políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Eleições_2014: Petrobras subiu no palanque eleitoral

Posted by Pax em 08/09/2014

Mais um escândalo de corrupção. Governadores, ministros, senadores, deputados, e as velhas empreiteiras e prestadoras de serviço.

 

Não há dúvida que a Petrobras, merecidamente, sobe ao palanque eleitoral. Que cada nome seja investigado – o que é difícil de acreditar – e que os corruptores tenham nome também – que é ainda mais difícil acontecer.

 

Candidatos cobram apuração de denúncia de ex-diretor da Petrobras preso pela PF

Agência Brasil – edição de Carolina Pimentel

Candidatos à Presidência da República defenderam hoje (6) apuração sobre a notícia de envolvimento de políticos em esquema de propina na Petrobras. De acordo com reportagem da revista Veja, divulgada neste fim de semana, o ex-diretor de Refino e Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa, preso na Operação Lava Jato, revelou em depoimento à Polícia Federal nomes, entre outros, de parlamentares, ministro e ex-governadores que teriam participado do esquema em negócios da petrolífera com outras empresas.

O ex-diretor, conforme a revista, aceitou um acordo de delação premiada, o que possibilita redução da pena para quem colabora com as investigações. Ele está preso sob a acusação de participar de um esquema de lavagem de dinheiro coordenado pelo doleiro Alberto Youssef.

Em campanha na cidade de São Paulo, a candidata à reeleição pelo PT, presidenta Dilma Rousseff, disse hoje (6) que precisa de dados oficiais para tomar providências cabíveis e não adotará medidas com base em especulação.

“Precisamos de dados oficiais a respeito dessa questão. A própria revista que anuncia esse fato diz que o processo está criptografado, guardado dentro de um cofre e que irá para o Supremo. Eu gostaria de saber direitinho quais são as informações prestadas nessas condições e asseguro que tomarei todas as providências cabíveis, mas não com base em especulações”, disse a presidenta, ao ser questionada por um jornalista, antes de participar de um encontro com mulheres.

Em Presidente Prudente, no interior paulista, o candidato Aécio Neves (PSDB) cobrou apuração do caso e punição para os envolvidos.

“É muito importante que essas investigações sejam aprofundadas, que os responsáveis por esses desvios sejam punidos, mas o fato concreto é que durante todos os últimos nove anos, o mensalão continuou a existir nesse governo. Agora, financiado pela nossa principal empresa pública, a Petrobras”, disse, conforme entrevista divulgada pela assessoria do candidato, que participou de encontro com lideranças do Pontal do Paranapanema.

Em atividade de campanha em Brumado, no interior da Bahia, a candidata Marina Silva (PSB) defendeu Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco e então candidato pelo partido, que teria sido citado pelo ex-diretor, de acordo com a reportagem. Ela também defendeu apuração do caso.

“O fato de ter um empreendimento da Petrobras feito no seu estado não dá o direito de colocá-lo em uma lista dos que cometeram qualquer irregularidade. Nesse momento, todo o Brasil e todos nós aguardamos as investigações que estão sendo feitas dos desmandos da Petrobras, que estão ameaçando o futuro da empresa, o futuro do pré-sal. O atual governo tem que se explicar da má governança que fez na Petrobras, levando essa empresa, que sempre foi exitosa e respeitada dentro e fora do Brasil a quase que uma total falência”.

Em nota, o PSB disse que a reportagem faz uma “uma referência solta do depoente a Eduardo” e que vai requerer acesso ao depoimento integral do ex-diretor.

Já no Rio de Janeiro, a candidata Luciana Genro (PSOL) também cobrou investigação.

“É possível que seja de fato verdade. Nós sabemos que há uma relação promíscua entre os partidos, as empresas privadas e as estatais. Os políticos dos partidos tradicionais se utilizaram das empresas públicas como a Petrobras para fazer negócios, receber propinas e defender interesses privados. Evidentemente que isso precisa ser muito bem investigado”, disse a candidata, durante caminhada pela Feira do Lavradio, local que reúne grande número de vendedores de artesanato, no centro da cidade.

Segundo a revista, no depoimento, o ex-diretor mencionou o nome do senador Romero Jucá (PMDB-RR), como um dos envolvidos no esquema. Em nota, o senador nega ter recebido “qualquer contribuição de campanha e quaisquer outros recursos por meio do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa”. De acordo com Jucá, o relacionamento dele com o ex-diretor “sempre foi institucional”. “Todas as doações de campanha foram feitas respeitando a legislação e estão disponíveis para consulta”, diz a nota.

De acordo com a reportagem, o ex-diretor disse ainda aos policiais que o secretário nacional de Finanças do PT, João Vaccari Neto, atuava como intermediário do partido no esquema. Em nota divulgada hoje (6), o partido diz que “é absolutamente mentirosa a declaração de que tenha havido qualquer tratativa, seja pessoal, por e-mail ou mesmo telefônica, com o referido senhor a respeito de doações financeiras ou qualquer outro assunto. Vaccari Neto nunca esteve na sede da Petrobras. Ele não visita empresas estatais, pois são proibidas por lei de fazer doações eleitorais”, acrescentando que as prestações de contas do partido são regularmente apresentadas aos órgãos fiscalizadores.

Em comunicado, o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que teria sido mencionado pelo ex-diretor conforme a revista, negou ter pedido ou recebido recursos. Segundo ele, as declarações “foram feitas em um processo de delação premiada, sem apresentação de provas. E delação premiada exige provas”.

A governadora do Maranhão, Roseana Sarney, também citada, divulgou nota de repúdio em que diz nunca ter participado “de nenhum esquema de corrupção e muito menos solicitei ao ex-diretor da Petrobras recursos de qualquer natureza. Tomarei todas as medidas jurídicas cabíveis para resguardar minha honra e minha dignidade”.

*Colaborou Vladimir Platonow, do Rio de Janeiro. Texto atualizado às 20h10 para acréscimo de informações

Anúncios

166 Respostas to “Eleições_2014: Petrobras subiu no palanque eleitoral”

  1. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    este texto do Leandro Fortes, complementa bem o teu post:

    O autor do texto, então, deve ter lançado mão de duas opções, ambas temerárias no ofício do jornalismo:

    1) Teve a orelha emprenhada por uma fonte da PF – agente ou delegado – e decidiu publicar a matéria mesmo sem ter nenhuma prova de nada. Dada as circunstâncias da Veja e a maneira como seus repórteres ascendem dentro da revista, esse tipo de irresponsabilidade tanto é admirado quanto estimulado;

    2) Inventou tudo, baseado em deduções, informações fragmentadas, desejos, ilusões e ordens do patrão.

    No texto, uma longa e entediante sucessão de clichês morais, descobre-se lá pelas tantas que os depoimentos estão sendo gravados em vídeo e criptografados, para, assim, se evitar vazamentos.

    Logo, é bem capaz que Veja, outra vez, faça esse tipo de denúncia sem que precise – nem se sinta pressionada a – jamais provar o que publicou. Exatamente como o grampo sem áudio entre o ministro Gilmar Mendes e o ex-mosqueteiro da ética Demóstenes Torres.

    Novamente, o Frank​en​stein jornalístico montado pela Veja visa, única e exclusivamente, atingir o PT às vésperas das eleições, a tal “bala de prata” que, desde as eleições de 2002, acaba sempre saindo pela culatra da velha e rabugenta mídia brasileira.

    O esqueminha de repercussão, aliás, continua o mesmo: sai na Veja, escorre para o Jornal Nacional e segue pela rede de esgoto dos jornalões diretamente para as penas alugadas de uma triste tropa de colunistas.

    Embrulhado o pacote, os suspeitos de sempre da oposição se revezam em manifestações indignadas e em pedidos de CPI.

    Uma ópera bufa que se repete como um disco arranhado.

    Mas é o que restou à combalida Editora Abril, depois que a candidatura de Aécio Neves morreu junto com Eduardo Campos naquele trágico desastre de avião.”

    Observe também que todos que “terceirizam” a notícia tem o cuidado de frisar, “segundo a revista Veja”, inclusive no texto do teu post.

    Então a veja vai ter que assumir sozinha a paternidade da criança e o Aecim como espalhador de boato e em horário eleitoral gratuito.

    Minha opinião é que o PT não deve perder a chance de colocar essa irresponsabilidade de espalhar boatos como suposto “vazamento” de depoimento prestado totalmente em segredo de justiça.

    Onde é que não estamos que, uma pessoa presta um depoimento sigiloso e no outro dia uma revista faz uma reportagem, com direito a capa, supondo, mas declarando como “vazamento”, tudo que o depoente falou ?

    A própria revista declara que é “vazamento” de um depoimento sigiloso ?

    É um deboche total da Justiça.

  2. Jose Mario HRP said

    A nova politica.
    Aliás o instituto da Selvática mocinha foi bancado quase que por inteiro pelo grupo da Neca!!!!

  3. Zbigniew said

    O que está em jogo?
    Bilhões de barris de petróleo no fundo do mar.
    O Brasil como um do atores no processo de multipolaridade mundial.
    Corrupção? Conversa pra boi dormir.

  4. Pax said

    Conversa pra boi dormir?

    Segundo a Operação Lava Jato os desvios são de mais de 10 bilhões…

    não, senhores, o assunto é muito mais sério que essa tentativa de acobertar a realidade.

    Marina que se segure em pé com os apoios da direita, extrema direita, até de torturadores da ditadura. As críticas são necessárias e corretas.

    Mas a partir disso tentar tapar os olhos para:

    1 – o aparelhamento do Estado pelo lulopetismo

    2 – a roubalheira escancarada da equipe da Dilma – seja da base aliada como de petistas

    Não, não dá pra deixar de criticar o governo e no quê o lulopetismo se transformou.

    Desculpem aí, mas não dá.

    —-

    Cá vou mais à esquerda do que está posto à mesa.

  5. Guatambu said

    Pax… vc vai mais à esquerda, cuidado para não trombar na Venezuela… ou na Argentina…

  6. Guatambu said

    Minha tese:

    Diferentemente do Mensalão, os atores do Petrolão não fazem parte da cúpula do PT.

    São meros paus mandados. Esses caras, diante de um julgamento, nuca seriam defendidos pelos próprios ministros do STF, como foram o ZD e o Genoíno; e também não tem mais a perder como o Marcos Valério, que disse que ia falar mais e arregou (se o mensalão já foi uma contabilidade à parte, imaginem o que o MV recebeu para fechar o bico).

    O Paulo Roberto Costa ia se ferrar sozinho, como ia acontecendo com o Roberto Jefferson… e resolveu abrir o bico. Só que, diferentemente da política, onde as informações estão dispersas, em uma empresa há um fluxo de informações, de documentos, de e-mails, de assinaturas necessárias para fazer a coisa acontecer. O trabalho para a PF é muito mais fácil, imagino.

    O Paulo Roberto Costa não iria receber o benefício de prisão domiciliar tão cedo. O partido simplesmente havia dado as costas a ele…. e ele resolveu conquistar a sua liberdade com suas próprias mãos.

    Bons tempos virão, mais corruptos na cadeia, mais desmascaramentos.

  7. Daise said

    PT: MAR DE LAMA

    Mar de lama ameaça a Petrobras, por Ricardo Noblat

    A exemplo de Lula no caso do mensalão em 2005, quando Dilma dirá que foi traída e pedirá desculpas aos brasileiros pelo escândalo do mar de lama que entope os dutos da Petrobras, ameaçando tragar a maior empresa do continente?

    No mínimo, é o que se espera dela, ex-ministra das Minas e Energia, ex-presidente do Conselho de Administração da Petrobras, e presidente da República em final de mandato.

    Digamos que Dilma compete com Lula para ver quem foi mais feito de bobo por seus subordinados.

    A auxiliar de mais largo prestígio nos oito anos de Lula no poder, a presidente eleita sem jamais ter sido, sequer, síndica de prédio, Dilma foi surpreendida, assim como o seu mentor, pelo escândalo do mensalão – o pagamento de propina a deputados federais para que votassem conforme a vontade do governo.

    Foi surpreendida de novo quando chefiou a Casa Civil da presidência da República e ficou sabendo que um dos seus funcionários confeccionara um dossiê sobre o uso de cartões corporativos pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e sua mulher, dona Ruth.

    Dilma pediu desculpas ao casal. O autor do dossiê conseguiu manter-se na órbita do serviço público.

    Outra vez, Dilma foi surpreendida pela suspeita de malfeitos praticados por Erenice Guerra, seu braço direito na Casa Civil e, mais tarde, sucessora no comando do ministério.Hoje Erenice é lobista em Brasília jnto ao Governo Federal.

    Na ocasião, Dilma estava em campanha pela vaga de Lula. Para evitar danos à sua candidatura, Erenice pediu demissão.

    Quase ao término do seu primeiro ano de governo, batizada por assessores de “a faxineira ética”, Dilma degolou seis ministros de Estado. Pesaram contra eles acusações de corrupção publicadas pela imprensa.

    De lá para cá, ministérios e cargos públicos foram entregues por Dilma aos ex-ministros degolados ou a grupos políticos ligados a eles. A “faxineira ética” baixou à sepultura.

    Por ora, Dilma está atônita e se recusa a falar sobre o mais novo escândalo que bate à sua porta.

    Paulo Roberto Costa, chamado de Paulinho por Lula, preso em março último pela Polícia Federal como um dos cérebros da quadrilha acusada de roubar a Petrobras, começou a contar o que sabe – ou o que diz saber. Em troca, quer o perdão judicial para não ter que amargar até 50 anos de cadeia.

    Dilma sabe muito bem quem é Paulinho, nomeado por Lula em 2004 para a diretoria de Abastecimento da Petrobras. Saiu dali só em 2012.

    No período, compartilharam decisões, algumas delas, responsáveis por prejuízos bilionários causados à Petrobras.

    Dilma mandou diretamente na empresa enquanto foi ministra das Minas e Energia e chefe da Casa Civil. Manda, hoje, via o ministro Edison Lobão, das Minas e Energia.

    Lobão foi citado por Paulinho como um dos políticos integrantes da mais nova e “sofisticada organização criminosa” da praça, juntamente com mais seis senadores, 25 deputados federais e três ex-governadores.

    A organização superfaturava licitações da Petrobras e desviava dinheiro para um caixa que financiava campanhas de políticos da base de apoio ao governo. Por suposto, nem Lula nem Dilma sabiam disso.

    O que é mais notável: entra campanha e sai campanha da Era PT, e os adversários do governo são acusados por Lula e Dilma de se valerem da Petrobras como arma política.

    Pois bem, debaixo do nariz deles, camaradas deles usaram a Petrobras como arma para enriquecer.

  8. Zbigniew said

    Conversa pra boi dormir, sim.
    Não estão querendo resolver nada. O que querem é apenas dividendos políticos.

    Outra. Como é que se acolhe como verdade aquilo que foi dito em “sigilo” e cujas notas degravadas estão criptografadas? Que conversa é essa?!

    Será que não se aprendeu que o que esta revista faz é levantar vazamentos para serem reverberados com objetivos políticos?
    Vamos fazer uma devassa então em cima de suposições?

    Meu caro, são bilhões de barris de petróleo. São bilhões em contratos que serão revertidos de outra forma que não aquela que sempre esteve nos planos das forças econômicas predominantes no mundo. E para isso tem que se voltar ao regime de concessão. Quem vais fazer essa volta? O PT? NÃO! A Marina? Talvez. O Aécio? Com certeza!

    Combater corrupção?! Faz-me rir!

  9. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    mas o que é que você comenta sobre essa história da Polícia Federal colher um depoimento sigiloso, aí no outro dia, com direito a capa, surge na revista mais vendida do Brasil, na qual trabalham muitos jornalistas de programa, um texto que é, no dizer de Leandro Fortes, ” uma longa e entediante sucessão de clichês morais, descobre-se lá pelas tantas que os depoimentos estão sendo gravados em vídeo e criptografados, para, assim, se evitar vazamentos”. Isto é ou não é um deboche da Justiça ?

    A própria revista declara que está fazendo um reportagem sobre “vazamentos” de um depoimento sigiloso ?

    Para mim, será o cúmulo do absurdo que a tal revista não receba uma punição bem severa.

  10. Daise said

    Propinas podem ter chegado a R$ 3,4 bi

    A área de Abastecimento da Petrobras investiu R$ 112,39 bilhões entre maio de 2004 e abril de 2012, período em que foi gerida por Paulo Roberto Costa, acusado de participar de um esquema de corrupção na estatal. Do total desembolsado nesses oito anos, R$ 108,13 bilhões foram gastos no país e R$ 4,26 bilhões no exterior – já incluídos os aportes referentes à aquisição da refinaria norte-americana de Pasadena.

    O levantamento foi realizado pelo Valor com base nos balanços divulgados pela Petrobras e publicado ontem no Valor Pro, serviço em tempo real do Valor.

    Uma fatia de 3% referente à suposta comissão cobrada sobre esse valor chega, portanto, à cifra de R$ 3,37 bilhões. Segundo declaração de Costa à Polícia Federal (PF) e ao Ministério Público Federal (MPF), esse seria o percentual da propina paga a políticos por empreiteiras e empresas sobre os valores dos contratos firmados com a Petrobras. O ex-diretor concordou em ser o delator de um esquema de corrupção que existiria na petrolífera, em troca do benefício da colaboração premiada – instituto da lei penal que prevê a redução da pena ou até mesmo o perdão judicial a réus que colaborem de modo determinante para o deslinde de uma investigação criminal.

    Os aportes na área de Abastecimento, que reúne as refinarias da estatal, representam 27,8% dos investimentos totais de R$ 403 bilhões feitos pela Petrobras nesses oito anos, ficando atrás apenas dos desembolsos na área de exploração e produção de petróleo.

    O cálculo leva em conta apenas os investimentos e não inclui serviços de outra natureza contratados na gestão de Costa, preso preventivamente e réu em processos criminais por lavagem de dinheiro, evasão de divisas, formação de quadrilha e ainda por integrar organização criminosa com vista à aquisição de contratos milionários junto ao governo federal, relatam os autos em trâmite na Justiça Federal de Curitiba e a acusação formal do MPF.

    O Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI) do Ministério da Justiça deverá buscar a repatriação de US$ 28 milhões enviados do Brasil à Suíça. Segundo Ministério Público suíço, foram identificadas contas bancárias de empresas e familiares de Costa que movimentaram os recursos, dos quais US$ 23 milhões seriam diretamente controlados pelo ex-diretor, aponta a investigação. A descoberta do dinheiro motivou a segunda prisão preventiva do ex-diretor da Petrobras, cumprida em 11 de junho por haver “risco iminente de fuga”, segundo a Justiça.

    Depois de formalizada pela força-tarefa do MPF em Curitiba, a colaboração premiada será dividida. Parte ficará na esfera do juízo federal de primeira instância. Já a peça envolvendo políticos e servidores com prerrogativa de foro ou função será remetida ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Caberá a ele encaminhar parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a delação proposta pela defesa de Costa.

    Janot deve se reunir hoje sua equipe para discutir o caso. Caberá a ele decidir se há provas suficientes para abrir inquérito e investigar cada um dos mencionados na delação de Costa.

  11. Pax said

    Caro Patriarca,

    Veja não é fonte que uso, desconsidero. Mas não adianta matar os mensageiros, como quer o Aécio tentando intimidar todos que o criticam.

    Há tanta informação que a BR se transformou numa teta de enormes proporções que não podemos tapar o Sol com peneira. Tem que vir à público, tem que colocar holofote.

    Se de um lado o petismo trouxe evoluções, não há como negar que se tornou um jogo de “mais do mesmo” no que se refere à corrupção. Seja com os seus ou com os aliados.

    Isso não pode ficar em branco, nem pra Lula, nem pra Marina, nem pra Dilma, nem pra Aécio nem pra ninguém.

    Caro Guatambu,

    Venezuela? Argentina? Não, caro debatedor, meu caminho é mais nórdico. Bem diferente.

    E nenhuma realização acontece sem um sonho inicial.

    —-

    Caro Zbigniew,

    Aécio já foi, virou pó. Difícil que essa roubalheira da BR o traga ao ringue de volta. Achismo meu.

    Sugiro este artigo da Eliane Brum:

    http://brasil.elpais.com/brasil/2014/09/01/opinion/1409578464_024733.html

    É realmente muito bom. Tem que ler com calma, é longo, e sem pedras às mãos.

  12. Patriarca da Paciência said

    A Daise é o Chesterton de saias !

    Em lugar de argumentar alguma coisa fica postando languíssimos e chatérrimos textos de jornalistas de programa.

    Caro Pax,

    não tem nada a ver mesmo com “matar mensageiros”.

    Trata-se uma uma ilegalidade afrontosa.

    A “óia” está contando com a ininputabilidade da imprensa brasileira. Afinal, o grampo sem áudio entre o Gilmar Mendes e o “mosqueteiro da ética” Demóstenes Tôrres, não deu em nada para ela e derrubou o chefe da Polícia Federal.

    É uma total irresponsabilidade. Se eu fosse algum desses políticos “vazados” pela “óia” eu levaria o caso até as últimas das últimas consequências !

    É um total deboche ! Um total desrespeito !

  13. Pax said

    Caro Patriarca,

    Há que ser equilibrado, meu caro.

    Quando as notícias são sobre as roubalheiras em SP, ou em MG, pode, quando apontam as roubalheiras do PT e aliados não pode?

    Isso não é coisa que se faça. Cá, no meu entender.

  14. Pax said

    Repare, caro Zbigniew, a fonte que usei para fazer o post…

  15. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    Notícia é bem diferente de “vazamento” de depoimento sigiloso !

    Parece que é isto que você não está entendendo.

    A “óia”, com base em um “vazamento”, de um depoimento sigiloso, faz acusações seríssimas contra os dois chefes de um dos poderes da República, aliás, o mais representativo.

    Não emite opinião ou supõe, acusa mesmo.

    Minha opinião é que a “óia” se ferrou !

    Minha opinião é que não podem deixar barato !

  16. Zbigniew said

    A fonte primária, caro Pax. A fonte primária.

    Querem nos fazer de meros instrumentos nas mãos de interesses bem maiores. Não esqueçamos do Bonner e os nove intelectuais que ouviram de sua própria boca que fazia um jornalismo para “hommer simpsons”.

    “A atuação da mídia como partido foi liderada pelo falecido Roberto Civita, do grupo Abril, inspirado no modelo de atuação de Rupert Murdock nos Estados Unidos.

    Sentindo o fim do monopólio virtual do mercado de opinião, com o avanço da Internet, Murdock montou uma frente política com os demais grupos de midia para eleger o seu presidente. Buscou na ultra-direita a retórica mais virulenta, inaugurou os ataques pessoais a políticos e jornalistas “inimigos”, inundou o país de boatos e injúrias da pior espécie, disseminando-as pelas redes sociais. E valeu-se de todos os recursos dos grupos de mídia – dramatização da notícia, demonização do inimigo, aceno com o fim dos tempos – para emplacar seu candidato.
    (…)”

    Então? O que foi dito em “sigilo” à PF em sede de IP, e cujas informações estão criptografadas (pra quê, já que existiu o vazamento?), por um sujeito que busca a delação premiada já nos proporciona um julgamento definitivo? Então suprimimos instâncias para condenar?

    A quem interessa isso, caro Pax?

  17. Zbigniew said

    O link do texto aspeado: http://jornalggn.com.br/noticia/para-entender-a-montagem-da-veja

  18. Patriarca da Paciência said

    Alguém aí já sabe os verdadeiros donos da meia tonelada de cocaína encontrada num certo helicóptero ?

    Mas como ?

    Vários anos depois e nada “vazou” até agora ?

    Há coisas muito estranhas acontecendo na nossa “grande” imprensa !

  19. Pax said

    Caro Patriarca, em #15

    Confesso não ter a menor motivação para defender Renan Sarney e Henrique Eduardo Alves. O noticiário de seus deslizes é farto demais.

    Caro Zbigniew, em #16

    E você acha que a Agência Brasil colocaria uma notícia se a base dos fatos não fosse coerente?

    Desculpem-me, caros, não adianta tapar o Sol com peneira. A luz vaza mesmo.

    Temos uma enorme oportunidade de dar uma arrumada na Petrobras para que ele nos traga mais e mais riquezas e autonomia energética.

    E não dinheiro para conhecidos corruptos.

    É disso que se trata.

  20. Pedro said

    Que eleição mais do bosta.
    E esta roubalheira, que todos já desconfiavam, e que fica cada vez mais clara.

    Concordo com este texto:

    “Os principais candidatos a presidente reagiram assim ao novo escândalo envolvendo a Petrobrás, denunciado no final de semana. Para Dilma Rousseff, do PT, “as acusações não lançam suspeitas sobre o governo”.
    Marina Silva, do PSB, considera que “a Petrobrás está sendo destruída pelo uso político”. Na visão de Aécio Neves, do PSDB, o que foi revelado pode ser chamado de “mensalão dois” e “a presidente Dilma não pode dizer que não sabia”.
    A nós, eleitores, resta lamentar que, em meio a uma campanha eleitoral, a classe política se chafurde ainda mais na corrupção, para onde vai boa parte do dinheiro que deveria melhorar a saúde pública, a educação, a segurança e a infraestrutura. Ao eleitor catarinense especificamente resta também lamentar pelas denúncias de envolvimento de um de seus deputados federais.
    A um mês das eleições, nos vemos obrigados a escolher entre o péssimo e o ruim e a prantear porque nosso voto praticamente nenhuma diferença fará, não importa quem venhamos a eleger.”

  21. Zbigniew said

    Ôoooo, e o Aécio é um santinho.

    Aí a revistinha “vaza” um depoimento. E, lógico, vaza o que quer. Se tiverem governadores, vai vazar o que quiser. Se tiverem parlamentares, só o que lhe for conveniente. E por aí vai.

    Desculpem, mas não dá. Fiarmos num veículo de comunicação dessa qualidade é fiarmos em nada. Se a Agência Brasil decidiu reverberar chancelou a safadeza? Deu credibilidade? Aí é demais.

  22. Zbigniew said

    Aliás,
    é de se questionar: cadê o mensalão 1.0? Cadê a indignação? Cadê a rigorosa investigação da mídia?

    “Jornal GGN – Em artigo publicado na Folha de S. Paulo nesta segunda (8), o articulista Ricardo Melo disse que apesar de Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) usarem as delações envolvendo a Petrobras contra a reeleição de Dilma Rousseff (PT), o caso atinge, direta ou indiretamente, figuras ligadas a seus respectivos partidos. Após isso, Melo ainda lembrou que o “pai” de todos os mensalões, o mineiro, do PSDB, ainda não teve julgamento e ninguém está cobrando. Ele ainda destacou as ações do PT nos últimos anos para fortalecer a Polícia Federal e sugeriu que o partido não interviu em processos contra seus filiados.”

  23. Chesterton said

    Pax: Veja não é fonte que uso, desconsidero. Mas não adianta matar os mensageiros, como quer o Aécio tentando intimidar todos que o criticam.

    chest- afinal, Veja foi a única fonte, você desconsidera, depois diz que não vai matar a VEJA ( a mensageira) ? Endoidou, Pax

  24. Chesterton said

    Caro Guatambu,

    Venezuela? Argentina? Não, caro debatedor, meu caminho é mais nórdico.

    Chest- de novo com esse papo nórdico? Vamos trocar o Pax por bacalhau então.

  25. Chesterton said

    Repare, caro Zbigniew, a fonte que usei para fazer o post…

    chest- o texto não fala nada de Petrobras, e o post é sobre Petrobras.

  26. Daise said

    Como diria o Chesterton, eis a fonte de todo mal:

  27. Daise said

    PT: CORRUPÇÃO NA PETROBRÁS

  28. Pax said

    Caro Chesterton, rabugento e velho Chesterton,

    Me trocar por bacalhau é lucro na certa! =)

    O texto não fala da BR?

    Olha a manchete, seu teimoso: Candidatos cobram apuração de denúncia de ex-diretor da Petrobras preso pela PF
    .

    Tá precisando de um par de óculos novos?

    Caro Zbigniew,

    creio que você não fala de mim dos que estão na cobrança do Mensalão 1.0, a gênesis…

  29. Daise said

    O escândalo cada vez mais perto de Eduardo Campos

    Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da Petrobras, vai depor na CPI mista na próxima quarta, dia 10. Ele tem muitas coisas a explicar, entre elas o fato de que morava num apartamento avaliado em R$ 7,5 milhões, que pertencia a um offshore que, nitidamente,tem um laranja no Brasil. Mas há muito mais.

    Segundo depoimento prestado por Cerveró à Justiça Federal do Paraná, informa o Estadão, foi Paulo Roberto Costa quem indicou os membros da comissão de licitação da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, uma das obras com evidências escancaradas de superfaturamento. Não custa lembrar que, entre os beneficiários de propina, o engenheiro inclui justamente Eduardo Campos, que era, então, governador de Pernambuco.

    A refinaria de Abreu e Lima, construída pela Petrobras, talvez seja um emblema da falta de limites da turma. Orçada inicialmente em US$ 2,5 bilhões, ela já custou, até agora, US$ 18 bilhões. Estima-se que o esquema a que pertenciam Costa e o doleiro Alberto Youssef tenha desviado, só nesse empreendimento, algo em torno de R$ 400 milhões.

    Há mais: segundo informa O Globo, “Costa concedeu vantagens financeiras, dilatou prazos e suprimiu compromissos assumidos por Pernambuco num acordo firmado diretamente com Campos”. Documentos obtidos pelo jornal revelam que Costa e Campos “assinaram um termo de adiantamento de tarifas da Petrobras ao Porto de Suape por conta do futuro uso do porto no transporte de produtos da refinaria Abreu e Lima, cuja inauguração está prevista para novembro”.

    O jornal revela que “o termo foi assinado pelos dois em 18 de agosto de 2008 e cita repasses de R$ 475,7 milhões da estatal ao governo pernambucano. Pernambuco descumpriu um termo de compromisso assinado no ano anterior, o que levou a um aditivo validado por Costa e Campos. A transação começou a ser investigada pela Controladoria-Geral da União em junho deste ano. Até agora, a estatal já repassou R$ 783 milhões a título de antecipação de tarifas.”

    É impressionante como a Petrobras atuava — e talvez atue, vai saber — como se fosse mesmo um governo independente. A cada dia, fica mais claro por que o tal engenheiro preso havia arrolado Eduardo Campos como uma testemunha de defesa.

    Para encerrar, é bom não quer esquecer: à Polícia Federal e ao Ministério Público, Costa afirmou que esteve várias vezes com Lula, dando a entender que o ex-presidente da República sempre soube o que se passava por lá.

  30. Daise said

    NOVO HOMEM BOMBA

    Além de PRC que deverá ser novamente convocado para explicar suas declarações à PF vem mais chumbo por aí:

    Eis o personagem:

    http://veja4.abrilm.com.br/assets/images/2014/9/240817/NESTOR-CERVERO-2014-1-size-598.jpg?1409960045

  31. Zbigniew said

    Não de ti, Pax. Tu não entras nesta equação.
    Mas que o 1.0 já tá no esquecimento, isto está. Como tudo que diz respeito a essa oposição fajuta.

  32. Pedro said

    Poha, este Cerveró é o verdadeiro: um olho no gato, outro no peixe.

    Um olho no negócio, outro na propina.

  33. Daise said

    Z

    É claro que a oposição é fajuta..rsrsr. Mas ela não apita nada há ~12 anos.

    Mas o dilma inovou.inaugurou a fase do
    EX-MINISTRO EM EXERCÍCIO e não é o da Pesca.
    Mantega se tivesse vergonha já teria pedido demissão.
    Hoje em entrevista no Estadão ao ela acabou de selar a demissão do Mantega “a pedido”

    Neste meio tempo o ex-ministro vai ficar jogando Minecraft no Ministério da Fazenda.
    O PT é corrPTo e incomPeTente.

    ESQUERDA VOL VER.

    rsrsrs

  34. Daise said

    #33 (CONTINUAÇÃO)

    A rasteira no ministro, porém, é o detalhe menos importante na história.

    O fato duro da vida é que Dilma, POR RAZÕES EXCLUSIVAMENTE ELEITORAIS, para tentar mascarar as dificuldades do governo na área econômica, para amaciar as relações com o empresariado e coisas do tipo, retirou qualquer capacidade de negociação de Mantega pelos próximos quatro meses!

    Ele será aquilo que os americanos chamam, para presidente em final de mandato com um Congresso renovado, de “pato manco”.

    Que empresário, que dirigente sindical, que categoria profissional ou que setor da economia vai conferir importância a declarações, decisões e promessas do ministro — um ministro com data de validade previamente anunciada?

    Dilma reduziu Mantega, por longas 16 semanas, a um ministro espantalho,/B., sem poder, sem repercussão, sem merecer o respeito mínimo que é necessário ter para com o ocupante de uma pasta-chave.

    Mas com as “benesses oficiais” (mordomias e salários vários do cargo e dos conselhos de administração mantidos) pagas pelo conjunto dos brasileiros.
    É muita cara de pau.

    O PT é corrPTo e incomPeTente.

    ESQUERDA VOL VER.

  35. Daise said

    BARATAVOA: CPMI DO FIM DO PT

    CPI Mista da Petrobras pede cópia de depoimento de ex-diretor da estatal

    BRASÍLIA – O presidente da CPI mista da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), solicitou à Justiça Federal do Paraná e ao Supremo Tribunal Federal (STF) acesso a todos os documentos de desdobramentos da Operação Lava-Jato da Polícia Federal. Entre estes papéis está a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa que mencionou diversos políticos como beneficiários do esquema.

    Os ofícios encaminhados por Vital visam acelerar o acesso ao depoimento. Ele aproveitou requerimentos anteriores aprovados pela comissão que pediam acesso a toda a investigação da PF. O compartilhamento já foi concedido anteriormente pelo STF e pela Justiça paranaense.
    ….

    Esta semana vai deixar os petralhas de cabelos em pé e o bu na mão!rsrsrs
    e sexta-feira Veja publicará mais detalhes.

    PHA, Nassif et caterva começarão a esmolar online.Acabou a mamata.

  36. Chesterton said

    Pax, 28, todos eles leram a VEJA antes!

  37. Chesterton said

    Elias não dá um pio depois de ler VEJA….

  38. Pax said

    Chesterton, se a Agência Brasil usa a Veja aí o problema não é meu. Uso a Agência que tem obrigação de publicar notícias com responsabilidade.

  39. Chesterton said

    sei, ela tem responsabilidade porque copia da VEJA que não tem….mas tá frouxo algum parafuso?

  40. Chesterton said

    A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (8) que jamais imaginou haver “mal feitos” em negócios envolvendo a Petrobras tanto no período em que esteve à frente do Conselho de Administração da estatal quanto nos três anos e meio de seu governo. Dilma participa de uma sabatina feita pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, no Palácio da Alvorada em Brasília.

    Para a presidente, o envolvimento de Paulo Roberto Costa, ex-diretor de abastecimento da empresa, “é estarrecedor”. “Em nenhum momento houve [desconfiança]. É interessante que lembremos que ele [Paulo Roberto Costa] é um quadro da Petrobras. O que é mais estarrecedor. Ele vinha fazendo carreira. É de fato surpreendente que ele tenha feito isso. Isso não faz parte da Petrobras”, afirmou.

    A Petrobras, onde Dilma exerceu o poder máximo entre 2003 e 2009, colecionou dezenas e dezenas de escândalos de corrupção, que foram sistematicamente abafados pelo propinoduto instalado dentro da maior estatal brasileira. Apenas para lembrar, foi abafada uma CPI em 2009 e agora, em 2014, o governo do PT não deixa sair do lugar uma CPI no Senado e uma CPMI no Congresso. Abaixo listamos alguns dos escândalos que ocorreram na Petrobras nestes anos de PT.
    O Tribunal de Contas da União (TCU) sempre foi impedido de fiscalizar a Petrobras. Desde 2005 aponta uma verdadeira roubalheira na companhia. Um relatório de fiscalização com indícios de graves irregularidades em 63 obras do Governo Federal, a ponto de recomendar, em setembro de 2009, a paralisação de 41 empreendimentos da administração Lula. Entre os casos mais graves, a Petrobras. Na construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, cujos serviços àquela altura estavam estimados em R$ 4 bilhões, técnicos do TCU detectaram sobrepreços e critérios de medição inadequados. Na reforma da refinaria Presidente Getúlio Vargas, no Paraná, com obras orçadas num total de R$ 2,5 bilhões, também teria havido a prática de sobrepreço.
    Outras obras a cargo da Petrobras foram denunciadas sistematicamente pelo TCU:
    o gasoduto Urucu-Coari-Manaus subiu de R$ 2,4 bilhões, no início das obras, em 2006, para R$ 4,5 bilhões, em março de 2009.
    O gasoduto Cacimbas-Catu, entre o Espírito Santo e a Bahia, teve os custos elevados de R$ 2,9 bilhões para R$ 3,5 bilhões. Segundo o TCU, havia contratos firmados sem licitação e o superfaturamento nos serviços de aplicação de asfalto alcançara 2.400%. Trabalhos de escavação em 183 quilômetros da obra foram acordados em R$ 1,6 milhão, enquanto o mesmo serviço em outro trecho, de 171 quilômetros, recebeu orçamento de R$ 10 milhões.
    As plataformas marítimas P-52 (campo Roncador) e P-53 (campo Marlim Leste) sofreram reajustes, respectivamente, de R$ 3,2 bilhões para R$ 3,5 bilhões, e de R$ 2,9 bilhões para R$ 3,9 bilhões.
    Integrava a lista a construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, cujas obras tiveram aumento de R$ 18,7 bilhões para R$ 19,2 bilhões. Os custos aumentam com termos aditivos que passam a ser incorporados aos contratos iniciais. Eles alteram projetos básicos, multiplicam valores de obras e introduzem novos serviços.
    A plataforma P-56, cujo destino era a bacia de Campos (RJ), é outro exemplo. A sua construção subiu de R$ 2 bilhões para R$ 2,4 bilhões.
    A refinaria de Duque de Caixas, no Rio de Janeiro, teve 24 anexos ao contrato original. Os aditivos previam pagamentos por serviços não estabelecidos anteriormente e até reajuste salarial aos operários. Naquela obra teria ocorrido direcionamento de contratos.
    Desde o começo da obra, a Auditoria do TCU identificou diversas irregularidades na primeira parte da construção da refinaria Abreu e Lima, como um superfaturamento de R$ 121 milhões em serviços executados, inclusive nos de terraplenagem. Usariam o truque do “jogo de planilha”, contratação de funcionários e até de máquinas-fantasmas. Uma das contratadas pela Petrobras para tocar as obras em Abreu e Lima, citada pela Polícia Federal, na Operação Boi Barrica, depois Faktor, era a EIT (Empresa Industrial Técnica). Ela apareceria como suspeita de efetuar pagamentos indevidos ao grupo do empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).
    O ex-ministro de Minas de Energia, Silas Rondeau, que sentou ao lado de Dilma Rousseff como membro do Conselho de Administração da Petrobras, foi acusado de usar consultoria para “mascarar” o recebimento de dinheiro de empresas do setor de energia. Ele era sócio oculto da RV2, que assinou contrato de R$ 195 mil com a Multiner, empresa com atuação na construção de usinas eólicas. A Multiner também controlava a termelétrica de Cristiano Rocha, em Manaus, que recebera financiamento de R$ 27,7 milhões da Petros, o fundo de pensão da Petrobras.
    Investigada na CPI das ONGs, a Petrobras foi desmascarada financiando prefeituras do PT e ONGs fantasmas ligadas ao partido. Um dos grandes contratos assinados sem licitação durante a era Lula entre a Petrobras e organizações não-governamentais, no valor de R$ 16,1 milhões, foi o celebrado em outubro de 2008 com o MBC (Movimento Brasil Competitivo), uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público). O escopo do convênio era a modernização da gestão pública e o aumento da competitividade do setor. No papel, tudo muito bonito. Como sempre. O problema foi que, entre seus conselheiros, o MBC tinha o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e mais quatro ministros da administração Lula, inclusive a chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT-RS).
    O TCU examinou o destino das aplicações da Petrobras em programas e obras sociais. Eram convênios ou contratos firmados por dispensa de licitação que movimentaram R$ 209 milhões entre 2003 e meados de 2009. A maior parte do dinheiro vinha do chamado FIA (Fundo da Infância e Adolescência) e beneficiou o PT e os partidos da base aliada do presidente Lula. De dezembro de 2008 a maio de 2009, por exemplo, de R$ 38,6 milhões provenientes de 157 repasses, 54% dos recursos irrigaram administrações do PT. Os 46% restantes foram divididos por 16 partidos. Se considerarmos o PMDB, os dois principais partidos da base aliada, PT e PMDB, embolsaram 67% da verba.
    A CGU (Controladoria-Geral da União) detectou indícios de desvios em oito contratos da Petrobras, no valor de R$ 5,6 milhões, todos celebrados com organizações não-governamentais entre 2003 e 2008. Conforme o jornal O Globo, havia ausência de comprovantes de despesas e dinheiro da estatal em empresas ligadas aos próprios donos das entidades patrocinadas. Um repasse suspeito, no valor de R$ 1,4 milhão, beneficiou a Associação Vira Lata, uma cooperativa de catadores de papel dirigida por um assessor do deputado João Paulo Cunha (PT-SP), também citado no escândalo do mensalão.
    Uma coleção de denúncias contra a Petrobras pode ser encontrada no livro O Chefe, de Ivo Patarra, de onde retiramos grande parte das informações acima. Clique aqui e leia.

    É impressionante ouvir da Presidente da República, que sempre teve a primeira e última palavra na Petrobras como ministra das Minas e Energia e depois como Presidente do Conselho de Administração, que não imaginava que haveria ” malfeitos ” dentro da Petrobras. Estes “malfeitos”, na verdade uma coleção de crimes de lesa pátria, sempre frequentaram as manchetes de jornal, as investigações da Polícia Federal e os relatórios do TCU. É muito cinismo! -coronel-

  41. Patriarca da Paciência said

    “A Superintendência da Polícia Federal no Paraná abriu uma investigação para apurar o suposto vazamento do depoimento do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa sobre um suposto esquema de propina na estatal. O inquérito foi aberto no sábado (6), após a publicação das primeiras reportagens sobre a suspeita de envolvimento de políticos no caso.

    Em nota divulgada à imprensa, a PF informou que as informações são protegidas por segredo de Justiça, relativas à Operação Lava Jato. Segundo a corporação, as investigações sobre o suposto vazamento vão continuar na Superintendência em Curitiba.

    As revelações levaram o governo e a oposição a se movimentar para obter mais detalhes do depoimento, feito dentro de um acordo de delação premiada, em que o investigado se dispõe a colaborar e apontar outros suspeitos em troca da possibilidade de reduzir sua pena, caso venha a ser condenado.”

    “Reportagem da edição deste fim de semana da revista “Veja” afirma, sem dar detalhes ou apresentar documentos, que Paulo Roberto Costa revelou em depoimentos ao Ministério Público Federal (MPF), na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, que três governadores, seis senadores, um ministro e, pelo menos, 25 deputados federais foram ”

    http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/09/pf-investiga-suposto-vazamento-de-depoimento-de-paulo-roberto-costa.html

  42. Patriarca da Paciência said

    Está vendo aí, caro Pax,

    “suposto vazamento” – é o que a Globo já começa a noticiar.

    “informações são protegidas por segredo de Justiça” Também é a Globo que está falando.

    E a Globo volta a noticiar novamente “Reportagem da edição deste fim de semana da revista “Veja” afirma, sem dar detalhes ou apresentar documentos, que Paulo Roberto Costa revelou em depoimentos ao Ministério Público Federal (MPF), na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, que três governadores, seis senadores, um ministro e, pelo menos, 25 deputados federais foram ”

    É. Minha opinião é que a “óia” se ferrou dessa vez.

  43. Patriarca da Paciência said

    Volto a insistir:

    Alguém aí já sabe os verdadeiros donos da meia tonelada de cocaína encontrada num certo helicóptero ?

    Mas como ?

    Vários anos depois e nada “vazou” até agora ?

    Há coisas muito estranhas acontecendo na nossa “grande” imprensa !

  44. Pax said

    Problema pra PF, Veja etc. A mim importa a noticia, caro Patriarca. Este blog coleciona notícias de fontes que considera razoáveis.

    Neste caso, do post, a fonte é a Agência Brasil.

  45. Daise said

    Hipocrisia 1

    A Agencia Brasil repercutiu a notícia da Veja. Portanto devemos concluir que é isenta.
    A Veja ou a Agência Brasil? srsrs

    Hipocrisia 2

    MISTÉRIO RESOLVIDO (ou Dilma confessando a incompetência do PT) :

    Dilma ao Estado,ao vivo, hoje:

    “Afundam uma plataforma que custou US$ 1,5 bilhão. A refinaria Pasadena custou US$ 800 milhões. Alguém investigou o afundamento da plataforma? Não. Depois não foi investigado porque ninguém vai tocar para trás, vai tocar pra frente. Se a gente fosse investigar, falariam que a gente está fazendo vingança”, disse em referência ao afundamento da plataforma P-34, ocorrida no governo FHC, que foi investigada e nenhum dolo foi apurado.

    1.Alguém investigou o afundamento da plataforma? Não. Depois não foi investigado porque ninguém vai tocar para trás, vai tocar pra frente.

    2. Se a gente fosse investigar, falariam que a gente está fazendo vingança

    CONCLUSÃO: O pt NÃO INVESTIGOU NADA, PORQUE O PT NÃO OLHA PRÁ TRÁS E FICOU COM MEDO DE SER ACUSADO DE VINGANÇA.

    COMENTO: Dilma adora falar bobagens ao vivo e em cores.

  46. Patriarca da Paciência said

    “Problema pra PF, Veja etc. A mim importa a noticia, caro Patriarca. Este blog coleciona notícias de fontes que considera razoáveis.

    Neste caso, do post, a fonte é a Agência Brasil.”

    Caro Pax,

    Estou com a impressão que você está achando que eu estou acusando você de alguma coisa. Muito pelo contrário, Achei ótimo você colocar o assunto em discussão e da maneira correta, ou seja, “segunda denúncia da revista Veja”.

    Minha intenção é apenas fazer você entender o absurda da situação.

    Alguém faz um depoimento em segredo de justiça. No outro dia a Veja faz uma reportagem, matéria de capa, sobre supostos “vazamentos”.

    Nada contra você, caro Pax, muito pelo contrário, a falta de respeito e o deboche para com a Justiça foi todo da Veja.

    Minha opinião sincera é que a Veja foi longe demais desta vez. Ela já noticiou que um “empresário”, na realidade um receptador de cargas roubadas e que tentou “pegar um empréstimo” de 9 bilhões no BNDE estava ” indignado” com pedidos de propinas.

    Agora sai com essa “estória” de “vazamentos”, acusando o presidente da Câmara, o presidente do Senado, três governadores e um ministro, baseada no “vazamento” de um depoimento colhido em segredo de justiça.

    É um deboche total.

    Minha opinião é que deveria ser aberto um processo para banir de vez a “óia” do Brasil.

    Seria ótimo que todos esses ratos fosse fazer companhia para o Diogo lá na cidade dos ratos.

  47. Daise said

    # 43 Tolinha

    Se vc tiver certeza e provas do que está falando VÁ à PF e denuncie…
    Se não continue “papagaiando” bobagens da esgotosfera…

    Tem provas? Vá lá na PF …PRENDA E ARREBENTE !

    seja Homem.hehehe

    ESQUERDA VOL VER !

  48. Pax said

    Aécio esperneia. Até aí tudo bem, entrou na luta é para brigar.

    Só que a forma que Aécio quer permanecer em pé, segundo muita gente de MG, não me parece lá muito democrática.

    Falou mal dele, o seu papo é calar.

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/09/1513105-aecio-acusa-usuarios-do-twitter-de-atuar-na-rede-para-ataca-lo.shtml

    Tiro no pé.

    De um defunto, segundo tudo indica, na campanha 2014.

  49. Pax said

    Um petista sensato… ufa, ainda tem.

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/09/1513016-comparar-marina-a-collor-e-desinteligente-diz-senador-petista.shtml

  50. Jose Mario HRP said

    Patriarca, aqui uma fonte verdadeira e de confiança sobre este moço bonzinho e sua relação com o tal diretor:

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=20972

    Não é veja e nem de qualquer um que mesmo sabendo que vazado é vazado e portanto altamente suspeito.
    Sede de que?

  51. Chesterton said

    my god!

  52. Chesterton said

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/luizfelipeponde/2014/09/1512406-o-soldado-e-os-mimados.shtml

  53. Zbigniew said

    Por que será q a Veja não fala disso?! Por que a Globo não se esmera em acompanhar tais casos?! Ah! Esqueci. Estamos lutando contra a corrupção sem conotações políticas, doa a quem doer! E outra: não deu na Veja, não existiu.

    http://www.conversaafiada.com.br/politica/2014/09/08/paulo-roberto-e-o-rompimento-de-dudu-com-dilma/?utm_source=Facebook&utm_medium=Atualizacao&utm_campaign=CAf

  54. Pax said

    Nesse burburinho do tal vazamento da PF para a Veja, onde o patético ministro Cardozo desaparece solenemente, é sempre bom ouvir o decano Alberto Dines…

    Aqui está:

    http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/lsquo_pool_rsquo_da_delacao_compromete_isencao_da_midia

    o resto? bem, o resto é o resto, me desculpem.

  55. Jose Mario HRP said

    Pode-se chegar a varias conclusões depois de se ler o artigo de A. Dines.
    Todas cheiram mal.
    E no fim da semana serão publicadas novas pesquisas.
    Que bicho vai sair da cartola?
    Sabe-se lá, visto que tem m***a espalhada por todos lados.
    Alguns blogs sujos já ecoam a tese de que a Marina está caindo.
    Quem viver verá.

  56. Chesterton said

    Tudo mundo brabinho com a Veja, todo mundo sem a coragem da Veja, todo mundo com medo da Veja.

  57. Chesterton said

    E a economia? Caiu com o Mantega para baixo….

  58. Chesterton said

    No escuro. Aliados de Dilma Rousseff (PT) dizem estar preparados para “semanas de tensão” com novos vazamentos da delação de Paulo Roberto Costa, o ex-diretor da Petrobras preso no Paraná. Os petistas ainda desconhecem o teor dos depoimentos e temem a divulgação de detalhes a conta-gotas. (painel da Folha)

  59. Pedro said

    # 57, pois é:

    “Guido Mantega pediu pra sair! Trabalhar para o Palácio do Planalto, segundo ele, é pior que servir no Bope. O ministro prefere receber ordens do capitão Nascimento a continuar no governo!” – Tutty

  60. Jose Mario HRP said

    Interessante, é ver como a turma está crente no que o diretor mafioso teria dito!
    O Marcos Valério tentou também ensaiar uma alcaguetagenzinha, mas não colou, sem consistência, nem provas.
    Acho que essa bagunça vai ser a bolinha de papel dessa eleição.

  61. Patriarca da Paciência said

    “Veja aprendeu a correr riscos e fez uma escolha. Inconcebível e indesculpável é que o grosso da grande imprensa tenha embarcado cegamente numa perigosa aventura em que o seu prestígio e credibilidade podem ficar seriamente comprometidos. Com o grosseiro compartilhamento de informações desprovido de qualquer complemento investigativo, a fina flor da nossa mídia atrelou-se a um modus operandi que em seminários e ágapes corporativos geralmente desaprova. Nivelou-se por baixo sem constrangimento e sem vacilações.

    O pool formado no último fim de semana a reboque de Veja confirma uma vocação concentradora de nossa imprensa incompatível com o conceito de pluralismo e justifica as cruzadas xiitas contra o PIG, Partido da Imprensa Golpista.”

    Incrível, caro Pax,

    O Observatório da Imprensa chamando a “grande imprensa” brasileira de PIG. E com toda a convicção !

  62. Pedro said

    Sei lá, se pensarmos nas trocas de ministro que a Dilma fez, vem gente pior por aí.
    Tamufu.

  63. Jose Mario HRP said

    Olha só…..Quem sabe a Dilma coloca no lugar do Mantega um nome poderoso tipo Maílson da Nóbrega!!???
    Seria bom pra vocês?????
    KKKKKK
    Especialista em inflação alta!!!!!!

  64. Patriarca da Paciência said

    “A corrupção no governo de São Paulo, envolvendo negócios de metrô e trens, aconteceu nas salas mais próximas do gabinete de mais de um governador. Entre eles, para dar um exemplo, Mário Covas. E daí? Nunca ouvi alguém ao menos admitir que Mário Covas soubesse daquela demorada corrupção por ser o governador quando, no ambiente do seu gabinete, pessoas da sua confiança a traíam, em negociatas. E se alguém insinuar algo semelhante de Mário Covas, sem dúvida é um tipo abjeto. Não sei se também aos olhos de Aécio Neves”, (Jânio de Freitas)

    Olha só !

    Tudo indica que o “minerim, espertim, do aeroportim construído com dinheiro público em terras do tiozim” e também “difuntim”, conforme o Pax, vai se ferrar junto com a ‘òia” e afundar mais ainda !

    Simplesmente “nivelou-se por baixo” junto com a boataria !

  65. Daise said

    Tolinho

    O mantega era apenas um lubrificante usado por dilma pra ferrar o Brasil e agora passará à história como o bode expiatória da incompetanta presidanta.Ele era apenas um pau mandado.

    Veja este gráfico da CEPAL sobre o desempenho da economia entre 2011 e 2013.

    E o ano de 2014 ser’á ainda pior. Vamos tomar o lugar de El Salvador.

  66. Jose Mario HRP said

    Pera aí!!!!!!!
    Panamá não é pais!
    É só mais um “condado” dos EUA!
    KKKKKK……
    E paraiso fiscal……

  67. Patriarca da Paciência said

    Os campeões de crescimento econômico na América Latina:

    Panamá, Peru, Bolívia, Equador e Paraguai !

    Justo, muito justo, justíssimo ! Faço voto que continue assim.

    Agora, Deise desvairada, compara aí o crescimento desses países com, Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Japão, Fança, Espanha etc.etc.etc.

    O Brasil já é o 7º PIB do mundo e, conforme as previsões, em 2020, daqui a cinco anos, será o 5º PIB do mundo.

  68. Pedro said

    # 63, Pois agora, quem ta falando é vc, manda a sugestão pra Dilma, a caneta é dela.

  69. Pedro said

    Daise#65, Ganhamos de El Salvador, aquela potência de País. Temos motivos pra gargalhar.

  70. Patriarca da Paciência said

    Angola, entre 2004 e 2008, chegou a ter um crescimento do PIB de 26% em um único ano.

    Maravilha !

    Espero que Angola continue a ter bom crescimento !

  71. Patriarca da Paciência said

    Jornal do Brasil:

    “O jornalista Paulo Henrique Amorim divulgou em seu blog que os trakings comerciais, uma forma de pesquisa atualizada diariamente, do Instituto DataCaf, já colocam a candidata Dilma Rousseff com 42% das intenções de voto, superando a candidata Marina Silva, do PSB, que teria 25%. Em terceiro lugar Aécio Neves, do PSDB, teria 12%, e brancos/nulos/não souberam, 21%.”

  72. Pedro said

    Eu falei pra não se preocupar Patriarca, ainda tem o Vox Populi, e a Dilma aparece com 107%.
    Tem pesquisa pra todo gosto, todo mundo fica feliz.

  73. Patriarca da Paciência said

    E tem mesmo, Pedro,

    saiu mais uma pesquisa oficial:

    Jornal do Brasil:

    “Realizada pelo Instituto MDA divulgada na manhã desta terça-feira (9) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) aponta liderança da candidata do PT Dilma Rousseff no primeiro turno da disputa à Presidência, com 38,1% das intenções de voto. A candidata do PSB, Marina Silva, aparece em segundo, com 33,5%, e em terceiro lugar está Aécio Neves, do PSDB, tem 14,7%.

    Na comparação com a última pesquisa CNT/MDA, divulgada no dia 27 de agosto, Dilma subiu 3,9%, Marina subiu 5,3% e Aécio caiu 1,3%. O número de indecisos caiu quase pela metade, de 10,4% para 5,7%. Brancos e nulos caíram de 8,7% para 5,9%.

    Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a petista soma 42,7%, enquanto que Marina aparece com 45,5%, o que representa um empate técnico. Em uma eventual disputa entre Dilma e Aécio, a petista venceria com 47,5%, contra 33,7% do presidenciável tucano.

    Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 estados das cinco regiões, entre os dias 5 e 7 de setembro.”

  74. Patriarca da Paciência said

    “Presidente Dilma Rousseff (PT) lidera a disputa ao Planalto no primeiro turno, segundo pesquisa do instituto MDA divulgada nesta manhã pela Confederação Nacional dos Transportes; na comparação com a última mostra, Dilma subiu 3,9%, Marina cresceu 5,3% e Aécio caiu 1,3%; na simulação de segundo turno, petista empata tecnicamente com a candidata do PSB, Marina Silva, com 42,7%, contra 45,5% da adversária; avaliação positiva do governo Dilma subiu de 33,1% para 37,5%, enquanto a negativa caiu de 28,8% para 23% ”
    (247)

  75. Patriarca da Paciência said

    Mais um dado interessante da pesquisa. Apesar da Marina ainda vencer no segundo turno:

    “A pesquisa aponta que a maior parte dos entrevistados (49%) acredita que Dilma é quem vencerá as eleições. Em segundo lugar, está Marina (34,9%), e, em terceiro, Aécio (6,2%). A candidata do PT também lidera o limite de voto: 22,8% disseram que ela é a única em quem votariam. Marina tem 18,5% dessas intenções, e Aécio, 6,3%.”

  76. Patriarca da Paciência said

    E agora, como a “bala de prata” “faiou”, o PIG está apelando para as idôneas e honestíssimas “agências de classificação de risco”.

    As agências que classificam apenas os lucros que os especuladores ganham !

  77. Elias said

    Patriarca,
    Só tem sentido comparar o crescimento do PIB do Brasil com outras economias de porte igual ou parecido. De preferência, com os competidores diretos do Brasil.

    É perda de tempo comparar a evolução do PIB brasileiro com o fantástico crescimento econômico registrado en la República de Garrotal de Mierda, cuja economia equivale, mais ou menos, à economia do estado da Paraíba.

  78. Patriarca da Paciência said

    É isso aí, caro Elias,

    mas a Daise desvairada, a qual não sabe sequer ler gráficos econômicos e o significado da palavra volver, fica comparando o crescimento do PIB do Paraguai, Bolívia, Angola, El Salvador (Será que o PIB de El Salvador é igual ao PIB do Sergipe?) etc.etc.etc., com o crescimento do PIB brasileiro.

  79. Jose Mario HRP said

    Porque será que o Brasil ainda continua sendo um dos países que mais recebe investimentos de fora?
    Será que é porque o nosso país , fora a China, é um dos que mais investe (governo) em infraestrutura neste momento?
    Sempre comparo esse momento do país ao que houve com a Alemanha Ocidental quando incorporou RDA.

    Quando as duas se equilibraram o país começou a crescer de novo.

    Aliás com a oposição usando mestres da economia como Pedro Malan Arminio Fraga e Maílson da Nóbrega como referencia não da para crer em outra coisa senão que a Dilma está certa.
    Mas se entrar a Fadinha lá no planalto vou começar a pensar numa oferta que me fizeram , de trabalhar lá no Uruguay!
    KKKKKK….

  80. Jose Mario HRP said

    Agora me digam aí, como é que uma jornalista da Globo, jovem ainda, consegue comprar um apartamento de 23 milhões de reais?
    E logo dum mafioso estelionatário de primeira!

  81. Pedro said

    Ganhou no raspadinha ou peludinha.

  82. Pedro said

    na

  83. Guatambu said

    #65

    Chupa El Salvador!!

  84. Jose Mario HRP said

    Depende, se raspadinha ou at nature, é gosto de cada um, mas é ela mesmo que deve ter propiciado a dita jornalista tal monta de dinheiro!
    KKKKKKK…..

  85. Jose Mario HRP said

    http://www.viomundo.com.br/politica/gustavo-castanon-se-desfilia-psb-em-liquidacao-marina-candidata-da-mudanca.html
    UAU!!!!!!

  86. Chesterton said

    A presidente Dilma, após sentir o calor de Marina em seu cangote na corrida eleitoral, acenou com possíveis mudanças no eventual segundo mandato, praticamente demitindo Guido Mantega por antecipação. Busca, com isso, conquistar algum apoio do empresariado, acalmar os investidores, mostrar que poderá reverter algumas políticas atuais que levaram ao quadro de recessão com alta inflação. Balela!

    Quem quiser acreditar em Dilma é livre para isso. Mas que fique claro se tratar de um wishful thinking absurdo, de um incrível desejo de crença, profundamente irracional. Afinal, como já cansei de repetir, Dilma é a “cabeça da Hidra”, a responsável pela atual política econômica. Mantega é apenas um ministro fraco, no poder há tanto tempo justamente por ser fraco. Quem dá as cartas equivocadas é Dilma mesmo.

    Se o empresário não quiser acreditar em mim, que ao menos acredite no próprio Mantega! Em entrevista ao GLOBO, o ministro disse não se sentir constrangido coisa alguma com sua suposta “demissão”, que não existiria. Garantiu que ele é quem quer sair, por questão familiar, e já tinha dito isso a Dilma. E para não deixar margem a dúvidas, frisou com todas as letras:

    “Eu gozo da plena confiança da presidente, e ela sempre confirmou. No dia em que eu não tiver a confiança dela, saio imediatamente. Isso é condição de trabalho. Somos muito afinados na política econômica. Compartilhamos dessa política econômica, e ela vai levar essa política econômica às últimas consequências.

    O que interessa é a estratégia econômica. São as ideias, não as pessoas. Tanto ela quanto eu somos portadores de um projeto de desenvolvimento que tem acontecido no Brasil, que tem passado por etapas diferentes. E esse projeto terá continuidade. Isso pode ser implementado por pessoas diferentes.”

    Ou seja, temos aqui o próprio ministro de Dilma garantindo publicamente que goza de sua total confiança, que sem isso sairia imediatamente, e que ambos são muito afinados na política econômica, que compartilham dela. Dilma não negou em momento algum isso; ao contrário: confirmou que a saída de Mantega seria por razões pessoais dele. Ou seja, está consentindo com seu ministro, o que torna sua fala ambígua sobre mudanças de equipe apenas uma tentativa de ludibriar alguns trouxas.

    E Mantega ainda enfatizou que a presidente “vai levar essa política econômica às últimas consequências”. Isto é: vamos mesmo dobrar a aposta se Dilma for reeleita, vamos insistir nos erros, intensificar o nacional-desenvolvimentismo, continuar com preços represados, com malabarismos contábeis, com o BNDES fazendo sua “Bolsa Empresário” e selecionando os “campeões nacionais”, com os bancos públicos fomentando uma bolha de crédito de forma irresponsável, com um Banco Central subserviente ao Planalto deixando a inflação acima da meta, com gastos públicos crescentes e sem superávit fiscal.

    Enfim, vamos reforçar tudo aquilo que nos trouxe a essa situação de estagflação. Argentina é nosso modelo a ser seguido se Dilma vencer as eleições, e quem diz isso, ainda que implicitamente, é Mantega, que continua no cargo. Ou seja, Dilma atesta sua declaração. Se o empresário não quer acreditar nos “pessimistas”, que ao menos acredite na própria presidente e em seu ministro, o mesmo que está no cargo por tempo recorde em nossa história democrática. Depois não adianta dizer que foi enganado…

    “Roberto Carlos”

  87. Chesterton said

    http://www.valor.com.br/financas/3688682/bc-desiste-de-recurso-contra-ofensas-de-schwartsman

  88. Chesterton said

    A presidente Dilma disse que “não tinha a menor ideia” de crimes na Petrobras. Eu acredito nela! Acredito que Dilma não tinha a menor ideia do que se passava em uma empresa da qual presidiu o Conselho de Administração, que observou de cima como ministra de Minas e Energia, de que participou minuciosamente como presidente da República, cuja presidente Graça Foster foi ela quem escolheu. Por que Dilma haveria de saber de desvios milionários dentro da estatal?

    Assim como acredito que Dilma também não tivesse a “menor ideia” do nepotismo instalado na Casa Civil por Erenice Guerra, seu braço direito (ou esquerdo) de longa data. Também acho absolutamente plausível que Dilma nada soubesse das falcatruas que derrubaram seu então ministro Carlos Lupi, que depois retornou ao governo e hoje recebe seu apoio na candidatura ao Senado (Dilma continua nada sabendo sobre ele, portanto).

    A presidente Dilma não tinha a “menor ideia” das consultorias milionárias de Palocci, que derrubaram o ministro no começo de seu governo. O ministro Alfredo Nascimento teve de deixar a pasta dos Transportes pouco depois, após se envolver em suspeitas de corrupção, das quais Dilma não tinha a “menor ideia”. Wagner Rossi saiu do Ministério da Agricultura após acusações que incluíam o pagamento de propinas, influência de lobistas e aparelhamento político, dos quais Dilma não tinha a “menor ideia”.

    Pedro Novais, responsável pelo Ministério do Turismo e suspeito de usar dinheiro público para pagar sua governanta por sete anos e de usar motorista da Câmara para transportar sua mulher, também deixou o governo Dilma, mas a presidente nada sabia. O mesmo com Orlando Silva, do Ministério dos Esportes, suspeito de participar de desvio de recursos do qual Dilma não tinha a “menor ideia”.

    Mas não é só de escândalos de corrupção que Dilma nada sabe. Recentemente, diante da crise econômica que levou o Brasil à estagflação, Dilma chegou a confessar que não sabia por que o país não crescia. Ou seja, Dilma também não tem a “menor ideia” do motivo pelo qual estamos em recessão e com alta inflação.

    Eu acredito em Dilma! Acho que ela realmente não tinha ideia de nada disso. Mas o caso lembra aquele da piada do judeu Isaac, que em seu leito de morte pergunta a Sara se ela estava ao seu lado quando a casa pegou fogo, quando a firma faliu, quando foi acometido pela doença terrível. Sara concorda, diz que sim, sempre esteve ao seu lado nesses momentos todos de dificuldade, no que ele retruca: “Vai dar azar assim no inferno!”

    Dilma nada sabia. Não tem culpa. Apenas estava lá, em posto-chave, liderando esses malfeitores traidores, quando os maiores escândalos foram eclodindo, quando a lama do fundo do pântano emergiu à superfície, quando a economia parou de crescer, quando a inflação saiu do controle. Dilma não tinha a “menor ideia”, e eu acredito nela. O que eu tenho mais dificuldade em crer é que há gente que não tem a “menor ideia” de tudo isso e pretende votar nela novamente…

    PS: Acho possível até mesmo que Lula e Dilma não conheçam direito o “Paulinho”, como o ex-presidente carinhosamente chamava o poderoso ex-diretor da Petrobras que agora entrega o esquema em sua delação premiada. E acredito que tudo isso pode não passar de mais uma tentativa golpista da mídia burguesa ou dos tucanos, que devem ter feito lavagem cerebral em Paulo Roberto Costa com algum instrumento moderno desenvolvido pela CIA…

    “Rafael Cardozo”

  89. Chesterton said

    “A Petrobras já está privatizada”, informa o título do post publicado em 10 de junho de 2010. Aparecem no texto, inspirado no surto de chiliques provocado pela criação de uma CPI incumbida de investigar a estatal, personagens que acabam de sair da caixa preta em poder do ex-diretor Paulo Roberto Costa. Confira:

    O presidente Lula ficou muito irritado com a instauração da CPI da Petrobras. Depois de ter feito o possível para interromper a gestação, agora faz o possível para matá-la no berço. Baseado no critério do prontuário, entregou a Renan Calheiros o comando do grupo de extermínio montado para o justiçamento. O senador do PMDB alagoano, diplomado com louvor na escolinha que ensina a delinquir impunemente, é especialista no assassinato de qualquer coisa que ponha em risco o direito conferido aos congressistas leais ao Planalto de roubar sem sobressaltos.

    O presidente da Petrobrás, Sérgio Gabrielli, ficou muito irritado com a instauração da CPI da Petrobras. Caprichando no palavrório que identifica os nacionalistas de galinheiro, qualificou de “inimigos da pátria” os partidários da devassa na empresa ─ o que promove automaticamente a defensores da nação em perigo os que tentam manter fechada a caixa preta. Gente como Renan Calheiros. Ou Ideli Salvatti. Ou Fernando Collor. Ou Romero Jucá, em aquecimento para encarnar o papel de relator que impede a coleta de relatos relevantes.

    O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, ficou muito irritado com a instauração da CPI da Petrobras. Governista seja qual for o governo, o agregado da Famiglia Sarney conhecido na Polícia Federal pela alcunha de Magro Velho alegou que iluminar os porões de uma empresa que é a cara do Brasil Maravilha espanta clientes, fornecedores e possíveis parceiros. Se conhecessem a folha corrida de Lobão, todos os clientes, fornecedores e possíveis parceiros já teriam saído em desabalada carreira das cercanias da Petrobrás e do gabinete do ministério.

    Os modernos pelegos ficaram muito irritados com a instauração da CPI da Petrobras. Jovens velhacos da UNE berraram que o petróleo é nosso para plateias insuficientes para eleger um vereador de grotão. Velhos velhacos da CUT garantiram que CPI gera desemprego para gente mais interessada no kit dupla sertaneja+pão com mortadela+tubaína. Vigaristas do PT, do PP e do PMDB lembraram aos sussurros que o petróleo é nosso, mas a eles compete a escolha dos diretores incumbidos de cuidar dos interesses dos padrinho, do partido e do país, nessa ordem.

    Tudo somado, e embora a CPI nem tenha ainda saído do papel, ficou mais difícil acusar os partidos de oposição, a elite golpista, os paulistas quatrocentões, os capitalistas selvagens e os loiros de olhos azuis de tramarem nas sombras a privatização da Petrobrás. A empresa já foi privatizada ─ sem licitação. O novo dono é o PT, que arrendou parte do latifúndio à base alugada.

    Em 29 de outubro de 2009, os representantes da oposição abandonaram a CPI. “Todos os requerimentos importantes são arquivados sem discussão pela maioria governista”, disse o senador Álvaro Dias, que propusera a instauração da comissão. Em 17 de dezembro, ao fim de 14 sessões reduzidas a shows de cinismo, foi aprovado o papelório de 359 páginas “destinado a contribuir com a Petrobras e com o Brasil” . O relator Jucá concluiu que todos os culpados eram inocentes, não enxergou nenhuma irregularidade na compra de plataformas e viu apenas maledicências nas denúncias de superfaturamento na construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

    Jucá, Lobão, Renan, chefões do PP, cardeais do PMDB, Altos Companheiros do PT ─ um a um, os saqueadores da Petrobras, abraçados aos comparsas que ampliaram a quadrilha nos últimos anos, vão sendo expelidos do baú de bandalheiras aberto por Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento e Refino. Foi para seguir embolsando sem sobressaltos propinas bilionárias que os assassinos de CPIs escavaram em 2009 a cova rasa prestes a acolher outras duas comissões que agonizam no Congresso. O enterro de CPIs não impediu a exumação das verdades que têm assombrado desde sábado o Brasil que presta.

    Para resgatar os fatos, foi suficiente que uma oportuníssima conjunção dos astros juntasse agentes da Polícia Federal, procuradores de Justiça e um magistrado desprovidos do sentimento do medo. O acordo de delação premiada foi consequência do trabalho exemplar dos que investigaram, da altivez dos que acusaram e, sobretudo, da coragem do juiz federal Sergio Moro, que tornou a prender o ex-diretor da Petrobras inexplicavelmente libertado pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal.

    O acordo que induziu Paulo Roberto Costa a abrir o bico, aliás, precisa ser homologado por Zavascki. Precavido, Moro deixou claro ao depoente que, para livrar-se de envelhecer na prisão, teria de fornecer nomes e provas que permitissem a completa desmontagem do esquema criminoso e, portanto, justificassem a delação premiada. É o que o ex-diretor da Petrobras tem feito nos interrogatórios diários que duram em média quatro horas. A menos que tenha perdido o juízo, restará a Zavascki chancelar o acordo sem falatórios em juridiquês.

    O país decente acaba de descobrir que a praga da corrupção impune pode ser erradicada sem que parlamentares e ministros togados ajudem. Basta que não atrapalhem. Basta que não tentem eternizar o faroeste à brasileira — único do gênero em que o vilão sempre escapa do xerife e nunca perde o controle da terra sem lei.Augusto Nunes

  90. Daise said

    O governo acabou

    Mantega sustentou a vaidade de ser recordista no comando da Fazenda. Agora, Dilma deseja que ele fique 112 dias arrastando correntes na Esplanada dos Ministérios

    Governos têm prazo de validade constitucional. A presidência Dilma Rousseff tem mais 112 dias de duração, a partir de hoje. A novidade é que, daqui para a frente, ela pretende administrar o país com 39 ex-ministros.

    Dilma, virtualmente, anunciou o fim do seu governo na semana passada, quando subtraiu do poder quem está ministro. “Alguns poderão ficar, outros eu irei trocar” — confirmou no domingo, em entrevista numa varanda do Palácio da Alvorada, em Brasília.

    Numa poltrona, dentro do palácio, estava Guido Mantega, 65 anos de idade, dos quais um terço dedicado à militância no Partido dos Trabalhadores. Ele está há uma década no poder na Esplanada dos Ministérios: ficou um biênio no Planejamento e acaba de completar oito anos e quatro meses na Fazenda.

    A última conversa com Dilma sobre sua permanência na Fazenda data do primeiro trimestre. Na época, Lula fazia eco às críticas de empresários à condução da economia. Mantega foi ao palácio e pediu para sair. Alegou razões familiares e insinuou abril como época propícia, quando se tornaria o mais longevo ministro da Fazenda. Dilma recusou, deixando Mantega surpreendido e Lula pasmado, como ele relatou em reuniões de cúpula do PT.

    Agora, diante das ameaças na disputa eleitoral, a candidata fez a presidente realizar uma proeza política: há cinco dias seguidos, Dilma demite em público Mantega e 38 ministros.

    Nunca antes “na história dos anos recentes deste país”, como ela diz, um presidente insistiu em anunciar o fim de seu governo com tanta antecedência e de forma, para alguns, vexatória.

    Lula demitiu ministros e foi demitido por um, Marina Silva. Dispensou Cristovam Buarque da Educação quando ele estava em viagem ao exterior. Telefonou e o demitiu, mas numa conversa privada. Buarque resgatou seu mandato de senador e foi para a oposição, onde permanece.

    Dilma inovou ao criar 39 ministros-zumbi na Esplanada a um trimestre do fim do mandato, sem razões práticas e objetivas. Se queria sinalizar uma “nova política”, não funcionou. Se pretendia uma recomposição com o empresariado, como deseja Lula, iludiu-se porque a principal característica de Mantega foi — e continua sendo — cumprir ordens. Dilma raramente delegou, sempre interferiu na condução da política econômica. É da sua lavra a economia que está aí, recessiva e com alta inflação.

    Foram suas as principais decisões que levaram as contas nacionais ao obscurantismo, como adverte o Tribunal de Contas da União no mais recente relatório: “O acompanhamento e o controle têm-se tornado verdadeiros desafios aos órgãos de fiscalização e à sociedade (…) mudanças metodológicas e transações atípicas cada vez mais complexas vêm contribuindo para reduzir a transparência e dificultar o entendimento (…) A estabilidade macroeconômica é um bem público, conquistado à custa de um forte ajuste fiscal suportado por toda a sociedade brasileira em um passado recente. A preservação da percepção de solvência do setor público é crucial para minimizar eventuais expectativas negativas quanto ao controle do endividamento público.”

    Mantega sustentou a vaidade de um recorde de permanência na Fazenda. Dilma agora parece desejar que ele escreva um novo capítulo na sua biografia: 112 dias arrastando correntes na Esplanada dos Ministérios.

    José Casado

  91. Guatambu said

    Vejam esse post do Sakamoto, que legal.

    O único dia na vida que ele teve que lidar com gente como a gente, ele vira uma máquina de estereotipar e destilar preconceitos de todos os tipos.

    O dia que esses caras têm que trabalhar, eles dão um trabalho…

    http://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2014/09/06/ele-ficava-la-parado-estatico-imovel-olhando-a-urna-eletronica/

  92. Daise said

    DILMA MENTE COSTUMEIRAMENTE

    https://pbs.twimg.com/media/BxCLji9IMAA-GrG.jpg:large

    Segundo o site do Senado, o afundamento da P-36 foi investigado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) e pela Marinha. As duas instituições produziram um relatório final indicando que “o acidente foi consequência de erros de projetos, manutenção e operação”.

    Além disso, o caso também foi investigado por uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. O relatório final dessa CPI conclui que “a terceirização da mão-de-obra foi a principal causa do acidente na Plataforma P-36”.

  93. Daise said

    DILMA SEGUE “GOVERNANDO”

  94. Daise said

    #92 (continuando)

    Eis a prova que dilma mentiu e continua mentindo sobre a plataforma:

    https://www.dpc.mar.mil.br/cipanave/rel_acidentes/P36/P36_port.pdf

  95. Daise said

    O COMPANHEIRO PATRIARCA DA P. LIGOU PRA DILMA

  96. Daise said

    # 77 e 78 badass e tolinho

    O gráfico acima foi elaborado pela CEPAL e mostra o comportamento da America Latina. onde o Brasil tem posição de destaque inegável. O quadro é apenas uma referência para mostrar a falácia da crise externa que teria impactado o mundo econômico negativamente.A America Latina se deu bem e o Brasil se deu mal.

    Vamos então comparar com os BRICS por exemplo ..e para isso forneço um site onde tudo está disponível para análise:

    http://www.tradingeconomics.com/country-list/gdp-annual-growth-rate

    O tolinho não sabe trabalhar com planilhas excel online e não entende inglês, mas o badass sabe,acho..

    Vamos ver no que vai dar. rsrsrs

    Previsões: Em tempo o crescimento do Brasil será próximo de 0 e a economia será rebaixada no seu grau de investimento.

  97. Daise said

    BRASIL: O DESEMPREGO QUE NÃO PROCURA EMPREGO

    O Brasil é a economia do G-20 que registrou a maior queda no número de pessoas que de fato são economicamente ativas no último ano. Com isso, dados divulgados pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) revelam que o Brasil tem o quinto menor índice de desemprego entre os países do G-20. Ou seja: o que diminuiu não foi o desemprego, mas o número de pessoas que procuram trabalho, acomodados pela cobertura da Bolsa Família e outros programas sociais.

    A taxa de desemprego ficou baixa no Brasil não porque aumentou a oferta de vagas no mercado, mas porque houve uma queda na população economicamente ativa. O índice de desemprego representa a parcela da população que está sem trabalho. Mas, ainda assim, está em busca um emprego. Aqueles que nem trabalham nem buscam uma vaga não são contabilizados.

    Segundo o informe, a taxa de desemprego no Brasil no primeiro trimestre deste ano foi de apenas 4,9%. Mas o que chama a atenção da OIT é que, em março de 2014, 60,8% da população participava do mercado de trabalho. Em 12 meses, o índice recuou 1,6%, a maior queda entre todas as economias avaliadas. Em mercados como o do México, Coreia do Sul e África do Sul, a taxa de participação aumentou em até 1%. Ou seja: o Brasil está na contramão do mundo.

    De fato, a taxa de brasileiros que estavam empregados foi de 57,8%, com uma redução de 1,2% em comparação ao mesmo período de 2013.

    A queda também é a maior entre todas as economias do G-20. É o resultado perverso do bolsismo do lulopetismo que não oferece porta de saída para o beneficiado, acomodando-o e tornando-o dependente do estado. Em termos de eleições, mais de 40% dos brasileiros que votam são beneficiados por um programa social.

    Valor

  98. Daise said

    A “nova política” está grávida da velha – GUILHERME FIUZA

    REVISTA ÉPOCA

    Os brasileiros amam novela e detestam política. A solução encontrada por esse povo criativo foi simples: transformar a política em novela. Assim surgiu o filho do Brasil (também conhecido como messias de Garanhuns), sucedido pela mamãe-presidenta-faxineira-mulher. Quem imaginou que o brasileiro havia se cansado de apanhar de personagens folhetinescos se enganou. Vem aí a imaculada da floresta. Na verdade, Marina Silva pode ser uma excelente candidata – desde que consiga derrotar seu próprio mito.

    Marina tem dignidade. Só isso já a situa anos-luz à frente dos canastrões que embromam o Brasil há 12 anos. Mas este é um país fascinado pela embromação. Já está louco para votar numa santa e ficar esperando sentado pelos milagres. Dizem que a onda verde é uma extensão das manifestações de 2013. Se for isso mesmo, danou-se. A famosa Primavera Burra – com seu lema nada na cabeça e uma pedra na mão”” ou simplesmente “uma pedra na cabeça” (do próximo) – é o ingrediente ideal para mais uma era de mistificação.

    O Brasil caindo aos pedaços, em véspera de recessão após três mandatos de sucção ininterrupta, quer saber se os gays podem se casar de véu e grinalda. A Bíblia é o grande hit da eleição. Terreno arado e semeado para novo triunfo da picaretagem.

    Depois de anos e anos de empulhação politicamente correta de Lula, Dilma, Dirceu, Gilberto Carvalho e oprimidos associados, o país resolveu achar interessante a “democracia de alta intensidade” de Marina Silva. Não se sabe o que seria uma democracia altamente intensa, mas deve ser algo parecido com uma gravidez de alta intensidade.

    A quantidade de conceitos ornamentais no ideário de Marina não chega a substituir à altura o famoso “dilmes* (insubstituível) – mas também comove. Nota-se aquele sotaque de burocratas de ONG, com seus relatórios cheios de palavras doces e ociosas – um banquete para Madame Natasha, a personagem de Elio Gaspari que combate a prostituição do idioma.

    O Brasil ama esses tipos que falam pelos cotovelos sem saber o que fazer. Basta ver a longevidade de um Guido Mantega no governo — e não é no Ministério da Pesca. Marina vem com uma das mais mofadas utopias de esquerda, o tal discurso da participação direta da população nas decisões de governo. O agravante é que ela parece acreditar nisso – diferentemente de seus ex-colegas petistas, que vieram com o decreto presidencial 8.243, dos conselhos populares, como esperteza chavista.

    No final das contas, o grau de inocência não faz diferença. Os tais conselhos de intensificação democrática servirão ao aparelhamento ideológico e partidário da máquina pública. Militantes selecionados para atropelar técnicos e legisladores. A ditadura do bem.

    Marina é uma pessoa admirável, de caráter sólido e espírito público. Isso é joia rara no Brasil – mas não é tudo. Basta lembrar o lendário caso de Saturnino Braga, o prefeito honesto que faliu o Rio de Janeiro, classificado por Millor Fernandes como “o homem que desmoralizou a honradez”. Quando quer provar que terá solidez administrativa, Marina cita os princípios macroeconômicos implantados no governo Fernando Henrique – hoje plataforma de Aécio Neves, com seu pré-anunciado ministro da Fazenda Armínio Fraga. Quem garantiria tal solidez e perícia a um governo Marina?

    Outro enigma: ninguém sabe qual seria a base político-partidária de Marina. Ela tem o PSR, um nanico vitaminado, e a Rede, que não existe. Já avisou que, em seu governo, o PMDB será oposição. Com o PSDB não dá para compor, porque é tido como monstro neoliberal pela esquerda pueril que a apoia. Sobra qual partido grande, com que Marina mantém laços históricos, não só em seu Estado de origem? Ele mesmo, aquele que o eleitorado marinista-mudancista acha que escorraçará do poder: o PT.

    O Brasil é mesmo uma grande novela. Neste momento, uma imensa parcela do eleitorado projeta o voto em Marina, que oferece o lastro administrativo de Aécio e provavelmente está grávida de Dilma. A intensidade dessa gravidez, só Deus sabe.

    Talvez um dia o brasileiro aprenda a votar (alô, Pelé), avaliando que governo um candidato é capaz de fazer, e não que sonhos bonitinhos (e ordinários) ele pode inspirar.

  99. Chesterton said

    http://www.cartacapital.com.br/politica/campos-fez-doacao-pos-morte-ao-psb-de-r-2-5-milhoes-2289.html

  100. Pax said

    essa doação é espiritual? Mas que barbaridade…

  101. Daise said

    Companheiros

    Tudo indica que o jogo do poder Fla x Flu vai acabar.
    Inicia-se um novo jogo político que surpreenderá muitos:

    Fla x Flu

    E que a Veja será considerada a causa da derrota da dilma.

    Enfim nada de novo no front…rsrsrs

  102. Chesterton said

    são os socialistas provando que há vida após a morte….

  103. Chesterton said

    eu quero ver o chefe preso.

  104. Chesterton said

    guarda-se para os próximos dias um depoimento bomba de Rosane Collor de Mello.

    Circula nos informes de lobistas a informação de que a ex-mulher do ex-presidente e atual senador alagoano Fernando Collor de Mello revelaria um escândalo que abalaria a República.

    Resta aguardar para ver se Rosane consegue ser mais bombástica que Paulo Roberto Costa – que já derrubou o desgoverno petralha…

    Ou, então, o que o petista renegado e ilustre maçom André Vargas vai falar na hora em que for apertado…

  105. Chesterton said

    continuando..

    Vão pegar o poderoso chefão?

    O Alerta Total insiste na tese de que nem o mais justo e perfeito idiota consegue acreditar que Paulo Roberto Costa e o a turma de doleiros conectada por Alberto Youssef sejam os líderes máximos de um esquema que lavava mais de R$ 10 bilhões em negociatas com empresas estatais (principalmente a Petrobras) e empreiteiras, envolvendo poderosos políticos, artistas famosos e até craques e dirigentes de futebol.

    Só uma coisa está clara e objetiva: a delação premiada de Paulo Roberto Costa derrubou, na prática, o desgoverno do PT.

    O voo reeleitoral de Dilma Rousseff foi abatido pelo aliado que contou tudo que sabe aos investigadores da Operação Lava Jato.

    serrão

  106. Chesterton said

    O delator em busca de um prêmio, que no limite máximo é a liberdade plena, não brinca em serviço. As regras são claras: as denúncias deverão vir acompanhadas de provas documentais, testemunhais ou de informações que possam levar a cúmplices e a outros criminosos.

    O ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, pelo que foi apreendido pela PF, possui todas as informações organizadas. Uma verdadeira contabilidade de bilhões não contabilizados. Planilhas, número de contas bancárias, até mesmo recibos ou comprovantes de depósitos. Certamente também está oferecendo informações sobre os “laranjas” que representavam os corruptos beneficiados pelo Mensalão da Petrobras, para que a PF chegue aos verdadeiros culpados.

    O prêmio pela delação não é automático. É ao final que o juiz, de posse de todas as informações, analisa o grau de colaboração oferecida pelo réu para só então avaliar a redução ou eliminação da pena a que originalmente o delator estaria sujeito. Desta forma, não existe enrolação ou ilação, como gosta de dizer o PT e a Dilma para desqualificar quem os acusa. Depois de iniciado o processo, não há mais porque fazer chantagem, pois só a verdade passível de comprovação será considerada pelo magistrado.

    Da forma como houve o vazamento para a revista Veja, ele não deve ter saído da PF ou do MP. Provavelmente saiu do próprio Paulo Roberto Costa, por meio da sua advogada ou familiares, para que o assunto fique em evidência, valorizando a delação. Assim sendo, é natural que o vazamento continue, cada vez com provas mais robustas, para que não exista chance de que o governo petista e o STF aparelhado venham a arquivar o caso. Não será surpresa alguma se na próxima edição da Veja tenhamos provas documentais contra as mais altas figuras do governo do PT. As mais altas mesmo! Vamos aguardar, porque delação não rima com ilação. Mas pode mudar eleição.
    POSTADO POR O EDITOR coronel

  107. Daise said

    Mas…a culpa é da Veja.rsrsrs

    Ex-diretor da Petrobrás recebeu R$ 36 milhões, mostram documentos em poder da CPI

    FÁBIO FABRINI E ANDREZA MATAIS –
    O ESTADO DE S. PAULO
    09 Setembro 2014 | 21h 38

    O genro de Paulo Roberto Costa, Humberto Sampaio, obteve R$ 42 milhões e suas duas filhas R$ 5,7 milhões e R$ 4,4 milhões
    Brasília – O ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa, acusado de comandar esquema de corrupção na estatal, recebeu R$ 36,9 milhões em contas de cinco bancos, abertas em seu nome. O genro de Costa, Humberto Sampaio, recebeu R$ 42 milhões. Segundo a Polícia Federal, ele é dono do Grupo Pragmática, alimentado com recursos de fornecedores da estatal. Já as duas filhas do ex-diretor, Arianna e Shanni Azevedo, obtiveram, respectivamente, R$ 5,7 milhões e R$ 4,4 milhões.

    Os dados constam das quebras de sigilo remetidas à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobrás, que investiga o caso. A oposição tenta marcar novo depoimento de Costa para dar detalhes do esquema, delatado por ele, que teria beneficiado políticos e partidos da base aliada. O ex-diretor colabora com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, em troca de redução de pena.

    Em uma conta do Unibanco, Costa recebeu em dezembro do ano passado R$ 2,1 milhões de uma de suas empresas, a Costa Global Consultoria. Ela seria alimentada com recursos de empreiteiras, em troca de supostas facilidades na estatal.
    Mais R$ 1 milhão foi transferido, em fevereiro do mesmo ano, a uma conta do Santander por Marcelo Barboza Daniel. Segundo a Polícia Federal, ele é sócio da Pragmática.
    Constam ainda vários repasses da estatal, entre eles um no valor de R$ 220 mil, na conta do Santander, em dezembro de 2011. Consultada, a companhia não informou qual foi o motivo da transferência.
    Por meio de suas contas, Costa fez ainda diversos repasses, os maiores para contas em seu nome e de familiares, a exemplo da mulher, Marici Costa.
    ___________

    Comento

    Para o PT parece que o $ (propina) nasce em árvores e n
    ão tem dono nem moral. Precisam tomar conta. Pondo no bolso. Bolsa-PT?

    Eles nunca sabem qual o cheiro que está adiante do nariz…> Ninguém sabia de nada até o crime ser revelado.E continuamos não sabendo.Mas agora não acontecerá mais.

    A presidanta (dilma) “fede” igual a zebra, tem listras de zebra, costumava viver na África em manadas..mas é apenas “um perfumado puro sangue cavalo árabe” perdido no palácio do Planalto. Por que ?

    Porque se ela não ganhar agora…o pt vai acabar sumindo.

    A má energia do lula está definhando dia a dia…

    Rose comeu!

    PS O dia em que o 247 sair do ar…o Pat da P. irá passar a noite-dia inteiro no banheiro conectado na rede de petralhas, pensando, antes de comentar.

    SCHADENFREUD

  108. Pax said

    Em #94 a comentarista traz um site dos milicos?

    Essa turma tucana nem disfarça mais?

    Não abri com medo… juro.

    Depois reclamam que Aécio virou pó.

  109. Pax said

    Kakay é o advogado mais procurado ultimamente. Segundo a notícia do Josias, ou ele convence o Youssef a ficar calado, ou perde dezenas de “bons” clientes.

    No Brasil os Kakays da vida têm vida intensa e fartamente remunerada.

    Pois é…

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2014/09/10/familia-pressiona-alberto-youssef-por-delacao/

  110. Pax said

    Ops… meu comentário #108 é uma furada. Resolvi abrir pra ver, sim.

    É o relatório da Marinha sobre o acidente.

    Falha minha.

    Mas desde muito já sabia, por ter amigos muito próximos que trabalham na área, que o problema da plataforma se chama “Comissionamento” da obra.

    Procurem saber o que isso significa. É muito interessante.

    Em resumo, uma empresa, mesmo que seja a contratante, tem que comissionar a obra, ou seja, garantir que todos os fornecedores entregaram suas partes conforme o projeto, para que tudo funcione como planejado e se ligue conforme o projeto define.

    Ou se erra no projeto como um todo ou se erra no comissionamento, algumas das partes não funciona como devido ou não se integra à outra como deveria.

    Sem comissionamento a tendência a qualquer obra, seja civil, naval, ou mesmo um projeto eletrônico, tende a pifar.

    A P-36 afundou por conta disso.

    Falta de um bom comissionamento, pressa para lançar etc etc.

    Deu no que deu.

  111. Chesterton said

    Tenho um paciente que estava nesta plataforma e conseguiu escapar. Falha humana, diz ele.

  112. Pax said

    De tudo que sei, caro velho e rabugento Chesterton, foi falha de comissionamento, sim.

  113. Pax said

    Mas, mais que isso, o uso político desse desastre pelo PT é patético.

    Coisas do neopetismo. Que o tucanismo não difere muito.

  114. Pax said

    Verdade que Aécio está em terceiro lugar nas intenções de votos em Minas? Alguém tem link disso?

  115. Patriarca da Paciência said

    “Antigo desafeto no Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa não confirmou presença na cerimônia de posse de seu sucessor na Presidência da Corte, Ricardo Lewandowski; ele também tem repetido que estará “fora do Brasil” em outubro, mês das eleições”
    (247)

    Se o Barbosão confirmar mesmo sua tão desejada ausência, será um dos poucos gestos elegantes de tão malfadado presidente do nosso STF.

  116. Pax said

    Fato:

    http://painel.blogfolha.uol.com.br/2014/09/07/psdb-admite-descuido-e-teme-fiasco-de-aecio-em-minas-gerais/

  117. Patriarca da Paciência said

    Informação recebida de dois leitores, via Facebook. Um deles escreveu:

    “Conversando com uma pessoa que trabalhou com Paulo Roberto Costa, tomei conhecimento de algo que ainda não foi noticiado. Gostaria de atentá-los para o fato de que Paulo Roberto se tornou diretor da Petrobras ainda no governo FHC. Ele foi diretor da Petrobras Gás S.A. – GASPETRO, de maio de 1997 a dezembro de 2000. Como já foi divulgado na grande mídia, Paulo Roberto é funcionário de carreira da empresa desde 1978.

    Acho que é extremamente importante a divulgação dessa notícia, pois o noticiário da grande mídia leva a crer que foi o PT que levou Paulo Roberto para a empresa. O caso não é tratado como um servidor de carreira que cometeu deslizes”.

    Eis a ficha completo do dito cujo:

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/leitores-delator-trabalha-na-petrobras-desde-1978.html

  118. Patriarca da Paciência said

    “Não sei porque a imprensa faz questão de divulgar só o que interessa a ela, Paulo Roberto da Costa é nomeado na Petrobras desde 1978, e só coloca de 2004 para cá. Ele distribuiu verbas, para aprovar o instituto da reeleição de FHC, como a imprensa não divulga isto. Enquanto não se fizer o marco regulador da imprensa, vai ser esta bandalheira onde a imprensa é o Promotor que acusa o Juiz que condena ou absorve, pois passa pra o Eleitor que esta ou aquele cidadão é culpado se ser condenado. Maurílio José Germânio. JP 04870/MT-MG”

    https://www.facebook.com/mauriliojose.germanio

  119. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    olha aí a “posição” do “aecim minerim espertim construtor de aeroportim com dinheiro público em terras do tiozim e, difuntim, conforme você mesmo:

    Ibope: Dilma tem 34%; Marina, 29%; Aécio, 19%

    http://eleicoes.uol.com.br/2014/noticias/2014/08/26/ibope-dilma-tem–marina–aecio-.htm

  120. Patriarca da Paciência said

    Um link mais atualizado, caro Pax: 05/09/2014

    Dilma 35%
    Marina 27%
    Aécio 22%

    Parece que o “aecim minerim espertim construtor de aeroportim com dinheiro público em terras do tiozim e, difuntim”, conforme você mesmo, está passando de pó para substrato de pó !

    http://noticias.r7.com/eleicoes-2014/minas-gerais/datafolha-em-minas-dilma-lidera-e-aecio-cai-para-terceiro-lugar-05092014

  121. Pax said

    não fez em 12 anos, não muda a equipe com Paulo Bernardo à frente do ministério e João Rezende presidindo e reconduzido para a Anatel e quer que eu acredite?

    me poupe, Dilma Rousseff

    http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2014-09/banda-larga-e-maior-desafio-da-infraestrutura-do-pais-diz-dilma

    o rabo preso com as operadoras que fazem e desfazem, cometem todos os crimes possíveis e tem complascência da ANAETEL não me deixam negar.

    isso é mentira eleitoreira e aqui não tem desculpa

  122. Jose Mario HRP said

    Acompanhem a propaganda poliitica do PSDB, ontem ela trouxe Alckimin e o Aloysio Nunes , com posições agressivas.
    É o indicador de que daqui para frente o PSDB vai tentar enxovalhar a Dilma, numa clara posição suicida!
    Vão morrer atirando.

  123. Elias said

    Patriarca, meu caro.
    Pessoas há neste vale de lágrimas, que detestam dinheiro sujo. São pessoas decentes, boa gente, que têm verdadeira obsessão por dinheiro limpo.

    Vai daí que essas pessoas honradas — no interesse de ter à mão dinheiro sempre limpo — tomam o cuidado de mandar lavar, bem lavadinho, o dinheiro que ganham.

    E, para satisfazer as rigorosas exigências sanitárias desse pessoal decente e honesto, existem empresas, honradas tanto quanto, especializadas em executar serviços de lavagem de dinheiro.

    De certo modo, são estruturas empresariais dedicadas à preservação do meio ambiente, que eliminam a sujeira do mundo. Pode-se dizer, aliás, que a função dessas empresas é mais que sanitária, ambiental… É quase que uma função religiosa. E sacramental! O dinheiro entra lá sujo e depravado, e sai limpo e imaculado, como a alma de Paulo de Tarso ou de Francisco de Assis.

    Ao que parece, a Daise vive e reside numa dessas honestas lavanderias, assim como o Michelle — aquele cara muito doidão que, segundo ele disse, gosta de enfiar coisas no seu (dele) namorado — e a Carlão, aquela moça sensível, porém um tanto quanto desequilibrada, com sérios problemas de incesto & outras depravações sexuais em sua (dela) família: segundo ela mesma disse, num comentário, e o pai dela era também o avô; que a tia era, também, sua (dela) irmã… E daí por diante (vai entender…!).

    Pelas indicações que o Pax levantou, é possível que Michelle, Carlão e Daise sejam uma única pessoa, portadora de TDI (Transtorno Dissociativo de Identidade), que muita gente confunde com esquizofrenia, mas que pode não ter nada a ver, em que pesem as controvérsias que ainda persistem.

    Se for esse o caso (e eu estou crente que seja), a conduta dela está mais do que explicada, em termos psiquiátricos inclusive. O papel dela nessa lavanderia, somado à iminente eleição presidencial, seria o componente estressante que funcionaria como gatilho do fracionamento dessa mentalidade atormentada.

    Recomendo tabular criteriosamente cada identidade do(a) paciente, a fim de que as respostas sejam compatíveis com a personalidade que, eventualmente, esteja no controle da situação.

    É o que farei daqui por diante.

  124. Patriarca da Paciência said

    Ótima análise da “múltipla” desvairada, caro Elias.

    Lembrei de um famoso filme, “Psicose”, do não menos famoso e fabuloso Sir Alfred Joseph Hitchcock. Mas a “nossa” Daise vai muito além. O protagonista assumiu a personalidade mãe, já a Daise assume a personalidade da mãe, da avó, do avô, das tias e sabe lá mais de quem. É mesmo impressionante !

    “não fez em 12 anos, não muda a equipe com Paulo Bernardo à frente do ministério e João Rezende presidindo e reconduzido para a Anatel e quer que eu acredite?”

    Pelo jeito o caro Pax continua firme acreditando em super-heróis e canetadas.

    Que um bom super-heróis e mais três ou quatro canetadas resolvem os problemas de 500 anos em alguns dias.

    Não meu caro Pax, a natureza não dá saltos e a evolução acontece lentamente.

    O governo do PT já fez muito e ainda há muito por fazer.

  125. Jose Mario HRP said

    Tres pesquisas estourando de quinta até a terça que vem.
    Hora da virada da Dilma?
    Dilma no primeiro turno?

  126. Patriarca da Paciência said

    “Na simulação de primeiro turno, pesquisa Carta Capital/Vox Populi mostra presidente Dilma Rousseff, 36%, Marina Silva, 28% e Aécio Neves, 15%; simulação de segundo turno mostra novo crescimento de Dima sobre adversária; enquanto Marina marcou 42%, presidente fez 41%; expectativa agora é pela divulgação da pesquisa Datafolha, ainda hoje, que, acredita-se, vá consolidar tendência; da quase depressão, petistas precisam agora controlar a euforia”
    (247)

    Já saiu a primeira pesquisa, caro HRP.

    Como eu previ, assim como a torcida do Flamengo, Corinthians, Olaria, Madeireira etc.etc.etc. a Marina não tem fôlego para corrida presidencial. A tendência é de murchar cada vez mais.

  127. Jose Mario HRP said

    Pax, não me sentirei ofendido se você retirar o vídeo, mas vou posta-lo:

    KKKKKK…..
    Matou a cobra mas mostrou o pau( no bom sentido).

  128. Patriarca da Paciência said

    “O monólogo impopular de Gianetti não começou no tarifaço de 2014. Incluiu outra bandeira cara a Marina Silva, o ambientalismo. Quando o jornalista Ricardo Arnt perguntou a Gianetti como imaginava que seria possível garantir a preservação ambiental, a resposta veio sem rodeios: sacrificar o consumo da população. Está lá, na páginas 72 do livro de Arnt, “O que Os Economistas pensam sobre a Sustentabilidade”. No esforço para diminuir a poluição ambiental produzida pelos puns do gado na Amazonia, Gianetti sugere uma mudança na alimentação do brasileiro: “Comer bife é uma extravagância do ponto de vista ambiental. O preço da carne vai ter de ser muito caro, o leite terá de ficar mais caro. Tudo que tem impacto ambiental vai ter de embutir o custo real e não apenas o monetário. Essa é a mudança decisiva.”

    Acho que nem Maria Antonieta diria uma coisa dessas, não é mesmo?
    (Paulo Moreira Leite)

    http://paulomoreiraleite.com/2014/09/09/gianetti-e-maria-antonieta-na-campanha-de-marina/

  129. Pedro said

    A presidente Dilma Rousseff, gastou quase todo seu tempo no horário eleitoral de ontem para defender a tese de que no seu governo aparecem mais casos de corrupção porque a investigação é mais rigorosa. Então, segundo ela, quanto mais se investiga, mais tem. Não deveria estar acontecendo o contrário? Ou será que os corruptos não estão nem aí para as investigações?

    E tem gente que acredita………

  130. Jose Mario HRP said

    Patriarca, a simples lembrança do Caracazzo me da arrepios.
    Quanto ao “ministro” da Marina , só um adjetivo:
    tudo que devemos evitar em termos de pensamento.

  131. Guatambu said

    O nível de corrupção X nível de punição aos corruptos e corruptores é tão ridiculamente alto que só uma coisa pode ser derivada daí: o Brasil é realmente um país muito rico.

    Faz 500 anos que essa terra sustenta sanguessugas de todas as espécies.

    Estamos a ponto de escolher os nomes dos próximos sanguessugas, de acordo com nossas preferências individuais.

  132. Daise said

    #123

    Putz! badass e tolinho

    Um post inteiro em minha homenagem. Quanta honra!

    Vou contar uma história real que aconteceu comigo.
    Tempos atrás quando eu morava em São Paulo havia um muro perto de casa que ficava no meu caminho de ida e volta do trabalho ou da faculdade, todo dia.

    Naquele muro num cantinho estava pichado uma frase simples e enigmática :“CU FUNDO!”.

    E todo dia ao passar em frente ao muro eu lia a tal frase começava a rir e imediatamente meu humor matinal melhorava. Idem ao voltar pra casa à noite cansada e estressada.

    Depois aprendi a mentalizar a tal imagem/frase durante o dia em outras situações e a sensação de bem estar sempre tomava conta do meu espírito. Magicamente.

    Por que eu contei esta história? Por que ao ler as bobagens que vcs escrevem a meu respeito, eu imediatamente me lembro da tal imagem/frase e meu humor melhora.Todas as dificuldades se desvanecem no ar e uma profunda sensação de bem estar permanece.

    Muito obrigada meus queridos companheiros badass e tolinho.

    Saibam que cada vez que vcs escreverem a meu respeito estarei pensando: “CU FUNDO!”!rsrsrs

  133. Pax said

    só um detalhe que não gostaria de deixar passar..

    quem do PT, além de outros, está na tal lista supostamente vazada de uma suposta sangria da BR com o articulador que supostamente Lula chamava de “Paulinho”, com uma suposta lavanderia de Alberto Youssef?

    o Vaccarezza

    nosso velho e conhecido Vaccarezza.

    E Dilma faz um programa inteiro dizendo que o PT combateu a corrupção.

    Claro que não vou tirar o vídeo, caro HRP, passei só pra lembrar dele, o Vaccarezza.

    =)

  134. Daise said

    Dei muita risada ao ler a coluna do Zé Simão de hoje na FSP:

    Ueba! Voto na Vaca Brava!
    10/09/2014 02h00
    Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Ereções 2014!

    E a grande dúvida das eleições: para onde migram Levy Fidelix e Eymael entre as eleições?

    Eu acho que eles vão pra Tanzânia, se juntam às grandes migrações e voltam de dois em dois anos. Ou então ficam guardados no TSE com as urnas eletrônicas. Rarará!

    Mas o tuiteiro Rebelde Sem Calça acha que: “O Levy Fidelix pega o seu aerotrem e vai pra Bigolandia”. Rarará!

    Levy Fidelix e Eymael: onde vivem, o que comem, para onde migram, saiba mais no “Globo Repórter”! Rarará!

    Que dupla do barulho: o Aerotrem e o Aerocristão!

    E a Marina pra viajar pro exterior tem que pedir licença no Ibama? Tráfico da animais silvestres!

    E o PT vai mudar de sigla para PMT, Partido do Marido Traído. Nunca sabe de nada! PC: Partido do Corno! Rarará!

    E atenção, tuiteiros! Todos Para o Abrigo! O Aécio tá processando 66 tuiteiros. Eu quero ser o 67! Esqueceram de mim! Rarará!

    E ele ainda diz que o PT é que quer calar a imprensa. O Twitter é a nova imprensa!

    E uma menina fez um selfie com o Malafaia no avião. Ela estava sentada na frente e levantou o cartaz: “Abra sua mente! Gay também é gente”.

    E tirou um selfie: ela com o cartaz e ele com a cara amarrada. O Malafeia!

    E corre na internet que o Ibama quer tornar a Marina inelegível: em uma semana ela abateu um tucano e uma anta! Rarará!

    E eu estou vendo o registro no TSE da Mulher Pêra. Não sei como ela conseguiu enfiar os dois peitos numa foto 3X4!

    E a Mulher Pêra é piriguete de nascença. Sabe qual o seu nome de batismo? Suellen! A piriguete da “Avenida Brasil”!

    E ela sabe ler e escrever. Só? Pensei que ela soubesse fazer mais coisas. Rarará!

    É mole? É mole, mas sobe!

    Turma da Tarja Preta! Poltergeist 3, o Terror Continua! Oba! Achei minha candidata! Direto do Rio de Janeiro pelo PTdoB: Vaca Brava. “Meu nome é Adriana Vaca Brava.” Concordo!
    Chega de vaca mansa! Dou a maior força! Rarará!

    A situação tá ficando psicodélica. Nóis sofre, mas nóis goza.

    Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

  135. Guatambu said

    Pax,

    Esse texto é muito interessante, você pode observar que a dança entre direita e a esquerda estão levando a manipulação de informações a um nível totalmente novo. Tudo montado em cima de teorias de conspiração.

    http://www.businessinsider.com/putin-is-revolutionizing-information-warfare-2014-9

    Isso já é realidade na Russia.

    Felizmente, para nós, ainda temos uma imprensa relativamente forte e relativamente livre; e a tentativa de imitar o Putin aqui na América Latina é a do Maduro, que apesar de ridícula, ainda possui um público cativo.

    Imagina se a moda pega em português.

  136. Guatambu said

    … e enquanto a parte mais problemática do mundo o objetivo é desinformar, a parte mais evoluída do mundo quer compartilhar informação de modo mais claro e transparente a todos.

    http://www.businessinsider.com/raoul-pal-real-vision-television-2014-9

  137. Daise said

    DILMA: A PRESIDANTA ENROLADA

    ATOS FALHOS

    São tantos os vaivéns e tão grande a quantidade de dissimulações com as quais a presidente Dilma Rousseff precisa lidar ao mesmo tempo, que ela não está mais conseguindo manter as aparências.

    Os fatos não correspondem aos atos, as palavras não guardam relação com as evidências, as perguntas vão para um lado, as respostas caminham no sentido oposto – isso quando fazem algum sentido. Cai em contradição a ponto de desmentir a si mais de uma vez na mesma conversa.

    Foi o que aconteceu na entrevista ao Estado, nesta segunda-feira, em que admitiu o que até então negava a respeito da Petrobrás. “Se houve alguma coisa, e tudo indica que houve, posso garantir que as sangrias estão estancadas”, disse ela a propósito da existência (ou não) de um esquema de desvio de recursos para beneficiar empreiteiras, funcionários, partidos e políticos.

    Até então vinha tratando as revelações feitas na imprensa sobre os depoimentos no acordo de delação premiada do ex-diretor da empresa Paulo Roberto Costa como informações às quais não poderia dar crédito por não terem chancela oficial.

    Diante da insistência dos jornalistas, recuou para o condicional “se” e em seguida fez duas afirmações em que se contradisse. A primeira: “tudo indica que houve”. A que “tudo” se referia a presidente? Ao que saiu publicado no fim de semana ou a informações de que dispunha sobre acontecimentos a respeito dos quais ela afirmara não ter tido a “menor ideia” de que ocorriam na companhia?
    A segunda afirmação: “Posso garantir que as sangrias estão estancadas”.

    Ora, se a presidente Dilma Rousseff diz que nunca ouvira falar de que nada irregular acontecia na Petrobrás, como pode assegurar que as tais sangraduras (depreende-se, de dinheiro público) estejam estancadas? Se houve o saneamento foi porque ela cumpriu a contento a sua obrigação de zelar pela probidade. Mas aí, para ter tomado essa providência, terá necessariamente de ter tido o conhecimento que nega. E sonegou esse dado à nação.

    Mais adiante, quando os entrevistadores voltaram ao assunto para lembrar-lhe o que ela havia dito momentos antes, Dilma negou de maneira peremptória: “Eu não disse isso. Por favor, sou presidenta da República. Não posso fazer uma coisa dessas. Baseado em informações da imprensa não posso condenar ou perdoar ninguém”.

    De fato. Mas não se trata de perdão nem de condenação. O que a presidente disse está gravado e registrado. Pode não ter tido a intenção de dizer. No entanto, disse.

    O problema de certas narrativas é a necessidade de adaptá-las aos fatos quando eles começam a criar pernas, se desconectam das falas e os dois desobedientes saem por aí produzindo atos falhos.
    Tem jeito. Caso o acordo de delação premiada de Paulo Roberto Costa venha a ser (se já não foi) homologado pelo Supremo Tribunal Federal, tenha consequência e resulte em processo, terá feito o caminho contrário ao do mensalão.

    Naquele, o esquema foi desvendado por uma comissão de inquérito do Congresso a partir da denúncia de Roberto Jefferson. O material da CPI sustentou os trabalhos da Polícia Federal e do Ministério Público.

    Nesse aqui o Congresso não apenas não contribuiu como interditou as investigações, que se iniciaram com uma operação da PF e agora dependem das informações do delator para a polícia e os procuradores a fim de se descobrir como funcionava e quem se beneficiou do esquema. Só então poderá ser oferecida a denúncia ao STF.

    Isso para dizer o seguinte: o Congresso nem sempre se prestou a qualquer tipo de papel. Mesmo os mais baixos. Já foi melhor do que é. Portanto, a depender do padrão do Poder inegavelmente mais forte, pode voltar a ser.
    Dora Kramer

  138. Guatambu said

    Estou viciado.

    Esse site Business Insider é muito interessante.

    Vejam essa sobre a aposta de investidores no Brasil.

    http://www.businessinsider.com/wall-streets-big-brazil-trade-is-a-total-farce-2014-9

  139. Chesterton said

    112, pelo que ele me contou um funcionario apertou o botão do elevador quando vazava gás. Buuummmm!

  140. Daise said

    #112 e anteriores no assunto.

    A pergunta era Dilma mentiu ou não? Por que mentiu?

    Pax ansioso se isentou de responder alegando que era documento dos milicos.
    E “praspicou-se” rsrsrs
    Depois voltou atrás.
    O comentário era ridículo.

    Mas ao pré jugar, o Pax assumiu o prejuízo/preconceito costumeiro em suas intervenções extemporâneas com relação aos meus comentários. .. depois culpou a falta de “comissionamento” …e passou ao largo da principal pergunta:

    Dilma mentiu?
    Resposta : DILMA MENTIU NA TV! <b.

    No caso da Petrobrás e de todos os programas do governo estão sofrendo de falta ou excesso de "comissionamento" ?

    No caso atual da Petrobrás e de todos os programas de dilma , o que há (e houve) excesso de “comissionamento” $$$!

    Mas o Pax adora o Paulo Bernardo. Fazer o que né?
    Caso antigo. rsrsrs

  141. Chesterton said

    Pax é um melancia viúva do muro de Berlin :) :) :)

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2014/09/10/familia-pressiona-alberto-youssef-por-delacao/

    chest- Dilma é um “lame duck”.

  142. Chesterton said

    está na hora de dar um chega-para-lá nesse Kakay…

  143. Chesterton said

    http://www.cmjornal.xl.pt/mundo/detalhe/ministerio-publico-pede-bloqueio-de-bens-de-lula.html

  144. Daise said

    #141

    Melancia com cheiro de “goiaba vermelha” silvestre…e
    cheia de bicho da roça rsrsrsr

  145. Patriarca da Paciência said

    “A cerimônia foi acompanhada pela presidenta Dilma Rousseff, pelos presidentes da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, e do Senado, Renan Calheiros, além de autoridades do Judiciário. A vice-presidência será ocupada pela ministra Cármen Lúcia.

    Nascido no Rio de Janeiro, Lewandowski tem 66 anos e foi nomeado para o STF pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006. Ele formou-se em direito pela Universidade de São Paulo (USP). No Supremo, o ministro foi o revisor da Ação Penal 470, o processo do mensalão, e relatou processos sobre a proibição do nepotismo no serviço público e das cotas raciais nas universidades federais.”

    Finalmente o Barbosão teve uma atitude elegante – declarou que não compareceria à posse Lewandowski e não compareceu mesmo. Deve ter sido um alívio geral – UFA !!!!!. Quantos constrangimentos foram evitados.

  146. Patriarca da Paciência said

    O dois primeiros parágrafos do comentário 145 são do blog 247.

  147. Patriarca da Paciência said

    “O núcleo do governo ficou aliviado ao saber que Paulo Roberto Costa demonstrou, nos depoimentos à Justiça, “mágoa profunda” de Dilma Rousseff. Os petistas creem que esse sinal afasta a presidente do esquema operado pelo ex-diretor da Petrobras.”
    (Folha)

    Ora vejam só, o cara diz que tem “magoa profunda” da Dilma. Já do “aecim minerim espertim, construtor de aeroportim em terras do tiozim” deve ter só boas lembranças.

  148. Daise said

    >>>>> Eleições presidencias

    PREVISÃO SETEMBRO ,10
    (após últimas pesquisas Data e Ibope)

    dilma e marina no 2o. turno e os eleitores de Aécio irão votar em Marina, pra tirar o PT do phoder, digo poder..rsrsrs

    dilma fucked it up !!!

    Hoje..se nenhum avião cair…(dilma que se cuide) rsrsrsr

  149. Patriarca da Paciência said

    Rio 247 – “A pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira confirmou os números do Ibope, apontando empate entre o ex-governador Anthony Garotinho, do PR, e o atual, Luiz Fernando Pezão, do PMDB. Ambos têm 25%.”

    Para mim, a maior surpresa da atual eleição é o Pezão. Acho que só o Cabral acreditava nele. Começou co 4% . Agora aí está, o sujeito com cara de mocorongo, apoiado pelo Cabral e com reais chances de ganhar o governo do Rio. É uma verdadeira façanha !

  150. Pax said

    de novo, Vaccarezza sobe no palanque

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2014/09/11/vaccarezza-nega-recebimento-de-petropropina/

    quem mantém Vaccarezza no PT?

  151. Patriarca da Paciência said

    “O grau de civilidade de um povo pode ser medido pela amplitude assegurada ao direito de defesa, à presunção de inocência e à exigência de prova definitiva de fato ilícito para a prolação de juízo condenatório.

    Os ministros empossados seguem a compreensão de que o magistrado não deve buscar popularidade, mas credibilidade. Não é constitucional e, logicamente, ilegítimo e antidemocrático, o poder utilizado para perseguir pessoas ou ampliar desigualdades.

    O poder econômico também há de ser limitado e contido em seu raio de influência, especialmente em relação à atividade política. Temos que construir um sistema eleitoral mais próximo do ideal republicano de “um homem, um voto”, de modo que, em pelo menos um momento da vida nacional, pobre e rico, trabalhador e empresário, tenham a igualdade assegurada, o mesmo direito à participação política.

    No início do século passado, o nosso país acabou com o voto censitário, ou de acordo com a renda. Urge pôr fim à participação política censitária ou de acordo com o poder aquisitivo. Está longe de ser republicano permitir que determinadas pessoas ou atividades econômicas sejam mais importantes no processo político em razão da quantidade de recursos financeiros que possuem.”

    Trecho do discurso do presidente da OAB na posse Lewandowski.

    Novos ares para o Brasil !

  152. Elias said

    Patriarca,
    Olha só o que interfere positivamente no humor da Daise (ou do Michelle, ou da Carlão, se preferires): “cu fundo”…

    Huá! Huá! Huá! Huá! Huá!

    E eles ainda se sentiram “homenageados” pelo meu comentário.

    Não disse que é um caso psiquiátrico?

  153. Elias said

    O que me parece necessário, neste momento, é explicitar claramente o caráter aventureiro e irresponsável da candidatura da Marina.

    É preciso deixar bem claro que ela tenta repetir o mesmo que fizeram Collor e, principalmente, Jânio.

    Compreendo perfeitamente a conduta da direita, neste momento.

    Desde há muitos anos que a direita vem apostando no “quanto pior, melhor”. Daí a tática quase que obsessiva de “agitar” uma iminente explosão inflacionária, de desemprego, de endividamento, etc. O fato das previsões catastrofistas da direita terem sido sistematicamente desmentidas pela realidade não mudou nada. A direita apenas empurrou mais para frente suas previsões apocalípticas: a explosão inflacionária “prevista” para 2003, foi adiada para 2004, depois para 2005, depois para 2006, e assim por diante.

    Agora, a direita percebe a óbvia identidade entre Marina e Jânio Quadros. O que ela faz? Apoia Marina, claro, na expectativa — agora sim, realista — de que Marina resulte em algo tão ruim ou pior (para direita, melhor…) do que Jânio.

    A direita está correta. Ela faz o que pode e precisa, para reverter o cenário a seu favor.

    Meu problema não é com a direita brasileira. Ela é o que é e o que será. Não se pode mudar a natureza dessa gente.

    Meu problema é com os bundões festivos. Os pseudoambientalistas, os esquerdizeóides ou centroesquerdizóides de botequim & afins, que fingem acreditar que Marina navega a favor da história. Essa morraça que sabe muito bem o que está fazendo. Hipocritamente, finge não saber. Tira uma onda de doidinha ingênua… Aquela skrotinha falsamente inocente, que finge não saber o que acontecerá quando o namorado dela enfiar o com que ele mija no com que ela mija…

    Essa morraça tem que ser cutucada e posta diante do espelho, pra que, acontecendo o que eu acho que vai acontecer, a gente não tenha que, nu futuro, aturar aquele chororô escroto e remelento que gerações passadas debulharam, no pós-1961: “Ah, mas eu fui iludido… Se eu soubesse que seria isso, eu não teria votado como votei…”, e coisas do gênero.

    Se eu pegar um f.d.p. dizendo isso, eu amarro e obrigo o infeliz a passar uma noite com o Michelle…

  154. Pax said

    Elias acordou “fundo”… =)

    novo post, pra discutirmos a desconstrução de Marina e seus primeiros resultados, fiz antes de ler os berros de saracura do Elias e antes que o Chesterton os leia e delire de amor

  155. Daise said

    #152 CU FUNDO

  156. Chesterton said

    Credo, só me alegrarei quando o PT desaparecer. Marina? Sei, lá. Quero que os peto-cúmplices dos crimes petistas percam a boquinha. Quanto a esse negócio de “quanto pior melhor”, isso o Elias conhece muito bem, pois foi o que o PT – e qualquer esquerda – sempre fez. Ao conservador interessa a manutenção da ordem econômica com liberdade de trabalhar, trocar bens e serviços e comercializar.

  157. Chesterton said

    O risco que minha alegria corre é que Marina terá que governar com alguem, e pode muito bem acabar no colo da quadrilha petista (se é que já nã pertence a ela, uma vez que no mensalão ficou quietinha).

  158. Pax said

    Chesterton, velho e bom Chesterton,

    Já mudamos de post faz uns 700 dias mais ou menos…

    =)

    Quer uns óculos novos?

  159. Jose Mario HRP said

    + 04 anos da Dilma e PT!
    E o medico carioca babando, e a trisexual estrebuchando!
    Catchup!, m\aioneze e mostarda Dijon!

  160. Chesterton said

    fizeram referencia a meu nome aqui (154), logo, aqui respondo.

  161. Chesterton said

    mais 4 anos de Marina e PT…aí o drama político, mas eu progrido em qualquer sistema, o sistema precisa de mim mais do que preciso do sistema petista.

  162. Daise said

    PROFESSOR ANTI-SEMITA ,/b>

    http://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/colegio-andrews-demite-professor-de-geografia-por-questao-que-compara-judeus-nazistas-13906531

  163. Chesterton said

    O que realmente é engraçado naquilo que o Elias escreve é que ele prepara o terreno para colocar a culpa da grande crise que se aproxima na oposiçlão, como se a oposição tivesse tido algum papel nesses 12 anos de desgoverno.

  164. Daise said

    # 163 Chesterton

    o badass é só isso:

    Muito peido e pouca merda

    CU FUNDO rsrsrsr

  165. Daise said

    É A ESTUPIDEZ, ESTÚPIDO

    Mal comparando
    TUTTY VASQUES

    Candidatura Alexandre Padilha em São Paulo cresceu 1% na última pesquisa Ibope.

    Não é nada, não é nada, é mais que o PIB da Dilma!

  166. Chesterton said

    Eu estou começando a querer ver o gabrielli na Papuda….

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: