políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Nas mãos do STF inquérito sobre a roubalheira do Metrô-SP

Posted by Pax em 11/12/2013

Como a roubalheira envolve nomes da cúpula do tucanato paulista, com foro privilegiado, o inquérito foi para o STF.

Inquérito sobre cartel em licitações do Metrô de São Paulo é enviado ao STF

Daniel Mello
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – A Justiça Federal em São Paulo remeteu para o Supremo Tribunal Federal (STF) o inquérito sobre o esquema de fraudes em licitações no sistema de trens e Metrô de São Paulo. O envio dos autos ocorre após a menção de nomes de autoridades que têm foro privilegiado. São apurados os crimes de corrupção, evasão de divisas e lavagem de dinheiro. As investigações apontam que as empresas que concorriam nas licitações do transporte público paulista combinavam os preços, formando um cartel para elevar os valores cobrados, com a anuência de agentes públicos.

Em novembro, atendendo solicitação da Polícia Federal (PF), a Justiça Federal determinou o bloqueio de cerca de R$ 60 milhões em bens de suspeitos de participarem do esquema, como forma de garantir o ressarcimento dos valores desviados. Foram afetadas pela decisão três pessoas jurídicas e cinco pessoas físicas, incluindo três ex-diretores da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A solicitação foi feita após a PF após tomar conhecimento que autoridades suíças, que também investigam as suspeitas de corrupção, encaminharam um pedido de cooperação internacional ao Brasil.

A combinação de preços entre as empresas que participaram de licitações para obras, fornecimento de carros e manutenção de trens e Metrô de São Paulo também é alvo de investigação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual.

O cartel é investigado pela Operação Linha Cruzada, feita pelo Cade em conjunto com a Polícia Federal. A investigação teve início a partir de um acordo de leniência da empresa Siemens com o conselho, que permitiu que a empresa denunciasse as ilegalidades. Documentos e cópias de e-mails trocados entre funcionários da Siemens estão sendo analisados pelo Cade e pela Justiça.

Anúncios

22 Respostas to “Nas mãos do STF inquérito sobre a roubalheira do Metrô-SP”

  1. Otto said

    Olha, na verdade, o mensalão está aqui:

    http://www.cartacapital.com.br/politica/promotoria-aponta-mesada-a-deputados-do-psdb-diz-jornal-1697.html

  2. Jose Mario HRP said

    JB mandou o setor de compras do STF comprar um equipamento que deixa a comida em banho Maria, com o objetivo de deixar inquerito do Trensalão morninho , lá na gaveta onde vão esquece-lo!
    Igualzinho ao do Mensalão tucano minerim!

  3. Jose Mario HRP said

    Acesse com moderação:

  4. Patriarca da Paciência said

    Como sempre, estou achando que a coisa vai ficar como o caso Daniel Dantas, ou seja, se houve ou não houve corrupção, se as provas são robustas e verdadeiras, tudo perde a importância ante o fato de que “alguma regra de investigação não foi rigorosamente observada”.

    Já contra o PT vale tudo, acusações de “empresários” receptadores de cargas roubadas, acusações de “empresários” de jogo do bicho e co-editor da revista Veja, se a sogra do primo de uma parlamentar do PT tem algum emprego “fantasma” etc.etc.etc.

    Que o PT fique de olhos bem abertos!

  5. Pax said

    Caro Patriarca,

    o caso Daniel Dantas chega nas operadoras, que mais parece um polvo, ou, como diz nosso amigo Pedro de SC, um balaio de siri, cheio de pontas e “siris” agarrados uns nos outros.

    pode ser… assim, de repente, que chegue numas antenas paulistas, numas ofertas de empregos pra gerenciair hotéis etc

    melhor, neste caso, deixar a ANATEL nas mãos de gente séria

    tipo, assim, uma Rosemary

    deixa quieto, caro Patriarca, deixa quieto, se abrir a tampa deste esgoto…

  6. Patriarca da Paciência said

    Por mim, caro Pax,

    que puxem todos os siris do balaio. Mas que apresentem provas devidamente robustas e concretas!

    E que não apareça outro messiânico fundamentalista Barbosão, para acusar os problemas só de um lado! Pelo jeito, o Bob Jeff sequer vai conhecer a Papuda. Além de uma rigoroso controla da sua saúde individual, agora estão fazendo uma rigorosa inspeção na penitenciária para saber se está em condições adequadas de receber tão ilustre personagem!

  7. Elias said

    “E que não apareça outro messiânico fundamentalista Barbosão…” (Patriarca)

    Que Barbosão, Patriarca?

    Com a batata quente do metrô no STF, Barbosão não tuge nem muge. Ele, Gilmar & quejandos…

    Aliás, como também vários comentaristas daqui.

    Bois mansos…

    Gado bom…

  8. Chest said

    O delegado aposentado Romeu Tuma Júnior adverte à petralhada que o ameaça: tem documentos para fazer um novo livro mais explosivo que o “Assassinato de Reputações – um Crime de Estado” (Editora Topbooks, 557 páginas, R$ 69,90) – que chega hoje às livrarias de todo o Brasil. A divulgação da publicação, que tem tudo para assassinar a reputação de Luiz Inácio Lula da Silva e outros petistas menos votados, vem sendo boicotado pela mídia amestrada pelas verbas publicitárias do Palácio do Planalto.

    “Meu livro estará amanhã nas livrarias, contendo verdade, documentos, e relatos que presenciei. Não há o que refutar. São provas. Eles que se atrevam a me fazer algo, tenho muita munição (documentos) que não coube nesse livro… Dá para fazer outro… E vou fazer…”. Este foi o recado de Tuma Júnior, em entrevista ao Blog do Paulinho – site especializado em assuntos do Corinthians, time pelo qual torcem Lula e Tuminha.

    Tuma Jr condena o modus operandi repressivo da petralhada, e promete um troco: “É assim que essa gente age… como a Máfia, primeiro tentam desqualificar o denunciante, depois, partem para cooptá-lo, por fim, no desespero, partem para coisa pior… Eles ficam falando, repetindo à exaustão, que sou envolvido com Máfia Chinesa, etc… História esta que eles mesmos inventaram… são uns boçais… nem sequer denúncia contra mim existiu, tamanha a invericidade do que foi falado… Nem na Justiça, nem no Ministério da Justiça, nem no MP, MPF, Polícia Federal… Nada ! Eles tentaram assassinar minha reputação depois que comprovei a conta do Mensalão… Eles estão com medo… E, diferentemente do que fizeram comigo, foram condenados, são criminosos…”

    O filho do falecido Delegado Romeu Tuma feriu a santificada imagem democrática de Lula ao revelar que o mítico líder sindical do ABC teria sido informante de seu pai nos tempos do regime militar. Tuma foi o chefe da Inteligência no Departamento da Ordem Política e Social – o DOPS. Suas informações embasavam as operações de repressão à luta armada e à esquerda promovidas pelo braço operacional do DOPS, comandado pelo também falecido delegado Sérgio Paranhos Fleury.

    Insistindo para que Lula fique frente a frente com ele e tende desmenti-lo, Tuma Júnior detona: “O livro tem provas de tudo o que falei… Eles investigaram minha vida inteira, não acharam nada, um pormenor sequer… Partiram então para a invenção… Funcionou na mídia, para assassinar minha reputação… Porque eles, espertos, sabem que a imprensa coloca uma denúncia, mesmo que infundada, na capa, enquanto a verdade, a descoberta de que nada ocorreu, quando publicado, fica escondida no canto da página…”.
    Jorge Serrão

  9. Pax said

    Caro Chesterton,

    Você insiste com essa fonte? Não te desmereça tanto.

    Tuma não tem nada com os contrabandistas chineses? Ah, ok, aquelas conversas gravadas eram só coisinhas entre cumadres. Tá bom. Ok, entendi.

    Vai, Chesterton, fica só com o histérico da Veja. Não piora a situação. Tua imagem não merece.

    =)

  10. Pax said

    Caro Elias,

    Quem é “gado bom”? Fiquei curioso.

    —-

    Dei uma olhada no papo do João Paulo Cunha no site 247. Juro que vou parar de olhar este site. Cada vez pior.

    Engraçado que ele esquece só de um detalhe. Pequeno detalhe. R$ 50.000,00, nota sobre nota, que sua esposa pegou na boca do caixa do Banco Real, a mando da empresa do Marcos Valério.

    Sim, deve ser uma curiosidade. Ou, talvez, João Paulo declare que a mulher é sua, sim, mas quem a usufrui é um terceiro. Será?

  11. Chest said

    Minha imagem aqui? HAHAHAHAHAHAHA!!! F_d_m-s_!

  12. Chest said

    BRASÍLIA – Os governistas entraram em campo e conseguiram evitar, na manhã desta quarta-feira, a aprovação de requerimento do PSDB, na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara, para ouvir Romeu Tuma Júnior, ex-secretário de Nacional de Justiça e o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, sobre as denúncias de que existe no governo do PT “uma fábrica de dossiês”. A oposição também tentou aprovar na CCJ do Senado requerimento do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) para que Tuma Júnior fosse convidado para uma audiência na comissão, mas pedido foi rejeitado pela maioria governista.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/governistas-entram-em-acao-evitam-convite-tuma-junior-gilberto-carvalho-11037445#ixzz2nCuCvs31

    chest- os governistas estão preocupados. Porque?

  13. Chest said

    http://www.brasil247.com/pt/247/poder/123383/Irm%C3%A3o-contraria-vers%C3%A3o-de-Tuma-Jr-sobre-Lula.htm

    chest- ah tá, nem os comentaristas acreditam nesse articulista.

  14. Pax said

    off topic…. relato de cenas reais, hoje

    – “SAI DESTE CORPO, SATANÁS”

    Cena 1: Saindo do Carrefour vejo um acidente à frente. Um senhor de uns 80 anos olha para um lado da avenida, pista oposta, a que quer entrar, e avança. Atinge motociclista na primeira pista. Seu capacete mal preso sai da cabeça, cai no chão, a cabeça ensanguentada na parte de trás e uma visível fratura no tornozelo direito que por pouco não fica exposta. Uma pequena escoriação no rosto.

    Cena 2: Paro minha moto, corro até o motociclista, vejo suas vias aéreas que estavam desempedidas, pego seu pulso que bate rápido e forte, tento falar com ele. Pergunto seu nome e precisei quase encostar meu ouvido para entender pela segunda vez que me respondeu baixinho: Milton.

    Cena 3: Vários carros e pedestres param, uns sacam seus celulares e tiram fotos etc. Converso com um deles que está falando ao celular e peço pra ligar no 192 do SAMU e 190 da PM. Me diz que era isso que estava fazendo. Agradeço, aviso ao Milton que o socorro está a caminho. Ele geme quase inaudível, o sangue aumenta no asfalto. Sua temperatura abaixa, seu lábio escurece e seu rosto perde cor. Confesso que gelei, também.

    Cena 4: A gasolina do tanque da moto escorrendo numa enorme poça no chão, grito pra um fumante sobre o perigo. Passa uma moça do lado do acidente e me pergunta: “Precisa de ajuda? Sou médica”. Digo que sim, por favor. Só sei o básico dos primeiros socorros. Uma médica, nessas horas, era o melhor que podia aparecer.

    Cena 5: A médica se abaixa, conversa com o Milton, falamos das vias aéreas, do pulso. Ela fala pra mim que o que a preocupa é o trauma na cabeça e que achou seu pulso fraco, sem que o Milton ouça. A médica segura uma das mãos do Milton, eu com a outra. Sinto novamente o pulso e aviso pra médica que está forte, sim. Ela sente novamente e confirma que sim. Faço um carinho na testa do Milton e peço pra aguentar um pouco mais que o socorro já está chegando, pergunto onde dói e ele diz baixinho: “minha perna direita”. Pergunto se é casado, diz que sim, se tem filhos, de novo um sim, quantos e ele me diz que são 5, pergunto onde trabalha e ele me diz o nome de uma empresa de segurança.

    Cena 6: Para uma mulher atrás de mim, em pé, aponta sua mão espalmada para o Milton e berra: “Sai deste corpo, Satanás!”. Me viro, nestas horas não sei de onde vem a calma, muito menos a educação, e digo pra ela: “Moça, sei que a Sra quer ajudar, mas faça suas orações em silêncio, por favor”.

    Cena 7: Depois de 20 minutos, sem PM nem SAMU, outro motociclista para um reboque da Autoban na rodovia Anhanguera (ao lado do acidente) e pede socorro. Cinco minutos depois chega o socorro médico da própria Autoban. Junto com uma viatura da PM. O SAMU não apareceu.

    Depois de ver Milton com o colar de imobilização colocado no pescoço, preso na maca e levado para a ambulância, ligo minha moto e vou embora. Não, não tirei nenhuma foto do Milton. Acho sórdido demais. E só conto essa história porque desabafo escrevendo mesmo. Espero que ele fique bem. São 5 filhos e uma esposa que o esperam em casa.

  15. Pax said

    Por mim que chamem o Tuma Jr no Congresso. Se tem cartas nas mangas, que as mostre. Ora bolas.

    Eu só colocaria as gravações dele falando com os chineses, antes de seus depoimentos, para arguir o cidadão do que realmente se tratavam aquelas conversas.

  16. Chest said

    Pax, ontem vi 2 motoqueiros estirados no chão, aqui eles crêm que o espaço entre os carros n uma avenida de 3 pistas é corredor exclusivo de motos, e o utilizam em alta velocidade. São agressivos, então tem noção que estão no fio da navalha. É uma questão de tempo até serem acertados. Não dá para vê-los sempre, são pequenos e rápidos demais. Eu nem discuto, não discuto com suicidas.

  17. Pax said

    Motoqueiros são diferentes de motociclistas. Fui motoqueiro quando moleque. Hoje sou motociclista.

    No caso acima a culpa foi do velho. Deu até pena dele. Antes de ir embora vi uma turma atendendo o velho, também deitado no gramado entre as pistas da avenida, chorando, dizendo que tinha matado o rapaz. Chamaram a família dele também, pra alguém levá-lo pra casa.

    Bem, eu vivo essa faina, Chesterton, ando de moto com esses malucos passando por mim alucinadamente. Sempre que olho no espelho e vejo aquele trem de motoqueiros eu entro no meio dos carros, deixo a tropa passar e sigo atrás deles.

    Os caras são, realmente, suicidas. Consegui um assunto que não discordo de ti.

  18. Pax said

    Muitos motoqueiros são super agressivos com os motociclistas. Se você fica na frente deles, nestes corredores (sim, havia uma enorme discussão, mas a lei permite andar entre os carros), os caras te xingam, ameaçam.

    Como ando de carro e moto (mais de moto) sei muito bem como são esses caras.

    O pior é que são estimulados por quem os contrata. Os mais agressivos são os motoboys mesmo. Que ganham por entrega. Precisam fazer essas loucuras pra faturar um pouco mais.

    É duro.

  19. Chest said

    Pax, a culpa foi do velho, mas quem se quebra é o motoqueiro. Não interessa a culpa, interessa é se o cara da moto poderia ter evitado o velho. Eu já fiz piores com motoqueiros por simplesmente eles estarem no ponto cego.

    A lei permite que se coloquem estrategicamente em caso de transito parado, a lei não autoriza ninguem a passar raspando entre 2 carros. A policia nada pode fazer contra eles, nem multa, porque somem rapidamente. Pelo mesmo motivo que são abalroados- INVISIBILIDADE.

  20. Pax said

    Acho que, neste caso em específico, o motociclista não podia ter evitado. O velho entrou na avenida sem olhar, não havia tempo do cara parar.

    Hoje eu ando de moto da forma mais segura que consigo. Pra começar, toda vez que passo a perna por cima do banco, uma frase eu repito pra mim mesmo (toda vez, não falha uma): “posso me machucar muito hoje”.

    Dirijo devagar pra caramba nas cidades, quando o corredor está apertado não passo.

    E dirijo por mim e pelos outros. Sempre olhando o que qualquer motorista pode fazer de merda, tentando antever.

    Já fraturei L1 e L2 num acidente por culpa totalmente minha. Tinha 20 ou 21 anos, nem lembro, na parada modelo da estrada Teresópolis-Rio.

    Em maio do ano que vem completam 2 anos que sofri meu último acidente, culpa toda minha, apaguei na chegada de uma viagem, 500 metros pra chegar na pousada que ia, entrei direto num barranco, nem vi o que aconteceu, deu um branco total na minha cabeça, quebrei a cabeça da fíbola e tive uma torção ferrada no tornozelo, ferraram meus ligamentos. Só agora estou conseguindo andar sem mancar, depois desse tempo todo. Mesmo assim dói quando ando muito ou piso em falso em qualquer desnível.

    Moto é assim, é bom demais, mas cobra caro. Muito caro.

    Tô, sinceramente, com a cabeça na cena que vi e torcendo que o tal Milton se recupere.

  21. Chest said

    Quem está de moto não pode contar com a sorte, direção defensiva procurando os velhos. Tenho vários ferimentos na cabeça por causa de moto, já fui atropelado num sinal fechado por um táxi (fechado para ele), que deu uma chegadinha para frente para olhar melhor, eu estava rente, e ele não me viu. Poderia ter evitado. Mas meu maior medo é bicicleta, meus filhos andam de bicicleta pela zona sul do Rio, é muito pior, a massa que absorve o impacto é menor que a massa de uma moto.

  22. Elias said

    De acordo com o Código de Trânsito do Brasil, quando um carro bate numa moto não se trata de COLISÃO e sim de ATROPELAMENTO.

    Ou seja: é, também, um delito penal.

    (Pouca gente sabe disso)

    Evidentemente que isso tem sido usado por motociclistas desonestos. O cara bate teu carro e, mais adiante, te processa. Tem, também, esse negócio a que o Chesterton se referiu, do pessoal que ziguezagueia irresponsavelmente por entre os carros.

    Daí porque se recomenda que, caso seu carro seja atingido por uma moto, não se limite a fazer a ocorrência de trânsito. Faça, também, o registro da ocorrência policial. Com um B.O., principalmente com testemunhas, você se defende melhor do motociclista pilantra.

    Mas o fato é que os motociclistas estão entre os líderes do ranking de vítimas fatais de acidentes de trânsito, dos quais as vítimas NÃO SÃO culpadas.

    Em todo o Brasil, pelo que dizem as estatísticas, na maior parte das vezes em que a vítima fatal do acidente de trânsito é um motociclista, o culpado é o condutor do carro.

    A mesma coisa ocorre com relação aos ciclistas.

    Daí porque o Código de Trânsito endureceu o jogo, punindo mais severamente o condutor de carro que atropela um ciclista ou motociclista.

    É a tal coisa: temos acesso à tecnologia do Século XXI, mas, em termos de civilização, ainda estamos em outra época…

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: