políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Metrô SP: vício de ilegalidade

Posted by Pax em 04/12/2013

MP pede suspensão de contratos de reforma de 98 trens do Metrô de SP

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil

São Paulo – O Ministério Público (MP) do Estado de São Paulo pediu hoje (3) a suspensão imediata de dez contratos de reforma de 98 trens do Metrô de São Paulo, que totalizam R$ 2,5 bilhões. De acordo com o MP, os contratos estão com vício de ilegalidade. A recomendação administrativa foi entregue ao Metrô, que tem 30 dias para apresentar providências. Os contratos foram assinados entre os anos de 2008 e de 2010.

“Uma das empresas envolvidas na licitação, e que também trabalha na reforma dos trens, recentemente fechou um contrato com o Metrô de Nova York. E os trens novos lá de Nova York vão ter um preço menor do que os trens reformados aqui”, disse o promotor do caso, Marcelo Camargo Milani.

De acordo com o MP, três trens reformados já entregues ao Metrô, e já em funcionamento, foram pivôs em acidentes nos últimos anos: em 1º de dezembro de 2012 (quando um trem andou sozinho na Estação Jabaquara e colidiu com outro); em 5 de agosto de 2013 (uma composição descarrilou na Linha 3 – Vermelha devido a um problema em uma peça); e em 16 de maio de 2013, (quando ocorreu, na Linha 3 – Vermelha, a colisão entre dois trens).

“Três acidentes em trens reformados do Metrô. É mais um indicativo no sentido de que essa reforma tem sido danosa para o metrô e para os cofres públicos de maneira geral”, disse o promotor.

Segundo o MP, os contratos de reforma dos 98 trens do Metrô de SP têm indícios de que houve irregularidade nas licitações para a escolha das empresas que fariam o serviço: Nos contratos, sempre uma única empresa se candidatava a ganhar a licitação. “Nos contratos principais não houve competitividade, ou seja, nas licitações apresentadas contaram apenas com um concorrente e uma proposta, que é a vencedora”, destacou o promotor.

O MP ressalta ainda que há indicativos que não houve vantagem para o erário na decisão pela reforma em vez da compra de novos trens. Também há indícios de que houve o fracionamento, em dez contratos, da contratação do serviço na tentativa de esconder o valor total do contrato.

“A questão é de se saber por que reformar um trem de 40 anos, qual a razão disso. Todas as outras grandes cidades que têm trem, o trem não dura todo esse tempo. É material de sucata. Você faz um novo. Não existe fora da cidade de São Paulo nenhum outro caso de reforma de trem”, disse o promotor.

“Para nós isso é um prejuízo ao erário evidente. Eu reputo que isso é um escândalo total e um prejuízo absurdo para os cofres públicos. É por isso que estamos propondo essa suspensão ao Metrô”, acrescentou o promotor.

A reportagem entrou em contato com o Metrô de SP mas, até o fechamento da matéria, não houve resposta.

Anúncios

155 Respostas to “Metrô SP: vício de ilegalidade”

  1. Jose Mario HRP said

    Metro e trens de Sampa: um buraco negro sem fim!

  2. Otto said

    Alstom: Promotoria da Suíça encontra conta “Neves”, e agora?

    http://www.novojornal.com/politica/noticia/alstom-promotoria-da-suica-encontra-conta-neves-e-agora-03-12-2013.html?utm_source=novojornal&utm_medium=twitter

    Será por isso que Aécio saiu tão atabalhoadamente disparando contra a investigação?

  3. Patriarca da Paciência said

    Otto,

    é o tal “balaio de siri”. Será que escapa alguém? E estão esquecendo do helicóptero com meia tonelada de cocaína. Mas isso é apenas um “bico” do piloto. Imagina só, se é apenas um “bico” então o cara é de alta patente mesmo!

  4. Patriarca da Paciência said

    O novo ídolo da direita raivosa:

    “Se mata então”, disse Lobão à sua mãe antes de suicídio

    Lobão foi um dos entrevistados do Programa Amaury Jr. desta sexta-feira (16). O cantor falou sobre suas polêmicas, sobre drogas e o suicídio dos pais.

    “O problema deles é que eles se mataram. Foi ela (a mãe) quem errou”. Depois de 16 tentativas de suicídio e das cobranças que ela fazia para o cantor mudasse de vida, ele confessou que exigiu dela: “chega de ficar me ameaçando. Se mata então”.

    Na conversa, Lobão não escondeu sua experiência com as drogas: “Tudo que quis cheirar, eu cheirei”, disse ele. Na época que mais usou cocaína, o cantor citou um exemplo do auge da loucura. “Uma vez sequei o frigobar do hotel de tanto beber e depois procurava resto de cocaína no tapete”, confessou.

  5. Jose Mario HRP said

    O fracassado Lobão, english loser tipico, como teve sua carreira artistica finda, agora vive de escadalos e fofocas, como o velho Caetano V.~.~.~.~.

  6. Otto said

    De O cafezinho:

    “O escândalo dos trens paulistas acontece há meses. Há confissões, documentos, auditorias, investigações já prontas feitas em outros países. Não há nenhuma necessidade de se apelar para “domínio do fato”, ou condenar alguém porque “assim a literatura me permite”. No entanto, a Globo, e nenhum outro órgão de imprensa, mandou ninguém à Suíça, onde acontecem as principais investigações sobre as empresas Siemens e Alstom.

    Entretanto, foi só alguém descobrir que um sócio do hotel onde Dirceu vai trabalhar é do Panamá que a Globo mandou uma equipe para lá e, no dia seguinte, exibiu reportagem no Jornal Nacional.

    Dirceu não tem nada a ver com os proprietários do hotel, quanto mais com os sócios do Panamá. Ele só vai trabalhar no estabalecimento, como poderia trabalhar em qualquer outro. Ele precisa trabalhar em algum lugar para reduzir a sua pena, e, como se viu, qualquer empresa que o empregar sofre risco de ser devassada impiedosamente pela mídia.

    Ontem, ficamos sabendo que o Ministério Público descobriu que somente uma reforma de trens paulistas, durante a gestão Serra, superfaturou R$ 1 bilhão…

    E a Suíça continua lá, intocada por repórteres brasileiros. Se o Dirceu fosse trabalhar numa firma onde houvesse um sócio com 0,1% das ações morando na Suíça, já haveria um batalhão de jornalistas investigativos desembarcando em Zurique.

    Como não tem, o Panamá é mais interessante…”

    – See more at: http://www.ocafezinho.com/2013/12/04/globo-nao-mandou-ninguem-a-suica-prefere-o-panama/#sthash.FJqy3gwu.dpuf

  7. Pedro said

    Discordo de muita coisa que ele escreve. Mas, esta é difícil não concordar:

    “Que vocação tem esse José Dirceu, não é mesmo! Chega a ser espantoso. Tanto lugar para trabalhar! Tantas ONGs que cuidam de carentes, às quais ele poderia se dedicar. Tantas causas nobres há na praça, a requerer o entendimento superior de um homem com a sua estatura. Mas quê… Ele foi logo arrumar emprego num hotel, cujo sócio majoritário até ontem era um pobretão panamenho, que confessa ser laranja de uma empresa que pode atuar livremente num país cuja legislação permite a mais desbragada lavagem de dinheiro. “

  8. Pedro said

    O MP diz que sairia mais barato comprar trens novos do que reforma-los. Poha, só isto já chega pra botar uma meia duzia na cadeia.

    É irritante, tudo neste país está saindo mais caro.
    Até reforma sai mais caro que novo.
    É o custo propina.

  9. Otto said

    É o custo tucano!

  10. Otto said

    O Jornal Nacional da TV Globo foi até o Panamá procurar saber o controle acionário do hotel privado que ofereceu emprego a José Dirceu, mas não foi até o gabinete do promotor Marcelo Milani, no centro de São Paulo, como fez a TVT, para ouvir o que ele tinha a dizer sobre o rombo de quase R$ 1 bilhão no Metrô de São Paulo.

    http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2013/12/alckmin-e-serra-batem-recorde-de.html

  11. Pax said

    Caro Pedro,

    Quem disse isso que você trouxe no #7?

    Caro Otto,

    Mas que mimimi, que chororô danado. Até parece que você quer com essas reclamações (mimimi, chororô etc) que esta mídia tradicional mude. Não vai mudar. E, haja vista estes que vocês trazem, blogs e outros veículos simpáticos do governo, esta mídia tradicional ainda terá séculos à frente.

    Esse tal cafezinho, miguel do sei la o quê, esperava que a Globo mandasse alguém lá na Suíça levantar contas da Siemmens, na França pra levantar coisas da Alston etc? É muito governismo, pra não dizer amadorismo.

    A Globo, a Folha etc estão cometendo crime neste caso? (investigar um e não investigar outro)

    Não. De novo: NÃO! Estão sendo o que são, que sempre foram e sempre serão.

    E o coitadismo de sempre, o pobre Dirceu, um sujeito que mal pode se defender, perseguido pela mídia malvada, pobrezinho, descobriram que vai trabalhar para o laranjal internacional, e que a santa ANATEL – onde ele, Dirceu, sempre teve influência – arrumou uma anteninha na paulista pro coitadinho do laranja etc etc.

    É, de novo, muito amadorismo pra minha cabeça.

    Tadinho do coitadinho do pobrezinho do Dirceu, o perseguido…. pois, sim.

  12. Otto said

    Coitadinho também de Sócrates, Jesus, Dreifus…

    “NÃO! Estão sendo o que são, que sempre foram e sempre serão.” Isto é, golpistas.

    Eu sei que esta mídia não vai mudar. Mas aí está a função da blogosfera independente: apontar que o rei (isto é, a velha e venal mídia gorda) está nu.

    E o Miguel do Rosário já fez grandes furos! Além de ser um cara culto, manjando de literatura, cinema e política, e ter um texto saboroso, bem trabalhado, um verdadeiro jornalismo literário versão 2.0.

    No stress, velho Pax.

  13. Pax said

    Caro Otto,

    Quando Miguel do Rosário escreve um parágrafo desses aqui:

    Dirceu não tem nada a ver com os proprietários do hotel, quanto mais com os sócios do Panamá. Ele só vai trabalhar no estabalecimento, como poderia trabalhar em qualquer outro. Ele precisa trabalhar em algum lugar para reduzir a sua pena, e, como se viu, qualquer empresa que o empregar sofre risco de ser devassada impiedosamente pela mídia.

    Parece que ele tira seus leitores como crianças ouvindo histórias da carochinha. Desculpe-me a absoluta sinceridade. Olha o mundaréu de absurdos e fantasias que me ocorrem, num só parágrafo:

    1 – “Dirceu não tem nada a ver com os proprietários do hotel, quanto mais com os sócios do Panamá”: Quem, em nome da santa lógica, sabendo da capacidade intelectual e poder que Dirceu (teve e ainda tem, muito), acha que o tal advogado competente, cara que determinou rumos para o país (para o bem, mesmo que enfiando o rabo na lama, e para o mal) acredita que este emprego não foi muito bem planejado? Você acha que Dirceu é um cara como você e eu, que um amigo se lembra e diz: “poxa, aquele meu amigo está precisando de um favor, o conheço a tantos anos, etc, vou lá ajudar meu amigo neste momento”. Não, caro Otto, não é assim que funciona lá em cima. Não mesmo. E não existe papai noel, coelhinho da páscoa e todas essas fantasias. Mas Miguel do Rosário acha que se ele escrever eu tenho que acreditar. Ok. Deixa ele achar.

    2 – “Ele só vai trabalhar no estabelecimento, como poderia trabalhar em qualquer outro”. De novo, até parece que eu caio nessa. Não, caro Otto, vai trabalhar num lugar que não tem nada a ver com o que ele faz, nem com sua profissão, vai ser gerente de hotel. Dirceu é advogado e político. Gerente de hotel mexe com assuntos bem diferentes destes universos. É com marketing, vendas, taxa de ocupação, contratos de parcerias com empresas, contratos de allotment (acho que é assim que se escreve) com empresas aéreas e outras do tipo, venda de espaços para eventos, tecnologia (TV, internet, sistemas de gestão de hotel), recepção, checkin, checkout, faturamento (diárias, serviços – lavanderia e outros, produtos do frigobar), bar, restaurante, serviços de quarto, gestão de recursos humanos, etc etc. Tem nada com nada com o que Dirceu, por tudo que se sabe, trabalhou até hoje em dia. Nos permite dizer que pode ser que tenha arrumado um emprego onde há conforto, espaço para continuar fazendo política, o que não é crime, e faturar o dobro da média de um gerente de hotel. E, excelente advogado que é, como vocês me dizem, com certeza, um cara lotado de experiência, claro que sabia quem era o dono, quem eram os acionistas, que outros negócios essa turma tem etc etc. Qualquer advogado chave de cadeia de 25 anos, se não for estúpido ou tenha QI abaixo de Forest Gump, faria isso. Dirceu se “enganou”? Se “precipitou”? É isso que o Miguel do Rosário quer que eu acredite com esse texto?

    3 – Onde o texto do Miguel do Rosário acerta, neste parágrafo, é “qualquer empresa que o empregar sofre o risco de ser devassada impiedosamente pela mídia”. Claro que sim. E até parece que o coitado do indefeso do principiante Zé Dirceu não sabia disso.

    Então, caro Otto, estou sem estresse algum querendo te mostrar que, se queremos opções para a mídia que temos, devemos exigir que as novas que surjam tenham, sim, muita qualidade. Mais qualidade que torcida. E se conseguir qualidade, que coloque sua torcida.

    Quem, por exemplo, faz isso com enorme, tremenda competência, é o Ricardo Kotscho, que vocês todos sabem muito bem que admiro.

  14. Otto said

    Olha, Pax, o Dirceu não é obrigado a conhecer a composição societária e uma empresa que o vai contratar, por mais importante que ele tenha sido.

    Para essa imprensa farisaica vale aquela advertência de Jesus aos doutores da Lei: coam um mosquito e engolem um camelo.

    O camelo é o trensalão, a máfia do ISS, e o helicóptero do pó, só pra falar de temas recentes…

    Aliás, a Globo cobra uma coisa que não faz:

    “Desafio o Jornal Nacional a fazer com a Globo Overseas reportagem como a que fez sobre o hotel onde José Dirceu vai trabalhar.”

    http://blogdomello.blogspot.com.br/2013/12/desafio-o-jornal-nacional-fazer-com.html

  15. Pax said

    Caro Otto,

    Um dos homens mais poderosos da república, preso em regime semi-aberto, querendo trabalhar para não passar o dia num presídio, por melhor que seja este presídio, que sabemos não existir no Brasil(e com todo e absoluto direito neste desejo!!!), com uma imprensa poderosa em cima, não é obrigado a conhecer a composição societária da empresa que o contrata?

    Data máxima vênia!

    Aqui todo cuidado é muito pouco. Dirceu deveria procurar uma empresa dessas modernas e grandes, que não tem caixa 2 não porque não querem, mas porque sabem que o caixa 2 acaba se tornando não administrável e o custo dos desvios internos acabará sendo ainda maior que os impostos não pagos. As empresas, no Brasil, que são grandes e optam por não ter caixa 2, raras, não o fazem porque são bonitinhas e cheirosas, porque a índole de seus sócios é a melhor possível (até tem, umas raridades fora da curva). Essas empresas já tiveram tanto roubo interno das contas 2 que desistiram desse rumo. Acredite, é assim.

    E, mesmo assim, mesmo se Dirceu tomar essas precauções, depois de levantar a ficha corrida não só da empresa, como de todos os sócios, um por um, detalhe por detalhe, amante por amante, até multa de trânsito. Se algum dos sócios tiver uma foto mijando numa praça pública com 18 anos, com colegas da faculdade, vai dar notícia em primeira página em O Globo, no JN, na Folha, no Estadão etc. Tens dúvida disso?

    —-

    Jornal Nacional investigar a Globo Overseas? (nem sabia que existia essa…)

    Estão querendo que o Castor de Andrade investigue o jogo do bicho no Rio? Parece-me desejo similar.

  16. Otto said

    Não conhecia a Globo Overseas, a empresa laranja da Globo criada pra sonegar impostos? Você precisa ler mais os blogs sujos… rsrs

    Quanto ao Dirceu, você mesmo disse: não querem que ele trabalhe. Isto é vendeta desta empresa que cresceu na ditadura por meio de transações nebulosas e heterodoxas, pra dizer o mínimo…

    Quanto ao JN investigar a Globo, este foi um recurso argumentativo irônico, apenas pra mostrar que este jornalixo não tem moral nenhuma…

  17. Chest said

    Mas será que não entenderam que o Dirceu é sócio desta porqueira?

  18. Patriarca da Paciência said

    “EXCLUSIVO _ Documentos oficiais obtidos pelo 247 mostram que Grupo Abril vendeu operação da TVA em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba para o mesmo grupo estrangeiro que comprou, em Brasília, o hotel Saint Peter; a Compor, que arrematou as concessões de tevê de Giancarlo Civita, é controlada pela Truston, panamenha; a Truston tem como auxiliar José Euguenio Silva Ritter (à esq.), que vem a ser o ‘proprietário’ do hotel que ofereceu emprego para José Dirceu, ex-presidente do PT; conexão Panamá tem mesmo coloração ideológica ou é apenas um atalho comercial legalizado?; politização da normalidade; fac-similes 264”

    E agora?

    Será que não é a Abril do reinaldo rola-bosta e do augusto boçal canalha nunes, não tinham um parceiro melhor para “fazer negócios?”

    Acho que a coisa está complicando cada vez mais!

    Ou melhor, agora que começou a aparecer a truta por baixo do angu!

    Carlinhos Cachoeira foi co-editor da “óia” por longos anos”

  19. Jose Mario HRP said

    Roubalheira de BI! em Sampa, e a Globo/Foia/Estadinho preocupados com o Cardozo!
    Tucano rouba dez, 17 anos, mas o problema é o Dirceu,,,,,,,,,,,,,,,,,
    Isso é que é coitadismo!
    E esqueci os ajudantes do Cerra e do Kassab, na “fiscalização” da prefeitura!
    Dessa fica uma pergunta:
    Porque esse tipo de ladrões adora se amaziar, ter filhos, com putas?

  20. Jose Mario HRP said

    Lobista diz a tucano como arrumar verba para obra da Alstom

    Em 2006, Fagali aconselhou Aloysio Nunes sobre financiamento de linha do Metrô tocada por consórcio do qual empresa era integrante
    Cópia de e-mail em posse da Polícia Federal mostra que Jorge Fagali Neto, apontado como lobista da multinacional francesa Alstom e intermediador de propinas, fez sugestões, no fim de 2006, sobre como o governo estadual deveria agir no setor metroferroviário ao tucano Aloysio Nunes Ferreira, então coordenador da campanha de José Serra (PSDB) ao comando do Estado.

    Veja também:
    Mensagem era ‘alerta’ sobre proposta eleitoral, diz senador
    Ex-diretor aponta problemas em contratos em vigor

    Uma dessas sugestões – a busca de dinheiro externo para obras de uma linha do Metrô – acabou concretizada depois de Serra ser eleito e Aloysio assumir a Casa Civil do Estado. A obra foi tocada por um consórcio que tinha a Alstom como sócia.

    Anexada nos autos da investigação sobre o cartel de trens suspeitos de atuar nas gestões do PSDB entre 1998 e 2008, a correspondência é de 26 de setembro daquele ano eleitoral. Faltavam cinco dias para a votação e as pesquisas demonstravam que Serra venceria no 1º primeiro turno, o que de fato ocorreu.

    Na ocasião, além de coordenar a campanha de Serra, o hoje senador Aloysio era secretário de Governo de Gilberto Kassab (PSD) na prefeitura paulistana.

    Fagali é um dos 11 indiciados pela Polícia Federal por suspeita de ilegalidades envolvendo contratos de energia da Alstom com o governo estadual. Os investigadores afirmam que ele cometeu os crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Fagali nega.

    Antes de se transformar em consultor do setor metroferroviário, no qual a Alstom também atua e é suspeita de formar cartel, ele havia sido secretário de Transportes do governo Luiz Antonio Fleury Filho por um ano: em 1994. Fagali sucedeu no cargo justamente Aloysio, que foi secretário de Transportes de Fleury entre 1991 e 1993. Ou seja, Fagali e Aloysio se conhecem “há muitos anos”, nas palavras do próprio senador tucano, segundo quem o e-mail de 2006 foi apenas um “alerta de um amigo” sobre a situação do setor metroferroviário naquele momento.

    O irmão do consultor, José Jorge Fagali, foi escolhido por Serra para presidir o Metrô, estatal do governo, cargo que ocuparia entre os anos de 2007 e 2010.

    Fagali, o consultor que mandou o e-mail com as sugestões para Aloysio, está hoje com os ativos bloqueados na Suíça. São US$ 6,5 milhões travados pela Justiça do país europeu por suspeita de lavagem de dinheiro.

    Mensagem. No e-mail, Fagali sugeriu, entre outras coisas, que Aloysio acionasse o Banco Mundial para angariar recursos para a Linha 4-Amarela do Metrô. “Para a linha 4, acredito ser possível um aditamento ao contrato do Banco Mundial”, escreveu o consultor no e-mail.

    Em abril de 2008, no segundo ano da gestão Serra, o governo assinaria com o Banco Mundial, conforme sugerido pelo consultor, um aditamento de US$ 95 milhões ao contrato de US$ 209 milhões de 2002 para a construção da linha 4-Amarela do Metrô.

    O dinheiro extra foi usado para obras de ampliação da linha e aquisição de equipamentos, como trens e trilhos. Responsável pela construção da Linha 4, o consórcio Via Amarela tinha entre seus sócios a Alstom. A multinacional francesa forneceu toda a infraestrutura dessa linha do Metrô, como sistema de alimentação de energia e sistemas de controle e de comunicação.

    Denunciante. O e-mail de Fagali ao tucano chegou às mãos da Polícia Federal por meio de uma ex-funcionária do consultor chamada Edna da Silva Flores. Ela foi secretária pessoal de Fagali entre 2006 e 2009 e prestou depoimento aos federais no dia 9 de outubro passado.

    Edna disse que “Fagali trocava e-mails com Aloysio Nunes acerca de licitações de metrô em SP”. Ainda em seu depoimento, a ex-funcionária de Fagali fala da amizade do consultor com outros políticos, como Serra. Segundo relatou Edna, Fagali era “muito amigo” do tucano. “Jorge Fagali Neto (…) viajou com Serra para o Japão com a finalidade de tratar de assuntos financeiros do metrô de São Paulo”, disse no depoimento anexado aos autos da polícia.

    Por meio de sua assessoria de imprensa, Serra afirmou que viajou uma única vez ao Japão, na década de 1990, quando era ministro do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e que jamais foi ao país asiático com Fagali para tratar de assuntos do Metrô de São Paulo.

    Edna também relatou ao delegado a relação de Fagali com os irmãos Arthur e Sérgio Teixeira, também consultores apontados como intermediadores de propinas do cartel de trens. Sérgio já morreu e Arthur está indiciado sob suspeita de atuar ilegalmente para as multinacionais do setor metroferroviário. “Fagali tinha contato quase diário com Sergio Teixeira e Arthur Teixeira.”

    Em outra parte do inquérito, há um relatório não assinado, mas escrito em abril deste ano pelo ex-diretor da Siemens Everton Rheinheimer, em que Aloysio é citado como sendo próximo de Teixeira. No mesmo relatório, o ex-diretor da empresa alemã sugere que o chefe da Casa Civil do governo Geraldo Alckmin, Edson Aparecido, foi destinatário de propina. Aparecido chama a acusação de “absurda”.
    .

  21. Jose Mario HRP said

    Crédito/foto: Divulgação/MME

    Vermelho
    “Luz Para Todos é exemplo a ser seguido”, declarou o secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon. O secretário-geral participou de reunião do Conselho Consultivo sobre a iniciativa Energia Sustentável para Todos, realizada no dia 27 de novembro.

    A metodologia e as conquistas do programa “Luz para Todos” foram apresentadas na reunião da ONU pelo Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Em sua intervenção, aplaudida por Ban Ki-moon, o ministro brasileiro disse que a iniciativa está provocando “uma verdadeira revolução no campo, com a chegada da energia elétrica e todos os benefícios que ela proporciona”.

    O secretário-geral elogiou as conquistas do programa brasileiro “Luz Para Todos”, que este ano atingiu a marca de 15 milhões de pessoas beneficiadas. Segundo Ban Ki-moon, iniciativas como a do Brasil servem de exemplo para as demais nações: “Agora precisamos que outros sigam e construam exemplos como esses”, acentuou.

    As Nações Unidas e o Banco Mundial anunciaram, na ocasião, um esforço concertado por parte dos governos, agências internacionais, sociedade civil e o setor privado para aumentar o fornecimento de energia sustentável para todos.

    Na oportunidade, o presidente do Grupo Banco Mundial, Jim Yong Kim, ressaltou que o financiamento é fundamental para atingir esses objetivos. “Estamos começando [a iniciativa da Energia Sustentável Para Todos] em países onde a demanda pela ação é mais urgente”, disse. “Em alguns desses países, apenas uma em cada dez pessoas tem acesso à eletricidade. O momento para mudar isso é agora.”

    Da Redação em São Paulo
    com informações do Ministério de Minas e Energia
    http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=230753&id_secao=1
    Postado há 4 hours ago por Blog Justiceira de Esquerda

  22. Patriarca da Paciência said

    Balaio de siri:

    “247 obteve, com exclusividade, os registros de duas empresas abertas no Panamá pelos pais e pela irmã do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes; elas se chamam Conval Corporation e Vittenau Corporation; criadas em 12 de junho e 19 de junho de 2008, ano em que Paes se elegeu pela primeira vez, elas pertencem a Valmar Souza Paes, pai do prefeito, Consuelo da Costa Paes, a mãe, e Letícia da Costa Paes, a irmã; cada uma possui capital social de US$ 4 milhões, ou seja, US$ 8 milhões que equivaleriam a cerca de R$ 20 milhões no câmbio atual; agora pasmem: os contratos foram elaborados pelo escritório Morgan y Morgan e as empresas pertenceram a Jose Eugenio Silva Ritter, apontado pelo Jornal Nacional como dono do Hotel St. Peter, que ofereceu emprego a José Dirceu; será que o JN, de William Bonner, noticiará nesta noite as contas dos familiares do prefeito do Rio, um político que mantém ótimas relações com os irmãos Marinho?”

  23. Patriarca da Paciência said

    Bob Fernandes:

    “Maior cronista do Brasil, Luis Fernando Veríssimo declarou voto no PT por mais de uma vez. E, aos 77 anos, Veríssimo segue dizendo o que pensa. Outro dia ele escreveu:

    -Proponho o fim da hipocrisia no julgamento de casos de corrupção no país. Oficialize-se, já, dois sistemas de pesos e medidas diferentes. Um que só vale para o PT… e outro para os outros, principalmente o PSDB.

    Como previsível, aplausos de um lado da arquibancada. O outro lado da arquibancada vaiou. Ou fez que não leu. A proposta de Veríssimo provoca reflexão. E a imaginação.

    Imagine, cara amiga, caro amigo, que Genoino não está condenado à prisão. E que ele não é deputado, e sim senador.

    Imagine que Genoino e um dos seus filhos, que é deputado, têm um helicóptero. E que nesse helicóptero o piloto é preso, pela Polícia Federal, com 450 quilos de cocaína.

    Imagine a dimensão, o tamanho da repercussão. Já imaginou?”

  24. Otto said

    Patriarca:

    Bob Fernandes natou a pau!

  25. Elias said

    Interessante…

    O post é sobre uma mega-maracutaia tucana.

    Milhões de dólares de dinheiro público sendo torrados por serviços fictícios de reforma em trens de mais de 40 risonhas primaveras de existência, que, a propósito, continuam apresentando defeitos, colocando em risco a vida de seus incautos usuários.

    E os comentários, são sobre o quê?

    Sobre o Zé Desceu trabalhar no hotel de sei lá quem, sei lá onde…

    Ah, claro…! O que são milhões de dólares de dinheiro público gastos em serviços fajutados, quando isso é feito por aves de bico grande, diante do portentoso escândalo do hotel do sei lá quem, sei lá onde, em que o Zé Despencou pretende obrar?

    E nem foi necessário o Chesterton comparecer pra tentar desviar o assunto…

    Impressionante!

  26. Pax said

    off topic que já cansei de tanto mimimi, chororô e, porque não lembrar, de esperar os processos que o Cardozo prometeu… então, off topic:

    – ontem o Senado, essa casa de desvios, que produz tudo que não precisamos, decidiu que eu terei que limitar minha moto pra andar a 110 km / h. e que terei que usar um colete inflável, um air bag de corpo

    provavelmente tem algum senador montando empresa com limitador de velocidade para motos e venda de coletes

    sinceramente? porque mesmo continuamos bovinamente mantendo esse estrupício por lá? 81 congressistas, se não a totalidade uma maioria formada de traficantes de influência, de drogas, de venda de emendas parlamentares, de putas velhas e safadas, com poderes republicanos inacreditáveis, regalias de reis, de marajás

    e aí eu, a 110km/h, ou a 60 km/h, completamente bêbado, na contramão, mato teu filho, pai, mãe, ou você mesmo, e o Código do Processo Penal me dá uma pena de serviços comunitários porque os tais mesmos senadores, vagabundos sem vergonha, esqueceram que tem que reformar o CPP nestas questões.

  27. Pax said

    Caro Elias,

    Desta culpa não visto a carapaça.

    Não tenho feito posts sobre a cena das prisões, sobre a pauta do Dirceu, nada disso. Trouxe 1 post sobre a questão do STF/Joaquim Barbosa decidir executar as penas da AP470. Só. E pelo fato do blog se comprometer a acompanhar esta pauta.

    Este blog não alimenta isso, não. Desculpa aí, se o assunto é trazido, discute-se, sim, mas não alimento pauta definida pela grande mídia não.

    Que esta tua cobrança, que me parece precisa (em todos os sentidos) seja feita à mídia, ao Dirceu e a quem a alimenta.

  28. Patriarca da Paciência said

    Já de minha parte, eu não tenho a menor intenção de “esquecer” o fato de que José Genoino está recebendo um “tratamento” totalmente diferenciado em relação ao Roberto Jefferson e que José Dirceu foi condenado com base em uma teoria, ainda por cima, interpretada de maneira equivocada!

    Para mim são casos muitos graves e que não devem ser esquecidos. Jamais!

    Ou como diz o Érico Veríssimo, ” Proponho o fim da hipocrisia no julgamento de casos de corrupção no país. Oficialize-se, já, dois sistemas de pesos e medidas diferentes. Um que só vale para o PT… e outro para os outros, principalmente o PSDB.

    Que os nossos parlamentares votem logo uma lei estabelecendo claramente que o pessoal ligado ao PT deve ser julgado de um modo e “os outros” de outro.

    Pelo fim da hipocrisia!

  29. Pax said

    O blog tem um tema, que todos os raros que vem aqui sabem.

    E um dos nomes que não me sai da cabeça é, com certeza, um dos maiores ícones sobre o tema em questão: Valdemar Costa Neto.

    Que nunca aparece na mídia. Quem o colocou lá, em raras manchetes e pelo que me lembro, foram:

    – sua ex-mulher
    – a Rosemary Noronha e as Agências Regulatórias
    – o próprio mensalão

    Valdemar é dono do PR, foi da Arena, do PDS, do PL (olha os liberais aí…). Mas é dono do PR, que é dono do Ministério dos Transportes. Manda e desmanda no Porto de Santos e em muitos outros assuntos.

    Seja o governo que for, Valdemar estará lá.

    E quem anda com Valdemar, uma hora tem sua casa caída ao chão. É inevitável. Mas ele, Valdemar, desaparece. Some da mídia. Todos devem favores a Valdemar. Todos, tucanos, liberais, petistas, já se envolveram com Valdemar.

    Como disse, é um ícone de tudo que está muito errado na forma de governar e fazer política no Brasil, um par de Maluf, de Kassab e tantos semelhantes.

    Valdemar pegou semi aberto. E ninguém toca no assunto. Não duvido que nem apareça em presídio algum. Se não me engano pegou 7 anos, quase 8, escapou do fechado por pouco.

    Esperto, esse Valdemar.

    Idiota é quem anda com ele.

  30. Otto said

    Voltando ao tema do post, como lembrou o Elias, vejam esta:

    LOBISTA DA ALSTOM ENSINOU ALOYSIO A OBTER US$ 95 MI

    http://www.brasil247.com/pt/247/sp247/123052/Lobista-da-Alstom-ensinou-Aloysio-a-obter-US$-95-mi.htm

  31. Pax said

    Aqui tem a notícia no original, caro Otto (obrigado pelo alerta – cada comentário aqui faz um plim no meu email)

    http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,lobista-aconselhou-tucano-a-conseguir-recursos-no-exterior-para-obra-do-metro,1104437,0.htm

    Obs. Em todo o noticiário do Estadão que investiga corrupção tem sempre a assinatura do Fausto Macedo. Taí um jornalista que gosto.

  32. Zbigniew said

    Pax,
    o Valdemar é realmente um expoente.

    Mas vivemos tempos de hipocrisia no nível extremo. Chega a ser ridícula a cobertura da Rede Globo em cima da questão Dirceu e Genoíno. Os caras perderam qualquer respeito pela inteligência das pessoas.

    Enquanto se preocupam com os vinte mil que o Dirceu iria (ou vai) ganhar no tal do hotel, o que não falta é traficante ganhando rios de dinheiro atrás das grades do nosso belíssimo e eficientíssimo sistema carcerário.
    O que não falta é acordo entre o governo de São Paulo e o PCC para garantir a “paz” dos presídios.
    O que não falta é cocaína em helicóptero de senador amigo de candidato a Presidência da República, mas cuja culpa parece recair exclusivamente nas costas do piloto.
    O que não falta é conta na Suiça e Procurador engavetador para garantir a retaguarda dos grandes ratos dessa República.

    E aqui (no Brasil) nós a discutirmos o Dirceu e seus vinte mil por mês. Haja hipocrisia!!!

  33. Pax said

    Caro Zbigniew,

    O advogado dos Perrella afirma que ninguém da família será responsabilizado pelos 450 kg de pasta básica de pó que foram passear no helicóptero da família.

    É o Antônio Carlos Almeida, famoso Kakay, que defende todo mundo que está enrolado até o pescoço, lá nas bandas do planalto central.

    Agora o pior, que precisa ser olhado com cuidado: Kakay disse que esta informação é dos próprios delegados da PF.

    Veja aqui (desconheço maiores informações sobre O Tempo, de MG):

    http://www.otempo.com.br/cidades/ningu%C3%A9m-da-fam%C3%ADlia-perrella-ser%C3%A1-responsabilizado-diz-advogado-1.754535

  34. Zbigniew said

    Claro, claro, Pax.

    Não entendo bem toda essa ascendência que a oposição tem sobre algumas instituições importantes da República. É impressionante!

    Há um guerra surda nos bastidores do poder onde se pode distinguir que o PT possui a legitimação popular mas não consegue a imposição da atuação republicana das instituições.

    Neste âmbito o PT mantém a postura de início de governo e não parece querer “arriscar” uma mudança no sentido de bancar alterações significativas no status quo.

    De certa forma compactua com esse estado de coisas.

  35. Pax said

    Caro Zbigniew,

    Não sei se consigo ir tão longe neste teu raciocínio. Talvez, mesmo, não concorde com ele.

    Uma coisa é constatarmos um tratamento diferenciado que a mídia tradicional dá para notícias sobre este ou aquele lado. Outra é passarmos, daí, a achar que o partido da situação não consegue atuar nas instituições da república.

    Talvez, te provocando um pouco, seja adentrar pelo mesmo rumo de achar que o STF é formado por um plenário que quer dar um golpe de estado ou coisa assim, sem bater na tecla que a maioria absoluta dos ministros foram indicados por Lula e Dilma.

    Aqui não iria tão longe.

    Claro que gostaria de todas as explicações sobre o helicóptero, sobre os trens e metrô de SP, sobre o mensalão tucano e tudo que acompanhamos. Mas também não deixo de ficar curioso com as explicações que Dirceu terá que dar sobre essa boquinha que arrumou, sobre as tais antenas na Paulista, sobre o Eduardo Paes e empresas no Panamá e por aí afora.

    Me permito ficar como num ponto de observação distante, vendo como tudo, no fundo, parece-me bastante avinagrado, pra não dizer amerdalhado mesmo.

  36. Chest said

    http://ucho.info/jose-dirceu-pensa-que-a-papuda-e-uma-colonia-de-ferias-e-pode-provocar-intifada-no-sistema-prisional

  37. Chest said

    Ja mandatam os politicos tomarem no olho do c…….hoje?

    http://www.dm.com.br/texto/153922-reforma-aprovada-no-senado-pode-punir-comentarios-na-internet-ofensivos-a-polaticos-com-1-ano-de-prisao-e-r30-mil-de-multa

  38. Patriarca da Paciência said

    Reinaldo rola-bosta vivia xingando o Lula de “apedeuta” ( Por incrível que pareça, depois que ele recebeu o bem merecido título de rola-bosta, parou com a história.

    Mas vejam só, Lula agora tem 26 diplomas universitários. Quantos será que o reinaldo rola-bosta tem?

    “Lula está neste momento na Universidade Federal do ABC, onde acaba de receber seu 26º título de doutor honoris causa. A presidenta Dilma também veio prestigiar a cerimônia. Assista ao vivo: http://conteudo.ebcservicos.com.br/streaming/nbr

  39. Jose Mario HRP said

    De Nelson Mandela gosto de lembrar do dia de sua definitiva libertação.
    Um dia de júbilo, alívio e felicidade mundo afora, daqueles que , ontem como hoje, não podem aceitar, prisões inustas, déspotas, ditaduras e governos opressivos, de qualquer viés politico.
    Mandela vive, só está livre de ter que carregar esses nossos corpos toscos, está lá onde os homens/espiritos de muita luz vão após completar suas missões entre os de menos evolução.
    Mandela vive, só que bem mais próximo de Jesus, dos engenheiros de Magalhães e do todo poderoso.
    Viva Mandela e viva a Liberdade para todos nós.

  40. Jose Mario HRP said

    Obrigado Nelson!

  41. Patriarca da Paciência said

    É bem isso, caro HRP,

    bela homenagem no post 39.

    Concordo totalmente. Mandela era puro amor, bons sentimentos, solidariedade, compreensão e firmeza.

    Já o nosso Barbosão é pura soberba, rancor, ódio mesmo e megalomania.

    É uma pena que Lula, mirando-se num exemplo tão valioso como Mandela, tenha cometido um erro tão terrível quanto Barbosão!

  42. Pax said

    Todos nos sentimos um quê de órfãos com Nelson Mandela. Fica para a História com H.

  43. Patriarca da Paciência said

    http://esquerdopata.blogspot.com.br/2013/12/nao-confunda.html

    Não confunda Nelson Mandela com Joaquim Barbosa!

  44. Pax said

    Enquanto isso, aqui neste mundo…

    Valdemar (e outros) faz checkin na Papuda.

    Mas é quem é o Valdemar?

    As estradas no Brasil estão uma merda? Valdemar manda nelas. As ferrovias estão um bagaço? Valdemar manda nelas (Valec), nossos portos estão um atraso? Valdemar manda em alguns deles. O Ministério inteiro dos Transportes é, sim, dele! Caramba.

    E Lula? Dirceu? E porque não dizer: Dilma?

    Na miopia neoPetista, da tal governabilidade, essa que exige se misturar com Valdemares e similares, andam abraçados com sujeitos como esse.

    Um dia sua ex-esposa, depois de discordarem dos rumos mundanos e se separarem, afirmou que Valdemar chegou a gastar R$ 500 mil numa só noite em jogatinas em cassinos.

    Dinheiro que tudo nos leva a crer que não era dele, mas do povo. O mesmo que é traído, sim, quando Lula, Dirceu, Dilma e a tropa do poder se abraça com um cidadão desses, em nome, claro, da governabilidade, do pragmatismo político brasileiro.

    Ele, Valdemar, está em todas, quando era ditadura, ele estava com a Arena, quando era FHC, estava no partido liberal, quando na era Lula, criou e é dono do PR, que hoje comanda essa porcalhada toda.

    Quer falar em construtoras? Camargo Correa, operação Castelo de Areia? Valdemar está lá, está em quase todas.

    Cá fico me perguntando: valeu a pena? Vale a pena estar com Maluf, Kassab, Katia Abreu, Silas Malafaia, Garotinho, Cabral?

    Tô muito incomodado com isso tudo.

    Lula devia mesmo se mirar em Mandela, e deixar de andar agarrado no caminho do Sarney. Se bobear, a história com h que Lula deixará seu nome, será mais para esses que mandam e desmandam no Brasil que para aquele, Mandiba, que se foi.

    Ah, sim, Dirceu desistiu de ser gerente de hotel. Cardozo não abriu processo algum. E os tucanos estão voando livres, leves e soltos, incluindo nesta liberdade, as pautas da maior parte da grande imprensa.

    E lá se vão mais algumas antenas da Anatel para satisfazer alguns apaniguados deste modelão todo. Claro, minha internet fica para uma outra hora. Agora a prioridade é o pragmatismo que garanta a governabilidade.

    E, talvez, seja melhor eu me calar, os digníssimos parlamentares ameaçam que, se vocês ou eu, os xingarmos de corruptos filhos da puta, eu, administrador deste blog, serei processado.

  45. Chesterton said

    Lula agora tem 26 diplomas universitários.

    chest- é infindável a estupidez humana.

  46. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    acho que o maniqueísmo é o pior caminho a ser seguido – que o diga Mandela. Já pensou se Mandela só pensasse em se vingar de tudo que os “brancos” fizeram aos “negros”?

    Durante muito tempo a África do Sul teve um governo inteiramente fascista, com todas as letras! As pessoas podiam ou não podiam fazer determinadas coisas simplesmente em função da sua “raça”.

    Eu também não acompanho em nada a “trajetória” do Valdemar Costa Neta, mas do pouco que sei da vida, sei que é muito fácil uma história “pegar” sobre alguém, quando somos inimigos desse alguém.

    Não acredito em pessoas totalmente perversas! Será que o Valdemar é um agente do próprio Diabo?

    Do pouco que sei da vida, o que sei é que não tenho o menor direito de determinar quem merece ou não merece viver! .

  47. Pax said

    Caro Patriarca,

    Dê uma pesquisada em quem é Valdemar da Costa Neto, por onde ele passou, o que fez de bom para o país, para a sociedade brasileira etc.

    Se você achar alguma coisa boa, me conta.

  48. Pax said

    No Twitter da Agência Senado:

    “Mandela é um símbolo, e os símbolos não morrem”, diz Sarney.

    No Twitter do Alckmin:

    Geraldo Alckmin ‏@geraldoalckmin_ 13h
    Nossas orações a todo o povo da África do Sul. Mandela pregou paz e unidade nacional e desencorajou atos de violência

    Fico me perguntando se, em certas horas, não é melhor ficar calado. Senão vejamos:

    1 – Sarney também é um símbolo, ora bolas. Resta saber do quê.

    2 – Imagina o que deve pensar aquele jornalista que ficou cego com um tiro de bala de borracha sobre esse twitter do Alckmin?

    Sei não, de novo, tem horas que é melhor ficar quieto.

  49. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    o problema das alianças, ou “acordos” do governo é uma questão de princípios. Democracia é o regime da inclusão, nunca da exclusão!

    Um regime democrático tem que aceitar partidos de todas as colorações, desde que legitimamente eleitos pelo povo. O que não pode é se contaminar. Como disse o grande Ariano Suassuna, “o homem pode comer quantos hamburgers quiser, desde que não se torne um hamburger”.

    Foi aí o grande pecado do PT, ou seja, aceitar o “jogo” dos outros, o tal “caixa 2”! Mas também se não tivesse aceito, talvez nunca chegasse ao poder! É problema para várias teses de doutorandos em futuro próximo!

    Para mim, acho que os líderes do PT podem ter pensado assim, “se esse é o preço a pagar, tudo bem, vamos pagar o preço, mas colocaremos em marcha as reformas que o Brasil precisa”.

    Acontece que com a quebra do monopólio, os antigos oligarcas encararam o fato como uma questão de vida ou morte, o que talvez seja mesmo.

    E partiram para o tudo ou nada, contando com o grande trunfo que ainda lhes resta, ou seja, a “grande” mídia.

    E contando com pessoas que são ótimos profissionais nos assuntos de poder, logo descobriram os pontos fracos de algumas pessoas que poderiam ser “chaves” da estratégia, o Barbosão, por exemplo, sua “pavonice”, sua arrogância, sua soberba, sua megalomania e passaram a jogar com tais “trunfos”.

    Acho que o PT está pagando mesmo é por ainda ter muitos pontos vulneráveis, pouca experiência no jogo!

    O que me conforta é que nossa jovem democracia tem resistido galhardamente. Os “aloprados” que ainda falam que “os militares tem que abrir os olhos para isso” são cada vez mais minoria.

    Também a nossa economia não desaba mais com qualquer espirro internacional ou crise nacional.

    Ou seja, já evoluímos muito e achar que o Brasil de hoje está pior que ontem, não tem a menor sustentação nos fatos!

  50. Otto said

    Gente, voltando ao tema do post:

    “E agora, Serra?

    O ex-governador José Serra nega irregularidades, mas novos documentos obtidos por ISTOÉ mostram que a máfia dos trens, incentivada por agentes públicos, superfaturou contratos em quase R$ 1 bilhão durante sua gestão.”

    http://www.istoe.com.br/reportagens/338295_E+AGORA+SERRA+

  51. Otto said

    Querem agora cercear o direito de livre expressão de Dirceu…

    Como fizeram com Mandela.

  52. Otto said

    “Eu era chamado de terrorista ontem, mas quando saí da cadeia, muitas pessoas me abraçaram, incluindo meus inimigos (…) hoje sou admirado por essas pessoas que diziam que eu era terrorista”.

    Mandela

  53. Pax said

    Caro Patriarca, em #49

    Posso concordar com você, mas somente em partes.

    Quando você toca em princípios fico incomodado. A mim, muitas das vezes, quando chega no tema do blog, a corrupção, parece que o PT jogou todos seus princípios para o fundo do precipício. Esqueceu de tudo que falava e não me parece nem aí pro riscado.

    Quando você fala que o PT teve que jogar o jogo jogado para promover as mudanças e reformas a que se propunha, posso até concordar com o importante foco na inclusão e redução das desigualdades. Mas aí, se formos realmente honestos, não podemos atribuir todos os méritos somente ao PT. E muito menos qualquer mérito sobre necessárias reformas para alterar o curso e as regras deste jogo que só penaliza exatamente o próprio povo incluído. Hoje o jogo jogado mais parece o dos bancos, dos grandes ruralistas, só pra citar dois de vários exemplos.

    Em outras palavras, minha eterna reclamação é que o PT, hoje em dia, é um hamburguer como todos os outros e não dá o menor indício que quer se tornar filé. Pouca experiência no jogo, pra pegar outro ponto, me parece um coitadismo sem sentido, com 12 anos no poder, afora os 30 de existência.

    ===

    Caro Otto,

    Esse escândalo dos trens e metrô de SP agora foi para BSB, saiu de SP e foi para o âmbito federal. É uma boa hora para vermos se haverá diferenciação no tratamento, ou não.

    De outro lado, cercear a liberdade de expressão de Dirceu? Tadinho dele, não? Que cara mais indefeso e injustiçado…. (coitadismo em alto grau, quase a ponto de internação).

    Quando culpam a mídia de só dar Dirceu na pauta, deveriam dar uma olhada, também, e assim me parece, no quanto Dirceu mesmo não quer sair da pauta. Chega a me impressionar, tanto um lado, quanto o outro.

  54. Otto said

    Pax, não entendi o que você quis dizer.

    Ou talvez você não saiba que querem impedir o Dirceu de atualizar seu blog enquanto cumpre pena…

  55. Pax said

    não li notícia sobre proibição de atualizar o blog do Dirceu, caro Otto

    mas, cá entre nós, se fosse Lula ou Dilma, pediria, sim, para ele ficar um pouquinho calado neste momento

    tem muita gente pra defendê-lo

    Dirceu, se falar que água é água, que terra é terra, que mar é mar, vai direto para a pauta, provavelmente muitos dizendo que ele teria dito que água é terra e que o mar é feito de ar.

    Faz bem para quem, em 2014? Pensa aí.

  56. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    a grande “reforma” colocada em marcha pelo PT, foi iniciar o fim da miséria absoluta de milhões de pessoas, coisa que o governo do FHC sequer tocou e, pelo contrário, ampliou.. E é isso que os coronéis não engolem, ter mexido na sua “reserva” de poder.

    A grande guerra dos “neocons” é contra o bolsa-familia e contra o contra a ampliação das oportunidades de educação nas diversas áreas, tanto a nível técnico contra universitário.

    É só ver a propaganda que os “neocons” fazem em cima do Barbosão e, parece que foi com este argumento que o levaram para o lado deles, “eu não precisei de cotas, eu estudei”.

    Se eu tivesse que defender alguma tese a respeito, eu começaria por aí!

  57. Patriarca da Paciência said

    … “tanto a nível técnico contra universitário…”.

    Correção?

    Tanto a nível técnico como a nível universitário!

  58. Patriarca da Paciência said

    Tia Carmela voltou a escrever! E, como sempre, cada vez melhor!

    O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, enviou mensagem expressando a sua habitual e sincera solidariedade às lideranças ala mineira da UDN.

    O Presidente de Nascença ficou consternado com o lamentável mal-entendido envolvendo o helipóptero de propriedade da famiglia de um grande amiguinho do líder Tancredo Neves (UDN-RJ). A Polícia Federal acusa o helipóptero de carregar 450 kg de talco adulterado, tendo indicado a existência de farinha de trigo entre os papelotes de talco.

    DIVISÃO: O líder udenocanino, sr. Cachorro-Lagosta, acusa o pitta de estimação do pres. Zezinho de querer pegar para ele todos os potinhos de ração e panelas de sopão.
    FICHA LIMPA: O simpático líder da ala canino-olfativa da UDN,, sr. Cachorro-Lagosta, negou envolvimento na sabotagem ao transporte de talco da UDN mineira.
    Vítima de uma terrível armação comandada pelo perigoso agente vermelho que ocupa o Ministério da Justiça, o helipóptero de prefixo PO-2222, foi apreendido pela PF quando fazia uma rotineira viagem de transporte de talco.

    Como se veio a descobrir, o comércio do inofensivo pó branco é uma das principais atividades econômicas da famiglia do sr. Escobar Pórrela, que se dedicava à atividade há alguns anos, demonstrando todo o talento udenista para a gestão e o desenvolvimento econômico nacional.

    Sempre modestos, como cabe ao bom udenista, os membros da famiglia sempre preferiam manter seu negócio oculto do grande público, para não humilhar ninguém com sua capacidade empresarial. Tanto que afirmaram que o talco não lhes pertencia. O chefe do clã comentou com os jornalistas: “o helipóptero é meu, o piloto é meu, a fazenda é minha, mas o talco eu não sei de quem que é…”.

    REGENERADA: A araponga de estimação do pres. Zezinho (Canalhus itabigus) disse que agora dedica-se à carreira artística e não tem nada a ver com isso.
    REGENERADA: A araponga de estimação do pres. Zezinho (Canalhus itabigus) disse que não tem nada a ver com isso, pois agora dedica-se à carreira artística em uma dupla sertaneja.
    Reação imediata

    Imediatamente, os principais jornalistas de programa se mobilizaram para não noticiar o feito, temendo prejudicar o promissor negócio polvomineiro. Uma das poucas exceçòes foi a do bhost-righter do pres. Zezinho, sr. Reinaldinho Cabeção que, disfarçado de jornalista, levantou suspeitas sobre o voo do helipóptero.

    Tancredo Neves correu a expressar sua indignação com o feito dos federais. Subiu à tribuna do Senado e fez um discurso cheio de brilho. Disse que foi surpreendido pela notícia, e nem sabia que a famiglia Escobar Pórrela estava no negócio do talco, mas achava um absurdo a PF investigar um senador da UDN de Minas.

    Em seu discurso, o empolgante senador da Vieira Souto criticou acidamente o ministro da Justiça: “Este homem é um irresponsável! Ousa atacar, na mesma semana, os homens bons de São Paulo e a Gente de Minas”, disse o enraivecido udenoplayboy, em alusão ao desplante do ministro em denunciar os udenistas de Higienópolis por participarem de uma compra absolutamente corriqueira de trens superfaturados. A emoção foi muito grande, e Tancredo Neves chegou à beira do choro, pois fungava bastante durante o seu discurso.

    CONSOLO: Tancredo Neves está inconsolável que precisou de uma dose extra de apoio de seu amigo e vice, o popular JB.
    CONSOLO: Tancredo Neves ficou tão inconsolável que precisou de uma dose extra de apoio de seu amigo e vice, o popular JB.
    Ao fim do discurso, Tancredo Neves recebeu várias doses de consolo de seu fiel candidato a vice, o popular JB, que tranquilizou o infeliz mano: “fique tranquilo, se chegar para a gente, eu e o Gilmar Dantas colocamos a culpa no PT”.

    AMIZADE: Tancredo Neves era quase membro da famiglia de Escobar Pórrela.
    QUADRILHA: Tancredo Neves costuma participar das festas juninas da famiglia Escobar Pórrela.
    Fontes da Caverna do Ostracismo, ligadas ao pres. Zezinho, com um contido júbilo comentaram que o Faraó das Alterosas sabia de quase tudo.

    Um dos udenistas aposentados comentou: “Acho que ele só não sabia que tinham misturado farinha de trigo ao talco, e deve estar muito bravo por isso”.

    http://tiacarmela.wordpress.com/

  59. Patriarca da Paciência said

    Vê aí, caro Pax,

    já tem mais gente pensando igualzinho a mim:

    “José Genoino e Roberto Jefferson foram condenados no mesmo processo.

    Os dois foram acometidos por grave enfermidade. Genoino fez uma cirurgia cardíaca complicada. Jefferson teve câncer.

    Até aí estão empatados.

    No entanto, Genoino foi mandado direto para o xilindró, num feriado, o juiz nem deu bola para o seu estado de saúde e nem procurou saber se a cadeia ofereceria risco de agravar sua enfermidade.

    Jefferson está livre, leve e solto, cantando óperas no chuveiro e Barbosa demonstra estar preocupado com a saúde dele, veja você.

    Genoino passou mal na Papuda e teve que ser hospitalizado…

    http://www.brasil247.com/pt/247/artigos/123279/Dois-presos-e-duas-medidas.htm

  60. Otto said

    Olha aí, Pax:

    http://www.ocafezinho.com/2013/12/06/stf-quer-dirceu-em-guantanamo-incomunicavel/

  61. Patriarca da Paciência said

    Vejam aí a opinião da “dama de ferro”, devidamente apoiada pelo presidente canastrão, sobre Mandela:

    http://esquerdopata.blogspot.com.br/2013/12/qual-era-posicao-dos-eua-e-seus-aliados.html

  62. Patriarca da Paciência said

    E a “óia” atinge o fundo do poço da canalhice.

    Está queimando seis últimos cartuchos, com Lobão e Tuma Jr.

    Basta ouvir uma só das gravações, disponíveis no site do Estadão para, concluir que o Tuma Jr. é mesmo um canalha da pior espécie.

    E, caro Pax, parece que já vai sair o primeiro processo contra os canalhas!

  63. Patriarca da Paciência said

    “Questionado sobre a “pressão social” sobre o problema, declarou: “Não há nenhuma crítica da sociedade. Não há nenhum partido que verbalize isso. Certa vez me perguntaram por que o STF só cuidava de réus ricos. Não. O tribunal cuida de réus ricos e de pobres. Mas a imprensa só se interessa pelos ricos”. (Gilmar Mendes)
    (blog 247)

    Caramba! Ler uma declaração desta do Gilmar Mendes é algo espantoso!

    E aí caro Pax, você ainda tem alguma dúvida sobre o triste papel da “grande” mídia no Brasil?

  64. Pax said

    Caro Otto, em #60,

    Confesso que fico com enorme dificuldade de dar crédito com um texto tão parcial. Não vi Lula, por exemplo, ou Rui Falcão, reclamarem que Dirceu está cerceado de falar. Ou alguma reportagem que me pareça boa, equilibrada, sobre o assunto.

    E complemento: esse coitadismo com o Dirceu, um dos homens mais poderosos da república, deve estar agradando, muito, os marketeiros dos adversários.

    Caro Patriarca, em #56,

    Mesmo que o PT, com Lula e Dilma, tenham melhorado a condição de dezenas de milhões de brasileiros, o que é fato, com aumento do salário mínimo, distribuição de renda etc, não me parece que:

    1 – seja mérito exclusivo

    2 – seja, nem de longe, suficiente

    O Brasil está enfiado num lodaçal de corrupção, um modelo político que não dá futuro algum. E o PT não só entrou neste jogo como, é possível discutir, talvez o tenha aprofundado, ou afundado ainda mais.

    Pior, de uns tempos para cá parece que lançaram um “ferre-se geral”. É uma questão de opinião? É, sim. Você tem outra e eu respeito. Mas não consigo me comover muito com a tua argumentação.

    O que tenho visto da atuação do PT nestes últimos tempos só me causa tristeza. Sem nenhum sinal que quer mudar o rumo. É um descer de ladeira tomando velocidade inacreditável.

  65. Pax said

    O PT está, sim, participando desse nojo.

    http://www.campograndenews.com.br/rural/acrissul-preve-venda-de-800-bois-em-leilao-para-contratar-milicia

    Leilão dos ruralistas para arrecadar fundos, montar uma milícia, massacrar os povos indígenas.

    Esse PT, se é todo ou não é que é minha questão, é muito além de podre.

    Muito além.

    E depois fica com mimimis e coitadismos que seus corruptos estão em cana.

    Pois, sim.

    E fica enchendo o saco pra falar de legalidade. Essa é a nova legalidade do neoPT. Lula, sim, meus amigos, Lula está dentro dessa estrumeira, levando Dilma a tiracolo.

    E a pergunta final: isso é trabalhar para o povo? Tem que ter muita cara de pau pra afirmar uma coisa dessas.

    NeoLula: esse é o nome que determina o NeoPT.

    A biografia do Lula está à galope em direção a nomes como Sarney e outros deste naipe. Aliás, “amigo” de infância um do outro.

  66. Patriarca da Paciência said

    “O Brasil está enfiado num lodaçal de corrupção, um modelo político que não dá futuro algum. E o PT não só entrou neste jogo como, é possível discutir, talvez o tenha aprofundado, ou afundado ainda mais.”

    Caro Pax,

    não posso concordar mesmo com tal afirmação. Será que a Itália está melhor que o Brasil? O Reino Unido? Os Estados Unidos?

    Faz pouco mais de sessenta anos que a Alemanha praticou os maiores crimes de todas a História Humana e também o maior nível de corrupção que a História registra!

    Não vejo bons exemplos em qualquer país onde possa fazer comparação.

    Como dizia meu velho pai, “quem diz que antigamente era bom, é porque não se lembra de como era antigamente”.

    Meu velho pai gostava também de relembrar uma história que aconteceu com um amigo dele. Depois de uma eleição, no outro dia, esse amigo dele comentava: “Rapaz, o cemitério compareceu todo para votar! Só não votou o Raul, porque é um defunto muito recente e alguém poderia se lembrar dele” O que acontecia? Simplesmente não era dada baixa dos títulos de eleitor das pessoas que faleciam e sim esses títulos eram distribuídos para os políticos. Em época de eleição, todos os mortos votavam, através de laranjas.

    E o voto de cabresto? E as verbas quer não chegavam a 10% no destino final?

    Ora cara Pax, é claro que o Brasil não está perfeito… e nunca estará! É claro que os países europeus melhoraram e muito! E é claro também que o Brasil melhorou e muito!

    Se precisamos melhorar?

    É claro que sim. Os países europeus estão bem melhor que nós, principalmente os escandinavos.

    Mas estamos no caminho certo e já demos grandes passos!

  67. Chest said

    Tuma não era da base de apoio?

  68. Otto said

    Foi demitido por ligações com a máfia chinesa.

  69. Chest said

    Sei…. e se confirmaram essas ligações, ou ele só caiu em desgraça no partido?

  70. Patriarca da Paciência said

    Ouçam algum diálogo do Romeu Tuma Junior com o mafioso Paulo Li e depois digam se ainda resta alguma dúvida:

    http://flitparalisante.wordpress.com/2013/12/08/saiba-quem-e-o-romeu-tuma-junior-o-amigo-do-chefe-da-mafia-chinesa-de-sao-paulo-e-novo-heroi-da-revista-veja/

  71. Patriarca da Paciência said

    “Num dos casos, em e-mail a Tuma Júnior, o diretor do Departamento de Estrangeiros do Ministério da Justiça, Luciano Pestana Barbosa, festeja após atender a mais um pedido do chinês: “É o caso do Paulinho!! Mais um caso resolvido. É nóisssssss!!!!.”

    A demanda havia sido enviada a Pestana pelo próprio Tuma Júnior, seu superior imediato. A sequência de mensagens revela o empenho do diretor. Num e-mail anterior, enviado a Tuma, ele faz um pedido para facilitar a solução do problema na burocracia da pasta: “Será que ele (Paulinho) poderia digitalizar os documentos e encaminhar?”

    As encomendas de Tuma a Li também eram frequentes. Num telefonema em 22 de maio, o secretário pergunta: “Sabe onde tem aquela mala marrom? (…) É igual àquela marrom e bege, sabe, que você levou (…) em Brasília. Tem uma que é preto e cinza. Será que tem?”

    Li promete conseguir a mala. Dois dias depois, Tuma, em viagem ao exterior, pede para o chinês saber o preço de uma câmera Sony em São Paulo. “Se aí for mais barato, eu não vou comprar.” Ao saber que custa R$ 1.200, autoriza que Li compre.

    A relação de Tuma Júnior com Paulo Li levou a PF a propor a abertura de um inquérito específico para investigar indícios de crimes praticados pelo secretário.

    Em expedientes internos, os investigadores sugerem haver indícios de advocacia administrativa e prevaricação – o primeiro pelos favores ao chinês e o segundo por não ter adotado providências ao saber das atividades ilegais de Li. O inquérito também investigará indícios de corrupção e tráfico de influência.

    Anistia. Os contatos entre os dois indicam, segundo documentos da PF, que o secretário sabia da existência de um mercado ilegal destinado a agenciar processos de anistia de estrangeiros.

    Em mensagem datada de 29 de julho, com a anistia já em vigor, Li dá conhecimento ao secretário de um esquema similar ao que, segundo a PF, ele próprio mantinha. “Eles estão cobrando R$ 350 para a realização do agendamento, incluindo taxa e xerox.” Os telefonemas revelam que, na comunidade chinesa, Tuma se esforçava para ser reconhecido como responsável pela aprovação da anistia, numa disputa com o deputado William Woo, autor do projeto original.”

    (Política, O Estado)

  72. Patriarca da Paciência said

    Enquete do PHA.

    O que o marido precisa fazer com a mulher para ser condenado pelo Fux ?
    jogar pela janela
    apunhalar pelas costas
    obrigar a ler a obra (em inglês) do FHC
    ouvir um discurso do Cerra
    assistir ao Faustão
    acompanhar os votos do Gilmar Dantas
    servir cicuta no chá do Ataulfo Merval

    obrigar a ler a obra (em inglês) do FHC está ganhando disparado!

  73. Pax said

    Hum… cheira aí…

    – O ministro Cardozo, como previsto, não abriu processo algum contra quem o ofendeu. E a lista é grande. Um bocado grande. Todos o acusaram de usar seu cargo para perseguir o tucanato envolvido nos desvios de trens e metrô, outra lista grande pacas.

    (até aqui tudo bem, sabemos que o ministro Cardozo é bem fraquinho mesmo)

    Aí aparece a notícia que Cardozo mandou para a PF (algo assim) apurar uma denúncia feita pelo deputado Simão Pedro (do PT).

    Logo depois aparece a notícia que o presidente do CADE, Vinicius Marques de Carvalho, envolvido na tal denúncia, “esqueceu” de dizer que foi assessor de Simão Pedro, o que chegou a lhe causar uma advertência na Comissão de Ética da própria presidência. Hum…

    http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,chefe-do-cade-omite-ligacao-com-denunciante-de-cartel-dos-trens,1078513,0.htm

    E, depois, Fausto Macedo, o tal jornalista do Estadão, o único que parece insistir na trilha do tal trensalão (batismo do Ricardo Kotscho), descobre que o tal Vinícius Marques de Carvalho, continua no PT…

    http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,presidente-do-cade-nao-saiu-do-pt-diz-justica,1106133,0.htm

    Bem, vamos lá:

    1 – os indícios e provas que existem até agora nos dão direito de achar que o alto tucanato paulista está envolvido até o pescoço, diria até o nariz, nos desvios bilionários na questão. É continuar com as investigações, ligar a com b e produzir a denúncia, torcer para que a Procuradoria Geral da República receba tudo direitinho e abra um processo para chegar no STF. (acho que é esse o caminho).

    2 – mas… se no meio deste caminho, ficar o famoso cheiro de alopramento, envolvendo, inclusive, o tal ministro fraquinho, todo o feitiço pode virar contra o feiticeiro.

    Crédito que, se acontecer, devemos dar ao famoso ministro, o tal que não abriu qualquer processo, como era de se esperar.

    (agora, claro, os amigos vão dizer que é notícia do Estadão, então não vale)

  74. Pax said

    off topic…

    boa entrevista que Pedro Doria e Luciana Rodrigues fizeram com Bill Clinton

    http://oglobo.globo.com/economia/clinton-seguranca-nao-justifica-espionagem-economica-11008965

    Obs.: Excelente a lembrança que Clinton traz, que todos os soldados que voltaram da 2a Guerra Mundial, tiveram o direito de cursar Universidade. O que aconteceu? Uma multidão se formou e o país cresceu!!!

  75. Patriarca da Paciência said

    AS DENÚNCIAS DE ROMEU TUMA JÚNIOR

    Para quem quiser conhecer um tempo em que a “Veja” tratava Romeu Tuma Júnior como bandido, autor de “incontáveis delinquências”:

    http://veja.abril.com.br/120510/muambazinha-nao-doi-p-080.shtml

    http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/governo/o-patrimonio-modesto-de-tuma-jr/

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/pai-de-tuma-jr-confia-nele/

    http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/governo/as-diarias-de-tuma-jr/

    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/direto-ao-ponto/o-silencio-da-oposicao-podera-abencoar-o-pecador-debochado-2/

    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/direto-ao-ponto/tuma-junior-nao-pode-continuar-no-gabinete-que-desonrou/

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-hora-dos-falastroes-presidente-da-oab-sp-defende-permanencia-de-tuma-jr-no-cargo/

    http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/tuma-junior-levou-mafioso-chines-viagem-oficial

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/caiu-ministerio-da-justica-diz-que-tuma-jr-vai-se-licenciar-do-cargo/

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/tuma-jr-tenta-empregar-genro-reprovado-em-concurso/

    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/sanatorio-geral/delegado-sem-rumo/

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/empresa-doou-r-50-mil-para-tuma-junior/

    (Blog 247)

  76. Pax said

    Uma pena… nosso satélite com os chineses caiu logo depois do lançamento

    http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2013/12/1382856-fracassa-lancamento-de-satelite-brasileiro-em-parceria-com-a-china.shtml

  77. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    processo é algo que precisa ser muito bem estruturado, considerando todas as variantes e possibilidades, justamente para não se voltar contra o autor.

    Espera-se de um ministro da Justiça um processo bem estruturado. Não é coisa para ser feita do dia para a noite. Eu ainda prefiro esperar um pouco para dizer alguma coisa! Mas uma coisa fica bem clara, ou o Cardozo processo os acusadores ou aceita como verdadeiras as acusações feitas. Não há saída!

  78. Pax said

    Caro Patriarca,

    Infelizmente a gente só espera coisas fracas de quem é fraco mesmo. Não estou torcendo contra, ou mesmo a favor.

    Só estou emitindo minha opinião: Cardozo é fraco. O que me leva a dizer, desde o início desta história: não vai abrir processo algum. Pode ser que esteja completamente errado, claro.

    Vejamos o andar da carruagem.

    O problema maior não é Cardozo ser um zero à esquerda, o problema maior é que, se tiver feito merda, o tucanato vai bater asas livres, leves e soltas, e tudo se resumirá num cara fraco apontando a roubalheira dos velhos meliantes de sempre.

  79. Patriarca da Paciência said

    “Conforme as pessoas começam a deixar a pobreza, ela vão querer mais. Querem governos transparentes, querem o fim da corrupção, querem oportunidades de melhorar a própria vida. É saudável. Veja a diferença entre o Brasil e a Síria. Perante outros países do Oriente Médio, a Síria era um lugar mais secular, com mais espaço para mulheres. Evidentemente que, para nós americanos, o fato de que tinham uma aliança com o Irã e com o Hezbolá, que permitiam o fluxo de armas para o Líbano, nos incomodava. Mas, para a população síria, não era um país particularmente ruim. Havia espaços. E o povo foi às ruas pedindo mais liberdade, mais oportunidades, justamente porque havia este espaço. O que ocorreu lá e o que ocorreu aqui? O presidente Bashar al-Assad enviou o exército e, de repente, tinha uma guerra civil com a qual lidar. A presidente Dilma Rousseff, por sua vez, disse ‘vocês têm razão, vamos tentar descobrir como resolver os problemas’. É por isso que estamos no Brasil. Falo como alguém de fora que acompanha a situação. Tanto as manifestações quanto a maneira como o governo respondeu a elas são, a longo prazo, indícios positivos.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/clinton-seguranca-nao-justifica-espionagem-economica-11008965#ixzz2myhOV7Dq
    © 1996 – 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. ” (Do post 74, entrevista com Clinton)

    E aí, caro Pax,

    muito boa a entrevista do ex-presidente norte-americano. Em nenhuma momento ele critica o Brasil e, pelo contrário, faz muito elogios.

    Você ainda acha que o Brasil é uma calamidade? Principalmente o trecho acima é bem ilustrativo!

    Pelo que entendi, caro Pax, você está achando que o Cardozo não seguiu literalmente a cartilha, como o exige o ministro Gilmar Mendes e o que tem sido a tábua de salvação do pessoal tucano.

    Ainda que absolutamente verdadeiros, os fatos não importariam. Que importa se há provas concretas de corrupção? O importante é seguir rigorosamente a cartilha, mandar a denúncia para o “De Grandis” para que seja esquecida no fundo uma profunda gaveta!

    Mas se a coisa for com o PT não, aí vale denúncia anônima, denúncia de mafioso, denúncia de golpista, denúncia de “empresários” receptadores de cargas roubadas, denúncia de “empresários” do jogo do bicho etc.etc.etc.

    Como disse o Érico Veríssimo, “vamos acabar logo com a hipocrisia na apuração e julgamento dos casos de corrupção, façamos uma lei que vale para o PT e outra que vale para todos os “outros”.

  80. Patriarca da Paciência said

    “05/05/2010 às 18:28
    Pai de Tuma Jr. confia nele

    Por Noeli Menezes, na Folha Online:
    O senador Romeu Tuma (PTB-SP) afirmou nesta quarta-feira que confia em seu filho Romeu Tuma Júnior, secretário nacional de Justiça, suspeito de manter ligação com Li Kwok Kwen, conhecido como Paulo Li e apontado em inquérito da Polícia Federal como chefe da máfia chinesa em São Paulo.”

    Para você vê como são as coisas. Conforme o STF e Ayres Britto, Dirceu foi condenado sem nenhuma prova concreta mas apenas “porque não tinha como não saber” das atividades promíscuas dos deputados. (Aliás é outra coisa absolutamente estranha. Na tal ação 470 apenas os corruptores foram punidos, nenhum corrupto foi punido, sequer identificado!)

    Pois muito bem, agora temos aí um pai delegado que não tinha a menor idéia do que o seu filho, também delegado, fazia.
    E temos aí também o filho delegado, amigo de um mafioso por trinta anos e que também não tinha a menor ideia do que o mafioso fazia.

    Realmente, é muito estranho!

  81. Pax said

    Caro Patriarca,

    Vou reproduzir uma parte da fala do Clinton:

    “Conforme as pessoas começam a deixar a pobreza, ela vão querer mais. Querem governos transparentes, querem o fim da corrupção,….”

    Aí o PT, o neoPT, dança.

    Porque?

    Ora, porque está fazendo o mesmo jogo, ou ainda pior, da corrupção.

    O PT do Kassab, do Sarney, do Collor, do Maluf, da Kátia Abreu, da Gleisi Hoffman, do Paulo Bernardo, do Vaccarezza, do Lindbergh, etc etc, é um PT que, pra mim, não vale mais quanto custa.

    De um partido que fez alguma coisa para um partido que se passou a adorar o jogo e se lambuzar com ele, a diferença é abismal.

    E o problema maior é que os simpatizantes entraram no jogo bélico-bovino, uma manada acrítica. Virou quase uma religião. QUe me assusta um bocado.

  82. Otto said

    Nesses dias de celebração do grande herói Mandela, é recordar a importância de Cuba para a derrocada do Apharteid:

    CUITO CUANAVALE: A BATALHA QUE DEU CABO DO APHARTEID

    Neste ano, comemora-se o 25º aniversário (*) do início da batalha de Cuito Cuanavale, no sudeste de Angola, onde as forças armadas da África do Sul do apartheid se enfrentaram com o exército cubano e com as forças angolanas. O ataque sul-africano “foi parado abrupta e definitivamente” pelas forças revolucionárias.

    O general Magnus Malan escreveu em suas memórias que a campanha foi uma grande vitória para as forças de defesa sul-africanas (SADF), mas Nelson Mandela não podia discrepar mais: “Cuito Cuanavale — afirmou — foi a viragem para a luta de libertação do meu continente e de meu povo do flagelo do apartheid”.

    O debate sobre o que significou Cuito Cuanavale tem sido intenso, numa parte porque os documentos sul-africanos relevantes continuam sem serem revelados. Contudo, eu tenho estudado os documentos nos arquivos fechados cubanos e também muitos documentos norte-americanos. Apesar da fenda ideológica que separa Havana de Washington, estes documentos relatam uma história que impacta pelo parecido que têm.

    Eis os fatos. Em julho de 1987, o exército angolano (Fapla) iniciou uma ofensiva de maior envergadura no sudeste de Angola, contra as forças de Jonás Savimbi. Mas ao ver que a ofensiva estava tendo sucesso, as SADF, que controlavam os territórios mais meridionais do sudeste de Angola, intervieram. No início de novembro, as SADF tinham cercado as melhores unidades angolanas no povoado de Cuito Cuanavale e estavam preparando-se para eliminá-las.

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas exigiu que as SADF se retirassem incondicionalmente de Angola, mas a administração Reagan se assegurou de que esta exigência fosse mais uma resolução, sem maior transcendência.

    O secretário adjunto dos Estados Unidos para a África, Chester Crocker, disse ao embaixador da África do Sul nos Estados Unidos: “A Resolução não exige sanções e não estabelece nenhuma ajuda para Angola. Isto não é por acaso, mas sim o resultado dos nossos esforços para manter a resolução dentro de determinados limites”. (1) Entretanto, as SADF aniquilariam as unidades elites das Fapla.

    No início de 1988, fontes militares sul-africanas e diplomatas ocidentais asseguravam que a derrota de Cuito era iminente. Isto significaria um golpe devastador para o governo angolano.

    Em 15 de novembro de 1987, o presidente cubano Fidel Castro decidiu enviar mais tropas e armas a Angola: seus melhores aviões com seus melhores pilotos, suas armas antiaéreas mais sofisticadas e seus tanques mais modernos. A intenção de Castro não só era defender Cuito, mas sim tirar definitivamente as SADF de Angola. Posteriormente, ele descreveu sua estratégia ao líder do Partido Comunista Sul-Africano Joe Slovo: Cuba ia parar o ataque sul-africano e depois atacaria noutra direção, “como o boxeador que com a mão esquerda mantém o contrário afastado e com a direita o golpeia”. (2) Aviões cubanos e 1.500 soldados cubanos reforçaram os angolanos e Cuito Cuanavale venceu. Em 23 de março de 1988, os sul-africanos lançaram o último ataque de maior envergadura contra Cuito. Tal como descreveu o coronel Jan Breytenbach, o ataque sul-africano “foi parado abrupta e definitivamente” pelas forças conjuntas cubano-angolanas”.

    A mão direita de Havana se preparou para golpear. Poderosas colunas cubanas avançaram no sudoeste de Angola, para a fronteira da Namíbia. Os documentos que nos poderiam dizer aquilo que os líderes sul-africanos pensaram acerca desta ameaça continuam sem serem revelados. Mas sabemos o que as SADF fizeram: ceder terreno. Os serviços de inteligência dos EUA explicaram que os sul-africanos se retiravam porque estavam impressionados pela rapidez e a força do avanço cubano e porque consideravam que um combate de maior envergadura “teria acarretado grandes riscos”. (3)

    Quando criança, escutei meu pai, na Itália, falar da esperança que ele e seus amigos sentiram, em dezembro de 1941, quando escutaram pela rádio que as tropas alemãs tinham abandonado a cidade de Rostov do Don. Era a primeira vez, em dois anos de guerra, que o “superhomem” alemão era obrigado a retirar-se. Lembrei aquelas palavras quando li a imprensa sul-africana e da Namíbia, em meados de 1988.

    Em 26 de maio de 1988, o chefe das SADF anunciava que “forças cubanas e das Swapo, fortemente armadas, integradas por primeira vez, avançam rumo ao sul, a uns 60 quilômetros da fronteira com a Namíbia”. Em 26 de junho, o administrador-geral sul-africano da Namíbia reconhecia que caças Mig-23 cubanos voavam sobre a Namíbia, uma mudança dramática daqueles tempos em que o céu era propriedade das SADF. Acrescentava que “a presença dos cubanos provocara uma onda de ansiedade na África do Sul”.

    Contudo, estes sentimentos de ansiedade não eram compartilhados pelos negros sul-africanos: eles viam a retirada das forças sul-africanas como uma luz de esperança.

    Enquanto as tropas de Castro avançavam rumo à Namíbia, cubanos, angolanos, sul-africanos e estadunidenses se enfrentavam na mesa de negociações. Existiam dois pontos chaves: se a África do Sul aceitava a implementação da Resolução nº 435, do Conselho de Segurança das Nações Unidas, que exigia a independência da Namíbia e se as partes concordavam sobre um cronograma da retirada das tropas cubanas de Angola.

    Os sul-africanos pareciam ter muita esperança: o chanceler Pik Botha esperava que a Resolução 435 fosse modificada. O ministro de Defesa Malan e o presidente P.W. Botha afirmavam que a África do Sul se retiraria de Angola, caso “Rússia e seus fantoches fizessem o mesmo”. Eles nem sequer mencionavam retirar-se da Namíbia . Em 16 de março de 1988, o Business Day informava que a Pretória estava “oferecendo retirar-se para a Namíbia — não da Namíbia — em troca da retirada das forças cubanas de Angola”. Quer dizer, a África do Sul não tem nenhuma intenção de retirar-se do território, em nenhum futuro próximo.

    Mas os cubanos reverteram a situação no campo. E quando Pik Botha apresentou as exigências sul-africanas, Jorge Risquet, chefe da delegação cubana, lhe esclareceu: “a época das aventuras militares, das agressões impunes, de seus massacres de refugiados acabou”. A África do Sul — disse — estava agindo como se fosse “um exército vencedor, em lugar do que realmente é: um exército agressor golpeado e em discreta retirada. A África do Sul deve entender que não vai obter nesta mesa de negociações o que não pôde conseguir no campo de batalha”. (4)

    Quando terminaram as conversações no Cairo, Crocker enviou um telex ao secretário de Estado, George Shultz, dizendo que as conversações tinham tido, como “pano de fundo, a tensão militar crescente, por causa do avanço para a fronteira da Namíbia de tropas cubanas fortemente armadas, no sudoeste de Angola. O avanço cubano criou uma dinâmica militar imprevisível” (5).

    A pergunta era: será que os cubanos iam parar na fronteira? Para responder esta pergunta, Crocker foi buscar Risquet: “Cuba tem a intenção de deter seu avanço na fronteira entre a Namíbia e Angola?”.

    Risquet respondeu: “seu eu lhe dissesse que não vão deter-se, estaria proferindo uma ameaça. Se eu lhe dissesse que vão deter-se, lhe estaria dando um calmante, e eu não quero nem ameaçar nem dar calmante, somente os acordos sobre a independência da Namíbia podem dar as garantias” (6)

    No dia a seguir, em 27 de junho de 1988, caças Mig cubanos atacaram posições das SADF, perto da barragem de Calueque, 11 quilômetros ao norte da fronteira da Namíbia. A CIA informou que “o sucesso com que Cuba vem utilizando sua força aérea e a aparente fraqueza das defesas antiaéreas da Pretória” sublinhavam o fato de que Havana já tinha conseguido superioridade aérea no sul de Angola e no norte da Namíbia. Horas depois do ataque dos cubanos, as SADF destruíram uma ponte próxima de Calueque sobre o rio Cunene. Fizeram isto — segundo a CIA — “para dificultar às tropas cubanas e angolanas o cruzamento da fronteira com a Namíbia e para reduzir o numero de posições que deviam defender”. (7)

    O perigo dum avanço cubano sobre a Namíbia nunca antes tinha parecido tão real.

    Os últimos soldados sul-africanos saíram de Angola, em 30 de agosto, quando nas negociações nem sequer se tinha começado a discutir o cronograma da retirada cubana de Angola.

    Apesar de todos os esforços de Washington para impedi-lo, Cuba mudou o curso da história da África Austral. Até Crocker reconheceu o papel de Cuba, quando disse a Shultz, em 25 de agosto de 1988: “Descobrir o que pensam os cubanos é uma forma de arte. Estão prontos, tanto para a guerra como para a paz. Fomos testemunha dum grande refinamento tático e duma verdadeira criatividade na mesa de negociações. Isto tem como pano de fundo as fulminações de Castro e o desdobramento sem precedentes de seus soldados no terreno” (8).

    A façanha dos cubanos no campo de batalha e sua virtuosidade na mesa de negociações foram decisivas para obrigar África do Sul a aceitar a independência da Namíbia. Seu sucesso em Cuito Cuanavale foi o prelúdio duma campanha que obrigou as SADF a saírem de Angola. Esta vitória repercutiu mais para lá da Namíbia.

    Muitos autores — Malan é só um exemplo — têm tentado reescrever esta história, mas documentos norte-americanos e cubanos relatam o que verdadeiramente aconteceu. Esta verdade foi expressa, com eloquência, por Thenjiwe Mtintso, embaixadora da África do Sul em Cuba, em dezembro de 2005: “Hoje, a África do Sul tem novos amigos. Ontem, estes amigos se referiam a nossos líderes e a nossos combatentes como terroristas e nos acossavam a partir de seus países, e ao mesmo tempo apoiavam a África do Sul do apartheid. Esses mesmos amigos hoje querem que nós denunciemos e isolemos Cuba. Nossa resposta é muito simples, é o sangue dos mártires cubanos e não destes amigos que corre profundamente na terra africana e nutre a árvore da liberdade em nossa Pátria”.

    NOTAS

    (*) Este artigo foi escrito há cinco anos, por ocasião do 20º aniversário desta batalha.

    1) Secretário de Estado, à embaixada dos EUA na Pretória, 5 de dezembro de 1987, Freedom of Information Act (daqui em diante FOIA).

    2) Transcrição sobre a reunião do comandante-em-chefe com a delegação de políticos da África do Sul (Comp Slovo), Centro de Informação das Forças Armadas Revolucionárias.

    3) Abramowitz (Escritório de Inteligência do Departamento de Estado) ao secretário de Estado. 13 de maio de 1988, FOIA

    4) Transcrição não oficial. Conversações RPA-CUBA-EUA-RSA (Reunião Quadripartite) sessão da tarde de 24-

    5) Crocker ao secretário de Estado, 26 de junho de 1988. FOIA.

    6) Entrevista de Risquet com Chester Crocker, 26-6-88, ACC.

    7) CIA, South Africa-Angola-Cuba, 29 de junho de 1988. FOIA; CIA, South Africa-Angola-Cuba, 1 de julho de 1988, FOIA.

    8) Crocker ao secretário de Estado, 25 de agosto de 1988, FOIA.

    (*) Politicólogo e historiador italiano, professor de política exterior dos Estados Unidos na Escola de Estudos Internacionais Avançados (SAIS) da Universidade Johns Hopkins, Estados Unidos.

    http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=d7012f5714b8a6a970f5bd34806267c6&cod=11219

  83. Otto said

    Pra se lembrar do sermão que FHC, o herói não assumido de Chest, dizia sobre o desgoverno de FHC na cara dele:

  84. Pax said

    Não demorou muito. Da valente manifestação de Cardozo, afirmando que processaria a turma enorme que o ofendeu a rodo, agora o ministro, fraquinho de dar pena, vai ter que se explicar na Comissão de Ética da Presidência.

    Infelizmente não posso me furtar da triste e chatíssima frase: não digam que não avisei.

    Enviado via iPhone

    >

  85. Chest said

    Pegaram o Barba, vulgo “O Boi”!

  86. Chest said

    Agora, cai um satélite de comunicações de US$ 250 milhões, da parceria do Brasil com a China, que seria usado para transmitir a competição da FIFA…

  87. Pax said

    Chesterton, velho e bom Chesterton,

    Tua info é furada. O satélite era pra monitorar desmatamento.

    Quem é o tal Boi? Que papo é esse?

    Enviado via iPhone

    >

  88. Chest said

  89. Chest said

    Boi é como o informante barbudo era conhecido pelo povo do DOPS. Essa história eu conheço desde 1978, junto àquela da prensa para não trabalhar. Os comunistas do centro acadêmico me contaram.

  90. Pax said

    Caramba, Chesterton, velho e bom Chesterton, você acredita em cada coisa.

    Nem vi nada dessa história a nao ser do comentaristas daqui. Nem os links abri.

    Não perco meu tempo com mídia extrema, jornalista canalha e fonte poluída.

    Enviado via iPhone

    >

  91. Chest said

    Bem, as coisas acabam se confirmando com o tempo. Você acha que Tuminha inventou tudo? Bem, eu não acho que ele tenha escrito um livro dessa envergadura sem provas. Quem está nervoso, Lula ou Tuma Jr? Eu nunca achei motivos para duvidar dos comunas do centro acadêmico, que provavelmente estão quietinhos por interesse estratégico.
    Não há imprensa envolvida, apenas historias da faculdade e o livro em questão.

  92. Chest said

    Acusado de ter engavetado investigação sobre suposta conta bancária que alimentaria o mensalão, o ex-ministro da Justiça Tarso Genro, atual governador do Rio Grande do Sul pelo PT, afirmou, em nota, que encaminhou “todas as denúncias que recebeu com indícios de corrupção formalmente para a Polícia Federal”. Tarso foi mencionado por Romeu Tuma Jr., ex-secretário nacional de Justiça no governo Lula, em reportagem da revista “Veja” neste final de semana. Tuma Jr. vai lançar um livro em que acusa o governo do PT de manter uma “fábrica de dossiês” contra adversários políticos.

    Entre os episódios relatados no livro, o ex-secretário menciona uma denúncia sobre uma conta no exterior que serviria, segundo ele, como “lavanderia para o mensalão”. “Mandei cópia para o ministro Tarso Genro apurar isso, e espero a resposta até hoje”, afirmou à “Veja”. Segundo Tuma Jr., o então ministro também o pressionava constantemente a vazar dossiês contra adversários do PT.

    Em nota divulgada neste domingo (8), Tarso, que está em viagem à China, afirma que “não tem detalhes” sobre as manifestações de Tuma Jr., mas diz que enviou à Polícia Federal “todas as denúncias que recebeu com indícios de corrupção”. Sobre os dossiês, afirmou que “não recorda” de Tuma Jr. ter apresentado qualquer desses documentos a ele e disse que “não foi produzido qualquer dossiê contra qualquer governador ou partido político” no período em que esteve à frente do Ministério da Justiça. (Folha Poder)

  93. Chest said

    Estou querendo ver um post seu sobre o maior corrupto que o país já conheceu:

    “Acusado de ser informante do DOPS, Lula foge da imprensa.
    Escrito pelo ex-secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Junior, que exerceu o cargo no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, o livro Assassinato de Reputações – Um Crime de Estado, ainda nem chegou às livrarias, mas já está movimentando Brasília. A obra retoma alguns dos piores momentos do PT, como a morte do prefeito de Santo André (SP), Celso Daniel, a criação de dossiês e o mensalão. O PSDB vai convidar o autor para dar mais detalhes sobre as denúncias no Congresso.

    Em entrevista à revista Veja, Tuma Jr. disse que recebeu ordens para “produzir e esquentar” dossiês contra adversários do governo no período em que trabalhou no Ministério da Justiça. Disse ainda ter ouvido de Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência, a “confissão” de que recursos “arrecadados” em Santo André na gestão Celso Daniel alimentavam campanhas do partido. Por fim, afirmou ter encontrado uma conta nas Ilhas Cayman que teria recebido recursos do mensalão.

    Tuma Jr. perdeu o cargo no governo em 2010, após gravações telefônicas da Polícia Federal revelarem ligações entre ele e Li Kwok Kwen, apontado como um dos chefes da chamada máfia chinesa em São Paulo. Kwen foi preso e acusado de liderar uma quadrilha especializada em contrabando.

    Roteiro. “É importante aprofundar questões colocadas por Tuma Júnior no livro. Ele retirou do armário alguns esqueletos”, disse o senador Alvaro Dias (PSDB-PR). O ideal, de acordo com o tucano, é que Tuminha, como é conhecido, faça um depoimento oficial na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. “É preciso ver se ele tem documentos que possam dar credibilidade às denúncias. Ele é um policial experiente, não faria isso (denunciar) sem ter algum material (que comprove as acusações)”, considerou. “Ao ouvir o Tuma oficialmente, teremos subsídios para protocolar denúncia na Procuradoria-Geral da República e instaurar inquéritos.”

    O líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), chamou a entrevista do ex-secretário de “esclarecedora e estarrecedora” por meio de nota. Sampaio vai requerer no início da semana à Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara a realização de audiência pública com a presença de Tuma Júnior para esclarecer as denúncias.”O ex-secretário confirmou tudo aquilo que sempre denunciamos”, disse Sampaio.”

    A reportagem entrou em contato com o Instituto Lula, que não preferiu não comentar as denúncias feitas por Tuminha no livro. (Estadão)

  94. Pax said

    Chesterton,

    Você se lembra deste blog ter dado muita trela pro livro Privataria Tucana?

    Não, não deu. Que eu lembre, não.

    Tem coisas que é sempre melhor esperar apurações mais sérias, mais substanciadas e, principalmente, de fontes mais limpas.

    O que lembro bem foi do tal Tuma Jr pego com envolvimento com contrabandistas. É essa a imagem que me vem à cabeça, a priori. Um delegado, alto funcionário no ministério da Justiça, lidando em parceria com mafiosos.

    Melhor aguardar.

    Enviado via iPhone

    >

  95. Otto said

    KKKK!!!…

    Este livro, Chest, é uma palhaçada:

    “Romeu Tuma Jr. afirma no livro promovido pela revista Veja que acompanhou pessoalmente depoimentos do ex-presidente Lula em colaboração com o regime militar; isso é falso; quando Lula foi preso, em 19 de abril de 1980, Tuminha tinha apenas 16 anos e seis meses de idade, o que impede qualquer pessoa de ter cargo público, quanto mais o de “investigador subordinado”; antes, quando Lula se tornou sindicalista, em 1972, o policial que perdeu o cargo de Secretario Nacional de Justiça por comprovadas ligações com o contrabandista Li Kwok Kwen, contava nove anos de idade; seus amiguinhos brincavam de polícia e bandido e ele já saia em diligências políticas com o pai, o delegado Romeu Tuma, é isso?, acredita quem quiser, mas a verdade é que a vendeta de Tuminha contra Lula não se sustenta; mais uma vez, o pequeno Tuma mentiu.”

    http://www.brasil247.com/pt/247/poder/123432/Tuma-no-Dops-%C3%A9-a-primeira-mentira-do-%E2%80%9Clivro-bomba%E2%80%9D.htm

  96. Otto said

    Chest, Tuminha é o verdadeiro Pinóquio!

    Relembrando: “quando Lula foi preso, em 19 de abril de 1980, Tuminha tinha apenas 16 anos e seis meses de idade, o que impede qualquer pessoa de ter cargo público, quanto mais o de “investigador subordinado”.

    kkkkkkk….

  97. Pax said

    Caro Otto,

    Também não ficaria muito valente com a história.

    Tuma Jr participou de muita coisa. Dançou pelo que aprontou, segundo o noticiário. Mas deve ter lá suas cartas na manga.

    Melhor aguardar.

  98. Pax said

    Merece o registro, sim:

    Presos no mensalão não representam símbolos da corrupção, diz Hage
    Sem citar nomes, ministro-chefe da Controladoria-Geral da União disse que os corruptos mais ‘emblemáticos’ ‘continuam soltos’

    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,presos-no-mensalao-nao-representam-simbolos-da-corrupcao-diz-hage,1106357,0.htm

    Ou seja, não estamos fazendo nem cócegas no problema.

    E tem gente que acredita que o Brasil está no rumo certo.

  99. Jose Mario HRP said

    Tuma /Pìnochio!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKkk…….
    Lula currou um outro preso quando preso no Dops, e agora é alcagueta…….
    E emprenhou uma vaca!!!!!!!!
    Acredite ….se quiser!!!!!
    Tuminha era o “chamado delegado mirim”!!!!!!

    É bom lembrar que o melhor amigo dele é o chinesinho dono da Pajé!!!!!!!!( PRESO!).

  100. Jose Mario HRP said

    Manchete do sitio Correio Brasiliense diz muito sobre o que é o livrinho do “Tuminha”!

    “Tuma Jr. acusa Lula e o PT em livro dirigido às eleições de 2014”

  101. Chesterton said

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/tuma-jr-nasceu-em-1960-nao-em-1963-e-ja-era-policial-em-1980-ano-em-que-lula-foi-preso-em-foto-ele-aparece-escoltando-o-petista-no-dops-ou-quanto-ao-denunciante-vamos-aos-fatos-so-aos-fatos/

  102. Jose Mario HRP said

    Link de toda confiança!
    Reinaldo rola bosta……..

  103. Chesterton said

    vamos comentar baseados em fatos, ok Pax?

  104. Pedro said

    Tenho um pé atrás, com esses livros denúncias.

    Mas, lendo o que o Otto escreveu no #95/96, pensei, será que um sujeito com tanta experiencia, cometeria um erro tão infantil?

    Pois já saiu isto aqui:

    Reinaldo Azevedo desmonta o Dossiê Brasil 247:

    1 – Tuma Júnior não nasceu no dia 4 de outubro de 1963, como informa a Wikipedia, mas no dia 13 de agosto de 1960. Assim, em 1980, quando Lula foi preso, ele tinha 20 anos. Quem nasceu em 4 de outubro foi seu pai, Romeu Tuma;

    2 – assim, em 1980, quando Lula foi preso, Tuma Junior tinha 20 anos e estava na Polícia havia dois. Ele prestou o concurso para investigador IP1/78 (o “78” é o ano);

    3 – acalmem-se os mais ansiosos: quando o livro chegar às mãos dos leitores, há lá uma foto de Tuma Junior escoltando Lula no Dops.

    4 – Tuma Junior se aposentou na Polícia neste ano, com 35 anos de serviço: 2013 – 35 = 1978.

    Sei que o Pax não dá crédito para o Reinaldo, mas, penso que o Otto riu cedo demais.

  105. Pax said

    Com certeza não dou crédito para jornalista que cria esse momento bélico-bovino que vivemos, uma idiotice sem tamanho patrocinada e incentivada por gente dessa triste natureza.

    Mas…

    Como disse acima, com certeza fico com as orelhas em pé.

    Concordo com o Pedro, caro Pedro, não riria cedo.

    Vai que…

    Mas aguardemos fontes mais confiáveis, claro que sim.

  106. Pedro said

    Ops, demorei pra postar. Enquanto atendia um cliente, o assunto já ficou velho………Eta mundinho apressado. :-)

  107. Pax said

    Caro Chesterton, velho, rabugento e bom Chesterton,

    Ok, baseado em fatos. Mas, por favor, poupe-me desse teu ídolo. O cara mente, é desequilibrado.

    Imagina se eu fizesse esse blog baseado em PHA e quetais? Você daria algum crédito?

    Então, equilibra o jogo, vamos prestar atenção em quem vale a pena, Esses aí são os pastores da idiotice. De um lado, e de outro.

  108. Patriarca da Paciência said

    “247 divulga, em primeira mão, uma nova pesquisa nacional sobre sucessão presidencial, feita pelo Instituto Paraná Pesquisas; no cenário principal, a presidente Dilma Rousseff tem 43,46%, contra 17,14% de Aécio Neves, 15,61% do cada vez mais candidato Joaquim Barbosa e 6,93% de Eduardo Campos; sem o juiz pop, números são muito parecidos com os do Datafolha: a presidente com 47,15%, o tucano com 20,51% e o pernambucano com 11,31%; também foram feitas simulações com Marina Silva, José Serra e o ex-presidente Lula; Marina pode provocar o segundo turno; Lula venceria de lavada, com 54% dos votos; “a oposição precisa de Barbosa ou de Marina para não enterrar de vez seu caixão”, diz Murilo Hidalgo, diretor do Paraná Pesquisas”

    O mais interessante aí é que o Campos, não só retornou ao seu patamar antes da “aliança” com Marina, como até baixou alguns décimos!

    E o telefonema da Marina, “Eduardo, você quer ser presidente da república? ” para ser cada vez mais uma bravata inconsequente!

    E outro dado interessante, a direitona vai se agarrar ao Barbosão como uma verdadeira tábua de salvação!

    Não há outra saída, ou o Barbosão, juntamente com um dos dois, Serra ou Marina, se candidatam, ou não haverá segundo turno!

  109. Jose Mario HRP said

    Poxa Vida!

    Fica a palavra do Lula contra um filhote mamateiro da ditadura?
    Alias, gravou a alcaguetagem, documentou?
    Assim fica a coisa, Lula , duas vezes presidente, contra quem se armou o embuste de 1989(Globo), contra um dos capitães do mato da Civil paulista e sua herança do canalha Paranhos Fleury!
    KKKKKKKKKKKK ,,,,,,,,

  110. Patriarca da Paciência said

    “Reinaldo Azevedo desmonta o Dossiê Brasil 247:”

    Quem acredita que o reinaldo-rola bosta seja “o onisciente supremo sapiente”, como aquela claque que comenta seus textos, até pode acreditar que o rola-bosta “desmonte” alguma coisa!

    Basta ouvir um só dos áudios gravados entre o Tuma Jr. e o Paulo Li, para ter a certeza de quem se trata. E os áudios estão disponíveis em milhares de links.

    E uma foto ao lado do Lula é alguma prova?

    Gostaria de ouvir áudios, ver vídeos, documentos assinados etc.etc.etc., não declarações de amigos (amizade de trinta anos) de mafiosos!

  111. Chesterton said

    Pax, fatos por favor, senão é fantasia, histeria.

  112. Pax said

    Caro HRP e demais,

    Lula está, cada vez mais, abrindo sua guarda. Achar que o cara é santo, um mito etc, cuidado, uma hora a casa cai.

    Agora mesmo Lula esteve no MS, estimulando os ruralistas às maiores atrocidades. Só tem se envolvido, cada vez mais, com tudo que há e ruim no país. Precisa lembrar da foto abraçado com Collor? Da foto que Maluf o obrigou a tirar com Haddad? Da amizade com Walfrido Mares Guia? Do Lulinha, seu enteado que só faz merda?

    Achar que Lula é à acima do bem e do mal me parece uma infantilidade enorme.

    Lula está desenhando sua biografia como um Sarney da vida. Simples assim. O poder, meus amigos, corrompe geral.

    Lula, pra mim, virou uma enorme decepção. Apesar de ver com clareza um monte de coisas que fez.

    Só que… suas opções atuais são pra jogar seu próprio nome na lama dos demais.

  113. Chesterton said

    1: não fui eu quem nomeou Tuma Junior secretário nacional de Justiça; foi Lula!
    2: não fui eu quem disse que ele nada devia quanto à questão ética: foi a comissão do governo… Lula!
    3: não fui eu quem atestou a sua idoneidade, mas o Ministério da Justiça do governo… Lula!

  114. Pax said

    Chesterton,

    aponte-me, por favor, o número de notícias que o imbecil fez sobre a corrupção tucana versos o que ele, em sua completa visão bélica-bovina faz de quem não lhe paga uns trocados para ser o que é

    aí a gente começa essa conversa

    são fatos, Chesterton

    desequilíbrio babaca é fato, mensurável

    o cara é um ninguém, não merece qualquer crédito, simples assim

    acerta alguma vez? sei lá. não leio, mas claro que pode acertar

    se falar de corrupção no Brasil e apontar só pra um lado, vai matar vários patos

    só que, quem faz isso, não merece, no meu entender, crédito algum

    ao contrário, é fazer parte do esquema, do todo

    é, no fundo, fazer parte do establishment

    (o que ele, com certeza, faz e é, sim, pago pra fazer – espertalhão que só, vendido que só, idem ibidem com vários do outro lado)

  115. Jose Mario HRP said

    A mamata acabada fez o cara querer vingança.~
    E todos sabemos que caluniar um cara como Lula ´pe muito f´pacil!
    E , garanto que ele n.ão vai revidar.
    Não ha porque descer ao patamar de mais um contrariado que sai atirando, batendo o pezinho.
    Atrocidades?
    Isso ta cheirando a mais um monte de baboseiras infundadas!
    Como ja pedi, provem , documentem, mostrem os negativos ou os filminhos super 8
    KKKKKKKKKKKK,,,,,,,,Lula preso em 80, mas a alcaguetagem teria que ser antes certo?
    Portanto , antes de 78,(79 teve a anistia e fim da alcaguetagem) ou seja, sem o delegado mirim!

  116. Jose Mario HRP said

    Vamos falar de coisa concreta.
    KD a cana pros caras que tungaram o estado de Sao Paulo em 01 bi?A ladroagem campeando no Bandeirantes, dia e noite, por 18 anos, com Covas, Geraaaaaaldo, Geraaaaaldo, Cerra e , de novo , Geraaaaaaldo!
    O caso Siemens/Alston vai se resolvendo la fora mas aqui,,,,,,,,

    MP na hand dos tucanos, policias matadoras e mordendo o PCC, batendo nos pretos , pobres e putas,,,,,, e petistas!
    E , como nada muda, gente lendo o Reinaldo e pondo fe!
    Fala serio!

  117. Chesterton said

    Reinaldo é nada, Pax, Patriarca e Otto são tudo…..Pax, o Reinaldão namorou sua irmã?

    obs: só me diz se confirma a data de nascimento do Tuminha, Reinaldão está certo ou não?

  118. Pax said

    Caro Chesterton,

    Se liga. Não li revista Veja, não li Reinaldo, sei lá que papo é esse do Tuma Jr ter nascido aqui ou acolá.

    Vamos falar de notícia cujas fontes tenham qualquer credibilidade, um mínimo que seja.

  119. Patriarca da Paciência said

    Para mim, o livro do tal Tuma Jr, o amigo de mafiosos, é uma apanhado de todos os boatos que circulam pela internet contra o Lula e o PT. Nada mais que isso, como alguns jornalista já escreveram !

    Agora veja bem, o livro é escrito pela mesma pessoa que escreveu o livro do Lobão. Lobão é aquele cara cujo cérebro é bombardeado, faz algumas décadas, pelas mais pesadas drogas e é mesmo um grande milagre que ainda viva e consiga falar alguma coisa!

    Quando a Veja começa a apelar para tais figuras, é porque está mesmo no fundo do poço!

  120. Chesterton said

    mas você lê o Otto 96?

  121. Patriarca da Paciência said

    “A boataria anti PT virou livro. Romeu Tuma Júnior lançou o “Assassinato de reputações – um crime de Estado”. A obra é escrita por Claudio Julio Tognolli, que também participou de um livro do Lobão.

    A obra assinada pelo ex-membro da Secretaria Nacional de Justiça é um apanhado de todos os boatos contra Lula e o PT espalhados na internet e pela “grande imprensa”. De fabricação de dossiês a até, imaginem, de que Lula foi informante da ditadura (?!).

    Tuma Júnior foi defenestrado da Secretaria Nacional de Justiça em 2010 por associação ao esquema de contrabando de Li Kwok Kwen. À época, Veja, Estadão e todos os veículos de comunicação da “grande imprensa” fizeram campanha sistemática, bem ao seu estilo inquisidor, para que Tuma deixasse o órgão do governo federal.”

    http://www.brasil247.com/pt/247/artigos/123413/Para-qu%C3%AA-serve-o-livro-de-boataria-de-Tuma-J%C3%BAnior.htm

  122. Patriarca da Paciência said

    Agora vão fazer o maior cavalo de batalha que a wikipédia está errada e o reinal rola-bosta está certo.

    Antes de mais nada, a única coisa que realmente prova a data de nascimento do “tuminha” é a sua certidão de nascimento e… devidamente periciada, por, no mínimo, três peritos !

  123. Pax said

    Só que, apesar das fontes, quem tem a bunda enfiada em sujeira, uma hora aparece o que tem de mais sujo nestas partes mais íntimas, digamos assim.

    Não se surpreendam se, independente das fontes, outra Rosemary Noronha acabe contando que fulano de tal, comprou sei lá o que, pagou em grana viva sei lá quanto, e que o tal fulano, imaculado com pé no barro, acabará com as merdas mal limpas expostas.

    Quando um país opta pela corrupção – e Lula fez isso descaradamente – todas as biografias acabam esmerdalhadas.

    Lula, com certeza, não é exceção ao modelo.

    A dúvida, que se aproxima da certeza, é se aprofundou ou não o assunto. Tem muita sujeira debaixo do tapete e parece que, a cada hora, levanta uma das pontas e jogam ventilador no local.

    Caiamos na real, neste jogo, todos os praticantes, juízes e bandeirinhas, estão com rabo preso.

    Mais uma vez: não é de hoje que digo essa verdade que dói. Cada lado bovino, cada manada, que chore seus mortos de seus grupos.

    Caro Chesterton,

    Quando qualquer um dos colegas aqui traz notícias de veículos que não leio mais, passo, quase sempre, batido, às vezes leio, a maioria das vezes nem leio.

    De novo, não vou dar crédito nem vou entrar bovinamente em qualquer bordão de torcida. Me lembra esse caso recente do Cardozo, o ministro valentão que processaria meio Congresso e, agora, vai lá, ter que se explicar.

    Prefiro esperar… me parece uma postura mais correta. Simples assim.

    E afirmo: estamos vendo a pior campanha eleitoral presidencial se iniciar. Ninguém vai discutir proposta alguma. Vão mentir a rodo como pano de fundo do mote de sempre: meu corrupto é melhor que o teu.

  124. Chesterton said

    não finge, Pax.

  125. Otto said

    Deixemos por ora o filhote da ditadura e amiguinho de mafiosos de lado, até que ele possa mostrar sua certidão de nascimento, e perguntemos se o Domínio de fato vai valer para ricos ou só para pobres, pretos e petistas:

    “Nomes como Eli Horn, presidente da Cyrela, e Carlos Jereissati, do Shopping Iguatemi, podem ser acusados como corruptores pela teoria do domínio do fato; empresa de Horn documentadamente pagou propinas de R$ 295.550,00, enquanto Iguatemi de Jereissati deu R$ 63 mil aos fiscais corruptos para burlar ISS; com base no domínio do fato, ex-deputados José Genoino e José Dirceu foram condenados como corruptores pelo STF; delator Luís Alexandre Cardoso terá igual destino de seu colegado Roberto Jefferson?; rigor usado pelo Supremo irá prosperar ou a origem de classe social continuará pesando na Justiça brasileira?”

    http://www.brasil247.com/pt/247/sp247/123556/Dom%C3%ADnio-do-fato-vai-valer-para-corruptores-ricos.htm

  126. Pedro said

    Pax, falando em eleições.

    Ta na hora de ver as propostas da oposição, se existem ou não, e se vamos ficar nisto que vc escreveu, meu corrupto é melhor que o teu.
    Penso que é bom conhecer primeiro, pra depois decidir se gosto ou não.

    Aqui uma entrevista do Aécio, com um jornalista de variedades, e não da área política.

    http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/jornal-do-almoco/videos/t/edicoes/v/confira-a-entrevista-de-cacau-menezes-com-aecio-neves/3006582/

    Se achar que não deve publicar, fique a vontade pra excluí-la.

  127. Chesterton said

    A máquina de moer reputações do PT é gigante, está na hora de acabar.

  128. Pax said

    Caro Pedro,

    As eleições não serão decididas pela minoria que acompanha política mais amiúde. É o povo, lá na ponta, que dá massa, dá maioria, é quem elege. Essa minoria que acompanha política não faz nem cócegas, não passa de um risco no cômputo geral.

    Essa massa não sabe nem quem é Aécio, boa parte nem ligaria uma foto com o nome. Muito menos Campos. Aqui é uma parte da questão.

    A outra parte é formada realmente do discurso que chega. Aí o problema da oposição é ainda maior.

    Nem você, nem eu, nem, muito menos, a tal massa, sabe o que esses caras têm pra apresentar, o que é que fariam se estivessem no poder.

    Eu confesso que não tenho a menor ideia, não sei dizer qualquer projeto que Aécio teria para governar.

    Vão acabar, tudo indica, falando da corrupção do PT, das obras inacabadas, do custo deste Brasil travado em burocracia e impostos malucos etc. Só que:

    – Corrupção: ou dá empate, ou um lado ganha do outro por pouco.
    – Obras inacabadas: aqui eles poderão martelar um monte de exemplos, mas os marketeiros de Dilma farão enormes contrapontos. Imagina o que já tem de caixa 2 pra produção dos programas de todos. Vai ser um festival de filmes hiper bem feitos, musicas de breganejos e tudo que nosso dinheiro desviado pode pagar.
    – Custo Brasil: o povo não vai nem saber do que se trata
    – Impostos malucos, modelo tributário medieval: será outro balão furado. PSDB gosta tanto de imposto quanto o PT, precisam de imposto pra sustentar suas roubalheiras.
    – E fotos e mais fotos de Lula, Dilma etc com Maluf, com Sarney, com Collor, a Rosemary vai reaparecer, Lulinha terá seu lugar ao Sol das maracutais.
    – Sem esquecer dos metrôs, trens, José Roberto Arruda, Marconi Perillo, Carlinhos Cachoeira, helicóptero do pó (vai ser uma festa, dos dois lados, uma festa à fantasia, festa de pinto que o povo entra vestido de bunda)

    Isso é uma visão simplória que faço, sem nem ter visto nada a respeito por enquanto, mas não vai ser muito diferente. Dilma terá muito mais tempo de tv, vai abusar de falar do Mais Médicos, um monte de histórias de gente que ganhou bolsa família e mudou de vida etc etc.

    Caso não aconteça um tsunami eleitoral, algo absolutamente imprevisível, Dilma leva no primeiro turno, fácil.

    O que pode assustar é: Copa do Mundo e as manifestações. Tenho quase certeza que Dilma vai levar, de novo, algumas vaias nos estádios. Afinal, temos que nos lembrar que esta Fifa, uma das coisas mais corruptas do planeta, faz copa pra encher o rabisteco de dinheiro com ingressos que só ricos podem pagar.

    Do lado de fora vai ter uma massa querendo muito reclamar do todo. Isso pode, sim, alterar alguma coisa.

    E aí teremos, de novo, as apropriações das manifestações. De um lado um bando de malucos extremistas da oposição, incluindo radicais de direita, de outro alguns partidos radicais da esquerda (PSTU, PCO, PSOL etc) e, de outro, a massa bovina a mando do PT, e outros. Cada lado tentando dizer que a manifestação é sua e a coisa toda sendo novamente dividida e abafada. Fora a porradaria que as polícias vão baixar, que não vai ser pouca.

    É por isso que alguns blogs bancados pelo governo já estão gritando: “Olha, cuidado, não estimulem manifestações, olha o perigo que isso pode dar…”.

    Até o Ricardo Kotscho, que respeito um bocado, já caiu nessa de criticar manifestações. Kotscho, afinal, não acerta todas. Ainda mais quando sua escrita fica mais partidária e pendular que o normal.

  129. Chest said

    Esquerda, ida e volta

    Ouvir o texto
    Minha vizinha é linda. Minha vizinha é de esquerda. Um problema?

    Não para mim, uma alma tolerante e pluralista e mentirosa. Para ela. Mas, como diria Jack, o Estripador, vamos por partes.

    Aconteceu em setembro. Começou o ano acadêmico em Lisboa e uma espanhola mudou-se para o apartamento ao lado do meu. Encontrei-a na porta da rua, transportando as malas. Ofereci ajuda. Resposta dela: “Lá porque eu sou mulher você pensa que não consigo?”.

    Alarme. Feminista na área. Fugir, fugir, fugir –eis o sinal luminoso nos meus neurônios. Mas fugir daqueles olhos absurdamente azuis?

    Não, claro que não, e depois falei de uma hérnia discal precisamente por excesso de peso. “É preciso ter cuidado.” Ela comprou a primeira mentira. Se Deus me der tempo e saúde, outras se seguirão.

    História da donzela: veio para Portugal apaixonada pela literatura dos lusos. A ideia é fazer doutorado, ficar uns anos, experimentar a vida do país. Excelente ideia.

    “Pena chegar com esse governo fascistinha, você não acha?”, perguntou ela.

    Explicação prévia: o governo português atual, que alguns consideram de centro-direita, tem sido um exemplo de socialismo no seu pior. Sobretudo carregando nos impostos como nenhum governo socialista antes dele. Mas o que responder? A verdade, só a verdade, nada mais que a verdade?

    Não. A mentira, só a mentira, nada mais que a mentira. “Fascistinha é dizer pouco”, murmurei com venenoso sarcasmo.

    E eu? Quem sou eu? Que faço? Quais são os meus gostos e desgostos? Falar de colunismo e televisão e livros é matéria interdita. Livros? O último chama-se “Por que Virei à Direita”, Deus do céu.

    Respondi vagamente (“dou aulas”) e depois menti vagamente (“mas o meu sonho é trabalhar numa ONG”). Os olhos dela brilharam e eu senti o meu cachet a subir.

    Mas tanta mentira desgasta. Voltando aos livros, é impossível esconder a biblioteca inteira. Foi o primeiro momento em que a máscara quase caiu. “Você lê muito autores de direita, não?”, perguntou ela, olhando para as estantes com os meus Hayeks, os meus Oakeshotts, os meus Voegelins.

    Pausa. Sangue frio. “Você tem que conhecer o inimigo”, respondi. Ela concordou. E depois perguntou pelos autores da minha vida. “Tirando o Slavoj Zizek? Não vejo mais ninguém com qualidade hoje em dia.”

    Ela não conhecia Zizek. Com luvas e máscara de proteção, comprei um livro do ogro no dia seguinte. Foi o meu presente de aniversário em outubro. Ela gostou de Zizek; mas, surpresa das surpresas, achou as páginas sobre a necessidade de violência revolucionária um pouco excessivas. “Por causa dos inocentes”, disse ela.

    Eu poderia ter ficado calado. Não fiquei. “Mas você acha que no capitalismo há mesmo inocentes?” Silêncio. E epifania: a única forma de trazer esse anjo um pouco mais para o centro é eu próprio radicalizar-me à esquerda.

    Dito e feito: nos últimos tempos, as conversas ficaram surreais. Defendo Cuba. Defendo a Venezuela. Ataco os Estados Unidos até pela falta de água em Lisboa.

    E sobre os colunistas de direita que “invadiriam a mídia”, os tribunais deveriam fazer qualquer coisa. “Onde está a liberdade, afinal?”, pergunto eu, indignado.

    De resto, a crise europeia tem responsáveis perfeitamente identificáveis (“a ganância dos bancos”) e o “aquecimento global” é a maior ameaça à vida na Terra (“e quem diz o contrário deveria ser preso”).

    O resultado desse cortejo de insanidades está na moderação dela, que cresce de dia para dia: por cada loucura minha, ela tenta um equilíbrio. “Você é muito radical”, eis o mantra dos últimos tempos. Eu medito, faço cara de caso. Depois rendo-me e concordo. “Sim, você tem razão.”

    O objetivo, agora, é virar o barco para a direita por influência dela. Há sinais de esperança. Tímidos. Tênues. Dias atrás, assistindo ao biopic sobre Thatcher com Meryl Streep no papel da “dama de ferro”, arrisquei: “Essa Thatcher era mulher de coragem. Fascista, mas de coragem”.

    Ela completou. “Eu gosto dela. Quando você é mulher, tem que ser um pouco fascista num mundo de homens.” Repicaram os sinos na minha alma.

    Se as coisas continuam assim, no próximo ano estaremos os dois no Fórum da Liberdade de Porto Alegre, a cantar hossanas a Milton Friedman e à escola de Chicago. E por que não?
    Vem na Bíblia: todas as grandes conversões são sempre histórias de amor à segunda vista.

    João Pereira Coutinho, escritor português,

  130. Chest said

    Vingar Antônio Palocci Filho das revelações, em maio de 2011, de que seu patrimônio teve uma evolução milionária de 20 vezes, em cinco anos. Segundo inconfidentes petistas, esta foi a razão que forçou o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, a denunciar a máfia de fiscais que fraudava o recolhimento do Imposto Sobre Serviço (ISS). Para ficar bem com Palocci, Haddad traiu o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD), grande aliado petista.

    Alguns ou pelo menos um dos autores do desvio de mais de R$ 500 milhões dos cofres públicos paulistanos (desde 2008) foram os mesmos que vazaram, anos atrás, as informações sobre as milionárias consultorias de Palocci – ex-ministro da Fazenda de Lula da Silva e ex-ministro da Casa Civil de Dilma Rousseff. Nos bastidores petistas, comenta-se que Palocci obrigou Haddad a “cumprir o compromisso” de vingá-lo, denunciando os fiscais que o prejudicaram politicamente.

    Pelo menos um dos envolvidos no escândalo da Prefeitura de São Paulo teria revelado como Palocci conseguiu comprar, no fim de 2010, um apartamento no luxuoso bairro paulistano dos Jardins, no valor de R$ 6,6 milhões. A empresa de Palocci, a então Projeto Consultoria, Planejamento e Eventos Ltda, comprou o imóvel em duas parcelas: R$ 3,6 milhões e R$ 3 milhões – conforme informações vazadas na ocasião. Em dezembro de 2011, Palocci mudou o nome de sua empresa para Projeto Administração de Imóveis.

    Em 2011, Palocci alegou que o dinheiro veio dos serviços de consultoria que prestou quando deputado, atividade permitida por lei, e que tudo foi declarado à Receita Federal. A empresa do ex-ministro, segundo denúncias de 2011, teria arrecadado R$ 7,4 milhões, desde 2006. Cinco anos antes, Palocci tinha bens no valor de apenas R$ 375 mil. Agora, Palocci exigiu a cabeça de quem o dedurou. E Haddad, talvez a contragosto de arrumar uma briga com Kassab, aproveitou para quebrar o clima negativo do Mensalão, posando de “combatente contra a corrupção” na denúncia contra a velha máfia paulistana do ISS.

    Agora, o caso é mais um capítulo da disputa entre petistas e tucanos sobre denuncismos de corrupção na prefeitura paulistana e no caso Siemens-Metrô com o governo Geraldo Alckmin. Sobre o esquema que desviava o ISS, beneficiando empreiteiras e incorporadoras de imóveis, o Ministério Público informa que a máfia dos fiscais começou a operar em 2005. Assim, teria agido nas administrações de José Serra (PSDB) e Gilberto Kassab (PSD), além de Haddad (PT). O promotor Roberto Bodini deve denunciar o caso à Justiça no começo de fevereiro ano que vem, depois das férias do Judiciário.

    No mais recente capitulo do escândalo, O Globo revela que os nomes de grandes construtoras, shopping centers e até um hospital de São Paulo aparecem entre 410 empreendimentos beneficiários do esquema de fraudes. A lista, encontrada semanas atrás em poder de agentes públicos, comprova negociatas fechadas entre junho de 2010 e outubro de 2011. Os empreendimentos pagaram R$ 29 milhões em propina aos fiscais, enquanto deviam um total de R$ 59 milhões aos cofres públicos. No fim das contas, pagaram apenas R$ 2,5 milhões em ISS.

    O MP deve denunciar que o dinheiro era repartido entre os auditores fiscais Luis Alexandre Cardoso Magalhães, Carlos Augusto di Lallo Leite, Eduardo Barcellos e Ronilson Rodrigues, considerado o chefe da quadrilha. Magalhães fez acordo de delação premiada com o Ministério Público e ficou cinco dias na cadeia. os demais passaram dez dias presos. Em seguida, Barcellos também fez acordo de delação premiada.
    A operação contra a máfia dos fiscais foi deflagrada em 30 de outubro.

    O escândalo obrigou os petistas a cortarem a própria carne. O secretário de Governo do prefeito Fernando Haddad, Antonio Donato, deixou o cargo no meio do escândalo. Foi suspeito de ter recebido R$ 200 mil para sua campanha eleitoral. Donato nega, mas, dependendo do que foi contado na deduragem da delação premiada, ele pode acabar também indiciado pelo promotor Roberto Bodini.

    O engraçado da recente inconfidência de bastidores petistas sobre a vingança de Palocci contra os fiscais é que, em 2011, chegou a circular uma versão, dentro do mesmo PT, de que o ex-ministro fora vítima de fogo amigo dentro do partido. Segundo a versão de dois anos atrás, o núcleo paulista do partido, comandado por José Dirceu, teria resolvido transformar a Presidenta Dilma em refém. As revelações sobre a evolução patrimonial dele podem ter partido de lá. A fonte de intrigas teria, assim uma origem também “comercial” – muito além da política.

    Agora, se for verdadeira a versão da vingança de Palocci contra os fiscais, a autofagia petralha fica menos culpada pelo mar de lama em que o PTitanic vai afundar, por causa dos icebergs de denúncias de corrupção que vêm por aí no ano reeleitoral.
    Serrão- Alerta Total

  131. Chest said

  132. Pax said

    impressionante como Zé Dirceu consegue se meter em merda fedida

    o tal empresário que o contrataria, seu amigo íntimo, é um verdadeiro 171

    Dirceu está à serviço da oposição, só pode ser

    agora o pior: a cúpula da PT prepara um desagravo para seus presidiários ainda essa semana

    não sei se rio ou dou gargalhada

    cadê os colegas do blog que diziam o bordão da cúpula que Dirceu não tinha obrigação de saber a composição acionária da empresa que lhe oferecia emprego?

    não só conhecia como, segundo o noticiário de agora à noite, o envolvimento com as, digamos, coisas do tal empresário era à além de qualquer moralidade

    Grande Zé Dirceu.

    Enviado via iPhone

    >

  133. Otto said

    Pax, fique sempre com dois pés atrás com notícias do PIG.

  134. Patriarca da Paciência said

    “Deputado João Paulo Cunha, um dos condenados na Ação Penal 470, publica documento corajoso onde contesta, uma a uma, todas as acusações feitas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa; com documentos, ele demonstra fatos incontestáveis, como: (1) a contratação de uma agência de publicidade pela Câmara não foi feita por ele, mas pelo antecessor Aécio Neves, (2) a decisão de licitar nova agência não foi dele, mas da Secretaria de Comunicação da casa; (3) o contrato não foi assinado pelo deputado, mas pela diretoria da Câmara; tudo está documentado, incluindo relatórios da Polícia Federal, do TCU e da própria Câmara, que inocentam o deputado; leia em primeira mão e faça seu próprio julgamento sobre a conduta do parlamentar, que também demonstra como o dinheiro – que Barbosa diz ter sido desviado para o PT – foi gasto em empresas como Globo, Abril e Folha”
    (blog 247)

    Não li ainda o documento todo, mas me parece bem fundamentado e bem documentado.

    Todo mundo sabe que o Barbosão não é nenhuma sumidade jurídica e, muito menos, contábil.

    Barbosão é simplesmente um obstinado e megalomaníaco.

    Muito do trabalho foi feito pelos assessores e eles apena o apresentou conforme suas teorias messiânicas!

    Vamos ver! Me parece uma reação realmente de peso!

  135. Patriarca da Paciência said

    “Deputado João Paulo Cunha, um dos condenados na Ação Penal 470, publica documento corajoso onde contesta, uma a uma, todas as acusações feitas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa; com documentos, ele demonstra fatos incontestáveis, como: (1) a contratação de uma agência de publicidade pela Câmara não foi feita por ele, mas pelo antecessor Aécio Neves, (2) a decisão de licitar nova agência não foi dele, mas da Secretaria de Comunicação da casa; (3) o contrato não foi assinado pelo deputado, mas pela diretoria da Câmara; tudo está documentado, incluindo relatórios da Polícia Federal, do TCU e da própria Câmara, que inocentam o deputado; leia em primeira mão e faça seu próprio julgamento sobre a conduta do parlamentar, que também demonstra como o dinheiro – que Barbosa diz ter sido desviado para o PT – foi gasto em empresas como Globo, Abril e Folha”
    (blog 247)

    Não li ainda o documento todo, mas me parece bem fundamentado e bem documentado.

    Todo mundo sabe que o Barbosão não é nenhuma sumidade jurídica e, muito menos, contábil.

    Barbosão é simplesmente um obstinado e megalomaníaco.

    Muito do trabalho foi feito pelos assessores e eles apena o apresentou conforme suas teorias messiânicas!

    Vamos ver! Me parece uma reação realmente de peso!

    O link do blog traz a possibilidade de baixar o documento completo:

    http://www.brasil247.com/pt/247/poder/123623/A-verdade-de-Jo%C3%A3o-Paulo-encara-as-mentiras-de-JB.htm

  136. Patriarca da Paciência said

    “Deputado João Paulo Cunha, um dos condenados na Ação Penal 470, publica documento corajoso onde contesta, uma a uma, todas as acusações feitas pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa; com documentos, ele demonstra fatos incontestáveis, como: (1) a contratação de uma agência de publicidade pela Câmara não foi feita por ele, mas pelo antecessor Aécio Neves, (2) a decisão de licitar nova agência não foi dele, mas da Secretaria de Comunicação da casa; (3) o contrato não foi assinado pelo deputado, mas pela diretoria da Câmara; tudo está documentado, incluindo relatórios da Polícia Federal, do TCU e da própria Câmara, que inocentam o deputado; leia em primeira mão e faça seu próprio julgamento sobre a conduta do parlamentar, que também demonstra como o dinheiro – que Barbosa diz ter sido desviado para o PT – foi gasto em empresas como Globo, Abril e Folha”
    (blog 247)

    Não li ainda o documento todo, mas me parece bem fundamentado e bem documentado.

    Todo mundo sabe que o Barbosão não é nenhuma sumidade jurídica e, muito menos, contábil.

    Barbosão é simplesmente um obstinado e megalomaníaco.

    Muito do trabalho foi feito pelos assessores e ele apena o apresentou conforme suas teorias messiânicas!

    Vamos ver! Me parece uma reação realmente de peso!

    O link do blog traz a possibilidade de baixar o documento completo:

    http://www.brasil247.com/pt/247/poder/123623/A-verdade-de-Jo%C3%A3o-Paulo-encara-as-mentiras-de-JB.htm

  137. Chest said

    Patriarca, está com Parkinson?

  138. Patriarca da Paciência said

    Em homenagem aos deputados “Porrelas” pai e filho:

  139. Patriarca da Paciência said

    Chest,

    eu estava testando um recurso que eu desconhecia no Windows 7, o qual permite corrigir um post que a gente já mandou!

  140. Pax said

    Cá entre nós…

    Só falta o João Paulo Cunha afirmar que a esposa – que pegou os R$ 50 mil, dinheiro vivo, na boca do caixa do Banco Rural – é casada com ele, sim, mas quem a usufrui é outro.

    Era só o que faltava…

  141. Pax said

    off topic…

    cada um vê as notícias segundo o cristal que gosta de olhar (parodiando o famoso dito de Campoamor)

    Sérgio Cabral Filho, um dos mais canalhas governadores que já tive notícias, que adora bater em povo, voltou a usar os helicópteros do governo (na verdade, aeronaves do povo que pagou por elas) para seus fins de semana com a família.

    Vale lembrar que as aeronaves, do que foi noticiado, levam o governador, a esposa e pimpolho, depois voltam para levar empregada, cachorro etc. Claro, Cabral não se mistura.

    Como o cristal que olho é sempre crítico, vejo de forma parecida a questão do PT agora preparar um desagravo para seus condenados presos.

    me parece que acham que o povo é burro

    Lembra da historia da Maria Antonieta: se não tem pão, que comam brioches (parece que isso não é verdade, mas ficou na História)

    Maria Antonieta foi decaptada, demorou, sim, mas as revoltas cresceram, cresceram, cresceram e… Luis XVI e sua amada insistiram tanto que seus pescoços e cabeças foram pro saco.

    O povo, às vezes, demora, mas não falha.

  142. Patriarca da Paciência said

    Cara Pax,

    aceitar bovinamente os mandos e desmandos do Barbosão é que não me parece uma atitude inteligente !

  143. Patriarca da Paciência said

    Mas eu também acho que o Barbosão, D. Joaquim I, espertamente, está encaminhando a sua “peça” para uma saída honrosa, ou seja, procurará provar que todo os seu “trabalho” tinha como único objetivo, “chamar a atenção de todos os brasileiros para a situação de calamidade dos nossos presídios e penitenciárias.”

  144. Pax said

    Caro Patriarca,

    Atenha-se somente na questão da digníssima esposa do João Paulo Cunha buscar um “agradinho” de R$ 50 mil na boca do caixa.

    E tenta, por favor, me explicar porque as empresas do Marcos Valério teriam a “bondade” de lhe dar este agrado.

    Culpar o STF?

    De novo, a questão do amigão do Zé Dirceu. Não demorou muito pra chegar onde? Na ANATEL.

    A hora que abrirem essa tampa, o esgoto vai feder um bocado. E, segundo fartíssimo noticiário, Dirceu andou por lá mandando e desmandando. E a gente tem que achar que as condenações são “aceitar bovinamente” as vontades do Joaquim Barbosa?

    Ora, caro Patriarca. Joaquim Barbosa, de quem não sou advogado, tem explicações a serem dadas, claro. Qualquer brasileiro, homem público, deve satistações de seus atos, mais que os homens privados.

    Mas querer que eu ache que os “coitados indefesos” dos condenados da AP 470 são perseguidos e injustiçados, aí o passo é bem largo.

    Foram condenados porque há uma miríade de provas e indícios na AP 470 que os colocam na mesma massa de políticos corruptos.

    Se tiver que cobrar alguma coisa de Joaquim Barbosa é que ele desengavete os outros processos, que puna, também, seus pares, etc etc etc.

    Daí a eu sair em defesa de quem meteu a mão em dinheiro, boca do caixa etc…

    Só me incomoda, já disse inúmeras vezes, foi o Genoino ter assinado aqueles malditos contratos.

    Mas, infelizmente, assinou, sim.

    Assinou as fraudes, então, com todo meu sentimento, que cumpra sua sentença. De preferência, na minha opinião, em casa, cuidando de sua saúde.

  145. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    eu considero a defesa do João Paulo Cunha muito bem fundamentada e muito bem documentada, ao contrário das acusações e condenações, que foram feitas em cima de teoria e acusações de um único réu, também condenado! Em provas “tênues” como reconheceu o próprio Gurgel. Ainda por cima, a teoria foi aplicada de maneira equivocada, como já o declararam famosos juristas.

    As suas lentes não permitem ver o meu ponto de vista, assim como não consigo ver o seu.

    Mas não restá a menor dúvida jurídica que o João Paulo Cunha tem todo o direito de se defender!

    Então eu prefiro aguardar os resultados finais e acho que o João Paulo está no caminho certo!

  146. Patriarca da Paciência said

    E o livro do “tuminha” é mesmo uma piada!

    “Chega depois de amanhã às livrarias a segunda edição de Assassinato de Reputações – Um Crime de Estado (editora Topbooks), o explosivo livro de Romeu Tuma Jr. A primeira edição de 3 500 exemplares esgotou-se em poucos dias. A nova sai com 10 000 cópias.

    A propósito, nos agradecimentos Tuma Jr. reserva algumas linhas carinhosas a Mino Carta e Paulo Henrique Amorim, que o incentivaram a escrever a obra. Diz Tuma Jr.:

    – Agradeço em particular a Mino Carta, por emprestar sua amizade, companhia e valiosíssimas tardes de inúmeras segundas-feiras nesse projeto de encontro de um injustiçado com a justiça. A Paulo Henrique Amorim, que, junto com Mino, me deu a ideia de escrever este livro. As entrevistas iniciais foram feitas por eles”
    (blog 247)

  147. Pax said

    Caro Patriarca, vou ser muito sincero contigo, muito mesmo:

    Enquanto os simpatizantes do PT, os mais empedernidos, não fizerem uma pressão dentro do partido, para que este expie seus problemas, o caminho, me parece, é o da completa degeneração.

    Agora o arbítrio é livre, sim. Se é isso que o partido quer, quem sou eu para questionar. Que afunde e que surja algo novo.

    (não, não vai ser Eduardo Campos com Marina, isso é mais do mesmo)

    Talvez nós nem estejamos mais por aqui pra ver este novo aparecer. Mas uma hora a casa cai. E o povo a reconstrói, sim.

    Esse PT que se alia com o pior que há no Brasil, não é mais um partido que defende os interesses do povo. Passou a defender os interesses de uma meia dúzia que lhe garante o poder da pior forma possível.

    O PSDB é o DEM, um defunto. O DEM já virou esqueleto, só esqueceram de enterrar, faz tempo. O PSDB ainda tem alguma carne, podre. O DEM nem fede mais. O PSDB fede um bocado.

    O PT adotou o caminho do PMDB, um amontoado de interesses muito esquisitos, muito sujos. O PT não morreu, como o PMDB, mas já apresenta suas necroses em adiantado estado, já tem verme saindo pra todo lado, mas o corpo ainda tem funções cardio-respiratórias.

  148. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    leio a História e não vejo um só período da humanidade que esteja tão em boas condições como a nossa época. Quanto a haver julgamentos injustos? Orá se há! E alguns famosíssimos, como o de Jesus, o de Sócrates, o de Galileu, o de Bruno, o de Joana D’Arc etc.etc. acho que chega a milhares!

    E também não vejo um só país que possa “dar lições de moral” ao Brasil. A Suiça, recebendo “em segredo de justiça” depósitos bancários de criminosos do mundo todo?

    Os Estados Unidos, promovendo guerras genocidas pelo mundo todo por simples interesse econômico?

    Inglaterra e Alemanha nem se fala, são as campeãs em genocídios!

    Eu falo sem nenhum medo de errar, o Brasil nunca teve uma época tão gloriosa! Nossa democracia funciona, nossa economia funciona, as condições de vida dos brasileiros estão melhorando a olhos vistos… Onde está a famosa crise?

    Não vejo mesmo! E essa história de “mar de lama! mar de lama!” é apenas uma péssima invenção do Carlos Lacerda!

  149. Pax said

    Pois é, caro Patriarca, pra você ver como olhamos a situação com cristais completamente distintos.

    Um país em que mais da metade da população não sabe interpretar um parágrafo que seja, quem dirá montar uma regra de três.

    Outro dia fui aqui perto, num botequim da roça, conheço todo mundo da região, moro faz 12 anos. E começamos a falar de filmes, rolou a conversa.

    Até que quase todos me disseram que não assistem filmes com legenda porque não conseguem acompanhar, não conseguem ler com a velocidade que as legendas passam na tela.

    Triste. Só que é uma fotografia exata de onde estamos.

  150. Chesterton said

    http://www.forbes.com/sites/peterferrara/2013/05/26/to-the-horror-of-global-warming-alarmists-global-cooling-is-here/

  151. Patriarca da Paciência said

    “Ministro da Justiça denunciou secretário estadual do PSDB-SP no Tribunal Regional Federal da 3ª Região por ter utilizado “expressões injuriosas” sobre ele para rebater denúncias de corrupção em licitações de metrô do governo de São Paulo.”
    (blog 247)

    E aí, caro Pax,

    Parece que o Cardozo não é tão fraquinho assim!

    E quanto a essa história de que os brasileiros são “analfabetos funcionais” é puro folclore.

    É pura ilusão achar que os alemães são cópias de Goethe ou os franceses sejam são cópias de Voltaire.

    O europeu médio em pouco se difere dos outros povos, com a agravante que são mais preconceituosos e arrogantes.

    Quanto aos norte-americanos, idem.

    É claro que esses países estão bem à nossa frente no item alfabetização e ensino universitário, como também está Cuba.

    Mas 98% das nossas crianças já estão na escola e os universitários aumentam a cada dia. É só uma questão de tempo para atingirmos o mesmo nível.

  152. Patriarca da Paciência said

    Dei uma olhada rápida pelos sites da “grande” mídia e nada sobre a defesa de João Paulo Cunha. Apenas o Estadão toca ligeiramente no assunto em meio a outra matéria. Sem a menor sombra de dúvida, a nossa “grande” imprensa e “imensamente” imparcial.

  153. Pax said

    Fraquinho ele é, caro Patriarca, isso não tenho qualquer dúvida.

    Se abrir os processos – prefiro aguardar um pouco mais – ganha uns créditos, sim. E vamos nos lembrar que foram muitos que o avacalharam, xingaram mesmo, acusaram de usar o cargo etc. Vai ter muito trabalho pros seus advogados nessa cruzada que ele prometeu fazer.

  154. Pax said

    Tem bastante notícia sobre a cartilha do João Paulo Cunha.

    Incluindo relatando um enorme desconforto no Palácio do Planalto. Segundo “fofocas” há uma visão conflitante da turma do Planalto com a turma do Dirceu.

    O Planalto quer tirar o mensalão da pauta. Dirceu quer, segundo li, que o PT se mobilize num confrontamento político com a alegação que os condenados cometeram “somente” crimes de caixa 2.

    Quando vejo o caro Elias reclamar que Dirceu não sai da pauta, sinto vontade de dizer para nosso amigo do Pará que reclame com o próprio, agora apoiado fortemente pelo João Paulo, que parece que esqueceu que sua esposa apanhou uns trocados na boca do caixa do Banco Rural, em sua tão precisa cartilha.

    Eu, ao menos, do que li do noticiário sobre João Paulo, não vi uma vírgula sobre os 50 mil.

    No fundo fiquei curioso foi de onde ele tirou dinheiro para imprimir uma cartilha tão cara. Mas é que sou chato mesmo. Gostaria de ver a nota fiscal que ele pagou para a gráfica que imprimiu a tal peça, que não sei se é realista, de ficção ou de humor.

  155. Patriarca da Paciência said

    Pelo que sei, caro Pax, o João Paulo já explicou muitas vezes, inclusive dentro dos próprios autos, essa história dos 50 mil.

    De qualquer forma, uma pessoa que tem rendimentos bastante vultosos, não acho tão estranho que saque 50 mil no caixa e faça com ele o que bem entender.

    E também que nunca houve uma prova cabal que os tais 50 mil eram realmente “produto” de crime!

    Agora, se toda a corrupção do PT se resume a 50 mil, a acusação está mesmo muito fraquinha!

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: