políticAética

Notícias da Corrupção, Desvios, Anomalias, Eleições e Meio Ambiente

  • Sobre o blog

    Uma coletânea das notícias da corrupção, desvios, anomalias, eleições e meio ambiente que aparecem na mídia todos os dias a partir de agosto de 2008.
  • Categorias

  • Arquivos

  • Páginas

  • Meta

Cunha e Collor denunciados

Posted by Pax em 21/08/2015

A esperança que os processos andem é pequena. Infelizmente.

Dois símbolos de um país que não vai à frente.

Janot denuncia Cunha e Collor e pede que deputado devolva US$ 80 milhões

André Richter – Repórter da Agência Brasil

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou hoje (20) ao Supremo Tribunal Federal (STF) o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o senador e ex-presidente da República Fernando Collor (PTB-AL) pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. São as primeiras denúncias contra parlamentares investigados na Operação Lava Jato.

O procurador informou que Eduardo Cunha recebeu propina por meio empresas sediadas no exterior e empresas de fachada. Na denúncia, Janot também pede que o presidente da Câmara pague U$S 80 milhões pelos danos causados à Petrobras. É a primeira denúncia contra um parlamentar investigado na Operação Lava Jato.

Em julho, o ex-consultor da empresa Toyo Setal Júlio Camargo informou ao juiz Sérgio Moro, responsável pelos inquéritos da Operação Lava Jato na primeira instância, que Eduardo Cunha pediu US$ 5 milhões em propina para que um contrato de navios-sonda da Petrobras fosse viabilizado.

No caso de Collor, as investigações indicam que o parlamentar recebeu cerca de R$ 26 milhões de propina em contratos da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras.

Collor também foi alvo da Operação Politeia, fase da Lava Jato que apreendeu três carros de luxo na Casa da Dinda, residência particular do ex-presidente da República. Na ocasião, a PF encontrou uma Lamborghini, uma Ferrari e um Porsche.

Segundo o MPF, a denúncia feita contra o senador Collor está sob sigilo, já que as informações são fruto de delação e ainda são sigilosas.

De acordo com Janot, Cunha recebeu US$ 5 milhões para viabilizar a contratação de dois navios-sonda pela Petrobras, junto ao estaleiro Samsung em 2006 e 2007. O negócio foi formalizado sem licitação e ocorreu por intermediação do empresário Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, que está preso há nove meses em Curitiba, e o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró.

O caso foi descoberto a partir do acordo de delação premiada firmado por Júlio Camargo, que também participou do negócio e recebeu US$ 40,3 milhões da Samsung para concretizar a contratação, segundo a denúncia.

De acordo com o procurador, em 2011, Eduardo Cunha pediu à ex-deputada e atual prefeita de Rio Bonito (RJ) Solange Almeida, que também foi denunciada, a apresentação requerimentos à Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara para pressionar a Samsung, que parou de pagar as parcelas da propina. Segundo Janot, não há dúvida de que Cunha foi o verdadeiro autor dos requerimentos.

Com a apresentação da denúncia, caberá ao plenário do Supremo julgar se há provas para embasar a abertura ação penal contra Cunha. Não há data prevista para o julgamento.

Eduardo Cunha terá 15 dias para apresentar defesa, após ser notificado. Depois de receber a manifestação da defesa, o ministro Teori Zavascki vai elaborar seu voto e o levará a julgamento no plenário do STF. Se a maioria dos ministros entender que existem provas para abertura da ação penal, Cunha passará à condição de réu.

Em caso de rejeição da denúncia, o inquérito será arquivado. Caso a ação penal prossiga, será iniciada a fase de instrução, com os depoimentos de testemunhas defesa e acusação. Após as alegações finais da acusação e da procuradoria, a ação penal estará pronta para ser julgada e definir se Cunha é culpado ou inocente.

Notas

O presidente da Câmara e o senador Fernando Collor refutaram as denúncias. Em nota, Cunha rebateu com “veemência” e chamou de “ilações” a denúncia apresentada por Janot. No texto, ele se diz inocente e aliviado “já que agora o assunto passa para o Poder Judiciário”.

Cunha voltou a atribuir a Janot o fato de ter sido incluído na investigação. “Fui escolhido para ser investigado. Agora, ao que parece, estou também sendo escolhido para ser denunciado.”

Ainda na nota, o deputado atacou o PT e o governo, a quem também atribui o fato de ser alvo da denúncia. Segundo ele, a denúncia objetiva retirar os escândalos da Petrobras do colo do PT e do governo e colocá-los “em quem sempre contestou o PT”.

Eduardo Cunha afirmou que está com a “consciência tranquila”. Rompido com o governo desde julho passado, o parlamentar afirmou que continuará realizando seu trabalho na presidência da Câmara com “lisura e independência”.

O deputado lembrou que, em 2013, foi denunciado pelo Ministério Público Federal e que a denúncia foi aceita pelo pleno do STF, sendo posteriormente absolvido por unanimidade. Na conclusão da nota, ele disse confiar “plenamente” na isenção do STF para conter o que chamou de tentativa de injustiça.

Fernando Collor

Fernando Collor manifestou-se por meio das redes sociais, classificando a denúncia de “lances espetaculosos”. ”Como um teatro, o PGR [procurador-geral da República] encarregou-se de selecionar a ordem dos atos para a plateia, sem nenhuma vista pela principal vítima dessa trama, que também não teve direito a falar nos autos.”

Collor acrescentou que, por duas vezes, solicitou o depoimento, “que foi marcado e, estranhamente, desmarcado às vésperas das datas estabelecidas.” Segundo o ex-presidente da República, se tivesse havido respeito a seu direito de se pronunciar e ter vista dos autos, tudo poderia ter sido esclarecido. “Fizeram opção pelo festim midiático, em detrimento do direito e das garantias individuais.”

Também por meio de nota, o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da Republica, Edinho Silva, informou que o governo não se pronunciará sobre o conteúdo da manifestação do presidente da Câmara dos Deputados. “O governo da presidenta Dilma acredita na isenção das instituições que apuram as denúncias”, concluiu o ministro.

Anúncios

251 Respostas to “Cunha e Collor denunciados”

  1. Patriarca da Paciência said

    CÁRMEN LÚCIA: BRASILEIROS PRECISAM TER OUSADIA DOS CANALHAS(247)

    Acho que a ministra tinha em mente o Cunha, quando fez este comentário.

    Desde o Carlinhos Cachoeira, nunca um canalha foi tão ousado.

    Cunha já se imaginava presidente o novo “dono do Brasil”.

    Agia e se comportava como um verdadeiro chefão mafioso.

    Ousadia sem limites !

  2. Patriarca da Paciência said

  3. Patriarca da Paciência said

    É algo espantoso que este vídeo tenha sido censurado:

  4. Daise 10.0 said

    Espantoso é a quantidade de asneiras que vc publica!
    …………..
    Já perdeu seu emprego?

    Economia 21.08.15 15:31
    O Brasil cortou 157.905 vagas de trabalho com carteira assinada em julho, segundo dados do Caged.

    É o pior resultado desde julho de 1992.

  5. Chesterton said

    O governo é do PT , quem manda é o PT e os primeiros deputados a serem denunciados não são do PT….hummmmmmm

    Cadê o PT?

  6. Chesterton said

    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/08/em-ato-pro-dilma-54-aprovam-governo-diz-datafolha.html

    chest- como é que é, metade dos que vão ao ato pró Dilma aprovam Dilma? Os outros foram porque? Para comer?

  7. Chesterton said

  8. Patriarca da Paciência said

    “Vem-me à lembrança a faixa afixada no portão do Palácio da Liberdade, a qual também deve ter chamado a atenção do ex-governador Aécio Neves da Cunha. Estampava os dizeres: “Não adianta calar e isolar o Cunha. Somos milhões de Cunhas.” Será? Aécio é, até pelo nome. Eu não sou Cunha! E você, leitor?”

    http://www.brasil247.com/pt/colunistas/durvalangelo/193736/Eu-n%C3%A3o-sou-Cunha-E-voc%C3%AA.htm

  9. Elias said

    Desde ontem, 5ª feira, 20, 73 planos de saúde de 15 operadoras estão com sua comercialização suspensa, por determinação da ANS.

    Só depois de sanarem suas pendências com seus mais de 3 milhões de beneficiários, esses planos de saúde poderão voltar a ser vendidos.

    Entre os proibidos, alguns grandalhões, como o Bradesco Dental (inclusive o Bradesco Dental Premium).

    Aguarda-se a intervenção do Rodrigo Constantino, e mais um de seus temíveis decretos legislativos em defesa da vigarice, com o apoio do inefável Eduardo Cunha, o homem dos 5 milhões de dólares.

    A máfia de branco está indócil…

  10. Patriarca da Paciência said

  11. Patriarca da Paciência said

    Elias,

    o link do comentário nº 3 some e volta, suponho que alguém o remove e alguém o coloca de volta.

    Incrível que é uma muito bem educada doutora falando sobre a atual situação mundial e de como a “grande” mídia brasileira tenta impor aos brasileiros o ponto de vista distorcido de que a crise só acontece no Brasil.

    A “crise” brasileira não tem contexto, para a nossa “grande” imprensa.

    É mesmo profundamente ridícula essa tentativa de apresentar o governo brasileiro como incompetente, sendo que, pelos mesmos parâmetros, o governo do planeta inteiro, atualmente, seria incompetente também.

  12. Patriarca da Paciência said

  13. Patriarca da Paciência said

    Até o Malafaia já desgrudou do saco do Cunha.

  14. Daise 10.0 said

    Punheteiro da Paciência

    Se manca idiota…nem o Elias admira seus comentários …
    vc fala muita bobagem!

    feicibuqui atrasa o carregamento do blog.
    Sai fora pentelho!

  15. Daise 10.0 said

    Um tombo no contribuinte

    Brasil 21.08.15 18:33
    Em 2013, o prefeito de Uberaba, Paulo Piau, do PMDB, decidiu tombar a casa que pertence à família de Dilma Rousseff. Piau alegou que a casa da família da presidente tinha “valor histórico”.

    Depois, ficou decidido que a casa se tornaria uma escola de cultura e arte. Para indenizar a família, a prefeitura já depositou 270 000 reais pelo imóvel. E ainda pagará pelo projeto da escola e a reforma do imóvel.

    Nesta semana, o movimento Nas Ruas entrou com um pedido de revogação do decreto. Entre os argumentos, o movimento afirma que a estrutura da casa está condenada e que o seu valor foi superestimado.

    Veja as alegações do documento e uma foto da casa:

    “Temos prioridades na cidade”

    O imóvel de “valor histórico”

  16. Patriarca da Paciência said

  17. Patriarca da Paciência said

  18. Patriarca da Paciência said

  19. Patriarca da Paciência said

    Manifestantes contra Cunha, Serra, Aécio e Levy (Foto: Nadine Nascimento)

  20. Patriarca da Paciência said

    Preocupação com economia da China derruba mercados
    Bolsas dos EUA caem mais de 3% e têm pior semana desde 2011.
    Bolsas na Europa também sofreram pior queda diária em quase 4 anos.

    http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2015/08/preocupacao-com-economia-da-china-derruba-mercados.html

  21. Daise 10.0 said

    MARCHA DOS PIXULECOS!

    35 REAIS+MORTADELA CLUB+ TUBAINA+ TRANSPORTE VIP (ida e volta)

    O protesto e a jabuticaba
    21/08/2015 – 01h10
    Um protesto a favor do governo já é em si uma jabuticaba.

    Um protesto a favor do governo com palavras de ordem contra a política econômica desse mesmo governo deve ser um cupuaçu. Ou uma mangaba.

    Ideia infeliz colocar na rua, cinco dias depois das manifestações nacionais contra o governo, pequenos grupos uniformizados de protestadores oficiais, envergando uniformes de centrais sindicais, movimentos sociais atrelados a partidos, indignados chapa branca, transportados por ônibus fretados, gritando palavras de ordem incoerentes, entre o fica Dilma e vai embora Levy.

    A pauta oficial dos protestos a favor era a defesa da democracia, um tema bastante prejudicado pelo simples fato de que não há ninguém a ameaçá-la, visto que mesmo os que pedem o impeachment da presidente colocam como condição prévia para o início de abertura do processo que haja motivos concretos para isso.

    Sim, pode-se alegar que nas manifestações de domingo, incomparavelmente maiores, havia aqui e ali alguns lunáticos pedindo “intervenção militar”, provavelmente por absoluta ignorância da ruina que isso significa para um processo democrático.

    As manifestações de domingo, nas quais timidamente o PSDB pegou carona pela primeira vez, são o reflexo de um sentimento nacional de desagrado contra a corrupção e os erros do governo. Nessa carroça, embarca quem quer- e a falta de uma direção politicamente unificada e orgânica priva o movimento de uma linha reivindicatória que represente um objetivo político claro. A linha condutora é a rejeição ao governo do PT, ao partido em si, às suas lideranças e às consequências de suas políticas e seus atos.

    Pode-se dizer que o PT está colhendo as tempestades dos ventos que plantou.

    As pessoas empenhadas em desconstruir e desqualificar as manifestações de domingo, deram-se ao trabalho de pescar no meio da multidão indistinta algumas aberrações políticas, comportamentais ou humanas para tentar transformá-las numa espécie de tipologia comum a todos os que protestavam.

    Essa tentativa, por mais malucos que tenha conseguido tipificar, não apagou o fato de que apenas 7,7% dos brasileiros aprovam o governo Dilma- como lembrou o jornalista Ancelmo Gois.

    Alguns cartazes dos manifestantes davam apoio ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que na quinta-feira viria a ser denunciado pelo procurador geral Rodrigo Janot por corrupção e que perderia, em consequência, grande parte de sua influência como articulador dos projetos-bomba contra o governo dentro do Legislativo.

    Enquanto não renunciar, ou não for obrigado a afastar-se da presidência da Câmara em função da denúncia, Eduardo Cunha ainda guardará o poder até de acolher e um eventual pedido de impeachment, ainda que com muito menos balas na agulha.

    Ao mesmo tempo em que Cunha enfraquece, o governo se ampara em Renan Calheiros, também citado na Lava Jato, mas ainda não denunciado ,o que levou à suspeita de que haveria um “acordão” entre governo, procurador e aliados para aliviar a barra de Dilma no Congresso.

    A batalha política de parlamento e as maquinações de bastidores parecem encaminhar-se ao estabelecimento de uma trégua informal que pode dar mais tranquilidade e mais tempo para a presidente Dilma. Os mais céticos perguntam: sim, mas mais tempo para que? Não há nenhum sinal de que a presidente pretenda definir um rumo para seu governo.

    Enquanto isso, a última batalha das ruas terminou com uma goleada alemã dos descontentes sobre os quase-contentes.

    O TRANSPORTE VIP DOS PIXULECOS:

  22. Chesterton said

    https://scontent-gru1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xpf1/v/t1.0-9/11899921_10153014748222344_991916295029515520_n.jpg?oh=6737dac1bbd34dd8e4d610396fc9db50&oe=566CCDBA

    chest- sei não,mas acho que só vai sobrar o Patriarca no PT, até o Elias abandona o barco….

  23. Daise 10.0 said

    Chest : Marcha dod pixulecos

    hehehe

    nem o PIXULECO DA PACIÊNCIA foi se manifestar…preferiu ficar enchendo o blog de asneiras feicibuqui, de merda!

    O punheteiro adora a merda!
    COPROFILIA!

  24. Daise 10.0 said

    DILMA já FOI “APOSENTADA” POR TEMER.

    Michel Temer: já no exercício da função

    Brasil 21.08.15 20:11
    Mônica Bergamo, a colunista sobre que não temos dúvidas, apenas certezas, registra que Michel Temer (surpresa, surpresa) irá sair da articulação política, para dedicar-se à “macropolítica”.

    É o que um Presidente da República faz.

  25. Daise 10.0 said

    Dilma apodrecendo a cada dia…mais e mais!

    Ministro do TSE pede à Procuradoria investigação sobre campanha de Dilma

    “Há vários indicativos que podem ser obtidos com o cruzamento das informações contidas nestes autos (…) de que o PT foi indiretamente financiado pela sociedade de economia mista federal Petrobras [o que é proibido pela lei]. (…) Somado a isso, a conta de campanha da candidata também contabilizou expressiva entrada de valores depositados pelas empresas investigadas”, afirma Gilmar Mendes.

  26. Daise 10.0 said

    Neurônio em órbita

    Postado:Fri, 21 Aug 2015 21:24:07 +0000
    “A segunda coisa: uma parceria nos… num veícu…, num veículo di, di… ai gente… de elevação… é um veículo, um vele…um, um, um, um veículo de lançamento de satélites, não, de microssatélites, num adianta falar que é satélite que não é, é microssatélite”.
    Dilma Rousseff, internada por Celso Arnaldo em coletiva de imprensa após receber a chanceler Angela Merkel, iniciando, a partir dos 40s do vídeo uma angustiante viagem de seu neurônio não tripulado, de ida, sem volta, a Ogle-TR-56b, o planeta mais distante da Terra.

  27. Patriarca da Paciência said

  28. Daise 10.0 said

    Dilma foi eleita com dinheiro roubado?

    Brasil 22.08.15 05:37
    Gilmar Mendes jogou Dilma Rousseff na Lava Jato.

    Isso muda completamente a discussão política.

    Já não se trata de cassar o mandato de Dilma Rousseff por pedaladas fiscais ou por abuso de poder.

    O que Gilmar Mendes quer investigar – e todos nós junto com ele – é se a presidente foi eleita com dinheiro roubado.

  29. Patriarca da Paciência said

    E o Moro ? Quanta diferença ! E o Gilmar ? Aí já é covardia !

  30. Patriarca da Paciência said

    Mesmo considerando a paridade monetária, o juiz de 1ª instância Moro ganha três vezes mais que um ministro do STF Ssueco:

  31. Patriarca da Paciência said

    http://blog.estadaodados.com/apenas-32-cidades-tem-idh-municipal-muito-baixo-em-2000-eram-2328/

  32. Patriarca da Paciência said

    “O presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha teve hoje pela manhã uma atitude que, para muitos analistas, foi considerada inédita em sua carreira: mandou requerimentos a vários colegas parlamentares e fez uma manobra para votar, ainda no recesso parlamentar, a elevação da maioridade penal para os 70 anos.

    Vale lembrar que ele foi um dos defensores do PEC que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos.

    Segundo Cunha, “é ingenuidade acreditar que alguém como eu, que tem 56 anos, por exemplo, tenha capacidade de responder criminalmente pelos seus atos. Todos ainda somos crianças antes dos setenta”, argumentou o parlamentar.

    Questionado se sua nova proposta não seria para beneficiar a si próprio, Cunha inquiriu sobre a idade da presidente Dilma. “Ela tem 67, mas faz 68 em dezembro”, respondeu um repórter. “Amém. Então, vamos reduzir, vamos reduzir! Vamos reduzir de 70 para 65”, esbravejou Cunha.”

    http://sensacionalista.uol.com.br/2015/07/17/investigado-eduardo-cunha-volta-atras-e-quer-maioridade-penal-aos-70-anos/

  33. Patriarca da Paciência said

    Especialmente para os invejosos, ressentidos e fracassados:

    “A embaixadora da Áustria, Marianne Feldmann, e Lula. Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula

    A embaixadora da Áustria no Brasil, Marianne Feldmann, visitou o Instituto Lula nesta terça (9). Em conversa com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a diplomata relembrou os 200 anos de história das relações entre Brasil e Áustria e destacou a importância do Brasil como referência para a luta contra a fome e a miséria. A visita também teve como propósito reiterar o convite oficial ao ex-presidente, para participar do Simpósio político no Fórum Europeu Alpach 2015, que acontece entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro.

    O tema do evento será “Desigualdade” e Lula foi convidado por ser um “um embaixador no combate à desigualdade”, disse Feldmann. Segundo ela, a gestão do ex-presidente “soube casar investimento com distribuição de renda e levar a atenção das autoridades onde simplesmente não existia governo”.

    http://www.institutolula.org/lula-recebe-convite-para-participar-de-simposio-sobre-a-desigualdade-na-austria

  34. Pax said

    Fora de todos os tópicos, um pouco de música africana para nosso velho e rabugento Chesterton

  35. Patriarca da Paciência said

  36. Chesterton said

  37. Pedro said

    Vender provas de um crime, é crime.

  38. Chesterton said

    Pax, muito bom, mas não é música africana.

  39. Chesterton said

    Patriarca surtou

  40. Chesterton said

    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=692

    As lições da Nova Zelândia – como reduzir drasticamente o estado e prosperar
    por Floy Lilley, quinta-feira, 27 de maio de 2010

  41. Pedro said

    Boa Pax.

    Chester coloca música africana das boas, então. :-)

  42. Pedro said

    Já que é dia de assuntos aleatórios.

    Poha, cadê o inverno?

    Acho que até meados de 2016 vai dar merda grande no clima, aqui no sul do mundo.

    Outro furacão, grandes enchentes………… tá muito atípico este inverno.

  43. Pax said

    Foi desviado, caro Pedro… enquanto aí tem enchentes aqui tem seca braba.

  44. Chesterton said

    musica africana

  45. Chesterton said

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/08/1672191-renan-foi-denunciado-ha-2-anos-mas-ninguem-cobra-sua-saida-diz-cunha.shtml

    chest- que tempos petistas…..

  46. Chesterton said

  47. Patriarca da Paciência said

  48. Patriarca da Paciência said

  49. Patriarca da Paciência said

    “FHC comprou a reeleiçao a preço de ouro e vendeu a Vale a preço de banana”
    — Adilson(PHA)

  50. Daise 10.0 said

    Investigando Dilma

    Gilmar Mendes citou uma série de elementos que indicam a receptação de dinheiro roubado por parte da campanha de Dilma Rousseff:

    1) Os 13,6 milhões de reais repassados por João Vaccari Neto a Edinho Silva

    2) Os 7,5 milhões de reais que Ricardo Pessoa foi constrangido a entregar à campanha de Dilma Rousseff

    3) Os 47,5 milhões de reais doados por empreiteiras denunciadas na Lava Jato

    4) Os 23,9 milhões de reais pagos por Dilma Rousseff à empresa de fachada Focal, de Carlos Cortegoso

    5) Os 22,9 milhões de reais dados por Dilma Rousseff à gráfica fantasma VTPB, de Beckembauer Rivelino

    6) A propina que o operador Milton Pascowitch repassou ao blog Brasil 247

    Isso já é o bastante para garantir o impeachment, mas O Antagonista recomenda investigar também:

    7) A CRLS, que embolsou dinheiro roubado do Ministério do Planejamento e que pertence ao mesmo dono da Focal

    8) A mensagem apreendida pela PF no celular de Marcelo Odebrecht: “Meet PR – 200 inclui 100”

    9) A outra mensagem interceptada no celular de Marcelo Odebrecht: “Dizer do risco cta suíça chegar campanha dela”

    10) O dinheiro usado para pagar a campanha clandestina do PT na internet

    11) Pasadena (e, nesse caso, é preciso ouvir o depoimento de Nestor Cerveró)

    12) Os 300 mil dólares de propina pagos pela holandesa SBM à campanha de Dilma Rousseff

    Primeiro passo: interrogar Edinho Silva

  51. Chesterton said

    http://www.istoe.com.br/reportagens/433224_LULA+COM+MEDO

  52. Chesterton said

  53. Chesterton said

  54. Chesterton said

  55. Chesterton said

  56. Chesterton said

  57. Chesterton said

  58. Chesterton said

  59. Chesterton said

    Mariachi

  60. Chesterton said

  61. Chesterton said

  62. Chesterton said

  63. Chesterton said

  64. Chesterton said

  65. Chesterton said

  66. Chesterton said

  67. Chesterton said

  68. Chesterton said

  69. Chesterton said

  70. Chesterton said

  71. Chesterton said

  72. Chesterton said

  73. Patriarca da Paciência said

    Fernando Brito

    No mínimo inusual e insólito o ato de Gilmar Mendes, na sua função de Ministro do TSE, de enviar as contas da campanha da chapa Dilma-Temer à Procuradoria Geral da República.
    Qualquer operador do Direito sabe que o fluxo normal seria o inverso: o juiz ponderar provas trazidas pelo MP ou por autores de reclamação judicial, não o de tomar a iniciativa.
    Diriam os advogados, citando Cícero: “da mihi factum, dabo tibi jus” (dê-me o fato, e eu darei o direito), para simbolizar o princípio da inércia do juiz – não a inércia da preguiça, obvio, mas a da iniciativa jurídica.
    Mas, então, admitindo que assistam razões morais de defesa da lisura do processo eleitoral – sim, incumbência do juiz – quais são os fatos apontados por Mendes?
    As doações de empresas envolvidas na Lava-Jato, certo?
    Não seria, portanto, o correto e equilibrado determinar as condições em que operaram-se todas as doações feitas por estas empresas às candidaturas de todos que as receberam?
    Aécio Neves (PSDB, DEM PTB e SD, entre outros), Marina Silva (PSB, PPS) e até o Pastor Everaldo e Levy Fidélix?
    E não apenas às campanhas presidenciais, mas às de todos os candidatos, em todos os níveis, que as suportam e estimulam e, está nos números, os tucanos chegaram a recolher mais que o próprio PT?
    E estas doações, que o Ministro considera suspeitas não se deram ao abrigo de uma legislação – que o ínclito Eduardo Cunha tenta “enfiar” na Constituição – que só não é considerada inválida porque o próprio Mendes aboletou-se há mais de um ano sobre o julgamento que assim a proclamava, vedando doações empresariais?
    A desculpa, dada pelo ministro em entrevista ao Estadão de que “os partidos que dispõem de acesso à máquina governamental vão ter acesso a lista de nomes, aos CPFs e vão poder produzir doações”, distribuindo-as por “100 mil nomes” é de uma indigência mental toda prova.
    Bastaria que alguns dos “100 mil laranjas” não declarassem ao Fisco, como é obrigatório, a doação para que o “laranjal” ruísse.
    A sustentação moral do pedido feito por Gilmar Mendes, reabrindo “ad eternum” a apreciação de contas eleitorais é nenhuma.
    É política em seu estado mais impuro: caído o “anjo vingador” do impeachment, Eduardo Cunha, salta Gilmar Mendes ao combate para que o desgaste persista e termine por valer mais o voto das togas que o do povo.
    Que é, afinal, nestes tempos, o remake do que o poder econômico fez no século passado com a instituição militar para substituir-se à escolha da população na constituição de governos.

  74. Chesterton said

  75. Chesterton said

  76. Chesterton said

    (Globo) O ex-presidente Lula tenta convencer o ex-ministro José Dirceu, preso na Operação Lava-Jato, a se desfiliar do PT, para tentar diminuir o desgaste do partido e do governo por eventual condenação do petista pela corrupção na Petrobras. Apesar do mal-estar no PT com as acusações de enriquecimento pessoal, Dirceu ainda tem força no partido que ajudou a fundar. O temor de dirigentes petistas é que eventual processo de expulsão de Dirceu seja rejeitado pela Comissão de Ética ou pelo Diretório Nacional, aumentando o desgaste da legenda. — Se o Zé gosta tanto do PT, por que não ajuda e se desfilia? — disse um petista próximo a Lula.

    A operação para tentar convencer Dirceu a se desfiliar é delicada. Há preocupação em não melindrá-lo, já que ele foi o homem forte do primeiro mandato de Lula. Procuradores acusam o ex-ministro de sistematizar a corrupção na Petrobras quando estava no governo, com o objetivo de financiar campanhas eleitorais e enriquecer.

    No final do ano passado, o Diretório Nacional do PT aprovou resolução estabelecendo que expulsará filiados que comprovadamente tenham praticado corrupção. No dia seguinte à prisão de Dirceu, o presidente do partido, Rui Falcão, afirmou que as acusações contra ele são de “caráter pessoal”. A Executiva Nacional do PT decidiu não defender Dirceu em nota na qual apontou supostos abusos na Operação Lava-Jato.

    Petistas ficaram alarmados com o depoimento em que Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, irmão de Dirceu, afirmou ter recebido mesada de R$ 30 mil do lobista Milton Pascowitch entre 2012 e 2013.

  77. Chesterton said

  78. Patriarca da Paciência said

  79. Patriarca da Paciência said

    184 anos de prisão ao Cunha !

  80. Chesterton said

  81. Chesterton said

  82. Chesterton said

  83. Chesterton said

  84. Chesterton said

  85. Chesterton said

  86. Chesterton said

  87. Chesterton said

  88. Chesterton said

  89. Chesterton said

  90. Chesterton said

  91. Daise 10.0 said

    HOMENAGEM AO PERSONAGEM DA SEMANA

    LULA, O MITO ACABOU!

  92. Daise 10.0 said

    TSE: cúmplice de pedaladas eleitorais

    Brasil 22.08.15 17:18
    O PT divulgou um nota em resposta ao pedido de investigação das contas de campanha de Dilma Rousseff, feito por Gilmar Mendes à PGR. Em resumo, o partido disse que as contas haviam sido aprovadas pelo TSE. E o pior é que é verdade.

    Tudo bem que seja impossível para o tribunal averiguar a origem do dinheiro sujo, lavado “por dentro”, pelo PT. O dado escandaloso, contudo, é que o TSE não controla porcaria nenhuma como deveria.

    Qualquer cidadão minimamente alfabetizado que entra no site do tribunal e acessa a prestação de contas de campanhas depara com um lista tosca de notas e planillhas, organizada com a acurácia de um macaco. Ainda assim, se você estiver armado de paciência, por meio de cruzamentos simples, irá descobrir que boa parte das gráficas relacionados pela campanha de Dilma Rousseff é fantasma. Emissoras de notas frias no valor de dezenas de milhões de reais. E então você se pergunta: como é possível que o TSE tenha chancelado essas contas?

    A constatação é incontornável: o Tribunal Superior Eleitoral serve apenas para legitimar, ser cúmplice, de outro tipo de pedalada — a pedalada eleitoral.
    ……………..

    Gilmar Mendes detonou o TSE! Aleluia!

  93. Patriarca da Paciência said

  94. Daise 10.0 said

    TSE pode quebrar sigilo do PT

    Brasil 22.08.15 19:54
    De todo o conteúdo do despacho de Gilmar Mendes, o PT ficou apavorado com uma única linha, a que encaminha o caso ao corregedor João Otávio Noronha “para as providências previstas no art. 35 da Lei dos Partidos Políticos”.

    O Antagonista explica: o artigo 35 prevê que o corregedor pode apurar qualquer ato que viole as prescrições legais ou estatutárias de um partido em matéria financeira e “determinar a quebra de sigilo bancário das contas dos partidos para esclarecimento ou apuração de fatos vinculados à denúncia”.

    A quebra do sigilo bancário do PT pode provocar um efeito cascata sobre as contas de campanhas estaduais e municipais.

    A quebra do sigilo bancário do PT pode acabar com o PT.

  95. Daise 10.0 said

    O Punheteiro da Paciência é sempre censurado até pelo feicibuqui…
    é muito mau cheiro! Cheira a cadáver insepulto.
    Cadaverina do lula…o walking dead da política!

  96. Daise 10.0 said

    A BOCETA DE PANDORA!

  97. Patriarca da Paciência said

    Este é o Gilmar:

  98. Patriarca da Paciência said

    Gilmar foi removido ! Aleluia !

  99. Patriarca da Paciência said

    247 – O jornalista e escritor Elio Gaspari critica duramente, em sua coluna deste domingo 22, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), pela reação diante da denúncia contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por corrupção e lavagem de dinheiro. Ele destaca que, para os tucanos, a presidente Dilma Rousseff, que sequer foi denunciada, precisa renunciar, enquanto Cunha vem sendo blindado.

    “Até agora, Dilma é acusada no Tribunal de Contas da União de ter pedalado as contas públicas. O TCU não é um tribunal, mas um conselho assessor da Câmara. Ademais, a acusação ainda não foi formalizada. Eduardo Cunha foi acusado pelo Ministério Público de ter entrado numa propina de US$ 5 milhões. O PSDB quer tirar Dilma do Planalto e admite manter Eduardo Cunha na presidência da Câmara”, escreve ele.

    O colunista destaca ainda a frase de FHC dita há uma semana em que afirma que a renúncia da presidente Dilma seria um “gesto de grandeza” e, caso ela não seja capaz de tomar essa decisão, “assistiremos à desarticulação crescente do governo e do Congresso, a golpes de Lava Jato.” A frase poderia ter sido dita sobre Cunha, diz Gaspari, mas o ex-presidente “não disse. Nem FHC, nem qualquer outro grão-tucano”. O jornalista também faz questão de lembrar que o ex-presidente Fernando Collor renunciou em 1992, mas depois foi absolvido pelo STF.

  100. Patriarca da Paciência said

    Nota à imprensa

    O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social (Secom), Edinho Silva, divulgou nota nesta sábado (22) sobre decisão do ministro Gilmar Mendes, vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Confira a íntegra:

    1 – A decisão tomada pelo ministro Gilmar Mendes em relação à prestação de contas da campanha da presidenta Dilma Rousseff será devidamente questionada no TSE. Desde o final do segundo turno eleitoral, outros três processos estão em curso na Justiça Eleitoral, com o claro objetivo por parte do PSDB de questionar uma vitória eleitoral conquistada legitimamente na eleição presidencial de 2014.

    2 – Mais uma vez, líderes oposicionistas procuram, a partir de processo judicial criar, de forma oportunista, um factoide político completamente descabido. Aliás, o PSDB chegou a solicitar até mesmo uma auditoria das urnas eletrônicas, que são sabidamente seguras.

    3 – Reitera-se, novamente, que todos os recursos financeiros utilizados na campanha da presidenta Dilma Rousseff foram arrecadados de forma absolutamente legal e lícita. As contas de campanha da presidenta Dilma foram aprovadas por unanimidade pelo TSE, com parecer favorável do procurador eleitoral do Ministério Público Federal, após rigorosa auditoria.

    4 – Felizmente, o Brasil é uma democracia sólida e aqueles que perdem as eleições devem respeitar o resultado das urnas.

    1 – A decisão tomada pelo ministro Gilmar Mendes em relação à prestação de contas da campanha da presidenta Dilma Rousseff será devidamente questionada no TSE. Desde o final do segundo turno eleitoral, outros três processos estão em curso na Justiça Eleitoral, com o claro objetivo por parte do PSDB de questionar uma vitória eleitoral conquistada legitimamente na eleição presidencial de 2014.

    2 – Mais uma vez, líderes oposicionistas procuram, a partir de processo judicial criar, de forma oportunista, um factoide político completamente descabido. Aliás, o PSDB chegou a solicitar até mesmo uma auditoria das urnas eletrônicas, que são sabidamente seguras.

    3 – Reitera-se, novamente, que todos os recursos financeiros utilizados na campanha da presidenta Dilma Rousseff foram arrecadados de forma absolutamente legal e lícita. As contas de campanha da presidenta Dilma foram aprovadas por unanimidade pelo TSE, com parecer favorável do procurador eleitoral do Ministério Público Federal, após rigorosa auditoria.

    4 – Felizmente, o Brasil é uma democracia sólida e aqueles que perdem as eleições devem respeitar o resultado das urnas.

  101. Patriarca da Paciência said

  102. Chesterton said

    http://www.implicante.org/blog/a-patria-educadora-devasta-suas-universidades-federais/

  103. Chesterton said

  104. Chesterton said

  105. Chesterton said

    Se Dilma não tomar providências referentes às declarações do cocalero sobre intervir no Brasil caso a mesma seja derrubada da presidência, deixando claro que Morales cometeu uma afronta à soberania nacional, haverá um outro motivo para justificar seu impeachment.
    Explico: A lei 1.079/1950 prevê em seu art. 5°, 1 o seguinte:
    “1 – entreter, direta ou indiretamente, inteligência com governo estrangeiro, provocando-o a fazer guerra ou cometer hostilidade contra a República, prometer-lhe assistência ou favor, ou dar-lhe qualquer auxílio nos preparativos ou planos de guerra contra a República;”
    Se ficar por isso mesmo e Dilma não sofrer impeachment, é sinal que a República acabou. E nessa hipótese, é bom se preparar para a guerra civil.

  106. Patriarca da Paciência said

  107. Daise 10.0 said

    EL COCALERO BOQUIRROTO

  108. Patriarca da Paciência said

    Mais uma vez se confirma o pensamento de Luigi Pirandello, ou seja, “a verdade mais pura, mais cristalina, pode brotar da boca de quem menos a merece”:

    “Desafeto declarado dos maiores caciques do PMDB, o deputado e ex-governador de Pernambuco Jarbas Vasconcelos não poupa adjetivos ruins ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha; o parlamentar avalia que a Câmara sob poder de Cunha é mau exemplo e agrava a crise política pela qual passa o País; “Temos uma pessoa altamente comprometida com a corrupção, com a lavagem de dinheiro e a formação de quadrilha. Com Eduardo Cunha, a gente teve um primeiro semestre muito medíocre. Uma pessoa dessa não tem a menor condição moral e ética para conduzir a Câmara”, diz Jarbas”
    (247)

  109. Daise 10.0 said

    PUNHETEIRO DA PACIÊNCIA/ PATRIARCA DA PUNHETA

    Só punheteirtos ignorantes podem imaginar que vão impedir o Ministro Gilmar Mendes de mandar o PGR investigar a campanha da Dilma. Aliás, ele já mandou o Enganot investigar.

    Nem o TSE/STF podem impedir, canalha!

  110. Daise 10.0 said

    OS RATOS

    ANTES:

    DEPOIS:

  111. Daise 10.0 said

    O PUNHETEIRO DA PACIÊNCIA/ PATRIARCA DA PUNHETA

    COMPROU ISTO:

    E RECEBEU ISTO:

    PETROLÃO: O MAIOR CASO DE CORRUPÇÃO NA HISTÓRIA MUNDIAL

  112. Daise 10.0 said

  113. Chesterton said

  114. Daise 10.0 said

    LULA CACHACEIRO DEVOLVE O MEU DINHEIRO!

  115. Patriarca da Paciência said

  116. Patriarca da Paciência said

    A ousadia sem limites de um canalha:

  117. Patriarca da Paciência said

  118. Patriarca da Paciência said

    247 – Para o colunista Ricardo Melo, Aécio Neves, Gilmar Mendes e Eduardo Cunha são golpistas declarado, três patéticos a quem só resta a debandada.

    “Não importa a lógica, a política, a dialética ou mesmo o senso comum. Suas biografias, já não propriamente admiráveis, dissolvem-se a jato a cada movimento realizado para derrubar um governo eleito”, afirma.

    Segundo o jornalista, cambaleante, o trio parece ter recebido a pá de cal com os pronunciamentos dos verdadeiros comandantes da nossa democracia. Ele cita o chefe do Itaú Unibanco, Roberto Setubal, que afirmou com todas as letras não haver motivos para tirar Dilma do cargo.

    “Sem a banca por trás, abandonada pelo pessoal do dinheiro grosso e encrencada em acusações lançadas contra os adversários, à troupe do impeachment não resta muito mais que baixar o pano”, completou (leia mais

  119. Pax said

    E a China está virando pó… e vai arrastar o resto do mundo. Os EUA vão aumentar seus juros, todo mundo especulativo vai correr pra lá atrás de alguma segurança nessa crise de liquidez, os governos endividados quebrando…

    e ninguém vai comprar mais nada … dos EUA.

    vai ser uma farra

    macabra

  120. Patriarca da Paciência said

  121. Patriarca da Paciência said

    Pax, 119,

    é isso aí, caro Pax,

    finalmente está aparecendo o contexto da “crise” brasileira. É tão avassalador que não conseguem mais esconder !

    Mas, como antes, o Brasil foi o último a entrar e será o primeiro a sair !

    A inflação já está baixando, as exportações aumentando, safra recorde e Cunha sifu !

    Tudo está caminhando para os “conformes”, como já dizia o grande músico João do Vale !

  122. Elias said

    “Sem a banca por trás”, Patriarca?

    Sei não…

    Dá uma olhada nas prestações de contas eleitorais do PSDB, e depois me diz em que medida a banca — principalmente o Bradesco — não está por trás dele…

    Fico triste em ver Dilma e o PT se agarrando a declarações das mais variadas — e surpreendentes — origens, para fortalecer a tese de que não há motivos para se propor o impeachment da presidente da República.

    É o caso dessa declaração do Roberto Setúbal, que tu citaste.

    Claro que não há motivo para o impeachment… Só que um governo do PT não deveria se pendurar nas declarações de um banqueiro (que, por sinal, nem tem por quê ficar segurando barra de presidente da República…).

    Um governo petista deveria se legitimar pelo apoio das massas, não é isso? Mas os 7% de aprovação dizem, em alto e bom som, que apoio a Dilma pode esperar das massas…

    Aí, sem massas, resta um ou outro banqueiro, certo?

    Amigo, a última coisa que um grupamento político pode fazer é se desnaturar. Quando ele faz isso, perde a justificativa essencial de sua própria existência.

    Vê o que está acontecendo agora… Dilma preferiu adotar a cartilha neocon, em seu viés mais ortodoxo, conforme defende a direita.

    O resultado é o que se esperava que fosse (até porque todas as vezes que o Brasil aplicou o catecismo monetarista não deu outra coisa): a inflação não caiu, o déficit público aumentou, e — o que é pior! — o aparelho produtivo andou pra trás, aumentando o desemprego, o que retrocede a luta contra a miséria e contra as desigualdades sociais.

    Pra completar, a moeda brasileira se desvalorizou brutalmente, e o BC, tentando inutilmente conter essa queda livre, torra, diariamente, a preço de banana, as enormes reservas em moeda forte acumuladas durante os 8 anos de mandato do Lula.

    Prato cheio para a direita baixar a porrada na Dilma, criticando-a pelo desemprego provocado pela política econômica que ela adotou, quando optou por abanar o rabo para a (mal)dita direita…

    O PT começou a se desnaturar quando se corrompeu… E completou o processo ao adotar uma política econômica direitopata e suicida.

    Agora, o PT está como está: com fundadas razões, sendo chamado de ladrão por outros ladrões, putos da vida porque estão momentaneamente impedidos de roubar, tanto quanto querem, dos cofres federais, e loucos pra voltar ao poder, e continuar com a roubalheira de sempre.

    Enquanto isso, o governo petista agoniza, amargando, de um lado, a repulsa e o ódio de quem ele tentou agradar, e, de outro, o abandono de quem ele abandonou…

  123. Patriarca da Paciência said

  124. Elias said

    I
    A despencada chinesa está longe de ser boa notícia para o Brasil, até porque a economia brasileira depende brutalmente das importações chinesas.

    Quem depende da exportação de commodities dificilmente se recupera antes de quem quer que seja… Primeiro se recuperam os importadores, depois os que exportam.

    As notícias que vem dos EUA (outro grande comprador de produtos brasileiros), também não chegam a tranquilizar… Nos EUA, quando o bicho pega, parte-se para o mesmo protecionismo que os americanos tanto criticam nos outros…

    Agora mesmo, o governo americano acaba de taxar em mais de 30% o papel brasileiro não revestido (é aquele papel bruto, amarelado, antes de ser “encapado” com caulim…).

    Segundo o governo americano, o produto brasileiro estaria contaminado por “dumping”…

    Quem não tem memória curta, há de lembrar que a gringolândia já fez o mesmo com o aço brasileiro, e outros produtos verde-amarelos. O Brasil protestou na OMC, mas… Levou farelo!

    II
    Um indicador de como as coisas estão ruins (e vão continuar assim ou pior…), é o que está na maior parte dos jornais de hoje: a notícia de que a maioria das bolsas de todo o mundo abriu em baixa nesta segunda.

    “Investidor” do mercado de capitais é a ratazana do sistema. Como rato, ele infesta e empesteia… E, como rato, ele fareja o perigo a léguas de distância!

    Com a China fazendo água, e os EUA falando em aumentar os juros, os “investidores” estão descartando toda sorte de papel… Estão dando preferência ao dinheiro vivo, para aplicá-lo futuramente na opção mais segura.

    É aquilo que, nos bancos da universidade, a gente aprende como sendo “preferência à liquidez”, associada à uma espécie de “opção preferencial pela segurança”.

    Isso nunca foi indicador de fim de crise… Muito pelo contrário!

  125. Pax said

    a militância do PT dando coraçãozinho pro banco Personnalité …

    cambio à la derecha

    radical

  126. Pax said

    há rumores…. (como houve em dezembro de 14…)

    que Dilma pensa em alçar Kátia Abreu para uma super ministra

    ficaria com a Casa Civil e Agricultura

    rumores…

    em dezembro de 14 eu não acreditava que Dilma colocaria a Kátia

    hoje a gente vê a presidente da UNE com Kátia, Dilma com Kátia, enfim

    melhor não duvidar desses tais rumores

    a nossa presidente é capaz

    muito capaz

    de dar tirambaços nos pés

    de afundar o partido

    vai carregar todos

  127. Pax said

    o plano neoliberal parece que não deu muito certo

    a fritura do Joaquim está com óleo quente

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/08/1672632-pmdb-e-planalto-atribuem-desgastes-do-governo-a-levy.shtml

  128. Pax said

    é, parece mesmo que o plano neoliberal, ultraracical, à direita, não deu muito certo

    http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2015-08/divida-publica-cresce-078-em-julho

    http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2015-08/expectativa-de-inflacao-dos-consumidores-entra-na-casa-dos-dois-digitosdiz

    dívida pública aumentando

    inflação disparada

    pois bem, hora de fritar o Levy

    ===

    e fica claro porque o Itaú virou amiguinho de última hora

    não?

    precisa desenhar?

  129. Patriarca da Paciência said

    Elias,

    o PT foi o primeiro partido brasileiro a sair, realmente, de bases populares. É claro que teria que vir permeado de tudo que é tão “normal” na humanidade, desde que esta “caga de cócoras” como você gosta de falar.

    Asim há no PT os aproveitadores, os ingênuos, os mal intencionados, assim como há aqueles que são corajosos, valorosos, fortes etc.etc.etc.

    O partido está passando por um processo de depuração. A Dilma e o Lula estão enfrentando tudo com muita coragem. E o saldo dos governos do PT ainda é muito bom. Se o PT pode ser acusado de alguma coisa, é de ter exagerado na quantidade de programas e obras. O governo perdeu um pouco a noção daquilo que realmente poderia ser sustentável !

    Eu não acredito em outro remédio para a inflação a não ser aquele da economia clássica. Menos meios de pagamento e os preços terão que cair etc.

    Qual seria a alternativa ?

    O principal teórico do PT é o Lula e, o grande inspirador do Lula, é a mãe dele, dona Lindu. Nunca vi o Lula citar Marx ou Lenin e não acredito que o PT tenha qualquer influência desses dois grandes teóricos do socialismo.

    Para Lula, o Estado terá que ser como uma boa mãe – proteger os filhos mais fracos, promover a harmonia e a justiça entre os irmãos, educar, ser enérgico mas sempre amoroso, está sempre disposto a perdoar e aceitar recomeços etc.etc.etc..

    Também nunca vi o Lula dizer que é inimigo de banqueiros ou empresários.

    Banqueiros e empresários que são bons empregadores, justos com seus empregados, que pagam impostos, tem responsabilidade social, sempre serão bem vindos.

    É o modelo da economia escandinava. O Pax vive dizendo que admira os países escandinavos, mas adota a política do PSOL, partido um tanto radical demais. O PSOL ainda adota muitas das políticas intransigentes que o PT abandonou faz tempo. Para mim o PSOL é um PT adolescente !

    Então é isso aí, o que precisamos é que as esquerdas se unam, pois o racha das esquerdas apenas ajuda a diteitona fascista e retrógrada !

  130. Pax said

    se as esquerdas se unirem, caro Patriarca, não chamarão o PT

    o PT fez um estrago danado no sentido de “esquerda”

  131. Elias said

    Patriarca,
    Tentarei ser mais claro.

    Eu não sou contra o PT ser defendido por banqueiro, barqueiro, baleiro, balanceiro ou barbeiro (mas dispenso bandoleiro).

    Eu apenas lamento o PT depender da defesa de banqueiro.

    Eu quis dizer que o PT deveria ser defendido pelas massas… Que, hoje, dificilmente encontrarão algum motivo pra defender o PT…

    PONTO 1
    Um pessoal da Convergência Socialista (no tempo em que o Reinaldo Azevedo fazia parte da Convergência Socialista e que esta fazia parte do PT), se envolveu num assalto a banco, sob a alegação de que estava “desapropriando” dinheiro da burguesia pra financiar a revolução.

    O PT imediatamente expulsou esses militantes. Foi por esse motivo que a CS acabou saindo do PT, levando com ela o Reinaldo Azevedo (provavelmente espumando pela boca, e grunhindo palavras de ódio à burguesia, que agora ele ama…).

    No Congresso, sempre que alguém jogava a história desse assalto na cara do PT, o Lula rebatia ironicamente, dizendo que “…quando descobre um ladrão nos seus quadros o PT o expulsa. Já o partido de Vossa Excelência, quando descobre um ladrão, o elege deputado ou senador…”.

    Geralmente isso provocava gargalhadas, e o otário que tomara a iniciativa de atacar o PT por esse caminho acabava “boca de abiu”.

    Ladrão e corrupto tem em todo lugar, em todas as ocupações, etc. Nenhuma novidade há nisso.

    A questão é: o que fazemos com os corruptos, quando os descobrimos entre nós? Somos coniventes ou soltamos os cachorros em cima deles? Se não soltarmos os cachorros, conseguiremos apenas ficar iguais aos remelentos de sempre, né não?

    PONTO 2
    Independentemente da roubalheira, há a questão maior. A tal da “grande política”, onde estão coisas como o aperfeiçoamento institucional e a luta contra a miséria e as desigualdades sociais (pra ficar em apenas dois “eixos estruturantes”).

    O “aperfeiçoamento institucional” viria com a reformas, que nunca vieram, né? Reforma política (que é a mãe de todas), reforma do Judiciário, reforma fiscal, etc., etc., etc.

    O PT ficou no governo federal por longos 16 anos (se a Dilma for até o fim…), e nem tentou dar o pontapé inicial nas reformas estruturais (quando tentou, foi pra fazer remendos conjunturais, e não estruturais).

    Com o PT no poder, as reformas — e, com elas, o propósito de promover o aperfeiçoamento institucional do país — simplesmente escoaram pelo ralo.

    Já a luta contra a miséria e as desigualdades sociais tem uma condicionante: a economia tem que crescer mais rapidamente do que a população. Mesmo o mais elementar programa emergencial e compensatório precisa disso (quanto mais as tais “alterações perenizadas” na estrutura da pirâmide social…).

    Essa condicionante é abandonada quando se opta pelas fantasias neoliberais, cujas chances de produzir bons resultados em economias como a brasileira, são, no mínimo, ultra remotas…

  132. Elias said

    No frigir dos ovos, a economia, qualquer economia, em qualquer tempo e lugar, só tem duas alternativas: ou ela vende pra fora, ou ela vende pra dentro. Alguém sabe de outra alternativa?

    Quando vender pra fora (exportar), fica mais difícil, torna-se essencial garantir que se venda pra dentro. De preferência, cada vez mais. Alguém sabe de outra alternativa?

    Mas isso só se consegue induzindo e estimulando o setor produtivo. Alguém sabe de outra alternativa?

  133. Patriarca da Paciência said

    Ricardo Melo, na Folha:

    OS TRÊS PATÉTICOS

    Isolada de sua base histórica, a banca e o empresariado, à tropa do impeachment só resta a debandada

    Aécio Neves, Gilmar Mendes e Eduardo Cunha atuam como protagonistas de uma causa falida. Mesmo assim, não perdem uma oportunidade de expor em público sua estreiteza de horizontes. São golpistas declarados. Não importa a lógica, a política, a dialética ou mesmo o senso comum. Suas biografias, já não propriamente admiráveis, dissolvem-se a jato a cada movimento realizado para derrubar um governo eleito.

    Presidente do PSDB, o senador mineiro-carioca pouco se incomoda com o ridículo de suas atitudes. Aécio sempre defendeu um programa de arrocho contra os pobres. Gabou-se da coragem de adotar medidas impopulares para “consertar o Brasil”.

    Agora sobe em trios elétricos como porta-voz do povo. Critica medidas de ajuste, jura pensar no Brasil e usa qualquer artimanha com uma única finalidade: isolar a presidente. Convoca sabujos para atacar um jornalista que revelou o escândalo do aeroporto construído para atender a ele e à própria família. Maiores informações na página A3 desta Folha publicada ontem (23/08).

    Seu ajudante de ordens, ou vice-versa, é o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes. Sintoma da fragilidade do equilíbrio de poderes vigente no Brasil, Mendes emite toda sorte de opiniões fora de autos. Muda de ideia conforme as conveniências. De tão tendencioso e parcial, seu comportamento público seria suficiente para impugná-lo como síndico de prédio. Na democracia à brasileira, pontifica como jurista na mais alta corte do país. Quem quiser que leve a sério.

    Mendes endossou as contas da campanha da presidente eleita alguns meses atrás. Coisas do passado. Esqueçam o que ele votou. De repente, detectou problemas insanáveis na mesma contabilidade e ruge ameaçadoramente contra o que ele mesmo aprovou. No meio tempo, acusa o Planalto de comandar um sindicato de ladrões financiado por empreiteiras envolvidas na roubalheira da Petrobras.

    Bem, mas as mesmas empresas financiaram a campanha dos outros partidos. O que fazer? Vale lembrar: Mendes até hoje trava o julgamento favorável à proibição do financiamento empresarial de campanhas políticas. Seu pedido de vistas escancara um escândalo jurídico, legal e moral que o STF finge não existir. Ora, isso não vem ao caso, socorreria o juiz paladino Sergio Moro.

    E aí aparece Eduardo Cunha, o peemedebista dirigente da Câmara. Terceiro na linha de sucessão presidencial, Cunha encenava comandar um exército invencível. Primeiro humilhou o Planalto na eleição para o comando da Casa. Depois, passou a manobrar o regimento para aprovar o que interessa a aliados nem sempre expostos. Tentou ainda se credenciar como alternativa golpista. Curto circuito total. Pego numa mentira de pelo menos 5 milhões de dólares, a acreditar no procurador geral, Cunha atualmente circula como um zumbi rogando piedade de parlamentares muito mais interessados em salvar a própria pele.

    Cambaleante, o trio parece ter recebido a pá de cal com os pronunciamentos dos verdadeiros comandantes da nossa democracia. O mais recente veio do chefe do maior banco privado do país, Roberto Setubal. Presidente do Itaú Unibanco, Setubal afirmou com todas as letras não haver motivos para tirar Dilma do cargo. Tipo ruim com ela, pior sem ela “”que o digam os lucros pornográficos auferidos pela turma financeira.

    Sem a banca por trás, abandonada pelo pessoal do dinheiro grosso e encrencada em acusações lançadas contra os adversários, à troupe do impeachment não resta muito mais que baixar o pano. “

  134. Pax said

    Sei não, acaba de sair a notícia que Michel Temer sai da articulação política. Alguns diziam que é a senha para … (preencha como desejar).

    E os rumores de Kátia Abreu na Casa Civil se intensificam em BSB, com o anúncio do corte dos ministérios misteriosos.

    Os rumores incluem Jader Barbalho em algum lugar desse novo quadro.

    Sei não. Sei lá. Cada dia tá uma confusão sem tamanho. Bem coisa de quem já não manda em mais nada, de um barco absolutamente sem rumo.

    Tá ao vai da valsa, ao sabor dos ventos.

  135. Chesterton said

    http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,para-bacha-brasil-sofre-de-doenca-holandesa-imp-,1000785

  136. Chesterton said

    Pax, plano liberal sem demissões?

  137. Pedro said

    Patético é o PT se agarrar numa declaração do Setúbal.

    O Itaú não era o tinhoso que financiava a Marina das Selvas?

    A outra Setúbal não era o capeta em forma de apoio?

    Perderam a noção do ridículo………

    …………………………..

    Pax, coloca outro post que este ta travando.

  138. Chesterton said

    ..demissões do setor público,…

  139. Chesterton said

    Prezado LF Verissimo:

    Na crônica com o título ‘O Vácuo’, comparaste os manifestantes contra o governo aos cachorros vira-latas que, no passado, corriam atrás dos carros, latindo indignados. Dizes que nunca ficou claro o que os cães fariam quando alcançassem um carro, por ser uma raiva sem planejamento. E que os cães de hoje se modernizaram, convenceram-se de seu próprio ridículo, renderam-se ao domínio do automóvel.

    Na tua infeliz e triste comparação, os manifestantes de hoje são vira-latas obsoletos sitiando um governo que mais se parece com um Fusca indefeso, que sabem o que NÃO querem – Dilma, Lula, PT – mas não pensaram bem NO QUE querem no seu lugar. Como um velho e obsoleto cachorro vira-lata, quero te latir (não sei se entendes a linguagem de cachorros) algumas coisas:

    1. Independentemente das motivações de cada um, tenho certeza de que todos os cachorros na rua correm em busca dos sonhos perdidos, que, em 13 anos, foram sendo atropelados não por um Fusca indefeso, mas por um Land Rover de corrupção, imoralidades, mentiras, alianças políticas espúrias, compras de pessoas, impunidade, incitação à luta de classes, compra de votos com o Bolsa Família , desrespeito e banalização da vida pela falta de segurança e de atendimento digno à saúde, justiça falha, etc, etc.

    2. Se os cachorros se modernizaram e pararam de correr atrás do carro, não foi por se convencerem do próprio ridículo. Foi porque não conseguiram nunca alcançar os carros e isso os desmotivou. Falta de planejamento, concordo. Mas os cachorros de agora aprenderam que se correrem juntos, unidos, latindo bastante atrás do carro, cada vez mais e mais, de novo e de novo, chegará uma hora em que o motor vai fundir. Eles vão alcançar o carro. O motorista vai ter que descer do carro e outro assumirá. Pior do que está não vai ficar, embora o conserto vá demorar muito. Não vai ser fácil, mas os vira-latas vão conseguir se organizar, pelo voto. Não pela ditadura.

    3. Não é verdade que o latido mais alto entre os cachorros foi o de um chamado Bolsonaro. Acho que estavas na França gozando das delícias de um croissant na beira do Sena (enquanto os vira-latas daqui corriam atrás do osso perdido) e não viste os vídeos das manifestações. Se bem que a TV Globo e o Datafolha também não enxergaram nada. O que mais cresceu na manifestação foi uma certeza, a certeza que vai fazer esse país mudar: com essa Land Rover desgovernada não dá mais. Os cachorros com seus latidos unidos jamais serão vencidos. E sabem que mais dia, menos dia, esse carro vai parar. É assim que começa, pena que eles não acreditem. Não vai ter mais dinheiro pra comprar brioches para o povo. E o número de vira-latas vai aumentar muito. Quem comandará a corrida? Não sei, só sei que prefiro ser um vira-lata à moda antiga do que um vira-lata moderninho que se rende a uma Land Rover.

    4. Te enganas quando dizes que os cachorros de antes corriam atrás dos carros porque a luta era outra. Não, a luta é a mesma, o contexto é diferente. Os cachorros não querem um passaporte bolivariano. O vácuo vai ser preenchido, não te preocupes. Por quem for necessário e aceito, desde que não seja pelo exército do Stédile.

    5. Em tempo: essa vira-lata que te fala foi professora das tuas filhas no antigo e admirável Instituto de Educação. Lá aprendi que é importante latir não por latir, mas para defender os sonhos possíveis. E tuas filhas devem ter aprendido muita coisa com os meus latidos. Continuo latindo, agora na rua, para derrubar o que acredito ser um mal nesta nação arrasada: a corrupção e, mais do que isso, um governo corrupto, que perdeu totalmente a vergonha. Eles criaram um “vácuo” de imoralidade e de incompetência que vai ser difícil de recuperar. Mas, vamos conseguir!

    Atenciosamente, auauau.

    ROSÁLIA SARAIVA

  140. Chesterton said

    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=459

  141. Chesterton said

    Miriam Leitão descreveu perfeitamente a calamidade petista na economia:

    “O governo Dilma colhe o que plantou. O PT realmente acredita que ajudando setores escolhidos com juros subsidiados, dados por bancos públicos, o país retoma o crescimento. O partido nunca entendeu a lógica que levou o Brasil a se livrar da hiperinflação e frequentemente adota medidas que conspiram contra a estabilidade conquistada há 21 anos. Ele não participou, e até combateu, o processo de saneamento das contas públicas que levou à Lei de Responsabilidade Fiscal. Ele define com o nome bonito de ‘desenvolvimentismo’ o que é, na verdade, descontrole fiscal, tolerância com a inflação e transferência de recursos para as empresas amigas através de juros subsidiados. As ideias petistas para a economia são erradas e por isso deram errado. Simples assim”.

    Ela descreveu também a calamidade petista na política:

    “Nada do que acontece ao PT e à presidente Dilma é fruto de conspiração. Eles merecem o desprezo que recebem. O PT foi além da imaginação no rompimento de todas as normas de conduta minimamente aceitáveis. O partido usou o poder temporário para ordenhar as empresas e órgãos públicos, extrair dinheiro para permanecer no poder. Usou o Estado para garantir o poder. Alguns dos seus dirigentes fizeram mais que isso”.

    do Antagonista

  142. Guatambu said

    Como eu dizia: o mercado acabou por engolir o PT.

    Bizarro que a esquerda insiste em ignorar o mercado… que dó.

  143. Chesterton said

    essa aqui era fã da “diumafiga”

    http://www.valor.com.br/politica/4192402/para-dona-do-magazine-luiza-nivel-de-confianca-da-populacao-acabou

  144. Chesterton said

    Cuidado com aquilo que deseja, pois pode acontecer. Os petistas ignoraram esse alerta, e abusaram da desculpa esfarrapada de que nossa crise era resultado da “crise internacional”. O resto do mundo ia bem, os emergentes crescem bem mais do que o Brasil, com bem menos inflação. A nossa crise, como cansei de mostrar aqui, era totalmente “made in Brazil”, produto da incompetência e da irresponsabilidade do governo.
    Mas agora sim, o clima lá fora está azedando, e bem rápido. A China está no epicentro do furacão. Após várias medidas intervencionistas do governo chinês para estimular sua economia e o mercado de ações, parece que ficou evidente ser impossível inflar artificialmente os ativos para sempre. A bolsa chinesa está em queda livre, e chegou a cair 8,5% esta noite, zerando o ganho que tinha no ano. As perdas desde o pico de junho já chegam a quase 40%!
    A desvalorização do yuan, numa “guerra cambial” deflagrada pelo PCC, jogou mais lenha na fogueira. Apesar de sua relevância para a economia global, o fato incômodo é que a China continua a ser uma “caixa preta”, e os analistas não conseguem ter clareza e transparência dos dados. As estatísticas oficiais, por exemplo, são questionáveis e poucos confiam totalmente nelas. A simbiose entre estado e empresas, especialmente os bancos, gera enorme risco no país.
    Será que a “bolha chinesa” está mesmo estourando, como alguns investidores previram? Difícil saber. Só o tempo dirá. Mas há um crescente clima de pânico tomando conta dos mercados globais por medo de uma crise mais severa na segunda maior economia do mundo. Os instrumentos de estímulo do governo ficam cada vez mais limitados, pois as rodadas expansionistas já foram fortes demais.
    Uma crise aguda na China contagiando o mundo todo: eis tudo aquilo que o Brasil não precisava agora, num momento em que já enfrenta suas agruras por conta das trapalhadas do governo petista. Seria a tempestade perfeita, que poderia realmente colocar o Titanic Brasil a pique, depois de já ter batido no iceberg PT. Uma confluência de vetores muito cruel, que já fez o Ibovespa voltar, em dólares, para o patamar mínimo de 2008, ano da maior crise mundial desde o crash de 1929:
    Fonte: Bloomberg
    Fonte: Bloomberg
    O Brasil, como todos sabem, é um “China play”, ou seja, a era da nossa bonança teve tudo a ver com o crescimento chinês acelerado e sua demanda voraz pelas commodities que produzimos. O Brasil tinha ganhado na loteria e rasgou o bilhete, gastou por conta como uma cigarra irresponsável. O que vai acontecer se os ventos chineses, que já tinham parado de soprar em nossa direção, mudarem e começarem a jogar contra o Brasil? Se a China realmente afundar, não terá “acordão” com Renan Calheiros capaz de segurar a cabeça de Dilma no lugar…
    Rodrigo Constantino

  145. Chesterton said

    http://www.valor.com.br/brasil/4191826/governo-vai-propor-alta-de-tributos-em-2016

    chest- governinho neo liberal, né?

  146. Chesterton said

    142..Guat, tentaram comprar o mercado

  147. Daise 10.0 said

    #138 Pedro

    Enquanto o patriarca da punheta ficar postando bobagens do feicibuqui não vai adiantar, criar outro post
    O site tem que esperar minutos até q apareçam todas as bobagens.
    Esse é o espírito de porco petista.Encher o saco dos outros.

  148. Patriarca da Paciência said

  149. Daise 10.0 said

    Não adianta esse cara, o Punheteiro é uma besta!

  150. Patriarca da Paciência said

  151. Patriarca da Paciência said

  152. Patriarca da Paciência said

  153. Daise 10.0 said

    SE MANCA PUNHETEIRO DA PACIÊNCIA!
    VÁ ENCHER O SACO DE OUTROS COM ESSAS ASNEIRAS DO FEICIBUQUI
    QUE SÓ EMPERRAM O CARREGAMENTO DO SITE.

    TENHA VERGONHA E NÃO ENCHA O SACO DE OUTROS COMENTARISTAS!

  154. Patriarca da Paciência said

    Cara Pax,

    você notou que tem uma cadela hidrófoba latindo no blog ?

    Que encosto, caro Pax !

  155. Patriarca da Paciência said

  156. Daise 10.0 said

    PUNHETEIRO DA PACIÊNCIA

    o pax não é seu pai…q eu saiba.
    Chega de sabujice desavergonhada.
    O pax tem sua agenda própria: Mudar pra NovaOruega (esquerdistas perdidos no intelecto abstrato)…lá no norte do cerebro esquerdo).
    Longe do pt de incompetentes corruptos que ameaçam a sobrevivência dos menos favorecidos de poder. Pra enriquecer ou continuar no Poder.

    AGORA A SUA AGENDA É ENTUPIR O BLOG DE FEICIBUQUIS

    # 134 AH! RECLAME COM A SUA “MÃE”! (AQUELA QUE ESTÁ NO CÉU)
    AQUELA SANTA QUE TE PARIU.
    ELA SABE O PORQUÊ, MAS É MÃE E VC PERDOOU TUDO.
    MAS..NÃO É VERDADE…SEU PAI NÃO!
    O CHIFRE CONTINUA EVIDENTE.

  157. Daise 10.0 said

    CORRIGINDO:
    #154

    PUNHETEIRO DA PACIÊNCIA

    REPITO EXATAMENTE O COMENTÁRIO ACIMA!
    “SEU PAI NÃO PERDOOU!”
    O CHIFRE CONTINUA EVIDENTE..

    A CADELA HIDRÓFOBA NUNCA FOI PERDOADA!

  158. Daise 10.0 said

    COMENTÁRIO

    O mais impressionante é como pax passou de “control freak ” a “control weak” …pra ficar “debem” com seus amigos “petistas ou ex”.

    Desonestidade? Sei lá cada um sabe de si.
    Não sou juíza.

    Mas:

    Sou contra a bundamolice do pax, que sempre fica perdido entre “mesas e cadeiras”…
    Elias xingando e pp sabujando! hehehe

    Pax..dê-se ao respeito!

  159. Chesterton said

    Paxm agora vai renegar a Noruega, virou dinamarquês, mda Groenlância.

  160. Daise 10.0 said

    Dilma afirma que errou na avaliação da situação econômica. (FSP)

    Desde 2010? Renuncie incompetenta !

  161. Daise 10.0 said

    RUMO AO BURACO.

    PUNHETEIRO…ESSA INCOMPETENTA ACABOU COM SEU SONHO.
    e LULA IRÁ PRA CADEIA ,SIM.
    DILMA FARÁ DELAÇÃO PREMIADA,, HEHEHE

    É SÓ UMA QUESTÃO DE TEMPO

  162. Patriarca da Paciência said

  163. Patriarca da Paciência said

    Aécio Neves em cômica alienação e perturbado, Jânio de Freitas

    “O jornalista Jânio de Freitas analisa em seu artigo deste domingo (12) para a Folha a acusação do senador Aécio Neves (PSDB) contra a presidente Dilma Rousseff, por conta do depoimento do empresário Ricardo Pessoa; para o colunista, posição do tucano “fornece uma prova cômica da alienação que aciona o ataque incessante do senador à sua vencedora adversária eleitoral”; “A fonte e a espécie de dinheiro que favoreceram a campanha de Dilma foram as mesmas, no dizer do delator premiado, que favoreceram as campanhas de Aécio Neves à Presidência e de Aloysio Nunes Ferreira ao Senado. Se Dilma perdesse o mandato por consequência da afirmação de Ricardo Pessoa, no mesmo dia poderia dar entrada em um pedido de cassação dos mandatos dos senadores Aécio Neves e Aloysio Nunes, para efeitos judiciais idênticos em fatos iguais”, diz

    Do Brasil 247 – O jornalista Jânio de Freitas analisa em seu artigo deste domingo (12) para a Folha a mais recente acusação do senador Aécio Neves (PSDB) contra a presidente Dilma Rousseff, segundo a qual ela estaria pressionando o Tribunal Superior Eleitoral, por conta do depoimento do empresário Ricardo Pessoa. Para o colunista, tal posição do tucano “tem sequer indício de realidade, mas fornece uma prova cômica da alienação que aciona o ataque incessante do senador à sua vencedora adversária eleitoral”.

    “As boas almas podem entender que Aécio Neves é ingrato. Pode-se achar que são outras as carências que o levaram à ação na Justiça Eleitoral. O certo é que, a haver pressão de Dilma contra a aceitação de Ricardo Pessoa como declarante veraz, Aécio Neves deveria ser o primeiro a manifestar gratidão à presidente. A fonte e a espécie de dinheiro que favoreceram a campanha de Dilma foram as mesmas, no dizer do delator premiado, que favoreceram as campanhas de Aécio Neves à Presidência e de Aloysio Nunes Ferreira ao Senado. Na perturbação das ideias, Aécio e suas forças imitam os militares americanos, craques no que chamam, para abrandar ao menos nas palavras, de “fogo amigo”. No caso de Aécio e do PSDB, porém, o fogo é ainda mais consequente: é fogo suicida. Aécio Neves não se deu conta de que, se Dilma perdesse o mandato por consequência da afirmação de Ricardo Pessoa, no mesmo dia poderia dar entrada em um pedido de cassação dos mandatos dos senadores Aécio Neves e Aloysio Nunes Ferreira, para obter a sentença de efeitos judiciais idênticos em fatos iguais”, avalia.”

    https://luizmullerpt.wordpress.com/2015/07/12/janio-de-freitas-ve-aecio-em-comica-alienacao-e-pertubado/

  164. Patriarca da Paciência said

  165. Elias said

    “Se a China realmente afundar não terá `acordão´ com Renan Calheiros capaz de segurar a cabeça da Dilma no lugar.” (Trecho do texto que o Chester copiou e colou, como sempre. O autor é o Rodrigo Constantino, aquele do decreto legislativo que, há duas semanas, ia detonar com o Cadastro Nacional de Especialistas em uma semana…).

    Num momento a direita diz que a crise econômica brasileira não tem nada a ver com a crise econômica mundial. (Ou seja: a crise econômica mundial só afeta os EUA, a China, o Japão, a Inglaterra, a África do Sul, enfim, todo o mundo — já que a crise é mundial — menos o Brasil. O Brasil só seria afetado pela crise econômica mundial se o governo não fosse petista, né, cambada?).

    Noutro momento, diz isso que o o RC tá dizendo. (Mas isso não tem importância: como os fãs do Rodrigo Constantino não pensam mesmo — pensar pra quê, né manada? — eles nem se tocam pra contradição.

    Ora, Neném… Se a China “afundar” — seja lá o que for o significado de “afundar”, no contexto… — o planeta inteiro entra em parafuso. O mundo e meio estará ferrado…

  166. Patriarca da Paciência said

  167. Elias said

    Arre égua! O mercado financeiro finalmente se moveu em auxílio ao Levy!

    Com grande alarde, o pessoal da parasitagem anuncia que reviu para menor sua expectativa inflacionária: de 9,32% para 9,29%!

    Impressionante! Uma redução de nada menos que 0,03 ponto percentual! Uma queda vertiginosa de estonteante 0,32% em relação à previsão original.

    Isso significa o seguinte: um produto qualquer que era vendido por R$ 28,00 no final de dezembro de 2014, custaria R$ 30,61 em dezembro de 2015, caso a inflação para ele fosse de 9,32%. Sendo a inflação de — maravilha das maravilhas! — apenas 9,29%, esse tal produto custará, em dezembro de 2015, a bagatela de R$ 30,60.

    A distinta bugrada terá, assim, a oportunidade de economizar R$ 0,01, graças à firme e eficaz política econômica do Levy!

    É mole? (É… Mas entra!, diria o macaco Simão…).

    Que maneira mais escrota de tentar enganar a macacada…!

    Se os números do “mercado” estão corretos, mais realista seria destacar que o diferencial inflacionário de – 0,32% seria menor que: (a) a variação bruta da taxa básica de juros ao longo de 2015 (passou de 11,68% para 14,25% = aumento de 22%); (b) a variação para MENOR no PIB, no mesmo período (recuo esperado de quase 2%).

    Além do mais, o diferencial inflacionário de – 0,32% estaria infinitamente menor que o diferencial positivo (de 6% para 9%, ou seja, mais 50%), provocado pelo dito Levy, ao longo dos infelizes últimos 8 meses…

    Em outras palavras, se os números do “mercado” estão corretos, eles são a imagem acabada do fracasso.

  168. Pedro said

    O sindicato avisa:

    Daise multada em 30% do salário.

    É expressamente proibido ofender as mães dos comentaristas.

    Outro aviso:

    Patriarca para de postar sempre o mesmo aviso do feicibuqui. Que merda.

  169. familiabopp said

    resolvido o problema do tráfico de drogas

    http://www.implicante.org/noticias/em-vez-de-cocaina-traficante-na-venezuela-vende-comida/

  170. Chesterton said

    clássica

  171. Chesterton said

    http://oglobo.globo.com/brasil/dilma-diz-que-errou-ao-ter-demorado-para-perceber-gravidade-da-crise-economica-17289834

    CHEST- pqp! que filha de uma granputa

    “Errei em ter demorado tanto para perceber que a situação era mais grave do que imaginávamos. Dilma admitiu que “talvez” fosse o caso de ter adotado medidas corretivas ainda no ano passado, inclusive antes das eleições.

    +

    Mesmo assim, a presidente defendeu as políticas adotadas ano passado, no período eleitoral.”

    chest- ela defende o erro. Assim não dá.

  172. Elias said

    É…

    O Roberto Campos entendia demais desse troço de ganhar sem trabalhar…

    Como senador ou deputado federal, ele passava o ano inteiro sem apresentar um único projeto de lei.

    De vez em quando, ele copiava um projeto já existente, mudava algumas palavras e apresentava como seu.

    Aí o projeto era arquivado, por “similaridade com projeto já em tramitação”.

    Acontece que o projeto “dele” fora protocolado. Aí, nas “prestações de contas” que ele fazia aos eleitores, RC registrava os projetos de lei que ele havia “elaborado” e apresentado.

    Como poucos eleitores se dão ao trabalho de checar, nos sistemas da Câmara e do Senado, a tramitação dos projetos de leis dos deputados e senadores, quase ninguém ficava sabendo que, como legislador, Roberto Campos só conseguia fazer o que já havia sido feito por outros…

    Do contrário, aos “estudantes que não estudam”, “trabalhadores que não trabalham”, e “intelectuais que não pensam”, acrescentariam como qualificativo do Bob Fields: “LEGISLADOR QUE NÃO LEGISLA”.

    Vigarista, guru de vigaristas…

  173. Chesterton said

  174. Elias said

    A crítica do Roberto Campos a quem ganha sem trabalhar tem tanto valor quanto a crítica do Chester a quem parasita os cofres públicos.

    É o sujo falando mal do mal lavado…

    E a China?

    O Banco Central chinês baixou a taxa básica de juros para 4,6%. A taxa de depósito compulsório sobre depósitos à vista no sistema bancário também foi baixada: ficou em 1,75%.

    O propósito disso? Manter o ritmo do aparelho produtivo com base no consumo interno, claro (ambas as medidas colocam mais dinheiro em circulação, ou seja, fazem o exato oposto do que prescreve a “teoria” liberal).

    É a tal coisa: ou se vende pra fora ou se vende pra dentro. Quando os de fora param de comprar, a única saída é tentar fazer com que os de dentro comprem mais.

    Parar de produzir, produzir menos, é que nunca deu certo em lugar nenhum, em nenhuma época.

    Quem produz cada vez menos, só consegue é ficar cada vez mais pobre…

  175. Patriarca da Paciência said

  176. Chesterton said

    Elias, começou a explicar piadas?

  177. Elias said

    Mais uma série histórica relacionada aos tempos levyticos.

    Desemprego no Brasil:

    2T/2012: 7,5%
    2T/2013: 7,4%
    2T/2014: 6,8%
    2T/2015: 8,3%

    De 2014 p/2015, um singelo aumento de 22,1% no exército de desempregados.

    É outra marca desse rapaz prodigioso, que finalmente, poderá emplacar uma redução de 0,32% na inflação, depois de tê-la aumentado em 50%.

  178. Patriarca da Paciência said

    Bovespa avança após forte queda da véspera
    Na última sessão, bolsa fechou em queda de 3,03%, a 44.336 pontos.
    Índice paulista segue na esteira da recuperação das bolsas europeias.

    http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2015/08/bovespa-avanca-apos-forte-queda-da-vespera.html

    Como gostava de dizer o Joelmir Betting, “e o mundo não acabou”!

    A poderosa China salvou o mundo apenas reduzindo 0,25% nos juros e outro pequeno percentual na taxa de depósito compulsório sobre depósitos à vista.

    Caro Elias,

    o mundo realmente mudou. Já não é paranóico com ideia fixa apenas nos espirros dos Estados Unidos- o mundo evoluiu para bipolar !

  179. Guatambu said

    A verdade é que se alguém tem culpa da presença do Levy na cadeira dele, essa pessoa é a Dilma.

    A Dilma agora começou a dizer que errou, que não previu, que não sabia, que tem ministérios e secretarias cuidando dos mesmos assuntos.

    Caramba!

    Isso porque a Dilma era conhecida, pelos seus defensores, que era uma pessoa extremamente técnica e que entrava no detalhe para saber das coisas.

    E a culpa, claro, é do Levy.

    Tá “serto”.

  180. Chesterton said

    Ta sertíssimo. E o acusam de “neo-liberal”. Me explica essa Guatambu.

  181. Chesterton said

    http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2015/08/25/gasto-de-brasileiros-no-exterior-cai-304-em-julho.htm

    chest- hilário, a classe operária retorna do paraíso.

  182. Elias said

    I
    Patriarca,
    Não tão rápido!

    A China reduziu os juros e a taxa de depósitos compulsórios (na autoridade monetária) sobre depósitos à vista (no setor bancário).

    O objetivo é aquecer a demanda interna e, com isso, manter o nível de atividade do aparelho produtivo.

    Esse objetivo vai ser alcançado?

    Keynes diria que sim. Milton Friedman diria que não.

    Taí uma boa oportunidade pra gente ver quem tem razão.

    Se os resultados pretendidos forem alcançados, é possível — mas não inevitável — que as importações chinesas sejam retomadas, ainda que parcialmente. Se e quando isso acontecer, poderá — mas não necessariamente — beneficiar o Brasil que depende, principalmente, da retomada dos mega-projetos chineses, intensivos de ferro e alumínio.

    Guatambu,
    Resultado, rapaz! Resultado!

    Desde que o Levy assumiu:

    a – a inflação aumentou mais de 50%;

    b – a taxa básica de juros aumentou 22%;

    c – o desemprego aumentou 22,1%;

    d – o PIB brasileiro encolheu (entre 1,5% e 2%, segundo as consultorias).

    É o pior portfolio de Ministro da Fazenda nos últimos 20 anos.

    Os (agora poucos, e cada vez menos numerosos) defensores do Levy não conseguem alinhar um único ponto positivo na gestão dele.

    Das duas, uma: ou esses defensores do Levy são burros absolutos, ou, realmente, não há nenhum resultado positivo que ele tenha produzido.

    Ah, sim: Ministro da Fazenda, Secretário da Fazenda (estadual) e Secretário de Finanças (municipal), tem que apresentar resultado em seis meses, no máximo.

    Não é que ele tenha que resolver os problemas em 6 meses, mas, nesse período — e independentemente da vontade dele — se manifesta o movimento TENDENCIAL da política que ele estiver praticando. Se o eixo for “baixar a inflação”, em 6 meses se verá se a inflação está se movimentando pra baixo ou pra cima. Se o eixo for “aumentar a receita”, idem, idem.

    É assim aqui, na França, nos EUA, na China ou em la Republica de Garrotal de Mierda. Não tem como mudar isso.

    Quem é do ramo já sacou que Levy falhou. Ele próprio sabe disso.

    O problema é que a situação do país é tão bunda, que, se o Levy sair, haverá uma crise política. Assim, o mais provável é que ele fique, sendo devorado pelas beiras…

  183. Elias said

    Chester,

    De minha parte, eu jamais te chamei de liberal.

    Eu te chamo de idiota.

  184. Chesterton said

    Ta braba a bicha. O Levy é chamado de liberal, lê direito.

  185. Guatambu said

    Elias,

    Sabemos todos que resultados de medidas macroeconômicas não são sentidas em um período tão curto de tempo.

    Este cenário já se construía na gestão do Guido Mantega.

    Sabemos também que muito do que o Levy disse, depois teve que desdizer por livre e expontânea pressão da própria Dilma.

    Imagine o tanto de medidas que o Levy deve ter proposto, e que devem ter sido cortadas logo de cara em reunião com a presidenta? Imagine o que a Dilma “vendeu” pro Levy ao oferecer a pasta para ele, e o que ele encontrou quando assumiu a pasta?

    Mas não dá pra falar em termos de “imagine”, né? Mas dado o nível de transparência do funcionamento dos bastidores políticos brasileiro é possível acreditar que tudo o que vemos não deve ter sido nem a ponta do iceberg.

    Levy tem sido péssimo, se não economista, péssimo político, muito provavelmente os dois juntos. Ele está sendo frito tanto pelo partido, que o escolheu com base na credibilidade que tinha com o mercado, quanto pelo próprio mercado.

    Só não assisto de camarote porque sofro as consequência da ingerência da dupla Levy-Dilma.

    Só que eu repito: atribuir tudo o que está acontecendo exclusivamente ao Levy é bobagem, das grandes.

  186. Chesterton said

    mais um que deu ataque de bicha…

  187. Chesterton said

    185, Guatambu, é uma bobagem e uma idiotice :)

  188. Patriarca da Paciência said

  189. Guatambu said

    Se eu fosse um militonto do PSDB diria, a exemplo do que o PT fez com o FHC em seu mandato: “Fora PT, e Levy Dilma contigo”.

  190. Patriarca da Paciência said

    RESUMO:
    -CPI da Petrobras faz acareação entre o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa.
    -Apesar de ter salvo-conduto do STF, criticado por parlamentares, Youssef responde a algumas perguntas.
    -O doleiro se negou a revelar os nomes de deputados que o estariam ameaçando
    -Eles mantiveram versões contraditórias sobre fatos investigados na Lava Jato.
    (O Globo)

    É a “teoria da bosta seca” a todo vapor.

    Lembrando sempre de que há diferenças teóricas importantes entre a “teoria da bosta seca” e a “teoria da panela de merda”.

    A “teoria da bosta seca” não fede, mas é só mexer, começa a feder !

    A “teoria da panela de merda” fede sempre e, quanto mais mexe, mais fede !

  191. Patriarca da Paciência said

  192. Patriarca da Paciência said

  193. Patriarca da Paciência said

    Sobre o Reinaldo Azevedo.
    Acho que eu não devia dizer o que vou dizer, mas minha advogada opinou que não vai gerar ação na justiça. E minha analista deu força, pra botar pra fora senão somatiza e piora a situação das varizes.
    Então lá vai – esse cara me dá um tesão desgraçado.
    Não sei o que é – tá, ele não é um ogro -; se é o olhar decidido, o nariz, os lábios, não sei!
    Nessas noites de frio que vem fazendo eu fico debaixo das cobertas e, como diria o Henfil, peco demais.
    Vou acabar tendo que depilar a mão com cera espanhola.
    Acho que eu tenho síndrome de Estocolmo platônica.
    (Laerte)

  194. Daise 10.0 said

    #193 Foi só falar em punheta e o Patriarca se animou.
    Começou a salivar…Pavlov explica!
    Até saiu pra comprar viagra!
    vai pecar demais …no banheiro.

  195. Daise 10.0 said

    DILMA CÍNICA E MENTIROSA: UM VEXAME !

    Dilma perde a chance de sair do governo para entrar na História
    Foi Dilma que assinou a Lei da Delação. Para ultimamente criticar quem delata corruptos. Não passa de uma barata tonta – mas não só por isso

    25/08/2015 – 08h01
    Ricardo Noblat

    • Durante a campanha eleitoral do ano passado, quando Aécio prometia cortar ministérios, Dilma o criticava severamente por isso. Ontem, ela disse que cortará 10 ministérios dos 39 que existem, dois criados por ela.

    • Dilma, em agosto de 2014, durante debate com Aécio na televisão: “Quero saber qual (ministério) e quem vai fechar! Não perceber (a importância) do status é uma cegueira tecnocrática”.

    • Dilma, em setembro de 2014: “Acho um verdadeiro escândalo querer acabar [com ministérios]”.

    • Dilma, em setembro de 2014, antes de se reeleger: “Tem gente querendo reduzir ministérios. Um é o da Igualdade Racial, o outro da defesa da mulher, o outro dos Direitos Humanos”.

    • Dilma mentiu durante a campanha eleitoral. E agora, ao anunciar o corte de 10 ministérios, confirma que mentiu. Simples assim.

    • Quando serão cortados os 10 ministérios? No fim de setembro. Que ministérios serão cortados? Não se sabe ainda. Coisa de amador. Feita às pressas.

    • E a tal “Agenda Brasil” de Renan Calheiros que salvaria o governo do buraco? Não se falou mais dela. Era de vidro e se quebrou.

    • Pergunto aos meus botões: “Se Dilma governa com o programa de Aécio por que não cede o lugar a ele?”

    • Foi Dilma que assinou a Lei da Delação. Para ultimamente criticar quem delata corruptos. Não passa de uma barata tonta – mas não só por isso.

    • Desconfio que o anúncio de corte de ministérios foi uma jogada para que não se fale tanto da renúncia de Michel Temer à coordenação política do governo.

    • Pergunta que se impõe: como ficarão até o fim de setembro os servidores públicos de Brasília à espera do corte de 10 ministérios? É um governo de amadores, é isso o que é.

    • Temer renunciou à coordenação política do governo porque jamais pôde exercê-la, sabotado que foi por Dilma e o PT.

    • É de se perguntar: como Dilma pôde entregar a coordenação política a Temer e sabotá-lo depois? Resposta: porque neste governo, presidido por uma barata tonta, tudo é possível. Tudo.

    • E por que o governo nega que Temer deixou a coordenação política? Porque isso o enfraquece.

    • Se o enfraquece, por que o governo não deu condições a Temer para fazer seu trabalho de coordenador? Esquece. Chega de perguntas.

    • Antes do fim do ano, o PMDB desembarcará do governo.

    • Dlma disse hoje que só se deu conta dos sinais da crise entre novembro e dezembro últimos. Ou seja: imediatamente depois de reeleita. Antes, não. Quanta mentira!

    • Quer dizer: durante a campanha do ano passado, os demais candidatos a presidente alertaram para a crise que já atingia o país desde 2008. Mas Dilma não acreditou. Dá para acreditar em Dilma?

    • Coisa de gênio: você anuncia o corte de 10 ministérios. Mas pede mais um mês para dizer quais os que serão cortados. Resultado: deixa em pânico os que trabalham nos 39 ministérios.

    • Dilma, sobre o futuro: “Uma previsão é a melhor estimativa possível. Nós faremos nossa previsão, mas com condições de contorno bem claros”. Entenderam? Eu, não.

    • Se tem 6 mil cargos no governo preenchidos sem concurso público e somente por indicação política, por que não se extingue todos eles e não apenas mil?

    • Sem tiro, sem nada, Dilma ainda tem uma chance de sair do governo para entrar na História. Como o Papa Bento XVI. Se não aproveitar não terá sido por falta de aviso. Vocês são testemunhas.
    ….

    Vai cair de podre daqui a dias…

  196. Chesterton said

  197. Chesterton said

    http://pensabrasil.com/portugal-pode-decretar-prisao-preventiva-de-lula-antes-mesmo-da-justica-brasileira/

  198. Daise 10.0 said

    De onde veio o repasse de R$ 2 milhões para Dilma

    Brasil 25.08.15 20:43
    Na acareação de hoje na CPI da Petrobras, Alberto Youssef disse que “outro delator” da Lava Jato vai esclarecer “em breve” o repasse de R$ 2 milhões da cota do PP para Antonio Palocci, coordenador da campanha de Dilma em 2010.

    “Vou me reservar ao silêncio porque existe uma investigação nesse momento do Palocci e logo vai ser revelado”, disse o doleiro.

    O Antagonista foi informado por integrante da Lava Jato que os R$ 2 milhões repassados a Palocci vieram da WTorre, sua cliente. A empresa ergueu o estaleiro Rio Grande e a sede da Petrobras no Rio.

    A pergunta é: quem será o delator da WTorre e de Palocci?
    ….

    O punheteiro não sabe…o Patriarca da Punheta só entende de merda e bosta seca…conforme confessou no # 190

  199. Patriarca da Paciência said

    “O doleiro Alberto Youssef confirmou, nesta terça (25), durante depoimento na CPI da Petrobras, que o senador Aécio Neves (PSDB) recebeu dinheiro de corrupção envolvendo Furnas; “Eu confirmo por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele”, disse; o deputado federal Paulo Pimenta (PT) defendeu que Aécio seja investigado por ter sido citado por Youssef; Pimenta ironizou a atuação do PSDB e do DEM na CPI; ele disse que a atuação da oposição é para que só “meia corrupção” seja investigada; em nota, o PSDB diz que acusações contra Aécio são “improcedentes”; imagem de chamada da Globo News noticiando o fato viralizou nas redes sociais.”
    (247)

  200. Pedro said

    Dilma diz que demorou para perceber a crise porque só lia Carta Capital e Revista Fórum

    Em recente declaração, a presidente Dilma Rousseff reconheceu que demorou para notar a crise econômica que está ocorrendo no Brasil. Dilma explicou que, aconselhada por Lula e outros integrantes do PT, só lia as revistas Carta Capital e a Revista Fórum no seu dia-a-dia.

    “Na Carta Capital e na Revista Fórum não existe crise nem atualmente, quanto mais desde o ano passado, antes das eleições”, afirmou a presidente. “Para mim, estava tudo indo muito bem. O Lula me disse que a crise era invenção da mídia golpista pra vender jornal”, completou Dilma.

  201. Patriarca da Paciência said

    Pedro,

    quem esconde a crise realmente é a nossa mídia. Tentaram de todos os modos convencer os brasileiros que a “crise” existia apenas no Brasil. Agora, como a tal crise foi manchete no planeta inteiro, a nossa “grande” imprensa não teve mais como negar !

    Você ainda acredita que a “crise” brasileira não tem contexto ? Que é apenas culpa da Dilma ?

  202. Chesterton said

  203. Pedro said

    FHC respira aliviado, a culpa agora é da China e do Levy.

    É lógico, o partido que comanda o país a 13 anos não tem nada com isso.

  204. Patriarca da Paciência said

  205. Patriarca da Paciência said

    Agência Câmara – O doleiro Alberto Youssef acusou o deputado Celso Pansera (PMDB-RJ) de intimidação em depoimento que ocorre na CPI da Petrobras.

    Ao responder pergunta do deputado JHC (SD-AL), o doleiro admitiu que estava sendo intimidado por meio de um integrante da comissão. “Ele está aqui?”, quis saber o deputado. “Está aqui e não está aqui para investigar, mas para fazer intimidações, o que é triste porque eu sou um colaborador e estou aqui para dizer a verdade”, disse Youssef.

    Youssef não apontou o suposto autor de ações de intimidação, mas foi interrompido por Pansera, que quis saber quem era. “É o senhor”, disse o doleiro.

    Pansera é autor de requerimentos de quebra de sigilo bancário, fiscal e telefônico da ex-mulher e de duas filhas de Youssef. “O senhor sabe que minhas filhas e minha ex-mulher não têm envolvimento em ilegalidades, nunca tiveram contas fantasmas”, disse Youssef.

    O deputado negou a tentativa de intimidação e se disse ameaçado. “Eu não ando armado, não ando com seguranças e me sinto ameaçado por um bandido”, disse Pansera. “Eu não sou bandido e não estou ameaçando o senhor”, respondeu Youssef.

    Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa estão sentados frente a frente na sessão da CPI que está sendo realizada no plenário (247)

  206. Chesterton said

    a crise internacional começa agora, o Brasil está preparado?

  207. Patriarca da Paciência said

  208. Chesterton said

    a presidanta está preparada?

  209. Patriarca da Paciência said

  210. Chesterton said

    As causas foram domésticas. O erro da presidente não foi a demora em perceber que a situação internacional mudou, mas sim ter sido incapaz de entender que a desaceleração da economia brasileira depois de 2010 se deveu a restrições do lado da capacidade de produção, da falta de mão de obra às carências de infraestrutura.

    Por causa disso tomou medidas para estimular a demanda, que não apenas falharam em acelerar o crescimento como levaram aos desequilíbrios macroeconômicos acima listados.

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/alexandreschwartsman/2015/08/1673582-o-olho-da-crise-esta-no-bunker.shtml

  211. Chesterton said

    http://www.tucumanoticias.com.ar/noticia/actualidad/nueva-protesta-frente-a-la-casa-de-gobierno-por-las-denuncias-de-fraude-139652.html

    Tras la violenta represión policial contra la marcha frente a la gobernación tucumana, vecinos de la capital provincial vuelven a protestar contra las denuncias de fraude e irregularidades en los comicios del último domingo. Desde temprano, efectivos de la Policía Montada tucumana fueron desplegados frente a la plaza Independencia, sobre la calle Laprida. En tanto, montaron vallas sobre 25 de Mayo, frente a la gobernación, escenario de la represión con gases y balas de goma del lunes. Cerca de las 21 hubo algunos instantes de tensión cuando la policía retrocedió ante el avance de una de las columnas que volteó las vallas. A diferencia de lo ocurrido el día de la represión, las fuerzas optaron subir las escalinatas en lugar de repeler a los manifestantes. La fiscal que investiga lo ocurrido durante la marcha decidió imputar al jefe de la Policía tucumana, Dante Bustamante. La acusación contra el titular de la fuerza provincial es por lesiones, abuso de autoridad e incumplimiento de los deberes de funcionario público. El gobernador José Alperovich admitió que hubo “algunos excesos” y dijo que impulsará una investigación interna. El mandatario dijo que “hay que dejar que la gente se pueda expresar en paz” porque “esa es la esencia de la democracia”. Desde la oposición, Mauricio Macri y Sergio Massa repudiaron lo ocurrido y coincidieron en que debe producirse un cambio del sistema electoral para lograr transparencia. En ese sentido, el candidato presidencial de UNA hizo un llamado al resto de los aspirantes a la Casa Rosada para llegar a un acuerdo antes del 25 de octubre. La protesta tucumana se replicó en distintas provincias – See more at: http://www.tucumanoticias.com.ar/noticia/actualidad/nueva-protesta-frente-a-la-casa-de-gobierno-por-las-denuncias-de-fraude-139652.html#sthash.SP3uT6iz.dpuf

  212. Chesterton said

  213. Chesterton said

    essa aqui é meioo pesada
    mas devido às circunstâsncias, lá vai
    ´
    ´
    ´
    ´
    ´
    ´
    ´
    ~
    ~
    ~
    ~
    ~
    ~
    ~
    ~
    ~
    ~
    ~
    ~
    ~

  214. Chesterton said

  215. Chesterton said

    A foto da caverinha presidiária, com a inscrição Lula sobre a jaula, está exposta em uma loja na Saara, região de comércio popular no centro do Rio de Janeiro – conforme mostra o blog do Alcelmo Gois, em O Globo.

  216. Patriarca da Paciência said

    “Teólogo Leonardo Boff contesta o jornalista Ricardo Noblat, que sugeriu que a presidente Dilma Rousseff faça o mesmo que Getúlio Vargas: “R.Noblat em sua coluna em O Globo insinua o suicídio de Dilma com termos que lembram o de Vargas.Isso não é jornalismo;é terrorismo fascista”, publicou no Twitter ”
    (247)

  217. Patriarca da Paciência said

  218. Patriarca da Paciência said

    Este aqui merece ir para a cadeia, com todos os méritos !

  219. Patriarca da Paciência said

    Este aqui merece ir para a cadeia, com todos os méritos ! Será um grande benefício para todo o Brasil. http://www.facebook.com/photo.php?fbid=786919764716432&set=a.313840572024356.72986.100001952465070&type=1&theater

  220. Patriarca da Paciência said

  221. Elias said

    “Sabemos todos que resultados de medidas macroeconômicas não são sentidas em um período tão curto de tempo.” (Guatambu)

    “Sabemos” quem, cara pálida?

    Medidas macroeconômicas destinadas ao controle da inflação TÊM que produzir resultados em curtíssimo prazo. Seis meses é até tempo demais!

    Se as tais medidas não produzirem resultados em menos tempo que isso… Esquece!

    Economia não é ciência exata, Guatambu.

    Pra dar certo, as medidas de política econômica dependem do chamado psicossocial. Quando as pessoas esperam mais de 6 meses pra dizer se confiam ou não na política governamental, é porque não confiam.

    E, se não confiam, podes pedir o chapéu.

    Isso, aliás, é um dos piores problemas da Dilma. Ela não tem a confiança nem do aparelho produtivo nem do consumidor. Acho que já existem alguns analistas — independentemente da corrente de pensamento a que se vinculam — examinando isso e chegando a exatamente essa mesma conclusão.

    Essa particularidade, aliás, coloca alguns pedregulhos a mais no caminho dela, e, se levarmos em conta experiências anteriores, aumenta ainda mais a necessidade de investimentos governamentais pra começar a tirar o país da recessão. Se depender totalmente da “confiança” vai dar em nada, porque, pra Dilma, “confiança” é coisa que não existe.

  222. Elias said

    O debate aqui tá pra lá de secundarista…

    Quem não sabe o que dizer, começa a falar de “culpa”… É “culpa” do Fulano, do Sicrano…

    Isso é idiotice! Flatulência intelectual.

    Parece coisa de pré-aborrecente: “Mãe, o culpado é Fulano…!”

    Dizer que o Levy falhou, não significa dizer que ele “culpado” pela crise.

    Levy falhou, assim como Funaro falhou, Bresser falhou, e um porrilhão de outros falharam. O que não os faz culpados da crise econômica que eles se propuseram enfrentar.

    Apenas falharam ao fazer isso!

    Será que é tão difícil, para algumas cabeças, entender algo assim tão simples?

  223. Elias said

    Chester,
    Eu te chamo de idiota porque tu és um idiota. Como o Eremildo…

    Mas tu és um idiota engraçado.

    Dia desses, numa reunião com um pessoal que mexe com essas coisas de mercado de capital — ações, fundos de investimento e tudo o mais — eu distribuí um texto teu, todo pomposo, “explicando” que caderneta de poupança é “esquema Ponzi” e “bolha”, ao mesmo tempo, falando em “assimetria”, etc.

    Foi uma gargalhadagem só…

    O pessoal dizia: “Mas que idiota…!”

    Como esse pessoal é do RJ, eu comecei a encher o saco deles, dizendo que tu és carioca, embora nascido no RS.

    Um deles disse: “Esse porra pode até ser carioca, mas, no mínimo, é neto de português…”.

    E eu, só pra mim mesmo: “Porra, advinhando não vale…!.

  224. Pax said

    Cansei de falar, me encheram o saco por ter enchido o saco de todos, da tal conexão Londrina. Paulo Bernardo jogando bolitas com André Vargas, que pegava alguns com o Alberto Youssef etc. Claro que Gleisi, esposa do Paulo, estava lá.

    Cansei de falar. Reclamar.

    Deu no que deu.

    Os povos indígenas, os indigenistas, comemoram.

    Que Gleisi pague por tudo que fez.

    E leve o Paulo junto.

    E este leve outros.

    Até onde vai chegar não sei.

    Agora mesmo Dilma nomearia (nem sei se efetivou) Paulo para Itaipu binacional.

    Pois bem.

    Aguardemos o desenrolar.

    Penso seriamente em mudar o espírito do blog.

    Se for para baixarias gerais, melhor que o mantenha somente como um registro meu , uma coleção particular do noticiário.

    Fechado a comentários.

    Pras baixarias gerais já tem palco pra todo lado.

    Pensem aí, me ajudem a pensar.

    Cada vez que entro aqui e vejo o que rola, me incomodo um bocado.

  225. Chesterton said

    você faz um blog de ética num governo petista é quer o quê? Flores? Só pode ficar deprimido..

  226. Chesterton said

    (Folha) Em acareação na CPI da Petrobras nesta terça (25), o doleiro Alberto Youssef, colaborador da Lava Jato, afirmou que um outro delator da operação está dando informações sobre uma doação de R$ 2 milhões para a campanha da presidente Dilma Rousseff em 2010, que é alvo de suspeitas. Esta era uma das principais divergências entre o depoimento de Youssef e o do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, também delator.

    Costa havia dito que Youssef lhe transmitiu recado do ex-ministro Antônio Palocci pedindo a verba à campanha. Mas Youssef sempre negou. Na acareação, ambos reafirmam suas declarações originais. Youssef, então, disse: “Tem um outro réu colaborador que está falando. Eu não fiz esse repasse. Assim que essa colaboração for noticiada, vocês vão saber realmente quem foi que pediu o recurso e quem foi que repassou”.

    Ele disse que não poderia dar detalhes pois o caso está sob investigação, em Curitiba. “Logo vai ser revelado e vai ser esclarecido esse assunto”. Essa foi uma das poucas informações novas trazidas pelos delatores na acareação.

  227. Chesterton said

    O doleiro Alberto Yousseff repetiu na CPI da Petrobrás que, em seu entendimento, havia conhecimento do Planalto sobre o esquema, mas não citou os nomes de Dilma ou de Lula. Paulo Roberto Costa teria pedido uma “sinalização” ao Planalto sobre mudanças no comando do PP e a continuidade do esquema. O ex-diretor da Petrobras, no entanto, afirmou que nunca conversou com Dilma ou Lula sobre sua nomeação e que o convite ao posto fora feito por José Janene, deputado do PP morto em 2010. Mas não negou que houve uma “sinalização” do Planalto autorizando que ele continuasse roubando para o PP, com aquele velho e bom 1% destinado para o PT.
    POSTADO POR O EDITOr coronel

  228. Guatambu said

    Elias,

    O controle da inflação não está mais relacionado à taxa de juros que à atuação da fazenda?

    Sei não se isso é um problema do Levy.

  229. Elias said

    Guatambu,
    Ainda há pouco, falei em falta de confiança no governo Dilma.

    Aí fui ao Google Notícias e, por coincidência, encontrei, no topo do noticiário, uma matéria sobre a evolução do ICI (Índice de Confiança da Indústria), medido pela FGV (A Fundação também mede a confiança do consumidor, da sociedade e mais uma variada cesta de indicadores de tendência).

    Pois bem: a matéria diz que, segundo a FGV, o Índice de Confiança da Indústria caiu pra 68 em agosto/2015, talvez o mais baixo, desde que esse índice foi criado.

    Pra uma comparação: em janeiro de 2013, o ICI estava acima de 105.

    É assim que as coisas funcionam. Economia não é ciência exata. Uma mesma mistura de componentes num mesmo lugar, em momentos diferentes, ou em lugares diferentes num mesmo momento, podem dar resultados completamente distintos.

    Em economia, o psicossocial pesa pra caramba! Sem confiança, nada anda. As pessoas precisam confiar já, pra investir, tomar decisões de consumo, etc. Isso precisa acontecer logo. O resultado disso é que aparece muito tempo depois.

    Para a confiança se estabelecer no curto prazo, é necessário que os agentes econômicos percebam consistência na política governamental.

    EXEMPLO: em março/1994, o FHC lançou o Plano de Ação Imediata, que, conforme era seu propósito, proporcionou resultados imediatos, conquistando a confiança da sociedade. Três meses depois — em junho/1994, e já com FHC fora do governo — o Ricúpero lançou o Plano Real, segunda etapa da política anti-inflacionária, que consolidava e aprofundava a estratégia deflagrada pelo Plano de Ação Imediata.

    CONTRA-EXEMPLO: o Levy anunciou uma estratégia totalmente baseada em um “ajuste fiscal”, sendo este totalmente dependente do corte de despesas públicas.

    Os dois planos — o do Levy e o do FHC — abordavam diretamente a questão do déficit público (que era o centro de ambas as estratégias).

    Só que FHC abordou essa questão pelo lado da receita. Dá uma olhada no “Ação Imediata”, e vais ver que a principal medida dele foi a cobrança da paquidérmica dívida dos Estados com a União. Foi lá que FHC obteve grana pra tapar o buraco no curto prazo. É bem verdade que os Estados se ferraram, mas FHC chegou onde queria rapidinho…

    Já Levy abordou a questão por onde passa o eterno chororô da teoria liberal: a despesa pública. Coisa que, provavelmente, nem a velhinha de Taubaté seria capaz de engolir… Todo brasileiro realmente alfabetizado sabe que a despesa pública federal é uma camisa-de-força. Pra mexer nela substancialmente, só com uma reforma constitucional. Resultado: ninguém acreditou na estratégia do Levy, com justa razão. Como essa parece ser a única bala no arsenal dele, o Levy tende a comer capim pela raiz…

  230. Patriarca da Paciência said

    Pax,

    sinceramente eu topo escrever apenas comentários. Nada de reinaldo rolabosta, nada PHA, nada de bonequinhos da Lula e da Dilma, nada de baixarias em geral.

    Mas, “enquanto o Louvre não se tornar patrimônio da humanidade, enquanto Paris e Roma não se tornarem patrimônio da humanidade” (CB), enquanto cada um se reservar a defender apenas o seu ponto de vista torto, eu me reservo o direito de praticar um princípio mais que conhecido de promotores e advogados, ou seja, “uma resposta à altura da ofensa é apenas legítima defesa”.

    Por mim você poderia bloquear tudo que é baixaria ! Principalmente da cadela hidrófoba e do Chesterton !

  231. Elias said

    Guatambu,

    Juro não é causa da inflação. É consequência!

    A fixação da taxa de juros faz parte da estratégia anti-inflacionária.

    Trata-se de colocar ou tirar moeda do mercado.

    Quando se baixa os juros, coloca-se moeda no mercado (porque facilita o crédito). Quando se aumenta os juros, retira-se moeda do mercado.

    Bobagem pensar que Banco Central e Ministério da Fazenda agem de maneira anárquica, cada um pro seu lado. Nada disso! BC e Fazenda atuam coordenadamente, em qualquer lugar do mundo.

    No Brasil, os juros tendem a ser altos, porque:

    1 – Juro é o preço da mercadoria dinheiro. Onde essa mercadoria é escassa, o preço dela tende a ser alto. É o que determina a lei da oferta e da procura.

    2 – Juros excessivamente baixos no Brasil, criam a chamada “inflação de demanda”, caracterizada por uma demanda em volume e intensidade superior à capacidade de atendimento pelo aparelho produtivo. Com a demanda maior que a oferta, os preços sobem. De novo, é a velha lei da oferta e da procura fazendo seu papel. Vai daí que a política de juros é parte e parcela da política econômica, estimulando ou desestimulando a demanda, conforme a circunstância.

  232. Pedro said

    Pax, neste momento de crise, nada de fechar postos de trabalho.

    Nem pense em demitir comentaristas.

    Na verdade temos que fazer exatamente o contrario.

    Vamos ampliar o numero de frequentadores e comentaristas do blog.

    É este o debate ser feito: como vamos fazer isto.

    …………

    Se o blog fechar, a culpa é do Googlias. :-)

  233. Pax said

    Não quero fechar o blog.

    Só quero voltar a ter prazer em administrá-lo.

    Dá trabalho.

    Quando a conversa parte para o último nível a coisa fica chata. Fico em outros alhures.

    O blog fica desatualizado, nem olho as conversas.

    Perdemos colegas imporantes, legais, como o Zbigniew como um bom exemplo, dentro vários.

    Vale a pena?

  234. Chesterton said

  235. Chesterton said

    Elias finalmente entende que não se pode baixar juros na marra. Lembro do tempo em que ele achava que a Dilma fazia bem em baixar juros de forma voluntarista. (quero ver ele negar)

    Aprende só tomando na cabeça. O problema é que Dilma só aprende (aprende?) tascando na cabeça do país inteiro.

  236. Chesterton said

    Trofeu Rubinho para Elias, que demora mas chega lá.

  237. Patriarca da Paciência said

    Um documento importante. Não sei se o Pax poderá assistir ao vídeo, visto que é bastante longo. Será muito útil para o Chesterton abandonar algumas idéias fixas, tais como, “o nazismo era aliado do comunismo”, tese também defendida pelo seu guru, Olavo de Carvalho. A secretária de Hitler, durante muito anos, afirma claramente que o paranóico declarou várias vezes que “tinha a missão de destruir os comunistas.”

  238. Guatambu said

    Elias,

    Quando a dupla Dilma-Mantega assumiu, a Dilma tacou os juros reais do Brasil lá embaixo. Fez investimentos e entupiu o mercado com dinheiro.

    Presumo que a aposta tenha sido no consumo interno, porque o cenário externo, desde 2008 já era ruim.

    A partir do segundo ano do primeiro mandato os fundamentos econômicos já estavam começando a se deteriorar. A indústria tinha investido em bens de capital, mas não havia nem consumo interno, e nem consumo externo, e começava a se tornar ociosa. O déficit da conta corrente já havia começado a se deteriorar.

    TODAS as projeções do Mantega foram erradas e otimistas, seja de superávit, seja de inflação.

    Isso é uma simplificação da história toda. Mas quem conhecia um mínimo de economia sabia onde que tudo isso ia parar: primeiro inflação, segundo câmbio, terceiro emprego.

    A inflação e o câmbio importam menos politicamente, já o emprego não. Sem emprego o Partido dos Trabalhadores não se sustenta.

    O Levy foi trazido para tentar “animar” o mercado. Comprou um barco furado achando que ele poderia tapar o buraco: ele não tapou, e nem animou nada.

    Se ele não fez isso por incompetência ou por impossibilidade é outra discussão.

    Mas não custa nada lembrar que estratégia de investimentos, desde a dupla dilma-mantega já tinha sido errada, e só deu uma sobrevida para a presidenta.

  239. Chesterton said

    http://coturnonoturno.blogspot.com.br/2015/08/petista-que-tentou-envolver-aecio-com.html

    Este pau mandado do partido chamado Jorge Solla é ex-secretário estadual de Saúde da Bahia e elegeu-se deputado federal pelo PT em 2014. Ainda bem, pois passa a ter imunidade parlamentar. É que o ilustre petista está sendo alvo de ação do Ministério Público do Estado (MPE) por improbidade administrativa que envolve repasses de verbas públicas para a Fundação José Silveira.

    O valor refere-se a 11 contratos de prestação de serviços emergenciais firmados entre o governo e a entidade entre 2007 a 2012, cujo valor total é de R$ 202 milhões. Os recursos questionados seriam para pagar contribuições sociais às quais a fundação seria isenta.

    Além de Jorge Solla, a auditoria do Tribunal de Contas cita ainda outros membros da máfia: o deputado federal Amauri Teixeira (PT), o candidato a deputado estadual Alfredo Boa Sorte (PCdoB), que era integrante da Secretaria de Saúde no período, e o deputado federal Antônio Brito, que foi superintendente da Fundação José Silveira.

    Outros detalhes são importantes para conhecer essa “cara nova” petista: como ex-secretário de Saúde, a sua campanha recebeu mais de 10% das doações de empresas desta área, tais como Farmácia Marimoto, com R$ 110.000,00; Serviço de Assistência Médica e Urgência – Samur, com R$ 30.000,00 e Instituto de Cancerologia da Bahia, com R$ 20.000,00, entre outros. Para finalizar, há dezenas de doações da Construtora OAS na declarações do deputado, além de dinheiro da UTC. Como dá para ver, petista é tudo igual.

  240. Elias said

    Guatambu, tu estás enganado.
    Chester, tu estás doido, como sempre.

    Minha formação em finanças públicas já tem décadas. Minha experiência em finanças, idem.

    Não formei opinião ontem nem por ouvir dizer…

    A Dilma baixou os juros quando o BC Europeu (leia-se: Alemanha), inundou o mercado com euros a juros zero.

    A Dilma foi à Alemanha, protestou… A Ângela Merkel não deu a mínima (para deleite dos jornalistas e cartunistas de oposição, no Brasil…).

    Foi aí que a Dilma baixou a Selic, e pressionou os bancos privados no Brasil a que baixassem a taxa de juros, no varejo financeiro. Usou o Banco do Brasil a Caixa Econômica e os demais bancos públicos pra esse fim. A regulamentação da poupança precisou ser alterada (porque houve uma revoada pra ela), etc. e tal.

    Isso foi muito debatido aqui no PolíticAética.

    Na ocasião, eu disse que não havia muitas alternativas pra Dilma. Se ela mantivesse os juros altos, isso abriria um enorme dreno, levando dinheiro do Brasil para a Europa.

    O mecanismo é simples: toma-se dinheiro emprestado na Europa, a juros zero, e aplica-se no Brasil, com juros nos píncaros (estou falando de dinheiro em escala de centenas de milhões de euros). O rendimento é repatriado e o principal permanece aplicado no Brasil, mantendo o dreno aberto…

    A única saída dos países pobres, nessas circunstâncias, é baixar os juros. Do contrário, ficam mais pobres, ainda.

    Foi isso que eu escrevi, inclusive em debate com o Guatambu.

    Aliás, um texto meu, à época, dizendo isso, ainda está zanzando pela internet, por obra e graça não sei de quem…

  241. Guatambu said

    Elias,

    Defesa contra a Alemanha ou não (fora a Copa), o Brasil vê um reflexo de uma política mal sucedida de investimento.

    A aposta no consumo interno não vingou.

    O mercado externo já havia deixado de ser comprador.

    Resultado: ficamos com a inflação, juros, a conta pra pagar… e agora começa a aparecer o desemprego.

    E o Levy? É de dar risada.

  242. Elias said

    O Chester mente como um vigarista.

    Eu sempre disse:

    “Dinheiro é mercadoria, cujo preço é o juro. Onde a mercadoria dinheiro é escassa, o juro tem que ser alto. Nos países mais pobres os juros serão, sempre, mais altos que nos países mais ricos. É uma decorrência direta da lei da oferta e da procura.”

    Ideologicamente, essa é a raiz da “tese do imperialismo”, na teoria marxista. Em “Imperialismo, fase superior do capitalismo”, Lenin já começa dizendo que, na fase mercantil, o capitalismo exportava mercadoria; na fase imperialista, o capitalismo exporta capital.

    Na base disso, na teoria marxista, está a “lei da baixa tendencial da taxa de lucro”.

    David Ricardo formulou a “lei da taxa de lucro decrescente”, como consequência inevitável do processo de acumulação. Essa é uma das bases da teoria liberal.

    Marx, que se inspirou na teoria liberal (uma das “3 fontes” do marxismo é a teoria econômica liberal), refutou a tese de David Ricardo, e formulou, em substituição a “lei da baixa TENDENCIAL da taxa de lucro”. Para Marx, a baixa da taxa de lucro, como decorrência da acumulação, era apenas uma TENDÊNCIA, e não algo inevitável. Para anular os efeitos da tendência, o capital se deslocava dos países onde era abundante para para os países onde era escasso. Nestes, por força da lei da oferta e da procura, a taxa de lucro era reposta.

    Esse deslocamento de capitais, além de render a “tese imperialista”, no marxismo, também dá suporte à “teoria dos ciclos”, dos estruturalistas (Keynes e Kalecki).

    Chester, pra teu governo, eu aprendi essas coisas há pelo menos uns 40 anos…

  243. Chesterton said

    você é uma fraude, Elias.

  244. Patriarca da Paciência said

    242,

    muito bom, caro Elias.

    É bem um resumo sobre livros e livros que se escrevem sobre economia.

  245. Elias said

    Chester,
    Além de parasita de dinheiro público, és um vigarista, destituído de qualquer senso moral.
    Tenta, com argumentos TEUS, contestar os meus argumentos.
    Jamais farás isso, porque és intelectualmente incapaz. Não tens recheio intelectual pra 5 minutos de debate inteligente.
    TU sim, és uma fraude! Tu só consegues reproduzir, copiando e colando, o que outros dizem. Quando o debate começa a exigir que cada um formule seus próprios argumentos, revela-se o incompetente que és: partes para as ofensas pessoais.
    Vigarista! (“divulgador” da cultura francesa… Pois sim!) Vagabundo! Parasita de dinheiro público.

  246. Patriarca da Paciência said

    Bovespa opera em alta, na contramão das bolsas da China e Europa
    China voltou a cair nesta quarta e Europa reagiu com pessimismo.
    Na véspera, Ibovespa subiu 0,47%, a 44.544 pontos, após tombo de 3,03%.

    http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2015/08/bovespa-26-08-2015.html

    Olha aí, Elias,

    parece que a “sinalização” da poderosa China de que “está disposta a salvar o mundo” (quá, quá, quá) está funcionando. Se tudo correr bem, a bolsa brasileira acaba o dia em alta e pode ser que termine a semana já recuperada.

    Os telejornais hoje estão também anunciando “uma boa notícia” – a inflação está caindo !

    No final das contas, o “Plano Levy” está funcionando .

    Parece que o clima está mudando também porque os empresários já estão de saco cheio de catastrofismo. Ninguém aguenta mais as paranóias do aecim bebê chorão e sua turma de maus perdedores !

  247. Elias said

    Guatambu,
    Não tem sentido falar de uma “política de investimentos” de Dilma/Mantega, que não deu certo.

    Essa política de investimentos simplesmente nunca existiu. A crítica a ser feita seria, exatamente, a ausência de uma política de investimentos.

    Dá uma passada no Google, e encontrarás excelentes trabalhos técnicos sobre a evolução do gasto público no Brasil.

    Vou repetir, aqui, dados extraídos do Balanço Geral da União (tenta pegar o Balanço Orçamentário), de 200 de 2012. Vou mostrar a estrutura da despesa pública federal em percentuais (pra evitar o trabalho de atualização monetária):

    EM 2000
    Pessoal e Encargos Sociais: 9%
    Outras Despesas Correntes: 25%
    Investimentos: 2%
    Inversões Financeiras: 2%
    SUBSOMA: 38%

    Juros e Encargos da Dívida: 6%
    Amortização da Dívida: 56%
    SUBSOMA: 62%

    EM 2012
    Pessoal e Encargos Sociais: 11%
    Outras Despesas Correntes: 41%
    Investimentos: 4%
    Inversões Financeiras: 3%
    SUBSOMA: 59%

    Juros e Encargos da Dívida: 7%
    Amortização da Dívida: 34%
    SUBSOMA: 41%

    Esses dados fornecem base para um monte de observações.

    Uma delas, é a sinuca de bico em que FHC esteve, ao longo dos 8 anos de seus dois mandatos. Nada menos que 62% de todo o que o governo federal arrecadava era engolido pela dívida. Investimentos ficavam com míseros 2% da arrecadação.

    Não é de se estranhar que, durante os “anos FHC” o governo federal não tenha instalado novas universidades, nem construído hidrelétricas, melhorado portos, feito transposições de rios, etc.

    Nos “anos petelhos”, isso foi sendo gradualmente modificado. Os gastos com a dívida foram substancialmente reduzidos.

    Os investimentos duplicaram, mas isso não é grande vantagem, se o termo de comparação é FHC, que investia apenas 2%. O investimento passou pra 4%, o que corresponde à soma de investimentos com inversões financeiras de FHC. Mas, em termos de necessidades nacionais, isso é fichinha. O correto seria investir pelo menos uns 10% do orçamento total.

    Em vez de turbinar os investimentos, os governos petistas concentraram mais recursos em Outras Despesas Correntes, que saltaram de 25% para 41% do orçamento total.

    Quem dera que Lula, Dilma e Mantega houvessem investido mais… Provavelmente a situação, agora, seria bem outra…

  248. Elias said

    Uma das críticas que analistas de oposição fazem ao governo, são as deficiências de infraestrutura. Isso, no entender de muita gente, explica porque é tão modesta a resposta aos estímulos que Dilma direcionou ao setor automobilístico.

    Por maior que seja a má vontade de pessoas de esquerda — meu caso — em relação aos tais analistas de oposição, não se pode deixar de reconhecer que, no caso, eles estão cobertos de razão.

    Claro que a infra brasileira melhorou bastante, nos governos petistas. Foram construídas várias hidrelétricas de grande porte, o sistema de distribuição em alta tensão foi totalmente integrado (conseguiram a proeza de atravessar o Rio Amazonas com o linhão de Tucuruí), e um monte de coisas mais.

    É um enorme avanço em relação ao que FHC deixou (ele deixou um apagão e mais de 60% do orçamento comprometido com dívidas).

    Mas é pouco, bem pouco, em função do que o país precisa. Sobretudo, pouco pra segurar uma barra como a atual.

    O governo tinha que ter investido mais. E, agora, ele terá que investir bem muito mais…

  249. Chesterton said

    Elias, impossível você saber alguma coisa que preste “há 40 anos” , como alguns aqui já perceberam, o Google não existia 40 anos atrás.

  250. Pax said

    novo post

  251. Elias said

    Certo Chester,
    Então contesta, tecnicamente, com argumentos teus, a pequena análise que fiz da estrutura das despesas do governo federal.

    Faz isso, se puderes, vigarista! Mamador de teta de dinheiro público!

    Depois, contesta o paralelo que fiz das “leis” de baixa ou baixa tendencial da taxa de lucro, nas teorias liberal, marxista e estruturalista.

    Tenta, vigarista! Pelo menos tenta…

    Idiota!

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: