políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Petrobras: prejuízo de 21,6 bilhões em 2014, 30% corrupção e 70% má gestão

Posted by Pax em 23/04/2015

A Petrobrás teve prejuízo de 21,6 bilhões em 2014. Um bocado, cerca de 30%, por conta da corrupção e outra parcela, ainda maior, pela péssima gestão.

Dói no bolso dos brasileiros. Na alma ainda mais.

Sugiro leitura da crítica do Josias de Souza – Ruína da Petrobras tem nome(s): Lula e Dilma

Petrobras perde R$ 6,2 bi com corrupção e prejuízo soma R$ 21,6 bi em 2014

Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil Edição: Nádia Franco

A diretoria da Petrobras informou, há pouco, que a empresa teve prejuízo de R$ 6,2 bilhões com os desvios de recursos investigados pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal. O resultado líquido de 2014 ficou negativo em R$ 21,6 bilhões.

Ao apresentar o balanço auditado do ano passado, que já foi entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o gerente executivo de Desempenho Empresarial da Petrobras, Mario Jorge da Silva, disse que os ajustes de ativos foram de R$ 50,8 bilhões, somando os R$ 6,2 bilhões referentes a gastos adicionais capitalizados indevidamente e R$ 44,6 bilhões do provisionamento decorrente da desvalorização de ativos, o chamado Impairment.

Usando metodologia baseada no conteúdo da investigações do Ministério Público Federal, os valores referentes à Lava Jato referem-se a 3% do valor de contratos com 27 empresas membros do cartel entre 2004 e 2012. Entre as diretorias, a de Abastecimento foi responsável pelo desvio de R$ 3,4 bilhões, a de Exploração e Produção, por R$ 2 bilhões, e a de Gás e Energia, por R$ 700 milhões.

Doleiro e ex-diretor da Petrobras são condenados por desvios na Abreu e Lima

André Richter – Repórter da Agência Brasil Edição: Beto Coura

O juiz federal Sérgio Moro condenou hoje (22) o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef na ação penal sobre os desvios na construção da Refinaria Abreu e Lima, da Petrobras. A refinaria, em Pernambuco, é a principal obra investigada na Operação Lava Jato.

Costa recebeu pena de sete anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa. Youssef foi condenado a nove anos e dois meses por lavagem de dinheiro. A condenação ocorre um ano após a abertura do processo. Seis acusados de operar empresas de fachada também foram condenados. Todos podem recorrer à segunda instância da Justiça Federal.

Na sentença, Moro negou pedido de perdão judicial feito pelos advogados dos acusados. Embora eles tenham feito acordos de delação premiada para delatar o esquema de desvios nos contratos entre empreiteiras e a Petrobras, o juiz entendeu que o perdão não pode ser concedido, devido à gravidade dos crimes.

“Não cabe, porém, como pretendido, o perdão judicial. A efetividade da colaboração não é o único elemento a ser considerado. Nesse aspecto, considerando a gravidade em concreto dos crimes praticados e a elevada reprovabilidade de sua conduta, não cabe perdão judicial”, decidiu o juiz.

Apesar de não conceder o perdão, Moro manteve os benefícios concedidos ao ex-diretor no acordo de delação. Costa cumpre prisão domiciliar desde o ano passado e vai ficar na mesma situação até outubro, quando deverá passar para o para o regime semiaberto.

“Embora o acordo fale em prisão em regime semiaberto a partir de 1º de outubro, reputo mais apropriado o recolhimento noturno e no final de semana com tornozeleira eletrônica, por questões de segurança decorrentes da colaboração e da dificuldade que surgiria em proteger o condenado durante o recolhimento em estabelecimento penal semiaberto”, disse Moro.

No caso de Youssef, o doleiro vai cumprir três anos em regime fechado, mesmo se for condenado nas outras ações penais a que responde na Justiça, oriundas da Lava Jato. Após o período, o condenado passará para o regime aberto. Ele está preso desde o ano passado. O tempo será descontado da pena.

Na sentença, ficou comprovado que os desvios ocorreram por meio de repasses do Consórcio Nacional Camargo Corrêa, responsável pela obra da refinaria, para seis empresas de fachada, controladas pelo doleiro Alberto Youssef. Segundo o juiz, houve centenas de operações de superfaturamento de mercadorias e simulação de serviços prestados que envolveram R$ 18,6 milhões.

“A operação de lavagem, tendo por antecedentes crimes de peculato, tinha por finalidade propiciar o pagamento de vantagem indevida, ou seja, viabilizar a prática de crime de corrupção, devendo ser reconhecida a agravante. Observo que, nas circunstâncias do caso, ela não é inerente ao crime de lavagem, já que o dinheiro sujo, proveniente de outros crimes, serviu para executar crime de corrupção”, disse o juiz.

Na defesa, os advogados de Paulo Roberto Costa alegaram que o acusado cumpria exigências impostas pelo partido que o indicou para o cargo, o PP, e que se arrependeu dos crimes. A defesa de Youssef alegou que ele não era chefe do esquema criminoso que “servia ao financiamento político e a um projeto de poder”.

De acordo com o Ministério Público Federal, a construção inacabada da Refinaria Abreu e Lima foi orçada em R$ 2,5 bilhões, mas foram pagos até agora mais de R$ 20 bilhões.

Anúncios

277 Respostas to “Petrobras: prejuízo de 21,6 bilhões em 2014, 30% corrupção e 70% má gestão”

  1. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    Vamos por partes,

    em primeiríssimo lugar, foi feita, em verdade, uma RESERVA CONSERVADORA de 3% sobre todos os contratos, supondo casos de corrupção, tendo como fundamento as declarações do corrupto-mor, Paulo Roberto Costa. Como é impossível “calar a boca do povo” e, no máximo, poderá haver 3% de superfaturmento, foi previsto um suposto prejuízo nesse valor, o qual poderá ser bastante diminuído, conforme declarações do atual presidente da Petrobrás, à medida que os casos sejam comprovados.

    Em segundo lugar, é um completo absurdo dizer que os preços internacionais do Petróleo são fruto de má gestão da Petrobrás.

    Em terceiro lugar, a Petrobrás tem 69 bilhões em caixa, uma situação financeira mais que confortável.

    Então, os abutres perderam mesmo. A Petrobrás continua firme e forte.

  2. Guatambu said

    Petrobras.

    Ainda sem notícias sobre o valor das ações… dia de ansiedade, para operar e ganhar um dinheirinho nas costas desses corruptos vagabundos!

  3. Patriarca da Paciência said

    “Na segunda matéria especial de nossa série sobre o caso da “Helicoca”, Joaquim de Carvalho fala das incongruências, suspeitas e desencontros relativos à investigação e ao processo da apreensão de cocaína no helicóptero dos Perrellas.

    A série é resultado de um projeto de crowdfunding do DCM. ”
    (…)
    “Quando o advogado telefonou, descobriu que ela estava orando. A mulher, segundo ele, fez pedido próprio de quem espera pela condenação.

    — Cuida do meu filho, doutor.

    — A senhora mesmo vai cuidar dele, porque ele vai para casa.

    — Milagre! – disse a mulher, entre lágrimas.

    Evangélica, a mãe de Alexandre deve saber que 666, o número do inquérito da Polícia Federal, é também a marca da Besta que, segundo a Bíblia, aparecerá gravada nas mãos ou na testa das pessoas antes do juízo final.

    No caso do inquérito em Vitória, 666 serviu para expor os demônios do sistema judiciário, em que procurador briga com procurador, delegado inocenta previamente suspeitos, e o juiz, um profissional preparado, com pós-graduação na Sorbonne, dá uma resposta sincera diante da pergunta sobre a impunidade nesse rumoroso caso.

    — Eu continuarei juiz, você, jornalista e eles, traficantes.”

    Estranhíssimo desfecho para o caso do helicóptero apreendido com 500 quilos de cocaína !

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/procurador-da-republica-ve-indicios-de-farsa-na-investigacao-do-helicoptero-dos-perrellas/

    Há algo de muito estranho em nesse nosso Brasil !

  4. Patriarca da Paciência said

  5. DAISE 2.0 said

    A delação premiada de Lula

    Brasil 23.04.15 06:31
    O clipe de Lula no Comperj, aqui reproduzido, resume em 1’46” a rapina cometida na Petrobras.

    A versão integral do discurso é ainda mais reveladora. É quase uma delação premiada de Lula.

    Inicialmente, ele citou as autoridades presentes ao evento. Cinco deles estão sendo investigados pela Lava Jato:

    1 – “Quero começar cumprimentando o companheiro Sérgio Cabral”.

    2 – “Nosso companheiro Pezão”.

    3 – “O ministro Edison Lobão”.

    4 – “O nosso querido Paulo Roberto Costa, presidente em exercício da Petrobras”.

    5 – “Nosso companheiro Jorge Sergio Machado, presidente da Transpetro”.

    Em seguida, ele explicou os motivos daquele evento:

    “Eu sei que tem algumas pessoas que estão perguntando ‘por que o Lula já visitou pela terceira vez o Comperj, se ainda a obra não está sendo construída, está na fase da terraplanagem?’ A primeira coisa que tem que compreender é que eu adotei como filosofia de vida aquela de que ‘é o olho do dono que engorda os porcos’. Então, eu tenho que estar presente sempre, para saber se as coisas que nós decidimos estão funcionando”.

    Cinco anos mais tarde, as obras no Comperj continuam paradas, mas a filosofia de vida de Lula funcionou: os porcos engordaram um bocado.

    Depois de falar sobre seus porcos, Lula disse que sabia da roubalheira em Abreu e Lima. Ele disse também que a roubalheira tinha de prosseguir:

    “Se a gente não fica esperto, a obra da refinaria de Pernambuco estaria parada. Porque se levantou suspeita de sobrepreço em algumas obras. E foi para a comissão do Congresso, a comissão do Congresso colocou no anexo VI, e eu vetei, porque senão teria que ter mandado embora 27 mil trabalhadores”.

    Lula esclareceu igualmente que, para engordar seus porcos, a ração teria de ser fornecida pela própria Petrobras:

    “O companheiro Paulo Roberto Costa sabe, a Dilma Rousseff, como presidenta do conselho administrativo da Petrobras, sabe, o ministro Lobão, como ministro de Minas e Energia, sabe que, há cinco anos atrás, se dependesse da vontade da Petrobras, não teria nenhuma refinaria no Brasil”.

    Outro porco do chiqueiro de Lula, Hugo Chávez, entrou na história:

    “Numa visita de trabalho do presidente Chávez, conseguiu a parceria para a PDVSA se associar à Petrobras. Levamos três anos para construir essa parceria, porque a Petrobras e a PDVSA são duas grandes empresas, e duas moças bonitas no mesmo baile, elas sofrem uma concorrência natural entre elas, e nós demoramos muito para construir a engenharia do acordo que, graças a Deus, está pronto e está andando”.

    Lula, a essa altura, introduziu o único assunto que realmente interessava:

    “São bilhões de dólares, de investimentos. Se a gente for medir só o que a gente está fazendo, a gente vai ultrapassar os US$ 60 bilhões em refinaria neste país”.

    E apresentou seus cúmplices:

    “Aqui tem muitos empresários do setor da construção civil”.

    O juiz Sergio Moro poderia usar o discurso de Lula como prova da Lava Jato. Ele mostra claramente quem era o chefe do esquema.

    O.A.

  6. DAISE 2.0 said

    Entre Graça e Bendini sumiram 42% das perdas

    Josias de Souza

    Há três meses, ainda sob a presidência de Graça Foster, a Petrobras informara que precisaria dar baixa em R$ 88,6 bilhões dos seus ativos para compensar as perdas decorrentes da corrupção e dos equívocos gerenciais.
    Agora, comandada por Adelmir Bendini, a estatal esclarece que as perdas somam R$ 50,8 bilhões.

    Quer dizer: num intervalo de 90 dias, evaporaram dos registros contábeis R$ 37,8 bilhões em perdas —ou 42% do total estimado em janeiro.
    Tudo na Petrobras é superlativo. A estatal consegue ser amazônica até na criatividade matemática.

    Se você acompanha o vaivém da contabilidade da Petrobras e consegue manter a cabeça no lugar, você provavelmente está mal informado. Há sempre a possibilidade de confiar piamente nos dados mais recentes.
    Mas, se você fizer isso, depois não vai poder piar.

  7. DAISE 2.0 said

    O futuro da Petrobrás:
    A semiprivatização no desespero

    Economia 22.04.15 22:50
    Com o preço do petróleo baixo, a dívida em dólar que tende a aumentar, os processos milionários que correm nos Estados Unidos por causa da corrupção, a saída da Petrobras é vender ativos tangíveis e participações, na bacia das almas.

    É a semiprivatização no desespero.

  8. DAISE 2.0 said

    Por que Dilma não pede desculpas pelo saque à Petrobras?
    Dilma não tem o talento de Lula para mentir. Seu silêncio numa hora como essa só torna sua situação ainda mais incômoda

    23/04/2015 – 03h00
    Ricardo Noblat

    A Petrobras é importante demais para que os brasileiros se contentem apenas com um pedido de desculpas feito por seu atual presidente – alguém que chegou por lá acidentalmente há menos de seis meses, e que nada teve a ver com o saque à empresa promovido à sombra dos três últimos governos do PT.

    – Faço um pedido de desculpa em nome dos empregados da Petrobrás, porque hoje sou um deles – disse Aldemir Bendini, na ocasião em que anunciou o balanço auditado da empresa referente a 2014. O endividamento total da Petrobras aumentou 31%. A corrupção engoliu R$ 6 bilhões.

    Caberia à presidente Dilma pedir desculpas. Ninguém mais do que ela mandou tanto na empresa nos últimos 12 anos. Mandou enquanto era ministra das Minas Energia. Depois chefe da Casa Civil da presidência da República. Em seguida, presidente do Conselho de Administração da Petrobras. Por fim, presidente da República.

    Não se limitou a mandar à distância. Nomeou para a presidência da Petrobras uma amiga sua, Graça Foster. Nada ali dentro trocou de lugar sem que Dilma fosse informada a respeito.

    Se Dilma é inocente no caso da roubalheira que desqualificou aquela que foi uma das maiores empresas de petróleo do mundo, não importa. A empresa foi saqueada do segundo governo Lula para cá. E Dilma tem responsabilidade política nisso. E também moral.

    Como Lula teve no caso do mensalão.

    Com medo de ser deposto, ele convocou uma rede nacional de rádio e de televisão e pediu desculpas ao distinto público. Alegou que fora traído. Mas escondeu o nome dos traidores. Uma vez reeleito, deu o dito pelo não dito. Passou a dizer que o mensalão jamais existiu.

    Dilma não tem o talento de Lula para mentir.

    Seu silêncio numa hora como essa só torna sua situação ainda mais incômoda.

  9. Patriarca da Paciência said

    “Nova York – A temporada de balanços do quarto trimestre do ano passado está quase terminando e as maiores companhias de petróleo do mundo não mostraram bons resultados. Somados, os lucros de ExxonMobil, Chevron, Royal Dutch Shell, BP e ConocoPhillips foram de cerca de US$ 19 bilhões.

    A britânica BP informou nesta terça-feira, 4, que teve lucro de US$ 1 bilhão no quarto trimestre de 2013, uma queda de 33% na comparação com o mesmo período do ano anterior. O lucro nos negócios de refino caiu 95% e, embora a empresa tenha encontrado mais petróleo do que produziu, a rentabilidade diminuiu.

    Os custos do setor de petróleo estão em alta e provavelmente vão continuar subindo, enquanto a produção permanece em baixa.

    A ExxonMobil gastou mais dinheiro, mas extraiu menos petróleo e gás natural no ano passado e seu lucro caiu quase um terço. A Chevron também produziu menos e se comprometeu a gastar menos no próximo ano. A petrolífera britânica Royal Dutch Shell anunciou que teve lucro líquido 71% menor e suspendeu projetos no Ártico.

    Resultados ruins também da estatal brasileira Petrobras mostraram que a situação não se limita ao setor privado.

    Por causa da queda na produção dos campos, dos baixos preços do gás natural nos Estados Unidos, dos conflitos em regiões perigosas, dos atrasos em projetos caros e das crescentes pressões de custo, as grandes empresas do setor não conseguiram obter os lucros que o preço do petróleo em consistente alta poderia gerar.

    A ConocoPhillips contrariou a tendência, mas apenas porque vendeu US$ 7 bilhões em ativos, pois sua receita e produção vieram baixas no trimestre. Outras empresas continuam com uma estratégia de desinvestimento, mais notavelmente a Shell. No entanto, apesar de sempre parecer que há compradores chineses interessados, isso não resolverá os problemas no longo prazo. Fonte: Dow Jones Newswires.”

    http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/lucro-de-grandes-petroliferas-decepciona-diz-wall-street

    Já a Petrobrás, por ser uma empresa brasileira e, nós brasileiros somos melhores que todo mundo, tinha a obrigação de oferecer um lucro estrondoso.

  10. Patriarca da Paciência said

    “Por causa da queda na produção dos campos, dos baixos preços do gás natural nos Estados Unidos, dos conflitos em regiões perigosas, dos atrasos em projetos caros e das crescentes pressões de custo, as grandes empresas do setor não conseguiram obter os lucros que o preço do petróleo em consistente alta poderia gerar.”
    (do texto acima)

    Sobre esses assuntos os comentaristas da Globo, et caterva, sequer tocam !

    Tudo é culpa do Lula e da Dilma !

  11. Patriarca da Paciência said

    “A queda das ações da Petrobras – que chegou a passar de 8% – começa perder força. Por volta do mesmo horário, as ações preferenciais recuavam 4,12%, enquanto as ordinárias caíam 0,23%.”
    http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2015/04/acoes-da-petrobras-recuam-mas-bovespa-opera-em-alta.html

    É isso aí, é muito provável que as ações da Petrobrás terminem o dia em alta. De qualquer forma, o terremoto não aconteceu. O dólar, que o mercado dizia ser de bom tamanho ficar em R$ 3,10 é muito provável que estacione em R$ 3,00 – tendência já de algumas semanas.

    Os abutres estão inconsoláveis !

  12. Patriarca da Paciência said

    “Juiz da Lava Jato pode ter cometido um erro crasso ao prender a cunhada de João Vaccari Neto e prorrogado ontem sua prisão por mais cinco dias; segundo Sergio Moro, é Marice Corrêa de Lima quem aparece em imagens de câmera de segurança de uma agência do Itaú fazendo depósitos de dinheiro de corrupção na conta da mulher de Vaccari; ela nega; sua irmã, Giselda Rousie de Lima, contradisse Moro e afirmou que é ela, Giselda, quem aparece nas imagens; Polícia Federal vai periciar o vídeo usado pelo MPF para justificar a prisão e resultado pode apontar uma ação injusta; por outro lado, o único delator que revelou ter pago propina ao ex-governador de Minas Antonio Anastasia (PSDB), conhecido como “Careca”, foi solto por Moro e agora está desaparecido; segundo a PF, seu depoimento é fundamental para que se avance nas investigações contra o tucano”

    (247)

    A corrupção não tem cores partidárias, mas as pessoas tem !

  13. DAISE 2.0 said

    ESPECIALIDADES DAS MULHERES DA FAMIGLIA VACCARI:

    lavar dinheiro da corrupção (cunhada) ou “costurar pra fora” (esposa).
    E Vaccari não sabia de nada…rsrsrs

  14. Pax said

    Caro Patriarca,

    Parece quase unânime a análise que a má gestão e incompetência geraram o prejuízo enorme, principalmente com relação aos projetos do centro petroquímico do RJ e na Abreu e Lima…

    Talvez você seja um dos poucos que discordam dessa visão.

    Você e, claro, a turma responsável.

    Vim almoçar em casa hoje e vi o Jornal Hoje na tv. Até o presidente da Petrobras admite que houve má gestão. Ouvi de sua própria boca a expressão “má gestão”.

    Enfim, os dados e fatos estão aí, como também teu total direito de discordar.

  15. DAISE 2.0 said

    INCOMPETENCIA OU CORRUPÇÃO?

    Dilma é a chefona do setor energético — e também da Petrobras — há 12 anos. Está no 13º. Esta senhora só admitiu que poderia haver algo de errado na empresa 15 dias antes da eleição — e ainda o fez de modo oblíquo. Em 2009, já pré-candidata à Presidência, a então chefe da Casa Civil foi a público para tentar implodir, e conseguiu, a CPI da Petrobras.

    “Eu acredito que a Petrobras é uma empresa tão importante do ponto de vista estratégico, no Brasil, mas também por ser a maior empresa, a maior empregadora, a maior contratadora de bens e serviços e a empresa que, hoje, vai ocupar cada vez mais, a partir do pré-sal, espaço muito grande, né?, ela é uma empresa que tem de ser preservada. Acho que você pode, todos os objetos, pelo menos os que eu vi da CPI, você pode investigar usando TCU e o Ministério Público. Essa história de falar que a Petrobras é uma caixa-preta… Ela pode ter sido uma caixa-preta em 97, em 98, em 99, em 2000. A Petrobras de hoje é uma empresa com um nível de contabilidade dos mais apurados do mundo. Porque, caso contrário, os investidores não a procurariam como sendo um dos grandes objetos de investimento. Investidor não investe em caixa-preta desse tipo. Agora, é espantoso que se refiram dessa forma a uma empresa do porte da Petrobras. Ninguém vai e abre ação na Bolsa de Nova York e é fiscalizado pela Sarbanes-Oxley e aprovado sem ter um nível de controle bastante razoável”.

    Nota: Sarbanes-Oxley é o nome de uma lei dos EUA (formado a partir dos respectivos sobrenomes de um senador e de um deputado), de 2002, que estabelece mecanismos de transparência contábil para as empresas que operam na Bolsa dos EUA.

    Enquanto Dilma dizia essas coisas, os ratos corroíam a Petrobras.

    Convenham: quando menos, Dilma deveria ser enviada para uma cadeia moral, não é mesmo?

    R.A.

  16. Guatambu said

    Pax,

    Má gestão é eufemismo.

    A Petrobras sempre foi gerida do jeito que foi gerida.

    É uma empresa estatal, onde as decisões são decisões políticas, e não decisões de negócio.

    Vai culpar quem? A Graça Foster? Ela que era a presidente da Petrobras todo esse tempo. O que ela fez de errado? Ela aprovou todos os investimentos que estavam escritos no PAC1 e PAC2, que, REPITO, são decisões políticas e não de negócios.

    Quem mandou fazer PAC1 e PAC2? A Dilma, que era conselheira… e aí? Vai culpar a Dilma? Ora Pax…

    Quer fazer uma boa gestão da Petrobras?

    Tem 2 alternativas:

    1. O governo PROVA que há independência entre a gestão política brasileira e a gestão da empresa.

    2. Privatiza ou vende.

    O governo optou pela primeira opção. Tanto que o presidente da Petrobras está mandando o recado: quem manda aqui é a Petrobras, o governo só assiste.

    Por enquanto o mercado vai acreditando… até a hora que parar de acreditar… aí nós ganhamos dinheiro com essa palhaçada, claro. Por isso que é fácil ganhar dinheiro quando estatistas estão no poder.

    Lembra do que eu falei ontem? Eu tinha vendido, disse que o balanço com prejuizo iria fazer as ações caírem. E estão caindo. 1,24% até agora…

    Jajá vão subir denovo. Quando começar a dar sinais consistentes de subida, eu compro denovo.

  17. DAISE 2.0 said

    “PROFESSORES” PETISTAS TENTEM INVADIR PRÉDIO DA SEC. DA EDUCAÇÃO EM SÀO PAULO

    a violência mascarada como método

  18. Guatambu said

    Pax,

    Conte quantos países de direita e de esquerda tem no índice:

    http://www.businessinsider.com/16-most-socially-advanced-countries-2015-4#1-norway-16

    Os 16 países mais socialmente avançados em 2015.

  19. DAISE 2.0 said

    #17 A

    “PROFESSORES” PETISTAS TENTEM INVADIR PRÉDIO DA SEC. DA EDUCAÇÃO EM SÀO PAULO

    a violência mascarada como método de ensino.

    E se os alunos demoram a aprender eles chamam a “tontos maCUTs” da Apeoesp e enchem os alunos de porrada?

  20. Guatambu said

    Pax,

    E aqui uma visão diferente: os países mais felizes do mundo.

    Dado por uma abordagem mais psicológica.

    http://www.businessinsider.com/new-world-happiness-report-2015-2015-4

    Aqui o relatório oficial:

    http://unsdsn.org/wp-content/uploads/2014/02/WorldHappinessReport2013_online.pdf

    Conte aí, Pax, quanto da felicidade é por causa de países que adotam medidas de esquerda dentro do espectro político e conservadoras no espectro econômico.

    As esquerdas conservadoras apanham demais. É de dar dó.

    Agora, um dado que você pode achar interessante é o seguinte:

    Vá à página 148 do relatório oficial e veja a correlação entre o índice de desenvolvimento humano e a corrupção, de 0,56 e o índice de desenvolvimento humano e a falta de igualdade, de 0,58.

    Acho interessante porque isso, apesar de não estar provado em lado nenhum, mostra o tanto que nós somos invejosos!

    Aparentemente nos sentimos melhores quando a grama do vizinho está mais parecida comigo, mesmo que nós tenhamos que roubar um pouquinho mais para isso, né mesmo?

    Tem tudo a ver com o momento brasileiro militante de hoje, né? Em tese, os militantes são invejosos, e não o contrário!

    Se me permite, vc tbm tem a ver com isso:

    Vc adoraria uma sociedade sem corrupção e mais igual possível, como os socialistas de prateleira gostam.

    Mas detesta admitir que a maioria dos países que inventam de levar a cabo esse ideal acabam terminando como a Venezuela… É só olhar no discurso de quaisquer líderes daqueles países mais abaixo: o discurso deles é completamente socialista, totalmente pró-povo… já a realidade…

    O PT te iludiu, e iludiu um monte de brasileiros, igual esses ditadores, usando apenas um discurso um pouco mais refinado: o do “eles – os coxinhas” contra “nós – o povo”. Agora andam todos embasbacados quando 1 milhão de pessoas saem ás ruas para dizer: tem nada de eles e nós não. Aqui é todo mundo junto, queremos um país melhor e pessoas melhores no poder.

    Pelo que eu entendi vc nem botou o pé pra fora de casa nessas manifestações.

    Com todo o respeito, Pax, isso te faz um indignado de meia-tigela.

  21. Guatambu said

    Petrobras.

    Interessante: as ações ordinárias subiram, as preferenciais caíram.

    Por que?

    Porque as ações ordinárias não pagam dividendos: são aquelas usadas para investidores de menor prazo. Justamente aquelas que a esquerda brasileira detesta, que favorecem o capital especulativo.

    Obs: ações ordinárias compõem capital votante das empresas, como a Petrobras é uma estatal, quem tem ações ordinárias, na prática não manda p!@# nenhuma. Ou seja, quem compra Petrobras ON é para especular mesmo… ou é bobo.

    A subida nas ações ordinárias significa que o potencial especulativo para a Petrobras aumentou.

    Já o lucro…

    Ações preferenciais trazem outro tipo de vantagem: dividendos. Com prejuízos da ordem de 21 bilhões, provavelmente os dividendos serão afetados… caindo as ações de todos os investidores “bonzinhos” de acordo com a esquerda, aqueles que apostam no longo-prazo. Acho que a trolha foi pequena: só 1,52%, até pq a Petrobras tem histórico de boa pagadora de dividendos… mas tomou uma queda!

    Acima eu me confundi, passei pela minha mesa, chequei e vi as ações caindo, esqueci de checar se eram ordinárias ou preferenciais. Eu especulo, com ordinárias, não tenho preferência por preferenciais. Então, ignorem a dica anterior.

    O mercado já deu sinais de aprovação, vou esperar mais um pouquinho e talvez compre novamente. Os 5% de alta hoje, infelizmente não aproveitei…

  22. Pax said

    E quem está nesta lista de pessoas, caro Guatambu?

    veja o que vc escreveu acima: Aqui é todo mundo junto, queremos um país melhor e pessoas melhores no poder.

    aponte, pra nós, já que sou um Com todo o respeito, Pax, isso te faz um indignado de meia-tigela.

    adora atirar uma pedra, vamos ver os nomes que vc aponta que seriam as tais “melhores no poder”.

    Diz um nome, um par de nomes, uma lista, se vc conseguir.

  23. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    você leu o texto do comentário 09 ? É da revista Exame, especializada em economia. .

    vou repetir apenas um parágrafo.

    “Por causa da queda na produção dos campos, dos baixos preços do gás natural nos Estados Unidos, dos conflitos em regiões perigosas, dos atrasos em projetos caros e das crescentes pressões de custo, as grandes empresas do setor não conseguiram obter os lucros que o preço do petróleo em consistente alta poderia gerar.”

    Sobre esses assuntos os comentaristas da Globo, et caterva, sequer tocam !

    Tudo é culpa do Lula e da Dilma !

    Todas as grandes petrolíferas do mundo estão enfrentando seríssimos problemas. Os da Petrobrás foram maiores devido ao ataque dos abutres.

    É claro que houve corrupção. Assim como há corrupção em qualquer grande empresa do mundo.

    Mas não que apenas a corrupção foi a causadora de TODOS os problemas da Petrobrás.

    É uma visão muito estreita ver apenas um lado.

    Os corruptos da Petrobrás foram pegos durante o governo Dilma. Durante os governos militares e FHC, a corrupção grassava violenta e ninguém era punido. Aí é que está a diferença.

  24. Patriarca da Paciência said

    Veja mais um parágrafo da Exame, caro Pax.

    “Os custos do setor de petróleo estão em alta e provavelmente vão continuar subindo, enquanto a produção permanece em baixa.”

    A diferença é que a produção da Petrobrás tem forte tendência de alta.

    O ´Pré-sal já produz 800 mil barris dia. O Chesterton dizia que o Pré-sal iriai produzir, no máximo, 50 mil barris dia.

    A Petrobrás tem reservas confirmadas de 17 bilhões de barris.

  25. DAISE 2.0 said

    ONDE FEDORENTO VAI ENFIAR:

    A Petrobrás tem reservas confirmadas de 17 bilhões de barris.?

    NO CU DOS BRASILEIROS ???

  26. DAISE 2.0 said

    FEDORENTO É UM ROBÔ ANTIGO!
    perdido entre frases de efeito e muita “cachaça ideológica”.

    Castradinho…coitado …Ele apenas reproduz bobagens…do 171.
    A fina-flor da “cafajestagem mercenária”

    Nosso colega o FEDORENTO esqueceu o significado da realidade.

    Sugiro um “suicídio ideológico” urgente

  27. Patriarca da Paciência said

    Um depoimento sério.

  28. Patriarca da Paciência said

    Mula Sem Cabeça,

    uma pessoa com tamanha fixação em merda e odores desagradáveis, só pode se mesmo um cu.

    Vai aí minha homenagem a você !

  29. Patriarca da Paciência said

    “As ações ordinárias da Petrobras fecharam em alta de 5,63%. Já as preferenciais caíram 1,52%. No início do pregão, as ordinárias chegaram a cair mais de 6%, e as preferenciais, mais de 8%.
    Os dois tipos de papéis tiveram movimentos diferentes porque as preferenciais dão preferência no recebimento de dividendos (a parcela dos lucros que é destinada aos acionistas) e na quarta-feira, ao anunciar o balanço, o presidente da Petrobras, Aldemir ”

    http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2015/04/acoes-ordinarias-da-petrobras-sobem-forte-e-bovespa-fecha-em-alta.html

    Vejam só, as minhas previsões se confirmaram !

    eu escrevi no comentário 11, meio dia:

    “É isso aí, é muito provável que as ações da Petrobrás terminem o dia em alta. De qualquer forma, o terremoto não aconteceu. O dólar, que o mercado dizia ser de bom tamanho ficar em R$ 3,10 é muito provável que estacione em R$ 3,00 – tendência já de algumas semanas.

    Os abutres estão inconsoláveis !”

    Só que o dólar ficou abaixo de R$ 3,00. encerrou a 2,97 !

  30. Patriarca da Paciência said

    Quem lê a “óia”, tipo a Mula Sem Cabeça… pior ainda !

  31. DAISE 2.0 said

    ATENÇÃO !
    ULTIMA ORDEM..
    SUSPENDAM O VETERINÁRIO

    FEDORENTO, o porco já deu sinal de vida…
    uma tristeza

  32. Patriarca da Paciência said

    “BLOGUEIRO QUE RECEBIA MENSALÃO DE R$ 70 MIL PARA DIFAMAR DILMA TAMBÉM TRABALHOU PARA BETO RICHA

    A denúncia foi feita no Blog do Esmael:

    A Companhia Paranaense de Energia (Copel) também financiou ataques cibertucanos contra a presidenta Dilma Rousseff e o PT. A informação é de Fernando Gouveia, proprietário do site http://www.implicante.org, que registrou ontem (18) em seu perfil no Facebook:

    “A Agência Propeg é uma das empresas que são clientes da Appendix, entre as quais vale destacar a Vivas.Com, em contrato pelo qual prestamos serviço ao Governo do Paraná, numa ação para a Copel…”, escreveu Gouveia.

    Mais preciso impossível.

    Na manhã de ontem, ao repercutir reportagem da Folha de S. Paulo, o Blog do Esmael anotou que o governador do Paraná, Beto Richa, fez escola no PSDB nacional. Segundo o jornal, o blogueiro recebe mensalmente R$ 70 mil do governo de São Paulo para defenestrar adversários de Geraldo Alckmin, dentre os quais PT e Dilma.

    Ambos os governadores do PSDB, paulista e paranaense, têm o mesmo modus operandiporque a fonte pagadora dos cibertucanos é a mesma: o erário.

    Nas eleições de 2014, os senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB) foram os alvos prediletos dos cibertucanos pró-Richa.”

    http://br29.com.br/blogueiro-que-recebia-mensalao-de-r-70-mil-para-difamar-dilma-tambem-trabalhou-para-beto-richa/

  33. Patriarca da Paciência said

    Mula Sem Cabeça,

    como você não tem cabeça, seu órgão mais importante é o cu. Você pensa pelo cu, fala pelo cu e talvez até escreva com o cu.

    Você é mesmo um cu profundo, não apenas um “cu fundo” como você gostava de se retratar !

  34. DAISE 2.0 said

  35. Patriarca da Paciência said

    “Depois de um início bastante negativo da Petrobras, ações amenizaram perdas e destravaram o Ibovespa, que alcançou sua máxima em cinco meses; ações da Petrobras não chamaram a atenção somente pela “montanha-russa” após a divulgação do balanço de 2014, passando de uma queda de quase 10% para uma disparada, mas também pelo forte descolamento entre as ações ordinárias e preferenciais; as ações PETR3 fecharam esta quinta-feira em alta de 5,63%, a R$ 14,06, enquanto os ativos PETR4 tiveram queda de 1,52%, a R$ 12,92
    23 DE ABRIL DE 2015 ÀS 11:19″
    (247)

    Ora vejam só, entre o pico de baixa e o pico de alta, as ações Petra3 valorizaram 75%, ou seja, de R$ 8,00 em Janeiro para R$ 14,00 hoje. Os ativos da Petrobrás estão valorizados em 75% !

    Alguém duvida que a Petrobrás logo recupera toda a sua “desvalorização de ativos” e ainda ganha com folga ?

    É só esperar para ver.

    Os abutres continuam inconsoláveis !

  36. Pax said

    o caso do Implicante/Gravataí Merengue é mais um sinal que a diferença entre PT e PSDB é quase nula…

  37. Guatambu said

    Pax,

    Hoje, não há.

    O Partido Novo vem trazendo uma discussão bastante interessante no facebook e acho que vem fazendo um bom trabalho.

    Mas esse partido não tem nomes ainda, porque não foi registrado pelo TSE ainda.

    Estou esperando para ver no que vai dar.

    O resto é tudo a mesma josta: funcionários públicos vagabundos.

    Entre PSDB e PT, acho que são muito parecidos.

    Sou a favor de que o povo force a troca do poder de mãos, por isso não votei no PSDB em SP e não votei no PT no Governo Federal.

  38. Patriarca da Paciência said

    “Quinta-feira, 23 de abril de 2015 às 19:26
    O governo federal vai preparar, dentro de 30 dias, um plano de longo prazo para a revitalização do Rio São Francisco e de suas bacias nos próximos dez anos. A determinação foi dada pela presidenta Dilma Rousseff após reunião com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, nesta quinta-feira (23), no Palácio do Planalto.
    Ministro afirmou que estudo será entregue à presidenta em 30 dias. Foto: Renan Carvalhais/PR
    O estudo será feito em parceria entre os ministérios da Integração Nacional e do Planejamento, Orçamento e Gestão.
    “Nós estamos vivendo uma crise hídrica nessa região, principalmente no semiárido e no Sudeste, como nunca vivemos nos últimos 40, 50 anos. Então estamos trabalhando efetivamente para atuar no emergencial, mas pensando no curto, no médio e no longo prazo”, afirma Occhi.
    O ministro ressalta que obras já vêm sendo feitas para revitalizar o rio. Desde 2007, o governo investiu cerca de R$ 2 bilhões na revitalização do rio São Francisco. Apenas em 2014, foram mais de R$ 400 milhões.
    As ações de revitalização são, entre outras, replantação das matas auxiliares, desassoreamento o rio, obras de saneamento e a preservação de nascentes.”

    http://www.blogdilmabr.com/plano-para-intensificar-revitalizacao-do-sao-francisco-deve-ficar-pronto-em-30-dias-diz-ministro-blog-do-planalto/

  39. Guatambu said

    Petrobras.

    Lembra do que eu falei, sobre as opções de fazer com que a gestão da Petrobras vire uma gestão de mercado?

    Ou privatiza ou o Estado prova que não vai interferir.

    Bendine arrumou uma artimanha para contornar esse problema no Banco do Brasil.

    Fez isso com o BB Seguridade.

    E agora quer aplicar isso à Petrobras.

    O mercado provavelmente vai gostar de ouvir essa história.

    Mas novamente: é porque é uma empresa privada, e não Estatal.

    Não adianta espernear… o Estado é muito ruim para administrar as coisas. Tem que recorrer a artifícios como esses para poder fazer um papel que não consegue.

  40. Guatambu said

    E Pax,

    Não é que eu adore jogar uma pedra.

    É que eu gosto de chamar as coisas pelo que elas são, sem eufemismos.

  41. Patriarca da Paciência said

  42. Patriarca da Paciência said

    Aecim bebê chorão napoleão de hospício ficou sozinho na sua desvairada empreitada predatória contra a Petrobrás, o PT e o governo brasileiro.

    A indústria já está reagindo, os empregos já estão melhorando, as exportações idem, o dólar está caindo, só espero que não caia muito, pois pode afetar as exportações.

    Então é isso aí, os abutres continuam inconsoláveis.

    O telejornal da Globo, hoje, sequer mencionou a Petrobrás. ´Também, como que eles iriam noticiar que a ação da Petra3 já está valendo R$$ 14,00 ?

    Que entre o pico de baixa e o pico de ontem houve uma valorização de 75% ?

    A Petrobrás jamais será privatizada. A Petrobrás tem os melhores funcionários e as maiores reservas petrolíferas entres todas as companhias do mundo.

    Os abutres que queriam ver a Petrobrás repartida entre mercenários deram com os burros n’água !

  43. Guatambu said

    PT.

    Procede essa história de que o Lula está com o C% na mão?

    De que quer que a Dilma não faça discurso no dia do trabalho para evitar panelaço?

    Isso seria acusar o golpe, definitivamente….

  44. Guatambu said

    Grécia.

    Enquanto o Ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis fica tentando negociar o inegociável, quem sofre é o povo grego, que vai ter que pagar uma conta astronômica nos próximos anos… provavelmente pela próxima década.

    O partido de esquerda disse que não iria fazer concessões sobre reduzir o tamanho da máquina pública, e nem cortar benefícios sociais.

    Essa queda de braço se estendeu até essa semana, em que ocorreria o default grego por algo tão simples quanto falta de dinheiro.

    A irresponsabilidade do ministro ao negociar, digno de um líder de esquerda, só faz o povo perder, mais do que dinheiro, um tempo precioso, já que cada novo empréstimo que a Grécia consegue deverá ser pago com juros.

    Agora o ministro finalmente cedeu ao mercado… sim, o mercado sempre ganha. E fez algumas concessões.

    A situação da Grécia está longe de ser resolvida, e é questão de tempo até o mercado querer ver o que o Estado grego vai mostrar de resultados, afinal, não basta fazer concessões.

    http://www.businessinsider.com/r-greece-offers-concessions-in-talks-with-creditors-2015-4

  45. Guatambu said

    Argentina.

    Lembram-se do que eu falei sobre as esquerdas de prateleira, quando colocadas no poder, rapidamente se transformarem em pseudo-ditaduras?

    É o caso da Venezuela… e o que está acontecendo com a Argentina.

    Agora a Cristina Kirschner inventou uma teoria da conspiração para justificar o caso Nisman.

    Vamos ver onde isso vai dar.

    http://www.businessinsider.com/argentinas-president-is-now-resorting-to-anti-semitic-conspiracy-theories-2015-4

  46. DAISE 2.0 said

    Blogueiros cancerosos

    Brasil 24.04.15 08:31
    O G1 conta que uma “blogueira australiana fingiu câncer terminal para ganhar dinheiro”.

    É menos repugnante do que se vender para o PT ou para o PSDB.

    O.A.

  47. Elias said

    Patriarca,
    Ao que parece, as expectativas negativas em relação à Petrobras eram, mesmo, excessivas.

    O resultado disso é o “realinhamento” das cotações da PETR4 para um nível mais realista.

    Um resumo da evolução, tomando por base o dia 23 de cada mês, a partir de janeiro/2015:

    23/JAN: R$ 10,00; 23/FEV: R$ 9,49; 23/MAR: R$ 9,35; 23/ABR: 12,92.

    Hoje, a PETR4 está sendo negociada a R$ 13,53, em média. Provavelmente vai fechar o mês em R$ 14,00, mais ou menos…

    O que muito leigo não consegue perceber, é que os prejuízos provocados pela petrorroubalheira aconteceram de fato há muito tempo. Em termos econômicos, já foram digeridos pela empresa há vários anos.

    Hoje, a implicação para a empresa é puramente contábil. A apropriação contábil do prejuízo causado pelas petro-ratazanas não provoca desembolso financeiro, porque este aconteceu quando a bandalheira aconteceu.

    No caso da compra de empresas, p.ex., a repercussão contábil ocorre porque o ativo permanente terá que ser reavaliado para menor, e a diferença entre a apropriação original e o valor reavaliado é contabilizada reduzindo o Patrimônio Líquido, ou seja, prejuízo.

    A consequência econômica disso para a empresa é nula, porque não implica desembolso (este aconteceu quando da compra do ativo, não agora).

    Já para o acionista há consequência econômica, porque os rendimentos superavaliados que ele recebeu no passado, serão compensados de uma porrada só, agora, já que a apropriação contábil da diferença patrimonial reduz o lucro a distribuir.

    Quando isso acontece, o “mercado” fica puto da vida, porque mela o jogo de quem especulou com as ações da empresa. Quem comprou PETR4 no início de junho de 2013, p.ex., o fez a qualquer coisa em torno de R$ 20,00. Se manteve a bruta em carteira e vendeu em 2015, se ferrou. Por causa de coisas assim, um monte gente está preferindo segurar o papel, à espera de dias melhores.

    Pelo que pude observar até aqui, há um volume enorme de PETR4 sendo mantido em carteira. Gente que prefere não vender agora, seja porque a cotação atual ainda não remunera adequadamente o investimento, seja porque conta com uma recuperação ainda maior, nos próximos meses. Além do mais, não se pode ignorar o fato de que há muita especulação política em torno da Petrobras, e, como se viu agora, as análises movidas a interesse político quase sempre confundem desejo com constatação. Quando se trata de dinheiro, melhor não embarcar na onda das paixões políticas, né?

    De qualquer modo, essa mega-retenção em carteira também há de ter influído para que o preço da PETR4 tenha subido um pouco. O impacto real dessa influência provavelmente jamais será conhecido, ou, pelo menos, estimado. Mas que existe, existe…

    Vou ler o balanço do Petrossauro neste final de semana, pra ver o que ele diz. De cara, já se pode dizer que o provisionamento de 3% sobre o valor de todos os contratos sugere que o buraco pode ser menor do que aquilo que a imprensa especulou, até porque não dá pra imaginar as cobras criadas do pedaço provisionando abaixo da expectativa real…

    Grave mesmo, a meu pensar, é a quebra de R$ 44,6 bilhões de desvalorização de ativos. Estou curioso pra saber qual a parte que cabe ao pré-sal nesse bolo imenso…

    Se for o que eu penso que é, acho que o lucro líquido de 2015 — se houver — será modesto. É bem verdade que as perdas no pré-sal tendem a ser compensadas pelo custo menor na importação e pelo aumento do preço do combustível e demais derivados no mercado interno. Só que, pra uma encrenca desse tamanho… Acho melhor esperar por 2016…

  48. Elias said

    Guata,
    O governo de esquerda está tentando gerir a massa falida da Grécia.

    Pode ser que não consiga. O tempo dirá.

    Mas, quem faliu a Grécia não foi o governo de esquerda. Quem faliu a Grécia foram sucessivos governos liberais, principalmente aquele que patrocinou o ingresso do país na União Europeia, FALSIFICANDO INFORMAÇÕES sobre a real situação em termos de endividamento interno e externo, dentre outros mimos…

    …Com a inestimável ajuda de uma empresa americana, que, por sinal, andou por aqui, fornecendo consultoria para os inefáveis liberais brasileiros.

    Não confunde barafunda com furabunda.

    Os esquerdizóides gregos estão, apenas, tentando fazer o que pode pelo verdadeiro presente de grego que recebeu dos governos liberais, os quais, durante anos a fio, engaram os trouxas vendendo a ilusão de que a Grécia havia se tornado um país do Primeiro Mundo.

    Um autêntico presente de grego…

  49. Patriarca da Paciência said

    As ações Petra3, neste meio dia de hoje, já estão a R$ 15,22 !

    É mole ?

  50. DAISE 2.0 said

  51. Patriarca da Paciência said

    Elias, Neste momento a PETR4T.SA já está a R$ 14,00 e tudo indica que subirá mais ainda.

    Com o balanço do primeiro trimestre de 2015 anunciado para 15 de Maio, creio que as ações se valorizarão mais ainda.

    Em pouco tempo a “crise da Petrobrás” não passará de um sonho alucinado do aecim bebê chorão napoleão de hospício e seus seguidores inconformados com a derrota eleitoral.

  52. DAISE 2.0 said

    Cunhada de Vaccari diz que ‘indenização’ paga pelo PT cobriu compra de apartamento em 2011
    OESP
    24 Abril 2015 | 05:12

    Marice Corrêa Lima, suspeita de auxiliar ex-tesoureiro petista na movimentação de propina da Petrobrás, afirma ter recebido R$ 240 mil do partido por danos gerados após citação de seu nome no escândalo do mensalão
    Por Ricardo Brandt, Julia Affonso e Fausto Macedo
    A cunhada de João Vaccari Neto, Marice Corrêa Lima, declarou que foi uma indenização de R$ 240 mil paga pelo PT por causa do escândalo do mensalão que cobriu o valor desembolsado por ela na compra de um apartamento em construção no Guarujá, litoral paulista, em 2011, da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop) – fundada por um núcleo do PT nos anos 1990 e que teve Vaccari como dirigente.

    O imóvel, declarado por R$ 200 mil, foi devolvido um ano depois para a incorporadora da obra e rendeu à Marice um crédito de R$ 432 mil. A empresa é a OAS – uma das 16 empreiteiras acusadas de cartel e corrupção na Petrobrás. Em 2014, o imóvel foi vendido por R$ 337 mil.

    Tanto a origem do dinheiro da compra, como o lucro de mais de 100% na venda são considerados supostas operações fraudulentas de ocultação patrimonial e lavagem de dinheiro de Vaccari, via Marice.
    Os procuradores da República e a PF suspeitam que o negócio “serviu para ocultar e dissimular a origem ilícita dos recursos, tratando-se de possível vantagem indevida paga pela OAS a João Vaccari Neto”.

    Mensalão. Segundo a cunhada afirmou em depoimento prestado à Polícia Federal, no dia 20, o pagamento do imóvel é justificado. Segundo ela, o PT fechou um acordo extrajudicial com ela e pagou R$ 240 mil, em 2011, por seu nome ter sido citado, em 2005, quando era funcionária do partido, na entrega de R$ 1 milhão, em dinheiro vivo, à Coteminas – empresa do então vice-presidente José Alencar.

    A maior parte desse dinheiro, R$ 200 mil, entrou na conta de Marice, em pagamentos feitos entre março e novembro de 2011 pelo escritório de advocacia do ex-deputado federal Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP), revelou análise de inteligência da Receita Federal, feita após quebra de seu sigilo.

    No depoimento, Marice confirmou aos investigadores da Lava Jato que a compra do apartamento em construção da Bancoop foi feito “utilizando os recursos recebidos de uma indenização por danos morais, pagos por um advogado mediante acordo”.

    Marice afirmou que o pagamento da indenização “não foi precedida de processo ou de notificação judicial ou extrajudicial”. Foi um acerto entre as partes por causa da “divulgação do nome” “em associação ao caso ‘Mensalão’”.

    Questionada sobre o fato de o caso do mensalão ter ocorrido em 2005 e o pagamento em 2011, a cunhada de Vaccari disse que houve uma negociação com o PT por algum tempo. “A qual culminou com o reconhecimento do direito da declarante a ser indenizada”, registra a PF.

    Marice afirmou que existe um contrato e “que todos os pagamentos foram feitos mediante cheques da agremiação partidária e depositados em sua conta-corrente” e que vai buscar uma cópia desse documento para apresentar às autoridades.

    Conflito. As declarações de que a origem do dinheiro do apartamento comprado e devolvido para a OAS era o PT, surgiram após a força-tarefa identificar incompatibilidade entre os dados declarados no Imposto de Renda de Marice e o que mostrou a quebra de seu sigilo fiscal e bancário.
    Análise de inteligência da Receita Federal detectou que em 2011 Marice havia declarado no seu Imposto de Renda que os valores seriam uma indenização do FGTS.

    “De acordo com os dados fiscais, tem-se que em 2011, Marice justificou a entrada de recursos para a compra de um imóvel com base em rendimento não tributável no item indenizações por rescisão de contrato de trabalho, PDV, acidente de trabalho ou FGTS, valor de R$ 240 mil”, informa o relatório usado pelo MPF nos seus pedidos de prisão de Marice.

    A Lava Jato foi buscar informações na Caixa Econômica Federal, e constatou que Marice “adquiriu dois contratos de empréstimo junto à instituição financeira, não mencionando nenhuma movimentação financeira na conta de FGTS” vinculada a ela.

    “Em contrapartida, entre março e novembro de 2011 aparecem depósitos mensais do Escritório de Advocacia Luiz E. G. S/C no valor total de R$ 200 mil.” O escritório foi identificado como do ex-deputado.
    “Esse montante de R$ 200 mil associados aos diversos depósitos em espécie não identificados de valores menores, cobrem os R$ 240 mil supostamente recebidos de indenização do FGTS”, sustenta o MPF.

    “Ou seja, a declaração da utilização do FGTS para legitimar a origem dos R$ 200 mil utilizados para a aquisição do edifício Mar Cantabrico (atual Solaris) é aparentemente falsa, sendo um estratagema para justificar a origem ilícita dos recursos.”

    Para os procuradores, a “explicação da origem dos recursos supostamente utilizados para a compra do imóvel no Edifício Solaris (indenização de danos morais paga de forma espontânea pelo PT sem condenação judicial) é absolutamente fantasiosa”.

    Defesa. Procurados, nem o PT nem o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh responderam aos questionamentos feitos pela reportagem, até o fechamento desta edição.
    O criminalista Claudio Pimentel, que defende Marice, informou que todas as suas movimentações financeiras e evoluções patrimoniais são justificáveis e feitas dentro da lei.

  53. Elias said

    Patriarca,
    Eis o que diz o Relatório da Administração da Petrobras, sobre a Lava Jato e suas repercussões sobre a empresa:

    ===========================
    “A Companhia reconheceu no terceiro trimestre de 2014 uma baixa no montante de R$ 6.194 milhões de gastos capitalizados referente a valores que a Petrobras pagou adicionalmente na aquisição de ativos imobilizados em períodos anteriores.

    De acordo com depoimentos obtidos no âmbito de investigações criminais conduzidas pelas autoridades brasileiras, que se tornaram públicos a partir de outubro de 2014, altos executivos da Petrobras conspiraram com empreiteiras, fornecedores e outros envolvidos para estabelecer um cartel que, entre 2004 e abril de 2012, sistematicamente impôs gastos adicionais nas compras de ativos imobilizados pela Companhia. Dois ex-diretores da Companhia e um ex-gerente executivo, que não trabalham para a Petrobras desde abril de 2012, estavam envolvidos nesse esquema de pagamentos. Os valores pagos adicionalmente pela Companhia foram utilizados pelas empreiteiras, fornecedores e intermediários agindo em nome dessas empresas para financiar pagamentos indevidos a partidos políticos, políticos eleitos ou outros agentes políticos, empregados de empreiteiras e fornecedores, os ex-empregados da Petrobras e outros envolvidos no esquema de pagamentos indevidos. A Companhia não realizou qualquer pagamento indevido.

    A Petrobras acredita que os valores que foram pagos a mais em decorrência do referido esquema de pagamentos indevidos não deveriam ter sido incluídos no custo histórico do seu ativo imobilizado. Contudo, a Companhia não consegue identificar especificamente os valores de cada pagamento realizado no escopo dos contratos com as empreiteiras e fornecedores que possuem gastos adicionais ou os períodos em que tais pagamentos adicionais ocorreram. Como resultado, a Petrobras desenvolveu uma metodologia para estimar o valor total de gastos adicionais incorridos em decorrência do referido esquema de pagamentos indevidos para determinar o valor das baixas a serem realizadas, representando em quanto seus ativos estão superavaliados como resultado de gastos adicionais cobrados por fornecedores e empreiteiras e utilizados por eles para realizar pagamentos indevidos.

    O efeito total dos ajustes por área de negócio é apresentado a seguir: (i) E&P: 1.969; (ii) Abastecimento: 3.427; (iii) Gás & Energia: 652; (iv) Distribuição: 23; (v) Internacional: 23; (vi) Corporativo: 100; TOTAL: 6.194.”
    ==============================

    Não foi, portanto, um provisionamento. Foi uma baixa efetiva. O impacto dessa baixa só será alterado, portanto, pela recuperação do dinheiro em poder dos ladrões.

    Nesses casos, notadamente no Brasil, em geral se recupera bem pouco.

    Dos R$ 6,2 bilhões pagos a mais pela Petrobras, p.ex., apenas uma pequena parcela terá ficado em poder dos corruptos. Estes ganharam devem ter recebido comissão por terem viabilizado a bandalheira.

    A maior parte desse dinheiro terá ficado em poder das empresas fornecedoras, que venderam ativos supervalorizados. E as autoridades brasileiras pouco ou nada estão fazendo pra acionar essas empresas.

    Fica-se, então, apenas com o quê, nos acordos de delação, os corruptos dizem ter recebido.

    Ora, os cabeças do esquema foram descobertos e demitidos em 2012. Mas só fecharam acordos de leniência em 2014. Tiveram, portanto, 2 anos para fazer uma reengenharia patrimonial, mascarando o que for possível, de seus ganhos ilegais.

    Dificilmente eles admitirão a totalidade do que roubaram. Nos países com bastante experiência em acordos de leniência, a taxa de recuperação nunca é superior a 50%. Pelo menos a metade do que foi roubado continua em poder dos ladrões.

    Imagina aqui… O que deve haver de gente se dando bem nessa história, não é fácil…!

  54. Elias said

    Diz o Josias de Souza: “Os auditores lançaram na coluna do passivo perdas de R$ 50,8 bilhões. Desse total, R$ 6,194 bilhões referem-se ao câncer das propinas escarafunchadas na Operação Lava Jato. Os outros R$ 44,63 bilhões viraram fumaça por conta da incúria administrativa.”

    Esse cara é um dos jornalistas — ou articulistas — mais famosos do Brasil.

    O sacana diz, na lata, que “R$ 44,63 bilhões viraram fumaça por conta da incúria administrativa”, sem se julgar na obrigação de demonstrar minimamente o que diz.

    Aí a gente pega as demonstrações contábeis (auditadas) da empresa, procura evidências da tal “incúria” e… Não encontra!

    Há perdas decorrentes de variações cambiais, da queda do preço do barril do petróleo no mercado internacional, da repercussão dessa variação de preço sobre a produção interna, etc. Ou seja, um monte de fatores sobre os quais a empresa não tem a menor influência. São as chamadas “externalidades”.

    Mas o artista já decretou que houve, simplesmente, “incúria administrativa.”

    Assim fica mais fácil…

    Assim, ele não tem o trabalho de analisar e a boiada não tem o trabalho de pensar…

    Êhhh boi! Êhh gado bom…!

  55. Elias said

    Patriarca,
    Eu me refiro à cotação da ação da Petrobras sempre pelo preço médio. Não pelo máximo, nem pelo mínimo.

  56. DAISE 2.0 said

    Governo do PT pagou Bolsa Pesca até para mortos
    Posted:Fri, 24 Apr 2015 00:18:58 +0000
    De ‘robalo’, o PT entende.

    O governo de Dilma Rousseff fez pagamentos irregulares, entre 2012 e 2013, de mais de R$ 19 milhões através do seguro-defeso, o chamado Bolsa Pesca, destinado a pescadores artesanais durante o período do defeso, em que a pesca de determinadas espécies é proibida.

    Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), iniciada durante a gestão do ministro da Pesca Marcelo Crivella, descobriu tudinho:

    – funcionários públicos e recebedores de benefícios previdenciários não podem receber o Bolsa Pesca, mas recebiam;

    – há 46,8 mil registros de pescadores com CPF irregular, com a possibilidade até de criação de CPFs para obtenção do benefício;

    – há casos de parcelas do seguro pagas fora do período do defeso;

    – há casos de ausência de registros sobre embarcações utilizadas pelos beneficiários;

    – há parcelas pagas a menores de 18 anos, outra proibição da legislação sobre o seguro.

    Mas o dado mais impressionante é que 373 parcelas do Bolsa Pesca foram pagas a pessoas mortas.

    Eu não sabia que era proibido pescar depois de morrer.

    Aprendi com o PT.

    M.B.

  57. Elias said

    Parece que o Pizzolato sifu…

    O governo italiano já bateu martelo, concedendo a extradição e o governo brasileiro deve recambiar o péssimo mais ou menos em 20 dias.

    Aqui o artista terá que cumprir mais de 12 anos vendo o sol nascer quadrado. Como ele fugiu, inclusive usando documentos falsos, dificilmente conseguirá abrandamentos do tipo “prisão domiciliar”, “regime semi aberto” & mimoseios do gênero.

    Esse cara vai pirar…

  58. Elias said

    A Daise diz que aprendeu com o PT a pagar renda compensatória de defeso pra “pescador” defunto…

    Demora a aprender, essa moça…

    Esse lance é mais antigo que o primeiro LP do Roberto Carlos… A bem da verdade, existe desde os tempos do Vicente Celestino!

    Houve a apuração de uma falcatrua desse tipo logo depois da substituição do Collor pelo Itamar. Tinha pagamento a “pescador” falecido, e até falso pescador que era, também, falso transexual: uma pessoa chamada Francisca dos Santos, p.ex., passava a se chamar Francisco dos Santos, sem ter mudado de sexo (nunca entendi por que essa doida fez isso). “Pescador” que nunca havia pescado na vida (quanto mais depois de morto…) era coisa que não faltava…

    No Pará, e numa única semana, foram identificados e presos centenas de falsos pescadores, todos apanhados com a mão na massa, nas agências bancárias, no momento em que tentavam receber a renda compensatória do período de defeso, posteriormente batizada como “bolsa pesca”. Na verdade, em sua maior parte eram “assessores” (leia-se: cabos eleitorais) de políticos.

    Desses políticos, naquela época, nenhum era do PT.

    Eles aprenderam e ensinaram pra Daise.

    Agora a Daise já sabe.

    Te cuida, bolsa-pesca!

  59. DAISE 2.0 said

    ALÔ, BLOGUEIROS SUJOS E LIMPINHOS! ENTREM NA MINHA CAMPANHA POR “CPI DOS BLOGS JÁ”! CHEGOU A HORA DE SABER QUEM PAGA QUEM E POR QUÊ!

    Quero aqui hoje dar início a uma campanha nacional. E espero contar com a adesão de todos os blogueiros de esquerda — ou que, vá lá, se tornaram de esquerda depois que o PT chegou ao poder, já que alguns deles, no passado, têm relevantes serviços prestados à extrema direita. Vamos ver.

    Leio na Folha que “O diretório estadual do PT, em São Paulo, vai entrar com representação no Ministério Público pedindo investigação sobre os pagamentos mensais efetuados há dois anos pelo governo Geraldo Alckmin (PSDB), por prestação de serviços de comunicação, à empresa de um blogueiro antipetista”. O jornal vai adiante: “Reportagem da Folha publicada no último sábado mostra que a Appendix Consultoria, contratada como prestadora de serviços de comunicação para a Secretaria de Estado da Cultura, criada pelo advogado e blogueiro Fernando Gouveia há dois anos, recebe dos cofres estaduais R$ 70 mil por mês para atualizar o portal e os perfis da secretaria nas redes sociais. Gouveia, que usa o pseudônimo Gravataí Merengue na internet, se apresenta como “CEO”, ou executivo principal, do site Implicante”.

    Muito bem! Chegou na hora de a gente botar os pingos nos is dessa história. Blogueiros de todas as tendências, unamo-nos em favor da transparência!

    Alô, senhores deputados!
    Alô, senhores senadores!
    Alô, ministro Edinho Silva!
    Alô, presidente Dilma Rousseff!
    Alô, prefeitos, governadores!

    Chegou a hora de fazer uma CPI do Financiamento dos Blogs! Vamos ver quem paga quem! Vamos ver de onde vem a renda dos blogueiros “progressistas”, “reacionários”; “petistas”, “antipetistas”… FAÇAMOS ISSO EM ESCALA FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL.

    QUEM TOPA A MINHA PROPOSTA?

    Eu quero saber quanto a Petrobras deu a blogueiros nos últimos 12 anos.
    Eu quero saber quanto o Banco do Brasil deu a blogueiros nos últimos 12 anos.
    Eu quero saber quanto a Caixa Econômica Federal deu a blogueiros nos últimos 12 anos.

    EU QUERO SABER QUANTO O BNDES ANDOU EMPRESTANDO A UM BLOGUEIRO, EM DINHEIRO VIVO, NOS ÚLTIMOS 12 ANOS.

    Alô, blogueiros limpos e sujos! Vocês topam entrar em defesa de uma CPI dos Blogs? Vamos tentar entender como funciona essa máquina?

    Eu quero saber os critérios usados pela Secom e pelas estatais para distribuir verba publicitária. É por número de leitores? É por trânsito? É por internautas? É por influência?

    O PT quer investigar a Appendix Consultoria e o blogueiro Fernando Gouveia? Que se investigue! Mas por que só ele? E QUE SE NOTE: NÃO ESTOU PROPONDO QUE SE INVESTIGUE TODO MUNDO PARA QUE NÃO SE INVESTIGUE NINGUÉM. A PROPOSTA É PARA VALER.

    Os petistas e esquerdistas aceitam essa minha proposta? Não? Por que não? Então que os tucanos e oposicionistas no geral comecem a recolher assinaturas em favor de uma CPI dos Blogs. Há valentes que se disfarçam de jornalistas que estão na lista de pagamento de Alberto Youssef e de outros envolvidos na Operação Lava Jato.

    Pronto! FORNEÇO AQUI ATÉ O FATO DETERMINADO. Querem outro? Financiamento do BNDES a blogueiro. Com que propósito?

    COVARDES PROPÕEM INVESTIGAR SÓ O BLOGUEIRO FERNANDO GOUVEIA. CORAJOSOS PROPÕEM INVESTIGAR TODAS AS FONTES PÚBLICAS DE FINANCIAMENTO DE TODOS OS BLOGUEIROS, NÃO IMPORTA A SUA TENDÊNCIA.

    Alô, deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara! O senhor tem feito, até agora, no comando da Casa, um bom trabalho. Preste mais esse serviço à transparência! Aliás, o senhor é um dos alvos preferidos de alguns blogueiros financiados por estatais. Vamos nessa?

    Aguardo a adesão de blogueiros sujos e limpinhos à minha proposta. Por uma CPI do Financiamento Público de Blogs já!

    Não se acovardem, petistas! Conto com vocês!

    Ministro Edinho, aguardo seu apoio à minha proposta. Vamos falar sobre mídia técnica, entre outros assuntos.

    Luciano Coutinho, presidente do BNDES! Vamos explicar ao povo por que um blogueiro merece receber empréstimo de um banco de fomento, as condições em que o dinheiro foi dado e a forma de pagamento.

    Senhores comandantes da CEF, do Banco do Brasil e da Petrobras! Deixem claro ao povo brasileiro o critério que bancos e empresas públicas usam para distribuir um dinheiro que é do… público!

    Está feita a proposta! Tenho a certeza de que blogueiros de todas as tendências apoiarão a sugestão. Afinal, eles são todos muito corajosos.

    Por Reinaldo Azevedo

  60. DAISE 2.0 said

    # 59 Elias, tem mais coisas que eu aprendi….

    Qualquer idiota regular sabe que não foi o pt quem inventou a corrupção e muita fraude de pagamentos em programas federais, principalmente nas regiões carentes do Brasil. Roubam merendas escolares e contribuem pra miséria nacional. Quanto mais miseráveis ..melhor.
    Há décadas.
    Afinal o Norte e Nordeste sempre foram valhacoutos de “coronéis” sangue sugas dos menos afortunados.É saga antiga na região.

    No entanto só idiotas especiais acreditam que o pt se empenhou em corrigir a situação delituosa.

    Ao contrário tudo indica que o pt “sentou” em cima da “mandioca corruptora” e gostosamente “agasalhou o croquete”.

    Ou não?

    Mas quando a denúncia aparece, os idiotas regulares e especiais correm a afirmar que os culpados foram os seus antecessores não petistas.

    Por isso Pará e Maranhão (Barbalho e Sarney) foram sempre poupados de investigações profundas nestes graves desvios de finalidade pelos governos redentores de lulalá, o embusteiro e “foradiumavez”, a fantasma do Planalto. AFINAL ERAM ANTECESSORES NÃO PETISTAS.

    Essa mandioca corruptora é a preferida dos “agasalhadores de croquete” entre eles alguns idiotas especiais, os regulares e até os sem qualificação, os sub idiotas, como o Fedorento.

    O pt contrariando a DESGRAÇA MENTAL contida no “rouba mas faz” pretende agora lançar um novo lema de campanha: “PT : ROUBA MAS NÃO FAZ”

  61. DAISE 2.0 said

  62. DAISE 2.0 said

    #59 ALÔ, BLOGUEIROS SUJOS E LIMPINHOS! ENTREM NA MINHA CAMPANHA POR “CPI DOS BLOGS JÁ”! CHEGOU A HORA DE SABER QUEM PAGA QUEM E POR QUÊ!

    chegou a hora da onça beber água…e, como lulalá não sabe até hoje, a hora da onça beber água é quando ela fica vulnerável e pode ser aprisionada ou morta por caçadores.

  63. Patriarca da Paciência said

    ” A Companhia não realizou qualquer pagamento indevido.
    Como resultado, a Petrobras desenvolveu uma metodologia para estimar o valor total de gastos adicionais incorridos em decorrência do referido esquema de pagamentos indevidos para determinar o valor das baixas a serem realizadas, representando em quanto seus ativos estão superavaliados como resultado de gastos adicionais cobrados por fornecedores e empreiteiras e utilizados por eles para realizar pagamentos indevidos.”
    (do relatório da Petrobrás)

    Elias,

    como você mesmo escreveu, o sobrepreço pago realizou-se durante muitos anos e já foi absorvido pela empresa. O reconhecimento no Balanço, em 2014, é contábil/saneador e não terá nenhum reflexo financeiro. É ótimo para a empresa porque traz credibilidade, como de fato já está acontecendo. Inclusive, para a empresa, reconhecer o prejuízo, foi ótimo, pois, ao não pagar dividendos, manteve mais dinheiro em caixa.

    Aconteceu simplesmente que a empresa “encolheu” um pouco, mas financeiramente está ótima e com perspectivas espetaculares !

    Tanto que as ações estão recuperando rapidamente o valor.

  64. DAISE 2.0 said

    Ap triplex no Guarujá e Sitio Santa Barbara em Atibaia….

    O molusco não tem do que reclamar… A corrupção lhe sorriu

    http://msalx.veja.abril.com.br/2015/04/24/2144/pe6Cx/alx_sitio-santa-barbara-casao-oas-13-jpg_original.jpeg?1429922642

  65. Patriarca da Paciência said

    Só uma perguntinha.

    Alguém acredita que a Mula Sem Cabeça seja pura e imaculada ?

    Alguém acredita em fariseus, tartufos, hipócritas, etc.etc.etc . ?

    O órgão mais importante da Mula Sem cabeça é mesmo o cu !

  66. Pedro said

    Parece que o Patriarca anda meio desesperado. O grande pensador ta baixando o nível demais.

    Bem, depois que entrei nesta de presidente sindical tudo melhorou.
    Não preciso produzir e não posso ser demitido. E ainda recebo um dia de trabalho de todos vcs.
    Portanto, já pro trabalho escravos :-)
    Vou num congresso ali no caribe e já volto.

  67. Pax said

    À caminho do enterro da minha mãe.

    Enviado do meu iPhone

    >

  68. Pedro said

    Pêsames….. Onde é o enterro?

  69. DAISE 2.0 said

    Lamento a sua perda!

  70. Patriarca da Paciência said

    Caro Pax,

    Muita coragem e força para enfrentar a situação. Minhas condolências !

  71. Chesterton said

    Depois de meses ausente, resolvo dar uma espiadinha, e essa notícia. Pax, meus profundos pêsames.

  72. Pax said

    Obrigado a todos.

    Será cremada hoje de manhã, às 11h, em Porto Alegre, Pedro.

    Enviado do meu iPhone

    >

  73. Zbigniew said

    Meus pêsames, caro Pax.
    Um forte abraço.

  74. Guatambu said

    Pax,

    Meus pêsames… força e fique bem.

  75. Elias said

    Pêsames, Pax.

  76. Elias said

    Daise,
    Como tu disseste, qualquer idiota regular sabe que não foi o PT quem inventou a corrupção brasileira.

    É que, às vezes, algumas pessoas só se referem à corrupção petista, e com tanta insistência, que a gente fica pensando que elas são menos que idiotas regulares…

    Já a corrupção no Norte e Nordeste é antiga e atávica, como todos sabemos.

    Mas ela não é maior — inclusive em números — que a corrupção do Centro Oeste, Sul e Sudeste.

    Detesto fulanizar, mas tanto quanto Sarney & Barbalho, o que não falta é ladravaz de outras regiões, tipo Garotinho, Covas, Richa, Adhemar, Dante e… Preciso mesmo relacionar?

    Acho que não. Quem não é menos que idiota regular, sabe que a corrupção brasileira não é privilégio (contra-exemplar) de nenhum partido, nem de nenhuma região (nem de nenhuma ocupação, nem de nenhum credo…).

    Também desnecessário dizer isso, né? Qualquer idiota regular sabe…

  77. Guatambu said

    Elias,

    Sobre a Grécia.

    Tudo depende do horizonte de tempo que você olha, novamente. Parece que você gosta de olhar um horizonte de tempo bastante particular, sempre, que coincide com o momento em que a esquerda está “tentando” dar uma de boazinha.

    Vamos melhorar esse debate, não existe bonzinho nesse jogo, pra começar.

    E vamos olhar a história.

    Nesse link q eu já havia postado, está a história da ascenção e queda da Grécia, desde depois da 2a. guerra mundial.

    1. A Grécia sofreu benefícios enormes com o Plano Marshall, o PIB cresceu uma média de mais de 6% e a qualidade de vida melhorou pra caramba. (isso eu já acho que começa errado, porque o PM foi um plano keynesiano… retomando meu ponto: onde o Estado interfere, produz merda em algum momento)

    2. Aí veio o choque do petróleo, que mandou a inflação grega de 5% pra 25%… e ferrou com a Grécia. Uma coisa interessante: observe o gráfico #7 da apresentação. O desemprego permanece estável até a década de 80. Ou seja: emprego não necessariamente salva o país. (essa eu acredito que seja outra aposta teórica errada do keynesianismo…)

    3. Aí veio o 2o. choque do petróleo, que terminou por enterrar a economia grega. Daí para frente, assume um partido de esquerda, em 1981. Lembra do gráfico número 7? Pois é… coincidência ou não, o desemprego começa a subir com a esquerda no poder…

    4. Veja bem a frase do chart #8: “Shortly after PASOK took power, the country’s debt-to-GDP ratio began to balloon as the government borrowed heavily to finance its populist programme of state spending.” Ah… a esquerda e as mentiras que ela vende pra sociedade. Ou seja, Elias, essa tua história de que o que ferrou com a Grécia foram medidas liberais para a entrada na zona do Euro é, no mínimo, uma miopia de análise. Dá uma olhada no gráfico e veja que foi a esquerda que destruiu a relação dívida/PIB grega.

    5. Coincidentemente ou não, enquanto os benefícios sociais e pensões engordavam o “welfare state” grego, a produtividade dos trabalhadores caía… Olha só que coisa mais engraçadinha que acontece quando vc dá direitos demais e deveres de menos…
    (Chart #11)

    6. Junto com a política populista de esquerda, iniciam-se os escândalos de corrupção…

    7. Aí sim, volta a direita, pelo partido “New Democracy”, na década de 90. Eles sim tentaram uma série de medidas para conter os problemas trazidos pela esquerda… mas falharam. Como? Medidas impopulares, claro. Todos sabemos que uma hora a conta chega. Era a primeira vez que a Grécia tentava resolver o problema dessa “conta”, causada pelo petróleo, medidas keynesianas e um governo de esquerda populista. (o Pax acredita ainda que a esquerda é a melhor alternativa… mas eu já disse: todo país que entra na dança da esquerda acaba passando por um período “venezulizado”. Essa era a fase “venezuelizada” da Grécia”) (isso no chart #14)

    8. A única coisa que salvou a Grécia de um cenário pior foi justamente o tratado de Maastrich, que requeria que a Grécia mantivesse uma relação estável de dívida/PIB, e que forçou a receita do Estado… Mas a essa altura o Estado já estava ocupando um espaço maior do que devia na economia… como é de se imaginar. E vc atribui a isso o desastre grego! Elias… vamos conversar dentro de uma base histórica mais precisa, e honesta, né?

    Outra coisa derivada do tratado foi a diminuição do custo de financiamento grego, que ajudou!!! E não piorou, como vc diz. (chart #17)

    9. Aí vem o problema de se ter um Estado grande demais. Em vez da Grécia resolver o problema de uma vez, já que estava mais estável e com dinheiro entrando, resolveu torrar o que tinha… aumentando novamente as dívidas…. e trazendo a Grécia para onde ela está hoje.

    E o partido de lá, parece que não fez a lição de casa… e tá tentando negociar na base da porrada irresponsabilidades que a própria esquerda tem uma década inteira de culpa…

    Pobres gregos…

    (o post não saiu com link, estou tentando sem link por enquanto, depois mando o link)

  78. Guatambu said

    Pax,

    Desculpe incomodar, libera o link lá “pá nóis”.

  79. Elias said

    Patriarca,
    Não pagar dividendos não é nada “ótimo” para o acionista que não está na jogatina do mercado de capitais.

    Eu, por exemplo, achei péssimo!

    Sente o drama:

    “Reversão/perda no valor de recuperação de ativos (Impairment): R$ 44,6 bi” + “Baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente: R$ 6,2 bi” = Soma: R$ 51,8 bi. “Prejuízo atribuível aos acionistas: R$ 21,9 bi”.

    Sem o impairment e sem os “gastos adicionais capitalizados indevidamente” (eufemismo pra roubalheira), haveria um lucro líquido de, no mínimo, R$ 29,9 bi.

    Saltar de um lucro de 29,9 bi para um prejuízo de 21,9 bi não pode ser “ótimo” para o acionista que não está no cassino que atende vulgarmente pela alcunha de bolsa de valores.

    Agora, quem está no cassino — dependendo de quando comprou e quando vendeu ou pretende vender — está se dando bem. Só no primeiro semestre de 2015, quem jogou com ações da Petrobras teve um ganho médio bruto de 30%.

    Que outro negócio lícito rendeu tanto, e em tão pouco tempo, no Brasil da recessão dilmático-levítica?

    Dá uma olhada na comparação entre o Valor Patrimonial (VP) e o Valor de Mercado (VM) da Petrobras, de 2010 pra cá, em R$ bilhões:

    Em 2010: VP = 307; VM = 380
    Em 2011: VP = 330; VM = 292
    Em 2012: VP = 331; VM = 255
    Em 2013: VP = 349; VM = 215
    Em 2013: VP = 311; VM = 128

    Tá na cara que era exagerada a expectativa do “mercado” sobre o que seria a repercussão negativa da roubalheira e da queda do preço do barril do petróleo, sobre o valor da Petrobras. O turbinamento dessa expectativa negativa acabou criando um enorme “gap” entre o valor patrimonial e o valor de mercado.

    A tendência, agora, é esse espaço diminuir, por um monte de razões, dentre as quais se destacam: (a) com a divulgação do balanço, a expectativa excessivamente negativa fica mais evidente e, por isso mesmo, tende a se tornar mais realista; (b) do ponto de vista das operações da empresa, as perdas contabilizadas em 2014 já foram absorvidas financeiramente; e (c) como ela detém o monopólio nas áreas em que atua, em uma das maiores economias do mundo, o paquidérmico volume de vendas tende a facilitar a recuperação econômica.

    Daí porque, a meu pensar, a empresa insistiu tanto em divulgar o balanço de 2014 somente depois de incorporar a reavaliação dos ativos, descontando a roubalheira e as perdas de substância provocadas pela queda do preço do barril de petróleo, pela variação cambial, pela reversão da evolução da produção interna (que, na prática, nada mais é do que outra consequência da queda do preço do barril de petróleo), etc. Enfim, a montanha de fatores que a preguiça mental do Josias de Souza apressadamente capitulou — sem nada explicar — sob o gracioso título de “incúria administrativa”…

    Ou seja, até onde eu consigo perceber, o que o Petrossauro realmente queria, era adoçar a bocarra do “mercado”.

    Ao que parece, conseguiu…

  80. DAISE 2.0 said

    Ainda sobre os idiotas regulares e os sub-idiotas

    Recorde histórico
    Postado:Mon, 27 Apr 2015 09:06:52 +0000
    “A gente não acha que o PT inventou a corrupção, mas roubaram demais. Exageraram”.
    Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho de Dilma Rousseff e presidente do PDT, num encontro com integrantes do partido em São Paulo, confessando que o desempenho dos ladrões companheiros é de espantar o mais operoso dos chefões do PCC.

    A.N.

  81. Elias said

    E, Patriarca,
    Dá uma olhada no que diz o parecer da PricewaterhouseCoopers – Auditores Independentes, sobre a lava jato:

    =======================================
    “Ênfase – Efeitos da Operação Lava Jato nas operações da Companhia

    Chamamos a atenção para a nota explicativa 3 às demonstrações contábeis, que descreve os reflexos da “Operação Lava-Jato” sobre a Companhia, abrangendo:

    (i) a baixa contábil de R$ 6.194 milhões nas demonstrações contábeis consolidadas (R$ 4.788 milhões nas demonstrações contábeis individuais) referentes a gastos adicionais capitalizados indevidamente na aquisição de ativos imobilizados;

    (ii) as providências que estão sendo adotadas em relação ao tema, incluindo as investigações internas que vêm sendo conduzidas por escritórios de advocacia, sob a direção de um Comitê Especial constituído pela Companhia; e

    (iii) a investigação que vem sendo conduzida pela Securities and Exchange Commission – SEC.

    Chamamos também a atenção para a nota explicativa 30.2 às demonstrações contábeis, que descreve a proposição de ações judiciais contra a Companhia, para as quais uma possível perda ou intervalo possível de perdas não podem ser estimados em função do estágio preliminar em que se encontram.

    Nossa opinião não está modificada em relação a esses assuntos.”
    =========================================

    O parecer da Price está assinado por Marcos Donizete Panassol, contador, CRC 1SP155975/O-8 “S” RJ.

    Como contador que sou, e com todo o respeito, afirmo claramente que o texto acima transcrito não contém os requisitos técnicos de um parecer.

    O parecer deve, claramente, afirmar se os procedimentos adotados pela companhia, especialmente em seus aspectos relevantes, estão ou não consonantes com a legislação em vigor no país, com as Normas Internacionais de Relatório Financeiro (IFRS) emitidas pelo International Accounting Standards Board (IASB), e com as práticas contábeis adotadas no Brasil.

    Nada de circunlóquios ou meias palavras! Ou a coisa está dentro dos conformes, ou não está.

    Dizer que “Nossa opinião não está modificada em relação a esses assuntos” é o mesmo que não dizer nada, a menos que essa opinião estivesse previamente exposta no parecer. E não está! Quem lê o parecer não sabe que porra de opinião é essa! Parecer existe, exatamente, pra opinar, e não pra esconder ou mascarar opinião.

    Isso aí tá pior do que o STF, misturando indício, agenda e verdade sabida com galinha ao molho pardo, e dizendo que isso é “prova”.

  82. Elias said

    “A gente não acha que o PT inventou a corrupção, mas roubaram demais. Exageraram” (Daise)

    Isso é papo de manada. Isso é conversa de boiada.

    Que história é essa de “exageraram”? Então quem não “exagera” ao roubar, não é ladrão? Ou é menos ladrão?

    Só um idiota regular produz uma idiotice assim!

    Se o negócio é volume, então tem que bater chapa com chapa. Se alguém é mais ladrão porque roubou mais, e outro é menos ladrão porque roubou menos, então tem que apresentar números, pra demonstrar quem é mais e quem é menos.

    Os R$ 6,2 bilhões da petrorroubalheira (se é que foi só isso…), são fichinha diante dos mais de US$ 10 bilhões de Tucuruí (presta atenção que são DÓLARES), segundo denúncia do Eliezer Batista, à época presidente da Vale. Aliás, a privatização, somada com a aprovação da emenda da reeleição…

    Qualquer idiota regular sabe que um ladrão não é menos ladrão só porque ficou impune…

  83. DAISE 2.0 said

    Papo de super idiotas:

    Somos corruptos sim. Mas quem não é ou foi ?

    Se o negócio é volume, então tem que bater chapa com chapa. Se alguém é mais ladrão porque roubou mais, e outro é menos ladrão porque roubou menos, então tem que apresentar números, pra demonstrar quem é mais e quem é menos.
    Elias

    ou ainda…

    “Ninguém se pergunta: é só na Petrobras?”

    Ricardo Berzoini, ministro das Comunicações (segundo a plaqueta na porta do gabinete), em entrevista ao Estadão, sobre a roubalheira na Petrobras, fingindo ignorar que milhões de brasileiros não só já se fizeram essa pergunta como também responderam: é também no BNDES, no Banco do Brasil, na Eletrobras, na Caixa Econômica Federal, nos Correios e nos ministérios, fora o resto.

    Só um super idiota produz uma idiotice assim!

  84. DAISE 2.0 said

    PT entuba, agasalha e admite acusação do presidente do PDT de que o partido “roubou demais”.

    (Estado) O presidente nacional do PT, Rui Falcão, afirmou, por meio da assessoria de imprensa, que não iria comentar as declarações de Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, de que o PT “roubou demais”. O partido e integrantes da cúpula não se manifestaram em redes sociais, como tem sido praxe quando a legenda é criticada. Um dos vice-presidentes do PT, o deputado federal José Guimarães (CE), líder do governo na Câmara, classificou como “graves” as declarações de Lupi. Guimarães disse que é preciso discutir com o aliado para evitar a saída do PDT da base de apoio da Dilma. Ele destacou ainda que a fala do presidente do PDT ocorre no momento em que o governo tenta melhorar a relação política com os partidos da base – com a assunção da tarefa de articulador pelo vice-presidente Michel Temer. “Um partido importante como o PDT sair da base é prejuízo. Por mim, fica”, disse Guimarães.

  85. Elias said

    “Outra coisa derivada do tratado foi a diminuição do custo de financiamento grego, que ajudou!!! E não piorou, como vc diz. (chart #17)” (Guatambu, depois de fumar ou cheirar alguma coisa estragada)

    Guata, eu jamais disse ou insinuei isso.

    O que eu disse — e reafirmo! — foi que, pra enfiar (epa!!!!!) a Grécia na UE, o governo grego, à época (liberal-conservador-direitopata), FALSIFICOU INFORMAÇÕES MACROECONÔMICAS SOBRE FINANÇAS PÚBLICAS.

    Vou repetir, pra fazer a Grécia entrar na UE, o governo grego, à época, FALSIFICOU INFORMAÇÕES MACROECONÔMICAS SOBRE FINANÇAS PÚBLICAS.

    Isso está no noticiário internacional. Várias pessoas estão sendo processadas por isso. Algumas foram presas.

    É jogo jogado. Já aconteceu. Não dá mais pra mudar.

    Desde então, ao longo do tempo, a coisa somente piorou. As poucas divisas foram torradas no livre trânsito de mercadorias. As divisas que o governo grego dizia dispor, na verdade não existiam, e a insuficiência de divisas passou a ser “compensada” com financiamentos, o que aumentou brutalmente o endividamento do país. Aliás, as informações sobre endividamento também eram falsas… E assim por diante.

    Num contexto assim, analisar o custo do financiamento à Grécia é irrelevante. É ocioso. O país não tinha condições de contrair mais dívidas, mesmo que a baixo custo, porque já estava excessivamente endividado. Neste momento, a UE está emprestando a juro ZERO, e, assim mesmo, a Grécia não tem condições de tomar…

    O problema do país, agora, é tempo. A Grécia só vai poder pegar empréstimos num contexto de alongamento do perfil. Tanto faz que o custo do financiamento seja barato, muito barato ou mais barato, ainda… A curto prazo a Grécia tá ferrada!

    Qual a saída pra Grécia se safar? Ela vai se safar como já se safou um porrilhão de outros países em situação igual ou parecida (inclusive o Brasil): conseguindo prazos maiores pra pagar o endividamento já existente (é o tal do “alongamento do perfil da dívida”); conseguindo “empréstimos-ponte”; conseguindo empréstimos com um longo prazo de carência; & coisas do gênero, e combinando essa cesta de remendos com um programa de austeridade interna na área de custeio (mas não na de investimento).

    Isso já aconteceu tantas vezes no planeta, que dá no saco repetir…

    Como a Grécia é uma economia nanica, é possível até que essa recuperação não demore muito (com pouco dinheiro, os países mais ricos podem acelerar o processo). Se fosse um Brasil nessa situação, o choque do tombo faria o planeta se inclinar na direção errada, e quem tivesse sapato não escaparia…

    E a participação do Estado na economia?

    Caceta! Isso influi tanto quanto os ventos alísios influem na menstruação da borboleta azul!

    Na Europa, participação intensa do Estado na economia é coisa que não falta. Na Alemanha, na Dinamarca, na Suécia, na Noruega, na Islândia, na França, na Bélgica, no cacete a quatro, participação intensa do Estado na economia não é, propriamente, uma novidade.

    E nem todos estão ferrados como a Grécia. Aliás, nenhum desses chega pelo menos perto da Grécia, em termos de fudidez ferrada…

    Assim como o desempenho da valorosa equipe maranhense no campeonato mundial de cuspe à distância não teve nenhuma influência na arrecadação trimestral da Igreja Universalista, Assembleiana e Evangélica do Quadrângulo Triangular.

    Pô! Que saco!

    Até amanhã!

  86. Elias said

    Papo de super idiotas: Somos corruptos sim. Mas quem não é ou foi ? “Se o negócio é volume, então tem que bater chapa com chapa. Se alguém é mais ladrão porque roubou mais, e outro é menos ladrão porque roubou menos, então tem que apresentar números, pra demonstrar quem é mais e quem é menos.” (Elias)

    Porra, Daise!

    Estás sendo mais idiota regular do que o necessário!

    Isso aí é uma ironia, bruaca! Uma IRONIA!

    Entrou (desculpa o mau jeito…) no papo, por causa do “exageraram” que tu escancaraste no teu comentário anterior.

    Olha lá, e verás que eu também disse: “Que história é essa de “exageraram”? Então quem não “exagera” ao roubar, não é ladrão? Ou é menos ladrão?”

    Ladrão é ladrão, quenga! Não importa se roubou “mais” ou “menos”.

    Não tô dizendo? Saco!

  87. Elias said

    “Somos corruptos” é o cacete!

    Eu não sou corrupto, porra nenhuma!

    Deixo isso pra ti, que vives numa lavanderia que presta bons ofícios a quem gosta de dinheiro limpo. Bem lavado…

  88. DAISE 2.0 said

    Vaccari e Duque denunciados por lavagem de dinheiro

    Brasil 27.04.15 11:08
    Os procuradores da Lava Jato acabam de denunciar João Vaccari Neto e Renato de Duque por lavagem de dinheiro.

    Eles praticaram o crime 24 vezes, entre abril de 2010 e dezembro de 2013, num total de 2,4 milhões de reais.

    De acordo com o Ministério Público, uma parte da propina paga para Renato Duque foi direcionada pela Setal Óleo e Gás para a Editora Gráfica Atitude, a pedido de João Vaccari Neto.

    Na denúncia, a Procuradoria pediu que os acusados sejam condenados a pagar uma restituição de 2,4 milhões de reais e uma indenização de 4,8 milhões de reais.

    A pena para o crime de lavagem de dinheiro é de três a dez anos de prisão. Segundo a Procuradoria, a pena aplicada será aumentada de um até dois terços “em razão da reiteração dos crimes e de terem sido praticados por organização criminosa”.

  89. DAISE 2.0 said

    Lula na cadeia?

    Brasil 27.04.15 08:27
    A reportagem da Veja sobre os “favores” a Lula foi um recado da OAS.

    Leo Pinheiro, presidente da empreiteira, tem um depoimento marcado com o juiz Sergio Moro no dia 7 de maio. Se Lula não conseguir livrá-lo até lá, Leo Pinheiro pode decretar o fim da carreira política de Lula e, com um tantinho de sorte, mandá-lo para a cadeia.

    Lula entendeu o recado e se calou. O PT também.

    O.A.

  90. Guatambu said

    Elias,

    “Num contexto assim, analisar o custo do financiamento à Grécia é irrelevante. É ocioso. O país não tinha condições de contrair mais dívidas, mesmo que a baixo custo, porque já estava excessivamente endividado.”

    Sim, estava endividado.

    Por que?

    Porque a esquerda inventou de torrar tudo o que os gregos tinham e não tinham em benefícios sociais.

    Como desfaz isso? Não desfaz, porque na hora de pagar a conta, todo mundo faz cara de paisagem.

    Hoje Elias, talvez uma análise do custo de financiamento à Grécia seja irrelevante. E eu digo que não é. É claro que não é!

    Como é que vc defende a esquerda dizendo uma barbaridade dessas? Quem vai pagar essa conta é o povo grego Elias! Vai pagar juros sobre juros de 3 décadas de más gestões por conta de um Estado irresponsável, tendo seus direitos sociais (tanto aqueles básicos quanto os exageros que a esquerda “vendeu” pros cidadãos) esmagados, para que o governo consiga fazer dinheiro, fora, provavelmente, uma majoração de taxas e impostos… Como é que isso não é relevante para o povo grego Elias? Tá maluco? Mesmo que os juros sejam zerados, a sociedade inteira vai pagar.

    E o Estado, o maldito Estado? P nenhuma! Como vc mesmo diz: Estado não produz… e não produziu mesmo. E continua não produzindo. Vai lá e dá uma olhadinha nas propostas do “gênio” Varoufakis, se ele tá disposto a diminuir o tamanho do Estado pra ajudar a pagar alguma coisa? NADA! Ele fica tentando justificar o mesmo tamanho de Estado para “manter os benefícios sociais”. Ora… se vc vai ter que fazer cortes nos benefícios (e isso ele já admitiu que vai fazer), por que não faz cortes no Estado? Esse cara é um clássico malandro de esquerda.

    Ou vc acha que o Yanis Varoufakis, o ministro, vai botar a mão no próprio bolso pra fazer alguma coisa? P nenhuma! Esse vagabundo gosta é de ficar mostrando o dedo pra Alemanhã, como já fez, enquanto bota a mão no bolso do povo.

    Agora vem essa lenga-lenga de empréstimos-ponte, de discutir “as condições de salvação” da economia grega, realizado por meia dúzia de tubarões de um lado da mesa (os credores), e meia dúzia de malandros do outro lado da mesa (o Estado grego).

    E vc vem me dizer que o Estado é irrelevante?! O Estado só fez cagada! Agora quem vai pagar a conta é o particular… e sabe quem vai sofrer mais para pagar? O povo… sim, o povo que a esquerda promete defender.

  91. Guatambu said

    Errata:

    “Hoje Elias, talvez uma análise do custo de financiamento à Grécia seja irrelevante. E eu digo que não é. É claro que não é!”

    Hoje, Elias, vc diz que uma análise do custo de financiamento à Grécia seja irrelevante. Eu digo que é. É claro que é!

    Assim como o papel do Estado nessa história toda, e a luta do governo pra tentar não mexer no tamanho do Estado.

  92. Guatambu said

    Links funcionando?

    Um artigo que tem tudo para se tornar uma bomba: Em linhas gerais, explicando que a tese defendida, de que a desigualdade social é a causa de infelicidade e problemas sociais, é, no mínimo, fraca.

    http://www.businessinsider.com/the-data-showing-that-inequality-does-us-harm-is-actually-very-weak-2015-4

    1. Considerando o padrão usado de desigualdade, o mundo diminuiu o nível de sua desigualdade de 34% para 20% entre 1990 e 2011. Muito disso explicado pela China e Índia, em que a primeira se livrou do comunismo e a segunda se afastou do capitalismo. Ambos os países adotando políticas de abertura econômica (principalmente).

    2. A tese de que maior igualdade social é melhor para o crescimento mundial (do FMI, por exemplo), é considerada pelo próprio FMI questionável: admite que os dados usados para analisar a tese não são ideais, e é bastante cauteloso quando recomenda aumentar as taxas para tentar redistribuir mais riquezas, ao mesmo tempo em que reconhece que aumentar a tributação de criadores de riquezas pode causar danos ao crescimento econômico.

    3. A tese de que a desigualdade torna as pessoas mais infelizes também está na corda bamba. Eles disseram que os dados usados para calcular o índice de Gini não são confiáveis. Segundo os estudiosos, há uma série de pessoas (contadores, construtores e outros profissionais) que descobriram maneiras criativas de contabilizar renda irrelevante ao fisco. (nós aqui sabemos bem como fazer isso)

    4. Apesar da teoria acima, a OECD descobriu realmente o que faz as pessoas infelizes: desemprego e divórcio. Esses dados se mostraram mais correlacionados ao número de suicídios, e à infelicidade do que a falta de dinheiro, ou desigualdade, por exemplo.

    5. Então, uma outra conclusão seria de que em países onde há um alto nível de welfare, as pessoas estão mais livres para ficar desempregadas, assim como criar filhos solteiras e se separarem… o que pode estar relacionado à infelicidade crescente em alguns desses países.

    Gozado, né?

  93. DAISE 2.0 said

    Lula conta tudo para Danilo Gentili

    Brasil 27.04.15 13:32
    Danilo Gentili entrevista Lula na academia:

  94. Patriarca da Paciência said

    “Dizer que “Nossa opinião não está modificada em relação a esses assuntos” é o mesmo que não dizer nada, a menos que essa opinião estivesse previamente exposta no parecer. E não está! Quem lê o parecer não sabe que porra de opinião é essa! Parecer existe, exatamente, pra opinar, e não pra esconder ou mascarar opinião.”

    Elias, nesse ponto eu discordo de você. Eu concordo totalmente quando a PricewaterhouseCoopers – Auditores Independentes declara que está apenas emitindo uma opinião. É uma opinião fundamentada em técnicas e estudos apurados mas é apenas uma opinião. Eu não acredito mesmo em verdade absoluta.

    Aristóteles, o pensador que foi modelo para toda a formação acadêmica do mundo ocidental e que, até hoje, é perfeitamente válido, abre os seus tópicos dizendo: “Nosso tratado se propõe encontrar um método de investigação graça ao qual possamos racionar, partindo de opiniões geralmente aceitas, sobre qualquer problema que nos seja proposto, e sejamos capazes, quando replicarmos a um argumento, de evitar dizer alguma coisa que nos cause embaraço”.

    Quanta sabedoria e quanta modéstia !

    Veja agora um modelo de parecer para auditores, conforme o Portal de Contabilidade.

    “3. Em nossa opinião, as demonstrações contábeis acima referidas, representam adequadamente em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da (NOME DA ENTIDADE AUDITADA),… o resultado de suas operações, as mutações de seu patrimônio líquido e as origens e aplicações de seus recursos referentes aos exercícios findos naquelas datas, elaboradas de acordo com os Princípios Fundamentais da Contabilidade.”
    http://www.portaldecontabilidade.com.br/modelos/parecer.htm.

    Então a coisa é só uma opinião mesmo. Bem fundamentada, bem realizada, mas nunca verdade absoluta. A credibilidade depende de quem emite o parecer.

    Quando eu estudei contabilidade o parecer era bem aristotélico, No lugar de “em nossa opinião”, era colocado, “partindo de opiniões geralmente aceitas”.

    Lembro também quando eu tinha aí uns 16 anos, li um livro de Nelson Werneck Sodré onde ele dizia que “um estudante de ginásio dos dias de hoje faria figura diante de Aristóteles”. Fiquei curioso e fui ler um livro de Aristóteles. Fiquei tão maravilhado que comentei, “Aristóteles é que faria figura diante dos maiores sábios de hoje”. Até hoje mantenho minha opinião.

  95. Patriarca da Paciência said

    E o robozinho reprodutivo Mula Sem Cabeça continua reproduzindo todos os lixos do PIG.

    Mas também, é a natureza dela, o que faz um robozinho reprodutivo ?

  96. DAISE 2.0 said

    Brasil 4 X 30.000

    Brasil 26.04.15 02:25
    A Lava Jato descobriu quatro pagamentos do lobista da Engevix ao blog Brasil 247.

    Diz a Veja:

    “O Ministério Público identificou quatro pagamentos, de 30 000 reais cada um, das contas de uma empresa do lobista Milton Pascowitch para a editora 247, que mantém na internet o site Brasil 247. Os pagamentos foram feitos no segundo semestre do ano passado, em 15 de setembro, 10 de outubro, 11 de novembro e 10 de dezembro.

    O documento da quebra de sigilo mostra que os valores saíram de uma conta da Jamp no banco Itaú (agência 4005, conta 02233-2) para a conta da editora 247, no Bradesco (agência 6621, conta 140400-8).

    Um dos donos da editora 247 é o jornalista Leonardo Attuch, cujo nome já apareceu em uma das anotações do doleiro Alberto Youssef como beneficiário de 6 pagamentos de 40 000 reais.

    O Ministério Público investiga a Jamp (de jose adolfo e milton pascowitch), uma empresa de fachada criada com a finalidade de lavar dinheiro e que, suspeita-se, tenha servido para repassar dinheiro do esquema da Petrobras para os blogs de mercenários a soldo do governo e do PT”.

  97. Guatambu said

    São Paulo.

    Parece que a realidade uma hora cai sobre a cabeça dos petistas.

    O livro caiu na cara do Roberto Jefferson enquanto ele começava a por a boca no trombone sobre o mensalão, a Dilma começa o movimento de terceirização das atividades-fim fazendo o Joaquim Levy abrir as pernas do governo do PT para o mercado.

    E agora o Haddad teve que enfrentar um grupo de estudantes “invadindo” uma “aula” dele para pedir transporte público para a Zona Sul de São Paulo.

    Não sei pq ele não falou pra galera da Zona Sul de São Paulo ir de bike, como o babaca gosta de dizer que é da bike que o povo precisa.

    Vai lá Haddad! Manda a galera ir de bike!…

  98. Patriarca da Paciência said

    A Teoria do Domínio do Boato

    Mauro Santayana

    (…)

    “Ele (Claus Roxin) afirmou, em visita ao país, na época do julgamento da Ação penal 470, que “ não é possível usar a teoria do Domínio do Fato para fundamentar a condenação de um acusado supondo sua participação apenas pelo fato de sua posição hierárquica. “A pessoa que ocupa a posição no topo de uma organização tem também que ter comandado esse fato, emitido uma ordem inequívoca” – afirmando que o dever de conhecer os atos de um subordinado não implica em corresponsabilidade.

    “A posição hierárquica não fundamenta, sob nenhuma circunstância, o domínio do fato”, comentando que “na Alemanha temos o mesmo problema. É interessante saber que aqui também há o clamor por condenações severas, mesmo sem provas suficientes. O problema é que isso não corresponde ao Direito. O juiz não tem que ficar ao lado da opinião pública”. “Quem ocupa posição de comando tem que ter, de fato, emitido a ordem. E isso deve ser provado”.

    O que quis dizer Claus Roxin com isso? Que, para que haja “domínio do fato’, é preciso comprovar, de fato, que esse fato houve.

    Com a saída meramente aritmética usada no balanço da Petrobras, baseada em uma auditoria de uma empresa estrangeira que, na realidade, pelos seus resultados, parece não ter tecnicamente ocorrido, inaugura-se, no Brasil, para efeito do cálculo de prejuízos, uma outra anomalia, a da “teoria do domínio do boato”.

  99. Patriarca da Paciência said

    Por Mauro Santayanna

    “(Jornal do Brasil) – Os jornais foram para as ruas, na última semana, dando como favas contadas um prejuízo de 6 bilhões de reais na Petrobras, devido a casos de corrupção em investigação na Operação Lava a Jato. Seis bilhões de reais que não existem. E que foram colocados no “balanço”, como os bancos recorrem, nos seus, a provisões, por exemplo, para perdas com inadimplência, que, quando não se confirmam, são incorporadas a seus ativos mais tarde.”

    Então é isso aí mesmo. Tudo não passa de uma “provisão para possíveis prejuízos”, tendo como único fundamento a “palavra” de alguns corruptos. Não há qualquer reflexo financeiro, sendo positivo apenas para a empresa, que mantém mais dinheiro em caixa.

  100. DAISE 2.0 said

    Tá na hora do Elias dar um “telefone” (nasoreia do Fedorento).
    O casra não vai aprender nunca.
    né não?

    enquanto isso mais um vexame….

    Dilma desiste de pronunciamento na TV e falará à população pela internet

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o marqueteiro João Santana e o próprio Edinho são alguns dos que defenderam que a presidente não discurse.

    Esta mulher é um VEXAME!

  101. Patriarca da Paciência said

  102. Pedro said

    Ta rolando na NET:

    “Estima-se que a reconstrução do Nepal vai custar 6 bilhões.
    Considerando que o prejuízo da Petrobrás com a roubalheira foi maior.
    Podemos concluir que financeiramente é melhor o país ser devastado por um terremoto, do que ser administrado pelo PT.” :-)

  103. DAISE 2.0 said

    Pânico de panelaço faz de Dilma uma protagonista de teatro de bonecos

    Josias de Souza 28/04/2015 04:37

    Grande ideia, diluir Dilma Rousseff na internet, para camuflar-lhe a impopularidade no Dia do Trabalho. Mas não se deve parar por aí. Por que não sumir de vez com a presidente? Já que lhe falta presença de espírito para lidar com panelaços, a ausência de corpo reduziria a zero o risco de novos protestos.

    O sumiço em todos os outros dias do ano não devolveria à presidente a popularidade perdida. Mas evitaria que o ministro Edinho Silva (Comunicação Social) passasse novamente pelo ridículo de convocar uma entrevista para declarar que Dilma “não teme nenhum tipo de manifestação da democracia.”

    Dilma não desistiu de levar sua cara ao horário nobre, em rede nacional, por medo das panelas. Não, não. Absolutamente. Ela “só está valorizando outro modal de comunicação”, explicou Edinho. “Já valorizou a rádio, valoriza todos os dias a comunicação impressa, valoriza a televisão, e resolveu valorizar as redes sociais.”

    A variação não pode se restringir à internet. Dilma precisa valorizar os jornais de bairro, os livretos de cordel, os boletins informativos do Rotary, os alto-falantes de quermesses… De modal em modal, madame alcançaria o Éden da invisibilidade. Passaria a se comunicar com o país por meio de sinais de fumaça. Que ela emitiria dos jardins do Alvorada, sem precisar sair do palácio residencial.

    Em vez dos gastos extorsivos com autopromoção, toda a verba da publicidade oficial seria aplicada num amplo projeto de encenação nacional. Poderia se chamar ‘Projeto Bunraku’. Calma, não se trata de nenhum palavrão. Bunraku é o nome do tradicional teatro de bonecos do Japão. Os bonecos são manipulados por pessoas integralmente vestidas de preto.

    A plateia enxerga a movimentação dos manipuladores no palco. Mas como eles estão 100% cobertos de preto, convencionou-se que todo mundo deve fingir que são invisíveis. É mais ou menos o que já acontece com no Brasil de Dilma. Para ficar igual, só falta trocar o figurino dos manipuladores.

    Recobrindo-se o Lula, o Joaquim Levy, o Michel Temer, o Renan Calheiros e o Eduardo Cunha de preto, os brasileiros não precisarão mais se esforçar para acreditar na autonomia da boneca. Quanto a Dilma, trancada no Alvorada e reduzida a sinais de fumaça, ela livraria seus tímpanos do barulho das panelas.

  104. Elias said

    Pedro,
    Torrar o dinheiro do sindicato com bruacas e bebidas alcoólicas está fazendo mal pro que resta do teu neurônio. E ATENÇÃO: quando digo “neurônio”, NÃO estou me referindo àquele rapaz que compraste no interior do Maranhão (com dinheiro do sindicato).

    Mas o fato é que 6 bilhões de dólares é uma coisa bem diferente de 6 bilhões de reais.

    Quando eu ferrar contigo na luta pela dilapid…, digo, pela administração da contribuição sindical, vou te condenar a uma temporada de dois anos no Nepal (por conta do sindicato).

    Vais ver o que é bom pro teu Nepal…

  105. Pedro said

    Googlias, se ferrou, sua chapa já teve o registro cassado.
    Vc falou mal da minha mulher.
    O regulamento é claro. Não pode falar de mãe, mulher e filha.

    Se quiser falar de avó, bisavó, da Giullia, e do namorado do Patriarca tá liberado.
    Chamar de taliano fascista, e judeu ladrão de terra palestina, também pode. :-)

    Tá bem claro lá no 102, que não é comentário meu, é da NET. E não é a Nete, parceira noturna da Giullia, nas esquinas de Belém.

    ……..

    E não adianta ficar P da vida com estas coisas da NET.
    A diferença entre um Tornado, um Terremoto, e um certo Partido, é apenas uma letra……. :P
    O estrago é o mesmo.

  106. Elias said

    “Elias, nesse ponto eu discordo de você. Eu concordo totalmente quando a PricewaterhouseCoopers – Auditores Independentes declara que está apenas emitindo uma opinião.” (Patriarca)

    Negativo, Patriarca!

    Ela diz que “Nossa opinião não está modificada em relação a esses assuntos”, certo?

    E que “opinião” é essa? Tu sabes qual é? Eu não! Essa opinião figura no parecer? Em que parte dele?

    Qual é o problema? O problema é que a Patrobras ESTIMOU em R$ 6,2 bilhões o produto da roubalheira. Como ela fez isso? Aplicando a taxa de 3% sobre o valor das aquisições.

    De onde saiu esse 3%? Como ele foi calculado? E se, em vez de 3%, a roubalheira atingiu 4% das aquisições? E se, em vez de 4%, foram 6%? Ou 2,5%? Ou 1%?

    Quem homologa essa taxa?

    E, afinal, a Price concorda ou não concorda com essa porra? Se concorda, por que não disse? Se não concorda, idem. E, se concorda ou não, por que concorda ou não?

    Patriarca,tu és contador. Eu também. Nós dois sabemos que não se trata de opinar, simplesmente. Existem normas disciplinadoras do trabalho de auditoria. A opinião da auditoria deve estar fundamentada em leis, normas e elementos de convicção. No caso, háque se levar em conta, especialmente: (i) a legislação e as práticas contábeis em vigor no país; e (ii) as Normas Internacionais de Relatório Financeiro (IFRS) fixadas pelo International Accounting Standards Board (IASB).

    Onde é que se encarxa o procedimento adotado pela Petrobras? Ou será que não se encarxa?

    No parecer da Price é omisso quanto a essas questões. Diz que a opinião da auditoria “não mudou”, masnãodiz que opinião é essa, nem no quê ela se baseia.

    Ora, Patriarca: o momento da auditoria opinar é quando ela formaliza a análise do balanço, da demonstração dos resultados e das notas explicativas.

    A Petrobras pode ter sobrevalorizado a petrorroubalheira. Pode ter aplicando a máxima: “o que é um peido, pra quem já está cagado?” (tu sabes que, em empresas, isso não é propriamente uma novidade…).

    Isso facilitou a retenção de caixa com a nãodistribuição de lucros, mas prejudicou os acionistas que não especulam na bolsa (no curto prazo, os especuladores não são afetados pelos resultados da empresa, e sim pela variação dos preços no cassino: quem comprou a R$ 9 em janeiro, e vendeu a R$ 13 em abril, p.ex., lucrou os tubos, independentemente da empresa dar lucro ou prejuízo…).

    Pro meu gosto, tanto o impairment como a definição das perdas pela petrorroubalheira merecem uma explicação mais detalhada. No cálculo dos R$ 44,6 bilhões, p.ex., só as perdas cambiais (aproximadamente R$ 10,0 bilhões) podem ser mais ou menos confirmadas a partir dos dados contábeis fornecidos pela empresa. O resto é um buraco negro.

    Claro que isso não tem nada a ver com “incúria administrativa”, na análise preguiçosa e apressada do Josias de Souza.

    Mas éexatamente por não ter nada a ver com isso, que pode ser algo muito pior, né?

    Além do mais, tem a questão dos controles internos e externos, que desqualifica ainda mais qualquer procedimento da Petrobras que não esteja explicado, tim-tim por tim-tim.

    Estraníssimo que, notadamente num contexto como o atual, a PriceWaterhouseCooper tenha escohido ser tão lacônica e, digamos, inespecífica e surpreendentemente frágil, do ponto de vista técnico.

    Pelo que ela cobra, é mais do que razoável esperar muito mais dela…

  107. Elias said

    E por que eu escrevi 2 vezes “encarxa”, em vez de “encaixa”?

    Sei lá…

  108. Patriarca da Paciência said

    Veja só, caro Elias:

    “corrupção na empresa, sido obrigada a contratar empresas estrangeiras, devido à absurda internacionalização da companhia, iniciada no governo PSDB/FHC, nos anos 90, e tivesse investigado a história da PwC, que contratou por milhões de dólares para realizar essa auditoria pífia – que não conseguiria provar as conclusões que apresenta – teria percebido que a PwC:

    —é uma das principais empresas responsáveis pelo escândalo dos “Luxemburgo Leaks”, um esquema bilionário de evasão de impostos por multinacionais norte-americanas, que causou, durante anos, um rombo de centenas de bilhões de dólares para o fisco dos EUA, que está sendo investigado desde o ano passado;

    —é a companhia que está por trás do escândalo envolvendo a “Seguradora AIG” em 2005;

    —que está relacionada com o escândalo de fraude contábil do grupo japonês “Kanebo”, ligado à área de cosméticos, que levou funcionários da então “ChuoAoyama”, parceira da PwC no Japão, à prisão;

    —com o escândalo da liquidação da “TycoInternational Ltd”, no qual a “PricewaterhouseCoopers” teve de pagar mais de 200 milhões de dólares de indenização por ter facilitado ou permitido o desvio de 600 milhões de dólares pelo Presidente Executivo e o Diretor Financeiro da empresa; com o escândalo da fraude de 1.5 bilhão de dólares da “Satyam”, uma empresa indiana de Tecnologia da Informação, listada na NASDAQ;

    —foi também acionada por negligência profissional no caso dos também indianos “Global Trust Bank Ltd” e “DSK Software”;

    —e também no caso envolvendo acusações de evasão fiscal do grupo petrolífero russo “Yukos”;

    —por ter, em trabalho de auditoria, feito exatamente o contrário do que está fazendo no caso da Petrobras, tendo ficado também sob suspeita, na Rússia, de ter acobertado um desvio de 4 bilhões de dólares na construção de um oleoduto da “Transneft”;

    —foi acusada por não alertar para o risco de quebra de empresas que auditava e assessorava, como a inglesa “Northern Rock”, que teve depois de ser resgatada pelo governo inglês na crise financeira de 2008;

    —e no caso da “JP Morgan Securities”, em que foi multada pelo governo britânico;

    —está ligada ao escândalo da tentativa de privatização do sistema de águas de Nova Delhi, que levou à retirada de financiamento da operação pelo “Banco Mundial”;

    —e também criticada por negligência em trabalhos de auditoria na Irlanda, país em que está sendo processada em um bilhão de dólares.

    Enfim, a “PricewaterhouseCoopers” é tão séria – o que com certeza coloca em dúvida a qualidade de certos aspectos do balanço da Petrobras – que, para se ter ideia de sua competência, o “Public Company Accounting Oversight Board” dos Estados Unidos encontrou, em pesquisa realizada em 2012, deficiências e problemas significativos em 21 de 52 trabalhos de auditoria realizados pela “PwC”.

    http://democraciapolitica.blogspot.com.br/2015/04/lava-jato-inaugurou-no-brasil-teoria-do.html

    Enão é isso aí, é uma “exigência do mercado” e um modo de acalmar a “oposição” e de “acalmar” o povão.

    Faz alguns anos, houve uma verdadeira epidemia de balanços fraudulentos nos Estados Unidos, muitos deles, “auditados” pela tal de PwC.

    Mas o “mercado” continua “exigindo” as tais “auditorias”.

    Incrível é que a tal de “provisão para possíveis prejuízos” usou o mesmo percentual que é usado pelas empresas na “provisão para devedores duvidosos”, ou seja, 3%..

  109. Pedro said

    # 108, Ué, o grande pensador tá atirando no próprio pé?

  110. Pedro said

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/04/1622100-pt-recebe-pedido-formal-de-desfiliacao-de-marta-suplicy.shtml

    Rataiada abandonando o PiTanic.

  111. DAISE 2.0 said

    O EXTERMINADOR DO FUTURO

  112. DAISE 2.0 said

    NUNCA ANTES NESTE PAÍS!

  113. Patriarca da Paciência said

    Por Amilton Sganzerla*

    “Será esta uma hipótese absurda? Talvez sim, talvez nem tanto. Vejamos.

    Moro não é político profissional, agrada a todos os que acham que a política é a mãe de todos os males.

    Moro age como um déspota, atende a todos os que querem a volta da ditadura.

    Moro é algoz da esquerda, contempla a todos os que são de direita.

    Moro prende e castiga alguns grandes empresários, satisfaz a todos os que acham que a justiça não põe rico na cadeia.

    Moro agrada os barões da mídia. Por duas razões. Porque cumpre sua agenda de enfraquecer o governo federal e porque rende uma manchete por semana. Eles precisam também de manchetes para vender seu produto.

    Moro agrada as multinacionais, porque está destruindo o pouco que temos de engenharia e tecnologia nacional.

    Moro evita qualquer problema aos partidos de direita em suas investigações, porque precisará de seu apoio em futuro próximo.

    Moro passa por cima da lei para punir os supostos criminosos, igualzinho aos heróis dos filmes policiais de Hollywood.

    Moro cria a imagem simbólica de grande combatente da corrupção, tida como o grande e único mal do país.

    Moro aparenta competência, organização e capacidade de comando, tudo o que dizem que um bom gestor precisa.

    Moro prestou juramento de vassalagem e demonstração de encantamento ao verdadeiro partido político da direita no Brasil, a Rede Globo e seus donos, ao aceitar e receber, sem conseguir esconder o deslumbramento, o Prêmio “Faz a Diferença – Personalidade do Ano” das mãos dos “marinhos”.

    Moro está cumprindo fielmente a agenda de tentar fulminar e destruir os principais símbolos da esquerda no país.

    Não estamos presenciando, infelizmente, um processo de combate à corrupção e , sim, a construção de uma candidatura à Presidência da República.

    Não cabe mais no Brasil o retorno de um despotismo visualmente truculento como foi o dos militares pós-64. O que está na chocadeira é um candidato a déspota esclarecido e com apoio popular.

    A direita brasileira está com um plano bem pensado e arquitetado e farão com o próprio Alckmin e o PSDB o que fizeram com Carlos Lacerda, Magalhães Pinto e a UDN em 64. Serão usados enquanto úteis e descartados na hora certa.

    Moro será o candidato perfeito para o ambiente político construído. É a luva na mão para uma nova ditadura no Brasil.

    Político sem aparentar ser político, comportamento militar sem ter farda e insígnias, popularidade midiática sem ser do povo, aparência de reformador para evitar qualquer reforma, aparência de cidadão comum para ser legítimo representante da elite, combatente da corrupção sendo o protetor da pior corrupção.

    A elite brasileira está com a tática do “quero-quero”, ave das nossas terras: canta numa coxilha e põe os ovos na outra.

    Caso o ninho venha a chocar, na hora certa, Moro renunciará à função de magistrado, vai se filiar a um pequeno partido e construirá uma ampla aliança de direita. E o restante a Globo e seus satélites farão.

    A principal forma de evitar assaltos ainda é a capacidade de prever os movimentos dos assaltantes e, assim, tomar medidas para que não aconteça.

    Há um assalto em andamento contra a democracia brasileira e as poucas conquistas sociais obtidas neste curto espaço democrático conquistado de 1988 até hoje.

    O despotismo esclarecido está em gestação no Brasil.

    O mundo das aparências encobre a essência do mundo. Hoje no Brasil, mais do que nunca.

    Precisamos desmascarar o plano para que o mesmo não se complete.”

    * Filósofo de meia idade, que vive em Porto Alegre. Artigo escrito para o Blog Escrevinhador

  114. Patriarca da Paciência said

    Ora direis ouvir que o PIG só escreve lixo !
    Dissestes bem, ouvistes mesmo !
    Eu ouvi, você ouviu, todo mundo ouviu,
    O PIG só escreve lixo pô !

    E a Mula Sem Cabeça cu só repete os lixos do PIG, pô !

  115. Patriarca da Paciência said

    É ótimo para o PT a saída da Marta Suplicy. O partido vai reclamar o mandato dele e colocar no lugar um verdadeiro petista !

    Como política, a Marta sempre foi uma péssima sexóloga !

  116. DAISE 2.0 said

    1. O VERDADEIRO PETISTA!

  117. DAISE 2.0 said

    2. O VERDADEIRO PETISTA!

  118. DAISE 2.0 said

    3. O VERDADEIRO PETISTA

    e …é o fedido.

    É o FEDORENTO tentando rolar um lero, todo dia aqui no blog, desprovido de mentiras e bobagens…rsrsrsr

  119. DAISE 2.0 said

    4. O VERDADEIRO PETISTA, FEDE

    FEDE quando escreve e por isso recomendo DEPEND.Urgente!@
    (o Elias já usa faz tempo e recomenda! Giulia compra todo santo dia dia para ele.
    RSRSRS)

    PARA FEDER MENOS, FEDORENTO, USE:

  120. DAISE 2.0 said

    Fedorento (que não entende francês),

    chega de cueca suja! pare de feder!

  121. DAISE 2.0 said

    HADDAD SIFÚ

  122. Patriarca da Paciência said

    “Nota oficial

    O PT recebe com indignação a carta da senadora Marta Suplicy oficializando sua desfiliação do PT.

    Apesar dos motivos enunciados, entendemos que as razões reais da saída se devem à ambição eleitoral da senadora e a um personalismo desmedido que não pôde mais ser satisfeito dentro de nossas fileiras. Por isso, resolveu buscar espaços em outros partidos.

    Ao contrário de suas alegações, nunca o PT cerceou suas atividades partidárias ou parlamentares. Sucessivamente prestigiada, com o apoio da militância e das direções, Marta Suplicy foi deputada federal, prefeita, senadora e duas vezes ministra.

    Lamentavelmente, a senadora retribui, com falta de ética e acusações infundadas, a confiança que o PT lhe conferiu ao longo dos anos.

    Ao renegar a própria história e desonrar o mandato, Marta Suplicy desrespeita a militância que sempre a apoiou e destila ódio por não ter sido indicada candidata à Prefeitura de São Paulo em 2012.

    Finalmente, é triste ver que a senadora jogue fora a coerência cultivada como militante do PT e passe a se alinhar, de forma oportunista, com aqueles que sempre combateu e que sempre a atacaram.

    Rui Falcão – Presidente Nacional do PT

    Emidio de Souza – Presidente Estadual do PT/SP

    Paulo Fiorilo – Presidente Diretório Municipal/SP”

    A bruaca logo entrará para o rol dos insignificantes e ninguém mais se lembrará dela.

    Vai com Deus, bruaca !

  123. DAISE 2.0 said

    Concordo. A bruaca e o fedorento fedem cada dia mais.

    DEPEND!

    calcinhas e cuecas limpas. Sem dólares e com cheiro “sanitizado”.

  124. Pedro said

    Como previsto pelo Guata, e contestado pelo 247(?) , 171(?), 666(?) e mais alguns filósofos de meia idade, videntes, e futurólogos da política nacional.

    http://sensacionalista.uol.com.br/2015/04/28/acoes-da-tramontina-despencam-com-anuncio-de-que-dilma-nao-fara-discurso-na-tv-em-1o-de-maio/

    Depois do vídeo do Lula marombando, de verde, amarelo e azul, não duvido de mais nada.

    Vai que a Dilma resolve fazer um pronunciamento surpresa as 19:00.

  125. Pedro said

    Nota oficial:

    Martaxa é boba, chata e feia.

    Rui Pombinha – Presidente nacional do PB

    Emidio Mariposa – Presidente Estadual do PM/SP

    Paulo Florido – Presidente/Diretório Municipau/SP

    É muita viadice

    Poha Patriarca, assim nem o Googlias, com a habitual trollagem intelectual, consegue te ajudar.
    ………………..

    Pax, desculpe o besteirol durante o seu luto.

  126. DAISE 2.0 said

    O MOLUSCO, passou a vida vendendo vento e fumaça. Hoje, quem diria, não consegue sequer vender cerveja

  127. Guatambu said

    Grécia.

    A Europa está com menos medo de que uma perda da Grécia venha a contagiar o restante da zona do euro e prejudicar muito a economia da Europa.

    Sim, a saída da Grécia do bloco aumentará a taxa de juros do bloco como um todo, mas longe de causar uma inadimplência generalizada.

    E a negociação da esquerda grega não está ajudando nada: nem os gregos, nem os troianos.

  128. Elias said

    Do noticiário da ADVFN (mordendo a língua):

    “A agência de classificação de riscos Moody s reafirmou todas as notas de crédito da Petrobras (PETR4) e elevou sua perspectiva para estável após a apresentação das demonstrações contábeis em atraso pela companhia. Para a Moody s, a apresentação do balanço elimina o risco do vencimento antecipado das dívidas da Petrobras. No entanto, a agência avalia uma deteriorização das relações de alavancagem ao longo deste ano, o que pode prejudicar a nota de crédito da companhia.”

    O “analista/vidente” da ADVFN sifu!

    “Deteriorização” é flórida!

    E por que “deteriorização”? “Deterioração” não é suficiente?

    No mais, tá na cara, né?

    Com o Petrossauro vendendo ativos e segurando dividendos, o que mais se pode dizer?

    De qualquer modo, “deteriorização (fulaput!) das relações de alavancagem”, em vez de “dificuldades crescentes para conseguir empréstimos e financiamentos” é dose pra idiota regular nenhum botar defeito.

    Pior do que isso, só mesmo a “trollagem intelectual” do Pedro.

  129. Guatambu said

    Elias,

    A correria anda me impedindo de olhar com mais calma a Petrobras.

    Depois que fiz meu último dinheirinho, tirei o dinheiro da empresa, então deixei um pouco de acompanhar.

    Há algum evento relevante sobre a Petrobras para os próximos dias?

    Se não houver, as ações tendem a crescer, agora sim, variando muito mais em função da flutuação do petróleo internacional.

    To pensando em comprar denovo e mirar em um prazo maior, tipo, até a próxima apresentação de resultados.

  130. Patriarca da Paciência said

    “Saiu no Globo:

    EM NOVO DEPOIMENTO, EX-DIRETOR DA PETROBRAS AFIRMOU QUE HOUVE REPASSES DE PROPINA A PSDB, PT E PMDB

    (…)

    — Houve direcionamento pontual para o PSDB, para o PT e para o PMDB. Eu fiquei muito doente no final de 2006, em uma situação extremamente precária de saúde, e nesse período houve uma briga política muito grande para colocar uma outra pessoa no meu lugar — afirmou Costa na delação.

    Não é a primeira vez que o ex-diretor faz denúncias referentes ao PSDB. Ele já havia afirmado que Sérgio Guerra, ex-presidente do partido, morto em 2014, recebera propina para que não houvesse CPI da Petrobras, em 2009. No depoimento de hoje, Costa afirma que os R$10 milhões recebidos por Guerra foram pagos pela empreiteira Queiroz Galvão. O acerto teria sido negociado em um encontro entre Costa e Guerra em um hotel na Barra da Tijuca, no Rio. Na reunião, marcada pelo deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE), Guerra teria determinado o valor da propina que gostaria de receber para impedir as investigações no Congresso.”
    (Blog do PHA)

    Pois então ?

    O aecim bebê chorão napoleão de hospício e o corrupto corno manso usurpador e senil com a bunda de fora, Fernando Henrique Cardoso, não deram um simples tiro no pé com o tal “escândalo da Petrobrás”. Eles praticaram auto-extermínio, O PSDB que vem encolhendo ano a ano, logo, logo, desaparecerá “

  131. Elias said

    Patriarca,

    I
    E olha que a Price é uma das maiores — talvez a maior! — empresas de auditoria do mundo…

    Como se sabe, os auditores independentes costumam entregar dois relatórios de auditoria: um é mais extenso e detalhado, para uso interno; o outro é uma versão resumida do primeiro, e é usado para publicação.

    A elaboração da versão resumida sempre foi justificada por causa do custo da publicação. Mas a versão integral deveria ser acessível a todos os acionistas, independentemente de participarem ou não da administração da companhia. Em se tratando de sociedade de economia mista, a versão integral do relatório de auditoria deveria estar disponível para qualquer cidadão.

    Hoje, com a internet, deveria ser obrigatória a divulgação da versão integral do relatório dos auditores independentes. Acontece que a maioria das empresas não reconhece a existência de uma “versão integral”. Isso torna possível a institucionalização da existência de “informação privilegiada” para os controladores, o que, no rigor da palavra escrita, é delito penal.

    Não gostei do relatório da Price. Achei fraco, do ponto de vista técnico, e incompatível com o momento político que vivemos. Esperava coisa melhor dessa porra…

    II
    É possível que o “mercado” tenha reagido positivamente ao balanço divulgado, porque a especulação havia jogado com uma expectativa excessivamente pessimista. O prejuízo se revelou bem menor que o esperado (e, ao contrário do que julga a militância de oposição, o que realmente preocupava o “mercado” não era a petrorroubalheira, e sim o realinhamento do ativo, de modo geral). Além do mais, o fato é que esse prejuízo é apenas contábil (para ajustar operações realizadas há vários anos).

    Descontados esses ajustes (que não implicaram desembolso financeiro), o resultado líquido da empresa em 2014 foi lucrativo em quase R$ 30 bilhões. A disponibilidade líquida subiu de R$ 37,2 bilhões para R$ 44,2 bilhões. Somando-se a isso os títulos públicos federais, no valor de R$ 24,7 bilhões, dá uma disponibilidade total de R$ 68,9 bilhões, o que não chega a ser um drama, pra quem fechou o ano com um Passivo Circulante de R$ 82,6 bilhões (liquidez imediata de 0,83, portanto), e um ativo circulante de R$ 135,0 bilhões (liquidez corrente de 1,6, ou seja, R$ 1,60 de dinheiro disponível ou a receber no curto prazo, para cada R$ 1,00 de dívida de curto prazo).

    Vale dizer: o problema não está na situação imediata, e sim na mediata. O inferno está no médio e longo prazos.

    Dorme com esse som: o ATIVO NÃO CIRCULANTE da Petrobras é de R$ 50,1 bilhões. Do outro lado da estrada, o PASSIVO NÃO CIRCULANTE soma, arredondando, R$ 400 bilhões (quase quatro vezes o ativo não circulante…). Desse montante, nada menos que R$ 319,3 bilhões, ou seja, mais de 75%, são financiamentos, o que equivale dizer dívidas reais (os restantes 25% são formados por diferimento de impostos, provisões para processos judiciais, desmatamento de áreas, etc.).

    A capacidade de endividamento de médio e longo prazo é mínima, portanto. Como a empresa necessita continuar investindo, a saída será andar com as próprias pernas. Isso significa fazer caixa: (i) vendendo ativos que não estejam suficientemente ajustados ao negócio principal; (ii) mantendo atualizados os preços internos (em outras palavras: mais reajuste de preço de combustíveis e demais derivados de petróleo, no futuro próximo); (iii) adiando do que puder ser adiado (e muito mais), dos projetos de maturação mais longa (a prioridade será tocar projetos que sejam capazes de gerar caixa no mais curto período de tempo possível), e assim por diante.

    A meu juízo, essa, mais ou menos, será a linha básica de conduta do Petrossauro (até aqui só li os balanços, as notas explicativas e o “parecer” da Price; ainda não chequei todo o relatório da administração).

    De qualquer modo, atualmente o valor de mercado da Petrobras (R$ 128 bi), é apenas 41,1% do valor patrimonial (R$ 311 bi). Tá na cara que há um amplo espaço para o valor de mercado escalar.

    Se considerarmos razoável que o atual valor de mercado da Petrobras deva ser mais ou menos 60% do valor patrimonial (o que é uma estimativa bastante conservadora), será igualmente razoável esperar uma elevação futura do valor médio das ações, até se estabilizar em R$ 19,00, ou — quem sabe? — um pouco mais que isso.

    De imediato, acho que tudo vai depender do grau de confiança que o “mercado” depositar na conduta que o Patrossauro adotar, pra contornar as dificuldades de obtenção de crédito, ou “deteriorização” das relações de alavancagem, no pernóstico malabarismo frasal do “analista/vidente” da ADVFN, que não é outro se não o mesmo artista do “Fim do Brasil” (mas o que não falta é imbecil que acha que anglicismos e/ou obscuridades pseudotécnicas dão mais credibilidade a um raciocínio medíocre…).

    Mais à frente, porém, quem tiver razão, terá… Ou a empresa se ajustará ao “mercado”, ou vice-versa, como aconteceu agora (quem vendeu a R$ 8,00 deve estar mordendo o dedão do pé…).

  132. Elias said

    “Se não houver, as ações tendem a crescer, agora sim, variando muito mais em função da flutuação do petróleo internacional.” (Guatambu)

    Guata, teu analista precisa aprender a ler…

  133. Elias said

    “Houve direcionamento pontual para o PSDB, para o PT e para o PMDB.” (Patriarca)

    Abertamente, Patriarca!

    É só dar uma olhada nas prestações de contas das campanhas eleitorais de 2014.

    Os caras não fizeram nenhuma concessão ao pudor… Ninguém nem tentou disfarçar…

  134. Patriarca da Paciência said

    131,

    muito boa análise, caro Elias, concordo totalmente !

    Depois de um “longo e tenebroso inverno”, o Sol volta a brilhar.

    Acredito mesmo que a Petrobrás seja a empresa de petróleo com mais futuro entre todas.

    Os abutres terão que dividir outra carniça ! Á Petrobrás continua mais viva que nunca !

  135. Guatambu said

    Elias,

    Meu analista me trouxe algo como 40% de lucro com petr3 esse ano, e o teu?

  136. Guatambu said

    Pena que toda a vez que eu tenho lucro por mérito próprio, o Estado me rouba para distribuir para funcionários públicos vagabundos que não tem mérito nenhum de nada.

  137. Pedro said

    É, agora vai.

    “O ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, em depoimento na manhã de hoje, na Comissão de Infraestrutura do Senado, admitiu que várias obras vão parar no Brasil a partir dos próximos dias por “falta de recursos”. Se as que estão em andamento serão paralisadas, imagina aquelas que nem começaram…”

  138. Guatambu said

    Esquerda/Direita.

    Quando eu digo que a esquerda não se cansa de tomar porrada, a extrema esquerda então, pobres coitados…

    http://www.businessinsider.com/soviet-buildings-from-the-mid-20th-century-2015-4#

    Aqui estão alguns dos edifícios e monumentos da era soviética.

    A maioria horrorosos.

    Todos decadentes e mal cuidados (esse é o legado da esquerda).

    E um deles inacabado… (se tem uma coisa que a esquerda normalmente acaba é com a economia dos países, o resto fica tudo inacabado… huá huá huá!!)

  139. Guatambu said

    Errata: inacabado não. nem começaram a fazer!

    Igual o PAC2. Huá Huá Huá!!!

  140. Guatambu said

    Brasil,

    Falando em roubo do meu trabalho.

    Lá vem o Ministro Levy com a mais antiga ideia de esquerda: “rever os tributos”.

    Pax, tá vendo só pq eu detesto eufemismos?

    Porque o bunda-mole do Levy não tem cojones para dizer: “precisamos aumentar a arrecadação”.

    Sabe onde é que vão parar esses novos tributos?

    Na bunda dos brasileiros mais pobres…

    É isso que dá confiar no eufemismo da esquerda: uma hora a realidade cai na cara, como o livro do Jefferson.

    Sabe quanto essa “revisão de tributos” vai se reverter em benefícios sociais? ZERO.

    Sabe onde é que vai parar a grana dessa “revisão de tributos”?

    Na administração pública, claro, sustentando esse poleiro de vagabundos cagalhões que adoram um eufemismo para enganar o povo.

  141. Patriarca da Paciência said

  142. Patriarca da Paciência said

    “O ex-candidato a presidente Aécio Neves não desiste. Candidato a síndico em seu prédio, em Minas, ele perdeu a eleição e já está organizando um abaixo assinado para remover o eleito do cargo. “Ganhei de forma justa, mas ele está buscando coisas na convenção do condomínio para me impedir de continuar no cargo”, disse Joselino Pereira, que assumiu no último domingo.

    De acordo com moradores, Aécio tem reclamado das pedaladas de Joselino, que usa a bicicleta do prédio. Mas o ataque veio de onde Aécio menos esperava. Moradores já querem impedir as suas futuras candidaturas. “O prédio fica em Minas e ele nunca apareceu por aqui”, disse um vizinho, que pediu para não ser identificado”.

    http://sensacionalista.uol.com.br/2015/04/27/aecio-perde-eleicao-de-sendico-e-ja-busca-outros-moradores-para-entrar-com-impeachment/

  143. Patriarca da Paciência said

    “Por volta do fechamento, as ações da Vale recuaram mais de 6%. Os papéis preferenciais da Petrobras subiam 0,39% e os ordinários, mais de 1%.”

    http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2015/04/bovespa-fecha-em-baixa-com-recuo-nas-acoes-da-vale-e-bancos.html

    Ações da Petrobrás sobem em dia de queda da Bolsa !

    É a Petrobrás, cada vez mais firme e cada vez mais forte !

  144. DAISE 2.0 said

    COMUNICADO OFICIAL

    Comunico que:

    Para ser um Fedorento petista não requer prática nem gramática, basta o onanismo mental diário…de manhã cedo, antes que a família acorde ou mais tarde'[no o horário das novelas).

    Suplicys com nariz de tucano é talvez a maior asneira MENTIROSA que o Fedorento disse aqui no sítio do pica-pau vermelho.

    Dentre tantas e variadas. Ele se acha..rsrsr.

    Mas ele se supera E fede a cada dia mais. Puro “ovo poder”, rsrsrs

    É a Petrobrás, cada vez mais firme e cada vez mais forte !
    batendo no peito!

    Como se ninguém aqui admirasse a Petrobrás e não estivesse puta da vida e muito triste com a “privatização espúria” de bandidos enriquecidos, tanto diretores corruptos quanto com dirigentes incompetentes, ou corruptos (como “diumavezportodas” e lula com o seu triplex no Guarujá e sítio “reformado” pela OAS, em Atibaia.) Em nome de laranjas conhecidos das famílias Bitar e Lula da Silva, desde 2003, en Campinas.

    Mas…enquanto isso o governo petista fica cada vez mais fraco e o Brasil entra em crise política e recessão. Fudendo os mais pobres que pagarão o prejuízo macabro deste período de vacas magras e pestilentas.

    O que deu errado Fedorento? Corrupção exagerada ou incompetência exagerada?

    Quem escolheu este caminho.? Foi FHC? Foi o Aécio, o bunda mole?
    (eu não voto no PSDB, a não ser pra derrotar o pt ( o partido do trambique))

    RESULTADO: Inflação, juros e desemprego aumentando mês a mês.

    E o Fedorento fica exultante com o iminente fracasso e passa a reproduzir, obsessivamente, asneiras do 171 e do PHA, antes de ir se “aliviar” na latrina do boteco.

    Ele sabe sim que o 171 e o PHA são mercenários mentirosos, mas continua passando por idiota inconsequente, ou sub idiota como acredito.
    O cara não é dotado de qualidades para ser um idiota.
    É um sub-idiota.

    Haja Viagra, Punheteiro sem vergonha!
    E lave as mãos seu porco…rsrsrs

    FIM DO COMUNICADO OFICIAL

  145. Patriarca da Paciência said

    Mula Sem Cabeça Cu, cada vez mais pirada, boçal, pornográfica e desvairada !

    Quá, quá, quá Quá, quá, quá Quá, quá, quá Quá, quá, quá Quá, quá, quá.

    É isso aí, Mula Sem Cabeça Cu. Se um dia eu te encontrar, espero que estejas numa camisa de força !

  146. DAISE 2.0 said

    Sim e Sim

    Economia 29.04.15 21:31

    A taxa básica de juros aumentou de 12,75% para 13,25% ao ano. A última vez que o Brasil teve uma taxa tão alta foi em dezembro de 2008.

    É preciso aumentar os juros para tentar conter a inflação? Sim.
    É preciso tirar Dilma Rousseff da Presidência para derrotar a inflação?
    Sim.

    O.A.

  147. DAISE 2.0 said

    # 45 FEDORENTO

    Como disse minha tia velha…eu não disse?

    Quá, quá, quá Quá, quá, quá Quá, quá, quá Quá, quá, quá Quá, quá, quá.

    quá Quá.quá Quá, sub-idiota é sinal de pau mole e fedorento!

    o sub-idiota está perdido e com medo. E fedendo.

  148. Patriarca da Paciência said

    “Em entrevista ao 247, o senador Roberto Requião (PMDB-PR), que acompanhou, da Assembleia Legislativa, o massacre promovido pela Polícia Militar do Paraná contra os professores, que deixou cerca de 200 feridos, afirma que o governador tucano Beto Richa perdeu as condições de governabilidade; “o clima é de indignação absoluta e de revolta no Paraná”, afirma Requião; segundo o senador, Richa só se mantém no cargo graças ao apoio da imprensa paranaense e nacional; “como é que chamam de isso de confronto? era um elefante contra uma formiga”; Requião diz ainda que o Paraná foi tomado por uma “quadrilha”, que elevou repasses das empresas estatais para acionistas privados, enquanto assalta os professores”

    Viu aí que vai sofrer processo de impeachment, Mula Sem Cabeça Cu ?

    E provavelmente será por insanidade mental !

  149. Patriarca da Paciência said

    Correção:

    Viu aí quem vai sofrer processo de impeachment, Mula Sem Cabeça Cu ?

    E provavelmente será por insanidade mental !

  150. DAISE 2.0 said

    Bendine precisa da ajuda da santa
    29/04/2015 10h31 PM

    O presidente da Petrobras usa na lapela um broche com a imagem de Nossa Senhora de Aparecida. Que ela o proteja. O comissário acaba de anunciar que no seu plano de investimentos, “talvez você pegue uma SBM, que é uma importante fornecedora”.

    Importantíssima, porém proibida de fazer negócios com a empresa que Bendine preside. A SBM é uma das maiores companhias da Holanda. Em 2012 faturou algo como US$ 5,5 bilhões e 60% de seus negócios vieram da Petrobras, a quem aluga navios, sondas e plataformas.
    Dois anos depois, ela pagou uma multa de US$ 240 milhões por ter distribuído propinas pelo mundo afora. No seu acordo com o governo holandês, a empresa reconheceu que molhou mãos em Angola e na Guiné Equatorial. Em relação à Petrobras, apareceram apenas “bandeiras vermelhas”. Tudo bem. Foram pagas comissões “legítimas” de US$ 139 milhões ao seu representante no Brasil, que a esta altura mora em Londres. O ptcomissário Pedro Barusco confessou que a SBM pagava-lhe propinas desde 2004 regularmente. Graças a elas, fez um pé de meia de US$ 22 milhões.

    Ao dizer que a SBM “é uma importante fornecedora”, de duas uma: Bendine não lê jornais ou acredita que pode dizer o que bem entende. Como a primeira hipótese é implausível, resta a segunda. Maria das Graças Foster, sua antecessora, acreditou que era uma “Dama de Ferro” e talvez tenha até acreditado que na infância viveu no Morro do Alemão.
    Referindo-se à sua capacidade de combater roubalheiras na empresa, disse que “não ficará pedra sobre pedra”. Parolagem.

    A SBM foi uma das primeiras empresas a entrar na roda da Lava Jato e em novembro passado a doutora Graça suspendeu os contratos que ela mantinha com a Petrobras, vedando-lhe acesso a novas licitações. Documentos da própria SBM mostram que na transação do navio-plataforma P-57, vendido por US$ 1,2 bilhão, a comissão foi de US$ 36,3 milhões. Barrada no baile, a SBM começou a negociar um acordo de leniência com a Controladoria-Geral da União. A CGU pedia uma indenização de R$ 1 bilhão e a SBM teria oferecido R$ 400 milhões.

    No dia 17 de março chegou-se a um memorando de entendimento cujo teor ainda não é conhecido. Sabe-se apenas que contém a base para a discussão de um “acordo mutuamente aceitável”. Esses acordos destinam-se a proteger as empresas das malfeitorias atribuídas a funcionários. Tudo bem, desde que a empresa conte quanto deu, quem pagou e quem recebeu. Sem essa fulanização, inverte-se a equação e blinda-se os malfeitores. Compra o próprio silêncio.

    Aldemir Bendine antecipou sua própria leniência para com a “importante fornecedora”. Atropelou a CGU e o Tribunal de Contas da União, a quem cabe a última palavra, e deixou as duas instituições numa situação constrangedora.

    Pode-se entender que bancos, empreiteiras ou fornecedores de equipamentos e propinas queiram proteger suas reputações e, sobretudo, seus investimentos em projetos micados. A pior maneira para se conseguir isso é o estilo trator, com a ajuda de hierarcas da Petrobras atropelando instâncias e empulhando a patuleia. Foi assim que se criou a encrenca desvendada pela Lava Jato. Desde 2004, a SBM, Pedro Barusco, Duque e outros ptcomissários faziam as coisas no peito.
    Deu no que deu.

    E.Gaspari. na FSP

  151. DAISE 2.0 said

    Putz

    Requião já mascou semente de mamona ao vivo na TV ( combustível alternativo), na gradual e eventual substituição do petróleo.

    Até lula estranhou…rsrsres( vcideo famoso)

    O punheteiro fedorento continua o mesmo
    Recebeu sildenafil super malhado da Labogen – amostra grátis!.

    E continua…”ca direita e ca canhota!”

  152. DAISE 2.0 said

    Em entrevista exclusiva ao 247…o Fedorento declarou-se um “punheteiro profissional” ao acreditar em tudo o que o portal publica.

    “Ele se tranca no banheiro e manda ver”,
    disse o repórter exclusivo e único do 171, enquanto fedorento comia um grosso hotdog de picanha nas ruas de Curitiba.

    Deu no que deu.

  153. Patriarca da Paciência said

    “Homenageado em jantar promovido por João Doria Jr., ex-presidente tucano FHC surpreendeu executivos como Marcelo Odebrecht, Rubens Ometto, da Cosan, e Jorge Gerdau, do grupo Gerdau, ao poupar o governo Dilma de críticas duras; disse que ‘não podemos conviver com falta de esperança e tristeza’: “Eu continuo confiante. Com todas as dificuldades, nós já fizemos muitas coisas no Brasil. Temos que fazer esse balanço”
    (247)

    Viu aí, Mula Sem Cabeça Cu, até o FHC já desembarcou do golpismo !

    Vou parar de chamá-lo de corrupto corno manso usurpador e senil com a bunda de fora ! Vai ser novamente FHC.

  154. Patriarca da Paciência said

    “Vale tem prejuízo no primeiro trimestre de 9,5 bilhões. Embraer de 196 milhões”.(Globo)

    E agora ? As duas não foram privatizadas ainda no governo FHC ? Não deveriam estar apresentando um lucro espetacular e estrondoso ?

    Conforme as sondagens, a Petrobrás apresentará lucro !

  155. Patriarca da Paciência said

    A presidente Dilma Rousseff num ato de “paz e amor” convidou o quase presidente Aécio Neves para ser o novo Embaixador Brasileiro na Indonésia.
    Aécio ocuparia a cadeira de Paulo Alberto da Silveira Soares, na Embaixada do Brasil em Jacarta.
    O convite foi recusado por Aécio Neves, o que gerou um certo desconforto na base oposicionista e na base de apoio ao governo da presidente Dilma.
    O que ninguém entendeu foi o motivo da recusa de Aécio ao convite.
    “Estamos perplexos, O Aécio não está com essa bola toda para sair recusando convites, o que ele quer o meu lugar na minha sala?” Disse Dilma Rousseff
    A assessoria do candidato não deu maiores esclarecimentos sobre a recusa de Aécio, apenas disseram que ele prefere ficar no Brasil, ou quem sabe o presidente de lá caia ele poderá pensar em ser embaixador”.

    http://sacizento.bol.uol.com.br/blog/?p=13960

  156. Pedro said

    Pois é, a Vale tem uma administração péssima.
    Vai ver, foi por isso que o presidente da Vale, foi escolhido pra ser o Novo líder do conselho de administração da Petrobras.

    http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2015/04/novo-lider-do-conselho-da-petrobras-fez-carreira-no-setor-de-mineracao.html

    Este boçal, só não é pior que o Bossinha.

  157. Patriarca da Paciência said

  158. Patriarca da Paciência said

    Pedro Simplório Boçal,

    vou desenhar,

    O que eu quis dizer e o que venho dizendo faz muito tempo, é que a situação está difícil para todos.

  159. Pedro said

    E quem é que colocou o país nesta situação difícil?

    O PTornado ou o PTerremoto?

  160. Guatambu said

    Empresas.

    Acho que a esquerda deveria decidir de uma vez por todas quem ela quer defender: se o patrimônio e as empresas nacionais voltadas ao setor produtivo, ou as multinacionais e banqueiros…

    1. Embraer – Empresa Brasileira – R$ 196 mi de prejuízo no trimestre. Causa: Imposto de Renda (culpa do Estado)
    2. Vale – Empresa Brasileira – R$ 9,5 bi de prejuízo no trimestre. Causa: Câmbio (culpa do Estado)
    3. Petrobras – Empresa Brasileira e Estatal – R$ 21 bi de prejuízo. Causa: Corrupção (culpa do Estado)

    Por outro lado:

    4. Bradesco – Empresa Brasileira de banqueiros malditos capitalistas – R$ 4 bi de lucro (subindo 23%). Causa: Taxa de juros (culpa do Estado)
    5. Bunge – Multinacional imperialista maldita que privilegia latifundiário – R$780 mi lucro. Causa: Câmbio (obra do Estado)

  161. Patriarca da Paciência said

    ´Nenhum país do mundo está em situação confortável.

    Europa amarga recessão faz mais de dez anos. Estados Unidos lutam para sair da recessão mas os últimos números já não são tão animadores !

    China reduziu sua vigorosa taxa de crescimento.

    Somente alguns “economistas” brasileiros, todos da oposição, acham que apenas o Brasil está enfrentando uma crise !

  162. Guatambu said

    Estados Unidos.

    http://www.businessinsider.com/employment-cost-index-q1-2015-2015-4

    Taxa de desemprego beira a zero.

    Americanos estão super “decepcionados” porque o PIB cresceu “só” 0,4% no TRIMESTRE (acho que o Brasil cresceu isso nos primeiros 4 mandatods da Dilma… quá quá quá!!!)

    Isso tudo com o dólar valorizando, o que qualifica os EUA como investidores internacionais

    Realmente, números nada animadores.

    Como é ruim ser capitalista-de-direita-com-economia-aberta.

    Uma porcaria…

  163. Guatambu said

    Errata: Nos primeiros 4 anos de Dilma.

  164. Pedro said

    Ué, la fora não era tsunami e aqui marolinha?
    ………..
    Na realidade é o contrário.
    ……..

    Vai ter que pedalar muito Patriarca

  165. Guatambu said

    Funcionário público vagabundo que sobrevive com o meu dinheiro me mandando mudar pros EUA em 3,2,1…

  166. Guatambu said

    Petróleo.

    Olha que coisa…

    O preço do petróleo está realmente muito baixo, disseram.

    O preço do petróleo vai afetar o balanço de todas as empresas de petróleo, disseram.

    O preço do petróleo vai destruir valor e fazer as ações de todas as empresas do petróleo do mundo desabarem, disseram.

    Aí vem a Exxon/Mobil (empresa americana-capitalista-maldita-suja-e-feia) e produz US$ 4,9 bi no trimestre.

    Isso porque a empresa, diferente da Petrobras, tem concorrência (não é monopolista).

    Isso porque a Exxon/Mobil explora fontes de petróleo em xisto betuminoso, que é muito mais caro que o pré-sal.

    Isso porque a economia do mundo e dos EUA está uma porcaria.

    http://www.businessinsider.com/exxonmobil-q1-earnings-2015-4

  167. Elias said

    Guata,

    Então, tá…

  168. Elias said

    Vale toma R$ 9,3 bilhões de prejuízo no 1º Tri de 2015.

    Câmbio…

    Mas, aqui, não há perigo do Josias de Souza dizer que houve “incúria administrativa”…

  169. Patriarca da Paciência said

  170. Patriarca da Paciência said

    Dizer que funcionário público é vagabundo e vive com dinheiro do contribuinte é tão simplório e ridículo que não merece sequer comentário !

  171. Guatambu said

    Huá huá huá!!!

    Realidade… a coisa mais doce do mundo.

  172. Guatambu said

    Elias,

    Abra o relatório de resultado trimestral da Vale e leia.

    É auditado também, igualzinho o da Petrobras.

  173. DAISE 2.0 said

    FUDILMA LANÇA NOVA MARCA DE “CAMISINHA”: AJUSTE FISCAL”

    O Planalto lançará nesta quinta uma campanha publicitária na TV para promover o AJUSTE FISCAL.
    Com o slogan “Ajustar para avançar”, a propaganda dirá que as garantias trabalhistas “estão todas asseguradas” e que os cortes visam apenas “evitar distorções e fraudes”.(FSP)

    Como diria Marta Suplicy antes de cair fora do PTrambique aos
    trabalhadores demitidos por causa do ajuste fiscal:

    Relaxe e goze!

    Este governo é pornográfico.

  174. Patriarca da Paciência said

    “Zavascki fez uma coisa que parecia impossível até pouco tempo atrás: deixou o STF com cara de tribunal de justiça, e não de departamento jurídico da direita.”(Paulo Nogueira)

  175. Patriarca da Paciência said

    Já a Mula Sem Cabeça Cu é recatadíssima ! Uma puríssima donzela ! Uma imaculada irmã de caridade !

  176. Elias said

    Patriarca,
    Parece que, daqui pra frente, o SFH só vai financiar até 50% do valor do imóvel usado.

    Uma das melhores decisões do Lula, como presidente, foi elevar o financiamento do imóvel usado para até 90% do valor.

    Isso deu uma baita dinamizada no setor, e fez surgir um monte de pequenas empresas especializadas na compra/reforma/venda de imóveis até R$ 800 mil R$ 1 milhão, por aí…

    Com R$ 80 mil na mão, a pessoa poderia comprar um imóvel de R$ 800 mil. Os R$ 720 mil restantes eram financiados pelo SFH, em prazos que poderiam chegar a 20 anos.

    Agora, quem quiser comprar um imóvel nesse valor, terá que dispor de, no mínimo, R$ 400 mil. Os imóveis usados já estão pagando o pato, com deságio de aproximadamente 30% (e que poderá aumentar, nos próximos meses).

    As pequenas empresas especializadas na compra/reforma/venda desses imóveis, que até aqui têm gerado dezenas de milhares de empregos em todo o país, estão condenadas a fechar as portas.

    Quem ainda não pode se queixar são as grandes incorporadoras, as construtoras, etc., que operam no segmento de imóveis novos… Para elas, o esquema de financiamento continua o mesmo. Por ora…

    É o Levy, que tenta curar a doença matando o paciente.

    O Brasil já fez isso. Foi logo depois de 1964, com a dupla macabra Octávio Gouveia de Bulhões/Roberto Campos. A pretexto de combater a inflação, esses dois doidos enfiaram o Brasil numa brutal recessão. Quase quebraram o país…

    Pra tirar o país do buraco, o regime militar teve que aumentar a despesa pública a níveis estratosféricos, usando principalmente o BNH (pra potencializar a enorme capacidade que o setor da construção civil tem, de gerar muitos postos de trabalho rapidamente).

    E nunca mais deixaram Gouveia de Bulhões e Bob Fields chegar pelo menos perto da formulação da política econômica. Décadas mais adiante, o velho Geisel ensinava que meter o país numa recessão é coisa que qualquer um faz. Difícil é tirar o país da recessão.

    Bulhões sumiu numa sinecura maneira… Bob Fields ficou até o fim da vida repetindo o besteirol de sempre… Conseguiu enganar o suficiente pra se eleger senador. Quando a quantidade de otários diminuiu, se elegeu deputado federal. Depois, nem isso…

    Projetos de lei dele? Nenhum… Os poucos que apresentou eram apenas cópias de projetos de outros senadores e deputados, e, por isso mesmo, sistematicamente arquivados sob a rubrica “réplica de proposição legislativa já existente”.

    A porra desse Levy é uma das piores coisas que Dilma já fez (o olha que, nesse particular, a competição é braba!).

    Dilma amarrou o destino do mandato dela a uma versão revista e piorada do Bob Fields…

    O original já era uma merda… Imagina a imitação…

  177. Elias said

    “Elias, Abra o relatório de resultado trimestral da Vale e leia. É auditado também, igualzinho o da Petrobras.” (Guatambu)

    Porra, Guatambu!

    Eu estou dizendo pato no tucupi, e tu estás entendendo entupir o cu do pato…

  178. Patriarca da Paciência said

  179. Elias said

    # 160

    Foi em Diamantina,
    onde nasceu JK,
    que a princesa Leopoldina
    arresolveu se casá

    Mas Xica da Silva
    tinha outros pretendentes,
    e obrigô a princesa
    a se casá com Tiradentes

  180. Guatambu said

    Espanha.

    E as reformas realizadas pelo partido de direita na Espanha estão dando certo.

    O PIB cresce 0,9% no primeiro trimestre.

    Mesmo que a Europa esteja numa crise desgraçada….

    E as reformas da esquerda grega?!

    http://www.businessinsider.com/spain-gdp-q1-2015-results-2015-4

  181. Patriarca da Paciência said

    Elias,

    é o tal do “remédio amargo”. Ninguém gosta, é doloroso ingerir, mas é a única chance de cura. Nada pior que uma economia descontrolada.

    Se volta a inflação é muito pior e, “por decreto” ninguém controla a inflação, como a História já demonstrou várias vezes.

    Então, entre o mal pior que é o descontrole da economia e o mal menor, um pouco de impopularidade, eu fico com o mal menor.

  182. DAISE 2.0 said

    PTrambique em Brasilia

  183. DAISE 2.0 said

    Nepal, É Pedra, É o Fim do Caminho

    Sorte tem o povo do Nepal, que não tem que enfrentar o governo de calamidade pública do PT. Felizmente, no Brasil a gente não tem terremoto, não tem tufão, não tem maremoto, mas, em compensação, tem a presidenta Fudilma Rousseff. Como um tsunami assassino, a presidenta-gerenta, em apenas um mandato, destruiu a Petrobras, devastou o poder aquisitivo dos trabalhadores e arrasou o sistema energético do país. Que estrago!

    Mas nem tudo são más notícias: tem também as péssimas notícias. A Cruz Vermelha e a ONU já estão em Brasília tentando resgatar os mortos e feridos no meio dos escombros do governo petista-leninista. Por entre as ruínas do Detrito Federal, ONGs internacionais estão tentando resgatar a credibilidade da presidenta, mas os especialistas em catástrofes da GloboNews consideram isso impossível. A reconstrução do Nepal vai custar 6 bilhões de dólares. Vai sair mais barato que o prejuízo de 21 bilhões na PTbras, líder mundial em negociatas profundas. Para desviar a atenção dos sobreviventes brasileiros, o marqueteiro João Sacanna divulgou uma foto do ex-presidente em exercício Lula malhando. Ora, por que não mostraram uma foto minha, que vivo malhando o Lula há mais de 20 anos?

    Já o PT (Partido do Terremoto) divulgou uma nota na qual afirma que a culpa do cataclisma político é do Fernando Henrique. O PT, Partido dos Trambiqueiros, também afirmou que está ajudando no resgate das instituições e já fez a sua parte: tirou o corpo fora. Como sempre.

    Agamenon Mendes Pedreira é jornalista-catástrofe.

    Em tempo: Uma delegação da PTbras já está no Nepal para ajudar a roubar os donativos destinados às vítimas do terremoto.

  184. DAISE 2.0 said

    Esquecendo Dilma
    30/04/2015 08h54

    “Quero que me esqueçam”, disse o general-presidente João Figueiredo (1918-1999) ao final de seu mandato, em 1985. Foi o último presidente militar do Brasil, regime contra o qual Dilma Rousseff lutou com a própria vida.

    Neste 1º de Maio, a presidente vai se esconder. Pela primeira vez desde que assumiu, não falará em rede nacional de rádio e TV no Dia do Trabalho. “Não, não é isso [medo de panelaço]. A presidente vai dialogar com trabalhadores e trabalhadoras pelas redes sociais”, diz seu ministro da Comunicação Social. Como vai ser isso?

    O Congresso está votando um dos projetos mais importantes da história do mercado de trabalho no Brasil. Algo que pode levar à massificação da terceirização e mudar o panorama do emprego.

    O desemprego em março subiu a 6,2%, maior taxa desde 2011. E a renda média dos brasileiros sofreu o maior tombo em mais de uma década. Ganhávamos, em média, R$ 2.196 em fevereiro e caímos a R$ 2.134 em março.

    A massa salarial (soma de todos os rendimentos pagos) acumula retração de 8% desde dezembro. Algo grave em um cenário de inflação descontrolada de 8,5% ao ano, que come os rendimentos mês a mês. Difícil não conhecer alguém hoje que não esteja em dificuldades ou que não tenha um conhecido demitido.

    Dilma não tem nada a dizer? Quer que a esqueçam?

    A presidente “terceirizou” completamente o comando da economia para um ministro liberal e ortodoxo que nada tem a ver com o que ela pensa ou fez em seu primeiro mandado. E se retirou, junto com o seu partido, da coordenação política, entregue o PMDB. Tudo sem maiores explicações.

    Até a recente “agenda econômica positiva” não é a dela. As novas rodadas de concessões de serviços públicos de energia, ferrovias e portos devem reabilitar o modelo usado pela gestão FHC (1995-2002), de vender o serviço ao maior preço, e não a quem oferecer as menores tarifas. Tudo diferente do que Dilma quis em seu primeiro mandato.

    É notável que agora a presidente só apareça em ambientes “controlados” e fechados, como inaugurações de fábricas e eventos palacianos. Em apenas quatro meses de seu segundo mandato, a presidente não pode falar na TV ou circular em público sem ser hostilizada.

    Até do seu ponto de vista, talvez seja melhor mesmo esquecer dela.

    F.C.

  185. Patriarca da Paciência said

  186. Patriarca da Paciência said

    “A Bovespa opera em alta nesta quinta-feira (30), após decisão do Copom de aumentar os juros básicos da economia para 13,25% ao ano e depois do balanço trimestral da Vale apontar prejuízo de R$ 9,538 bilhões. O avanço das ações de bancos e da Petrobras contrabalanceavam o forte declínio nos papéis da Vale.”

    http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2015/04/bovespa-opera-em-alta-apos-alta-da-selic-e-prejuizo-da-vale.html

    Veja aí, caro Elias,

    as ações da Petrobrás seguem em marcha ascendente !

    Logo os acionistas não terão do que reclamar !

  187. Guatambu said

    Licença poética da esquerda, é isso?

    Quanto mais se depara com a realidade, mais a esquerda tenta se distanciar dela?

    huá huá huá!!!

    Falando em esquerda, Venezuela.

    Parece que a crise venezuelana alcançou um novo nível: a medicina.

    Agora há falta de medicamentos nas farmácias e os usuários têm que registrar a digital para poder ter acesso aos remédios.

    Tudo porque o capitalismo malvado e a direita imperialista resolveram cobrar muito caro sobre o duro trabalho de desenvolver medicamentos!

    Eles deveriam ter desenvolvido os medicamentos e distribui-los de graça! Como eles são malvados…

    Por que o Maduro não pede pra Cuba? Será que Cuba, o maior exemplo da medicina mundial de acordo com a esquerda, não tem medicamentos avançados para curar doenças?

    Ah é verdade… é que Cuba agora volta a flertar com os EUA… e provavelmente são uns malditos traidores.

    Enquanto isso a mastectomia passa a ser um procedimento comum nos hospitais venezuelanos por falta de medicamentos contra câncer de mama.

    Essa é a esquerda bolivariana latino-americana defendendo o povo!

    http://www.businessinsider.com/venezuelas-imploding-economy-has-hit-a-new-low-2015-4

  188. Guatambu said

    Elias,

    O Josias é um articulista como qualquer outro: vai falar sobre o que lhe interessa.

    Ele não é preparado para analisar dados, ele, como todos os outros, deveria ter sido preparado para contar fatos.

    Mas quem liga para fatos quando o povo prefere histórias?… e assim se fez o jornalismo brasileiro….

  189. DAISE 2.0 said

    Panelas e antropofagia

    Brasil 30.04.15 15:30
    O senador Renan Calheiros classificou de “ridícula” a decisão da presidente de não falar na TV no Dia do Trabalho. Para Renan, a democracia existe para as panelas falarem.

    O deputado Eduardo Cunha também fustigou — sardonicamente — o governo de Dilma Rousseff. Disse que “o PT só ganha (na Câmara) quando temos pena”.

    O PMDB degusta cada pedacinho do PT. Só a antropofagia os une.

    O.A.

  190. Pedro said

    A que ponto chegamos.
    O canalha do Renan dando lição de moral na presidente.

    Tamufu

  191. DAISE 2.0 said

    Petrobras destruiu provas contra Dilma

    É chocante: o Estadão acaba de publicar que a Petrobras destruiu gravações em áudio e vídeo das reuniões do Conselho de Administração da Petrobras, então presidido por Dilma Rousseff, em que foram discutidas obras superfaturadas investigadas pela Lava Jato e a compra da refinaria de Pasadena, o pior negócio da história do capitalismo mundial. Sobraram só atas, que não registram tudo.

    O TCU queria as gravações. A CPI da Petrobras queria as gravações. O Estadão queria as gravações. A Petrobras enrolou todo mundo e depois confessou que “eliminou” o material, “amparada pelo regimento interno da empresa”.

    É mais do que chocante. É ultrajante. É crime. Destruir provas de crimes é crime.

    O.A.

  192. DAISE 2.0 said

    O pt quer cassar o mandato da Marta, para dar lugar a um verdadeiro petista

    Será que o pt obterá sucesso na empreitada? Bem, duvido!
    Não será difícil provar que o partido se distanciou dos princípios que estão em seus estatutos, não é mesmo?
    De resto, não creio que o tribunal casse o mandato de alguém eleito pelo voto majoritário. O primeiro suplente de Marta é Antônio Carlos Rodrigues, que nem petista é. É do PR. Assim, o partido nem mesmo poderia afirmar que está reivindicando votos que são seus. Rodrigues teria de abrir mão do mandato para, então, dar posse a Paulo Frateschi, o segundo suplente — este, sim, um companheiro.

    R.A. + D.M.

    (Só o Fedorento punheteiro acredita nessa bobagem rsrsrsrs)

  193. DAISE 2.0 said

    O bocão sobre a boquinha

    Brasil 30.04.15 15:41
    O senador Renan Calheiros classificou de “ridícula” a decisão da presidente de não falar na TV no Dia do Trabalho. Disse também Renan Calheiros sobre a “articulação política” de Michel Temer: “O pior papel que o PMDB pode fazer é substituir o PT naquilo que o PT tem de pior, que é no aparelhamento do Estado. O PMDB não pode transformar a coordenação política, sua participação no governo, em uma articulação de RH, para distribuir cargos e boquinhas.”

    E olhe que de boquinha o bocão entende.

    O.A.

    Renan, o (en) calheiro do p[ovo brasileiro!

  194. DAISE 2.0 said

    RENAN X TEMER

    É o urubu de baixo cagando no de cima, em pleno voo. Ou não?

    Renan irá se desfiliar do PMDB e ocupar o lugar do Ruin Falcão?

  195. DAISE 2.0 said

    2

  196. Patriarca da Paciência said

    “Mesmo sob a mira de ataques diários por parte de líderes da oposição e da imprensa, a estatal do petróleo, junto com a CSN, foi a empresa que mais se valorizou em abril na Bovespa; as ações ON da Petrobras fecharam o mês com ganhos de 48,75%, cotadas a R$ 14,25, enquanto as PN dispararam 34,12%, para R$ 13,05; com isso, a empresa fecha abril com um ganho de R$ 53,36 bilhões de valor de mercado; noticiário ao longo do mês foi principalmente em torno da expectativa da divulgação do balanço de 2014, que apontou prejuízo de R$ 21,6 bilhões; também ajudaram os papéis informações sobre desinvestimentos da companhia, como a possível venda da participação na Braskem”
    (247)

    Os abutres estão inconsoláveis !

    Só em abril a Petrobrás ganhou 53 bilhões de valorização.

  197. DAISE 2.0 said

    PMDB X PMDB do B

  198. Patriarca da Paciência said

    “Em abril, as ações ordinárias da estatal subiram 48%, de R$ 9,58 para R$ 14,25. Já as preferenciais avançaram 34%, passando de R$ 9,73 para R$ 13,05. No acumulado de 2015, as ações ordinárias da petroleira subiram 48%, e as preferenciais, 30%.”

    http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2015/04/em-dia-instavel-bovespa-fecha-em-alta-e-avanca-quase-10-em-abril.html

    Os abutres vão passar fome !

    A Petrobrás está mais firme que nunca !

  199. Patriarca da Paciência said

  200. DAISE 2.0 said

    OPINIÃO DO PUNHETEIRO FEDORENTO

    Euqueroimpítima !

    Vamos informar o petista punheteiro:
    fudilma já foi impitimada pelo PMDB e só o punheteiro fedorento não percebeu. Ataca o irrelevante Aécio, o bosta.

    O punheteiro vai continuar punhetando besteiras, ad eterrnun.

    E diuma continuará escondida em baixo da mesa. Impedida!.
    E o fedorento batendo punheta. Todo dia!

  201. Patriarca da Paciência said

    A Mula Sem Cabeça Cu endoidou de vez.

    Ela só escreve sobre punheta, merda, cu etc.etc.etc.

    Mas também o que esperar de uma entidade cujo órgão mais importante é o cu ?

    Pois então, uma entidade que pensa com o cu, fala pelo cu e até escreve com o cu, só pode mesmo reproduzir os lixos do PIG.

  202. DAISE 2.0 said

    GRADES VIOLENTAS DA PM ATACANDO INOCENTES PROFESSORES EM CURITIBA

  203. DAISE 2.0 said

    MENSAGEM DE 1o. DE MAIO

  204. DAISE 2.0 said

    Lula, o lobista em chefe do Brasil

    A Época revela que o Núcleo de Corrupção da Procuradoria da República em Brasília abriu, há uma semana, investigação sobre Lula, descrito pela revista como “O lobista em chefe do Brasil”.

    Eis um trecho do documento obtido pela Época:

    TRÁFICO DE INFLUÊNCIA. LULA. BNDES. Supostas vantagens econômicas obtidas, direta ou indiretamente, da empreiteira Odebrecht pelo ex-presidente da República Luis Inácio Lula da Silva, entre os anos de 2011 a 2014, com pretexto de influir em atos praticados por agentes públicos estrangeiros, notadamente os governos da República Dominicana e Cuba, este último contendo obras custeadas, direta ou indiretamente, pelo BNDES”.

    O.A.

  205. DAISE 2.0 said

  206. DAISE 2.0 said

    Os dois crimes de Lula

    Brasil 01.05.15 06:40
    O Ministério Público Federal está investigando Lula.

    Ele pode ser enquadrado, segundo a reportagem da Época, em dois crimes:

    O primeiro, 337-C, é “solicitar, exigir ou obter, para si ou para outrem, vantagem ou promessa de vantagem, a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público estrangeiro no exercício de suas funções, relacionado a transação comercial internacional”.

    O nome do crime: tráfico de influência em transação comercial internacional.

    O segundo, 332, refere-se à suspeita de tráfico de influência junto ao BNDES, e é descrito da seguinte maneira pelos procuradores que investigam o lobista da Odebrecht:

    “Considerando que as mencionadas obras são custeadas, em parte, direta ou indiretamente, por recursos do BNDES, caso se comprove que o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva também buscou interferir em atos práticos pelo presidente do mencionado banco (Luciano Coutinho), poder-se-á, em tese, configurar o tipo penal do artigo 332 do Código Penal (tráfico de influência)”

    O.A.

  207. Patriarca da Paciência said

    “Parece que finalmente saiu de qualquer pauta absurda a tentativa de impeachment da Presidente Dilma. Como é que o político que foi secretário (e neto) do Tancredo não aprendeu absolutamente nada sobre política?”

    ” Isso parece coisa de república de patetas.O FHC não tinha nem que se pronunciar. É um absurdo tão grande.”

    ” Aécio teve uma quantidade de votos expressiva e sai falando uma bobagem dessas. O que será que ele está pensando? Que vão tirar a Dilma e colocar ele? “
    (Jô Soares)

    O FHC já caiu fora do golpe e o monobloco golpista da Globo começa a desmoronar !

  208. DAISE 2.0 said

    Oi amiguinhos trabalhadores do feicibuqui

  209. Patriarca da Paciência said

    Nota Pública da Associação Juízes para a Democracia de repúdio à repressão aos professores do Paraná

    A Associação Juízes para a Democracia, entidade não governamental e sem fins corporativos, que tem dentre suas finalidades o respeito absoluto e incondicional aos valores jurídicos próprios do Estado Democrático de Direito, vem a público, a propósito dos lamentáveis fatos que se passaram na cidade de Curitiba no último dia 29 de abril de 2015, manifestar seu apoio aos professores paranaenses, nos seguintes termos:

    1. Os brasileiros assistiram estarrecidos, na referida data, a mais um covarde e truculento ataque do Estado a insatisfações populares manifestadas de forma republicana e democrática, tal como garantido na Constituição Federal. Tratou-se de reação ilegal e violenta, desta vez, inexplicavelmente, assacada contra integrantes de classe que deveria merecer o maior grau de deferência e respeito: os professores.

    2. Decerto que as injúrias físicas – que não foram poucas – infligidas aos professores, que ousaram, em continuidade à sua corajosa faina diária em salas de aula pela formação de cidadãos, lutar também nas ruas por direitos que deveriam lhes ser garantidos pelo Estado, não foram o aspecto mais nocivo dos acontecimentos.

    3. Decerto que o que mais calou fundo, no espírito de cada um dos manifestantes, foi a simbologia da resposta do Estado às reivindicações dos professores: o obscurantismo, trazido à tona pela utilização de armas, preponderando, à força, sobre as luzes, representadas pelos professores e suas convicções; a repressão, representada pela intolerância ao debate, às manifestações, ao povo nas ruas, sobressaindo-se, a marretadas, à liberdade.

    4. Importante relembrar que as manifestações individuais ou coletivas, em vias públicas contra medidas ou projetos governamentais, assim como o direito de greve, configuram direitos previstos nos artigos 5o, incisos IV e XVI e 9º, da Constituição da Federal.

    5. Sendo assim, às forças policiais cumpre, por dever constitucional de ofício, assegurar a realização de manifestações públicas e, ao governo, dialogar com a sociedade civil, não sendo balas de borracha ou bombas de efeito moral, respostas legítimas para a discordância popular.

    6. A violenta ação do governo paranaense contra os professores configura mais um capítulo do recrudescimento da repressão oficial em plena vigência de Constituição Federal que consagra, como fundamento do Estado brasileiro, o pluralismo político (art. 1o, V). A lógica do eficientismo gerencial para o suposto enfrentamento de questões fiscais tem prevalecido sobre o direito da população de externar suas divergências no espaço público, de forma lamentavelmente idêntica ao que ocorria sob a égide da ditadura civil-militar que vigorou após o Golpe de 1964.

    7. A construção de um Estado Democrático de Direito, na forma projetada pela Constituição Federal de 1988, requer o abandono definitivo de práticas policiais para o enfrentamento da questão social. O dialogo objetivando a efetivação de direitos é a resposta legítima que se espera de todos os governos sob a égide democrática.

    São Paulo, 30 de abril de 2015.

    André Augusto Salvador Bezerra

    Presidente do Conselho Executivo da Associação Juízes para a Democracia (AJD)

  210. Patriarca da Paciência said

  211. DAISE 2.0 said

    <INOCENTES PROFESSORES EM CURITIBA USANDO ESTILINGUES CONTRA A PM EM SINAL DE PAZ E DEMOCRACIA.

    O Fedorento é ou não um paspalho onanista?

  212. DAISE 2.0 said

    INOCENTES PROFESSORES EM CURITIBA PREPARANDO COQUETÉIS MOLOTOV CONTRA A PM EM SINAL DE PAZ E DEMOCRACIA.

    O Fedorento é um paspalho onanista!

  213. DAISE 2.0 said

    DILMA: 1o DE MAIO ou 1o DE ABRIL ?

  214. DAISE 2.0 said

    LULA CONTRA DILMA

  215. DAISE 2.0 said

    Associação Juízes para a Democracia (AJD) ou Associação Juízes de Merda (AJDM) ???
    —————-

    Lições de selvageria
    O ESTADO DE S.PAULO
    01 Maio 2015

    Enquanto os professores se permitirem representar por partidos sem voto – aqueles que dependem do caos para triunfar – sua reivindicação por condições melhores de trabalho e de vida servirá como instrumento para que aqueles oportunistas exercitem sua truculência liberticida.
    Recentes conflitos envolvendo professores em São Paulo e no Paraná revelam uma estratégia comum entre os sindicatos dessa categoria profissional: provocar situações embaraçosas para governos administrados por seus adversários políticos e ideológicos. A luta dessa turma, portanto, nada tem a ver com a dos professores. Seu interesse está mesmo é na confusão de valores, na desinformação e na desmoralização das instituições democráticas, situação de onde a mazorca extrai sua força.
    Em Curitiba, na quarta-feira passada, manifestantes liderados pelo sindicato dos professores tentaram invadir o prédio da Assembleia Legislativa, durante a votação de um projeto de lei do governo que alterava a forma de custear o regime de Previdência Social dos servidores do Paraná.
    Dias antes, os representantes dos professores haviam decidido deflagrar uma greve em protesto contra a tramitação do projeto – por meio do qual a aposentadoria de 33,5 mil servidores, hoje bancada pelo governo, passaria a ser de responsabilidade também do funcionalismo estadual, com recursos do fundo Paraná Previdência. Com isso, projeta-se uma economia mensal de R$ 125 milhões, como parte das medidas de austeridade que o governador Beto Richa (PSDB) vem tentando aprovar desde que foi reeleito.
    A Polícia Militar (PM) havia cercado a Assembleia em cumprimento a uma ordem judicial que impedia que professores entrassem no prédio durante a votação. O interdito proibitório resultou de fundado temor de que houvesse tumulto e vandalismo, pois o movimento de professores já havia invadido a Assembleia em fevereiro, quando o governo tentou aprovar um pacote de cortes de gastos. Na ocasião, a votação acabou suspensa, em razão da ocupação do prédio – no dia seguinte, alguns deputados que ainda tinham expectativa de conseguir votar tentaram entrar no prédio em carros da Polícia Militar, pela porta dos fundos, mas nem assim puderam continuar a sessão. A baderna triunfou sobre a democracia.
    Cerca de três meses depois, o mesmo movimento de professores, decerto confiante no sucesso de sua estratégia violenta, acreditou que não seria um pedaço de papel assinado por algum juiz nem a presença de um grande contingente policial que o impediria de criar um novo constrangimento para o governo estadual e para as instituições democráticas.
    Assim, esses manifestantes – cerca de 5 mil, segundo a PM – forçaram a passagem que lhes estava vedada, provocando pronta reação da polícia. Mais de 200 pessoas ficaram feridas, policiais entre elas.
    Não se pode deixar de criticar a violência desmedida da PM em alguns casos, mas também não se podia esperar outra reação da força de segurança destacada para fazer cumprir a lei – coisa que esse pessoal com máscaras, pedras e paus, em seus delírios, vê como expressão de um regime que pretende derrubar.
    Situação semelhante viveu a cidade de São Paulo há alguns dias, quando professores em greve tentaram invadir a Secretaria Estadual de Educação. Os arruaceiros usaram até mesmo uma espécie de aríete para abrir os portões de ferro. A PM reagiu, como era seu dever.
    A contínua ocorrência desses episódios, nos últimos tempos, dá a certeza de que não se trata de uma coincidência fortuita. Os inimigos da democracia parecem ter concluído que é fácil miná-la por dentro, provocando situações violentas envolvendo professores – uma categoria profissional querida pela sociedade – para que sejam vistos como vítimas de um Estado opressor e, a partir daí, consigam vergar as instituições a ponto de submetê-las a seus propósitos.
    Enquanto isso, as crianças sofrem com a falta de aulas – e, quando têm, é de questionar que tipo de lições elas andam aprendendo.

  216. DAISE 2.0 said

    Renan contra diuma…

    RENAN, O (EN) CALHEIRO DO POVO BRASILEIRO

  217. Patriarca da Paciência said

  218. Patriarca da Paciência said

  219. Patriarca da Paciência said

    Eu sempre escrevi aqui no blog do Pax: “fale-se o que quiser do Renan Calheiros, mas ele é um grande político. Um dos maiores que já apareceram no Brasil”.

    Belíssimo discurso no Dia do Trabalho. Meus aplausos !

    Justamente por ser um grande político o Renan jamais empreenderá uma guerra simplória, predatória e suicida contra a presidenta Dilma. Renan não é nenhum aecim bebê chorão napoleão de hospício. Também não sucumbirá aos holofotes da Globo ou da “óia”.

    Renan faz parte da base governista e é um grande aliado. O Cunha, encantador de ratazanas, foi a nocaute com um só golpe !

    Goste-se ou não, política é isso aí !

  220. Patriarca da Paciência said

  221. Patriarca da Paciência said

  222. DAISE 2.0 said

    Lula late e faz conta

    Em ato da CUT, Lula, o empregadinho da Odebrecht, latiu:

    “Peguem todos os jornalistas da Veja e da Época, enfiem um no meio do outro e não dá 10% da minha honestidade”.

    Lula calcula até a honestidade em porcentagens.

    —-

    A linda moça ai em cima também late, né? e ainda ameaça os parlamentares.

    TODOS SABEM QUE CÃO QUE LADRA NÃO MORDE!
    quanto mais cadela na menopausa…

    Lula tá latindo faz tempo, escondido atrás do “Instiputo lula” …mas não explica o triplex no Guarujá e nem o “sitio do laranja vermelho” construído “de grátis”, em Atibaia.

    tsk,tsk,tsk, o bravateiro não vale nada.

    P.S. qualquer idiota regular sabe que atacar a PM FORTEMENTE armada dá cagada…mas os sub-idiotas acham que é democrático enfrentar a PM cumprindo ordens judiciais, muito menos com coquetéis molotov, paus pedras e violência.

    Coisa de Associação Juízes de Merda, CUT e do fedorento, o onanista paspalho. rsrsrs

  223. DAISE 2.0 said

    PUTZ, PUTZ,PUTZ
    (em Ídiche)

    LULA MENTE ATÉ EM FOTOGRAFIA!!!

    Essa foto branco e preto já estourou o “prazo de validade” faz tempo, segundo o Google.

    Arquivo morto hehehe

  224. Patriarca da Paciência said

    “Eis o trecho do discurso antológico do ex-presidente Lula sobre reportagens recentes de Veja e Época, que tentam, desesperadamente, ligá-lo à Operação Lava Jato, e também forçar empresários a fazer delações contra ele ou contra a presidente Dilma Rousseff; “Ah, lá na Operação Lava, tão esperando que alguém cite o nome do Lula. Ah, porque o objetivo é pegar o Lula. Aí vêm essas revistas brasileiras que são um lixo, não valem nada, falando a mesma coisa”, disse ele, no Primeiro de Maio; “Convoquem um congresso de empresários e dá um prêmio para citar o meu nome. Oferece quem dá mais. Quem sabe seja mais fácil resolver o problema”; Lula disse ainda que conheceu vários grupos de comunicação falidos e que não se negou a ajudá-los; por fim, fez um desafio; “pois é o seguinte, não me chame pra briga, porque eu sou bom de briga e eu gosto dessa briga”
    (247)

  225. Patriarca da Paciência said

    “A partir do segundo semestre do ano que vem, o Governo começará a inaugurar as grandes obras dos Governos Lula e Dilma, como a transposição do Rio São Francisco; as Hidrelétricas de Belo Monte (a terceira maior do mundo), de Jirau e de Santo Antônio; a expansão e construção de pelo menos 6 metrôs que estão em obras e dezenas de BRTs; pontes, como a de Laguna (SC) e a segunda Ponte do Guaíba (RS); grandes trechos da Ferrovia Norte Sul; ampliação e modernização dos maiores aeroportos do país; plataforma de petróleo; refinaria Abreu e Lima, que será a mais moderna do país; entre muitas outras.

    A Petrobrás que nos últimos anos fez muitos investimentos para se preparar para o pré-sal, volta a se capitalizar a partir de 2016 e as extrações de Petróleo quadruplicam nos próximos três anos.

    Além disso, a inflação tende a recuar e a economia voltar a crescer, gerando mais alguns milhões de empregos. E, de quebra, a Presidenta ainda inaugura a Cidade Olímpica e o Parque Olímpica e recepciona as Olimpíadas e as ParaOlimpíadas de 2016, em um megaevento que tende a ser 6 vezes maior que a Copa do Mundo.”

    http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2014/11/05/o-desespero-da-oposicao-tem-fundamento/

  226. Patriarca da Paciência said

  227. DAISE 2.0 said

    O MENTIROSO BRAVATEIRO E SEU DISCURSO ANTALÓGICO
    Lula de volta ao palanque com seu discurso velho de sempre
    02/05/2015 – 03h00
    Ricardo Noblat

    Desconstruindo o discurso de Lula na celebração do 1º de Maio, em São Paulo:

    – Não me chame para briga porque eu volto. Eu não tenho intenção de ser candidato a nada, mas eu tenho vontade de brigar. A Dilma é presidente, e eu quero que ela governe esse país, e eu fico quieto no meu lugar para não dizer que eu estou tendo ingerência.

    Lula dorme e acorda pensando em ser candidato. Queria ter sido no ano passado, mas Dilma não deixou. Pretende ser daqui a quatro anos. Não será se o segundo governo Dilma for um desastre.

    Lorota de que fica quieto no seu lugar para não dizerem que ele se mete no governo de Dilma. Mete-se, sim. É só o que faz. Não perde uma oportunidade de fazê-lo. Porque o fracasso de Dilma será o dele.

    – Essas revistas brasileiras são um lixo e não valem nada. Eu certamente serei criticado por estar sendo agressivo, mas queria dizer que peguem todos os jornalistas da Veja e da Época e enfiem um dentro do outro que não dá 10% da minha honestidade neste país.

    A birra de Lula com a Veja é antiga. A referência à Época tem a ver com uma reportagem da revista sobre a suspeita de que ele faz lobby internacional para empreiteiras brasileiras.

    Sempre que se vê acuado, Lula apela para a agressividade. Ao invés de contestar acusação por acusação, se imola como vítima de injustiças e diz que ninguém é mais honesto do que ele. Ou mais inocente do que ele.

    – O que me assusta profundamente é o medo que a elite brasileira tem que eu volte à Presidência da República. É um medo inexplicável porque nunca eles ganharam tanto dinheiro na vida como no meu governo.

    No ano passado, o que Lula chama de elite bateu à sua porta suplicando para que fosse candidato. Ela temia o desastre de um eventual segundo governo de Dilma. Pelo jeito tinha razão.

    Por ter ganhado tanto dinheiro nos dois mandatos de Lula, a elite, de fato, queria sua volta ao poder. Portanto, ele sofisma. Esgrima com falsos argumentos. Como, de resto, é seu hábito.

    – Cada um que olhe para o seu rabo. Se alguém acha que cheguei até onde cheguei, que fez o que eu fiz neste país, que vou baixar o rabo e minha crista por conta de insinuação. Eu estou quietinho no meu lugar. Não me chame para briga porque eu sou bom de briga.

    O trecho acima novamente se refere à reportagem da Época. O que Lula quer dizer quando se refere a “rabo” é o seguinte: “Cuidem do seu. Porque não tenho rabo preso com ninguém”. Com as empreiteiras, tem.

    Lula pede para ser deixado em paz. Porque do contrário topa brigar.

    – Não tenho intenção de ser candidato a nada, mas eu tenho vontade de brigar. Está aceita a provocação. Aos meus detratores, vou começar a percorrer o país outra vez. Vou conversar com o povo brasileiro.

    Lula adverte seus desafetos: se o provocarem mais ele partirá para a briga. Quanto a percorrer o país… Até poderá fazê-lo, mas sob a garantia de que não será hostilizado.

    Dito de outra maneira: aceitará convites para falar aos brasileiros, mas em lugares sob o controle do PT.

  228. Patriarca da Paciência said

    https://jovensdesquerda.wordpress.com/2015/04/17/dilma-e-conhecida-internacionalmente-como-a-dama-da-honestidade-pelo-combate-a-corrupcao/

  229. Patriarca da Paciência said

  230. Patriarca da Paciência said

    (…)
    “A histórica corrupção no País vem sendo combatida pelos governos do PT e aliados desde 2003 de forma nunca vista. Mas combater a corrupção não significa adotar a política de terra arrasada, com base em princípios moralistas e midiáticos.

    Os interesses gerais do país e dos trabalhadores devem ser preservados, e devemos e garantir os investimentos e continuidade de obras e projetos de importância estratégica para a população, como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o Minha Casa, Minha Vida e de combate a enchentes e outras obras de infraestrutura importantes para a população.”
    http://www.brasil247.com/pt/247/artigos/179326/Em-defesa-dos-empregos-e-dos-interesses-nacionais.htm

  231. Elias said

    “Só em abril a Petrobrás ganhou 53 bilhões de valorização.” (Patriarca, # 196)

    Patriarca, lá no # 131, eu disse:

    ============================================
    “De qualquer modo, atualmente o valor de mercado da Petrobras (R$ 128 bi), é apenas 41,1% do valor patrimonial (R$ 311 bi). Tá na cara que há um amplo espaço para o valor de mercado escalar.”

    Se considerarmos razoável que o atual valor de mercado da Petrobras deva ser mais ou menos 60% do valor patrimonial (o que é uma estimativa bastante conservadora), será igualmente razoável esperar uma elevação futura do valor médio das ações, até se estabilizar em R$ 19,00, ou — quem sabe? — um pouco mais que isso.

    De imediato, acho que tudo vai depender do grau de confiança que o “mercado” depositar na conduta que o Petrossauro adotar, pra contornar as dificuldades de obtenção de crédito, ou “deteriorização” das relações de alavancagem, no pernóstico malabarismo frasal do “analista/vidente” da ADVFN, que não é outro se não o mesmo artista do “Fim do Brasil” (mas o que não falta é imbecil que acha que anglicismos e/ou obscuridades pseudotécnicas dão mais credibilidade a um raciocínio medíocre…).”
    =============================================

    Se o valor de mercado da Petrobras se aproximar de R$ 190 bilhões, acho que a tendência será estagnar. Na melhor da hipóteses, vai crescer a taxas decrescentes.

    A menos que aconteça algo capaz de turbinar os resultados da empresa.

  232. Patriarca da Paciência said

    Petrobras recebe neste domingo maior prêmio da indústria de óleo e gás do mundo

    http://www.jb.com.br/pais/noticias/2015/05/02/petrobras-recebe-neste-domingo-maior-premio-da-industria-de-oleo-e-gas-do-mundo/

    “A partir deste domingo (3) e até o dia 7 de maio, a Petrobras vai participar, em Houston, nos Estados Unidos, da Offshore Technology Conference (OTC), o maior evento do mundo dedicado à área de exploração e produção de petróleo no mar. Na edição deste ano, a estatal brasileira vai receber o prêmio OTC Distinguished Achievement Award for Companies, Organizations, and Institutions, reconhecimento mais importante do setor de petróleo na qualidade de operadora offshore. Estarão presentes na conferência a diretora Solange Guedes (Exploração e Produção) e os diretores Hugo Repsold (Gás e Energia) e Roberto Moro (Engenharia, Tecnologia e Materiais). De acordo com nota da Petrobras, a estatal foi escolhida em reconhecimento ao conjunto de tecnologias desenvolvidas para a produção da camada pré-sal.”

  233. Patriarca da Paciência said

    Veja o artigo do comentário 231, Elias,

    fala justamente da confiança que o “mercado” está depositando na Petrobrás !

  234. Patriarca da Paciência said

    A Dama da Honestidade

    “Doa a quem doer” Dilma Rousseff

    “De acordo com a secretária de governo dos Estados Unidos, Hillary Clinton “Não há um parceiro melhor para iniciar esse esforço do que o Brasil e, particularmente, a presidenta Dilma Rousseff. O compromisso dela com abertura, transparência, sua luta contra a corrupção está estabelecendo um padrão mundial”. (Veja o discurso completo: Dilma cria padrão mundial no combate a corrupção)

    A União Européia divulgou o segundo relatório oficial com informações inéditas sobre a corrupção no bloco. O estudo concluiu que todos os 28 países-membros são afetados pela corrupção e que as economias européias perdem cerca de 120 bilhões de Euros ao ano.

    No Brasil foram vários os instrumentos de combate a corrupção durante o governo Dilma, mas podemos destacar a autonomia dada a polícia federal e ao ministério público para investigar todas as pessoas, e pela primeira vez na história membros do próprio partido de um presidente foram presos.

    Segundo Newton Lima em um artigo para o Carta Maior, o Brasil, no âmbito da União, ampliou e fortaleceu o sistema institucional de defesa do Estado responsáveis pela prevenção e pelo combate à corrupção. Instituiu leis importantes e articulou os órgãos de fiscalização e controle para que pudessem atuar de forma coordenada e autônoma.

    As medidas do governo Lula para enfrentar a corrupção tiveram início em 2003, com aprovação da Lei 10.683/2003, que criou a Controladoria Geral da União (CGU) e, em seguida, em 2004, a criação do Portal da Transparência. Em 2005, foi regulamentado o pregão eletrônico e em 2008 foi criado o Cadastro de Empresas Inidôneas (CEIS). Ao longo dos últimos dez anos muitas outras leis, decretos, portarias, foram instituídas. Em 2012 foi aprovada a Lei de Acesso à Informação.

    Todas essas normas jurídicas consolidam a transparência do exercício da função pública e o controle social da gestão dos recursos públicos e dos atos governamentais. A mais recente lei, que entrou em vigor no final ano passado, define a figura do corruptor e responsabiliza pessoas jurídicas por atos contra a administração pública.

    Leia mais em: Combate à corrupção nos governos Lula e Dilma

    Veja também: “Eu vou investigar a fundo, doa a quem doer”

    O Datafolha divulgou uma pesquisa onde 46% dos entrevistados acham que, desde a redemocratização brasileira, o governo da presidenta Dilma Rousseff foi a gestão em que mais se investigou a corrupção. Em segundo lugar vem o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com 16%.

    Ainda segundo o levantamento, também foi no governo da presidenta Dilma que os corruptos foram mais punidos, de acordo com 40% dos entrevistados.”

    https://jovensdesquerda.wordpress.com/2015/04/17/dilma-e-conhecida-internacionalmente-como-a-dama-da-honestidade-pelo-combate-a-corrupcao/

  235. DAISE 2.0 said

    João Santana investigado por lavagem de dinheiro

    Brasil 02.05.15 18:54
    A Polícia Federal decidiu investigar o marqueteiro João Santana, por lavagem de dinheiro. Ele é suspeito de ter usado duas empresas para trazer 16 milhões de dólares de Angola para o Brasil, em 2012. A notícia está na Folha.

    O dinheiro lavado por João Santana seria proveniente de empreiteiras brasileiras que têm obras em Angola (e, acrescentemos, financiadas pelo BNDES). Ou seja, o marqueteiro recebeu do PT via empreiteiras. Ou seja, foi pago com dinheiro do contribuinte brasileiro.

    Fernando Haddad e João Vaccari Neto já depuseram no inquérito aberto pela PF.

    Pois é, não acaba.

    O.A.

  236. Patriarca da Paciência said

  237. Patriarca da Paciência said

    http://www.polispropaganda.com.br/new-page/

    A equipe do Dr. Moro vai de mal a pior. Primeiro prendeu uma mulher por “engano”. Agora considera uma operação totalmente legal como fraudulenta. A equipe do Dr. Moro não tem futuro !

  238. Patriarca da Paciência said

  239. Patriarca da Paciência said

  240. Patriarca da Paciência said

  241. Patriarca da Paciência said

    “O silêncio do PSDB em relação à truculência da PM paranaense contra os professores é sintomática do oportunismo e da indignação coletiva de seus dirigentes.

    Onde está a histeria de um Carlos Sampaio, o Carimbador Maluco? Onde foi parar Aloysio Nunes e sua vontade de fazer sangrar? FCH? Serra?

    Num vídeo do 1º de Maio, ao lado de Paulinho da Força e de Eduardo Cunha, Aécio falou que aquele era o “dia da vergonha, o dia que a presidente Dilma se acovardou e não teve coragem de dizer aos trabalhadores brasileiros porque eles vão pagar o preço mais duro desse ajuste”.

    Ok. Instado a se manifestar sobre a pancadaria em Curitiba, foi sucinto. “Nós lamentamos profundamente”, disse. “Nada do que aconteceu em Curitiba deve ser objeto de ironia ou de críticas”.

    Era isso? A batalha campal não pode ser criticada ou ironizada? Foi uma indireta a Dilma, que fez uma observação, aliás tímida e superficial, da porradaria.

    Quem determina o que pode ser dito? Nenhuma palavra de solidariedade de Aécio a quem apanhou pelas mãos da polícia de um colega de legenda?

    Em setembro de 2014, Aécio esteve com Richa em alguns comícios. “Vim buscar no Paraná exemplos de iniciativas para bem governar o Brasil”, discursou. Num evento tucano, ainda cravou: “Da minha geração, Beto Richa é o mais bem preparado homem público”.

    Um modelo de gestão fabuloso. Entre outras coisas, os dois têm em comum a faixa etária (ambos nos 50) e o fato de ser membros de uma dinastia política. Richa é o Aécio que venceu as eleições e cujo preço os paranaenses pagam com pitbulls.
    (Kiko Nogueira)

    (Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui).”

  242. Patriarca da Paciência said

    Diante do repórter da BBC o FHC gagueja, enrola em seu péssimo inglês, mas não consegue justificar nada !

  243. Patriarca da Paciência said

  244. Patriarca da Paciência said

  245. Elias said

    “Petrobras, sucesso na administração, apresentou um balanço limpo, auditado, como o país inteiro esperava e todos aqueles que acreditam no Brasil. ” (Trecho do artigo do Jornal do Brasil, linkado pelo Patriarca no comentário 230)

    Patriarca, isso aí não é jornalismo… É propaganda!

    Se o texto fosse a transcrição da declaração de algum diretor da estatal (caso em que seria publicado entre aspas), ainda passaria, na condição de lambança… Mas, texto de jornalista, cumprindo pauta? Não dá!

    É o mesmo que faz a Veja, só que com sinal trocado…

    E o balanço petrossáurico nem está tão “limpo” assim, por, no mínimo, 2 razões:

    1 – as Notas Explicativas não dizem como a Petrobrás chegou à conclusão de que a roubalheira garfou R$ 6,2 bilhões (do jeito que a coisa foi apresentada, ficou parecendo um chutaço, com a aplicação arbitrária da taxa de 3% sobre o valor das operações, i.é., sem se ter feito pelo menos um exame crítico da avaliação de ativos comprados por preço acima do valor de mercado — se esse exame foi feito, por que não está sendo mencionado — e reproduzido sucintamente — nas Notas Explicativas?);

    2 – o parecer da auditoria independente (PriceWaterhouseCooper) é uma porcaria pessimamente elaborada e tecnicamente inconsistente.

    Claro que a empresa continuou sendo lucrativa. Quando do impacto financeiro da roubalheira, a Petrobras apresentou lucro. Em 2014, com a contabilização da bandalheira e das repercussões da queda do preço internacional do petróleo, ela apresentou prejuízo contábil, mas manteve um resultado operacional positivo, com lucro efetivo de aproximadamente R$ 30 bilhões.

    Mas isso está longe de caracterizar um “sucesso na administração”.

    Exemplo 1: o fato dos sistemas de controles internos e externos da Petrobras terem sido incapazes não só de evitar a roubalheira, mas também até mesmo de dimensioná-la financeiramente, depois que ela foi denunciada e desmascarada publicamente, significa qualquer outra coisa, menos um “sucesso na administração”. Aliás — justiça seja feita! — o “parecer” da Price, mesmo sendo ruim de dar dó, tangencia essa deficiência.

    Exemplo2: pelo menos pro meu bestunto, não ficou claro se os R$ 44,6 bi de impairment teriam de ser, inevitavelmente, apropriados de uma vez em 2014. Pelo que deu pra deduzir, a meu pensar, pelo menos uma parte disso poderia ter sido apropriada em 2013. Se isso houvesse sido feito, haveria um lucro menor em 2013 e um prejuízo igualmente menor (ou talvez até lucro…) contábil em 2014.

    Enfim, é a tal coisa: a Petrobras é monopolista em um ramo de atuação estratégico, naquela que é uma das principais e mais poderosas economias do planeta. Só dá prejuízo se quiser, né?

  246. Guatambu said

    Elias,

    Pois é.

  247. Elias said

    O trecho que transcrevi acima foi extraído de um artigo que o Patriarca linkou no comentário 232 e não no 230.

  248. Pedro said

    “Enfim, é a tal coisa: a Petrobras é monopolista em um ramo de atuação estratégico, naquela que é uma das principais e mais poderosas economias do planeta. Só dá prejuízo se quiser, né?”

    Para o país, este monopólio é bom ou ruim?

  249. Patriarca da Paciência said

    “1 – as Notas Explicativas não dizem como a Petrobrás chegou à conclusão de que a roubalheira garfou R$ 6,2 bilhões (do jeito que a coisa foi apresentada, ficou parecendo um chutaço, com a aplicação arbitrária da taxa de 3% sobre o valor das operações, i.é., sem se ter feito pelo menos um exame crítico da avaliação de ativos comprados por preço acima do valor de mercado — se esse exame foi feito, por que não está sendo mencionado — e reproduzido sucintamente — nas Notas Explicativas?);”

    Elias,

    A provisão para devedores duvidosos é totalmente legal. Todos os anos, todas as empresas, aplicam o percentual de 3% sobre o item “contas a receber” e contabilizam como despesa.

    Com a papagaiada toda feita pela tal “grande imprensa” e pelos milhões de leigos que se julgam peritos, não havia outro jeito de apresentar uma solução satisfatória. Acho mesmo que foi uma ideia brilhante, assim como contabilizar a desvalorização de ativos. Durante o corrente ano os acionistas podem até reclamar, mas o que perdem em dividendos, ganham na valorização das ações. Para a empresa foi uma grande solução – não paga imposto de renda nem dividendos, resultando em bom ganho financeiro.

    A artigo é do Jornal do Brasil, creio que não é tão partidário assim

  250. Elias said

    Patriarca,
    Evidentemente que não estou me referindo à “provisão para devedores duvidosos”.

    Estou me referindo ao dimensionamento da roubalheira, citada no balanço sob o título “Baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente”, pelo valor de R$ 6.194,0 bilhões.

    “Provisão” é uma coisa. “Baixa” é outra completamente diferente. A “provisão” é uma retenção de lucro (sob a forma de redutor reditual), tendo em vista compensar eventuais perdas decorrentes do calote de devedores.

    A “baixa” de que estamos falando não constitui uma possibilidade, apenas, mas sim um fato já efetivamente acontecido. Uma roubalheira, eufemisticamente tratada no balanço como “gastos adicionais capitalizados indevidamente”.

    A “provisão” é calculada sobre os haveres da empresa. Sobre valores que terceiros devem a ela. Por via de consequência, a “provisão” é calculada sobre algumas contas do ATIVO REALIZÁVEL da empresa.

    A “baixa” de que estamos tratando, diferentemente, foi calculada sobre o ATIVO PERMANENTE, mais especificamente sobre o ATIVO IMOBILIZADO da Petrobras. Essa baixa não se refere a dívidas de terceiros junto à empresa, mas sim à SUPERAVALIAÇÃO de ativos comprados pela empresa. O valor de R$ 6.194,0 bilhões, constituiria, assim a diferença entre o que foi pago e o que efetivamente valia alguns ativos adquiridos pela Petrobras.

    Não se trata de uma “ideia brilhante”, mas de uma obrigação legal. As empresas de capital aberto NÃO PODEM ter ativos superavaliados, porque isso constitui burla ao patrimônio dos acionistas. Daí porque o relatório da administração expõe com detalhes o modo como o ativo está sendo dimensionado e a comparação do valor patrimonial com o valor de mercado (que é dado pelo produto do preço médio de cada tipo de ação — ordinária ou preferencial — pela quantidade de ações integralizadas).

    O questionamento que estou fazendo não diz respeito à reavaliação do ativo, portanto, porque isso é uma obrigação legal (para mais ou para menos).

    O questionamento que estou fazendo, diz respeito à misteriosa metodologia adotada pela empresa, para dimensionar o valor da roubalheira, vulgarmente denominada “gastos adicionais capitalizados indevidamente” (daqui pra frente, quando eu for assaltado, direi, no Boletim de Ocorrência Policial, que tive um “gasto adicional compulsório”, provocado por um especialista na desapropriação de ativos alheios).

    Como foi que a Petrobras chegou aos 3%. Alguém te explicou? A mim, nada me disseram!

    Aliás, parece que também não disseram nada à PriceWaterhouseCooper, só que ela não tem fiofó pra dizer isso claramente. Aí se sai com aquela palhaçada que está anexada ao balanço.

  251. Elias said

    Pedro,
    Claro que o monopólio da Petrobrás é bom para o Brasil!

    Só os babacas completamente idiotizados pela lavagem cerebral ideológica promovida pela direita compram a ideia de que a intervenção estatal no domínio econômico é um mal absoluto.

    Em política e em economia não existem “males absolutos”.

    A corrupção brasileira não é o que é por causa do Estado, até porque o Estado não tem vida própria. O Estado é um ser inerte que se torna aquilo que seres humanos fazem dele, por meio de suas organizações.

    A corrupção brasileira é o que é porque a sociedade brasileira é uma sociedade corrupta. O povo brasileiro é um povo desonesto, seja porque pratica a desonestidade, seja porque é conivente ou leniente com ela.

    Agora mesmo, no Brasil, só um completo imbecil não percebe que as manifestações de “indignação” com a corrupção têm propósitos político-partidários. Os mesmos cretinos que se dizem indignados com a corrupção do PT ou do PMDB, são coniventes com a corrupção do PSDB. E vice versa.

    Já passei dessa fase, há décadas…

    Em outras partes do mundo, existem países cuja intervenção do Estado na economia é muito mais acentuada que no Brasil. Não obstante, a corrupção nesses países é infinitamente menor que a brasileira.

    Assim como há países nos quais a participação do Estado no domínio econômico é muito menor que no Brasil, e, no entanto, a corrupção nada fica a dever.

    Realmente, tu nunca percebeste isso?

    Saco!

  252. Guatambu said

    “O Estado não tem vida própria.”

    Então por que ninguém enterra esse morto-vivo de uma vez por todas?

  253. Patriarca da Paciência said

    “De acordo com o balanço, a Petrobras apresentou prejuízo de R$ 21,6 bilhões no ano de 2014, em função, principalmente, da perda por desvalorização de ativos, impairment (R$ 44,6 bilhões), da baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente no âmbito da Operação Lava Jato (R$ 6,2 bilhões), do provisionamento de perdas com recebíveis do setor elétrico (R$ 4,5 bilhões), das baixas dos valores relacionados à construção das refinarias Premium I e II (R$ 2,8 bilhões) e do provisionamento do Programa de Incentivo ao Desligamento Voluntário-PIDV (R$ 2,4 bilhões).

    Balanço auditado da Petrobras foi bem recebido por economistas. Para eles, trata-se de um passo importante. Fernando Sarti, professor de Economia da Unicamp, em conversa com o JB por telefone, destacou que a divulgação ajuda a superar todo o movimento especulativo que vinha prejudicando a estatal, e permite que o mercado passe a se pautar em questões reais, como as relacionadas à produção, financiamento e preço de petróleo. Em um primeiro momento, mais imediatista, a tendência do mercado pode até vir a ser negativa, mas a tendência é de melhora significativa, acredita o professor.”
    (artigo do Jornal do Brasil, link 231)

    Elias, assim como é permitido, legalmente, fazer uma “provisão para devedores duvidosos” de 3% sobre os créditos a receber, é permitido fazer uma “provisão para depreciação”, sobre imobilizados, com taxas variáveis, atingindo o máximo de 20% para veículos,

    O princípio é o mesmo. Os créditos podem não ser recebidos em sua totalidade, assim como os bens vão se depreciando pelo tempo. Para a empresa isso só traz vantagens.

    No caso da Petrobrás, foi ótimo para “superar todo o movimento especulativo que vinha prejudicando a estatal, e permite que o mercado passe a se pautar em questões reais, como as relacionadas à produção, financiamento e preço de petróleo.”

  254. Patriarca da Paciência said

    “Às 13h40 (horário de Brasília), o benchmark da Bolsa brasileira subia 1,58%, a 57.119 pontos, o maior patamar desde outubro de 2014. Enquanto isso, o dólar comercial tinha alta de 2,06%, a R$ 3,0732 na compra e a R$ 3,0753 na venda. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2016 subia 0,02 ponto percentual, a 13,70%, ao mesmo tempo em que o DI para janeiro de 2020 subia 0,07 p.p., a 12,89%; as ações da Petrobras (PETR3; PETR4) subiam perto de 4%; a Vale também registrava alta, apesar do corte do rating da mineradora pela S&P de “BBB+” para “BBB”, com perspectiva negativa”
    (247)

    Veja aí, caro Elias,

    logo as ações da Petrobrás atingem os R$ 19,00 e todo o fantasioso “prejuízo” de 80 bilhões estará recuperado !

  255. Pedro said

    Googlias.

    Já que: “A corrupção brasileira é o que é porque a sociedade brasileira é uma sociedade corrupta. O povo brasileiro é um povo desonesto, seja porque pratica a desonestidade, seja porque é conivente ou leniente com ela.”

    Podemos deduzir que: Só os babacas completamente idiotizados pela lavagem cerebral ideológica promovida pela esquerda, acreditam que o grupo político que comandar o país, vai gerir a Petrobrás voltada para os interesses do país, e não para os próprios interesses.

    Realmente, vc nunca percebeu isso?

  256. DAISE 2.0 said

    O Brasil não está deitado eternamente por acaso.

  257. Guatambu said

    Venezuela.

    Olha que gracinha… o bastião bolivariano da América Latina, a Venezuela, está a ponto de ter sua energia cortada definitivamente.

    Isso é o resultado do trabalho dos iluministas de esquerda, que, levando suas ideias a cabo, transformam países na Noruega!

    Huá huá huá!

  258. Guatambu said

    Ops, faltou o link do comentário acima:

    http://www.businessinsider.com/venezuela-electricity-rationing-plan-2015-5

  259. Patriarca da Paciência said

    “As ações da Petrobras também subiram com força, com o auxílio das ADRs. Perto do fechamento, as ordinárias (com direito a voto) e as preferenciais avançavam quase 6%. O avanço sólido dos ADRs de bancos e siderúrgicas, entre outros papéis, na sexta-feira, também ajudava na valorização das respectivas ações na bolsa paulista nesta sessão.”

    Apenas hoje, as ações da Petrobrás subiram 6%.

    Logo o fantasioso “prejuízo” de 80 bilhões estará transformado em pó ! Pó parar, aecim bebê chorão napoleão de hospício !

  260. Patriarca da Paciência said

    mais negociadas 04/05/2015 (Globo)

    Empresa Variação (%) Cotação (R$)
    Petrobras
    PETR4.SA
    +5,75% 13,80
    D15 |VALE PNA
    VALE5.SA
    +6,34% 19,30
    D15 |ITAUUNIBANC
    ITUB4.SA
    +1,14% 38,95
    D15 |PETROBRAS O
    PETR3.SA
    +5,54% 15,04
    Vale S.A.
    VALE3.SA
    +9,40% 24,78

    Ora vejam só, a PETR3SA já está a R$ 15,04. Alguém duvida que chegue a R$ 19,00 ?

  261. DAISE 2.0 said

    Guys

    Fedorento is forebond!

  262. Patriarca da Paciência said

  263. Patriarca da Paciência said

    Beto Richa e um boçal igual a ele:

  264. Patriarca da Paciência said

    Este é o vídeo do boçal:

  265. Elias said

    “Elias, assim como é permitido, legalmente, fazer uma “provisão para devedores duvidosos” de 3% sobre os créditos a receber, é permitido fazer uma “provisão para depreciação”, sobre imobilizados, com taxas variáveis, atingindo o máximo de 20% para veículos.” (Patriarca)

    Patriarca, mais uma vez: a “baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente” não é uma provisão.

    A “provisão para depreciação” é a aplicação prática de um enunciado marxista. No caso, aquela que lembra que o capital cristalizado em bens “perde, progressivamente, junto com seu valor de uso, o seu valor de troca”.

    Vejamos o que acontece com os bens móveis, incluindo veículos. A cada ano, os bens móveis perdem uma parte de seu valor de uso e de troca. Pelas regras contábeis em vigor no Brasil, essa parcela é de 20% para veículos e de 10% para os demais bens.

    Vai daí que, a cada ano, apropria-se no rédito da empresa essa perda progressiva de valor de uso e de troca. A contrapartida desse lançamento no rédito é a provisão para depreciação (que é uma conta do Passivo Não Circulante). Ao final da vida útil do bem, dá-se baixa do mesmo (ou seja credita-se o Ativo Imobilizado), a débito da respectiva provisão.

    Qual o objetivo disso? Aproximar, tanto quanto possível, a situação contábil da empresa, da situação em que ela realmente opera. A provisão permite apropriar na apuração de resultado de cada ano, a parcela de desgaste dos bens mobilizados para produzir aquele resultado. Na prática, o provisionamento da depreciação permite distribuir o custo do bem ao longo de sua vida útil.

    Se isso não fosse feito, a baixa teria que ser apropriada de uma vez só, no fim da vida útil. Agindo-se desse modo, o resultado do exercício em que ocorresse a baixa seria onerado.

    Ora, Patriarca, a “baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente” realizada pela Petrobras é o exato oposto disso.

    Em primeiro lugar, não é uma provisão. É a RECONTABILIZAÇÃO de uma PERDA, decorrente do desvio de recursos, ou seja, do ROUBO que vitimou a empresa.

    O dinheiro roubado havia sido contabilizado anteriormente, embutido nos valores pelos quais a empresa adquiriu bens. Esses bens ingressaram no ativo imobilizado da empresa, por valores superiores àqueles que realmente valiam. Houve, assim, uma supervalorização desses bens (o que constitui burla aos direitos dos acionistas).

    Daí porque a “baixa” é uma “recontabilização”. O valor pago a maior é CREDITADO no Ativo Imobilizado, reduzindo-o, a débito do sistema reditual, reduzindo o lucro da empresa.

    Isso não tem nada a ver com “provisão para depreciação”, Patriarca. Nem poderia, porque não houve depreciação de bens. Houve roubo de dinheiro, mascarado pela superavaliação de bens.

    E sabe do que mais? A rigor, esse valor nem deveria ser lançado no rédito da empresa. Ele deveria ser lançado no ATIVO REALIZÁVEL, a débito dos ladrões.

    O correto seria a empresa debitar para os ladrões o valor do roubo, e processar os larápios, com o objetivo de reaver o que eles roubaram. Os filhos da puta que se virassem pra repor o dinheiro que roubaram.

    Jogando o valor do roubo no rédito, a Petrobras simplesmente passou a conta para os acionistas…

    Como contador e como proprietário de ações da Petrobras, não concordo com isso…

  266. Elias said

    “Podemos deduzir que: Só os babacas completamente idiotizados pela lavagem cerebral ideológica promovida pela esquerda, acreditam que o grupo político que comandar o país, vai gerir a Petrobrás voltada para os interesses do país, e não para os próprios interesses.” (Pedro)

    É isso mesmo, Pedro! Começaste a pegar o espírito da coisa…

    E tem, ainda, os babacas absolutamente idiotizados pela lavagem cerebral ideológica da direita, que acreditam que o grupo político que que privatizar a Petrobras faria isso tendo em vista os interesses do país, e não seus próprio$ intere$$e$, estipendiados pelo petrocartel.

  267. Elias said

    “Então por que ninguém enterra esse morto-vivo (o Estado) de uma vez por todas?” (Guatambu)

    É o que os comunistas dizem querer, né?

    Aliás, é para esse ponto que convergem comunistas, os anarquistas e os liberais, né não? O fim do Estado…

    Nunca entendi por que essas três vertentes de doidos — comunistas, anarquistas e liberais — não conseguem se entender, na busca desse objetivo comum…

  268. Elias said

    “O princípio é o mesmo. Os créditos podem não ser recebidos em sua totalidade, assim como os bens vão se depreciando pelo tempo. Para a empresa isso só traz vantagens.” (Patriarca)

    O princípio NÃO É o mesmo. Na provisão para devedores duvidosos, ESTIMA-SE que 3% das contas a receber não serão realizadas. Aí faz-se uma provisão para, futuramente, sustentar a baixa daquilo que a empresa realmente não conseguir receber.

    Vale dizer: provisão NÃO É baixa de valores. A provisão é, por assim dizer, uma “reserva” para garantir a “baixa”, se e quando essa baixa ocorrer.

    O que a Petrobras fez não foi provisionar um valor pra garantia de uma baixa futura. O que a Petrobras fez foi BAIXAR valores, em 2014.

    Além do mais, quando se faz provisão para devedores duvidosos, não se cancela o débito dos devedores. O débito continua existindo. Os devedores continuam devendo.

    Na baixa que a Petrobras realizou, ela não apropriou débito para nenhum dos ladrões. Ela simplesmente baixou do Ativo Imobilizado o valor que havia sido apropriado a maior (porque havia sido roubado), e lançou esse valor de uma porrada só no rédito.

    Não provisionou absolutamente nada!

    E, Patriarca: bens depreciam; dívidas não!

  269. Pedro said

    #266
    Vc está colocando que, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.

    Talvez haja outra saída.

    Não necessariamente é imperativo privatizar a Petrobrás.
    Mas, acabar como o monopólio, TALVEZ, seja mais interessante para o país.

    Parece que o próprio governo, dito de esquerda, já tá pensando nisso:

    https://www.portosenavios.com.br/noticias/ind-naval-e-offshore/29674-governo-pode-rever-exclusividade-da-petrobras-na-exploracao-do-pre-sal

  270. Elias said

    “Fernando Sarti, professor de Economia da Unicamp, em conversa com o JB por telefone, destacou que a divulgação ajuda a superar todo o movimento especulativo que vinha prejudicando a estatal, e permite que o mercado passe a se pautar em questões reais, como as relacionadas à produção, financiamento e preço de petróleo.” (JB, transcrito pelo Patriarca)

    Modestamente, venho cantando essa pedra há muito tempo, aqui mesmo, no Políticaética.

    A especulação e a exploração POLÍTICO-PARTIDÁRIA do escândalo da roubalheira acabou criando a expectativa de que o impacto da Lava Jato no resultado da empresa seria muito maior do que realmente foi.

    A questão passou a ser tratada de modo catastrofista, como se a Petrobras estivesse a um passo da falência.

    Mesmo depois de publicado o balanço, tem gente que ainda não captou a mensagem que isso implica. O artigo que o Pax linkou, acima, é exemplar: o Josias de Souza fala da “ruína” da empresa.

    Ora, se a empresa não se arruinou quando a roubalheira aconteceu, há vários anos, como se arruinaria agora, muito depois de ter digerido o roubo?

    E como pode estar arruinada uma empresa que, mesmo tendo sido roubada como foi, e operando num contexto absolutamente adverso, como o atual, conseguiu um lucro operacional efetivo de aproximadamente R$ 30,0 bilhões, e um EBITDA de R$ 20,0 bilhões?

    Na verdade, a FSP, onde o Josias de Souza trabalha, está muito mais perto da ruína do que a Petrobras jamais esteve…

    Isso é uma questão.

    Outra, bem diferente, é dizer que a Petrobras exibiu um “sucesso na administração”… Sucesso uma ova!

    O que a Petrobras demonstrou é que seus controles internos e externos são verdadeiras merdas! Não foram capazes de impedir a roubalheira, mesmo em operações de grande escala, e, mesmo depois de desmascarada a bandalheira, e também depois de anos de investigação, não conseguiram nem mesmo descobrir de quanto foi o roubo, exatamente, tendo que apelar para a aplicação de uma taxa estimativa, aliás calculada de modo até hoje não explicado.

    Se isso é um “sucesso na administração”, não quero estar nem perto deste país quando acontecer um “insucesso”.

    A auditoria interna da Petrobras deveria ser demitida por desídia…

  271. Elias said

    “#266 – Vc está colocando que, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.” (Pedro)

    Não, Pedro.

    Estou dizendo que a corrupção, a roubalheira, não tem a ver com a presença do Estado no domínio econômico.

    Tem a ver com os valores que uma determinada sociedade cultiva.

    Estou dizendo que não há um determinismo, uma espécie de praga bíblica, definindo previamente o que vai acontecer.

    Em política e em economia não existe isso.

    Na Europa, existem países nos quais a intervenção do Estado no domínio econômico é muito maior do que a que existe no Brasil. E, no entanto, a corrupção nesses países é mínima.

    No Brasil, a intervenção do Estado no domínio econômico diminuiu drasticamente nas duas últimas décadas. E, aparentemente, a corrupção aumentou. Aliás, a corrupção aumentou até mesmo no próprio processo de reduzir a intervenção do Estado no domínio econômico, né mesmo?

    O mesmo — e de forma infinitamente mais intensa — aconteceu na Rússia. A corrupção na Rússia, hoje, é violentamente maior do que era quando a participação do Estado no domínio econômico era muito maior.

    Assim como existem países — aqui mesmo, na América Latina — onde a intervenção do Estado no domínio econômico é mínima, e, não obstante, a corrupção corre solta…
    ==================================

    O monopólio da Petrobras na prospecção e na exploração do petróleo no Brasil deixou de existir há décadas, Pedro.

    Quem acabou com esse monopólio foi o Geisel, com a instituição dos “contratos de risco”.

    Hoje, o que mais existe é empresa privada prospectando e extraindo petróleo no Brasil. Para a extração, elas participam de um leilão, cujos vencedores recebem uma espécie de “direito de lavra”, em campos delimitados (para que uma empresa não invada o “campo” de outra).

    Durante todo o ano de 2014, esteve no noticiário um grupo empresarial que detém direitos de prospecção e de extração de petróleo no Brasil. Foi o grupo das “empresas X”, do ex-milionário Eike Batista.

    A Petrobras exerce o monopólio num plano mais estratégico. As empresas que extraem petróleo no Brasil, p.ex., não podem vender pra quem elas quiserem. Têm que vender pra Petrobras (o que implica coisas boas e ruins para essas empresas, a depender de um porrilhçao de outras coisas).

    Além disso, tem a questão tecnológica (que também se aplica à produção do etanol) e um porradal paquidérmico de outras coisas….

  272. Elias said

    Coisas desta fase da vida, Dilmático-Levytica:

    PIB? Só aumentou a expectativa negativa para 2015: de -1,10% para -1,18% em 2015. Ou seja, aumentou o tamanho do encolhimento.

    A indústria já encolheu 2,5%.

    Pra quem acredita que a melhor forma de progredir é trabalhando menos, produzindo menos, gerando menos emprego… É um prato cheio!

    Inflação? A expectativa governamental também cresceu de 8,25% para 8,26% em 2015. Tem gente por aí dizendo que a inflação já bateu nos 8,70%, e isso com juros batendo nos 13,50% a.a.!

    Mas a recessão não era o “remédio amargo” pra segurar a inflação no patamar de 6%?

    Sozinho, e em apenas quatro anos, o Joaquim Levy vai fazer o que o PSDB inteiro não conseguiu fazer em 12 anos, com Mensalão, Joaquinzão, Lava Jato e o diabo a quatro na ilharga…

  273. Guatambu said

    Estado.

    Se há estados maiores e estados menores com níveis parecidos de corrupção, o problema pode não estar relacionado ao tamanho do Estado.

    O argumento do Elias é de que o problema é a cultura.

    Eu concordo em partes.

    Cultura pode ter uma participação nisso, mas eu acredito que há outras coisas que potencializam o impacto da corrupção cultural no Estado.

    O Estado brasileiro, como eu venho dizendo, tem impacto significativo na economia.

    Seja por conta das leis aprovadas ou revogadas: vejam o caso da eliminação da necessidade de indicação de alimentos transgênicos em rótulos de embalagens. Isso pode provocar mudanças drásticas em toda a cadeia produtiva de alimentos.

    Seja por conta de medidas econômicas: vide o Levy e o poder que a caneta e o gogó do homem têm.

    Seja pela ausência de um mercado de capitais estruturado: uma fala da Dilma pode interferir mais nas ações da bolsa do que o ambiente macroeconômico.

    Por outro lado, a maneira como o poder é exercido pelo Estado é difusa. Não há responsabilização direta sobre as decisões tomadas. O que aumenta as chances de impunidade.

    Nesse caso nem é necessário citar exemplos.

    Tudo isso acompanhado de um sistema judiciário completamente influenciado, ou pelo próprio Estado, ou pela opinião pública, o que leva a maiores chances de impunidade.

    Resultado: é como se o Estado brasileiro fosse uma máquina de atração e retenção de corruptos. É como se o Estado brasileiro tivesse fazendo campanha.

    “Se vc é uma pessoa que gosta de poder, dinheiro, não tem escrúpulos, não tem restrições à omissão e mentiras, e não gosta de assumir riscos, venha trabalhar no Estado brasileiro. Aqui o sistema é montado para que você cometa todas as ilegalidades necessárias com o mínimo risco de sair impune.”

    E sabem o que eu acho mais interessante?

    Quanto maior o estado, menos responsabilização pelos atos públicos recai sobre uma pessoa.

    Vejam o caso da Petrobras. Todo mundo é culpado e ninguém é punido. Aos olhos da justiça é necessário encontrar O culpado… até o momento em que ninguém é culpado.

    Vejam. A Dilma sentou na cadeira do Conselho de Administração, ouviu os relatórios e parece não ter questionado absolutamente nada. Ela assinou a ata de reunião que deliberava sobre a compra de Pasadena, os investimentos e aprovou as contas da Petrobras em cada reunião de conselho que teve.

    Ela é A culpada? Não. Mas ela tem sim responsabilidade pelos problemas que ocorreram, e deveria ser punida pela parcela de culpa que cabe a ela. Mas ela não vai ser punida. Porque o Estado é grande, e as decisões são compartilhadas. Nesse processo de identificar O culpado, o Estado brasileiro se mostra bastante seletivo: quanto maior o poder individual, menos participação ele parece ter na decisão.

    O que é a coisa mais bizarra que existe em qualquer organização hierárquica. Afinal, as estruturas hierárquicas servem justamente para garantir que postos mais altos exerçam 2 funções básicas: comando e controle.

    Ou a Dilma, na posição de conselheira de administração estava ali para exercer comando (e se comandou, ela é culpada), ou ela estava ali para exercer a função de controle (e se ela ignorou o risco das decisões tomadas, ela também é culpada).

    E se ela não leu os documentos, não questionou, não fez nada. Ela não deveria estar ali porque ela não serviu para nada.

    Mas ela vai ser punida de alguma forma?

    De jeito nenhum.

    Agora voltem ao jovem ambicioso e currupto que sonha com poder e dinheiro. Qual é o exemplo que o Estado e essa mulher dão a esse jovem?

    “Venha exercer toda a sua vontade de corrupção aqui no Estado”.

    Por isso o meu argumento é pela diminuição do Estado. Porque as responsabilidades não podem ser tão divididas se quisermos creditar a responsabilidade por atos de corrupção a indivíduos.

  274. Elias said

    Guatambu,
    Vou pegar uma parte do que tu disseste: “ausência de um mercado de capitais estruturado”.

    Quem “estrutura” um mercado de capitais? O próprio capital?

    Negatowsky, meu caro Watson! Quem estrutura o mercado de capitais é o Estado! Quem garante o mercado de capitais é o Estado! Quem faz o mercado de capitais funcionar é o Estado!

    Sabe por que o mercado de capitais não funciona no Brasil? Porque o Estado brasileiro é fraco. Só tem tamanho e safadeza.

    Há alguns anos, estive na sede de uma empresa americana que fabrica EPI e roupas profissionais. É uma empresa pequena, do Estado de Nova York.

    Para realizar uma assembleia de procuradores de acionistas dessa empresa é necessário alugar um ginásio de esportes enorme. Procuradores de acionistas! (Se fossem os acionistas, propriamente ditos, seria preciso alugar um estádio esportivo…).

    Mas lá, nos EUA, se um empresário jogar as despesas pessoais dele na contabilidade da empresa, ele pode pegar cana dura. No Brasil, se formos fazer isso, teremos que construir um mega-presídio ocupando a ilha do Marajó inteira.

    No Brasil não há controle estatal sobre as empresas privadas de modo geral, e sobre as empresas de capital aberto em particular.

    Por isso, ninguém confia em empresa privada no Brasil.

    Mesmo os carinhas que defendem a economia de mercado, a redução do Estado & outras besteiras, em sua maior parte, no frigir dos ovos, não confiam nas empresas privadas.

    Na hora do vamos ver, depositam suas economias em cadernetas de poupança, que têm garantia estatal. Quase ninguém aplica em ações. Dá pra sentir isso nos debates sobre mercado de capitais: a maior parte das pessoas fica chutando opiniões, porque não tem a menor ideia de como funciona. Pensa que o mercado de capitais funciona como uma mercearia, ou uma loja de conveniência.

    Resultado 1: apenas uma pequena parcela das empresas brasileiras tem suas ações negociadas no mercado de capitais.

    Resultado 2: quando a maioria das empresas brasileiras precisa de dinheiro, corre para o sistema bancário (ou para um balcão estatal). Ela não lança ações, porque, se lançasse, ninguém compraria.

    Resultado 3: isso pressiona os juros pra cima (porque dinheiro é uma mercadoria cujo preço é o juro).

    O mercado de capitais só é forte e estável nos países onde existe uma fiscalização estatal forte, rigorosa e impiedosa.

    Nos EUA, a frouxidão característica da “era Baby Bush” deu no “esquema Ponzi” do Madoff e na bolha imobiliária que quase ferra com tudo. Como consequência, o Estado americano restabeleceu os esquemas de fiscalização, controle e intervenção que havia antes, e isso está resultando na recuperação da confiança da população no mercado de capitais.

    A discussão sobre “tamanho” do Estado já fez água há décadas.

    O que importa não é o tamanho do Estado. O que importa é o poder do Estado. A capacidade de intervenção que ele tem.

    Depois que o mundo explodiu, num único dia, o expoente do liberalismo americano Henry “Hank” Paulson (da equipe Baby Bush), sacou alguns trilhões de dólares do Tesouro, e, de uma porrada só, interviu nos 9 maiores bancos do país (e do mundo!), fazendo com que o Estado americano passasse a influir em todas as operações desses bancos.

    Poder do Estado… Eis a questão!

  275. Guatambu said

    Elias,

    Veja bem o que vc disse: “Na hora do vamos ver, depositam suas economias em cadernetas de poupança, que têm garantia estatal. Quase ninguém aplica em ações.”

    Se a demanda por poupança e títulos públicos é tão grande assim, os juros deveriam ser menores, e não maiores.

    A conclusão é exatamente o oposto do que vc disse: “Resultado 3: isso pressiona os juros pra cima (porque dinheiro é uma mercadoria cujo preço é o juro).”

    Agora to meio sem tempo. Depois completo a argumentação.

    Novamente, Elias, vc pega uma variável, e analisa. Vc toma a parte pelo todo… vc sabe que tá errado. Para de fazer isso, senão perde a graça argumentar.

  276. Guatambu said

    Elias,

    Pessoas não depositam suas economias em cadernetas de poupança por garantia.

    Pessoas depositam suas economias porque não tem a menor noção de como funciona o mercado de capitais.

    Lá nos EUA as pessoas têm noção de como funciona, a poupança individual é feita com investimentos em ações da bolsa.

    Mas também tem outra variável que influencia isso: juros.

    Lá nos EUA, se um cidadão botar dinheiro dele em títulos públicos ele vai receber uma ninharia de juros, o que os leva a buscar alternativais mais arriscadas de investimento, porém com o retorno melhor.

    Aqui as taxas de juros são altas… como é que um banco ou uma empresa concorre com uma taxa de 13,25% ao ano de um título público?!

    Difícil né?

    O Estado faz uma concorrência desleal.

  277. Patriarca da Paciência said

    mais negociadas 13:17 h (Globo)

    Empresa Variação (%) Cotação (R$)
    Petrobras
    PETR4.SA
    +5,07% 14,50
    D15 |VALE PNA
    VALE5.SA
    +6,01% 20,46
    D15 |ITAUUNIBANC
    ITUB4.SA
    -0,64% 38,70
    D15 |PETROBRAS O
    PETR3.SA
    +5,32% 15,84
    Vale S.A.
    VALE3.SA
    +7,59% 26,60

    Ora vejam só. A PETR4 já está R$ 14,50 e a PETR3 a R$ 15,84 .

    Logo o famigerado “prejuízo” de 80 bilhões estará totalmente zerado.

    Como diz o povo, “a mentira tem perna curta”.

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: