políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Eleições_2014: Dilma confirma melhora no Datafolha de 26/09

Posted by Pax em 27/09/2014

Pesquisa Datafolha divulgada ontem confirma movimento de tesoura aberta, Dilma sobe, Marina desce, Aécio patina.

Datafolha: Dilma tem 40% das intenções de voto; Marina, 27% e Aécio, 18%

Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil Edição: Nádia Franco

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (26) mostra a candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, com 40% das intenções de voto, Marina Silva, do PSB, com 27%, e Aécio Neves, do PSDB, com 18%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo.

A vantagem de Dilma sobre Marina no primeiro turno aumentou em relação à pesquisa anterior, divulgada no dia 19, na qual Dilma aparecia com 37% e Marina com 30%. Aécio estava com com 17% das intenções de voto.

No levantamento de hoje, os candidatos Pastor Everaldo, do PSC; Luciana Genro, do PSOL, e Eduardo Jorge, do PV, aparecem cada um com 1% das intenções. Os demais candidatos, Zé Maria, do PSTU; Eymael, do PSDC; Levy Fidelix, do PRTB; Mauro Iasi, do PCB; e Rui Costa Pimenta, do PCO, têm, juntos, 1%. Votos nulos ou brancos somam 5% e são 6% os indecisos.

De acordo com a pesquisa, na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a candidata do PT alcançaria 47%, contra 43% da candidata do PSB, o que configura empate técnico considerada a margem de erro de 2 pontos percentuais. Na semana passada, Marina tinha 46% e Dilma, 44%.

Em uma possível disputa entre Dilma e Aécio, a petista venceria por 50% a 39%. Na semana passada, Dilma tinha 49% e Aécio, 39%.

Dilma tem 31% de rejeição; Marina, 23%; Pastor Everaldo, 22%; Aécio, 20%; Zé Maria, 17%; Levy Fidelix, 17%; Eymael, 16%; Luciana Genro, 15%; Rui Costa Pimenta, 14%; Eduardo Jorge, 13%; e Mauro Iasi, 13%.

Foram feitas 11.474 entrevistas, ontem (25) e hoje, em 402 municípios. Com margem de erro de 2 pontos percentuais (para mais ou para menos) e nível de confiança de 95%, a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-00782/2014.

Anúncios

110 Respostas to “Eleições_2014: Dilma confirma melhora no Datafolha de 26/09”

  1. Pax said

    a campanha do aeroportista é tão ruim, mas tão ruim, que é ótima para Dilma

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/fernandorodrigues/2014/09/1523446-a-maozinha-de-aecio-a-dilma.shtml

  2. Patriarca da Paciência said

    “Um dia depois de ser condenada, por 7 a 0, a publicar direito de resposta em favor do Partido dos Trabalhadores, a revista Veja eletriza o mercado financeiro; investidores compram ações da Petrobras, que subiu quase 6% nesta sexta-feira, com a especulação de que vem aí uma bomba capaz de abalar os alicerces da República: a delação premiada de Alberto Youssef; será essa a bala de prata para derrubar o PT, depois que a delação de Paulo Roberto Costa não produziu os efeitos esperados?”
    (247)

    Como sempre a “óia” aparece com insinuações vagas, espalhando boatos. Diz que teve acesso ao depoimento sigiloso, criptografado e guardado em cofre do Paulo Costa e que este teria declarado que o Palocci o procurou, em 2010, para obter fundos de campanha e que o dito cujo o encaminhou para o tal doleiro Youssef e não sabe dizer se o dinheiro foi entregue ou não. Ou seja, puras insinuações sem qualquer comprovação.

    E o tal “mercado” reage em polvorosa aos tais boatos.

    Será que investidor é tão burro assim ?

    Como será que esses caras sobreviveram até hoje ?

    O Fernando Rodrigues já anda dizendo que o crescimento da Dilma se deve aos ataques caluniosos do Aécio e da Marina.

    Agora, é claro que “apoios” do Malafaia, reinaldo rolabosta, augusto boçal canalha nunes, jabores e outros, estes sim, contribuíram, e muito, para a tal “desconstrução” da marininha das pererecas verdes.

  3. Patriarca da Paciência said

    O que eu acho mesmo é que, com o pré-sal, logo a Petrobrás será, talvez, a maior empresa do ramo !

    O pré-sal já zerou o déficit e agora é só superavit .

  4. Patriarca da Paciência said

    De minha parte o que eu acho mesmo é que a Polícia Federal e o Ministro da Justiça estão devendo ao povo brasileiro uma justificativa convincente e urgente de como é que estão acontecendo os tais “vazamentos” de depoimentos sigilosos, criptografados e guardados em cofre.

    Os tais “vazamentos” são um verdadeiro deboche ao Poder Judiciário.

  5. Patriarca da Paciência said

    “Diretor do Datafolha, Mauro Paulino avalia que Marina Silva (PSB) está em queda livre nas pesquisas, chegando ao mesmo patamar de abril, “quando ainda figurava como apenas uma hipótese diante da candidatura de Eduardo Campos”; segundo ele, cresce a possibilidade de vitória da presidente Dilma Rousseff (PT) em primeiro turno, se a petista ultrapassar seu teto de crescimento, fora da zona de variabilidade, na próxima e última semana antes das eleições; por outro lado, diz Paulino, se Marina cair a seu piso e Aécio Neves (PSDB) subir a seu teto, tucano ainda tem chances de ir para o segundo turno”
    (247)

    Eu continuo com a opinião de que, se a Marina passar para o segundo turno, vai ser um verdadeiro vexame !

    Talvez ela sequer alcance os 20% !

  6. Patriarca da Paciência said

  7. Chesterton said

    http://oglobo.globo.com/opiniao/palpite-infeliz-14060369

  8. Jose Mario HRP said

    Marina caindo, A´pecio nunca subiu, e agora a Oia caindo no ridiculo.
    O cara diz que algu´pem quis algo, ele disse para ir em tal lugar e sem saber se o outro foi, diz que pode ser, mas(ao jeitinho gaucho).~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.aonde estão as fotos, audio, e videos?
    Mas(gauchesco) tem gente que acredita, a xuxa acredita em duendes!
    Lembra do Orlnado Silva , que foi ministro dos esportes?
    `Pois ´pe, aonde est´pa o ´processo das suas bandalheiras?
    N.ÃO existe!
    Nunca a´pareceram ´provas, nem indicios, mas teve gente exigindo sua cabela, e gente que disse, ´pe h´pa fortes indicios!

    KKKKKKKK Fortes evidencias de cretinice aguda.

  9. Chesterton said

  10. Chesterton said

    oops

  11. Chesterton said

    Entre as marcas fortes destes 12 anos de administração petista, inclui-se a partidarização da política externa. Assim, tão logo Lula assumiu, a nova diplomacia brasileira começou a trabalhar contra as negociações com os americanos em torno da Alca, Aliança de Livre Comércio das Américas, sob aplausos do nacional-populismo já reinstalado no continente — Venezuela e Argentina, seus representantes mais proeminentes. De fato soterrou-se aquele projeto de integração Norte-Sul, e a diplomacia companheira fez o país mergulhar em outra direção, na política Sul-Sul, equivocada, como sabido.

    A patética participação da candidata-presidente Dilma Rousseff na 69º Assembleia Geral da ONU mostrou outra faceta preocupante da “petização” da diplomacia brasileira: seu uso eleitoreiro, apenas para afeito da campanha da reeleição de Dilma. Neste caso, dizer que o Barão do Rio Branco enrubesce na tumba não é um bordão surrado.

    Antes de representar o Brasil no discurso de abertura da assembleia, Dilma participou da Cúpula do Clima, com um providencial vestido vermelho, em óbvia obediência aos marqueteiros da campanha. Da tribuna da ONU, Dilma continuou no script eleitoreiro, ao fazer um discurso de prestação de contas de seu governo e dos oito demais anos de PT no Planalto, sem qualquer interesse para os representantes dos países.

    Teve o mesmo objetivo a desastrada crítica, feita de forma mais clara em entrevistas, à ação militar da coalizão liderada pelos americanos contra o Estado Islâmico, grupo sectário tão radical e violento que foi desligado da al-Qaeda. Inspirada no antiamericanismo, agora com fins eleitoreiros, Dilma fez a inaceitável defesa dos jihadistas assassinos do EI, com base no conhecido discurso já usado sobre a guerra no Iraque — correto em si —, de que é necessário “dialogar”, em vez de sacar armas.

    Fez uma inacreditável confusão. O EI não é um Estado, mas um bando armado, fanático, já conhecido por degolar jornalistas e, agora, um turista, filmar as atrocidades e colocá-las na internet como peça de propaganda. Esqueceu-se a diplomacia companheira que da coalização participam países árabes, o que aumenta a legitimidade da operação.

    Da desastrosa passagem por Nova York sobram danos para o Brasil. Além do descrédito semeado por Dilma, há um novo distanciamento em relação aos Estados Unidos, cuja economia se recupera e pode compensar as perdas nas exportações nacionais causadas pela debacle Argentina. Outro dano é o virtual fim do projeto de obtenção do assento no Conselho de Segurança, elevando o status político brasileiro ao peso que o país já tem na economia mundial. Não se pode mesmo dar poder de veto no CS a quem protege sectários.

    É uma imagem emblemática a cena do assessor especial da presidência Marco Aurélio Garcia, liderança petista, aboletado na bancada brasileira na assembleia geral. Simbolizava a tutela da política externa pelo partido.

    Read more: http://oglobo.globo.com/opiniao/custos-da-diplomacia-eleitoreira-14049096#ixzz3EWFxkyKp

  12. Jose Mario HRP said

    A nova politica, um verdadeiro estelionato eleitoral.~.~.~.~.~.~

  13. Chesterton said

  14. Patriarca da Paciência said

    A outra opção é:

    Eleitor que NÃO vota no PT é:
    ( ) Cego
    ( ) Burro
    ( ) Ladrão
    ( ) Idiota
    ( ) Não existe outra opção.

  15. Jose Mario HRP said

    LIXO!
    Fernando Brito detonando.
    http://jornalggn.com.br/noticia/midia-hegemonica-se-arma-contra-reeleicao-de-dilma

  16. Jose Mario HRP said

    Pois e, a Fadinha não e burra, cega, ladra ou idiota, e estelionataria.

    KKKKKKKK

  17. Patriarca da Paciência said

  18. Jose Mario HRP said

    Sexta que vem finalmente a PF divulgara a integra dos de´poimentos do Yossef e do diretor de abastecimento da Petrobrax(oooops!).
    Mas um certo amigo me disse outro dia não se bem aonde que so pro Lula foram mais de 50 milh.ões, não sei se dollares ou euros!
    Se não for verdade não me culpem, foi o meu amigo que disse.
    Pronto, falei!
    KKKKKKK
    Esse amigo ´pe carioca, medico e mora no Leblon.

  19. Patriarca da Paciência said

  20. Pax said

    muito bom…

  21. Patriarca da Paciência said

  22. Patriarca da Paciência said

  23. Patriarca da Paciência said

    “Na Veja, o que não é facistoide é factoide. ”
    — Velho Victor(PHA)

  24. Chesterton said

  25. Chesterton said

  26. Chesterton said

  27. Patriarca da Paciência said

    Chesterton,

    li a entrevista do gajo João Pereira Coutinho. Parece até cópia da entrevista do economista afro-descendente norte-americano. Os dois nada dizem que Milton Friedman não os tenha ensinado. São simples alunos de um mestre que já foi testado e recusado pela maioria dos países. É uma política anacrônica de INTERFERÊNCIA na vida das pessoas, ou seja, querem obrigar todo mundo a ser egoísta e mesquinho. Aliás Bezerra da Silva tem uma música que resume bem todas a teoria dos tais conservadores, ou seja, “farinha pouca, meu pirão primeiro”.

    Aliás a tal “teoria” nada tem de novo, visto que D. João VI a sintetizava bem, “quando você não sabe o que fazer, o melhor é não fazer nada”.

    Muitas pessoas tem sentimentos de solidariedade (principalmente os jovens), se sentem bem ajudando os mais necessitados, os mais fracos etc.etc.etc.

    Os cientistas observam que o ser humano é justamente o animal que nasce mais indefeso. Os cabritinhos já nascem dando pulos, os pintinhos já nascem ciscando etc.etc.etc. Os serem humanos nascem cegos, surdos e mudos. Durante quase seis meses, a única coisa que sabem fazer é chorar.

    Mas ainda assim, como dizia minha mãe, criança não dá nenhum trabalho, o trabalho hercúleo mesmo vem quando as crias atingem a adolescência. Haja coração, haja esforço, haja trabalho para mantê-las na linha.

    Depois, se forem bem alimentados, bem instruídos e bem orientados, se tornam adultos capazes de cuidar de si mesmos e também dos outros mais fracos e mais necessitados.

    Esta sim, é a verdadeira “Lei Natural” dos seres humanos e da civilização.

    Querer competir em igualdade de condições com pessoas doentes, famintas, incultas e mal orientadas é simples covardia.

    O que se quer é que a maioria das pessoas tenha reais condições para competir em termos de reais igualdade.

  28. Patriarca da Paciência said

    Os seres humanos nascem cegos, surdos, mudos e paralíticos e, muitos deles, ficam velhos e não conseguem enxergar um palmo à frente do nariz.

  29. Jose Mario HRP said

    ;];] http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=PE-rX1g4W-Y
    A globo com problemas.

  30. Patriarca da Paciência said

    “A relação de setores da Polícia Federal com o governo se esgarça em mais uma ponta. Se o problema dos delegados é com Michel Temer (Leia mais aqui e aqui), a entidade que representa os agentes comprou a briga com Dilma Rousseff.

    Num ato de campanha de Marina Silva em São Paulo, anteontem, o vice-presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luiz Antônio Boudens, declarou que a categoria está fechada com a candidata do PSB e alertou o público a não se deixar enganar pela PF de mentira da propaganda eleitoral de Dilma.

    Por Lauro Jardim”

    Estranhíssima declaração.

    Será que esse vice-presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luiz Antônio Boudens, representa mesmo os policiais federais?

    Onde é que estamos, minha gente, Polícia Federal fazer campanha política ?

    O ministro da justiça precisa tomar providências urgentes !

  31. Daise said

    SELFIE

    Tolinho em seu “mundo perfeito”:

    Os seres humanos nascem cegos, surdos, mudos e paralíticos e, muitos deles, ficam velhos e não conseguem enxergar um palmo à frente do nariz.
    …..

    rsrsrs
    Parabéns tolinho. Eu admiro pessoas que relatam por escrito a própria sofrida experiência. É muita coragem. Continue assim.

  32. Jose Mario HRP said

    A China tenta destruir os principios basicos da democracia de Hong Kong, e essa luta vai ser longa ate a China ceder a democracia, enquanto isso Taiwan da o exemplo:

  33. Chesterton said

  34. Jose Mario HRP said

    Começou aquela coisa de Cuba, os come criancinha e coisa e tal.
    Ou seja, bateu o desespero.~
    Policia Federal, de joelhos para a veja, verdadeiro sexo oral.
    Vergonhoso ver-se o uso, a exploração politica, ate mentirosa duma investigação policial.~
    Mas ai não vemos manifestações de indignaç.ão de ninguem, que! seletividade! Que conveniente!

  35. Patriarca da Paciência said

    O testemunho do Kotscho:

    “Uma das histórias mais tristes e patéticas da história da imprensa brasileira está sendo protagonizada neste momento pela revista semanal “Veja”, carro-chefe da Editora Abril, que já foi uma das maiores publicações semanais do mundo.

    Criada e comandada nos primeiros dos seus 47 anos de vida, pelo grande jornalista Mino Carta, hoje ela agoniza nas mãos de dois herdeiros de Victor Civita, que não são do ramo, e de um banqueiro incompetente, que vão acabar quebrando a “Veja” e a Editora Abril inteira do alto de sua onipotência, que é do tamanho de sua incompetência.

    Para se ter uma ideia da política editorial que levou a esta derrocada, vou contar uma história que ouvi de Eduardo Campos, em 2012, quando ele foi convidado por Roberto Civita, então dono da Abril, para conhecer a editora.

    Os dois nunca tinham se visto. Ao entrar no monumental gabinete de Civita no prédio idem da Marginal Pinheiros, Eduardo ficou perplexo com o que ouviu dele. “Você está vendo estas capas aqui? Esta é a única oposição de verdade que ainda existe ao PT no Brasil. O resto é bobagem. Só nós podemos acabar com esta gente e vamos até o fim”.

    É bem provável que a Abril acabe antes de se realizar a profecia de Roberto Civita. O certo é que a editora, que já foi a maior e mais importante do país, conseguiu produzir uma “Veja” muito pior e mais irresponsável depois da morte dele, o que parecia impossível.

    A edição 2.393 da revista, que foi às bancas neste sábado, é uma prova do que estou dizendo. Sem coragem de dedicar a capa inteira à “bala de prata” que vinham preparando para acabar com a candidatura de Dilma Rousseff, a uma semana das eleições presidenciais, os herdeiros Civita, que não têm nome nem história próprios, e o banqueiro Barbosa, deram no alto apenas uma chamada: ” EXCLUSIVO – O NÚCLEO ATÔMICO DA DELAÇÃO _ Paulo Roberto Costa diz à Polícia Federal que em 2010 a campanha de Dilma Rousseff pediu dinheiro ao esquema de corrupção da Petrobras”. Parece coisa de boletim de grêmio estudantil.

    O pedido teria sido feito pelo ex-ministro Antonio Palocci, um dos coordenadores da campanha da então candidata Dilma Rousseff, ao ex-diretor da Petrobras, para negociar uma ajuda de R$ 2 milhões junto a um doleiro que intermediaria negócios de empreiteiras fornecedoras da empresa.

    A reportagem não informa se há provas deste pedido e se a verba foi ou não entregue à campanha de Dilma, mas isso não tem a menor importância para a revista, como se o ex-todo poderoso ministro de Lula e de Dilma precisasse de intermediários para pedir contribuições de grandes empresas. Faz tempo que o negócio da “Veja” não é informar, mas apenas jogar suspeitas contra os líderes e os governos do PT, os grandes inimigos da família.

    E se os leitores quiserem saber a causa desta bronca, posso contar, porque fui testemunha: no início do primeiro governo Lula, o presidente resolveu redistribuir verbas de publicidade, antes apenas reservadas a meia dúzia de famílias da grande mídia, e a compra de livros didáticos comprados pelo governo federal para destinar a esc0las públicas.

    Ambas as medidas abalaram os cofres da Editora Abril, de tal forma que Roberto Civita saiu dos seus cuidados de grande homem da imprensa para pedir uma audiência ao presidente Lula. Por razões que desconheço, o presidente se recusava a recebe-lo.

    Depois do dono da Abril percorrer os mais altos escalões do poder, em busca de ajuda, certa vez, quando era Secretário de Imprensa e Divulgação da Presidência da República, encontrei Roberto Civita e outros donos da mídia na ante-sala do gabinete de Lula, no terceiro andar do Palácio do Planalto.”

    “Agora vem até você me encher o saco por causa deste cara?”, reagiu o presidente, quando lhe transmiti o pedido de Civita para um encontro, que acabou acontecendo, num jantar privado dos dois no Palácio da Alvorada, mesmo contra a vontade de Lula.

    No dia seguinte, na reunião das nove, o presidente queria me matar, junto com os outros ministros que tinham lhe feito o mesmo pedido para conversar com Civita. “Pô, o cara ficou o tempo todo me falando que o Brasil estava melhorando. Quando perguntei pra ele porque a “Veja” sempre dizia exatamente o contrário, esculhambando com tudo, ele me falou: `Não sei, presidente, vou ver com os meninos da redação o que está acontecendo´. É muita cara de pau. Nunca mais me peçam pra falar com este cara”.

    A partir deste momento, como Roberto Civita contou a Eduardo Campos, a Abril passou a liderar a oposição midiática reunida no Instituto Millenium, que ele ajudou a criar junto com outros donos da imprensa familiar que controla os meios de comunicação do país.

    Resolvi escrever este texto, no meio da minha folga de final de semana, sem consultar ninguém, nem a minha mulher, depois de ler um texto absolutamente asqueroso publicado na página 38 da revista que recebi neste final de semana, sob o título “Em busca do templo perdido”. Insatisfeitos com o trabalho dos seus pistoleiros de aluguel, os herdeiros e o banqueiro da “Veja” resolveram entregar a encomenda a um pseudônimo nominado “Agamenon Mendes Pedreira”.

    Como os caros leitores sabem, trabalho faz mais de três anos aqui no portal R7 e no canal de notícias Record News, empresas do grupo Record. Nunca me pediram para escrever nem me proibiram de escrever nada. Tenho aqui plena autonomia editorial, garantida em contrato, e respeitada pelos acionistas da empresa.

    Escrevi hoje apenas porque acho que os leitores, internautas e telespectadores, que formam o eleitorado brasileiro, têm o direito de saber neste momento com quem estão lidando quando acessam nossos meios de comunicação.”

  36. Jose Mario HRP said

    O Brasil deles e o meu Brasil atual, escolha.

  37. Jose Mario HRP said

    U la la!
    Despiram a santa!

    http://www.viomundo.com.br/politica/jornal-frances-define-marina-como-instrumento-de-washington.html

  38. Otto said

    Daí, Daise: cheiradinha?

  39. Chesterton said

  40. Patriarca da Paciência said

  41. Daise said

    HUMOR NEGRO O ORELHA

    – Menina ou menino Doutor? perguntou a mãe ansiosa, depois da sofrida cesariana.

    -É orelha diz o médico. A senhora pariu uma enorme orelha.

    – Orelha??? medeus…e desperada começou a chorar
    mas depois,refeita do choque, disse ao médico:

    – Mas se Deus assim quis, eu aceito conformada o meu destino.Eu sempre amarei Otto, esta enorme orelha, que nasceu do meu ventre. Graças a Deus, o meu Otto, nasceu perfeito, né Doutor?

    – Perfeito minha senhora. Mas totalmente surdo.

    rsrsrs

  42. Otto said

    Cheirou mesmo, esta Daise.

    Mas não se preocupe, o Lazarécio pode ressuscitar do pó.

  43. Chesterton said

  44. Chesterton said

    Mas o Marce4l não sei quem é…

  45. Patriarca da Paciência said

    http://esquerdopata.blogspot.com.br/2014/09/agencias-de-risco-rebaixam-nota-de.html

  46. Patriarca da Paciência said

    Post 45,

    agências de classificação de risco rebaixam a nota de marina, deixa de ser comparada a Collor e passa a ser comparada a Russomano.

  47. Patriarca da Paciência said

  48. Patriarca da Paciência said

  49. Elias said

    Patriarca,
    Há mais ou menos uma semana e meia eu cantei a pedra da subida da Dilma, em cima da Marina.

    O interessante é que está havendo uma migração na intenção de votos. Gente que, até h´algum tempo, pretendia votar na Marina, mudou pra Dilma.

    Esse tipo de mudança é irreversível. Decorre do desapontamento…

    Um monte gente acostumada a trabalhar em planejamento de campanha eleitoral, apostava que as perdas de vto da Marina iriam se tornar votos nulos.

    Agora se vê que esse pessoal estava errado.

    Isso pode significar que a estratégia de Marna bateu com a cabeça no teto. Esse negócio de acender uma vela pra Deus (esquerda) e duas pro diabo (direita) parece ter seus limites. E, pelo visto, esse limite parece estar abaixo de 40% das intenções de voto no 1º turno.

    Tudo aponta para uma pressão maior do PT na reta final, pra potencializar a antropofagia.

    Se a perdas de voo da Marina tendem a se transformar em votos nulos, A campanha do PT deve ser uma… Se essas perdas migram pra Dilma, a campanha petista deve ser outra…

    Tudo faz crer que… Vai ser outra!

    Os portadores de direitopatia aguda já começaram a se pendurar em “margem de erro” no 2º turno, etc. e tal.

    Esse papo é recorrente quando o cheiro da derrota começa a penetrar o focinho da ratarada…

    Será que a Veja vai mesmo fazer mais uma “reestruturação empresarial”, reduzindo suas unidades de negócio de 5 pra 2?

    Eram mas de 20 em 2002. Caíram pra 10 em 2012. Passaram a ser 5 em 2014. Chegar a 2 em 2016 é uma boa meta…

    Quem sabe, o ano de 2020 não nos reserva ótimas notícias?

    Veja bem…

    Huá! Huá! Huá! Huá! Huá!

  50. Patriarca da Paciência said

    Caro Elias,

    eu também considero que os ataques vergonhosos e descarados da Marina e do Aécio contra a Dilma reavivaram a velha chama de luta do PT. Lula também saiu a campo de peito aberto, “Meus amigos e minhas amigas, não tenham a menor dúvida, Dilma é a melhor e a mais preparada. Não há qualquer dúvida”. Aqueles que, até a última hora, ainda desejam Lula como candidato, passaram a trabalhar para Dilma.

    Eu acredito que pode haver até a vitória de Dilma no primeiro turno. Para mim, está 50% a 50%.

  51. Patriarca da Paciência said

    E agora?

    O tal doleiro Youssef, bala de prata contra a Dilma, é um tiro de canhão contra o Serra e, por tabela, ao PSDB.

  52. Elias said

    Interessante a entrevista do João Pereira Coutinho, reproduzida pelo Chester.

    Ela é uma boa demonstração das razões pelas quais Portugal foi, é e continuará a ser um país inviável.

    O português parece cultivar uma irrefreável tendência em ficar pra trás.

    O português teima em sempre rir por último… Porque demora a entender a piada.

    O João Pereira Coutinho falando, mais parece um aluno ruim do professor Octávio Gouveia de Bulhões, que já era mau aluno do Miltão (o Bob Fields não conta, porque esse era só um puxa saco cavocando sinecuras).

    Um sujeito falar o que esse tal João fala, depois da desregulamentação americana quase fazer a economia mundial escoar pelo ralo… É dose!

    E é desalentador perceber que, em meio a essa confusão toda, não aparece ninguém dizendo algo que já não tenha sido dito (e se revelado papo furado) desde o Século XIX…

    No Brasil, então… Parece ter acontecido uma lobotomia coletiva.

  53. Elias said

    Patriarca,
    Esse papo de doleiro e de acordos de leniência orquestrados pelo PSDB, é só uma cuspida catarrenta pro alto…

    Lembra de 2006 e 2010? A tucanada se fartou de engolir o catarro que ela mesma cuspia…

    É a tal coisa: tem gente que gosta dos olhos… Os tucanos preferem a remela.

  54. Elias said

    De qualquer modo, vai haver uma briga doida pelos 6% de indecisos.

    A meu pensar, a “novidade” (se é que se pode usar esse termo) em 2014 é a importância dos debates na tevê. Eles terão uma enorme importância, como não se via desde 1989… Uma pequena oscilação pode mudar tudo.

    A equipe da Dilma deve estar com os barbões e barbalhos de molho…

  55. Chesterton said

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/elenalandau/2014/09/1524035-a-banalidade-do-erro.shtml

  56. Jose Mario HRP said

    A laceou a redea?
    Sabe-se la!
    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/ricardomelo/2014/09/1524022-vazamento-premiado-e-o-fator-youssef.shtml

  57. Pax said

    pior que o Levy Fidelix não ter saído preso algemado ontem do debate foi o silêncio covarde dos principais candidatos, dos outros também

    — essa semana teremos mais algumas notícias de LGBT espancados, alguns até a morte.

    amém, que o senhor esteja convosco, voltamos ao tempo dos empalamentos.

  58. Daise said

    MANIFESTO DO PAX

    Manoel ama Joaquim e o Pax tem medo que Levi Fidelis, um dos inúmeros asnos que habitam o zoológico político brasileiro, lidere uma sanguinolenta caça às bruxas homossexuais.

    Enquanto isso, o Brasil naufraga na corrupção dia a dia, mas Manoel só cuida da brasa pra sua “sardinha”. Quer comer quentinha.

    rsrsrs

  59. Patriarca da Paciência said

  60. Chesterton said

    http://noblat.oglobo.globo.com/meus-textos/noticia/2014/09/no-debate-da-record-entre-os-candidatos-presidente-aecio-deu-um-banho-em-dilma-e-foi-o-melhor.html

  61. Jose Mario HRP said

    MARINA MENTE
    http://jornalggn.com.br/noticia/folha-contradiz-marina-dilma-fez-quase-100-das-creches-que-prometeu

  62. Jose Mario HRP said

    OAB exige a cabeça dele no TSE!

  63. Chesterton said

    pior que o Levy Fidelix não ter saído preso algemado ontem do debate foi o silêncio covarde dos principais candidatos, dos outros também

    chest- dentro dos limites da lei, isto é, sem ameaças, apologia ao crime, etc…, o direito à liberdade de expressão é o direito das pessoas falarem coisas que achamos desagradáveis. Assim como a piada acima do hrp é muito boa, se o dito cujo candidato perde o direito de dizer o que pensa, hrp perde o direito de fazer boas piadas.

    A OAB, se metendo, vira piada.

  64. Patriarca da Paciência said

    A campanha política está chegando ao fim e, a única proposta consistente da Marina e do Aécio, é de manter as políticas sociais do governo.

    Agora me digam, para que trocar o certo pelo duvidoso ?

    Se eles não apresentaram uma única proposta original viável e eles querem ser eleitos para quê ?

    Continuo com a firma convicção de que a Dilma ganha no primeiro turno com mérito e os oposicionista vão perder feio por total falta de mérito.

  65. Patriarca da Paciência said

    Quem gosta mesmo do Aécio são os garçons dos Leblon… mas apenas quando ele fica bebaço e distribui notas de R$ 100,00 !

  66. Patriarca da Paciência said

  67. Patriarca da Paciência said

    Aécio expondo seu plano de governo:

  68. Jose Mario HRP said

    O Aebrio tem proposta sim!
    Trara para o Brasil novas fabricas de whiskey.
    Entre elas, Logan, Bucanas, Jhonny Walker, Jack Daniel’s, White Horse and others.~.~.~.~.~.~.~
    Seremos auto suficientes!

  69. Patriarca da Paciência said

    Aécio gastou em propaganda oficial durante seu governo em Minas, o que seria gasto em 3 (três) séculos pelo governo Itamar .

  70. Chesterton said

  71. Chesterton said

    e a Dilma quer diálogo……..

  72. Chesterton said

    http://cultura.estadao.com.br/noticias/geral,a-lista-dos-perigos-imp-,1568355

    Arnaldo Jabor

    O que acontecerá com o Brasil se a Dilma for eleita?

    Aqui vai a lista:

    A catástrofe anunciada vai chegar pelo desejo teimoso de governar um país capitalista com métodos “socialistas”. Os “meios” errados nos levarão a “fins” errados. Como não haverá outra “reeleição”, o PT no governo vai adotar medidas bolivarianas tropicais, na “linha justa” da Venezuela, Argentina e outros.

    Dilma já diz que vai controlar a mídia, economicamente, como faz a Cristina na Argentina. Quando o programa do PT diz: “Combater o monopólio dos meios eletrônicos de informação, cultura e entretenimento”, leia-se, como um velho petista deixou escapar: “Eliminar o esterco da cultura internacional e a ‘irresponsabilidade’ da mídia conservadora”. Poderão, enfim, pôr em prática a velha frase de Stalin: “As ideias são mais poderosas do que as armas. Nós não permitimos que nossos inimigos tenham armas, porque deveríamos permitir que tenham ideias?”.

    As agências reguladoras serão mais esvaziadas do que já foram, para o governo PT ter mais controle sobre a vida do País. Também para “controlar”, serão criados os “conselhos” de consulta direta à população, disfarce de “sovietes” como na Rússia de Stalin.

    O inútil Mercosul continuará dominado pela ideologia bolivariana e “cristiniana”. Continuaremos a evitar acordos bilaterais, a não ser com países irrelevantes (do “terceiro mundo”) como tarefa para o emasculado Itamaraty, hoje controlado pelo assessor internacional de Dilma, Marco Aurélio Garcia. Ou seja, continuaremos a ser um “anão diplomático” irrelevante, como muito acertadamente nos apelidou o Ministério do Exterior de Israel.

    Continuaremos a “defender” o Estado Islâmico e outros terroristas do “terceiro mundo”, porque afinal eles são contra os Estados Unidos, “inimigo principal” dos bolcheviques que amavam o Bush e tratam o grande Obama como um “neguinho pernóstico”.

    Os governos estaduais de oposição serão boicotados sistematicamente, receberão poucas verbas, como aconteceu em S. Paulo.

    Junto ao “patrimonialismo de Estado”, os velhos caciques do “patrimonialismo privado” ficarão babando de felicidade, como Sarney, Renan “et caterva” voltarão de mãos dadas com Dilma e sua turminha de brizolistas e bolcheviques.

    Os gastos públicos jamais serão cortados, e aumentarão muito, como já formulou a presidenta.

    O Banco Central vai virar um tamborete usado pela Dilma, como ela também já declarou: “Como deixar independente o BC?”.

    A Inflação vai continuar crescendo, pois eles não ligam para a “inflação neoliberal”.

    Quanto aos crimes de corrupção e até a morte de Celso Daniel serão ignorados, pois, como afirma o PT, são “meias-verdades e mentiras, sobre supostos crimes sem comprovação…”.

    Em vez de necessárias privatizações ou “concessões”, a tendência é de reestatização do que puderem. A sociedade e os empresários que constroem o País continuarão a ser olhados como suspeitos.

    Manipularão as contas públicas com o descaro de “revolucionários” – em 2015, as contas vão explodir. Mas ela vai nomear outro “pau-mandado” como o Mantega. Aguardem.

    Nenhuma reforma será feita no Estado infestado de petistas, que criarão normas e macetes para continuar nas boquinhas para sempre.

    A reforma da Previdência não existirá, pois, segundo o PT, “ela não é necessária, pois exageram muito sobre sua crise”, não havendo nenhum “rombo” no orçamento. Só de 52 bilhões.

    A Lei de Responsabilidade Fiscal será desmoralizada por medidas atenuantes – prefeitos e governadores têm direito de gastar mais do que arrecadam, porque a corrupção não pode ficar à mercê de regras da época “neoliberal”. Da reforma política e tributária ninguém cogita.

    Nossa maior doença – o Estado canceroso – será ignorada e terá uma recaída talvez fatal; mas, se voltar a inflação, tudo bem, pois, segundo eles, isso não é um grande problema na política de “desenvolvimento”.

    Certas leis “chatas” serão ignoradas, como a lei que proíbe reforma agrária em terras invadidas ilegalmente, que já foi esquecida de propósito.

    Aliás, a evidente tolerância com os ataques do MST (o Stedile já declarou que se Dilma não vencer, “vamos fazer uma guerra”) mostra que, além de financiá-los, este governo quer mantê-los unidos e fiéis, como uma espécie de “guarda pretoriana”, como a guarda revolucionária dos “aiatolás” do Irã.

    A arrogância e cobiça do PT aumentarão. As 30 mil boquinhas de “militantes” dentro do Estado vão crescer, pois consideram a vitória uma “tomada de poder”. Se Dilma for eleita, teremos um governo de vingança contra a oposição, que ousou contestá-la. Haverá o triunfo “existencial” dos comunas livres para agir e, como eles não sabem fazer nada, tudo farão para avacalhar o sistema capitalista no País, em nome de uma revolução imaginária. As bestas ficarão inteligentes, os incompetentes ficarão mais autoconfiantes na fabricação de desastres. Os corruptos da Petrobrás, do próprio TCU, das inúmeras ONGs falsas vão comemorar. Ninguém será punido – Joaquim Barbosa foi uma nuvem passageira.

    Nesta eleição, não se trata apenas de substituir um nome por outro. Não é Fla x Flu. Não. O grave é que tramam uma mutação dentro do Estado democrático. Para isso, topam tudo: calúnias, números mentirosos, alianças com a direita mais maléfica.

    E, claro, eles têm seus exércitos de eleitores: os homens e as mulheres pobres do País que não puderam estudar, que não leem jornais, que não sabem nada. Parafraseando alguém (Stalin ou Hitler?) – “que sorte para os ditadores (ou populistas) que os homens não pensem”.

    Toda sua propaganda até agora se acomodou à compreensão dos menos inteligentes: “Quanto maior a mentira, maior é a chance de ela ser acreditada” – esta é do velho nazista.

    O programa do PT é um plano de guerra. Essa gente não larga o osso. Eles odeiam a democracia e se consideram os “sujeitos”, os agentes heroicos da História. Nós somos, como eles falam, a “massa atrasada”.

    É isso aí. Tenho vontade de registrar este texto em cartório, para depois mostrar aos eleitores da Dilma. Se ela for eleita.

    Tags:
    Arnaldo Jabor,

  73. Chesterton said

    essa é para o Elias.

  74. Jose Mario HRP said

    TÔ cum medo,,,,,, do Jabor, a nova Regina Duarte!
    Temos a “Nova” Marina e agora o novo Jabor!

    E novamente, com a força do povo, quase levando de primeiro turno.
    Segundo o Daise, estamos “desesperados”!
    Eu particularmente , desesperado pra fazer o churrasco , na noite de domingo, pra comemorar a vitoria!!!!

  75. Daise said

    SÃO PAULO É ANTI-PT !

    Veja como o PT é sistematicamente massacrado desde 1994

  76. Pedro said

    Assim caminha nossa democracia:

    “Foice – sem martelo – o tempo em que os candidatos tinham que apresentar um plano de governo à população para tentar se eleger. A cinco dias da eleição, Marina Silva (PSB) está com um plano metamorfósico ambulante na praça; Aécio Neves decidiu que não vai divulgar um documento com suas ideias, mas apenas exibi-las gradativamente no Facebook. O caso mais grave, entretanto, é o da presidente Dilma Rousseff. Ela anunciou que vai enfrentar as urnas sem plano nenhum.”

  77. Daise said

    Imaginem se, um dia, se votasse uma lei no Brasil ou em qualquer parte do mundo proibindo as pessoas de ser imbecis e de dizer imbecilidades. Quanto tempo vocês acham que demoraria para que se chegasse a uma tirania das mais odiosas? Levy Fidelix (PRTB), o eterno candidato do aerotrem, disse uma porção de sandices sobre homossexualidade no debate da Record? Disse. É a única tolice que afirmou nessa campanha? Não! Justiça se faça, ele nem chega a ser o campeão das asnices — Luciana Genro, do PSOL, vence essa disputa com todos os pés nas costas, num confronto acirrado com Eduardo Jorge, do PV. A maior de todas, ainda que dita em solo estrangeiro, é a de Dilma Rousseff: pregou a negociação com terroristas que cortam cabeças e praticam fuzilamentos e estupros em massa.

    Muito bem. No debate da emissora, Luciana perguntou a Fidelix por que defensores da família se recusam a reconhecer como família um casal do mesmo sexo. O homem do PRTB afirmou o que segue no vídeo:

    Trata-se de um apanhado de bobagens? Não resta a menor dúvida. Mas há crime? Ora, tenham a santa paciência! Tanto os demais debatedores não entenderam assim que ninguém reagiu — nem a própria Luciana. Na democracia, reitero, existe espaço para as opiniões idiotas. Leiam o que disse Fidelix Reproduzo aspas:
    – “dois iguais não fazem filho”;.
    – “aparelho excretor não reproduz”;
    – “como é que pode um pai de família, um avô, ficar aqui, escorado (?), com medo de perder voto? Prefiro não ter esses votos, mas ser um pai, um avô, que tem vergonha na cara, que instrua seu filho, que instrua seu neto.”
    – “eu vi agora o papa, o Santo Padre, expurgar, fez muito bem, do Vaticano um pedófilo”.
    – “que façam um bom proveito se quiserem fazer de continuar como estão, mas eu, presidente da República, não vou estimular. Se está na lei, que fique como está, mas estimular, jamais!, a união homoafetiva”.
    – “Luciana, o Brasil tem 200 milhões de habitantes. Se começarmos a estimular isso aí, daqui a pouco vai reduzir para 100 [milhões]. Vai para Paulista, anda lá e vê. É feio o negócio, né?”
    – “esses que têm esses problemas, que sejam atendidos no plano afetivo, psicológico, mas bem longe da gente, porque aqui não dá”.

    Observem que ele nem mesmo diz que pretende mudar a legislação se eleito — coisa que nunca será. Apenas assegura que, se presidente fosse, não estimularia a união homoafetiva. Cadê o crime? Fidelix também entende que sexo tem como fim a procriação. Eu acho que ele está errado, mas me parece que tem direito a uma opinião, não é mesmo? Fidelix também tece considerações sobre as funções do, como ele diz, “aparelho excretor”. E daí? Revejam o vídeo. Os presentes riram de escárnio. Ninguém reagiu como se ele estivesse cometendo um crime. E, de fato, não estava.

    Mas aí entra em cena a militância gay. Olhem, até acho admirável a prontidão dessa turma. Não há grupo no Brasil tão organizado e tão presente na imprensa. Teve início o processo de demonização de Fidelix. Os presidenciáveis, que se calaram quando ele disse as suas sandices, foram unânimes, depois, em condená-lo. A campanha de Marina Silva diz que estuda até mesmo recorrer à Justiça. Ou por outra: tenta usar a questão para se livrar da pecha de homofóbica que lhe pespegou o PT. Dito ainda de outro modo: os marineiros acham que Fidelix pode ser a sua Marina da hora. Dilma vai se encontrar hoje com lideranças do movimento LGBT. Eduardo Jorge, que defende a descriminalização do aborto e das drogas, já entrou com uma representação contra Fidelix. A OAB pede a cassação da candidatura do homem por homofobia.

    Não dá! A fala de Fidelix é imbecil, sim, mas é criminosa? Gostaria de ler a argumentação da OAB e saber em que lei se ampara, especialmente porque Fidelix disse que, se eleito, deixaria tudo como está.

    Acho esse um péssimo caminho da militância — de gays ou quaisquer outras. Vejam o quanto a causa avançou nesses anos, inclusive com o reconhecimento da união civil contra a letra da Constituição — fato inédito na nossa história e na história das democracias. E ninguém precisou ser levado aos tribunais por crime de opinião para que isso acontecesse.

    Sim, ouçam de novo ou releiam a fala de Levy. Dizer uma bobagem tem de ser diferente de praticar um crime. Uma fala como essa não geraria celeuma em nenhuma democracia do mundo, mesmo naquelas severamente patrulhadas pelos politicamente corretos. A razão é simples: a liberdade de expressão é um valor intocável. A menos que seja usada para incitar a prática de crimes. Não me parece que seja o caso deste senhor.

    De resto, que país este, não? A candidata-presidente, que, segundo os institutos de pesquisa, está na faixa dos 40% dos votos no primeiro turno e lidera a disputa para o segundo, pede que a ONU sente com terroristas facinorosos para negociar. A OAB se calou. Não deve ter visto nada de errado. O candidato do traço, que tem muito folclore e nenhuma história, emite uma opinião infeliz, e todos avançam contra ele tentando tirar uma casquinha.

    Não contem comigo para criminalizar opiniões. Até que alguém me prove o contrário com a Constituição nas mãos, um brasileiro é livre para fazer digressões sobre o aparelho excretor ou para dizer que, se eleito, não promoverá o casamento gay. Já o presidente da República Federativa do Brasil NÃO É livre para pregar a negociação com terroristas. Sabem por quê? O mesmo Artigo 5º que assegura a liberdade de expressão — e lá não está escrito que as pessoas são livres apenas para dizer coisas certas e com as quais concordamos — repudia o terrorismo.

    Uma OAB covarde recorre à Justiça contra o nanico Levy Fidelix. Uma OAB que fosse corajosa teria recorrido à Justiça contra a gigante Dilma Rousseff. Eu ainda acho que progressista mesmo é enfrentar os fortes, não fazer fama contra os fracos.
    *

  78. Daise said

    Coincidências José Casado

    Dilma propôs lei contra caixa 2 — o que existe há 28 anos —, na semana em que caciques do PT foram acusados de pedir dinheiro para campanha aos operadores de maracutaias petroleiras

    Quarta-feira passada em Nova York, a presidente da República usou a Assembleia Geral da ONU para exaltar, entre outras coisas, o “combate à corrupção, lavagem de dinheiro e outros crimes financeiros” no seu governo.

    Nos dias seguintes, a candidata Dilma Rousseff propagou a mais nova promessa do seu sigiloso programa de governo: um “pacote” de medidas anticorrupção, com lei específica “para transformar em crime a prática de caixa 2”. No domingo repetiu a oferta, inscrita num caderno a que recorreu durante todo o debate na Rede Record.

    Eleição tem dessas coisas. Candidatos desafiam a imaginação dos eleitores com todo tipo de promessa — de pontes onde não existem rios até ferrovias sem trens. Em maio, por exemplo, Dilma inaugurou trecho da Transnordestina, cujos trilhos continuam sem tráfego ferroviário. A linha havia sido inaugurada duas vezes por Lula na campanha para eleger Dilma em 2010.

    Desta vez, a presidente-candidata inovou. Ao prometer “transformar em crime a prática de caixa 2”, anunciou a intenção de fazer algo que existe há mais de 28 anos.

    Está na lei 7.492, entre as definições de crimes contra o sistema financeiro nacional. Em 23 palavras o artigo 11 sentencia de forma cristalina sobre recursos financeiros “não contabilizados”, o popular caixa 2: “Manter ou movimentar recurso ou valor paralelamente à contabilidade exigida pela legislação: Pena — Reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos, e multa.”

    O texto pode ser consultado na página da Casa Civil da Presidência (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/l7492.htm). Se Dilma quiser, pode telefonar ao ex-presidente José Sarney, que sancionou a lei na segunda-feira 16 de junho de 1986. Caso persista na dúvida, deveria resgatar o voto da ministra Cármen Lúcia na sessão de terça-feira 9 de outubro de 2012 do Supremo Tribunal Federal.

    Ela julgava caciques do Partido dos Trabalhadores acusados no mensalão. A defesa do tesoureiro do PT Delúbio Soares alegou que o dinheiro era “caixa 2, de campanha”. A ministra, que na época também presidia o Tribunal Superior Eleitoral, respondeu incisiva: “Me causou especial atenção a circunstância de que a defesa, quer na defesa escrita, quer na apresentação na tribuna desta Casa, afirmou o ilícito. E que o dinheiro arrecadado não tinha sido comprovado (…) Acho estranho e muito, muito grave, que alguém diga, ‘houve caixa 2’. Caixa 2 é crime! É agressão contra sociedade brasileira!”

    O desfecho do caso é conhecido. Não se conhecem as razões pelas quais Dilma decidiu reintroduzir o mensalão e a puída tese do caixa 2 na reta final do primeiro turno.

    Pode ter sido ato impensado no calor da peleja por uma nobre causa — autopreservação. Afinal, há 28 semanas seguidas seu governo vive sobressaltado por revelações sobre traficâncias na Petrobras, estatal que ela tentou controlar nos últimos 12 anos.

    Ainda assim, é difícil compreender a essência da evocação do crime de caixa 2. Sobretudo, pela ocasião: Dilma se propôs a fazer uma lei que existe há mais de 28 anos na mesma semana em que caciques do PT foram acusados de pedir dinheiro para sua campanha presidencial (2010) aos operadores de maracutaias petroleiras.

    Só pode ser mera coincidência.

  79. Patriarca da Paciência said

    “De resto, que país este, não? A candidata-presidente, que, segundo os institutos de pesquisa, está na faixa dos 40% dos votos no primeiro turno e lidera a disputa para o segundo, pede que a ONU sente com terroristas facinorosos para negociar. A OAB se calou. Não deve ter visto nada de errado. O candidato do traço, que tem muito folclore e nenhuma história, emite uma opinião infeliz, e todos avançam contra ele tentando tirar uma casquinha.”

    Aos imbecis de plantão:

    A constituição Brasileira diz que o Brasil não pode, em hipótese nenhuma, interferir na soberania de outros países.

    A presidenta Dilma falou que bombardeio não resolvem o problema, pois apenas tenta corrigir os efeitos, não indo até as causas.

    Está mais que provado, por A mais B que violência apenas gera mais violência, já dizia o Grande Carpinteiro.

    Então, que os imbecis de plantão, defensores da política criminosa e genocida de Israel contra os palestinos, latam à vontade. A humanidade caminha e se aperfeiçoa, apesar dos imbecis de plantão.

  80. Patriarca da Paciência said

    A presidenta Dilma falou que bombardeios não resolvem os problemas, pois apenas tentam corrigir os efeitos, não indo até as causas.

    A intenção desses loucos assassinos é sempre de destruir o adversário, não apenas vencê-lo.

  81. Pedro said

    Patriarca, desde quando o tal califado é um país?
    Estes assassinos de crianças, mulheres, e de qualquer pessoa que pense diferente deles, representam a humanidade caminhando e se aperfeiçoando?

    Vai te internar.

    Ganha-se o prêmio “aloprado da vez”.

    Pelamordedeus, a gente vê coisa.

  82. Pedro said

    Ganhasse

  83. Patriarca da Paciência said

    Humanismo mesmo é Israel bombardear uma escola da ONU, matando 32 crianças !

    Humanismo mesmo é Israel destruir as casas de mais de 200 mil pessoas e arruinar a vida de mais de 2 milhões.

    Os defensores dos israelenses genocidas “se acham” !

    Estado Islâmico não é um país e a Palestina deixou de ser um país desde o momento em que os sionistas botaram os pés lá !

    O Iraque deixou de ser um país desde o momento em que os Estados Unidos botaram os pés lá.

    A líbia deixou de ser um país desde que as “forças ocidentais” botaram os pés lá.

    Nem vale a pena argumentar !

    Como dizem os nordestinos, “a coisa mais difícil que existe é ensinar caminho a doido”.

  84. Patriarca da Paciência said

    É claro que a OAB e a grande maioria dos brasileiros estão errados, certos mesmo são os reinaldos rolabosta, os jabores, os augustos boçais canalhas nunes, os merdais, etc.etc.etc.

  85. Patriarca da Paciência said

    Total liberdade expressão ?

    Então por que não deixar que os pedófilos se expressem livremente expondo todos os seus desejos secretos na internet ou na televisão ?

    Por que não deixar que os nazista se expressem livremente pela internet e pela televisão ?

    Por que não deixar que os antissemitas se expressem livremente pela internet e pela televisão ?

    E os assassinos e os ladrões, por que não deixar que expressem livremente suas justificativas ?

    Aloprado pouco é bobagem !

  86. Chesterton said

    Pedro, a liberdade de expressão realmente tem problemas :)

  87. Jose Mario HRP said

    ~

    O debate descontrolado e a consequencia do não entendimento.
    Dilma mandou um recado a favor da não violencia e do dialogo.
    Obvio que agora não ha como se dialogar com esses monstros.
    Cabe e cuida agora aprender com a lição de que o descaso e a manipulação para com povos e um jogo perigoso que pode e levou ao caos.
    Israel e um estado criminoso, pior , criminoso de guerra, os EUA são tambem, Sadam Hussein o era antes, mas politicamente tinha uma receita para equlibrar os antagonismos xita X sunita.
    Entao , que de agora em diante, cuide-se de respeitar os povos e seus aspectos culturais, se o forem aceitaveis diante dos direitos humanos e so depois de se tentar resolver conflitos com dialogo se opte pela violencia, por ultimo, diante e depois de se irem as ultimas esperanças.
    Obvio que que ver pessoas crucific,adas e tormentoso e inaceitavel, as bombas continuarao a cair, mas que alem se faça diferente.
    Xingar-se, brigar , estando do mesmo lado então, e burrice.

  88. Zbigniew said

    O problema naquela região é um pouquinho mais complexo do que acusar a Dilma de doida ou apoiadora de assassinos. Isso é típico de quem reduz a visão ao aspecto meramente eleitoral. Não se diz nada com nada.

    Há um bom tempo, desde o Bush pai até hoje, que o interesse prevalecente é o dos negócios com petróleo e armas. Além, é lógico, da geopolítica energética que tem muito a ver com o abastecimento de gás da Europa, passando ali, pelo Sudeste asiático, lugarzinho onde a China tem muito, mas muito interesse, e onde, certamente, não vai querer, nem tampouco deixar (barato) ingerências da natureza da tentada lá na Ucrânia.

    Aí vem os éuas e turbinam os talibãs, depois o Saddam e depois o Gadafi, depois os rebeldes sírios, pra depois fazer o quê? Cortar as cabeças dos ditos cujos. Lá no Iraque usaram a desculpa esfarrapada de “armas de destruição em massa”. Na Líbia nem se deram ao trabalho. Na Síria só não acabaram ainda com Bashar porque a Rússia e a China se anteciparam e dificultaram a empresa. O que é que sobra? Ódio pra todo lado. Ou seja, desde que os éuas utilizaram a desculpa de que iriam implantar a democracia nos moldes ocidentais em países de tradição muçulmana que a violência só faz aumentar.

    Aí vem os éuas, na maior cara de pau, e pedem que se ajude a resolver a bronca com o ISIS ou seja lá que nome se dá àquele califado, treinados e armados via reflexa pelo ocidente. Um bando de doidos e aloprados, bárbaros, mas que – ora vejam só! – têm nas suas hostes pessoas de origem ocidental. Porque colocar soldado com faca na mão no chão, ninguém quer. Nem o poodle europeu que ganhou apertado pela manutenção da Escócia na comunidade. Aliás, a Europa não tá lá essas coisas todas para gastar com mais uma guerra. Melhor mandar os caças para adquirir horas de vôo e valorizar no mercado internacional. A Dassault que o diga.

    A Dilma foi mais que coerente. A questão no Oriente Médio é bem mais complexa e a diplomacia brasileira, que, hoje, já não mais abaixa a cabeça para tudo que se diz por aí – ao contrário de um bando de colonizados que insistem em falar merda por essa bandas e que são alinhados automáticos com o mercado financeiro e seus governos gerentes.

    Se, desde o início, tivessem buscado as vias diplomáticas para resolver os conflitos, não passando por cima de resoluções da ONU ou do concerto da maioria das nações, a situação, certamente, seria bem diferente.

    Mas estão aí os bárbaros. Quem os criou que os embale, embora possa chegar o momento que o mundo precise pagar para limpar o que os países ditos desenvolvidos criaram naquela área.

  89. Jose Mario HRP said

    Tirando uma onda:
    Em discurso , ontem, em São Paulo LULA alertou para o que sera a semana da mentira.
    Virao de todos os lados para tentar baquear a campanha da Dilma.
    Mas acho que sera ao contrario a semana da verdade.
    Oia tera que por na capa e no seu interior direito de resposta do PT!
    E vem muito mais por ai!
    Tremei opositores!!!!!

  90. Patriarca da Paciência said

    HRP,

    minha opinião é que a última cartada do PIG é a “queda da bolsa”.

    Vão tentar ao máximo desvalorizar as ações da Petrobrás.

    O que acontece é que o Brasil tem quase 400 bilhões de dólares em reservas. Então, é muito fácil dispor de alguns bilhões para recomprar, bem baratinho, alguns milhões de ações da Petrobrás. É outra tiro que pode sair pela culatra.

  91. Jose Mario HRP said

    Essa Marina e a mesma?
    Olha o vestidinho!
    So que essa e a princesinha dos anfibios:

  92. Pedro said

    Dilma falou bobagem, ponto.

    Declaração diplomática, quando tem que ficar explicando, remendando, dizendo que não é bem assim, que deve ser mais ou menos assado…….
    É porque falou merda.

    Vão lá dizer para estas pessoas do vídeo, pra eles esperarem tranquilamente que a Dilma vai negociar com o EI. Ela e o Patriarca.

  93. Pedro said

    Os próprios árabes estão pedindo socorro.

    Não sei o que Israel tem com isso.

    E sobre Israel, vc conversa com o Googlias. Ele deve ter adorado esta frase sua:

    “Então, que os imbecis de plantão, defensores da política criminosa e genocida de Israel contra os palestinos, latam à vontade. A humanidade caminha e se aperfeiçoa, apesar dos imbecis de plantão.”

  94. Chesterton said

    Elias vai colocar o chapéu?

    Mais uma petada

    http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/mais-um-escandalo-senador-do-pt-acusado-de-ter-feito-campanha-com-dinheiro-roubado-dos-pobres-culpa-o-partido-por-novo-caso-de-corrupcao/

    só tem ladrão neste partido.

  95. Daise said

    Chesterton

    Ou por outro lado: SÓ TEM PARTIDO NESSE LADRÃO !

  96. Daise said

    Atendendo a pedidos, rsrsrsrs

    Tolinho, semi tolinho, esbirro e badass – a gaiola das loucas do Sítio do Pica-pau Vermelho

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/na-veja-com-os-mercados-a-especulacao-e-os-dias-que-vem-por-ai/

    Divirtam-se!

  97. Daise said

    Jânio de Freitas, a ratazana colunista da FSP já identifica os responsáveis pela derrota de Dilma, nestas eleições. A Veja e o debate na Globo.

    Entenda o porquê lendo sua (dele) coluna hoje:

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/janiodefreitas/2014/09/1524585-vicio-eleitoral.shtml

    A seu favor é preciso lembrar que ele não é financiado nem pela Caixa e nem por outras estatais.

    É apenas um dinossauro que acha que o PT é socialista e por isso mentir ou esconder a corrupção do PT é prestar um serviço ao bem da Nação. Tolão.
    rsrsrs

  98. Daise said

    <A PETROBRÁS DO PT

  99. Daise said

    DILMA : A INCOMPETENTA MENTIROSA

    Petrobrás perde mais da metade do valor no governo Dilma

    http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios,petrobras-perde-mais-da-metade-do-valor-no-governo-dilma,1568490

  100. Daise said

    A BALEIA CONTINUA ENCALHADA

    SEGUNDO TURNO ASSEGURADO

    PT EM PÂNICO…acabou a moleza na TV

    enquanto isso marina cai e aécio sobe…

  101. Pax said

    Caro Pedro, em #92,

    Concordo. Uma besteira sem tamanho. Poderia falar do combate à miséria, do pleno emprego etc e foi se meter numa confusão onde não deveria e, ainda pior, falando besteirol.

    Brasil no Conselho de Segurança da ONU? Esquece.

    Saiu nova pesquisa, teremos mais 4 anos do mesmo.

  102. Pax said

    amanhã faço post sobre novas pesquisas, hoje tá dose esse link_padrão_dilma

    e quem não acha que ela tem culpa, leia aqui:

    http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed817_candidata_promete_recriar_o_que_a_presidente_desmontou

    ou seja, visão de futuro olhando pro espelho retrovisor

    paciência, campanha suja ganha eleição, sim

  103. Daise said

    BRASIL ?

    A que ponto chegamos.

    A candidatura da Governanta Incompetente depende da agilidade da Justiça.

    O STF já aprovou a delação premiada do “Paulinho”. Ou Seja, as provas são consistentes.
    Documentos comprobatórios . Dilma não sabia de nada.A anta inconsequente.

    O PT está torcendo para que a Veja não publique mais nada.
    Mas e se publicar ? …rsrsrsr

    Dilma irá “faltar” ao debate da Globo, alegando estar “doente”?

    Aguardemos o vexame petista ao vivo e em cores!

  104. Patriarca da Paciência said

    “SEGUNDO TURNO ASSEGURADO

    PT EM PÂNICO…acabou a moleza na TV

    enquanto isso marina cai e aécio sobe…”

    A Daise desvairada cada vez mais desvairada.

    IBOPE hoje:

    “Presidente Dilma Rousseff lidera a disputa presidencial nos dois turnos e ampliou sua margem sobre os adversários; ela agora tem 39%, contra 25% de Marina Silva e 19% de Aécio Neves; vantagem sobre a candidata do PSB, que era de nove pontos na pesquisa anterior, agora é de 14 pontos; no segundo turno, Dilma supera Marina por 42% a 38%; num eventual segundo turno entre Dilma e Aécio, a presidente também vence: 45% a 35%”

    Dilma cresceu um ponto, Marina caiu 4 pontos e Aécio manteve-se estagnado.

    Segundo turno Dilma vence todos.

  105. Daise said

    # 102 Eu acho que o mestre Pax não lê o que publica…rsrsrs Lula 1989 era apenas o que é hoje.

    MENTIROSO EMBUSTEIRO!

    PS> Pax ama Idelber ..rsrsrs
    Nada contra o que acontece entre adultos em 4 paredes.
    Desde que não façam suruba com crianças, animais ou petistas idiotas..rsrsr

  106. Daise said

    Tolinho

    Você se considera um petista idiota?
    Não seja modesto.rsrsrrs

  107. Patriarca da Paciência said

    “Ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa teve seu registro de advogado negado pela seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, do Distrito Federal; presidente da entidade, Ibaneis Rocha alegou que ele feriu a ética profissional quando exerceu a magistratura; durante seu estrelato, Barbosa ofendeu advogados e fez até com que o defensor de José Genoino, Luiz Fernando Pacheco, fosse retirado do plenário do STF por seguranças da casa – fato inédito na história do Judiciário; agora, veio o troco; leia a íntegra do despacho do presidente da OAB-DF”.

    Pois então ? O super-Barbosão, que já se considerava o presidente por aclamação do Brasil, não consegue sequer registro na OAB.

  108. Patriarca da Paciência said

    A notícia acima é do blog 247.

  109. Chesterton said

    Ou o Pax acaba com as asnices que o patriarca diz ou o blog acaba.

  110. Jose Mario HRP said

    Vespera de eleição e sempre a mesma coisa, show escatologico da direita e suas meninas desvairadas!
    KKKKKKK….Isso chama-se desespero.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: