império. E todos que foram e são impérios têm inimigos. Muitos.

  77. Otto said

    A IRRESPONSABILIDADE DE CAPRILLES

    Capriles está confirmando a lendária má fama da direita venezuelana com suas palavras e ações irresponsáveis.

    Na confusão que ele está armando por não aceitar a derrota nas urnas, venezuelanos estão morrendo.

    Capriles chegou perto, mas perdeu. Seu adversário na recente disputa pelo governo do estado de Miranda não teve o mesmo comportamento destrutivo ao ser batido por apenas 45 000 votos.

    Os Estados Unidos, sempre de olho no petróleo venezuelano do qual desfrutaram por tantos anos enquanto a população local era reduzida à pobreza extrema, se apressaram em incentivar Capriles.

    Para sorte dos venezuelanos, hoje existe contraponto à pressão americana entre os vizinhos da Venezuela.

    Lula, com acerto, disse que os americanos deviam parar de se meter na vida alheia. Obama mesmo, no voto popular, venceu Romney por uma diferença porcentual parecida com a obtida por Maduro.

    E ninguém sugeriu que os americanos recontassem os votos.

    A postura de donos do mundo causa mais e mais engulhos planetariamente. Na era da internet, correm o mundo as informações sobre as reais motivações americanas com sua predadora política externa.

    Quem acredita nos campeões da liberdade acredita em tudo, para usar a grande expressão de Wellington.

    Os americanos cometem mais um desatino ao se alinhar às encrencas de Capriles.

    Capriles teve tudo para ganhar, esta é a verdade. Mas não ganhou. Os chavistas sem Chávez, para usar uma comparação futebolística, eram como o Barcelona sem Messi.

    E ainda assim Capriles perdeu – em eleições chanceladas por Jimmy Carter e acompanhas por observadores internacionais de reputação irreprochável.

    Recontagem de votos, como ele exige? Ora, quem garante que numa recontagem o poderoso grupo de interesses que ele representa não promova alguma fraude? E então seria a vez de Maduro exigir a recontagem da recontagem. A exigência de Capriles — além do mais covarde, porque é inimiginável que ele a fizesse perante Chávez — é uma insanidade. Levaria a Venezuela a contar votos em vez de trabalhar para resolver tantos problemas.

    Sem o charme e o carisma de Chávez, sem a sua presença para orientá-lo, sem experiência em palanque, sem traquejo político, Maduro ganhou uma disputa que, a rigor, tinha tudo para perder.

    Ganhou por causa da semente da justiça social legada por Chávez.

    Agora, seu desafio, como legítimo presidente, é cuidar que essa semente não se perca.

    Paulo Nogueira

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/capriles/

  78. Patriarca da Paciência said

    “Capriles chegou perto, mas perdeu. Seu adversário na recente disputa pelo governo do estado de Miranda não teve o mesmo comportamento destrutivo ao ser batido por apenas 45 000 votos.”

    Muito interessante!

    Seguindo os ditames do Merval, o grande legislador universal, o Capriles tem direito a, no máximo, dois anos como governador!

    Depois há que se fazer um “plebiscito revogatório”, segundo ainda, o grande legislador universal, o Merval.

  79. Jose Mario HRP said

    A educação demonstrada por nossos mais xucros! asininos!

    Isso aí andou pedinchando o cargo nos gabinetes de Brasilia!

    Criamos um monstro troglodita Jose mario hrpman@yahoo.com.br

  80. Patriarca da Paciência said

    “Fenômeno Campos” cada vez mais parecido com “fenômeno Serra”.

    Ciro Gomes é um político “do caralho” mas tem umas boas tiradas:

    “Está bom mas podemos fazer melhor? Isso é conversa de marqueteiro. O Brasil precisa de debate profundo de ideias”, disse. “O PSB não tem ideia nenhuma, pelo que eu saiba”, disse, ponderando que Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (Rede), outros possíveis candidatos em 2014, também não.
    Ciro diz que Campos é o mais preparado dos três. “Mas é zero de ideia.” Afirmou ainda que o governador “faz um discurso também reacionário quando vai conversar com empresários reacionários de São Paulo”. “Vamos disputar com a Dilma pela direita?” (Folha)

  81. Pax said

    Além de canalhas são cagões mesmo…

  82. Pax said

    Hoje de manhã, como sempre, ouvi a Band News FM. O âncora, Boechat, soltou o verbo. Algo mais ou menos assim (precisa confirmar, estava com um ouvido no rádio e outro no ladrão):

    “todos sabem que, com todas minhas críticas, acho que o Chavismo foi bom para a Venezuela …
    “todos sabem minha opinião sobre Lula, Dilma, os políticos etc…
    “todos sabem que com todas minhas críticas ao Lula… mas o governo foi melhor que todos os antecessores…

    Estou na correria aqui, se alguém achar este “editoria” no rádio vale a pena dar uma ouvida.

    Fiquei espantado com a declaração. Não sabia que ele tinha essas opiniões sobre o Chavismo e o Lulismo.

  83. Pax said

    Ainda bem…

    G1 – Política ‏@g1politica 4m
    Por 8 a 1, Supremo dobra prazo e dá 10 dias para recursos no mensalão http://glo.bo/11imR8U

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: