políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Petrobras: diretorias são esquemas de desvios, segundo depoimentos

Posted by Pax em 10/10/2014

Petrobras: ex-diretor diz a juiz que PP, PT e PMDB receberam valor de contratos

Ivan Richard – Repórter da Agência Brasil* Edição: Carolina Pimentel e Juliana Andrade

Em depoimento à Justiça Federal, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que cumpre prisão domiciliar, disse que PP, PT e PMDB eram beneficiados com recursos de contratos superfaturados da estatal.

O depoimento, que faz parte do inquérito de uma das dez ações penais decorrentes da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, ocorreu ontem (8) e está disponível na íntegra no site da Justiça Federal. Durante o interrogatório, o ex-diretor respondeu a perguntas do juiz Sérgio Moro feitas com base em denúncia do Ministério Público Federal (MPF).

Segundo o ex-diretor, empreiteiras repassavam 3% do valor de contratos superfaturados aos três partidos. Em nota, o PT repudiou “com veemência e indignação” as declarações “caluniosas” do ex-diretor. Já o PP informou desconhecer as denúncias. O PMDB, por sua vez, não comentou as acusações alegando que não teve acesso ao depoimento.

O ex-diretor, que é funcionário de carreira da Petrobras, foi preso na Operação Lava Jato, deflagrada em março, que descobriu um esquema de lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos de cerca de R$ 10 bilhões. Ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba e responsável pelas investigações, o ex-diretor confirmou que foi indicado, em 2004, para assumir a diretoria da companhia pelo ex-deputado José Janene (PP), que morreu em 2008.

Em 2006, segundo ele, começou a funcionar na estatal um esquema de “cartelização”, em que grandes empreiteiras faziam combinação de preço e incluíam nas propostas, além da previsão de custos e lucros, o percentual que seria repassado aos três partidos.

“Essa cartelização, obviamente, resultava em um ‘delta [alta] preço diferente’”, disse. “E esses 3% eram alocados a agentes políticos. As empresas, previamente, definiam a proposta de preço que iam apresentar [na licitação] e nisso embutiam o preço que, em média, era 3% de ajuste político”, acrescentou.

De acordo com Paulo Roberto Costa, do valor dos contratos superfaturados da Diretoria de Administração, 1% ficava com o PP e 2% iam para o PT. Em diretorias, cujo responsável era indicação petista, o percentual, segundo Costa, era repassado integralmente ao PT. “Outras diretorias, como Gás e Energia e Exploração e Produção também eram do PT. Então, se tinha PT na diretoria de Exploração e Produção e Gás e Energia e na área de Serviço, o comentário dentro da companhia era que, nesse caso, os 3% ficavam diretamente para o PT porque não tinha participação [de outros partidos].”

Em relação ao PMDB, o ex-diretor afirmou que o partido era beneficiado com contratos firmados pela Diretoria Internacional, cujo diretor era indicação de um político peemedebista. “Dentro do PT, a ligação que o diretor de Serviço tinha era com o tesoureiro à época do PT, o senhor João Vaccari [Neto]. No PMDB, a ligação na Diretoria Internacional, o nome que fazia essa articulação toda, se chama Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano”, relatou.

De acordo com Costa, Janene era responsável pelo esquema em relação ao PP. Depois da morte do ex-parlamentar, o esquema no partido passou a ser controlado pelo doleiro Alberto Youssef, que também foi preso pela Polícia Federal.

Paulo Roberto Costa assumiu que ficava com parte do que era repassado ao PP. Ele admitiu que chegou a receber, de uma só vez, R$ 500 mil do presidente da Transpetro, Sergio Machado. “Recebi uma parcela da Transpetro [subsidiária da Petrobras], se não me engano, foi R$ 500 mil. Quem pagou foi o presidente Sergio Machado“. Segundo ele, a propina foi paga em 2009 ou 2010, em decorrência da contratação de navios cujo parecer precisava do aval da Diretoria de Abastecimento.

À Justiça, o ex-diretor disse que as empresas Odebrecht, Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez, Iesa, Engevix, Mendes Júnior, UTC Engenharia, Queiroz Galvão e Galvão Engenharia participavam do esquema de superfaturamento de contratos firmados com a Petrobras e repasse de propina aos partidos.

Paulo Roberto Costa aceitou proposta do MPF de reduzir a pena em troca de revelar informações de como funcionava o esquema, chamada delação premiada. No acordo, o ex-diretor ainda se comprometeu a devolver aos cofres públicos recursos ganhos por meio das fraudes. O depoimento de ontem não está relacionado a esse acordo.

Em nota, a Petrobras informou que está acompanhando e colaborando com as investigações. “A Petrobras reforça, ainda, que está sendo oficialmente reconhecida por tais autoridades como vítima nesse processo de apuração. Por fim, a Petrobras reitera enfaticamente que manterá seu empenho em continuar colaborando com as autoridades para a elucidação dos fatos”.

O presidente da Transpetro, Sergio Machado, negou “com veemência” a acusação de que teria repassado propina a Paulo Roberto Costa e prometeu tomar providências “cabíveis, inclusive judiciais“, contra o ex-diretor. “As acusações são mentirosas e absurdas”, disse Machado em nota.

A Agência Brasil está em contato com as empresas a fim de obter o posicionamento delas sobre as declarações do ex-diretor.

Anúncios

23 Respostas to “Petrobras: diretorias são esquemas de desvios, segundo depoimentos”

  1. Patriarca da Paciência said

    Pois é,

    os depoimentos são em segredo de justiça, criptografados e guardados em cofre… no entanto, no outro dia, a “grande, enorme, descomunal, gigantesca imprensa” já sabe de tudo. Desta vez “vazaram” até gravações.

    E a única coisa que ficou provada realmente ?

    Que os delatores não apresentam a mínima prova, “ouviram pelos corredores da Petrobrás”, Uma vez eu fui contador numa grande construtora e, essa “estória” de que “foi ouvido pelos corredores” era chamada de rádio peão.

    As pessoas morriam de rir ao comentar, “pois é, deu na rádio peão”.

    Pois então, a “rádio peão” agora chegou ao coração das campanhas eleitorais para Presidente da República.

    Triste, muito triste tudo isto.

    Mas o PT saberá como reagir !

  2. Pax said

    Caro Patriarca,

    concordo com o enorme desconforto que nada disso aconteceu com os escândalos do tucanato, mensalão dna, trens, metrô, sabesp, pedágios em SP etc…

    mas dizer que não há provas? de novo, prova testemunhal é prova

    o troço fede um bocado

    é diferente do outro lado?

    mas isso justifica a fedentina?

  3. Pax said

    a bagaça fede um bocado

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2014/10/10/desvios-na-petrobras-aumentaram-apos-desmontagem-do-esquema-do-mensalao/

  4. Daise said

    PROMESSA DE CAMPANHA

  5. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    o que fede e fede muito, é essa história dessa tal de delação premiada acontecer justamente na eleição para presidente.

    Depoimentos em segredo de justiça, gravados, criptografados e guardados em cofres, no outro dia, é do conhecimento de toda a “grande, enorme, descomunal, gigantesca etc.etc.etc. imprensa”. É um verdadeiro deboche para com o Poder Judiciário.

    Isso tudo tem que ser apurado.

    Esse jogo sujo do PIG ultrapassa todos os limites da decência e, até, da legalidade.

  6. Patriarca da Paciência said

    Rumores não precisam ser provados, são apenas rumores.

    Acontece que os tais rumores são propagados de forma torrencial e com técnicas, realmente, nazistas.

    É um total desrespeito para com o eleitor brasileiro, o qual nunca se engana, mas pode ser mal orientado.

    Então a coisa é guerra e guerra suja. O PT tem que levar tudo até as últimas consequências.

  7. Jose Mario HRP said

    PT é o culpado por liberiano , possivelmente , ter sido contaminado em seu país.
    E Dilma e Lula também tem responsabilidade!
    Deu na Veja, deu na Grobo!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKK………..
    Eu acredito na Veja, na Xuxa e nos duendes!
    E , tem mais gente aqui, que acredita também!
    KKKKK….

  8. Patriarca da Paciência said

    E o tal de Paulo Roberto Costa?

    Se ele ia pegar 40 anos antes da tal “delação premiada”, agora, depois de toda essa sujeira, vai pegar, no mínimo, um século de prisão !

  9. Chesterton said

    ladrão que entrega ladrão tem 100 anos e perdão. Lula e Dilma vão acabar na Papuda.

  10. Jose Mario HRP said

    Jornalista da grobonius tentou colocar em saia justa ministro dasaude e seu secretario, com a seguinte pergunta:
    O material colhido com o suspeito de ter Ebola já chegou ao Pará?
    Resposta do secretario:
    Bem voce sabe a que horas o paciente chegou ao Rio, então que é humanamente impossivel avião deslocar-se em tão pouco tempo até lá, despois da colheita de material.
    A jornalista Francischini , da grobonius pagou o maior mico, por ser puxa saco de patrão!

    Ebola?
    Culpa do Lula, da Dilma e do PT!
    KKKKKKKK

  11. Daise said

    GLEISE: A CHEFA A CASA CIVIL DA DILMA molhou a mão, rsrsrsr
    por 1 milhão.

    Caro ou barato? eu acho caro.

    https://www.brasil247.com/pt/247/parana247/157465/Estado-Costa-inclui-Gleisi-Hoffmann-no-esquema.htm

  12. Daise said

    LULA SABIA DA ADROEIRA E MANDAVA PAGAR !

    Lula insinuou em discurso que sabia de pagamento de propinas para deter CPI

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2014/10/18/lula-insinuou-em-discurso-que-sabia-de-pagamento-de-propinas-para-deter-cpi-2/

  13. Daise said

    LULA SABIA DA LADROEIRA E MANDAVA PAGAR !

    Lula insinuou em discurso que sabia de pagamento de propinas para deter CPI

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2014/10/18/lula-insinuou-em-discurso-que-sabia-de-pagamento-de-propinas-para-deter-cpi-2/

    Se for verdade a delação do PRG sobre pagamento de propinas o Governo foi cúmplice ativo na história.

    “comprou” Sergio Guerra
    “comprou” Bezerra (PSB PE ex-ministro da dilma)
    “comprou” Gleise et caterva

    A CADA DIA O PT SE AFUNDA NA MERDA!

  14. Daise said

    DILMA e o JUDICIÁRIO LEVIANO

  15. Daise said

    Em Copacabana

  16. Daise said

    Veja a multidão

  17. Daise said

    https://prosaepolitica.files.wordpress.com/2014/10/000-roque-roubamos-mas-vamos-ressarcir.jpg?w=945&h=639

  18. Daise said

    RICARDO KOTSCHO: Se depender do programa de TV, vai dar Aécio

    Publicado em 19/10/14 às 10h21

    http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/

  19. Daise said

    O DEBATE

  20. Daise said

  21. Patriarca da Paciência said

  22. Patriarca da Paciência said

    Dilma fez uma simples declaração protocolar sobre um governador e senador.

    Aécio fez uma exaltada demonstração de apreço e admiração por um senador que foi cassada e por um promotor que foi exonerado a bem do serviço público, parceiro de longos anos do Carlinhos Cachoeira, um notável mafioso..

  23. Patriarca da Paciência said

    Como ficou provado depois, Sérgio Gerra, ex-presidente do PSDB e Campos, candidato do PSB, também foram delatados por Paulo Roberto Costa. Um recebeu 20 milhões e outro recebeu 10 milhões. A Notícia só foi divulgada pela imprensa depois que a Dilma falou no Debate. Então, é mais que claro que os “vazamentos” foram seletivos.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: