políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Brasil em acelerada marcha à ré

Posted by Pax em 09/04/2015

Bastou Dilma dizer que era contra o PL (Projedo de Lei) 4330/04 e o espaço se abriu para Eduardo Cunha conseguir aprovar na Câmara este retardo nos direitos trabalhistas.

A presidente e seu desgastadíssimo partido conseguiram se posicionar como coadjuvantes menores no governo, de tantos erros cometidos.

O PMDB assumiu o país e, sem que houvesse qualquer dúvidas das consequências dessa mudança de estado, engatamos uma marcha à ré e aceleramos no sentido adotado.

Eduardo Cunha e Renan Calheiros são investigados na Operação Lava Jato e conquistam mais e mais espaços no domínio político como forma de proteção para suas necessárias cassações. E, pelo andar da carruagem, será exatamente o que vai acontecer.

Sairão do processo iniciado ainda mais fortes e com mais voz de comando de um país governado por um desastre político.

Como li em um fórum fechado de discussões políticas, “Dilma acerta todos os tiros nos pés que dá”.

Deputados aprovam regulamentação das terceirizações

Iolando Lourenço – Repórter da Agência Brasil Edição: Fábio Massalli

A aprovação na noite de hoje (8), pela Câmara, do texto principal do projeto de lei que regulamenta os contratos de terceirização no setor privado e em empresas públicas, de economia mista, suas subsidiárias e controladas pela União, pelos estados, pelo Distrito Federal e pelos municípios, dividiu os maiores partidos da base governista. Os petistas foram os que mais criticaram a regulamentação, enquanto que os peemedebistas foram os que mais apoiaram a aprovação da proposta. Foram 324 votos a favor, 137 contra e 2 abstenções.

Acordo entre as lideranças partidárias e o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), adiou a votação das emendas e dos destaques que visam a modificar o texto aprovado hoje para ocorrer a partir de terça-feira da próxima semana. O acordo permitiu que os deputados apresentem as emendas e destaques de hoje até as 14 h de terça-feira (4), quando será retomada a votação. Nesse período, o governo e os contrários ao texto aprovado poderão trabalhar para modificar dispositivos da proposta nas votações.

O texto relatado pelo deputado Arthur Oliveira Maia (SSD-BA) e aprovado pelos deputados manteve a possibilidade de a terceirização se dar em toda e qualquer atividade da empresa, permitindo, assim, que a terceirização dos trabalhos possa ser feita em todos os setores de uma empresa. O dispositivo é um dos pontos mais polêmicos do texto, uma vez que, na visão dos contrários ao projeto, isso levará à precarização dos direitos trabalhistas e dos salários. Os opositores à medida vão tentar retirá-la do texto nas votações de emendas e destaques.

Para o relator Arthur Oliveira Maia, a aprovação do projeto foi uma vitória do Legislativo e dos trabalhadores. “Foi uma vitória muito grande, porque hoje nós conseguimos garantir os direitos e dar segurança jurídica a cerca de 12,5 milhões de trabalhadores brasileiros, que nunca tiveram uma lei que lhes assegurassem os direitos trabalhistas. Esta lei é inclusiva, que trouxe os benefícios dos direitos trabalhistas a 12,5 milhões”, disse o relator. Maia disse que hoje não existe uma fiscalização nas terceirizações, o que prejudica os trabalhadores, mas que com a nova lei haverá essa fiscalização.

O deputado Alessandro Molon (PT-RJ), que recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a votação por entender que ela é inconstitucional, disse que esse dia foi extremamente triste para o Parlamento e para os trabalhadores brasileiros. “Os trabalhadores foram apunhalados pelas costas na Câmara, com a retirada de direitos que levaram décadas para serem conquistados e que foram perdidos em uma votação”. Segundo ele, hoje são 45 milhões de trabalhadores com carteira assinada e, desses, 33 milhões empregados diretos e 12 milhões terceirizados. “O que vai acontecer nos próximos anos é a inversão desses números”.

Para o deputado Eduardo Cunha, não houve qualquer vício de inconstitucionalidade na votação de hoje. Segundo ele, o argumento dos deputados do PT, que recorreram ao STF contra a votação, não vai encontrar amparo legal. Cunha não acredita que haverá grandes mudanças no texto aprovado hoje durante as votações de emendas e destaques. Segundo ele, as modificações devem ser pequenas até pelo comportamento do plenário nas votações. “Acho que o plenário já configurou posição sobre isso [projeto]. Obviamente, um ou outro destaque de detalhe deverá ser acolhido e, certamente, aquilo que mexe no cerne do projeto, que é a discussão de atividade meio e atividade fim, não vejo a menor possibilidade de passar no plenário”, avaliou.

Anúncios

148 Respostas to “Brasil em acelerada marcha à ré”

  1. Patriarca da Paciência said

    Essa é boazinha, caro Pax,

    quer dizer então que o negócio dos deputados é ser contra a Dilma ? Basta a Dilma querer uma coisa e eles são contra ?

    “Caraio” ! A coisa anda feia mesmo !

    Os tais “representantes do povo” são simples reflexos ?

    Mas assim fica muito fácil manobrá-los ! Basta a Dilma usar um pouco de astúcia !

    Conheci um pai que fazia assim – quando ele queria que a filha adolescente fizesse uma coisa, ele dizia para ela fazer o contrário !

    Mas há divergências !

    O PT e o PSOL votaram 100% contra a famigerada lei da terceirização.

    Pax,

    A aprovação da famigerada lei foi uma promessa de campanha do famigerado Cunha, assim como o aumento dos “subsídios” dos deputados e a construção faraônica de mais anexos para a Câmara. Foi por isso que ele se elegeu. É assim que o Cunha trabalha.

  2. Elias said

    Patriarca,
    Isso aí é espuma do Corrupax, como sempre.

    Aqui mesmo, no blog dele, o Corrupax já defendeu a prática dos fabricantes de cosméticos, de TERCEIRIZAR a comercialização de seus produtos, mobilizando mão de obra de pessoas paupérrimas, que trabalham sem carteira assinada, sem salário, e sem nenhum dos direitos trabalhistas mais elementares, existentes no Brasil desde a 1ª metade do Século XX.

    Situação análoga à dos “escravos de renda” do Século XIX…

    O sujeito que defende uma imoralidade desse tipo, não tem moral pra criticar a precarização das relações do trabalho, ou, como ele diz, o “retardo dos direitos trabalhistas”.

    Que direitos trabalhistas têm os vendedores da empresa “mais correta” em que o Corrupax trabalhou, e que ele até hoje defende? Mais precário e “retardado” do que as condições de trabalho desses quase escravos, impossível!

    Vai ver que eles são pretos, ou quase pretos, ou quase-brancos-quase-pretos-de-tão-pobres (e pobres são como podres…).

  3. Elias said

    O serviço público já usa a terceirização há uma pá de tempo.

    E, não necessariamente, a terceirização implica a redução da remuneração. Às vezes, é o contrário.

    Há alguns anos, com o setor imobiliário explodindo, foi feita a convocação de aprovados em Concurso Público para o cargo de engenheiro civil de uma Secretaria de Estado daqui do Pará. Remuneração: mais ou menos R$ 1,8 mil, na época.

    Àquela altura, o mercado estava pagando o dobro, o triplo e até o quádruplo para engenheiro civil, a depender do acervo técnico, registrado no CREA, em termos de área construída em plano horizontal e em plano vertical.

    Nenhum engenheiro atendeu à convocação.

    A secretaria fez uma licitação pra contratar uma “gerenciadora”, e acabou contratando engenheiro (“Júnior”, “Pleno” e “Sênior”), com salários compatíveis com os do mercado.

    Sou totalmente a favor da terceirização no Setor Público. Acho que as ações do Setor Público devem ser agrupadas em “permanentes” e “não permanentes”. Só tem sentido fazer concurso público para as ações “permanentes”.

    O caso da secretaria a que me referi é típico. Na época da terceirização, essa secretaria estava se preparando pra executar mais ou menos 120 projetos em 40 municípios.

    Hoje ela executa aproximadamente 63 projetos em pouco mais de 20 outros municípios, que se localizam em meso regiões completamente diferentes daquelas onde se localizavam os 40 municípios anteriores.

    Se — como queriam alguns — o Governo do Estado houvesse feito novo concurso público para recrutar engenheiros civis (depois de ajustar a remuneração aos padrões de mercado, evidentemente), agora, a maioria desses profissionais estaria ociosa, já que, nos respectivos municípios de domicílio, praticamente não há projetos sendo executados. De outra parte, nos municípios de execução, a estrutura do Estado não disporia — como de fato não dispõe — de engenheiros do quadro efetivo (concursados).

    Em Brasília, a Funasa usa a terceirização há um porrilhão de tempo, já que há mais de 20 ela não realiza concurso público. Hoje, o quadro efetivo da Funasa é formado por servidores em idade mais ou menos avançadas, a dois passos da aposentadoria. O pessoal mais jovem, ou é cedido por outros órgãos ou é contratado via terceirização.

    Pelo que ouvi dizer, a Funasa é só um exemplo extremo. Mas, em situação igual ou parecida, há um monte de outros órgãos e entes da União.

    Tenho minhas dúvidas se a discussão em termos de “atividades meio” e “atividades fim” é o melhor enfoque.

    E ponho minhas quatro patas atrás, quando fico sabendo que o texto final de um projeto de lei dessa importância vai ser decidido por meio de “emendas de plenário”.

    As “emendas de plenário” são responsáveis pelos maiores (e piores) aleijões da legislação brasileira (diferentemente das emendas nas comissões, que são filtradas para impedir a aprovação de dispositivos inconstitucionais, contraditórios em si, etc., p.ex.).

    Vamos ver que bicho vai dar…

  4. Pax said

    porteiro de quadrilha não muda o assunto, como se eu devesse ter vergonha de trabalhar numa empresa de venda direta, que não cobra horário, não cobra produção, não cobra nada de quem revende, a não ser o preço dos produtos com todos os impostos pagos na fonte

    é que porteiro de quadrilha é assim

    não gosta de trabalhar e quer tudo pra si

    quadrilha quando impõe o tom da roubalheira geral faz a cabeça de seus porteiros, líderes e a cumpanheirada toda, 120.000 que mamam nas costas do Estado, fazendo o povo pagar a conta que chega nuns R$ 20 bi por ano, dos bezerros mamões

    afora os larápios grandes

    se juntar esses R$ 20 bi dos apaniguados com os outros R$ 20 bi das multas das grandes empresas que a quadrilha do CARF aliviou,uma das arapucas que o grande líder criou em 2009, esse tal de CARF, já chegaríamos em R$ 40 bi

    que poderiam aliviar o custo que o povão hoje paga para cobrir a gastança que Dilma fez e a roubalheira que o partido, digo, quadrilha, produziu

  5. Elias said

    Tu é que estás fugindo do assunto, prostituta da direita!

    O assunto é PRECARIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DE TRABALHO.

    E não existe relação de trabalho mais precária do que a relação que a empresa “mais correta” mantém com seus semi-escravos, que enchem as burras dos donos da empresa com lucros fabulosos, sem que, em contrapartida, façam jus aos direitos trabalhistas mais elementares, existentes no Brasil desde a primeira metade do século passado.

    Claro que tu não tens vergonha. Tu és sem vergonha, que nem tua vó. A diferença é que ela, pelo menos, dava prazer. Tu só dás vergonha, mesmo, sua quenga!

    Cobrar vergonha de gente da tua laia é como cobrar virgindade de puta…

    Sonegador de impostos e explorador de trabalho escravo não tem moral pra cobrar moralidade de ninguém.

    Quenga da direita! Hipócrita!

  6. Pax said

    kkk

    tá cada vez mais gagá

    corre enquanto dá tempo…

  7. Pax said

    essa esquerda Kátia Abreu, Gilberto Kassab, Vaccari, Vaccarezza, André Vargas, Lulinha e quetais me comove profundamente

    nem Marx pensaria num estágio tão avançado de socialização…

    do dinheiro alheiro

  8. Pax said

    sem mais para o momento, fiquem com Ricardo Kotscho

    http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2015/04/08/lambanca-leva-dilma-a-jogar-ultima-cartada/

    Dilma largou a carniça e o osso de vez. Nem um sepultamento decente do seu partido ela providenciou.

    Mas ainda tem funcionário na portaria… achando que tem empresa a ser guardada.

  9. Patriarca da Paciência said

    A respeito do artigo do Kotscho, o que eu acho mesmo é que é uma grande bobagem achar que a Dilma seja “Uma Força Superior que molda e movimenta todos os seres e coisas”. Este é o deus de Spinoza. Dilma é apenas uma grande brasileira que ESTÁ presidente da república.

    Então é isso aí, apesar de tudo e apesar dos pesares, o PMDB está aí, firme e forte. É o maior e mais influente partido brasileiro. O PT, honrosamente, está em segundo lugar. Então, é muito justo que o PMDB faça parte do governo, visto que é o maior representante do povo.

    O resto é “sonho de uma noite de verão”, ou senão, “o resto é silêncio”.

  10. Pax said

    caramba, caro Patriarca, teu pardidarismo realmente me comove..

    Dilma é um dos maiores desastres políticos que já vi acontecerem. O PT é o maior avinagramento de um partido da “história desse país” e o PMDB está destruindo todas as conquistas dos brasileiros das últimas décadas.

    Afora isso, pensando em economia, a gastança de Dilma e a roubalheira do PT obrigaram esse desgoverno a lançar o tal programa de arrocho geral, o país parou, o desemprego está esmurrando a porta, afora o povo sofrendo a cada dia para comprar menos e menos no supermercado.

    E você, com todo meu respeito, continua firme a forte apoiando essa desgraceira toda.

    A direita sorri e o porteiro da quadrilha admira tua dedicação.

    Perdoe-me a absoluta sinceridade.

  11. Patriarca da Paciência said

    Pax,

    Roubalheira do PT ?

    Eu fico pasmo é com a tua miopia. Ontem o Vacari mostrou uma tabela em que demonstra claramente que as tais empreiteiras do Lavajato doaram igualmente e proporcionalmente a todos os partidos. em 1º lugar o PMDB, em 2º lugar o PT, em 3º lugar o PSDB etc.etc.etc.

    Todos os brasileiros sabem disso faz décadas. É institucional. Venho falando isso faz muito anos, empreiteiras, bancos e seguradoras não fazem “doações”, fazem investimentos, que são cobrados com juros, correções monetárias e grande margem de lucro.

    Como eu já falei várias vezes aqui também, eu trabalhei como contador, numa empreiteira, durante o período militar e era a mesma coisa.

    O Governo Lula criou os meios para que a corrupção seja combatida – liberdade da Polícia Federal e Ministério Público e a Dilma está suportando o tranco do combate à corrupção num país onde esta faz parte da cultura..

    Para quem não se lembra, durante a ditadura militar, a principal função da Polícia Federal era aterrorizar e prender quem se opusesse ao governo !

    Militares ocupavam altos cargos em empreiteiras, bancos, empresas nacionais e multinacionais. Nadavam em dinheiro !

    A construção da Itaipu foi a maior corrupção da História Brasileira, testemunho de muitas pessoas que trabalharam na grande obra.

    O Brasil está passando por um processo de depuração.

    O que esses hipócritas do PSDB e DEM querem mesmo é estancar o processo.

    Com o PT fora, tudo voltaria “como dantes, no quartel de abrantes”.

  12. Pax said

    ok, caro Patriarca,

    assim é, se lhe parece

    claro que sim.

  13. DAISE 2.0 said

    Os blogueiros do PT estão desesperados

    Brasil 10.04.15 08:57
    O publicitário Ricardo Hoffmann, preso pela Lava Jato, é um grande – talvez o maior – financiador dos blogueiros chapa branca.

    Neste momento, por exemplo, um de seus clientes, a BR Distribuidora, está pingando uns trocados na conta do Brasil 247.

    PML, Tereza Cruvinel e Breno Altman até O Na$$if vão ficar sem o patrocínio “oficial” da Caixa, Petrobras Distribuidora e Ministério da Saude.

    (A propósito, esse Breno Altman não é aquele do dinheiro do Youssef?)

    Lava Jato prende ex-deputados e agora investiga crimes na Caixa e na Saúde

    A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (10) os ex-deputados federais André Vargas (ex-PT-PR e hoje sem partido), Luiz Argôlo (ex-PP e hoje Solidariedade-BA) e Pedro Corrêa (PP-PE) e mais quatro pessoas ligadas aos políticos.

    As prisões fazem parte da 11ª fase da Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras e que, a partir de agora, também apura crimes na Caixa Econômica Federal e no Ministério da Saúde.

    Os outros detidos são Leon Vargas, irmão de André Vargas, Elia Santos da Hora, secretária de Argôlo, Ivan Torres, apontado como laranja de Corrêa, e Ricardo Hoffmann, vice-presidente e diretor-geral da agência de publicidade Borghi/Lowe em Brasília.

  14. Pax said

    “PF cumpre a 11ª fase da Operação Lava Jato em seis estados e no DF

    32 mandados estão sendo cumpridos desde as 6h desta sexta-feira (10).
    Ex-deputado André Vargas foi preso em Londrina, no norte do Paraná.”

    http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2015/04/pf-cumpre-11-fase-da-operacao-lava-jato-em-seis-estados-e-no-df.html

    vão chegar no Paulo Bernardo?

    só não chegam se não quiserem, o André Vargas, que o PT planejava colocar na presidência da Câmara, foi o coordenador das campanhas do Paulo Bernardo na época que se candidatou a dep estadual em Londrina

    —- a conexão Londrina — está surgindo

    de lá que vem o Alberto Youssef

    daí em diante deu no que deu.

  15. DAISE 2.0 said

    CAIXA ECONÔMICA

    Segundo despacho do juiz federal Sergio Moro, há indícios de a agência “que administra as contas de publicidade de entidades públicas federais, como a Caixa Econômica Federal, solicitava às empresas subcontratadas que realizassem pagamentos vultosos, sem contrapartida de serviços, às contas das empresas LSI e Limiar controladas pelo então deputado federal André Vargas e seus irmãos”.

    “Os fatos caracterizam, em princípio, crimes de corrupção, com comissões devidas à Borghi/Lowe, agência de publicidade contratada por entidades públicas, sendo direcionadas como propinas e sem causa lícita a André Vargas e aos irmãos deste por intermédio do estratagema fraudulento”, diz o despacho.

    Segundo o magistrado, há indícios de que a empresa IT7 Sistemas foi usada pelo esquema do doleiro Alberto Youssef para repassar valores ilícitos a André Vargas e ao irmão dele, Leon.

    Moro apontou que a IT7 “mantém contratos com diversas entidades públicas, como a Caixa Econômica Federal, o Serviço Federal de Processamento de dados, Celepar, CCEE, entre outras. Somente no ano de 2013, por exemplo, a IT7 recebeu, da Caixa Econômica Federal, cerca de R$ 50 milhões”.

    De acordo com o despacho, “embora seja necessário aprofundar as investigações quanto ao tópico, há prova, em cognição sumária, de que Alberto Youssef providenciou, em dezembro de 2013, o repasse de R$ 2.399.511,60 em espécie a André Vargas, numerário este proveniente de empresa que mantém vários contratos com entidades públicas, o que foi feito mediante emissão de notas fiscais fraudulentas por serviços que não foram prestados. Em tese, os fatos configuram crimes de corrupção e de lavagem de dinheiro”.

    MINISTÉRIO DA SAÚDE

    Moro também afirma haver “razoável prova de que André Vargas realizou diversas e intensas intervenções junto ao Ministério da Saúde para a aprovação da parceria” entre a pasta e o laboratório Labogen.

    O denunciado na Lava Jato Leonardo Meirelles e o doleiro Alberto Youssef tiveram uma sociedade no laboratório, que chegou a fazer uma parceria com o Ministério da Saúde para produzir o princípio ativo de um remédio que o país importa.

    A parceria foi rompida pelo ministério no ano passado após a Operação Lava Jato ter revelado que Vargas havia intermediado encontros para a Labogen conseguir o negócio com o governo. Uma das suspeitas é que a Labogen tivesse o papel de pagar propina para obter o negócio com a Saúde.

    O laboratório foi apanhado na Operação Lava Jato porque foi usada pelo doleiro para fazer remessas ilegais de US$ 37 milhões (R$ 85 milhões) simulando importações, de acordo com laudos da polícia.

    CASSADO

    André Vargas foi o primeiro parlamentar sob suspeita de participação de fraude na estatal a ser cassado pela Câmara, em dezembro. O Conselho de Ética considerou que o ex-petista quebrou o decoro parlamentar por sua ligação com o delator do esquema Alberto Youssef, preso em Curitiba, por intermediar, no Ministério da Saúde, negócios do doleiro.

    O ex-deputado Luiz Argôlo é investigado sob a acusação de ter atuado com o grupo. Ele sempre negou ter contato com o “pessoal da Labogen” e disse que nunca “abriu portas” para a equipe do laboratório no Ministério da Saúde.

    Corrêa, condenado no mensalão, é apontado pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa por ter recebido R$ 5,3 milhões de uma só vez por meio do esquema de corrupção na estatal. Segundo depoimento de Costa à Lava Jato, houve um “repasse extraordinário” a ele, pois não era comum que um único parlamentar do PP recebesse uma quantia dessa monta do ‘”caixa” de propinas do PP.

    Quando o depoimento de Costa veio à tona, o advogado Marcelo Leal de Lima Oliveira, que defendeu o ex-deputado no processo do mensalão, afirmou, que não poderia comentar porque ainda não conversou com Corrêa sobre o caso nem teve acesso à delação, mas que não havia acusações contra seu cliente.

  16. Elias said

    Patriarca,
    Não há uma única empreiteira envolvida em escândalos de corrupção que não tenha contribuído — e largamente! — para a campanha do Aécio.

    E ´não é assim porque assim se lhe parece, não… É assim, porque de fato é. Está na prestação de contas que o Aécio apresentou ao TSE, e que este disponibilizou para consulta por qualquer cidadão, pela internet.

    O problema é que o PT se desnaturou e se desmoralizou de tal forma, que até um sonegador de impostos e explorador de trabalho escravo, como o Corrupax — ou seja, pessoa sem qualquer credencial moral — se acha em condições de passar lição de moral no PT e nos petistas, e falar em “retardo nos direitos trabalhistas” (um explorador de trabalho escravo falando em “retardo nos direitos trabalhistas” é como um proxeneta pregando a castidade num bordel).

    Vê aí esse tema do post. A coisa podia estar sendo debatida em outros termos. Não está nem será.

    Por maior que seja a repulsa a gente como Eduardo Cunha, sabe-se que ele está coberto de razão, quando diz que os mesmos dispositivos que o PT rejeita, foram aprovadíssimos pelo Ministério da Fazenda, cujo titular é subordinado à Presidente da República, que exerce o mandato em nome de que partido?

  17. DAISE 2.0 said

    Lava Jato na publicidade

    Desde os tempos do mensalão, com Marcos Valério e Duda Mendonça, as agências de publicidade eram empregadas para lavar dinheiro da roubalheira petista.

    O PT não inventou o esquema, mas assim como nos casos precedentes, multiplicou-o por dez.

    O diretor de Marketing da Petrobras, Wilson Santarosa, estava no cargo desde 2003. Foi demitido recentemente pelo Bendine

    Ele é homem da CUT – como Lula, Delúbio Soares e João Vaccari Neto. E é ligado a José Dirceu – como Renato Duque.

    A Lava Jato está esquadrinhando os roubos cometidos em pelo menos duas diretorias da Petrobras. Sugerimos que os procuradores esquadrinhem igualmente as contas de publicidade da estatal.

    Porque o dinheiro que entrou por meio de contratos superfaturados das empreiteiras saiu para financiar, entre outras coisas, a propaganda eleitoral.

    Desde os tempos de Marcos Valério, sabemos que uma parte do dinheiro roubado pelo PT é remetida para contas de publicitários no exterior. Mais do que isso: sabemos que as empresas de propaganda tornaram-se instrumentos perfeitos para esquentar notas frias e lavar dinheiro.

    A Lava Jato está fazendo um trabalho extraordinário. Para completá-lo, porém, ela tem de seguir o rastro da propaganda da Petrobras. Será muito útil para o inquérito e, em determinados casos, permitirá até mesmo fazer uma faxina na imprensa.

  18. Elias said

    Do noticiário da ADVFN:

    =====================================
    “As ações da Petrobras (PETR4) subiram mais de 9% no pregão de ontem, maior ganho dentre os papéis que compõem o índice Ibovespa. Dois rumores circularam pelo mercado ontem e talvez expliquem a alta da ações: o balanço de 2014 em atraso sairá no dia 17 deste mês e o valor de até R$ 6 bilhões será usado como baixa contábil por desvios em obras da companhia. Ontem à noite, em comunicado enviado ao mercado, a Petrobras apenas reafirmou que continua trabalhando para divulgar suas demonstrações contábeis o mais breve possível. No entanto, ainda não há data definida para a divulgação.”
    =====================================

    A ADVFN tenta achar uma explicação para o fato da PETR4 ter subido de R$ 10,60, ontem, para R$ 11,56, hoje (+ 9,1% em um único dia).

    Segundo o vidente da ADVFN, trata-se de efeito do simples boato de que o balanço da empresa será divulgado no dia 17.

    Como a própria ADVFN reconhece, a Petrobras não confirmou o boato, e declarou, expressamente, ainda não ter definido uma data para divulgação do balanço.

    Mas o infalível analista da ADVFN acha perfeitamente lógico abastecer seus assessorados com a sofisticadíssima explicação técnica de que o boato produziu uma quicada pra cima de mais de 9% no valor das ações do Petrossauro, em um único dia, e a nada menos que 7 dias da suposta data de publicação do balanço (a baixa contábil de R$ 6,0 bi é boato velho, ainda que também não confirmado).

    Sei não, mas… Acho que o infalível analista da ADVFN, que previu uma queda contínua da PETR4 ao longo de todo o 1º semestre de 2015, necessita urgentemente rever as fórmulas que ele implantou nas células de sua planilha.

    Tem algo nessas fórmulas que não consegue bater com a realidade.

    Por exemplo: em 09-03-2015, ou seja, há exatamente um mês, a ação da Petrobras estava cotada em R$ 8,91. Entre essa cotação e os R$ 11,56 de hoje, há uma recuperação de nada desprezíveis 29,7% (independentemente de boatos disso ou daquilo). Aliás, do início do ano até aqui, a PETR4 recuperou 23,5% (em 02-01-2015, estava cotada em R$ 9,36).

    Ou o Petrossauro se reesculhamba rapidamente, neste mês e no próximo, ou o profeta da ADVFN vai acabar como o especialista em inferências da Labor Trends nos anos 1980, que, a cada edição quinzenal da “Suma Trabalhista”, iniciava seu relatório executivo com a expressão: “Confirmando nossas previsões…” E, em seguida, abarrotava as bolsas escrotais de seus desalentados leitores com a descrição de um monte de acontecimentos que ele não previra, porra nenhuma!

    Saco!

  19. Pedro said

    A presidente Dilma aproveitou a PEC da terceirização que tramita no Congresso Nacional e terceirizou o governo para o PMDB.

  20. Elias said

    Mas, segundo o Globo, agora, passados 100 dias da posse, é a seguinte a situação das 55 promessas de campanha de Dilma:

    – 5 promessas de campanha já foram cumpridas totalmente;
    – 23 foram parcialmente cumpridas;
    – 26 ainda não foram cumpridas (embora em vários casos ela já tenha mandado ao Congresso os projetos de lei que tornam possível o cumprimento da promessa);
    – 1 só poderá ser avaliada em 2016 (colocar o Brasil entre os 10 primeiros colocados nos Jogos Olímpicos e entre os 5 primeiros nos Jogos Paraolímpicos).

    http://especiais.g1.globo.com/politica/2015/as-promessas-de-dilma/

  21. Patriarca da Paciência said

    “Neste dia 10, em que Flávio Dino, do PC do B, completa 100 dias de governo, e o Maranhão completa 100 dias sem Sarney, 247 publica entrevista exclusiva com o governador que foi um dos grandes nomes da disputa de 2014; “Vamos sair de um governo de poucos para poucos para um governo de todos para todos”, disse Dino ao jornalista Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília; um exemplo disso, diz ele, era a política de comunicação, onde a família Sarney, afiliada da Rede Globo, recebia 78% dos recursos de publicidade legal; ao comentar a Lava Jato, Dino aponta erros de comunicação do governo federal; “A independência institucional do Brasil não chegou de disco-voador”, diz ele, lembrando, que, no passado, denúncias de corrupção não eram investigadas e que isso mudou nos governos de Lula e Dilma; “os méritos cabem aos partidos de esquerda, que desde a Constituinte se mobilizaram nessa direção, embora isso não seja reconhecido”; leia a íntegra”.
    (247)

    Veja aí, Pax, o governador do Maranhão tem o mesmo ponto de vista que eu.

    Elias,

    eu concordo que muitas pessoas do PT naufragaram nas tentações. E elas precisam e devem ser punidas, desde que a culpa seja comprovada através de provas reais e não através de argumentos juridiquês-quânticos, como aqueles do Ayres Britto ou a famigerada “teoria do domínio dos fatos”, que o Joaquim Barbosa não entendeu nada e a aplicou de maneira equivocada.

    Agora, disparado, disparado mesmo, o PT ainda é o melhor partido brasileiro.

    O PSOL talvez seja mais honesto, mas sempre será um partido nanico, não vejo muitas chances para ele.

    O PSDB é um ninho de ratos, arrogâncias e corrupção.

    Aécio é um napoleão de hospício. Fernando Henrique Cardos é um corrupto, corno manso, usurpador e senil com a bunda de fora.

    Anastasia, ora, o Anastasia provoca azia.

    O Trio Parada Dura, Cunha, Temer e Renan ?

    De qualquer modo, com tudo às claras, como o faz a Dilma, o ar se torna mais respirável !

  22. DAISE 2.0 said

    PT vai levar outro chega pra lá do governo

    A separação das agendas legislativas do governo e do PT, naturalmente, acabará favorecendo o PMDB da trinca Temer-Eduardo Cunha-Renan Calheiros

    10/04/2015 – 10h03
    Ricardo Noblat

    À beira de um ataque de nervos depois da entrega da articulação política do governo ao vice-presidente da República e presidente do PMDB Michel Temer, o PT entrará em parafuso se de fato acontecer o que Ilimar Franco, colunista de O Globo, anuncia em sua coluna.

    Ilimar com a palavra:

    – A principal tarefa do novo articulador do governo, o vice Michel Temer, é separar as agendas legislativas do governo e do PT. Temer quer que o governo se posicione apenas nos temas de seu interesse imediato (ajuste fiscal) e deixar que a base dispute, entre si, outros temas (terceirização, bengala e maioridade penal). O Planalto não entra mais em brigas e divergências partidárias.

    Embora controle uma dezena de ministérios, parte deles com orçamentos gigantescos, o PT se sente marginalizado. No essencial, Dilma não parece ligar para ele.

    E agora muito menos depois que terceirizou a Economia para Joaquim Levy e a política para Temer.

    O petista em cargo mais importante do governo é Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil da presidência da República. É pouco ou nada amado dentro do PT. E perdeu a capacidade de influenciar Dilma depois de ter sido bombardeado por Lula.

    A separação das agendas legislativas do governo e do PT, naturalmente, acabará favorecendo o PMDB da trinca Temer-Eduardo Cunha-Renan Calheiros.

  23. DAISE 2.0 said

    Os próximos da lista

    Brasil 10.04.15 11:47

    Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann estão sentindo o bafo da Lava Jato na nuca.

    Outro petista paranaense que está apavorado é diretor da marketing da Caixa Econômica Federal, Clauir Luiz Santos.

    Segundo os investigadores, a agência Borghi/Lowe, contratada para atender a Caixa Econômica Federal e o Ministério da Saúde por influência dos petistas, subcontratava fornecedores que pagavam 10% de comissão – ou BV – às empresas de fachada controladas por André Vargas e seus irmãos.

  24. DAISE 2.0 said

    A Lava Jato “está no começo”

    Brasil 10.04.15

    O procurador Carlos Fernandes Santos Lima, na entrevista coletiva sobre a 11° fase da Lava Jato, disse que a investigação, que já dura um ano, está apenas “no começo”.

    Ele disse também que a investigação irá por “mares nunca dantes navegados”, referindo-se ao pagamento de propina na Caixa Econômica Federal e no Ministério da Saúde, e não só na Petrobras.

    O procurador concluiu pedindo apoio à população.

  25. DAISE 2.0 said

  26. DAISE 2.0 said

  27. Pedro said

    Um pouco de humor na sexta:

    “Dilma se surpreende ao saber que seu governo já fez 100 dias: “Ué, eu fui eleita??”

    O tempo passa rápido. O segundo mandato de Dilma Rousseff completa chega ao seu centésimo dia e a própria presidente foi a que mais se surpreendeu: “Ué, mas eu fui eleita? Sou presidente?”, disse, assustada. “Mas como assim ninguém me avisa? Já pode governar?”

    Depois de ouvir todas as perguntas, os assessores mais próximos, sem saber o que responder, aproveitaram a reunião para organizar a agenda do dia: trocaram vidas no Candy Crush, comentaram o capítulo de ontem de Babilônia e tentaram, sem sucesso, marcar reunião com o presidente Eduardo Cunha para pedir emprego.”

  28. DAISE 2.0 said

    O CORRRUptO QUE FOI SECRETÁRIO NACIONAL DE COMUNICAÇÕES DO pt

  29. DAISE 2.0 said

    André Vargas lavou dinheiro na compra da própria casa, diz Lava Jato

    A conexão Londrina começa a ser exposta. Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann começam a se preparar.

    http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/andre-vargas-lavou-dinheiro-na-compra-da-propria-casa-diz-lava-jato/

  30. DAISE 2.0 said

    Pobres e abandonados carteiros

    Brasil 10.04.15 14:57
    É de dar pena a situação dos carteiros e demais funcionários dos Correios que nada têm a ver com o PT. Com o seu fundo de pensão, o Postalis, na lona, depois que petistas roubaram o seu patrimônio por meio de “investimentos” em empresas sabidamente podres, os representantes dos Correios batem à porta das lideranças dos partidos na Câmara dos Deputados, para tentar arrancar alguma providência.

    Os coitados só são recebidos dignamente na liderança do PPS, que os aconselhou a tentar recolher assinaturas para uma CPI dos Fundos de Pensão na Câmara, pressionando mais por estados do que por partidos. O PPS até fez estatísticas de quais deputados de cada unidade da federação estariam mais propensos a ajudar. Mas a conclusão geral é que uma CPI só sairia se houvesse clamor popular.

    Eu sugiro uma greve geral por tempo indeterminado.

    Trabalhadores roubados, traídos e abandonados por um partido que se autodenomina dos trabalhadores — como não sentir pena? E raiva? E desprezo?

  31. DAISE 2.0 said

    Blogueiros do PT tremem: Vargas e Hoffmann “foram pro pau”

    Os blogueiros do PT estão desesperados.

    A prisão do petista André Vargas e do publicitário Ricardo Hoffman, da agência Borghi/Lowe, abala o financiamento da rede suja do partido.

    Hoffman, além do Ministério da Saúde, tinha as contas milionárias da BR Distribuidora e da Caixa Econômica Federal, cujas propagandas podem ser vistas, por exemplo, no famigerado Brasil 171 e no blog de Luís Nassif, militante reconhecido pelo presidente do PT, Rui Falcão.

    Mas é preciso lembrar, também, o papel de Vargas nessa história.

    Helena Chagas, antecessora de Thomas Traumann no comando da Secom, sofria um intenso bombardeio dos blogs sujos e dos veículos chapa-branca, que cobravam mais verba oficial para prestar seus servicinhos ao partido.

    Após o anúncio de sua saída, “motivada por pressões do PT” e “pelo desgaste da falta de transparência com a agenda da presidente Dilma na polêmica ‘escala técnica’ da comitiva presidencial em Lisboa”, ela escreveu no Facebook que “a distribuição da publicidade oficial, que envolve dinheiro público, não pode se transformar em uma ‘ação entre amigos’”.

    E sabe quem fazia pressão dizendo que a comunicação do governo era “uma porcaria” e que “O Lula mantinha uma canalização de recursos para alguns blogs, mas a Dilma cortou tudo”, antecipando a crítica que custaria o cargo de Traumann anos depois? Ele mesmo: André Vargas.

    Quando Helena saiu, o petista comemorou: “Não gosto dela. A Helena foi pro pau! Beleza.”

    Edinho Silva, sucessor de Traumann na Secom, pode até dar um jeito de compensar os blogueiros do PT, mas hoje é o dia do desespero.

    Vargas e Hoffman foram pro pau.

    Beleza.

  32. DAISE 2.0 said

    >>>momento cultural >>>

    RATOS NO CONGRESSO
    deputados do pt enfrentam ratos e se dão mal:

    O rato é ladrão há pelo menos 400 anos

    Ninguém sabe com certeza de onde veio e como surgiu o termo “rato”, que ontem garantiu de forma surpreendente o posto de Palavra da Semana quando cinco representantes da espécie foram soltos no plenário da CPI da Petrobras (foto) no momento em que chegava para depor o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto.

    Muitos etimologistas acreditam, porém, que a palavra tenha tido origem numa onomatopeia, isto é, numa imitação sonora – no caso, do ruído feito pelo animal ao roer ou, quem sabe, ao arrastar pequenos objetos pelo assoalho.

    O latim vulgar tinha o vocábulo rattus, sem correspondente no latim clássico, mas não se sabe se o terá criado ou importado de outro idioma. O certo é que, segundo o filólogo catalão Joan Corominas, a palavra já havia deixado sua marca tanto nas línguas neolatinas quanto nas célticas e nas germânicas “desde antes do século VIII” (rat em inglês e Ratte em alemão, por exemplo).

    A larga disseminação da palavra espelhava em parte a do próprio bicho, grande vilão da epidemia de peste bubônica (a chamada Peste Negra) que mataria dezenas de milhões de europeus no século XIV – coincidência ou não, o mesmo século em que o vocábulo, com a grafia rratos, desembarcou no português.

    Reencenada ontem em Brasília como comédia, a associação entre o rato e o ladrão é antiga.

    Sem fornecer uma data, o Houaiss a registra como a terceira acepção de “rato”, a primeira figurada: “pessoa que pratica furtos em locais públicos, tais como igrejas, feiras etc.; ladrão, ratazana”.

    Cabe mais uma vez a Joan Corominas nos dar uma ideia do momento aproximado em que tal associação surgiu: o espanhol “rata” já tinha em 1605 a acepção de “ladrão que furta coisas de pouco valor”.
    ———-

    Pelo jeito os ratos do pt vão voltar pro esgoto!

  33. DAISE 2.0 said

    # 32 CORREÇÃO

    Pelo jeito as RATAZANAS do pt vão voltar pro esgoto!

  34. DAISE 2.0 said

    Pax Você aguenta? Eu não!!!

    É preciso que a gente se lembre quem era Vargas no PT e seus outros vínculos com o Ministério da Saúde. Ou: A cada enxadada, uma minhoca

    Que coisa!

    As investigações ainda estão em curso, claro! Não se vai aqui condenar ninguém porque imprensa não é tribunal.
    Mas, ora vejam, as peças se encaixam. E o que se dizia à boca miúda agora ganha concretude.

    Vamos lá.

    A Agência de publicidade Borghi/Lowe mantinha contratos com a Caixa Econômica Federal, cujo presidente era o petista Jorge Hereda, e com o Ministério da Saúde, cujo titular era o também petista Alexandre Padilha, hoje secretário de Relações Governamentais de Fernando Haddad na Prefeitura de São Paulo.

    Atenção para uma informação relevante para entender o imbróglio.

    Existe uma prática no mercado publicitário chamada “bonificação por volume” ou “bônus por volume”. Em que consiste? Os meios de comunicação oferecem descontos para as agências, e estes se transformam numa fonte adicional de ganhos para elas. Não é uma prática regulamentada — e, por isso mesmo, é passível de fraude quando se juntam empresas públicas e pessoas desonestas.

    O que o Ministério Público e a Polícia Federal descobriram? Que a agência Borghi/Lowe repassava a empresas de fachada de André Vargas, ex-deputado do PT, 10% do valor dos contratos de publicidade que mantinha com a CEF e com o Ministério da Saúde. Tudo a título de bonificação de volume. Ou por outra: o suposto desconto dado pelos meios de comunicação para veicular a propaganda nem era revertido em benefício dos dois entes estatais nem ficava com a agência, como é o corriqueiro. Ia parar, segundo a investigação, no bolso de André Vargas e de seu sócio e irmão, Leon Vargas. Ou por outra: não era bonificação coisa nenhuma, mas simples intermediação ilegal. Desde 2011, a Borghi/Lowe recebeu só do Ministério da Saúde R$ 112,8 milhões.

    Muito bem! Agora nós temos de lembrar quem é André Vargas. O homem era nada menos do que vice-presidente da Câmara — e, pois, do Congresso Nacional — até ser colhido numa conversa mais do que suspeita justamente com o doleiro Alberto Youssef, que lhe havia fretado um jatinho para passar as férias com a família. E ali estava apenas o fio da meada. Vargas era um figurão do PT. Nos planos do partido, seria ele agora o presidente da Câmara.

    Não só! Foi o secretário de Comunicação do PT no auge da guerra que o partido declarou contra o que chamava, então, de imprensa golpista, que vem a ser a imprensa independente. Em 2010, para vocês terem uma ideia, lançou um grito de guerra contra uma peça publicitária em que a Globo comemorava seus 45 anos. Segundo o homem, tratava-se de propaganda subliminar em favor do PSDB. Vargas era o grande maestro das baixarias veiculadas pelos blogs sujos.

    Vargas sempre teve muita intimidade com o Ministério da Saúde. O Labogen, laboratório de fachada que pertencia a Alberto Youssef e que nunca havia produzido um comprimido, conseguira fechar um contrato com o Ministério da Saúde no valor de R$ 31 milhões para o fornecimento de citrato de sildenafila, o princípio ativo do Viagra, substância também indicada para combater a pressão alta pulmonar. Havia entendimentos para a produção de outros medicamentos que chegavam a R$ 150 milhões. Tão logo Youssef foi preso e o caso veio à luz, o Ministério da Saúde anunciou a suspensão do contrato e uma sindicância. Nota: Alexandre Padilha, então ministro, assinou o acordo como testemunha.

    Descobriu-se depois que Vargas havia sido o lobista do Labogen nesse contrato. Youssef chegou a dizer ao então deputado que aquele acordo representava a sua, de Vargas, independência financeira. Ah, sim: gravações da Polícia Federal que vieram a público evidenciaram que foi Padilha quem indicou um certo Marcus Cezar Ferreira da Silva para diretor do Labogen — que, ficou provado, só servia para a lavagem e remessa de dinheiro ao exterior.

    Encerro com uma expressão lá da minha terra, a gloriosa Dois Córregos, no interior de São Paulo: a cada enxadada, uma minhoca. Onde quer que o PT atue, onde quer que o partido tenha fincado raízes, onde quer que tenha implementado seus métodos, não há possibilidade de errar: basta fincar a enxada e se acha o que a gente sabe estar lá, com absoluta certeza.

    Os brasileiros já não aguentam mais!

    Reinaldo Azevedo,
    o fantasma que inferniza as noites tolas do trollinho do pt..

  35. DAISE 2.0 said

    Bye bye Dilma
    Postado:Fri, 10 Apr 2015 13:55:58 +0000
    Publicado no Estadão

    FERNANDO GABEIRA

    Domingo é dia. De novo. O governo respondeu mal. Ele joga com o tempo. Sabe que é difícil manter tanta gente na rua quando sem um resultado tangível.

    É um cálculo válido para período de estabilidade e crescimento. O Brasil em crise é um fio desencapado. As manifestações não conseguiram ainda seu objetivo: Fora Dilma.

    No entanto, Dilma já não está tão dentro como antes.

    A iniciativa política foi arrebatada pelo PMDB. O ajuste econômico é conduzido pelo liberal Joaquim Levy, que o negocia com o Congresso Nacional.

    O debate sobre o ajuste tem conteúdo para ser discutido dias seguidos. Quase todos concordam que um ajuste adequado levará o Brasil de novo ao crescimento. Mas poucos se perguntam sobre o crescimento. Será que vamos reunir forças para um novo voo de galinha? Retomar o crescimento significa entupir os lares de eletrodomésticos e carros, exaurir os rios de forma irresponsável?

    Mesmo para um voo de galinha as perspectivas não são boas. Teremos energia para o crescimento em 2016? Nossas estradas suportam um aperto econômico – elas que foram devastadas pelo tempo e pela corrupção? Todos se interrogam para onde estamos indo. Marchar para uma euforia consumista e, depois, cair na depressão torna a política econômica uma nova droga.

    O escritor Frei Betto usou a imagem do filme Good Bye Lenin! para expressar o espanto de alguns eleitores de Dilma: é como se dormissem com a vitória de sua candidata e acordassem com a de Aécio Neves, seu adversário. Esse filme de Wolfgang Becker é bem lembrado porque conta a história de uma comunista fervorosa de Berlim oriental que ficou oito meses em coma e acordou depois da queda do Muro. E o esforço do seu filho era para mascarar os traços do capitalismo e evitar que ela se chocasse com o movimento da História.

    Good Bye Lenin!, na minha opinião, não exprime apenas a perplexidade dos eleitores de Dilma. Ele exprime a perplexidade de toda a esquerda, que deveria estar acordando de um grande sonho e se espantar com o mundo, como a comunista de Berlim ao ver um imenso anúncio publicitário do outro lado da rua. Seria como se um cubano acordasse na Costa Rica ou um venezuelano nos supermercados do Peru, algo tão diferente. Nesses anos em que o Muro de Berlim caiu, muitos continuaram em coma, ou protegidos das mudanças no mundo real.

    Isso não teria tanta importância se a esquerda não fosse para o poder com uma parte das ilusões. Ela confundiu partido com Estado e capitalismo de leis implacáveis com seus sonhos socialistas.

    Não deveria. Marx estudou muito para explicitar essas leis. Nem sempre acertou, mas as estudou profundamente e jamais apoiaria um enfoque apenas consumista. Não porque Marx fosse da elite branca. Mas porque saberia que a conta seria cobrada na frente.

    Hoje a conta está sendo cobrada. Dormiu-se com a promessa do paraíso, acorda-se numa realidade inequívoca: tanto Dilma como Aécio seriam obrigados a algum tipo de ajuste.

    A confusão entre governo e poder, entre partido e Estado acabou arruinando uma experiência, finalmente, dinamitada pela corrupção.

    Uma esquerda no governo não poderia comprometer-se a fundo com Cuba e Venezuela. Ainda que admirasse os dois modelos, o que é um alto grau de miopia, deveria levar em conta uma posição nacional.

    Uma esquerda no governo deveria abster-se de levar o capitalismo a um outro sistema, mas, sim, tirar o melhor proveito de suas potencialidades e reduzir seus impactos negativos. O capitalismo pode alcançar altos níveis de inovação e criatividade, como nos Estados Unidos, ou mesmo uma respeitável rede de proteção, como na Escandinávia.

    Não vejo como transitar do capitalismo para outro sistema econômico, exceto através da decadência e destruição de seus alicerces. E isso nem na Venezuela vai acontecer. O sonho bolivariano encarnou num homem que esmaga os opositores e conversa com passarinhos. Quando vão despertar? Quando encontrarem Nicolás Maduro cantando salsas e merengues nas pizzarias do seu bairro?

    Bye Bye Dilma não é apenas o acordar de um sonho eleitoral. E um sono de 12 anos – de pouco mais de 25 anos se contarmos da queda do Muro de Berlim. O projeto não se perdeu apenas pela questão ética. Seus passos estão intensamente discutidos no escândalo do petrolão e outros que se espalham como tanques em chamas.

    Mas os fins, quais eram mesmo os fins? Para onde é que nos levavam?

    Dentro do País vivemos a crise do populismo econômico. Lá fora, nossa importância diplomática foi dramaticamente reduzida.

    Não dói somente ver Dilma e o PT se comportarem como se nada de errado tivesse acontecido. Dói também ver a perspectiva de um grande esforço fiscal desaguar numa visão de crescimento de novo insustentável, tanto econômica como ambientalmente.

    A Califórnia passou por mil desafios, abrigou a indústria de cinema e da informática, e agora se vê diante da necessidade de se reinventar. E muitos perguntam se conseguirá, como das outras vezes. A crise hídrica é grave por lá. No Brasil nem sequer nos colocamos a ideia de uma primeira reinvenção. E a crise hídrica é grave por aqui.

    Toda vez que falam “vamos fazer o ajuste fiscal, voltar a crescer”, tenho um calafrio. De novo, um voo de galinha na economia e na política?

    Seria necessário rever o caminho. A visão puramente eleitoral é sempre punida pelas leis do capitalismo. Não há espaço para uma esquerda monocrática que confunde suas ideias com o interesse nacional, que julga aproximar-se do socialismo, mas avança para o colapso econômico.

    Essa esquerda dormiu abraçada numa bandeira vermelha e acordou com a multidão em cores verde e amarelo. Se acordou, finge que está dormindo.

  36. Patriarca da Paciência said

    A enxurrada de babaquices da Mula Sem Cabeça chega a ser impressionante !

    Enche o blog do Pax de lixo.

    Ela continua pensando que alguém se interessa, ou ler essas babaquices !

  37. Patriarca da Paciência said

    “Mas foi Petrobrás que continuou a despontar no mercado. A ação ON terminou em +2,51% e a PN, em +2,25%. Na semana, subiram, respectivamente, 11,60% e 10,26%, e acumulam, em abril, alta de 23,49% e 21,48%, na mesma ordem. Desde o piso do ano, registrado em 30 de janeiro, as ações já superam 40% de ganhos (a ON subiu 47,14% e a PN, 44,50% até hoje)”
    (Estadão)

    As ações da Petrobrás já superaram 40% de ganhos desde o piso de 30 de janeiro.

    É dessa vez que o Aécio napoleão de hospício endoida de vez.

    Todo o seu esforço para destruir a Petrobrás e, assim, atingir o PT, deu com os burros na água.

    Logo a Petrobrás estará plenamente recuperada e puxando o desenvolvimento do Brasil.

  38. DAISE 2.0 said

    Matriarca da Paciência

    VÁ TOMAR NO CU!

  39. DAISE 2.0 said

    LIXO É O SEU PARTIDO CORRUPTO

    NO PT DE HOJE, SÓ TEM BANDIDO !

  40. DAISE 2.0 said

    Facebook e as bananas

    Brasil 10.04.15 20:50
    Dilma Rousseff encontrou Mark Zuckerberg na Cúpula das Américas. A mulher vestiu um agasalho com o logotipo de Facebook, presente da empresa, para fazer a foto com o garoto.

    O marqueteiro deve ter dito que isso a faria parecer muito moderna.

    É digna representante de uma república das bananas.

    A PRESIDENTA FEICEBUQUI

  41. DAISE 2.0 said

    477.383 dólares

    Você não precisa gostar de Obama. Você não precisa aprovar Obama. Mas, como todo presidente dos Estados Unidos da América, ele precisa prestar contas — e bem prestadas — de tudo o que faz e ganha.

    Hoje, a Casa Branca divulgou a declaração de imposto de renda anual do casal Obama em 2014. A renda bruta ajustada foi de 477.383 dólares, cerca de 1,47 milhão de reais. Eles pagaram 93.362 dólares de imposto e doaram 70.712 dólares a 33 instituições de caridade.

    Não consta que o casal guarde em casa o equivalente a 150 mil reais em espécie, como Dilma Rousseff.

    Isso é coisa de presidente de espelunca, não dos Estados Unidos da América.

  42. DAISE 2.0 said

  43. DAISE 2.0 said

    RENÚNCIA OU ABDICAÇÃO ?

    FORA DILMA!

    SEJA POR RENÚNCIA OU ABDICAÇÃO.

    SAI FORA ! VAZA!

  44. DAISE 2.0 said

    Ex-ministro da Saúde visitou Vargas para tratar de contrato, diz doleiro

    O doleiro Alberto Youssef afirma que o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT) se encontrou com o então deputado André Vargas (ex-PT, sem partido), no apartamento funcional do parlamentar, para tratar de uma parceria da Labogen com a pasta.

    A informação foi dada durante depoimento à Polícia Federal no final de março sobre o assunto, mas o caso só foi revelado agora.

    Padilha, que concorreu ao governo paulista pelo PT e hoje é secretário municipal de Relações Governamentais de São Paulo, sempre negou que tenha atuado para favorecer a empresa. À Folha disse que “não tem registro de qualquer encontro” na casa de Vargas para tratar do tema.

    De acordo com Youssef, estiveram no apartamento de Vargas, além do deputado, Padilha, Pedro Argese (diretor-executivo da Labogen) e o próprio doleiro. O encontro teria ocorrido em 2013. O doleiro não precisou a data.

  45. Pax said

    Ricardo Kotscho, de novo acertando na mosca…

    http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2015/04/10/100-dias-o-que-esta-em-jogo-e-o-futuro-do-pais/

    E a CPI do HSBC, longe dos holofotes e da grande mídia, dá passos singelos

    http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2015/04/09/cpi-do-hsbc-aprova-convocacao-de-2-ex-diretores-do-metro-de-sp/

    o pessoal do dia 12 quer trocar seis por meia dúzia?

    pra mim fica difícil entender a diferença entre estrume e esterco

  46. Patriarca da Paciência said

    “Matriarca da Paciência

    VÁ TOMAR NO CU!”

    É isso aí, Mula Sem Cabeça.

    Esse é o seu território – você, seu palavreado e seus lixos,

    Vocês formam um trio bem adequado.

  47. Patriarca da Paciência said

  48. Patriarca da Paciência said

    “Para quem considerou improdutivos os 100 primeiros dias do segundo mandato, dois problemas gigantescos já estão encaminhados e devem ser superados; um deles é a crise da Petrobras, que deve publicar seu balanço ainda em abril; o segundo, não menos importante, é a relação com a base aliada, que pode ser pacificada com as novas atribuições do vice Michel Temer; a terceira questão, ainda pendente, é a retomada das obras e das concessões de infraestrutura, o que só virá depois que as construtoras investigadas na Lava Jato fecharem seus acordos de leniência com a União; com isso, o país poderá voltar à uma normalidade que já vem sendo pressentida pelo mercado financeiro, onde os investidores já estão ‘comprando Brasil’ novamente”
    (247)

  49. DAISE 2.0 said

    Os brasileiros querem o impeachment já

    Brasil 11.04.15 16:22
    63% dos brasileiros querem o impeachment de Dilma Rousseff.

    É o resultado da pesquisa do Datafolha que acaba de ser publicada.

    E a avaliação do governo continua com 13% de bom e ótimo e 60% de ruim e péssimo.

    O Datafolha tentou alegrar Dilma Rousseff dizendo que ela parou de cair. Na verdade, mais impopular do que isso não existe.

    Se Pedro Corrêa falar, Lula pode ser preso

    Brasil 11.04.15 14:56
    O advogado de Pedro Corrêa, preso ontem pela Lava Jato, disse:

    “Não tem como fugir da Justiça, as provas são contundentes. Defendo que ele faça a delação premiada para contribuir com o aperfeiçoamento do processo democrático”.

    E acrescentou:

    “Ele sabe de muita coisa, inclusive como foi a nomeação de Paulo Roberto Costa junto ao Lula”.

    Se a delação premiada de Pedro Corrêa se confirmar, Lula pode ser preso.

  50. DAISE 2.0 said

    A cientista política Gloria Álvarez, da Guatemala, ficou famosa no YouTube por atacar o populismo como um mal a ser combatido, principalmente na América Latina.

    Na entrevista a Joice Hasselmann, ela é taxativa ao classificar as estratégias usadas por governantes para subjulgar o povo. “O manual do populismo consiste em dividir a população com ódio, entre ricos e pobres” – exatamente como aconteceu na última campanha e como ocorre sistematicamente com o PT, com Lula batendo sempre na tecla de “nós” e “eles”.

    Gloria afirma também que o populismo vive uma relação de simbiose com a corrupção e que uma das maneiras para se manter no poder é calar a imprensa.

  51. DAISE 2.0 said

    MULHERES BONITAS

  52. DAISE 2.0 said

    Para assistir ao 2o. bloco acesse:

    http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/gloria-alvarez-a-jovem-guatemalteca-que-combate-o-chavismo-e-o-bolivarianismo-o-manual-do-populismo-consiste-em-dividir-com-odio-a-sociedade-entre-ricos-e-pobres/

  53. DAISE 2.0 said

    MULHERES FEIAS

    Acrescentem Graça Foster, Erenice, Ideli, Maria do Rosário, etrc.

  54. DAISE 2.0 said

    Deputado chama roedor de “Dilma”
    Quando um deputado de partido que apoia o governo teria coragem de batizar um roedor com o nome da presidente da República?

    11/04/2015 – 10h03
    Ricardo Noblat

    Virou deboche com a rainha.

    Lembra dos dois hamsters e os três esquilos da Mongólia que protagonizaram no Congresso uma das sessões mais tumultuadas da CPI da Petrobras, anteontem?

    Ao gabinete do deputado Ricardo Izar Júnior (PSD-SP), que coordena a frente em defesa dos animais e resgatou os roedores, chegaram mais de 900 mensagens de pessoas e entidades interessadas em cuidar dos bichinhos.

    Um esquilo foi dado ao deputado Laudivio Carvalho. Outros dois a agentes de segurança da Câmara. Um hamster será entregue a uma entidade que buscava um mascote. E o outro ficará com Izar, que se apressou em batizá-lo de “Dilma”.

    Quando um deputado de partido que apoia o governo teria coragem de batizar um roedor com o nome da presidente da República?

    É no que dar terceirizar o poder para Joaquim Levi, ministro da Fazenda, e Michel Temer, o tríplice coroado (vice-presidente da República, presidente do PMDB e articulador político do governo).

    RENUNCIA OU IMPEACHMENT ?

    O Kostcho diz..ela é mas quem não é? e Pax “ética mente” e fica feliz….e aprova.

    Começo a desconfiar que o Elias tem razão.

    Corrupax! oba…oba

  55. Patriarca da Paciência said

    Viu aí, Pax,

    a Mula Sem Cabeça está te atacando também !

    Mas também, o que esperar de uma mula sem cabeça ?

    Como sempre, ela continua pensando que o teu blog é lixeira !

  56. Patriarca da Paciência said

  57. DAISE 2.0 said

    O FEDORENTO!

    Viu aí, Pax,

    a Mula Sem Cabeça está te atacando também !

    Mas também, o que esperar de uma mula sem cabeça ?

    Como sempre, ela continua pensando que o teu blog é lixeira !

    Vá tomar no cu, sabujo puxa saco e fedorento!

  58. DAISE 2.0 said

    EFEITO VARGAS: O PURGANTE

    MEIRE POZA DIZ QUE TEM MUITA GENTE ARREPIADA ATÉ A ALMA
    E DIZ QUE HÁ “MUITAS MILHAS” A SEREM PERCORRIDAS NA INVESTIGAÇÃO

    Uma das principais testemunhas da Operação Lava Jato, a contadora Meire Poza, que trabalhava para o doleiro Alberto Youssef, disse nesta sexta-feira, 10, que ainda há “muitas milhas” a serem percorridas na investigação, que apura desvio de recursos da Petrobras e outros órgãos públicos. Questionada sobre a prisão dos primeiros políticos desde que a Lava Jato foi posta em curso, em março do ano passado, ela respondeu, referindo-se às demais autoridades que são alvos de inquéritos por suposto envolvimento no esquema: “Bastante gente está arrepiada até a alma. Estão com bastante medo de serem os próximos”.

    Documentos e depoimentos de Meire ajudaram a Polícia Federal a trilhar o caminho de recursos supostamente desviados para o ex-deputado André Vargas (sem partido, ex-PT), preso nesta sexta-feira, na 11ª fase da Lava Jato, batizada de “A Origem”. Aos investigadores, ela declarou que emitiu, a pedido de Youssef, duas notas fiscais que somam R$ 2,3 milhões em favor da IT7 Sistemas, contratada por órgãos públicos como a Caixa Econômica Federal (CEF) e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

    Segundo Meire, os serviços discriminados nunca foram prestados. Os documentos visariam acobertar transferência de dinheiro para o ex-deputado petista e o irmão dele, Leon Denis Vargas Ilário, também preso nesta sexta.

    “Há prova, em cognição sumária, de que Alberto Youssef providenciou, em dezembro de 2013, o repasse de R$ 2.399.511,60 em espécie a André Vargas, numerário este proveniente de empresa que mantém vários contratos com entidades públicas, o que foi feito mediante emissão de notas fiscais fraudulentas por serviços que não foram prestados. Em tese, os fatos configuram crimes de corrupção e de lavagem de dinheiro”, escreveu o juiz Sérgio Moro no despacho em que autorizou as prisões.

    Meire Poza reagiu com surpresa à notícia de que André Vargas e outros dois ex-deputados – Pedro Corrêa (PP-PE) e Luís Argôlo (SD-BA), que ela chama de Bebê Johnson – também acabaram na carceragem da PF em Curitiba: “Quem diria”.

    Para ela, o que está ocorrendo na atual fase da Lava Jato é inédito e contribui para que os políticos levem a PF a sério.

    “Mesmo para políticos, pode ter consequências. Acho que é um bom começo”, comentou, assegurando que nos seus depoimentos “falou” e “provou” a verdade.(AE)

  59. Pax said

    na real na real a única coisa boa que tenho visto por aí e a turma LGBT colocando o Eduardo Cunha pra correr nas Assembléias legislativas por onde tem se metido

    esse é traste, que de tão fraco que anda a turma do porteiro de quadrilha, o bicho montou em cima e esporeia com gosto

    http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,cunha-se-recusa-a-depor-na-policia-federal-sobre-operacao-lava-jato,1667970

  60. Patriarca da Paciência said

    “É mais provável que a população e até formadores de opinião levem mais tempo para entender que já há mais chão do que havia há cem dias, porque a terapêutica é dolorosa e na dor é mais difícil de perceber sinais de melhora. Mas quem abrir os olhos terá condições de enxergar mudanças na direção correta.”

    http://economia.estadao.com.br/blogs/celso-ming/em-cem-dias-algo-mudou/

    E a Mula Sem Cabeça continua cada vez mais desvairada ! Coitada ! Ela pensa que alguém se interessa pelos lixos que posta !

    Nunca li um comentário sequer sobre os lixos postados pela Mula Sem Cabeça !

    Recomendo o artigo aí, Pax, é muito bom ! E é do Estadão, um ferrenho “aliado” do PT !

    A Petrobrás está em franca recuperação. Logo estará novamente puxando a economia brasileira. Os tremendos esforços do PIG em combinação com o aecim napoleão de hospício e o corrupto, corno manso, usurpador e senil com a bunda de fora, Fernando Henrique Cardoso, para destruir a Petrobrás e, assim, atingir o PT, foram em vãos !

    A crise política e econômica já está equacionada e o Cunha isolado. No mais é só ter paciência e esperar pelos resultados. O Obama falou que ” foi preciso que uma mulher assumisse a Presidência da República para que a corrupção começasse a ser combatida seriamente no Brasil”. O que é uma grande verdade. O que esses hipócritas querem mesmo é estancar o processo. A Dilma está e continuará pagando um alto preço pela sua coragem. Mas, com toda a certeza, ela não irá fraquejar.

    E se a Dilma “não manda mais” como anda pregando a direita raivosa, por que ainda estão querendo derrubá-las ? É um paradoxo.

    E que a direita só acredita em “líder forte”, tal como o Hitler ! O pavoroso ditador alemão ainda continua sendo o ídolo da direita!

    Cá entre nós, o Cunha já está isolado, caiu de podre !

    No mais é só esperar os resultados.

  61. DAISE 2.0 said

    “Ah, o PT roubou, o PT Roubou, o PT roubou…”

    Na Paulista, se destacaram os seguintes bordões:

    “Dilma ratazana, devolve a minha grana! Lula cachaceiro, devolve o meu dinheiro!”

    “Ah, o PT roubou, o PT Roubou, o PT roubou…”

  62. DAISE 2.0 said

    MULHERES BONITAS x MULHERES FEIAS

  63. DAISE 2.0 said

    ESTA FOTO É IMPRESSIONANTE

  64. DAISE 2.0 said

    O O POVO SABE O PORQUÊ

  65. DAISE 2.0 said

    E ….O POVO SABE POR QUE:

  66. Patriarca da Paciência said

    Michou, Mula Sem Cabeça, michou completamente !

    Volta lá pros “Steites” que você faz mais negócios, ou negociatas !

    O golpe da Globo falou miseravelmente ! Apareceram apenas 1/4 do protesto anterior !

    Se marcarem um próximos será assim: 90 mil em São Paulo e 100 pessoas no Maranhão !

    Vai ser hilário !

  67. Patriarca da Paciência said

    http://www.blogdefranciscocastro.com.br/2015/04/barack-obama-sobre-o-brasil-precisou-se.html

  68. Patriarca da Paciência said

  69. Patriarca da Paciência said

    Os protestos em São Luis/MA reuniram 400 pessoas !

    Em Manaus /AM, reuniram 360 pessoas !

    Caramba ! Acho que o Tiririca faria bem melhor !

  70. DAISE 2.0 said

    TE MANCA fedorento puxa saco!

    Deixa de ser besta…tá ficando mais ridículo a cada dia…
    sai fora fedorento.

  71. Patriarca da Paciência said

  72. Patriarca da Paciência said

    E as peladonas apareceram novamente nos “protestos”, mostrando tudo.

    É isso aí, por que não aproveitar para tentar ser capa de revistas masculinas e ganhar uma granhinha extra !

  73. Patriarca da Paciência said

    https://twitter.com/search?q=%23AceitaDilmaVez&src=hash&mode=photos

  74. DAISE 2.0 said

    Fedorento

    Só sendo muito doente pra acreditar que Obama disse a bobagem acima.

    TE MANCA fedorento puxa saco!

    Deixa de ser besta…tá ficando mais ridículo a cada dia…
    sai fora fedorento.

  75. DAISE 2.0 said

    O FEDORENTO PERDEU A VERGONHA!

    SÓ MENTIRAS ESTÚPIDAS (DOENTIAS)

    https://www.google.com/maps/d/viewer?mid=z0BwCtn-KAUc.k1IILO_k4P5w

  76. Patriarca da Paciência said

    A Mula Sem Cabeça continua totalmente alienada ! Delira e acredita nos seus delírios !

    Pode delirar, Mula Sem Cabeça, pode delirar !

    É totalmente livre !

  77. DAISE 2.0 said

    O DELÍRIO DO FEDORENTO

    https://assets-auto.rbl.ms/edf04e63ceba1561f733b2cd6638b2f2b5c7d4c7425a21448f28622cb185dec1

    “Dilma ratazana, devolve a minha grana! Lula cachaceiro, devolve o meu dinheiro!”

    “Ah, o PT roubou, o PT Roubou, o PT roubou…”

  78. Patriarca da Paciência said

    “12/04/2015 às 20:43
    12 DE ABRIL 4 – A população na Paulista: segundo a PM, 275; segundo o Datafolha, 100 mil

    “Huuummm. Diminuiu a desproporção entre os números da Polícia Militar e do Datafolha em relação ao protesto da Paulista. No dia 15 de Março, a PM apontou um milhão, e o Datafolha, 210 mil — 21%. Desta feita, a mesma PM fala em 275 mil; se o instituto mantivesse a proporção, apontaria 57.750. Mas não. Viu quase o dobro: 100 mil. Atenção! A petezada, já chego lá, está berrando na Internet que, fiquemos com o número menor, 100 mil pessoas só na Paulista são um índice de insucesso. É mesmo? Por que o PT e a CUT, então, não tentam colocar ao menos 101 mil? Ora…”

    Por Reinaldo Azevedo”

    Olha só, Mula Sem Cabeça, é o teu próprio mentor que está dizendo que apenas 100 foram à Paulista para protestar !

    100 mil ? Numa população metropolitana de 20 milhões de pessoas que vivem na grande São Paulo é totalmente insignificante !

    Michou, Mula Sem Cabeça, michou miseravelmente !

    A Dilma deixará o governo em 2019.

  79. Patriarca da Paciência said

    “Ah, o PT roubou, o PT Roubou, o PT roubou…”

    E a Mula Sem Cabeça endoidou, endoidou, endoidou ?

    Não. A Mula Sem Cabeça sempre foi doida !

  80. DAISE 2.0 said

  81. Patriarca da Paciência said

    Mula Sem Cabeça,

    A Parada Gay levou dois milhões de pessoas para a Paulista .

    20 vezes mais que os protestos do PIG, da “óia” em conjunto com o aecim bebê chorão napoleão de hospício e do corrupto, corno manso, usurpador e senil com a bunda de fora Fernando Henrique Cardoso.

    Essa turma perdeu feio !

  82. DAISE 2.0 said

    PERDIDO, O FEDORENTO RESOLVE PUBLICAR UMA PARTE DO TEXTO DO REINALDO AZEVEDO DE HOJE …

    MAS ELE NÃO ESTAVA MORTO???

    PARECE QUE ALÉM DE FEDER, O FEDORENTO PUXA SACO VIVE ASSOMBRADO PELO FANTASMA DO R.A.

    O FEDORENTO É UM MALA SEM CABEÇA E SEM VERGONHA!

  83. Patriarca da Paciência said

  84. Patriarca da Paciência said

    “Colunista Ricardo Noblat cita ausência do partido de Aécio Neves nos protestos de domingo e diz que chefes do partido parecem ter medo do povo: ‘O PSDB quer o povo a reboque. A seu lado, não. Dá urticaria. No máximo, admite cavalgá-lo’”
    (247)

    Como já bem o disse Luigi Pirandello, “a verdade maus pura, mais cristalina, pode brotar da boca de quem menos a merece”.

    Nunca vi uma definição tão perfeita do PSDB. É o positivismo capenga e caipira brasileiro ressuscitado no aecim bebê chorão napoleão de hospício e do corrupto, corno manso, usurpador e senil com a bunda de fora, Fernando Henrique Cardoso !

  85. Pedro said

    Já que o grande pensador do blog, apenas escreve repetidamente, os mesmos adjetivos boçais, e vez ou outra cola alguma citação, que provavelmente lê na revista caras do consultório médico..

    Eu, simplório, simplesmente colarei, uma análise simplória, da Empiricus:

    “A crise chegou no mercado de trabalho. Ruiu o último pilar a que se agarrava o governo Dilma.

    A taxa de desemprego pulou de 6,8% para 7,4% no trimestre encerrado em fevereiro.

    Após contaminar todos os segmentos e indicadores da economia, que voltaram a níveis de 10 a 20 anos atrás, a crise adentra o seu estágio de MAIOR IMPACTO SOCIAL.

    Temos apenas uma saída: toda a esperança está depositada no ajuste fiscal.

    Mas, na prática, o ajuste simplesmente ainda NÃO EXISTE.

    A rejeição da presidente atingiu nível visto somente no impeachment de Collor.

    Em meio a uma reforma ministerial velada, iniciada com menos de três meses de mandato, Dilma já não é mais quem governa o País. A economia está nas mãos de Joaquim Levy. A política, de Michel Temer.

    O que sobra?”

  86. Pedro said

    Pax, mudando completamente de assunto.

    Vc que é defensor da natureza, proprietário de sítio.

    Olha que ideia interessante para um cemitério.

    http://sedentarioehiperativo.com.br/?p=179

    O Patriarca se compromete a morrer primeiro, pra ver se dá certo. :-)

  87. Elias said

    “Agora, disparado, disparado mesmo, o PT ainda é o melhor partido brasileiro.” (Patriarca, # 21)

    A meu pensar, o PT nem é mais um partido, quanto mais o melhor…

    O problema é que o rebotalho restante é ainda pior…

    Aí, no máximo, pode-se dizer que o PT ainda continua sendo levemente menos ruim que esse resto. Se isso significar “melhor” pra alguns…

    O fracasso das manifestações de ontem não me surpreende. Se convocarem outra, será ainda menor, e assim progressivamente (melhor seria dizer “decrescentemente”), até mixar de vez.

    Por que? Porque os partidos de oposição pularam fora. Por que pularam fora? Por que as manifestações perderam o propósito político.

    Como se sabe, o propósito político das manifestações era forçar a saída da Dilma, fosse como fosse. Acontece que se a Dilma sair antes de completar 2 anos, teria que haver novas eleições, e as pesquisas indicam que, se forem realizadas novas eleições, elas serão vencidas pelo Lula.

    Vai daí que os caciques pularam fora. Deixaram só a bucha de canhão, que existe pra ser usada como bucha. A manada…

    Assim, a menos que aconteça um fato novo, vai ficar só a manada fazendo o de sempre… Como a manada não vai a lugar nenhum sem o boi de cabeceira, a coisa vai ficar por isso mesmo.

    De minha parte, achei que deu até muita gente em São Paulo… Provavelmente não foram os 100 mil do Datafolha, mas, e daí? Se fossem 50 mil já seria gente pra caraca!

    Um monte de gente que participou da anterior preferiu ficar fora da manifestação de ontem. Isso é verdade. Mas isso não autoriza ninguém a pensar que essas pessoas não participaram da manifestação de ontem porque passaram a apoiar o governo. Ou porque se convenceram de que o governo é bom, ou está melhorando…

    Dificilmente será isso. Pode ser — e, provavelmente, é… — algo bem diferente. E infinitamente pior…

  88. Patriarca da Paciência said

    , “o ajuste simplesmente ainda NÃO EXISTE.

    A rejeição da presidente atingiu nível visto somente no impeachment de Collor.

    Em meio a uma reforma ministerial velada, iniciada com menos de três meses de mandato, Dilma já não é mais quem governa o País. A economia está nas mãos de Joaquim Levy. A política, de Michel Temer.”

    Ué ? E eu é quem “escreve repetidamente, os mesmos adjetivos boçais, e vez ou outra cola alguma citação, que provavelmente lê na revista caras do consultório médico..”

    Quantas vezes o aecim bebê chorão napoleão de hospício já falou essas boçalidades em suas “entrevistas” ? E os políticos da oposição, PPS, PSDB, DEM etc.etc.etc.. Acho que milhares de vezes.

    E os comentaristas hidrófobos da direitas ? Milhões de vezes.

    A a Mula Sem Cabeça ? Centenas de vezes !

    Esse babaca da “Empíricos” está chegando atrasado !

    E quantas vezes os blogueiros hidrófobos, tipo reinaldo rolabosta, augusto boçal cana nunes, Jabor, Merval, etc.etc.etc. já chamaram o Lula de chefe de quadrilha, bebum, petralha, apedeuta, babalorixá de banânia etc.etc.etc.

    Milhões de vezes !

    Eu sou mais modesto. Pretendo apenas chegar a algumas milhares de vezes chamando o Fernando Henrique Cardoso de corrupto, corno manso, usurpador e senil com a bunda de fora e o Aécio de bebê chorão e napoleão de hospício. A diferença é que todos os epítetos que uso são fundamentados na realidade !

  89. Pedro said

    “Eu sou mais modesto. Pretendo apenas chegar a algumas milhares de vezes chamando o Fernando Henrique Cardoso de corrupto, corno manso, usurpador e senil com a bunda de fora e o Aécio de bebê chorão e napoleão de hospício. A diferença é que todos os epítetos que uso são fundamentados na realidade !” (Patriarca)

    Com certeza, vc vai conseguir………. só que ninguém vai ler kkkkkkkkkkk

    É um pateta mesmo.

  90. Elias said

    Quem dera que a análise da Empiricus fosse apenas simplória.

    Ela é doida!

    Os caras usam expressões tipo “ajuste fiscal”, como se isso significasse algo misterioso e mágico… Uma panaceia que, por si só, se não cura todos os males, pelo menos zera as doenças mais graves.

    Bobagem! Conversa pra enganar trouxa!

    Se e quando acontece de fato (e não só na propaganda governamental, como na maioria dos casos), o tal “ajuste fiscal” apenas compatibiliza a despesa com a receita pública.

    O que segura a barra da economia brasileira? As exportações claro!

    Achar que o Brasil vai exportar mais por obra e graça de um “ajuste fiscal” é confundir pato no tucupi com entupir o cu do pato.

    E “ajuste fiscal” com o país em recessão? Dá câncer!

    Com a economia parando, a arrecadação de impostos despenca. Ao mesmo tempo, as necessidades de corte na despesa pública crescem na razão inversa: quanto menor a receita pública, maior a necessidade de corte na despesa pública.

    Acontece — meus amigos e meus inimigos — que apenas uma pequena parte da despesa pública é administrável. A maior parte dos gastos públicos é inadministrável. É engessada.

    Por exemplo: o percentual da arrecadação que vai pro Legislativo, pro Judiciário e pro “essencial à Justiça” (MP), por exemplo, é imexível. O percentual da arrecadação que vai para a Educação, a Saúde e um enorme etc., idem. Os gastos com pessoal civil e militar — ativo, inativo e encargos sociais — idem, idem. As “transferências obrigatórias”, i.é., o percentual da arrecadação que vai para os estados (FPE) e municípios (FPM), idem, idem, idem. E assim por diante.

    O que sobra? Bem pouco (embora em números absolutos encha os olhos dos simplesmente simplórios). Fora a mixaria destinada aos programas de inclusão social e as transferências voluntárias a estados a municípios (que, tradicionalmente, nos momentos de crise são as últimas despesas que falam e as primeiras a pegar porrada), restam as dotações para investimentos e para inversões financeiras.

    Por isso mesmo, nos “ajustes fiscais”, os investimentos e as inversões financeiras bailam!

    Qual o problema disso? O problema é que, quando o governo mete o pé no freio dos investimentos e das inversões financeiras, a evolução do PIB é quem sofre… Se o país já estiver em recessão, a coisa vai apenas piorar: menos arrecadação, mais necessidade de cortes, e assim por diante…

    O velho Ernesto Geisel, com conhecimento de causa e carradas de razão, sempre dizia que qualquer um consegue meter qualquer país numa recessão.

    Difícil é fazer o país sair dela…

  91. Elias said

    Noam Chomsky já eviscerou — e por mais de uma vez — o uso de “expressões-chave” como estratégia de manipulação política.

    É a técnica de usar uma expressão como se ela fosse auto explicável… Como se ela fosse capaz de, por si só, encerrar um significado incontestável, quando, na realidade, expressa raciocínio que, se analisado à luz da lógica mais elementar, se revelaria inconsistente ou falso.

    O objetivo da “expressão-chave” é fazer a pessoa comum usá-la, sem pensar, alimentando a ilusão de que ela sabe não só qual é a chave do problema, mas, sobretudo qual a chave da solução.

    A “expressão chave” dispensa o pensamento. Basta repeti-la sem pensar (até porque, se o/a indigitado/a se puser a pensar, vai descobrir que a tal “expressão chave” é só um embuste…

    Exemplos:

    1 – “Espaço vital” (a Alemanha só poderia sobreviver e prosperar se conquistasse parte do território de vários de seus vizinhos).

    2 – “Armas de destruição em massa” (o Iraque tinha que ser invadido militarmente, pra evitar que ele usasse essas armas contra seus vizinhos).

    O Brasil é pródigo no uso dessas “expressões-chave”.

    Em 1964, havia o “perigo vermelho” (quando o golpe militar foi desfechado, ficou claro que os comunistas brasileiros eram politicamente inexpressivos, desorganizados, material e militarmente despreparados, e, acima de tudo, absolutamente incompetentes).

    Mais recentemente, saiu o papo da “desconstrução” da Marina (o termo “desconstrução” foi usado como se exprimisse uma conduta reprovável, quando, na verdade, todo político em campanha tenta “desconstruir” seus adversários; a candidatura de Marina foi “desconstruída” tanto quanto ela e Aécio tentaram “desconstruir” a candidatura da Dilma).

    “Ajuste fiscal” é só mais uma “expressão-chave” no farto bestiário político brasileiro…

  92. Patriarca da Paciência said

    Caro Elias,

    no tal “ajuste fiscal” nós discordamos mesmo. Seja ajuste fiscal, controle orçamentário, ou “gastar apenas o que se ganha”, equilíbrio financeiro, tenha lá o nome que tenha, eu acho que é importante sim. E é o único meio de controlar a inflação.

    Até hoje não encontraram, outro meio. O Sarney e o Collor tiveram boas intenções, mas deram com os burros n’água justamente por falta de “ajuste fiscal”.

    O Plano Real funcionou justamente porque, antes, trataram de fazer tal ajuste fiscal.

    Então é isso aí, acho que é mesmo o próprio fundamento da ciência econômica.

    Só que o processo é lento e os resultados só aparecem com muita persistência e consistência. E é também, às vezes, doloroso.

    Mas não há nada pior que uma economia descontrolada.

  93. Patriarca da Paciência said

    Por falar em Plano Real.

    Por que o Fernando Henrique Cardoso é usurpador ?

    A equipe que formulou e implantou o plano foi formada pelo Tasso Jereissatti e pelo Ciro Gomes. O Presidente da República, o qual arcou e sustentou todas as decisões políticas foi o Itamar Franco. FHC, como o disse o Ciro Gomes, entrou apenas como “vaselina”. Acontece que foi vendido para todos os brasileiros que o grande criador do Plano Real foi o FHC. É uma total usurpação.

  94. Patriarca da Paciência said

    Sobre os outros epítetos do Fernando Henrique Cardoso:

    corno manso – assumiu o filho do Ricardão.

    corrupto – abriu as porteiras da Petrobrás para a corrupção, como o disso o próprio Cunha.

    Senil com a bunda de fora – declarou que a corrupção no Brasil é um bebê.

    Sobre o Aécio:

    bebê chorão – tal como uma criança problemática, não aceita ser contrariado.

    napoleão de hospício – delira que é o Presidente da República.

  95. Elias said

    Patriarca,
    Discordamos mesmo!

    No ajuste fiscal e no Plano Real.

    O eixo do Plano Real — nisso incluída a adoção de duas moedas paralelas: uma manual (Cr$) e uma escritural (URV) — é uma criatura tucana. Políticos e intelectuais do PSDB vinham agitando essa proposta há uma pá de tempo. Muito antes de assumir o Ministério da Fazenda, FHC participou de um porrilhão de debates na tevê, defendendo, em linhas básicas, o que viria a ser o Plano Real.

    Não estou dizendo que é falsa a história da equipe formada pelo Jereissatti e pelo Ciro Gomes, até porque não tenho elementos pra isso. Se eles dizem que montaram e tal equipe, é porque, provavelmente, montaram.

    Digo, apenas, que, muito antes disso, as linhas básicas do que viria a ser o Plano Real foram publicamente defendidas pelo FHC, uma porrada de vezes, em debates na tevê. Esses debates foram gravados, o FHC provavelmente tem cópia deles e não terá nenhuma dificuldade em comprovar sua (dele) participação na formulação das medidas que formaram a espinha dorsal do Plano Real (aliás, já ouvi dizer que o verdadeiro pai da criança é o André Lara Rezende, história altamente crível, a meu ver).

    Lembro disso perfeitamente, porque, para um grupo de curiosos, do qual eu fazia parte, o Plano Real era o reconhecimento implícito de que a inflação brasileira fora, de fato, debelada pelos Ministros da Fazenda antecessores de FHC.

    Chegamos a montar uma planilha com mais ou menos uns 500 itens (naquela época, usando o aplicativo Lotus 1, 2,3). Fizemos o acompanhamento da evolução dos preços desses itens, ao longo de um ano, em moeda brasileira, em dólar e em marco.

    Resultado: a elevação de preço só acontecia em moeda brasileira; nas demais, o preço era estável. Aparentemente, o problema era mais da falta de credibilidade da moeda do que uma inflação de demanda, propriamente dita.

    A URV (Unidade Real de Valor) formalizou isso. Ela amarrou os preços em URV (na prática, dolarizando a economia — já que uma URV = um dólar — porém sem usar o dólar como moeda manual). Observa que os preços continuaram subindo em Cr$, mas ficavam amarrados em URV. Mais à frente, com o país todo pensando e funcionando em termos de URV, essa moeda escritural foi convertida em moeda manual: o R$.

    Mesmo que a participação do FHC tenha sido mínima na formulação do Plano Real, ninguém lhe tira o mérito de, como Presidente da República, ter coordenado a efetiva implantação da estratégia anti inflacionária, ao longo do seu primeiro mandato.

  96. Elias said

    Patriarca,
    É claro que, no final do 1º mandato do FHC, a vaca já começara a ir pro brejo. Ao longo dos primeiros 4 anos do Plano Real a inflação acumulada chegou a esbarrar em 17%, com o R$ continuava a “valer” um dólar. Os exportadores levaram farelo. Um monte de gente simplesmente faliu.

    Além disso, a União não conseguia pagar as contas de jeito nenhum.

    FHC tapou os buracos como pode. Mexeu no câmbio (mas isso não ressuscitou quem já havia se ferrado, né?), vendeu ativos da União (no processo que responde pela alcunha de “privatização”), e usou o dinheiro das vendas pra pagar dívidas da União. Também usou, para esse fim, dinheiro da CPMF, o que ferrou com o Orçamento da Previdência, que passou a bancar a despesa previdenciária e a despesa assistencial (que, antes, era bancada pela CPMF).

    FHC pagou as dívidas mais prementes. Em compensação, não investiu. A expansão da geração de energia elétrica, p.ex., simplesmente parou. E FHC acabou tendo que administrar um puta apagão, cujo custo foi compartilhado do jeito que tu sabes muito bem.

    De qualquer modo, o fato é que o Plano Real foi uma sacada de mestre, que colocou um ponto final a uma inflação que nos enchia o saco há décadas. E o FH do C frouxo teve, sim, participação destacada na formulação conceitual desse plano. Certa vez, num programa chamado “Crítica & Autocrítica”, vi o FHC delinear de cabo a rabo (epa!!!) uma proposta de plano econômico que foi um esboço do Plano Real.

    Hoje, converso com pessoas com mais de 30 anos, e a experiência de inflação mais alta que elas têm nunca chega 10%. Bato papo com esse pessoal e fico rindo por dentro, ao lembrar de minha experiência como Diretor de Orçamento de uma instituição, com inflação de mais de 40% ao mês… Nem dá pra falar sobre isso com as gerações mais jovens. Elas simplesmente não entenderiam…

    Quanto ao “ajuste fiscal”, insisto: podes dizer o que disseres dele. No fim, se e quando ele realmente acontece, tudo se resume em cortar despesa (já que elevar receita é muito mais difícil, ainda…).

  97. Guatambu said

    Elias,

    Que boa que foi minha visita ao Pará!

    O estado é um mundo! Um macrocosmo dentro do Brasil, de tão grande que é. Tem um potencial real de ser um país independente, seja pelo tamanho, seja pelos recursos naturais, seja pela posição estratégica de proximidade com mercados consumidores compradores.

    Nas várias reuniões que tive, conheci um pessoal muito interessado, entre empresários e funcionários, com vontade legítima para produzir.

    Fiquei impressionado com a preocupação de todos com o meio-ambiente. Provavelmente o IBAMA pega pesado no Pará, o que me parece muito interessante… apesar de ter aprendido, também, que o Pará é onde mais se desmata da Amazônia… infelizmente.

    Agora, quando vamos para a esfera pública, que josta…

    Belém é a capital mais paulista fora de São Paulo, eu acho… o trânsito e a chuva não dão mole, o transporte público é uma porcaria e as ciclofaixas não servem para nada.

    Passei por estradas boas e porcarias de estradas. Em todas elas o motorista dizia que a Polícia Rodoviária era a coisa mais corrupta do universo.

    Violência é outra coisa que chama a atenção. Até onde eu entendo, o Pará deve ser um estado bem rico em termos orçamentários… com empresas de grande porte e tudo mais.

    Pelas cidadezinhas você sempre encontra casas bastante humildes, com a escola por ali ainda algumas melhores, outras piores e vez ou outra com a placa: “em construção” com uma placa enferrujada do PAC2…

    Essa foi a primeira impressão dessa primeira visita.

    Ps: Gostaria de ter comido mais por aí. Só fui no restaurante Remanso do Bosque, comi pirarucu, filhote e tomei a famosa Cachaça de Jambu (que eu já conhecia e adoro). Foi o que deu tempo de fazer…

  98. DAISE 2.0 said

    Elias #98

    Brilhante o seu esforço tentando trazer um pouco de luz para o companheiro FEDORENTO.

    Mas infelizmente ele é apenas uma velha “pinball machine”, operando nos fundos de algum buteco de Santa Catarina.
    Pensar ..dá TILT !

    Na minha opinião, ele nunca “realizou” que, tirando lula, o grande embusteiro, não existe um quadro importante do pt que não esteja sob investigação policial ( e até o próprio lula, daqui a pouco).E QUE a incompetência atinge níveis assustadores. Vide diumavez, que provoca centenas de milhares de pessoas nas ruas contra o seu ( dela) governo.
    ATÉ O PT QUER DERRUBÁ-LA.

    TILT

    Na minha opinião, o dia em que “realizar”, o Fedorento irá entrar em depressão profunda.
    É por isso que só resta ao Fedorento negar toda a triste realidade petista e xingar FHC e o bundamole do aécio. (como se ninguém soubesse que aecio é muito fraco).
    Não tendo quem elogiar é sempre mais fácil xingar os outros. Questão de saúde. Mecanismo de defesa psicológica.

    CHISTE

    Como se alguém no blog esteja preocupado com as suas (dele) opiniões “malhadas” pelo PHA e 247. A não ser como objeto de chiste.

  99. Patriarca da Paciência said

  100. Patriarca da Paciência said

    “O eixo do Plano Real — nisso incluída a adoção de duas moedas paralelas: uma manual (Cr$) e uma escritural (URV) — é uma criatura tucana. Políticos e intelectuais do PSDB vinham agitando essa proposta há uma pá de tempo. Muito antes de assumir o Ministério da Fazenda, FHC participou de um porrilhão de debates na tevê, defendendo, em linhas básicas, o que viria a ser o Plano Real.”

    Mas é isso aí mesmo, Elias, o Plano Real foi a única e grande obra que o PSDB participou. Mas não PSDB atual, naquele tempo o Ciro Gomes e muito outros nomes importantes eram do PSDB, Ciro era grande companheiro do Jereissatti, e os dois formaram a equipe que planejou e executou o Plano Real. E quem teve a coragem de arcar com todas as consequências de implantar um plano sério para combater a inflação, foi o Itamar Franco. Para mim o Itamar tem bem mais mérito que o FHC. É claro que o FHC teve a sua parcela, mas apenas de “vaselina”, como disse o Ciro Gomes. FHC tinha, parece que perdeu, uma grande capacidade de negociação e diplomacia.

    O problema é que apenas o corrupto, corno manso, usurpador e senil com a bunda de fora, Fernando Henrique Cardoso, colheu todos os louros. E agora vive aí vomitando as hipocrisias mais rasteiras !

  101. Patriarca da Paciência said

    “Brilhante o seu esforço tentando trazer um pouco de luz para o companheiro FEDORENTO.”

    Você já me cheirou, Mula Sem Cabeça ?

    De minha parte, eu acho que você anda cheirando é outra coisa !

    E essa coisa que você anda cheirando, dizem os estudo científicos, geralmente faz os cheiradores perderem o olfato.

    Mas me explica uma coisa, como que você me cheirou ?

    Por telepatia ?

    Mula Sem Cabeça, definitivamente, você não tem cabeça mesmo !

  102. Patriarca da Paciência said

    (…)
    “Muitos desses analfabetos arrogantes empinam seus dedos indicadores de ódio em direção à Brasília. Mas não existiriam um minuto sem corrupção. Muitos deles superlotam salas de aula e na hora das avaliações colam e burlam o conhecimento. São sonegadores. No trânsito são violentos e afrontam o código de compostura dos condutores. Suas relações são falsas e eivadas de traições. Nos negócios são subornadores. Na indústria buscam vantagens nos roubos da qualidade dos produtos, nas medidas e pesos do que produzem para a sociedade. Nos campos são jagunços, grileiros e bandidos. São egoístas e não visam o interesse coletivo, jamais. O centro do mundo para eles está nos seus umbigos e genitálias.

    Esses são minoria num caldo cultural como é a nossa civilização brasileira. O que dá a impressão de que podem alguma coisa é o dinheiro que despejam na corrupção e no suborno.

    O segundo tipo de analfabetos é o dos orgânicos que realmente se rebelam contra situações desumanas que ainda são partes da nossa realidade social. Face à sua ignorância e alienação, não por sua culpa, mas porque são explorados e arrastados pelos primeiros, não conseguem entender o que se passa nesta realidade.

    Esses são pessoas boas, generosas, afetivas e de espíritos justos. Quando se percebem enrolados pelos mentirosos de plantão, pelos analfabetos metidos a besta, saltam fora e buscam orientação com quem luta e estuda a realidade, iluminando-se na prática e nos referenciais teóricos.

    Seguidamente recebo e-mails, comentários aqui no blog e telefonemas dessas pessoas boas e prontas a crescer à luz do estudo analítico da realidade.

    São essas as que valem a pena. São revolucionárias em potencial porque são humildes e prontas para a sabedoria.

    Há muito a aprender com sábios como Leonardo da Vinci: “Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe.”

    Agora é a hora de o governo afastar-se das raízes do ódio e das injustiças. O arrocho fiscal, a redução da idade penal para eliminar crianças e jovens pobres e negros, trancafiados nas masmorras desumanas e a terceirização, como derrota dos direitos históricos dos trabalhadores, são fontes de arrogância e discriminação das quais o governo Dilma deve se desvencilhar rapidamente em mais essa oportunidade que o povo lhe dá.

    Excrescências como Eduardo Cunha e os conservadores da Câmara dos Deputados, que votaram contra os trabalhadores e as crianças pobres, são frutos das espigas vazias que voaram pelas ruas do Brasil em junho de 2013 e em 15 de março de 2015. Os baderneiros quase elegeram um traficante arrolado na Lava Jato, em Furnas e no “suiçalão” para rebentar com o Brasil no exercício da Presidência.

    Por isso nós, os verdadeiros combatentes do povo, devemos permanecer nas ruas. Nós é que somos orgânicos e comprometidos com a compreensão e transformação da realidade. Nós sabemos reconhecer nossos erros e mudarmos de rumo, sem ofender e desrespeitar ninguém.

    A bandeira da luta contra a corrupção é nossa e não dos desordeiros de direita e seus capachos analfabetos políticos.

    A direita não tem moral, pois é herdeira da escravatura e da corrupção dos concentradores de riquezas e de renda. A direita é corrupta por natureza e corrompe inclusive os mais pobres e simples.

    A rua é de uso do povo e não da burguesia golpista, que se locomove de carros importados e de helicópteros.”

    http://www.brasil247.com/pt/247/artigos/177017/A-histeria-fascista-fracassa-e-a-direita-%C3%A9-derrotada-li%C3%A7%C3%B5es.htm

  103. DAISE 2.0 said

    Fedorento

    Pela cor marrom e consistência característica de seus escritos é fácil adivinhar o seu cheiro de merda. E de longe. Simples assim.
    Não requer prática nem gramática.
    E esse cheiro fedorento não sai, a menos que seja lavado com creolina.

    Vá se lavar com creolina, seu porco malcheiroso.

  104. DAISE 2.0 said

    Odebrecht pagou viagem de Lula por três países
    DE SÃO PAULO

    13/04/2015 19h07
    A construtora Odebrecht bancou uma viagem realizada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em janeiro de 2013, que passou por Cuba, República Dominicana e Estados Unidos e que oficialmente não tinha qualquer relação com atividades da empresa nesses países.

    Segundo reportagem de “O Globo” publicada neste domingo (12), Lula viajou acompanhado por pessoas próximas, como funcionários de seu instituto, o escritor Fernando Morais e o presidente do sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques.

    O único integrante da comitiva que não fazia parte do círculo do ex-presidente era Alexandrino Alencar, atual diretor de Relações Institucionais da Odebrecht. Alencar foi apontado por três delatores da Operação Lava Jato como o responsável por operar as propinas da empresa no exterior. Ele nega.

    De acordo com o jornal, a empresa Líder Táxi Aéreo, responsável pelo voo, o classificou como “completamente sigiloso”. A viagem, que custou R$ 435 mil, foi paga pela DAG Construtora, da Bahia, uma das parceiras comerciais da Odebrecht.

    Segundo a construtora, o traslado pelos três países foi pago em função da agenda do ex-presidente na República Dominicana. O Instituto Lula confirmou a realização de palestra no país.

    Em anúncio publicado na edição desta segunda de “O Globo”, a Odebrecht afirmou ter pagado por palestra de Lula na República Dominicana e ressaltou que não há nada “ilegal ou sigiloso” no evento.

    ———————

    A Odebrecht é uma a mãe. Adora pagar as contas do lula.

  105. DAISE 2.0 said

    O Porto de Mariel e a matemática da Odebrecht

    Brasil 13.04.15 22:45
    Se é para banalizar o adjetivo, como fizeram em relação ao encontro entre Obama e o tiranete cubano, histórico será o dia em que tivermos todas as informações sobre o financiamento do BNDES, no valor de 682 milhões de dólares, para a construção do Porto de Mariel, em Cuba — de onde os cubanos poderão importar e exportar para o seu futuro maior e praticamente exclusivo parceiro comercial, os Estados Unidos, deixando os brasileiros literalmente a ver navios.

    Desde o ano passado, o Ministério Público Federal investiga o caso, e o BNDES recorre aos tribunais para esconder o jogo, assim como faz com a JBS/Friboi. Hoje, os procuradores tomaram um outro caminho: recomendaram formalmente ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, instância pela qual passou a aprovação do empréstimo ao projeto em Cuba, que abra os dados sobre a transação. Se o ministério não o fizer, o MPF irá acioná-lo na Justiça.

    Quem recebeu a grana do BNDES foi a Odebrecht, que construiu o tal porto e não empresta, mas dá a Lula. Em fevereiro do ano passado, quando foi aberta a investigação do Ministério Público, Marcelo Odebrecht assinou um artigo na Folha de S. Paulo, para dizer que não havia nada de escuso no fato de o BNDES manter sigilo sobre as condições do empréstimo.

    A última frase do artigo foi: “Esse episódio me lembra aqueles que criticam a boa nota que o filho tirou em matemática, porque o garoto está indo mal em português. Pensando como brasileiro, proponho a identificação e o debate de nossos reais desafios e a escolha das batalhas certas para colocar nossas energias.”

    Todos sabem que, na matemática de Marcelo Odebrecht, o Tesouro Nacional fica sempre no vermelho para que a sua empreiteira fique no azul. Em bom português, isso é apropriação indébita de recursos públicos. Também propomos a identificação — digital e fotográfica — dos nossos reais desafios. Sem debate, só processo criminal.

  106. DAISE 2.0 said

    Dilma Rousseff, no Facebook, empresa do seu novo amigo de infância, Mark Zuckerberg, critica a redução da maioridade penal.

    Quem se importa com o que Dilma Rousseff diz?

  107. DAISE 2.0 said

    Concorrência? E os amigos?

    A Prefeitura de São Paulo, do prefeito petista Fernando Haddad, comprou do MST, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, 520 toneladas de feijão e mil toneladas de arroz, para a merenda escolar.

    Sem concorrência, claro. A lei federal 8666 foi deixada pra lá. E os preços? Com base nas informações da Secretaria Municipal de Educação, o feijão custou R$ 2,13 milhões. Dá R$ 4,10 o quilo. Na rede Pão de Açúcar – que compra de empresas, que compram produtor, todos ganhando seu lucro – o feijão carioquinha Qualitá custa R$ 3,91. São 19 centavos de diferença no quilo. Multiplique por 520 mil quilos.

    Para agradar aos companheiros petistas, o prefeito Fernando Haddad gastou a mais, só no feijão, quase cem mil reais do contribuinte paulistano. Se a compra fosse feita do produtor, por concorrência pública, e não no varejo, a diferença seria ainda maior.

  108. DAISE 2.0 said

    Com um novo regime vigorando no Brasil, o vice-parlamentarismo, Dilma Rousseff pode ficar mais à vontade num papel que cai muito bem em alguém com sua cultura universal. A VII Cúpula das Américas foi sua estreia oficial como chanceler brasileira — já credenciada por notáveis desempenhos em supereventos internacionais nos quais atuara, nessa função, mais informalmente. Do meio ambiente como ameaça ao desenvolvimento sustentável (Conferência do Clima, em Copenhague, 2010) à pasta de dente que volta para dentro do dentifrício (reunião do G-20, em São Petersburgo, 2013), Dilma revolucionou consagrados conceitos geopolíticos – como a milenar dualidade entre conteúdo e continente.

    No Panamá, a nova chanceler Dilma Rousseff teve uma agenda premium. Além da cúpula em si, ganhou encontros privativos com dois dos 10 homens mais influentes do mundo. O primeiro foi Mark Zuckerberg, o criador do Facebook, que juntou seu primeiro bilhão de dólares com 21 anos de idade. Mas nem os gênios resistem à rede não-social de Dilma. Como se vê neste vídeo, o ex-menino prodígio de Harvard parece ir adquirindo uma expressão que vai do fascínio ao aparvalhamento, à medida que o igualmente desnorteado intérprete tenta traduzir-lhe aquela linguagem que até criptoanalistas da CIA julgariam impenetrável.

    O fato é que, diante do dilmês, Zuckerberg se depara com outro fenômeno em escala real e virtual — o inventor do FB vai se dando conta da existência de seu oposto perfeito: a menor rede social do mundo, o Dilmesbook, com uma única usuária.

    O hardware também é único. As palavras saem com enorme e inútil esforço, como se fossem trazidas – para que, não se sabe – da mais primitiva região neuronal de um ser vivo. Mas sempre embaladas por uma falsa expressão – na verdade, uma impressão – de quem domina um assunto que lhe é totalmente desconhecido.

    “Nós estamos aqui para anunciar parceria entre o Facebook e o governo brasileiro no sentido de assegurar que as tecnologias que garantem acesso à internet, aos serviços de internet, à educação, à saúde, enfim, a todos os produtos que hoje a internet pode tornar disponível (sic) na rede, possam ser acessadas no Brasil”.

    Para isso, a chanceler, se é que ainda tem poder para isso, deve chamar Ricardo Berzoini para uma conversa companheira e nomear Mark Zuckerberg como o novo ministro das Comunicações do Brasil.

    Enquanto isso, Dilma quer estimular a população a brincar de médico com o Dr. Google – só pode ser isso. Insiste que serviços de saúde estarão disponíveis na internet, com a ajuda do Facebook:
    “Desenhar um projeto comum, cujo objetivo principal é a inclusão digital, mas não a inclusão digital pela inclusão digital – é inclusão digital porque ela pode garantir acesso à educação, acesso à saúde, à cultura…”.

    Zuckerberg, com seu extraordinário QI – não confundir com o Quem Indica do Brasil -, talvez tenha conseguido perceber que, em dilmês, uma coisa não é uma coisa pela coisa em si, mas por outra coisa, embora seja a mesma coisa. No caso, a inclusão digital que garantirá o acesso à saúde pela internet.

    Tenho alguns amigos médicos no Facebook. Terei mais, depois da parceria entre Dilma e Zuckerberg?

    http://www.youtube.com/watch?v=KS36K49EUfs

    A seguir: após novo encontro com o presidente Obama, desta vez a pasta de dentes de Dilma não volta para dentro do dentifrício, mas fica solta no ar:

    * “As pessoas não pensam igual, mas os governos também não e isso fica claro aqui”.

    *Sobre a ruptura democrática na Venezuela: “Não vai beneficiar ninguém no continente. Se beneficiar alguém, não é alguém que mora aqui. Então, vai beneficiar pessoas que não têm… não beneficia ninguém”

    *Exclusivo: “O Brasil e os Estados Unidos têm uma parceria bilateral”.

    *Dilma e sua Pátria Educadora; “Eu tenho, assim, uma imensa capacidade de resistir a interrogatório, eu te asseguro, uma imensa… Se vocês um dia quiserem, eu até explico como é que faz”.

  109. DAISE 2.0 said

  110. DAISE 2.0 said

  111. DAISE 2.0 said

  112. DAISE 2.0 said

    Petrolão

    Governo segurou denúncia de suborno, afirma delator

    Ex-diretor da holandesa SBM acusa CGU de esperar eleição para abrir processo

    Executivo encaminhou documentos internos e depôs a funcionários brasileiros durante a campanha eleitoral

    LEANDRO COLON DE LONDRES
    O principal órgão de controle interno do governo federal recebeu durante a campanha eleitoral do ano passado provas de que a empresa holandesa SBM Offshore pagou propina para fazer negócios com a Petrobras, mas só abriu processo contra a empresa em novembro, após a reeleição da presidente Dilma Rousseff.

    Em entrevista à Folha, o ex-diretor da SBM Jonathan David Taylor disse que prestou depoimento e entregou mil páginas de documentos internos da empresa à CGU (Controladoria-Geral da União) entre agosto e outubro de 2014.

    O órgão só anunciou a abertura de processo contra a SBM em 12 de novembro, 17 dias após o segundo turno da eleição presidencial.

    Taylor trabalhou durante oito anos e meio para a SBM na Europa e é apontado pela empresa como responsável pelo vazamento de documentos e informações sobre o caso publicadas na Wikipedia em outubro de 2013.

    O vazamento levou a investigações sobre a SBM no Brasil e na África. Os documentos indicam que ela pagou US$ 139 milhões ao lobista brasileiro Julio Faerman para obter contratos na Petrobras.

    Entre abril e junho do ano passado, Taylor depôs e entregou documentos ao Ministério Público da Holanda. Segundo a própria SBM, ele participara de um grupo que conduzira uma investigação interna sobre o caso em 2012.

    Na entrevista à Folha, a primeira a um veículo brasileiro, o delator disse que foi sua a iniciativa de procurar a CGU, que abrira uma sindicância para apurar o caso no Brasil.

    Em 27 de agosto, ele repassou ao órgão o relatório de uma auditoria interna da SBM, mensagens eletrônicas, contratos com o lobista, extratos de depósitos em paraísos fiscais, a gravação de uma reunião da empresa e uma lista com nomes da Petrobras.

    O material foi enviado por email ao diretor de Acordos e Cooperação Internacional da CGU, Hamilton Cruz, que no dia seguinte atestou o recebimento e informou que passaria as informações para o chefe da investigação.

    No dia 3 de outubro, dois dias antes do primeiro turno, Taylor recebeu no Reino Unido a visita de três funcionários da controladoria, entre eles Hamilton Cruz. “Contei tudo o que sabia”, afirma o delator.

    A CGU nunca divulgou dados sobre a viagem e o depoimento. Para Taylor, a demora do órgão em anunciar o processo contra a empresa holandesa teve motivação política.

    “A única conclusão que posso tirar é que queriam proteger o Partido dos Trabalhadores e a presidente Dilma ao atrasar o anúncio dessas investigações para evitar impacto negativo nas eleições”, diz.

    Os valores pagos ao lobista Julio Faerman, segundo Taylor, são bem maiores do que os divulgados até aqui: “Era muito mais. O comprometimento [da SBM] era de pelo menos US$ 225 milhões”.

    Em 12 de novembro, a SBM fechou acordo com as autoridades holandesas e aceitou pagar US$ 240 milhões para se livrar de punições na Holanda. Na tarde do mesmo dia, a CGU anunciou a abertura de processo contra a empresa no Brasil. “Todas as partes esperaram cinicamente até o fim das eleições”, afirma Taylor.

    No momento, a SBM negocia com a Controladoria um acordo de leniência, em que poderá colaborar com as investigações sobre corrupção na Petrobras para se livrar de punições e continuar fazendo negócios com o setor público.

    O ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco, um dos delatores da Operação Lava Jato, disse que a SBM doou US$ 300 mil à campanha de Dilma nas eleições de 2010 e apontou Faerman como o operador que fez o dinheiro chegar ao PT.

  113. Pax said

    Daise, Carlão, Michelle ou quem quer que seja por detrás…

    Ou coloca os links das matérias que vc copia ou vou bloquear teus comentários.

    Essa é uma regra muito antiga do blog, de não permitir que se adonem de intelectualidade ou patrimônios alheios.

  114. Patriarca da Paciência said

    Pax,

    minha opinião é que a maioria dos textos que a “Daise, Carlão, Michelle ou quem quer que seja por detrás” posta, são os mesmos que Chesterton postava ! Seria a dita cujo a mesma “entidade” Chesterton ?

    Eu acho muito estranho.

  115. Patriarca da Paciência said

    “DNA revela que Kim Kataguiri é filho de Olavo de Carvalho com Bolsonaro”

    http://sensacionalista.uol.com.br/2015/04/10/dna-revela-que-kim-kataguiri-e-filho-de-olavo-de-carvalho-com-bolsonaro/

    E a Mula Sem Cabeça é filha do reinaldo rolabosta com o chesterton !

  116. Pedro said

    Chego pra trabalhar no blog, e vejo que, só porque pedi aumento, o muquirana do Pax nem me responde.
    Deste jeito vou organizar uma greve blogal,,,, :-)

    ………………..

    E o adjetivador ambulante, aderiu ao sensacionalista, pelo menos mostra bom humor. Esta também é boa:

    http://sensacionalista.uol.com.br/2015/04/13/pt-quer-elevar-maioridade-penal-para-70-anos/

  117. Pax said

    Caro Patriarca,

    não é o Chesterton, velho e bom Chesterton

    Caro Pedro

    Não respondi qual pergunta? Meus dias estão complicados aqui…. hoje voltei porque o WordPress me avisou que se não pagasse a anualidade perderia o dominio politicaetica.com

    paguei…

    mais um ano de blog à frente

    sigamos.

    – mas, diga lá, afora eu não pagar os funcionários do blog, que resposta te devo?

    =)

  118. Guatambu said

    Grécia.

    Sobe novamente o risco de default da Grécia.

    O país tem 10 dias de caixa, se não conseguir dinheiro, quebra.

    Façam suas apostas!!

    A minha é que vai aparecer um santo milagreiro ao final, a bolsa vai dar um repique para cima novamente e o governo grego sobreviverá por mais um tempo.

    http://www.businessinsider.com/report-greece-is-getting-ready-to-default-2015-4

  119. Pax said

    Essa acusação é séria pacas

    http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/folha-online/brasil/2015/04/14/governo-segurou-denuncia-de-suborno-afirma-delator.htm

    Aguardemos, mas aparelhamento da CGU é o fim da picada.

    Aguardemos confirmação.

    Enviado do meu iPhone

    >

  120. Pedro said

    #119, concordo, é papo sério.

    …………………………….

    Mas daqui pra frente a conversa é outra:

    Tô falando, vc é avarento mesmo.
    Um monte de banners no blog, CEF, BB, PETROBRAS, CORREIOS,etc, e ainda reclama de pagar o domínio.
    ………………..

    Vou te explicar, em detalhes, senão, vc faz cara de paisagem, e não está nem aí pras reivindicações.
    Eu, presidente do sindicato dos trabalhadores blogais, fiz uma consulta no comentário #86, sobre a possibilidade de termos direito ao auxílio funeral.
    Daí a proposta do cemitério ecologicamente correto, que está no link daquele comentário.
    O companheiro Patriarca, prontamente se dispôs a morrer, e ser enterrado (ops), ele só não quer virar árvore, quer ser uma flor (Dama da noite).
    Pode isso Arnaldo?

  121. Elias said

    “Belém é a capital mais paulista fora de São Paulo, eu acho… o trânsito e a chuva não dão mole, o transporte público é uma porcaria e as ciclofaixas não servem para nada.” Etc. (Guatambu)

    I
    Guatambu, a verdade é que Belém não tem trânsito. Tem engarrafamento de trânsito.

    II
    Por aqui diz-se que, na Amazônia Oriental, onde fica Belém, só existem duas estações ao longo do ano: numa delas, chove todo dia; na outra, chove o dia todo. Estamos na segunda estação, e nela ficaremos até junho, mais ou menos (mas em julho chove pra cacete!).

    III
    Houve uma época em que se dizia que Belém adorava imitar São Paulo, entendendo-se por imitação a mania de construir edifícios com mais de 30 pavimentos.

    Hoje, com as ruas tomadas pelo lixo, pelos ratos (animais, mesmo!), pelos camelôs, pelos malabaristas, pelos assaltantes e pelos traficantes, eu diria que Belém está mais pra Nova Deli do que pra São Paulo.

    IV
    Como as ciclofaixas de Belém não servem pra nada? Claro que servem! Servem pra atropelar e matar ciclista…

    A única ciclovia que havia em Belém, aliás tida e havida como uma das mais seguras do país, foi construída pelo prefeito Edmilson Rodrigues, quando era do PT… E destruída pelos sucessores, Duciomar (PSD, e, depois, P não sei o quê), e Zenaldo (PSDB).

    Com a instalação da ciclovia (que difere da ciclofaixa por ser protegida), caíram a zero as mortes de ciclistas por atropelamentos na Av. Almirante Barroso (conhecida como “pista da morte”).

    Mas aí a ciclovia foi demolida, e a coisa voltou a ter a cara de Belém: agora, já estamos com cerca de 16 mortes de ciclistas por atropelamento naquela rua, só em 2015. Acho que a meta do atual prefeito — Zenaldo — é chegar a 20 mortes neste ano. Parece que vai alcançar…

    Assim que for atingida a meta de 20 ciclistas mortos por atropelamento, num único ano e nessa única rua, vou mandar uma carta de congratulações ao prefeito Zenaldo Coutinho, parabenizando-o pelo resgate dessa antiga tradição belenense.

    Na mesma oportunidade, vou também parabenizar o Zenaldo por proibir a venda de livros nas vias públicas de Belém. É isso mesmo! Vender livros nas ruas de Belém? Nem pensar. Se isso for permitido, onde é que vamos parar? Todo mundo sabe que, nas ruas de Belém, só pode se vender heroína, cocaína, haxixe, crack, maconha e armas. Nada de livros, por favor! Vão avacalhar na casa da mulher devassa que lhes deu à luz (2-1-2).

    V
    O Pará é um Estado pobre, em termos orçamentários, embora responda pelo 2º maior superávit na balança comercial brasileira por Estado (abaixo apenas de Minas Gerais).

    É que o Pará é, basicamente um Estado exportador (o inverso do Amazonas, que é um Estado importador). A economia paraense funciona vendendo para o mercado externo (diferentemente, o Amazonas importa componentes e monta produtos para venda no mercado interno).

    Acontece que a União desonerou as exportações, isentando-as do pagamento de impostos indiretos, entre eles o ICMS. A promessa era que essa perda seria compensada por meio de repasses da União (a famigerada “Lei Kandir”). Na prática, a União não repõe nem a quarta parte do que os Estados perdem.

    Quem mais sofre com isso é o Pará e Minas Gerais.

    O Pará tem muitas empresas de grande porte. O destaque — claro! — é o setor mínero-metalúrgico, que tem algumas das maiores plantas do planeta.

    Só que essas empresas não pagam impostos indiretos. Dá-se, então, que o Estado chupa o dedo e fica a ver navios ( literalmente, fica a ver os navios que levam para o exterior minérios extraídos e metais produzidos no Pará).

    V
    O “Remanso do Bosque” é dos bons restaurantes de Belém. Vou lá de vez em quando.

    Pena que tenhas perdido a maniçoba, o pato no tucupi e o tucunaré. A cozinha paraense é poderosa…

    (O índio que fundou o Sudeste era fanho: Itanhaém, Anhanguera, Anhembi, Anhangabaú… Já o índio que fundou a Amazônia era tarado: cupuaçu, tucunaré, pirarucu, curupati, tucumã, bacuri, baiacu… No início, meio ou fim, tinha que ter…).

  122. Guatambu said

    Elias,

    É uma pena que um estado tão rico, seja, ao mesmo tempo, tão pobre… a reforma tributária não só ajudaria a “salvar” o Pará e suas riquezas, como provavelmente o transformaria em um estado muito mais importante do que já é. Essa é a maior prova de que depender do Estado é uma merda: um Estado dependente “DO” Estado que só se f!#!#@…. é uma pena.

    Sobre os ratos, estive conversando com um gerente de fitossanidade de uma empresa, e ele dizia que a plantação tinha muitos ratos, e que o antecessor dele teve a brilhante ideia de levar gatos para lá.

    O problema é que os ratos da amazônia são maiores que gatos… e até algumas raças de cachorros…

    Como resultado a empresa passou a ter 2 problemas: ratos e gatos.

    No mais, acho que o índio do sudeste deveria, em algum momento, ter convivido com o índio da amazônia, e em algum momento comeu tucupi, bebeu jambu demais, terminou como pirarucu assado e, fanho, mudou-se!

    hahahahaha

  123. Elias said

    Guatambu,
    Essa convivência entre os índios da Amazônia e do Sudeste realmente existiu, e foi mais ou menos como tu disseste. Problemáticas pacas!

    Lá por volta de 1.100, os tupis começaram a migrar da Amazônia para o litoral sudeste. Até então essa região era habitada por índios do tronco macro-jê, a quem os tupis chamavam de “tapuia”, que significa algo assim como “inimigo”.

    Houve porrada entre eles e os tupis venceram, empurrando os tapuias para o oeste, para o interior do que futuramente seria o Brasil. Os tupis passaram a dominar o litoral do país, situação que permaneceria até que aqui chegaram os portugueses, trazendo a bacalhoada, as mulheres bigodudas, a corrupção, o apadrinhamento, o cartorialismo, as piadas de português, as doenças venéreas… Enfim, a civilização!

    Ah, sim! Os portugueses também trouxeram os ratos, que proliferaram a ponto de hoje o Brasil se achar em condições de exportar pra Portugal pelo menos uns 10 ratos pra cada português.

    Não é de hoje que rato se dá bem no Brasil…

  124. Elias said

    Ihhh!

    As ações do Petrossauro continuam subindo (apesar da queda no iBovespa).

    De 02-01-2015 (R$ 9,36) para 14-04-2015 (R$ 12,49), o papel já valorizou invejáveis 33,44%.

  125. Guatambu said

    Petrobras.

    To comprado… e feliz!

    hehehehehehe

  126. DAISE 2.0 said

    José Casado: ‘Vítima ou vilã?’
    Postado:Tue, 14 Apr 2015 18:02:35 +0000
    Publicado no Globo

    JOSÉ CASADO

    A realidade bate à porta: depois de um ano de investigações sobre corrupção na Petrobras, o governo, a companhia estatal e seus principais fornecedores começam a perceber os riscos a que estão expostos no país e no exterior.

    Semana passada, a Presidência da República se mobilizou porque o Tribunal de Contas decidiu apurar a responsabilidade de diretores e conselheiros da empresa, desde 2004, em negócios com prejuízos extraordinários.

    O TCU pode ajudar a iluminar um lado obscuro: a cadeia de comando que conduziu a Petrobras ao engajamento — simultâneo e a qualquer custo — numa miríade de transações suspeitas com refinarias, navios, plataformas, boias, sondas e ativos no exterior.

    Enquanto isso, anuncia-se uma avalanche de ações judiciais nos Estados Unidos e na Europa.

    Dentro das fronteiras nacionais, a Petrobras tem sido qualificada como “vítima”. Lá fora, porém, é vista como “vilã”. Por dois motivos:

    1) Alguns de seus principais executivos são reconhecidos protagonistas da corrupção que caracterizou as relações da companhia com empreiteiras e líderes políticos. E, nos EUA, tem prevalecido a lógica da responsabilização de empresas pela conduta de funcionários.

    2) Pairam suspeitas de fraudes e maquiagens nas sua contas durante toda a última década.

    A empresa brasileira aceitou submeter-se à legislação americana para captar poupança privada no mercado de capitais local. Agora, ela e os parceiros privados sob investigação começam a sentir o peso da jurisdição estrangeira.

    Processos foram abertos nos EUA contra a Petrobras, sua auditora financeira e mais 15 bancos nacionais e estrangeiros, intermediários nos lançamentos de títulos a partir de 2005.

    Fundos de pensão de Londres e dos estados americanos de Rhode Island, Ohio, Idaho e Havaí responsabilizaram uma dezena e meia de executivos do grupo estatal. E listaram outros 11 “indivíduos relevantes” para as ações — entre eles, a presidente Dilma Rousseff.

    A base é a legislação anticorrupção. Com 80 anos, suas premissas são a transparência na contabilidade e a afirmação da jurisdição americana sobre o comportamento de empresas e indivíduos em práticas corruptas com representantes de governos estrangeiros, entidades estatais ou paraestatais, candidatos, dirigentes ou integrantes de partidos políticos.

    A lei mira na intenção de quem paga e atinge todas as empresas envolvidas, mesmo as estabelecidas fora do território americano.

    No Brasil, até sexta-feira, estavam sob investigação 494 empresas e pessoas — além de 47 senadores e deputados.

    Os inquéritos brasileiros dependem da cooperação externa, ao mesmo tempo em que subsidiam iniciativas do Departamento de Justiça e da comissão de valores americana (SEC, na sigla em inglês). Têm peso específico as confissões do ex-gerente da estatal Pedro Barusco e do ex-diretor Paulo Roberto Costa.

    A situação é adversa aos interesses da Petrobras. Ainda que obtenha a qualificação de “vítima” de corrupção, a empresa brasileira terá outro problema pela frente — como adverte a advogada Isabel Franco em artigo na revista “Interesse Nacional”, que começou a circular ontem: está sujeita a multas pela forma como as fraudes foram contabilizadas. Um precedente é o bilionário processo de 2001 contra a Enron e sua auditora Arthur Andersen.

  127. DAISE 2.0 said

  128. DAISE 2.0 said

    dá lá ..toma cá! CORRUPÇÃO EXPLÍCITA

  129. DAISE 2.0 said

    LULA COM O CU NA MÃO

  130. DAISE 2.0 said

    QUANTO AO FACHIN….cima

    Lewandosky tem nas suas gavetas um pedido de investigação desde 2007, sobre Renan ( caso da amante paga pela construtora), feito pelo Procurador Gurgel.

    Imagine…o que acontecerá…rsrsrs

  131. DAISE 2.0 said

    PARA: Aos amigos Fernando, Luís, Manoel, Antonio, Joaquim, Pedro, Guatambú, Z, Elias e Fedorento informo que nós somos Legião.

    DE: Daise, Carlão, Michelle ou quem quer que seja por detrás…

    AUTOR: Daise, Carlão, Michelle ou quem quer que seja por detrás…

    Longa vida ao sítio do piaca pau vermelho. É sempre um prazer contribuir pelo bom andamento dos “trabalhos”…

  132. DAISE 2.0 said

    EM TEMPO:

    Declaro que não estou “por detrás” de ninguém. Não é a minha praia.

    Muito menos de vcs, meus queridos amigos:

    Fernando, Luís, Manoel, Antonio, Joaquim, Pedro, Guatambú, Z, Elias e Fedorento

  133. DAISE 2.0 said

  134. DAISE 2.0 said

    Meus amigos:
    “acelerada marcha à ré” e “por detrás” são escolhas pessoais do Pax.
    Vamos respeitar a intimidade dele.

    Cada um na sua.
    Liberdade de escolha de palavras.

    AUTOR: Daise, Carlão, Michelle ou quem quer que seja “por detrás”…

  135. DAISE 2.0 said

    Excelente notícia a de que o juiz Sergio Moro converteu a prisão temporária de Ricardo Hoffmann, o publicitário lavador de dinheiro, em prisão preventiva.

    Agora, Ricardo Hoffmann não poderá mais ficar no briefing — vai ter de revelar a campanha inteira, com sponsors, targeting, jingle e slogan.

    IDEM

  136. Patriarca da Paciência said

    Deram um chute na bunda do veínho apavoradinho do Brasil !

  137. DAISE 2.0 said

    POLÍCIA FEDERAL PRENDE JOÃO VACCARI, O TESOUREIRO DO PT!
    Postado:Wed, 15 Apr 2015 10:52:56 +0000
    João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, que diz contar com a inteira confiança do Diretório Nacional do partido, foi preso nesta manhã, na nova etapa da operação Lava Jato.
    Que coisa, né? O partido que veio para, como é mesmo?, “instaurar a ética na política” já viu na cadeia José Dirceu, Delúbio Soares, José Genoino e, agora, João Vaccari.
    Desse jeito, o petismo ainda acaba seus dias escrevendo o “Manual de Ética do Companheiro Presidiário”. Consta que, em breve, um outro peixão da legenda cairá na rede.

    RA + IDEM

  138. DAISE 2.0 said

    A GRANDE “BOQUINHA” DO PT

  139. DAISE 2.0 said

    O tesoureiro do PT é milionário

    Brasil 15.04.15 10:04
    João Vaccari Neto foi preso por enriquecimento ilícito.

    Fausto Macedo, do Estadão, citou as principais denúncias contra o tesoureiro do PT:

    1 – A quebra do sigilo bancário e fiscal dele, de sua mulher, de sua filha e de sua cunhada revelaram um “acréscimo patrimonial a descoberto”

    2 – Nos autos da Lava Jato há prova documental do pagamento de pelo menos 1,5 milhão de reais por empresas controladas pelo executivo Augusto Ribeiro, um dos delatores, à Editora Gráfica Atitude. O repasse, segundo a Lava Jato, teria sido feito por solicitação de Vaccari “em espécie de doação não-contabilizada” para o PT

    3 – Sua filha, Nayara de Lima Vaccari, “apresentou significativo acréscimo patrimonial entre 2009 a 2014″. O relatório fiscal informa que “entre os anos 2008 e 2013 ela não declarou nenhum rendimento tributável próprio de trabalho, porém seu patrimônio pessoal neste período sem atividade laboral própria independente e capacidade financeira cresceu de R$ 240 mil (decorrente de bens anteriormente declarados na DIRPF dos pais) para mais de R$ 1 milhão”

    O.A.

  140. Elias said

    Da Agência Brasil:
    ==========================
    “O Ministério das Relações Exteriores de Cuba reconheceu como justa, nessa terça-feira (14), a decisão do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de retirar a ilha da lista de países que patrocinam o terrorismo. A decisão de Obama foi enviada ao Congresso na manhã de ontem, para análise.”
    ==========================

    As voltas que o mundo dá.

    Logo depois da revolução cubana, o governo americano destacou um pessoal — oficialmente diplomático, mas, segundo as más e não tão más línguas, da CIA — pra atuar junto a Fidel Castro.

    Missão: tentar impedir que o então jovem líder cubano caísse definitivamente nas malhas da influência de seu irmão, Raul, tido e havido pelos americanos como um radical comunista, antiamericano até à medula.

    Claro que o pessoal diplomático (então, tá…!) comeu mosca, né?

    Décadas depois de muita espuma e pouca bala nas relações EUA x Cuba, parece que finalmente que o velho Sam e a morena rebelde das caraíbas vão trocar de bem. Logo, logo, vão pra cama, pois o cara lá do norte não costuma brincar em serviço, nem meter (epa!!!) prego sem estopa.

    E isso acontece, justamente, pelas mãos do matusa Raul, aquele que, segundo o governo americano de antigamente, costumava comer criança muito antes do Michael Jackson (e de modo diferente…).

  141. Elias said

    O Reinaldo Azevedo pediu que o PT, a CUT e sei lá quem mais, pusessem 100 mil pessoas nas ruas, a exemplo do que fizera a oposição, no último domingo.

    Parece que o jagunço da Abril vai acabar sendo atendido…

    Depois de mais de uma década de inércia e irrelevância, finalmente a CUT começa a ressuscitar a vaga noção de que ela é uma organização sindical e está conseguindo botar um monte de gente nas ruas, contra a lei da terceirização.

    Parece que também caiu a ficha dos bancários. Eles sacaram a roubada e já começam a paralisar agências.

    Vamos ver se esse negócio é só espuma, ou se os congressistas que apoiam a lei estão brincando de roleta russa…

    O Reinaldo me faz lembrar um pouco o Raimundão, um cara que trabalhou quase a vida toda para um tio meu.

    – Ô Raimundão, vem cá meu irmão: tu conheces o Dr. Manoel Prates?

    – Num cuin´eço não, mas já tô cum raiva dele…

    – Que é isso, cabra!? É só pra levar um quarto de bode pro home…!

  142. Guatambu said

    Elias,

    O sindicalismo no Brasil está em descrédito com os próprios trabalhadores.

    Ou a liderança dá uma volta nisso, ou eles vão ter problemas.

  143. Guatambu said

    China.

    Lembram-se do relatório do Credit Suisse que dizia que os ricos chineses haviam acumulado riqueza nos últimos anos?

    Pois é.

    Duas notícias interessantes sobre a China.

    1. A China reportou crescimento de “apenas” 7% no último trimestre… e a galera não tá acreditando. O mercado está achando que é muito menos.

    Não é de estranhar: a origem esquerdista do país leva, naturalmente a uma falta de transparência, tanto nas ações políticas quanto em seus dados oficiais.

    http://www.businessinsider.com/people-dont-believe-chinas-growth-figures-and-the-truth-is-far-worse-2015-4

    2. Os mais ricos chineses estão saindo do país.

    Depois que eu mostrei o reporte do Credit Suisse dizendo que países alinhados à esquerda, ao contrário do que os mais ingênuos acreditam, contribuem mais para a acumulação de riquezas no mundo, o pessoal ficou bravo comigo!

    Agora a notícia é que os mais ricos da China estão querendo sair do país.

    Claro! Sem dinheiro não há o que fazer… com dinheiro não dá pra viver num país de esquerda!

    A galera sai e vai desfrutar em algum outro lugar, mas eu aposto que os investimentos devem ficar. Afinal, lucra-se muito com a esquerda no poder, principalmente quem tem muuuito dinheiro!

    http://www.businessinsider.com/chinas-wealthy-fleeing-the-country-2015-4

  144. Guatambu said

    Grécia.

    Tanto a Grécia quanto o resto da Europa já se preparam para o default da primeira.

    http://www.businessinsider.com/a-senior-eurozone-figure-says-its-impossible-to-work-with-greece-and-theyll-miss-their-deadline-for-a-deal-2015-4

    Trabalhar com a galera de esquerda é muito ruim… eles simplesmente não cumprem os acordos que fazem…

  145. Pax said

    xi, marquinho, prenderam o Vaccari…

    será que vão pegar os Secretários de Estado de Desenvolvimento Urbano e Regional dos governos da quadrilha?

    sei não

    quem tiver com problemas que corra….

  146. Guatambu said

    Brasil.

    Falando em esquerda no poder.

    A Petrobras acumula uma alta legal, bem como o iBovespa e o Dólar… e a OGPar, do “falido” Eike Batista.

    Tudo depende do período de tempo da análise que você fizer de cada um dos ativos.

    No curto-prazo, sim, a Petrobras subiu mesmo. O novo presidente está muito engraçadinho falando aos quatro ventos da imprensa a “estratégia”: venda de ativos.

    A venda de ativos, que gera desemprego e que a esquerda odeia, está sendo aplaudida pela… esquerda! Mas tudo bem, não se pode esperar muita coerência da esquerda mesmo.

    O mercado tá achando legal, já que a empresa vai “fazer caixa” caso essas vendas se concretizem, o que minimizaria o rombo nas contas, principalmente causado pela corrupção.

    Mas e a corrupção, que é o centro da questão? Acabou?

    Não!

    Pois é… e o balanço auditado ainda não saiu. Tão rolando apostas pesadas para adivinhar quanto será o valor reconhecido do prejuízo do petrolão.

    Eu, particularmente, estou aguardando a primeira notícia ruim, para me desfazer da posição.

    Por enquanto estou no positivo, mas assim que o vento balançar a primeira folha, vai despencar denovo! Quem tiver investindo, que fique esperto para realizar seus lucros!!

  147. Guatambu said

    Ainda Brasil.

    Sabe para quem o Brasil é um atrativo hoje?

    Para fundos de Private Equity.

    Sabem o que fundos de Private Equity fazem?

    Eles reúnem investidores, compram empresas, botam um diretor financeiro lá, mandam uma galera embora, espremem a operação até ela dar lucro, passam a empresa para frente, vendendo ou fazendo IPO (abrindo ações na bolsa).

    Tem gente que acha isso legal, tem gente (principalmente de esquerda) que acha isso o cúmulo do capitalismo selvagem e maldito, imperialista, etc etc…

    Mas a verdade é que os fundos de PE estão de olho no Brasil. Principalmente os internacionais. Sim! Aqueles que, depois de realizado os lucros, levam os lucros para fora do país.

    Mas por que o Brasil?

    1. Porque o Brasil está barato: com a barrigada econômica e as taxas de juros subindo, o valor das empresas cai muito, o que se transforma em uma oportunidade muito agradável. A China, que ainda cresce a 7% ao ano, está cara demais… e com o PIB em viés de desaceleração. Pra que pagar caro por um carro que desacelera?

    2. Porque o Brasil é grande e relativamente estável comparado com outros Emerging Markets, muito maior que o México, Argentina, África do Sul e Turquia e mais estável que Rússia e Índia.

    3. Porque agora o governo está fazendo tudo o que sempre odiou fazer e seguindo a agenda do mercado: cortando gastos e falando aos quatro ventos sobre responsabilidade fiscal, o que gera uma expectativa muito positiva. Ahh… as expectativas! Psicologia econômica é uma delícia!

    4. Porque o real está muito desvalorizado (e deveria estar mais), mas isso torna a brincadeira mais barata ainda, em uma país que essencialmente depende de exportações.

    Não é o melhor dos mundos?!

    Quando o Brasil voltar a gerar riqueza, sabem pra onde essa riqueza vai?!

    Sim! Para onde os esquerdistas dizem que eles não gostam que a riqueza vá para lá!

    Viva a esquerda no poder!

  148. Pax said

    as esquerdas nórdicas não roubam tanto, caro Guatambu

    e as direitas que conheço, desconheço qual rouba pouco

    as esquerdas sulamericanas parece que imitam as direitas sulamericanas – roubam igual ou mais – infelizmente

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: